C9glado do 9tlo gtan.de do Q)u.( Prefeitura Municipal de Coxilha

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "C9glado do 9tlo gtan.de do Q)u.( Prefeitura Municipal de Coxilha"

Transcrição

1 C9glado do 9tlo gtan.de do Q)u.(.f[dmln.lgEtac;o.o 1996 a 1996 LEI NQ 758/95 de 28 de ;unho de Dispoe sobre as Diretrizes Orc;amentarias para 7996 e do outras provi-' dencias. JOA 0 L UI Z VICE N Z1, Prefeito Municipal de Coxilha, no uso de ' suas atribui<;oes legais, FAZ SABER que 0 Legislativo aprovou e ele sancio na e promulga a seguinte Lei: ART. 7Q - Ficam estabelecidas, para elabora,ao dos or,amentos ' da Administro,ao Publica Municipal, direta e indireta, relativos ao exerc{-' cio de 7996 as diretrizes de que trata esta Lei e as prioridades e metas constantes do anexo I. ART. 2Q - A partir das prioridades constantes do Anexo I, desta serao elaboradas as propostas or,amentarias para 7996, de acordo com as disponibilidades de recursos financeiros. Paragrafo 7Q - Os investimentos em fase de execu,ao terao preferencia sobre os novos pro;etos. Paragrafo 2Q - A progra,ao de novos pro;etos nag podera se dar' a custa da anula,ao de dota,oes destinadas a investimentos em andamento. Paragrafo 3Q - 0 pagamento dos servi,os da dfvida de pessoal e de en cargos terao prioridade sobre as dota,oes de expansao. ART. 3Q - Os pro;etos e atividades constantes do Lei Or,amentarid deverao estar compat{veis com 0 Plano Plurianual e com esta Lei. AR T. flq - As receitas e despesas dos or,amentos da Administra- '00 direta, das autarquias e das funda,oes institufdas ou mantidas pelo ml:!.' nicipio, serao c1assificadas e demonstradas segundo a legisla,ao em vigor. ART. 5Q - Nos pro;etos de lei or,amentaria as receitas e despe-, sas serao apresentadas em valores do mes de setembro serao automaticamen te corrigidas pela varia,ao do IPC-R, no per{odo compreendido entre os me ses de outubro a dezembro de 7995.

2 C9scado do 92lo gtande do ~u.( J4:dmlntscta<;iio 1993 a 1996 tos das alterac;oes na legislac;ao tributaria, especificamente sobre: I - Consolidac;ao da legislq(;ao vigente que regula cada tributo de competencia do municipio; 1/ - A dequac;ao da legislac;ao tributaria municipal as eventuais modificac;oes I da legislatura federal; 1/1 - Revisao dos Indices ja existentes que sag participac;ao em tributos, tc}' rifas e multas para novos (ndices, em func;ao da adequac;ao a nova legisla I - c;ao,' I V - Revisao das insenc;oes e incentivos fiscais. ART. 7Q - As alterac;oes na legislac;ao tributaria vigente serao propostas mediante projeto de lei a ser encaminhado a Camara Municipal ate 04 (quatro) meses antes do encerramento do exerclcio e deverao ser a-' preciados antes da aprovac;ao da proposta orc;amentaria. autorizac;oes: ART. 8Q - Nos projetos de lei orc;ametaria constarao as seguintes I - Para a abertura de creditos suplementares; II - Para a realizac;ao de operac;oes de credito com destinac;ao especffica e I vinculada ao projeto, nos termos da legislac;ao em vigor; 1/1 - Para realizac;ao em qualquer mes de exerclcio, de operac;oes de credito por antecipac;ao da receita, oferecendo as garantias usuais necessarias nos' termos da legislac;ao em vigor. I - Promover os cargos e func;oes vagos nos termos da legislac;ao em vigente; 1/ - Conceder aumento e remunerac;ao- ou outras vantagens, mediante autori zac;ao legislativa especlfica. ART. 70Q - A criac;ao de cargos, a alterac;ao de es trutura de car reira, admissao de pessoal a qualquer titulo, concessao de qualquer vanta-' gem, ou aumento de remunerac;ao so poderao ser feitas se houver previa dq tac;ao orc;amentaria para atender as projec;oes de pessoal e aos acrescimos I dela decorrentes. ART Q - As despesas com pessoal e encargos sociais nao podfl. rao - ultrapassar a 60% (sessenta por cento) das receitas correntes em con- I formidade com a lei complementar nq 82.

3 C9slado do <]tio gtan.de. do <SuC A<1min.islta<;ao 1993 a 1996 Paragrafo Unico - 0 limite estabelecido para as despesas de pes-' soal, ou de que trata este artigo, abrange os gas tos nas seguintes despesas: salarios; Obrigar;oes Patrimoniais,' Provento de aposentadoria e pensoes; - Remunerar;oo do Prefeito e Vice-Prefeito,' Remunerar;ao de Vereadores; ART. 72Q considerados objetivos da Administrar;oo Munici-, pal, 0 desenvolvimento de Programas visando a I - Proporcionar 0 desenvolvimento pessoal dos servidores atraves de pro-' gramas informativos, educativos e culturais,' II - Melhorar as condir;oes de trabalho, especialmente no que concerne-a saude, alimentar;ao e seguranr;a no trabalho; III - Capacitor os servidores para melhor desempenho de funr;oes especf-' ficas; I V - Racionalizar;oo dos recursos materiais e humanos visando diminuir os I custos e aumentar a produtividade no atendimento dos servir;os municipais. ART. 73Q - 0 Poder Executivo podera firmar convenios com ou-, tras esferas de Governo para desenvolvimento de programas prioritarios na area de educar;ao, cultura, saude e assistencia social, sem onus para 0 municipio, ou com contra-partida, constituindo-se em projetos especfficos so-, - mente apos 0 efetivo recebimento dos recursos. ART. j 4Q - 0 Poder Executivo noo repassara recursos aos or- - ~ gaos que possuindo Tesouraria e/ou Contabilidade descentralizadsa, nao tiverem prestado contas ate 0 quinto dia util do mes subsequente. ART. 76Q - Revogam-se as disposir;oes em contrario. 1 Ate.to para O~ davldls fins ~u. 0,resente daeu- GAB I NET E DO PRE FEI TOM U NI C IP l!'~nto. fo\ puillcado roo SaglJao d~ P'efdlura Municipal \ Ih Coxllha. onrtl'l bljit:isi:r.~',~.},.., ~':r.licc1 0:;,IIt"s Of!- Coxilha, 74 de junho de (lillie Munici~ i\,l. ~ ~ p:~ "----~A ~ Z VIc'Eiiir' Prefeito Municipal. ROSSE T TO WEBBER:~ MUtt '!)}.U ~ _ W.L a Guti.n6\6 secretaria da Administrar;ao C'ne\e 11

4 &5lodo do ~lo gton.de do Q)u( s:rdmln.l5tta~a.o Adquirir softwares e equipamentos destinados a informatiza~ao dos servi~os e atividades legislativas. Adquirir e instalar uma linha telefonica para agilizr a comunica- ~ao dos vereadores. A dquirir e instalar uma fotocopiadora na Camara Municipal com o objetivo de dar melhores condi~oes no trabalho legislativo. suas Dotar ao Poder Legislativo de local adequado ao desempenho de ' atividades. Aquisi~ao de moveis e utensflios necessarios ao reequipamento da' Camara Municipal..GO

5 C95ladO do ffiio gtan.de do ~u( jl[dmin.i5lta~ao 1993 a 1996 DIVULCACAO OFICIAL. Dar divulgac;ao de carater informativo J educativo e de orienta-i c;ao social dos atos do poder executivo. Dotar recursos para recepc;oes e homenagens a pessoas e auto-i Substituh:;ao do automovel existente por outro J visando a renovac;ao e a seguranc;a de seus passageiros a servic;o do Cabinete do Pre-' feito. AQUISICAO DE EQUIPAMENTOS E MATERIAL PERMANENTE.

6 C98'Cado do ~lo gtan.de do csuj jl[a:mln.t8'h;a~a.o 1993 a 1996 AQUISf(;Ao DE AREA PARA AMPLICACAO DO CEMITERIO E I CONSTRUCAO DA CAPELA MORTUARIA. Dotar a municipio de local apropriado para a realizac;ao de ceri manias funebres, Iiberando 0 pavilhao da comunidade, local improprio para tais atos. ABASTECIMENTO DE ACUA. - REDIMENSIONAMENTO DA REDE DE ABASTECIMENTO EM SUA TOTALIDADE, CONSTRUCAO DE NOVAS REDES. - ABERTURA DE POCOS ARTESIANOS NAS COMUNIDADES DO INTERIOR E CONSTRUCAO DE REDES DE DISTRIBUICAO. - INS TAL A C A ODE HID R OM E T R0 S EM TOO A S AS E CON 0 M I A S I DO MUNICiPIO. Fornecer agua em quantidade suficiente e qualidade compat{-' vel para 0 consumo humano, bem como regular 0 consumo de tal bem, indispensavel para a saude e a bem estar. CONSTRUCAO DE PAVIMENTACAO. - CONSTRUIR M2 DE PAVIMENTACAO NAS AVENIDAS NA SEDE DO MUNICiPIO. Oar melhores condic;oes de trafegabilidade nas vias publicas, bem como contribuir para 0 embelezamento da sede municipal. ILUMINACAO PUBLICA. - IMPLANTACAO DE ILUMINACAO A VAPOR DE SODIO E MER- CURIO, EM TODAS AS VIAS P{;BLlCAS.

7 C9stado do 9tlo gtan.de do <Su(.A:dmln.isttac;uo 1993 a 1996 cias e seus moradores, tambem contribuindo para 0 embelezamento do municipio. IMPLANTACAO DA REDE DE ESCOTO PLUVIAL E PASSEIO P! I PEDESTRES, 4200 METROS LlNEARES. Dar escoamento as aguas pluviais e condi<;oes de deslocamento I aos pedestres. Continuac;ao da implantac;ao da Rede d1agua na Zona Rural e I reservatorios nas comunidades. AQUISICAO DE TERRENOS E CONSTRUCAO DE DUAS PRACAS DE RECREACAO COM EQUIPAMENTO DE LAZER INFANT/L. Proporcionar aos moradores do municipio um local aprazlvel para 0 lazer, descanso, bem como area verde. CONSTRUCAO DE 20 CASAS PARA A HABITACAO POPULAR. Dotar a populac;ao carente do municipio de condic;oes minimas de moradia, condic;ao indispensavel para uma vida digna. NAL. DeliriJitar a area do terreno de cada casa construlda no Nuc!eo I Habitacional, proporcionando maior privacidade a cada familia residente I naquele loteamento. AQUISICAO DE UM TERRENO E UMA USINA DE RECICLACEM DE LlXO, COM IMPLANTACAO DA COLETA SELET/VA.

8 C9gEado do ~lo gtan.de do <Su( Admln.l8'E!:a~ao 1998 a 1996 Dar a destinac;ao adequada ao lixo urbano produzido no municipia. META: SINALIZACAO URBANA E RODOVIARIA - CONFECCAO DE PLACAS DE SINALIZACAO E NORMA TlZA- I CAO DO TRANSITO NA SEDE DO MUNICiPIO E COMUNIDADES. Disciplinar a trafego na sede do municipio e comunidades do TELEFONIA - IMPLANTACAO DE TELEFONIA RURAL NAS COMUNIDADES I DO INTERIOR. - IMPLANTACAO DE TELEFONIA URBANA NA CIDADE DE CO- Proporcionar as comunidades rurais e urbanas de comunicac;ao par telefone, dando um importante pas so para a desenvolvimento da re- I giao. META: ABRIGOS DE PASSAGEIROS: - CONSTRUCAO DE ABRIGOS DE PASSAGEIROS NA ZONA UR- BANA E ZONA RURAL. Dotar as usuarios de transporte coletivo de uma estrutura de I protec;ao enquanto aguardam a onibus. ARBORIZACAO - ARBORIZACAO E PAISAGISMO DAS VIAS E LOGRADOUROS I PUBLICOS. Dotar a sede municipal de area verde e estrutura paisagistica, contribuindo para tornar a sede do municipio um lugar aprazlvel. PADRONIZACAO DE ESTRADAS: - ALARGAMENTO, EMBUEIR~ MENTO E ENCASCALHAMENTO DE 720 Km DE ESTRADAS MUNICIPAlS.

9 C9sladO do 9tlo gtan.de do Q)u[ AClmtn.tslta<;no 1998 a 1996 Dotar 0 municipio de uma malha rodoviaria que possibilite 0 trafego em seguram;a com qualquer condh;;ao c1imatica. CONSTRUCAO DE PONTES. - SUBST/TUICAO DE PONTES DE MADEIRA POR PONTES DE I ALVENARIA. - PON TE 5/0 A RROIO CA CHOEI RA. - PONTE 5/0 ARROIO FACAO E RIO PASSO FUNDO. - PONTE 5/0 ARROIO BUT/A E INVERNADINHA. maior Permitir aos usuarios de rodovias municipais trafegarem com seguranc;;a. INSTALACAO DE 600 METROS LlNEARES DE BUEIROS EM ES- TRADAS MUNICIPAlS, EM DIVERSAS BITOLAS. rodovias Permitir 0 escoamento ordenado das aguas pluviais no leito das I municipais. PA VILHAO DE MAQUINAS CONSTRUCAO DE UM PAVILHAO DEST/NADO A GARAGEM I DO PARQUE DE MAQUINAS, INSTALACAO DE UMA OFICINA MECANICA I BASICA E AQUISICAO DE UM TERRENO. Dotar 0 municipio de um local apropriado para a manutenc;;ao do maquinario e 0 reguardo das intemperies. MANUTENCAO DAS REDES DE ILUMINACAO PUBLICA. moradores Manter a rede de iluminac;;ao publica dando maior seguranc;;a aos I do municipio.

10 C98'tado do 9tlo CJtan.de do <Sur JLrdmln.l8't!:at;Cio 199a a 1996 Manter a rede telefonica municipal. MANUTENCAO DA REDE DE ABASTECIMENTO DE AGUA. no fornecimento. Manter a rede de abastecimento de agua~ evitando interrupc;oes Conhecer a situac;ao e localizac;ao das nascentes~ sangas e rios do municrpio~ visando a preservac;ao dos mesmos~ bem como estabelecer a nomenclatura original de todos as rios ~ sangas e seus afluentes. AQUISICAO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS: - DOIS CAMINHOES CACAMBA. - UMA RETROESCAVADEIRA. - UMA MO TON I VELA DORA. - UM EQUIPAMENTO PARA COLETA DE LlXO. - UM TRA TOR ESTEIRAS. - UM EQUIPAMENTO PARA ESGOTAR POCO NEGRO. Dotar a municipio de um parque de maquinas que possibilitem I realizar atividades necessarias ao desenvolvimento economico e bem estar de sua populac;ao. PUBLICA. RECUPERACAO DE ESTRAGOS CAUSADOS POR CALAMIDADE? Dotar recursos para recuperar dano causados par interperies I do tempo~ enchentes~ vendavais.~ tempestades~ etc.

11 &6lado do ~lo gtan.de do csu( j {dmln.l6lta~ao 1993 a 1996 Equipar adequadamente a Sec. Munic. de Educac;ao e Escolas I com moveis, maquinas e equipamentos necessario para 0 bom funcionamento do mesma, e ampliar 0 acervo bibliografico. Melhorar as condic;oes de funcionamento e supervisao escolar. Construir, ampliar e reformar os predios escolares que estao I em precarias condic;oes. CONSTRUCAO DE UMA CRECHE NO NUCLEO HABITACIONAL I E OUTRA NA CIDADE. Prestar atendimento as crianc;as de 0 a 6 anos fi/hos de pessoas que exerc;am atividades em tempo integral. municipal. Legalizar os terrenos onde estao construfdas as escolas do rede

12 C98'cado do 9tlo gtan.de do Q)uJ.Admln.l8'c!;a~ao1993 a 1996 INCENTIVO A FORMACAO DE POMAR E HORTAS NAS ESCO-, LAS MUNICIPAlS. Incentivar a forma<;ao de hortas e pomares nas escolas munici- 1 pais, usando 0 seu cultivo como merenda escolar. Locar um onibus para transportar estudantes do meio rural para 0 meio urbano a fim de dar continuidade do EnsinG fundamental ao educando do interior do municipio. Carantir agua potavel aos estudantes e as comunidades do in-' A TUALIZACAO E APERFEICOAMENTO DOS PROFESSORES. A tualizar e aperfeh;oar professores atraves de con venios com a Universidade. VISITAS PARA COORDENACAO E SUPERVISAO ESCOLAR. Coordenar, supervisionar e orientar os professores das escolas atraves de visitas.

13 C95lado do ffito gtan.de do Q)LL[ Admtn.t5ltat;uo 1993 a 1996 Criar 0 credito educativo municipal e/ou auxllio a alunos desen volvendo programas para que os mesmos prestem servi<;os ao municipio ' em troca do auxftio e promover condi<;oes para que os alunos prestem a- I tendimento em suas comunidades. ASS/STENCIA AO EDUCANDO: - TRA TAMEN TO MEDICO, ODON TOLGCICO E PSICOLGCICO. Oferecer ao estudante de 19 grau tratamento medico, odontolo-' gico e psicologico. Adquirir e distribuir merenda escolar para as esolas municipais e merenda escolar recebida do PNAE com complementac;ao do municipio de acordo com a quantidade de alunos. MUNICIPIO. APLlCA<;;AO E RECUPERA<;;AO PRECENTIVA NAS ESCOLAS DO' Oportunizar novas experiencias de aprendizagem a fim de corri gir desvios, sanando a deficiencia do aluno reduzindo assim as reprova-, Adquirir material basico para estudantes carentes como: caderno, lapis, borracha, regua, etc... REALllA<;;AO DE PROVAS DE HABILlTA<;;AO DO MACISTERIO. Realizar provas de habilitac;ao para 0 ingresso no plano de carreira do magisterio municipal nos niveis 1,3 e 5.

14 C98'lado do ~to gtan.de do Q)u( JLrdmtn.t8'l!:Q\;ao 1998 a 1996 OBJET/Va: A dquirir 0 numero suficiente de onibus para fazer 0 transporte de 01un os ate a escola polo. OBJET/Va: Cercar os terrenos das escolas municipais como protec;ao 00 ambiente escolar, possibilitando a instalac;ao de hortas. COC/Co. OBJET/Va: Distribuir material pedagogico de acordo com as necessidades ' de coda escola. ADQU/R/R PASSACENS DE ON/BUS PARA ALUNoS DA CLAS-' SE DE A TEND/MEN TO ESPEC/AL E 2Q E 3Q CRA US. OBJET/Va: Adquirir passagens no concessionaria dos transportes rodovia-' rios de passageiros, para crianc;as que precisam de atendimento especial' no APAE em Passo Fundo. R/os. OBJET/Va: A dquirir passagens de onibus para professores e funcionarios a fim de incentivar seu deslocamento de Qutras localidades para 0 nosso mu nicfpio. META:

15 C98'tado do ~io gtan.de. do csu( J4:dmin.L8'tta~iio 1993 a 1996 Implementar no currlculo escolar a parte diversificada como tec nicas agrlcolas, tecnicas domesticas, tecnicas comerciais e industriais. Nomeac;ao de novos professores ou contratac;ao por tempo de-' terminado para substituir professores em laudo. IMPLANTACAO DE LABORATORIO QUfMICO, MATEMATlCO, B/OLOCICO, INFORMA TlCA E AQUIS/CAO DE EQU/PAMETNOS. Adquirir e implantar laboratorios como instrumentos de me/ho-' ria na qualidade de ensino. no meio educacional. Implantar telefones nas escolas a fim de agilizar a comunicac;ao transporte Dotar recursos para a manutenc;ao da frota de velculos do escolar. EDUCACAO PARA 0 TRANSITO. Implementar no curriculo escolar a educac;ao para 0 transito no' Ensino de 79 Crau.

16 (98'~ado do ~to gtan.de do <Su(.Admtn.t8'~tac;:ao1998 a 1996 Construir uma biblioteca publica municipal para oferecer condic;oes de pesquisa e leitura ao estudante e a comunidade. PROMOCAO DE A T/VIDADES CUL TURAIS. Promover a realizac;oo de cursos e atividades culturais visando desenvolver e preservar a cultura, 0 folclore, 0 civismo e dar apoio as I entidades desenvolver os eventos relacionados no calendario oficial do Mu nicfpio de Coxilha. Criar 0 Hino Municipal atraves de concurso com a participac;oo de escolas e da comunidade em geral. Construir um centro cultural com dependencias para sala de leitura, sala de reuniao, auditorio, sala de museu e biblioteca publica. CRIACAO DE UM GRUPO TEA TRAL. Promover e incentivar a criatividade e a expressao corporal, fq cial e gestual da comunidade em geral. PROMOCAO DE TRABALHOS ARTESANAIS E ARTIST/COS. CRIACAO DE UMA BANDA MUNICIPAL. Melhorar 0 desenvolvimento da cultura e do civismo no municf- I

17 C98'tac1o do <;Rlo gtan.de. do <Su( jl[dmln.l8'tta~ao 1998 a 1996 A dquirir um terreno e construir 0 museu municipal para preser.:. var a cultura e a memoria de Coxilha. Desenvolver a cultura e 0 tradicionalismo no municipio. AQUISICAO DE UMA AREA 'PARA CONSTRUCAO DE PARQUE DE RODEIO MUNICIPAL E DE EXPOSICAO. Adquirir um local apropriado para constru<;ao de um parque de exposh;ao e de rodeio com pista de tiro de la<;o~ proximo a sede do municipio. AQUISICAO DE UM ESPACO FISICO PARA CONSTRUCAO DE UM CAMPO DE FU TEBOL COM PIS T A A TLETICA. Construir um campo de futebol com pista de atletismo para in-' centivar a pratica de esportes.

18 C98'~ado do ~lo gtande do Q)u[ Admln.l8'~t:a<;;ao 199<3 a Criar 0 CMD para regular e incentivar as competi<;;oes esporti-' vas no municipio. A dquirir equipamentos e materiais esportivos e de premia<;ao ( medalhas~ trofeus~ ta<;as~ etc.) para 0 desenvolvimento de competi<;oes es portivas. Equipar 0 Posto de Saude e 0 Posto de atendimento na zona ru ral com os equipamentos necessarios para 0 seu bom funcionamento. A QUISICAO DE UM VEfcULO AU TOMO TOR. Aquisi<;ao de um velculo comum para proporcionar condi<;oes de' atendimento a comunidade no transporte de enfermos~ bem como servi<;os da divisao de saude.

19 C98tado do ~Lo gtan.de do <Su( J4dmLn.L8tt:a~ao 1996 a 1996 Implantac;ao de transporte para 0 atendimento de doentes mentais do munc(pio nos hospitais psiquiatricos. Proporcionar me/hores condic;oes de atendimento a popu/ac;ao e aos profissionais na area de saude. CONTRA TACAO DE MEDICOS. Contratac;ao ou credenciamento de servic;os medicos para atendimento nas unidades sanitarias do munic(pio. PROMOCAO DA NUTRICAO EM GERAL. Contratac;ao de um profissiona/ que atue na area de alimentac;ao e nutric;ao, para reduc;ao da taxa de desnutric;ao entre crianc;as menores I de cinco anos. Promover a medicina preventiva atraves de pa/estras com as comunidades. Insta/ar postos de saude no interior do municipio com recur-i sos humanos capacitados.

20 C9Blado do 9tio gtande do Q)u[..AdminlBlta~ao 1993 a 1996 TREINAMENTO DE RECURSOS HUMANOS PARA A AREA DE EN FERMACEM. Treinar e aperfeh;oar recursos humanos no area de enfermagem PROMOVER E INCENTIVAR 0 TRA TAMENTO FITOTERAPICO NAS COMUNIDADES DO INTERIOR. Promover e incentivar a plantaf;ao de ervas medicinais para tra tamento fitoterapico. AQUISf(;;AO E DISTRIBUICAO DE REMEDIOS A PESSOAS CA-' RENTES DA COMUNIDADE. Adquirir e distribuir remeidos a pesssoas carentes das comuni-' Construir um conjunto de banheiros comunitarios para a popu-' laf;ao carente que nao possui condif;oes mfnimas de higiene. do interior. Proporcionar atendimento medico-odontologico nos comunidades Proporcionar a populaf;go de baixo renda uma cesta basica de alimentos J medicamentos J auxflio em geral.

21 C95lado do ~lo gtan.de do Q)u( J4:dmln.l8'ltac;ao 1993 a 1996 Proporcionar a popula~ao de baixo renda assistencia medico-hos pitalar e remedios. CRIAR GRUPO DE A TENDIMENTO A TERCEIRA IDADE E PRO- JETO CONVIVER. Dar apoio as pessoas do terceira idade proporcionando atividades de lazer e entretenimento. AQUISICAO DE AREA E CONSTRUCAO DO PARQUE MUNICIPAL DE EVENTOS. Dotar 0 municpio de local apropriado para realizar festividades' exposi~oes, feiras, etc... AMPLIACAO DO VIVEIRO MUNCIIPAL DE MUDAS PARA RE-' PRODUCAO DE ESSENCIAS NA TI V AS E EXO TICAS. Fornecer mudas em quantidades suficientes aos agricultores, de essencias nativas e exoticas. AQUISICAO DE AREA PARA FORMACAO DE APAS (AREA DE ' PRESERVACAO AMBIENTAL) A N[VEL MUNICIPAL. Credenciar 0 municipio para 0 recebimento de verbas para preserva~ao ambiental de organismos vinculados com a prote~ao e recupera-, ~ao do ambiente.

22 C95cado do ~io gtan.de do Q)u[ J4dmin.i5ttac;ao 1993 a 1996 AQUISICAO DE TERRENOS E DOTAR DE INFRAESTRUTURA ' PA RA 0 DIS T RI TO INDUS TRIAL, FORMULA CAO DE POLiTlCA DE I NCEN TlVO. Promover a industrializac;ao nao poluente no municipio. ESTABELECER PROCRAMA DE ELETRIFICACAO RURAL DE FORMA A LEVAR ESTE BENEFiclO A TODAS AS PROPRIEDADES DO MU NICipIO. Levar energia eletrica 0 todas as propriedades do municipio, permitindo que os agricultores promovam novas atividades, {ixando-os no campo. CRIAR E DOTAR DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS EM CENTRO DE TREINAMENTO DE MAO DE OBRA URBANA E RURAL. Qualificar mao de obra, tanto urbana como rural, contribuindo' para a elevac;ao do qualidade tecnica e salarial. INSTITUIR 0 PROCRAMA MUNICIPAL DE CONSERVACAO DE ' SOLO E MELHORIA DO RECURSO AMBIENTAL, CALCADO NO PLANTIO f DIRE TO. e melhores Preservar 0 maior recurso do mundlpio, possibilitando maiores colheitas. CRIAR 0 SISTEMA TROCA-TROCA A NivEL MUNCIIPAL DE FORMA A A TENDER 0 PEQUENO E MEDIO ACRICUL TOR. Levar sementes e mudas de qualidade aos agricultores permitindo melhores colheitas.

23 C95tado do ~Lo gta"de do csuj Adml"l5tta~a.o 1993 a 1996 DE OUTRAS CUL TURAS E RENDAS ( A VICUL TURA~ PSICUL TURA~ API-I CULTURA~ SUINOCULTURA~ CONFINAMENTO~ ETC.) Levar as sementes de qualidade aos agrieultores permitindo me- Ihores colheitas. AQUISICAO DE L1VROS E FITAS DE ViDEO RELA T1VOS A A-I CROPECUARIA. Dotar a Seeretaria de Obras basieas de agricultura e peeuaria para consultas. AQUISICAO DE BOTIJOES DE SEMEN E CEDENCIA EM FORMA I DE COMODA TO AS COMUNIDADES. Promover a melhoria da qualidade genetica do rebanho bovino ~ espeeialmente 0 leiteiro. ASSOCIACAO DE ACRICUL TORES: - FOMENTO AO ASSOCIADO E PARCERIAS ENTRE ACRICUL-:- I TORES DOS MUNIC(PIOS. Promover a integra<;ao e 0 associativismo entre agrieultores~ visando a forma<;ao de condomfnios rurais. CRIACAO DO CONSELHO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL~ ACRARIO E COMERCIAL DE COXILHA. Formular e orientar uma polhiea de desenvolvimento para 0 municfpio de Coxilha. preservacionistas. Criar area com esseneias nativas e exotieas com fins didaticos e

24 &8lado do 9tlo gtan.de do 0u.( J {dmlrtl8ltac;a.o 1993 a 1996 CONVENIOS: - FIRMAR CONVENIOS COM INSTITUICOES PUBLICAS E PRI- VADAS PARA FINS DE LEVANTAMENTO SOCIAlS E ECONOMICOS. OBJET/Va: Proporcionar a Secretaria da Agricultura condi<;oes para plane-' jar uma politico de atividades agrfcolas no municipio. COMBA TE A DOENCAS INFECTO/CONTAGIOSAS: - LEVANTAMENTO E AQUIS/(;;AO E APLlCAr;;AO DE REAGEN-' TES PARA DETECTAR A PRESENr;;A DE ANIMAlS PORTADORES DE DOENCAS CONTAG/OSAS COM REFLEXOS NA SAUDE PUBLICA. OBJET/Va: Conter a prorifera<;ao de doen<;as na popula<;ao. AQUISIr;;AO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS AGRfCOLAS: - AQUISIr;;AO DE QUA TRO (04) MAQUINAS DE SILAGEM - AQUISIr;;AO DE DUAS (02) PLANTADEIRAS - AQUISIr;;AO DE UMA (07) MOTO-SCREIPE - AQUISICAO DE UM (07) DISTRIBUIDOR DE CALCARIO - AQUSICAO DE UM (07) DISTRIBUIDOR DE ADUBO ORGANI- CO. OBJET/Va: Dotar a Secretaria Municipal da A gricultura de um parque de maquinas para 0 atendimento a pequenos e medios agricultores. PEIXE. OBJET/Va: Desenvolver a psicultura a nfvel de municipio, do tan do nossos agricultores de mais uma fonte de renda, evitando assim 0 exodo rural. INCENTIVO A PRODUTORES E A MORADORES DO MEIO RU-' RAL.E URBANO.

25 &seado do 9tlo gtande do csu.(.a:dmtntstta~ao 1998 a 1996 f/sico e social aos produtores rurais e moradores do meio urbano do muni clpio, criando projetos como IIA dote sua Rua ll, liincentivo a arborizacao ll, dando acompanhamento tecnico por pessoas quafificadas e destacar atra-., ves do premiacao. Dotar a administra<;ao municipal de instrumentos que Ihe facultam estabelecer uma politico de preserva<;ao dos recursos naturais, e um melhor conhecimento da area e estrutura fundiaria do muncilpio. Adquirir softwares para 0 controle de tributos municipais permitindo um melhor controle do arrecadacao municipal. CRIACAO DO SETOR DE FISCAL/lACAO Dotar a Secretaria da Fazenda de meios de transporte para um melhor controle do fiscafizacao, seja esta no interior como no cidade atraves do setor de fiscafizacao, mantendo assim a regularizacao, em dia de 1 ficencas controle de ICMS, e outros, que revertera em beneflcio do municipio. META: DOTAR A SECRETARIA MUNICIPAL DA FAlENDA DE MA TE- RIAlS E EQUIPAMENTOS PARA A EXECUCAO DOS TRABALHOS DO SE-' TOR: - AQUISICAO DE VEfcULOS - AQUSICAO DE MOVEIS E UTENSIL/OS - AQUISICAO DE COPUTADORES - AQUISICAO DE OUTROS EQUIPAMENTOS Dotar a Secretaria do Fazenda de uma moderna estrutura para a administracao financeira da municipalidade.

26 C95tado do 9tlo gtande do Q)u(..A:dmlnl5tta~a.o 1993 a 1996 DOTAR A SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA DE RECUR- 50S HUMANOS. Dispor de recursos humanos internos e externos qualificados pq ra suprir as necessidades de controle~ organizac;ao~ administrac;ao e de-, senvolvimento de programas. C;ao da receita. Prever recursos para amortizac;ao de emprestimos por antecipa-' DISPOR DE SISTEMA DE PLANEJAMENTO E PREVISAO DE' RECEI TAS E DESPESAS. Estabelecer prioridades e cronogramas para a realizac;ao de prcz. gramas administrativos internos e extenros com a finalidade de aplicac;ao dos recursos provenientes das receitas ~ se;am estes na melhoria das condic;oes existentes ~ bem como na implantac;ao de novos pro;etos. MINISTRA CENTRO ADMINISTRA T1VO - AQUISICAO DE TERRENO E CONSTRUCAO DO CENTRO AD-' T1VO MUNICIPAL. Dotar a administrac;ao de local adequado ao desempenho de suas atividades~ unificando todos os setores da AdministraC;ao.

27 (95cado do SRlo gtan.de do <Sur..A:dmln.l5cta~a.o 1993 a Dispor de material necessario a execw;:ao dos trabalhos da Se-' cretaria~ tanto material de expediente como maquinas e moveis. IMPLANTACAo E MANUTENCAO DA SEC. DO PLANEJAMENTO Dotar 0 munciipio de uma secretaria de planejamento para a elf!. borac;ao dos orc;ametnos ~ projetos ~ pianos de governo e outras atividades inerentes a sua atividade. Formar um sistema de previdencia e assistencia proprio municipal. META: INFORMA TlIACAO DA SECRET A RIA DA ADMINIS TRA CAo. Melhorar as condic;oes de trabalho~ dando maior agilidade nos ' servic;os ~ adquirindo computadores e softwares. Criar condic;oes para desenvolver 0 trabalho da secretaria. Promover 0 aperfeic;oamento dos servidores para dinamizar seu ' desempenho no cargo ou func;ao. META: AQUISICAo DE LlVROS E PUBLICACOES Manter a administrac;ao atualizada para por em pratica os atos a dministrativos de acordo com as norm as legais.

28 C98'~adOdo ~io gtande. do Q)u(..Admin.i8'~ta~ao1993 a 1996 ELA BORA CA 0 DO PLA NO DIRE TOR Formular uma polltica de desenvolvimento e ocupac;ao do solo

ESTADO DO PARANA Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Honorio Serpa Abril de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64

ESTADO DO PARANA Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Honorio Serpa Abril de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64 ESTADO DO PARANA Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 CHEFIA DE GABINETE Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 25.230,05 25.230,05 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total 01.000.0000 Legislativa 916.264,00 916.264,00 01.031.0000 Acao Legislativa 916.264,00 916.264,00 01.031.0001 Dar cumprimento as funcoes basicas do 916.264,00 916.264,00 Poder Legislativo de legislar e

Leia mais

ORGAO: 01 CAMARA MUNICIPAL DE GUARACIABA DO NORTE - ORCAMENTO FISCAL UNIDADE ORCAMENTARIA: 01 CAMARA MUNICIPAL DE GURACIABA DO NORTE FUNCAO: 01 LEGISLATIVA SUBFUNCAO: 031 ACAO LEGISLATIVA PROGRAMA: 0001

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO - PREFEITURA MUNICIPAL DE COLIDER Identificação de Programas. Lei Autorizativa

ESTADO DE MATO GROSSO - PREFEITURA MUNICIPAL DE COLIDER Identificação de Programas. Lei Autorizativa CAMARA MUNICIPAL ACAO DO LEGISLATIVO Atender as necessidades do Municipio, viabilizar aprovacoes de Projetos de Leis de interesse do municipio; suporte tecnico politico. Oferecer suporte conceitual de

Leia mais

LEI N. 410/99 LEI: 1º.- A subscrição de ações, por aumento de capital das Sociedades de Economia Mista, será objeto de Lei especial.

LEI N. 410/99 LEI: 1º.- A subscrição de ações, por aumento de capital das Sociedades de Economia Mista, será objeto de Lei especial. LEI N. 410/99 DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA O EXERCÍCIO DE 2000, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito Municipal de São José do Cerrito, Faço saber a todos os habitantes deste Município

Leia mais

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total 01.000.0000 Legislativa 300.000,00 3.280.900,00 3.580.900,00 01.031.0000 Acao Legislativa 300.000,00 3.280.900,00 3.580.900,00 01.031.0001 Dotar a Camara Municipal com moveis e 300.000,00 275.000,00 575.000,00

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE COLNIZA

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE COLNIZA 1 LEI Nº 007/2001 DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL DO MUNICÍPIO DE COLNIZA, PARA O PERÍODO DE 2001 A 2005 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS A Sra. NELCI CAPITANI, Prefeita Municipal de Colniza, Estado de Mato Grosso,

Leia mais

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Ordinario Vinculado Total

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Ordinario Vinculado Total 01.000.0000 Legislativa 55.548.990,00 55.548.990,00 01.031.0000 Acao Legislativa 55.544.400,00 55.544.400,00 01.031.0010 Prover a Camara Municipal de 16.350.000,00 16.350.000,00 infra-estrutura fisica

Leia mais

Agili Softwares para Area Publica

Agili Softwares para Area Publica ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE COLIDER ÓRGÃO: 01 CAMARA MUNICIPAL UNIDADE: 001 CAMARA MUNICIPAL PROGRAMA: 0001 ACAO DO LEGISLATIVO 2001 Manutencao das Atividades da Camara Meta Física 144,00

Leia mais

MUNICIPAL DE FIRMINO ALVES

MUNICIPAL DE FIRMINO ALVES ESTADO DA SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE FIRMINO ALVES DECRETO Nº 001/2014de 10 de Janeiro de 2014 APROVA O QUADRO DE DETALHAMENTO DA DESPESA QDD para exercício financeiro de 2014 e

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BETÂNIA Estado de Pernambuco LEI Nº 636 /2012 DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2013 Anexo de Prioridades e Metas ( Sintético )

PREFEITURA MUNICIPAL DE BETÂNIA Estado de Pernambuco LEI Nº 636 /2012 DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2013 Anexo de Prioridades e Metas ( Sintético ) Anexo de Prioridades e s ( Sintético ) s Processo Legislativo Administração Legislativa Planejamento Governamental Gestão Política Administrativa Suporte Administrativo Garantir o exercício da função legislativa

Leia mais

Código Especificação Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Código Especificação Projetos Atividades Oper. Especiais Total Estado do Paraná Programa de Trabalho Folha: 1 Órgão...: 02 SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO Unidade Orçamentária: 02.01 GOVERNO MUNICIPAL 04.000.0000.0.000.000 Administração 44.113,54 44.113,54 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

Órgão: SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Unid. Orç.: SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Programa: MANUTENÇÃO DA SECRETARIA DE

Órgão: SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Unid. Orç.: SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Programa: MANUTENÇÃO DA SECRETARIA DE Programa/Ação 2014 2015 2016 Unid Meta Valor Meta Valor Meta Poder: PODER LEGISLATIVO Órgão: PODER LEGISLATIVO Unid. Orç.: PODER LEGISLATIVO Programa: Manutenção da Câmara Municipal Un 1.00 1,144,000.00

Leia mais

Exercício: 2013 Data base: 31/12/2013

Exercício: 2013 Data base: 31/12/2013 Prefeitura Municipal de Alvorada Página: 000001 Orgão: 01 CAMARA MUNICIPAL DE VEREADORES 01 LEGISLATIVA 41.087,91 6.600.377,60 0,00 6.641.465,51 01.031 ACAO LEGISLATIVA 41.087,91 5.758.613,76 0,00 5.799.701,67

Leia mais

Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total Estado do Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 GOVERNO MUNICIPAL Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 31.191,67 31.191,67 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

LEI MUNICIPAL N 035/97. SÚMULA: Dispõe sobre as diretrizes orçamentárias do município de Carlinda_MT, para o exercício financeiro de 1998.

LEI MUNICIPAL N 035/97. SÚMULA: Dispõe sobre as diretrizes orçamentárias do município de Carlinda_MT, para o exercício financeiro de 1998. LEI MUNICIPAL N 035/97 SÚMULA: Dispõe sobre as diretrizes orçamentárias do município de Carlinda_MT, para o exercício financeiro de 1998. A Câmara Municipal de Carlinda, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PARANATINGA

CÂMARA MUNICIPAL DE PARANATINGA LEI Nº. 005/2000 Dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2001 VILSON PIRES, Prefeito Municipal de Paranatinga, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais e considerando

Leia mais

CTBS5900 SISTEMA INTEGRADO DE ORCAMENTO E CONTABILIDADE PUBLICA Data: 15/02/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE DENISE Hora: 11:00:11 Pag.

CTBS5900 SISTEMA INTEGRADO DE ORCAMENTO E CONTABILIDADE PUBLICA Data: 15/02/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE DENISE Hora: 11:00:11 Pag. Pag.: 001 01 CAMARA MUNICIPAL 01 001 CAMARA MUNICIPAL 01.031.0001.1001 AMPLIAR E REFORMAR O PREDIO DA CAMARA 0001-449051000000 Obras e Instalacoes 10.000,00 10.000,00 10.000,00 TOTAL DO PROJETO/ATIVIDADE

Leia mais

Estado do Paraná Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Salto do Lontra Março de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64

Estado do Paraná Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Salto do Lontra Março de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64 Estado do Paraná Programa de Trabalho Folha: 1 Órgão...: 02 SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO Unidade Orçamentária: 02.01 GOVERNO MUNICIPAL 04.000.0000.0.000.000 Administração 40.675,57 40.675,57 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

LEI Nº 008/2003, DE 01 DE JULHO DE 2003. A CÂMARA MUNICIPAL DE RESERVA, Estado do Paraná, aprovou, e eu Prefeito Municipal, sanciono a seguinte LEI:

LEI Nº 008/2003, DE 01 DE JULHO DE 2003. A CÂMARA MUNICIPAL DE RESERVA, Estado do Paraná, aprovou, e eu Prefeito Municipal, sanciono a seguinte LEI: LEI Nº 008/2003, DE 01 DE JULHO DE 2003. Súmula: Dispõe sobre as diretrizes orçamentárias para o ano 2.004 e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE RESERVA, Estado do Paraná, aprovou, e eu Prefeito

Leia mais

LDO 2015 - Anexo de Metas e Prioridades Governo Municipal de Cantanhede Página : 001

LDO 2015 - Anexo de Metas e Prioridades Governo Municipal de Cantanhede Página : 001 Governo Municipal de Cantanhede Página : 001 -------------------------------------------------- Órgão: 01 - Câmara Municipal -------------------------------------------------- --------------------------------------------

Leia mais

José Evilásio de Araújo Prefeito

José Evilásio de Araújo Prefeito LEI Nº 1.745/2012. Dispõe sobre a Revisão da Parcela Anual do Plano Plurianual para o exercício financeiro de 2013 e dá outras providências. O Prefeito do Município de Taquaritinga do Norte, Estado de

Leia mais

-: LEI Nº. 3.421/07 :-

-: LEI Nº. 3.421/07 :- -: LEI Nº. 3.421/07 :- DISPÕE SOBRE: AUTORIZA A ABERTURA DE CRÉDITO SUPLEMENTAR NO VALOR DE R$.840.500,00, AS SEGUINTES DOTAÇÕES DO ORÇAMENTO VIGENTE, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. ORLANDO PADOVAN, Prefeito

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO FUNÇÃO: 01 - LEGISLATIVA 31 Ação Legislativa 0001- Execução da Ação Legislativa 2001 - Manutenção das Atividades Legislativas da Câmara Municipal FUNÇÃO: 02 - JUDICIÁRIA 122 Administração Geral 0006- Defesa

Leia mais

ESTADO DE GOIAS PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJA

ESTADO DE GOIAS PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJA Página 1 Entidade : Unidade Orçamentária: 01 - GABINETE DO PREFEITO E PROCURADORIA 04 Administração 512.264,08 512.264,08 04.122 Administração Geral 512.264,08 512.264,08 04.122.0003 ASSESSORAMENTO JURIDICO

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE CARIDADE DO PIAUÍ, ESTADO DO PIAUÍ.

O PREFEITO MUNICIPAL DE CARIDADE DO PIAUÍ, ESTADO DO PIAUÍ. ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE CARIDADE DO PIAUÍ CNPJ (MF) 01.612.575/0001-28 Rua José Antonio Lopes s/nº = (0xx89) 3464-0001 Cep: 64.590-000 - Centro Caridade do Piauí Piauí LEI Nº 121 DE 16

Leia mais

LEI Nº 657/2013 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI Nº 657/2013 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI Nº 657/2013 Autor: Poder Executivo. SÚMULA: Dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o exercício financeiro de 2014, e dá outras providências. A Câmara Municipal de Boa Esperança, Estado do Paraná,

Leia mais

LEI MUNICIPAL: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI MUNICIPAL: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI MUNICIPAL Nº 1.490/96 DE 05 DE FEVEREIRO DE 1996. DISPÕE SOBRE A REORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE PANAMBI, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Panambi, e eu sanciono e promulgo a seguinte

Leia mais

Prefeitura Municipal de Itapemirim GABINETE DA PREFEITA

Prefeitura Municipal de Itapemirim GABINETE DA PREFEITA DECRETO N. 5109, DE 05 JULHO DE 2011. Regulamenta as Leis Municipal nrs. 2.067/2007 e 2.425/2011 as quais dispõe sobre o Programa de Atendimento ao Produtor Rural, Pró-Rural, e dá outras providências.

Leia mais

Ação Descrição 1001 - AQUISICAO DE EQUIPAMENTOS E MATERIAIS PERMANENTES 1059 - AMPLIAÇÃO E REFORMA DO PRÉDIO DA CAMARA MUNICIPAL

Ação Descrição 1001 - AQUISICAO DE EQUIPAMENTOS E MATERIAIS PERMANENTES 1059 - AMPLIAÇÃO E REFORMA DO PRÉDIO DA CAMARA MUNICIPAL Programa: 0001 - PROCESSO LEGISLATIVO 01 - CAMARA MUNICIPAL 001 - CAMARA MUNICIPAL 01 - Legislativa 031 - Legislativa Objetivo: PROCESSO LEGISLATIVO 1001 - AQUISICAO DE EQUIPAMENTOS E MATERIAIS PERMANENTES

Leia mais

Município de Cruzeiro do Iguaçu - PPA 2014 / 2017

Município de Cruzeiro do Iguaçu - PPA 2014 / 2017 Página: 1 0 - OPERAÇÕES ESPECIAIS OPERAÇÕES ESPECIAIS 1 Operação Especial ENCARGOS ESPECIAIS Outros Produtos 2 Operação Especial CONTRIBUIÇÃO AO PASEP Outros Produtos 1 - AÇÕES LEGISLATIVAS MANTER AS ATIVIDADES

Leia mais

ESTADO DO PARANA - PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAPORA. ANEXO 6 DA LEI 4.320/64 Agosto/2011 PROGRAMA DE TRABALHO DO GOVERNO POR ÓRGÃO

ESTADO DO PARANA - PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAPORA. ANEXO 6 DA LEI 4.320/64 Agosto/2011 PROGRAMA DE TRABALHO DO GOVERNO POR ÓRGÃO 01 LEGISLATIVO 01 LEGISLATIVA 01 031 ACAO LEGISLATIVA 01 031 0001 GESTAO E APRIMORAMENTO DA ATIVIDADE LEGISLATIVA 01 031 0001 1001 AQUISICAO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMATICA 01 031 0001 2001 MANUTENCAO GERAL

Leia mais

LEI Nº 217/2005, DE 07 DE JANEIRO DE 2005

LEI Nº 217/2005, DE 07 DE JANEIRO DE 2005 LEI Nº 217/2005, DE 07 DE JANEIRO DE 2005 Modifica a estrutura organizacional da Prefeitura Municipal de Mata de São João e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE MATA DE SÃO JOÃO, ESTADO DA BAHIA,

Leia mais

LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA O EXERCÍCIO DE 2015

LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA O EXERCÍCIO DE 2015 CNPJ: 00.000.729/0001-68 LEI DE DIRETRIZES S PARA O EXERCÍCIO DE 2015 ANEXO I METAS E PRIORIDADES ESTRUTURA ORGÃO CAMARA MUNICIPAL 01 2.001 1.001 CÂMARA MUNICIPAL Atividades Administrativas e Planarias

Leia mais

ÓRGÃO CAMARA MUNICIPAL DE VEREADORES OPERAÇÃO ESPECIAL PROJETO ATIVIDADE. 01.01.01 Legislativa 2.000.000,00 4.399.000,00 6.399.

ÓRGÃO CAMARA MUNICIPAL DE VEREADORES OPERAÇÃO ESPECIAL PROJETO ATIVIDADE. 01.01.01 Legislativa 2.000.000,00 4.399.000,00 6.399. 01 CAMARA MUNICIPAL DE VEREADORES 01.01.01 Legislativa 2.000.000,00 4.399.000,00 6.399.000,00 01.01.01.031 Ação Legislativa 2.000.000,00 4.399.000,00 6.399.000,00 01.01.01.031.0001 Execucao da Acao Legislativa

Leia mais

PLANO DE GOVERNO (2013-2016)

PLANO DE GOVERNO (2013-2016) PLANO DE GOVERNO (2013-2016) COLIGAÇÃO TRABALHO E JUSTIÇA SOCIAL (PMDB, PDT, PTB, PV) SALTO DA DIVISA/MG SUMÁRIO 1. FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS, QUALIFICADOS, BEM REMUNERADOS, E FELIZES 2. AGRICULTURA FORTE

Leia mais

Governo Municipal de Salinópolis ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2013 - Consolidado

Governo Municipal de Salinópolis ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2013 - Consolidado 01 Camara Municipal Atribuições: Legislar com a sanção do Prefeito municipal, sobre as matérias de competência do Município e tributos Municipais, bem como autorizar isenções e anistias fiscais e a remissão

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná LEI N 166, DE 13 DE JULHO DE 1999 DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES ORÇAMENTARIAS PARA O ANO DE 2000 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Faço saber que a Câmara Municipal de Ventania,, aprovou, e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRANÓPOLIS BALANÇO GERAL DO EXERCÍCIO DE 2014

ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRANÓPOLIS BALANÇO GERAL DO EXERCÍCIO DE 2014 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 ÓRGÃO...: PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRANÓPOLIS CÓDIGO: 11 UNIDADE..: CAMARA MUNICIPAL DE VEREADORES CÓDIGO: 01 01 LEGISLATIVA 1.219.738,65 031 AÇÃO LEGISLATIVA 1.219.738,65 1002

Leia mais

CAMARA MUNICIPAL DE NOVA SANTA ROSA

CAMARA MUNICIPAL DE NOVA SANTA ROSA CAMARA MUNICIPAL DE NOVA SANTA ROSA Página 1 de 23 As 14:00:56 Horas Codigo Programa: 1 - ACAO LEGISLATIVA 2001 MANUTENCAO DAS ATIVIDADES LEGISL 1.113.50 1.180.00 1.600.00 1.890.00 5.783.50 001 Rec.Tesouro(Descentralizado)

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO FUNÇÃO: 01 - LEGISLATIVA 031 Ação Legislativa 0001 - Execução da Ação Legislativa Manutenção das Atividades Legislativas FUNÇÃO: 02 - JUDICIÁRIA 122 Administração Geral 0006 - Defesa Jurídica do Município

Leia mais

Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Bocaiuva do Sul Fevereiro de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64

Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Bocaiuva do Sul Fevereiro de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64 Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 GABINETE DO PREFEITO Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 7.539,55 7.539,55 04.122.0000.0.000.000 Administracao

Leia mais

Diário Oficial dos Municípios do Sudoeste do Paraná DIOEMS

Diário Oficial dos Municípios do Sudoeste do Paraná DIOEMS Prefeitura Municipal de SULINA Estado do Parana Demonstração da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Prefeitura Municipal de Sulina Janeiro de 2015 - Anexo 01, da Lei 4.320/64 - Anexo 01,

Leia mais

Prefeitura Municipal de AJURICABA LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias - 2016 Anexo V - Meta Fiscal da Despesa - Rol de Programas

Prefeitura Municipal de AJURICABA LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias - 2016 Anexo V - Meta Fiscal da Despesa - Rol de Programas Página: 1 0000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 101 Restituição de Recursos 4.000,00 5.000,00 6.000,00 201 Contribuição PASEP 290.000,00 300.000,00 310.000,00 301 Sentenças Judiciais e Precatórios 6.000,00 8.000,00

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA DE GOIANIA. ELABORAÇÃO PPA PLANO PLURIANUAL 2014 à 2017

PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA DE GOIANIA. ELABORAÇÃO PPA PLANO PLURIANUAL 2014 à 2017 ÓRGÃO: 1 APARECIDA DE GOIANIA CAMARA MUNICIPAL UNIDADE: 0101 CAMARA MUNICIPAL ELABORAÇÃO PPA PLANO PLURIANUAL 2014 à PROGRAMA: 0001 AÇÃO LEGISLATIVA OBJETIVO: MANTER AS ATIVIDADES DA CAMARA MUNICIPAL JUSTIFICATIVA:

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MIRANTE DA SERRA GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 159/98 DE 17 DE DEZEMBRO DE 1998. O Prefeito do Município de Mirante da Serra.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MIRANTE DA SERRA GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 159/98 DE 17 DE DEZEMBRO DE 1998. O Prefeito do Município de Mirante da Serra. PREFEITURA DO MICÍPIO DE MIRANTE DA SERRA GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 159/98 DE 17 DE DEZEMBRO DE 1998. APROVA O PLURIANUAL DO MICÍPIO DE MIRANTE DA SERRA 1999 A 2001 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE ALTO BELA VISTA

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE ALTO BELA VISTA 1 DISPÕE SOBRE A ALTERAÇÃO DE S E PRIORIDADES PREVISTAS NO ANEXO II, DA LEI MUNICIPAL Nº 174, DE 30 DE A G O S T O D E 2 0 0 1, Q U E DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL DE GOVERNO DO MUNICÍPIO, PARA O PERÍODO

Leia mais

1.2 - Implantação do programa de habitação rural (construção de casas de qualidade nas propriedades rurais).

1.2 - Implantação do programa de habitação rural (construção de casas de qualidade nas propriedades rurais). PLANO DE GOVERNO - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PARTICIPATIVA PARA 2013/2016 COLIGAÇÃO O PRESENTE NOS PERMITE SEGUIR EM FRENTE - CANDIDATO A PREFEITO PEDRINHO DA MATA 11 Ações a serem realizadas por Secretarias:

Leia mais

Programa de Trabalho

Programa de Trabalho Código Especificação Corrente Capital T O T A L 01 01.031 01.031.0012 01.122 01.122.0002 01.128 01.128.0010 01.846 01.846.0002 03 03.122 03.122.0002 03.241 03.241.0003 03.422 03.422.0003 04 04.121 04.121.0016

Leia mais

Estado do Parana Natureza da Despesa Segundo as Categorias Economicas Folha: 2 Prefeitura Munic. Tres Barras do Parana Fevereiro de 2014 - Anexo 2,

Estado do Parana Natureza da Despesa Segundo as Categorias Economicas Folha: 2 Prefeitura Munic. Tres Barras do Parana Fevereiro de 2014 - Anexo 2, Estado do Parana da Despesa Segundo as Categorias Economicas Folha: 1 Grupo de 3.0.00.00.00.0000 DESPESAS CORRENTES 2.196.043,60 3.1.00.00.00.0000 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS 1.141.426,71 3.1.71.00.00.0000

Leia mais

Total... 10.413.694,13

Total... 10.413.694,13 Orcamentos Anuais (Art. 2o, Inciso X) - Despesa Fixada por Unidade Orcamentaria 01.01 CAMARA MUNICIPAL 370.336,14 02.01 GABINETE DO PREFEITO 308.200,00 03.01 SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRACAO 608.400,00

Leia mais

LEI N 10.066, DE 27 DE JULHO DE 1992

LEI N 10.066, DE 27 DE JULHO DE 1992 LEI N 10.066, DE 27 DE JULHO DE 1992 Cria a Secretaria de Estado do Meio Ambiente - SEMA, a entidade autarquica Instituto Ambiental do Parana - IAP e adota outras providencias. A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Leia mais

LEI Nº 384/2010. A Câmara Municipal de Boa Esperança, Estado do Paraná, aprova e eu, CLAUDIO GOTARDO, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte LEI:

LEI Nº 384/2010. A Câmara Municipal de Boa Esperança, Estado do Paraná, aprova e eu, CLAUDIO GOTARDO, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte LEI: LEI Nº 384/2010 SÚMULA: DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DA LEI ORÇAMENTÁRIA DO MUNICÍPIO DE BOA ESPERANÇA, ESTADO DO PARANÁ, PARA O EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2011, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A

Leia mais

MIGUEL SCHMITT-PRYM, Prefeito Municipal de Panambi, Faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte

MIGUEL SCHMITT-PRYM, Prefeito Municipal de Panambi, Faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte LEI MUNICIPAL Nº 1.528/96 DE 23 DE OUTUBRO DE 1996. INSTITUI NOVA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA ORGANIZACIONAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE PANAMBI, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. MIGUEL SCHMITT-PRYM, Prefeito Municipal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CONCEIÇÃO DE MACABU PPA 2014/2017 ANEXO 1 - PROGRAMAS FINALÍSTICOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CONCEIÇÃO DE MACABU PPA 2014/2017 ANEXO 1 - PROGRAMAS FINALÍSTICOS 22/09/ - 1539 Página 1 PROGRAMA OBJETIVO ANEXO 1 - PROGRAMAS FINALÍSTICOS 0002 - COMUNIC SOCIAL, DIVULG E PUBLICIDADE EFETUAR DIVULG DE ATO INSTITUCIONAL E PUBLIC DE ATO OFICIAL POR MEIO PRÓPRIO E TERCEIRIZADO

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 042/2013, de 20 de maio de 2013.

PROJETO DE LEI Nº 042/2013, de 20 de maio de 2013. PROJETO DE LEI Nº 042/2013, de 20 de maio de 2013. Altera e consolida a estrutura administrativa da Prefeitura Municipal de Céu Azul e dá outras providências. O PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL DE CÉU AZUL,

Leia mais

ANEXO 05 Lei n 509 - PPA

ANEXO 05 Lei n 509 - PPA DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO Instituído pela lei municipal de n 352, de 31 de agosto de 2009. ADMINISTRAÇÃO DO EXMO. SENHOR CICERO MONTEIRO NETO ANO V N 327 - RODOLFO FERNANDE S/RN, Terça - feira, 31 de

Leia mais

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now. Estado do Rio de Janeiro Demonstrativo da Despesa por Funcoes, Subfuncoes e Programas Folha: 1 01.000.0000 Legislativa 9.979.546,00 9.979.546,00 01.031.0000 Acao Legislativa 8.430.505,00 8.430.505,00 01.031.2014

Leia mais

PROPOSTA DE GOVERNO PARA EDUCAÇÃO

PROPOSTA DE GOVERNO PARA EDUCAÇÃO PROPOSTA DE GOVERNO PARA EDUCAÇÃO 1 - EDUCAÇÃO 1.1 EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL: A adoção do sistema de educação em tempo integral é uma de nossas prioridades. As escolas municipais que ainda não atendem

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO GRANDE DA SERRA Exercício: 2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO GRANDE DA SERRA Exercício: 2014 Programa: MANUTENÇÃO DO LEGISLATIVO Código do programa: 0001 Unidade responsável pelo programa: CAMARA MUNICIPAL Código da unidade responsável: 01.01 DAR COMPRIMENTO AS FUNÇÕES BASICAS DO PODER LEGISTALTIVO,

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS LEI N o 1.633 DE 14 DE JANEIRO DE 2013. DEFINE A NOVA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO DE CAIAPÔNIA E DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO

Leia mais

PROGRAMA DE GOVERNO Massapê do piauí. Esta MUDANÇA INCLUE VOCÊ. Chico carvalho prefeito

PROGRAMA DE GOVERNO Massapê do piauí. Esta MUDANÇA INCLUE VOCÊ. Chico carvalho prefeito PROGRAMA DE GOVERNO Massapê do piauí Esta MUDANÇA INCLUE VOCÊ Chico carvalho prefeito É com o 11 que vamos avançar! Plano de ações do Prefeito Chico Carvalho para uma nova Massapê em 2013 11 Ações na Saúde

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE IVAIPORÃ Estado do Paraná PLE 136/2012

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE IVAIPORÃ Estado do Paraná PLE 136/2012 1 LEI N 2.242, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2012 Abre um Crédito Adicional Suplementar e dá outras providências Art. 1 Fica o Poder Executivo autorizado a abrir no corrente exercício financeiro, um Crédito Adicional

Leia mais

Estado do Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Boa Vista da Apar Janeiro de 2011 - Anexo 6, da Lei 4.

Estado do Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Boa Vista da Apar Janeiro de 2011 - Anexo 6, da Lei 4. Estado do Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 GOVERNO MUNICIPAL Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 13.868,32 13.868,32 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

Orçamento Anual. Parque Lage Lage Park - Foto: Alexandre Macieira Riotur Licença Todos os direitos reservados a Ascom Riotur

Orçamento Anual. Parque Lage Lage Park - Foto: Alexandre Macieira Riotur Licença Todos os direitos reservados a Ascom Riotur Orçamento Anual Anexo VII: Consolidação dos Quadros Orçamentários Atualização dos Anexos da Lei n.º 5.494 de 24 de julho de 2012 Anexo VIII: Metas Fiscais Anexo IX: Riscos Fiscais Parque Lage Lage Park

Leia mais

PROPOSTAS DE CAMPANHA COLIGAÇÃO COLIGAÇÃO QUATRO MELHOR. SIRLEY JUNQUEIRA Prefeita e JOEL RAMOS Vice-Prefeito

PROPOSTAS DE CAMPANHA COLIGAÇÃO COLIGAÇÃO QUATRO MELHOR. SIRLEY JUNQUEIRA Prefeita e JOEL RAMOS Vice-Prefeito PROPOSTAS DE CAMPANHA COLIGAÇÃO COLIGAÇÃO QUATRO MELHOR SIRLEY JUNQUEIRA Prefeita e JOEL RAMOS Vice-Prefeito 1. PLANEJAMENTO - Planejar o desenvolvimento do município em todos os seguimentos. - Criar centro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Estado de Rondônia Exercício:

PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Estado de Rondônia Exercício: Função 01 Legislativa 031 Legislativa 0001 APOIO ADMINISTRATIVO DO PODER LEGISLATIVO 2001 MANUTENÇÃO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DA CAMARA MUNICIPAL 0001 APOIO ADMINISTRATIVO DO PODER LEGISLATIVO 2002

Leia mais

01 Legislativa. 031 Acao Legislativa. 0135 Gestao Administrativa do Poder Legi 0136 Gestao Legislativa 0289 Recuperacao de Localidades Atingida

01 Legislativa. 031 Acao Legislativa. 0135 Gestao Administrativa do Poder Legi 0136 Gestao Legislativa 0289 Recuperacao de Localidades Atingida CLASSIFICACAO FUNCIONAL-PROGRAMATICA: CODIGO E ESTRUTURA ANEXO 05 DA LEI 4.320/64 10/03/2015 FOLHA: 1 01 Legislativa 02 Judiciaria 03 Essencial a Justica 04 Administracao 031 Acao Legislativa 032 Controle

Leia mais

Implementação de Centro de Reabilitação para Dependentes Químicos; Criação de Consultório Odontológico no PSF de Itapema do Norte;

Implementação de Centro de Reabilitação para Dependentes Químicos; Criação de Consultório Odontológico no PSF de Itapema do Norte; PROPOSTA DE GOVERNO ITAPOÁ SC * 2013-2016 A presente proposta de governo é apresentada em linha gerais, com a finalidade de compor o acervo documental para o pedido de registro de candidatura aos cargos

Leia mais

Código Especificação Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Código Especificação Projetos Atividades Oper. Especiais Total Estado do Paraná Programa de Trabalho Folha: 1 Órgão...: 02 SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO Unidade Orçamentária: 02.01 GOVERNO MUNICIPAL 04.000.0000.0.000.000 Administração 37.186,28 37.186,28 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA DE GOIANIA DESPESAS PREVISTAS DE 2014/2017 PLANO PLURIANUAL 2014 A 2017 - PROGRAMA, OBJETIVOS, AÇÕES E METAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA DE GOIANIA DESPESAS PREVISTAS DE 2014/2017 PLANO PLURIANUAL 2014 A 2017 - PROGRAMA, OBJETIVOS, AÇÕES E METAS ORGÃO: 01 - CAMARA MUNICIPAL DE APARECIDA DE GOIANIA UNIDADE: 0101 - CAMARA MUNICIPAL PROGRAMA: 0001 - AÇÃO LEGISLATIVA OBJETIVO: MANTER AS ATIVIDADES DA CAMARA MUNICIPAL 2001 MANUTENÇAO DA CAMARA MUNICIPAL

Leia mais

ESTADO DO ACRE MUNICÍPIO DE SANTA ROSA DO PURUS LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIA

ESTADO DO ACRE MUNICÍPIO DE SANTA ROSA DO PURUS LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIA Lei nº 010/2015 DE 28 DE OUTUBRO DE 2015. Dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o Exercício Financeiro de 2016 e dá outras providencias. O Prefeito Municipal de Santa Rosa do Purus, Estado do Acre,

Leia mais

OBJETIVOS Dar cumprimento as funções básica dos Poder Legislativo Municipal

OBJETIVOS Dar cumprimento as funções básica dos Poder Legislativo Municipal PROCESSO LEGISLATIVO O Legislativo Municipal composto de 9 (nove) vereadores, funciona em prédio próprio, possui contabilizada descentralizada, tem em seu quadro funcional, uma Contadora, uma Secretária,

Leia mais

MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL - ACRE GABINETE DO PREFEITO. ANEXO I (Lei n 513, de 22/10/2009 - Diretrizes Orçamentárias 2010)

MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL - ACRE GABINETE DO PREFEITO. ANEXO I (Lei n 513, de 22/10/2009 - Diretrizes Orçamentárias 2010) Pág. 1 de 7 ANEXO I (Lei n 513, de 22/10/2009 - Diretrizes Orçamentárias 2010) PRIORIDADES E METAS PARA 2010 PODER LEGISLATIVO AÇÃO LEGISLATIVA - Dar apoio administrativo e garantir a manutenção das ações,

Leia mais

MUNICIPIO DE VINHAIS DO ANO 2015 PÁGINA : 1

MUNICIPIO DE VINHAIS DO ANO 2015 PÁGINA : 1 PÁGINA : 1 1. FUNCOES GERAIS 4.670.218,46 1.262.000,00 1.262.000,00 761.000,00 201.000,00 201.000,00 7.095.218,46 1.1. SERVICOS GERAIS DE 4.670.218,46 1.262.000,00 1.262.000,00 761.000,00 201.000,00 201.000,00

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº. 864/93 Súmula: Dispõe sobre o Plano Pluarianual de Investimentos para o período de 1994 a 1997.

LEI MUNICIPAL Nº. 864/93 Súmula: Dispõe sobre o Plano Pluarianual de Investimentos para o período de 1994 a 1997. LEI MUNICIPAL Nº. 864/93 Súmula: Dispõe sobre o Plano Pluarianual de Investimentos para o período de 1994 a 1997. Faço saber que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná, aprovou e eu, Miguel

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTADAS

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTADAS ANEXO I METAS E PRIORIDADES ÓRGÃOS, PROGRAMAS, OBJETIVOS E METAS 01 PROGRAMA: ATUAÇÃO LEGISLATIVA CÂMARA MUNICIPAL DE MONTADAS Fortalecer a democracia e garantir as ações legislativas MUNICÍPIO Manutenção

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO

CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO Função 04 Administração 061 Judiciária 0004 CUMPRIMENTO DAS SENTENÇAS JUDICIAIS 2055 CUMPRIMENTO DAS SENTENÇAS JUDICIAIS 121 Planejamento e Orçamento 0048 ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2125 APOIO AO EXERCÍCIO

Leia mais

LEI Nº. 1.379/2014. Art. 2º - O Plano Plurianual tem como diretrizes:

LEI Nº. 1.379/2014. Art. 2º - O Plano Plurianual tem como diretrizes: LEI Nº. 1.379/2014. EMENTA: Dispõe sobre a Revisão do Plano Plurianual para o exercício de 2015 e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SIRINHAÉM, ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso de suas atribuições

Leia mais

E AÇÕES PARA AS DIRETRIZES DO PLANO DE GOVERNO DO PT 2013 A 2016

E AÇÕES PARA AS DIRETRIZES DO PLANO DE GOVERNO DO PT 2013 A 2016 E AÇÕES PARA AS DIRETRIZES DO PLANO DE GOVERNO DO PT 2013 A 2016 1-ORÇAMENTO PARTICIPATIVO; PLANEJAMENTO DE CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZO COM PARTICIPAÇÃO DIRETA DA POPULAÇÃO PARA DEFINIR AS PRIORIDADES DAS

Leia mais

Estado do Paraná PREFEITURA MUNICIPAL DE JURANDA

Estado do Paraná PREFEITURA MUNICIPAL DE JURANDA Página: 1/38 0001 - PROGRAMA DE GESTÃO LEGISLATIVA GESTÃO LEGISLATIVA PPA 2014/2017 GESTÃO LEGISLATIVA PPA 2014/2017 GESTÃO LEGISLATIVA PPA 2014/2017 2.001 - ATIVIDADES LEGISLATIVAS Gestão Administrativa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE KUBITSCHEK Estado de Minas Gerais MENSAGEM Nº

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE KUBITSCHEK Estado de Minas Gerais MENSAGEM Nº MENSAGEM Nº Senhores membros da Câmara Municipal, Submeto à elevada deliberação de V. Exªs. o texto do projeto de lei que institui o Plano Plurianual para o período de 2002 a 2005. Este projeto foi elaborado

Leia mais

LEI Nº 3.611 de 03 de setembro de 2013. DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ PARA O PERÍODO DE 2014 A 2017.

LEI Nº 3.611 de 03 de setembro de 2013. DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ PARA O PERÍODO DE 2014 A 2017. LEI Nº 3.611 de 03 de setembro de 2013. DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ PARA O PERÍODO DE 2014 A 2017. DARCI JOSÉ LAUERMANN, Prefeito Municipal de São Sebastião do

Leia mais

Propostas da LDO 2013

Propostas da LDO 2013 Propostas da LDO 2013 Secretaria Municipal de Educação Complementação da Merenda Escolar; Reforma de Escolas; Construção de Escolas; Reparos em Escolas; Construção de Espaços para prática de Educação Física;

Leia mais

PLANO DE GOVERNO PARA GESTÃO 2013 / 2016 DO MUNICÍPIO DE SÃO JORGE DO PATROCINIO COLIGAÇÃO UNIDOS POR SÃO JORGE DO PATROCÍNIO

PLANO DE GOVERNO PARA GESTÃO 2013 / 2016 DO MUNICÍPIO DE SÃO JORGE DO PATROCINIO COLIGAÇÃO UNIDOS POR SÃO JORGE DO PATROCÍNIO PLANO DE GOVERNO PARA GESTÃO 2013 / 2016 DO MUNICÍPIO DE SÃO JORGE DO PATROCINIO COLIGAÇÃO UNIDOS POR SÃO JORGE DO PATROCÍNIO CANDIDATO A PREFEITO: AGNALDO GOUVEIA (PP) CANDIDATO A VICE-PREFEITO: EDELCIO

Leia mais

A TRANSPORTAR... 40.275,19 98.800,00 81.800,00 18.000,00 18.000,00 18.000,00 193.075,19

A TRANSPORTAR... 40.275,19 98.800,00 81.800,00 18.000,00 18.000,00 18.000,00 193.075,19 PÁGINA : 1 DESPESAS D (PREVISÃO) 1. FUNÇOES GERAIS 132.059,77 470.000,00 470.000,00 157.250,00 107.500,00 62.700,00 929.509,77 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE 93.277,77 410.000,00 410.000,00 147.250,00 97.500,00

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE Cidade Monumento da História Pátria Cellula Mater da Nacionalidade

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE Cidade Monumento da História Pátria Cellula Mater da Nacionalidade Cria o Sistema Municipal de Ensino e estabelece normas gerais para a sua adequada implantação. Proc. n.º 5193/02 PAULO DE SOUZA, Vice-Prefeito no exercício do cargo de Prefeito do Município de São Vicente,

Leia mais

Programa de Governo. Chiara Prefeita. Bauru 2013-2016. Vice Gilson. Coligação BAURU MERECE MUITO MAIS DEM-PSDB

Programa de Governo. Chiara Prefeita. Bauru 2013-2016. Vice Gilson. Coligação BAURU MERECE MUITO MAIS DEM-PSDB Programa de Governo Bauru 2013-2016 Chiara Prefeita Vice Gilson Coligação BAURU MERECE MUITO MAIS DEM-PSDB APRESENTAÇÃO As eleições de 2012 vão definir o dia a dia de cada um dos eleitores bauruenses pelos

Leia mais

Demonstrativo de Funcoes, Subfuncoes e Programas por Projetos, Atividades e O.E. Exercicio de 2010 - Anexo 7, da Lei 4.320/64

Demonstrativo de Funcoes, Subfuncoes e Programas por Projetos, Atividades e O.E. Exercicio de 2010 - Anexo 7, da Lei 4.320/64 01.000.0000 Legislativa 5.300.000,00 28.019.660,00 33.319.660,00 01.031.0000 Acao Legislativa 5.300.000,00 28.019.660,00 33.319.660,00 01.031.0010 Processo Legislativo 5.300.000,00 1.173.900,00 6.473.900,00

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E ORCAMENTO EXERCICIO: 2016 SIOR - SISTEMA ORCAMENTARIO R$ 1,00

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E ORCAMENTO EXERCICIO: 2016 SIOR - SISTEMA ORCAMENTARIO R$ 1,00 20 SEC. DE DESENV. ECO. E TURISMO-VINCULADA 290 FUNDO EST. DE CIENCIA E TECNOLOGIA 12 EDUCACAO 18.440.915 7.869.000 6.071.915 4.500.000 363 ENSINO PROFISSIONAL 11.741.915 5.871.000 5.870.915 1157 EDUCACAO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS PLANO PLURIANUAL 2002-2005

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS PLANO PLURIANUAL 2002-2005 CÂMARA DE VEREADORES Programa Municipal de Ação Legislativa Coordenar os trabalhos legislativos do Município, legislando em prol da comunidade. Executar trabalhos legislativos, de fiscalização e assessoramento,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE OURO PRETO - PROPOSIÇÃO DE LEI Nº 36/93 -

CÂMARA MUNICIPAL DE OURO PRETO - PROPOSIÇÃO DE LEI Nº 36/93 - CÂMARA MUNCPAL DE OURO PRETO '11 ([) CEP 35.400-000 - ESTADO DE MNAS GERAS -). - PROPOSÇÃO DE LE Nº 36/93 - REGULAMENTA O FUNCONAMENTO DO FUNDO MUNCPAL DE SAÚ DE E DA OUTRAS PROVDENCAS. A Mesa da Câmara

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 45.716, DE 20 DE JUNHO DE 2008. (publicado no DOE nº 118, de 23 de junho de 2008) Abre créditos suplementares

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PASTOS BONS AVENIDA DOMINGOS SERTAO 1000

PREFEITURA MUNICIPAL DE PASTOS BONS AVENIDA DOMINGOS SERTAO 1000 PROJETO DE LEI DO PLANO PLURIANUAL Projeto de Lei: Dispoe sobre o Plano Plurianual para o periodo 2015/2018 A CAMARA MUNICIPAL decreta: Art. 1o. Esta lei institui o Plano Plurianual para o quadrienio 2015/2018

Leia mais

Prefeitura Municipal de Assis Exercicio de 2014 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: CONSOLIDADO Categoria Codigo Especificacao Desdobramento

Prefeitura Municipal de Assis Exercicio de 2014 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: CONSOLIDADO Categoria Codigo Especificacao Desdobramento 1000.00.00.00.00 Receitas Correntes 231.952.000,00 1100.00.00.00.00 Receita Tributaria 40.032.042,00 1110.00.00.00.00 Impostos 38.751.000,00 1112.00.00.00.00 Impostos sobre o Patrimonio e a Renda 24.911.000,00

Leia mais

Balancete Analítico. Saldo Mês Inicial

Balancete Analítico. Saldo Mês Inicial 100000000 - Ativo 40.014.044,69 1.247.288.939,72 645.839.588,07 641.463.396,34 D 110000000 - Ativo Circulante 15.145.606,97 309.093.371,32 315.398.093,96 8.840.884,33 D 111000000 - Disponivel 15.141.043,39

Leia mais

Prefeito Laércio anuncia mais investimentos na cidade de Taquaral

Prefeito Laércio anuncia mais investimentos na cidade de Taquaral 22 DE AGOSTO DE 2014 EDIÇÃO ANIVRSÁRIO TAQUARAL EDIÇÃO Nº 511 DIRETOR : ROGÉRIO CONSTANTINO Email - rogerioconsta@uol.com.br Prefeito Laércio anuncia mais investimentos na cidade de Taquaral.br Em entrevista

Leia mais

DECRETO No:01911 /2015 ABRE CREDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR

DECRETO No:01911 /2015 ABRE CREDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR FOLHA: 1 O PREFEITO MUNICIPAL de PRUDENTE DE MORAIS, no uso de suas atribuições legais, nos termos da Lei No 4320/64 e, Lei Municipal Nº 1100 / 2015 CONSIDERANDO: DECRETA: Artigo 1º - Ficam abertos creditos

Leia mais

MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL - ACRE GABINETE DO PREFEITO. Lei de Diretrizes Orçamentárias 2012 Anexo I Prioridades e Metas para 2012

MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL - ACRE GABINETE DO PREFEITO. Lei de Diretrizes Orçamentárias 2012 Anexo I Prioridades e Metas para 2012 Lei de Diretrizes Orçamentárias 2012 Anexo I Prioridades e Metas para 2012 PODER LEGISLATIVO AÇÃO LEGISLATIVA Dar apoio administrativo e garantir a manutenção das ações, objetivando o desenvolvimento das

Leia mais