Luciano Ramalho setembro/2012. Objetos Pythonicos. Orientação a objetos e padrões de projeto em Python

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Luciano Ramalho luciano@ramalho.org. setembro/2012. Objetos Pythonicos. Orientação a objetos e padrões de projeto em Python"

Transcrição

1 Luciano Ramalho setembro/2012 Objetos Pythonicos Orientação a objetos e padrões de projeto em Python

2 Aula 4 Recapitulando iteráveis etc. Herança múltipla, MRO e super Propriedades Polimorfismo

3 Objetivos desta aula Rever iteradores, geradores etc. Corrigir exercício sobre herança Entender a MRO (method resolution order) e a função super Apresentar encapsulamento, atributos protegidos e propriedades Apresentar polimorfismo

4 Exemplos de iteração Iteração em Python não se limita a tipos primitivos Exemplos string arquivo Django QuerySet Baralho (em: OO em Python sem Sotaque )

5 Em Python, um iterável é... Um objeto a partir do qual a função iter consegue obter um iterador. A chamada iter(x): interface Iterable invoca x. iter () para obter um iterador ou, se x. iter não existe: fabrica um iterador que acessa os itens de x sequenciamente fazendo x[0], x[1], x[2] etc. protocolo de sequência

6 Protocolo de sequência implementação informal da interface class Trem(object): def init (self, num_vagoes): self.num_vagoes = num_vagoes def len (self): return self.num_vagoes def getitem (self, pos): indice = pos if pos >= 0 else self.num_vagoes + pos if 0 <= indice < self.num_vagoes: # indice 2 -> vagao #3 return 'vagao #%s' % (indice+1) else: raise IndexError('vagao inexistente %s' % pos)

7 Interface Sequence collections.sequence from collections import Sequence class Trem(Sequence): def init (self, num_vagoes): self.num_vagoes = num_vagoes def len (self): return self.num_vagoes def getitem (self, pos): indice = pos if pos >= 0 else self.num_vagoes + pos if 0 <= indice < self.num_vagoes: # indice 2 -> vagao #3 return 'vagao #%s' % (indice+1) else: raise IndexError('vagao inexistente %s' % pos)

8 Herança de Sequence >>> t = Trem(4) >>> 'vagao #2' in t True >>> 'vagao #5' in t False >>> for i in reversed(t): print i... vagao #4 vagao #3 vagao #2 vagao #1 >>> t.index('vagao #2') 1 >>> t.index('vagao #7') Traceback (most recent call last):... ValueError from collections import Seque class Trem(Sequence): def init (self, num_va self.num_vagoes = num def len (self): return self.num_vagoe def getitem (self, pos indice = pos if pos >

9 Interface Iterable Iterable provê um método iter O método iter devolve uma instância de Iterator

10 O padrão Iterator permite acessar os itens de uma coleção sequencialmente, isolando o cliente da implementação da coleção. Head First Design Patterns Poster O'Reilly, ISBN

11 Trem com iterator iter(t) class Trem(object): def init (self, num_vagoes): self.num_vagoes = num_vagoes def iter (self): return IteradorTrem(self.num_vagoes) class IteradorTrem(object): def init (self, num_vagoes): self.atual = 0 self.ultimo_vagao = num_vagoes - 1 def next(self): if self.atual <= self.ultimo_vagao: self.atual += 1 return 'vagao #%s' % (self.atual) else: raise StopIteration() for vagao in t: >>> t = Trem(4) >>> for vagao in t:... print(vagao) vagao #1 vagao #2 vagao #3 vagao #4 invoca iter(t) devolve IteradorTrem invoca itrem.next() até que ele levante StopIteration

12 Trem c/ função geradora iter(t) class Trem(object): def init (self, num_vagoes): self.num_vagoes = num_vagoes def iter (self): for i in range(self.num_vagoes): yield 'vagao #%s' % (i+1) for vagao in t: >>> t = Trem(4) >>> for vagao in t:... print(vagao) vagao #1 vagao #2 vagao #3 vagao #4 invoca iter(t) devolve gerador invoca gerador.next() até que ele levante StopIteration

13 Iterador clássico 12 linhas de código Função geradora 3 linhas class Trem(object): def init (self, num_vagoes): self.num_vagoes = num_vagoes def iter (self): return IteradorTrem(self.num_vagoes) class IteradorTrem(object): def init (self, num_vagoes): self.atual = 0 self.ultimo_vagao = num_vagoes - 1 def next(self): if self.atual <= self.ultimo_vagao: self.atual += 1 return 'vagao #%s' % (self.atual) else: raise StopIteration() mesma funcionalidade e desempenho! class Trem(object): def init (self, num_vagoes): self.num_vagoes = num_vagoes def iter (self): for i in range(self.num_vagoes): yield 'vagao #%s' % (i+1)

14 Trem c/ expressão geradora iter(t) class Trem(object): def init (self, num_vagoes): self.num_vagoes = num_vagoes def iter (self): return ('vagao #%s' % (i+1) for i in range(self.num_vagoes)) for vagao in t: >>> t = Trem(4) >>> for vagao in t:... print(vagao) vagao #1 vagao #2 vagao #3 vagao #4 invoca iter(t) devolve gerador invoca gerador.next() até que ele levante StopIteration

15 Módulo itertools demonstração... geradores (potencialmente) infinitos count(), cycle(), repeat() geradores que combinam vários iteráveis chain(), tee(), izip(), imap(), product(), compress()... geradores que selecionam ou agrupam itens: compress(), dropwhile(), groupby(), ifilter(), islice()... Iteradores que produzem combinações product(), permutations(), combinations()...

16 Exemplo prático de função geradora Funções geradoras para desacoplar laços de leitura e escrita em uma ferramenta para conversão de bases de dados semi-estruturadas

17 Módulo itertools demonstração... geradores (potencialmente) infinitos count(), cycle(), repeat() geradores que combinam vários iteráveis chain(), tee(), izip(), imap(), product(), compress()... geradores que selecionam ou agrupam itens: compress(), dropwhile(), groupby(), ifilter(), islice()... Iteradores que produzem combinações product(), permutations(), combinations()...

18 Solução do exercício 1.5 A classe ContadorTotalizadorAmigavel não precisa implementar qualquer método nem mesmo init

19 MRO method resolution order >>> Contador. mro (<class ' main.contador'>, <type 'object'>) >>> ContadorAmigavel. mro (<class ' main.contadoramigavel'>, <class ' main.contador'>, <type 'object'>) >>> ContadorTotalizadorAmigavel. mro (<class ' main.contadortotalizadoramigavel'>, <class ' main.contadortotalizador'>, <class ' main.contadoramigavel'>, <class ' main.contador'>, <type 'object'>)

20 Solução alternativa Herança simples

21 Solução alternativa Evitar o losango (diamond) Herança simples

22 O losango não é necessariamente ruim Em Python ele sempre está presente quando se usa herança múltipla as classes comuns (new style) herdam de object Herança múltipla deve ser usada com moderação classes mixin são uma forma segura contribuem métodos e campos sem sobrescrever outros atributos

23 Invocar método de superclasse A forma mais simples class ContadorTotalizador(Contador): def init (self): Contador. init (self) self.total = 0 def incluir(self, item): Contador.incluir(self, item) self.total += 1

24 Invocar método de superclasse A forma mais correta utiliza a MRO automaticamente class ContadorTotalizador(Contador): def init (self): super(contadortotalizador, self). init () self.total = 0 def incluir(self, item): super(contadortotalizador, self).incluir(item) self.total += 1

25 Abuso de getters/ setters Desnessário e... não pythonico!

26 Getters/setters Necessários quando se usa campos privados mas é desejável oferecer acesso controlado a esses campos (encapsulamento) para leitura: definir método getter para escrita: definir método setter Getters e setters que não implementam lógica são questionáveis em geral e desnecessários em Python

27 Atributos protegidos Sintaxe: atributo (dois à esquerda, >>> class C(object):... def init (self, idade):... self. idade = idade... >>> o = C(20) >>> o. idade Traceback (most recent call last): File "<stdin>", line 1, in <module> AttributeError: 'C' object has no attribute 'idade' >>> dir(o) ['_C idade', ' class ', ' delattr ', ' dict '...] >>> o._c idade 20 nenhum à direita) name mangling : desfiguração do nome

28 Controle de acesso a atributos em Python Não existem modificadores de acesso (private, protected etc.) Todos os atributos são públicos A convenção _x é para o programador (o interpretador ignora) A sintaxe x (dois ) tem o efeito de criar atributos protegidos contra sobrescrita acidental

29 Atributos protegidos Filosofia dos atributos protegidos em Python: Salvaguarda (safety) e não segurança (security) Evita acesso acidental Não evita acesso intencional

30 Propriedades Atributos que podem ser acessados como se fossem campos, mas acionam métodos de modo transparente sintaxe de acesso: o.x e não o.x() Isso permite definir campos públicos inicialmente, sem precisar definir getters e setters que não fazem nada e depois implementar properties (se necessário)

31 Propriedades Encapsulamento para quem precisa de encapsulamento >>> a = C() >>> a.x = 10 >>> print a.x 10 >>> a.x = -10 >>> print a.x 0 violação de encapsulamento? pergunte-me como!

32 Propriedade: implementação Apenas para leitura, via decorator: atributo protegido decorator class C(object): def init (self, x): self. x = def x(self): return self. x

33 Propriedade: implementação Leitura e escrita class C(object): def init (self, x=0): self. x = def x(self): return self. def x(self, valor): if valor >= 0: self. x = valor else: self. x = 0

34 Propriedade: exemplo de uso class ContadorTotalizador(Contador): def init (self): super(contadortotalizador, self). init () self. total = 0 def incluir(self, item): super(contadortotalizador, self).incluir(item) self. total += def total(self): return self. total

35 Polimorfismo: definição O conceito de polimorfismo significa que podemos tratar instâncias de diferentes classes da mesma forma. Assim, podemos enviar uma mensagem a um objeto sem saber de antemão qual é o seu tipo, e o objeto ainda assim fará a coisa certa, ao menos do ponto de dele. Scott Ambler The Object Primer, 2nd ed. - p. 173

36 Exemplo de polimorfismo A classe Baralho como sequência Live-coding com monkey-patching programação ao vivo com modificação de classe em tempo de execução

Luciano Ramalho luciano@ramalho.org @ramalhoorg. Iteráveis, geradores & cia: o caminho pythonico

Luciano Ramalho luciano@ramalho.org @ramalhoorg. Iteráveis, geradores & cia: o caminho pythonico Luciano Ramalho luciano@ramalho.org Iteráveis, geradores & cia: o caminho pythonico Luciano Ramalho Arquiteto de soluções Web desde 1994 1º diretor técnico do Brasil Online, na Abril S/A Muitos clientes

Leia mais

Luciano Ramalho setembro/2012. Objetos Pythonicos. Orientação a objetos e padrões de projeto em Python

Luciano Ramalho setembro/2012. Objetos Pythonicos. Orientação a objetos e padrões de projeto em Python Luciano Ramalho luciano@ramalho.org setembro/2012 Objetos Pythonicos Orientação a objetos e padrões de projeto em Python Aula 3 Variáveis e referências + Iteráveis, iteradores e geradores Objetivos desta

Leia mais

Luciano Ramalho luciano@ramalho.org. setembro/2012. Objetos Pythonicos. Orientação a objetos e padrões de projeto em Python

Luciano Ramalho luciano@ramalho.org. setembro/2012. Objetos Pythonicos. Orientação a objetos e padrões de projeto em Python Luciano Ramalho luciano@ramalho.org setembro/2012 Objetos Pythonicos Orientação a objetos e padrões de projeto em Python Aula 2 Introdução à Orientação Objetos em Python (continuação) Objetivos desta aula

Leia mais

MAB224 Programação de Computadores II. Prof. Franklin Marquezino Universidade Federal do Rio de Janeiro

MAB224 Programação de Computadores II. Prof. Franklin Marquezino Universidade Federal do Rio de Janeiro MAB224 Programação de Computadores II Prof. Franklin Marquezino Universidade Federal do Rio de Janeiro Parte IV Conceitos de Orientação a Objetos em Python Atenção: Slides em constante atualização. Consultem

Leia mais

Um objeto é uma instância de uma 'classe'. Você define uma classe utilizando o trecho de código abaixo;

Um objeto é uma instância de uma 'classe'. Você define uma classe utilizando o trecho de código abaixo; um objeto; é definido; Um objeto é uma instância de uma 'classe'. Você define uma classe utilizando o trecho de código abaixo; class ClasseBase{ é instanciado; $objetobase = new ClasseBase; Caso queira,

Leia mais

Objetivos do mini curso. Conhecer a linguagem. Noção de programação utilizando Python. Aprender o báscio.

Objetivos do mini curso. Conhecer a linguagem. Noção de programação utilizando Python. Aprender o báscio. Objetivos do mini curso Conhecer a linguagem. Noção de programação utilizando Python. Aprender o báscio. Conteúdo Uma visão da linguagem: O modo python de programar O interpretador dinâmico Salvando e

Leia mais

Luciano Ramalho dezembro/2012. Objetos Pythonicos. Orientação a objetos e padrões de projeto em Python

Luciano Ramalho dezembro/2012. Objetos Pythonicos. Orientação a objetos e padrões de projeto em Python Luciano Ramalho luciano@ramalho.org dezembro/2012 Objetos Pythonicos Orientação a objetos e padrões de projeto em Python Exemplo prático com funções geradoras Funções geradoras para desacoplar laços de

Leia mais

1 Detecção e correcção de erros 1 1.1 Erros sintáticos... 1 1.2 Erros de execução... 2 1.3 Erros semânticos... 5 1.4 Erros semânticos...

1 Detecção e correcção de erros 1 1.1 Erros sintáticos... 1 1.2 Erros de execução... 2 1.3 Erros semânticos... 5 1.4 Erros semânticos... Nesta aula... Conteúdo 1 Detecção e correcção de erros 1 1.1 Erros sintáticos............................. 1 1.2 Erros de execução............................ 2 1.3 Erros semânticos............................

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO EM PHP

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO EM PHP PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO EM PHP O PHP através da versão 5, veio desenvolvido com suporte a programação orientada a objetos. O que significa isso? Que a partir da versão 5 é possível criar bibliotecas

Leia mais

Algoritmos e programação

Algoritmos e programação Algoritmos e programação Introdução à Programação Prof. Bonadia dos Santos Conceitos básicos Desde o início de sua existência, o homem procurou criar máquinas que o auxiliassem em seu trabalho. Dentre

Leia mais

Python Intermediário. terça-feira, 4 de agosto de 15

Python Intermediário. terça-feira, 4 de agosto de 15 Python Intermediário I FUNÇÕES Módulo Python (Intermediário) Função Uma função é uma sequência de comandos que desempenham algum tipo de tarefa no seu programa Evita duplicação de código Facilita alterações:

Leia mais

Produtividade e qualidade em Python através da metaprogramação

Produtividade e qualidade em Python através da metaprogramação Produtividade e qualidade em Python através da metaprogramação ou a visão radical na prática Luciano Ramalho ramalho@python.pro.br @ramalhoorg Fluent Python (O Reilly) Early Release: out/2014 First Edition:

Leia mais

Prof. Jhonatan Fernando

Prof. Jhonatan Fernando Prof. Jhonatan Fernando Métodos Programação OO Instâncias de variáveis (objetos) Mensagens Classes Herança Polimorfismo Encapsulamento Abstração Programação Estruturada Procedimentos e funções Variáveis

Leia mais

Análise e Projeto Orientados por Objetos

Análise e Projeto Orientados por Objetos Análise e Projeto Orientados por Objetos Aula 01 Orientação a Objetos Edirlei Soares de Lima Paradigmas de Programação Um paradigma de programação consiste na filosofia adotada na

Leia mais

15-09-2009. Membros de classe e de instância. PARTE III: Java e OO - detalhes. Exemplo 1: método. Exercício. Exemplo 1 corrigido

15-09-2009. Membros de classe e de instância. PARTE III: Java e OO - detalhes. Exemplo 1: método. Exercício. Exemplo 1 corrigido PARTE III: Java e OO - detalhes Membros de classe e instâncias Pacotes Visibilidade Classes aninhadas Membros de classe e de instância De classe Static Método não necessita de objeto para ser chamado.

Leia mais

Luciano Ramalho luciano@ramalho.org. setembro/2012. Objetos Pythonicos. Orientação a objetos e padrões de projeto em Python

Luciano Ramalho luciano@ramalho.org. setembro/2012. Objetos Pythonicos. Orientação a objetos e padrões de projeto em Python Luciano Ramalho luciano@ramalho.org setembro/2012 Objetos Pythonicos Orientação a objetos e padrões de projeto em Python Para me encontrar Juntem-se a Oficinas Turing no Google Groups solicite um convite

Leia mais

Orientação a Objeto e UML Questões 2014 Prof. Felipe Leite

Orientação a Objeto e UML Questões 2014 Prof. Felipe Leite Orientação a Objeto e UML Questões 2014 Prof. Felipe Leite Pessoal, fiz uma coletânea das questões mais recentes de concursos públicos de TODO o Brasil de várias bancas diferentes sobre os assuntos Orientação

Leia mais

Material de Apoio 5. int getres() { return res; O que estas classes possuem em comum? 1) 2) 3)

Material de Apoio 5. int getres() { return res; O que estas classes possuem em comum? 1) 2) 3) pg. 1/6 Material de Apoio 5 Herança Observe o código das classes Fatorial e Fibonacci apresentados abaixo. class Fatorial { class Fibonacci { private int n, res; private int n, res; public Fatorial( int

Leia mais

Programação Orientada a Objetos. Encapsulamento

Programação Orientada a Objetos. Encapsulamento Programação Orientada a Objetos Encapsulamento de Dados Ocultação de dados Garante a transparência de utilização dos componentes do software, facilitando: Entendimento Reuso Manutenção Minimiza as interdependências

Leia mais

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação Estrutura de Dados AULA 6 Filas Estrutura de Dados A Estrutura de Dados Fila Fila é uma estrutura de dados usada em programação, que tem regras para

Leia mais

Parte I. Orientação a objetos no PHP. Contato: <lara.popov@ifsc.edu.br> Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/

Parte I. Orientação a objetos no PHP. Contato: <lara.popov@ifsc.edu.br> Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/ Parte I Programação para WEB II Orientação a objetos no PHP Contato: Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/ Programação para WEB II 1 PHP Estruturado Os programadores

Leia mais

FUNDAMENTOS DA ORIENTAÇÃO A OBJETOS- REVISÃO

FUNDAMENTOS DA ORIENTAÇÃO A OBJETOS- REVISÃO FUNDAMENTOS DA ORIENTAÇÃO A OBJETOS- REVISÃO Dado que a UML é uma ferramenta inserida no paradigma da orientação a objetos, vamos rever alguns conceitos fundamentais, dentre os quais, destacamos: Classificação,

Leia mais

PHP INTRODUÇÃO CLASSES E OBJETOS

PHP INTRODUÇÃO CLASSES E OBJETOS INTRODUÇÃO PHP AULA 8 ORIENTAÇÃO A OBJETOS Professor: Leonardo Pereira E-mail: leongamerti@gmail.com Facebook: leongamerti Material de Estudo: http://www.leonti.vv.si A orientação a objetos ou OO é o paradigma

Leia mais

UM ESTUDO PARA A EVOLUÇÃO DO PHP COM A LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS

UM ESTUDO PARA A EVOLUÇÃO DO PHP COM A LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS UM ESTUDO PARA A EVOLUÇÃO DO PHP COM A LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS Jean Henrique Zenzeluk* Sérgio Ribeiro** Resumo. Este artigo descreve os conceitos de Orientação a Objetos na linguagem de programação

Leia mais

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063)

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Aula 6 Polimorfismo Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Prof.

Leia mais

Organização de programas em Python. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br

Organização de programas em Python. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Organização de programas em Python Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Vamos programar em Python! Mas... } Como um programa é organizado? } Quais são os tipos de dados disponíveis? } Como variáveis podem

Leia mais

Introdução à Programação Aula 20 Definição de classes

Introdução à Programação Aula 20 Definição de classes Introdução à Programação Aula 20 Definição de classes Pedro Vasconcelos DCC/FCUP 2014 Pedro Vasconcelos (DCC/FCUP) Introdução à Programação Aula 20 Definição de classes 2014 1 / 23 Nesta aula 1 Definição

Leia mais

Tuplas e Dicionários. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br

Tuplas e Dicionários. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Tuplas e Dicionários Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br 2 Tuplas Tuplas } Tuplas são sequências de valores, da mesma forma que listas } Mas, existem diferenças... } Os valores de uma tupla, ao contrário

Leia mais

Módulo 06 Desenho de Classes

Módulo 06 Desenho de Classes Módulo 06 Desenho de Classes Última Atualização: 13/06/2010 1 Objetivos Definir os conceitos de herança, polimorfismo, sobrecarga (overloading), sobreescrita(overriding) e invocação virtual de métodos.

Leia mais

Programação Orientada a Objetos C++

Programação Orientada a Objetos C++ Programação Orientada a Objetos em C++ Sumário Histórico Comparação com Java Encapsulamento Tratamento de classes e objetos Herança Polimorfismo Histórico Desenvolvido por Bjarne Stroustrup dos Bell Labs

Leia mais

Capítulo 3. Programação por objectos em Java

Capítulo 3. Programação por objectos em Java Capítulo 3. Programação por objectos em Java 1/46 Índice Indice 3.1 - Qualificadores de visualização 3.2 - Classe 3.3 - Objecto 3.4 - Métodos 3.5 - Herança 3.6 - Reescrita de métodos 3.7 - Classes abstractas

Leia mais

3 Classes e instanciação de objectos (em Java)

3 Classes e instanciação de objectos (em Java) 3 Classes e instanciação de objectos (em Java) Suponhamos que queremos criar uma classe que especifique a estrutura e o comportamento de objectos do tipo Contador. As instâncias da classe Contador devem

Leia mais

Curso Java Starter. www.t2ti.com 1

Curso Java Starter. www.t2ti.com 1 1 Apresentação O Curso Java Starter foi projetado com o objetivo de ajudar àquelas pessoas que têm uma base de lógica de programação e desejam entrar no mercado de trabalho sabendo Java, A estrutura do

Leia mais

BCC221 Programação Orientada a Objetos. Prof. Marco Antonio M. Carvalho 2014/2

BCC221 Programação Orientada a Objetos. Prof. Marco Antonio M. Carvalho 2014/2 BCC221 Programação Orientada a Objetos Prof. Marco Antonio M. Carvalho 2014/2 Site da disciplina: http://www.decom.ufop.br/marco/ Moodle: www.decom.ufop.br/moodle Lista de e- mails: bcc221- decom@googlegroups.com

Leia mais

Encapsulamento de Dados

Encapsulamento de Dados Encapsulamento de Dados Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Modificadores de Visibilidade Especificam

Leia mais

Python: Comandos Básicos. Claudio Esperança

Python: Comandos Básicos. Claudio Esperança Python: Comandos Básicos Claudio Esperança Primeiros passos em programação Até agora só vimos como computar algumas expressões simples Expressões são escritas e computadas imediatamente Variáveis podem

Leia mais

Desenvolvimento OO com Java Orientação a objetos básica

Desenvolvimento OO com Java Orientação a objetos básica Desenvolvimento OO com Java Orientação a objetos básica Vítor E. Silva Souza (vitor.souza@ufes.br) http://www.inf.ufes.br/~vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal

Leia mais

Curso Java Starter. www.t2ti.com 1

Curso Java Starter. www.t2ti.com 1 1 Apresentação O Curso Java Starter foi projetado com o objetivo de ajudar àquelas pessoas que têm uma base de lógica de programação e desejam entrar no mercado de trabalho sabendo Java, A estrutura do

Leia mais

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010 Módulo 02 Programação Orientada a Objetos Última atualização: 07/06/2010 1 Objetivos Definir conceitos de orientação a objetos: o abstração, encapsulamento, pacotes. Discutir reutilização de código em

Leia mais

Técnicas de Programação II

Técnicas de Programação II Técnicas de Programação II Aula 06 Orientação a Objetos e Classes Edirlei Soares de Lima Orientação a Objetos O ser humano se relaciona com o mundo através do conceito de objetos.

Leia mais

3 Um Modelo de Operações para a web semântica 3.1. Modelo de Operações

3 Um Modelo de Operações para a web semântica 3.1. Modelo de Operações 34 3 Um Modelo de Operações para a web semântica 3.1. Modelo de Operações As classes do Modelo de Operações representam a definição de como deve ser uma operação em uma aplicação, ou seja, quais os valores

Leia mais

Conceitos básicos da linguagem C

Conceitos básicos da linguagem C Conceitos básicos da linguagem C 2 Em 1969 Ken Thompson cria o Unix. O C nasceu logo depois, na década de 70. Dennis Ritchie, implementou-o pela primeira vez usando o sistema operacional UNIX criado por

Leia mais

Adicionando Propriedades e Funcionalidades aos Componentes Parte II

Adicionando Propriedades e Funcionalidades aos Componentes Parte II Adicionando Propriedades e Funcionalidades aos Componentes Parte II Quantas vezes eu não lamentei por este componente não ter uma propriedade que guardasse uma lista paralela a lista que é mostrada em

Leia mais

ORIENTAÇÃO A OBJETOS. Professora Lucélia Oliveira

ORIENTAÇÃO A OBJETOS. Professora Lucélia Oliveira ORIENTAÇÃO A OBJETOS 1 Professora Lucélia Oliveira CONCEITOS Abstração Classes Objetos Atributos Métodos Método Construtor Herança Polimorfismo Sobrecarga Encapsulamento 2 ORIENTAÇÃO A OBJETOS Abstração

Leia mais

Implementando uma Classe e Criando Objetos a partir dela

Implementando uma Classe e Criando Objetos a partir dela Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 04 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO) Parte: 2 Prof. Cristóvão Cunha Implementando uma Classe

Leia mais

NOVIDADES DO JAVA PARA PROGRAMADORES C

NOVIDADES DO JAVA PARA PROGRAMADORES C PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB NOVIDADES DO JAVA PARA PROGRAMADORES C Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar o Conceito de Classes e Objetos Capacitar para a criação de objetos simples

Leia mais

Arquivos. Prof. Alberto Costa Neto Programação em Python

Arquivos. Prof. Alberto Costa Neto Programação em Python Arquivos Prof. Alberto Costa Neto Programação em Python Dispositivos de Entrada e Saída Software Unidade Central de Processamento Próximo comando? Computador Genérico Arquivos ficam aqui! Memória Secundária

Leia mais

Programação Orientada a Objetos e Java - Introdução. Carlos Lopes

Programação Orientada a Objetos e Java - Introdução. Carlos Lopes Programação Orientada a Objetos e Java - Introdução Carlos Lopes POO e Java Objetivo: proporcionar uma visão dos conceitos de POO e do seu uso na estruturação dos programas em Java. Classes e objetos em

Leia mais

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza. josineys@inf.ufpr.br

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza. josineys@inf.ufpr.br Fundamentos de Programação Turma CI-240-EST Josiney de Souza josineys@inf.ufpr.br Agenda do Dia Aula 2 (07/08/15) Introdução ao Python História Características Estrutura dos código-fonte Primeiros elementos

Leia mais

Python: Classes. Claudio Esperança

Python: Classes. Claudio Esperança Python: Classes Claudio Esperança Orientação a Objetos É uma disciplina de programação assim como a Programação Estruturada Tenta unificar as idéias de algoritmos e estruturas de dados através do conceito

Leia mais

UML & Padrões. Aula 1 Apresentação. Profª Kelly Christine C. Silva

UML & Padrões. Aula 1 Apresentação. Profª Kelly Christine C. Silva UML & Padrões Aula 1 Apresentação Profª Kelly Christine C. Silva Sistemas para Internet Módulo I - Construção de sites informativos Módulo II - Construção de sites dinâmicos Módulo III - Aplicações para

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel Ambiente de Desenvolvimento Orientação a Objetos É uma técnica de desenvolvimento de softwares que consiste em representar os elementos do mundo

Leia mais

História. Nasceu em 1993, numa discussão entre Yuhikiro Matsumoto e um colega.

História. Nasceu em 1993, numa discussão entre Yuhikiro Matsumoto e um colega. 1 1. Overview 2 História Nasceu em 1993, numa discussão entre Yuhikiro Matsumoto e um colega. Matz procurava por uma linguagem de script orientada a objetos. A primeira versão estável de Ruby (1.2) foi

Leia mais

Laboratório de Programação. Aula 13 Java 5COP088. Aula 13 Genéricos e Conjuntos Java Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior. Sylvio Barbon Jr barbon@uel.

Laboratório de Programação. Aula 13 Java 5COP088. Aula 13 Genéricos e Conjuntos Java Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior. Sylvio Barbon Jr barbon@uel. 5COP088 Laboratório de Programação Aula 13 Genéricos e Conjuntos Java Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior 1 Sumário: 1) Métodos hashcode(), equals() e tostring(); 2) Conjuntos; 3) Genéricos; 4) Resumo. 2 1)

Leia mais

Prova de Java. 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos)

Prova de Java. 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos) Prova de Java 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos) O programa consiste em uma aplicação que simula o comportamento de dois

Leia mais

Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos Programação Orientada a Objetos O FOCO NO MUNDO REAL Orientação a objetos A orientação a objetos (OO) foi concebida na década de 70. Origem na linguagem SIMULA-67 (década de 60 - Noruega), que já implementava

Leia mais

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br Java Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br 3. Considere as instruções Java abaixo: int cont1 = 3; int cont2 = 2; int cont3 = 1; cont1 += cont3++; cont1 -= --cont2; cont3 = cont2++; Após a

Leia mais

Linguagem de Programação III Herança

Linguagem de Programação III Herança Linguagem de Programação III Herança Prof. Moser Fagundes Curso Técnico em Informática (Modalidade Integrada) Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Campus Charqueadas Vantagens da orientação a objetos

Leia mais

Programar será assim tão difícil?

Programar será assim tão difícil? Programar será assim tão difícil? Ernesto Costa Departamento de Engenharia Informática Universidade de Coimbra 17 de Novembro de 2007 Resumo Para muitos não informáticos programar parece ser algo de extremamente

Leia mais

Objetivos: Sun recomenda que utilize o nome de domínio da Internet da empresa, para garantir um nome de pacote único

Objetivos: Sun recomenda que utilize o nome de domínio da Internet da empresa, para garantir um nome de pacote único Pacotes e Encapsulamento Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos Introdução Permite o agrupamento de classes em uma coleção chamada pacote Um pacote é uma coleção de classes

Leia mais

Divisão e Conquista. Túlio Toffolo www.toffolo.com.br Marco Antônio Carvalho marco.opt@gmail.com. BCC402 Aula 08 Algoritmos e Programação Avançada

Divisão e Conquista. Túlio Toffolo www.toffolo.com.br Marco Antônio Carvalho marco.opt@gmail.com. BCC402 Aula 08 Algoritmos e Programação Avançada Divisão e Conquista Túlio Toffolo www.toffolo.com.br Marco Antônio Carvalho marco.opt@gmail.com BCC402 Aula 08 Algoritmos e Programação Avançada Motivação É preciso revolver um problema com uma entrada

Leia mais

UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA (ICET) CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO. O Paradigma da Orientação a Objeto

UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA (ICET) CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO. O Paradigma da Orientação a Objeto UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA (ICET) CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO O Paradigma da Orientação a Objeto Apresentada em Cumprimento Parcial dos Requerimentos para

Leia mais

Tópicos em Engenharia de Computação

Tópicos em Engenharia de Computação Tópicos em Engenharia de Computação Introdução / Revisão UML e POO (JAVA) Prof. Ivan Prof. Zagari UML Linguagem Unificada. Não é metodologia, processo ou método. Versão atual 2.0 3 categorias de Diagramas

Leia mais

Rafael Santos. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais www.lac.inpe.br/ rafael.santos. Rafael Santos - www.lac.inpe.br/ rafael.

Rafael Santos. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais www.lac.inpe.br/ rafael.santos. Rafael Santos - www.lac.inpe.br/ rafael. Coleções e Aplicações Rafael Santos Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais www.lac.inpe.br/ rafael.santos Rafael Santos - www.lac.inpe.br/ rafael.santos 1 / 54 Tópicos 1 Sobre... 2 Revisão de Java 3

Leia mais

1 Ficheiros 1 1.1 Métodos sobre ficheiros... 2 1.2 Ficheiros de texto vs. binários... 3 1.3 Procurar ocorrências de uma palavra...

1 Ficheiros 1 1.1 Métodos sobre ficheiros... 2 1.2 Ficheiros de texto vs. binários... 3 1.3 Procurar ocorrências de uma palavra... Nesta aula... Conteúdo 1 Ficheiros 1 1.1 Métodos sobre ficheiros......................... 2 1.2 Ficheiros de texto vs. binários..................... 3 1.3 Procurar ocorrências de uma palavra..................

Leia mais

Capítulo 8. Introdução UML

Capítulo 8. Introdução UML Capítulo 8. Introdução UML 1/42 Índice Indice 8.1 - Introdução UML 8.2 - Modelação estrutural 8.2.1 - Representação de classes e objectos 8.2.2 - Relações entre objectos 8.2-3 - Relações de associação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR Bacharelado em Ciência da Computação

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR Bacharelado em Ciência da Computação SOFT DISCIPLINA: Engenharia de Software AULA NÚMERO: 10 DATA: / / PROFESSOR: Andrey APRESENTAÇÃO O objetivo desta aula é apresentar e discutir os conceitos de coesão e acoplamento. DESENVOLVIMENTO Projetar

Leia mais

Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 19/12/2005 Última versão: 18/12/2006. PdP. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos

Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 19/12/2005 Última versão: 18/12/2006. PdP. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos TUTORIAL Barra de LEDs Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 19/12/2005 Última versão: 18/12/2006 PdP Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos http://www.maxwellbohr.com.br contato@maxwellbohr.com.br

Leia mais

PHP Orientado a Objetos Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Marcelo da Silveira Siedler siedler@gmail.com

PHP Orientado a Objetos Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Marcelo da Silveira Siedler siedler@gmail.com PHP Orientado a Objetos Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Marcelo da Silveira Siedler siedler@gmail.com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Introdução

Leia mais

Python Orientação a Objetos Parte 1. Introdução à Programação SI1

Python Orientação a Objetos Parte 1. Introdução à Programação SI1 Python Orientação a Objetos Parte 1 Introdução à Programação SI1 Conteúdo Orientação a objetos Objeto Classe Herança Encapsulamento Polimorfismo 2 Motivação Realidade Atual Sistemas de alta complexidade

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE ORIENTAÇÃO A OBJETOS

EXERCÍCIOS SOBRE ORIENTAÇÃO A OBJETOS Campus Cachoeiro de Itapemirim Curso Técnico em Informática Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas Professor: Rafael Vargas Mesquita Este exercício deve ser manuscrito e entregue na próxima aula; Valor

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em Java. Herança

Programação Orientada a Objetos em Java. Herança Universidade Federal do Amazonas Departamento de Ciência da Computação IEC481 Projeto de Programas Programação Orientada a Objetos em Java Herança Professor: César Melo Slides baseados em materiais preparados

Leia mais

Programação por Objectos. Java

Programação por Objectos. Java Programação por Objectos Java Parte 3: Métodos LEEC@IST Java 1/45 Métodos (1) Sintaxe Qualif Tipo Ident ( [ TipoP IdentP [, TipoP IdentP]* ] ) { [ Variável_local Instrução ]* Qualif: qualificador (visibilidade,

Leia mais

QUITETURA AVANÇADA DE SISTEMAS

QUITETURA AVANÇADA DE SISTEMAS QUITETURA AVANÇADA DE SISTEMAS ICARDO MENDÃO SILVA RMSILVA AT UAL DOT PT MARÇO 2015 AAS OUTLINE INTRODUÇÃO COMENTÁRIOS VARIÁVEIS OPERADORES IF STATEMENT FUNÇÕES CICLO FOR CICLO WHILE STRINGS LISTAS TUPLAS

Leia mais

Programação por Objectos. Java

Programação por Objectos. Java Programação por Objectos Java Parte 2: Classes e objectos LEEC@IST Java 1/24 Classes (1) Sintaxe Qualif* class Ident [ extends IdentC] [ implements IdentI [,IdentI]* ] { [ Atributos Métodos ]* Qualif:

Leia mais

Análise de Programação

Análise de Programação Análise de Programação Conceitos Avançados da Linguagem de Programação Java Prof Gilberto B Oliveira Encapsulamento Proteger o dado dentro de uma classe (capsula segura) Facilita o uso da classe por outros

Leia mais

Visual Basic.NET Programação Orientada a Objetos Lista de Exercícios

Visual Basic.NET Programação Orientada a Objetos Lista de Exercícios Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco Visual Basic.NET Programação Orientada a Objetos Lista de Exercícios A lista de questões a seguir aborda a criação de

Leia mais

Uma visão mais clara da UML Sumário

Uma visão mais clara da UML Sumário Uma visão mais clara da UML Sumário 1 Método...2 2 Análise de requisitos...2 2.1 Diagramas de Casos de Uso...3 2.1.1 Ator...3 2.1.2 Casos de Uso (Use Case)...4 2.1.3 Cenário...4 2.1.4 Relacionamentos...6

Leia mais

Programação Orientada a Objeto em Python

Programação Orientada a Objeto em Python Programação Orientada a Objeto em Python Seminário de LP III Por: ¹Adriana Nery Ramos, ¹Daniel Andersen Cerqueira Lima,¹Fabilone Santos da Silva, ¹Janaina C.C. G. Reis, ¹Jonisson S. Santos, ¹Roberta Idelfonso

Leia mais

Exercícios para Fundamentos da Programação

Exercícios para Fundamentos da Programação Exercícios para Fundamentos da Programação Fausto Almeida, Cláudia Antunes, Ana Cardoso-Cachopo, Pedro Amaro de Matos, Francisco Saraiva de Melo Departamento de Engenharia Informática Instituto Superior

Leia mais

Sistemas de Apoio à Decisão

Sistemas de Apoio à Decisão Sistemas de Apoio à Decisão Processo de tomada de decisões baseia-se em informação toma em consideração objectivos toma em consideração conhecimento sobre o domínio. Modelar o processo de tomada de decisões

Leia mais

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages Desenvolvimento de aplicações Web Java Server Pages Hamilton Lima - athanazio@pobox.com 2003 Como funciona? Servidor web 2 Internet 1 Browser 3 Arquivo jsp 4 JSP Compilado 2 Passo a passo 1 browser envia

Leia mais

Python. 17 Maio 2005, Teste e Qualidade de Software. Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Ferramentas de teste para a linguagem.

Python. 17 Maio 2005, Teste e Qualidade de Software. Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Ferramentas de teste para a linguagem. Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto 17 Maio 2005, Teste e Qualidade de Software Estrutura da apresentação 1 à 2 Ferramentas para testes unitários 3 Ferramentas para cobertura de 4 Ferramentas

Leia mais

Metalinguagem. As linguagens dinâmicas (nas quais. A serpente que morde a própria cauda

Metalinguagem. As linguagens dinâmicas (nas quais. A serpente que morde a própria cauda A serpente que morde a própria cauda Metalinguagem Com a chegada do Ruby On Rails, os programadores estão redescobrindo um conceito não muito moderno, mas surpreendente...programas que modificam programas?

Leia mais

- UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Curso: Informática / Ciência da Computação

- UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Curso: Informática / Ciência da Computação Programação 1I Prof. Osório Fila / Alocação Estática Pag.: 1 - UNIVERSIAE O VALE O RIO OS SINOS IÊNIAS EXATAS E TENOLÓGIAS urso: Informática / iência da omputação Programação II isciplina: Linguagem de

Leia mais

QUESTÕES PROVA 2 (28 a 44)

QUESTÕES PROVA 2 (28 a 44) QUESTÕES PROVA 2 (28 a 44) 28) A orientação a objetos é uma forma abstrata de pensar um problema utilizando-se conceitos do mundo real e não, apenas, conceitos computacionais. Nessa perspectiva, a adoção

Leia mais

Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java

Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java Qualiti Software Processes Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java Versã o 1.0 Este documento só pode ser utilizado para fins educacionais, no Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco.

Leia mais

Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki. Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby

Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki. Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby Recapitulando... Escopos Constantes Tipagem Métodos Input Estruturas de Controle e Repetição Classes Nativas Blocos

Leia mais

Orientação a Objetos. Thiago Messias Evangelista UESC Universidade Estadual de Santa Cruz Version 2012-11-08. 1 LibreOffice Productivity Suite

Orientação a Objetos. Thiago Messias Evangelista UESC Universidade Estadual de Santa Cruz Version 2012-11-08. 1 LibreOffice Productivity Suite Orientação a Objetos Thiago Messias Evangelista UESC Universidade Estadual de Santa Cruz Version 2012-11-08 1 Abordagens História; ; Benefícios / Limitações; Referências; 2 História Tudo tem um começo...

Leia mais

Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores

Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores 1 Exercícios Exercício 1: Construtores e Testes Analise a classe Conta.java, mostrada na

Leia mais

AULA 1: PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO

AULA 1: PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO 1 AULA 1: PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO Curso: Ciência da Computação Profª.: Luciana Balieiro Cosme Ementa 2 Programação Imperativa. Programação Paralela e Concorrente. Programação Lógica. Programação Funcional.

Leia mais

Herança. Algoritmos e Programação II. Aula 5 Herança

Herança. Algoritmos e Programação II. Aula 5 Herança Algoritmos e Programação II Aula 5 Herança *Adaptado do material do Prof. Júlio Machado Herança Uma característica importante da programação orientada a objetos é permitir a criação de novas classes com

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

Instruções de controle: Parte 1. 2005 by Pearson Education do Brasil

Instruções de controle: Parte 1. 2005 by Pearson Education do Brasil 1 4 Instruções de controle: Parte 1 2 4.2 Algoritmos Algoritmos: As ações a executar. A ordem em que essas ações executam. Controle do programa: Especifica a ordem em que as ações são executadas em um

Leia mais

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí. A programação orientada a objetos (object-oriented oriented programming

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí. A programação orientada a objetos (object-oriented oriented programming Curso de PHP FATEC - Jundiaí A programação orientada a objetos (object-oriented oriented programming OOP) é um conjunto de técnicas t para organizar o código c em torno de entidades ou objetos representados

Leia mais

Notas da Aula 6 - Fundamentos de Sistemas Operacionais

Notas da Aula 6 - Fundamentos de Sistemas Operacionais 1. Monitores Notas da Aula 6 - Fundamentos de Sistemas Operacionais Embora os semáforos sejam uma boa solução para o problema da exclusão mútua, sua utilização não é trivial. O programador é obrigado a

Leia mais

3.5. Cuidado com o modelo anêmico

3.5. Cuidado com o modelo anêmico 3.5. Cuidado com o modelo anêmico public Periodo adiaumasemana() { Calendar novofim = (Calendar) this.fim.clone(); novofim.add(calendar.day_of_month, 7); return new Periodo(inicio, novofim); E, com uma

Leia mais

Minicurso de Python Aula 1. Raphael Lupchinski Marcelo Millani

Minicurso de Python Aula 1. Raphael Lupchinski Marcelo Millani Minicurso de Python Aula 1 Raphael Lupchinski Marcelo Millani Introdução Python é uma linguagem de programação poderosa e fácil de aprender Possui estruturas de dados eficientes e de alto nível, além de

Leia mais

Java Como Programar, 8/E

Java Como Programar, 8/E Capítulo 5 Instruções de controle: Parte 2 Java Como Programar, 8/E (C) 2010 Pearson Education, Inc. Todos os 5.1 Introdução Instrução de repetição for Instrução de repetição do while Instrução de seleção

Leia mais