ASSESSOR DA PRESIDÊNCIA E DELEGADO DO SINDSEGNNE VISITAM A SEDE DO SINCOR/CE. (Página 07)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ASSESSOR DA PRESIDÊNCIA E DELEGADO DO SINDSEGNNE VISITAM A SEDE DO SINCOR/CE. (Página 07)"

Transcrição

1 Nº FEVEREIRO DE 2014 SINCOR-CE REALIZA BLITZ DE DIVULGAÇÃO DO SEGURO DPVAT junto à Polícia Rodoviária Estadual e Agentes do DETRAN-CE no posto policial do distrito de Aquiraz/CE, EM TERMINAIS DE INTEGRAÇÃO EM PARCERIA COM A ETUFOR e NAS CIDADES E PRAIAS DO LITORAL LESTE DO CEARÁ ANTES DO INÍCIO DO CARNAVAL A fim de disseminar a cultura do e nas cidades e praias do litoral leste do pedestres também precisavam ser não perdeu tempo em tirar suas Seguro DPVAT, o SINCOR/CE Ceará, que teve como intuito não só alertados quanto à prática de pequenas dúvidas. O serviço desenvolvido pelo desenvolveu no mês de fevereiro, conscientizar a população de como ações que são capazes de salvar vidas, SINCOR/CE ainda se empenhou em operações de divulgação do seguro requerer o benefício, mas também a como o uso de capacete e cinto de despertar nas pessoas a consciência do DPVAT: junto à Polícia Rodoviária prevenção de acidentes. O objetivo segurança. que realmente seja o Seguro DPVAT e Estadual e agentes do DETRAN-CE original da campanha era o de orientar A divulgação foi realizada por meio de no posto policial do distrito de o cidadão sobre como fazer o p o r q u e s e u p a g a m e n t o é panfletos e também através do diálogo Aquiraz/CE, em parceria com a requerimento do DPVAT. Mas, indispensável. ETUFOR nos terminais de integração durante sua execução, foi percebido de nossos colaboradores com a (Página 12) do transporte público de Fortaleza/CE que motoristas, seus familiares e população, que foi bastante receptiva e Fenacor lança novo indicador de confiança do setor de seguros (Página 08) Seguro de Auto pode ficar décadas na dianteira do mercado brasileiro. (Página 04) ASSESSOR DA PRESIDÊNCIA E DELEGADO DO SINDSEGNNE VISITAM A SEDE DO SINCOR/CE. (Página 07) JOAQUIM MENDANHA E A FORÇA REPRESENTATIVA DO SINCOR/GO Reeleito em 08 de novembro de 2013 presidente do Sindicato dos Corretores e das Empresas Corretoras de Seguros, Capitalização e Previdência Privada do Estado de Goiás (SINCOR-GO), o dedicado corretor de seguros Joaquim Mendanha de Ataídes, foi empossado no dia 31 de janeiro de 2014, sexta-feira, pelo presidente da Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor) e deputado federal por Goiás, Armando Vergílio. Corretor de seguros há quase 30 anos, o líder do SINCOR-GO lembrou durante a cerimônia do trabalho como representante sindical iniciado em Dezessete anos depois, Joaquim Mendanha se tornou, naquela sexta-feira de janeiro deste ano, o primeiro presidente do SINCOR-GO eleito para o terceiro mandato consecutivo.(página 03) MINISTRO AFIF DOMINGOS (PSD)

2 2 Fevereiro 2014 O MERCADO DE SEGUROS SACODE O NORDESTE ELAS NÃO SÃO MAIS O SEXO FRÁGIL DO MERCADO DE SEGUROS O século 20 trouxe uma nova realidade para a sociedade brasileira. A mulher deixou para trás os tempos em que devia total s u b m i s s ã o a o h o m e m e preocupava-se apenas a cuidar da casa e dos filhos. A partir da década de 70 até os dias de hoje, a Manoel Nésio participação das mulheres no mercado de trabalho tem apresentado uma espantosa progressão. Se em 1970 apenas 18% das mulheres brasileiras trabalhavam, metade delas iniciou o século XXI em atividade. Hoje, encontramos em todo o mundo mulheres empreendedoras, executivas e, inclusive, líderes de estado, como acontece em nosso país. No entanto, o trabalho das mulheres não depende apenas do mercado e das suas qualificações para atendê-lo, mas da importância da família. A presença de filhos sempre foi decisiva para a mulher ingressar ou permanecer no mercado de trabalho. Se antes havia necessidade de dedicar tempo e atenção física aos filhos, hoje, com o alto custo de vida, a mulher prefere trabalhar para poder atender todas as necessidades deles, já que com a remuneração do homem, quando há esta presença, se tornou insuficiente. O crescimento da presença da mulher no mercado de trabalho se dá em todas as áreas, e em especial no setor de seguros. O avanço das mulheres neste mercado fez com que elas se tornassem elo de grandes investidas comerciais por parte de empresas. O mercado de seguros também está cada vez mais preparado para atender às necessidades específicas do público feminino. Em geral, as clientes têm idade acima de 30 anos, exercem algum tipo de atividade e a grande maioria possui fonte de renda própria. Os requisitos para conquistar este mercado são: oferecer serviços para a mulher e para sua família. Além de estarem crescendo no mercado de seguros, elas também possuem um poder de compra muito grande, por essas razões, empresas dos mais variados setores continuam voltando seus investimentos para o desenvolvimento de produtos que atendam as necessidades da mulher. Hoje, não apenas empresas de áreas historicamente mais associadas ao público feminino, mas também cadeias produtivas antes dominadas pelo universo masculino estão buscando a criação de produtos que atendam a este público. Não é exagero afirmar que, em médio prazo, haverá mais mulheres do que homens atuando como corretores de seguros. Nas seguradoras e demais empresas do mercado é forte também a presença das mulheres, boa parte ocupando postos de destaque. Todas essas profissionais contribuem para a melhoria da imagem da categoria e do mercado aos olhos da população. Focadas e cuidadosas, quase todas enfrentam, todas as semanas, uma jornada dupla e até tripla: trabalham, estudam e ainda cuidam da família. Ainda assim, encontram tempo para aprimorar constantemente seus conhecimentos profissionais e manterem-se sempre belas e apresentáveis. Na qualidade de presidente do SINCOR/CE presto, em nome da Diretoria do sindicato, uma homenagem especial a essas guerreiras. Felicidade a todas vocês, corretoras de seguros e securitárias. Parabéns pelo Dia Internacional da Mulher! DIRETORIA EFETIVOS SUPLENTES PRESIDENTE: MANOEL NÉSIO SOUSA CARLOS ALBERTO PONTES DE ARAÚJO SECRETÁRIA: SILVIA HELENA PEREIRA DE SOUSA MARIA ALICE FERNANDES PIMENTEL TESOUREIRO: FRANCISCO PEREIRA DE SOUSA NESTOR DE CARVALHO AMORIM SUPLENTES DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À FENACOR ALEXANDRE AKSAKOF PEREIRA DE SOUSA EFETIVOS CICERO GUARACI PEREIRA DE SOUSA 1 DELEGADO - MANOEL NÉSIO SOUSA LÍSIAS BARBOSA PEREIRA DE SOUSA 2 DELEGADO - CICERO GUARACI PEREIRA DE SOUSA CONSELHO FISCAL EFETIVOS SUPLENTES GERALDO BEZERRA MARQUES 1ª SUPLENTE - SILVIA HELENA PEREIRA DE SOUSA MARIA RAIMUNDA LOPES FERNANDES 2 SUPLENTE - ALEXANDRE AKSAKOF PEREIRA DE SOUSA SIRLANE ABREU DE ARAÚJO

3 Fevereiro Joaquim Mendanha Reeleito em 08 de novembro de 2013 p r e s i d e n t e d o Sindicato dos Corretores e das E m p re s a s C o r re t o r a s d e Seguros, Capitalização e Previdência Privada do Estado de Goiás (SINCOR-GO), o JOAQUIM MENDANHA E A FORÇA REPRESENTATIVA DO SINCOR/GO sindical iniciado em seguros que tem orgulho de que vislumbra um futuro melhor e Dezessete anos depois, Joaquim pertencer à classe, ressaltou. próspero também para o SINCOR- Mendanha se tornou, naquela Entre as ações da nova Diretoriasexta-feira de janeiro deste ano, o primeiro presidente do SINCOR- GO eleito para o terceiro mandato consecutivo. O líder sindical agradeceu o apoio dos corretores de seguros, dos quais, segundo ele, recebeu a tarefa nova Diretoria-Executiva recém- empossada. "O Sincor/GO, com certeza, tem agregado muito valor à categoria profissional que representa e se empenhado em formar profissionais e especializar de zelar pelos rumos do mercado Executiva, Joaquim Mendanha citou a continuidade do Projeto Café e Seguros; o combate à informalidade no mercado de seguros e à concorrência desleal; e a disseminação da cultura do seguro junto à sociedade. Sobre esta atividade, o líder sindical GO. Todos os homens que realizaram grandes coisas, eram grandes sonhadores, conclui o representante sindical em citação ao pensador Orison Swett Marden. O Sincor/CE, em nome de sua presidência e Diretoria, parabeniza com felicidade o Sincor/GO pela dedicado corretor de seguros o c o r r e t o r d e s e g u r o s. Joaquim Mendanha de Ataídes, foi C o m p a n h e i r o r o t a r i a n o, empossado no dia 31 de janeiro de de seguros em Goiás. Joaquim adiantou que o SINCOR-GO empreendedor e que dedicou a vida 2014, sexta-feira, pelo presidente Mendanha destacou, ainda, o lançará, ainda em 2014, um prêmio a servir sua classe, Joaquim da Federação Nacional dos auxílio de Armando Vergílio às de jornalismo para incentivar e Mendanha ajudou a construir o Corretores de Seguros (Fenacor) e campanhas do SINCOR-GO e, r e c o n h e c e r a s m e l h o r e s Sincor/GO e transformá-lo em uma deputado federal por Goiás, propriamente, da categoria, a reportagens sobre o mercado de entidade muito representativa e Armando Vergílio. exemplo do projeto de alteração no seguros em Goiás e as tarefas respeitada pela sociedade. Esta é Corretor de seguros há quase 30 Estatuto da Micro e da Pequena desempenhadas pelos corretores de uma vitória não apenas do estado anos, o líder do SINCOR-GO Empresa, em curso no Congresso seguros. de Goiás, mas de todo o Brasil, lembrou durante a cerimônia do Nacional, em Brasília. O Na ocasião, Joaquim Mendanha afirmou calorosamente Manoel trabalho como representante Armando Vergílio é um corretor de afirmou ser um sonhador intenso, Nésio, Presidente do Sincor/CE. AÇÃO REGRESSIVA CONTRA AGENTES DE CARGAS A companhia de seguros ao indenizar como de extravios, perdas, faltas e comércio internacional e a alta carga cargas as quantias que lhe forem seu segurado por conta de um sinistro avarias às mercadorias, a seguradora de responsabilidade no exercício de impostas judicialmente em ações de transporte, sub-roga-se, nos limites indeniza seu cliente e posteriormente suas funções, requer cuidados com a indenizatórias, em especial ações do valor efetivamente desembolsado, busca o ressarcimento junto ao possibilidade de responder por erro, regressivas de ressarcimento das nos direitos e ações que competirem responsável pelos prejuízos pagos. omissão, negligência, imprudência, seguradoras. As seguradoras costumam acionar ao segurado contra o autor do dano ou atrasos, quebra de contrato e O seguro disponível para os agentes de responsáveis pelos prejuízos todos os responsáveis pelo transporte incidentes no transporte de cargas. cargas oferece as coberturas de ocorridos. A aplicabilidade da subsinistrado, mas o alvo principal nos Também estão sujeito a ações responsabilidades por: a) perdas e rogação de direitos no seguro tem processos de ressarcimento é o agente promovidas pelos seus próprios danos materiais às mercadorias fundamento no artigo 786 do Código de cargas, e nesse sentido, tem obtido clientes visando à reparação de decorrentes do transporte; b) perdas e Civil Brasileiro. êxito na maioria das ações regressivas. prejuízos financeiros ocorridos pelos danos materiais ao contêiner e A sub-rogação é um elemento A tese de que os agentes são meros serviços para o qual foi contratado, e equipamentos de transportes; c) importante para minimizar as agenciadores de cargas e que atuam p e l a s e m p r e s a s m a r í t i m a s, perdas ou danos por erro ou omissão despesas com sinistros, já que permite apenas como intermediários, e não companhias aéreas, transportadores, do agente de cargas; d) danos à seguradora a possibilidade de como transportador de fato, não é armazéns e terceiros de modo geral, e materiais e/ou corporais, a terceiros, recuperação dos valores pagos, o que aceita pelo Superior Tribunal de inclusive ser responsabilizados por devido ao transporte de mercadorias; também reflete positivamente nas Justiça (STJ), e quando as ações ocorrências de culpa atribuída pela e) perdas ou danos às mercadorias em condições do seguro ao segurado, chegam nessa instância, os agentes Receita Federal, Aduana e órgãos armazéns. quando se obtém uma sinistralidade normalmente são condenados ao governamentais. A contratação da apólice de seguro de equilibrada. pagamento dos prejuízos. No Diante dessa situação e exposição de Erros e Omissões e Responsabilidade Ao contratarem os serviços de um entendimento do STJ, o agente de riscos, para o agente de cargas se Civil pelo agente de cargas não se freight forwarder agente de cargas, cargas tem responsabilidade objetiva manter competitivo em um ambiente os importadores e exportadores limita apenas a sua proteção (independente de culpa) pela carga c o m f o r t e s t e n d ê n c i a s d e raramente sabem para qual empresa de que lhe foi confiada para transporte e é securitária, mas sobre os resultados e a responsabilização, é imprescindível a transporte suas cargas serão entregues. responsável civilmente por serviços imagem da empresa com a prevenção Havendo apólice de seguro de contratação do seguro de Erros e da mesma natureza do transportador. das operações de seus clientes. transporte internacional, e na hipótese Os agentes de cargas são empresas Omissões e Responsabilidade Civil. da ocorrência de sinistro coberto, com importante participação no Este seguro reembolsa o agente de Fonte: NetMarinha

4 4 Fevereiro 2014 Seguro de Auto pode ficar décadas na dianteira do mercado brasileiro Para o diretor estatuário da Porto Seguro, José Luiz Ferreira da Silva, o Seguro de Automóvel ainda permanecerá como ramo de destaque no mercado de seguros, tendo em vista aspectos culturais e poucas mudanças no cenário que envolve transportes públicos, mobilidade urbana e tecnologia automotiva. O executivo foi o convidado da jornalista Cris Pappi na estreia de um novo formato de evento: a Entrevista do Meio Dia, lançada ontem (19/02), pela Associação Paulista dos Técnicos de Seguro (APTS). O encontro aconteceu na sede da entidade, em São Paulo. Durante cerca de uma hora de entrevista, em modelo de talk show, José Luiz, que tem mais de 30 anos de carreira e 23 deles na Porto Seguro, abordou temas como desempenho da c o m p a n h i a n o a n o p a s s a d o, perspectivas da empresa para 2014 e vendas online de seguros. Ao contrário da Alemanha, por exemplo, no Brasil vemos o carro como patrimônio e não apenas como meio de locomoção. Aqui os automóveis são mais caros do que em q u a l q u e r o u t r o p a í s e o comportamento usual é vermos pessoas que querem reparos com peças originais, repudiando as usadas, analisa José Luiz. É assim que, como bem seminovo para eventual revenda, os carros no Brasil precisam manter o valor e, nesse contexto, o seguro é um dos instrumentos que servem para proteger o veículo no trânsito cada vez mais caótico e perigoso. Alem disso, ajudando a preservar a relevância do Seguro de Automóvel nas próximas décadas, as pessoas continuam sem confiança em melhorias no transporte público, cujo uso ainda é reprovado pela maioria por denotar falta de status social. É muito difícil que os ônibus e as bicicletas, apesar do crescente investimento em soluções para melhoria da mobilidade urbana, possam substituir os veículos, acrescenta José Luiz. E, para completar, mesmo diante do avanço da tecnologia, que promete carros mais seguros e conduzidos por computador, tais novidades não devem ser implementadas no varejo antes de 2030, de modo que o Seguro de Auto vai ficar muito tempo como ramo de grande importância no mercado de seguros brasileiro. Fonte: CQCS Pedro Duarte

5 Fevereiro 2014 MULHER AO VOLANTE, PRUDÊNCIA CONSTANTE O que, quando se pega uma faixa acima estresse no trabalho, jornada dupla e escola que muitas mães aproveitam sistema de trânsito, de 65 anos, o percentual dos homens ainda filhos, amigos e marido para para conhecer melhor seus filhos, o que em geral, pode fazer aumenta para 60%, enquanto o das cuidar, as mulheres fazem-se presentes mostra o bom uso do tempo no trânsito. crer que seja um ambiente tipicamente mulheres cai para 30%. cada vez mais as estradas e rodovias Outro exemplo é dado por famílias que, masculino, permeado por algumas Apesar de sugerir que as brasileiras. Em meio ao caos, o carro é apesar de cada integrante ter veículo mulheres. Parece consenso na mulheres são mais prudentes, a usado como sala de estar para resolver próprio, preferem sair todos no mesmo sociedade de que os homens dirigem pesquisa mostrou que os homens são dinâmicas familiares, acompanhar o automóvel para aumentar o tempo de melhor do que as mulheres. Há até um mais confiantes e acreditam que desenvolvimento das crianças na convivência e qualidade de relações. slogan para este fato: mulher ao dirigem melhor, apesar do que dizem as escola e entender o que pensam. Realmente, em um mundo com tempo volante, perigo constante. Mas será estatísticas. No Brasil, a psicóloga e De acordo com a pesquisa O tão escasso, todas as brechas devem ser que isso é uma realidade? analista de comportamento, Adriana Uso do Carro como Extensão da aproveitadas e o companheiro de Bem, segundo uma pesquisa Cruvinel, analisa a situação. Ela lembra Casa e os Conflitos no Trânsito, da quatro rodas tem colaborado, e muito, realizada pela britânica Carrentals, que que o homem tem o perfil mais psicóloga Neuza Corassa, 81,7% das para isso. trabalha com locação de veículos, as a g r e s s i v o q u e a m u l h e r, mulheres são melhores motoristas que comportamento que reflete, muitas mulheres e 75% dos homens usam o os homens. vezes, ao volante. Os homens têm um tempo atrás da direção para se A conclusão veio após o estudo perfil de direção mais agressiva e as socializarem. Tem gente que usa mal encomendado pela empresa entrevistar mulheres um perfil mais defensivo, esse tempo, com brigas e estresse, o que mais de 700 pessoas. O dado mais mais cuidadoso. Elas conseguem pode gerar acidentes e se tornar significativo é que 57% dos homens já prestar atenção em mais coisas ao perigoso. Mas há quem use para se envolveram em um ou mais mesmo tempo, enquanto os homens melhorar a qualidade das relações e acidentes, comparado a 44% das têm uma atenção mais concentrada, conversar com a família e amigos, mulheres. Outro dado interessante é disse. afirmou. Emerson Braga, Apesar da correria cotidiana, É no trajeto de casa para a Assessor de imprensa 5

6 6 Fevereiro 2014

7 Fevereiro Seja sócio do Sincor-Ceará O Sindicato dos Corretores de Seguros, Capitalização, Previdência Privada e de Empresas Corretoras de Seguros no Estado do Ceará SINCOR/CE é a entidade representativa da categoria no Estado do Ceará. A nossa entidade completará, no mês de maio de 2014, 25 anos de fundação. O Sincor/Ce faz parte, juntamente com os demais sindicatos de todo o Brasil, da Fenacor Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados, de Capitalização, de Previdência Privada e das Empresas Corretoras de Seguros. O Sincor/Ce é o representante oficial dos Corretores de Seguros e das Empresas Corretoras de Seguros do Ceará, e a nível estadual, tem um papel importante no mercado de seguros. A o s c o r r e t o r e s, e m p r e s a s c o r r e t o r a s, s e u s dependentes/funcionários, a nossa entidade oferece uma série de serviços e benefícios oriundos de convênios e acordos com entidades de classe e empresas seguradoras. Para usufruir desses benefícios, o corretor deve filiar-se ao Sincor/Ce. Para nós que fazemos a diretoria do Sincor-Ce é uma honra recebêlo como sócio do sindicato e assim podermos beneficiá-lo com toda a estrutura que a entidade dispõe e oferecer-lhe nosso esforço e solidariedade corporativista. Sendo sócio do Sindicato você estará fortalecendo a categoria e ajudando a diretoria a combater as irregularidades do mercado e a conquistar novos benefícios para a classe. Filiando-se ao sindicato, você ganha a legitimidade básica para pleitear, no futuro, funções executivas na sua diretoria, inclusive Presidente da entidade, no próximo pleito. Não perca tempo! Seja associado do Sindicato dos Corretores de Seguros, Capitalização, Previdência Privada e de Empresas Corretoras de Seguros do Estado do Ceará. Venha ao SINCOR/CE., solicitar sua Filiação Pessoa Física ou Jurídica. ASSESSOR DA PRESIDÊNCIA E DELEGADO DO SINDSEGNNE VISITAM A SEDE DO SINCOR/CE. Sindicato dos Corretores de Seguros, Capitalização, Previdência Privada e de Empresas Corretoras de OSeguros no Estado do Ceará - SINCOR/CE., recebeu hoje, dia 05 de fevereiro, a visita dos Srs. Raimundo Sitaro Assessor da Presidência do SINDSEGNNE e Raphael Cunha Delegado do SINDSEGNNE. Nésio Presidente do Sincor-CE e Silvia Helena Diretora Secretária, agradeceram a parceria entre SINCOR/CE e o SINDSEGNNE, destacando a integração e a troca de experiência que um encontro como esse proporciona. Nésio elogiou o trabalho que o SINDSEGNNE vem fazendo na região norte e nordeste, junto aos corretores de seguros, seguradores e o mercado em geral. Na oportunidade, Nésio, Silvia, Lísias - Diretor e toda Diretoria do Sincor- CE foram parabenizados pelo Sr. Raimundo Sitaro, pelo excelente trabalho que o SINCOR/CE., vem realizando nesses últimos anos junto ao mercado segurador e à sociedade. Maiores informações pelo número: (85) no horário de funcionamento 08:00h às 15:00h, ou pelo site Atenciosamente, Manoel Nésio Sousa Presidente do SINCOR/CE. Silvia Helena, Raimundo Sitaro, Manoel Nésio, Raphael Cunha e lísias Barbosa

8 8 Fevereiro 2014 Notícias do Mercado de Seguros Grávida que perdeu filho em acidente de trânsito tem direito a indenização A seguradora Líder dos Consórcios do houve apresentação de requerimento previsto para 28 de dezembro, oito dias Tribunal de Justiça (STJ) já decidiu Seguro DPVAT, de danos pessoais administrativo. após a data da tragédia. pela impossibilidade de tratamento causados por veículos automotores de A relatora, desembargadora Anildes desigual em comparação com outros DIREITOS - Se admitida a proteção à via terrestre, terá que pagar R$ Cruz, rejeitou a preliminar, por filhos já nascidos na ocasião do evento vida (personalidade), corroborada no ,00 aos pais de um nascituro considerar que a Corte maranhense já que causou a morte. Citou, ainda, (feto) que não resistiu a um acidente de resguardo do pleno desenvolvimento fixou entendimento de que o decisão semelhante da Corte superior. trânsito, em Imperatriz. A decisão foi intrauterino, por óbvio que o moderno procedimento administrativo é ordenamento jurídico pátrio não Os desembargadores Paulo Velten e da 4ª Câmara Cível do Tribunal de desnecessário, uma vez que não é admitiria a desconsideração do Ricardo Duailibe tiveram o mesmo Justiça do Maranhão (TJMA), que pressuposto para o ingresso de ação confirmou sentença de primeira nascituro como sujeito de direitos, na entendimento da relatora, tanto em judicial. instância. O acidente ocorreu no dia 20 mesma qualidade daqueles nascidos relação à preliminar levantada, quanto de dezembro de No mérito, Anildes Cruz não viu com vida, acaso lhe fosse ceifado, ao mérito, e negaram provimento à motivo para reformar a sentença de justamente, tal direito (à vida), através apelação cível ajuizada pela A empresa havia recorrido contra a primeira instância. Disse que, além de da perda causada por elemento externo Seguradora Líder. (Protocolo nº decisão da Justiça de 1º grau, alegando (acidente de trânsito), enfatizou não haver obrigação de pagamento a ter sofrido fratura de antebraço e bacia, /2013) a grávida perdeu o filho quando tinha Anildes Cruz. nascituro que não nasceu com vida. Clipping Fenacor Online Preliminarmente, levantou que não 38 semanas de gestação, com parto A relatora lembrou que o Superior Fonte: Jornal Pequeno Icatu Seguros lança novo produto de Vida em 2014 Com o objetivo de oferecer um produto Seguros. vendas. São 51 combinações de Acidente (IPA), Invalidez Funcional de vida personalizado, a Icatu Seguros Um exemplo: para uma mulher, agenciamento e corretagem para a Permanente Total por Doença, lança esse mês o Essencial Vida. Com dentista, de 30 anos, casada com 2 escolha da melhor opção. Diagnóstico Definitivo de Doenças ele, é possível combinar livremente até filhos o seguro pode combinar as Com a ferramenta de cotação Cote Graves, Diária por Incapacidade sete coberturas e capitais segurados coberturas: Indenização por Morte de Temporária (DIT), Serviço de A g o r a ( com valores entre R$ 10 mil e R$ 1 Assistência Funeral (SAF) R$ 500 mil, Diagnóstico definitivo de milhão. Também é possível escolher Doenças Graves de R$ 50 mil, Diária Opções de Benefícios/Assistências o corretor ganha agilidade para fechar mais três benefícios e/ou assistências por Incapacidade Temporária (DIT) de os negócios. Por meio dela, é possível Sorteio Mensal de R$100 mil. entre 12 disponíveis. R$ 8 mil por mês e Serviço de fazer diversas simulações e gerar todos Assistências: Domiciliar, Qualidade de O Essencial Vida permite ao corretor Assistência Funeral, mais as os documentos necessários para Vida, Mulher, Descarte Ecológico, prestar uma consultoria financeira com assistências: Domiciliar, Mulher e 2 concluir a venda em uma única visita. Cesta Natalidade, Help Line, Veiculo o cliente, combinado as necessidades Opinião Médica. Opções de Cobertura Indenização por de Passeio, 2ª Opinião Médica, Pet, de proteção com as assistências que melhor se encaixem no estilo de vida Além disso, o corretor tem a liberdade Morte, Indenização Especial de Morte Recolocação Profissional, Viagem dele afirma Bernardo Dieckmann, para definir a comissão mais adequada, por Acidente (IEA), Invalidez Familiar 24hrs. diretor de Produtos de Vida da Icatu com autonomia para fechar suas Permanente, Total ou Parcial, por Fonte: Revista Apólice Fenacor lança novo indicador de confiança do setor de seguros A FENACOR - Federação Nacional Fenacor espera contribuir, dessa reforçando com isso o seu grau de consultor. dos Corretores de Seguros lançará, em forma, para o desenvolvimento significância. "Os indicadores de Essa nova etapa inclui a criação do março, o Índice de Confiança do Setor institucional do setor de seguros e, em confiança são uma realidade em vários ICGC, com entrevistas mensais de de Seguros (ICSS). Esse indicador será especial, para as corretoras de mercados, no Brasil e no exterior. executivos de corretoras de seguros, obtido a partir dos cálculos dos três seguros", afirma o presidente da Nesse contexto, o ICES surgiu em para a avaliação do seu grau de outros índices: ICES - Índice de Federação, deputado Armando 2012 como o primeiro indicador de confiança e de suas expectativas. Confiança e Expectativas das Vergilio. confiança especificamente para o Seguradoras; ICER - Índice de Será criado também o ICER, que O consultor Francisco Galiza será o Confiança e Expectativas das mercado de seguros brasileiro. Agora, r e f l e t i r á a a v a l i a ç ã o d o s coordenador técnico do projeto. Resseguradoras; e ICGC - Índice de esse projeto muda de patamar, com a resseguradores. Segundo ele, serão ouvidos executivos Confiança das Grandes Corretoras. "A de mais de 100 companhias, ampliação de seus objetivos", frisa o Fonte: Fenacor Votação de parecer sobre normas para seguros privados é adiada para março Em reunião marcada para apresentação próprio relator, que propôs retirar o um novo substitutivo à proposta. Em uma lei moderna, voltada às reais do relatório do deputado Armando texto da pauta por dois encontros, com outubro do ano passado, ele havia necessidades do consumidor, em Vergílio (SDD-GO) à proposta de a condição de o colegiado marcar uma apresentado uma primeira versão, em complementação, inclusive, aos regulamentação do setor de seguros nova reunião apenas para depois do que acatava cerca de 70% das 126 dispositivos do Código Civil de 2002, privados (PL 3555/04), os deputados da Carnaval. emendas apresentadas ao projeto. No no que se refere ao contrato de seguro". comissão especial que analisa a matéria Com isso, a apresentação do parecer texto alterado agora, ele analisou outras O PL 3555/04 estabelece regras para decidiram, nesta quarta-feira (19), deve ocorrer no dia 11 de março. 73 emendas, e acolheu cerca de 40% no contratos de seguro privado e revoga retirar o projeto da pauta, por acordo. substitutivo. dispositivos do Código Civil (Lei O deputado Moreira Mendes (PSD- Alterações Segundo o relator, "a norma que se /02) e do Código Comercial Brasileiro (Lei 556/1850), entre outras RO) foi o autor do pedido de pretende aprovar tem o propósito de Vergílio divulgou na semana passada leis. adiamento, e o acordo foi sugerido pelo inserir no nosso ordenamento jurídico Fonte: Agência Câmara Pesquisa da Universidade de carro anualmente é de 18 para cada 100 taxas, estão as Ilhas Maldivas, com 2; o comparação do número de mortes Michigan apresenta panorama das mil habitantes, o que representa 2,1% Tadjiquistão e Malta, com 3 e Istael, as causadas por acidentes de carro em mortes no trânsito em 193 países de todos os tipos de morte. Ilhas Fiji e Ilha de Marchall, com 4. O relação às mortes causadas por De acordo com relatório divulgado Brasil aparece na 42ª posição, com 22 neoplasia maligna, isquemia cardíaca e Liderando as estatísticas entre os 193 recentemente pelo Transportation mortes por ano para cada 100 mil AVC. No Brasil, os automóveis são países pesquisados, está a Namíbia, Research Institute, da universidade com 45 mortes a cada 100 mil; seguida habitantes, número acima da média responsáveis por 3,5% das mortes americana de Michigan, a média da Tailândia, com 44 e do Irã, com 38. mundial. nessa proporção. mundial de mortes por acidente de Brasil é o 42º país em que o carro mais mata, proporcionalmente Já entre os países com as menores O estudo também apresenta uma Fonte: CNSeg

9 Fevereiro LEI DE DESMANCHE VAI BARATEAR O SEGURO DE CARRO Regras para desmonte de veículos vão possibilitar que seguradoras usem peças usadas em reparos, além de reduzir a incidência de roubo e furto de carros. O Estado de São Paulo deu o pontapé na regulamentação de desmanches de carro, que tem potencial para baratear o custo do seguro de automóveis por dois motivos: por diminuir a incidência de roubo e furto e por possibilitar o uso de peças usadas em reparos, dois dos principais componentes para a formação de preço do seguro. Atualmente, apenas 30% da frota de veículos no país tem seguro, percentual que está estagnado há pelo menos 20 anos. Com a possibilidade do uso de peças usadas em reparos de carros, porém, essa fatia pode subir para 50% nos próximos 10 anos por diminuir o custo da apólice, estima Luiz Pomarole, diretor geral de produtos da Porto Seguro, líder desse mercado. Os outros 70% da frota não fazem seguro por várias razões, entre elas o custo, mas também têm pessoas que não fazem por morarem em lugares em que o risco é baixo, que tem baixa incidência de roubo e colisão. Esse provavelmente vai continuar não fazendo seguro, diz Pomarole. A frota brasileira é composta por 81,6 milhões de veículos, sendo 55,9% de automóveis, 26,4% de motocicletas, 10,7% de utilitários e 3,8% de caminhões, segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) compilados pela Siscorp, empresa que reúne dados do mercado de seguros. No segundo dia do ano o governo de São Paulo sancionou a lei que regulamenta a atividade de desmonte e reciclagem de veículos no Estado. Os desmanches de carros deverão ser credenciados no Detran e na Secretaria da Fazenda para que possam revender peças ao consumidor. Para que todas as sejam ser rastreadas, elas terão que ser identificadas e ter notas fiscais eletrônicas. São Paulo responde por 42% do mercado de seguro de carros no país. Era justamente isso que o mercado de seguros precisava para tornar o uso de peças usadas possível. A Susep, órgão que regula e fiscaliza o setor, editou há alguns anos uma circular de seguro popular que tinha o objetivo de simplificar algumas regras e processos para baratear a apólice. Esse tipo de seguro, porém, não decolou no segmento de auto justamente porque não permitia o uso de peças usadas, uma vez que não existia lei que regulasse isso. O diretor da Porto Seguro lembra que peças de segurança usadas não poderão ser reutilizadas. A Susep, porém, só deve reeditar essa circular incluindo a possibilidade de uso de peças usadas quando a lei for federal, acredita Neival Freitas, diretor-executivo da FenSeg. Um projeto de lei federal semelhante à regulamentação aprovada em São Paulo já foi aprovado na Câmara dos Deputados e, agora, está em análise no Senado Federal. Procurada, a assessoria de imprensa da Susep não retornou aos pedidos de entrevista. A regulamentação de desmanches também vai baratear o seguro tradicional de veículos que usa apenas peças novas em reparos e vai continuar existindo junto com o seguro popular. Isso porque a lei vai combater os desmanches que trabalham com peças roubadas e, com isso, reduzir o roubo e furto de carros para esse fim. Freitas conta o exemplo da Argentina, onde o índice de roubo e furto de c a r r o s c a i u 5 0 % d e p o i s d a regulamentação da atividade de desmanches. Tem que se considerar que a Argentina é um país de dimensões bem menores que o Brasil, e por isso o controle dos desmanches é mais fácil e efetivo. Mas acredito que também vai haver uma grande redução de roubo e furto no Brasil. Considerando apenas a redução da criminalidade, o valor do seguro de carro tradicional pode cair até 10% com a menor incidência de roubo e furto, dependendo do modelo do carro e do CEP do dono, segundo Pomarole, da Porto Seguro. FONTE: Valor Econômico

10 10 Fevereiro 2014 SEGURADORAS SE DEBRUÇAM NO TEMA SUSTENTABILIDADE 2013 foi um ano importante para as para mitigação e adaptação a esses contexto? Central de Serviços e Proteção ao seguradoras no que diz respeito à eventos foram tratadas à exaustão por Além do intenso trabalho de Seguro (Ceser), da CNseg e em sustentabilidade, segundo Adriana disseminação da informação, a CNseg essas instituições e muitos relatórios parceria com o Centro Nacional de B o s c o v, s u p e r i n t e n d e n t e d e lançou um desafio ao mercado comprovaram os impactos em vidas Monitoramento e Alertas de Desastres Sustentabilidade Empresarial da segurador em outubro de 2013: atingir perdidas, desabrigados e perdas Naturais (CEMADEM) e o Instituto de SulAmérica, presidente da Comissão quatro metas relacionadas aos Astronomia, Geofísica e Ciências financeiras. Os custos recaem sobre de Sustentabilidade da CNseg e Princípios para Sustentabilidade em Atmosféricas da Universidade de São todos os setores (governo, empresas e conselheira da iniciativa Princípios Seguros (PSI) até Como membro Paulo (IAG/USP); para Sustentabilidade em Seguros sociedade civil) e têm sido cada vez apoiadora da PSI, a CNseg tem a - Lançamento de um curso de curta (PSI) da UNEP FI. Segundo ela, o que mais altos e frequentes. Regiões como missão de disseminar os princípios, duração (24 horas) com foco em se percebe é que muitas questões antes Ásia, Europa e América do Norte já além de trabalhar para fazer com que Sustentabilidade para o mercado vistas como responsabilidade do entendem a importância da prevenção e mais seguradoras e resseguradoras segurador, a ser realizado em parceira governo ou de outras entidades têm tornem-se signatárias. Em 2013, o sistemas de alerta para redução das com a Fundação Getulio Vargas e a sido analisadas por seguradoras. De esforço foi bem-sucedido, pois hoje o perdas. Na América Latina, ainda não Escola Nacional de Seguros; Brasil é o país com o maior número de - Pesquisa de Doutorado do Acadêmico maneira geral, a consciência das há essa cultura devido à menor signatários (8 BB Mapfre, Bradesco, Flávio Nogueira, da COPPE/UFRJ, a seguradoras sobre os impactos sociais, incidência dos eventos (com exceção Itaú, Mongeral Aegon, Porto Seguro, ser aplicado no mercado segurador com ambientais e de governança em suas carteiras tem aumentado, afirma. Veja de países como o Chile, que convive Seguradora Líder, SulAmérica e Terra apoio da CNseg para verificar como as com terremotos de grande magnitude Brasis). empresas tem tratado a questão de abaixo os principais trechos da Hoje, em que ponto o mercado há muitos anos e tem um sistema de Mudanças Climáticas em suas entrevista concedida ao portal da segurador brasileiro está? alerta e pós evento), mas com a entrada operações; CNseg. Entre as questões mais observadas - Definição dos temas materiais em Como avalia 2013 do ponto de vista de resseguradoras como a Swiss Re, estão os eventos climáticos, que afetam da sustentabilidade para a indústria sustentabilidade para a criação da que traz estudos dos impactos locais, diretamente os seguros agrícolas, de de seguros mundial? matriz de materialidade do mercado Foi um ano de muitas pesquisas, algumas seguradoras já começam a property e responsabilidade civil; o segurador e plano de engajamento dos principalmente em relação aos tratar da questão, bem como a própria aumento da violência e dos acidentes stakeholders estratégicos; impactos dos eventos climáticos CNseg no Brasil. - Contratação de uma consultoria de trânsito, que impactam os seguros E no Brasil, pode fazer uma extremos no mundo, além de estudos jurídica para elaboração de um estudo massificados e, em saúde, a questão da retrospectiva? sobre iniciativas que visam a mitigação analítico da Lei nº , de 2 de A disseminação das questões qualidade do atendimento ao cliente e e adaptação a esses eventos. Foi agosto de 2010, e o Decreto nº 7.404, de ambientais, sociais e de governança as pandemias. Ao acompanhar de perto também um ano em que mais (ASG) que impactam o mercado 23 de dezembro de 2010 (Política esses assuntos, as seguradoras podem seguradoras aderiram aos Princípios segurador ganhou força em A Nacional de Resíduos Sólidos), a fim para Sustentabilidade em Seguros desenvolver ações de educação no CNseg, com o apoio da Comissão de de identificar riscos e oportunidades (PSI, na sigla em inglês) da UNEP FI. trânsito, prevenção da dengue, melhora Sustentabilidade, organizou diversos potenciais para o mercado de seguros. Em junho de 2012 havia 27 da governança corporativa de empresas Qual a sua mensagem para as eventos ao longo do ano para discussão seguradoras signatárias e em novembro clientes e combate à corrupção, por empresas do setor contribuírem para desses temas e apresentação de casos de 2013 esse número subiu para 38. exemplo. Com essas ações, as tal objetivo? Foi um ano de muitos eventos práticos no setor segurador. Podemos seguradoras conseguem também também, não? citar os seguintes encontros: Impactos Primeiramente que aprofundem os Sim, de eventos relevantes realizados Jurídicos e Operacionais da Política redução de sinistralidade e melhor estudos sobre o tema, e principalmente, em diversos países. Conferências, Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) resultado, aumentando sua eficiência conheçam os princípios da PSI, pois fóruns e webinars trataram direta ou no mercador segurador; Seminário operacional e contribuindo para uma eles trazem exemplos práticos de como indiretamente do tema gestão de riscos Riscos de Inundação no Brasil: sociedade melhor. inserir questões ambientais, sociais e de e sustentabilidade voltados para o setor impactos no mercado segurador, Quais as metas para 2014? governança na estratégia e operações de seguros. Entendo que o mercado será guiado por governo e sociedade, realizado em das seguradoras, bem como em suas O que considerou mais importante projetos selecionados pela Comissão parceria com a Swiss Re; Seminário de relações com a cadeia de valor no ponto de vista de discussões desses de Sustentabilidade da CNSeg. A (corretores, prestadores, órgãos Mudanças Climáticas e Desastres eventos? Comissão definiu que trabalhará com reguladores, clientes e a sociedade em De modo geral, vale ressaltar que as Naturais no Brasil: desafios e poucos projetos, mas que possam geral). Com mais conhecimento, as r e s s e g u r a d o r a s, i n s t i t u i ç õ e s oportunidades para o setor de seguros, apresentar resultados concretos em seguradoras podem começar a acadêmicas e de pesquisa, como a realizado em parceria com a Academia Alguns deles foram iniciados em implementar pequenas ações, com foco Brasileira de Ciências e a Associação Geneva Association e a Universidade 2013 e serão implantados até o fim de na mudança de cultura de toda empresa, de Genebra; Seminário Executivo de de Cambridge por meio da iniciativa São eles: para que essas ações passem a ser rotina Liderança em Sustentabilidade no Climate Wise -, vêm protagonizando e não mais a exceção ou uma atitude - Desenvolvimento de ferramentas de Setor de Seguros Brasileiro, em discussões sobre o papel da gestão de desacoplada do negócio e do dia a dia parceria com a Universidade de geo-referenciamento que mapeiem a da empresa e das vidas das pessoas. riscos de eventos climáticos extremos Cambridge. ocorrência de desastres naturais no para o setor de seguros. Alternativas Qual o papel da CNseg neste território brasileiro, com o apoio da Fonte: Sonho Seguro

11 Fevereiro SEGURO POPULAR DE VEÍCULO REDUZ PROTEÇÃO PARA ATRAIR CLIENTE DE BAIXA RENDA Seguro barato, proteção menor. Essa é APENAS FURTO E ROUBO DE OLHO NA NOVA CLASSE apenas um seguro barateado por a mais nova proposta das seguradoras A BNP Paribas Cardif do Brasil foi uma MÉDIA oferecer menos coberturas. O para atrair proprietários da frota de das primeiras a lançar um seguro com A Caixa Seguros também lançou, em consumidor que adquirir o produto 72% de veículos ainda não segurados proteção simplificada para veículos no novembro, o seu seguro simplificado precisa saber que correrá mais riscos no Brasil. Com um custo até seis vezes Brasil, o Autofácil, em A partir de de veículos a R$ 220 por ano, com com essa proteção reduzida, alerta. menor e uma cobertura compacta, o R$ 79,90 por mês o valor pode opção de parcelar em até dez vezes. O aumentar conforme o perfil do carro e produto inclui assistência 24 horas, S E G U R O P O P U L A R X produto batizado de "seguro popular" do segurado, é possível contratar uma d a n o s c o r p o r a i s a t e r c e i r o s COBERTURA REDUZIDA mira consumidores dispostos a correr O projeto de se criar um seguro mais riscos e pagar menos pela apólice. apólice que cubra apenas roubo e furto (responsabilidade civil) e acidentes popular, segundo Mendonça, permitirá É o caso do engenheiro paulistano e por mais R$ 10 mensais, assistência pessoais para os ocupantes do veículo. a substituição de peças pelas usadas, o Vagner Vasconcelos, de 41 anos, que 24 horas. Em contrapartida, não cobre danos ao Restringimos algumas coberturas que deve baratear o produto. Enquanto aceita desembolsar em torno de R$ 50 veículo, como colisão ou incêndio, para criar um produto entre 30% e 50% um paralama e capô novos de um por mês (ou R$ 600 por ano) por um nem furto e roubo. mais barato que os seguros Segundo o diretor de riscos diversos da automóvel popular chegam a custar R$ seguro que cubra apenas furto e roubo tradicionais, explica Adriano Caixa Seguros, Luis Alberto Charry, o 900, essas peças recicladas custariam de seu automóvel, dispensando outras Comparoni, diretor comercial de objetivo é alcançar proprietários de R$ 350, de acordo com a Fenseg. coberturas. Em 15 anos como A reposição de peças usadas será segurado, nunca sofri uma batida e só automóveis da seguradora. veículos que contratam seu primeiro O público-alvo deste tipo de seguro são destinada a carros com mais de cinco tive duas solicitações de socorro. Uma seguro. Pretendemos atingir o clientes de baixa renda, sem recursos anos de uso, reduzindo o valor da delas foi na porta de casa e outra dava mercado que a nova classe média vem para arcar com uma proteção mais apólice em até 30%. Por enquanto, para me virar sozinho, conta ele. ocupando nos últimos anos. abrangente. A maior parte é de O Brasil tem hoje 15 milhões de contudo, este tipo de seguro ainda Um seguro com as coberturas proprietários do primeiro veículo, veículos segurados, o equivalente a carece de regulamentação ou de uma tradicionais (colisão, incêndio, dano a quase sempre financiado, e jovens que 28% da frota em circulação. Com a lei que permita a reutilização das peças, terceiros, roubo e furto) pode variar acabaram de tirar carteira de atual incidência de roubos de hoje proibida. entre R$ 1 mil e R$ 10 mil por ano, a Tramitam no Congresso Nacional dois depender de perfil do segurado (idade, habilitação, classificados com de perfil automóveis e motocicletas no País projetos de lei (PL 617/2011 e PL sexo), localização do veículo e tipo de de alto risco pelas seguradoras o que em torno de 450 mil unidades todos os 23/2011) que podem permitir a carro (como marca e ano). Mas o preço encarece demais o produto. anos, segundo a Fenseg (Federação Em 2013, a Cardif do Brasil introdução do seguro popular no pode não ser apenas uma questão de Nacional de Seguros Gerais) é alto o comercializou em torno de 3,5 mil mercado brasileiro ainda em 2014, perfil. potencial para reduzir a frote apólices deste tipo de seguro por mês, acredita o advogado Penteado Uma simulação da corretora online de desprotegida. segundo Camparoni, para quem o Mas de acordo com o advogado e Mendonça. seguros minutoseguros.com.br, feita O seguro entendido como popular este mês, mostrou que um seguro para Brasil ainda engatinha neste conceito especialista em mercado segurador, deve ter quase as mesmas coberturas uma mulher que mora em Salvador, de cobertura para veículos. Antonio Penteado Mendonça, o Os seguros massificados representam que o tradicional, e ficará mais barato proprietária de um Fiat Strada 1.4 (ano verdadeiro seguro popular de veículos não em função de coberturas menores, hoje 11% do total do mercado 2013), pode ter uma diferença de preço ainda não está no mercado por falta de mas do custo reduzido das peças de segurador no Brasil. Ainda há muito de até 73% entre as seguradoras, com o regulamentação ou de uma lei. O que se oferece hoje pelas reposição, explica. espaço para crescer, acredita o mais barato a R$ 2.514,26 e o mais caro executivo. seguradoras, afirma Mendonça, é Fonte: IG R$ 9.499,23. Mulheres são maioria no mercado, mas continuam ganhando menos em relação aos homens A apresentação da pesquisa aconteceu encontrar mulheres como diretoras. no dia 26 de novembro e revelou que as Nos cinco maiores níveis hierárquicos mulheres passaram a representar 57% das companhias, os homens ainda de todo o setor. O estudo abordou 76 ocupam 69% dos cargos. Isso mostra entrevistadas que atuam no mercado, que o mercado tem muito a fazer para sendo 9% corretoras de seguros, 14% garantir igualdade de oportunidades e representantes dos órgãos de classe, a c e s s o a o e m p r e g o e d e 22% prestadoras de serviços e 55% desenvolvimento de carreira, ressalta. pertencentes a empresas do segmento. Os pontos forte da mulher dentro do As oportunidades em cargos de mercado de seguros também foram liderança para mulheres foi um dos citados pelas entrevistadas, que questionamentos feitos no estudo, r e s s a l t a r a m a p e r s p i c á c i a, mostrando que boa parte acredita que o sensibilidade e a visão humanista como cenário já mudou bastante mas, ainda as caracteríticas mais positivas do sexo assim, existem poucas executivas em feminino. A intuição, a capacidade de cargos mais altos. Contudo, a conciliar múltiplas atividades tarefas e remuneração das mulheres continua o dinamismo foram outros aspectos sendo menor que a dos homens, mesmo apontados pelas entrevistadas. Os ocupando cargos iguais, chegando a ramos de Previdência e Vida foram batalhando e conquistando seu espaço mercado e, principalmente, no de 60% de diferença no mercado de mencionados como os segmentos onde dentro do mercado. Precisamos seguros, completa. seguros. as mulheres têm mais chances de incentivar a realização de estudos como Para Maria Helena, em áreas como crescer. esse, que valorizem e que retratem a Fonte: JCS - Jornal dos Corretores de recursos humanos, marketing e alguns De acordo com Galiza, pesquisas como força da mulher dentro de qualquer Seguros segmentos de negócios, é mais fácil esta mostraram que a mulher está

12 12 Fevereiro 2014 SINCOR-CE REALIZA BLITZ DE DIVULGAÇÃO DO SEGURO DPVAT junto à Polícia Rodoviária Estadual e Agentes do DETRAN-CE no posto policial do distrito de Aquiraz/CE, EM TERMINAIS DE INTEGRAÇÃO EM PARCERIA COM A ETUFOR e NAS CIDADES E PRAIAS DO LITORAL LESTE DO CEARÁ ANTES DO INÍCIO DO CARNAVAL Seguro de Danos Pessoais questão. SINCOR/CE ainda se empenhou em essencial porque muitas vítimas e Causados por Veículos A fim de disseminar a cultura do despertar nas pessoas a consciência do beneficiários desconhecem os seus OA u t o m o t o r e s d e Vi a Seguro DPVAT, o SINCOR/CE que realmente seja o Seguro DPVAT e direitos. Pessoas humildes e carentes Terrestre (DPVAT) foi criado para desenvolveu no mês de fevereiro, porque seu pagamento é indispensável. ficam surpresas ao saber que não indenizar vítimas de acidentes operações de divulgação do seguro Ao contrário do que a maior parte dos precisam pagar nada para receber a causados por veículos automotores. O DPVAT: junto à Polícia Rodoviária motoristas pensa, o seguro obrigatório indenização do DPVAT, por isso, é seguro veio como resposta às Estadual e agentes do DETRAN-CE no é mais do que apenas uma taxa a ser importante frisar que a solicitação do condições de insegurança que envolve posto policial do distrito de paga para poder licenciar o veículo. benefício pode ser feita gratuitamente. a sociedade e o ser humano nas mais Aquiraz/CE, em parceria com a Como o próprio nome diz, trata-se de A campanha de conscientização foi variadas situações, diante dos ETUFOR nos terminais de integração um seguro, criado em 1974, para muito produtiva. Os agentes do interesses da vida e do patrimônio. do transporte público de Fortaleza/CE amparar as vítimas de acidentes SINCOR/CE tiveram um contato Diante de tantos tipos de seguro temos e nas cidades e praias do litoral leste do envolvendo veículos em todo território direto com o povo. Além de esclarecer a o DPVAT, cuja divulgação de sua Ceará, que teve como intuito não só nacional. E grande parte das pessoas população, tomaram conhecimento das existência e quanto à simplicidade da conscientizar a população de como simplesmente desconhece esse direito. maiores dúvidas e deficiências do obtenção do direito por parte do requerer o benefício, mas também a E, devido à proximidade do Carnaval, serviço, o que possibilitará ao sindicato beneficiário é de suma importância prevenção de acidentes. O objetivo nossos colaboradores também se u m a s e n s í v e l m e l h o r a n o para nossa sociedade. original da campanha era o de orientar adiantaram em orientar os motoristas a funcionamento de seu setor voltado O D P VAT é u m s e g u r o d e o cidadão sobre como fazer o adotarem uma atitude defensiva e para o DPVAT. Ações em conjunto com responsabilidade civil, com cunho requerimento do DPVAT. Mas, durante prudente nas estradas, como também vários setores da sociedade são vitais social e propósito de reparar danos e sua execução, foi percebido que listaram aos condutores de veículos para que as pessoas criem consciência transferir para o segurador os efeitos motoristas, seus familiares e pedestres alguns cuidados que devem ser de seus deveres no trânsito e de seus e c o n ô m i c o s d o r i s c o d a também precisavam ser alertados tomados, não somente com o direitos, caso venham a sofrer um responsabilidade civil do proprietário, quanto à prática de pequenas ações que automóvel, como também com as acidente. independente de culpa, a vítimas de são capazes de salvar vidas, como o uso pessoas conduzidas, outros veículos na O SINCOR/CE está empenhado em trânsito. A falta de informação acerca de capacete e cinto de segurança. e s t r a d a e p e d e s t r e s. N o v a s mudar os números do Ceará no que toca do DPVAT é o fator principal para que A divulgação foi realizada por meio de i n t e r v e n ç õ e s a i n d a s e r ã o a questão de acidentes causados por as pessoas menos favorecidas e panfletos e também através do diálogo desenvolvidas nas praias do litoral veículos automotores. Trata-se de uma culturalmente carentes se tornem de nossos colaboradores com a cearense antes do início das meta que o sindicato e seus parceiros vítimas de fraudes. Por isto, torna-se população, que foi bastante receptiva e festividades carnavalescas. desejam atingir o quanto antes, através indispensável o implemento de ações não perdeu tempo em tirar suas O trabalho de divulgação do DPVAT de muito trabalho e dedicação ao povo que visem divulgação do direito em dúvidas. O serviço desenvolvido pelo feito pelo SINCOR/CE se torna cearense. JORNAL DO SINCORCE Brasil! Queremos educação, saúde, transporte, segurança e infraestrutura. Nós fazemos o Congresso Nacional! FEDERAÇÃO NACIONAL DOS CORRETORES DE SEGUROS PRIVADOS, DE CAPITALIZAÇÃO, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA E DAS EMPRESAS CORRETORAS DE SEGUROS SINCOR - CE

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a Entre nós www.marinhodespachantes.com Novas oportunidades! de todos nossos clientes, parceiros, amigos e colaboradores em 2012 e renovar nosso contrato de amizade para 2013 Elza Aguiar Presidente Todo

Leia mais

A representação institucional do mercado segurador

A representação institucional do mercado segurador A representação institucional do mercado segurador A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização CNseg é a entidade de representação

Leia mais

WEBINAR SEGURO DPVAT O SEGURO DO TRÂNSITO. Palestrante Vera Cataldo

WEBINAR SEGURO DPVAT O SEGURO DO TRÂNSITO. Palestrante Vera Cataldo 1 WEBINAR SEGURO DPVAT O SEGURO DO TRÂNSITO Palestrante Vera Cataldo Seguro DPVAT Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre ou por sua carga, a pessoas transportadas

Leia mais

Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania

Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania PROJETO DE LEI N o 6.332, DE 2005 Dá nova redação aos arts. 20 e 123 do Decreto-Lei nº 73, de 21 de novembro de 1966, que dispõe sobre o Sistema Nacional

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

DÚVIDAS FREQUENTES SEGURO AUTOMOTIVO

DÚVIDAS FREQUENTES SEGURO AUTOMOTIVO DÚVIDAS FREQUENTES SEGURO AUTOMOTIVO 1. DEVO FAZER O BOLETIM DE ACIDENTES DE TRÂNSITO (BAT)? Sim, principalmente se houver terceiros envolvidos e se você for o culpado pelo acidente. 2. QUER DIZER QUE

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISIONAL. TECNOLOGIA EM SEGUROS

A IMPORTÂNCIA DO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISIONAL. TECNOLOGIA EM SEGUROS A IMPORTÂNCIA DO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISIONAL. A RESPONSABILIDADE CIVIL A responsabilidade civil é caracterizada pela falta de intenção de prejudicar o outro. Ou seja, possibilidade existente

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO 2014 GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE O modelo de Gestão da Sustentabilidade do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE é focado no desenvolvimento de

Leia mais

Relato de Casos: Comissão Técnica Riscos Pessoais

Relato de Casos: Comissão Técnica Riscos Pessoais Relato de Casos: Comissão Técnica Riscos Pessoais Convidado para Diretor Sem Fronteiras Dr. Lodi Maurino Sodré Comissão indicou para os Grupos de Trabalhos e demais Comissões. A questão está na aplicação

Leia mais

12 dicas para baixar o preço do seguro do carro

12 dicas para baixar o preço do seguro do carro 12 dicas para baixar o preço do seguro do carro Especialistas ensinam a pagar mais barato sem assumir riscos demais cortando coberturas necessárias Carros antigos: seguros mais caros devido aos custos

Leia mais

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A SEGUROS Manual de Seguros Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A 2013 SUMÁRIO 1. CONCEITOS... 3 1.1. Objeto do Seguro... 3 1.2. Tipos de Seguro... 3 1.3. Vigência... 3 2. COBERTURAS ADICIONAIS... 4 2.1. Responsabilidade

Leia mais

PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS!

PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS! PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS! sdfgdfhfdgfsgfdgfsdg sdfgsdgsfdgfd PRODUTOS PARA VOCÊ PRODUTOS PARA VOCÊ Simples e econômico: com apenas uma apólice, toda sua frota fica segurada.

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO JURISPRUDÊNCIA CIVIL. Ação Regressiva-Jurisprudência do STJ-Especial

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO JURISPRUDÊNCIA CIVIL. Ação Regressiva-Jurisprudência do STJ-Especial VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO JURISPRUDÊNCIA CIVIL Ação Regressiva-Jurisprudência do STJ-Especial Orientador Empresarial A JURISPRUDÊNCIA DO STJ SOBRE AÇÃO REGRESSIVA

Leia mais

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 1 Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 2013 Índice 2 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O MERCADO DE PLANO DE SAÚDE PERFIL

Leia mais

GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS

GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS 2015 E m um período de profundas mudanças socioambientais, torna-se ainda mais estratégico incluir a sustentabilidade

Leia mais

Projeto Seguro DPVAT

Projeto Seguro DPVAT SEGURO DPVAT Projeto Seguro DPVAT Contribuindo com a Responsabilidade Social, o Sincor-Go através das Unidades de Atendimento oferece a população goiana atendimento gratuito no processo do DPVAT, serviço

Leia mais

Pauta: Seguro de auto e auto popular

Pauta: Seguro de auto e auto popular Pauta: Seguro de auto e auto popular 1- Experiência Argentina na reciclagem automotiva 2- Cenário reciclagem no Brasil 3- Leis e principais projetos de lei em andamento 4- Projeto Renova Ecopeças 5- Benefícios

Leia mais

CAPA SEGUROS DE AUTOMÓVEIS. Comparamos várias apólices e mostramos a você quais são as melhores para o seu bolso e para as suas necessidades.

CAPA SEGUROS DE AUTOMÓVEIS. Comparamos várias apólices e mostramos a você quais são as melhores para o seu bolso e para as suas necessidades. 10 Dinheiro&Direitos 58 outubro-novembro 2015 SEGUROS DE AUTOMÓVEIS Comparamos várias apólices e mostramos a você quais são as melhores para o seu bolso e para as suas necessidades. Não precisa pa Sabemos

Leia mais

Portfólio SulAmérica Auto

Portfólio SulAmérica Auto Portfólio SulAmérica Auto Auto Tradicional Produto Tradicional de prateleira, voltado para a maioria dos perfis de clientes. Auto Mulher Produto para mulheres, com garantias, serviços e benefícios exclusivos.

Leia mais

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537.

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537. Assist24h_AutoPasseio_jul 6/13/07 4:32 PM Page 1 CARO SEGURADO Para você que adquiriu o Real Automóvel e contratou os serviços de Assistência 24 horas, este é o seu guia de serviços da Real Assistência.

Leia mais

Presidente da Terra Brasis faz críticas às mudanças na regulamentação do resseguro

Presidente da Terra Brasis faz críticas às mudanças na regulamentação do resseguro Presidente da Terra Brasis faz críticas às mudanças na regulamentação do resseguro Por Paulo Botti, presidente da Terra Brasis, resseguradora local Nascido em 2008 após árduo trabalho e amplo diálogo entre

Leia mais

ESECS-PJ. Estudo Socioeconômico das

ESECS-PJ. Estudo Socioeconômico das ESECS-PJ Estudo Socioeconômico das Empresas Corretoras de Seguros A G O S T O / 2 0 1 3 O Estudo Socioeconômico das Empresas Corretoras de Seguros Pessoa Jurídica (ESECS-PJ) é fruto de um trabalho de

Leia mais

Trabalhador por conta própria ganha força, mas informalidade aumenta

Trabalhador por conta própria ganha força, mas informalidade aumenta Boletim 869/2015 Ano VII 09/11/2015 Trabalhador por conta própria ganha força, mas informalidade aumenta Mais de 22 milhões de brasileiros têm empreendimentos sem empregados remunerados. Quase um milhão

Leia mais

Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA

Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA Vamos agora iniciar a sessão de perguntas e repostas. Nossa primeira pergunta vem do Senhor do Bradesco. Por favor, você pode ir em frente.,

Leia mais

Seguro Automóvel. Erramos todos. Fábio Carbonari

Seguro Automóvel. Erramos todos. Fábio Carbonari 1 Seguro Automóvel Erramos todos. Seguradores Corretores Vistoriadores - Segurados Fábio Carbonari 2 Seguro Automóvel Erramos todos. Seguradores Corretores Vistoriadores - Segurados Os Seguradores Precificação.

Leia mais

REGULAMENTOS DAS COBERTURAS OPCIONAIS PREVCAR AUTO

REGULAMENTOS DAS COBERTURAS OPCIONAIS PREVCAR AUTO REGULAMENTOS DAS COBERTURAS OPCIONAIS PREVCAR AUTO RESPONSABILIDADE CIVIL FACULTATIVA ESTA COBERTURA NÃO PODERÁ SER CONTRATADA ISOLADAMENTE FICANDO CONDICIONADA À COBERTURA DO EQUIPAMENTO ATIVO CADASTRADO

Leia mais

Seguro ACE PME: Plano de Seguro diferenciado com ampla cobertura para pequenas e médias empresas.

Seguro ACE PME: Plano de Seguro diferenciado com ampla cobertura para pequenas e médias empresas. INSURING PROGRESS Seguro ACE PME: Plano de Seguro diferenciado com ampla cobertura para pequenas e médias empresas. 2 Veja por que a parceria com a área de PME da ACE é fácil e lucrativa A ACE Seguradora

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR Seja bem-vindo à Blue Service Assistance, a opção mais vantajosa em assistência e clube de vantagens. É uma enorme satisfação ter você como nosso associado. A Blue Service Assistance está cada vez mais

Leia mais

PRÊMIO DE INOVAÇÃO ANTONIO CARLOS DE ALMEIDA BRAGA

PRÊMIO DE INOVAÇÃO ANTONIO CARLOS DE ALMEIDA BRAGA 2012 PRÊMIO DE INOVAÇÃO ANTONIO CARLOS DE ALMEIDA BRAGA CASE: Projeto Campanha de Combate à Dengue CATEGORIA: Comunicação FUNCIONÁRIO: Adriana Boscov e Aline Gislene de Oliveira Sumário INTRODUÇÃO... 3

Leia mais

SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL DO TRANSPORTADOR RODOVIÁRIO EM VIAGENS INTERNACIONAIS DANOS A PESSOAS RCTR-VI DANOS A PESSOAS VERSÃO 1.

SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL DO TRANSPORTADOR RODOVIÁRIO EM VIAGENS INTERNACIONAIS DANOS A PESSOAS RCTR-VI DANOS A PESSOAS VERSÃO 1. SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL DO TRANSPORTADOR RODOVIÁRIO EM VIAGENS INTERNACIONAIS DANOS A PESSOAS RCTR-VI DANOS A PESSOAS VERSÃO 1.0 Condições Gerais CNPJ 61.074.175/0001-38 Processo SUSEP nº 15414.003955/2007-17

Leia mais

14. Comportamento no trânsito

14. Comportamento no trânsito 14. Comportamento no trânsito Aula Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental Os usuários não devem somente observar as regras do Código de Trânsito, mas devem também ser solidários.

Leia mais

Gestão de Benefícios

Gestão de Benefícios Gestão de Benefícios 2EASY GESTÃO DE BENEFÍCIOS A 2Easy Benefícios é uma unidade de negócios da 2Easy Solutions, reconhecida pelo seu know how em Soluções para Gestão de Pessoas. A 2Easy Benefícios nasceu

Leia mais

ASSISTÊNCIA 24 HORAS - VEÍCULOS DE PASSEIO E HR

ASSISTÊNCIA 24 HORAS - VEÍCULOS DE PASSEIO E HR ASSISTÊNCIA 24 HORAS - VEÍCULOS DE PASSEIO E HR DEFINIÇÕES Beneficiário Entende-se por Beneficiário, todo o condutor de veículo Assistido, devidamente habilitado e autorizado, assim como, toda pessoa transportadora

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Sócio Administrador (Pessoa Física) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros indenizados durante a vigência

Leia mais

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 31, DE 2004. RELATÓRIO PRÉVIO (reformulado)

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 31, DE 2004. RELATÓRIO PRÉVIO (reformulado) PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 31, DE 2004. RELATÓRIO PRÉVIO (reformulado) Propõe que a Comissão de Finanças e Tributação realize ato de fiscalização e controle, por meio de órgão competente, acerca

Leia mais

Mercado Segurador em 2015 - Uma Visão Executiva

Mercado Segurador em 2015 - Uma Visão Executiva Mercado Segurador em 2015 - Uma Visão Executiva Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Maio/2009 Sumário 1) Situação Atual 2) Mercado Segurador em 2015?? (1ª Pesquisa Dezembro/2008) 3) Mercado Segurador

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O CLUBE CORREIO DO POVO DE VANTAGENS SEGURO DE VIDA

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O CLUBE CORREIO DO POVO DE VANTAGENS SEGURO DE VIDA FAQ Atualizado em 16/10/2014-1 PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O CLUBE CORREIO DO POVO DE VANTAGENS O que é o Clube Correio do Povo de Vantagens? O Correio do Povo volta a proporcionar aos seus assinantes,

Leia mais

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da - 1 - Prêmio CNSeg 2012 Empresa: Grupo Segurador BBMAPFRE Case: Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE Introdução A Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE foi concebida em 2009 para disseminar o conceito

Leia mais

DA RELAÇÃO SEGURO/ROUBO DE CARGA NO TRANSPORTE RODOVIÁRIO

DA RELAÇÃO SEGURO/ROUBO DE CARGA NO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DA RELAÇÃO SEGURO/ROUBO DE CARGA NO TRANSPORTE RODOVIÁRIO 1. Até a década de 70 não eram reconhecidos os crimes contra o patrimônio como risco a ser efetivamente protegido no transporte rodoviário de cargas,

Leia mais

O QUE É DPVAT? VALORES DE INDENIZAÇÃO

O QUE É DPVAT? VALORES DE INDENIZAÇÃO DPVAT O QUE É DPVAT? Toda a facilidade para vítimas, beneficiários, corretores de seguro e hospitais no atendimento aos processos de indenização do Seguro Obrigatório. O Seguro DPVAT foi criado com o objetivo

Leia mais

GLORIA FARIA Superintendente Jurídica da CNseg. www.cnseg.org.br juridico@cnseg.org.br

GLORIA FARIA Superintendente Jurídica da CNseg. www.cnseg.org.br juridico@cnseg.org.br GLORIA FARIA Superintendente Jurídica da CNseg www.cnseg.org.br juridico@cnseg.org.br GESTÃO DE RESÍDUOS DE SALVADOS (VEÍCULOS) COMO PRÁTICA DE SUSTENTABILIDADE Obrigatoriedade de Gestão de Resíduos para

Leia mais

Mongeral Aegon. Princípio para Sustentabilidade em Seguros. Relatório 2013 2014

Mongeral Aegon. Princípio para Sustentabilidade em Seguros. Relatório 2013 2014 Mongeral Aegon Princípio para Sustentabilidade em Seguros Relatório 2013 2014 Durante os anos de 2013 e 2014, a Mongeral Aegon realizou uma significativa reestruturação, com impacto em toda sua estrutura

Leia mais

O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros. Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org.

O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros. Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org. O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org.br Seguros Gerais Segmento de Danos (SUSEP) Automóvel 8 ramos Patrimonial

Leia mais

Horário Atividades Descrição Informações Importantes Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG

Horário Atividades Descrição Informações Importantes Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG C o n g r e s s o d e S e g u r o s Horário Atividades Descrição Informações Importantes 13h às 22h Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG Ônibus sairá

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 2.3.3- Seguros

Conhecimentos Bancários. Item 2.3.3- Seguros Conhecimentos Bancários Item 2.3.3- Seguros Conhecimentos Bancários Item 2.3.3- Seguros Insegurança nas atividades cotidianas SEGURO Necessidade de controlar o RISCO! Conhecimentos Bancários Item 2.3.3-

Leia mais

Apresentação. Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome.

Apresentação. Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome. Apresentação Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome. História A empresa foi fundada no ano de 1995 na cidade paulista de São José do Rio Preto e

Leia mais

WORKSHOP SEGURO DE VIDA O caminho do Sucesso!

WORKSHOP SEGURO DE VIDA O caminho do Sucesso! WORKSHOP SEGURO DE VIDA O caminho do Sucesso! Rogério Araújo Abril - 2013 VOCÊ CONHECE SEU CLIENTE? Nascimento Faculdade Efetivação Casamento 0 4 18 20 22 24 28 30 Estudos Estágio Carro + Seguro Promoção

Leia mais

Tudo que você precisa saber no dia a dia com seu carro

Tudo que você precisa saber no dia a dia com seu carro Tudo que você precisa saber no dia a dia com seu carro FINANÇAS / ECONOMIA 01 - Como financiar um carro usado? 02 - Saiba tudo sobre IPVA, DPVAT e Licenciamento. 03 - Veja as melhores opções para financiamento

Leia mais

CARTILHA DPVAT. Todo proprietário de veículo é obrigado a pagar anualmente o seguro obrigatório, sob pena de não licenciar o veículo junto ao DETRAN.

CARTILHA DPVAT. Todo proprietário de veículo é obrigado a pagar anualmente o seguro obrigatório, sob pena de não licenciar o veículo junto ao DETRAN. CARTILHA DPVAT - Apresentação Esta cartilha nasceu da constatação dos Promotores de Justiça, que atuam nas Varas de Delitos de Trânsito e nos Juizados Especiais Criminais, de que grande parte das vítimas

Leia mais

Uma fonte inédita de informação

Uma fonte inédita de informação Mensagem do Presidente Uma fonte inédita de informação Este trabalho, patrocinado pelo Sincor-SP, corresponde a uma expectativa do setor quanto aos dados relativos às corretoras de seguros, em um momento

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL Instituto Português de Corporate Governance Auditório Victoria 27 de novembro 2013 Ana de Sá Leal economista Abordagem 1. Responsabilidade Social 2. Dimensão 3. Criar Valor 4. Outro

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS 18/03/2014 Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas 1. Introdução A estabilização da economia nacional,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 37/2008

RESOLUÇÃO Nº 37/2008 RESOLUÇÃO Nº 37/2008 DISPÕE SOBRE O SETOR DE TRANSPORTES, O SISTEMA DE CONTROLE DE FROTA DOS VEÍCULOS AUTOMOTORES DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE ALAGOAS, O SISTEMA DE COTAS MENSAIS DE COMBUSTÍVEIS E

Leia mais

MANUAL DE SINISTROS PARA SEGURADOS RSA SEGUROS AUTO FROTAS

MANUAL DE SINISTROS PARA SEGURADOS RSA SEGUROS AUTO FROTAS MANUAL DE SINISTROS PARA SEGURADOS RSA SEGUROS AUTO FROTAS 1 Prezados (as), A RSA Seguros se preocupa com a tranquilidade de seus clientes e quer contribuir para que seus negócios se mantenham em movimento.

Leia mais

Metodologia. MARGEM DE ERRO O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Metodologia. MARGEM DE ERRO O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Metodologia COLETA Entrevistas domiciliares com questionário estruturado. LOCAL DA PESQUISA Município de São Paulo. UNIVERSO moradores de 16 anos ou mais. PERÍODO DE CAMPO de 26 de setembro a 1º de outubro

Leia mais

::PORTFOLIO PORTFOLIO

::PORTFOLIO PORTFOLIO PORTFOLIO ::PORTFOLIO :: A EMPRESA Cesar e Cesar Sociedade de Advogados, é um escritório de advocacia e de assessoria jurídica formado por uma equipe de profissionais com experiência nas áreas relacionadas

Leia mais

AGORA? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas.

AGORA? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas. EO que AGORA? eu faço? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas. CADASTRO E PAGAMENTO Quer mais facilidade para seu dia a dia? Perdeu o boleto? O site Azul Seguros oferece diversos serviços para

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Diretor, Conselheiro, CEO, CFO ou cargo Equivalente (pessoa física) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros

Leia mais

Nº 70034654392 COMARCA DE NOVO HAMBURGO BRUNA MACHADO DE OLIVEIRA

Nº 70034654392 COMARCA DE NOVO HAMBURGO BRUNA MACHADO DE OLIVEIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO MONOCRÁTICA. AÇÃO DE COBRANÇA DE SEGURO OBRIGATÓRIO. DPVAT. LEGITIMIDADE PASSIVA. RESPONSABILIDADE DE QUALQUER SEGURADORA INTEGRANTE DO CONSÓRCIO. INCLUSÃO DA SEGURADORA

Leia mais

Previdência Complementar do servidor em perguntas e respostas

Previdência Complementar do servidor em perguntas e respostas Previdência Complementar do servidor em perguntas e respostas Por Antônio Augusto de Queiroz - Jornalista, analista político e diretor de Documentação do Diap Com o propósito de esclarecer algumas dúvidas

Leia mais

2010 Começa a expansão. 11 de Setembro. Aquisição Internacional da. Sinistros pagos em. Alico MetLife (US)

2010 Começa a expansão. 11 de Setembro. Aquisição Internacional da. Sinistros pagos em. Alico MetLife (US) Breve Histórico 1868 Início das atividades 1912 Centro de Apoio aos sobreviventes do Titanic 1931 Financiamento do Empire State e do Rockfeller Center 1945 Financiamento aos Aliados durante a Segunda Guerra

Leia mais

Responsabilidade Civil Engenheiros e Arquitetos E&O e D&O

Responsabilidade Civil Engenheiros e Arquitetos E&O e D&O Responsabilidade Civil Engenheiros e Arquitetos E&O e D&O AsBEA Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura Encontro Regional AsBEA 2010 Nada a perder, algo a ganhar... Algo a ganhar, pouco a

Leia mais

CIRCULAR GERAL. TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010

CIRCULAR GERAL. TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010 DISTRIBUIÇÃO A TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010 1. A CAEFE Caixa de Assistência dos Empregados de FURNAS e ELETRONUCLEAR renovou com a SUL AMÉRICA Seguros, a Apólice Coletiva de Seguro de Veículos,

Leia mais

PROCEDIMENTOS DO SEGURADO EM CASO DE SINISTRO

PROCEDIMENTOS DO SEGURADO EM CASO DE SINISTRO PROCEDIMENTOS DO SEGURADO EM CASO DE SINISTRO 46 1. COLISÃO DO VEÍCULO SEGURADO Em caso de colisão, o Segurado deve atentar para as seguintes orientações: REGISTRO DE OCORRÊNCIA POLICIAL Para sua segurança

Leia mais

Coberturas completas para seu automóvel e o Compromisso MAPFRE com você.

Coberturas completas para seu automóvel e o Compromisso MAPFRE com você. Coberturas completas para seu automóvel e o Compromisso MAPFRE com você. Seu carro é um patrimônio que você conquistou e ele merece atenção e proteção. Nós, da MAPFRE, queremos cuidar dele como se fosse

Leia mais

Programa Credivisa de Formação Técnica SEGUROS

Programa Credivisa de Formação Técnica SEGUROS Programa Credivisa de Formação Técnica Módulo Específico SEGUROS Informações Iniciais Desde 01/05/2010 Atuação em todos os ramos de seguros Abrangência das coberturas: Patrimoniais Transporte Riscos Pessoais

Leia mais

Decreto-Lei n.º 72-A/2003 de 14 de Abril

Decreto-Lei n.º 72-A/2003 de 14 de Abril Decreto-Lei n.º 72-A/2003 de 14 de Abril A Directiva n.º 2000/26/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 16 de Maio, relativa à aproximação das legislações dos Estados membros respeitantes ao seguro

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Itaú Seguros Princípios para Sustentabilidade em Seguros

Itaú Seguros Princípios para Sustentabilidade em Seguros Itaú Seguros Princípios para Sustentabilidade em Seguros Relatório 2014-2015 Itaú Seguros Perfil Desde 1921, a seguradora do Itaú atua no setor de seguros atendendo a empresas e pessoas físicas, disponibilizando

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Corretores de seguros (pessoa física) e/ou Corretoras de Seguros (pessoa jurídica) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série

Leia mais

MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES

MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES SEGURADO: Pessoa Jurídica organizadora, participante ou patrocinadora de um evento, feira ou exposição. LIMITE: São

Leia mais

Quando uma questão é específica procure um especialista.

Quando uma questão é específica procure um especialista. Quando uma questão é específica procure um especialista. Sou Consultor Especialista no Ramo Financeiro formado na Àrea de Contabilidade e Credenciado junto à Superintendência de Seguros Privados, com registro

Leia mais

REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055

REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055 REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055 Somente quando estiver com documento do veículo em mãos, para fornecer ao atendente a placa e o chassi do veículo.

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP ACÓRDÃOS DA 97ª SESSÃO Recurso nº 0739 Processo SUSEP nº 15414.003029/97-18

Leia mais

Seguro de Responsabilidade Civil D&O (Directors and Officers)

Seguro de Responsabilidade Civil D&O (Directors and Officers) Seguro de Responsabilidade Civil D&O (Directors and Officers) O ônus de liderar.... Construí um patrimônio sólido depois de muitos anos de trabalho. Infelizmente não posso usufruir de nada com tranquilidade...

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante Fenacor Prev 1 Índice Introdução...3 O Programa de Previdência Fenacor Prev...3 Contribuições...4 Investimentos...5 Benefício Fiscal...5 Benefícios

Leia mais

PROJETO DE LEI N o 5.080, de 2013 (Apensados: PL nº 6.879, de 2013 e PL nº 7.345, de 2014)

PROJETO DE LEI N o 5.080, de 2013 (Apensados: PL nº 6.879, de 2013 e PL nº 7.345, de 2014) COMISSÃO DE EDUCAÇÃO PROJETO DE LEI N o 5.080, de 2013 (Apensados: PL nº 6.879, de 2013 e PL nº 7.345, de 2014) Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da

Leia mais

Patrus Transportes Urgentes Ltda.

Patrus Transportes Urgentes Ltda. Patrus Transportes Urgentes Ltda. Número de pessoas beneficiadas: 249 Motoristas diretos / 415 Motoristas agregados / Comunidade em geral. Introdução Ação: Campanhas Educativas Direção Consciente: 7 Pecados

Leia mais

Como está a cultura de segurança no trânsito na sua empresa?

Como está a cultura de segurança no trânsito na sua empresa? Como está a cultura de segurança no trânsito na sua empresa? J. Pedro Corrêa Especialista em Programas de Trânsito São Paulo, 23 Setembro 2013 Você considera seguro o comportamento dos motoristas que usam

Leia mais

Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas

Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas 1. Introdução A estabilização da economia nacional, a facilidade de acesso ao crédito e as ações do governo para incentivar o consumo

Leia mais

PRONUNCIAMENTO CELSO VICENTE MARINI CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO EXTERNA CEX TRAGÉDIA EM SANTA MARIA/RS AUDIÊNCIA PÚBLICA 10/04/2013 15 HORAS.

PRONUNCIAMENTO CELSO VICENTE MARINI CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO EXTERNA CEX TRAGÉDIA EM SANTA MARIA/RS AUDIÊNCIA PÚBLICA 10/04/2013 15 HORAS. PRONUNCIAMENTO CELSO VICENTE MARINI CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO EXTERNA CEX TRAGÉDIA EM SANTA MARIA/RS AUDIÊNCIA PÚBLICA 10/04/2013 15 HORAS. SAUDAÇÕES AOS COMPONENTES DA MESA: EXCELENTÍSSIMO SENHOR,

Leia mais

Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito ( ONU ) Semana Nacional de Trânsito 2012 ( Denatran ) e Dia Mundial Sem Carro

Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito ( ONU ) Semana Nacional de Trânsito 2012 ( Denatran ) e Dia Mundial Sem Carro 1 Em apoio às campanhas Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito ( ONU ) Semana Nacional de Trânsito 2012 ( Denatran ) e Dia Mundial Sem Carro A Universidade Federal de Santa Catarina e a Rede

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SINOP ESTADO DE MATO GROSSO INSTRUÇÃO NORMATIVA STR 001/2009

CÂMARA MUNICIPAL DE SINOP ESTADO DE MATO GROSSO INSTRUÇÃO NORMATIVA STR 001/2009 1 CÂMARA MUNICIPAL DE SINOP ESTADO DE MATO GROSSO INSTRUÇÃO NORMATIVA STR 001/2009 Versão: 01 Aprovação em: 09/11/2009 Unidade Responsável: Coordenadoria de Administração - CAD STR: Sistema de Transportes

Leia mais

AGOSTo 2013 *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD BLACK E VISA INFINITE.

AGOSTo 2013 *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD BLACK E VISA INFINITE. AGOSTo 2013 G u i a r e s u m i d o d e s e g u r o s e a s s i s t ê n c i a s d e v i a g e n s. *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD BLACK E VISA INFINITE.

Leia mais

SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA. Resoluções CNSP de fevereiro de 2013. 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013

SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA. Resoluções CNSP de fevereiro de 2013. 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013 SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA 08/03/2013 Resoluções CNSP de fevereiro de 2013 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013 A Resolução CNSP nº. 276, publicada em 18 de fevereiro de 2013 no Diário

Leia mais

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS Marco Antonio Rossi Presidente da Fenaprevi Presidente da Bradesco Seguros Agenda Mercado Segurador Nacional Os direitos dos Segurados e Participantes Legislação O Brasil

Leia mais

(1) Inclui o capital de Responsabilidade Civil Obrigatória: 6.000.000 (Danos Materiais/Danos Corporais).

(1) Inclui o capital de Responsabilidade Civil Obrigatória: 6.000.000 (Danos Materiais/Danos Corporais). 1 FICHA DE PRODUTO Produtos Automóvel A N Seguros tem à sua disposição coberturas que são realmente indispensáveis para a segurança do seu Automóvel, construindo uma proteção à sua medida. Esta ficha de

Leia mais

Mais uma vitória rumo ao reconhecimento: Dilma sanciona Lei que institui o Dia Nacional do Vigilante

Mais uma vitória rumo ao reconhecimento: Dilma sanciona Lei que institui o Dia Nacional do Vigilante Confederação Nacional dos Vigilantes - Brasília - DF 19/06/2015 - Edição 1295 Mais uma vitória rumo ao reconhecimento: Dilma sanciona Lei que institui o Dia Nacional do Vigilante Aprovado em maio pela

Leia mais

Apresentação de Negócios

Apresentação de Negócios Apresentação de Negócios Onde estamos Avenida Cupecê, nº 3.545 Jardim Prudência CEP: 04365-001 São Paulo SP São Paulo e Grande São Paulo 11 5576-4936 Demais Localidades 0800 775 0573 E-mail e Site atendimento@icarassistencia.com.br

Leia mais

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ.

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. Ano VII Nº 37 Outubro/Dezembro 2015 CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. LEIA TAMBÉM 2015: Ano de grandes realizações Pág. 02 Seguro Vida Individual: Tranquilidade para

Leia mais

PROGRAMAS MANTIDOS RESULTADOS ALCANÇADOS

PROGRAMAS MANTIDOS RESULTADOS ALCANÇADOS PROGRAMAS MANTIDOS RESULTADOS ALCANÇADOS OBJETIVO DOS PROGRAMAS PREVENIR ATITUDES INSEGURAS NO TRANSPORTE POR MEIO DA CONSCIENTIZAÇÃO DOS MOTORISTAS. META ATINGIR O NÍVEL ZERO EM ACIDENTES SÉRIOS. PRINCIPAL

Leia mais

PROVA PRÁTICA DE SENTENÇA CÍVEL

PROVA PRÁTICA DE SENTENÇA CÍVEL Poder Judiciário da Ufiilo TJDFT TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL EDOS TERRITÓRIOS SEGUNDA PROVA ESCRITA DISCURSIVA CADERNO DE RELATÓRIO E DOCUMENTOS REFERENTES À PROVA PRÁTICA DE SENTENÇA CÍVEL

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Lote LOTE 01 Estimativa anual Até 3500 diárias livres (CARRO S/ MOTORISTA) Especificações Locação de veículos sem motorista com abrangência em toda região Sul e Centro-Oeste

Leia mais

Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar

Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar Sumário Prefácio: Os hospitais não são essenciais Introdução: O sistema hospitalar mudou, mas continua o mesmo! Imagem pública

Leia mais

MEU VEÍCULO. Veículo segurado. ... Seguradoras. ... Contatos da Seguradora(s) Contratadas. ... Dados da Corretora Durango Corretora de Seguros

MEU VEÍCULO. Veículo segurado. ... Seguradoras. ... Contatos da Seguradora(s) Contratadas. ... Dados da Corretora Durango Corretora de Seguros PARABÉNS, Você acaba de adquirir um seguro personalizado com a garantia da Durango. Obrigado por contratar nossos serviços. Aqui você irá encontrar uma equipe preparada para te atender com a credibilidade,

Leia mais

A palavra é eficiência

A palavra é eficiência A palavra é eficiência A redução de juros está no radar da indústria global de seguros. Compensar negócios mal precificados com ganhos financeiros já não é mais possível em um cenário de taxas em queda.

Leia mais