FUNGOS.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNGOS. http://danutaw.webnode.com.br"

Transcrição

1 FUNGOS

2 CARACTERÍSTICAS GERAIS - Eucarióticos; - Heterotróficos - Nutrição por absorção; - Uni ou pluricelular * leveduriforme (sem micélio) * hifas: filamentos tubulares ramificados, com crescimento apical - Glicogênio: principal substância de reserva; - Parede celular: quitina (polissacarídeo) e celulose; - Solo, água ou outros organismos; Ex. Bolores, cogumelos, orelhas-de-pau e leveduras.

3 Micélio reprodutivo Os esporos são as estruturas de dispersão dos fungos, são as suas sementinhas. Micélio vegetativo Obs: A hifa corresponde a unidade formadora do corpo de um fungo, o seu conjunto é chamado de micélio.

4 CARACTERÍSTICAS GERAIS - Hifas cenocíticas: filamentos contínuos, sem divisões transversais, preenchidos por uma massa citoplasmática com centenas de núcleos; - Hifas septadas: tem paredes transversais regulares (septos) que delimitam compartimentos celulares com um ou dois núcleos, dependendo do estágio do ciclo sexual. Septos são incompletos, apresentando um orifício central, denominado poro septal, que põe em comunicação direta os citoplasmas de células vizinhas.

5

6 CARACTERÍSTICAS GERAIS NUTRIÇÃO - Heterotrófica; - Absorção de moléculas orgânicas simples; - Digestão extracorpórea (...) lança no ambiente enzimas digestivas que desdobram moléculas orgânicas complexas e absorve as moléculas menores. Ex. Decompositores - Parasitas: instalam-se no corpo de outros seres e deles retiram seus alimentos. - Mutualistas: liquens, associação entre fungos e algas - Predadores

7

8 CARACTERÍSTICAS GERAIS RESPIRAÇÃO - Aeróbios (maioria); - Anaeróbios facultativos: fermentação; - Anaeróbios obrigatórios: fermentativos obrigatórios.

9 REPRODUÇÃO Nos fungos os processo de formação da primeira hifa a partir de um esporo é conhecido como germinação. Nesse processo, o revestimento resistente do esporo rompe-se e a célula alonga-se, enquanto seu núcleo multiplica-se por mitose. Surge assim uma estrutura filamentosa, a hifa, que se alonga progressivamente e se ramifica, originando o micélio. TIPOS DE REPRODUÇÃO: - Sexuada: ocorre fusão de núcleos compatíveis, seguida da divisão meiótica do núcleo zigótico; - Assexuada: não ocorre fusão de núcleos.

10 REPRODUÇÃO REPRODUÇÃO ASSEXUADA (SOMÁTICA) - Ocorre com mais freqüência (várias vezes por estação); - Produz maior número de indivíduos com menor variabilidade genética; - Fragmentação do micélio: o micélio se fragmenta e origina novos micélios; - Gemulação ou brotamento: os brotos separam-se da célula original, mas eventualmente podem permanecer unidos, formando cadeias de células denominadas pseudomicélios; - Esporulação: processo em que se formam células haplóides especiais dotadas de paredes resistentes, os esporos;

11 BROTAMENTO FRAGMENTAÇÃO

12 REPRODUÇÃO REPRODUÇÃO SEXUADA - Fusão de núcleos haplóides zigoto diplóide meiose células haplóides que se diferenciam em esporos; - Fusão de hifas: plasmogamia hifas dicarióticas; - Fusão dos núcleos: cariogamia núcleos zigóticos diplóides meiose esporos sexuais. CURIOSIDADES: Antes de ocorrer plasmogamia, é preciso que uma hifa "atraia" a outra. Isso ocorre por meio da produção de feromônios ( atração sexual ) produzidos por hifas compatíveis. Em muitos fungos, após a plasmogamia decorre muito tempo (dias, meses, anos) até que ocorra a cariogamia.

13 CLASSIFICAÇÃO Estudaremos ainda uma grupo artificial, que não tem valor taxonômico, os deuteromicetos (fungos sem processos sexuais conhecidos).

14

15 FILO CHYTRIDIOMYCOTA - Terrestres ou aquáticos; - Unicelulares ou pluricelulares filamentosos (hifas cenocíticas); - Formam esporos com flagelos (zoosporos facilitam a dispersão do esporo em ambiente aquático); - São considerados o grupo mais primitivo; - Habitat: - Maioria vivem na água - Parasitas: plantas, algas, protozoários, peixes, anfíbios, fungos. Ex. Allomyces arbuscula Com cerca de 100 gêneros e 1000 espécies descritas.

16 FILO ZYGOMYCOTA - Hifas cenocíticas; - Sem corpo de frutificação; - Vivem habitualmente no solo; - Usados comercialmente na produção do molho Shoyu, hormônios anticoncepcionais e antiinflamatórios; - Bolor preto do pão; - Esporos (zigósporos) produzidos nos esporângios; - Reprodução sexuada menos freqüente. Ex. Rhizopus nigricans Cerca de 800 espécies descritas.

17

18 FILO ASCOMYCOTA - Grupo complexo e diversificado, com mais de espécies; - Uni e pluricelulares; - Reprodução sexuada; - Presença de asco (saco) : estrutura produtora de esporos (ascóporos); - Características gerais: - hifas septadas - filo em que estão as leveduras Ex. Saccharomyces cerevisae (fermento biológico ou levedo de cerveja)

19

20 FILO BASIDIOMYCOTA - Mais de espécies descritas; - Reprodução sexuada: - Esporos sexuais externos: basidiósporos, produzidos em basídios; - Micélio bem desenvolvido (basidiocarpo) com hifas septadas.

21

22

23 IMPORTÂNCIA - As manifestações do grupo são conhecidas desde a mais remota antiguidade: - vinho - pão - cerveja - Descoberta da Penicilina: um antibiótico natural derivado de um fungo, o bolor do pão (Penicillium chrysogenum); - Destruição de produtos: - madeira: postes, estradas de ferro, navios, casas, etc. - outros materiais: tecidos, lentes, discos, etc.

24 IMPORTÂNCIA - Decomposição da matéria orgânica : - atividade de maior importância global - principais agentes de decomposição em florestas - Biorremediação - degradação de benzeno, naftaleno, fluoreno - biosorção de metais pesados e radioativos - Alimentos - cogumelos - cultivados desde o ano 600 na China - importante mercado em expansão

25 IMPORTÂNCIA EUA: Stachybotrys chartarum Problemas de saúde relacionados a casas e edifícios : surto de hemorragia pulmonar em crianças de Cleveland, Ohio cujas casas tinham esse fungo crescendo nas paredes.

26 IMPORTÂNCIA - Produtos de valor industrial: - álcool - vitaminas B - enzimas - reguladores de crescimento de plantas - ácidos - surfactantes - Doenças de plantas: - perdas econômicas enormes - extinção de espécies em escala regional - controle biológico de ervas (daninhas e proibidas por lei) - Produção de alimentos: - queijos de leite - pão - queijo se soja (tofu) - cerveja - salames

27 IMPORTÂNCIA Líquens: - atividade antibacteriana - veneno para flechas (índios EUA) - corantes (índios EUA) - geléias na Turquia - condimento para pão no Egito - ingrediente de perfumes finos

28 PRODUÇÃO: DANUTA WERNER GABRIEL Licenciatura Plena em Ciências Biológicas Especialização em Docência do Ensino Superior Mestranda em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Monera. Protista. Fungi. Plantae. Animalia. Tipo de nutrição. Exemplos. Organização celular. Reino / Critério. Autotróficos. Procariontes Unicelulares

Monera. Protista. Fungi. Plantae. Animalia. Tipo de nutrição. Exemplos. Organização celular. Reino / Critério. Autotróficos. Procariontes Unicelulares Reinos e Domínios. Em 1969 Robert Whittaker agrupou os seres vivos em 5 reinos: 1. Monera 2. Protista 3. Fungi 4. Plantae ou Metaphyta 5. Animalia ou Metazoa. Recentemente os seres vivos têm sido agrupados

Leia mais

CONHEÇA OS FUNGOS E BACTÉRIAS

CONHEÇA OS FUNGOS E BACTÉRIAS Fungo ou Cogumelo CONHEÇA OS FUNGOS E BACTÉRIAS O termo fungo, em sentido lato, designa os talófitos aclorofilados, isto é, as bactérias ou esquizimicófitas, os fungos mucosos, mixomicetes ou mixomicófitas

Leia mais

COLÉGIO DE APLICAÇÃO ENSINO MÉDIO - ATIVIDADES Biologia - Prof. Che 10.04.13

COLÉGIO DE APLICAÇÃO ENSINO MÉDIO - ATIVIDADES Biologia - Prof. Che 10.04.13 COLÉGIO DE APLICAÇÃO ENSINO MÉDIO - ATIVIDADES Biologia - Prof. Che 10.04.13 Aluno(a) 2º. ano - nº. 01. (URCA) Os fungos classificados em um reino aparte (Reino Fungi) ) e, portanto, não podem ser considerados

Leia mais

CONCEITOS GERAIS DE MICROBIOLOGIA

CONCEITOS GERAIS DE MICROBIOLOGIA CONCEITOS GERAIS DE MICROBIOLOGIA Prof. Sharline Florentino de Melo Santos UFPB CT - DEQ PRINCIPAIS ESQUEMAS DE CLASSIFICAÇÃO DOS ORGANISMOS VIVOS Esquema de classificação Reinos Linnaeus (1753) Plantae

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS CARACTERÍSTICAS GERAIS Todos são Eucariontes; Unicelulares ou Pluricelulares; Todos são Heterótrofos: Digestão extracorpórea. Reserva Energética Glicogênio; Parede celular Quitina; Habitat: Quente Úmido

Leia mais

MICOLOGIA - Estudo sobre Fungos

MICOLOGIA - Estudo sobre Fungos MICOLOGIA - Estudo sobre Fungos Champignon Amanita (alucinógeno) Orelha de pau os fungos Amanita (alucinógeno) Queijo gorgonzola Tuber (trufas) Levedura Aspergilus INTRODUÇÃO FUNGOS: Filamentosos + Leveduras

Leia mais

REINO FUNGI. Características Gerais. Características Gerais. Corpo dos fungos multicelulares NUTRIÇÃO NUTRIÇÃO PARASITAS SAPRÓFAGOS

REINO FUNGI. Características Gerais. Características Gerais. Corpo dos fungos multicelulares NUTRIÇÃO NUTRIÇÃO PARASITAS SAPRÓFAGOS REINO FUNGI Prof. Harry Pilz Características Gerais Seres uni ou pluricelulares, sem tecidos verdadeiros. Aeróbicos ou anaeróbicos. Vivem em diversos ambientes, preferencialmente nos úmidos e ricos em

Leia mais

REINOS REINO FUNGI CÉLULA FÚNGICA FUNGOS MORFOLOGIA REPRODUÇÃO TAXONOMIA MORFOLOGIA - IMPORTÂNCIA

REINOS REINO FUNGI CÉLULA FÚNGICA FUNGOS MORFOLOGIA REPRODUÇÃO TAXONOMIA MORFOLOGIA - IMPORTÂNCIA REINO FUNGI =S R.PLANTAE =S R.ANIMALIA REINOS VEGETALIA FUNGI ANIMALIA NÃO CLOROFILA NÃO CELULOSE NÃO AMIDO QUITINA GLICOGÊNIO FOTOS- SÍNTESE ABSORÇÃO INGESTÃO MULTI- CELULARES PROTISTA ALGAS PROTO- ZOÁRIOS

Leia mais

MICOLOGIA. Mycos = fungos/cogumelos

MICOLOGIA. Mycos = fungos/cogumelos Micologia ramo da biologia que estuda os fungos. Componente Curricular: Microbiologia e Parasitologia I Profª Mônica I. Wingert Módulo II Turma 201E MICOLOGIA Mycos = fungos/cogumelos FUNGOS Os fungos

Leia mais

Características dos Fungos. Unicelulares ou Pluricelulares (filamentosos) em sua maioria

Características dos Fungos. Unicelulares ou Pluricelulares (filamentosos) em sua maioria Reino Fungi Reino Fungi Fungos NÃO são plantas Mais de 70 000 espécies Essencialmente terrestres Número estimado de espécies = 1,5 milhão O maior organismo vivo na Terra é um fungo Armillaria ostoyeae

Leia mais

Raniê Ralph Microbiologia Quarta-feira, 13 de dezembro de 2006. Profa Mariceli. Introdução à Micologia. Características gerais dos fungos

Raniê Ralph Microbiologia Quarta-feira, 13 de dezembro de 2006. Profa Mariceli. Introdução à Micologia. Características gerais dos fungos Quarta-feira, 13 de dezembro de 2006. Profa Mariceli. Introdução à Micologia. Características gerais dos fungos Seres heterotróficos, constituídos por células eucarióticas, não fotossintetizantes e que

Leia mais

REVISÃO PROTOZOÁRIOS, FUNGOS, PORÍFEROS E PLATELMINTOS

REVISÃO PROTOZOÁRIOS, FUNGOS, PORÍFEROS E PLATELMINTOS REVISÃO PROTOZOÁRIOS, FUNGOS, PORÍFEROS E PLATELMINTOS REINO PROTOCTISTA Reino Protoctista - Protozoários Eucariontes, unicelulares (alguns coloniais) Vida livre e parasitária Relações Ecológicas: mutualismo

Leia mais

Reino Fungi Características gerais Classificação Associações. Introdução Exemplos REINO FUNGI

Reino Fungi Características gerais Classificação Associações. Introdução Exemplos REINO FUNGI Introdução Exemplos REINO FUNGI Introdução Exemplos Introdução Morfologia Nutrição e excreção Respiração Reprodução Aclorofilados; Parede celular de quitina; Glicogênio como principal molécula energética;

Leia mais

Fungos. Prof. Leandro Felício

Fungos. Prof. Leandro Felício Fungos Prof. Leandro Felício Eucarióticos Com parede celular: quitina Foram considerados plantas degeneradas Reservam glicogênio Heterótrofos: Lançam enzimas no meio Nutrição por absorção Número de espécies

Leia mais

Andreia Silva, n.º 4 Andreia Nunes, n.º 5 Clara Simões, n.º 9 Diana Rocha, n.º 11

Andreia Silva, n.º 4 Andreia Nunes, n.º 5 Clara Simões, n.º 9 Diana Rocha, n.º 11 Escola Secundária Manuel Cargaleiro Biologia Andreia Silva, n.º 4 Andreia Nunes, n.º 5 Clara Simões, n.º 9 Diana Rocha, n.º 11 Fogueteiro, 12 de Novembro de 2006 p. 1. Introdução Teórica... 2 2. Procedimento

Leia mais

Os fungos, seus benefícios e seus prejuízos ao homem

Os fungos, seus benefícios e seus prejuízos ao homem Os fungos, seus benefícios e seus prejuízos ao homem Comparação dos fungos com as plantas e os animais Plantas Fungos Animais São heterótrofos Possuem parede celular Glicogênio como polissacarídeo de reserva

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS REINO FUNGI CARACTERÍSTICAS GERAIS São os bolores, os mofos, cogumelos, leveduras (fermento biológico) e orelhas de pau; Podem ser uni ou pluricelulares. Todos são eucariontes e imóveis; Todos são heterotróficos

Leia mais

FUNGOS: Características Gerais e Importância

FUNGOS: Características Gerais e Importância FUNGOS: Características Gerais e Importância 1 O que são? Características Gerais *Não sintetizam clorofila (aclorofilados) *Parede celular de quitina *Substância de reserva: glicogênio *Unicelulares: leveduras

Leia mais

Introdução à Micologia e Características Gerais dos Fungos. Prof. Francis Moreira Borges Dep. De Microbiologia

Introdução à Micologia e Características Gerais dos Fungos. Prof. Francis Moreira Borges Dep. De Microbiologia Introdução à Micologia e Características Gerais dos Fungos Prof. Francis Moreira Borges Dep. De Microbiologia Introdução a Micologia Conceito Características Gerais dos Fungos A partir de 1969 Reino Fungi

Leia mais

FUNGOS. Prof. Fernando Belan - Biologia Mais

FUNGOS. Prof. Fernando Belan - Biologia Mais FUNGOS Prof. Fernando Belan - Biologia Mais IMPORTÂNCIA IMPORTÂNCIA Em termos filogenéticos são mais próximos dos animais do que das plantas. Bolores, mofos, leveduras, cogumelos e orelhas-de-pau. Eucariontes,

Leia mais

Parede celular. Membrana celular

Parede celular. Membrana celular 1. A célula como Unidade Básica de Vida A célula é a unidade básica da vida, uma vez que todos os seres vivos são formados por células. De acordo com o número de células, os seres vivos podem classificar-se

Leia mais

Data: /08/14 Bimestr e:

Data: /08/14 Bimestr e: Data: /08/14 Bimestr e: 2 Nome : Disciplina Ciências : Valor da Prova / Atividade: Professo r: 7 ANO N º Ângela Nota: Objetivo / Instruções: Lista de Recuperação 1.Como é a reprodução dos fungos? Assinale

Leia mais

Biologia Prof. Edgard Manfrim

Biologia Prof. Edgard Manfrim Introdução MICOLOGIA = mykes + logos, ou mais corretamente, MICETOLOGIA (myceto) Primeiro relato: Pier Antonio Micheli (1729): documento Nova Plantarum Genera Atualmente são descritas cerca de 105.000

Leia mais

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E.

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E. ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências Turma: 17A,17B, 17C, 17D e E. Lista dos conteúdos Características dos Seres Vivos

Leia mais

Mecanismos de variabilidade genética em agentes fitopatogênicos

Mecanismos de variabilidade genética em agentes fitopatogênicos Mecanismos de variabilidade genética em agentes fitopatogênicos Mecanismos de variabilidade genética em agentes fitopatogênicos Coevolução hospedeiro - patógeno Parasitismo estratégia de vida de conexão

Leia mais

PROTOZOÁRIOS. Classificação dos Protozoários

PROTOZOÁRIOS. Classificação dos Protozoários PROTOZOÁRIOS Classificação dos Protozoários Protozoários Unicelulares Eucariontes Possuem capacidade de deslocamento Heterótrofos A nutrição é realizada por fagocitose (englobamento de partículas ou predatismo

Leia mais

Apostila De Biologia FUNGOS

Apostila De Biologia FUNGOS Apostila De Biologia FUNGOS Fungos Os fungos são os membros de um grande grupo de organismos eucariotas que inclui micro-organismos tais como as leveduras e bolores, bem como os mais familiares cogumelos.

Leia mais

BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ==============================================================================================

BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== PROFESSOR: Leonardo Mariscal BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== Assunto: Organelas citoplasmáticas

Leia mais

FUNGOS. Prof. Fernando Belan - Biologia Mais

FUNGOS. Prof. Fernando Belan - Biologia Mais FUNGOS Prof. Fernando Belan - Biologia Mais IMPORT ÂNCIA IMPORTÂNCIA Em termos filogenéticos são mais próximos dos animais do que das plantas. Bolores, mofos, leveduras, cogumelos e orelhas-de-pau. Eucariontes,

Leia mais

F U N G O S CARACTERIZAÇÃO

F U N G O S CARACTERIZAÇÃO CARACTERIZAÇÃO Reino Fungi A Eumycota (eumicetos) A Deuteromycota (deuteromicetos) Fungos e animais descendem de eucariotos unicelulares flagelados Divergências de classificação: A semelhanças com vegetais

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS

CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS CONSULTAR Disciplina: Microbiologia Geral CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS Microbiologia Tortora, G. J.; Funke, B. R.; Case, C. L.. Capítulo 1 Pag. 2-6 Capítulo 2 Pag. 276-284 Classificação dos microrganismos

Leia mais

Fungos. Antes de estudar o capítulo PARTE I

Fungos. Antes de estudar o capítulo PARTE I PARTE I Unidade B Capítulo 5 Fungos Seções: 51 Características gerais e estrutura dos fungos 52 Principais grupos de fungos 53 Reprodução dos fungos Antes de estudar o capítulo Veja nesta tabela os temas

Leia mais

A reprodução permite a perpetuação da espécie, mas não a sobrevivência do indivíduo.

A reprodução permite a perpetuação da espécie, mas não a sobrevivência do indivíduo. REPRODUÇÃO A reprodução é uma função característica dos seres vivos que permite o aparecimento de novos indivíduos, através da divisão celular. A reprodução permite a perpetuação da espécie, mas não a

Leia mais

REINO PROTISTA. Protistas. Filo Myxomycota Filo Dictyosteliomycota Filo Oomycota. Protista heterotróficos

REINO PROTISTA. Protistas. Filo Myxomycota Filo Dictyosteliomycota Filo Oomycota. Protista heterotróficos REINO PROTISTA Protistas Protista heterotróficos Filo Myxomycota Filo Dictyosteliomycota Filo Oomycota Protistas fotossintetizantes (algas) Filo Euglenopyta Filo Cryptophyta Filo Rhodopyta Filo Dinopyta

Leia mais

Exercícios Cap. 6 ao 10 Biologia 2 1ª Série

Exercícios Cap. 6 ao 10 Biologia 2 1ª Série Exercícios Cap. 6 ao 10 Biologia 2 1ª Série Questões Objetivas: 1. O organismo A é um parasita intracelular constituído por uma cápsula protéica que envolve a molécula de ácido nucléico. O organismo B

Leia mais

FUNGOS... a evolução continua

FUNGOS... a evolução continua O que são? FUNGOS... a evolução continua Domínio: EUCARIOTA Reino: Fungi Características Gerais *Não sintetizam clorofila (aclorofilados) *Parede celular de quitina *Substância de reserva: glicogênio *Unicelulares:

Leia mais

Sumário. Vida e Ambiente. biodiversidade. das Células aos reinos de seres vivos. a adaptação dos seres vivos. 5. Adaptações aos fatores não vivos 32

Sumário. Vida e Ambiente. biodiversidade. das Células aos reinos de seres vivos. a adaptação dos seres vivos. 5. Adaptações aos fatores não vivos 32 Sumário Vida e Ambiente 1 biodiversidade 1. O que significa fazer uma classificação? 18 2. A variedade dos seres vivos 19 3. Classificando os seres vivos 19 Plantas e algas são autotróficos 19 Animais

Leia mais

BIOLOGIA CELULAR Células Procariontes Eucariontes (animal e vegetal)

BIOLOGIA CELULAR Células Procariontes Eucariontes (animal e vegetal) BIOLOGIA CELULAR Células Procariontes Eucariontes (animal e vegetal) Thiago Campos Monteiro UFMS / CPCS Créditos: Prof a Elisângela de Souza Loureiro Tamanho das células Existem células de vários tamanhos.

Leia mais

Características Gerais Seres uni ou pluricelulares, sem tecidos verdadeiros. Suas células são chamadas hifas, sendo que um emaranhado de hifas recebe

Características Gerais Seres uni ou pluricelulares, sem tecidos verdadeiros. Suas células são chamadas hifas, sendo que um emaranhado de hifas recebe REINO FUNGI Características Gerais Seres uni ou pluricelulares, sem tecidos verdadeiros. Suas células são chamadas hifas, sendo que um emaranhado de hifas recebe o nome de micélio. Características Gerais

Leia mais

Uso de Microorganismos na Produção de Álcool.

Uso de Microorganismos na Produção de Álcool. Uso de Microorganismos na Produção de Álcool. Microorganismos são fontes ricas de produtos naturais, podem ser usadas como combustíveis, produtos químicos: polímeros e drogas. A habilidade de manipular

Leia mais

A biodiversidade em diferentes ambientes. http://www.prof2000.pt/users/ccaf/exercicios/ecossistemas/biomas.htm

A biodiversidade em diferentes ambientes. http://www.prof2000.pt/users/ccaf/exercicios/ecossistemas/biomas.htm A biodiversidade em diferentes ambientes http://www.prof2000.pt/users/ccaf/exercicios/ecossistemas/biomas.htm Unidade básica da vida a célula Quem foi Robert Hooke? Por volta de 1667, o cientista inglês

Leia mais

TEÓRICA 7 DOCENTES: Prof. Helena Galvão (responsável componente teórico) Prof. Margarida Reis (componente prático)

TEÓRICA 7 DOCENTES: Prof. Helena Galvão (responsável componente teórico) Prof. Margarida Reis (componente prático) TEÓRICA 7 DOCENTES: Prof. Helena Galvão (responsável componente teórico) Prof. Margarida Reis (componente prático) MICOLOGIA Características gerais dos fungos: - morfologia e taxonomia heterogénea, fungos

Leia mais

25/03/2013. Características gerais dos animais REINO ANIMALIA. Principais filos. Desenvolvimento embrionário

25/03/2013. Características gerais dos animais REINO ANIMALIA. Principais filos. Desenvolvimento embrionário Características gerais dos animais Eucariontes; Pluricelulares; Heterótrofos; Simetria bilateral, radial ou assimétricos; REINO ANIMALIA CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS Principais filos Porífera: esponjas;

Leia mais

ACTIVIDADE LABORATORIAL

ACTIVIDADE LABORATORIAL Escola Secundária com 3º Ciclo de Romeu Correia BIOLOGIA E GEOLOGIA 11º ANO Protocolo Experimental: Observação de Gemulação em Leveduras Nome: Turma: Nº: Data: Reprodução Assexuada em Leveduras As leveduras

Leia mais

ORIGEM E EVOLUÇÃO DA VIDA

ORIGEM E EVOLUÇÃO DA VIDA Universidade Federal do Espírito Santo Centro Universitário Norte do Espírito Santo ORIGEM E EVOLUÇÃO DA VIDA AULA 22: Origem e evolução de Fungos Adriana Quintella Lobão Sirlene Aparecida Felisberto O

Leia mais

CITOLOGIA organelas e núcleo

CITOLOGIA organelas e núcleo Biologia CITOLOGIA organelas e núcleo Professor: Fernando Stuchi Níveis de Organização do Corpo Humano Conceitos Fundamentais População - Conjunto formado pelos organismos de determinada espécie, que vivem

Leia mais

FUNGOS: Características Gerais e Importância

FUNGOS: Características Gerais e Importância FUNGOS: Características Gerais e Importância 1 O que são? CARACTERÍSTICAS GERAIS Eucariontes Heterótrofos por absorção (digestão extra corpórea) Substância de reserva: glicogênio Parede celular de quitina

Leia mais

NECESSIDADE BÁSICAS DOS SERES VIVOS. Estágio docência: Camila Macêdo Medeiros

NECESSIDADE BÁSICAS DOS SERES VIVOS. Estágio docência: Camila Macêdo Medeiros NECESSIDADE BÁSICAS DOS SERES VIVOS Estágio docência: Camila Macêdo Medeiros Necessidades básicas O planeta oferece meios que satisfaçam as necessidades básicas dos seres vivos. Necessidades básicas dos

Leia mais

Características Gerais dos Fungos

Características Gerais dos Fungos Disciplina: Microbiologia Geral Características Gerais dos Fungos Fungos Conhecidos popularmente: mofos e bolores Lembrados: pela ocorrência de doenças em plantas, humanos e animais. Benefícios: ação fermentativa

Leia mais

FUNGOS FITOPATOGÊNICOS CHYTRÍDEOS. Chytrídeos - Organismos pertencentes ao Domínio Eukarya, Superreino

FUNGOS FITOPATOGÊNICOS CHYTRÍDEOS. Chytrídeos - Organismos pertencentes ao Domínio Eukarya, Superreino UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE BIOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENTOMOLOGIA E FITOPATOLOGIA ÁREA DE FITOPATOLOGIA IB 237 (PATOLOGIA FLORESTAL) Atualizado em 05/04/2015 Prof. Associado,

Leia mais

Aula 2 Os vegetais Talófita : Briófitas: Pteridófita:

Aula 2 Os vegetais Talófita : Briófitas: Pteridófita: Aula 2 Os vegetais O reino Plantae (ou Metaphyta) está representado por uma enorme diversidade de espécies, como algas, musgos, samambaias, pinheiros, mangueiras. São classificadas de acordo com a presença

Leia mais

ACÇÃO DOS DECOMPOSITORES DO SOLO

ACÇÃO DOS DECOMPOSITORES DO SOLO Escola Secundária do Padre António Martins Oliveira de Lagoa Técnicas Laboratoriais de Biologia ACÇÃO DOS DECOMPOSITORES DO SOLO Pedro Pinto Nº 14 11ºA 16/12/2003 Índice Introdução... 3 Acção dos Decompositores

Leia mais

Ciclos de Vida Unidade e diversidade

Ciclos de Vida Unidade e diversidade Aula nº 24_12-Nov Prof. Ana Reis 2008 Ciclos de Vida Unidade e diversidade Unidade vs. Diversidade dos ciclos de vida Uma das características inerentes aos seres vivos é a sua capacidade de reprodução.

Leia mais

Delza - Ciências 6ª Série RECUPERAÇÂO. QUESTÃO 1 (Descritor: associar características básicas à classificação dos seres vivos.)

Delza - Ciências 6ª Série RECUPERAÇÂO. QUESTÃO 1 (Descritor: associar características básicas à classificação dos seres vivos.) Delza - Ciências 6ª Série RECUPERAÇÂO QUESTÃO 1 (Descritor: associar características básicas à classificação dos seres vivos.) Assunto: Classificação dos seres vivos Os cientistas estabeleceram um sistema

Leia mais

Figura 1. Habitats e nichos ecológicos diversos. Fonte: UAN, 2014.

Figura 1. Habitats e nichos ecológicos diversos. Fonte: UAN, 2014. Ecologia de Comunidades e Ecossistemas Habitat e nicho ecológico Para entendermos o funcionamento da vida dos seres vivos em comunidade (dentro de um ecossistema) se faz necessário abordarmos dois conceitos

Leia mais

Diversidade e Evolução dos Fungos (Ascomycota)

Diversidade e Evolução dos Fungos (Ascomycota) Universidade Federal de Santa Catarina Centro de Ciências Biológicas Departamento de Botânica Diversidade e Evolução dos Fungos (Ascomycota) Dr. Elisandro Ricardo Drechsler-Santos Chytridiomycota MACROMICETES

Leia mais

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) 1. Astronomia: estudando o céu Estrelas e constelações Estudo do Universo Sistema Solar 2. Movimentos da Terra e da Lua Dia e noite Estações

Leia mais

Teoria Celular. Em 1838-39, o botânico Schleiden e o zoólogo Schwann formularam a Teoria Celular.

Teoria Celular. Em 1838-39, o botânico Schleiden e o zoólogo Schwann formularam a Teoria Celular. Teoria Celular Teoria Celular Em 1838-39, o botânico Schleiden e o zoólogo Schwann formularam a Teoria Celular. Segundo esta teoria, todos os seres vivos são constituídos por células e, apesar da enorme

Leia mais

Colégio São Paulo. Disciplina: Ciências Profª. Marana Vargas 7º ano

Colégio São Paulo. Disciplina: Ciências Profª. Marana Vargas 7º ano Colégio São Paulo Disciplina: Ciências Profª. Marana Vargas 7º ano Características principais do Reino Animalia Reúne organismos eucariotos, pluricelulares e com nutrição heterotrófica. O reino apresenta

Leia mais

Reprodução Sexuada Meiose e Fecundação

Reprodução Sexuada Meiose e Fecundação Reprodução Sexuada Meiose e Fecundação Aula nº 15 a 22/Out Aula nº 17 a 27/Out Aula nº 20 a 3/Nov Prof. Ana Reis2008 E há mais! Para tornar fecunda uma perdiz, basta que ela se encontre sob o vento: muitas

Leia mais

O REINO FUNGI PROF.: Eduardo(Duzão)

O REINO FUNGI PROF.: Eduardo(Duzão) O REINO FUNGI PROF.: Eduardo(Duzão) 1 Reino Fungi Popularmente chamados de bolores, cogumelos, levedos, orelha de pau, trufas entre outros. Micologia: Antes acreditavam ser plantas. 1970 (Surge o Reino

Leia mais

Questão 41. (Valor: 10 pontos)

Questão 41. (Valor: 10 pontos) Questão 41 (Valor: 10 pontos) O superóxido, o peróxido de hidrogênio e o radical livre hidroxil são exemplos de moléculas que compõem as espécies reativas de oxigênio (ERO). Esses compostos são formados

Leia mais

ROTEIRO DE AULAS PRÁTICAS SOBRE FUNGOS PARA ENSINO FUNDAMENTAL

ROTEIRO DE AULAS PRÁTICAS SOBRE FUNGOS PARA ENSINO FUNDAMENTAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO-UEMA CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE CAXIAS-CESC DEPARTAMENTO DE QUÍMICA E BIOLOGIA CURSO: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS ROTEIRO DE AULAS PRÁTICAS SOBRE FUNGOS PARA ENSINO FUNDAMENTAL

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2010 1ª fase www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2010 1ª fase www.planetabio.com 1- O Índice de Massa Corporal (IMC) é o número obtido pela divisão da massa de um indivíduo adulto, em quilogramas, pelo quadrado da altura, medida em metros. É uma referência adotada pela Organização

Leia mais

PROFESSOR GUILHERME BIOLOGIA

PROFESSOR GUILHERME BIOLOGIA Laranjeiras do Sul: Rua 7 de Setembro, 1930. Fone: (42) 3635 5413 Quedas do Iguaçu: Pça. Pedro Alzide Giraldi, 925. Fone: (46) 3532 3265 www.genevestibulares.com.br / contato@genevestibulares.com.br PROFESSOR

Leia mais

Filo: Bacillariophyta (Diatomáceas)

Filo: Bacillariophyta (Diatomáceas) Filo: Bacillariophyta (Diatomáceas) responsáveis por 25% da produtividade primária mundial apareceram a cerca de 250 milhões de anos e tornaram-se abundantes a cerca de 100 milhões de anos estima-se que

Leia mais

Filo Dinophyta Seres unicelulares (raramente coloniais) Cerca de 2000-4000 espécies

Filo Dinophyta Seres unicelulares (raramente coloniais) Cerca de 2000-4000 espécies Seres unicelulares (raramente coloniais) Cerca de 2000-4000 espécies 90% das espécies são marinhas Relacionados com protozoários ciliados como Paramecium e Vorticella (sistemática molecular) Metade dos

Leia mais

Prova de Avaliação de Capacidade & Prova Específica de Avaliação de Conhecimentos

Prova de Avaliação de Capacidade & Prova Específica de Avaliação de Conhecimentos Prova de Avaliação de Capacidade & Prova Específica de Avaliação de Conhecimentos Prova Escrita de Biologia Decreto-Lei n.º 43/2014, de 18 de março/ Nº2 do artigo 6º do Regulamento dos Tesp da Ualg. Prova

Leia mais

Solução Comentada Prova de Biologia

Solução Comentada Prova de Biologia 11. Em relação à importância dos organismos autotróficos na modificação da atmosfera na Terra primitiva, analise as proposições abaixo e marque com V as verdadeiras e com F as falsas. 1 ( ) Com a liberação

Leia mais

Biologia e Geologia. Teste Intermédio de Biologia e Geologia. Teste Intermédio. Versão 1. Duração do Teste: 90 minutos 09.03.2010

Biologia e Geologia. Teste Intermédio de Biologia e Geologia. Teste Intermédio. Versão 1. Duração do Teste: 90 minutos 09.03.2010 Teste Intermédio de Biologia e Geologia Teste Intermédio Biologia e Geologia Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 09.03.2010 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Na sua folha

Leia mais

A sua respiração é feita através da pele, daí a necessidade do seu espaço se encontrar sempre húmido.

A sua respiração é feita através da pele, daí a necessidade do seu espaço se encontrar sempre húmido. A minhoca pertence ao filo Annelida. Este filo é constituído aproximadamente por 8700 espécies, agrupados em 3 classes: Polychaeta, Oligochaeta e Hirundinea. Consomem diariamente, aproximadamente metade

Leia mais

Sistemas de Trocas Gasosas

Sistemas de Trocas Gasosas Sistemas de Trocas Gasosas 1 Generalidades os seres vivos habitam diversos tipos de ambientes, sendo fundamentalmente o terrestre, o aquático e o aéreo. As diferenças existentes entre os diversos ambientes,

Leia mais

Introdução à Biologia Celular e Molecular. Profa. Luciana F. Krause

Introdução à Biologia Celular e Molecular. Profa. Luciana F. Krause Introdução à Biologia Celular e Molecular Profa. Luciana F. Krause Níveis de organização Desenvolvimento da Teoria Celular Século XVII desenvolvimento das lentes ópticas Robert Hooke (1665) células (cortiça)

Leia mais

BIOLOGIA COMENTÁRIO DA PROVA

BIOLOGIA COMENTÁRIO DA PROVA COMENTÁRIO DA PROVA A prova de Biologia da segunda fase do processo seletivo da UFPR/2014 foi elaborada com o claro objetivo de avaliar o candidato num cenário composto por diferentes graus de exigência

Leia mais

Características Gerais. Estrutura Corpórea. Estrutura Corpórea. Eucariontes. Unicelulares ou Pluricelulares

Características Gerais. Estrutura Corpórea. Estrutura Corpórea. Eucariontes. Unicelulares ou Pluricelulares Link para acessar a Apresentação e o Capítulo do Livro Características Gerais Eucariontes REINO FUNGI Unicelulares ou Pluricelulares Maioria terrestres, mas existem alguns aquáticos Possuem parede celular

Leia mais

BIOLOGIA. 02 A afirmação O tecido ósseo pode ser citado como o único exemplo de tecido que não possui células vivas pode ser classificada como

BIOLOGIA. 02 A afirmação O tecido ósseo pode ser citado como o único exemplo de tecido que não possui células vivas pode ser classificada como BIOLOGIA 01 O crescimento externo dos artrópodes ocorre pelo processo denominado ecdise, caracterizado pela troca do exoesqueleto. Assinale o gráfico que melhor representa o crescimento desses animais.

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA M23-2015

PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA M23-2015 PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA M23-2015 Nome: Data: / / Curso pretendido: ASSINALAR A RESPOSTA CORRETA NA FOLHA DE RESPOSTA 1. Os centríolos exercem importantes funções no processo de: a) Transporte intracelular.

Leia mais

SUMÁRIO. Raven Biologia Vegetal. Amostras de páginas não sequenciais e em baixa resolução. Copyright 2014 Editora Guanabara Koogan Ltda.

SUMÁRIO. Raven Biologia Vegetal. Amostras de páginas não sequenciais e em baixa resolução. Copyright 2014 Editora Guanabara Koogan Ltda. SUMÁRIO Introdução, 1 1 Botânica Introdução, 2 Evolução das plantas, 3 Evolução das comunidades, 8 Aparecimento dos seres humanos, 10 seção 1 Biologia da Célula Vegetal, 17 2 Composição Molecular das Células

Leia mais

Exercícios com Gabarito de Biologia Reino Fungi

Exercícios com Gabarito de Biologia Reino Fungi Exercícios com Gabarito de Biologia Reino Fungi 1) (UEL-2006) Para nenhum povo da antigüidade, por mais que consumissem a cerveja, ela foi tão significativa e importante como para os egípcios. Entre eles,

Leia mais

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA Caderno N0901 AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2 BIMESTRE Ciências 9 ano do Ensino Fundamental Nome do Aluno(a): Orientações Você está recebendo um caderno com 27 questões. Você dispõe de 2 horas para responder a

Leia mais

Estudo dos Fungos 1 Definição 2 Características: Estrutura: 3.1 Talo 3.2 Hifas 3.3 Micélio

Estudo dos Fungos 1 Definição 2 Características: Estrutura: 3.1 Talo 3.2 Hifas 3.3 Micélio Estudo dos Fungos 1 Definição são organismos eucarióticos, e todas as células que os compõem possuem pelo menos um núcleo e uma membrana nuclear, retículo endoplasmático, mitocôndrias e aparelho secretório.

Leia mais

BIOLOGIA BECTÉRIAS, VÍRUS E FUNGOS, PROF ESTEVAM

BIOLOGIA BECTÉRIAS, VÍRUS E FUNGOS, PROF ESTEVAM BIOLOGIA BECTÉRIAS, VÍRUS E FUNGOS, PROF ESTEVAM 1) (FUVEST 96) Cólera e meningite epidêmica são doenças relativamente comuns no Brasil. Elas são transmitidas, respectivamente, por a) bactérias, através

Leia mais

31/05/2012. Biologia. Existem espécies parasitas, simbiontes ou saprófagos;

31/05/2012. Biologia. Existem espécies parasitas, simbiontes ou saprófagos; Tema: Fungi Biologia Profº Marcos Vinícius 1) Características gerais dos Fungos São organismos eucariontes e heterotróficos por absorção (aclorofilados); São unicelulares ou pluricelulares(filamentosos);

Leia mais

PRÉ-VESTIBULAR DOS COMERCIÁRIOS-FCT DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFESSOR: MOUZER COSTA ALUNO (A):

PRÉ-VESTIBULAR DOS COMERCIÁRIOS-FCT DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFESSOR: MOUZER COSTA ALUNO (A): PRÉ-VESTIBULAR DOS COMERCIÁRIOS-FCT DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFESSOR: MOUZER COSTA ALUNO (A): 1. Um dos medicamentos que se deve evitar consumir quando se tem dengue é a aspirina (ácido acetilsalicílico),

Leia mais

Lista de exercícios 3º ano poríferos

Lista de exercícios 3º ano poríferos 1. (Pucmg) Possuem sistema nervoso, EXCETO: a) Agnatos. b) Cnidários. c) Anelídeos. d) Poríferos. e) Moluscos. 2. (Pucmg) Uma esponja-viva é um animal multicelular com pequena diferenciação celular. Suas

Leia mais

Biologia-Prof.Barão. Metabolismo Energético: Respiração Celular e Fermentação

Biologia-Prof.Barão. Metabolismo Energético: Respiração Celular e Fermentação Biologia-Prof.Barão Metabolismo Energético: Respiração Celular e Fermentação Metabolismo Energético I Conceitos básicos: 1-Metabolismo 2-Reações Exergônicas e Endergônicas 3-Reação de Redox(Oxidação-Redução)

Leia mais

PRINCIPAIS GRUPOS DE FUNGOS FITOPATOGÊNICOS

PRINCIPAIS GRUPOS DE FUNGOS FITOPATOGÊNICOS PRINCIPAIS GRUPOS DE FUNGOS FITOPATOGÊNICOS Filo Ascomycota Ascomicetos Ascomicetos Grupo mais numeroso dentre os fungos (60.000 espécies) Habitat variável: saprofitismo ao parasitismo Causam diversos

Leia mais

Profa. Josielke Soares josisoares@ig.com.br

Profa. Josielke Soares josisoares@ig.com.br Profa. Josielke Soares josisoares@ig.com.br A célula é a menor unidade estrutural básica do ser vivo. A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke. Com um microscópio muito

Leia mais

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões:

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: Recuperação Capítulo 01 - Níveis de organização Células tecidos órgãos sistemas - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: A- Membrana Plasmática - Revestimento da célula;

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Unicelulares e multicelulares - Eucariotos Fungos Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Unicelulares e multicelulares - Eucariotos Fungos Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Unicelulares e multicelulares - Eucariotos Fungos Prof. Enrico Blota Biologia Identidade dos seres vivos Unicelulares e Multicelulares - Eucariotos Fungos Possuem grande biodiversidade,

Leia mais

EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (7 ANO)

EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (7 ANO) EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (7 ANO) 1- Uma das etapas do ciclo de vida é o processo da reprodução. O comportamento reprodutivo varia muito entre os seres vivos e é por meio dele que uma espécie de ser vivo

Leia mais

O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV.

O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV. 1 PROVA DE BIOLOGIA I QUESTÃO 31 O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV. I II III IV a) Coluna vertebral

Leia mais

BIOLOGIA. Questão 01 A B. Em relação aos desenhos acima, é CORRETO afirmar que:

BIOLOGIA. Questão 01 A B. Em relação aos desenhos acima, é CORRETO afirmar que: Questão 01 BIOLOGIA A B 2 1 5 4 C 3 Fonte: AMABIS, JM e MARTHO, G. Biologia das Células. 1 a ed. São Paulo: Moderna, 2004, p. 130-132. Em relação aos desenhos acima, é CORRETO afirmar que: 01. o desenho

Leia mais

BOTÂNICA PARTE I Ramo da biologia que estuda as plantas. Briófita & Pteridófita

BOTÂNICA PARTE I Ramo da biologia que estuda as plantas. Briófita & Pteridófita BOTÂNICA PARTE I Ramo da biologia que estuda as plantas. Briófita & Pteridófita BOTÂNICA (Reino Plantae) Para pertencer ao grupo das plantas o organismo deve: Ter raiz, caule e folha; Ser autótrofo fotossintetizante

Leia mais

Apostila de Biologia 02 Reprodução Comparada

Apostila de Biologia 02 Reprodução Comparada Apostila de Biologia 02 Reprodução Comparada 1.0 Reprodução É o processo através do qual o ser vivo dá origem a outros indivíduos da mesma espécie que ele. Pode ser: Assexuada: quando não ocorre troca

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 7º Turma: Data: 11/08/2012 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE RESPIRAÇÃO CELULAR Processo de produção de energia a partir da degradação completa de compostos orgânicos energéticos (ex.:

Leia mais

Várias classificações já foram propostas. Adotaremos a classificação proposta por Whittaker e adotada pelo naturalista sueco Lineu (1707-1778).

Várias classificações já foram propostas. Adotaremos a classificação proposta por Whittaker e adotada pelo naturalista sueco Lineu (1707-1778). NOMENCLATURA CIENTÍFICA E AS CATEGORIAS TAXONÔMICAS Nome científico de uma espécie Para escrevermos o nome científico de uma espécie, utilizamos as regras propostas por Lineu: 1. O nome deve ser escrito

Leia mais