02/03/2011 PERSPECTIVA SINDRÔMICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "02/03/2011 PERSPECTIVA SINDRÔMICA"

Transcrição

1 PSICOPATOLOGIA CLASSIFICAÇÕES DIAGNÓSTICAS COMPREENSÃO DAS SÍNDROMES Profa. Dra. Marilene Zimmer Psicologia - FURG 2 Embora a psicopatologia psiquiátrica contemporânea tenda, cada vez mais, a priorizar sistemas de categorização baseados em evidência, Classicamente a clínica psiquiátrica parte de uma perspectiva sindrômica Síndromes são conjuntos de sinais e sintomas que se agrupam de forma recorrente e são observados na prática clínica diária 3 4 Nessa perspectiva Postula-se que no complexo sintomático há: Sintomas nucleares e Sintomas periféricos Identificar síndromes é o primeiro passo no sentido de ordenar a observação psicopatológica dos sintomas do paciente Consistindo em uma indicação preciosa para o diagnóstico baseado em um raciocínio clínico 5 6 1

2 SISTEMAS UNIVERSAIS DE CLASSIFICAÇÃO DE DOENÇAS Desde o começo da medicina científica houve grande preocupação com as disparidades de critérios diagnósticos em diversos países SISTEMAS UNIVERSAIS DE CLASSIFICAÇÃO DE DOENÇAS Surgiram, então, as propostas de um sistema único de classificação, que deu origem à Classificação Internacional das Doenças CID Atual CID-10 - décima versão Em andamento edição CID SISTEMAS UNIVERSAIS DE CLASSIFICAÇÃO DE DOENÇAS A primeira convenção diagnóstica no campo da psiquiatria se efetivou somente a partir de 1946 Quando foram criadas a secção de doenças mentais na CID E a classificação da Associação Psiquiátrica Americana, a Diagnostic and Statistical Manual (DSM) for Mental Disorders Atualmente em sua quarta versão revisada Em elaboração DSM-V 9 A REVOLUÇÃO NOSOGRÁFICA A partir da revisão da DSM-III Em meados dos anos 1990 Foi-se impondo um novo paradigma para a classificação nosográfica em psiquiatria 10 A REVOLUÇÃO NOSOGRÁFICA Nascido da psiquiatria universitária norte-americana, Conhecido como Escola de St. Louis Trabalhar com critérios objetivos e estatísticos Para a definição de categorias nosográficas em psicopatologia 11 A REVOLUÇÃO NOSOGRÁFICA Esse modelo Criticado por muitos como uma clínica da medicação Foi efetivamente desenvolvido no DSM-IV E influenciou diretamente a elaboração da secção de doenças psiquiátricas da CID

3 Essa revolução de paradigma toma os efeitos fisiológicos dos psicofármacos Como critério operacional para identificação de síndromes psiquiátricas Nesse sentido propõe-se como formalização: a-teórica, a-histórica e não-doutrinária Para a compreensão da etiologia e patogenia das doenças mentais Além disso, os critérios de agrupamento de sintomas passaram a ser baseados em expedientes da chamada Medicina Baseada em Evidência Evidence Based Medicine (EBM) Que adota critérios estatísticos de validação de seus constructos 15 Desse modo, as categorias tradicionais da semiologia psiquiátrica, Como neurose e psicose Foram substituídas por diferentes agrupamentos sindrômicos de Sintomas orgânicos e Comportamentais definidos como transtornos 16 DSM-IV-TR Classificação de Doenças Mentais da Associação Psiquiátrica Americana (APA) Lançado em 1994 e revisada em 2000 Baseado em um sistema multidimensional de categorias diagnósticas segundo 5 eixos DSM-V EIXOS DIAGNÓSTICOS DO DSM-IV I II III IV V Diagnóstico do Transtorno Mental Diagnóstico da Personalidade e do Nível Intelectual Diagnóstico de Distúrbios Somáticos Associados Problemas Psicossociais e Eventos da Vida Desencadeantes ou Associados Avaliação Global do Nível de Funcionamento Psicossocial 18 3

4 CID-10 Classificação Internacional de Doenças da Organização Mundial de Saúde (OMS) Lançada em 1993 A classificação dos transtornos mentais restringe-se ao Capítulo V Baseada em um sistema mais simples de categorização das síndromes 19 CATEGORIAS GERAIS DO CID-10 F00-F09 Transtornos mentais orgânicos, incluindo sintomáticos F10-F19 Transtornos mentais e de comportamento decorrentes do uso de substância psicoativa F20-F29 Esquizofrenia, transtorno esquizotípico e delirantes F30-F39 Transtornos de humor (afetivos) F40-F48 Transtornos neuróticos, relacionados ao estresse e somatoformes F50-F59 Síndromes comportamentais associadas a perturbações fisiológicas e fatores físicos F60-F69 Transtornos de personalidade e de comportamentos em adultos F70-F79 Retardo mental F80-F89 Transtornos do desenvolvimento psicológico Transtornos emocionais e de comportamento com início usualmente F90-F98 ocorrendo na infância e adolescência 20 F99 Transtorno mental não especificado AS GRANDES SÍNDROMES PSIQUIÁTRICAS Síndromes Afetivas Ansiosas Depressivas Maníacas Síndromes Neuróticas Fobias Quadros obsessivo-compulsivos Quadros histéricos Somatizações e hipocondrias Síndromes Psicóticas Esquizofrenias Paranóia e Parafrenias Síndromes de Agitação e Lentificação Psicomotora Síndromes relacionadas a Substâncias Psicoativas Síndromes relacionadas à Sexualidade Síndromes relacionadas ao Sono Síndromes Mentais Orgânicas e Demências REFERÊNCIAS ONLINE CID-10: OMS CID-10: GOVERNO BRASILEIRO (SUS)

5 DSM-IV: APA DSM-IV E CID-10: GUIA DE REFERÊNCIA (PORTUGAL) DSM-IV e CID-10: Guia de Referência (Brasil) DIAGNÓSTICO MULTIAXIAL DSM IV - TR DIAGNÓSTICO MULTIAXIAL Eixo I Transtornos Clínicos Outras condições que podem ser foco de atenção clínica Eixo II Transtornos de Personalidade Retardo Mental Eixo III Condições Médicas Gerais Eixo IV Problemas Psicossociais e Ambientais Eixo V Avaliação Global do Desenvolvimento EIXO I Transtornos Clínicos Transtornos Diagnosticados por 1ª Vez na Infância ou Adolescência Delirium, Demência, T. Amnésicos e outros T. Cognitivos Transtornos Mentais Devido a Uma Condição Médica Geral Transtornos Relacionados a Substâncias Esquizofrenia e Outros Transtornos Psicóticos Transtornos de Humor Transtornos de Ansiedade Transtornos Somatoformes Transtornos Factícios Transtornos Dissociativos Transtornos Sexuais e de Identidade de Gênero Transtornos da Alimentação Transtornos do Sono Transtornos do Controle de Impulsos Não Classificados em Outro Local Transtornos da Adaptação 29 Outras Condições que Podem ser Foco de Atenção Clínica 30 5

6 EIXO II Transtornos de Personalidade Transtorno de Personalidade Paranóide Transtorno de Personalidade Esquizóide Transtorno de Personalidade Esquizotípica Transtorno de Personalidade Anti-Social Transtorno de Personalidade Borderline Transtorno de Personalidade Histriônica Transtorno de Personalidade Narcisista Transtorno de Personalidade Dependente Transtorno de Personalidade Obsessivo- Compulsiva Transtorno de Personalidade Sem Outra especificação Transtorno de Personalidade Esquiva Retardo Mental 31 EIXO III Condições Médicas Gerais Doenças Infecciosas e Parasitárias Neoplasias Doenças Endócrinas, Nutricionais e Metabólicas e T. da Imunidade Doenças do Sangue e Órgãos Hematopoiéticos Doenças do Sistema Nervoso e Órgãos Sensoriais Doenças do Sistema Circulatório Doenças do Sistema Respiratório Doenças do Sistema Digestivo Doenças do Sistema Geniturinário Complicações da Gravidez, Parto e Pós-Parto Doenças da Pele e Tecido Subcutâneo Doenças do Sistema Mulsculoesquelético e do Tecido Conjuntivo Anomalias Congênitas Condições Originadas no Período Perinatal Sintomas, Sinais e Condições Mal-Definidas 32 Ferimento e Envenenamento EIXO IV Problemas Psicossociais e Ambientais Problemas com o grupo primário de apoio Problemas relacionados ao ambiente social Problemas educacionais Problemas de moradia Problemas econômicos Problemas de acesso aos serviços de assistência à saúde Problemas relacionados à interação com o sistema judicial Outros problemas psicossociais e ambientais 33 EIXO V Avaliação Global do Funcionamento Escala AGF Atribuição de uma pontuação na Escala AGF envolve a escolha de um único valor que melhor reflita o nível geral de funcionamento do indivíduo 10 faixas de funcionamento 0 a 100 pontos Cada faixa tem dois componentes Gravidade dos sintomas Funcionamento Quando severidade dos sintomas for diferente do nível de funcionamento pontuação final AGF deverá refletir o pior resultado 34 BIBLIOGRAFIA American Psychiatric Association. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. DSM-IV-TR. 4ª. Ed. Porto Alegre:Artmed,

HISTÓRIA HISTÓRIA DIAGNÓSTICO E CLASSIFICAÇÃO DOS TRANSTORNOS MENTAIS. Paradigma da alienação mental. Paradigma das doenças mentais

HISTÓRIA HISTÓRIA DIAGNÓSTICO E CLASSIFICAÇÃO DOS TRANSTORNOS MENTAIS. Paradigma da alienação mental. Paradigma das doenças mentais DIAGNÓSTICO E CLASSIFICAÇÃO DOS TRANSTORNOS MENTAIS Prof. José Reinaldo do Amaral Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Psicologia PSICOPATOLOGIA GERAL 2013 / 2 HISTÓRIA Paradigma da

Leia mais

Ética e Psicopatologia. Concurso INSS 2012

Ética e Psicopatologia. Concurso INSS 2012 Ética e Psicopatologia Concurso INSS 2012 Ética Éticaé a parte dafilosofiadedicada aos estudos dos valores morais e princípios ideais do comportamento humano.a palavra "ética" é derivada dogrego, e significa

Leia mais

Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17

Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17 Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17 2.1 Algoritmo de Decisão para Baixo Desempenho Escolar... 22 2.2 Algoritmo de Decisão para Problemas

Leia mais

Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal

Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal Disciplina: Med 8834 - Psiquiatria Roteiro de Estudo de Caso Prof. Aristides Volpato Cordioli 1. DADOS DA IDENTIDADE DO PACIENTE

Leia mais

Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas. Carmen Lúcia de A. santos

Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas. Carmen Lúcia de A. santos Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Carmen Lúcia de A. santos 2011 Nosologia e Psicopatologia "Psico-pato-logia" "psychê" = "psíquico", "alma" "pathos" = "sofrimento, "patológico" "logos" "lógica",

Leia mais

Como Usar este Livro 1

Como Usar este Livro 1 Sumário CAPÍTULO 1 Como Usar este Livro 1 PÚBLICO 1 ORGANIZAÇÃO DO LIVRO 2 CONTENDO O EXCESSO DE DIAGNÓSTICOS E EVITANDO MODISMOS 5 PROBLEMAS COM O DSM-5 5 Cuidado!: 6 A ENTREVISTA DE DIAGNÓSTICO 7 DIAGNÓSTICO

Leia mais

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira Transtornos Neuróticos Aspectos históricos A distinção neuroses e psicoses foi, durante

Leia mais

2 A classificação dos transtornos de ansiedade: aspectos históricos

2 A classificação dos transtornos de ansiedade: aspectos históricos 2 A classificação dos transtornos de ansiedade: aspectos históricos A vontade do Homem de entender a origem patológica da ansiedade vem de longa data, provavelmente desde a Grécia Antiga, em que as explicações

Leia mais

INSTITUTO DE TREINAMENTO E PESQUISA EM GESTALT TERAPIA DE GOIÂNIA-ITGT

INSTITUTO DE TREINAMENTO E PESQUISA EM GESTALT TERAPIA DE GOIÂNIA-ITGT Disciplina: Psicopatologia Grupo de Especialização: XXIII Período: 2013/1 Carga horária: 30 hs/a Dia: 4ª feira Horário: 18:30 às 20:10 Professora: Sandra Albernaz L. M. Saddi Monitor: Raphael Basílio Ementa

Leia mais

SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS. Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR

SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS. Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR Referências Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais (Capítulos 26 e 29) Paulo Dalgalarrondo Manual

Leia mais

TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS E DA PERSONALIDADE

TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS E DA PERSONALIDADE 1 TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS E DA PERSONALIDADE José Henrique Volpi A idéia de buscar fora da pessoa os elementos que explicassem seu comportamento e sua desenvoltura vivencial teve ênfase com as teorias

Leia mais

28/04/2011. Profa. Dra. Marilene Zimmer Psicologia - FURG

28/04/2011. Profa. Dra. Marilene Zimmer Psicologia - FURG Diagnóstico Multiaxial DSM-IV-TR PSICOPATOLOGIA Diagnóstico Multiaxial DSM-IV-TR Profa. Dra. Marilene Zimmer Psicologia - FURG Envolve uma avaliação em diversos eixos Cada qual relativo a um diferente

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PSIQUIATRIA 21. Quatro pacientes diferentes foram atendidos no ambulatório, apresentando na consulta um conjunto de características colhidas durante o histórico feito

Leia mais

Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios. mentais relacionados ao trabalho

Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios. mentais relacionados ao trabalho Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios mentais relacionados ao trabalho Dra Ana Paula Schmidt Waldrich Médica do Trabalho CRM-SC 13.384 Doença Ocupacional Quais as formas de caracterização de

Leia mais

Fundada em 1986. Gestão Comportamental. Educação para a saúde Gestão de crise

Fundada em 1986. Gestão Comportamental. Educação para a saúde Gestão de crise MISSÃO Educar para a prevenção e condução de crises, visando a saúde emocional individual, da família e da organização. Gestão Comportamental Fundada em 1986 PAP - Programa de Apoio Pessoal Atuações em

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Com relação à classificação diagnóstica em psiquiatria e considerando o DSM-IV-TR e a CID-10, julgue os itens a seguir. 63 O uso da L-tri-iodotironina (T3) com vistas a potencializar

Leia mais

A palavra Psiquiatria deriva do Grego e quer dizer "arte de curar a alma"

A palavra Psiquiatria deriva do Grego e quer dizer arte de curar a alma PSIQUIATRIA Psiquiatria é uma especialidade da Medicina que lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais, sejam elas de cunho orgânico

Leia mais

DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS EM DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS ABEAD/2002 TÓPICO 6.

DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS EM DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS ABEAD/2002 TÓPICO 6. DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS EM DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS ABEAD/2002 TÓPICO 6. DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS E TRANSTORNOS DA PERSONALIDADE Apresentação: Dr. Marcos Zaleski

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA ANEXO II DA RESOLUÇÃO CEPEC Nº 952 EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA NÚCLEO COMUM Análise do comportamento O método experimental na análise das relações comportamentais complexas:

Leia mais

Esta categoria global inclui as variedades comuns de esquizofrenia, juntamente com

Esta categoria global inclui as variedades comuns de esquizofrenia, juntamente com F20.0 Esquizofrenia Esta categoria global inclui as variedades comuns de esquizofrenia, juntamente com algumas variedades menos comuns e transtornos intimamente relacionados. F20.0 F20.3 Critérios gerais

Leia mais

TRANSTORNOS PSICOLÓGICOS EM PROFISSIONAIS DE SAÚDE CEREST ESTADUAL

TRANSTORNOS PSICOLÓGICOS EM PROFISSIONAIS DE SAÚDE CEREST ESTADUAL TRANSTORNOS PSICOLÓGICOS EM PROFISSIONAIS DE SAÚDE CEREST ESTADUAL Virginia Célia de B. Oliveira Psicóloga O NORMAL E O PATOLÓGICO Conceitos de Normalidade 1. O normal: Visão de saúde como o oposto à doença;

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Com relação ao transtorno depressivo, julgue os itens a seguir. 58 O conceito de comportamento operante desenvolvido por Skinner um dos pensadores da terapia comportamental 51

Leia mais

ADENDA do Manual de Psicologia Clínica da Criança e do Adolescente

ADENDA do Manual de Psicologia Clínica da Criança e do Adolescente ADENDA do Manual de Psicologia Clínica da Criança e do Adolescente Alan Carr Destaques das Modificações do DSM-IV-TR para o DSM-5 Elaborado por: Vera Ramalho Carlos Marinho Bárbara César Machado 1 Destaques

Leia mais

Transtornos de Personalidade e Implicações Forenses. Personalidade. Personalidade 26/09/2015. PUC Goiás Prof.ª Otília Loth

Transtornos de Personalidade e Implicações Forenses. Personalidade. Personalidade 26/09/2015. PUC Goiás Prof.ª Otília Loth Transtornos de Personalidade e Implicações Forenses PUC Goiás Prof.ª Otília Loth Personalidade Personalidade é uma totalidade relativamente estável e previsível de traços emocionais e comportamentais que

Leia mais

PARECER TÉCNICO. Núcleo de Apoio à Vítima de Estupro (NAVES) Rua Tibagi, 779, Gabinete 803, Centro, Curitiba PR, telefone 3250-4022.

PARECER TÉCNICO. Núcleo de Apoio à Vítima de Estupro (NAVES) Rua Tibagi, 779, Gabinete 803, Centro, Curitiba PR, telefone 3250-4022. PARECER TÉCNICO Atendendo à solicitação da Procuradora de Justiça Coordenadora do Núcleo de Apoio à Vítima de Estupro (NAVES), Dra. Rosângela Gaspari, eu, Erica A. C. M. Eiglmeier, psicóloga, venho apresentar

Leia mais

Neuza Maria de Fátima Guareschi Carolina dos Reis PUCRS

Neuza Maria de Fátima Guareschi Carolina dos Reis PUCRS Possibilidades, limites e desafios dos Serviços de Psicologia: a avaliação psicológica e as teorias e técnicas psicoterápicas na formação do profissional de saúde Neuza Maria de Fátima Guareschi Carolina

Leia mais

22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO. MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail.

22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO. MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail. 22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail.com DEPRESSÃO 1. Afeta pelo menos 12% das mulheres e 8% dos homens

Leia mais

RETARDO MENTAL (OLIGOFRENIAS)

RETARDO MENTAL (OLIGOFRENIAS) RETARDO MENTAL (OLIGOFRENIAS) XIII - TRATAMENTO I DEFINIÇÃO II INTELIGÊNCIA III FATORES ETIOLÓGICOS IV EPIDEMIOLOGIA V - DIAGNÓSTICO DO RETARDO MENTAL NA CRIANÇA VI - CLASSIFICAÇÃO VII - FORMAS ETIOLÓGICAS

Leia mais

Maria Regina Rocha Ramos

Maria Regina Rocha Ramos CONSIDERAÇÕES ACERCA DA SEMI- IMPUTABILIDADE E DA INIMPUTABILIDADE PENAIS RESULTANTES DE TRANSTORNOS MENTAIS E DE COMPORTAMENTO ASSOCIADOS AO USO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS Maria Regina Rocha Ramos Sumário:

Leia mais

Dr. Eduardo Henrique Teixeira

Dr. Eduardo Henrique Teixeira Dr. Eduardo Henrique Teixeira CONCEITO Personalidade normal: Maneira (única) de cada indivíduo de reagir e de se relacionar com outros e com o ambiente. CONCEITO Personalidade anormal: Disposição, inata,

Leia mais

Currículo 1/307 (noite) e 1/308 (tarde e noite)

Currículo 1/307 (noite) e 1/308 (tarde e noite) Currículo 1/307 (noite) e 1/308 (tarde e noite) Nível I - 26 créditos Fundamentos Epistemológicos e História da Psicologia Ementa: Caracterização dos diferentes paradigmas de ciência e suas repercussões

Leia mais

Comitê Multidisciplinar de Saúde Mental da ITAIPU Binacional

Comitê Multidisciplinar de Saúde Mental da ITAIPU Binacional Comitê Multidisciplinar de Saúde Mental da GRAZIELI LOISE PEREIRA HOPPE FERNANDA CABRAL SCHVEITZER DENISE PERES DE ALMEIDA LEON Setembro/2013 Os transtornos psiquiátricos afetam pessoas de todas as regiões

Leia mais

Psicoterapia e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP

Psicoterapia e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP Estudo da forma e função dos Psicofármacos Psicofármacos / Psicotrópicos

Leia mais

www.saudedireta.com.br

www.saudedireta.com.br F00-F99 CAPÍTULO V : Transtornos mentais e comportamentais F00.0*Demência na doença de Alzheimer de início precoce (G30.0+) F00.1*Demência na doença de Alzheimer de início tardio (G30.1+) F00.2*Demência

Leia mais

Dependência Química - Classificação e Diagnóstico -

Dependência Química - Classificação e Diagnóstico - Dependência Química - Classificação e Diagnóstico - Alessandro Alves Toda vez que se pretende classificar algo, deve-se ter em mente que o que se vai fazer é procurar reduzir um fenômeno complexo que em

Leia mais

Curso:... Prova de Noções de Psicopatologia (41042) Data: 28 de Janeiro de 2008. Nome:... Nº de Estudante:... B. I. nº... Assinatura do Vigilante:...

Curso:... Prova de Noções de Psicopatologia (41042) Data: 28 de Janeiro de 2008. Nome:... Nº de Estudante:... B. I. nº... Assinatura do Vigilante:... Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Curso:... Prova de Noções de Psicopatologia (41042) Data: 28 de Janeiro de 2008 Nome:... Nº de Estudante:... B. I. nº... Assinatura do Vigilante:...

Leia mais

QUESTÕES ATUAIS SOBRE DIAGNÓSTICO TRANSTORNOS DO HUMOR

QUESTÕES ATUAIS SOBRE DIAGNÓSTICO TRANSTORNOS DO HUMOR QUESTÕES ATUAIS SOBRE DIAGNÓSTICO TRANSTORNOS DO HUMOR Neri M. Piccoloto www.terapiascognitivas.com.br TRANSTORNO DEPRESSIVO MAIOR Em todos os países industrializados do mundo, a incidência de depressão,

Leia mais

Números da Acidentalidade Relacionada aos Transtornos Mentais e Comportamentais na Indústria da Construção 2007 a 2014

Números da Acidentalidade Relacionada aos Transtornos Mentais e Comportamentais na Indústria da Construção 2007 a 2014 Números da Acidentalidade Relacionada aos Transtornos Mentais e Comportamentais na Indústria da Construção 2007 a 2014 1 Lista C Anexo do Decreto n 3048/99, que regulamenta a Previdência Social Descrição:

Leia mais

O Estress Pós-Traumático: Uma Seqüela Invisível dos Acidentes de Trânsito.

O Estress Pós-Traumático: Uma Seqüela Invisível dos Acidentes de Trânsito. O Estress Pós-Traumático: Uma Seqüela Invisível dos Acidentes de Trânsito. Raquel Almqvist * Introdução O Estresse Pós-Traumático é um sintoma psiquiátrico que sucede uma experiência em um evento de uma

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: : Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA MÉDICA. Disciplina: PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO E PSICOPATOLOGIA 3 ano/2012

DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA MÉDICA. Disciplina: PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO E PSICOPATOLOGIA 3 ano/2012 DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA MÉDICA Disciplina: PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO E PSICOPATOLOGIA 3 ano/2012 As disciplinas de Psicologia do Desenvolvimento e Psicopatologia são integradas e serão

Leia mais

Orientação: Dr. Carlos Leitão Aluno: Rafael Casagrande Tango

Orientação: Dr. Carlos Leitão Aluno: Rafael Casagrande Tango Monografia de Mestrado Integrado em Medicina na Universidade da Beira Interior Faculdade de Ciências da Saúde Análise da Classificação de transtornos mentais e de comportamento da CID-10 Orientação: Dr.

Leia mais

TRANSTORNOS DE HUMOR NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA PELA PERSPECTIVA DA NEUROBIOLOGIA E AÇÕES MEDICAMENTOSAS

TRANSTORNOS DE HUMOR NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA PELA PERSPECTIVA DA NEUROBIOLOGIA E AÇÕES MEDICAMENTOSAS TRANSTORNOS DE HUMOR NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA PELA PERSPECTIVA DA NEUROBIOLOGIA E AÇÕES MEDICAMENTOSAS Marina Aparecida Luiz de Freitas 1 ; Sandra Cristina Catelan-Mainardes 2 RESUMO: O presente estudo

Leia mais

IBH. PROF. Me. JEFFERSON CABRAL AZEVEDO

IBH. PROF. Me. JEFFERSON CABRAL AZEVEDO IBH PROF. Me. JEFFERSON CABRAL AZEVEDO ANSIEDADE De acordo com o DSM-IV(2009) a ansiedade pode ser entendida como uma emoção de desconforto que os seres humanos experienciam em resposta a um perigo presente

Leia mais

INSTRUÇÕES. O tempo disponível para a realização das duas provas e o preenchimento da Folha de Respostas é de 5 (cinco) horas no total.

INSTRUÇÕES. O tempo disponível para a realização das duas provas e o preenchimento da Folha de Respostas é de 5 (cinco) horas no total. INSTRUÇÕES Para a realização desta prova, você recebeu este Caderno de Questões. 1. Caderno de Questões Verifique se este Caderno de Questões contém a prova de Conhecimentos Específicos referente ao cargo

Leia mais

DELIRIUM E DELÍRIO RESUMO

DELIRIUM E DELÍRIO RESUMO DELIRIUM E DELÍRIO 2015 Gustavo Luis Caribé Cerqueira Psicólogo, docente da Faculdade Maurício de Nassau E-mail de contato: gustavocaribeh@gmail.com RESUMO Estudantes de psicologia e profissionais de saúde

Leia mais

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira Revisão Continente Psiquiátrico Neurótico (Patologia da experiência ) (TOC Transtorno

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE POS GRADUAÇÃO LATO SENSU. Ano: 2014/2015

PROJETO PEDAGÓGICO DE POS GRADUAÇÃO LATO SENSU. Ano: 2014/2015 PROJETO PEDAGÓGICO DE POS GRADUAÇÃO LATO SENSU Ano: 2014/2015 1 - JUSTIFICATIVA A hospitalização pode ser experienciada como um dos momentos mais delicados e difíceis do processo do adoecer. Isso porque

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: : Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: : Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

DESAFIOS DA INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PSICOSSOCIAL NO MUNDO DO TRABALHO

DESAFIOS DA INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PSICOSSOCIAL NO MUNDO DO TRABALHO DESAFIOS DA INCLUSÃO Romeu Sassaki DE PESSOAS COM romeukf@uol.com.br DEFICIÊNCIA PSICOSSOCIAL NO MUNDO DO TRABALHO Romeu Kazumi Sassaki 7ª Reabilitação, Inclusão e Tecnologia de Curitiba (Reatiba) Equidade

Leia mais

IMPACTO DA RN 167 e 211: COMO REDUZIR CUSTOS

IMPACTO DA RN 167 e 211: COMO REDUZIR CUSTOS IMPACTO DA RN 167 e 211: COMO REDUZIR CUSTOS UNIMED CAMPINAS - Área de atuação: Campinas e 12 cidades da região - Habitantes - Campinas: 1.064.669 - Região: 1.108.538 - Total de usuários: 635.280 - Local:

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Julho de 2010 Doença mental: conceito (MENDONÇA, 2010, p.01) http://1.bp.blogspot.com/_mzpoqgwvece/srfniy_qxoi/aaaaaaaaa ba/kzmw4ym5-qq/s400/mente-humana%5b1%5d.gif

Leia mais

Exercitar a elaboração de hipótese diagnóstica. Aulas expositivo-dialogadas, discussão de textos e de casos clínicos.

Exercitar a elaboração de hipótese diagnóstica. Aulas expositivo-dialogadas, discussão de textos e de casos clínicos. Unidade Universitária Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - 040 Curso Psicologia Disciplina Psicopatologia Infantil Professor(es) e DRTs 113345-2 Cristine Lacet 112315-6 Maria Regina Brecht Albertini

Leia mais

PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL

PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL Das Informações Éticas na Participação de Médicos em Seminários, Fóruns, Conferências, Congressos e

Leia mais

EDITAL Nº 42/2014 PROVA DE MÉDICO PSIQUIATRA

EDITAL Nº 42/2014 PROVA DE MÉDICO PSIQUIATRA SELEÇÃO PÚBLICA PARA A CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE SAÚDE EDITAL Nº 42/2014 PROVA DE MÉDICO PSIQUIATRA PROVA OBJETIVA DATA: 31 DE AGOSTO DE 2014 DURAÇÃO: 03 horas INÍCIO:

Leia mais

RESPOSTA RÁPID 316/2014 Informações sobre Topiramato e Risperidona na Deficiencia mental e Transtorno hipercinético

RESPOSTA RÁPID 316/2014 Informações sobre Topiramato e Risperidona na Deficiencia mental e Transtorno hipercinético RESPOSTA RÁPID 316/2014 Informações sobre Topiramato e Risperidona na Deficiencia mental e Transtorno hipercinético SOLICITANTE. Dra Sabrina Cunha Peixoto Ladeira Juíza de Direito Juizado Especial de Pirapora

Leia mais

TRANSTORNOS ANSIOSOS. Prof. Humberto Müller Saúde Mental

TRANSTORNOS ANSIOSOS. Prof. Humberto Müller Saúde Mental TRANSTORNOS ANSIOSOS Prof. Humberto Müller Saúde Mental Porque nos tornamos ansiosos? Seleção natural da espécie Ansiedade e medo... na medida certa, ajuda! Transtornos de Ansiedade SINTOMAS: Reação exagerada

Leia mais

TERAPIA COMPORTAMENTAL DIALÉTICA NO TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE

TERAPIA COMPORTAMENTAL DIALÉTICA NO TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE TERAPIA COMPORTAMENTAL DIALÉTICA NO TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE Priscila Sardi Cerutti Acadêmica do VIII nível do Curso de Psicologia e Bolsista Desempenho da Faculdade Meridional IMED priscilacerutti@yahoo.com.br

Leia mais

Claudio C. Conti www.ccconti.com. Transtorno do Pânico e Fobias

Claudio C. Conti www.ccconti.com. Transtorno do Pânico e Fobias Claudio C. Conti www.ccconti.com Transtorno do Pânico e Fobias Transtorno do pânico definição CID-10: F41.0 [ansiedade paroxística episódica] A característica essencial deste transtorno são os ataques

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Sem Certificação Técnica

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Sem Certificação Técnica Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município:TUPÃ Eixo Tecnológico: AMBIENTE e SAÚDE Habilitação Profissional:- Técnica de Nível Médio de TÉCNICO

Leia mais

Programa Mínimo para Residência Médica em Psiquiatria

Programa Mínimo para Residência Médica em Psiquiatria Programa Mínimo para Residência Médica em Psiquiatria A Comissão de Residência Médica em Psiquiatria da Associação Brasileira de Psiquiatria (CRMP-ABP) ao propor esse programa, recomenda o índice de no

Leia mais

O TRANSTORNO DA PERSONALIDADE DEPRESSIVA E A ESCALA DE PERSONALIDADE DEPRESSIVA DO MILLON CLINICAL MULTIAXIAL INVENTORY III

O TRANSTORNO DA PERSONALIDADE DEPRESSIVA E A ESCALA DE PERSONALIDADE DEPRESSIVA DO MILLON CLINICAL MULTIAXIAL INVENTORY III O TRANSTORNO DA PERSONALIDADE DEPRESSIVA E A ESCALA DE PERSONALIDADE DEPRESSIVA DO MILLON CLINICAL MULTIAXIAL INVENTORY III Yasmin Makhamid Makhamed Beatriz Mendes e Madruga Blenda Carine Dantas de Medeiros

Leia mais

Disfunção Ocupacional no Transtorno Bipolar

Disfunção Ocupacional no Transtorno Bipolar Disfunção Ocupacional no Transtorno Bipolar Cristiano Alvarez Ambulatório de Transtornos do Humor e Ansiedade PROTH A/HNSL Noite Estrelada Disciplina de Psiquiatria Baseada em Evidências Residência de

Leia mais

Ementário de Disciplinas por Semestre. 1º Semestre

Ementário de Disciplinas por Semestre. 1º Semestre Ementário de Disciplinas por Semestre 1º Semestre Código: PS 010 Disciplina: História da Psicologia Ementa: Bases epistemológicas da Psicologia, gênese, desenvolvimento e aplicabilidade das teorias psicológicas.

Leia mais

Duplo Diagnóstico na Deficiência Intelectual

Duplo Diagnóstico na Deficiência Intelectual Duplo Diagnóstico na Deficiência Intelectual a experiência de uma consulta de Psiquiatria Sofia Brissos Psiquiatra Encontro de Trabalho sobre Saúde Mental na Deficiência Intelectual, Fundação Calouste

Leia mais

A introdução do conceito de estados-limítrofes em psicanálise: o artigo de A. Stern sobre the borderline group of neuroses

A introdução do conceito de estados-limítrofes em psicanálise: o artigo de A. Stern sobre the borderline group of neuroses CLÁSSICOS DA PSICOPATOLOGIA Rev. Latinoam. Psicopat. Fund., II, 2, 153-158 A introdução do conceito de estados-limítrofes em psicanálise: o artigo de A. Stern sobre the borderline group of neuroses Mário

Leia mais

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira Transtornos do Desenvolvimento Psicológico Transtornos do Desenvolvimento Psicológico

Leia mais

EDITAL N.º 015/2015 - RETIFICADO

EDITAL N.º 015/2015 - RETIFICADO EDITAL N.º 015/2015 - RETIFICADO EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA CATEGORIA ESPECIAL PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA EM PSIQUIATRIA PROVA EM CARÁTER ESPECIAL DE ACORDO COM DETERMINAÇÃO

Leia mais

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE. Prof. Me. Jefferson Cabral Azevedo

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE. Prof. Me. Jefferson Cabral Azevedo TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE Prof. Me. Jefferson Cabral Azevedo PSICOPATOLOGIA Psicopatologia é uma área do conhecimento que objetiva estudar os estados psíquicos relacionados ao sofrimento mental. É a

Leia mais

História INTRODUÇÃO. Fernanda Corrêa Coutinho Gisele Pereira Dias Mário Cesar do Nascimento Bevilaqua

História INTRODUÇÃO. Fernanda Corrêa Coutinho Gisele Pereira Dias Mário Cesar do Nascimento Bevilaqua 1 História Fernanda Corrêa Coutinho Gisele Pereira Dias Mário Cesar do Nascimento Bevilaqua INTRODUÇÃO A ansiedade faz parte da condição humana e pode ser analisada ao longo da história a partir de diferentes

Leia mais

3.ª SÉRIE MODALIDADE DE OFERTA 00-8658-02 PESQUISA EM PSICOLOGIA 80 0 080 00-8664-03 PROCESSOS GRUPAIS 80 40 120 00-9675-03

3.ª SÉRIE MODALIDADE DE OFERTA 00-8658-02 PESQUISA EM PSICOLOGIA 80 0 080 00-8664-03 PROCESSOS GRUPAIS 80 40 120 00-9675-03 Curso: Graduação: Ênfase: Regime: Duração: PSICOLOGIA MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO / FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO I PSICOLOGIA E PROCESSOS PSICOSSOCIAIS II PSICOLOGIA E PROCESSOS CLÍNICOS SERIADO ANUAL - NOTURNO

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE ESTADO DO PARANÁ EDITAL 082/2013 - GPQS/DGTES/AMS CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE PROMOTOR DE SAÚDE PÚBLICA NA FUNÇÃO DE SERVIÇO

Leia mais

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE EDITAL N.º 01/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS GABARITO APÓS RECURSOS

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE EDITAL N.º 01/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS GABARITO APÓS RECURSOS HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE EDITAL N.º 01/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS GABARITO APÓS RECURSOS PROCESSO SELETIVO 07 TÉCNICO DE ENFERMAGEM (Saúde Mental e Psiquiatria) 01. C 11. E 21. D 02. E 12.

Leia mais

FENÔMENOS E PROCESSOS PSICOLÓGICOS ENFOQUE PSICODINÂMICO II

FENÔMENOS E PROCESSOS PSICOLÓGICOS ENFOQUE PSICODINÂMICO II FENÔMENOS E PROCESSOS PSICOLÓGICOS ENFOQUE PSICODINÂMICO II SILVIA MARIA BONASSI - DE Adjunto I Psicologia Clínica /UFMS/CPAR FONE: 67-81903430 silviabonassi@gmail.com ORIGEM HISTÓRICA DAS PSICOTERAPIAS

Leia mais

Aspectos Neuropsiquiátricos em Geriatria. Dr. José Eduardo Martinelli Faculdade de Medicina de Jundiaí

Aspectos Neuropsiquiátricos em Geriatria. Dr. José Eduardo Martinelli Faculdade de Medicina de Jundiaí Aspectos Neuropsiquiátricos em Geriatria Dr. José Eduardo Martinelli Faculdade de Medicina de Jundiaí Psiquiatria: Especialidade médica que se dedica ao estudo, diagnóstico, tratamento e à prevenção de

Leia mais

Dr. João Paulo C. Solano Equipe de Controle da Dor Divisão de Anestesia ICHC - FMUSP

Dr. João Paulo C. Solano Equipe de Controle da Dor Divisão de Anestesia ICHC - FMUSP Programa de Educação Continuada em Fisiopatologia e Terapêutica da Dor - 2015 Dr. João Paulo C. Solano Equipe de Controle da Dor Divisão de Anestesia ICHC - FMUSP Quando indicar avaliação Pq? Suspeita

Leia mais

O Ponto de Vista Psicanalítico sobre o Fenômeno Psicótico

O Ponto de Vista Psicanalítico sobre o Fenômeno Psicótico O Ponto de Vista Psicanalítico sobre o Fenômeno Psicótico XIX Congresso Brasileiro de Psicanálise - Recife, 2003 material didático:www.tenenbaum.com.br end. eletrônico: decio@tenenbaum.com.br Desenvolvimento

Leia mais

PSICOSE E REENCARNAÇÃO

PSICOSE E REENCARNAÇÃO Matéria de capa 6 PSICOSE E REENCARNAÇÃO NESTA ENTREVISTA, O DR. MÁRIO SÉRGIO SILVEIRA, PSICOTERAPEUTA, EXPLICA COMO O ESPIRITISMO PODE ABRIR NOVAS PERSPECTIVAS NO TRATAMENTO DAS DOENÇAS MENTAIS Por Érika

Leia mais

Dependência Química. Informação é grande aliada dos amigos e familiares.

Dependência Química. Informação é grande aliada dos amigos e familiares. Dependência Química Informação é grande aliada dos amigos e familiares. O QUE É DROGA-DEPENDÊNCIA? Droga-dependência é um transtorno psiquiátrico que se caracteriza pelo uso impulsivo e descontrolado de

Leia mais

DEPRESSÃO - Segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID) 10ª revisão

DEPRESSÃO - Segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID) 10ª revisão DEPRESSÃO - Segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID) 10ª revisão - F32 Episódios depressivos Nos episódios típicos de cada um dos três graus de depressão: leve, moderado ou grave, o paciente

Leia mais

ATUAÇÃO DA TERAPIA OCUPACIONAL NA REIN- SERÇÃO SOCIAL DO PORTADOR DE TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR

ATUAÇÃO DA TERAPIA OCUPACIONAL NA REIN- SERÇÃO SOCIAL DO PORTADOR DE TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR 17 ATUAÇÃO DA TERAPIA OCUPACIONAL NA REIN- SERÇÃO SOCIAL DO PORTADOR DE TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR Ramão Américo Godoy Tatiane Barbosa Serrou da Silva Ana Maria de Oliveira Alves Resumo Este documento

Leia mais

DETECÇÃO E INTERVENÇÃO PRECOCE DE PSICOPATOLOGIAS GRAVES

DETECÇÃO E INTERVENÇÃO PRECOCE DE PSICOPATOLOGIAS GRAVES DETECÇÃO E INTERVENÇÃO PRECOCE DE PSICOPATOLOGIAS GRAVES Laura de Vilhena Abrão Paola Visani Esse estudo faz parte de um projeto de pesquisa maior que surgiu a partir de questões que os profissionais e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE MEDICINA PLANO DE ENSINO 2012 / 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE MEDICINA PLANO DE ENSINO 2012 / 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE MEDICINA PLANO DE ENSINO 2012 / 2 I - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Disciplina: Psiquiatria Estágio Código: MED-8834 Pré-Requisitos: MED 01116 - Clínica

Leia mais

Neurose Ansiosa. Neurose Ansiosa. Psicopatologia Geral e Especial. Carlos Mota Cardoso

Neurose Ansiosa. Neurose Ansiosa. Psicopatologia Geral e Especial. Carlos Mota Cardoso Neurose Ansiosa 1 Angústia A angústia surge ante qualquer eventual ameaça à identidade e ao EU. Pode emergir em diversas circunstâncias, desde a mais estrita normalidade à franca psicopatologia. A angústia

Leia mais

O DEVIR DO ANSIOSO: PARE, PEÇA AJUDA. VOCÊ NÃO PODE DAR CONTA DE TUDO

O DEVIR DO ANSIOSO: PARE, PEÇA AJUDA. VOCÊ NÃO PODE DAR CONTA DE TUDO O DEVIR DO ANSIOSO: PARE, PEÇA AJUDA. VOCÊ NÃO PODE DAR CONTA DE TUDO (2006) Luciana Raupp Di Bernardi Psicóloga. Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina Diretoria de Saúde - Seção Psicossocial

Leia mais

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Messiano Ladislau Nogueira de Sousa Médico Psiquiatra com aperfeiçoamento em terapia psicanalítica Abril, 2014 Sumário Conceitos

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 363/2014 Informações sobre Depressão: Venlaxim

RESPOSTA RÁPIDA 363/2014 Informações sobre Depressão: Venlaxim RESPOSTA RÁPIDA 363/2014 Informações sobre Depressão: Venlaxim SOLICITANTE Drª Herilene de Oliveira Andrade Juíza de Direito Comarca de Itapecerica NÚMERO DO PROCESSO Autos nº 0335.14.1408-5 DATA 21/02/2014

Leia mais

Diretrizes da OMS para diagnóstico de Dependência

Diretrizes da OMS para diagnóstico de Dependência Diretrizes da OMS para diagnóstico de Dependência 1 - Forte desejo ou compulsão para usar a substância. 2 - Dificuldade em controlar o consumo da substância, em termos de início, término e quantidade.

Leia mais

Tratamento da dependência do uso de drogas

Tratamento da dependência do uso de drogas Tratamento da dependência do uso de drogas Daniela Bentes de Freitas 1 O consumo de substâncias psicoativas está relacionado a vários problemas sociais, de saúde e de segurança pública, sendo necessário

Leia mais

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROVA - FGV. RAFAEL TREVIZOLI NEVES PSICÓLOGO CRP 06/107847 COLABORADOR EducaPsico

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROVA - FGV. RAFAEL TREVIZOLI NEVES PSICÓLOGO CRP 06/107847 COLABORADOR EducaPsico RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROVA - FGV RAFAEL TREVIZOLI NEVES PSICÓLOGO CRP 06/107847 COLABORADOR EducaPsico RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROVA - FGV Defensoria Pública Rio de Janeiro Técnico Especializado em

Leia mais

Introdução à Psicologia

Introdução à Psicologia Introdução à Psicologia O QUE É PSICOLOGIA? É o estudo científico do comportamento e dos processos mentais. Está interessada nos comportamentos funcionais e disfuncionais (normais e patológicos) Engloba

Leia mais

7 A Entrevista Psiquiátrica

7 A Entrevista Psiquiátrica 1 A anamnese psicopatológica 2 3 4 Avaliação psicopatológica Entrevista Observação cuidadosa do paciente Principais aspectos da avaliação psicopatológica: Anamnese Exame psíquico Fazem parte da avaliação

Leia mais

Data: 20/12/2013 NOTA TÉCNICA 259/2013. Medicamento Material Procedimento Cobertura X

Data: 20/12/2013 NOTA TÉCNICA 259/2013. Medicamento Material Procedimento Cobertura X NOTA TÉCNICA 259/2013 Solicitante Des. Dra. Vanessa Verdolim Hudson Andrade 1ª Câmara Cível TJMG Data: 20/12/2013 Medicamento Material Procedimento Cobertura X TEMA: INTERNAÇÕES PSIQUIATRICAS Sumário 1.

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 33

PROVA ESPECÍFICA Cargo 33 27 PROVA ESPECÍFICA Cargo 33 QUESTÃO 41 Kendler e colaboradores (1983), segundo Paulo Dalgalarrondo, propuseram uma série de dimensões da atividade delirante, que seriam indicadoras da gravidade do delírio.

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 313/2014 Informações sobre Depressão: Venlafaxina

RESPOSTA RÁPIDA 313/2014 Informações sobre Depressão: Venlafaxina RESPOSTA RÁPIDA 313/2014 Informações sobre Depressão: Venlafaxina SOLICITANTE Drª Kellen Cristini de Sales e Souza Juíza de Direito da Comarca de Paraopeba NÚMERO DO PROCESSO Autos nº 0474.14.001582-4

Leia mais

Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência

Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Transtorno de Deficiência

Leia mais

A PSICOLOGIA E A REALIDADE PATOLÓGICA

A PSICOLOGIA E A REALIDADE PATOLÓGICA A PSICOLOGIA E A REALIDADE PATOLÓGICA Chenia Lopes da Silveira 1 Carla Villwock 2 RESUMO O trabalho desenvolvido consiste em conhecer através de um Estudo de Caso Clínico o funcionamento de uma paciente

Leia mais

Saúde Mental no Trabalho

Saúde Mental no Trabalho Saúde Mental no Trabalho Disciplina de Medicina Social e do Trabalho Acadêmicos: Arthur Danila, Barbara Novaes, Caio Casella, Bruna Piloto, Bruno Zanon, Bruno Ricci Orientadora: Prof a. Dra. Débora Glina

Leia mais

Breve Histórico do Uso da Maconha no Brasil

Breve Histórico do Uso da Maconha no Brasil O que é maconha? Maconha é o nome popular de uma planta chamada Cannabis Sativa, que tem sido usada há séculos por diferentes culturas, e em diferentes momentos da História, com fins médicos e industriais.

Leia mais