Tomo I OFÍCIOS DE JUSTIÇA Tomo II CARTÓRIOS EXTRAJUDICIAIS Normas do Pessoal dos Serviços Extrajudiciais

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tomo I OFÍCIOS DE JUSTIÇA... 13 Tomo II CARTÓRIOS EXTRAJUDICIAIS... 165 Normas do Pessoal dos Serviços Extrajudiciais... 282"

Transcrição

1 SUMÁRIO NORMAS DE SERVIÇO Tomo I OFÍCIOS DE JUSTIÇA Tomo II CARTÓRIOS EXTRAJUDICIAIS Normas do Pessoal dos Serviços Extrajudiciais PROVIMENTOS ESTADUAIS 3/2003 (Serviços registrais de nascimento) /2005 (Cadastro de interessados na adoção de menores) /2009 (Sistema eletrônico. Penhora «on line». Averbações) /2006 (Programa. Proteção. Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte. São Paulo) /2006 (Penhora «on-line») /2006 (Cremação ou incineração de ossadas identificadas e não reclamadas) /2006 (Redistribuições desnecessárias de feitos arquivados) /2007 (Sistema informatizado oficial) /2007 (Informatização do processo judicial) Índice: Alfabético

2

3 ÍNDICE SISTEMÁTICO TOMO I - OFÍCIOS DE JUSTIÇA CAPÍTULO I DA FUNÇÃO CORRECIONAL Da Função Correcional CAPÍTULO II DOS OFÍCIOS DE JUSTIÇA EM GERAL Seção I Das Atribuições Seção II Dos Livros e Classificadores Obrigatórios Subseção I Dos Livros dos Ofícios de Justiça em Geral Subseção II Dos Classificadores Obrigatórios Seção III Da Ordem Geral dos Serviços Seção IV Do Arquivamento de Processos em Geral Subseção I Do Arquivamento de Processos, na Comarca da Capital Seção V Da Destruição Física de Autos de Processo (Suprimida) Seção VI Dos Critérios e Restrições para a Destruição (Suprimida) Seção VII Das Disposições Finais e Transitórias (Suprimida) Seção VIII Da Distribuição e dos Ofícios de Justiça da Capital Informatizados pelo SAJ/PG CAPÍTULO III DAS DESPESAS JUDICIAIS TAXA JUDICIÁRIA Seção I Das Despesas Judiciais - Taxa Judiciária CAPÍTULO IV DOS OFÍCIOS DE JUSTIÇA CÍVEL, DO JUIZADO INFORMAL DE CONCILIAÇÃO E DO JUIZADO ESPECIAL DE PEQUENAS CAUSAS DO SETOR DAS EXECUÇÕES FISCAIS DA FAZENDA PÚBLICA DA COMARCA DA CAPITAL Seção I Dos Livros Seção II Da Movimentação dos Processos Cíveis em Geral Seção III Das Intimações Seção IV Das Ações de Acidentes do Trabalho na Comarca da Capital Subseção I Da Fase de Conhecimento Subseção II Da Fase Executória Seção V Das Normas de Serviço do Juizado Informal de Conciliação e do Juizado Especial de Pequenas Causas Subseção I Do Funcionamento do J.I.C. e J.E.P.C Subseção II Dos Conciliadores e Árbitros Subseção III Dos Livros e Classificadores Obrigatórios Subseção IV Da Ordem Geral dos Serviços Subseção V Do Recurso Subseção VI Do Colégio Recursal Subseção VII Do Processamento no Colégio Recursal Subseção VIII Da Execução Subseção IX Da Conservação de Documentos Subseção X Da Estatística Subseção XI Das Disposições Finais... 63

4 ÍNDICE SISTEMÁTICO - TOMO I 8 Seção VI Das Normas de Serviço do Setor das Execuções Fiscais da Fazenda Pública da Comarca da Capital/SP Subseção I Dos Livros e Classificadores Obrigatórios Subseção II Da Ordem Geral dos Serviços Subseção III Do Arquivamento dos Processos Subseção IV Da Distribuição por Meio Eletrônico Subseção V Da Materialização de Processos Eletrônicos Subseção VI Da Consulta ao Processo Eletrônico Subseção VII Do Processamento das Execuções Fiscais CAPÍTULO V DOS OFÍCIOS DE JUSTIÇA CRIMINAL, DO JÚRI, DAS EXECUÇÕES CRIMINAIS E DA CORREGEDORIA DOS PRESÍDIOS E DA POLÍCIA JUDICIÁRIA Seção I Dos Livros do Ofício de Justiça Criminal Seção II Da Ordem Geral dos Serviços Subseção I Das Disposições Gerais Subseção II Dos Mandados e dos Editais Subseção III Das Cartas Precatórias Subseção IV Das Folhas de Antecedentes Criminais Subseção V Da Expedição de Certidões para Fins Criminais Subseção VI Das Intimações Seção III Da Fiança Criminal Seção IV Do Depósito e Guarda de Armas e Objetos Seção V Do Depósito de Substâncias Entorpecentes, Químicas, Tóxicas, Inflamáveis, Explosivas e/ou Assemelhadas Seção VI Da Insanidade Mental do Acusado Seção VII Dos Serviços do Júri Seção VIII Dos Serviços de Execuções Criminais Seção IX Dos Serviços da Corregedoria dos Presídios Seção X Dos Serviços da Corregedoria da Polícia Judiciária Subseção I Das Disposições Gerais Subseção II Da Cremação de Cadáver Seção XI Da Suspensão Condicional do Processo CAPÍTULO VI DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA Seção I Das Disposições Gerais Seção II Das Despesas de Condução Subseção I Despesas de Condução Fazendas Públicas Subseção II Despesas de Condução Cartas Precatórias Originárias de Outros Estados da Federação CAPÍTULO VII DO DISTRIBUIDOR, CONTADOR E PARTIDOR Seção I Da Distribuição Disposições Gerais Subseção I Da Distribuição Cível Subseção II Da Certidão do Distribuidor Cível Subseção III Da Distribuição Criminal Seção II Da Distribuição na Comarca da Capital Seção III Da Distribuição nas Comarcas do Interior Seção IV Dos Contadores e Partidores Subseção I Das Contas de Liquidação nas Execuções Acidentárias na Capital

5 9 ÍNDICE SISTEMÁTICO - TOMO I CAPÍTULO VIII DOS DEPÓSITOS E LEVANTAMENTOS JUDICIAIS Seção I Das Disposições Gerais Seção II Das Disposições Especiais Acidentes do Trabalho na Capital CAPÍTULO IX DO PROTOCOLO INTEGRADO; DO SERVIÇO ESPECIAL DE ENTREGA DE DOCUMENTOS SEED; DO SERVIÇO DE TELEX; DAS CÓPIAS REPROGRÁFICAS E AUTENTICAÇÕES E DO SERVIÇO DE ESTENOTIPIA Seção I Do Protocolo Integrado Seção II Do Serviço Especial de Entrega de Documentos SEED Seção III Do Serviço de Telex Seção IV Das Cópias Reprográficas e Autenticações Subseção I Das Cópias Reprográficas Subseção II Da Autenticação Seção V Do Serviço de Estenotipia CAPÍTULO X DO OFÍCIO DA PORTARIA DOS AUDITÓRIOS E DAS HASTAS PÚBLICAS Do Ofício da Portaria dos Auditórios e das Hastas Públicas CAPÍTULO XI DOS OFÍCIOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE E DOS SERVIÇOS AUXILIARES Seção I Dos Serviços da Infância e da Juventude Seção II Dos Livros Seção III Dos Procedimentos Subseção I Da Execução de Medidas Sócio-Educativas Seção IV Dos Serviços Auxiliares Subseção I Do Serviço Social e de Psicologia Subseção II Do Plantão dos Assistentes Sociais Judiciários e dos Psicólogos Judiciários Subseção III Do Serviço Voluntário Seção V Das Autorizações para Viagem Seção VI Da Adoção Subseção I Do Cadastramento em Juízo Seção VII Da Distribuição e dos Ofícios de Justiça Informatizados das Varas Especiais da Infância e Juventude da Capital Seção VIII Da Fiscalização das Entidades de Atendimento a Crianças e Adolescentes Seção IX Do Sistema de Controle de Acompanhamento das Crianças e Adolescentes Abrigados CAPÍTULO XII DO PLANTÃO JUDICIÁRIO Seção I Das Disposições Comuns Subseção I Competência Subseção II Das Comarcas que Participam do Sistema Subseção III Das Disposições Gerais Seção II Do Plantão Judiciário na Comarca da Capital Seção III Do Plantão Judiciário nas Comarcas do Interior

6 ÍNDICE SISTEMÁTICO - TOMO II 10 TOMO II - CARTÓRIOS EXTRAJUDICIAIS CAPÍTULO XIII DA FUNÇÃO CORRECIONAL; DAS DISPOSIÇÕES GERAIS; DOS LIVROS E CLASSIFICADORES OBRIGATÓRIOS E DOS EMOLUMENTOS, CUSTAS E DESPESAS DAS UNIDADES DO SERVIÇO NOTARIAL E DE REGISTRO Seção I Da Função Correcional Seção II Das Disposições Gerais Seção III Dos Livros e Classificadores Obrigatórios Subseção I Dos Livros Obrigatórios Subseção II Dos Classificadores Obrigatórios Seção IV Dos Emolumentos, Custas e Despesas das Unidades do Serviço Notarial e de Registro Subseção I Das Disposições Gerais Subseção II Das Reclamações e Recursos sobre Emolumentos, Custas e Despesas das Unidades do Serviço Notarial e de Registro CAPÍTULO XIV DO CARTÓRIO DE NOTAS Seção I Das Disposições Gerais Seção II Da Lavratura dos Atos Notariais Subseção I Do Registro Central de Testamentos Seção III Do Testamento Cerrado Seção IV Dos Livros e do Arquivo Subseção I Das Disposições Gerais Subseção II Dos Livros de Notas Seção V Dos Imóveis Rurais Seção VI Das Cópias e das Autenticações Seção VII Do Reconhecimento de Firmas Seção VIII Do Selo de Autenticidade Seção IX Da Central de Escrituras de Separações, Divórcios e Inventários (CESDI) Seção X Das Escrituras de Separação, Divórcio e Inventário Subseção I Disposições de Caráter Geral Subseção II Disposições Referentes ao Inventário e a Partilha Subseção III Disposições Comuns a Separação e Divórcio Consensuais Subseção IV Disposições Referentes à Separação Consensual Subseção V Disposições Referentes ao Divórcio Consensual CAPÍTULO XV DO TABELIONATO DE PROTESTO Seção I Das Disposições Gerais Seção II Da Ordem dos Serviços em Geral Seção III Da Recepção e do Apontamento dos Títulos Seção IV Do Prazo Seção V Da Intimação Seção VI Da Desistência e da Sustação do Protesto Seção VII Do Pagamento Seção VIII Do Protesto de Títulos e Outros Documentos de Dívida Seção IX Dos Livros e Arquivos Subseção I Das Disposições Gerais Subseção II Dos Livros Subseção III Dos Arquivos nos Tabelionatos de Protestos Seção X Das Retificações, Cancelamentos e Averbações

7 11 ÍNDICE SISTEMÁTICO - TOMO II Subseção I Das Retificações Subseção II Do Cancelamento do Protesto Seção XI Das Informações e Certidões Subseção I Disposições Gerais Subseção II Das Certidões Subseção III Dos Serviços de Informações Sobre Protestos Seção XII Das Disposições Finais CAPÍTULO XVI DOS REGISTROS PÚBLICOS Dos Registros Públicos CAPÍTULO XVII DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS Seção I Das Disposições Gerais Seção II Da Escrituração e Ordem do Serviço Subseção I Expediente ao Público Seção III Do Nascimento Seção IV Do Registro Civil Fora do Prazo Seção V Do Casamento Subseção I Da Habilitação para o Casamento Subseção II Da Celebração do Casamento Subseção III Do Registro do Casamento Religioso para Efeitos Civis Subseção IV Da Conversão da União Estável em Casamento Seção VI Do Óbito Subseção I Das Disposições Gerais Subseção II Da Declaração de Óbito Anotada pelo Serviço Funerário Seção VII Da Emancipação, da Interdição, da Ausência, da Morte Presumida, da Tutela, da Adoção, da Investigação de Paternidade, da Negatória de Paternidade, da Substituição e Destituição de Pátrio Poder e da Guarda Subseção I Da Emancipação Subseção II Da Interdição Subseção III Da Ausência Subseção IV Da Morte Presumida Subseção V Da Adoção Subseção VI Da Averbação Subseção VII Das Anotações Subseção VIII Das Retificações, Restaurações e Suprimentos Seção VIII Da Autenticação de Livros Comerciais Seção IX Traslados de Assentos Lavrados em País Estrangeiro Seção X Do Papel de Segurança para Certidões de Todos os Atos Próprios do Registro Civil de Pessoas Naturais CAPÍTULO XVIII DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS Seção I Da Escrituração Seção II Da Pessoa Jurídica Seção III Do Registro de Jornais; Oficinas Impressoras; Empresas de Radiodifusão e Agências de Notícias Seção IV Do Registro e Autenticação de Livros de Sociedades Civis CAPÍTULO XIX DO REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS Seção I Das Atribuições

8 ÍNDICE SISTEMÁTICO - NORMAS DO PESSOAL 12 Seção II Da Escrituração Seção III Da Transcrição e da Averbação Seção IV Da Ordem dos Serviços Seção V Do Cancelamento Seção VI Da Autenticação de Microfilmes CAPÍTULO XX DO REGISTRO DE IMÓVEIS Seção I Das Atribuições Seção II Dos Livros, sua Escrituração e Processo do Registro Subseção I Das Pessoas Subseção II Dos Títulos Subseção III Das Averbações Subseção IV Das Retificações do Registro Seção III Dos Classificadores do Registro de Imóveis Seção IV Das Certidões Subseção I Das Certidões Imobiliárias na Capital, Via Telemática Seção V Dos Loteamentos de Imóveis Urbanos e Rurais Subseção I Disposições Gerais Subseção II Da Regularização de Loteamentos Subseção III Dos Conjuntos Habitacionais Subseção IV Do Processo e Registro Subseção V Das Intimações e do Cancelamento Subseção VI Dos Depósitos nos Loteamentos Urbanos Irregulares Seção VI Subseção I Das Incorporações Subseção II Regularização de Condomínios NORMAS DO PESSOAL DOS SERVIÇOS EXTRAJUDICIAIS CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO DO PESSOAL Seção I Das Disposições Gerais Seção II Dos Notários e Oficiais de Registro Subseção I Da Extinção da Delegação Seção III Dos Prepostos CAPÍTULO II DO FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO CAPÍTULO III DOS AFASTAMENTOS CAPÍTULO IV DOS SALÁRIOS CAPÍTULO V DO REGIME DISCIPLINAR Seção I Das Penalidades Seção II Da Reabilitação Seção III Da Revisão

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA ANEXO I EMOLUMENTOS EXTRAJUDICIAIS (EM VIGOR A PARTIR DE 01.01.2013) TABELA "B" (Item IV) - ATOS DOS OFICIAIS DE DISTRIBUIÇÃO I - Pelo registro

Leia mais

Total (F. corrente + intermediária) 3 - SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO - PROCESSOS E DOCUMENTOS 3-1 - REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS

Total (F. corrente + intermediária) 3 - SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO - PROCESSOS E DOCUMENTOS 3-1 - REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS 3 - SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO - PROCESSOS E DOCUMENTOS 3-1 - REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS 3-1 - REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS -1-1 - -1-1-1-3-1-1 - Livros 3-1-1-1 - Livro tombo Lei

Leia mais

OFÍCIOS DE JUSTIÇA TOMO I

OFÍCIOS DE JUSTIÇA TOMO I PROVIMENTO Nº 50/89 CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA - SÃO PAULO - N O R M A S D E S E R V I Ç O OFÍCIOS DE JUSTIÇA Desembargador MILTON EVARISTO DOS SANTOS Corregedor Geral da Justiça 1989 1 PROVIMENTO Nº

Leia mais

TABELA DE EMOLUMENTOS ESTADO DO AMAZONAS

TABELA DE EMOLUMENTOS ESTADO DO AMAZONAS TABELA DE EMOLUMENTOS TABELA I - CAPITAL ATOS DOS OFÍCIOS NOTARIAIS (TABELIONATOS) Lei 2.620/00, Lei 3.257/08, Provimento 121/06, o Ato Normativo Conjunto 01/08, Lei 2.751/02 I - ESCRITURAS PÚBLICAS COM

Leia mais

Telma Sarsur Assessora jurídica da SERJUS-ANOREG/MG Especialista em Direito Público pela Universidade Gama Filho Professora do curso de pós-graduação

Telma Sarsur Assessora jurídica da SERJUS-ANOREG/MG Especialista em Direito Público pela Universidade Gama Filho Professora do curso de pós-graduação CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NAS ATIVIDADES NOTARIAL E REGISTRAL Telma Sarsur Assessora jurídica da SERJUS-ANOREG/MG Especialista em Direito Público pela Universidade Gama Filho Professora do curso

Leia mais

Seção 2 A Escrituração e Utilização dos Livros

Seção 2 A Escrituração e Utilização dos Livros Seção 2 A Escrituração e Utilização dos Livros 2.2.1 - Quando da lavratura dos atos das serventias, serão utilizados papéis com fundo inteiramente branco, salvo disposição expressa em contrário. A escrituração

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 10.035, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015.

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 10.035, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015. RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 10.035, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015. Dispõe sobre a complementação da receita a ser destinada as serventias extrajudicias deficitárias, altera a alíquota do Fundo de Compensação

Leia mais

Republicado por haver incorreção no Diário de Justiça Eletrônico - DJe do dia 23/12/2014, páginas 20 a 32.

Republicado por haver incorreção no Diário de Justiça Eletrônico - DJe do dia 23/12/2014, páginas 20 a 32. PODER JUDICIÁRIO Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco Gabinete da Presidência TABELA DE CUSTAS E EMOLUMENTOS N.º 1469 /2014 DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014 O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO

Leia mais

Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas

Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas 1 de 9 14/04/2014 14:27 Imprimir Voltar Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas Lei Ordinária nº 2751/2002 de 24/09/2002 Ementa ADAPTA a legislação estadual às normas gerais instituídas pela Lei Federal

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA A OUTORGA DE DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA A OUTORGA DE DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA A OUTORGA DE DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONCURSO DE INGRESSO - PROVIMENTO OU REMOÇÃO EDITAL Nº 025/2015 CECPODNR

Leia mais

LIII CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA OUTORGA DAS DELEGAÇÕES DAS ATIVIDADES NOTARIAIS E/OU REGISTRAIS. AVISO nº. 25/2014

LIII CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA OUTORGA DAS DELEGAÇÕES DAS ATIVIDADES NOTARIAIS E/OU REGISTRAIS. AVISO nº. 25/2014 LIII CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA OUTORGA DAS DELEGAÇÕES DAS ATIVIDADES NOTARIAIS E/OU REGISTRAIS AVISO nº. 25/2014 O Presidente da Comissão do LIII Concurso Público de Provas e Títulos para

Leia mais

Corregedoria Nacional de Justiça - Tabela de Temporalidade de Documentos

Corregedoria Nacional de Justiça - Tabela de Temporalidade de Documentos N/A 3-0 N/A 3-1 SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO PROCESSOS E DOCUMENTOS REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS N/A 3-1-1 LIVROS N/A 3-1-1-1 Livro tombo N/A 3-1-1-2 Livro de editais e proclamas N/A 3-1-1-3

Leia mais

PROVIMENTO Nº 248/2013-CGJ

PROVIMENTO Nº 248/2013-CGJ PROVIMENTO Nº 248/2013-CGJ Dispõe sobre a atualização monetária dos valores das custas judiciais e dos emolumentos dos serviços notariais e de registros públicos no Estado do Amapá, nos termos da Lei Estadual

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PODER JUDICIÁRIO

ESTADO DO MARANHÃO PODER JUDICIÁRIO ESTADO DO MARANHÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA ATO DA PRESIDÊNCIA Nº. 1226/2011 O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO MARANHÃO, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o disposto

Leia mais

ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL PARTE GERAL LIVRO I - DAS NORMAS PROCESSUAIS CIVIS TÍTULO ÚNICO - DAS NORMAS FUNDAMENTAIS E DA APLICAÇÃO DAS NORMAS PROCESSUAIS CAPÍTULO I - DAS NORMAS

Leia mais

SUPLEMENTO ESPECIAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA CORREGEDORIA-GERAL DIRETRIZES GERAIS EXTRAJUDICIAIS

SUPLEMENTO ESPECIAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA CORREGEDORIA-GERAL DIRETRIZES GERAIS EXTRAJUDICIAIS DJE. N. 229/2013 - terça-feira, 10 de dezembro de 2013 Tribunal de Justiça - RO 617 SUPLEMENTO ESPECIAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA CORREGEDORIA-GERAL DIRETRIZES GERAIS EXTRAJUDICIAIS PROVIMENTO nº 026/2013-CG

Leia mais

FUNDAÇÃO ESCOLA NORTARIAL E REGISTRAL DO RIO GRANDE DO SUL FUNDAÇÃO ENORE EDITAL

FUNDAÇÃO ESCOLA NORTARIAL E REGISTRAL DO RIO GRANDE DO SUL FUNDAÇÃO ENORE EDITAL FUNDAÇÃO ESCOLA NORTARIAL E REGISTRAL DO RIO GRANDE DO SUL FUNDAÇÃO ENORE EDITAL O Presidente da FUNDAÇÃO ENORE, no uso de suas atribuições, TORNA PÚBLICO que se encontram abertas as inscrições para docência

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO NORMATIVA NOTARIAL E REGISTRAL

CONSOLIDAÇÃO NORMATIVA NOTARIAL E REGISTRAL 1 ESTADO DE SERGIPE PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA - ESTADO DE SERGIPE CONSOLIDAÇÃO NORMATIVA NOTARIAL E REGISTRAL Instituída pelo Provimento Nº 23/2008 Desembargador LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO

Leia mais

Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro

Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro Consolidação Normativa ÍNDICE CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA 1 CONSOLIDAÇÃO NORMATIVA 1 ATUALIZADA EM 22/01/2014 1 ÍNDICE 2 CONSOLIDAÇÃO NORMATIVA

Leia mais

PROVIMENTO Nº 10, DE 07 DE MARÇO DE 2016 CÓDIGO DE NORMAS SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO DO ESTADO DO ACRE

PROVIMENTO Nº 10, DE 07 DE MARÇO DE 2016 CÓDIGO DE NORMAS SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO DO ESTADO DO ACRE PROVIMENTO Nº 10, DE 07 DE MARÇO DE 2016 CÓDIGO DE NORMAS SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO DO ESTADO DO ACRE 1 PROVIMENTO N.º 10/2016 Atualiza e revisa o Código de Normas dos Serviços Notariais e de Registro

Leia mais

113 Segunda-Feira 12 de dezembro de 2011 Edição nº 4170 D.J. ESPÍRITO SANTO

113 Segunda-Feira 12 de dezembro de 2011 Edição nº 4170 D.J. ESPÍRITO SANTO 113 Segunda-Feira 12 de dezembro de 2011 Edição nº 4170 D.J. ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA ATO Nº 2.834/12/2011 O EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR

Leia mais

\PROVIMENTO Nº 110. Seção 11 Escrituras Públicas de Inventários, Separações, Divórcios e Partilha de bens

\PROVIMENTO Nº 110. Seção 11 Escrituras Públicas de Inventários, Separações, Divórcios e Partilha de bens \PROVIMENTO Nº 110 O Desembargador LEONARDO LUSTOSA, Corregedor-Geral da Justiça do Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO: a) a Lei nº 11.441/07 que alterou o CPC, possibilitando

Leia mais

TABELA "A" - JUDICIAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

TABELA A - JUDICIAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA ANEXO DA RESOLUÇÃO Nº 19/2015 SECRETARA DE CONTAS JUDCAS E DE APOO AOS JUZADOS ESPECAS SUBSECRETARA DE CONTROLE GERAL DE CUSTAS E DE DEPÓSTOS JUDCAS REGMENTO DE CUSTAS / DECRETO-LE Nº 115/67 DEZEMBRO 2015

Leia mais

PORTARIA-CONJUNTA Nº 09/2012/TJMG/CGJ/SEF-MG

PORTARIA-CONJUNTA Nº 09/2012/TJMG/CGJ/SEF-MG Publicação: 17/04/12 DJE: 16/04/12 PORTARIA-CONJUNTA Nº 09/2012/TJMG/CGJ/SEF-MG Institui o Selo de Fiscalização Eletrônico no âmbito dos serviços notariais e de registro do Estado de Minas Gerais. O PRESIDENTE

Leia mais

TABELA 1 (R$) Taxa de Fiscalização Judiciária. Valor Final ao Usuário ATOS DO TABELIÃO DE NOTAS. Código

TABELA 1 (R$) Taxa de Fiscalização Judiciária. Valor Final ao Usuário ATOS DO TABELIÃO DE NOTAS. Código ANEXO II Códigos dos atos praticados pelos serviços notariais e de registro (a que se refere o art. 8º, inciso I, da Portaria-Conjunta nº 03/2005/TJMG/CGJ/SEF-MG, de 30 de março de 2005, com valores constantes

Leia mais

SUMÁRIO. I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1

SUMÁRIO. I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1 SUMÁRIO I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1 1 Fontes do direito processual do trabalho, 2 1.1 Fontes materiais, 2 1.2 Fontes formais, 3 1.2.1 Fontes formais diretas, 3 1.2.2 Fontes formais

Leia mais

Tabela de Emolumentos / 2014

Tabela de Emolumentos / 2014 Tabela de / 2014 Anexo Único da Portaria nº 2.992/CGJ/2013 (a que se refere o 1º do art. 2º da Lei Estadual nº 15.424, de 30 de dezembro de 2004, com alterações posteriores, atualizado nos termos do artigo

Leia mais

Corregedoria Geral da Justiça

Corregedoria Geral da Justiça ,,* Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Página 1 de 7 r Corregedoria Geral da Justiça Provimento CG. N 33/97 Regulamenta a informatização dos Ofícios de Justiça que passam a utilizar o Sistema de

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS DA OAB/RS

TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS DA OAB/RS 1. ATIVIDADES AVULSAS OU EXTRAJUDICIAIS 1.1 Consulta R$ 200,00 Consulta em condições excepcionais R$ 500,00 1.2 Hora intelectual R$ 500,00 1.3 Acompanhamento ou exame de documentos em órgão público R$

Leia mais

TABELA DE EMOLUMENTOS EXTRAJUDICIAIS LEI ESTADUAL 5.672, de 17/11/1992 Em Vigor a partir de 01/01/2014 Atualizada pelo Provimento CGJ N *

TABELA DE EMOLUMENTOS EXTRAJUDICIAIS LEI ESTADUAL 5.672, de 17/11/1992 Em Vigor a partir de 01/01/2014 Atualizada pelo Provimento CGJ N * TABELA "B" (Item IV) - ATOS DOS OFICIAIS DE DISTRIBUIÇÃO I - Pela Comunicação de Escrituras (Resolução 11/97 TJPB):... 37,46 II - Pela distribuição de títulos para protesto: 1) Valor até 72,74 0,52 2)

Leia mais

Índice Sistemático do Novo Código de Processo Civil

Índice Sistemático do Novo Código de Processo Civil Índice Sistemático do Novo Código de Processo Civil LEI CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Parte Geral Livro I DAS NORMAS PROCESSUAIS CIVIS TÍTULO ÚNICO DAS NORMAS FUNDAMENTAIS E DA APLICAÇÃO DAS NORMAS PROCESSUAIS

Leia mais

Edição nº 238/2011 Brasília - DF, disponibilização quarta-feira, 21 de dezembro de 2011. Presidência RESOLUÇÃO 16, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2011

Edição nº 238/2011 Brasília - DF, disponibilização quarta-feira, 21 de dezembro de 2011. Presidência RESOLUÇÃO 16, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2011 Presidência RESOLUÇÃO 16, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2011 O CONSELHO DA MAGSTRATURA DO TRBUNAL DE JUSTÇA DO DSTRTO FEDERAL E DOS TERRTÓROS, no uso de sua competência, prevista no art. 10, inciso do Regimento

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.278, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2009. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.278, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2009. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Page 1 of 19 RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.278, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2009. Dispõe sobre as Custas Processuais, Emolumentos, Fundo de Compensação dos Registradores Civis das Pessoas Naturais e Taxa de Fiscalização,

Leia mais

TABELA DE EMOLUMENTOS. Índice de reajuste 12,74%, conforme IPC/IEPE/UFRGS. VIGÊNCIA 01.01.2016. ANEXO LEI ESTADUAL 12.692/06

TABELA DE EMOLUMENTOS. Índice de reajuste 12,74%, conforme IPC/IEPE/UFRGS. VIGÊNCIA 01.01.2016. ANEXO LEI ESTADUAL 12.692/06 TABELA DE EMOLUMENTOS Índice de reajuste 12,74%, conforme IPC/IEPE/UFRGS. VIGÊNCIA 01.01.2016. ANEXO LEI ESTADUAL 12.692/06 EMOLUMENTOS RELATIVOS AOS SERVIÇOS DE TABELIONATO DE NOTAS 1- Escritura pública,

Leia mais

SÚMULAS ORGANIZADAS POR ASSUNTO, ANOTADAS E COMENTADAS

SÚMULAS ORGANIZADAS POR ASSUNTO, ANOTADAS E COMENTADAS SÚMULAS DO ORGANIZADAS POR ASSUNTO, ANOTADAS E COMENTADAS Superior Tribunal de Justiça Direito Administrativo Direito Civil Direito Constitucional Direito de Trânsito Direito do Consumidor Direito do Trabalho

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 006 / 2007

ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 006 / 2007 ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 006 / 2007 institui as normas a serem observadas para lavratura de escrituras públicas de separação, divórcio, inventário e

Leia mais

LEI Nº 9.492, DE 10 DE SETEMBRO DE 1997. Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I. Da Competência e das Atribuições

LEI Nº 9.492, DE 10 DE SETEMBRO DE 1997. Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I. Da Competência e das Atribuições O PRESIDENTE DA REPÚBLICA LEI Nº 9.492, DE 10 DE SETEMBRO DE 1997. Define competência, regulamenta os serviços concernentes ao protesto de títulos e outros documentos de dívida e dá outras providências.

Leia mais

República Federativa do Brasil Estado de Santa Catarina Tabela de Emolumentos do Foro Extrajudicial 2014

República Federativa do Brasil Estado de Santa Catarina Tabela de Emolumentos do Foro Extrajudicial 2014 REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS Descrição Base legal Valor R$ Registro de nascimento, casamento, óbito ou natimorto com a primeira certidão TB-V-1, I ISENTO Registro de emancipação, interdição, sentença

Leia mais

Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul Secretaria da Corregedoria-Geral de Justiça PROVIMENTO N. 14, DE 1 DE NOVEMBRO DE 2005.

Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul Secretaria da Corregedoria-Geral de Justiça PROVIMENTO N. 14, DE 1 DE NOVEMBRO DE 2005. Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul Secretaria da Corregedoria-Geral de Justiça PROVIMENTO N. 14, DE 1 DE NOVEMBRO DE 2005. Regulamenta o art. 3º da Lei n. 2.020, de 11 de novembro de 1999

Leia mais

PROVIMENTO N. 36, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009. O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso de suas atribuições e considerando:

PROVIMENTO N. 36, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009. O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso de suas atribuições e considerando: ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO N. 36, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009. Dispõe sobre a informatização das serventias extrajudiciais do Estado de Santa Catarina

Leia mais

SIGLAS E ABREVIATURAS

SIGLAS E ABREVIATURAS SIGLAS E ABREVIATURAS ABREVIATURA AFIZON AR BU CAE CE CF CGE CO CP CPC CPP CRE ELO FAE FASE GRU IP IPAJ JE LC MP OAB PETE RAE RELDIA Res. RRI SPCE TCO TE TRE TSE VC ZE NOMENCLATURA Relatório de Títulos

Leia mais

CAPÍTULO I DA FUNÇÃO CORRECIONAL

CAPÍTULO I DA FUNÇÃO CORRECIONAL CAP. I - 1 CAPÍTULO I DA FUNÇÃO CORRECIONAL 1. A função correcional consiste na fiscalização das serventias judiciais e extrajudiciais e seus serviços auxiliares, da polícia judiciária e dos presídios,

Leia mais

Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro

Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro Consolidação Normativa Atualizada em 29/10/2015 ÍNDICE LIVRO I - PARTE GERAL... 5 TÍTULO I - DA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA... 5 CAPÍTULO I -

Leia mais

LEI Nº 2.011, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2008. Publicado no Diário Oficial nº 2.801

LEI Nº 2.011, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2008. Publicado no Diário Oficial nº 2.801 LEI Nº 2.011, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2008. Publicado no Diário Oficial nº 2.801 Dispõe sobre o Selo de Fiscalização dos Serviços Extrajudiciais, institui o Fundo Especial de Compensação da Gratuidade dos

Leia mais

SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO O que você precisa saber. SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO O que você precisa saber

SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO O que você precisa saber. SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO O que você precisa saber SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO 1 SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO Cartilha Extrajudicial.p65 1 2 SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos Presidente do Egrégio Tribunal de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante INTRODUÇÃO II - DO OBJETO E DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS III - DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA IV - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII - DA DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

CÓDIGO DE NORMAS DA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE SANTA CATARINA ÍNDICE POR ARTIGOS PRIMEIRA PARTE NORMAS E FUNÇÃO CORREICIONAL

CÓDIGO DE NORMAS DA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE SANTA CATARINA ÍNDICE POR ARTIGOS PRIMEIRA PARTE NORMAS E FUNÇÃO CORREICIONAL Versão atualizada em 17/09/2013, com a Publicação do Provimento 07/2013, no Diário da Justiça Eletrônico nº 1.716 (http://app.tjsc.jus.br/consultadje/) CÓDIGO DE NORMAS DA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PIAUÍ CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 017/2013

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PIAUÍ CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 017/2013 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PIAUÍ CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 017/2013 Dispõe sobre o Código de Normas e Procedimentos dos Serviços Notariais e de Registro do Estado

Leia mais

INDÍCE SISTEMÁTICO. (Ctrl + clique com o botão esquerdo do mouse para ir até a seção desejada)

INDÍCE SISTEMÁTICO. (Ctrl + clique com o botão esquerdo do mouse para ir até a seção desejada) INDÍCE SISTEMÁTICO (Ctrl + clique com o botão esquerdo do mouse para ir até a seção desejada) CAPÍTULO 1 -DISPOSIÇÕES GERAIS SEÇÃO 1 - AS NORMAS E SUA UTILIZAÇÃO SEÇÃO 2 - FUNÇÃO CORREICIONAL SEÇÃO 3 -

Leia mais

CAPITULO I DOS EMOLUMENTOS

CAPITULO I DOS EMOLUMENTOS O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Faço saber, em cumprimento ao disposto no artigo 82, inciso IV, da Constituição do Estado, que a Assembléia Legislativa aprovou e eu sanciono e promulgo a Lei

Leia mais

CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 13/2009.

CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 13/2009. CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 13/2009. DISPÕE SOBRE ATOS DO JUIZ E ATOS ORDINATÓRIOS QUE DEVEM SER PRATICADOS PELO ESCRIVÃO, CHEFE DE SECRETARIA OU SERVIDOR DEVIDAMENTE AUTORIZADO, INDEPENDENTE

Leia mais

Tabela de Emolumentos Consulares Aprovada pela Portaria 434, de 20 julho 2010, nos termos do Art.131, 2º, da Lei 6815/80

Tabela de Emolumentos Consulares Aprovada pela Portaria 434, de 20 julho 2010, nos termos do Art.131, 2º, da Lei 6815/80 Tabela de Emolumentos Consulares Aprovada pela Portaria 434, de 20 julho 2010, nos termos do Art.131, 2º, da Lei 6815/80 Nota: 1 R$ ouro = 1 USD 100 - Documentos de viagem R$ ouro 110 - Passaporte Comum

Leia mais

Lei nº, Janeiro e dá outras providências. A Assembléia Legislativa decreta. Título I DISPOSIÇÕES GERAIS

Lei nº, Janeiro e dá outras providências. A Assembléia Legislativa decreta. Título I DISPOSIÇÕES GERAIS Lei nº, Dispõe sobre a organização judiciária do Estado do Rio de Janeiro e dá outras providências. A Assembléia Legislativa decreta Título I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Esta Lei dispõe sobre a organização

Leia mais

PROVIMENTO Nº 29/2005

PROVIMENTO Nº 29/2005 PROVIMENTO Nº 29/2005 Atualiza a disciplina da Seção IV, do Capítulo IX, do Tomo I, das Normas de Serviço da Corregedoria: subdividindo-a em Subseção I (itens 29 a 45-A) e Subseção II (itens 45-B a 45-O);

Leia mais

O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais,

O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais, RESOLUÇÃO N.º102 /97 - P.G.J. Estabelece normas para o exercício do controle externo da atividade de Polícia Judiciária pelo Ministério Público, previsto no artigo 129, inciso VII, da Constituição Federal

Leia mais

O Excelentíssimo Senhor Desembargador BERNARDINO LUZ, Corregedor-Geral da Justiça, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

O Excelentíssimo Senhor Desembargador BERNARDINO LUZ, Corregedor-Geral da Justiça, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PROVIMENTO nº 002/2011/CGJUS/TO Institui a Consolidação das Normas Gerais da Corregedoria-Geral da Justiça. O Excelentíssimo Senhor Desembargador BERNARDINO LUZ, Corregedor-Geral da Justiça, no uso de

Leia mais

DECRETO-LEI Nº 05, DE 15 DE MARÇO DE 1975. (Redação atual) INSTITUI O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

DECRETO-LEI Nº 05, DE 15 DE MARÇO DE 1975. (Redação atual) INSTITUI O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. DECRETO-LEI Nº 05, DE 15 DE MARÇO DE 1975. (Redação atual) INSTITUI O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições

Leia mais

N O R M A S D E S E R V I Ç O

N O R M A S D E S E R V I Ç O PROVIMENTO Nº 50/89 CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA - SÃO PAULO - N O R M A S D E S E R V I Ç O OFÍCIOS DE JUSTIÇA TOMO I Desembargador MILTON EVARISTO DOS SANTOS Corregedor Geral da Justiça 1989 PROVIMENTO

Leia mais

TABELA A ATOS DOS TABELIÃES. 01 ABERTURA DE FIRMA (ficha de autógrafos)... R$ 4,60

TABELA A ATOS DOS TABELIÃES. 01 ABERTURA DE FIRMA (ficha de autógrafos)... R$ 4,60 TABELA A ATOS DOS TABELIÃES 01 ABERTURA DE FIRMA (ficha de autógrafos)... R$ 4,60 02 ATAS NOTARIAIS (pela lavratura e registro, conforme a complexidade do fato observado a ser transformado em ato jurídico

Leia mais

Atos normativos pertinentes: Ofício Circular nº 032/2012 Ofício Circular nº 033/2012

Atos normativos pertinentes: Ofício Circular nº 032/2012 Ofício Circular nº 033/2012 Atos normativos pertinentes: Ofício Circular nº 032/2012 Ofício Circular nº 033/2012 O Portal do Extrajudicial é uma iniciativa inovadora da Corregedoria- Geral da Justiça do Estado de Goiás, lançado em

Leia mais

Válida até 30/03/2011

Válida até 30/03/2011 Tabela de Emolumentos / 2011 (1) Válida até 30/03/2011 Anexo da Portaria nº 1448 /CGJ/2010 (a que se refere o 1º do artigo 2º da Lei n.º 15.424, de 30 de dezembro de 2004, atualizado nos termos do artigo

Leia mais

Tabela reajustada com índice de 23,67% - INPC (NOV/2004 FEV/2009) ANEXO I TABELA I - CUSTAS PROCESSUAIS I - DEPÓSITO PRÉVIO

Tabela reajustada com índice de 23,67% - INPC (NOV/2004 FEV/2009) ANEXO I TABELA I - CUSTAS PROCESSUAIS I - DEPÓSITO PRÉVIO Tabela reajustada com índice de 23,67% - INPC (NOV/2004 FEV/2009) I - DEPÓSITO PRÉVIO ANEXO I TABELA I - CUSTAS PROCESSUAIS 1. Nas causas de valor até R$ 3.000,00 ou inestimável R$ 70,28 R$ 14,06 R$ 84,34

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS CONSELHO SUPERIOR MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 090, DE 14 DE SETEMBRO DE 2009 (D.O.U. nº 203, seção 1, págs. 104 a 117, de 23 de outubro

Leia mais

CAPÍTULO XVIII 1 DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS

CAPÍTULO XVIII 1 DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS CAPÍTULO XVIII 1 DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS SEÇÃO I 2 DA ESCRITURAÇÃO 1. É atribuição dos Oficiais do Registro Civil das Pessoas Jurídicas: a) registrar os atos constitutivos, contratos sociais

Leia mais

Regulamento Emolumentar dos Registos e do Notariado (última alteração DL 125/2006, de 29 de Junho) Artigo 1.º

Regulamento Emolumentar dos Registos e do Notariado (última alteração DL 125/2006, de 29 de Junho) Artigo 1.º DECRETO-LEI N.º 322-A/2001, DE 14 DE DEZEMBRO, QUE APROVOU O REGULAMENTO EMOLUMENTAR DOS REGISTOS E NOTARIADO Artigo 1.º Aprovação do Regulamento Emolumentar dos Registos e Notariado É aprovado o Regulamento

Leia mais

VALOR (R$) ou FORMA de CÁLCULO (Cód. Tributário RJ)

VALOR (R$) ou FORMA de CÁLCULO (Cód. Tributário RJ) TAXA JUDICIÁRIA: Classes processuais - Justiça Estadual (1º GRAU) Cód. VALOR (R$) ou FORMA de CÁLCULO (Cód. Tributário RJ) JUIZADOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE 547 Seção Cível 1385 Cartas 1450 Carta de

Leia mais

PROVIMENTO N Qoi /2013

PROVIMENTO N Qoi /2013 ANO VI - EDIÇÃO N» 1259 -SEÇÃO I DISPONIBILIZAÇÃO quinta-telra, 07/03/2013 PUBLICAÇÃO, sexta-feira. 08/03/2013 m ASSESSORIA DE ORIENTAÇÃO E CORREIÇÃO i PROVIMENTO N Qoi /2013 Reajusta as Tabelas n s I

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO TOCANTINS PROVIMENTO Nº 14/2013/CGJUS-TO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO TOCANTINS PROVIMENTO Nº 14/2013/CGJUS-TO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO TOCANTINS Palácio da Justiça Rio Tocantins, Praça dos Girassóis, sn - Bairro Centro - CEP 77015007 - Palmas - TO - http://wwa.tjto.jus.br Tribunal de Justiça Texto Original

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 425/2003 (Revogada pela Resolução nº 522/2007)

RESOLUÇÃO Nº 425/2003 (Revogada pela Resolução nº 522/2007) Publicação: 29/08/03 RESOLUÇÃO Nº 425/2003 (Revogada pela Resolução nº 522/2007) Cria a Superintendência da Gestão de Recursos Humanos, estabelece seu Regulamento e dá outras providências. A CORTE SUPERIOR

Leia mais

CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE SANTA CATARINA NÚCLEO IV - SERVENTIAS EXTRAJUDICIAIS RELATÓRIO DE INSPEÇÃO VIRTUAL N.

CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE SANTA CATARINA NÚCLEO IV - SERVENTIAS EXTRAJUDICIAIS RELATÓRIO DE INSPEÇÃO VIRTUAL N. RELATÓRIO DE INSPEÇÃO VIRTUAL N. 862/24 SERVENTIA: Rio do Sul - 3º. TABELIONATO DE NOTAS E DE PROTESTOS DE TITULOS COMARCA: Rio do Sul RESPONSÁVEL: SÉRGIO JULIAN ZANELLA MARTINEZ CARO (TITULAR) VICE-CORREGEDOR:

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN) Nº 013 / 2013

INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN) Nº 013 / 2013 O CONSELHO DIRETOR DO FUNARPEN - FUNDO DE APOIO AO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS NOS TERMOS DA LEI Nº 13.228 DE 18 DE JULHO DE 2001: CONSIDERANDO A NECESSIDADE

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás Casa do Advogado Jorge Jungmann

Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás Casa do Advogado Jorge Jungmann 1. AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA PERCENTUAL MÍNIMO VALOR MÍNIMO APROVADO 15/04/2009 Salvo disposição em contrário, em todas as ações contenciosas ou que assumam esse caráter, deverá ser cobrado o percentual

Leia mais

PROVIMENTO N 18. CONSIDERANDO a necessidade de racionalizar a tramitação de dados a cargo dos notários;

PROVIMENTO N 18. CONSIDERANDO a necessidade de racionalizar a tramitação de dados a cargo dos notários; PROVIMENTO N 18 Dispõe sobre a instituição e funcionamento da Central Notarial de Serviços Eletrônicos Compartilhados CENSEC. A CORREGEDORA NACIONAL DA JUSTIÇA, Ministra ELIANA CALMON, no uso de suas atribuições

Leia mais

Apresentação. O Cartório de Registro de Imóveis

Apresentação. O Cartório de Registro de Imóveis Apresentação O Cartório de Registro de Imóveis A Corregedoria da Justiça apresenta aos cidadãos do Distrito Federal a série Conversando Sobre Cartórios, onde as dúvidas mais freqüentes são respondidas

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATO TEMPORÁRIO - 01/2014

EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATO TEMPORÁRIO - 01/2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATO TEMPORÁRIO - 01/2014 A Câmara Municipal de Itapoá, torna pública a abertura das inscrições e estabelece normas relativas à realização de Processo Seletivo Simplificado destinado

Leia mais

Sumário. 00_abertura_Direito das Sucessoes_Dimas.pmd11

Sumário. 00_abertura_Direito das Sucessoes_Dimas.pmd11 Sumário Apresentação... 17 Prefácio... 21 1- INTRODUÇÃO... 25 1.1- Histórico... 25 1.2- Acepção jurídica de sucessão... 26 2- TRANSMISSÃO DA HERANÇA/VOCAÇÃO HEREDITÁRIA... 31 3- HERANÇA JACENTE... 35 4-

Leia mais

LEI Nº 935 /2010. Art. 1º. Esta Lei dispõe sobre a Estrutura Administrativa da Câmara Municipal de Piranguçu. TÍTULO I DA ESTRUTURA ADMINSTRATIVA

LEI Nº 935 /2010. Art. 1º. Esta Lei dispõe sobre a Estrutura Administrativa da Câmara Municipal de Piranguçu. TÍTULO I DA ESTRUTURA ADMINSTRATIVA LEI Nº 935 /2010 Dispõe sobre a Estrutura Administrativa da Câmara Municipal de Piranguçu. O Povo do Município de Piranguçu, por seus representantes na Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA VARA DO ÚNICO OFÍCIO DE BOCA DA MATA EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS

ESTADO DE ALAGOAS PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA VARA DO ÚNICO OFÍCIO DE BOCA DA MATA EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS ESTADO DE ALAGOAS PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA VARA DO ÚNICO OFÍCIO DE BOCA DA MATA EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS O Doutor ANDRÉ GUASTI MOTTA, MM Juiz de Direito Titular da Comarca de Boca da

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica Psicologia Jurídica. Psicologia Jurídica, Forense, Judiciária e Criminal

Pontifícia Universidade Católica Psicologia Jurídica. Psicologia Jurídica, Forense, Judiciária e Criminal Pontifícia Universidade Católica Psicologia Jurídica Psicologia Jurídica, Forense, Judiciária e Criminal A Psicologia Jurídica corresponde a toda aplicação do saber psicológico às questões relacionadas

Leia mais

PROVIMENTO N. 1, DE 27 DE JANEIRO DE 2003. Dispõe sobre a atualização do Código de Normas da Corregedoria-Geral de Justiça e dá outras providências.

PROVIMENTO N. 1, DE 27 DE JANEIRO DE 2003. Dispõe sobre a atualização do Código de Normas da Corregedoria-Geral de Justiça e dá outras providências. PROVIMENTO N. 1, DE 27 DE JANEIRO DE 2003 Dispõe sobre a atualização do Código de Normas da Corregedoria-Geral de Justiça e dá outras providências. O DESEMBARGADOR JOSUÉ DE OLIVEIRA, CORREGEDOR-GERAL DE

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO NORMATIVA NOTARIAL E REGISTRAL

CONSOLIDAÇÃO NORMATIVA NOTARIAL E REGISTRAL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL P O D E R J U D I C I Á R I O CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA CONSOLIDAÇÃO NORMATIVA NOTARIAL E REGISTRAL CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA INSTITUÍDA PELO PROVIMENTO Nº 32/06-CGJ

Leia mais

Houve reuniões com as entidades de classe dos notários e registradores, que também se manifestaram por escrito.

Houve reuniões com as entidades de classe dos notários e registradores, que também se manifestaram por escrito. Disponibilização: quinta-feira, 18 de setembro de 2014 Diário da Justiça Eletrônico - Caderno Administrativo São Paulo, Ano VII - Edição 1736 13 DICOGE 5.1 PROCESSO Nº 2012/117706 SÃO PAULO CORREGEDORIA

Leia mais

TABELIONATO DE PROTESTO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE DÍVIDA. Comarca: Entrância: Juiz(a) Diretor(a) do Foro: Município/Distrito: Serventia:

TABELIONATO DE PROTESTO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE DÍVIDA. Comarca: Entrância: Juiz(a) Diretor(a) do Foro: Município/Distrito: Serventia: TABELIONATO DE PROTESTO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE DÍVIDA Comarca: Entrância: Juiz(a) Diretor(a) do Foro: Município/Distrito: Serventia: Titular/Responsável: Substituto: CABEÇALHO Data da correição: Horário

Leia mais

EMOLUMENTOS. João Figueiredo Ferreira Tabelião de Protesto www.2tab.not.br jff@2tab.not.br

EMOLUMENTOS. João Figueiredo Ferreira Tabelião de Protesto www.2tab.not.br jff@2tab.not.br EMOLUMENTOS João Figueiredo Ferreira Tabelião de Protesto www.2tab.not.br jff@2tab.not.br CONSTITUIÇÃO FEDERAL Lei federal estabelecerá normas gerais para fixação de emolumentos relativos aos atos praticados

Leia mais

Índice. Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159

Índice. Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159 5 Índice Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159 S 163 ANEXO QUADROS DE CORRESPONDÊNCIA A QUE SE REFERE O ARTIGO 5.º DO

Leia mais

REGULAMENTO DO ESCRITÓRIO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA NÚCLEO DE PRÁTICA JURIDICA

REGULAMENTO DO ESCRITÓRIO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA NÚCLEO DE PRÁTICA JURIDICA REGULAMENTO DO ESCRITÓRIO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA NÚCLEO DE PRÁTICA JURIDICA REITOR Prof. Antonio Roberto Ezau dos Santos PRÓ-REITOR ACADÊMICO Prof. Ms. José Lazaro de Souza PRÓ-REITOR ADMINISTRATIVO E

Leia mais

PROVIMENTO Nº 34. O CORREGEDOR NACIONAL DE JUSTIÇA em substituição, no uso de suas atribuições legais e constitucionais;

PROVIMENTO Nº 34. O CORREGEDOR NACIONAL DE JUSTIÇA em substituição, no uso de suas atribuições legais e constitucionais; PROVIMENTO Nº 34 Disciplina a manutenção e escrituração de Livro Diário Auxiliar pelos titulares de delegações e pelos responsáveis interinamente por delegações vagas do serviço extrajudicial de notas

Leia mais

CURSO BREVE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE ACESSO À CÂMARA DOS SOLICITADORES

CURSO BREVE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE ACESSO À CÂMARA DOS SOLICITADORES CURSO BREVE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE ACESSO À CÂMARA DOS SOLICITADORES CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1 - DIREITO CIVIL - 6h I SUCESSÕES - A partilha em vida o contrato de doação - A sucessão legal - Capacidade

Leia mais

www.apostilaeletronica.com.br

www.apostilaeletronica.com.br DIREITO CIVIL I. Lei de Introdução às Normas de Direito Brasileiro... 002 II. Pessoas Naturais e Pessoas Jurídicas... 013 III. Domicílio e Bens... 025 IV. Dos Fatos Jurídicos... 030 V. Prescrição e Decadência...

Leia mais

Total (F. corrente + intermediária) Permanente X Lei nº 6015/73.

Total (F. corrente + intermediária) Permanente X Lei nº 6015/73. 3 - SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO - PROCESSOS E DOCUMENTOS 3-1 - REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS 3-1 - REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS 3-1-1-3-1-1-1-3-1-1 - Livros 3-1-1-1 - Livro tombo Permanente

Leia mais

Apresentação. O Cartório de Notas

Apresentação. O Cartório de Notas Apresentação O Cartório de Notas A Corregedoria da Justiça apresenta aos cidadãos do Distrito Federal a série Conversando Sobre Cartórios, onde as dúvidas mais freqüentes são respondidas em linguagem clara

Leia mais

PROVIMENTO Nº 12/2012 - CGJ

PROVIMENTO Nº 12/2012 - CGJ PROVIMENTO Nº 12/2012 - CGJ O Excelentíssimo Senhor Corregedor Geral da Justiça do Estado de Mato Grosso no uso de suas atribuições legais previstas nos artigos 31 e 39, alínea c, do Código de Organização

Leia mais

MANUAL EXPLICATIVO DOS CAMPOS DOS ATOS DO SELO DIGITAL VERSÃO 2.0

MANUAL EXPLICATIVO DOS CAMPOS DOS ATOS DO SELO DIGITAL VERSÃO 2.0 MANUAL EXPLICATIVO DOS CAMPOS DOS ATOS DO SELO DIGITAL VERSÃO 2.0 Documento destinado à explicação detalhada da cada campo integrante dos modelos dos atos do Selo Digital versão 2.0, com enfoque para a

Leia mais

Procuradoria Geral de Justiça, em Natal (RN), 08 de junho de 2011.

Procuradoria Geral de Justiça, em Natal (RN), 08 de junho de 2011. MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA R E S O L U Ç Ã O Nº 074/2011-PGJ.* O PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das atribuições

Leia mais

CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 03, DE 19 FEVEREIRO DE 2013.

CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 03, DE 19 FEVEREIRO DE 2013. PROVIMENTO Nº 03, DE 19 FEVEREIRO DE 2013. Dispõe sobre o procedimento das hastas públicas unificadas no âmbito do Poder Judiciário do Estado de Alagoas. O Desembargador ALCIDES GUSMÃO DA SILVA, Corregedor

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 26/2012/CM

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 26/2012/CM PROVIMENTO N. 26/2012/CM Dispõe sobre o credenciamento para a prestação de serviços especializados das áreas de Assistência Social, Psicologia, Enfermagem e Médica, no âmbito da Justiça de Primeira Instância

Leia mais

1. Registro com valor declarado DISCRIMINAÇÃO (R$) OFICIAL ESTADO CARTEIRA REG CIVIL T JUSTIÇA TOTAL

1. Registro com valor declarado DISCRIMINAÇÃO (R$) OFICIAL ESTADO CARTEIRA REG CIVIL T JUSTIÇA TOTAL 1. Registro com valor declarado a De até 986,00 66,70 18,96 14,04 3,51 3,51 106,72 b 986,01 até 2.462,00 107,03 30,43 22,53 5,63 5,63 171,25 c 2.462,01 até 4.104,00 192,01 54,57 40,42 10,11 10,11 307,22

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO CUNI Nº 024, DE 8 DE MAIO DE 2012 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS, no uso de suas atribuições

Leia mais

Resolução CPJ nº.014/2011

Resolução CPJ nº.014/2011 Ministério Público do Estado da Paraíba Colégio de Procuradores de Justiça Resolução CPJ nº.014/2011 Regulamenta a instalação e o funcionamento no âmbito do Ministério Público Estadual do Núcleo de Controle

Leia mais

TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS

TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo - ARISP. Em vigor a partir de 8 de janeiro de 2010. Lei Estadual

Leia mais