Cosme Andrade, aprendiz no Projeto Construir Melhor, desenvolvido pela Fundação Odebrecht no Baixo Sul da Bahia. Em 2010, a Fundação Odebrecht

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cosme Andrade, aprendiz no Projeto Construir Melhor, desenvolvido pela Fundação Odebrecht no Baixo Sul da Bahia. Em 2010, a Fundação Odebrecht"

Transcrição

1 2 11

2

3 2 11

4 Cosme Andrade, aprendiz no Projeto Construir Melhor, desenvolvido pela Fundação Odebrecht no Baixo Sul da Bahia. Em 2010, a Fundação Odebrecht completou 45 anos de atuação social

5 O ser humano é o agente e o prop ósito do desenvolvimento sustentável Nesta publicação, intitulada Odebrecht 2011, destacamos os resultados alcançados pelo conjunto de nossas empresas no ano de Decorrentes de nosso compromisso de servir com excelência a nossos clientes e contribuir para melhorar as condições de vida das pessoas, esses resultados refletem a prática equilibrada de nossas equipes em atender necessidades econômicas, suprir demandas sociais e culturais das comunidades, superar os novos desafios ambientais e participar de ações políticas de interesse público. Os indicadores econômicos, sociais, ambientais, culturais e políticos apresentados nas páginas seguintes só fazem sentido por uma razão, que tudo fundamenta: a nossa confiança no ser humano e em sua capacidade e seu desejo de evoluir e de alcançar condições de existência e trabalho cada vez mais dignas. Para nós, o ser humano é o começo, o meio e o fim de todas as coisas, e o investimento no seu desenvolvimento é o que gera, de forma mais consistente, a dinâmica sustentável que todos desejamos.

6 Sumário A partir do alto: Píer IV, da Vale (MA), instalações da Braskem (RS), Hidrelétrica Santo Antônio (RO), Aeroporto de Miami (EUA) e viveiro de mudas da ETH (MS)

7 Quem Somos 06 Mensagem do Presidente do Conselho de Administração 12 Mensagem do Diretor-Presidente 14 Sustentabilidade na Odebrecht 16 Indicadores Odebrecht Energia 34 Odebrecht Engenharia Industrial Odebrecht Defesa e Tecnologia 36 Odebrecht Infraestrutura Odebrecht TransPort 38 Odebrecht América Latina e Angola 40 Odebrecht Venezuela 42 Odebrecht International 44 Odebrecht Óleo e Gás 46 Odebrecht Realizações Imobiliárias 48 Foz do Brasil 50 ETH Bioenergia 52 Braskem 54 Odebrecht Participações e Investimentos 56 Ação Social, Ação Cultural e Participação Política 58 Administradores da Organização Odebrecht 66

8 Quem somos A Odebrecht é uma Organização de origem brasileira, de negócios diversificados, com atuação mundial. Nossas empresas prestam serviços e fabricam produtos para clientes de cinco continentes. Desde 1944, data de fundação da Organização Odebrecht, nossos integrantes são orientados por uma filosofia própria, baseada em valores humanísticos e consolidada na Tecnologia Empresarial Odebrecht. Como parte de nossas responsabilidades empresariais, ao servir clientes e as sociedades em que estamos inseridos, nossas equipes colaboram para a constituição de comunidades e países economicamente prósperos, socialmente inclusivos, ambientalmente sustentáveis, politicamente participativos e culturalmente ricos. Tecnologia Empresarial Odebrecht (TEO) A TEO é um conjunto articulado de Princípios, Conceitos e Critérios, com foco na educação e no trabalho, que provê os fundamentos éticos, morais e conceituais para a atuação dos Integrantes da Organização Odebrecht. Valoriza as potencialidades do ser humano, em particular a disposição para servir, a capacidade e o desejo de evoluir e a vontade de superar resultados. Seus princípios, conceitos e critérios entre os quais a confiança nas pessoas, a atuação descentralizada e o reinvestimento produtivo dos resultados alcançados permitem à Organização agir com direcionamento estratégico comum, unidade de pensamento e coerência de ação, fazendo com que o conjunto de seus integrantes, em diferentes pontos do mundo, caminhe no mesmo rumo. 6

9 MACROESTratégia DA ORGANIZAÇÃO ODEBRECHT Há sempre três gerações interagindo na Organização Odebrecht. A primeira, formada pelos mais velhos, concentra-se no âmbito político-estratégico; a segunda, integrada por empresários maduros, dedica-se ao âmbito estratégico-empresarial; e a terceira, formada pelos mais jovens, atua no âmbito empresarial-operacional. Primeira Geração ÂMBITO POLÍTICO-ESTRATÉGICO Segunda Geração ÂMBITO ESTRATÉGICO-EMPRESARIAL Terceira Geração ÂMBITO EMPRESARIAL-OPERACIONAL PRINCIPAL CONCENTRAÇÃO Perpetuidade Transmissão de valores, conhecimento e experiências PRINCIPAL CONCENTRAÇÃO Crescimento Conquistas e Realizações PRINCIPAL CONCENTRAÇÃO Sobrevivência Imagem, Produtividade, Rentabilidade e Liquidez 7

10 Empresas Odebrecht energia Empreendimentos de geração de energia elétrica, prioritariamente a partir de fontes renováveis. Odebrecht engenharia Industrial Projetos industriais de grande porte no Brasil e no exterior. Odebrecht Defesa e Tecnologia Tecnologia e sistemas de Defesa Nacional e Segurança Pública. Odebrecht infraestrutura Engenharia, construção e infraestrutura no Brasil. Odebrecht TransPort Transportes, infraestrutura urbana e logística integrada.

11 Odebrecht américa latina e angola Engenharia, construção e infraestrutura na América Latina, Caribe e Angola. Odebrecht venezuela Engenharia, construção e infraestrutura na Venezuela. Odebrecht international Engenharia, construção e infraestrutura nos Estados Unidos, Europa e África. Holding: Odebrecht S.A. Responsável pelo direcionamento estratégico da Organização e pela preservação da sua unidade filosófica, a Odebrecht S.A. busca aprimorar a qualidade do empresariamento dos negócios, promover o desenvolvimento de pessoas e oferecer apoio político-estratégico às empresas por ela controladas. 9

12 Odebrecht Óleo e gás Soluções integradas para a indústria de petróleo upstream. Odebrecht Realizações Imobiliárias Projetos residenciais, corporativos, comerciais e turísticos no Brasil. Foz do Brasil Soluções ambientais em tratamento de resíduos e efluentes industriais, saneamento e resíduos sólidos urbanos. ETH Bioenergia Produção e comercialização de etanol, energia elétrica a partir da biomassa e açúcar.

13 Braskem Produção de resinas termoplásticas, com foco em polietileno, polipropileno e PVC. Odebrecht Participações e Investimentos Investimentos da Organização Odebrecht em novos negócios de infraestrutura. Fundação Odebrecht Instituição privada de utilidade pública, sem fins lucrativos, apoia famílias do Baixo Sul da Bahia, com um modelo de desenvolvimento integrado e sustentável. Odebrecht Administradora e Corretora de Seguros Proteção do patrimônio, mediante a identificação, a mitigação e o gerenciamento de riscos. Odeprev Odebrecht Previdência Previdência complementar para integrantes da Organização Odebrecht. 11

14 Mensagem do Presidente do Conselho de Administração Emílio Odebrecht O compromisso com a sustentabilidade tornou-se um imperativo para todas as empresas. O necessário equilíbrio entre os interesses econômicos, sociais e ambientais já não pode estar ausente das decisões tomadas por empresários com visão de longo prazo e que tenham como propósito tornar-se agentes de prosperidade para a sociedade. No Brasil e em outros países houve avanços econômicos, sociais e ambientais reais nos últimos anos. Mas continuamos em busca de soluções mais abrangentes, capazes de enxergar um todo integrado e sustentável e de estimular sua absorção por todos os agentes de nossa vida civil dos governos aos cidadãos, passando pelas empresas e pelas organizações sociais. Na Organização Odebrecht, além das dimensões econômica, social e ambiental, incorporamos as dimensões cultural e política em nossa visão de sustentabilidade. Na dimensão da cultura, por constituir meio simbólico para a afirmação de uma identidade coletiva e para a inclusão social, estimulamos práticas de valorização da diversidade étnica e a preservação e difusão da memória artística e cultural das comunidades. Na dimensão política, em parceria com entidades governamentais e outros agentes do desenvolvimento, buscamos promover e aperfeiçoar práticas de governança e parcerias que estimulem a melhoria dos serviços públicos através de investimentos em educação, saúde, segurança, infraestrutura e meio ambiente. As empresas não substituem o Estado como regulador do sistema social, planejador e indutor do desenvolvimento. Nosso objetivo, ao atuar no plano político, é valorizar e agir a favor do interesse público com vistas à realização de projetos que levem em consideração as reais necessidades da população e dos países. A integração e o equilíbrio entre as cinco dimensões da sustentabilidade ampliam, portanto, o conceito tradicional de crescimento econômico, que, ancorado em indicadores tradicionais (como Produto Interno Bruto, Renda per Capita e outros), não conseguia abarcar a visão do todo integrado e sustentável. Por isso, em nossas empresas, estamos avançando, cada vez mais, na formulação e qualificação de indicadores que traduzam a integração entre as cinco dimensões, como é possível perceber neste Relatório Anual. Um claro exemplo do impacto integrado das práticas sustentáveis é o saneamento básico, no qual as dimensões da sustentabilidade estão igualmente presentes. Nada pode ser mais danoso ao meio ambiente e mais corrosivo para a saúde humana que a falta de condições adequadas de saneamento básico. Por outro lado, a existência de tais condições é diretamente responsável pela redução de custos com tratamentos de saúde, pela geração de 12

15 É o setor de infraestrutura que sustenta e articula a produção em todo o ter ritório de uma nação. Quanto melhor a rede de infraestrutura de um país, melhores e maiores são os ganhos e a pro dutividade para todos novas oportunidades de trabalho, pelo aumento da qualidade produtiva das pessoas e, consequentemente, por sua melhor inserção social. Outro exemplo pouco observado é o papel do setor de infraestrutura no desenvolvimento sustentável, mediante a articulação da produção em todo o território de uma nação, com estradas, ferrovias, portos, aeroportos, hidrelétricas, barragens, sistemas de telecomunicações etc. Os países que possuem redes de infraestrutura bem montadas e bem distribuídas têm menores desequilíbrios regionais, transportes mais baratos e mais ágeis, maior oferta de água e energia e melhor comunicação entre todos os que atuam no sistema. Com isso, são melhores e maiores os ganhos e a produtividade para todos, tendo, como consequência, maior competitividade nacional e internacional dos setores produtivos. O Brasil, em particular, encontra-se diante de um ciclo de crescimento que exige a ampliação qualificada de sua rede de infraestrutura, para que possa dar conta das demandas geradas pelo próprio crescimento e pelos grandes eventos mundiais dos quais será anfitrião nos próximos anos. Transporte ferroviário, produção de energia, navegação, metrôs para os grandes centros urbanos, portos e aeroportos, internet de banda larga são algumas das prioridades solicitadas com urgência pelo país para que possamos dar continuidade ao ciclo econômico e social virtuoso que vivemos. Os desafios econômicos e sociais unem-se ao desafio ambiental. É preciso realizar tudo isso com aproveitamento racional dos recursos naturais, sobretudo a água, com seu uso consequente e com a devida proteção ao meio ambiente. E, ainda, enfrentar com vigor a realidade da mudança climática, a contaminação de rios, mares e lençóis freáticos e a destruição de matas e reservas ambientais. Nas cinco dimensões da sustentabilidade com as quais trabalhamos, a Educação tem papel-chave. Só com uma educação de qualidade poderemos elaborar e difundir conhecimento e formar pessoas capazes de fortalecer a economia e de produzir bens culturais de grande repercussão. Para isso, é preciso deixar de lado a retórica da simples concordância e aceitação da importância da educação e passar às ações concretas, visando às mudanças urgentes para o crescimento de nosso país, que exigem a participação de toda a sociedade e, em particular, do Estado brasileiro. É nisso que acreditamos fundamentalmente: na capacidade e no desejo de evoluir das pessoas. Por isso, nossos esforços no plano interno, em nossa Organização, e no plano externo, na interação com as comunidades às quais servimos são centrados no desenvolvimento do indivíduo. Como preconiza a nossa Tecnologia Empresarial Odebrecht, o ser humano é o princípio, o meio e o fim de todas as coisas em nossa sociedade. E é ele que será, no fim das contas, o agente decisivo do desenvolvimento sustentável. 13

16 Mensagem do Diretor-Presidente Marcelo Bahia Odebrecht Os resultados alcançados pelo conjunto de nossas empresas em 2010 expressam um sólido avanço na direção da Organização Global que pretendemos construir, formada por Pessoas de Conhecimento, comprometida com o Desenvolvimento Sustentável e líder nos negócios e países em que atua. Tais resultados só foram possíveis pela participação comprometida de nossos integrantes e pela confiança de nossos clientes, sócios e parceiros. A todos, o nosso agradecimento. Hoje, somos mais de 120 mil pessoas, de mais de 65 nacionalidades, distribuídas por 20 países. No Brasil, em particular, o número de integrantes cresceu de 45 mil, em 2009, para 77 mil em 2010, configurando aumento de 71%. Estamos cada vez mais internacionalizados. Nossa atuação mundial, durante muitos anos protagonizada apenas pelas empresas de Engenharia e Construção, agora também tem a participação da Braskem, da Foz do Brasil e da Odebrecht Óleo e Gás. Em 2010, ampliamos nossa atuação na África e no Caribe e mantivemos nossa presença histórica naqueles países em que já nos encontrávamos, com destaque para os 20 anos de atuação nos Estados Unidos. O backlog (contratos em carteira) de nossas empresas de Engenharia e Construção fora do Brasil cresceu 11%, alcançando cerca de US$ 14,4 bilhões. Somos também uma organização mais diversificada. A integração da Quattor e da área de resinas da Sunoco Chemicals à Braskem elevou de 20 para 31 o número de unidades industriais desta empresa que em 2010 inaugurou sua primeira fábrica de eteno verde e ruma para se tornar líder mundial em química sustentável. A primeira aquisição contribuiu para o fortalecimento da petroquímica brasileira em um dos setores mais competitivos globalmente, e a segunda marcou o início da internacionalização das operações da Braskem, que com essas iniciativas reforçou seu compromisso com o desenvolvimento da cadeia produtiva do setor e sua proximidade com os Clientes ao redor do mundo. Avanço semelhante ocorreu com a ETH. Ao incorporar, em 2010, os ativos da Brenco, a empresa aumentou para 155 mil hectares a sua área de cultivo de cana-de-açúcar e deu um passo decisivo para vir a ser a líder global em produção de etanol. A empresa foi responsável por 40% do aumento da capacidade produtiva de etanol e da cogeração de energia a partir da biomassa no Brasil. Seus investimentos, de R$ 1,6 bilhões, representaram 20% de todo o investimento brasileiro no setor. Em outras vertentes da diversificação, crescemos no setor de habitação para população de baixa renda, particularmente no âmbito do programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal; intensificamos a atuação da Foz do Brasil nos segmentos de Plantas Industriais e de Serviços Ambientais; entramos no negócio Defesa, no Brasil, apoiando o país no acesso a novas tecnologias e no desenvolvimento da indústria nacional; investimos no atendimento à demanda brasileira decorrente da descoberta do pré-sal, que colocou o país entre as dez maiores reservas mundiais de petróleo; e começamos a operar empresas concessionárias de transportes urbanos, através da Odebrecht TransPort, com a qual já atendemos cerca de 2 milhões de pessoas no Brasil. Tudo isso tem feito com que nossos clientes, acionistas, sócios e investidores tenham cada vez mais confiança em nossa Organização. Em 2010, nossos sócios aportaram recursos financeiros da ordem de R$ 6,5 bilhões em nossas empresas, além de ativos tangíveis e intangíveis, valor que veio somar-se aos R$ 10 bilhões de investimentos próprios. 14

17 Em 2010, nossos sócios aportaram R$ 6,5 bilhões em nossas empre sas, que vieram somar-se aos nossos investimentos próprios, de R$ 10 bilhões Nossos clientes firmaram conosco contratos em aliança no valor de R$ 6,7 bilhões, viabilizando, em parceria, projetos cada vez mais complexos. Tivemos a satisfação de ter a Construtora Norberto Odebrecht classificada como Investment Grade, pela agência Fitch (em 2009, a agência Moody s havia conferido a mesma classificação à empresa), e a Braskem, já em março de 2011, pelas agências Standard & Poor s e Moody s. Outra distinção importante foi termos sido escolhidos, pelos nossos valores, a Empresa de Controle Familiar do Ano, em âmbito mundial, pelo IMD da Suíça. A confiança decorre também de buscarmos praticar, em todas as nossas empresas, as cinco dimensões do Desenvolvimento Sustentável. As práticas sustentáveis em nossa Organização vem se aprimorando ano após ano, com políticas específicas para cada negócio. Em 2010, publicamos as Diretrizes de Sustentabilidade no Negócio Engenharia e Construção, em que definimos os cinco eixos de nossa atuação, com destaque para o das Mudanças Climáticas, a partir do qual foi possível realizar o nosso primeiro Inventário de Emissão de Gases de Efeito Estufa, iniciativa que alcançou 117 obras e 21 escritórios corporativos em 15 países. Os programas socioambientais e culturais de nossas empresas, que desenvolvemos nas regiões de nossas obras e unidades industriais, chegaram, em 2010, a 761 mil pessoas de 504 comunidades de vários países. Neles, investimos recursos próprios da ordem de R$ 73 milhões. Importante destacar, nesse campo, os 45 anos de atuação da Fundação Odebrecht, cujo trabalho no Baixo Sul da Bahia tem propiciado àquela região condições reais para o seu desenvolvimento integrado e sustentável; o Programa Acreditar, de formação profissional, que iniciamos no Brasil e já levamos para outros países; o projeto Caia na Rede, responsável pela inclusão digital de mais de 10 mil pessoas no entorno de nossas obras; o projeto Reciclar, de gerenciamento de resíduos; o Kulonga Pala Kukula, na região de Malanje, em Angola, entre dezenas de outros que desenvolvemos nesse país, com ações integradas voltadas para a geração de renda, saúde e educação; e as iniciativas promovidas ao longo das rodovias IIRSA Norte e IIRSA Sul, no Peru, com ações de preservação ambiental, saúde, educação e cidadania. Temos sido também diretamente responsáveis pela criação de condições para ampliação da produção de alimentos em diversos países, decorrente de obras de irrigação e transposição de águas, a exemplo da Venezuela (55 mil ha no projeto El Diluvio e 35 mil ha no Projeto Soja, em El Tigre), do Peru (43 mil ha no projeto Olmos) e de Angola (38 mil ha no projeto Pungo Andongo). Para o futuro, nossos planos continuam cada vez mais desafiadores. E não poderia ser de outro modo, pois a Tecnologia Empresarial Odebrecht, nosso legado maior, com a qual estamos construindo o presente e as bases para o futuro, nos inspira ao permanente aprimoramento, para que possamos continuar a servir clientes com responsabilidade e alegria, e a contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades em que estamos presentes. De acordo com a Visão 2020 da Organização Odebrecht, no final desta década estaremos presentes em mais de 30 países, com 300 mil integrantes. Assim como hoje, eles estarão sonhando o sonho de nossos clientes, oferecendo-lhes soluções integradoras e inovadoras, e contribuindo decisivamente para gerar riquezas e desenvolvimento sustentável para todos. 15

18 Sustentabilidade na Odebrecht Desde a criação da Organização Odebrecht, em 1944, a sustentabilidade está presente nas práticas de nossas equipes. O fundador Norberto Odebrecht iniciou a sistematização e a redação dos princípios, conceitos e critérios da Tecnologia Empresarial Odebrecht com a publicação do livro Pontos de Referência, em 1970, no qual o assunto já foi exposto. O tema se consolidou como princípio da TEO no livro Sobreviver, Crescer e Perpetuar, de Elaboração do primeiro conjunto de diretrizes socioambientais das empresas de Engenharia e Construção (E&C)* Assinatura pela OPP da Declaração Internacional de Produção Mais Limpa, da ONU Lançamento da campanha Só a escola corrige o Brasil, da Fundação Odebrecht, em parceria com a Unesco Publicação do primeiro Relatório de Responsabilidade Social da Odebrecht S.A. Criação da categoria Expressão Social no Prêmio Destaque Criação da Odeprev, para apoiar os integrantes em seu período pós-carreira Certificação de todas as unidades industriais da OPP Petroquímica de acordo com a norma ISO (de gerenciamento ambiental) Primeira certificação de conformidade com a norma ISO em E&C Adesão da OPP Petroquímica ao programa Responsible Care (Atuação Responsável) Participação da Fundação Odebrecht na Aliança com o Adolescente pelo Desenvolvimento Sustentável no Nordeste 16

19 Programas Sociais, ambientais e Culturais em 2010* 2003 Criação do Prêmio Clarival do Prado Valladares, para patrocínio de pesquisas inéditas sobre a História do Brasil, consolidando a contribuição cultural da Organização Odebrecht iniciada em 1959 Criação, pela Fundação Odebrecht, do Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia Início do desenvolvimento do Projeto Madeira, que inaugura no Brasil novos critérios de responsabilidade ambiental e social na construção de hidrelétricas Estabelecimento da Política de Responsabilidade Social da Braskem Inclusão da Braskem no 1ºo Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&F Bovespa Realização do primeiro Inventário de Emissão de Gases de Efeito Estufa da Braskem Criação da ETH Bioenergia, com foco em energia renovável Adesão da Braskem ao Pacto Global, iniciativa da ONU para a promoção da Sustentabilidade Escolha da Braskem como empresa modelo em Sustentabilidade pela revista Exame pela primeira vez Brasil Exterior Total Quantidade de Programas Pessoas Beneficiadas 470 mil 291 mil 761 mil Comunidades Envolvidas Organizações Parceiras Investimentos (R$)** 61,3 milhões*** 11,8 milhões 73,1 milhões * Realizados pelas empresas e pela Fundação Odebrecht. **Investimentos no exterior transformados em R$ pela cotação 1 US$ = R$ 1,666 (dez 2010). *** Outros R$ 16,5 milhões foram investidos por parceiros da Fundação Odebrecht Aplicação de indicadores de desempenho socioambiental a todos os contratos de E&C Integração dos programas de Saúde, Segurança no Trabalho e Meio Ambiente (SSTMA) em E&C Criação dos indicadores de Saúde Ocupacional em E&C 2002 Aprovação pelo Conselho de Administração do atual Código de Ética da Organização Indicação do Programa de Combate ao HIV/AIDs da Odebrecht em Angola como um dos 10 melhores do mundo pela Global Business Coalition Revisão e ampliação das diretrizes socioambientais para a Engenharia conforme parâmetros internacionais Adoção de compromisso público da Braskem (no ano de sua formação) com o desenvolvimento sustentável 2004 Publicação do Relatório Anual de Sustentabilidade da Braskem Elaboração da Política de Ação Social e Cultural da Organização Odebrecht 2008 Aprovação da Política de Sustentabilidade da Organização Odebrecht Início do Programa Acreditar, de qualificação profissional Lançamento do Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável Ampliação da categoria Responsabilidade Social para Sustentabilidade no Prêmio Destaque Criação da Foz do Brasil Certificação ISO e OHSAS de todos os contratos de Montagem e Manutenção da Odebrecht Óleo e Gás Comunicação da Braskem sobre suas emissões de gases de efeito estufa ao Carbon Disclosure Project, iniciativa que conta com a adesão de empresas em 60 países Parceria com o Senai, para capacitação profissional nas unidades produtivas da ETH Bioenergia Adesão da ETH ao Protocolo Agroambiental, compromisso firmado entre a Unica (entidade representativa dos produtores de cana-de-açúcar) e o Governo de São Paulo 2009 Participação de Integrantes da Odebrecht na COP 15, em Copenhague, Dinamarca Publicação, com outras empresas e organizações, da Carta Aberta ao Brasil, na qual são firmados compromissos sobre mudanças climáticas Realização do primeiro Inventário de Emissão de Gases de Efeito Estufa, na obra da Hidrelétrica Santo Antônio (RO) Divulgação do manifesto É preciso amadurecer para ser verde, sobre desafios das mudanças climáticas e as iniciativas adotadas pela Braskem Adesão da ETH ao Programa Cana Limpa, para reduzir a quantidade de terra e palha de cana que chegam à área industrial Lançamento, pela ETH, do Programa Energia Social para a Sustentabilidade Local Reconhecimento e recomendação, pela Autoridade da República Dominicana, do projeto da Hidrelétrica de Palomino para obter créditos de carbono como parte do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo 2010 Realização do primeiro Inventário de Emissão de Gases de Efeito Estufa nos contratos das empresas de E&C Alcance do maior número de projetos Green Building pela OR na história da empresa Inauguração da fábrica de Eteno Verde da Braskem em Triunfo (RS) Apresentação do Projeto Eteno Verde na COP 16, no México Assinatura, pela ETH, de termo de cooperação técnica para a conservação e a produção florestal do Estado de São Paulo Seleção do livro Igreja e Convento de São Francisco da Bahia, patrocinado pela Odebrecht, como um dos vencedores do Prêmio Jabuti 45 anos da Fundação Odebrecht Revisão da Visão 2020 da Organização Odebrecht, colocando o Desenvolvimento Sustentável como compromisso de todos os seus negócios * Odebrecht Energia, Odebrecht Engenharia Industrial, Odebrecht Infraestrutura, Odebrecht América Latina e Angola, Odebrecht Venezuela e Odebrecht International.

20 Para a Organização Odebrecht, sustentabilidade é um tema multidimensional, que abrange de forma integrada aspectos econômicos, sociais, ambientais, culturais e políticos. Presente na TEO desde as origens da Odebrecht, o conceito vem se aprimorando ao longo dos anos. Hoje, com base na Política de Sustentabilidade, nossas equipes buscam o domínio de competências e práticas empresariais cada vez mais completas, de modo a contribuir para o desenvolvimento sustentável dos países e regiões em que atuam. Indicadores 2010 Indicadores Econômico-Financeiros da sociedade na formulação de políticas que visem promover o Contribuição ativa com governos e representantes desenvolvimento sustentável. públicas participativas e outras iniciativas POLÍTICA PARTICIPAÇÃO Geração de resultados para os clientes, acionistas, integrantes e comunidades onde a Organização VALORIZAÇÃO de expressões artísticas e para a preservação da memória e da história que distinguem as nações Contribuição para a disseminação DA CULTURA e comunidades às quais servimos, e integração à Organização de pessoas de diversas origens, com respeito aos seus usos e costumes. atua, por meio da prestação de serviços e fabricação de produtos necessários para de impostos e tributos. a sociedade e o consequente recolhimento DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SOCIAL RESPONSABILIDADE AMBIENTAL DESENVOLVIMENTO Geração de oportunidades de educação, trabalho prestadores de serviços da Organização, das comunidades onde atua. Uso racional de recursos naturais, utilização de tecnologias limpas e de recursos e renda para integrantes, fornecedores e e indiretamente para as populações renováveis,controle eficiente de emissões de gases de efeito estufa, redução de resíduos e de desperdícios, mitigação dos impactos gerados pelas operações e recuperação de ambientes degradados. A Construtora Norberto Odebrecht foi classificada como Investment Grade pela agência Fitch (indicação também conferida em 2009 pela agência Moody s). Em março de 2011, a Braskem obteve a mesma classificação das agências Standard & Poor s e Moody s. A Odebrecht S.A. recebeu o Prêmio de Empresa Familiar do Ano, do IMD International Institute for Management Development, da Suíça. Concorrem ao prêmio empresas com atuação global, receita anual maior que US$ 500 milhões e sob o controle da família há pelo menos três gerações. A medalha Marcos E. J. Bertin de Qualidade em Governança Corporativa foi concedida pela International Academy for Quality (IAQ) a Emílio Odebrecht, por sua contribuição para os princípios e as práticas da governança com qualidade. receita bruta (em milhões) Ano Receita Bruta (R$) Receita Bruta (US$) ¹ Os números referentes aos anos de 2010 e 2009 (reapresentado) estão de acordo com as normas do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). R$ milhões US$ milhões Ebitda Lucro Líquido Ativos Totais Patrimônio Líquido da Odebrecht S.A Patrimônio Líquido da Odebrecht S.A. (sem minoritários) demonstrativo do valor adicionado R$ milhões US$ milhões Receitas Receitas de Vendas (+) Outras Receitas Líquidas (+) Receitas Relativas à Construção de Ativos Próprios (-) Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa (-) Pagamentos a Terceiros (Insumos e Serviços Adquiridos) (=) Valor Adicionado Bruto (-) Depreciação e Amortização (+) Valor Recebido em Transferência (=) Valor Adicionado a Distribuir Remuneração do Trabalho (Integrantes) Governos (Tributos) Financiadores (Encargos Financeiros) Remuneração de Capitais Próprios (Acionistas) Valor Adicionado Distribuído

21 composição da receita bruta (em milhões) Por negócio odebrecht s.a. & outros R$ 448 > US$ 269 odebrecht participações e investimentos R$ > US$ 798 odebrecht transport R$ 472 > US$ 283 engenharia e construção* R$ > US$ braskem R$ > US$ eth R$ 915 > US$ 549 odebrecht óleo e gás R$ 156 > US$ 94 odebrecht realizações imobiliárias R$ > US$ 849 foz do brasil R$ 915 > US$ 549 Por distribuição geográfica áfrica R$ > US$ américas do sul e central R$ > US$ américa do norte, ásia/ oriente médio e europa R$ > US$ brasil R$ > US$ ativos totais (em milhões / em ) odebrecht óleo e gás R$ > US$ outros R$ > US$ engenharia e construção* R$ > US$ eth R$ > US$ braskem R$ > US$ * Odebrecht Energia, Odebrecht Engenharia Industrial, Odebrecht Infraestrutura, Odebrecht América Latina e Angola, Odebrecht Venezuela e Odebrecht International. Cotação: 1 US$ = R$ 1,666 (dez 2010) 19

Programa Acreditar Case Odebrecht. Antonio Cardilli

Programa Acreditar Case Odebrecht. Antonio Cardilli Programa Acreditar Case Odebrecht Antonio Cardilli Agenda Organização Odebrecht Programa Acreditar Programa Acreditar Jr A Organização Pessoas Integrantes de mais de 60 nacionalidades 180.278 Integrantes

Leia mais

2 3 Suzilaine Olívio Suares, da ETH

2 3 Suzilaine Olívio Suares, da ETH É com grande satisfação que apresento aos Integrantes da Organização Odebrecht informações relevantes sobre a atuação de nossas empresas em 2008. Marco Padilha, da Construtora Norberto Odebrecht Esta publicação,

Leia mais

Estrutura empresarial

Estrutura empresarial É com satisfação que apresentamos aos Integrantes da Odebrecht informações relevantes sobre a atuação de nossos negócios em 2009 e sobre a perspectiva de futuro que se delineia para a Organização. Os resultados

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T10

Apresentação de Resultados 4T10 Apresentação de Resultados 4T10 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

A importância do Investimento Privado na Concessão dos

A importância do Investimento Privado na Concessão dos A importância do Investimento Privado na Concessão dos Serviços Públicos Regulados Geraldo Villin Prado ABAR Mai/09 Demanda Anual de Investimentos no Brasil ENERGIA ELÉTRICA PETRÓLEO & GÁS (*) TRANSPORTES/

Leia mais

Usina Hidrelétrica de Belo Monte

Usina Hidrelétrica de Belo Monte Usina Hidrelétrica de Belo Monte PA Ao dar continuidade ao maior programa de infraestrutura do Brasil desde a redemocratização, o Governo Federal assumiu o compromisso de implantar um novo modelo de desenvolvimento

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO PROGRAMAÇÃO DO EVENTO Dia 08/08 // 09h00 12h00 PLENÁRIA Nova economia: includente, verde e responsável Nesta plenária faremos uma ampla abordagem dos temas que serão discutidos ao longo de toda a conferência.

Leia mais

Benefícios da Cultura Empresarial na Gestão. ConstruBR Enio Andrade São Paulo, 23 de abril de 2014

Benefícios da Cultura Empresarial na Gestão. ConstruBR Enio Andrade São Paulo, 23 de abril de 2014 Benefícios da Cultura Empresarial na Gestão ConstruBR Enio Andrade São Paulo, 23 de abril de 2014 ConstruBR São Paulo, 23 de abril de 2014 Breve conceito que embasa esta apresentação CULTURA ORGANIZACIONAL

Leia mais

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras nº 342 outubro 2014 Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras Odebrecht 70 anos: projetos que contribuem para melhorar as opções de mobilidade urbana das comunidades Odebrecht Infraestrutura Brasil

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO

FUNDAMENTOS DA GESTÃO A Ultrapar realizou em 2011 um programa de comunicação e disseminação do tema sustentabilidade entre seus colaboradores, com uma série de iniciativas voltadas para o engajamento e treinamento das pessoas.

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria

Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria tecnológica com a Kawasaki na sede da Odebrecht S.A.

Leia mais

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Brasil 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Maurício Muniz Secretário do Programa de Aceleração do Crescimento SEPAC Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão PAC PROGRAMA DE ACELERAÇÃO

Leia mais

Conheça a MRV Engenharia

Conheça a MRV Engenharia Conheça a MRV Engenharia MRV em Números Ficha técnica MRV Engenharia Número de empregados nas obras (média 2014)...23.704 Vendas Contratadas (R$ milhões) (2014)...R$ 6.005 Receita liquida (R$ milhões)

Leia mais

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras 1. DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável, das áreas onde atuamos e

Leia mais

Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014

Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014 1 Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014 O Conselho de Administração aprovou o Plano de Negócios 2010-2014, com investimentos totais de US$ 224 bilhões, representando a média de US$ 44,8 bilhões

Leia mais

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Setembro de 2010 Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente

Leia mais

Luciano Coutinho Presidente

Luciano Coutinho Presidente O papeldo BNDES napromoçãodo desenvolvimento econômico e social do Brasil IV Fórum Internacional de comunicação e sustentabilidade Brasília, 26 de maio de 2011 Luciano Coutinho Presidente O Brasil ingressa

Leia mais

A economia brasileira e as perspectivas do investimento Luciano Coutinho Presidente do BNDES

A economia brasileira e as perspectivas do investimento Luciano Coutinho Presidente do BNDES A economia brasileira e as perspectivas do investimento Luciano Coutinho Presidente do BNDES O Brasil ingressa em um novo ciclo de desenvolvimento A economia brasileira continuarácrescendo firmemente nos

Leia mais

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Lisboa 31 de maio de 2012

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Lisboa 31 de maio de 2012 Apoio do BNDES à Infraestrutura Lisboa 31 de maio de 2012 Aspectos Institucionais Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União; Instrumento chave para implementação

Leia mais

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1 EXECUÇÃO GLOBAL DO PAC 2 ATÉ OUTUBRO DE 2014 R$ 1,009 trilhão 91,3% do previsto até 2014 ATÉ DEZEMBRO DE 2014 R$ 1,066 trilhão 96,5% do previsto até 2014 PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

Apoio do BNDES ao Setor Ferroviário

Apoio do BNDES ao Setor Ferroviário Seminário Nacional IV Brasil nos Trilhos Apoio do BNDES ao Setor Ferroviário Nelson Siffert Área de Infraestrutura Brasília -Agosto/2010 O BNDES Evolução dos Ativos 386,6 R$ bilhões 277 151 152 164 175

Leia mais

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico A parceria prevê capitalização da empresa brasileira em até R$ 12 bi, reduzindo alavancagem e ampliando capacidade de investimento,

Leia mais

O PAPEL DAS FEIRAS DE CIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL

O PAPEL DAS FEIRAS DE CIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL ANAIS DA 67ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - SÃO CARLOS - SP - JULHO/2015 O PAPEL DAS FEIRAS DE CIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL Antes de entender qual a diferença entre educação formal e não formal é preciso entender

Leia mais

Política Ambiental das Empresas Eletrobras

Política Ambiental das Empresas Eletrobras Política Ambiental das Empresas Eletrobras Versão 2.0 16/05/2013 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Princípios... 3 3 Diretrizes... 3 3.1 Diretrizes Gerais... 3 3.1.1 Articulação Interna... 3 3.1.2 Articulação

Leia mais

consultor saneamento ambiental

consultor saneamento ambiental saneamento ambiental A ENGECORPS é uma empresa de engenharia consultiva pronta a responder a todos os desafios da retomada e manutenção de crescimento do país e globalização da economia. Interessada em

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaboticabal

Prefeitura Municipal de Jaboticabal LEI Nº 4.715, DE 22 DE SETEMBRO DE 2015 Institui a Política Municipal de estímulo à produção e ao consumo sustentáveis. RAUL JOSÉ SILVA GIRIO, Prefeito Municipal de Jaboticabal, Estado de São Paulo, no

Leia mais

Reflexões sobre a Ética em Empresas de Tecnologia O Caso Petrobras. Heitor Chagas de Oliveira Gerente Executivo Recursos Humanos

Reflexões sobre a Ética em Empresas de Tecnologia O Caso Petrobras. Heitor Chagas de Oliveira Gerente Executivo Recursos Humanos Reflexões sobre a Ética em Empresas de Tecnologia O Caso Petrobras Heitor Chagas de Oliveira Gerente Executivo Recursos Humanos Sustentabilidade e Competitividade SUSTENTABILIDADE pode ser entendida como

Leia mais

Responsabilidade Social e Ambiental na Petrobras

Responsabilidade Social e Ambiental na Petrobras Responsabilidade Social e Ambiental na Petrobras Carlos Alberto Ribeiro de Figueiredo Janice Dias PETROBRAS - Comunicação Nacional RESPONSABILIDADE SOCIAL SOCIAL CORPORATIVA Necessidade Assistencialismo

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2012

Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Volume 39 Ano base 2011 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2010-2011

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2013

Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Volume 40 Ano base 2012 Guia de leitura Guia de leitura O Guia de Leitura tem o propósito de orientar

Leia mais

VIII CONSE VIII CONSE. Sao Paulo - 24, 25 e 26 de setembro de 2012. Apresentação. Carlos Monte

VIII CONSE VIII CONSE. Sao Paulo - 24, 25 e 26 de setembro de 2012. Apresentação. Carlos Monte VIII CONSE Sao Paulo - 24, 25 e 26 de setembro de 2012 Apresentação Carlos Monte Conceitos Gerais A Engenharia é a profissão do Crescimento. Mais emprego, melhores sálarios e inclusão social com distribuição

Leia mais

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios A importância da economia paulista transcende as fronteiras brasileiras. O Estado é uma das regiões mais desenvolvidas de toda a América

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Síntese O Compromisso ALIANSCE para a Sustentabilidade demonstra o nosso pacto com a ética nos negócios, o desenvolvimento das comunidades do entorno de nossos empreendimentos,

Leia mais

Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro

Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro - 2º Congresso Florestal do Tocantins - André Luiz Campos de Andrade, Me. Gerente Executivo de Economia e Mercados do Serviço Florestal

Leia mais

Os Princípios do Equador e o Desempenho Socioambiental do Setor Financeiro

Os Princípios do Equador e o Desempenho Socioambiental do Setor Financeiro Avaliação do desempenho socioambiental de projetos com foco nos Princípios do Equador e Parâmetros de Desempenho do IFC Os Princípios do Equador e o Desempenho Socioambiental do Setor Financeiro São Paulo,

Leia mais

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade PGQP Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade visão das lideranças A Excelência de qualquer organização depende da sinergia entre três fatores:

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Atuação da Organização 1. Qual(is) o(s) setor(es) de atuação da empresa? (Múltipla

Leia mais

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 REPÚBLICA DA COLÔMBIA POPULAÇÃO 48 Milhões SUPERFÍCIE 1.141.748 Km2 CAPITAL Bogotá 7,3 milhões PRINCIPAIS CIDADES

Leia mais

Júlio Eduardo dos Santos

Júlio Eduardo dos Santos Júlio Eduardo dos Santos Secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Linha do Tempo 1965 a 2003 Extinção da GEIPOT Lei 10.233 / 2001 Criação da EBTU lei nº 6.261 em 1975 Extinção da EBTU Dec.

Leia mais

Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer

Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer A demanda crescente nos mercados interno e externo por combustíveis renováveis, especialmente o álcool, atrai novos investimentos para a formação

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Introdução A consulta a seguir é um novo passo em direção às melhores práticas

Leia mais

infraestrutura hídrica

infraestrutura hídrica infraestrutura hídrica A ENGECORPS é uma empresa de engenharia consultiva pronta a responder a todos os desafios de crescimento do país e globalização da economia. Interessada em manter-se bem colocada

Leia mais

Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores e Sustentabilidade. Augusto Riccio Coordenador de Organização Gestão &Governança

Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores e Sustentabilidade. Augusto Riccio Coordenador de Organização Gestão &Governança Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores e Sustentabilidade Augusto Riccio Coordenador de Organização Gestão &Governança Destaques Petrobras --------------------------------------------------------------------------

Leia mais

LUIZ ROS Banco Interamericano de Desenvolvimento

LUIZ ROS Banco Interamericano de Desenvolvimento LUIZ ROS Banco Interamericano de Desenvolvimento A BASE DA PIRÂMIDE É DIFERENTE MUNDIALMENTE POR REGIÃO, POR SETOR MAS SEMPRE UM MERCADO ENORME UMA GRANDE OPORTUNIDADE Na América Latina há cerca de 400

Leia mais

Integração latino-americana no contexto da crise mundial: a perspectiva empresarial 27/09/2011 Comissão de Assuntos Sociais

Integração latino-americana no contexto da crise mundial: a perspectiva empresarial 27/09/2011 Comissão de Assuntos Sociais Integração latino-americana no contexto da crise mundial: a perspectiva empresarial 27/09/2011 Comissão de Assuntos Sociais Temas da Apresentação 1. Exportação de Serviços de Engenharia e Integração Regional

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO - OPORTUNIDADES Um evento esportivo do porte de uma Copa do Mundo é como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um

Leia mais

OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL

OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL Estudo realizado com 259 empresas; Faturamento das empresas pesquisadas representando mais de 30% do PIB brasileiro; O objetivo principal é mapear e avaliar a importância

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO

UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO 1 2 _ 22.000 COLABORADORES _ 70.000 KM DE DUTOS (18 DOS QUAIS CRUZAM A CORDILHEIRA DOS ANDES) _ 450 PLANTAS DE PROCESSAMENTO DE

Leia mais

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS A Copagaz A Copagaz, primeira empresa do Grupo Zahran, iniciou suas atividades em 1955 distribuindo uma tonelada de Gás Liquefeito de Petróleo - GLP por dia nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato

Leia mais

POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RILEY RODRIGUES Conselho Empresarial de Infraestrutura Sistema FIRJAN Principais desafios Os programas precisam ser estruturados, dentro de seus setores, como

Leia mais

Assim é a Telefónica. Distribuição do EBITDA por países em 2001

Assim é a Telefónica. Distribuição do EBITDA por países em 2001 Assim é a Telefónica A aquisição da Lycos, aliada ao fato de a nova empresa Terra Lycos operar em 43 países, permitiu, por um lado, uma maior penetração nos Estados Unidos e no Canadá. Por outro lado,

Leia mais

Programa Gerdau Germinar (MG) é uma das mais importantes iniciativas de educação ambiental da Empresa. Relatório Anual Gerdau 2014

Programa Gerdau Germinar (MG) é uma das mais importantes iniciativas de educação ambiental da Empresa. Relatório Anual Gerdau 2014 40 41 Programa Gerdau Germinar (MG) é uma das mais importantes iniciativas de educação ambiental da Empresa. MEIO AMBIENTE 42 Gerdau é reconhecida pela eficiência de suas práticas de proteção ao meio ambiente

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

QUEM SOMOS VISÃO MISSÃO HISTÓRICO BRIEF INSTITUCIONAL 2013

QUEM SOMOS VISÃO MISSÃO HISTÓRICO BRIEF INSTITUCIONAL 2013 BRIEF INSTITUCIONAL 2013 QUEM SOMOS TETO é uma organização presente na América Latina e no Caribe, que busca superar a situação de pobreza em que vivem milhões de pessoas nos assentamentos precários, através

Leia mais

DESAFIOS E OPORTUNIDADES

DESAFIOS E OPORTUNIDADES DESAFIOS E OPORTUNIDADES Pontos Principais... A Sabesp tem compromisso com a política pública e com critérios de eficiência de mercado O novo marco regulatório do saneamento encerra desafios e oportunidades

Leia mais

Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires

Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires Professor: Josiane Vill Disciplina: Geografia Série: 2ª Ano Tema da aula: transporte e Telecomunicação Objetivo da aula:. Entender as principais formas de

Leia mais

Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público

Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público nº 345 novembro 2014 Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público Odebrecht 70 anos: histórico e perspectivas em Óleo e Gás Foz Saneatins passa a se chamar Odebrecht Ambiental Saneatins

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

Nossa História. Ajudando o mundo a produzir os alimentos de que precisa

Nossa História. Ajudando o mundo a produzir os alimentos de que precisa Nossa História Ajudando o mundo a produzir os alimentos de que precisa O desafio é imenso: acabar com a fome, dobrar a produção de alimentos até 2050 e ajudar a reduzir o impacto ambiental da agricultura

Leia mais

Especialistas destacam a necessidade de maior participação do setor privado em projetos de infraestrutura de países como o Brasil

Especialistas destacam a necessidade de maior participação do setor privado em projetos de infraestrutura de países como o Brasil Shutterstock/ stockphoto mania Especialistas destacam a necessidade de maior participação do setor privado em projetos de infraestrutura de países como o Brasil 28 As melhores do mundo Jurados independentes

Leia mais

COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS

COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS 2003 É criada a G-COMEX ÓLEO & GÁS com o objetivo de prover soluções logísticas sob medida para o mercado de óleo, gás, energia e indústria

Leia mais

SINDUSCON São Paulo/SP 17 de Dezembro 2010

SINDUSCON São Paulo/SP 17 de Dezembro 2010 BOAS PRÁTICAS NO GERENCIAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NOS CANTEIROS DE OBRAS SINDUSCON São Paulo/SP 17 de Dezembro 2010 Cledson Macedo de Carvalho A Odebrecht concentra sua atuação Em 22 países em quatro

Leia mais

Conjunto de pessoas que formam a força de trabalho das empresas.

Conjunto de pessoas que formam a força de trabalho das empresas. 1. OBJETIVOS Estabelecer diretrizes que norteiem as ações das Empresas Eletrobras quanto à promoção do desenvolvimento sustentável, buscando equilibrar oportunidades de negócio com responsabilidade social,

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

nº 344 novembro 2014 Inova BH completa um ano Odebrecht 70 anos: a história e as perspectivas da Organização em projetos de Água e Esgoto

nº 344 novembro 2014 Inova BH completa um ano Odebrecht 70 anos: a história e as perspectivas da Organização em projetos de Água e Esgoto nº 344 novembro 2014 Inova BH completa um ano Odebrecht 70 anos: a história e as perspectivas da Organização em projetos de Água e Esgoto Livros apoiados pela Organização vencem o Prêmio Jabuti 2014 Água

Leia mais

Nos trilhos do progresso

Nos trilhos do progresso Nos trilhos do progresso brasil: polo internacional de investimentos e negócios. Um gigante. O quinto maior país do mundo em extensão e população e o maior da América Latina, onde se destaca como a economia

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

Apresentação para Investidores. Março, 2009

Apresentação para Investidores. Março, 2009 Apresentação para Investidores Março, 2009 1 Filosofia Gerdau VISÃO Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que

Leia mais

EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA. D 4.7 Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (20h) (Aula 3: Monitoramento do PAC)

EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA. D 4.7 Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (20h) (Aula 3: Monitoramento do PAC) EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA D 4.7 Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (20h) (Aula 3: Monitoramento do PAC) Professor: Pedro Antônio Bertone Ataíde 23 a 27 de março

Leia mais

1 solidez e compromisso com o futuro

1 solidez e compromisso com o futuro S o l i d e z e c o m p r o m i s s o c o m o F u t u r o 1 solidez e compromisso com o futuro 2 solidez e compromisso com o futuro EMPRESA Há mais de 55 anos estabelecida e reconhecida no mercado brasileiro

Leia mais

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Índice 1. Qual é a participação de mercado da ALL no mercado de contêineres? Quantos contêineres ela transporta por ano?... 4 2. Transportar por ferrovia não é mais barato do que

Leia mais

Amapá 2,1. Pará 46,2. Ceará 25,4 Pernambuco 22,3. Maranhão 17,4. Roraima 3,7. Tocantins 19,7. Rio Grande do Norte 7,5. Piauí 9,9.

Amapá 2,1. Pará 46,2. Ceará 25,4 Pernambuco 22,3. Maranhão 17,4. Roraima 3,7. Tocantins 19,7. Rio Grande do Norte 7,5. Piauí 9,9. INFRAESTRUTURA Valores de investimentos sugeridos pelo Plano CNT de Transporte e Logística 2014 em todos os Estados brasileiros, incluindo os diferentes modais (em R$ bilhões) Tocantins 19,7 Roraima 3,7

Leia mais

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E Paternoster Square Londres ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS Francisco Cary 19 de Maio de 2011 O Mercado dos Países

Leia mais

A costa da África pode ser um foco da indústria no futuro próximo;

A costa da África pode ser um foco da indústria no futuro próximo; Fleury Pissaia * Entre 2011 e 2015, investimento previsto no setor industrial é de R$ 600 bilhões. Desse montante, indústria do petróleo representa 62%. No mesmo período, R$ 750 bilhões serão alocados

Leia mais

Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação

Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação Recursos Humanos Universidade Petrobras Brasil 12 a 14 de novembro Hotel Transamérica São Paulo. 2 Petrobras A PETROBRAS Atua como

Leia mais

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Rio de Janeiro Maio de 2012

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Rio de Janeiro Maio de 2012 Apoio do BNDES à Infraestrutura Rio de Janeiro Maio de 2012 Aspectos Institucionais Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União; Instrumento chave para implementação

Leia mais

El desarrollo del galvanizado general em Brasil em los últimos 5 años. Ulysses Nunes, Mangels - Brasil

El desarrollo del galvanizado general em Brasil em los últimos 5 años. Ulysses Nunes, Mangels - Brasil El desarrollo del galvanizado general em Brasil em los últimos 5 años Ulysses Nunes, Mangels - Brasil Mercado Galvanização Mercado Galvanização Mercado Galvanização Mercado Galvanização Desenvolvimento

Leia mais

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015 Investe São Paulo Campinas, 17 de março de 2015 Missão Ser a porta de entrada para novos investimentos e a expansão dos negócios existentes, gerando inovação tecnológica, emprego e renda. Promover a competitividade

Leia mais

Governança Pública. O Desafio do Brasil. Contra a corrupção e por mais desenvolvimento. Governança de Municípios. Março/2015

Governança Pública. O Desafio do Brasil. Contra a corrupção e por mais desenvolvimento. Governança de Municípios. Março/2015 Governança Pública O Desafio do Brasil Contra a corrupção e por mais desenvolvimento Governança de Municípios Março/2015 João Augusto Ribeiro Nardes Ministro do TCU Sumário I. Introdução-OTCUeocombateàcorrupção

Leia mais

Futebol alemão X Futebol brasileiro

Futebol alemão X Futebol brasileiro Futebol alemão X Futebol brasileiro Um fez sua revolução. Outro nem começou! Novembro de 2015 A revolução na Alemanha Eliminação precoce na Eurocopa de 2000 impulsionou as mudanças. Plano de longo prazo

Leia mais

ALL. UMA MULTINACIONAL BRASILEIRA

ALL. UMA MULTINACIONAL BRASILEIRA ALL. UMA MULTINACIONAL BRASILEIRA 13 ANOS DE ALL Março de 1997 Início das atividades Privatização Malha Sul Julho de 2001 Aquisição da Delara Consolidação Logística Maio de 2006 Aquisição da Brasil Ferrovias

Leia mais

PAC Programa de Aceleração do Crescimento. Retomada do planejamento no país. Marcel Olivi

PAC Programa de Aceleração do Crescimento. Retomada do planejamento no país. Marcel Olivi PAC Programa de Aceleração do Crescimento Retomada do planejamento no país Marcel Olivi PAC PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO Lançado em 22/01/2007 o programa é constituído por Medidas de estímulo

Leia mais

Contribuição de Hidroeléctricas e Barragens para o Desenvolvimento Sustentável em África

Contribuição de Hidroeléctricas e Barragens para o Desenvolvimento Sustentável em África Contribuição de Hidroeléctricas e Barragens para o Desenvolvimento Sustentável em África Madalena Dray Consultora Socio-Ambiental Luanda, 24 a 27 de Setembro de 2013 CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE ENERGIA

Leia mais

Campus Aloysio Faria. Campus BH. Campus SP. Campus RJ. Av. Princesa Diana, 760 Alphaville Lagoa dos Ingleses 34000-000 Nova Lima MG Brasil

Campus Aloysio Faria. Campus BH. Campus SP. Campus RJ. Av. Princesa Diana, 760 Alphaville Lagoa dos Ingleses 34000-000 Nova Lima MG Brasil Campus Aloysio Faria Av. Princesa Diana, 760 Alphaville Lagoa dos Ingleses 34000-000 Nova Lima MG Brasil Campus BH Rua Bernardo Guimarães, 3.071 Santo Agostinho 30140-083 Belo Horizonte MG Brasil Campus

Leia mais

O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios

O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios Português Resumo Executivo Esta é a segunda edição revista e ampliada da publicação: O Setor Elétrico Brasileiro e

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2015

Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Volume 42 Ano base 2014 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2013-2014

Leia mais

Encontro para fomento da Micro e Pequena Empresa no entorno do EEP SICM Salvador - 04/06/2013

Encontro para fomento da Micro e Pequena Empresa no entorno do EEP SICM Salvador - 04/06/2013 Encontro para fomento da Micro e Pequena Empresa no entorno do EEP SICM Salvador - 04/06/2013 Gerente de Relações Institucionais Marcio Mendonça Cruz Revitalização Revitalização da da indústria indústria

Leia mais

RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2008/2010. Vonpar - Divisão Bebidas

RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2008/2010. Vonpar - Divisão Bebidas RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 200/200 Neste documento você terá o extrato em números dos dados contidos no Relatório de Sustentabilidade 200/200 da Vonpar. Conforme a versão digital animada (disponível

Leia mais

Workshop Financiamento às Infraestruturas, à Agricultura e Agro-indústria. Luanda, 26.05.2014

Workshop Financiamento às Infraestruturas, à Agricultura e Agro-indústria. Luanda, 26.05.2014 Workshop Financiamento às Infraestruturas, à Agricultura e Agro-indústria Luanda, 26.05.2014 Agenda 1. Cenário Internacional 2. Formas de apoio 3. Estratégia de atuação na África Depto. de Suporte a Operações

Leia mais

A nova orla da Barra: referência para Salvador

A nova orla da Barra: referência para Salvador nº 339 agosto 2014 A nova orla da Barra: referência para Salvador Odebrecht 70 anos: a trajetória da Odebrecht no ramo da Química e Petroquímica Novo contrato na Colômbia recuperará a navegação no Rio

Leia mais

SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX. Agosto 2013

SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX. Agosto 2013 SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX Agosto 2013 ESTRATÉGIA EM SUSTENTABILIDADE Visão Uma estratégia de sustentabilidade eficiente deve estar alinhada com o core business da empresa

Leia mais

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE 1) OBJETIVOS - Apresentar de forma transparente as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente

Leia mais

22 de novembro de 2007. Apresentação dos Resultados 4T07

22 de novembro de 2007. Apresentação dos Resultados 4T07 22 de novembro de 2007 Apresentação dos Resultados 4T07 Aviso Importante Declarações contidas nesta apresentação relativas às perspectivas dos negócios da Companhia, projeções de resultados operacionais

Leia mais

COMPETITIVIDADE NO SETOR FLORESTAL

COMPETITIVIDADE NO SETOR FLORESTAL COMPETITIVIDADE NO SETOR FLORESTAL 15/03/2012 Joésio D. P. Siqueira Vice-Presidente STCP 1/29 A STCP Conquistas recentes Clientes de 38 países das Américas, África, Europa, Ásia e Oceania 17 escritórios

Leia mais

17ª TRANSPOSUL FEIRA E CONGRESSO DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA

17ª TRANSPOSUL FEIRA E CONGRESSO DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA 17ª TRANSPOSUL FEIRA E CONGRESSO DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA PALESTRA FALTA DE COMPETITIVIDADE DO BRASIL FRENTE AO MERCADO EXTERNO JOSÉ AUGUSTO DE CASTRO Porto Alegre, 24 de JUNHO de 2015 2 - TEORIAS No

Leia mais

Iniciativas Futuro Verde" do Japão

Iniciativas Futuro Verde do Japão 1. Compreensão Básica Iniciativas Futuro Verde" do Japão 1. Nas condições atuais, em que o mundo está enfrentando diversos problemas, como o crescimento populacional, a urbanização desordenadas, a perda

Leia mais