ÍNDICE. 1. Lançamento da Campanha de Media. 2. Principais medidas de execução Novas Oportunidades. 3. Resultados já alcançados

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÍNDICE. 1. Lançamento da Campanha de Media. 2. Principais medidas de execução Novas Oportunidades. 3. Resultados já alcançados"

Transcrição

1

2 ÍNDICE 1. Lançamento da Campanha de Media 2. Principais medidas de execução Novas Oportunidades 3. Resultados já alcançados 4. Objectivos da Campanha de Media 5. Construção da Campanha de Media 6. Lista de Meios utilizados

3 1. LANÇAMENTO DA CAMPANHA DE MEDIA O lançamento de uma Campanha de media sobre a Iniciativa Novas Oportunidades, visa sensibilizar a população adulta para a importância da qualificação, numa perspectiva de aprendizagem ao longo da vida, promover e divulgar o Sistema Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) e o conhecimento da rede nacional de Centros Novas Oportunidades em funcionamento.

4 2. OBJECTIVOS DA INICIATIVA NOVAS OPORTUNIDADES 1. Fazer do 12º ano o referencial mínimo de qualificação; 2. Dar prioridade às vias tecnológicas e profissionalizantes para jovens fazer com que 50% dos jovens a frequentar o nível secundário sejam abrangidos em vias tecnológicas e profissionalizantes ( jovens até 2010); 3. Qualificar de activos até 2010, através do Sistema de Reconhecimento, Validação e Certificação de competências e dos cursos de Educação e Formação de Adultos

5 3. PRINCIPAIS MEDIDAS DE EXECUÇÃO NOVAS OPORTUNIDADES No eixo dos Activos, a acção realizada pelo Governo tem incidido: 1. Criação de Centros Novas Oportunidades (CNO) por todo o país que permite que os activos, empregados ou desempregados, possam utilizar o Sistema de RVCC e a formação complementar que lhe está associada, para elevar os seus níveis de certificação e qualificação. Já foram criados +172 novos Centros Novas Oportunidades (CNO), atingindo 270 Centros, ultrapassando em 2006 a meta de 250 centros prevista para o final de 2007; 2. Assinatura de protocolos com empresas e entidades para qualificar activos: foram celebrados +350 acordos de colaboração com empresas e instituições;

6 3. PRINCIPAIS MEDIDAS DE EXECUÇÃO NOVAS OPORTUNIDADES 3. Aumento da oferta de cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA), que permitem a frequência de percursos formativos de média e longa duração : Já foram criadas vagas em Cursos de Educação e Formação de Adultos ao nível do 9.º ano, elevando para o número total de vagas nestes cursos em 2006; 4. Aumento do número de vagas nas vias profissionalizantes: No total das vias profissionalizantes de nível secundário ultrapassou-se em 2006, a meta prevista para 2007, ou seja +15 mil novas vagas; 5. Aumento da oferta em horário pós-laboral.

7 4. OBJECTIVOS DA CAMPANHA DE MEDIA Conhecimento: Criar Awareness, potenciar visibilidade e atrair o Público-Alvo TV, Outdoor e Imprensa Atitude: Credibilizar e reforçar a mensagem informar sobre o Programa e explicar benefícios para aumentar a consideração TV, Imprensa, Rádio e Internet Comportamento: Influenciar população a aderir ao programa e induzir classe empregadora a incentivar empregados Imprensa e Internet TV Estabelecer um maior envolvimento com a população Radio Comunicação sólida e intensa do programa; Divulgar os objectivos, níveis de certificação e aspectos relevantes da inovação Internet Exterior Imprensa

8 5. CONSTRUÇÃO DA CAMPANHA Campanha em duas fases por forma a gerar maior visibilidade Meios de maior impacto visual na fase inicial da campanha (teaser apenas para o Core target ) Continuidade utilizando os principais meios de maior cobertura para informar e credibilizar Suportes locais complementam a comunicação tornando a mensagem mais relevante para as populações Despertar o interesse dos diferentes targets de comunicação COMUNICAÇÃO Teaser 28 a 6 Março (Core target) Follow up 7 Março (noite) a 4 Abril (Core Target + Target empregador) Televisão e Imprensa Campanha Local Imprensa e Rádio TV, Exterior, Imprensa, Rádio e internet Consumidor

9 6. LISTA DE MEIOS UTILIZADOS REDE EXTERIOR: MUPI, Cartazes de exterior, Cartazes no Metro e Autocarros e anúncios na Rede de Multibanco TELEVISÕES: SIC, TVI, RTP IMPRENSA: Jornal Notícias, Público, Diário de Noticias, 24 horas, Correio da Manhã, Destak Nacional, Metro Nacional, O Jogo, A Bola, Record, Revista Maria, Revista TV 7 Dias, Revista TV Guia, Expresso, Sol, Jornal Negócios, Diário Económico, Visão, Focus, Sábado IMPRENSA REGIONAL RÁDIOS NACIONAIS E REGIONAIS INTERNET

10

Regras de enquadramento do POPH. O presente documento técnico integra fichas de síntese das principais Tipologias de Intervenção do POPH.

Regras de enquadramento do POPH. O presente documento técnico integra fichas de síntese das principais Tipologias de Intervenção do POPH. Regras de enquadramento do POPH O presente documento técnico integra fichas de síntese das principais Tipologias de Intervenção do POPH. Este documento é orientativo da regulamentação do Programa, não

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA Plano Estratégico de Melhoria 2011-2012 Uma escola de valores, que educa para os valores Sustentabilidade, uma educação de, e para o Futuro 1. Plano Estratégico

Leia mais

plano de comunicação 2011

plano de comunicação 2011 plano de comunicação 2011 Plano de Comunicação 2011 1 A Feira do Cavalo de Ponte de Lima confirma-se como um evento de cariz nacional e internacional. Ano após ano o êxito repete-se: Cavaleiros, Coudelarias,

Leia mais

Responsabilidade Social na Câmara Municipal de Lisboa

Responsabilidade Social na Câmara Municipal de Lisboa Direcção Municipal de Recursos Humanos Responsabilidade Social na Semana da Responsabilidade Social, Lisboa 03 a 07 Maio 2010 Sumário da Apresentação Quem Somos Programas de Apoio à Comunidade Iniciativa

Leia mais

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Versão 2.0 de 4 de Junho de 2007 Promotores: Co-financiamento: Introdução A Agenda 21 do Vale do Minho é um processo de envolvimento dos cidadãos

Leia mais

Ministérios da Administração Interna, do Trabalho e da Solidariedade Social e da Educação PROTOCOLO. Entre MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA,

Ministérios da Administração Interna, do Trabalho e da Solidariedade Social e da Educação PROTOCOLO. Entre MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA, PROTOCOLO Entre MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA, MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL e MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 2/7 A aposta na qualificação dos portugueses constitui uma condição essencial

Leia mais

Boas práticas. Vias de Conclusão e Certificação do Ensino Secundário

Boas práticas. Vias de Conclusão e Certificação do Ensino Secundário Jornadas de Formação Profissional Boas práticas Região Autónoma da Madeira Vias de Conclusão e Certificação do Ensino Secundário (Decreto lei nº 357/2007 de 29 de Outubro) Os melhores RUMOS para os Cidadãos

Leia mais

Centro Novas Oportunidades Centro Social de Ermesinde Sessão de Esclarecimento - Nível Secundário - 03 de Abril de 2008 O QUE SÃO? Os Centros Novas Oportunidades (CNO) são: A Porta de Entrada para todos

Leia mais

RTP DIGITAL. Março, 2016

RTP DIGITAL. Março, 2016 RTP DIGITAL Março, 2016 Destaques do mês Got Talent Portugal Site http://media.rtp.pt/gottalentpt/ O site do Got Talent Portugal lidera o ranking de sites de programas do universo RTP mais visitados, registando

Leia mais

MUSEU MUNICIPAL DR. JOSÉ FORMOSINHO

MUSEU MUNICIPAL DR. JOSÉ FORMOSINHO Câmara Municipal de Lagos Departamento de Educação, Cultura e Acção Social Serviço de Património Histórico e Museológico MUSEU MUNICIPAL DR. JOSÉ FORMOSINHO PLANO DE ACTIVIDADES PARA AS ESCOLAS DO CONCELHO

Leia mais

COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO

COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO ENQUADRAMENTO A INTEGRAÇÃO DA METRO DO PORTO E DA STCP E A PERSPECTIVA DE PRIVATIZAÇÃO COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO ANÁLISE OBJECTIVOS MENSAGENS-CHAVE ACÇÕES A DESENVOLVER ENQUADRAMENTO

Leia mais

10 passos para ganhar a mídia. Estudantes Pela Liberdade

10 passos para ganhar a mídia. Estudantes Pela Liberdade 10 passos para ganhar a mídia Estudantes Pela Liberdade 2013 10 passos para ganhar a mídia Aqui estão 10 passos para atrair a atenção da mídia para o seu grupo. Siga todos esses passos efetivamente, e

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES SOCIEDADE PORTUGUESA DE ONCOLOGIA 2010

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES SOCIEDADE PORTUGUESA DE ONCOLOGIA 2010 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES SOCIEDADE PORTUGUESA DE ONCOLOGIA 2010 2010 RESUMO: este documento apresenta o relatório de actividades da Sociedade Portuguesa de Oncologia no ano de 2010 Índice 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

multi media soluções em comunicação

multi media soluções em comunicação multi media soluções em comunicação PARANÁ multi media multi media 1 MI DE HABITANTES NA REGIÃO R$18 BI POTENCIAL DE CONSUMO R$ 12 BI EM INVESTIMENTOS NA REGIÃO 1º NO RANKING INDUSTRIAS R$ 18 BI PIB DA

Leia mais

CONTEXTO: Avanços importantes: - Planificação anual conjunta das actividades do sector; -Relatório anual comum de actividades integradas.

CONTEXTO: Avanços importantes: - Planificação anual conjunta das actividades do sector; -Relatório anual comum de actividades integradas. PLANO ESTRATÉGICO INTEGRADO DE ENSINO TÉCNICO, PROFISSIONAL E EMPREGO CONTEXTO: O Governo de Cabo Verde (CV) começou a trabalhar ao longo desta última legislatura na integração dos sectores da formação

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2011

PLANO DE ACTIVIDADES 2011 PLANO DE ACTIVIDADES 2011 MARÇO DE 2011 Este documento apresenta os objectivos estratégicos e as acções programáticas consideradas prioritárias para o desenvolvimento da ESE no ano 2011. O Plano de Actividades

Leia mais

CARTA DE COMPROMISSO

CARTA DE COMPROMISSO CARTA DE COMPROMISSO Introdução O Centro para a Qualificação e Ensino Profissional (CQEP) do Agrupamento de Escolas nº1 de Gondomar encontra-se sedeado na Escola-sede do Agrupamento, a Escola Secundária

Leia mais

RTP DIGITAL. Novembro, 2015

RTP DIGITAL. Novembro, 2015 RTP DIGITAL Novembro, 2015 Destaques do mês Direto O direto da RTP3 (811.585 visitas) cresce 36% face ao mês anterior. O direto da Antena 1 (547.825 visitas) cresce 3% em comparação com o mês anterior

Leia mais

A Internet e o consumo de notícias online em Portugal

A Internet e o consumo de notícias online em Portugal A Internet e o consumo de notícias online em Portugal Julho de 2015 Publicações OberCom ISSN 2182-6722 0 Índice Sumário Executivo... 5 Análise de dados... 7 Caracterização geral da amostra... 7 Caracterização

Leia mais

ENQUADRAMENTO OBJETIVO ANÁLISE DESAFIO. Integração das empresas Metro do Porto e STCP na entidade Transportes Metropolitanos do Porto

ENQUADRAMENTO OBJETIVO ANÁLISE DESAFIO. Integração das empresas Metro do Porto e STCP na entidade Transportes Metropolitanos do Porto ENQUADRAMENTO OBJETIVO Integração das empresas Metro do Porto e STCP na entidade Transportes Metropolitanos do Porto ANÁLISE Não há memória de greves no Metro do Porto CONFIANÇA Antiguidade e tradição

Leia mais

Índice # Orgão Título Data

Índice # Orgão Título Data Índice # Orgão Título Data 1 Guia Prático Estudante Instituto Politécnico de Beja - IPBeja Uma Institutição ONDE TU FAZES A DIFERENÇA! -07-2013 2 Guia Prático Estudante Instituto Politécnico de Beja -

Leia mais

Palmela - Experiências com Sabor

Palmela - Experiências com Sabor Promover a notoriedade da marca turística Palmela, como território associado à gastronomia, aos produtos locais de qualidade e às boas experiências que proporciona a quem o visita. Objectivo global Incentivar

Leia mais

SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE 2010 RELATÓRIO FINAL

SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE 2010 RELATÓRIO FINAL SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE 2010 RELATÓRIO FINAL SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE 2010 RELATÓRIO FINAL 1 Índice Pág. 1. Sessão de Divulgação do Plano de Melhoria da Qualidade do Ar da Região Norte 3 2.

Leia mais

Ficha de Caracterização de Entidade/Projecto Emprega o Futuro

Ficha de Caracterização de Entidade/Projecto Emprega o Futuro Ficha de Caracterização de Entidade/Projecto Emprega o Futuro 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto(s) Emprega o Futuro Programa Escolhas 4ª Geração Promotor(es): ISU - Instituto de Solidariedade

Leia mais

P L AN O D E C O M U N I C AÇ ÃO I N S T I T U C I O N AL

P L AN O D E C O M U N I C AÇ ÃO I N S T I T U C I O N AL Plano de Comunicação Institucional pág: 1 P L AN O D E C O M U N I C AÇ ÃO I N S T I T U C I O N AL Plano de Comunicação Institucional pág: 2 ÍNDICE DE CONTEÚDOS 1 ASPECTOS GERAIS 1.1 ENQUADRAMENTO 1.2

Leia mais

PRÊMIO COMUNICADOR PARCEIRO DA EDUCAÇÃO REGULAMENTO

PRÊMIO COMUNICADOR PARCEIRO DA EDUCAÇÃO REGULAMENTO PRÊMIO COMUNICADOR PARCEIRO DA EDUCAÇÃO REGULAMENTO O PRÊMIO COMUNICADOR PARCEIRO DA EDUCAÇÃO é uma iniciativa do Instituto Votorantim, por meio do projeto Parceria Votorantim pela Educação, que tem o

Leia mais

Matriz Portugal 2020 para IPSS Outros Apoios

Matriz Portugal 2020 para IPSS Outros Apoios Revisão 1 : 29/12/2015 PO PO Estagiar T (Açores) 31/07/15 30/11/15 01/04/16 Programa de Incentivo à inserção do estagiar L e T - 31/07/15 30/12/15 02/05/16 PIIE Estágios Madeira 31/07/15 30/11/15 01/04/16

Leia mais

RTP DIGITAL. Dezembro, 2015

RTP DIGITAL. Dezembro, 2015 RTP DIGITAL Dezembro, 2015 Destaques do mês On Demand A série Os Nossos Dias (143 mil visitas) cresce 7% face ao mês anterior e apresenta o melhor resultado de 2015. O site do The Voice Portugal regista

Leia mais

MINISTÉRIOS DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL E DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIOS DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL E DA EDUCAÇÃO Diário da República, 1.ª série N.º 97 19 de Maio de 2011 2805 desde 1 de Janeiro de 2010, no Malawi, desde 1 de Abril de 2010, no Mali, desde 1 de Dezembro de 2010, em Malta, desde 1 de Março de 2010,

Leia mais

Comunicação social Jornalismo, Relações Públicas, Assessoria e Comunicação de Marketing.

Comunicação social Jornalismo, Relações Públicas, Assessoria e Comunicação de Marketing. Comunicação social Comunicação social A Comunicação Social é um campo de conhecimento académico que estuda a comunicação humana e as questões que envolvem a interação entre os sujeitos em sociedade. Os

Leia mais

Estratégia de Visibilidade

Estratégia de Visibilidade República de Moçambique MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE Programa de Apoio aos Actores Não-Estatais União Europeia Estratégia

Leia mais

Estrutura do Plano de Acção de Energia e Sustentabilidade - Pacto dos Autarcas

Estrutura do Plano de Acção de Energia e Sustentabilidade - Pacto dos Autarcas Estrutura do Plano de Acção de Energia e Sustentabilidade - Pacto dos Autarcas Cascais, 26 de Agosto de 2010 1 P á g i n a ÍNDICE 1.ENQUADRAMENTO... 1 2.METAS E OBJECTIVOS... 2 3.MEDIDAS A IMPLEMENTAR...

Leia mais

Decreto-Lei nº 24/2007 De 30 de Julho

Decreto-Lei nº 24/2007 De 30 de Julho Decreto-Lei nº 24/2007 De 30 de Julho A estratégia de desenvolvimento sustentável e harmonioso do país, tendo por paradigma a melhoria contínua das condições de vida dos cabo-verdianos, só pode ser bem

Leia mais

Formação para Técnico de Segurança no Trabalho, Nível 4 de Qualificação, QNQ

Formação para Técnico de Segurança no Trabalho, Nível 4 de Qualificação, QNQ NOTA TÉCNICA N.º 3 TEMA: Formação Profissional de SST Formação para Técnico de Segurança no Trabalho, Nível 4 de Qualificação, QNQ Formação para Técnico Superior de Segurança no Trabalho, Níveis 6 a 8

Leia mais

Índice. Sumário Executivo 2. Índice de Tabelas e Gráficos 5. Introdução 12. Argentina 17. Brasil 31. Chile 45. Colômbia 58. México 72.

Índice. Sumário Executivo 2. Índice de Tabelas e Gráficos 5. Introdução 12. Argentina 17. Brasil 31. Chile 45. Colômbia 58. México 72. Índice Sumário Executivo 2 Índice de Tabelas e Gráficos Introdução 12 Argentina 17 Brasil 31 Chile 4 Colômbia 8 México 72 Conclusão 86 Notas Metodológicas 96 É proibida a reprodução parcial ou total de

Leia mais

Plano de Comunicação 2013-2014

Plano de Comunicação 2013-2014 Plano de Comunicação 2013-1 Plano de Comunicação "Portugal Sou Eu" 2013- O Portugal Sou Eu foi lançado em Dezembro de 2012 pelo Governo de Portugal e o seu principal objetivo é a valorização nacional.

Leia mais

Análise de Conteúdo à Comunicação Editorial. 1ºTrimestre de 2014

Análise de Conteúdo à Comunicação Editorial. 1ºTrimestre de 2014 Análise de Conteúdo à Comunicação Editorial 1ºTrimestre de 2014 Introdução A análise de performance da comunicação permite avaliar a eficácia das ações de comunicação e relações públicas através da medição

Leia mais

Como...fazer o pré-teste de materiais de extensão rural com pequenos agricultores

Como...fazer o pré-teste de materiais de extensão rural com pequenos agricultores Como...fazer o pré-teste de materiais de extensão rural com pequenos agricultores A realização de pré-testes antes da distribuição dos materiais de extensão rural é um processo importante no desenvolvimento

Leia mais

RTP ONLINE. Fevereiro, 2015

RTP ONLINE. Fevereiro, 2015 RTP ONLINE Fevereiro, 2015 Destaques do mês fevereiro Got Talent Portugal http://media.rtp.pt/gottalentpt/ Em fevereiro, o site do Got Talent Portugal contabilizou um total de 126 mil visitas, 442 mil

Leia mais

A classificação do exame corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das duas provas (escrita e prática).

A classificação do exame corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das duas provas (escrita e prática). INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Nº 2/2015 EDUCAÇÃO FÍSICA Abril de 2015 Prova 28 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga as

Leia mais

RTP Online. Julho, 2015

RTP Online. Julho, 2015 RTP Online Julho, 2015 Destaques do mês O site dedicado ao Nos Alive (http://media.rtp.pt/blogs/nosalive/) regista no mês de julho um total de 147.704 visitas e 378.771 pageviews. Dos conteúdos mais procurados

Leia mais

Centro para a Qualificação e o Ensino Profissional do Agrupamento de Escolas N.º 2 de Beja. Enquadramento

Centro para a Qualificação e o Ensino Profissional do Agrupamento de Escolas N.º 2 de Beja. Enquadramento Centro para a Qualificação e o Ensino Profissional do Agrupamento de Escolas N.º 2 de Beja Legislação de referência: 1. Despacho n.º 13147/2014 de 29 de outubro 2. Despacho N.º 1709-A/2014 de 3 de fevereiro

Leia mais

viii BAIXAS QUALIFICAÇÕES EM PORTUGAL

viii BAIXAS QUALIFICAÇÕES EM PORTUGAL ÍNDICE ÍNDICE DE QUADROS................................................................ x ÍNDICE DE ILUSTRAÇÕES............................................................ x ÍNDICE DE GRÁFICOS...............................................................

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DA ESTBARREIRO/IPS. Índice

PLANO DE ATIVIDADES DA ESTBARREIRO/IPS. Índice PLANO DE ATIVIDADES 2015 Índice 1. Introdução... 2 1.1. Âmbito e organização... 2 1.2. Enquadramento institucional... 2 2. Objetivos estratégicos e operacionais... 5 3. Metas a alcançar e atividades a

Leia mais

BASQUETE FEMININO DE BLUMENAU FMD BLUMENAU / VASTO VERDE PROPOSTA DE PARCERIA

BASQUETE FEMININO DE BLUMENAU FMD BLUMENAU / VASTO VERDE PROPOSTA DE PARCERIA BASQUETE FEMININO DE BLUMENAU FMD BLUMENAU / VASTO VERDE PROPOSTA DE PARCERIA As empresas cidadãs como são chamadas as empresas que se utilizam do marketing social, sabem da importância de sua imagem e

Leia mais

OPORTUNIDADES DE ESTÁGIO

OPORTUNIDADES DE ESTÁGIO Nº da vaga: 1411 Curso(s): Comunicação social (jornalismo e relação públicas) Requisito: A partir do 5º período Acompanhar a busca de noticias; Atuar em pesquisas na Atividades a serem internet; Auxiliar

Leia mais

MENU DE MÍDIAS PROCESSOS SELETIVOS

MENU DE MÍDIAS PROCESSOS SELETIVOS MENU DE MÍDIAS PROCESSOS SELETIVOS Este documento tem o objetivo de apresentar algumas possibilidades de divulgação dos processos seletivos para ingresso de alunos no Instituto Federal do Espírito Santo.

Leia mais

Programa Fórmula Santander Ação nas IES. Vídeo Game. Brasil

Programa Fórmula Santander Ação nas IES. Vídeo Game. Brasil Programa Fórmula Santander Ação nas IES Vídeo Game O PROGRAMA Lançado em 2010, o Programa Fórmula Santander é uma das iniciativas de mobilidade internacional que beneficiará 300 estudantes universitários

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 APROVADO EM SESSÃO PLENÁRIA DO CLAS 21 DE MAIO DE 2013 1 NOTA INTRODUTÓRIA O Diagnóstico Social constituiu a base de trabalho da ação dos Parceiros Locais.

Leia mais

relatório trabalhar com arquitectos campanha out 13

relatório trabalhar com arquitectos campanha out 13 relatório trabalhar arquitectos campanha out 13 / 2 índice introdução a campanha unicação análise anexos 4 5 7 8 9 14 15 16 18 22 28 33 34 36 37 3 introdução 4 a campanha Mass Media performance de unicação

Leia mais

Fórum Nacional das Rádios Comunitárias (FORCOM) Estratégia de Comunicação

Fórum Nacional das Rádios Comunitárias (FORCOM) Estratégia de Comunicação Fórum Nacional das Rádios Comunitárias (FORCOM) Estratégia de Comunicação 2011-2015 Maputo, Janeiro de 2011 2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO......... 3 1.1 Contextualização............ 3 1.2 Justificativa (Porquê

Leia mais

Elemento 2: Inquérito para avaliação da Inclusão da Deficiência nas Leis, Políticas e Programas

Elemento 2: Inquérito para avaliação da Inclusão da Deficiência nas Leis, Políticas e Programas EDAMAT Um instrumento para promover a inclusão efectiva da Deficiência nas Políticas e práticas Gerais Elemento 2: Inquérito para avaliação da Inclusão da Deficiência nas Leis, Políticas e Programas Introdução

Leia mais

São tantos os assuntos que a sua empresa não vai querer ficar de fora

São tantos os assuntos que a sua empresa não vai querer ficar de fora São tantos os assuntos que a sua empresa não vai querer ficar de fora construdecore Feira da Construção, Arquitetura e Decoração 03 04 APRESENTAÇÃO A CONSTRUDECORE se apresenta como uma excelente oportunidade

Leia mais

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 Revista de Imprensa Janeiro de 2007 DNA 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 2 - Diário Económico, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 10 projectos em 2006 3 - Jornal

Leia mais

N o v o R u m o N o v a O r d e m T R I É N I O 2 0 1 4-2 0 1 6

N o v o R u m o N o v a O r d e m T R I É N I O 2 0 1 4-2 0 1 6 PROGRAMA DE CANDIDATURA AOS ÓRGÃOS REGIONAIS NORTE DA ORDEM DOS ARQUITECTOS Nós, Arquitetos, estamos preocupados com o futuro da profissão no nosso país! É imenso o sentimento de frustração e desânimo

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA AVALIAÇÃO

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA AVALIAÇÃO PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013 2015 AVALIAÇÃO O Plano de Desenvolvimento Social constitui um documento estratégico concelhio em matéria social, e integra, a um nível local, os problemas prioritários

Leia mais

1. A evolução dos media tradicionais

1. A evolução dos media tradicionais 1. A evolução dos media tradicionais Nos últimos anos temos assistido ao desenvolvimento crescente de novas formas de comunicação. As empresas e organizações têm actualmente à sua disposição, para além

Leia mais

Estratégia de Media Show & Tell Retailgeste

Estratégia de Media Show & Tell Retailgeste Estratégia de Media Show & Tell Retailgeste 8 Abril 2014 Estratégia de Media_Onde está a Retailgeste? Portfolio orientado para cada necessidade: Potencial de proximidade com o P.O.S. Setting ideal para

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DO CONSELHO GERAL. Relatório de Avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento, 2007 2010

COMISSÃO PERMANENTE DO CONSELHO GERAL. Relatório de Avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento, 2007 2010 Relatório de Avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento, 2007 2010 O presente relatório traduz a avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento Vertical de Escolas de Leça da Palmeira/Santa Cruz do

Leia mais

Plano de Actividades 2009

Plano de Actividades 2009 Plano de Actividades 2009 Introdução No prosseguimento da sua missão consultiva, instituída no quadro da Lei de Bases do Sistema Educativo de 1986, e tendo por referência a Lei Orgânica (Decreto-lei nº

Leia mais

A nossa missão é... AJUDAR A CRIAR UM MUNDO MELHOR PARA AS FUTURAS GERAÇÕES

A nossa missão é... AJUDAR A CRIAR UM MUNDO MELHOR PARA AS FUTURAS GERAÇÕES A nossa missão é... AJUDAR A CRIAR UM MUNDO MELHOR PARA AS FUTURAS GERAÇÕES Os indicadores nacionais Portugal ocupa um dos primeiros lugares da obesidade e excesso de peso infantil Fonte: Associação Internacional

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADE outubro 2015

RELATÓRIO DE ATIVIDADE outubro 2015 RELATÓRIO DE ATIVIDADE outubro 2015 Sumário executivo Para a apresentação do Relatório de Competitividade 2015-2016 do World Economic Forum foram desenvolvidas as seguintes ações de comunicação: Elaboração

Leia mais

Apresentado por Ana Paula de Jesus Almeida e Silva

Apresentado por Ana Paula de Jesus Almeida e Silva Apresentado por Ana Paula de Jesus Almeida e Silva O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), criado em 1979 (Decreto-Lei nº 519-A2/79, de 29 de Dezembro), é um organismo público, sob a tutela

Leia mais

DOCUMENTO NORTEADOR PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO

DOCUMENTO NORTEADOR PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO PROJETO ALUNO EMPREENDEDOR DOCUMENTO NORTEADOR PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO São Paulo 2015 PROJETO ALUNO EMPREENDEDOR DOCUMENTO NORTEADOR

Leia mais

Espaços. Sala de Adultos

Espaços. Sala de Adultos Apresentação A Biblioteca Municipal de Murça inaugurada no dia 16 de Setembro de 2005 por S. Exa., a Sr.ª Ministra da Cultura, Professora Doutora Isabel Pires de Lima, integra-se na Rede Nacional de Bibliotecas

Leia mais

Enquadramento Campanhas de Comunicação Resíduos Urbanos

Enquadramento Campanhas de Comunicação Resíduos Urbanos Enquadramento Campanhas de Comunicação Resíduos Urbanos Entre as 10 maiores empresas que comunicam habitualmente nesta área são 5 as que se salientam pelo maior esforço de comunicação: Ponto Verde, ValorSul,

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 011/2013

ATO NORMATIVO Nº 011/2013 ATO NORMATIVO Nº 011/2013 Disciplina as ações de comunicação social, no âmbito do Ministério Público do Estado da Bahia. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

DECISÃO DO CONSELHO DA AUTORIDADE DA CONCORRÊNCIA CCENT. 01/2005: IMPRESA / SIC / BPI I INTRODUÇÃO

DECISÃO DO CONSELHO DA AUTORIDADE DA CONCORRÊNCIA CCENT. 01/2005: IMPRESA / SIC / BPI I INTRODUÇÃO DECISÃO DO CONSELHO DA AUTORIDADE DA CONCORRÊNCIA CCENT. 01/2005: IMPRESA / SIC / BPI I INTRODUÇÃO 1. Em 3 de Janeiro de 2005, a Autoridade da Concorrência recebeu uma notificação relativa a uma projecto

Leia mais

NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade De Évora A.1.a. Outra(s)

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FERNÃO DE MAGALHÃES. REGULAMENTO DOS CURSOS EFA Educação e Formação de Adultos. I - Objecto

ESCOLA SECUNDÁRIA FERNÃO DE MAGALHÃES. REGULAMENTO DOS CURSOS EFA Educação e Formação de Adultos. I - Objecto ESCOLA SECUNDÁRIA FERNÃO DE MAGALHÃES REGULAMENTO DOS CURSOS EFA Educação e Formação de Adultos I - Objecto O presente regulamento define a organização, desenvolvimento e acompanhamento dos Cursos de Educação

Leia mais

O consumo de conteúdos noticiosos dos estudantes de Ciências da Comunicação da Faculdade de Letras da Universidade do Porto

O consumo de conteúdos noticiosos dos estudantes de Ciências da Comunicação da Faculdade de Letras da Universidade do Porto Ciências da Comunicação: Jornalismo, Assessoria e Multimédia O consumo de conteúdos noticiosos dos estudantes de Ciências da Comunicação da Faculdade de Letras da Universidade do Porto Metodologia da Investigaça

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO Entre: PRIMEIRA: MOVIJOVEM MOBILIDADE JUVENIL, COOPERATIVA DE INTERESSE PÚBLICO DE RESPONSABILIDADE LIMITADA, titular do Cartão de Identificação de Pessoa Colectiva número 502530863,

Leia mais

10 Anos de Audiências. Web App

10 Anos de Audiências. Web App 10 Anos de Audiências Web App 10 Anos de Audiências Web App É uma aplicação web que permite conhecer como evoluiu a relação dos portugueses com os media nos últimos anos. A aplicação tem como base a informação

Leia mais

ACORDO DE POLÍTICA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL 1991

ACORDO DE POLÍTICA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL 1991 CONSELHO PERMANENTE DE CONCERTAÇÃO SOCIAL ACORDO DE POLÍTICA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL 1991 LISBOA No contexto da execução do Acordo Económico e Social celebrado em 19 de Outubro de 1990 entre o Governo,

Leia mais

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta FICHA TÉCNICA Relatório do Plano de Acção de Freixo de Espada à Cinta Conselho

Leia mais

TV: a mídia preferida dos brasileiros

TV: a mídia preferida dos brasileiros PLANO COMERCIAL TV: a mídia preferida dos brasileiros TV RÁDIO INTERNET JORNAL REVISTA TV POR ASSINATURA CINEMA 17% 61% 58% 54% 43% 43% 95% Meio com maior penetração atingindo 95% da população FONTE: IPSOS

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES Inovação e Qualidade Plano de Ação Estratégico - 2012/2013 ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES PROJECTO DE INTERVENÇÃO PLANO DE ACÇÃO ESTRATÉGICO 2012/2013 Escola de Oportunidades e de Futuro Telmo

Leia mais

Plano Tecnológico Uma ideia mobilizadora, uma agenda de prioridades e um compromisso político

Plano Tecnológico Uma ideia mobilizadora, uma agenda de prioridades e um compromisso político Plano Tecnológico Uma ideia mobilizadora, uma agenda de e um compromisso político Apresentação ao Conselho Consultivo do Plano Tecnológico 19 de Julho de 26 Um mundo em profunda mudança O Mundo enfrenta

Leia mais

CULTURA OBJETIVOS E METAS

CULTURA OBJETIVOS E METAS CULTURA OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a participação juvenil na elaboração das políticas públicas na área de cultura com a participação de mais entidades e partidos políticos, via projetos e via mobilização

Leia mais

RESULTADOS RELATIVOS A GRÂNDOLA INDICADORES DO «CIDADES» (N = 306)

RESULTADOS RELATIVOS A GRÂNDOLA INDICADORES DO «CIDADES» (N = 306) RESULTADOS RELATIVOS A GRÂNDOLA INDICADORES DO «CIDADES» (N = 306) Inquiridos que assinalam (N) % Espaços públicos (Ex.: Jardins, Praças, etc...) 182 61,5% Passeio das ruas 203 68,6% Passadeiras 196 66,2%

Leia mais

PLANO NACIONAL DE EMPREGO (2008-2010)

PLANO NACIONAL DE EMPREGO (2008-2010) PLANO NACIONAL DE EMPREGO (2008-2010) RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO 2008-2009 PLANO NACIONAL DE EMPREGO (2008-2010) RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO 2008-2009 PLANO NACIONAL DE EMPREGO (2008-2010) RELATÓRIO

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 7 de outubro de 2015. Série. Número 154

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 7 de outubro de 2015. Série. Número 154 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 7 de outubro de 2015 Série Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS Portaria n.º 184/2015 Cria e regula o funcionamento

Leia mais

PRÊMIO DE MARKETING UNIMED "DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA"

PRÊMIO DE MARKETING UNIMED DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA PRÊMIO DE MARKETING UNIMED "DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA" REGULAMENTO 1. O QUE É O PRÊMIO DE MARKETING UNIMED Criado em 1994, pela Unimed do Brasil, o Prêmio de Marketing Unimed "Dr. Nilo Marciano de

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES DO MTSS - 2009

PLANO DE ACTIVIDADES DO MTSS - 2009 1.4 UNIVA 2.4 Intervenção Comunitária Apoiar educandos na definição e desenvolvimento do seu percurso de inserção ou reinserção no mercado de trabalho Promover o desenvolvimento sustentado e a inserção

Leia mais

LUSOFONIA ECONÓMICA PLATAFORMAS CPLP 19 MARÇO 2013

LUSOFONIA ECONÓMICA PLATAFORMAS CPLP 19 MARÇO 2013 PLATAFORMAS CPLP 19 MARÇO 2013 FINALIDADE DO PROJETO LUSOFONIA ECONÓMICA Promover a internacionalização das empresas através da intensificação de: - Parcerias entre empresários da CPLP - Divulgação de

Leia mais

8274 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 282 6 de Dezembro de 2003

8274 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 282 6 de Dezembro de 2003 8274 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIEB N. o 282 6 de Dezembro de 2003 Portaria n. o 13/2003 de 6 de Dezembro Considerando que o DecretoLei n. o 205/96, de 25 de Outubro, vem alterar a disciplina jurídica da

Leia mais

Relatório de Atividades 2015

Relatório de Atividades 2015 1 Introdução No ano de 2015, a FNERDM desenvolveu diversas atividades e representou as suas Entidades Associadas em vários organismos. Neste relatório são apresentadas as acções concretizadas pela FNERDM,

Leia mais

Internet - Hábitos, Serviços e Informação

Internet - Hábitos, Serviços e Informação Internet - Hábitos, Serviços e Informação Síntese Novembro 2005 1. Sobre a Netsonda A Netsonda, em actividade desde Julho de 2000, é líder e pioneira em Portugal na recolha e análise de informação através

Leia mais

ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO... 4

ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO... 4 ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO... 4 1.1- DOCENTES:... 4 1.2- NÃO DOCENTES:... 5 1.2.1- TÉCNICAS SUPERIORES EM EXERCÍCIO DE FUNÇÕES... 5 1.2.2- ASSISTENTES OPERACIONAIS EM EXERCÍCIO

Leia mais

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23 1 Indice Implementação do Cartão Social..... Pág. 3 Implementação da Oficina Doméstica.. Pág. 4 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida.. Pág. 5 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida...

Leia mais

Promoção Porto e Norte de Portugal - Imaterial -

Promoção Porto e Norte de Portugal - Imaterial - Eixo Prioritário II Valorização Económica de Recursos Específicos Promoção Porto e Norte de Portugal - Imaterial - Aviso de Abertura de Concurso para Apresentação de Candidaturas Promoção Porto e Norte

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO ANO LETIVO 2015-2016

PLANO ESTRATÉGICO ANO LETIVO 2015-2016 PLANO ESTRATÉGICO ANO LETIVO 2015-2016 1. INTRODUÇÃO E ENQUADRAMENTO Nos termos do Artigo 15.º, do Despacho Normativo n.º7/2013, 11 de julho No final de cada ano escolar, o conselho pedagógico avalia o

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS CENTRO ABERTO DE MÍDIA 01) O que é o Centro Aberto de Mídia (CAM)? É um espaço para atendimento aos jornalistas nacionais ou estrangeiros, credenciados ou não credenciados pela FIFA,

Leia mais

JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010

JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010 I Série Sumário SECRETARIAREGIONAL DO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS Portaria n.º 61/2010 Aprova o Regulamento de Aplicação

Leia mais

A cultura como referência

A cultura como referência Dossier de Imprensa A cultura como referência Primeiro festival de artes performativas a decorrer na região do Médio Tejo, este com dimensão internacional, teve a sua primeira apresentação em Alcanena,

Leia mais

Secretaria Nacional de Segurança Pública

Secretaria Nacional de Segurança Pública Secretaria Nacional de Segurança Pública Mulheres da Paz Conceito do Mulheres da Paz O Projeto MULHERESDAPAZ é uma iniciativa do Ministério da Justiça, instituída pela Lei n 11.530/2007 e pelo Decreto

Leia mais

Iniciativa Formação para Empresários Programa de Candidatura

Iniciativa Formação para Empresários Programa de Candidatura Iniciativa Formação para Empresários Programa de Candidatura No âmbito do Contrato de Delegação de Competências do POPH na CCP 1. Enquadramento da Iniciativa A Iniciativa Formação para Empresários tem

Leia mais

Avaliação da Educação Infantil no âmbito das políticas públicas

Avaliação da Educação Infantil no âmbito das políticas públicas Avaliação da Educação Infantil no âmbito das políticas públicas Sandra Zákia Sousa sanzakia@usp.br Rede Nacional Primeira Infância SEMINÁRIO NACIONAL CURRÍCULO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO INFANTIL: POLÍTICAS

Leia mais

Análise de Conteúdo à Comunicação Editorial. 4ºTrimestre de 2012

Análise de Conteúdo à Comunicação Editorial. 4ºTrimestre de 2012 Análise de Conteúdo à Comunicação Editorial 4ºTrimestre de 2012 Introdução A análise de performance da comunicação permite avaliar a eficácia das ações de comunicação e relações públicas através da medição

Leia mais

Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM. memoriafsm.org

Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM. memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória memoriafsm.org CENÁRIO DOS ESPAÇOS NO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL Pontos Fortes Potencialidades Dificuldades Estrangulamentos

Leia mais