Journal of Transport Literature

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Journal of Transport Literature"

Transcrição

1 JTL RELIT ISSN Journal of Transport Literature JTL Regras de formatação de Artigos 1. Aspectos Gerais Todos os artigos devem ser acompanhados do preenchimento de um formulário com os dados dos autores e do artigo. O formulário está disponível na página do Journal of Transport Literature Guide for authors. Artigos desacompanhados desse formulário devidamente preenchido não serão aceitos. Os artigos submetidos devem seguir as seguintes orientações gerais: Arquivos em MS Word. Papel A4. Margens: Superior: 3 cm. Inferior: 3 cm. Esquerda: 3 cm Direita: 2 cm. Espaçamento (parágrafo) Antes: 0 pt. Depois: 12pt. Entre linhas: 1.5 linhas. Sem nenhum tipo de recuo. Fonte: Times New Roman (todo o artigo, inclusive títulos, subtítulos, legendas, referências, etc). Alinhamento de parágrafo: justificado. Sem numeração de páginas. Número máximo de páginas, incluindo referências: 40. 1

2 Cor da fonte: preta (todo o artigo, inclusive títulos, subtítulos, legendas, referências, etc). Não deve haver nenhum tipo de numeração automática de títulos e subtítulos do artigo. 2. Título do artigo Todos os artigos escritos em língua portuguesa devem conter um título em português e um título em inglês ( title ). O tamanho máximo tanto do título como do title é de 200 caracteres Deve-se recorrer ao uso de mínima capitalização (apenas a primeira letra do título e de nomes próprios em letra maiúscula. As demais são todas em letra minúscula). Tamanho da fonte: 14. Negrito. Centralizado no parágrafo Espaçamento (parágrafo) Antes: 0 pt. Depois: 12 pt. Entre linhas: 1.5 linhas. 3. Nomes e dados dos autores Nenhuma informação dos autores deve constar ao longo do texto do artigo submetido. 4. Resumo e abstract Todos os artigos escritos em língua portuguesa devem conter um resumo em português e um em inglês ( abstract ). O tamanho máximo do resumo e do abstract é de 1200 caracteres. O resumo deve ser objetivo, indo direto ao ponto principal do trabalho. Deve apresentar a proposta do artigo, o método utilizado, os resultados encontrados e a contribuição do trabalho. 2

3 É importante que salientar que o resumo é o cartão de visitas do artigo. Sendo assim, deve ser sintético e ao mesmo tempo representativo de tudo o que foi feito. As partes mais importantes do artigo têm que constar do resumo. O foco da escrita do resumo deve ser o leitor interessado. Ou seja, os autores devem se esforçar para explicar ao leitor qual a importância do artigo e qual o conhecimento adicional ele obterá com sua leitura. Além disso, é fundamental destacar a contribuição do mesmo. O abstract deve ser equivalente ao resumo e passar por revisão técnica do inglês. 5. Palavras-chave e key words Todos os artigos escritos em língua portuguesa devem conter palavras-chave em português e em inglês ( key words ). Deve haver no máximo 5 palavras-chave. Evitar usar palavras-chave com mais de um termo. O tamanho máximo das palavras-chave é de 100 caracteres. 6. Introdução A Introdução deve ser completa no sentido não apenas de introduzir ao tema e apresentar a pergunta de pesquisa do trabalho. Deve apresentar também alguma descrição da literatura que antecede o trabalho e demonstrar ao leitor qual a contribuição do artigo, no âmbito dessa literatura. A Introdução, portanto, não deve ser curta. Deve ter tamanho suficiente para deixar o leitor informado sobre todas as atividades de pesquisa, resultados e discussões do trabalho. Tipicamente deve conter entre duas e três páginas. A Introdução deve apresentar uma breve motivação ao tema, uma apresentação do problema estudado e seu contexto, bem como alguma exposição dos métodos e metodologia empregados. A Introdução deve apresentar uma antecipação dos resultados do trabalho. A Introdução deve apresentar também um parágrafo final com uma breve apresentação das seções que compõem o trabalho. Notar que a seção de Introdução não deve ser numerada. Portanto, nesta apresentação das seções, deve-se levar em consideração que a Seção 1 é a seção seguinte à Introdução. A Conclusão também não é numerada. 3

4 7. Métodos e Metodologia Deve haver uma exposição clara da metodologia do trabalho. Ao leitor deve ser apresentada, de forma clara e didática, as técnicas e métodos de pesquisa empregados, de forma que o estudo se torne uma referência não apenas para especialistas conhecedores da área, mas também para leitores leigos interessados em iniciar ao tema. Na discussão metodológica, deve uma vez mais ser apresentada a contribuição do trabalho. Dessa vez, de forma mais detalhada e com justificativas claras. Nesse sentido, deve-se contrastar os métodos e resultados com os encontrados na literatura similar. Os resultados do trabalho devem ser exaustivamente apresentados e discutidos. Resultados secundários (além dos resultados principais) devem também ser reportados. Os autores devem tecer considerações críticas dos próprios resultados, de forma a dar uma ideia ao leitor das carências do estudo e das necessidades de aperfeiçoamento. Propostas de extensão do trabalho devem ser apresentadas. 8. Conclusão A seção de Conclusão do trabalho deve ser uma repetição de várias discussões efetuadas ao longo do trabalho. Deve, portanto, conter uma retomada de tudo o que foi apresentado ao longo do trabalho. Toda conclusão contém, portanto, algum teor de repetição de textos e sentenças anteriormente apresentados. Na seção de Conclusão podem ser apresentadas várias considerações sobre os resultados do trabalho, as recomendações de políticas ou de métodos por parte dos autores, e as limitações do trabalho. Sugestões de extensão também podem ser, novamente, apresentadas - com menos detalhe, entretanto. Igualmente, deve ser relembrada a contribuição do trabalho. O primeiro parágrafo da Conclusão deve conter menção ao que foi feito no trabalho, relembrando ao leitor de tudo o que de importante foi apresentado. Tipicamente, a seção de Conclusão contém entre uma e duas páginas. A seção de Conclusão não deve ser numerada. 4

5 9. Títulos das seções Tamanho da fonte das seções: 14. Negrito. Uso de mínima capitalização (apenas a primeira letra do título e de nomes próprios em letra maiúscula). Espaçamento (parágrafo) Antes: 24 pt. Depois: 18 pt. Entre linhas: 1.5 linhas. Todos os artigos devem conter as seguintes seções: Introdução, Conclusão e Referências. Essas seções não devem ser numeradas. Os títulos das demais seções, internas ao trabalho, devem ser numerados (algarismos arábicos). Usar o número, um ponto de separação e um espaço antes do título. Exemplo: 4. Estudo de caso. Não usar numeração automática. Sugere-se que os artigos não contenham mais do que cinco seções internas. Os títulos das seções devem ser curtos e autoexplicativos. Toda seção deve iniciar com uma apresentação do que será realizado na mesma. 10. Títulos das subseções (subtítulos) Tamanho da fonte das subseções: 12. Negrito e itálico. Uso de mínima capitalização (apenas a primeira letra do título e de nomes próprios em letra maiúscula). Espaçamento (parágrafo) Antes: 18 pt. Depois: 12 pt. Entre linhas: 1.5 linhas. Devem ser numeradas, mas não usar numeração automática. Sugere-se que as seções não contenham mais do que cinco subseções internas. 5

6 Os títulos das subseções devem ser curtos e autoexplicativos. 11. Títulos das subsubseções (subsubtítulos) O aninhamento em subsubseções é o último nível permitido, ou seja, não devem ser usadas subsubsubseções nos artigos. Tamanho da fonte das subsubseções: 12. Negrito. Uso de mínima capitalização (apenas a primeira letra do título e de nomes próprios em letra maiúscula). Espaçamento (parágrafo) Antes: 12 pt. Depois: 12 pt. Entre linhas: 1.5 linhas. Devem ser numeradas com algarismos romandos, mas não usar numeração automática. Sugere-se que as subseções não contenham mais do que cinco subsubseções internas. Os títulos das subsubseções devem ser curtos e autoexplicativos. 12. Figuras As figuras utilizadas nos artigos devem ser de autoria própria, ou seja, não deve haver uso de figuras copiadas de outros trabalhos ou páginas da internet, a não ser que estritamente necessário ao bom entendimento do trabalho. O uso sem moderação desse tipo de conteúdo pode ser razão para a não aceitação do trabalho submetido. No caso de recurso a figura de outros trabalhos ou páginas da internet, o artigo deve apresentar a citação da fonte em uma nota de rodapé inserida logo após o título da figura. A qualidade das figuras deve ser no mínimo 300 dpi. No caso de figuras que contenham textos, deve-se assegurar plena visibilidade ao leitor. São expressamente vedadas figuras com textos muito pequenos. Tamanho de fonte mínimo: 10. 6

7 Os títulos das figuras devem ser dispostos abaixo das mesmas e devem ser numerados. A fonte dos títulos é Times New Roman, cor preta, tamanho 12, negrito. Espaçamento 1.5 linhas. As figuras devem ser centralizadas no documento. Usar apenas o label Figura e não Imagem, Gráfico, ou outro similar. Usar um traço como separador entre o número e o título da figura. Uso de mínima capitalização no título da figura (apenas a primeira letra do título e de nomes próprios em letra maiúscula). Ao longo do texto, deve-se referenciar uma figura usando o seu número e a primeira letra em maiúscula. Como visto na Figura 1, Tabelas As tabelas utilizadas nos artigos devem ser de autoria própria, ou seja, não deve haver uso de tabelas copiadas de outros trabalhos ou páginas da internet, a não ser que estritamente necessário ao bom entendimento do trabalho. O uso sem moderação desse tipo de conteúdo pode ser razão para a não aceitação do trabalho submetido. No caso de recurso a tabelas de outros trabalhos ou páginas da internet, o artigo deve apresentar a citação da fonte em uma nota de rodapé inserida logo após o título da tabela. Pode-se utilizar a nota de rodapé para apresentar detalhes da elaboração da tabela. Também com essa finalidade pode ser usado um apêndice, inserido após as referências do artigo contando que o leitor seja informado da existência desse apêndice. As tabelas devem ser produzidas utilizando-se recursos mínimos de separação de linhas e/ou células, sem recurso de cores. Caso importadas como figuras, a qualidade das tabelas deve ser no mínimo 300 dpi. Tamanho de fonte do conteúdo das tabelas: 11. São expressamente vedadas tabelas com textos muito pequenos ou com uso de cores. Os títulos das tabelas devem ser dispostos acima das mesmas e devem ser numerados. A fonte dos títulos é Times New Roman, cor preta, tamanho 12, negrito. Espaçamento 1.5 linhas. 7

8 As tabelas devem ser centralizadas no documento. Usar apenas o label Tabela e não Quadro ou outro similar. Usar um traço como separador entre o número e o título da tabela. Uso de mínima capitalização no título da figura (apenas a primeira letra do título e de nomes próprios em letra maiúscula). Ao longo do texto, deve-se referenciar uma tabela usando o seu número e a primeira letra em maiúscula. Como visto na Tabela 1, Equações As equações devem ser inseridas utilizando-se os recursos apropriados do MS Word, como o MS Equation ou similar. Tamanho de fonte básica das equações: 12. Ao longo do texto, deve-se referenciar uma equação usando o seu número entre parênteses e com a primeira letra em maiúscula. Como visto na Equação (1),.... As equações devem ser inseridas em uma tabela com duas colunas e uma linha, onde na segunda coluna conste o seu número entre parênteses - como no exemplo abaixo. Sugere-se aos autores que copiem esse formato. (1) 15. Notas de rodapé As notas de rodapé devem conter somente a informação adicional minimamente necessária à compreensão do trabalho. Fonte Times New Roman, cor preta, tamanho 10. Espaçamento simples entre linhas. Espaçamento 0 pt antes e 6 pt depois. 16. Referências O título da seção de referências deve ser sempre Referências. Não usar as expressões Bibliografia, Referências Bibliográficas, ou similares. 8

9 Fonte Times New Roman, 11 pt, cor preta, alinhamento justificado, sem recuos à esquerda ou direita, com recuo especial do tipo "deslocamento" de 1 cm, espaçamento simples entre as linhas, espaçamento de 0 pt antes e 6 pt depois. Uso de mínima capitalização nas referências: nunca usar letra maiúscula para todas as letras dos nomes de autor (apenas início de nomes próprios e início de títulos). se o autor for corporativo e contiver uma sigla, usar a sigla em letra maiúscula, mas apenas após o nome completo da instituição. Ex: Agência Nacional de Aviação Civil - ANAC (2012). não fazer o contrário, ou apenas ANAC (2012). A única ênfase utilizada será o itálico. Nunca usar negrito ou sublinhado. por exemplo, título de livros ou nome de periódicos. usar vírgula para separar nomes. Nunca usar ponto e vírgula ou travessão. nome do(s) autor(es) ordem invertida: nome de família primeiro, seguido da abreviatura dos primeiros nomes. apenas o nome de família por inteiro, com maiúscula apenas da primeira letra. vários autores: separar com vírgula, sendo que o último autor é separado por e. Não usar et al nas referências finais do artigo. Ele pode ser usado para mais de três autores, e apenas ao longo do texto. Ano de publicação sempre entre parênteses. Não inserir ponto para separar o ano do título. Inserir letras minúsculas para designar sequências de artigos do mesmo autor no mesmo ano. Ex. Dumont, A. S. (2012a). 9

10 Exemplos de referências i. Livros um autor Dumont, A. S. (2012) A aviação comercial brasileira nos primórdios. São Paulo: Editora Aviação. ii. Livros dois autores Dumont, A. S. e Montenegro Filho, C. (2012) A aviação comercial brasileira nos primórdios. São Paulo: Editora Aviação. iii. Livros três autores Dumont, A. S., Montenegro Filho, C. e Assis, M. (2012) A aviação comercial brasileira nos primórdios. São Paulo: Editora Aviação. iv. Livros mais de três autores Dumont, A. S., Montenegro Filho, C., Veloso, C. e Assis, M. (2012) A aviação comercial brasileira nos primórdios. São Paulo: Editora Aviação. v. Livros mais de um trabalho do mesmo autor no mesmo ano Dumont, A. S. (2012a) A aviação comercial brasileira nos primórdios. São Paulo: Editora Aviação. Dumont, A. S. (2012b) O transporte de cabotagem brasileiro nos primórdios. São Paulo: Editora Aviação. vi. Periódicos um autor Dumont, A. S. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Journal of Transport Literature, vol. 91, n. 2, pp vi. Periódicos dois autores Dumont, A. S. e Montenegro Filho, C. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Journal of Transport Literature, vol. 91, n. 2, pp

11 vii. Periódicos três autores Dumont, A. S., Montenegro Filho, C. e Assis, M. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Journal of Transport Literature, vol. 91, n. 2, pp viii. Periódicos mais de três autores Dumont, A. S., Montenegro Filho, C., Veloso, C. e Assis, M. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Journal of Transport Literature, vol. 91, n. 2, pp ix. Periódicos mais de um trabalho do mesmo autor no mesmo ano Dumont, A. S. (2012a) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Journal of Transport Literature, vol. 91, n. 2, pp Dumont, A. S. (2012b) Estudo do transporte de cabotagem brasileiro nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Journal of Transport Literature, vol. 91, n. 2, pp x. Documentos de trabalho ou relatórios técnicos um autor Dumont, A. S. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Documento de trabalho Universidade da Aviação (não publicado). xi. Documentos de trabalho ou relatórios técnicos dois autores Dumont, A. S. e Montenegro Filho, C. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Documento de trabalho Universidade da Aviação (não publicado). xii. Documentos de trabalho ou relatórios técnicos três autores Dumont, A. S., Montenegro Filho, C. e Assis, M. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Documento de trabalho Universidade da Aviação (não publicado). xiii. Documentos de trabalho ou relatórios técnicos mais de três autores Dumont, A. S., Montenegro Filho, C., Veloso, C. e Assis, M. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Documento de trabalho Universidade da Aviação (não publicado). 11

12 xiv. Documentos de trabalho ou relatórios técnicos mais de um trabalho do mesmo autor no mesmo ano Dumont, A. S. (2012a) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Documento de trabalho Universidade da Aviação (não publicado). Dumont, A. S. (2012b) Estudo do transporte de cabotagem brasileiro nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Documento de trabalho Universidade da Aviação (não publicado). xv. Anais de Congresso um autor Dumont, A. S. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Congresso Internacional de Aviação, São Paulo. xvi. Anais de Congresso dois autores Dumont, A. S. e Montenegro Filho, C. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Congresso Internacional de Aviação, São Paulo. xvii. Anais de Congresso três autores Dumont, A. S., Montenegro Filho, C. e Assis, M. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Congresso Internacional de Aviação, São Paulo. xviii. Anais de Congresso mais de três autores Dumont, A. S., Montenegro Filho, C., Veloso, C. e Assis, M. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Congresso Internacional de Aviação, São Paulo. xix. Periódicos mais de um trabalho do mesmo autor no mesmo ano Dumont, A. S. (2012a) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Congresso Internacional de Aviação, São Paulo. Dumont, A. S. (2012b) Estudo do transporte de cabotagem brasileiro nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Congresso Internacional de Aviação, São Paulo. 12

13 xx. Dissertações ou teses Recomenda-se que os autores procurem identificar os artigos principais resultantes da dissertação ou tese a ser citada. O JTL prioriza a citação e referenciação de artigos científicos publicados em periódicos nacionais e internacionais, ou em congressos ou documentos de trabalhos. Favor citar a dissertação ou tese apenas no caso de não haver um artigo publicado. Dumont, A. S. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes), Universidade Estadual de São Paulo, São Paulo. Dumont, A. S. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Tese (Doutorado em Engenharia de Transportes), Universidade Estadual de São Paulo, São Paulo. xxi. Revistas e Jornais Evitar o uso exagerado de citações de textos em revistas e jornais. Quando estritamente necessário ao entendimento do trabalho, é possível citar esse tipo de texto. Deve-se referenciar usando o nome do jornalista como autor. Exemplo: Dumont, A. S. (2012) Estudo da aviação comercial brasileira nos primórdios usando uma abordagem quantitativa histórica. Folha da Aviação Nacional, 25/1/1997, São Paulo. 13

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart Biblioteca da Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC São Paulo, 2014 ii FORMATO DO TCC Tamanho do papel: A4 (21 cm 29,7 cm);

Leia mais

TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 RESUMO

TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 RESUMO TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 Nome completo do autor com sobrenome em CAIXA ALTA Nome completo do coautor com sobrenome em CAIXA ALTA RESUMO Identifique

Leia mais

MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Nome(s) do(s) autor(es) em ordem alfabética E-mail(s) Professor(a)orientador(a) Resumo Este documento apresenta o modelo de elaboração e formatação

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DOS TEXTOS COMPLETOS Luciane de Paula (Presidente da Comissão Editorial)

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DOS TEXTOS COMPLETOS Luciane de Paula (Presidente da Comissão Editorial) NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DOS TEXTOS COMPLETOS Luciane de Paula (Presidente da Comissão Editorial) Informações gerais A Revista de Estudos Discursivos, gerada a partir das comunicações apresentadas no interior

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS Estas regras são aplicadas a todos os Trabalhos acadêmicos ou similares (trabalho de conclusão de curso (TCC), trabalho de graduação interdisciplinar,

Leia mais

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas:

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas: 1 2 1 Apresentação Este documento tem por objetivo apresentar orientações para a redação e formatação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na modalidade de Artigo Científico. Para a elaboração do artigo

Leia mais

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE Este documento refere-se às Normas de Apresentação

Leia mais

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO. a) Instruções aos Autores

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO. a) Instruções aos Autores NORMAS PARA PUBLICAÇÃO a) Instruções aos Autores Está habilitada a publicação de trabalhos de pesquisadores nacionais e internacionais. Os trabalhos originais devem ser inéditos e escritos em Língua Portuguesa

Leia mais

II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO:

II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO: II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO: I - RESUMO EXPANDIDO: Modalidade: Destinada a alunos de graduação,

Leia mais

MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO - ES

MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO - ES 1 MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO - ES Primeiro Autor (aluno) e-mail Formação Segundo Autor (aluno) e-mail Formação Professor Orientador e-mail

Leia mais

Diretrizes para Autores

Diretrizes para Autores Diretrizes para Autores Os manuscritos recebidos eletronicamente (em ), que estiverem de acordo com as normas da revista e forem considerados potencialmente publicáveis pela,

Leia mais

EDITAL 03/2015 REVISTA PESQUISA & EXTENSÃO FACIT

EDITAL 03/2015 REVISTA PESQUISA & EXTENSÃO FACIT EDITAL 03/2015 REVISTA PESQUISA & EXTENSÃO FACIT A Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros (FACIT), por intermédio da Coordenação de Pesquisa, TORNA PÚBLICO a todos os interessados que está

Leia mais

I CONCURSO DE MONOGRAFIAS MAÇÔNICAS JOSÉ CASTELLANI DO GRANDE ORIENTE DO DISTRITO FEDERAL REGRAS PARA APRESENTAÇÃO E FORMATAÇÃO DA MONOGRAFIA

I CONCURSO DE MONOGRAFIAS MAÇÔNICAS JOSÉ CASTELLANI DO GRANDE ORIENTE DO DISTRITO FEDERAL REGRAS PARA APRESENTAÇÃO E FORMATAÇÃO DA MONOGRAFIA I CONCURSO DE MONOGRAFIAS MAÇÔNICAS JOSÉ CASTELLANI DO GRANDE ORIENTE DO DISTRITO FEDERAL REGRAS PARA APRESENTAÇÃO E FORMATAÇÃO DA MONOGRAFIA 1. INTRODUÇÃO A monografia deve ser escrita em uma linguagem

Leia mais

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE.

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. CANOAS/2014 A estrutura deste manual foi elaborada com base

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE O formato de trabalhos aceitos será o Resumo Expandido ou Trabalho

Leia mais

Roteiro de Normas Técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos, dissertações, teses e monografias Rede Gonzaga de Ensino Superior

Roteiro de Normas Técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos, dissertações, teses e monografias Rede Gonzaga de Ensino Superior Objetivo: As normas da ABNT tem o objetivo de facilitar e determinar um padrão nos trabalhos, facilitando assim a avaliação das escolas e universidades, dentro de um mesmo parâmetro de apresentação. Elas

Leia mais

Modelo para Elaboração e Formatação de Artigos Científicos. Model for Drafting and Formatting Scientific Articles

Modelo para Elaboração e Formatação de Artigos Científicos. Model for Drafting and Formatting Scientific Articles Modelo para Elaboração e Formatação de Artigos Científicos Nome(s) do(s) autor(es) E-mail(s) Disciplina Professor(a) Resumo Este documento apresenta o modelo de formatação a ser utilizado para artigos

Leia mais

Revista Cultivando o Saber

Revista Cultivando o Saber 1 FACULDADE ASSIS GURGACZ-FAG Cascavel - PR. Revista Cultivando o Saber INSTRUÇÕES PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS NA REVISTA CULTIVANDO O SABER Os trabalhos enviados à Revista Cultivando o Saber devem ser

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Normas para Redação de Dissertações/Teses 1. Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Considera-se projeto de pesquisa um plano ou uma orientação metódica acerca dos passos que devem ser executados na pesquisa de forma concreta, atendendo a

Leia mais

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO CORNÉLIO PROCÓPIO - PR ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 1 INTRODUÇÃO As orientações aqui apresentadas são baseadas

Leia mais

REVISTA AMBIENTE HOSPITALAR ISSN: 2176-6703

REVISTA AMBIENTE HOSPITALAR ISSN: 2176-6703 REVISTA AMBIENTE HOSPITALAR ISSN: 2176-6703 NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS ESCRITOS PARA SELEÇÃO Os interessados deverão submeter trabalho escrito inédito em português ou espanhol, para consideração da

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO VI SENPEX NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Período de submissão: 10/07/2015 10/09/2015. 1. O VI do UNIBAVE: Ciência e tecnologia para promoção da educação e da vida", a ser realizado

Leia mais

Regras e Normas Modelo de Resumo e de Banner XIV Semana da Engenharia e XIV SINCAL

Regras e Normas Modelo de Resumo e de Banner XIV Semana da Engenharia e XIV SINCAL Modelo de Resumo Configuração de página: Regras e Normas Modelo de Resumo e de Banner XIV Semana da Engenharia e XIV SINCAL Tamanho: A4 (210x297mm); Margens: 3 cm à esquerda e superior e 2 cm à direita

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2005 São Carlos 2010 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com a

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS DE PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Marechal Cândido Rondon PR 2013 SUMÁRIO 1. CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS DOS ARTIGOS...3 1.1 Formato...3 1.2 Ciclo de vida...3 1.3 Características técnicas

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos 2011 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com NBR

Leia mais

Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos I Simpósio Brasileiro de Desenvolvimento Territorial Sustentável

Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos I Simpósio Brasileiro de Desenvolvimento Territorial Sustentável Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos I Simpósio Brasileiro de Desenvolvimento Territorial Sustentável Orientações gerais: UFPR Litoral Matinhos (PR) - 29 e 30/10/2015 Serão aceitas três modalidades

Leia mais

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO 1 NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO Sumário 1. POLÍTICA EDITORIAL... 1 1.1. FOCO E ESCOPO... 1 1.2. PÚBLICO ALVO... 2 1.3. SUBMISSÃO DOS ARTIGOS... 2 1.4. AVALIAÇÃO POR PARES...

Leia mais

VIII JORNADA DE NUTRIÇÃO PREVENÇÃO E QUALIDADE DE VIDA VII ENCONTRO DE PESQUISA CIENTÍFICA EM NUTRIÇÃO II MOSTRA DE FOTOGRAFIAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO

VIII JORNADA DE NUTRIÇÃO PREVENÇÃO E QUALIDADE DE VIDA VII ENCONTRO DE PESQUISA CIENTÍFICA EM NUTRIÇÃO II MOSTRA DE FOTOGRAFIAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO VIII JORNADA DE NUTRIÇÃO PREVENÇÃO E QUALIDADE DE VIDA VII ENCONTRO DE PESQUISA CIENTÍFICA EM NUTRIÇÃO II MOSTRA DE FOTOGRAFIAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO 31 de agosto a 04 de setembro de 2015 URI - Erechim

Leia mais

ARTIGOS CIENTÍFICOS. MANUAL DE NORMAS FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DO CENTRO DO PARANÁ - UCP PITANGA/PR biblioteca@ucpparana.edu.

ARTIGOS CIENTÍFICOS. MANUAL DE NORMAS FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DO CENTRO DO PARANÁ - UCP PITANGA/PR biblioteca@ucpparana.edu. ARTIGOS CIENTÍFICOS Segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas, Artigo científico é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e

Leia mais

I Simpósio de Sistemas de Informação (I SIMSI) Montes Claros, 28 de Agosto de 2015 EDITAL

I Simpósio de Sistemas de Informação (I SIMSI) Montes Claros, 28 de Agosto de 2015 EDITAL (I SIMSI) Montes Claros, 28 de Agosto de 2015 EDITAL A coordenação do das Faculdades Santo Agostinho faz saber que fará realizar o (I SIMSI), de acordo com instruções constantes do presente edital. 1.

Leia mais

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC)

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) RIO DE JANEIRO 2009 2 APRESENTAÇÃO Estas diretrizes têm por objetivo padronizar a apresentação dos Trabalhos

Leia mais

As partes que compõem o trabalho acadêmico são:

As partes que compõem o trabalho acadêmico são: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Picos, 2009 Apresentação O conhecimento científico tem como princípio fundamental a objetividade, tendo como premissa a sua legitimidade junto à comunidade científica.

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. FORMATO ARTIGO CIENTÍFICO (com base na ABNT NBR 6022)

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. FORMATO ARTIGO CIENTÍFICO (com base na ABNT NBR 6022) UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Coordenação do TCC de Enfermagem BACHARELADO EM FISIOTERAPIA Coordenação do TCC de Fisioterapia NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO

Leia mais

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) Um resumo das normas Este resumo é indicado, principalmente, para quem for escrever um trabalho científico. Como a própria ABNT diz, ao introduzir o texto

Leia mais

NORMAS DE PUBLICAÇÃO

NORMAS DE PUBLICAÇÃO NORMAS DE PUBLICAÇÃO NORMA PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO Resumos: O texto do resumo, para qualquer modalidade de participação, deverá ser apresentado de acordo com a seguinte configuração: TÍTULO: centralizado,

Leia mais

de dissertações de mestrado e teses de doutorado, em acordo com as convenções gerais

de dissertações de mestrado e teses de doutorado, em acordo com as convenções gerais Sumário 1 Disposições gerais 2 1.1 Objetivo, natureza, alcance e conteúdo 2 2 Elementos da dissertação e da tese 5 2.1 Elementos pré-textuais 5 2.1.1 Capa 5 2.1.2 Lombada 6 2.1.3 Classificação de acesso

Leia mais

1º Congresso Internacional e 2º Congresso Brasileiro da Raça Girolando.

1º Congresso Internacional e 2º Congresso Brasileiro da Raça Girolando. 1º Congresso Internacional e 2º Congresso Brasileiro da Raça Girolando. Normas para elaboração do Resumo Expandido INFORMAÇÕES GERAIS 1) Os resumos expandidos e a ficha de inscrição devidamente preenchida

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERABA - MG NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO UBERABA-MG 2010 SUMÁRIO

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO. Declaro que li e concordo com os termos constantes no Regulameno Geral.

FICHA DE INSCRIÇÃO. Declaro que li e concordo com os termos constantes no Regulameno Geral. FICHA DE INSCRIÇÃO NOME DO AUTOR: ID CRC ENDEREÇO DO AUTOR: CIDADE: RG: CO-AUTOR (ES) 1 2 3 ESTADO: TELEFONE: Declaro que li e concordo com os termos constantes no Regulameno Geral. (Estado), de de 2015.

Leia mais

Profª. Drª. Sílvia Maria Agatti Lüdorf

Profª. Drª. Sílvia Maria Agatti Lüdorf UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS NORMAS PARA A FORMATAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) - MONOGRAFIA E ARTIGO CIENTÍFICO

Leia mais

VII SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos Cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 28 a 30 de outubro de 2015

VII SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos Cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 28 a 30 de outubro de 2015 VII SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos Cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 28 a 30 de outubro de 2015 NORMAS PARA ENVIO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Os trabalhos a serem submetidos

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO - capa A capa é a proteção externa do trabalho, padronizada. CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV Nome do curso TODO O TRABALHO: Os textos devem ser apresentados em papel branco (sem marca

Leia mais

Incidência e Caracterização Clínica de Pacientes com Cardiopatia Congênita. Fonte Arial, 24, negrito

Incidência e Caracterização Clínica de Pacientes com Cardiopatia Congênita. Fonte Arial, 24, negrito UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE UFCSPA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA Pedro Rosa da Silva (somente iniciais em maiúsculas) Fonte Arial, 14 Incidência e Caracterização Clínica

Leia mais

XIII SEMINÁRIO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS- GRADUAÇÃO EM TURISMO - ANPTUR

XIII SEMINÁRIO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS- GRADUAÇÃO EM TURISMO - ANPTUR 1 XIII SEMINÁRIO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS- GRADUAÇÃO EM TURISMO - ANPTUR UNIVERSIDADE SÃO PAULO Tema do evento: Turismo e sustentabilidades Organização: UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

Leia mais

XVI SEACON COMISSAO TÉCNICA NORMAS PARA SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

XVI SEACON COMISSAO TÉCNICA NORMAS PARA SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS XVI SEACON COMISSAO TÉCNICA NORMAS PARA SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Os trabalhos serão submetidos à avaliação da Comissão Técnica e, uma vez aprovados, serão selecionados para apresentação nos

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS NA JOURNAL OF AGRONOMIC SCIENCES

INSTRUÇÕES PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS NA JOURNAL OF AGRONOMIC SCIENCES 1 INSTRUÇÕES PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS NA JOURNAL OF AGRONOMIC SCIENCES Os trabalhos enviados à Journal of Agronomic Sciences devem ser inéditos e não podem ter sido encaminhados a outro periódico científico

Leia mais

Orientações para elaboração do Artigo Científico para Publicação

Orientações para elaboração do Artigo Científico para Publicação Orientações para elaboração do Artigo Científico para Publicação A elaboração do Artigo deverá ser orientada e discutida previamente com seu Orientador. O artigo equivale ao Relatório Final de seu trabalho

Leia mais

Modelo de artigo para Revista Técnico Científica do IFSC

Modelo de artigo para Revista Técnico Científica do IFSC Modelo de artigo para Revista Técnico Científica do IFSC 5 Autor1 1, Autor2 2 1 Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Professor de xxxxx, Campus xxxxxxxx, autor1@ifsc.edu.br 2 Instituto Federal de

Leia mais

Datas Importantes: Recepção de Trabalhos: 01/09/2014 a 21/09/2014. Resultado das avaliações dos artigos: 05/10/2014. Início das inscrições: 15/09/2014

Datas Importantes: Recepção de Trabalhos: 01/09/2014 a 21/09/2014. Resultado das avaliações dos artigos: 05/10/2014. Início das inscrições: 15/09/2014 Contabilizando para o progresso e bem estar social Concebido pelo Departamento de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, I Encontro Potiguar de Ciências Contábeis encontra-se

Leia mais

IV ENCONTRO DE ENGENHARIA NO ENTRETENIMENTO 3E/UNIRIO 15 e 16 /03/2016

IV ENCONTRO DE ENGENHARIA NO ENTRETENIMENTO 3E/UNIRIO 15 e 16 /03/2016 IV ENCONTRO DE ENGENHARIA NO ENTRETENIMENTO 3E/UNIRIO 15 e 16 /03/2016 1ª CIRCULAR FORMATAÇÃO DE TRABALHOS FICHA DE CADASTRAMENTO DE SUBMISSÃO DE ARTIGO 1ª CIRCULAR Apresentação Temos o prazer de convidá-lo

Leia mais

Universidade Aberta Lisboa Portugal Departamento de Humanidades. (29 de setembro a 02 de outubro de 2015) www.sil2015.com.br

Universidade Aberta Lisboa Portugal Departamento de Humanidades. (29 de setembro a 02 de outubro de 2015) www.sil2015.com.br Universidade Cruzeiro do Sul São Paulo - Brasil Mestrado em Linguística Universidade Aberta Lisboa Portugal Departamento de Humanidades Universidade do Porto Porto Portugal Faculdade de Letras (29 de setembro

Leia mais

PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO

PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO CURSO DE PEDAGOGIA EaD PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1. CARACTERÍSTICAS E CONCEITUAÇÃO Este texto trata a respeito das Normas da ABNT com a finalidade de orientar os acadêmicos

Leia mais

Algumas observações pertinentes sobre os elementos obrigatórios:

Algumas observações pertinentes sobre os elementos obrigatórios: CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA INSTITUTO DE COMUNICAÇÃO E ARTES Roteiro para Elaboração do Projeto de TCC Um trabalho de conclusão de curso (em qualquer modalidade) tem início com a elaboração de seu projeto.

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT) GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT) Maceió 2011 1 TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Na academia de ensino superior podemos encontrar os seguintes tipos de trabalhos:

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS ISSN online: 2318-4299 MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS 2ª Edição revisada e ampliada www.incentivoaciencia.com.br Brasil 2015 APRESENTAÇÃO A Associação Brasileira de Incentivo

Leia mais

Revista Fundamentos. Revista do Departamento de Fundamentos da Educação, do Centro de Ciências da Educação da UFPI - ISSN 2317-2754

Revista Fundamentos. Revista do Departamento de Fundamentos da Educação, do Centro de Ciências da Educação da UFPI - ISSN 2317-2754 Revista Fundamentos Revista do Departamento de Fundamentos da Educação, do Centro de Ciências da Educação da UFPI - ISSN 2317-2754 A Revista Fundamentos Revista do Departamento de Fundamentos da Educação

Leia mais

RESOLUÇÃO COTEA N 1/2013 TERMO ADITIVO, de 23 de janeiro de 2013.

RESOLUÇÃO COTEA N 1/2013 TERMO ADITIVO, de 23 de janeiro de 2013. RESOLUÇÃO COTEA N 1/2013 TERMO ADITIVO, de 23 de janeiro de 2013. Art. 1 O aluno que estiver apto a matricular-se no TCC1- PROJETO DE PESQUISA deverá procurar o orientador de TCC que mais se aproxime do

Leia mais

Instruções aos autores. Revista Pragmatéia Filosófica

Instruções aos autores. Revista Pragmatéia Filosófica Instruções aos autores Revista Pragmatéia Filosófica A Revista Pragmatéia Filosófica vinculada ao Curso de Filosofia da Universidade de Passo Fundo / Passo Fundo - Brasil, é uma publicação anual, com artigos

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 Passo a passo

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 Passo a passo 1 /24 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN FACULDADE DE DIREITO - FAD MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 Passo a passo ATUALIZAÇÃO: Profª Ms Clédina Maria Fernandes e Profª

Leia mais

EDITAL DO I SIMPÓSIO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAVAG - 2016.

EDITAL DO I SIMPÓSIO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAVAG - 2016. EDITAL DO I SIMPÓSIO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAVAG - 2016. Apresentação A Faculdade Vale do Gorutuba (FAVAG) promove, nos dias 06 e 07 de Junho de 2016, o ISimpósio de Pesquisa e Iniciação

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENCIA E INGENIERÍA NEOGRANADINA, VOL 22-2, PP 211-216, BOGOTÁ DICIEMBRE DE 2012, ISSN 0124-8170 211 Missão: A missão da revista Ciencia e Ingenieria Neogranadina é divulgar artigos originais e inéditos

Leia mais

Nosso ISSN: 2317-1170 (International Standard Serial Number), é o código numérico que garante uma visibilidade qualificada à Revista.

Nosso ISSN: 2317-1170 (International Standard Serial Number), é o código numérico que garante uma visibilidade qualificada à Revista. SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DO ESPORTE SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DIRETORIA DE APOIO PEDAGÓGICO ÀS ESCOLAS GERÊNCIA DE ORGANIZAÇÃO DO CURRÍCULO ESCOLAR A Revista Eletrônica

Leia mais

Revistas da área Contábil e Administrativa e critérios para submissão de artigos Profª. Ms. Márcia Rosane Frey, Santa Cruz do Sul, 2011

Revistas da área Contábil e Administrativa e critérios para submissão de artigos Profª. Ms. Márcia Rosane Frey, Santa Cruz do Sul, 2011 da área Contábil e Administrativa e critérios para submissão de artigos Revista Brasileira de Contabilidade - CFC http://www.cfc.org.br/conte udo.aspx?codmenu=176 Revista Mineira de Contabilidade CRC/MG

Leia mais

NORMALIZAÇÃO PARA RELATÓRIOS TÉCNICOS VERSÃO RESUMIDA

NORMALIZAÇÃO PARA RELATÓRIOS TÉCNICOS VERSÃO RESUMIDA NORMALIZAÇÃO PARA RELATÓRIOS TÉCNICOS VERSÃO RESUMIDA PADRÃO CESBOC ABNT 2015 O QUE É ABNT? Fundada em 1940, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o Órgão responsável pela normalização técnica

Leia mais

XI CONGRESSO NACIONAL DE MEIO AMBIENTE DE POÇOS DE CALDAS

XI CONGRESSO NACIONAL DE MEIO AMBIENTE DE POÇOS DE CALDAS ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A PRODUÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO COMPLETO PARA O XI CONGRESSO NACIONAL DE MEIO AMBIENTE DE POÇOS DE CALDAS Informações Gerais Os trabalhos deverão ser submetidos na forma técnico-científica

Leia mais

- O banner deverá ser confeccionado pelos autores, apenas se o trabalho submetido obteve o parecer de aceite para apresentação em painel.

- O banner deverá ser confeccionado pelos autores, apenas se o trabalho submetido obteve o parecer de aceite para apresentação em painel. Normas de apresentação em Painel e Comunicação Oral para o 1º Encontro Nacional de Ensino Superior Policial Militar A Formação do Oficial PM na Pós-Modernidade. 1. Normas para apresentação em Painel (Banner)

Leia mais

BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE

BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE 1 REVISTA BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE Uma publicação da (SBRAFH) A () publica artigos nos idiomas Inglês, Espanhol, Português; e a partir de 2010 substituirá a Revista SBRAFH

Leia mais

Dissertações/trabalhos de projetos/relatórios de estágios De Mestrados

Dissertações/trabalhos de projetos/relatórios de estágios De Mestrados Manual de normas Dissertações/trabalhos de projetos/relatórios de estágios De Mestrados ESEC, abril de 2014 As normas de formatação para as dissertações/projeto/estágios de mestrado descritas neste documento

Leia mais

NORMAS DO III CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI

NORMAS DO III CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI NORMAS DO III CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI TRABALHOS Os interessados em enviar artigos científicos deverão consultar as normas abaixo: Informações Gerais O período para o envio do resumo expandido

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIENCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE ARTES CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO ATIVIDADE PRÁTICA- ESTÁGIO SUPERVISIONADO ROTEIRO

Leia mais

MANUAL DE ELABORAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE QUALIFICAÇÃO E TESE

MANUAL DE ELABORAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE QUALIFICAÇÃO E TESE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE MANUAL DE ELABORAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE QUALIFICAÇÃO E

Leia mais

MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS

MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS Apresentação gráfica Segundo normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e atualizado com as alterações da NBR 14724/11 Trabalhos Acadêmicos.

Leia mais

VII Simpósio de Iniciação Científica NORMAS

VII Simpósio de Iniciação Científica NORMAS VII Simpósio de Iniciação Científica NORMAS 1. INSCRIÇÕES: 1.1. As inscrições dos trabalhos deverão ser feitas por 1 (um) de seus autores, na Unidade Sede, na sala do CEP - Comitê de Ética. O autor se

Leia mais

Fraturas da Arte na Cultura Digital. Modos de perceber, produzir e preservar.

Fraturas da Arte na Cultura Digital. Modos de perceber, produzir e preservar. REVISTA PALÍNDROMO PPGAV/UDESC http://www.revistas.udesc.br/index.php/palindromo CHAMADA 11 / SEMESTRE 01-2014 Linha de pesquisa: Processos Artísticos Contemporâneos Estão convidados a participar pesquisadores

Leia mais

DE ARTIGO CIENTÍFICO

DE ARTIGO CIENTÍFICO CURSOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, TURISMO, DIREITO E PÓS-GRADUAÇÃO Maria Paulina Gomes Maria Paulina Gomes Manual elaborado para orientar os alunos que estão realizando a disciplina Trabalho de Conclusão

Leia mais

Direito em Ação, Brasília, v.11, n.1, jul./dez. 2013

Direito em Ação, Brasília, v.11, n.1, jul./dez. 2013 275 DIRetrizes para os autores Direito em Ação, Brasília, v.11, n.1, jul./dez. 2013 276 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA ESCOLA DE DIREITO REVISTA DIREITO EM AÇÃO Submissões Online Diretrizes para Autores

Leia mais

MODELO DE INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA CONGRESSOS BRASILEIROS

MODELO DE INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA CONGRESSOS BRASILEIROS MODELO DE INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA CONGRESSOS BRASILEIROS TÍTULO DO TRABALHO Primeiro Autor e-mail Instituição de Ensino Endereço CEP Cidade Estado Segundo Autor e-mail

Leia mais

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre no funcionamento dos sistemas de Saúde

Leia mais

REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INSTRUÇÕES AOS AUTORES 1 GERAIS: Originais: Os artigos devem ser enviados exclusivamente por meio eletrônico para o endereço: revistainnovare@cescage.edu.br - Revista

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO

RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES REVISADO EM SETEMBRO DE 2011 DE ACORDO COM RESOLUÇÃO

Leia mais

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RESUMOS SIMPLES E TRABALHOS COMPLETOS PARA O XI CONGRESSO FLORESTAL ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RESUMOS SIMPLES E TRABALHOS COMPLETOS PARA O XI CONGRESSO FLORESTAL ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RESUMOS SIMPLES E TRABALHOS COMPLETOS PARA O XI CONGRESSO FLORESTAL ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL O 11º Congresso Florestal Estadual do Rio Grande do Sul e 2º Seminário Mercosul

Leia mais

Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis.

Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis. Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis. 2 Sumário Necessidade do estágio... 3 Realização do Estágio... 3 Documentações

Leia mais

NORMATIZAÇÃO 1. NORMAS PARA A PUBLICAÇÃO

NORMATIZAÇÃO 1. NORMAS PARA A PUBLICAÇÃO NORMATIZAÇÃO 1. NORMAS PARA A PUBLICAÇÃO Serão aceitos, preferencialmente, artigos originais, incluindo na sua linha editorial também trabalhos de revisão, atualização, estudos de caso e/ou relatos de

Leia mais

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais.

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais. APRESENTAÇÃO Para ficar claro, é necessário fazer distinções entre padrões e normas, já que normas da ABNT são constituídas de regras a serem seguidas, objetivando a qualidade em produções científicas,

Leia mais

Escreva aqui o título do trabalho com no máximo 15 palavras

Escreva aqui o título do trabalho com no máximo 15 palavras Escreva aqui o título do trabalho com no máximo 15 palavras Nome Completo Primeiro Autor 1, Nome Completo Segundo Autor 2, Nome Completo Terceiro Autor 1 1 Departamento de Informática, Universidade Estadual

Leia mais

(i) Entrega dos exemplares da dissertação (mestrado: 7, doutoramento: 10) em papel e 2 exemplares completos em CD com ficheiro em formato pdf.

(i) Entrega dos exemplares da dissertação (mestrado: 7, doutoramento: 10) em papel e 2 exemplares completos em CD com ficheiro em formato pdf. Normas de apresentação e de harmonização gráfica para dissertações (mestrado, doutoramento), aprovadas pelo Conselho Científico (em 06 de Fevereiro de 2007), em vigor a partir de 01 de Setembro de 2007

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DO ARTIGO

CLASSIFICAÇÃO DO ARTIGO CLASSIFICAÇÃO DO ARTIGO Dinâmica da aula - Apresentação do conceito de produtividade (15 min) -Explicação da dinâmica da aula (5 min) -Acesso ao texto por parte dos Espara leitura (5 min) - Explicação

Leia mais

Título do artigo em português Times negrito 14, alinhado à esquerda

Título do artigo em português Times negrito 14, alinhado à esquerda Página formato A4, margens: esquerda e superior 3 cm; direita e inferior 2 cm. Título do artigo em português Times negrito 14, alinhado à esquerda Autor 1, Autor 2 e Autor 3 Nome completo em Times negrito

Leia mais

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHO COMPLETO

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHO COMPLETO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHO COMPLETO 1. INTRODUÇÃO As Edições OMNIA, da FAI - Faculdades Adamantinenses Integradas tem por objetivo publicar artigos nas seguintes formas: Trabalhos Originais, Revisão

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Ciências da Saúde. Universidade São Francisco

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Ciências da Saúde. Universidade São Francisco Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Ciências da Saúde Universidade São Francisco Manual de Orientação de Teses e Dissertações Bragança Paulista 2009 SUMÁRIO I. Apresentação... 1 II. Estrutura do trabalho

Leia mais

Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Alta Floresta-MT 2015 Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA

Leia mais

Treinamento em BrOffice.org Writer

Treinamento em BrOffice.org Writer Treinamento em BrOffice.org Writer 1 Índice I. INTRODUÇÃO...3 II. BARRA DE FERRAMENTAS...3 III. CONFIGURAR PÁGINA...4 1. Tamanho, Margens e Orientação...5 2. Cabeçalhos...6 3. Rodapés...6 4. Numerando

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO 1. VERSÃO FINAL O original da versão final da Dissertação deverá ser entregue pelo aluno a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

Submissão de Trabalhos para Comunicações Orais

Submissão de Trabalhos para Comunicações Orais Submissão de Trabalhos para Comunicações Orais Normas Gerais Os resumos poderão ser submetidos ao Comitê Científico, independentemente do pagamento da taxa de inscrição. No entanto, após a aprovação dos

Leia mais

Chamada para Trabalhos - Revista de Estudos de Direito Cooperativo e Cidadania ISSN 1982-4882 ISSN 1982-8292 (online)

Chamada para Trabalhos - Revista de Estudos de Direito Cooperativo e Cidadania ISSN 1982-4882 ISSN 1982-8292 (online) Chamada para Trabalhos - Revista de Estudos de Direito Cooperativo e Cidadania ISSN 1982-4882 ISSN 1982-8292 (online) Prezados Pesquisadores: A Revista de Estudos de Direito Cooperativo e Cidadania é uma

Leia mais

Disciplina: Seminários. Curso: Administração

Disciplina: Seminários. Curso: Administração Disciplina: Seminários Curso: Administração Texto 5: NORMAS PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO / ACADÊMICO NBR 14724/2005 A normalização de documentos técnico-científicos tem como finalidade tornar

Leia mais

EDITAL 04/2016-PRPI/UFCA

EDITAL 04/2016-PRPI/UFCA EDITAL 04/2016-PRPI/UFCA A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da Universidade Federal do Cariri (PRPI/UFCA) torna pública a abertura de inscrições e estabelece normas relativas à participação

Leia mais

LIBREOFFICE WRITER VERSÃO 08.2012 DE TRABALHOS CIENTÍFICOS UTILIZANDO O

LIBREOFFICE WRITER VERSÃO 08.2012 DE TRABALHOS CIENTÍFICOS UTILIZANDO O UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH DIVISÃO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO - TDE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS

Leia mais