ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS REGRAS 2016 Ensino Fundamental e Ensino Médio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS REGRAS 2016 Ensino Fundamental e Ensino Médio"

Transcrição

1 ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS REGRAS 2016 Ensino Fundamental e Ensino Médio O Manual de Orientações Pedagógicas visa fornecer informações importantes sobre a organização, estrutura e programação das séries, a fim de promover o bom aproveitamento do ano letivo e possibilitar ao aluno e a família a compreensão em relação à proposta pedagógica da escola. AGENDA ESCOLAR A agenda escolar personalizada, de uso obrigatório, é um instrumento de comunicação entre a família e a Escola e deverá ser verificada diariamente pelos responsáveis dos alunos, devendo retornar devidamente assinada, quando houver comunicados. É de compromisso do aluno zelar pela apresentação, preservação e identificação da agenda escolar. Ela deve ser utilizada exclusivamente para os fins escolares previstos. Não será permitido o uso de figurinhas ou adesivos na agenda e em outros materiais de uso escolar. Em caso de extravio ou perda, o aluno deverá adquirir outra agenda no Colégio mediante pagamento na secretaria. UNIFORME ESCOLAR O uso do uniforme é obrigatório; as peças devem ser identificadas com nome e série do aluno. Compreende-se por uniforme o conjunto composto por camiseta, calça ou bermuda e agasalho. Em dias de muito frio, o aluno pode vestir outro blusão sem marcas, logotipos de times e outros, desde que esteja usando a camiseta e o blusão da escola também. O tênis oferece conforto e segurança aos alunos, portanto não será permitido um tipo de calçado diferente. Não será permitido o uso de bijuterias, joias ou acessórios, pelos quais o Colégio não se responsabiliza por eles. 1

2 ENTRADA E SAÍDA HORÁRIOS MANHÃ TARDE Ensino Fundamental I 2 ao 5º ano 7h30 às 12h 13h15 às 17h45 Ensino Fundamental II 6 ao 9 ano 6h55 às 12h15 13h15 às 18h30 Médio 1 ao 3 ano 6h55 às 13h10 Importante: Os horários de saída são escalonados por ordem de classe (somente para o Ensino Fundamental I) Saídas sem o Responsável: o aluno que não depende de seus pais para deixar a escola após o término do período escolar, deverá trazer a ficha de saúde (em impresso próprio, fornecido no início das aulas) assinada pelo Pai ou Responsável. Somente os alunos do Ensino Fundamental, que estão autorizados pelos pais a saírem sozinhos, devem apresentar diariamente a CARTEIRINHA DE SAÍDA. Os horários de entrada e saída devem ser respeitados, pois possibilitam maior segurança ao aluno. Portanto, não será permitido os alunos esperarem os responsáveis nas dependências da escola após o horário. O responsável deverá preencher uma ficha na secretaria para o aluno que precisar aguardar a saída do irmão no pátio do Colégio. Em caso de extrema necessidade, a retirada antecipada do aluno só será permitida mediante justificativa por escrito via agenda, durante a troca de aula e autorização da coordenação. O aluno só sairá da escola acompanhado por um responsável autorizado na ficha de saúde. Não será aceita autorização de saída via telefone. 2

3 ATRASOS Há tolerância de até 15 (quinze) minutos do início da 1ª aula para ingressar à escola. Se o aluno chegar dentro do tempo de tolerância será considerado atraso e assistirá à aula a partir do 2º horário. O aluno poderá ter até 3 (três) atrasos por bimestre. A partir do 4º atraso ou após os 15 (quinze) minutos de tolerância, mesmo não tendo ultrapassado os 3 (três) atrasos permitidos por bimestre, será dispensado das aulas do dia e o responsável comunicado. MATERIAL DIDÁTICO O bom desenvolvimento e o aproveitamento das aulas dependem da utilização correta do material didático que é composto de apostila, livros, cadernos, agenda, estojo, dicionário e atlas, portanto o responsável pelo aluno deve providenciar esses materiais. DISCIPLINA O Colégio implanta uma disciplina séria e compreensiva, mas sem tolerância para abusos ou contestações infundadas. Os alunos devem respeitar colegas, professores e funcionários. Não serão toleradas brigas ou atos de violência entre nossos alunos, seja dentro ou fora do Colégio. O aluno deverá cooperar com a limpeza e conservação dos recursos do Colégio, portanto qualquer dano, depredação ou falta que ocorrer contra o patrimônio da escola será pago pelo responsável do aluno causador. É vedado ao aluno arrecadar dinheiro, vender rifas e promover excursões. Com o objetivo de desenvolver a responsabilidade dos alunos não serão aceitos na secretaria trabalhos, materiais, lanches esquecidos em casa ou dinheiro. O aluno não poderá utilizar durante as aulas e provas qualquer aparelho eletrônico (celular, smartphone, tablets, fones de ouvido e outros) mesmo que seja para enviar ou receber 3

4 mensagens não sonoras. O Colégio não se responsabilizará pelo extravio de objetos não permitidos. Aproveitar o tempo da aula destinado para realização de exercícios e trabalhos para esclarecer suas dúvidas com o professor. Quando faltar, deve informar-se sobre conteúdo, tarefas dadas, data de provas, entrega de trabalhos, etc, pois será cobrado normalmente. O aluno deverá ter uma participação ativa nas aulas: ouvir o professor com atenção, anotar e expor suas dúvidas. Exercícios, trabalhos, pesquisa, tudo objetiva o melhor desempenho do aluno e é obrigatório o cumprimento de tais tarefas. Pesquisas realizadas reproduzidas da Internet, ou por terceiros, não serão reconhecidas como válidas. Todos os trabalhos em grupo são desenvolvidos em sala de aula, portanto não há trabalho em grupo fora do colégio. Não usar boné, gorro, lenço ou capuz dentro da escola. Não comer, beber, mascar chicletes ou chupar pirulitos durante as aulas. É proibido entrar ou sair da sala de aula sem a permissão do professor. Manifestação de namoro como beijar, abraçar calorosamente, sentar no colo entre outras não são permitidas no ambiente escolar. Fica proibido fazer gravações de qualquer natureza, principalmente em sala de aula, sem prévia autorização da escola. Segundo o Regimento Escolar, em seu Artigo 22, parágrafo 1º, as sanções previstas caso haja, por parte do aluno, a incidência em faltas disciplinares, respeitadas as normas legais são: I. Admoestação Verbal; II. A advertência por escrito, limitada a três, que será aplicada nos casos de descumprimento das normas regimentais; III. A suspensão, limitada a três dias, será aplicada nos casos de reincidência da inobservância dos deveres e daquilo que é vedado estipulado em regimento escolar; 4

5 IV. Transferência compulsória será aplicada nos casos em que o Conselho de Classe e Séries classificar como falta grave à conduta do aluno. Obs.: As sanções serão aplicadas não necessariamente, nessa ordem, conforme a gravidade da falta, de acordo com o Conselho será decidido as providências necessárias. As suspensões aplicadas sempre serão cumpridas a partir do momento da ocorrência e no(s) dia(s) útil(eis) subsequente(s) mesmo que afetem dias de avaliação da aprendizagem. Nestes casos não será concedida 2ª chamada, sob nenhuma hipótese. COMPETÊNCIA ADMINISTRATIVO/PEDAGÓGICA Os responsáveis pela guarda e pelo financeiro devem ter sempre presente que são colaboradores de tarefa educativa, não lhes competindo interferir nas decisões sobre a organização, administração e nem nas técnicas didáticas docentes. RESPONSABILIDADE DIGITAL REDES SOCIAIS Diante das consequências advindas da nova realidade da sociedade digital, a escola não compactua, não autoriza e não se responsabiliza pelo uso indevido de dispositivos tecnológicos, dentro ou fora do colégio, que possam de alguma forma, causar dano à própria escola ou a quem quer que seja. PROCESSO DE AVALIAÇÃO Em conformidade com o projeto pedagógico do Colégio Pan Terra, o ano letivo é composto por quatro bimestres, sendo que para ser aprovado, cada aluno deverá obter no mínimo 20 pontos, em cada disciplina, no decorrer do ano letivo. LIÇÃO DE CASA As lições de casa são uma continuidade das atividades em sala de aula e representam um compromisso do aluno com seus professores. Devem ser entregues na data agendada pelo professor. Sempre que possível, devem ser realizadas no dia em 5

6 que foram dadas. As lições têm por objetivo desenvolver a capacidade de ler, interpretar, aplicar dados, opinar e argumentar. Devem exercitar a habilidade de aplicação do conhecimento em diferentes situações com crescente compreensão e dificuldade. A lição é um preparo para o hábito de estudo diário. Incentive seu (sua) filho(a) a fazer perguntas sobre suas dificuldades, em vez de depender da presença constante do adulto para a realização da lição. PROVAS SUBSTITUTIVAS O aluno que estiver ausente em provas por problemas de saúde deverá entregar o respectivo atestado médico no prazo máximo de 48h. Somente serão aceitos atestados referentes aos casos de urgência ou emergência. Não são consideradas urgência e emergência: consultas médicas, odontológica e realização de exames. Lembramos que as provas são programadas e comunicadas com antecedência. Caso o aluno não apresente atestado, deverá pagar uma taxa no valor de R$ 50,00 por prova para realizar a prova substitutiva. Não há possibilidade de antecipar a aplicação de provas em nenhum caso. As provas substitutivas serão realizadas aos sábados às 7 horas. REUNIÃO DE PAIS E MESTRES Ao longo do ano ocorrerão quatro reuniões de classe previamente agendadas. A participação dos pais é obrigatória, pois mostra um panorama do que o filho vivencia durante o ano escolar. Nas reuniões serão abordadas questões pedagógicas, currículo e questões do dia a dia escolar. ATENDIMENTO AOS PAIS O Colégio disponibilizará horários para atendimento individualizado, sendo os responsáveis convocados. As reuniões com professores ou coordenadores poderão ser solicitadas pelos pais com agendamento prévio via telefone ou agenda. 6

7 OBJETOS PESSOAIS Se algum material ficar esquecido na escola, o aluno deverá comunicar às inspetoras que o procurará e se localizado, será devolvido. É importante ressaltar que a escola é um ambiente coletivo, compartilhado por um grupo grande de crianças e adolescentes, portanto, o Colégio não se responsabilizará por perda, furto ou danos de celulares, aparelhos eletrônicos, uniforme escolar e demais artigos pessoais dos alunos, por isso pedimos que não sejam enviados nenhum tipo de objeto desnecessário à aprendizagem. CELULAR Os celulares deverão PERMANECER DESLIGADOS durante as aulas, impreterivelmente, conforme Lei Municipal 132/07 e Lei Estadual Caso o aluno seja flagrado utilizando o aparelho para quaisquer fins (incluindo relógio, calendário, calculadora, etc.), o mesmo poderá ser recolhido pelo professor, só podendo ser retirado na escola PELO RESPONSÁVEL. ALIMENTAÇÃO Com o objetivo de garantir uma alimentação saudável recomendamos sucos, lanches naturais, frutas que farão bem à saúde do aluno. Evitar enviar salgadinhos e refrigerantes. A cantina da escola acompanha essa proposta e disponibiliza alimentos saudáveis e nutritivos. SAÚDE NA ESCOLA Para frequentar as aulas é necessário que o aluno esteja em boas condições de saúde. Caso apresente sinais de doença infectocontagiosa, ou exija maiores cuidados, deverá permanecer em casa até que se restabeleça. Se o aluno passar mal na escola, o responsável será comunicado imediatamente para retirá-lo e tomar as devidas providências. 7

8 Administrar medicamentos é um procedimento que deverá ser evitado durante o período escolar, porém, se muito necessário, enviar o remédio devidamente identificado com o nome completo do aluno. O responsável deverá colar a receita médica na agenda e anotar os horários em que a medicação será ministrada. AULA EXTRACURRICULAR Para participar das aulas extracurriculares além do pai/responsável estar em dia com as obrigações financeiras deverá estar ciente e de acordo com as regras específicas no ato da inscrição. TRANSPORTE ESCOLAR O Colégio não possui transporte próprio. Para contratar o serviço sugerimos que os pais entrem em contato com os transportadores que prestam esse serviço. Cabe aos pais escolherem bem o prestador de serviços que garanta o horário de entrada e saída para as aulas, a segurança e o bem-estar dos seus filhos. TRÂNSITO O trânsito na porta do Colégio, nos horários de entrada e saída, é um grande problema a ser enfrentado, por isso os pais devem estacionar o carro e levar o filho ao portão do Colégio, não parar em fila dupla e respeitar as vagas para o transporte escolar. PORTARIA Não é responsabilidade dos inspetores e porteiros chamar os alunos na escola e levá-los ao veículo (ou vice-versa). SECRETARIA Horário de funcionamento da Secretaria: 2ª a 6ª feira das 8h às 18h. 8

ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS REGRAS 2016. EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 ANO

ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS REGRAS 2016. EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 ANO ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS REGRAS 2016 EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 ANO O Manual de Orientações Pedagógicas visa fornecer informações importantes sobre a organização, estrutura e programação das séries, a fim de

Leia mais

NORMAS DE CONVIVÊNCIA

NORMAS DE CONVIVÊNCIA NORMAS DE CONVIVÊNCIA Prezado aluno, Através deste manual, que deve ser consultado sempre que necessário, você terá acesso a informações sobre a estrutura e funcionamento do colégio e sobre os procedimentos

Leia mais

Rotinas e Regras Ensino Fundamental II e Ensino Médio

Rotinas e Regras Ensino Fundamental II e Ensino Médio SUMÁRIO A comunicação Escola e Família...2 Rotina escolar...2 Horário das aulas...3 Atrasos e horários de entrada e saída...3 I. Entrada...3 II. Saída...3 III. Saídas antecipadas...3 Faltas...4 Provas

Leia mais

Orientações gerais para as famílias. Ensino Médio

Orientações gerais para as famílias. Ensino Médio 2015 Orientações gerais para as famílias Ensino Médio EQUIPE PEDAGÓGICA Prezados Pais, Favorecer o autodesenvolvimento: é esse o objetivo da Educação. Aprende-se melhor num ambiente de harmonia, de equilíbrio

Leia mais

MANUAL DO ALUNO - 2016

MANUAL DO ALUNO - 2016 Prezados Pais, Responsáveis e Alunos. MANUAL DO ALUNO - 2016 Através deste manual, que poderá ser consultado sempre que necessário, os Senhores têm andamento do Ano letivo de 2016. Sempre que houver dúvidas,

Leia mais

----------- Entrada Manhã 6h40min às 7h10min Saída Manhã 12h30min - 13h30min 12h30min - 13h30min 12h30min - 13h30min. Todos os alunos da manhã

----------- Entrada Manhã 6h40min às 7h10min Saída Manhã 12h30min - 13h30min 12h30min - 13h30min 12h30min - 13h30min. Todos os alunos da manhã ----------- 1. HORÁRIOS O expediente no Colégio inicia-se às 6h45min e encerra-se às 18h. Informamos aos senhores responsáveis que após as 18h, o colégio não dispõe de funcionários para supervisionar alunos.

Leia mais

ESCOLA OFFICINA DO SABER. DIREITOS E DEVERES DO ALUNO (Texto retirado do Regimento Escolar)

ESCOLA OFFICINA DO SABER. DIREITOS E DEVERES DO ALUNO (Texto retirado do Regimento Escolar) ESCOLA OFFICINA DO SABER DIREITOS E DEVERES DO ALUNO (Texto retirado do Regimento Escolar) O aluno, razão de ser da escola, tendo em vista o seu próprio crescimento e o dos seus colegas, procurará sempre

Leia mais

Colégio São Francisco Circ. nº. 001/16 1. AGENDA ESCOLAR 2. HORÁRIO a) Educação Infantil b) Ensino Fundamental I Ensino Fundamental II Ensino Médio

Colégio São Francisco Circ. nº. 001/16 1. AGENDA ESCOLAR 2. HORÁRIO a) Educação Infantil b) Ensino Fundamental I Ensino Fundamental II Ensino Médio Colégio São Francisco Circ. nº. 001/16 Senhores pais/responsáveis: Estamos iniciando mais um ano letivo. Este ano completamos 25 anos de trabalho e parceria com toda a comunidade escolar. Nestes 25 anos

Leia mais

MANUAL DO ALUNO Edição - 2015 Colégio Viva Vida

MANUAL DO ALUNO Edição - 2015 Colégio Viva Vida MANUAL DO ALUNO Edição - 2015 Colégio Viva Vida ÍNDICE Apresentação... Descrição física da Escola... Secretaria... Biblioteca... Laboratório de informática... Laboratório de ciências... Sala multimídia...

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Ano Letivo

MANUAL DO ALUNO. Ano Letivo Sistema Mackenzie de Ensino MANUAL DO ALUNO Ano Letivo 2016 Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança.

Leia mais

M.A.P.A. 2014. ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano)

M.A.P.A. 2014. ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano) M.A.P.A. 2014 MANUAL DE APOIO A PAIS E ALUNOS ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano) Organização Curricular Língua Portuguesa Matemática Ciências História Geografia Ciências Sociais Arte Educação Física

Leia mais

Estes que devem ser cultivados e cumpridos tanto pela família quanto pela escola, por isso seguem algumas orientações para casos específicos.

Estes que devem ser cultivados e cumpridos tanto pela família quanto pela escola, por isso seguem algumas orientações para casos específicos. ENSINO FUNDAMENTAL 1 NECESSIDADE DE REGRAS Para organização e convivência em qualquer segmento da sociedade se faz necessário a construção de regras que assegurem aos cidadãos tranquilidade e satisfação,

Leia mais

Orientações Gerais de Acordo com o Regimento Escolar (parecer favorável do COMED 006/05)

Orientações Gerais de Acordo com o Regimento Escolar (parecer favorável do COMED 006/05) Orientações Gerais de Acordo com o Regimento Escolar (parecer favorável do COMED 006/05) Dos Discentes Todos os alunos matriculados na Unidade Escolar integram o corpo discente tendo o DIREITO de: Valer-se

Leia mais

Educando corações novos, para um mundo novo MANUAL DE NORMAS DISCIPLINARES. Educação Infantil, Ensino Fundamental (I e II) e Ensino Médio

Educando corações novos, para um mundo novo MANUAL DE NORMAS DISCIPLINARES. Educação Infantil, Ensino Fundamental (I e II) e Ensino Médio Educando corações novos, para um mundo novo MANUAL DE NORMAS DISCIPLINARES Educação Infantil, Ensino Fundamental (I e II) e Ensino Médio Horários de Entrada e Saída: Educação Infantil e Ensino Fundamental

Leia mais

COLÉGIO ACLIMAÇÃO Normas Internas 2016 *Objetivos Gerais: Instalações:

COLÉGIO ACLIMAÇÃO Normas Internas 2016 *Objetivos Gerais: Instalações: COLÉGIO ACLIMAÇÃO Razão: Ensino Infantil e Fundamental W A C S/C Ltda. CNPJ: 05.337.280/0001-41 Tel: 11 3341-1329 Fax: 11 3271-7424 Rua Teodureto Souto, 970 Aclimação CEP: 01539-000 São Paulo SP. www.colegioaclimacao.com.br

Leia mais

NORMAS E FUNCIONAMENTO

NORMAS E FUNCIONAMENTO NORMAS E FUNCIONAMENTO I HORÁRIOS: Das 8h às 11h50min e das 13h às 16h50min para os matriculados em meio período. Os demais períodos são atendidos, conforme a carga horária, dentro do período das 07h às

Leia mais

REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS. Art. 2º As Bibliotecas da Univás estão a serviço da comunidade, oferecendo aos usuários:

REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS. Art. 2º As Bibliotecas da Univás estão a serviço da comunidade, oferecendo aos usuários: REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1 Este Regulamento normatiza o funcionamento das Bibliotecas da Universidade do Vale do Sapucaí Univás, mantida pela Fundação de Ensino Superior

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO COTIDIANO E ROTINA ESCOLAR ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano) E MÉDIO

ORGANIZAÇÃO DO COTIDIANO E ROTINA ESCOLAR ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano) E MÉDIO ORGANIZAÇÃO DO COTIDIANO E ROTINA ESCOLAR ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano) E MÉDIO Neste texto, encontram-se instruções sobre horários, atrasos, uniformes, faltas; processo de avaliação, recuperação

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES 1) DO ACESSO E DO FUNCIONAMENTO 1.1) Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h50min. 1.2) Quem pode usar a Biblioteca: I. Alunos regularmente

Leia mais

SER / SOCIEDADE EDUCACIONAL ROCHA

SER / SOCIEDADE EDUCACIONAL ROCHA SER / SOCIEDADE EDUCACIONAL ROCHA Prezados Pais, Responsáveis e Alunos Recomendamos a todos que leiam com atenção cada uma destas orientações, pois os pais e responsáveis dos alunos matriculados no SER

Leia mais

COLÉGIO ACLIMAÇÃO Normas Internas / 2013

COLÉGIO ACLIMAÇÃO Normas Internas / 2013 COLÉGIO ACLIMAÇÃO Normas Internas / 2013 Normas Internas 2013 *Objetivos Gerais: Nosso objetivo á desenvolver a construção do conhecimento das competências e habilidades, a formação dos valores éticos

Leia mais

MANUAL DO ALUNO NORMAS E PROCEDIMENTOS

MANUAL DO ALUNO NORMAS E PROCEDIMENTOS MANUAL DO ALUNO NORMAS E PROCEDIMENTOS 2014 INDÍCE 1-APRESENTAÇÃO ------------------------------------------------------------------------------------------ 3 2-ORGANIZAÇÃO CURRICULAR ------------------------------------------------------------------------

Leia mais

GUIA DO ALUNO. INICIAÇÃO PROFISSIONAL, APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL e HABILITAÇÃO TÉCNICA

GUIA DO ALUNO. INICIAÇÃO PROFISSIONAL, APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL e HABILITAÇÃO TÉCNICA GUIA DO ALUNO INICIAÇÃO PROFISSIONAL, APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL e HABILITAÇÃO TÉCNICA 2015 APRESENTAÇÃO No cumprimento de sua Missão, o SENAI-RS promove a educação para o

Leia mais

O uniforme identifica o aluno, por isso sempre que vier ao Colégio, o aluno deverá se apresentar completamente uniformizado.

O uniforme identifica o aluno, por isso sempre que vier ao Colégio, o aluno deverá se apresentar completamente uniformizado. INFORMATIVO PARA MATRICULA -2015 Seguem, abaixo, algumas informações necessárias que visam a maiores esclarecimentos quanto ao uso do uniforme, horário, transporte escolar, agenda, material escolar, atendimento

Leia mais

CRUZ AZUL DE SÃO PAULO

CRUZ AZUL DE SÃO PAULO 1. TABELA DE SERVIÇOS INSTRUÇÕES DA ESCOLA PERMANÊNCIA (pós-horário) (1) R$ 27,40 LANCHE DIÁRIO avulso (2) R$ 4,40 ALMOÇO DIÁRIO avulso (2) R$ 7,70 CONTRATO DE REFEIÇÃO MENSAL ALMOÇO (2) R$ 161,00 CONTRATO

Leia mais

ser tratado com respeito, atenção e urbanidade pelos diretores, professores, funcionários do Amplo e colegas;

ser tratado com respeito, atenção e urbanidade pelos diretores, professores, funcionários do Amplo e colegas; TERCEIRÃO 2016 DIREITOS DO ALUNO São direitos do aluno matriculado no Colégio Amplo, além dos previstos no Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e em outros tópicos deste manual: ser tratado com

Leia mais

Orientações 2012 1. HORÁRIO DE INÍCIO E TÉRMINO DAS AULAS

Orientações 2012 1. HORÁRIO DE INÍCIO E TÉRMINO DAS AULAS COLÉGIO CAETANO CAPRÍCIO Rua Manoel Valim, 639 - Vila Aparecida CEP 14401-255 Franca /SP Telefone: (16) 3724-2999 www.caetanocapricio.com.br caetanocapricio@caetanocapricio.com.br Orientações 2012 Nossa

Leia mais

MANUAL DO ALUNO DA ED. INFANTIL

MANUAL DO ALUNO DA ED. INFANTIL MANUAL DO ALUNO DA ED. INFANTIL SENHORES PAIS, RESPONSÁVEIS, Agradecemos a todas as famílias a confiança que têm depositado no projeto de Educação do Colégio CAFA. O MANUAL DO ALUNO é uma coletânea de

Leia mais

O Colégio Oswald de Andrade lhes deseja boas-vindas para mais um ano de trabalho.

O Colégio Oswald de Andrade lhes deseja boas-vindas para mais um ano de trabalho. Unidade Girassol G5 - EI 1 o ao 5 o ano - EF I Caras famílias, O Colégio Oswald de Andrade lhes deseja boas-vindas para mais um ano de trabalho. Para facilitar a comunicação e o esclarecimento de algumas

Leia mais

Com alegria e gratidão pela caminhada de 2015.

Com alegria e gratidão pela caminhada de 2015. Circular: Matrícula 2016 Taguatinga, 01 de dezembro de 2015 Prezados pais/responsáveis, Com alegria e gratidão pela caminhada de 2015. Enviamos informações sobre o processo de renovação de matrícula para

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO AOS PAIS DOS ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO

GUIA DE ORIENTAÇÃO AOS PAIS DOS ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO GUIA DE ORIENTAÇÃO AOS PAIS DOS ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO Guia de orientação aos pais 2015 3 GUIA DE ORIENTAÇÃO AOS PAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO 2015 Prezados Pais,

Leia mais

Educação Infantil. Currículo. Horário de 2ª a 6ª feira. Calendário Escolar

Educação Infantil. Currículo. Horário de 2ª a 6ª feira. Calendário Escolar Educação Infantil Currículo Disciplina Maternal Grupo I Grupo II Diferentes Linguagens X X X Pensamento Lógico Matemático X X X Natureza e Sociedade X X X Movimento X X X Arte * X X X Inglês X X X Musicalização

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE E ESCOLA TÉCNICA NOVO RUMO

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE E ESCOLA TÉCNICA NOVO RUMO REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE E ESCOLA TÉCNICA NOVO RUMO SUMÁRIO TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 DA INSTITUIÇÃO BIBLIOTECA... 3 DA FINALIDADE DESTE REGULAMENTO... 3 PRINCÍPIOS DA BIBLIOTECA...

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO CÂMPUS POSSE-GO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO CÂMPUS POSSE-GO Normas para uso dos Laboratórios de Informática vinculados a Coordenação do Curso de Informática e ao Departamento de Tecnologia da Informação do IF Goiano Câmpus Posse GO. POSSE GO 2015 Sumário TÍTULO

Leia mais

NORMAS E ORIENTAÇÕES GERAIS 2014 ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO

NORMAS E ORIENTAÇÕES GERAIS 2014 ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO NORMAS E ORIENTAÇÕES GERAIS 2014 ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO 1 Para o bom desenvolvimento das atividades escolares durante o ano letivo, contamos com sua atenção em relação às normas de funcionamento

Leia mais

A FORMAÇÃO DO SEU FILHO É O NOSSO OBJETIVO

A FORMAÇÃO DO SEU FILHO É O NOSSO OBJETIVO COLÉGIO ADAMANTINENSE COLÉGIO OBJETIVO - ADAMANTINA O Desafio da Renovação e a Solidez da Tradição O mundo atual impõe aos educadores e aos educandos a tarefa de absorver as novas tecnologias, sem as quais

Leia mais

Manual do Aluno 2013. Prezados Pais/ Responsáveis e Alunos

Manual do Aluno 2013. Prezados Pais/ Responsáveis e Alunos Manual do Aluno 2013 Prezados Pais/ Responsáveis e Alunos Com o objetivo de orientar toda comunidade escolar alunos, pais, professores, funcionários, coordenação e direção sobre a organização, os serviços

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CIDADE LUZ FACILUZ TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. CAPÍTULO I Dos usuários e das inscrições

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CIDADE LUZ FACILUZ TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. CAPÍTULO I Dos usuários e das inscrições 1 REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CIDADE LUZ FACILUZ TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º - Este regulamento disciplina as normas que regem o funcionamento da biblioteca e as relações funcionais

Leia mais

ORIENTAÇÕES EDUCAÇÃO INFANTIL e ENSINO FUNDAMENTAL I

ORIENTAÇÕES EDUCAÇÃO INFANTIL e ENSINO FUNDAMENTAL I ORIENTAÇÕES EDUCAÇÃO INFANTIL e ENSINO FUNDAMENTAL I Educação Infantil A professora estará na sala de aula recebendo os alunos nos seguintes horários: No período matutino a partir das 7h30min. No período

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento estabelece normas de uso e funcionamento da biblioteca do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

Of. Circular n 01/2013 Juiz de Fora, 15 de abril de 2013

Of. Circular n 01/2013 Juiz de Fora, 15 de abril de 2013 Of. Circular n 01/2013 Juiz de Fora, 15 de abril de 2013 ASSUNTO: Agenda de Orientações Docente Prezados Professores, De modo geral, quando se conversa com nossos egressos e alunos sobre a Faculdade Machado

Leia mais

Educação para a vida: Acredite que é possível e realize o seu sonho!

Educação para a vida: Acredite que é possível e realize o seu sonho! Apresentação Educação para a vida: Acredite que é possível e realize o seu sonho! Se a educação sozinha não pode transformar a sociedade, tampouco sem ela a sociedade muda. Paulo Freire Dados Pessoais

Leia mais

TERMOS DE USO. a A duração do(s) curso(s) da CONTRATADA terão tempo de duração determinado.

TERMOS DE USO. a A duração do(s) curso(s) da CONTRATADA terão tempo de duração determinado. TERMOS DE USO 1. O acesso ao(s) curso(s) contratado(s) só será efetivado com o correto preenchimento do cadastro de inscrição e após a confirmação do pagamento, conforme especificações no item 4 5, abaixo.

Leia mais

* LIMA, Lauro de Oliveira. A Construção de homem segundo Piaget (Uma teoria da Educação) pág. 44, 2ª Edição Summers Editorial

* LIMA, Lauro de Oliveira. A Construção de homem segundo Piaget (Uma teoria da Educação) pág. 44, 2ª Edição Summers Editorial APRESENTAÇÃO Senhores Pais e Caro Aluno, O MANUAL do aluno Moppe contém orientações para você e sua família, a fim de facilitar o seu ano letivo. Nele estão contidas informações administrativas e pedagógicas

Leia mais

* Lauro de Oliveira Lima. A Construção de homem segundo Piaget (Uma teoria da educação) pág. 44, 2ª Edição Summers Editorial

* Lauro de Oliveira Lima. A Construção de homem segundo Piaget (Uma teoria da educação) pág. 44, 2ª Edição Summers Editorial MANUAL DO ALUNO MOPPE - 2013 ÍNDICE 1.0 - APRESENTAÇÃO... 01 1.1 OBJETIVOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL... 01 2.0 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO ESCOLAR...01-02 2.1 EDUCAÇÃO INFANTIL... 01 2.2 ENSINO FUNDAMENTAL... 02

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA FACULDADE BÍBLICA DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS FABAD PINDAMONHANGABA, SP, 2012 1 INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE A BIBLIOTECA Função: Atender à comunidade acadêmica em suas necessidades bibliográficas

Leia mais

ESCOLA TECNICA DE ELETRONICA "FRANCISCO MOREIRA DA COSTA"

ESCOLA TECNICA DE ELETRONICA FRANCISCO MOREIRA DA COSTA , A ESCOLA TECNICA DE ELETRONICA "FRANCISCO MOREIRA DA COSTA" NORMAS DE CONVIVÊNCIA ESCOLAR SANTA RITA DO SAPUCAí - MG 2015 INDICE 1. ENTRADA E SAlDA DE ALUNOS 2 2. UNIFORME 2 3. FALTAS, 2 4. MOVIMENTAÇÃO

Leia mais

FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A VERIFICAÇÃO GLOBAL 2015.2

FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A VERIFICAÇÃO GLOBAL 2015.2 FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A VERIFICAÇÃO GLOBAL 2015.2 A Coordenação Acadêmica do Curso de Direito no uso de suas funções regulamentares e com aprovação do Núcleo

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS I. Da Finalidade Art. 1º. O Sistema de Bibliotecas da Universidade São Judas Tadeu, constituídas atualmente por duas Unidades de Bibliotecas,

Leia mais

DIREITOS DO ALUNO DEVERES DO ALUNO PROIBIÇÕES AO ALUNO

DIREITOS DO ALUNO DEVERES DO ALUNO PROIBIÇÕES AO ALUNO O cumprimento das normas de funcionamento da escola busca desenvolver no aluno, em colaboração com a família, todos os valores inerentes à formação de sua personalidade, capacitando-o para a compreensão

Leia mais

REGULAMENTO PARA USO DO LABORATÓRIO PRÉ- CLÍNICO MULTIDISCIPLINAR DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR/ASCES

REGULAMENTO PARA USO DO LABORATÓRIO PRÉ- CLÍNICO MULTIDISCIPLINAR DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR/ASCES REGULAMENTO PARA USO DO LABORATÓRIO PRÉ- CLÍNICO MULTIDISCIPLINAR DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR/ASCES DOS OBJETIVOS Art. 1º São objetivos deste regulamento: I maximizar

Leia mais

NORMAS DE CONVIVÊNCIA ENSINO MÉDIO, ENSINO TÉCNICO INTEGRADO AO MÉDIO E ENSINO TÉCNICO

NORMAS DE CONVIVÊNCIA ENSINO MÉDIO, ENSINO TÉCNICO INTEGRADO AO MÉDIO E ENSINO TÉCNICO NORMAS DE CONVIVÊNCIA ENSINO MÉDIO, ENSINO TÉCNICO INTEGRADO AO MÉDIO E ENSINO TÉCNICO Estas normas foram elaboradas a partir do Regimento Comum das Escolas Técnicas Estaduais do Centro Estadual de Educação

Leia mais

DE Diretoria de Ensino cae@svs.iffarroupilha.edu.br (55)3257.4142 CAE Coordenação de Assistência Estudantil cae@svs.iffarroupilha.edu.

DE Diretoria de Ensino cae@svs.iffarroupilha.edu.br (55)3257.4142 CAE Coordenação de Assistência Estudantil cae@svs.iffarroupilha.edu. DE Diretoria de Ensino cae@svs.iffarroupilha.edu.br (55)3257.4142 CAE Coordenação de Assistência Estudantil cae@svs.iffarroupilha.edu.br (55)3257.4173 REGULAMENTO DE CONVIVÊNCIA DISCENTE DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Regulamento TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Este regulamento objetiva normalizar os aspectos de funcionamento da estrutura e administração da Biblioteca Júlio Bordignon da. TÍTULO II DOS

Leia mais

INSTRUÇÕES E RECOMENDAÇÕES DO COLÉGIO PRÓ-SABER BIO - 2015

INSTRUÇÕES E RECOMENDAÇÕES DO COLÉGIO PRÓ-SABER BIO - 2015 INSTRUÇÕES E RECOMENDAÇÕES DO COLÉGIO PRÓ-SABER BIO - 2015 Prezados Pais, Estamos muito satisfeitos em receber seu (sua) filho (a) em nossa escola. São pessoas como você que fazem da nossa instituição

Leia mais

Avenida Loja Maçônica Renovadora 68, no. 100 - CEP 14785-002 - Barretos/SP. Regulamento. Capítulo I. Disposições preliminares

Avenida Loja Maçônica Renovadora 68, no. 100 - CEP 14785-002 - Barretos/SP. Regulamento. Capítulo I. Disposições preliminares Regulamento Capítulo I Disposições preliminares Art. 1º. Este regulamento disciplina o funcionamento da Biblioteca Dr. Ranulpho Prata da Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata (FACISB).

Leia mais

Aprova o Regulamento da Biblioteca do Campus Curitiba do Instituto Federal do Paraná (IFPR).

Aprova o Regulamento da Biblioteca do Campus Curitiba do Instituto Federal do Paraná (IFPR). RESOLUÇÃO Nº 001/2012 DA DIREÇÃO GERAL Aprova o Regulamento da Biblioteca do Campus Curitiba do Instituto Federal do Paraná (IFPR). O Diretor Geral, no uso de suas atribuições, resolve disciplinar as normas

Leia mais

REGULAMENTO BIBLIOTECA DA FACULDADE FIP / MAGSUL DE PONTA PORÃ

REGULAMENTO BIBLIOTECA DA FACULDADE FIP / MAGSUL DE PONTA PORÃ REGULAMENTO BIBLIOTECA DA FACULDADE FIP / MAGSUL DE PONTA PORÃ Este regulamento visa estabelecer padrões e normas referentes ao funcionamento da Biblioteca das Faculdades MAGSUL, objetivando sempre o aperfeiçoamento

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO. Caríssimo professor, Caríssima professora:

1. APRESENTAÇÃO. Caríssimo professor, Caríssima professora: MANUAL DO PROFESSOR 1. APRESENTAÇÃO Caríssimo professor, Caríssima professora: Temos a honra e o privilegio de poder contar com V. Sa. como nosso (a) parceiro (a), acreditamos que cada membro do corpo

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 2012

MANUAL DO ALUNO 2012 MANUAL DO ALUNO 2012 Caro aluno Acesso, Aqui você encontrará as informações necessárias para lhe o dar suporte pedagógico necessário para completar o curso semiextensivo 2012. GRADE CURRICULAR MANHÃ /

Leia mais

Manual de Orientações

Manual de Orientações Manual de Orientações 2015 Via Lux DA INSPIRAÇÃO À DESCOBERTA Projeto Pedagógico 2015 - Ano Internacional da Luz Educação Infantil Srs Pais e/ou Responsáveis, Iniciamos mais um ano letivo e para o Colégio

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Através do presente VELOCITY ACADEMIA DE GINÁSTICA LTDA regula a contratação, pelo ALUNO, do direito de utilização dos serviços e instalações da VELOCITY, nas condições

Leia mais

13h40 para o turno vespertino.

13h40 para o turno vespertino. ORIENTAÇÕES DIVERSAS PARA O ANO LETIVO - Horário Escolar - Atendimento aos pais - Atendimento de Psicologia Escolar - Uniforme - Material Individual - Enfermaria - Alimentação - Aniversariantes do Mês

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DE ASSIS REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ACÁCIO JOSÉ SANTA ROSA

FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DE ASSIS REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ACÁCIO JOSÉ SANTA ROSA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DE ASSIS 1 REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ACÁCIO JOSÉ SANTA ROSA CAPÍTULO I DO ACESSO E DO FUNCIONAMENTO Artigo 1º A Biblioteca destina-se especialmente ao corpo docente e discente,

Leia mais

PRESSUPOSTOS, REGRAS E PROCEDIMENTOS 2015 ENSINO MÉDIO

PRESSUPOSTOS, REGRAS E PROCEDIMENTOS 2015 ENSINO MÉDIO São Paulo, 26 de novembro de 2014. PRESSUPOSTOS, REGRAS E PROCEDIMENTOS 2015 ENSINO MÉDIO O Colégio Santa Maria acredita que responsabilidade social e liberdade se aprendem e se exercitam na interação

Leia mais

Art. 2º. A Biblioteca oferece aos seus usuários salas de estudo em grupo, cabines de estudo individuais e terminais de consulta e pesquisa.

Art. 2º. A Biblioteca oferece aos seus usuários salas de estudo em grupo, cabines de estudo individuais e terminais de consulta e pesquisa. REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES FACULDADE METROPOLITANA Este regulamento visa estabelecer padrões e normas referentes ao funcionamento da Biblioteca Cecília Meireles da Faculdade Metropolitana,

Leia mais

REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS: CENTRAL E INFANTIL

REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS: CENTRAL E INFANTIL REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS: CENTRAL E INFANTIL DA NATUREZA Art. 1º - A Biblioteca do Colégio Catarinense, apresentando características inovadoras, alicerçada no conhecimento e na qualidade na prestação

Leia mais

Orientações Gerais APRESENTAÇÃO

Orientações Gerais APRESENTAÇÃO Orientações Gerais Sacramentinas APRESENTAÇÃO Considerando a Lei de Diretrizes e Bases da Educação 9394/96 e o Estatuto da Criança e do Adolescente, a Educação Infantil da nossa escola se propõe a desenvolver

Leia mais

MANUAL DA FAMÍLIA - 2015

MANUAL DA FAMÍLIA - 2015 MANUAL DA FAMÍLIA - 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL APRESENTAÇÃO O cumprimento das normas de funcionamento da escola busca desenvolver no aluno, em colaboração com a família, todos os valores

Leia mais

Departamento de Robótica

Departamento de Robótica COLÉGIO GUILHERME DUMONT VILLARES Departamento de Robótica REGULAMENTO GERAL 1 COLÉGIO GUILHERME DUMONT VILLARES Morumbi I Das Finalidades Departamento de Robótica REGULAMENTO GERAL São Paulo Este documento

Leia mais

FACULDADE DE ARARAQUARA

FACULDADE DE ARARAQUARA SUMÁRIO CAPÍTULO I: CONSTITUIÇÃO, FINALIDADES E COMPETÊNCIAS... 2 CAPÍTULO II: DO CADASTRO DE USUÁRIOS... 3 CAPÍTULO III: DA CONSULTA AO ACERVO... 4 CAPÍTULO IV: DOS EMPRÉSTIMOS... 4 CAPÍTULO V: DO ATRASO

Leia mais

FACULDADE DA ALDEIA DE CARAPICUÍBA - FALC REGULAMENTO INTERNO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA

FACULDADE DA ALDEIA DE CARAPICUÍBA - FALC REGULAMENTO INTERNO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA FACULDADE DA ALDEIA DE CARAPICUÍBA - FALC REGULAMENTO INTERNO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA O Laboratório de Informática oferece espaço e equipamento de informática para as atividades de ensino e pesquisa.

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO Secretaria de Estado de Cultura SEC/MT Biblioteca Publica Estadual Estevão de Mendonça

ESTADO DE MATO GROSSO Secretaria de Estado de Cultura SEC/MT Biblioteca Publica Estadual Estevão de Mendonça REGULAMENTO DA POLÍTICA DE EMPRESTIMO DOMICILIAR CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO A Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça (BPEEM) criada pelo decreto n.º 307, de 26 de março de 1912, regulamentada

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO ALUNO

REGULAMENTO GERAL DO ALUNO REGULAMENTO GERAL DO ALUNO O Regimento Geral do Colégio Lobo do Paraná prevê os direitos e deveres dos alunos, as proibições, as sanções a que estão sujeitos, bem como informações pertinentes ao bom andamento

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS: Art. 1 - A Biblioteca da FACSETE Faculdade Sete Lagoas, tem como objetivo, a disseminação da informação através da aquisição, organização, e conservação

Leia mais

REGIMENTO INTERNO BIBLIOTECA MACHADO DE ASSIS

REGIMENTO INTERNO BIBLIOTECA MACHADO DE ASSIS REGIMENTO INTERNO BIBLIOTECA MACHADO DE ASSIS Aprova o Regimento da Biblioteca do Colégio Cenecista Dr. Julio Cesar Ribeiro Neves e dá outras providências. A Diretora do Colégio Cenecista Dr. Julio Cesar

Leia mais

Faculdade de Educação e Meio Ambiente FAEMA Instituto Superior de Educação ISE

Faculdade de Educação e Meio Ambiente FAEMA Instituto Superior de Educação ISE REGIMENTO INTERNO DA CLINICA-ESCOLA DE PSICOLOGIA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE - Capítulo I Caracterização do Serviço Clínica-Escola de Psicologia Art. 1º - O SEPsi - Serviço Escola de Psicologia

Leia mais

REGIMENTO ESCOLAR TÍTULO VIII DAS DIRETRIZES DE CONVIVÊNCIA SOCIAL

REGIMENTO ESCOLAR TÍTULO VIII DAS DIRETRIZES DE CONVIVÊNCIA SOCIAL REGIMENTO ESCOLAR TÍTULO VIII DAS DIRETRIZES DE CONVIVÊNCIA SOCIAL Art. 237 Diretrizes de convivência social são normas, orientações, especificações de direitos e deveres e sanções que, no âmbito escolar,

Leia mais

Regulamento do Laboratório de Controle Operacional - LCO TÍTULO I DOS OBJETIVOS E USUÁRIOS. CAPÍTULO I Dos Objetivos

Regulamento do Laboratório de Controle Operacional - LCO TÍTULO I DOS OBJETIVOS E USUÁRIOS. CAPÍTULO I Dos Objetivos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL CATALÃO UNIDADE ACADÊMICA ESPECIAL DE MATEMÁTICA E TECNOLOGIA Regulamento do Laboratório de Controle Operacional - LCO TÍTULO I DOS OBJETIVOS

Leia mais

Regulamento da Biblioteca da Escola Superior da Magistratura da AJURIS

Regulamento da Biblioteca da Escola Superior da Magistratura da AJURIS Regulamento da Biblioteca da Escola Superior da Magistratura da AJURIS Preâmbulo Ficam sujeitos a este regulamento, sem prejuízo de outras normas vigentes, todos os usuários da Biblioteca da Escola Superior

Leia mais

Orientações gerais para as famílias. Ensino Fundamental II

Orientações gerais para as famílias. Ensino Fundamental II 2015 Orientações gerais para as famílias Ensino Fundamental II Prezados Pais, Favorecer o autodesenvolvimento: é esse o objetivo da Educação. Aprende-se melhor num ambiente de harmonia, de equilíbrio físico,

Leia mais

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - 2015

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - 2015 REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - 2015 Os laboratórios de informática utilizados pelos alunos das Faculdades Integradas Camões se encontram nas duas sedes: Treze de Maio e Muricy, funcionando

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DO SUL DE MINAS SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2008 REGULAMENTO INTERNO BIBLIOTECA

FACULDADE DE DIREITO DO SUL DE MINAS SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2008 REGULAMENTO INTERNO BIBLIOTECA FACULDADE DE DIREITO DO SUL DE MINAS SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2008 REGULAMENTO INTERNO BIBLIOTECA Revisão 00 31/08/2009 Edição inicial Revisão 01 29/06/2011 Nova redação para o Cap. I, art.

Leia mais

MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL EDITAL Nº 11/10 - - - Frederico Fernandes Pereira, Presidente da Assembleia Municipal do Barreiro, torna pública que, por deliberação deste órgão autárquico na

Leia mais

Orientações gerais para as famílias. Ensino Fundamental I

Orientações gerais para as famílias. Ensino Fundamental I 2015 Orientações gerais para as famílias Ensino Fundamental I Prezados Pais, Este livreto contém informações importantes a respeito do funcionamento do Ensino Fundamental do Colégio Albert Sabin. Esperamos

Leia mais

Edital do Processo Seletivo

Edital do Processo Seletivo Edital do Processo Seletivo EDITAL GERAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PRÉ UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL 2016 A prefeitura municipal de São Mateus do Maranhão, por meio da secretaria

Leia mais

NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA EVANDRO LINS E SILVA

NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA EVANDRO LINS E SILVA NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA EVANDRO LINS E SILVA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS /IBMEC REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA EVANDRO LINS E SILVA TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo

Leia mais

ETEC RUBENS DE FARIA E SOUZA CURSOS MANTIDOS

ETEC RUBENS DE FARIA E SOUZA CURSOS MANTIDOS Etec Rubens de Faria e Souza ETEC RUBENS DE FARIA E SOUZA CURSOS MANTIDOS I- CURSOS TÉCNICOS EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS - ELETRÔNICA - ELETROTÉCNICA - MECÂNICA - MECATRÔNICA - QUÍMICA

Leia mais

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS Página 1 ÍNDICE CAPÍTULO 1 -DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS... 3 CAPÍTULO 2 - DA DESTINAÇÃO DOS LABORATÓRIOS... 3 CAPÍTULO 3 - DAS ATRIBUIÇÕES E COMPETÊNCIAS... 5 CAPÍTULO 4 - UTILIZAÇÃO

Leia mais

3. DAS INSTALAÇÕES E DA INFRA-ESTRUTURA

3. DAS INSTALAÇÕES E DA INFRA-ESTRUTURA Regulamento Interno da Biblioteca do Instituto J. Andrade 1. MISSÃO A biblioteca tem como missão atender às necessidades da comunidade acadêmica do Instituto J. Andrade, em suas atividades de estudo, ensino,

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés REGULAMENTO DA BIBLIOTECA Regulamenta o funcionamento da biblioteca no âmbito da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés. Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento tem por

Leia mais

EDITAL DE MATRÍCULA. a) Período de matrícula dos cursos Maternal Edc. Infantil Ens. Fundamental: 1º ao 5º ano 07/12/2012 Grupo I ao V 10/12/2012

EDITAL DE MATRÍCULA. a) Período de matrícula dos cursos Maternal Edc. Infantil Ens. Fundamental: 1º ao 5º ano 07/12/2012 Grupo I ao V 10/12/2012 Panda Orientação Escolar Rua Praia de Itapuã Q-10, Lote 01 Vilas do Atlântico Lauro de Freitas Ba 071-3379-3856 / Fax: 071-3379-7850 / cel.: 071-8794-0030 E-mail : pandaoe@gmail.com EDITAL DE MATRÍCULA

Leia mais

M.A.P.A. 2014 Manual de Apoio aos Pais e Alunos

M.A.P.A. 2014 Manual de Apoio aos Pais e Alunos Organização Curricular Língua Portuguesa Matemática Ciências História Geografia Ciências Sociais Arte Educação Física Inglês Espanhol Música Informática Composição do material M.A.P.A. 2014 Manual de Apoio

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO BOSCH SUMMER CAMPUS VERÃO 2015

REGULAMENTO INTERNO BOSCH SUMMER CAMPUS VERÃO 2015 REGULAMENTO INTERNO BOSCH SUMMER CAMPUS VERÃO 2015 CAPITULO I NATUREZA, FINS E OBJETIVOS A empresa de consultoria e assessoria de eventos PORMENOR MÁGICO, com sede em Guimarães juntamente com a empresa

Leia mais

REGULAMENTO DO ESCRITÓRIO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA NÚCLEO DE PRÁTICA JURIDICA

REGULAMENTO DO ESCRITÓRIO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA NÚCLEO DE PRÁTICA JURIDICA REGULAMENTO DO ESCRITÓRIO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA NÚCLEO DE PRÁTICA JURIDICA REITOR Prof. Antonio Roberto Ezau dos Santos PRÓ-REITOR ACADÊMICO Prof. Ms. José Lazaro de Souza PRÓ-REITOR ADMINISTRATIVO E

Leia mais

FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DO INTERIOR PAULISTA - FAIP REGULAMENTO DE CONCESSÃO E DE CANCELAMENTO AO PROGRAMA PIC/BIC/FAIP

FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DO INTERIOR PAULISTA - FAIP REGULAMENTO DE CONCESSÃO E DE CANCELAMENTO AO PROGRAMA PIC/BIC/FAIP REGULAMENTO DE CONCESSÃO E DE CANCELAMENTO AO PROGRAMA PIC/BIC/FAIP Capítulo I DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Do cumprimento da carga horária: 1.1. A carga horária obrigatória de presença à FAIP para atividades

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 114/2013/TCE-RO

RESOLUÇÃO N. 114/2013/TCE-RO RESOLUÇÃO N. 114/2013/TCE-RO Dá nova redação ao artigo 86 e revoga o 1º do artigo 247 e o inciso XII do artigo 187, todos do Regimento Interno do TCE/RO, relativos à vista, carga e devolução de processos

Leia mais

Regulamento Interno das Componentes de Apoio à Família da AJEC. I. Funcionamento e Âmbito de Aplicação

Regulamento Interno das Componentes de Apoio à Família da AJEC. I. Funcionamento e Âmbito de Aplicação Regulamento Interno das Componentes de Apoio à Família da AJEC I. Funcionamento e Âmbito de Aplicação O presente Regulamento Interno tem por objetivo regulamentar o funcionamento do projeto Componente

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA SUMÁRIO 1 - INTRODUÇÃO... 3 2 - DO REGULAMENTO E SUA APLICAÇÃO... 3 3 - DAS INSCRIÇÕES... 3 4 - DO ACERVO... 3 5 - DO PRAZO DE EMPRÉSTIMO E QUANTIDADES DE VOLUMES... 4 6 - DA

Leia mais

Faculdade Campo Grande NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM FISIOTERAPIA

Faculdade Campo Grande NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM FISIOTERAPIA NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM FISIOTERAPIA CAMPO GRANDE/MS 2013 NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM FISIOTERAPIA APRESENTAÇÃO Estas normas têm por finalidade transmitir uma série de informações aos

Leia mais