PÓS EM PROCESSO CIVIL 1º SEMESTRE DE Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PÓS EM PROCESSO CIVIL 1º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)"

Transcrição

1 PÓS EM PROCESSO CIVIL 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

2 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem qualificados para a administração pública e privada do país. Esse objetivo foi ampliado ao longo do tempo, expandindo o foco de atuação da FGV para o campo das ciências sociais. A atuação marcada pelo pioneirismo e pela inovação levou a FGV a inaugurar, no Brasil, a graduação e a pós-graduação stricto sensu em Administração Pública e de Empresas e a pós-graduação em Economia, Psicologia, Ciências Contábeis e Educação. Além disso, iniciativas como a elaboração do balanço de pagamento, das contas nacionais e dos índices econômicos ajudaram o profissional em busca de formação e o cidadão comum a entender melhor o desempenho econômico e social brasileiro além de contribuir para seu permanente desenvolvimento. ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DIREITO GV O posicionamento do Brasil no rol das potências e lideranças mundiais tem levado à redefinição dos conteúdos das áreas clássicas do direito e ao surgimento de novas áreas e novos tipos de advocacia, o que torna premente a necessidade de formação de quadros profissionais que sejam, além de altamente qualificados, capazes de atuar em patamares diferenciados. Para responder às demandas do mercado atual, os alunos da DIREITO GV são preparados para atuar nas esferas pública e privada e para dialogar com outros campos do conhecimento, a fim de que possam influenciar positiva e profundamente o cenário jurídico no Brasil e no exterior. No que concerne à pós-graduação, a DIREITO GV busca aumentar sua inserção substantiva no mercado jurídico, tendo em mente a integração entre o direito e outros campos do conhecimento e o desenvolvimento de habilidades importantes para o desempenho das atividades profissionais de seus alunos. Seu Programa de Pós-Graduação Lato Sensu diferencia-se por dispor de grupos de pesquisa dedicados à produção de material didático e bibliográfico próprio, a fim de oferecer a seus alunos conteúdo atualizado e em consonância com as premissas da DIREITO GV. Com tais pressupostos e ações em mente, a DIREITO GV pretende consolidar-se como alternativa ao modelo tradicional de ensino do Direito e manter a postura crítica sempre assumida em relação a esse campo de saber.

3 PÓS EM PROCESSO CIVIL Objetivos O objetivo do curso é capacitar os alunos para trabalhar na área de prevenção e resolução de conflitos (contencioso civil, arbitragem, mediação, negociação e outras formas de resolução de conflitos) com base em uma visão dinâmica, estratégica e multifacetada da realidade jurídica, abordando a sua complexidade em diversas perspectivas: intersecção entre o direito público e o direito privado, conflitos envolvendo múltiplas partes, contratos complexos e coligados, múltiplos procedimentos e jurisdições, relação entre o direito doméstico e o direito internacional e a relação entre variáveis econômicas, políticas e jurídicas na tomada de decisão sobre conflitos. Público-alvo O curso destina-se a bacharéis em Direito, advogados que atuem em escritório de advocacia ou departamentos jurídicos de empresas, juízes, promotores de Justiça, defensores públicos, procuradores e advogados públicos, que tenham interesse e/ou experiência em processo civil e em prevenção e resolução de conflitos. Metodologia A metodologia de ensino será predominantemente participativa, envolvendo uma combinação de aulas expositivas com método socrático, aulas baseadas no método de caso e a realização de simulações (role play) durante as aulas. A discussão em torno de casos e decisões judiciais e arbitrais também será uma constante ao longo do curso. ESTRUTURA PÓS EM PROCESSO CIVIL O programa é realizado ao longo de 18 meses, e suas disciplinas podem ser de três tipos: Eixo, Formação e Metodologia e Orientação para TCC (MOT). As disciplinas do Eixo referem-se ao tema principal da pós-graduação lato sensu em Processo Civil. O programa conta com quatro disciplinas, cada uma com 68 horas-aula. As disciplinas de Formação referem-se à base complementar em áreas afins ao direito; o aluno deverá cursar quatro disciplinas que compõem o currículo do curso, cada uma com 32 horas-aula. Por fim, o currículo prevê uma disciplina obrigatória relacionada com a estruturação do projeto de pesquisa e com o acompanhamento da realização do trabalho de conclusão de curso (TCC), também com 32 horas-aula.

4 DISCIPLINAS DO EIXO Institutos de Direito Processual (68 horas-aula) Para onde ir? Jurisdição e competência. Ação e demanda: elementos e condições. Flexibilidade processual e fungibilidade (pressupostos e atos processuais: nulidade, aproveitamento). Os terceiros e o processo. A prova em juízo. Sentença e seus capítulos. Imutabilidade ou relativização? Impugnação das decisões judiciais. O calcanhar de Aquiles do processo: execução. Defesas do executado. Responsabilidade patrimonial e desconsideração da personalidade jurídica. Revendo as tutelas de urgência. Tutela inibitória. Postulação e saneamento. Em busca de um novo código. Contencioso Estratégico (68 horas-aula) Estratégia na elaboração da petição inicial (parte I): escolha do processo e do procedimento (comum ou especial). Cumulação de pedidos. Estratégia na elaboração da petição inicial (parte II): delimitação do pedido e da causa de pedir e suas consequências no regime da coisa julgada. Estratégias na elaboração da petição inicial (parte III): composição subjetiva do processo litisconsórcio ativo e passivo e suas consequências no regime da coisa julgada (limites subjetivos). Litisconsórcio alternativo, eventual e sucessivo. Estratégia na elaboração das respostas do réu: reconvenção, pedido contraposto, declaração incidente, demandas conexas e intervenções de terceiro provocadas pelo réu. Estratégias para intervenção espontânea do terceiro no processo: análise sistemática da assistência simples e litisconsorcial, intervenção litisconsorcial voluntária, oposição, recurso do terceiro prejudicado, embargos de terceiro. Uso estratégico das nulidades processuais: regime formal dos atos processuais, condições da ação e pressupostos processuais. Estratégias processuais quanto à instrução probatória, com ênfase na hipótese de inversão do ônus da prova. Estratégias na formulação de recursos ordinários (parte I): agravo retido, agravo de instrumento e apelação. Estratégias na formulação de recursos ordinários (parte II): agravo interno, embargos de declaração, embargos de divergência. Atuação estratégica do exequente, na execução fundada em título judicial e extrajudicial. Atuação estratégica do executado, na execução fundada em título judicial e extrajudicial. Estratégias processuais em face de decisões transitadas em julgado: ação rescisória e outros meios de impugnação.

5 Estratégias processuais em torno da estabilização das decisões fundadas em cognição sumária. Cuidados para postulação e execução das tutelas de urgência em 1º grau. Cuidados para postulação e execução das tutelas no âmbito recursal. Arbitragem (68 horas-aula) Fundamentos da arbitragem: convenção de arbitragem, árbitro, advogado e regras procedimentais. Arbitragem e contencioso judicial: eventuais intersecções (contencioso pré-arbitral, no curso da arbitragem e pós-arbitral). Estratégias na composição do tribunal arbitral: como escolher o árbitro mais adequado para decidir o conflito. Produção de provas na arbitragem. Preparação para a audiência. O papel do árbitro: como conduzir um procedimento arbitral e como redigir uma sentença arbitral? Como evitar cláusulas arbitrais patológicas. A importância da escolha: (i) das regras procedimentais aplicáveis, (ii) das regras substantivas aplicáveis, (iii) da sede da arbitragem. Peculiaridades da arbitragem em setores específicos: operações societárias; construção civil e infraestrutura; energia elétrica; contratos administrativos. Arbitragens complexas: múltiplas partes, múltiplos contratos, múltiplos procedimentos e múltiplas jurisdições. Perspectiva multicultural: common law vs. civil law. Processo Civil de Interesse Público (36 horas-aula) O litígio de interesse público e sua judicialização: a constitucionalização dos direitos sociais. O acesso à justiça do interesse público e a definição de políticas públicas. O Poder Judiciário como arena de decisão política: legitimidade, limites e mecanismos de controle. Os legitimados à tutela do interesse público: o novo arranjo institucional brasileiro. Litígios públicos e reforma estrutural do Estado. Litígios públicos e a defesa de valores contramajoritários. O Supremo Tribunal Federal e seu papel no arranjo institucional brasileiro. Gerenciamento, pelo Poder Judiciário, dos litígios de massa. O processo coletivo e suas potencialidades. Limitações processuais no tratamento dos litígios de interesse público: (i) motivação; (ii) alta preclusividade: estabilização, coisa julgada e execução; (iii) instrumentos de coletivização; (iv) juiz gerente, consequencialista e mediador institucional. Mecanismos de democratização do processo. Advocacia nos Tribunais Superiores (32 horas-aula) O papel e a utilidade dos tribunais superiores para a advocacia. Supremo Tribunal Federal: expansão da jurisdição constitucional. Repercussão geral, julgamento paradigma e novo controle de constitucionalidade. Súmula vinculante: upstream e downstream. A jurisprudência no centro do sistema: lidando com o precedente.

6 Superior Tribunal de Justiça: entre a justiça de massa e a justiça no caso concreto. Advocacia eficiente nos tribunais superiores (parte I): superando barreiras à entrada reexame de fatos e provas, interpretação de cláusulas contratuais, prequestionamento, ofensa reflexa. Advocacia eficiente nos tribunais superiores (parte II): conhecendo meu interlocutor as instituições, seu funcionamento e seus membros. DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO Técnica Contratual e Resolução de Disputas (32 horas-aula) Formação dos contratos e contrato preliminar. Alocação de riscos e garantias contratuais. Contratos conexos e coligados. Rede de contratos. Inadimplemento e mora. Extinção dos contratos. Responsabilidade contratual. Cláusula penal. Liquidação de danos. Efeitos dos contratos sobre terceiros. Direito da concorrência. Princípios dos contratos com a administração pública. Perspectiva transnacional. Redação de cláusula de resolução de disputas. Técnicas de Negociação (32 horas-aula) Introdução. Por que estudar negociação? Técnicas e estratégias para negociações integrativas. Tensões fundamentais do processo de negociação. Técnicas e estratégias para negociações distributivas. O processo de negociação. Dilema: negociar ou brigar? Negociação do advogado com seu cliente. Organização da Justiça e do Processo (32 horas-aula) O direito processual e as instituições brasileiras. Onde se situa e qual é a importância do processo no ambiente institucional brasileiro? Quem são os atores envolvidos e quais são os desafios que se colocam ao direito processual? Por que as instituições importam? Rule of law e o devido processo legal. O direito processual à luz das escolhas feitas pelo constituinte de Reformas: avanços a partir da Emenda Constitucional de 2004 e fio condutor das reformas processuais (novo CPC). Visão crítica da estrutura do Poder Judiciário brasileiro e da administração pública ligada à resolução de conflitos. Políticas judiciárias: avanços e retrocessos. Regulação e processo. Alternativas de desenho institucional. Experiência de outros países. Análise da relação entre conflito e processo. Poder Judiciário brasileiro: a morosidade processual e os meios alternativos de solução de conflitos. Transparência do Poder Judiciário brasileiro. Os diagnósticos sobre o Poder Judiciário e sistemas de justiça. Estatísticas e pesquisas judiciais sobre processos e confiança na justiça.

7 Mediação (32 horas-aula) Aspectos sociológicos. Aspectos psicológicos. Dinâmica das relações. Comunicação. Teoria do conflito. Escolas e modelos de mediação. Princípios da mediação. Etapas da mediação. Técnicas da mediação. Mediador: papel e funções. O papel do advogado na mediação. Áreas de utilização da mediação. TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) A disciplina obrigatória de MOT possui carga horária de 32 horas-aula presenciais, distribuídas ao longo de três aulas de metodologia e cinco encontros de orientação realizados no final do curso. Na primeira parte do curso, os alunos devem produzir um projeto de pesquisa e um cronograma para sua execução; na segunda, devem executar o projeto de pesquisa de acordo com as etapas previstas no cronograma. Apenas os alunos aprovados na disciplina, cuja avaliação é continuada, poderão entregar a versão final de seu TCC. Os melhores trabalhos produzidos a cada semestre concorrerão ao Prêmio Ary Oswaldo Mattos Filho. Para auxiliar os estudantes no processo de elaboração de seu texto acadêmico, a Escola oferece um manual para elaboração do trabalho de conclusão de curso, no qual são apresentados o regulamento do TCC, a estrutura dos cursos de MOT, seu conteúdo mínimo, um exemplo de projeto de pesquisa e um modelo de cronograma, além de indicações de formatação dos trabalhos e sugestões de fontes online de pesquisa. Conteúdo: Apontamentos sobre a pesquisa acadêmica e seu produto: o texto acadêmico e suas peculiaridades; definição de tema/problema de pesquisa: justificativa da importância de investigação de determinado tema. Tipos de pesquisa jurídica e técnicas relevantes: pesquisa de jurisprudência, estudo de caso, revisão bibliográfica, casos difíceis. Especificação das peculiaridades do texto acadêmico: normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT); principais dúvidas com relação a citações e paráfrases; exemplificação por meio de trabalhos concretos; esclarecimentos sobre plágio e sua diferenciação em relação à paráfrase; a publicação como instrumento de valorização do produto da pesquisa acadêmica.

8 CORPO DOCENTE Professor André de Albuquerque Cavalcanti Abbud Doutorando e mestre em Direito Processual pela Universidade de São Paulo (USP). Mestre em Direito (LL.M.) pela Universidade de Harvard. Graduado em Direito pela USP. Foi assessor jurídico do ministro Cezar Peluso, do Supremo Tribunal Federal. Professor da Escola de Formação da Sociedade Brasileira de Direito Público (SBDP) e do Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS). Diretor do Comitê Brasileiro de Arbitragem (CBAr). Membro do Comitê de Reconhecimento de Laudos Arbitrais Estrangeiros e do Comitê de Arbitragem da International Bar Association (IBA), do Comitê de Arbitragem do International Institute for Conflict Prevention & Resolution (CPR), da Asociación Latinoamericana de Arbitraje (ALArb) e do Instituto Brasileiro de Direito Processual (IBDP). Autor dos livros Homologação de sentenças arbitrais estrangeiras e Execução específica dos acordos de acionistas. Advogado em São Paulo. Advogado da área de arbitragem e resolução de disputas internacionais. Professora Daniela Monteiro Gabbay Doutora e mestre em Direito Processual Civil pela USP. Visiting fellow na Universidade de Yale (EUA) e na London School of Economics and Political Science (LSE). Autora do livro Pedido e causa de pedir e de diversos artigos sobre resolução de conflitos. Coordenadora regional do Comitê Brasileiro de Arbitragem (CBAr) e integrante do Corpo de Mediadores da Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CAM/CCBC). Advogada em São Paulo. Professor Eduardo T. Hidal Graduado em Engenharia Civil pela Universidade de São Paulo (USP). Master of Business Administration pela Stanford Graduate School of Business. Formado em Técnicas de Mediação pelo Instituto de Mediação e Arbitragem do Brasil (IMAB), pelo Mediation Training Institute International (MTI), pela University of California, Berkeley, pelo ADR Group, pelo Instituto Familiae e pelo Harvard Negotiation Institute. Mediador em prática privada e judicial. Formado pela Pós-Graduação em Administração para Graduados (CE- AG) da FGV; Especialista em Economia do Setor Financeiro pela USP e em Técnicas de Negociação pela Stanford Graduate School of Business, pelo Program of Negotiation da Harvard Law School, pela University of Pennsylvania e pela Northwestern University. Mediador na CAM-CCBC-Câmara de Comércio Brasil- Canadá. Professor Francisco Paulo De Crescenzo Marino Doutor e mestre em Direito Civil pela USP. Professor Doutor de Direito Civil da Faculdade de Direito da USP. Autor de diversos artigos e dos livros Contratos coligados no direito brasileiro e Interpretação do negócio jurídico. Atualizador, em conjunto com o professor Antonio Junqueira de Azevedo, da obra Contratos, de Orlando Gomes. Palestrante em cursos de especialização e pós-graduação lato sensu. Advogado em São Paulo. Professora Lia Regina Castaldi Sampaio Graduada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em Administração Hospitalar pelo Instituto de Pesquisas Hospitalares (IPH) do Hospital São Camilo e em Psicologia pela Universidade Mackenzie. Pós-graduada em Psicologia Hospitalar pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e especialista em Gestão para Organizações do Terceiro Setor pela FGV e em Mediação pela PUC- SP. Formada em Técnicas de Mediação por BG Mediação Interdisciplinar e pelo Instituto Familiar. Vice- Presidente do IMAB. Membro da Comissão de Arbitragem e Mediação da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional São Paulo (OAB-SP). Mediadora da Câmara de Mediação e Arbitragem do Instituto de Engenharia e da Câmara Comercial Brasil-Canadá (CAM-CCBC). Membro de sua Comissão de Mediação.

9 Facilitadora no processo de construção de consenso na pesquisa sobre sistemas multiportas (setor dos advogados) da Faculdade de Direito da Universidade de Saint Thomas (EUA). Professora de Mediação e Conciliação do IMAB e Supervisora de Mediação no Escritório Modelo EM da PUC-SP. Professora de Mediação: (a) do Núcleo Permanente do Tribunal de Justiça de São Paulo: Cursos de Capacitação e Aperfeiçoamento, Resolução n. 125/10 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ): (a.1) Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP); (a.2) Escola Paulista da Magistratura (EPM); (a.3) Escola da Magistratura (EMAG) do Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região-SP; (a.4) Escola Superior de Advocacia (ESA) (SP e Jundiaí); (b) na implantação de projetos de conciliação e mediação em São Paulo e no interior de São Paulo; (c) em construção de consenso no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN) da USP; (d) nas Faculdades Integradas de Guarulhos (FIG); (e) na Fundação Instituto de Administração (FIA); (f) no Curso de Pós-Graduação em Mediação e Conciliação da Escola Paulista de Direito (EPD). Autora e articulista de livros e revistas de mediação. Professor Heitor Vitor Mendonça Sica Doutor e mestre em Direito Processual Civil pela USP. Professor de Direito Processual Civil da Faculdade de Direito da USP. Professor convidado nos seguintes cursos de pós-graduação: Sociedade Brasileira de Direito Público (SBDP); Telepresencial Luiz Flávio Gomes (LFG); Faculdade de Direito de Vitória (FDV); Escola Paulista de Direito (EPD); Escola Paulista da Magistratura (EPM) do Estado de São Paulo; Escola Superior da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo; Escola Superior da Advocacia da Seção da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB-SP). Autor de diversos artigos e das obras Preclusão processual civil e O direito de defesa no processo civil brasileiro. Membro do Instituto Brasileiro de Direito Processual (IBDP) e do Instituto Ibero-Americano de Direito Processual. Advogado em São Paulo. Professor Rafael Francisco Alves Mestre em Direito Processual Civil pela USP e LL.M. pela New York University. Foi conselheiro adjunto da Secretaria da Corte Internacional de Arbitragem da Câmara de Comércio Internacional (CCI), em Paris. Coordenador regional do Comitê Brasileiro de Arbitragem (CBAr) e membro da Comissão de Mediação da Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CAM/CCBC). Advogado em São Paulo. Professor Sidnei Amendoeira Doutor e mestre em Direito Processual Civil pela USP. Professor nos cursos de graduação das Faculdades Integradas Cantareira e nos cursos de pós-graduação em Direito Processo Civil da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e da Escola Paulista de Direito (EPD). Associado ao Instituto Brasileiro de Direito Processual (IBDP) e à Associação Brasileira de Franquias (ABF). Membro da Comissão de Franchising da OAB-SP. Advogado em São Paulo. Professora Susana Henriques da Costa Doutora e mestre em Direito Processual Civil pela USP. Professora de Direito Processual Civil da USP. Coordenadora acadêmica do curso de especialização em Direitos Difusos e Coletivos da Escola Superior do Ministério Público do Estado de São Paulo. Professora convidada nos cursos de pós-graduação: SBDP, LFG, Escola Superior do Ministério Público do Estado de São Paulo (ESMP-SP), FDV, EPD e EPM. Associada ao IBDP e ao Centro Brasileiro de Pesquisas Judiciais (CEBEPEJ). Autora de diversos artigos e das obras Condições da ação e O processo coletivo na tutela do patrimônio público e da moralidade administrativa. Coordenadora das obras Comentários à Lei de Ação Civil Pública e Lei de Ação Popular, A nova execução civil e Execução extrajudicial. Promotora de Justiça e assessora do Centro de Aperfeiçoamento Funcional da Escola Superior do Ministério Público do Estado de São Paulo.

10 REALIZAÇÃO Carga horária: 432 horas-aula Data de início: 17/02/2014 Dias da semana: segundas e terças-feiras Horário: das 19h00 às 22h40 Se necessário, o Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da Direito GV (GVlaw) poderá alterar o calendário original das disciplinas. Provas, monitorias acadêmicas, reposições de aula ou quaisquer outros eventos relacionados ao curso poderão ser agendados para as sextas-feiras, no horário regular das aulas. INVESTIMENTO Valor à vista: R$ ,00 I- Matrículas efetuadas no período de 01/10/13 a 31/10/13 receberão um desconto de R$ 2.000,00 (dois mil reais) sobre o valor global do curso. II- Matrículas efetuadas no período de 01/11/13 a 30/11/13 receberão um desconto de R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais) sobre o valor global do curso. III- Matrículas efetuadas no período de 01/12/13 a 31/12/13 receberão um desconto de R$ 1.000,00 (um mil reais) sobre o valor global do curso. IV- Matrículas efetuadas no período de 01/01/14 a 31/01/14 receberão um desconto de R$ 500,00 (quinhentos reais) sobre o valor global do curso. V- Matrículas efetuadas a partir de 01/02/14 não contemplam os descontos acima mencionados. Período de Matrícula Valor Total do curso à vista com desconto Valor total parcelado em até 1+17 vezes Total a pagar 01/10/13 a 31/10/13 R$ ,00 R$ 1.634,43 R$ ,74 01/11/13 a 30/11/13 R$ ,00 R$ 1.665,87 R$ ,66 01/12/13 a 31/12/13 R$ ,00 R$ 1.697,30 R$ ,40 01/01/14 a 31/01/14 R$ ,00 R$ 1.728,73 R$ ,14 A partir de 01/02/14 R$ ,00 R$ 1.760,16 R$ ,88

11 PROCESSO SELETIVO O ingresso dar-se-á por meio de classificação no processo seletivo, observados os procedimentos, as condições, as regras e os critérios descritos no edital. O presente processo seletivo tem validade para o primeiro semestre letivo de 2014, não havendo reserva de vaga para semestres posteriores. Período: 01/10/2013 a 09/02/2014. Inscrições: site Os interessados deverão realizar sua inscrição, sem qualquer ônus financeiro, exclusivamente pela internet. É obrigatório o preenchimento de todos os campos solicitados na ficha de inscrição e a inserção de arquivo digital com o curriculum vitae do candidato. Seleção dos candidatos: os candidatos serão selecionados por análise curricular e entrevista individual. É necessário documento de identificação com foto para a realização da entrevista. RESULTADO Período: processo seletivo contínuo. A divulgação dos aprovados será feita via comunicação eletrônica ( ). É responsabilidade exclusiva do candidato manter seus dados de contatos atualizados, acompanhar a divulgação dos resultados e averiguar sua eventual aprovação e a consequente convocação para a matrícula. O desempenho dos candidatos e a sua classificação relativa não serão divulgados; apenas o resultado (aprovado ou não) será informado. INFORMAÇÕES Central de Atendimento Telefone:

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FORMAÇÃO EM MEDIAÇÃO 1º SEMESTRE DE 2016 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem qualificados para a administração

Leia mais

TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL 1º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL 1º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E SEUS IMPACTOS NA ADVOCACIA CONTENCIOSA 2º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS ASPECTOS PRÁTICOS DA ADVOCACIA NO DIREITO PENAL ECONÔMICO 2º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL DO TRABALHO 1º SEMESTRE DE 2014

DIREITO EMPRESARIAL DO TRABALHO 1º SEMESTRE DE 2014 DIREITO EMPRESARIAL DO TRABALHO 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL DO TRABALHO 2º SEMESTRE DE 2014

DIREITO EMPRESARIAL DO TRABALHO 2º SEMESTRE DE 2014 DIREITO EMPRESARIAL DO TRABALHO 2º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

LIDERANÇA SINDICAL EMPRESARIAL 1º SEMESTRE DE 2014

LIDERANÇA SINDICAL EMPRESARIAL 1º SEMESTRE DE 2014 LIDERANÇA SINDICAL EMPRESARIAL 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FASHION LAW 1º SEMESTRE DE 2016 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem qualificados para a administração

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS COMPLIANCE 1º SEMESTRE DE 2016 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem qualificados para a administração

Leia mais

CONCORRÊNCIA DESLEAL, MARCAS E OUTROS SINAIS DISTINTIVOS ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013

CONCORRÊNCIA DESLEAL, MARCAS E OUTROS SINAIS DISTINTIVOS ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 CONCORRÊNCIA DESLEAL, MARCAS E OUTROS SINAIS DISTINTIVOS ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início

Leia mais

DIREITO DIGITAL APLICADO 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

DIREITO DIGITAL APLICADO 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) DIREITO DIGITAL APLICADO 2º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS TRIBUTAÇÃO DAS ESTRUTURAS E DOS NEGÓCIOS SOCIETÁRIOS 2º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS TRIBUTAÇÃO DOS NEGÓCIOS DE TECNOLOGIA E PROPRIEDADE INTELECTUAL 1º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar

Leia mais

LIDERANÇA PARA ADVOGADOS 1º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

LIDERANÇA PARA ADVOGADOS 1º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) LIDERANÇA PARA ADVOGADOS 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com

Leia mais

Direito Empresarial do Trabalho ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013

Direito Empresarial do Trabalho ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 Direito Empresarial do Trabalho ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E RELAÇÕES

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E RELAÇÕES PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E RELAÇÕES DE TRABALHO 2º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

CONTABILIDADE APLICADA AO DIREITO 1º SEMESTRE DE 2014

CONTABILIDADE APLICADA AO DIREITO 1º SEMESTRE DE 2014 CONTABILIDADE APLICADA AO DIREITO 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS LEGAL ENGLISH 1º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem qualificados para a administração

Leia mais

RELAÇÕES DE TRABALHO: EFEITOS TRIBUTÁRIOS E PREVIDENCIÁRIOS 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

RELAÇÕES DE TRABALHO: EFEITOS TRIBUTÁRIOS E PREVIDENCIÁRIOS 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) RELAÇÕES DE TRABALHO: EFEITOS TRIBUTÁRIOS E PREVIDENCIÁRIOS 2º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início

Leia mais

PÓS GVLAW EM PROCESSO CIVIL 1º SEMESTRE DE 2016 TURMA SEMANAL

PÓS GVLAW EM PROCESSO CIVIL 1º SEMESTRE DE 2016 TURMA SEMANAL PÓS GVLAW EM PROCESSO CIVIL 1º SEMESTRE DE 2016 TURMA SEMANAL FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem qualificados

Leia mais

PÓS EM DIREITO SOCIETÁRIO 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

PÓS EM DIREITO SOCIETÁRIO 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) PÓS EM DIREITO SOCIETÁRIO 2º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com

Leia mais

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS PÓS GVLAW EM DIREITO DO TRABALHO 1º SEMESTRE 2016 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem qualificados

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU em DIREITO EMPRESARIAL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU em DIREITO EMPRESARIAL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU em DIREITO EMPRESARIAL 1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA THIAGO VIEIRA MATHIAS DE OLIVEIRA Doutorando pela PUC/SP Mestre pela Universidade Estadual de Londrina 2. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS PLANEJAMENTO PARA ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA 1º SEMESTRE DE 2016 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem

Leia mais

PÓS EM DIREITO ECONÔMICO 1º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

PÓS EM DIREITO ECONÔMICO 1º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) PÓS EM DIREITO ECONÔMICO 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com

Leia mais

Liderança Sindical Empresarial ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Liderança Sindical Empresarial ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Liderança Sindical Empresarial ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

FORMAÇÃO EM MEDIAÇÃO 1º SEMESTRE DE Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

FORMAÇÃO EM MEDIAÇÃO 1º SEMESTRE DE Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FORMAÇÃO EM MEDIAÇÃO 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo

Leia mais

PÓS GVLAW EM DIREITO EMPRESARIAL 1º SEMESTRE 2016 TURMA SÁBADOS QUINZENAIS

PÓS GVLAW EM DIREITO EMPRESARIAL 1º SEMESTRE 2016 TURMA SÁBADOS QUINZENAIS PÓS GVLAW EM DIREITO EMPRESARIAL 1º SEMESTRE 2016 TURMA SÁBADOS QUINZENAIS FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS LIDERANÇA SINDICAL EMPRESARIAL 1º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem qualificados

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições para os

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FORMAÇÃO EM MEDIAÇÃO 1º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem qualificados para a administração

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

BREVE HISTÓRICO JUSTIFICATIVA OBJETIVOS ESTRUTURA DO CURSO

BREVE HISTÓRICO JUSTIFICATIVA OBJETIVOS ESTRUTURA DO CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU PROJETO PEDAGÓGICO DIREITO E PROCESSO CIVIL BREVE HISTÓRICO A Universidade Candido Mendes UCAM, criada e mantida pela Sociedade Brasileira de Instrução SBI, fundada em 1902, tem

Leia mais

Societário e Mercado de Capitais

Societário e Mercado de Capitais APRESENTAÇÃO Nossos Profissionais Formado por profissionais altamente qualificados para prestar serviços jurídicos em diversas áreas do direito a clientes brasileiros e estrangeiros, com pessoalidade,

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições para os

Leia mais

PÓS GVLAW EM PROCESSO CIVIL GRADE E CORPO DOCENTE: 1º SEMESTRE DE 2016 TURMA SEMANAL

PÓS GVLAW EM PROCESSO CIVIL GRADE E CORPO DOCENTE: 1º SEMESTRE DE 2016 TURMA SEMANAL PÓS GVLAW EM PROCESSO CIVIL GRADE E CORPO DOCENTE: 1º SEMESTRE DE 2016 TURMA SEMANAL FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar

Leia mais

Pós-graduação em Direito do Estado Coordenadores: Prof. Sérgio Guerra Prof. Rafael Alves de Almeida PROGRAMA

Pós-graduação em Direito do Estado Coordenadores: Prof. Sérgio Guerra Prof. Rafael Alves de Almeida PROGRAMA Pós-graduação em Direito do Estado Coordenadores: Prof. Sérgio Guerra Prof. Rafael Alves de Almeida PROGRAMA OBJETIVO Oferecer uma perspectiva crítica das principais temáticas relacionadas ao poder estatal

Leia mais

Curso de Especialização em CURSO DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL

Curso de Especialização em CURSO DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL Curso de Especialização em CURSO DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL ÁREA DO CONHECIMENTO: Direito. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Direito Processual Civil. PERFIL PROFISSIONAL:

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA PARA O ENSINO EM SAÚDE Unidade

Leia mais

Faça a diferença. Pós-Graduação em Direito Processual Civil (Novo CPC)

Faça a diferença. Pós-Graduação em Direito Processual Civil (Novo CPC) Faça a diferença Pós-Graduação em Direito Processual Civil (Novo CPC) Público-alvo: Profissionais de nível superior da área do Direito e outras afins. Ex: Advogados, Policiais Civis e Militares, Oficiais

Leia mais

Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil.

Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil. DELIBERAÇÃO N 30/2006 Câmara de Pós-Graduação Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil. CONSIDERANDO a solicitação da Coordenação do Curso, conforme processo nº

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS

REGULAMENTO DE CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS REGULAMENTO DE CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS JUNHO/2011 CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares Art. 1º. Os cursos de Pós Graduação Lato Sensu da Faculdade de Tecnologia

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM AUDITORIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE Unidade

Leia mais

EDITAL CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE ASCES CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS APLICADAS E ENGENHARIA

EDITAL CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE ASCES CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS APLICADAS E ENGENHARIA EDITAL CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE ASCES CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS APLICADAS E ENGENHARIA O Diretor da Faculdade Asces, no uso de suas atribuições e de acordo com

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE Unidade Dias

Leia mais

CURRICULUM VITAE CLÁUDIO FINKELSTEIN

CURRICULUM VITAE CLÁUDIO FINKELSTEIN CURRICULUM VITAE CLÁUDIO FINKELSTEIN Graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1989); LL.M. em Direito Internacional pela Universidade de Miami (1991) e Doutorado em Direito

Leia mais

1 a. PARTE O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA BIODIVERSIDADE

1 a. PARTE O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA BIODIVERSIDADE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA BIODIVERSIDADE Edital de abertura de Inscrições para Processo de Seleção para Ingresso na Turma 6 (2012) A Escola Nacional de Botânica Tropical (ENBT) do Jardim Botânico

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU.

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. PREÂMBULO. A Faculdade Cenecista de Osório, no uso de suas atribuições decorrentes da Resolução nº. 1 de junho

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM AUDITORIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE - BH Unidade

Leia mais

CAROLINA TUPINAMBÁ. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV Curso de Pós-Graduação lato sensu em Direito Empresarial do Trabalho concluído em Agosto/2005;

CAROLINA TUPINAMBÁ. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV Curso de Pós-Graduação lato sensu em Direito Empresarial do Trabalho concluído em Agosto/2005; CAROLINA TUPINAMBÁ FORMAÇÃO ACADÊMICA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UERJ Curso de Direito concluído em Julho/2003; UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UERJ Curso de Pós-Graduação lato sensu

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM NEUROINTENSIVISMO Unidade Dias e Horários

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE - BH Unidade

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão de Negócios com ênfase em Empreendedorismo

Pós-Graduação em Gestão de Negócios com ênfase em Empreendedorismo Pós-Graduação em Gestão de Negócios com ênfase em Empreendedorismo Turma Especial ESPM/ABF-Rio Início em 28 de setembro de 2015 Aulas as segundas e quartas, das 19h às 22h Valor do curso: R$ 15.698,00

Leia mais

MBA em Gestão de Negócios de Varejo

MBA em Gestão de Negócios de Varejo MBA em Gestão de Negócios de Varejo Início em 28 de Abril de 2016 Aulas as terças e quintas, das 19h às 22h Valor do curso: R$ 23.760,00 À vista com desconto: R$ 21.859,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA HEMODINÂMICA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICANÁLISE E SAÚDE Unidade Dias e Horários

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA HEMODINÂMICA

Leia mais

EDITAL 15/2015 PROCESSO SELETIVO DOCENTE

EDITAL 15/2015 PROCESSO SELETIVO DOCENTE EDITAL 15/2015 PROCESSO SELETIVO DOCENTE Artigo 1º. A FACULDADE GUANAMBI, mantida pelo, torna pública a abertura de inscrições para seleção de candidatos para o cargo de docente. Artigo 2. O regime de

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL Apresentação O curso de Pós-graduação em Direito Processual Civil e Práticas Processuais qualifica o participante para a aprovação em concursos públicos,

Leia mais

Título I. Dos Princípios Gerais

Título I. Dos Princípios Gerais CORDENADORIA DO NPJ Criado pela Resolução 01/99 Colegiado Superior REGULAMENTO Dispõe sobre o funcionamento da Coordenadoria do Núcleo de Prática Jurídica e seus órgãos no Curso de Graduação em Direito.

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA - RIO Unidade

Leia mais

MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações

MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Candidatos: (11) 5081-8200 (opção1) Segunda a sexta 9h às 21h Sábado 9h às 13h candidato@espm.br www.espm.br

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CLÍNICA - RIO Unidade Dias

Leia mais

EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) MBA EM AGRONEGÓCIO EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA HEMODINÂMICA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. g SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM NEFROLOGIA E UROLOGIA

Leia mais

MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2012 ESPM-SUL

MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2012 ESPM-SUL MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2012 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400

Leia mais

últimas vagas se vencer na vida fosse apenas sobre trabalho, a expressão seria vencer no trabalho.

últimas vagas se vencer na vida fosse apenas sobre trabalho, a expressão seria vencer no trabalho. Pense antes de imprimir. A natureza agradece. últimas vagas se vencer na vida fosse apenas sobre trabalho, a expressão seria vencer no trabalho. O que é ser bem-sucedido? Para sua carreira, é fazer o MBA

Leia mais

MANUAL DO ESTAGIÁRIO CURSO DE DIREITO, BACHARELADO

MANUAL DO ESTAGIÁRIO CURSO DE DIREITO, BACHARELADO 1 MANUAL DO ESTAGIÁRIO, BACHARELADO 2 APRESENTAÇÃO O aprendizado do Direito não se restringe à compreensão dos textos legais e doutrinários: a prática efetiva da advocacia é uma dimensão fundamental do

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO - 03/2015 PPPG DESIGN

EDITAL DE SELEÇÃO - 03/2015 PPPG DESIGN EDITAL DE SELEÇÃO - 03/2015 PPPG DESIGN A Fundação Educacional da Região de Joinville - FURJ, mantenedora da Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE, comunica a abertura de inscrições ao processo

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA - BH Unidade

Leia mais

EDITAL 001/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL 001/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIREITO ADMINISTRATIVO EDITAL 001/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins

Leia mais

MBA em Gestão do Entretenimento

MBA em Gestão do Entretenimento MBA em Gestão do Entretenimento Entertainment Business Management Início em 28 de abril de 2016 Aulas as terças e quintas, das 7h às 9h30 Valor do curso: R$ 23.760,00 À vista com desconto: R$ 21.859,00

Leia mais

Universidade Estácio de Sá

Universidade Estácio de Sá Universidade Estácio de Sá PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM direito E d i t a l d o E x a m e d e S e l e ç ã o p a r a o D I N T E R D o u t o r a d o I n t e r i n s t i t u c i o n a l U N

Leia mais

Edital de Seleção de Candidatos ao Programa de Mestrado em Gestão de Negócios Faculdade FIA

Edital de Seleção de Candidatos ao Programa de Mestrado em Gestão de Negócios Faculdade FIA Edital de Seleção de Candidatos ao Programa de Mestrado em Gestão de Negócios Faculdade FIA VAGAS REMANESCENTES Ano Letivo de 2016 O Programa de Mestrado em Gestão de Negócios torna público o edital de

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE: ABORDAGEM

Leia mais

em parceria com Pós-Graduação Gestão de Negócios Imobiliários MANUAL DO CANDIDATO ESPM - Campus Rodolfo Lima Martensen

em parceria com Pós-Graduação Gestão de Negócios Imobiliários MANUAL DO CANDIDATO ESPM - Campus Rodolfo Lima Martensen em parceria com Pós-Graduação Gestão de Negócios Imobiliários MANUAL DO CANDIDATO ESPM - Campus Rodolfo Lima Martensen Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo/SP Informações: Central de Candidatos:

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA BOLSAS DE PESQUISA PARA DOUTORANDOS E PÓS DOUTORANDOS ARBITRAGEM COMERCIAL INTERNACIONAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA BOLSAS DE PESQUISA PARA DOUTORANDOS E PÓS DOUTORANDOS ARBITRAGEM COMERCIAL INTERNACIONAL Cooperação Científica entre o Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil Canadá e o Instituto Max Planck de Direito Comparado e Direito Internacional Privado Alemanha O CAM CCBC (Centro

Leia mais

EDITAL N.º 01/2016 1. DOS CURSOS E DAS VAGAS

EDITAL N.º 01/2016 1. DOS CURSOS E DAS VAGAS EDITAL N.º 01/2016 INSCRIÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM SERVIÇO SOCIAL E ÁREAS AFINS DA FACULDADE ADELMAR ROSADO, PARA O SEMESTRE 2016.2 A FACULDADE ADELMAR ROSADO, por meio

Leia mais

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE - Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE - Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba EDITAL 004/2015 PROCESSO SELETIVO PARA DOCENTES O Diretor do Centro de Ensino Superior do Vale do Paranaíba CESVALE, com base no Regulamento Interno da Instituição, torna público o presente Edital do Processo

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

DIREITO EMPRESARIAL. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) DIREITO EMPRESARIAL Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

Aulas as terças e quintas, das 19h às 23h

Aulas as terças e quintas, das 19h às 23h Aulas as terças e quintas, das 19h às 23h Apresentação da FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisa Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada em 1974. Seus projetos modificaram

Leia mais

MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações

MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta 9h às 20h45 Sábado 9h às 12h45 relacionamentojt@espm.br

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL Nº 060 /2015-UEPA

EXTRATO DO EDITAL Nº 060 /2015-UEPA EXTRATO DO EDITAL Nº 060 /2015-UEPA PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOLOGIA EDUCACIONAL COM ÊNFASE EM PSICOPEDAGOGIA PREVENTIVA A Universidade do Estado do Pará UEPA, através

Leia mais

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 846

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 846 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 846 Altera a denominação do Curso de Especialização em Redes de Computadores, criado pela Resolução CEPEC nº 422, e aprova o novo

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA E URGÊNCIA -

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM LIDERANÇA E GESTÃO DE PESSOAS NA ÁREA

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DA FACULDADE ESTÁCIO DE CAMPO GRANDE - FESCG

PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DA FACULDADE ESTÁCIO DE CAMPO GRANDE - FESCG PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DA FACULDADE ESTÁCIO DE CAMPO GRANDE - FESCG A Faculdade Estácio de Campo Grande FESCG divulga processo

Leia mais

MBA EM DIREITO: TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO

MBA EM DIREITO: TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM DIREITO: TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO Coordenação Acadêmica - Escola de Direito FGV DIREITO RIO Código: ZMBADT*13/03 Currículo: ZMBADT*13_03-1

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Professor Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio

Leia mais

LEI Nº 1.060, DE5 DE FEVEREIRO DE 1950

LEI Nº 1.060, DE5 DE FEVEREIRO DE 1950 LEI Nº 1.060, DE5 DE FEVEREIRO DE 1950 Estabelece Normas para a Concessão da Assistência Judiciária aos Necessitados. Art. 5º O juiz, se não tiver fundadas razões para indeferir o pedido, deverá julgálo

Leia mais

Regulamento do Estágio Curricular Supervisionado

Regulamento do Estágio Curricular Supervisionado Regulamento do Estágio Curricular Supervisionado INTRODUÇÃO O Manual de Estágio Supervisionado tem como objetivo orientar o aluno do Curso de Direito da Universidade de Santo Amaro sobre a Prática do Estágio

Leia mais

Edital do Processo Seletivo 2013/2 Chamada complementar

Edital do Processo Seletivo 2013/2 Chamada complementar C.E.S.A.R.EDU Unidade de Educação do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA DE SOFTWARE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Recomendação MEC/CAPES N o. 234_6/2006/CTC/CAPES

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ONCOLOGIA Unidade Dias e Horários Período

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: DIREITO BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 5 (CINCO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 08 (OITO)

Leia mais