A 3ª EXPO SAÚDE ALTERNATIVA LEVOU AO PÚBLICO PRESENTE, NOVAS TERAPIAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A 3ª EXPO SAÚDE ALTERNATIVA LEVOU AO PÚBLICO PRESENTE, NOVAS TERAPIAS"

Transcrição

1 ! IZ L FE Fev/Mar/2015 Ao 9 - º 50 Respeitado a vida, gerado egócios A 3ª EXPO SAÚDE ALTERNATIVA LEVOU AO PÚBLICO PRESENTE, NOVAS TERAPIAS Pág. 10 QUE OBJETIVOS VOCÊ DESEJA ALCANÇAR? O Coachig é a caroa que vai te ajudar a chegar mais rápido. Pág. 07 SHIZEN KEITAI TERAPIA NATURAL Essa terapia proporcioa alívio imediato a recuperação da sua saúde. Idicada para hematomas, dor de cabeça, dores lombares, musculares, tesão muscular, doeças reumáticas e outras mais complicadas. Pág. 09 TRABALHAR COM PRAZER Eis a chave para a felicidade, afirma o Dr. Lair Ribeiro. Pág. 11 AROMATERAPIA Emoções humaas e a persoalidade das platas. Pág. 08 TRATAMENTO DE FORA PARA DENTRO Com um público cada vez mais exigete, é ecessário que os profissioais de Spas e Clíicas procurem atualização costate, cometa Ala Szerma. Pág. 11 NEW SEITAI Dr. Ricardo Nakao explica o que é, e como fucioa essa terapia. Pág. 10 REPROGRAMAÇÃO BIOLÓGICA - NOVA MEDICINA GERMÂNICA - COSMÉTICOS NATURAIS Técica criada pelo Dr. Hamer, que estimula a auto cura do orgaismo, com base a Nova Medicia Germâica. Ela idetifica o tipo de coflito vivido, que for covertido em doeça física e possibilita ao orgaismo retorar ao estado saudável. Pág. 13 O segmeto cosmético é um dos que mais cresce, e a atureza cotiua em evidêcia. Coheça as substâcias mais utilizadas e as suas aplicações. Pág. 05

2 02 - IDEPES DIRETORES: Cassiao A. M. Pito Paulo Eduardo A. Dick ADMINISTRAÇÃO Redação e Correspodêcia: Editora Chefe Sôia M. M. Dick MTB º Joralista Resposável: Alvaro Augusto D. Dick MTB º Editorial Atualmete a mídia, os assutos preferidos são: crise, falta de água, desemprego em massa, aumeto dos impostos e por aí vai. Esses assutos, além de alarmates, provocam pâico a população que, cada dia mais, é bombardeada com más otícias, causado assim, diversas doeças. É importate ressaltar que em época de crise, surgem grades oportuidades, mas, é ecessário mater o equilíbrio, para se perceber cada uma delas, sem se equivocar. O pâico ão ajuda a efretar situações difíceis. Por isso, o Joral apreseta diversas terapias com profissioais capacitados para ajudar a população esses mometos. Além disso, temos que fazer a ossa parte ão desperdiçado a água, para que a atureza também etre em equilíbrio. Boa leitura! Prezados leitores Equipe do Joral Visite o site e acompahe os evetos, cursos e promoções. Cadastre-se para receber as iformações em seu ..: Sugestões de pauta e críticas devem ser eviadas para a redação, o . Participe, evie suas sugestões, pois o osso iteresse é melhorar a cada edição. EXPEDIENTE COLUNISTAS / ARTICULISTAS Homeopatia: Aa Maria Moteis e Carolia Mattos Moteiro Hatha Yoga: Maria Perpétua Brassaii Terapias Naturais: Serg Rios Alves Turismo: Alvaro Augusto Dozzo Dick PNL: Lair Ribeiro Gestão de Spas: Ala Szerma Resposabilidade Social: Sôia M. Dick Redação Rua Dr. Silva Leme, 37 - Beleziho São Paulo - SP - CEP: Foe: / Acesse o osso site: - Matérias assiadas são de iteira resposabilidade de seus autores, ão represetado, ecessariamete, a opiião deste joral. - As matérias de saúde publicadas em têm caráter prevetivo e educativo e sob hipótese alguma devem substituir o procedimeto de profissioais de saúde habilitados. - Os aúcios publicados esta edição são forecidos por ossos clietes, úicos resposáveis pela auteticidade e qualidade dos produtos que auciam. ANUNCIE AQUI / Alcaparra Av. Pompéia, Pompéia Seg a Sex das 11:30 às 15:30h Sab e Dom das 12:00 às 16:00h Alterativa Casa do Natural Rua Fradique Coutiho, 910 V. Madalea Seg a Sab das 11:30 às 16:00h Aa Prem Rua Muiz de Souza, 1170 Aclimação Seg a Seg das 11:00 às 15:00h Apfel Cetro Rua Dom José de Barros, 99 - Cetro Seg a Sab das 11:30 às 15:00h Apfel Jardis Rua Bela Citra, 1343 Seg a Sex das 11:30 às 15:00h Baaa Verde Rua Harmoia, Vila Madalea Terça a Sexta das 12:00 às 15:30h Bio Alterativa Higieópolis Rua Marahão, Higieópolis Seg a Sex das 12:00 às 15:30h Sab e Dom das 12:00 às 16:00h Bio Alterativa Jardis Al. Satos, Cerqueira Cesar Seg a Sex das 12:00 às 15:30h Sab e Dom das 12:00 às 16:00h Cachoeira Tropical Rua João Cachoeira, Itaim Bibi Seg a Sex das 11:00 às 15:00h Sab e Dom das 11:30 às 16:00h Cereal Brasil Rua Rodésia, Vila Madalea Seg a Qui das 9:00 às 19:00h Sex e Sab das 9:00 às 17:00h Cheiro Verde Rua Peixoto Gomide, Jd Paulista Seg a Sex das 11:30 às 15:00h Sab e Dom 12:00 às 17:00h GUIA DE RESTAURANTES VEGETARIANOS Aqui você ecotra o Joral Demether Coziha Vegetariaa Rua Verbo Divio, 1519 Seg a Sex das 11:30 às 15:00h Éde Av. Jabaquara, loja 46 Seg a Sab das 12:00 às 15:00h Frazão Vegetariao Rua Chafic Maluf, Brookli Seg a Sex das 11:30 às 15:30h Lagoa Tropical Rua Borges da Lagoa, 406 V. Clemetio Seg a Sex das 11:30 às 15:00h Dom das 11:30 às 16:00h Maha Matra Rua Fradique Coutiho, 766 V. Madalea Seg a Sex das 11:30 às 15:00h Sab e Dom 12:00h às 16:00h Nação Verde Restaurate Rua da Mooca, 2274 Seg a Sex das 8h00 às 19h00h Sab 8h00 às 18h00 O Vegetariao Restaurate Av. Jabaquara, 1126 Saúde Seg a Sex das 11:30 às 15:00h Sab e Dom das 11:30 às 15:30h Restaurate Vegetariao Rua Pde. Machado, 51 - Vila Mariaa Seg a Sex das 11:30 às 15:00h Sab e Dom e feriado das 12:00 às 16:00h Vitalis Av. Lis de Vascocelos, 1659 Seg a Sex das 11:30 às 15:00h =.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.= Faça a sua refeição e solicite o seu exemplar do Joral Você ecotra o Joral a Zoa Cerealista, os edereços abaixo: Akashia Flora Aveida Mercurio,162 - Brás Adorra Com. de Alimetos Rua Sata Rosa,171/175 - Brás Armazém Paulista Aveida Mercurio,154 - Brás / Armazém Sata Filomea Rua Sata Rosa,100-Brás Armazém São Vito Aveida Mercurio,222 - Brás / Casa de Saro Aveida Mercurio,146 - Brás / Cerealista Bom Chá Aveida Mercurio,166 - Brás / Cerealista Helea Rua Sata Rosa,141 e Brás Empório do Arroz Itegral Aveida Mercurio,86 - Brás / Nippo Flora Aveida Mercurio,70 - Brás / Faça as suas compras com preços difereciados e solicite o seu exemplar do joral

3 IDEPES - PORQUE HIGIENIZAR AS NARINAS FAZ BEM? P rimeiro o tempo quete, seco, com alto teor de poluição. Você volta para casa à oite, depois de um dia de trabalho com calor escaldate de 35º ou com ar codicioado ligado, que resseca as mucosas asais. Sai a rua, toma um choque térmico com a temperatura ambiete, respira poluição. Proto, está feita a mistura para um problema respiratório crôico, de ariz etupido, espirros, tosse, coriza, secreção alérgica, lacrimejameto dos olhos, descoforto geral de assoar as arias e ão limpar. Aí começa a maratoa de descogestioates asais que abrem e fecham as arias. Bom, você cohece LÔTA? Não? Está a hora de cohecer. É um tipo de chaleiriha, uma espécie de buliho, de cerâmica, muito bem feito e apropriado com o ome de LÔTA, e serve para você fazer uma higieização asal diária com o produto mais atigo do plaeta, que a mãe atureza os deu de graça, água e sal. É só colocar água moriha o LÔTA, colocar uma colher de chá de sal comum, e lavar as arias. Isso mesmo, LAVE AS NARINAS, tudo o que você precisa ter é um LÔTA e fazer o uso correto dessa técica maravilhosa de mil aos, da ciêcia ayurvédica. Veja como fucioa: Esse método de limpeza das arias ou higieização asal traz iúmeros beefícios fisiológicos, orgâicos, e também psíquicos. Auxilia o tratameto do distúrbio do soo, melhora a cocetração e memória. Apeas água e sal, o remédio mais atigo do mudo, cohecido desde tempos remotos pela ciêcia da ayurveda, a Ídia. Mais cohecida pelos praticates de Yôga, agora se popularizado, caido por terra mitos e pré-coceitos. Todos podem se beeficiar de uma técica simples, fácil e de baixo custo. E ter uma saúde melhor. Fução da Água e do Sal: A água mora tem fução vaso dilatadora, o sal (cloreto de sódio) é imprescidível dissociado-se em cloro e sódio, o CLORO age como bactericida e o SÓDIO como ati-séptico. Adicioa-se uma colher de chá de sal mais para cheia que para rasa, para o coteúdo de um Lôta, aproximadamete 350ml, Lôta G. O Lôta P 200 ml um pouquiho meos. E, para simplificar as coisas, pode-se usar sal comum ou sal mariho ão iodado. O sal tem aida a fução de ajudar a proteger o revestimeto da mucosa asal bem como mater sua hidratação. Por isso que água sem o sal irrita a mucosa e dá a sesação de ressecameto. É acoselhado usar água filtrada ou mieral, ou aida, as bisagas de soro fisiológico, que já estão protas. É só aquecer e colocar o LOTA. Luiz da Costa Figueiredo 03

4 04 - IDEPES DAS CINZAS AO SUCESSO - SEJA SUA FÊNIX! Por Alvaro Augusto Dozzo Dick No poema do persa Farid al-di Attar, (A Liguagem dos Pássaros, Attar Editorial) lê-se: Na Ídia vive um pássaro que é úico: a ecatadora fêix tem um bico extraordiariamete logo e muito duro, perfurado com uma cetea de orifícios, como uma flauta. Cada abertura em seu bico produz um som diferete, e cada um desses sos revela um segredo particular, sutil e profudo... A fêix vive cerca de 1000 aos e cohece de atemão a hora de sua morte. Quado ela sete aproximarse o mometo de retirar o seu coração do mudo, e todos os idícios lhe cofirmam que deve partir, costrói uma pira reuido ao redor de si leha e folhas de palmeira. Em meio a essas folhas etoa tristes melodias. Todos os pássaros e aimais são atraídos por seu cato. Todos se aproximam para assistir ao espetáculo de sua morte. [...] Quado lhe resta apeas um sopro de vida, a fêix bate suas asas e agita suas plumas, e deste movimeto produz-se um fogo que trasforma seu estado. Porém, quado a pira foi cosumida e a última cetelha se extigue, uma pequea fêix desperta do leito de cizas. No poema acima, a fêix cohece com atecedêcia seu destio, coisa que, para ós, seres humaos, é impossível, mas de certa maeira, todos somos/podermos ser fêix o setido de reascer de fracassos, isucessos e icapacidades profissioais. Algus postulados de Admiistração/Gestão dizem que a época de crise é a ideal para mudaças, ou ão existe revolução sem mudaças, pois quem faz igual sempre, ão poderá colher resultados diferetes. Hoje, ão podemos igorar que vivemos em uma época de crise acioal/iteracioal, política e social, e se quisermos sobreviver, precisamos mudar osso foco, ossos parâmetros. Há algus aos, quem tivesse uma fábrica de polaias, begalas ou palhetas, gaharia muito diheiro, pois homes ão saiam à rua sem esses objetos, porém hoje... Hoje o produto de maior valor para veda é...o cohecimeto! Steve Jobs ou Bill Gates chegaram aode chegaram por terem cohecimeto de ova tecologia, e souberam explorar esse cohecimeto. Para cohecer, porém, é ecessário pesquisar, ler, desbravar froteiras, e pricipalmete, estudar. Apreder ovas técicas e tedêcias, agregado saber ao já existete é essecial. A área de terapias vem se expadido eormemete, para receber cada vez mais, pessoas com problemas de saúde física e/ou psicológica. Professores capacitados, com titulações, são ecessários, e cursos oficiais, em escolas com credibilidade e aida os respaldados pelo MEC, poderão forecer a seguraça ao estudate. Reovar e iovar são as palavras de ordem para que a Fêix detro de ós reasça das cizas do fracasso, para a vida de sucesso. ALUGUEL DE SALAS PARA: CURSOS REUNIÕES PALESTRAS WORKSHOPS ATENDIMENTOS Jardim Aeroporto Zoa Sul Seguraça 24 horas, Iteret, Wi-fi, Recepção, Laptop, Datashow, Telão, Ar codicioado Tratar:

5 IDEPES COSMÉTICOS NATURAIS: UMA OPÇÃO PARA UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA O segmeto cosmético é um dos que mais cresce aualmete, e a atureza cotiua em evidêcia. Quem prefere utilizar cosméticos aturais etede que a pele merece um cuidado especial, pois além de serem preparados para mater a pele boita e sadia, também procuram esteder seus efeitos a todo o orgaismo, buscado um equilíbrio saudável. Todavia, todo resultado estético depede, pricipalmete, da saúde do corpo, ou seja, a utilização de cosméticos agregada a uma alimetação e descaso equilibrados. Ecotramos o mercado uma série de produtos para cuidado do corpo, do rosto e outros tais como, shampoos, codicioadores, saboetes líquidos, saboetes em barra, cremes hidratates, detifrícios, exaguatórios bucais, máscaras faciais, loções faciais e pós-sol. Detre as pricipais substâcias utilizadas ecotram-se: Babosa: também cohecida como Aloe Vera, muito utilizada em shampoos, cremes para o corpo e pós-sol devido a sua propriedade cicatrizate. Castaha da ídia e Gikgo Biloba: utilizado em cremes, loções ou géis para estimular a circulação, dores as peras e sesação de peras pesadas e casadas. Cetela: utilizada em cremes e géis para a redução de celulite e gordura localizada. Chá verde: utilizada em loções e cremes por sua atividade atioxidate, preveido o evelhecimeto precoce. Hamamélis: também utilizado para a circulação, mas a forma de loção é especialmete aplicado o rosto por sua ação adstrigete atuado o fechameto dos poros. Melaleuca: também cohecida como Tea tree, utilizada a forma de óleo essecial ou em cremes, loções devido a sua ação bactericida, fugicida e cicatrizate. Ideal para eczemas e micoses de uhas. Óleo de copaíba: utilizado em cremes e géis por sua ação cicatrizate e para alívio de dores musculares. Própolis: utilizada em diversas formas cosméticas, desde saboetes em barra ou líquido, shampoos, codicioadores, cremes, loções e outros por sua ação atisséptica, bactericida e cicatrizate. Raspa-de-juá: utilizada em shampoos por dimiuir a oleosidade capilar os tratametos de caspa e seborréia. Portato, a busca por um plaeta mais equilibrado começa com ossas opções de cosumo. A pessoa que sabe respeitar os limites do próprio corpo é a mesma que cohece a importâcia de preservar a atureza e o meio-ambiete. Faça a sua parte! Carolia Mattos Moteiro Farmacêutica Homeopata - Pharmácia Maga Vita - Cetro São Paulo SP ANUNCIE AQUI

6 06 É TEMPO DE MUDAR Feliz 2015! Votos siceros de paz, saúde e amor a todos Querido (a) leitor (a), Namaste! M ais um ao se fida e juto dele todas aquelas promessas que fizemos o iício do ao, como: vou cuidar mais de mim, vou fazer exercícios físicos, vou parar de fumar, vou mudar de emprego, vou melhorar mihas relações, etre tatas outras promessas que fazemos a ós mesmos a hora da passagem do ao. Promessas essas que muitas vezes são esquecidas logo após o primeiro gole de champahe. E etão, mais um ao se iicia, e todas aquelas maravilhosas promessas de mudaças, crescimeto, apredizagem, vão simplesmete sedo esquecidas. - IDEPES Pepi Brassaii Prof. de Hatha e Raja Yoga Clássico Tatra Yoga / Terapia do Ser Palestra Motivacioal Musical Calçada Atares, 55 sala 08 Alphaville Sempre é tempo para mudar A vida é um camiho, repleto de possibilidades, opções, escolhas. A cada dia, quatas vezes escolhemos ou optamos por algo? Quatas vezes queremos ser tolerates e tudo o que coseguimos ser é itolerate, julgador, crítico? Quatas vezes queremos falar ão e falamos sim? Em outras vezes, otamos as pessoas próximas de ós a falta de respeito por setimetos, emoções, etc? Tudo muito atural. Faz parte da vivêcia humaa, evolução. E você, se respeita? Existe Uião em você? Você sabe escutar o que seu corpo fala, sabe perceber suas emoções, sabe se cotrolar perate uma adversidade, sabe se acalmar um mometo de stress, raiva, medo? Pois é, ós vivemos perdedo osso tempo apeas preocupado com os outros. O que vão falar, pesar, como vão reagir, agir, o quato amamos, o quato odiamos, o quato queremos, o quato depedemos do cariho e ateção, e por aí vai. O Yóga e as mudaças No Yóga apredemos primeiramete a usar a respiração para acalmar, equilibrar e harmoizar. Através da prática das posturas vamos soltado a dureza corporal, desfazedo os ós, a rigidez, dado mais movimeto e lubrificado as articulações, alogado e fortalecedo todo o corpo físico. Com as práticas do Hatha Yóga apredemos a os cocetrar e a meditar. E é isso que produz resultados fabulosos a vida, o dia-a-dia, as relações, a maeira de agir e reagir. Com uma prática costate e discipliada, uma prática ode você é levado a ouvir, ver, setir, compreeder, aceitar e respeitar o seu mometo, aquilo que você é, suas possibilidades e suas dificuldades, sua vida. Para 2015, desejamos que o Yóga faça parte da sua listiha de promessas executáveis, as promessas de melhoria os humores, as relações, e o respeito próprio, o respeito às ossas famílias, filhos, e o respeito à atureza. Para 2015 desejamos também que você seja muito feliz, saudável e próspero. Resgate sua traquilidade, saúde e bemestar, porém, esqueça os imediatismos. Para se acalmar e equilibrar, respire profudamete. Pratique HathaYóga. E até a próxima! Namaste! Namaste sigifica: O Deus que está em mim, saúda o Deus que está em você. Visite o site e acompahe os cursos e evetos Siga-os o Facebook:

7 IDEPES COMO SOLUCIONAR PROBLEMAS DE OBESIDADE? Você sabia que a obesidade está relacioada com rejeição, abadoo e carêcia? Mágoas com o Pai - problemas de prosperidade. Mágoas com a Mãe - problemas de obesidade. Como solucioar? Etre em cotato, marque uma avaliação gratuita e saiba como solucioar de vez o problema de obesidade sem o uso de medicação. ======================================= Sou CRISTIANE BONELI, Psicoterapeuta holística - CRTH BR 907 e Naturoterapeuta líder em COACHING, PNL, FÍSICA QUANTICA APLICADA, experiêcia há mais de 18 aos com grade sucesso. Cristiae Boeli Todas as 6ªs feiras às 17:30h Programa Harmoia Corpo e Alma Rádio Mudial 95,7 FM ============================================= Harmoia Corpo e Alma - Cotato: (11) Localização: próximo ao Metrô Vila Mariaa Comuicadora do programa Harmoia Corpo e Alma - Radio Mudial 95,7 FM, todas as 6ªs feiras às 17:30 h, Idealizadora do CD de auto ajuda VIDA PRECIOSA. Desevolvo tratameto persoalizado para equilíbrio perfeito da sua mete e corpo, proporcioado emagrecimeto com alegria e bem-estar. Acoselhameto Metafísico, tem como objetivo o autocohecimeto, compreesão melhor de ossas emoções e postura diate de determiada situação. Quado coseguimos aalisar e eteder o que realmete precisamos, já é meio camiho para atigirmos a Homeostase (equilíbrio). ANUNCIE AQUI PARA ONDE VOCÊ ESTÁ INDO? V ocê sabe para ode está ido a Grade Estrada da Vida? Que objetivos e metas você deseja alcaçar? Quado ão escolhemos o poto de chegada, o osso destio fial, acabamos sedo levados para qualquer lugar. Deixa a Vida me levar, vida leva eu... pode ser uma boa música mas ão uma opção muito sábia para coduzir ossos passos! Escolher osso destio em sempre é o mais difícil; a maior dificuldade, muitas vezes, é saber como fazer para chegar lá, qual o primeiro passo para coseguir realizar mihas metas e sohos. Outro obstáculo a ossa camihada é a procrastiação, é deixar para amahã, é adiar ossos projetos para quado eu estiver mais preparado ou com mais diheiro ou isso ou aquilo... Seu tempo é sua Vida, um bem que ão temos como recuperar. Portato, faça hoje, comece a agir e camihar rumo ao destio que você determiou, AGORA. Teho uma excelete otícia para te dar: você ão precisa fazer isso soziho! O Coachig poderá te guiar essa peregriação rumo ao Sucesso, seja lá o que essa palavra sigifique para você!! Coachig é um treiameto com um prazo pré-determiado de duração, ode vamos jutos idetificar seu estado atual, determiar qual será seu poto de chegada, sua meta e traçar um plaejameto, uma rota, para atigir seus objetivos. Mais aida, durate o processo de Coachig, estarei ao seu lado para apoiar e garatir sua ação e motivação. Todo processo de Coachig é baseado a sua Missão de Vida, seus Valores, Taletos e Habilidadese tudo isso vamos explorar e descobrir jutos. Garato que a sua Vida e suas escolhas se torarão mais coeretes, mais sábias, mais sigificativas! Quer ter uma Vida mais equilibrada? Quer ter relacioametos sustetáveis? Quer mudar de emprego, tetar uma ova carreira? Quer aumetar seus redimetos se harmoizado com a prosperidade? Quer realizar tudo que sempre sohou? Etão vem comigo essa estrada... O Coachig é a caroa que vai te ajudar a chegar mais rápido ao seu destio, que te possibilitará ter uma Vida de Realizações e Felicidade! Maria Teresa Matelli R.S.V.P. Coachig Cotato:

8 08 AROMATERAPIA: EMOÇÕES HUMANAS E A PERSONALIDADE DAS PLANTAS - IDEPES H á algumas décadas, a sociedade modera prega uma busca icessate pelo prazer e sucesso pleo, à custa de muito estresse, falta de cotato afetivo, frustrações e praticamete ehum evolvimeto criativo em ossas atividades. As pessoas vivem agitadas, sem uca alcaçar a felicidade verdadeira, e sempre em desequilíbrio emocioal, a maioria das vezes, sem perceberem. Raiva, agústia, depressão, asiedade e outras sesações desagradáveis, são a raiz de todos os sitomas físicos que vehamos a desevolver, como já se sabe. A Aromaterapia é bastate difudida a aromatização de ambietes e mauteção da saúde física, mas, muito além destas aplicações, há eficiêcia comprovada desta prática o equilíbrio das emoções. Os óleos esseciais têm ação muito rápida e eficaz, sedo ferrameta de suporte para ossas deficiêcias em mometos difíceis. As platas possuem uma persoalidade que em iteração com osso orgaismo, os devolvem o bem-estar. Terapias Holísticas de origem vegetal como a Fitoterapia e a Terapia Floral, seguem o mesmo pricípio, buscado a causa das questões ates de tratar os sitomas, afial, o primeiro passo em qualquer terapêutica é buscar o equilíbrio do ser humao. Os óleos esseciais (matéria prima da Aromaterapia) ão só mostram sua capacidade de os equilibrar através da aálise de seus pricípios ativos, mas também através da observação do comportameto da plata a atureza; seu habitat atural, a iteração com outros vegetais, sua trajetória para garatir sua sobrevivêcia o plaeta, tudo isso deve ser iterpretado, pois características de persoalidade vegetal irão despertar a eergia que precisamos em muitas situações. Um campo de Lavada, por exemplo, os trasmite sereidade através de sua cor e uiformidade. O Eucalipto tem um troco fio em comparação à sua altura matedo equilíbrio e direção ascedete o crescimeto, como se quisesse sempre alcaçar esferas mais altas. Já o Vetiver, desevolve uma folhagem pequea acima da terra, e raízes muito profudas, mostrado solidez e firmeza. Também de acordo com a parte da qual é extraído o óleo essecial, podemos fazer uma aalogia com o aspecto que precisamos lapidar em ossa persoalidade. Vegetais possuem partes ligadas a esferas mais desas ou mais sutis. Raízes são mais físicas, represetado sua ligação com a terra. Folhas são a iteração com o meio através da respiração. Caule e cascas são vitalidade e estrutura. Fialmete as flores através do aroma, represetam o corpo astral, o mais sutil. As frutas e semetes reiiciam o ciclo, os levado de volta ao plao físico. Os óleos extraídos de raízes (Vetiver, Gegibre) são fortalecedores, com aromas itesos, que os remetem à praticidade dos afazeres cotidiaos. Já quado proveietes de folhas (Eucalipto, Piho), possuem aroma fresco, que favorecem a respiração, a liberdade e a fluidez as ações. Óleos retirados de flores (Rosa, Jasmim) são mais refiados, ligados a questões espirituais e de afetividade. Os oriudos de semetes (ais, erva doce) são usados para questões digestivas, que represeta o modo como lidamos com ossas emoções. Outros produzidos a partir de casca (Sâdalo) são eficietes para cocetração ou meditação, muito usados em rituais e Yoga, permitido um cotato com o astral sem devaeios ou exageros. Em resumo, esta rápida aálise, percebemos que estes taletos desevolvidos pelas platas em sua jorada o plaeta Terra, estão destilados a forma de óleos esseciais, que podemos utilizar em ossa busca diária de bem-estar. O assuto é vasto e ecatador, por isso vale a pea para os Terapeutas buscarem uma formação específica de Aromaterapia com esta abordagem. ==================================================================== Curso prático miistrado por Reata Figueiredo os dias 21 e 22 de fevereiro de 2015 Foes: / / Local: IDEPES / ANUNCIE AQUI!!! Por Reata Figueiredo Aúcio o Joral impresso + aúcio o site + facebook + mala direta pelo preço somete do aúcio Sadra Abilio da Silva Terapeuta Espiritualista NATUREZA DO SER Em 2015 pedi ordem INTERIOR. Tudo está a suas mãos, somos seres completos. Observe a voz que te fala o setir, ela te mostra camihos que vão facilitar seu dia a dia. A NATUREZA DO SER, quado posicioada a LUZ e o BEM é perfeita. Em que ao você vai levar isso a sério. O camiho é você se resposabilizar 100% por você (pesametos, palavras, atitudes etc.), fique do seu lado para que você cosiga EVOLUIR (EU VOU IR) em busca da miha melhora. A disciplia cosigo faz você realizar seus objetivos. A verdade é quado você quer você REALIZA. Dê ateção a sua ALMA, esse guia extraordiário que os mostra exatamete como devemos agir. Se permita defiitivamete ser seu amigo, assim você vai ecotrar um tempo para se cohecer melhor. Pela frete você tem 365 dias para se acertar com você!!!! Se olhe com bos olhos, Não se perca o outro. Seja bodoso com você, se recoheça todos os dias. Fortaleça a certeza o bem, purifique seus pesametos. Auto apoio e amor próprio...faça sua parte, Hore suas coquistas. Essas dicas já são um bom começo para esse ao. FELIZ Espaço Terapias Fucioal Rua: Atôio Tavares Aclimação Tel / Cel MESA RADIÔNICA QUÂNTICA Miistrado por Régia Prado Curso de radiestesia avaçada. Visão global da radiôica e aprofudameto o uso da psiôica com a mesa radiôica. Um curso totalmete prático ode você aprede a usar e eteder os resultados e mecaismos de fucioameto da mesa radiôica, assim como todo pricípio de magia. Abordagem simples e diâmica. Material icluso: pêdulo, mesa, apostila e certificado. Programa Radiestesia prática usado o pêdulo sem segredos / História da mesa radiôica e visão global de fucioameto / Ferrametas da mesa radiôica / Aula prática: coexão, mesuração, atuação. Temas abordados: Terapias vibracioais, uiverso quâtico, realidades paralelas, icosciete coletivo, programação de objetos, criado remédios vibracioais, aromas, reiki, símbolos, alegria divia, matriz cromática etre outros. Atuação em multi-dimesões. Reserva de vaga pelos foes: / Aula prática o dia 21 de fevereiro de 2015

9 IDEPES SHIZEN KEITAI TERAPIA NATURAL REBALANCE A MILENAR ARTE ORIENTAL DO BEM-ESTAR Por Takashi Miyase - Terapeuta Quem já ão sofreu com dores as costas, quadris ou articulações? Quem ão setiu um mal-estar por causa das horas que ficou setado ou em pé? A agitação da vida modera causa, quase sempre, reações idesejáveis ao corpo, que padece pela falta de cuidado e ateção, muitas vezes causadas pela falta de tempo e de tratametos especializados. Por que buscar o Shize Keitai? Se você já tetou a medicia ocidetal tradicioal e também o tratameto através da medicia orietal e ão obteve resultados, marque uma cosulta! O Shize Keitai é uma terapia atural, que ão utiliza aparelhos, remédios e ão causa a dor. Por meio do rebalaceameto e aquecimeto corporal, essa terapia relaxate proporcioa alívio imediato a recuperação da sua saúde. O corpo, quado doete, quer sempre se recuperar, mas, muitas vezes, está fraco e ão sabe como ajudar-se. Remédios, cirurgias, tratametos que utilizam força e a dor, visam miimizar, resolver os sitomas. O Shize Keitai cosidera que os sitomas são cosequêcias de um ou vários problemas e por isso devem ser ivestigados. O terapeuta utiliza de técicas que ajudam o corpo a ecotrar a melhor forma para curar-se, sem utilizar qualquer outro meio extero, seão as mãos e o relaxameto. Quais os tipos de sitomas? O paciete que sofre de uma dor de cabeça icurável, dores lombares, musculares, hematomas, torção, tesão muscular, doeças reumáticas, etre outras doeças raras e complicadas. A utilização de remédios tem efeito temporário, baixado a resistêcia do paciete e dimiuido a capacidade do corpo de recuperar-se. O tratameto ideal? O tratameto ão causa daos ao corpo, estado, a parte afetada, livre de dores e sofrimeto, proporcioado a cura a curto prazo. Este tratameto é real, e a sua realização o campo do tratameto dos sitomas, das dores e da suas causas são sob forma de terapia atural. ALUGUEL DE SALAS CURSOS, PALESTRAS E ATENDIMENTOS Jardim Aeroporto - Zoa Sul Guarda 24 horas, Wi-fi, Laptop, Recepção, Datashow e Telão Iformações: / Facebook: idepessp

10 10 - IDEPES IDEPES NA 3ª EXPO SAÚDE ALTERNATIVA Nos dias 13 e 14 de dezembro de 2014 o IDEPES - Istituto de Desevolvimeto Pessoal de Esio Superior - participou da 3ª Expo Saúde Alterativa, divulgado os cursos previstos para Na oportuidade, vários foram os profissioais que fizeram demostração de ovas técicas terapêuticas, o estade da Istituição. Ala Szerma esteve presete e, ex-aluos já atuates como terapeutas, colaboraram o estade, divulgado o trabalho do IDEPES. A repercussão foi grade e o eveto ocorreu em um clima de alegria e grade profissioalismo. Parabés aos colaboradores que fizeram do eveto um sucesso. Alfredo Mesquita Paulo Roberto Araújo Da esquerda para a direita: Alvaro Dick, Sôia Dick, Alfredo Mesquita, Leuda Alecar, Paulo Roberto Araújo, Darcy Souza, Ricardo Nakao e Estefâia Caldas AYURVEDA A massagem ayurvédica represeta uma das terapias mais difudidas pelo Ayurveda. O pricipal objetivo do terapeuta ao realizar as maipulações ou maobras ao logo de todo o corpo, é a liberação de toxias presetes os músculos, tecidos e até mesmo os órgãos que estejam bloqueado a circulação de eergia vital, praa ou prâica. Cosiderada uma das terapias mais quâticas da atualidade, essa massagem faz com haja uma coexão eergética etre o terapeuta e o paciete, resultado em maobras ituitivas de grade resultado devido a um feedback atural. A massagem iicia-se com maobras a colua, cosiderada o cetro da vida, ou por ode sobem as eergias, pelos caais ou adhis. Diferete da Quiroprática ela foca ão a patologia, mas um reequilíbrio eergético do corpo para uma saúde perfeita. A visão do terapeuta ayurvédico está mais focada ao desequilíbrio da eergia que resulta em patologias posteriores, dado um setido holístico ao seu tratameto. A forma do alogameto da espiha feito com a maobra, faz com que haja uma cavitação do desalihameto da colua, fazedo um som oco, seguido de grade Felipe Guillermo Fuetes Urbia coforto. Esse coforto é a resposta Demostração da técica do beeficio da maobra, que retira massagem ayurvédica o estade do um esforço desecessário que o IDEPES a 3ª Expo Saúde Alterativa sistema ervoso e musculatura fazem costatemete, devido ao desalihameto. Liberado a compressão as vértebras, os músculos deixam de se tecioar e as iformações do sistema ervoso cetral fluem sem problema, a região. Em seguida, são realizadas várias maobras por todo o corpo com o ituito de reequilibrá-lo com sua eergia, harmoizado o físico, o metal e o espiritual. Existem diversas técicas de massages o sistema ayurvédico de cura, aplicadas com a ecessidade de cada paciete, tomado uma direção holística em direção à qualidade de vida. Felipe Guillermo Fuetes Urbia Professor de terapias estéticas e terapias holísticas Vice-presidete da Assocemsp dos Profissioais de Cosmetologia, Estética e Maquilagem do Estado de São Paulo =========================================================== Serviço: Cotato para cursos ou atedimeto, pelo foe: NEW SEITAI Por Dr.ft. Ricardo de Oliveira Nakao O Seitai teve origem o Japão há cerca de 300 aos. A técica surgiu para recuperar guerreiros samurais que tiham ferimetos e membros deslocados após treios e batalhas. Os movimetos, suaves e precisos, deixavam os guerreiros preparados para ovas lutas. Já o NEW SEITAI teve origem o Japão a década de 80, seu idealizador foi o professor Kaiti Takagui, e é a Dr. ft. Ricardo de Oliveira Nakao Demostração da técica New Seitai o estade do IDEPES a 3ª Expo Saúde Alterativa iovação do Seitai cuja origem remota à época dos samurais. Após aos de pesquisa sobre a causa das dores o corpo, coclui-se que a maioria delas ocorre devido aos desvios articulares, o que provoca o bloqueio articular e, cosequetemete, pode causar piçameto ervoso e ou tesões musculares. O método cosiste em localizar o desvio articular através de um suave toque localizado sesibilidade de dor, uma vez idetificada a sesibilidade e dor, deve ser realizado o ajuste corretamete. Propicia resultados excepcioais, promovedo rápido alívio de dores e reestruturação esquelética. Seu foco é tratar as dores causadas por fatores adversos como tração, compressão, cotusão, vícios posturais, tesão muscular ou desalihameto esquelético, que afetam os músculos, ligametos, tedões e ervos. Idicações: Dores agudas ou crôicas a colua, héria de disco, artrose, artrite, tediopatias, exaquecas, protrusão discal e outros. Algus casos de fibromialgia também apresetam bos resultados com este tratameto. O curso de NEW SEITAI cosiste em 3 fiais de semaa, tedo como foco a parte prática, cosiderado que os aluos teha fudametos de aatomia. ================================= Serviço: Cotato para cursos ou atedimeto, pelo foe:

11 IDEPES Ala Szerma TRATAR DE FORA PARA DENTRO O Camiho de atualização OPúblico cada vez mais exigete, busca uma fote de juvetude e bem-estar. Será que estamos preparados para escolher os igredietes e tratametos, que têm um papel essecial os tratametos? A esteticista é capaz de escolher os produtos e tratametos que são seguros e adequados para cada cliete. Mas, como é que a esteticista pode escolher etre as ceteas de tratametos e igredietes do produto em uma liha de cuidados da pele? É lógico que muitos de ós toramos-os perplexas quato ao tratameto /produto / igredietes/ que devemos usar, pois são tatas opções prometedo os melhores resultados, será que os igredietes são compatíveis com a pele? Será que a terapia recomedada é perfeita para chegar de ecotro ao desejo? Em primeiro lugar, a escolha correta do produto começa com uma compreesão da ciêcia dérmica, fucioameto das células dos sistemas circulatório e eural detro da epiderme e derme. É por isso que a aálise da pele ficou muito importate, ela iclui um formulário de etrada escrita, jutamete com o uso de técicas orietais que iformam uma leitura precisa do que o cliete precisa. Em segudo lugar, devemos rever as maipulações e massages que devemos aplicar. A mais recete pesquisa idica que os queratiócitos são o chefe comuicador da pele. Eles goveram e eviam milhares de siais ão só em toda a epiderme, mas também a derme. A meor atividade, mesmo o mato ácido começa eviar siais. Este fato criou uma visão difereciada da massagem em geral, massagem que hoje é usada em siergia e como colaboração etre o produto e o toque. Além disso, sabemos agora que os fibroblastos (colágeo e elastia) podem ser estimulados por meio do desempeho de maipulação da epiderme. Um outro fato ovo é que um ivisível fluxo de eergia flui através do corpo humao. Usado toques, podem ser formados campos elétricos que melhoram o ível de eergia, com a iteção de desbloquear e restaurar a eergia em ível celular. FACE MAPPING é a mais atual pesquisa de rejuveescimeto facial abrido um camiho para elimiação de rugas.cada área delieada utiliza platas com ativos rejuveecedores. ================================= Idepes tel: / ALA SZERMAN - Vice Presidete da Associação Brasileira de Cliicas e Spas Tel / ALUGUEL DE SALAS PARA CURSOS, PALESTRAS E ATENDIMENTOS Jardim Aeroporto - Zoa Sul Seguraça 24 horas, Iteret, Wi-fi, Recepção, Laptop, Datashow e Telão Tratar: / Dr. Lair Ribeiro Dr. Lair Ribeiro Palestrate iteracioal, ex-diretor da Merck Sharp & Dohme e da Ciba-Geigy Corporatio, os Estados Uidos, e autor de vários livros que se toraram best-sellers o Brasil e em países da América Latia e da Europa. Médico cardiologista, viveu 17 aos os Estados Uidos, ode realizou treiametos e pesquisas a Harvard Uversity, Baylor College of Medicie e Thomas Jefferso Uiversity. Webpage: / / Tel TRABALHAR COM PRAZER Eis a chave para a felicidade! S e você pesa que satisfação e trabalho são tates para a realização pessoal. Os valores também são impor- coisas distitas, está a É preciso idetificá-los, fortalecê-los e hora de rever seus adequá-los ao seu propósito de vida. coceitos! De acordo Quado coseguimos alihar com ota divulgada pela propósito, visão e valores temos muito BBC Brasil, pesquisadores suecos mais chaces de os torarmos garatem que o trabalho duro, desde pessoas bem-sucedidas. Isso, porém, que utilize a plea capacidade da ão é garatia de sucesso. Mais uma pessoa e valorize seus potos fortes, vez, é preciso ultrapassar limites! É pode trazer mais satisfação a quem o preciso desevolver a competêcia em realiza do que a própria remueração executar melhor o que você faz de melhor, recebida. Os estudiosos cocluem que comuicar isso às pessoas e fazer com a satisfação oriuda do trabalho pode que elas ecessitem da sua habilidade. ser mais gratificate do que gahar a Por fim, é preciso, também, gostar do loteria, visto que esta proporcioa modo como você faz o que gosta de fazer. apeas uma felicidade temporária. De acordo com o estudo da Mas como coseguir cociliar uiversidade sueca, trabalhar para trabalho e satisfação pessoal? atigir um objetivo pode ser aida mais Primeiro, pare de pesar em prazeroso do que alcaçar o objetivo em diheiro como fialidade do trabalho. questão. Diheiro é coseqüêcia e ão fim. Seu A importâcia de trabalhar com prazer salário deve ser a recompesa pelo seu trabalho, mas ão a fialidade dele. No passado, todo o trabalho Trabalhado por diheiro você se tora ecessitava de força física, como as escravo dele e perde o prazer em atividades agrícolas, por exemplo. Hoje, trabalhar, mesmo que goste do que faz! porém, a maioria das pessoas está Segudo, idetifique seu evolvida em atividades que exigem propósito de vida. É ele que dita as mais esforço itelectual do que físico. diretrizes para sua satisfação e Mesmo que sem estar focadas o realização pessoal. Todos temos um trabalho 24 por dia, as pessoas estão propósito de vida, mas poucas pessoas com o trabalho a cabeça o tempo todo; coseguem idetificá-lo e viver em logo, o trabalho acaba iflueciado fução dele. A maioria sabe apeas outras áreas de suas vidas, como a aquilo que ão deseja da vida, sem ter social e a familiar, por exemplo. Logo, cosciêcia do que realmete importa. se as pessoas ão mativerem uma É como ir às compras com uma lista do relação satisfatória com o trabalho que que ão precisa comprar. realizam, certamete irão desevolver O propósito de vida deve ser setimetos hostis em relação a ele, sempre positivo e prazeroso, pois é a que resultarão em males físicos ou direção dele que os movemos. Para psicológicos, como estresse, casaço, facilitar a jorada e os matermos falta de produtividade, desâimo, motivados a cumprir osso propósito depressão, etre outras patologias. mesmo em situações de crise, é Disso se coclui que quem ão gosta importate ter em mete uma visão do que faz em do modo como o faz está, clara e bem defiida desse propósito progressivamete, esgotado sua materializado o futuro. Isso lhe eergia vital e, iclusive, seus permitirá direcioar seus esforços de redimetos! É isso o que você quer forma muito mais precisa. para si?

12 12 - IDEPES ÓCULOS ESPECIAL RETICULADO A NOVA E EFICIENTE SAÚDE DOS OLHOS A solução iteligete para o efraquecimeto da visão, segudo o Dr. Wolfgag Hatscher-Rosebauer, da Alemaha, ode este óculos furadiho sem grau é cohecido como RASTERBRILLE, e pode ser comprado em farmácias, é musculação para os olhos. A tela reticulada, toda furadiha como uma peeira, promove maior atividade dos olhos, através da mudaça do fixo para o móvel. O olhar é estimulado a se movimetar ao máximo (pricipalmete quado você mesmo se movimeta com esses óculos, como ao camihar), deixado os músculos dos olhos mais sesíveis e flexíveis. Por causa da costate mudaça, os globos oculares dão pequeos pulos, de até 50 por segudo. Como são 6 músculos ao redor do globo ocular (4 retos olham para loge, 2 oblíquos olham para perto), ao todo são mais de 300 movimetos por segudo, iduzidos pelas múltiplas perfurações micrométricas piramidais dessa tela reticulada especial. Esse aumeto da mobilidade e flexibilidade dos músculos dos olhos promove tato a circulação saguíea os músculos do aparelho óculo-motor quato os próprios olhos, além de estimular as atividades cerebrais evolvidas o processo da visão. Olhos ágeis brilham de acordo com a icidêcia de luz variável. Ficam com a aparêcia viva e alerta! Ou seja, gaham vida ova! Clareza e itidez! Você exerga as cores mais itesas e fortes. O texto fica em egrito, facilitado a leitura! A pessoa presta mais ateção, grava mais o que lê, e a sesação de soolêcia a leitura desaparece. Já os óculos de grau e as letes de cotato promovem um comportameto visual paralisado, atrofiado os músculos oculares, levado, iclusive, ao aumeto do grau e à depedêcia do grau pela vida iteira. Óculos e letes de cotato devolvem a visão rapidamete, porém, a logo prazo, ão recuperam a causa do mau fucioameto dos olhos, que é o fortalecimeto da musculatura dos olhos com a cosequete redução do grau e até a possibilidade gradual do abadoo do óculos comum. Os óculos reticulados também fucioam como uma alterativa para os óculos de sol. Protegem os olhos de cerca de 70% da icidêcia de luz itesa, porém deixam passar os outros 30% da luz solar, que possuem raios UV ecessários para a costrução de vitamias (pricipalmete a D, excelete para a retia) e fortalecimeto do sistema imuológico do orgaismo. Se você sofre de fotofobia deve experimetar a sesação agradável e de alívio que o óculos reticulado propicia. Na ossa sociedade modera, a sobrecarga que icide os olhos é tremeda. São os órgãos dos setidos mais exigidos e sobrecarregados, pois, 80 a 90% de toda a iformação à ossa volta é registrada pelos olhos. Além disso, a quatidade de iformação e dados recebidos através da televisão, mídia impressa, computadores, termiais de iformação, etc, aumeta a cada dia, causado um desgaste parcial e cumulativo da visão. No trabalho com moitores, por exemplo, utilizamos apeas 35% das fuções evolvidas o processo da visão. Os outros 65% da capacidade de percepção da visão ão são utilizados. Quem passa muito tempo ledo, o computador, ou vedo televisão, sobrecarrega parcialmete os olhos, desaprede algumas fuções visuais e limita a capacidade de percepção visual (devido à paralisação), prejudicado o bom fucioameto dos olhos. Cerca de 80% dos fucioários das salas de cotrole de tráfego aéreo, por exemplo, que precisam muitas vezes ficar olhado para vários moitores ao mesmo tempo, reclamam de casaço dos olhos durate o trabalho. E 60% deles setem uma forte queimação os olhos ao fial da jorada de trabalho. A tela reticulada relaxa e descasa a vista, ao mesmo tempo em que permite exergar com perfeição, coforme descrito ateriormete. Cosideramos seu uso idispesável quado isso acotece! Você ecotra este óculos reticulado especial de exercício e relaxameto para compra o site ou pelo celular de platão (11) Não precisa de receita porque ão tem grau, seu uso é livre. Completamete atural, ão tem risco em cotraidicação. Recomedado para os mais diversos problemas visuais, tato de perto quato de loge. Também pode ser usado mesmo com diabetes, glaucoma, fotofobia, estrabismo. Valor R$ 95, vem acompahado de livreto explicativo em português, Eviamos para todo o Brasil, FRETE GRÁTIS. Tamaho e modelo úicos, cabe em qualquer formato de rosto, leve, modero, arrojado, uissex. Direto do fabricate, garatimos o meor preço do mercado, produto origial, qualidade total! Visite ossa loja a 50m do metrô PRAÇA DA ÁRVORE: Av. Bosque da Saúde 146, primeiro adar, Sala 101, 2ª a 6ª feira 9 às18h, Sábados até 13h. BEM-ESTAR TERAPIAS Ao alcace de todos MASSAGEM TERAPÊUTICA Dores musculares, lombar, ervo ciático, estresse, depressão, isôia, dores reumáticas do ombro, braço, joelho, peras e artrite. Dores a uca, torcicolo e costas. Massages Orietais e Ocidetais. Busque o bem-estar e colha saúde! Atedimeto com hora marcada: No domicilio, em evetos, feiras, empresas e codomíios. Aproveite ossas promoções. Ricardo Camillo (Massoterapeuta) / Telefoes: (011) (Tim) (011) (Vivo) Rua: Dom Pedro II, 285 sala 07- Cetro de Barueri Próximo ao termial de Barueri). Possuímos estacioameto.

13 IDEPES Vitale Terapias Oferecemos tratametos que proporcioam melhoria a qualidade de vida, ampliação da cosciêcia e fortalecimeto da saúde por meio de terapias e técicas eficazes e iovadoras. Reprogramação Biológica & Nova Medicia Germâica A terapia em Reprogramação Biológica é uma técica de estimulação da auto cura do orgaismo baseada a Nova Medicia Germâica. Segudo Dr. Hamer (criador da NMG), o osso corpo possui um programa biológico de sobrevivêcia que é afetado devido aos traumas e coflitos sofridos durate a vida e que se covertem em doeças físicas. O órgão afetado vai depeder da percepção da pessoa o mometo do coflito. A Reprogramação Biológica idetifica o tipo de coflito vivido e quais desequilíbrios biológicos que levaram aos sitomas em determiado órgão, possibilitado ao orgaismo retorar ao estado saudável, aterior ao trauma. É uma terapia atural que visa promover a saúde através da autocorreção o programa biológico de sobrevivêcia. É idicada para todos os tipos de disfuções do orgaismo como por exemplo: riites, siusites, alergias em geral, depressões, fibromialgias, gastrites, refluxos, itestio preso, exaquecas, dores musculares, tediites, hérias de disco, isôias, vitiligo, asiedades, fobias etre outras. Pode ser aplicada em criaças, adultos e idosos. Costelação Sistêmica Familiar, Idividual e Orgaizacioal Método terapêutico iovador, com abordagem sistêmica feomeológica, desevolvido pelo filósofo e psicoterapeuta alemão Bert Helliger. Cosiste em promover a cura sistêmica das mais diferetes situações. Traz à toa as repetições, o que está oculto em sua vida e que iterfere o desevolvimeto pessoal, familiar e profissioal. Idicada a solução de situações como: coflitos familiares ou de casais, coflitos os relacioametos i t e r p e s s o a i s, doeças, depressões, vícios e compulsões, dificuldades profissioais, fiaceiras, escolares, e coflitos as empresas. Marcelo Jeroymo Terapeuta com formação em Reprogramação Biológica, Nova Medicia Germâica e Costelações Sistêmicas Familiares e Idividuais. Foe: (011) Sadra Giordai Psicóloga, Master Practitioer em Programação Neuroliguística, Nova Medicia Germâica e Costelações Sistêmicas Familiares e Idividuais. Foe: (011) Etre em cotato coosco Rua Pe. Estevão Peret, 160, sala 704 Tatuapé SP

14 14 Terapias Naturais Serg Rios Alves Diretor do Istituto Avalo e Terapeuta PULANDO OITO ONDAS Quatas vezes você pulou sete odas para alcaçar seus objetivos? Se isto faz parte do seu ritual de réveillo há muito tempo, é possível que a somatória dos saltos dados seja suficiete para alcaçar a África e, ifelizmete, mesmo você tedo feito uma coquista otável, embora ão itecioal, provavelmete chegaria lá com os mesmos hábitos que o impediram de alcaçar todos seus objetivos declarados a cada réveillo, os aos ateriores. É um ritual comum darmos os sete saltos, ão para os comprometermos com os objetivos desejados, mas para que os cosigamos por mágica e, mais do que isto, coquistemos iúmeros objetivos de uma úica vez. É apeas uma simpatia, ou seja, a prática de uma determiada ação que ão tem ehuma correspodêcia com a realização desejada. A difereça etre o dia 1º de jaeiro e outro dia qualquer para defiir ossos objetivos é só o fato de estarmos culturalmete predispostos a fazer isto, mas, a maioria das vezes, apeas como parte da festa, sem ehuma iteção de compromisso. É justamete aí, a falta de compromisso, que está o pricipal motivo a os afastar de ossos objetivos. A possibilidade de matermos um compromisso firmado em um ambiete festivo que, por atureza é descompromissado, é quase impossível. Podemos levar ossa decisão para qualquer outro dia, pegado emprestado o motivo, a comemoração do primeiro dia do ao, que é o dia da PAZ. Só com um profudo cotato com ossa paz iterior é que podemos perceber ossas reais ecessidades e a partir daí defiirmos ossos objetivos e, com um bom grau de autocohecimeto, podemos avaliar ossos recursos para defiir ossas metas. Vale lembrar que objetivo é o que os iteressa coquistar e meta é a quatidade e o prazo em que isto se dará. Um compromisso é um ato de hora, é assegurar que será feito, é uma promessa. A palavra compromisso vem de promessa (com promessa), e sabemos que uma promessa ão pode ser quebrada. Esta atitude de ão cumprirmos ossos compromissos os leva icoscietemete a uma sujeição ao autojulgameto e daí à ossa codeação e culpa. Isto basta para miar ossa força para alcaçarmos o que quer que seja, uma vez que o culpado deve ser puido e isto iclui o ão merecimeto das coisas boas. É sábio só os compromissarmos com aquilo que acreditamos ser importate e possível. Na verdade, muitas vezes os frustramos por querer fazer tudo de uma vez, querer todos os resultados imediatamete e ao ão acotecer isto desvalorizamos o já coquistado e desaimamos, perdedo o foco e a força para prosseguir. No iício deste ao tete algo ovo, defia seus objetivos e suas metas, depois hierarquize seus objetivos, ão queira coquistálos todos de uma vez, comece pelos mais importates, ou mais urgetes, e para os quais você já tem os recursos, ou seja, habilidades e meios. Desta forma você estará dado mais um pulo, mas desta vez um salto rumo a um ovo ível de realizações, saltado a oitava oda, a oda das ovas oportuidades, deitado o 8 como se fosse uma pracha ( ) para surfar rumo a ifiitas possibilidades. Feliz 2015! ALUGUEL DE SALAS PARA CURSOS E TREINAMENTOS Zoa Sul - Guarda 24 horas, wi-fi, recepção, datashow, ar codicioado Tratar IDEPES: / ANUNCIE AQUI! Joral Joral 100% colorido Impresso em papel offset 150g Aúcio em alta defiição Aúcio o joral impresso + aúcio o site + facebook + mala direta pelo preço somete do aúcio. Aproveite as promoções! Iformações: Foe:

15 15 HATHA YOGA RESPIRAÇÃO = VITALIDADE Por Ligia Modii Professora de Hatha Yoga pelo Istituto de Yoga Clássico Claudio Duarte Telefoe e A respiração é o osso elo com a vida e é o alicerce do hatha yoga. Quado ispiramos profudamete os preechemos com o praa, a eergia vital, a força vital primordial. Aprededo as técicas respiratórias por meio do hatha yoga vamos ter mais cosciêcia para gereciar melhor ossas emoções, setimetos, atitudes, pesametos e escolhas. Mediate a respiração cosciete podemos mergulhar o iterior de ós mesmos. A respiração é reovação e trasformação de detro para fora. Respirar corretamete sigifica levar a cosciêcia a todas as partes do corpo, por isso durate a prática você deve ter sempre plea ateção a respiração. Quado expiramos liberamos e dissolvemos as tesões físicas e emocioais acumuladas, assim temos a oportuidade de abrir mais espaço para ova ispiração. As técicas respiratórias (praayamas) são de grade importâcia para vida física, emocioal e espiritual. Elas são calmates e equilibradoras, depuradoras, eergizates, cocetradoras e vitalizadoras, ajudado a acalmar e traquilizar a mete, a combater a asiedade, o estresse, a depressão, os medos e outros males do mudo modero. A prática afastará muitos obstáculos, como a preguiça, a fraqueza física e metal, o etorpecimeto do corpo físico e até mesmo moléstias comus. São muito úteis também a aquisição do domíio sobre os setidos, os órgãos e as glâdulas e, o que é mais importate, sobre os cetros de eergias sutis (chacras) pelos quais a eergia flui. Vamos praticar: 1 - Sete-se cofortavelmete com a colua ereta, feche os olhos e respire somete pelas arias com calma, sem pressa e profudamete setido iteramete o movimeto da sua respiração. A cada ispiração abra um sorriso iterior e perceba uma sesação de profuda paz, setido a delícia do respirar. (Faça várias vezes) 2 Sete-se cofortavelmete com a colua ereta, feche os olhos e respire somete pelas arias. Ispire logamete, reteha o ar e em seguida solte o ar letamete e reteha agora com os pulmões vazios equato for cofortável. (Faça várias vezes) Veha fazer uma aula experimetal para que você possa setir os beefícios da prática. Namastê! FLORAIS E ENERGIA GOLFINHOS Lais Christia - Pesquisadora C omo são feitas as essêcias marihas e outras: o processo físico é similar ao descrito pelo precursor os aos 30, especialmete em relação à sua essêcia ambietal: Rock Water. No sistema dos Florais Golfihos o cotato com as flores, mierais, ambietes, seres de luz, cetáceos, etc. é feito de forma visual, com comuicação sutil. Suas essêcias são feitas tato em locais escolhidos por eles para morarem, verdadeiros satuários impregados de alta frequêcia, como em dimesões sutis. Os Florais Golfihos são quâticos. Possuem o elemeto primordial da atureza em suas frequêcias. Os padrões elétricos são trasferidos ao frasco, que por sua vez são imatados por esta frequêcia e ao serem igeridos, ela é trasferida em campos de ressoâcia, frequêcias eletromagéticas que estimulam a coexão e a atividade celular dos seres, o que proporcioa a melhoria do padrão elétrico da célula, fazedo-a fucioar o melhor de si. Os padrões eletricoquâticos utilizados pelos Florais Golfihos são as frequêcias do Uiverso. Criam quado igeridos o bem-estar pela ativação celular, molecular e a geerosa recoexão dessas células umas com as outras, fucioado apropriadamete. A base deste cotexto é a água, composta em seres humaos e o meio ambiete dos golfihos. O quatum de eergia gerado por um floral pode variar de pessoa para pessoa. Os tratametos específicos eergéticos potecializam o quatum gerador de cada pessoa, o quatum de potêcia para cada pessoa quado recebe um floral, uma essêcia. A abertura de cada um a esse produto depede de quão cosciete está de si mesma. Quato mais voltada para si, a harmoia ítima, mais hábil estão suas células a receber os beefícios das essêcias. Etão, quato mais receptivo está o coração, mais estará apto a pré-estimular o efeito das essêcias vibracioais capacitadoras da harmoia em seres humaos, ao meos. Nos Florais Golfihos, o terapeuta floral ou usuário pode optar por um diagóstico preciso através do apredi- zado ou da solicitação da avaliação pela Ciesiologia aplicada aos florais. Já a expasão a utilização das essêcias se dá através da Ciêcia Cocriativa, uma parceria cosciete etre humaos e golfihos curadores. Parceria essa relatada o livro: Ciêcia Cocriativa dos Golfihos Itrodução aos Processos Eergéticos Golfihos. Pesquisadora Cocriativa dos Florais Golfihos: Lais Christia Foe: Facebook: Florais Golfihos

16

O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA

O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA A SEGURANÇA FAZ PARTE DA ESSÊNCIA DA VOLVO Ao lado da qualidade e do respeito ao meio ambiete, a seguraça é um dos valores corporativos que orteiam todas as ações

Leia mais

O erro da pesquisa é de 3% - o que significa isto? A Matemática das pesquisas eleitorais

O erro da pesquisa é de 3% - o que significa isto? A Matemática das pesquisas eleitorais José Paulo Careiro & Moacyr Alvim O erro da pesquisa é de 3% - o que sigifica isto? A Matemática das pesquisas eleitorais José Paulo Careiro & Moacyr Alvim Itrodução Sempre que se aproxima uma eleição,

Leia mais

Sistema Computacional para Medidas de Posição - FATEST

Sistema Computacional para Medidas de Posição - FATEST Sistema Computacioal para Medidas de Posição - FATEST Deise Deolido Silva, Mauricio Duarte, Reata Ueo Sales, Guilherme Maia da Silva Faculdade de Tecologia de Garça FATEC deisedeolido@hotmail.com, maur.duarte@gmail.com,

Leia mais

Guia do Professor. Matemática e Saúde. Experimentos

Guia do Professor. Matemática e Saúde. Experimentos Guia do Professor Matemática e Saúde Experimetos Coordeação Geral Elizabete dos Satos Autores Bárbara N. Palharii Alvim Sousa Karia Pessoa da Silva Lourdes Maria Werle de Almeida Luciaa Gastaldi S. Souza

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DA MODELAGEM MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO: ÂNGULO DE VISÃO DAS CORES DO ARCO-ÍRIS

CONTRIBUIÇÕES DA MODELAGEM MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO: ÂNGULO DE VISÃO DAS CORES DO ARCO-ÍRIS CONTRIBUIÇÕES DA MODELAGEM MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO: ÂNGULO DE VISÃO DAS CORES DO ARCO-ÍRIS Profª. Drª. Vailde Bisogi UNIFRA vailde@uifra.br Prof. Rodrigo Fioravati Pereira UNIFRA prof.rodrigopereira@gmail.com

Leia mais

Artículo técnico CVM-NET4+ Cumpre com a normativa de Eficiência Energética. Novo analisador de redes e consumo multicanal Situação actual

Artículo técnico CVM-NET4+ Cumpre com a normativa de Eficiência Energética. Novo analisador de redes e consumo multicanal Situação actual 1 Artículo técico Joatha Azañó Departameto de Gestão Eergética e Qualidade de Rede CVM-ET4+ Cumpre com a ormativa de Eficiêcia Eergética ovo aalisador de redes e cosumo multicaal Situação actual As ormativas

Leia mais

INE 5111- ESTATÍSTICA APLICADA I - TURMA 05324 - GABARITO LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE AMOSTRAGEM E PLANEJAMENTO DA PESQUISA

INE 5111- ESTATÍSTICA APLICADA I - TURMA 05324 - GABARITO LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE AMOSTRAGEM E PLANEJAMENTO DA PESQUISA INE 5111- ESTATÍSTICA APLICADA I - TURMA 534 - GABARITO LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE AMOSTRAGEM E PLANEJAMENTO DA PESQUISA 1. Aalise as situações descritas abaixo e decida se a pesquisa deve ser feita por

Leia mais

Greg Horine Rio de Janeiro 2009

Greg Horine Rio de Janeiro 2009 Greg Horie Rio de Jaeiro 2009 Sumário Resumido Itrodução...1 Parte I Dado partida ao gereciameto de projeto...5 1 Paorama de Gereciameto de Projeto...7 2 O Gerete de Projeto...19 3 Elemetos esseciais para

Leia mais

CURTOSE. Teremos, portanto, no tocante às situações de Curtose de um conjunto, as seguintes possibilidades:

CURTOSE. Teremos, portanto, no tocante às situações de Curtose de um conjunto, as seguintes possibilidades: CURTOSE O que sigifica aalisar um cojuto quato à Curtose? Sigifica apeas verificar o grau de achatameto da curva. Ou seja, saber se a Curva de Freqüêcia que represeta o cojuto é mais afilada ou mais achatada

Leia mais

CAPÍTULO 8 - Noções de técnicas de amostragem

CAPÍTULO 8 - Noções de técnicas de amostragem INF 6 Estatística I JIRibeiro Júior CAPÍTULO 8 - Noções de técicas de amostragem Itrodução A Estatística costitui-se uma excelete ferrameta quado existem problemas de variabilidade a produção É uma ciêcia

Leia mais

Módulo 4 Matemática Financeira

Módulo 4 Matemática Financeira Módulo 4 Matemática Fiaceira I Coceitos Iiciais 1 Juros Juro é a remueração ou aluguel por um capital aplicado ou emprestado, o valor é obtido pela difereça etre dois pagametos, um em cada tempo, de modo

Leia mais

Estatística stica para Metrologia

Estatística stica para Metrologia Estatística stica para Metrologia Aula Môica Barros, D.Sc. Juho de 28 Muitos problemas práticos exigem que a gete decida aceitar ou rejeitar alguma afirmação a respeito de um parâmetro de iteresse. Esta

Leia mais

Modelando o Tempo de Execução de Tarefas em Projetos: uma Aplicação das Curvas de Aprendizagem

Modelando o Tempo de Execução de Tarefas em Projetos: uma Aplicação das Curvas de Aprendizagem 1 Modelado o Tempo de Execução de Tarefas em Projetos: uma Aplicação das Curvas de Apredizagem RESUMO Este documeto aborda a modelagem do tempo de execução de tarefas em projetos, ode a tomada de decisão

Leia mais

Introdução ao Estudo de Sistemas Lineares

Introdução ao Estudo de Sistemas Lineares Itrodução ao Estudo de Sistemas Lieares 1. efiições. 1.1 Equação liear é toda seteça aberta, as icógitas x 1, x 2, x 3,..., x, do tipo a1 x1 a2 x2 a3 x3... a x b, em que a 1, a 2, a 3,..., a são os coeficietes

Leia mais

PG Progressão Geométrica

PG Progressão Geométrica PG Progressão Geométrica 1. (Uel 014) Amalio Shchams é o ome cietífico de uma espécie rara de plata, típica do oroeste do cotiete africao. O caule dessa plata é composto por colmos, cujas características

Leia mais

Tabela Price - verdades que incomodam Por Edson Rovina

Tabela Price - verdades que incomodam Por Edson Rovina Tabela Price - verdades que icomodam Por Edso Rovia matemático Mestrado em programação matemática pela UFPR (métodos uméricos de egeharia) Este texto aborda os seguites aspectos: A capitalização dos juros

Leia mais

1.4- Técnicas de Amostragem

1.4- Técnicas de Amostragem 1.4- Técicas de Amostragem É a parte da Teoria Estatística que defie os procedimetos para os plaejametos amostrais e as técicas de estimação utilizadas. As técicas de amostragem, tal como o plaejameto

Leia mais

A TORRE DE HANÓI Carlos Yuzo Shine - Colégio Etapa

A TORRE DE HANÓI Carlos Yuzo Shine - Colégio Etapa A TORRE DE HANÓI Carlos Yuzo Shie - Colégio Etapa Artigo baseado em aula miistrada a IV Semaa Olímpica, Salvador - BA Nível Iiciate. A Torre de Haói é um dos quebra-cabeças matemáticos mais populares.

Leia mais

Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Econômica da Implantação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais

Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Econômica da Implantação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Ecoômica da Implatação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais Josiae Costa Durigo Uiversidade Regioal do Noroeste do Estado do Rio Grade do Sul - Departameto

Leia mais

CAPÍTULO 5 - INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA

CAPÍTULO 5 - INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA CAPÍTULO 5 - INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA 5. INTRODUÇÃO É freqüete ecotrarmos problemas estatísticos do seguite tipo : temos um grade úmero de objetos (população) tais que se fossem tomadas as medidas

Leia mais

O oscilador harmônico

O oscilador harmônico O oscilador harmôico A U L A 5 Meta da aula Aplicar o formalismo quâtico ao caso de um potecial de um oscilador harmôico simples, V( x) kx. objetivos obter a solução da equação de Schrödiger para um oscilador

Leia mais

Universidade Federal do Maranhão Centro de Ciências Exatas e Tecnologia Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Física

Universidade Federal do Maranhão Centro de Ciências Exatas e Tecnologia Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Física Uiversidade Federal do Marahão Cetro de Ciêcias Exatas e Tecologia Coordeação do Programa de Pós-Graduação em Física Exame de Seleção para Igresso o 1º. Semestre de 2011 Disciplia: Mecâica Clássica 1.

Leia mais

5 Proposta de Melhoria para o Sistema de Medição de Desempenho Atual

5 Proposta de Melhoria para o Sistema de Medição de Desempenho Atual 49 5 Proposta de Melhoria para o Sistema de Medição de Desempeho Atual O presete capítulo tem por objetivo elaborar uma proposta de melhoria para o atual sistema de medição de desempeho utilizado pela

Leia mais

ActivALEA. ative e atualize a sua literacia

ActivALEA. ative e atualize a sua literacia ActivALEA ative e atualize a sua literacia N.º 29 O QUE É UMA SONDAGEM? COMO É TRANSMIITIIDO O RESULTADO DE UMA SONDAGEM? O QUE É UM IINTERVALO DE CONFIIANÇA? Por: Maria Eugéia Graça Martis Departameto

Leia mais

APOSTILA MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS

APOSTILA MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS Miistério do Plaejameto, Orçameto e GestãoSecretaria de Plaejameto e Ivestimetos Estratégicos AJUSTE COMPLEMENTAR ENTRE O BRASIL E CEPAL/ILPES POLÍTICAS PARA GESTÃO DE INVESTIMENTOS PÚBLICOS CURSO DE AVALIAÇÃO

Leia mais

UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE

UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE Debora Jaesch Programa de Pós-Graduação em Egeharia de Produção

Leia mais

A MÍDIA E SUA INFLUÊNCIA NAS BRINCADEIRAS DAS CRIANÇAS. Erika Milena de Souza

A MÍDIA E SUA INFLUÊNCIA NAS BRINCADEIRAS DAS CRIANÇAS. Erika Milena de Souza A MÍDIA E SUA INFLUÊNCIA NAS BRINCADEIRAS DAS CRIANÇAS. Erika Milea de Souza INTRODUÇÃO Um dos problemas causados pelo aumeto do processo de urbaização é a falta de seguraça, o qual limitou os espaços

Leia mais

Séries de Potências AULA LIVRO

Séries de Potências AULA LIVRO LIVRO Séries de Potêcias META Apresetar os coceitos e as pricipais propriedades de Séries de Potêcias. Além disso, itroduziremos as primeiras maeiras de escrever uma fução dada como uma série de potêcias.

Leia mais

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA Edso Talamii CEPAN, Uiversidade Federal do Rio Grade do Sul, Av. João Pessoa, 3,

Leia mais

CAP. I ERROS EM CÁLCULO NUMÉRICO

CAP. I ERROS EM CÁLCULO NUMÉRICO CAP I ERROS EM CÁLCULO NUMÉRICO 0 Itrodução Por método umérico etede-se um método para calcular a solução de um problema realizado apeas uma sequêcia fiita de operações aritméticas A obteção de uma solução

Leia mais

LAYOUT CONSIDERAÇÕES GERAIS DEFINIÇÃO. Fabrício Quadros Borges*

LAYOUT CONSIDERAÇÕES GERAIS DEFINIÇÃO. Fabrício Quadros Borges* LAYOUT Fabrício Quadros Borges* RESUMO: O texto a seguir fala sobre os layouts que uma empresa pode usar para sua arrumação e por coseguite ajudar em solucioar problemas de produção, posicioameto de máquias,

Leia mais

Faculdade de Engenharia Investigação Operacional. Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu

Faculdade de Engenharia Investigação Operacional. Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu Programação Diâmica Aula 3: Programação Diâmica Programação Diâmica Determiística; e Programação Diâmica Probabilística. Programação Diâmica O que é a Programação Diâmica? A Programação Diâmica é uma técica

Leia mais

Eletrodinâmica III. Geradores, Receptores Ideais e Medidores Elétricos. Aula 6

Eletrodinâmica III. Geradores, Receptores Ideais e Medidores Elétricos. Aula 6 Aula 6 Eletrodiâmica III Geradores, Receptores Ideais e Medidores Elétricos setido arbitrário. A ddp obtida deve ser IGUAL a ZERO, pois os potos de partida e chegada são os mesmos!!! Gerador Ideal Todo

Leia mais

Plano de Aula. Teste de Turing. Definição. Máquinas Inteligentes. Definição. Inteligência Computacional: Definições e Aplicações

Plano de Aula. Teste de Turing. Definição. Máquinas Inteligentes. Definição. Inteligência Computacional: Definições e Aplicações Potifícia Uiversidade Católica do Paraá Curso de Especialização em Iteligêcia Computacioal 2004/2005 Plao de Aula Iteligêcia Computacioal: Defiições e Aplicações Luiz Eduardo S. Oliveira, Ph.D. soares@ppgia.pucpr.br

Leia mais

O poço de potencial infinito

O poço de potencial infinito O poço de potecial ifiito A U L A 14 Meta da aula Aplicar o formalismo quâtico ao caso de um potecial V(x) que tem a forma de um poço ifiito: o potecial é ifiito para x < a/ e para x > a/, e tem o valor

Leia mais

A seguir, uma demonstração do livro. Para adquirir a versão completa em papel, acesse: www.pagina10.com.br

A seguir, uma demonstração do livro. Para adquirir a versão completa em papel, acesse: www.pagina10.com.br A seguir, uma demostração do livro. Para adquirir a versão completa em papel, acesse: www.pagia10.com.br Matemática comercial & fiaceira - 2 4 Juros Compostos Iiciamos o capítulo discorredo sobre como

Leia mais

III Simpósio sobre Gestão Empresarial e Sustentabilidade (SimpGES) Produtos eco-inovadores: produção e consumo"

III Simpósio sobre Gestão Empresarial e Sustentabilidade (SimpGES) Produtos eco-inovadores: produção e consumo 4 e 5 de outubro de 03 Campo Grade-MS Uiversidade Federal do Mato Grosso do Sul RESUMO EXPANDIDO COMPARAÇÃO ENTRE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS E REGRESSÃO LINEAR MÚLTIPLA PARA PREVISÃO DE PREÇOS DE HORTALIÇAS

Leia mais

INTRODUÇÃO A TEORIA DE CONJUNTOS

INTRODUÇÃO A TEORIA DE CONJUNTOS INTRODUÇÃO TEORI DE CONJUNTOS Professora Laura guiar Cojuto dmitiremos que um cojuto seja uma coleção de ojetos chamados elemetos e que cada elemeto é um dos compoetes do cojuto. Geralmete, para dar ome

Leia mais

INTRODUÇÃO. Exemplos. Comparar três lojas quanto ao volume médio de vendas. ...

INTRODUÇÃO. Exemplos. Comparar três lojas quanto ao volume médio de vendas. ... INTRODUÇÃO Exemplos Para curar uma certa doeça existem quatro tratametos possíveis: A, B, C e D. Pretede-se saber se existem difereças sigificativas os tratametos o que diz respeito ao tempo ecessário

Leia mais

Revisão 01-2011. Exercícios Lista 01 21/02/2011. Questão 01 UFRJ - 2006

Revisão 01-2011. Exercícios Lista 01 21/02/2011. Questão 01 UFRJ - 2006 Aluo(a): Professor: Chiquiho Revisão 0-20 Exercícios Lista 0 2/02/20 Questão 0 UFRJ - 2006 Dois estados produzem trigo e soja. Os gráficos abaixo represetam a produção relativa de grãos de cada um desses

Leia mais

Anexo VI Técnicas Básicas de Simulação do livro Apoio à Decisão em Manutenção na Gestão de Activos Físicos

Anexo VI Técnicas Básicas de Simulação do livro Apoio à Decisão em Manutenção na Gestão de Activos Físicos Aexo VI Técicas Básicas de Simulação do livro Apoio à Decisão em Mauteção a Gestão de Activos Físicos LIDEL, 1 Rui Assis rassis@rassis.com http://www.rassis.com ANEXO VI Técicas Básicas de Simulação Simular

Leia mais

PARABÉNS! ASSISTÊNCIA TÉCNICA DADOS DA EMPRESA. Assistência Técnica Autorizada Cozil MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO

PARABÉNS! ASSISTÊNCIA TÉCNICA DADOS DA EMPRESA. Assistência Técnica Autorizada Cozil MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO A Empresa A Cozil produz equipametos para cozihas profissioais desde 1985. São aproximadamete três décadas de dedicação, seriedade e profissioalismo, ode costatemete vem iovado, aperfeiçoado e produzido

Leia mais

O QUE SÃO E QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL EM ESTATÍSTICA PARTE li

O QUE SÃO E QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL EM ESTATÍSTICA PARTE li O QUE SÃO E QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL EM ESTATÍSTICA PARTE li Média Aritmética Simples e Poderada Média Geométrica Média Harmôica Mediaa e Moda Fracisco Cavalcate(f_c_a@uol.com.br)

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES E GESTÃO TERRITORIAL PPGTG DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ECV

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES E GESTÃO TERRITORIAL PPGTG DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ECV PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES E GESTÃO TERRITORIAL PPGTG DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ECV DISCIPLINA: TGT410026 FUNDAMENTOS DE ESTATÍSTICA 8ª AULA: ESTIMAÇÃO POR INTERVALO

Leia mais

ADOLESCÊNCIA E AS DROGAS. Dra. Neuza Jordão MÉDICA COORDENADORIA MUNICIPAL DE PREVENÇÃO AS DROGAS COMUDA FUNDADORA DO INSTITUTO IDEAIS

ADOLESCÊNCIA E AS DROGAS. Dra. Neuza Jordão MÉDICA COORDENADORIA MUNICIPAL DE PREVENÇÃO AS DROGAS COMUDA FUNDADORA DO INSTITUTO IDEAIS ADOLESCÊNCIA E AS DROGAS Dra. Neuza Jordão MÉDICA COORDENADORIA MUNICIPAL DE PREVENÇÃO AS DROGAS COMUDA FUNDADORA DO INSTITUTO IDEAIS Coceitos Segudo a OMS, a adolescêcia é um período da vida, que começa

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas Departamento de Estatística

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas Departamento de Estatística Uiversidade Federal de Mias Gerais Istituto de Ciêcias Exatas Departameto de Estatística Associação etre Variáveis Qualitativas - Teste Qui-Quadrado, Risco Relativo e Razão das Chaces (Notas de Aula e

Leia mais

SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO FRANCÊS DESENVOLVIDO ATRAVÉS DA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA¹

SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO FRANCÊS DESENVOLVIDO ATRAVÉS DA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA¹ SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO FRANCÊS DESENVOLVIDO ATRAVÉS DA RESUMO LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA¹ Deis C. L. Costa² Edso C. Cruz Guilherme D. Silva Diogo Souza Robhyso Deys O presete artigo forece o ecadeameto

Leia mais

Problema de Fluxo de Custo Mínimo

Problema de Fluxo de Custo Mínimo Problema de Fluo de Custo Míimo The Miimum Cost Flow Problem Ferado Nogueira Fluo de Custo Míimo O Problema de Fluo de Custo Míimo (The Miimum Cost Flow Problem) Este problema possui papel pricipal etre

Leia mais

UNIVERSIDADE DA MADEIRA

UNIVERSIDADE DA MADEIRA Biofísica UNIVERSIDADE DA MADEIRA P9:Lei de Sell. Objetivos Verificar o deslocameto lateral de um feixe de luz LASER uma lâmia de faces paralelas. Verificação do âgulo critico e reflexão total. Determiação

Leia mais

QUESTÃO 40 QUESTÃO 41 PROVA DE BIOLOGIA I

QUESTÃO 40 QUESTÃO 41 PROVA DE BIOLOGIA I 0 PROVA DE BIOLOGIA I QUESTÃO 40 O sedetarismo é um comportameto que, associado a fatores geéticos e dietas hipercalóricas, pode cotribuir para que um idivíduo se tore obeso ou se mateha com sobrepeso.

Leia mais

Matemática Em Nível IME/ITA

Matemática Em Nível IME/ITA Caio dos Satos Guimarães Matemática Em Nível IME/ITA Volume 1: Números Complexos e Poliômios 1ª Edição São José dos Campos 007 SP Prefácio O livro Matemática em Nível IME/ITA tem como objetivo ão somete

Leia mais

Juros Simples e Compostos

Juros Simples e Compostos Juros Simples e Compostos 1. (G1 - epcar (Cpcar) 2013) Gabriel aplicou R$ 6500,00 a juros simples em dois bacos. No baco A, ele aplicou uma parte a 3% ao mês durate 5 6 de um ao; o baco B, aplicou o restate

Leia mais

Uma abordagem histórico-matemática do número pi (π )

Uma abordagem histórico-matemática do número pi (π ) Uma abordagem histórico-matemática do úmero pi (π ) Brua Gabriela Wedpap, Ferada De Bastiai, Sadro Marcos Guzzo Cetro de Ciêcias Exatas e Tecológicas UNIOESTE Cascavel - Pr. E-mail: bruagwedpap@hotmail.com

Leia mais

Aplicação de geomarketing em uma cidade de médio porte

Aplicação de geomarketing em uma cidade de médio porte Aplicação de geomarketig em uma cidade de médio porte Guilherme Marcodes da Silva Vilma Mayumi Tachibaa Itrodução Geomarketig, segudo Chasco-Yrigoye (003), é uma poderosa metodologia cietífica, desevolvida

Leia mais

Calendário de inspecções em Manutenção Preventiva Condicionada com base na Fiabilidade

Calendário de inspecções em Manutenção Preventiva Condicionada com base na Fiabilidade Caledário de ispecções em Mauteção Prevetiva Codicioada com base a Fiabilidade Rui Assis Faculdade de Egeharia da Uiversidade Católica Portuguesa Rio de Mouro, Portugal rassis@rassis.com http://www.rassis.com

Leia mais

Análise de Projectos ESAPL / IPVC. Critérios de Valorização e Selecção de Investimentos. Métodos Estáticos

Análise de Projectos ESAPL / IPVC. Critérios de Valorização e Selecção de Investimentos. Métodos Estáticos Aálise de Projectos ESAPL / IPVC Critérios de Valorização e Selecção de Ivestimetos. Métodos Estáticos Como escolher ivestimetos? Desde sempre que o homem teve ecessidade de ecotrar métodos racioais para

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/2014 -

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/2014 - CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/014 - ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AOS SEGUINTES CARGOS: Auxiliar de Saúde Soldador

Leia mais

UM NOVO OLHAR PARA O TEOREMA DE EULER

UM NOVO OLHAR PARA O TEOREMA DE EULER X Ecotro Nacioal de Educação Matemática UM NOVO OLHA PAA O TEOEMA DE EULE Iácio Atôio Athayde Oliveira Secretária de Educação do Distrito Federal professoriacio@gmail.com Aa Maria edolfi Gadulfo Uiversidade

Leia mais

Código de Conduta Empresarial Fazendo a diferença com Integridade

Código de Conduta Empresarial Fazendo a diferença com Integridade Código de Coduta Empresarial Fazedo a difereça com Itegridade Uma Mesagem do Presidete da Hospira Prezados Colegas da Hospira, Gostaria de lhes apresetar o Código de Coduta Empresarial da Hospira. Na Hospira,

Leia mais

Os juros compostos são conhecidos, popularmente, como juros sobre juros.

Os juros compostos são conhecidos, popularmente, como juros sobre juros. Módulo 4 JUROS COMPOSTOS Os juros compostos são cohecidos, popularmete, como juros sobre juros. 1. Itrodução Etedemos por juros compostos quado o fial de cada período de capitalização, os redimetos são

Leia mais

a taxa de juros i está expressa na forma unitária; o período de tempo n e a taxa de juros i devem estar na mesma unidade de tempo.

a taxa de juros i está expressa na forma unitária; o período de tempo n e a taxa de juros i devem estar na mesma unidade de tempo. UFSC CFM DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MTM 5151 MATEMÁTICA FINACEIRA I PROF. FERNANDO GUERRA. UNIDADE 3 JUROS COMPOSTOS Capitalização composta. É aquela em que a taxa de juros icide sempre sobre o capital

Leia mais

PROTÓTIPO DE MODELO DE DIMENSIONAMENTO DE ESTOQUE

PROTÓTIPO DE MODELO DE DIMENSIONAMENTO DE ESTOQUE ROTÓTIO DE MODELO DE DIMENSIONAMENTO DE ESTOQUE Marcel Muk E/COE/UFRJ - Cetro de Tecologia, sala F-18, Ilha Uiversitária Rio de Jaeiro, RJ - 21945-97 - Telefax: (21) 59-4144 Roberto Citra Martis, D. Sc.

Leia mais

PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 3º TRIMESTRE TIPO A

PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 3º TRIMESTRE TIPO A PROVA DE FÍSICA º ANO - ª MENSAL - º TRIMESTRE TIPO A 0) Aalise a(s) afirmação(ões) abaio e assiale V para a(s) verdadeira(s) e F para a(s) falsa(s). Um raio lumioso propaga-se do meio A, cujo ídice de

Leia mais

ANDRÉ REIS MATEMÁTICA. 1ª Edição NOV 2013

ANDRÉ REIS MATEMÁTICA. 1ª Edição NOV 2013 ANDRÉ REIS MATEMÁTICA TEORIA 6 QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS GABARITADAS EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Teoria e Seleção das Questões: Prof. Adré Reis Orgaização e Diagramação: Mariae dos Reis ª Edição NOV 0

Leia mais

Otimização e complexidade de algoritmos: problematizando o cálculo do mínimo múltiplo comum

Otimização e complexidade de algoritmos: problematizando o cálculo do mínimo múltiplo comum Otimização e complexidade de algoritmos: problematizado o cálculo do míimo múltiplo comum Custódio Gastão da Silva Júior 1 1 Faculdade de Iformática PUCRS 90619-900 Porto Alegre RS Brasil gastaojuior@gmail.com

Leia mais

MAC122 Princípios de Desenvolvimento de Algoritmos EP no. 1

MAC122 Princípios de Desenvolvimento de Algoritmos EP no. 1 MAC122 Pricípios de Desevolvimeto de Algoritmos EP o. 1 Prof. Dr. Paulo Mirada 1 Istituto de Matemática e Estatística (IME) Uiversidade de São Paulo (USP) 1. Estrutura dos arquivos de images o formato

Leia mais

MAN TeleMatics. O caminho para uma frota eficiente.

MAN TeleMatics. O caminho para uma frota eficiente. Dowloadig % 99 SYSTEM Dowloadig % 71 % 25 Dowloadig % 25 % 16 % 88 START % 29 % 06 Dowloadig % 34 Dowloadig % 23 % 16 % 48 % 65 Dowloadig % 75 Dowloadig % 23 MAN TeleMatics. O camiho para uma frota eficiete.

Leia mais

Matemática Alexander dos Santos Dutra Ingrid Regina Pellini Valenço

Matemática Alexander dos Santos Dutra Ingrid Regina Pellini Valenço 4 Matemática Alexader dos Satos Dutra Igrid Regia Pellii Valeço Professor SUMÁRIO Reprodução proibida. Art. 84 do Código Peal e Lei 9.60 de 9 de fevereiro de 998. Módulo 0 Progressão aritmérica.................................

Leia mais

Uma Metodologia de Busca Otimizada de Transformadores de Distribuição Eficiente para qualquer Demanda

Uma Metodologia de Busca Otimizada de Transformadores de Distribuição Eficiente para qualquer Demanda 1 Uma Metodologia de Busca Otimizada de Trasformadores de Distribuição Eficiete para qualquer Demada A.F.Picaço (1), M.L.B.Martiez (), P.C.Rosa (), E.G. Costa (1), E.W.T.Neto () (1) Uiversidade Federal

Leia mais

1. Objetivo: determinar as tensões normais nas seções transversais de uma viga sujeita a flexão pura e flexão simples.

1. Objetivo: determinar as tensões normais nas seções transversais de uma viga sujeita a flexão pura e flexão simples. FACULDADES NTEGRADAS ENSTEN DE LMERA Curso de Graduação em Egeharia Civil Resistêcia dos Materiais - 0 Prof. José Atoio Schiavo, MSc. NOTAS DE AULA Aula : Flexão Pura e Flexão Simples. Objetivo: determiar

Leia mais

P R O V A D E B I O L O G I A I. O desenho representa origem e ação de organela celular presente em muitos seres vivos. Digestão. Fagocitose Lisossoma

P R O V A D E B I O L O G I A I. O desenho representa origem e ação de organela celular presente em muitos seres vivos. Digestão. Fagocitose Lisossoma 10 P R O V A D E B I O L O G I A I QUESTÃO 31 O deseho represeta origem e ação de orgaela celular presete em muitos seres vivos. Digestão Membraa Plasmática Fagossoma Fagocitose Lisossoma Complexo de Golgi

Leia mais

Lista 9 - Introdução à Probabilidade e Estatística

Lista 9 - Introdução à Probabilidade e Estatística UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Lista 9 - Itrodução à Probabilidade e Estatística Desigualdades e Teoremas Limites 1 Um ariro apota a um alvo de 20 cm de raio. Seus disparos atigem o alvo, em média, a 5 cm

Leia mais

O modelo atômico de J. J. Thomson, proposto em 1904, é constituído pelas hipóteses que se seguem.

O modelo atômico de J. J. Thomson, proposto em 1904, é constituído pelas hipóteses que se seguem. Modelo Atômico de Bohr No fial do século XIX, o elétro já estava estabelecido como partícula fudametal, pricipalmete depois que, em 897, J. J. Thomso determiou a sua razão carga/massa. Sabia-se, etão,

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO

MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO A Empresa A Cozil produz equipametos para cozihas profissioais desde 1985. São aproximadamete três décadas de dedicação, seriedade e profissioalismo, ode costatemete vem iovado, aperfeiçoado e produzido

Leia mais

CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? EXISTEM 2 TIPOS DE CFTV DIGITAL

CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? EXISTEM 2 TIPOS DE CFTV DIGITAL CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? O CFTV que a verdade sigifica "circuito fechado de televisão", ou "circuito itero de televisão" é um sistema de câmeras baseados em computador

Leia mais

Esta Norma estabelece o procedimento para calibração de medidas materializadas de volume, de construção metálica, pelo método gravimétrico.

Esta Norma estabelece o procedimento para calibração de medidas materializadas de volume, de construção metálica, pelo método gravimétrico. CALIBRAÇÃO DE MEDIDAS MATERIALIZADAS DE VOLUME PELO MÉTODO GRAVIMÉTRICO NORMA N o 045 APROVADA EM AGO/03 N o 01/06 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Resposabilidade 4 Documetos Complemetes 5 Siglas

Leia mais

nanotecnologia na nossa vida e na soldagem de revestimento E mais: Economia de Energia Automação Aplicativos Android Aplicações Industriais

nanotecnologia na nossa vida e na soldagem de revestimento E mais: Economia de Energia Automação Aplicativos Android Aplicações Industriais ovacao revista iformativa trimestral da Eutectic Castoli º 1-213 aotecologia a ossa vida e a soldagem de revestimeto E mais: Ecoomia de Eergia Automação Aplicativos Adroid Aplicações Idustriais editorial

Leia mais

ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES

ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES Bem-vido ao Almeat, um espaço ode tudo foi projetado especialmete para realizar desde pequeas reuiões e evetos até grades coveções, com coforto, praticidade e eficiêcia,

Leia mais

Prova Específica para o Curso de Administração e Ciências Contábeis

Prova Específica para o Curso de Administração e Ciências Contábeis Prova Específica para o Curso de Admiistração e Ciêcias Cotábeis 06 de dezembro de 011 INSTRUÇÕES 1. Verifique se este cadero cotém 30 questões.. Ao costatar qualquer irregularidade com relação ao total

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DE TORRES DE RESFRIAMENTO

OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DE TORRES DE RESFRIAMENTO OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DE TORRES DE RESFRIAMENTO Kelle Roberta de Souza (1) Egeheira Química pela UNIMEP, Especialista em Gestão Ambietal pela UFSCar, Mestre em Egeharia e Tecologia Ambietal pela Uiversidad

Leia mais

SIMULAÇÃO DO SISTEMA DE ENERGIA DE UM VEÍCULO

SIMULAÇÃO DO SISTEMA DE ENERGIA DE UM VEÍCULO SMULAÇÃO DO SSTEMA DE ENEGA DE UM VEÍULO Luiz Gustavo Gusmão Soeiro Fiat Automóveis luiz.soeiro@fiat.com.br ESUMO O trabalho tem como objetivo viabilizar uma simulação computacioal para se determiar o

Leia mais

CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? EXISTEM 2 TIPOS DE CFTV DIGITAL

CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? EXISTEM 2 TIPOS DE CFTV DIGITAL O Lie com a ecessidade de sua empresa CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? O CFTV que a verdade sigifica "circuito fechado de televisão", ou "circuito itero de televisão" é um sistema

Leia mais

O TESTE DOS POSTOS ORDENADOS DE GALTON: UMA ABORDAGEM GEOMÉTRICA

O TESTE DOS POSTOS ORDENADOS DE GALTON: UMA ABORDAGEM GEOMÉTRICA O TESTE DOS POSTOS ORDENADOS DE GALTON: UMA ABORDAGEM GEOMÉTRICA Paulo César de Resede ANDRADE Lucas Moteiro CHAVES 2 Devail Jaques de SOUZA 2 RESUMO: Este trabalho apreseta a teoria do teste de Galto

Leia mais

A = Amplitude (altura máxima da onda) c = velocidade da luz = 2,998 x 10 8 m.s -1 3,00 x 10 8 m.s -1. 10 14 Hz. Verde: λ = = Amarela: λ =

A = Amplitude (altura máxima da onda) c = velocidade da luz = 2,998 x 10 8 m.s -1 3,00 x 10 8 m.s -1. 10 14 Hz. Verde: λ = = Amarela: λ = RADIAÇÃO ELETROMAGNÉ QUÍMICA BÁSICAB ESTRUTURA ATÔMICA II PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DAQBI Prof. Luiz Alberto RADIAÇÃO ELETROMAGNÉ RADIAÇÃO ELETROMAGNÉ λ comprimeto de oda Uidade: metro

Leia mais

Rejane Corrrea da Rocha. Matemática Financeira

Rejane Corrrea da Rocha. Matemática Financeira Rejae Corrrea da Rocha Matemática Fiaceira Uiversidade Federal de São João del-rei 0 Capítulo 5 Matemática Fiaceira Neste capítulo, os coceitos básicos de Matemática Fiaceira e algumas aplicações, dos

Leia mais

do futuro A força de trabalho

do futuro A força de trabalho A força de trabalho do futuro Cotado com sua equipe para etregar a estratégia O plaejameto estratégico da força de trabalho ajuda as empresas a compreeder o taleto ecessário para etregar sua estratégia

Leia mais

RESISTORES E RESISTÊNCIAS

RESISTORES E RESISTÊNCIAS ELETICIDADE CAPÍTULO ESISTOES E ESISTÊNCIAS No Capítulo estudamos, detre outras coisas, o coceito de resistêcia elétrica. Vimos que tal costitui a capacidade de um corpo qualquer se opôr a passagem de

Leia mais

Do ponto de vista técnico, o balanço é positivo

Do ponto de vista técnico, o balanço é positivo por ZÉLIA PINHEIRO Do poto de vista técico, o balaço é positivo A rede urbaa de frio e calor do Parque das Nações já tem oze aos e João Castaheira, director-geral da Climaespaço, faz o balaço. Garate que

Leia mais

APONTAMENTOS DE ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA

APONTAMENTOS DE ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA UNIVERSIDADE DO ALGARVE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA APONTAMENTOS DE ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA (III ) ÁREA DEPARTAMENTAL DE ENGENHARIA CIVIL Ídice Itrodução Aplicação do cálculo matricial aos

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA MATEMÁTICA FINANCEIRA Prof. Gilmar Boratto Material de apoio para o curso de Admiistração. ÍNDICE CONCEITOS BÁSICOS...- 2-1- CONCEITO DE FLUXO DE CAIXA...- 2-2-A MATEMÁTICA FINANCEIRA E SEUS OBJETIVOS...-

Leia mais

PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato

PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato 1 PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato 1. Estimação: O objetivo da iferêcia estatística é obter coclusões a respeito de populações através de uma amostra extraída

Leia mais

M = 4320 CERTO. O montante será

M = 4320 CERTO. O montante será PROVA BANCO DO BRASIL / 008 CESPE Para a veda de otebooks, uma loja de iformática oferece vários plaos de fiaciameto e, em todos eles, a taxa básica de juros é de % compostos ao mês. Nessa situação, julgue

Leia mais

BÁSICO DE. Palestrante: Dr. Luiz Carlos Medicina do Trabalho Cia de Cimento Itambé PRIMEIROS SOCORROS 1 PRIMEIROS SOCORROS

BÁSICO DE. Palestrante: Dr. Luiz Carlos Medicina do Trabalho Cia de Cimento Itambé PRIMEIROS SOCORROS 1 PRIMEIROS SOCORROS BÁSICO DE PRIMEIROS SOCORROS Palestrate: Dr. Luiz Carlos Medicia do Trabalho Cia de Cimeto Itambé PRIMEIROS SOCORROS 1 INTRODUÇÃO : Chama-se de primeiros socorros, aquele tratameto dado pôr uma pessoa

Leia mais

SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO

SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO CAPÍTULO 08 SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO Simplificação Admiistrativa Plaejameto da Simplificação Pré-requisitos da Simplificação Admiistrativa Elaboração do Plao de Trabalho Mapeameto do Processo Mapeameto

Leia mais

1.5 Aritmética de Ponto Flutuante

1.5 Aritmética de Ponto Flutuante .5 Aritmética de Poto Flutuate A represetação em aritmética de poto flutuate é muito utilizada a computação digital. Um exemplo é a caso das calculadoras cietíficas. Exemplo:,597 03. 3 Este úmero represeta:,597.

Leia mais

Probabilidade e Estatística. Probabilidade e Estatística

Probabilidade e Estatística. Probabilidade e Estatística Probabilidade e Estatística i Sumário 1 Estatística Descritiva 1 1.1 Coceitos Básicos.................................... 1 1.1.1 Defiições importates............................. 1 1.2 Tabelas Estatísticas...................................

Leia mais

Kit de ferramentas de Advocacy

Kit de ferramentas de Advocacy ROOTS 1+2 ROOTS Kit de ferrametas de Advocacy SEGUNDA EDIÇÃO ROOTS: Recursos para Orgaizações com Oportuidades de Trasformação e Socialização ROOTS 1 E 2 Kit de ferrametas de Advocacy Seguda edição De

Leia mais

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK. José Ignácio Jaeger Neto jaeger@via-rs.net Fernanda Schmidt Bocoli fernanda-bocoli@procergs.rs.gov.

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK. José Ignácio Jaeger Neto jaeger@via-rs.net Fernanda Schmidt Bocoli fernanda-bocoli@procergs.rs.gov. Gerêcia de Projetos de Software CMM & PMBOK José Igácio Jaeger Neto jaeger@via-rs.et Ferada Schmidt Bocoli ferada-bocoli@procergs.rs.gov.br CMM Capability Maturity Model http://www.sei.cmu.edu/ Prefácio

Leia mais

CONCEITO DE INTEGRAL: UMA PROPOSTA COMPUTACIONAL PARA SEU ENSINO E APRENDIZAGEM

CONCEITO DE INTEGRAL: UMA PROPOSTA COMPUTACIONAL PARA SEU ENSINO E APRENDIZAGEM JOSÉ MANUEL RIBEIRO DE MELO CONCEITO DE INTEGRAL: UMA PROPOSTA COMPUTACIONAL PARA SEU ENSINO E APRENDIZAGEM MESTRADO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA PUC-SP SÃO PAULO - 2002 JOSÉ MANUEL RIBEIRO DE MELO CONCEITO

Leia mais

ALOCAÇÃO DE VAGAS NO VESTIBULAR PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

ALOCAÇÃO DE VAGAS NO VESTIBULAR PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR ALOCAÇÃO DE VAGAS NO VESTIBULAR PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR Alexadre Stamford da Silva Programa de Pós-Graduação em Egeharia de Produção PPGEP / UFPE Uiversidade Federal

Leia mais