CONHEÇA OS DOIS NOVOS CONSELHEIROS DO POSTALIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONHEÇA OS DOIS NOVOS CONSELHEIROS DO POSTALIS"

Transcrição

1 006 n/2 * Ju * Impresso Especial 486/ ECT/B Postalis CORREIOS A n o 6 - J u n h o d e N ú m e r o 3 3 CONHEÇA OS DOIS NOVOS CONSELHEIROS DO POSTALIS A atual conselheira Taciana de Castro Costa foi a primeira coloca colocada na eleição para o Conselho Deliberativo com votos. Já o carteiro Edevaldo Rivaldo Silva recebeu votos e será o novo conselheiro fiscal. Leia mais à página 4. O Diretor de RH dos Correios, Virgílio B. Sirimarco, os integrantes do Conselho Deliberativo, Júlio Lopes e Sinecio J. Greve e o coordenador da Comissão Eleitoral, Amaury de Melo (à dir.), anunciam o resultado da eleição ao final da apuração, em Brasília PostalPrev - Participante transfere recursos de outro fundo para o PostalPrev. Pág. 8 Contribuição ao Postalis será reajustada em junho. Pág. 3 Seguro de vida para participantes 1 a partir de R$ 11,48. Págs. 6 e 7

2 * Set/2005 Jun/2006 EDITORIAL Já são conhecidos os vencedores da segunda eleição para os Conselhos do Postalis: Taciana de Castro Costa (Conselho Deliberativo) e Edevaldo Rivaldo da Silva (Conselho Fiscal). Até o fechamento desta edição estava sendo analisado recurso administrativo apresentado pela ADCAP solicitando recontagem de votos. Apresentamos aos participantes, às páginas 4 e 5, um relatório, em forma de reportagem, sobre a execução da política de investimento do Postalis em 2005, que foi liberado para divulgação em maio. Também à página 8 apresentamos o primeiro caso de portabilidade do PostalPrev. O Jornal do Postalis ficou sem circular desde março porque aguardávamos uma chance de dar a notícia sobre a aprovação das autoridades federais em liberar o PostalPrev a todos os participantes. Apesar dos esforços do Postalis e da empresa, este processo ainda não foi concluído. Diante disso, não resta outra alternativa a não ser proceder a correção no valor da contribuição dos participantes e também da empresa, a partir de junho, em três parcelas, como informado anteriormente. Esta correção é uma necessidade premente para o futuro do plano de Benefício Definido (BD), que existe desde Assim, em 30 de junho a correção da contribuição será de 20%; em setembro será de 40%; e o restante em dezembro (o percentual será divulgado posteriormente após revisão dos cálculos necessários). A Diretoria COMPLIANCE: MAIS SEGURANÇA PARA O PARTICIPANTE Dentro de seus objetivos de oferecer transparência e segurança aos seus participantes, o Postalis criou a Assessoria de Compliance*, uma nova estrutura para fiscalizar e acompanhar o cumprimento das normas internas e da legislação dos fundos de pensão. Um dos trabalhos da assessoria é comprovar se o Instituto está adotando as recomendações legais e as das auditorias. Um exemplo é a Política de Investimento (que determina como será aplicado o dinheiro do patrimônio), que é aprovada pelo Conselho Deliberativo e avaliada pelo Conselho Fiscal e por auditores internos e externos. Esse controle oferece maior transparência e segurança para o Postalis e seus participantes, afirma a assessora do Compliance, Carmen Lúcia Rosa de La Plata. A palavra compliance é uma expressão em inglês que significa conformidade, estar de acordo com leis, regulamentos internos e externos e com as melhores práticas de mercado no caso do Postalis, administrar com responsabilidade o dinheiro dos participantes e da patrocinadora. *lê-se Compláiance 2

3 Jun/2006 * CONTRIBUIÇÃO AO POSTALIS SERÁ REAJUSTADA O Postalis inicia em junho a implementação aumentaram mais do que as receitas, que da correção do valor da contribuição são formadas pelos valores de contribuição dos participantes e da empresa que e pelas aplicações do patrimônio. O Postalis sustenta o plano de Benefício Defi nido-bd. É a primeira vez que é reajustada a contribuição dos participantes, e será parcelada em três etapas. A primeira é de 20%; em setembro será de 40%; e o percentual de dezembro, em função do vem minimizando essa diferença obtendo bons resultados em ganhos nos investimentos e reduzindo seus gastos administrativos. Ainda assim não é sufi ciente para superar o desequilíbrio, que exige como resposta imediata um incremento maior das adiamento da aplicação da correção de março para junho de 2006, está sendo recalculado e será Enquanto os rendimentos obtidos pelo Postalis evoluíram 330% de 1999 a 2005, o compromisso com pagamento receitas. Adiamento do reajuste A previsão inicial de aplicação desse de benefícios, se elevou divulgado em breve. reajuste era no mês de março deste ano. em 516%. Por isso não Entretanto, como havia expectativa de se pode corrigir essa diferença As razões para uma evolução mais rápida da aprovação só com retornos positivos o reajuste do novo plano de benefícios (PostalPrev) de rentabilidade do patrimônio. Nos últimos anos, É preciso reajustar o valor para aqueles participantes do BD, optou- especialmente em 2005, o plano BD foi impactado fortemente por algumas da contribuição ao Instituto. se por adiar esse reajuste. Passados 90 dias, como o processo ainda não foi variáveis externas, como o fator previdenciário (veja quadro maior) e alterações como a elevação da expectativa de vida dos participantes, o aumento real de salários dos Correios e a redução da taxa de rotatividade dos empregados. Esses fatores elevaram muito o valor dos compromissos (despesas com pagamento de benefícios) do plano BD, gerando a necessidade de se aumentar a contribuição (veja quadro branco). Convém esclarecer que nenhum O fator previdenciário (um valor de pedágio cobrado de quem se aposenta mais cedo) foi criado em 1999 e é um exemplo de como a legislação causou desequilíbrio nas contas do plano BD. Como o fator é descontado do benefício do INSS, sobrou para o Postalis bancar a diferença na hora de pagar a suplementação de aposentadoria. Só que a legislação não criou nenhuma outra fonte de receita para o Instituto bancar a diferença. concluído e há necessidade de correção dos valores da contribuição com o objetivo de se equilibrar o plano BD, o reajuste deverá ser aplicado a partir de junho. Isso visa assegurar aos participantes que haverá recursos sufi cientes para desses fatores foi causado pelo Postalis, mas sim por mudanças na legislação, além de fatores socioeconômicos. Cabe ao Postalis administrar os recursos dos participantes e da patrocinadora e isso inclui o reajuste da contribuição sempre que houver risco de desequilíbrio entre receitas e despesas. Devido aos fatores já mencionados, as despesas com pagamento de benefícios presentes e futuros pagar todos os benefícios, e evitar, assim, prejuízos que poderiam ser irreversíveis. Dividir em três parcelas é a estratégia para reduzir o impacto do aumento aos participantes e à empresa, bem como dar mais tempo para que as autoridades aprovem as condições legais de adesão ao PostalPrev. Dessa forma, as demais parcelas poderão até ser eliminadas. A Direção informará qualquer progresso nas negociações. 3

4 * Set/2005 Jun/2006 MAIS DE 42 MIL ELEGEM NOVOS CONSELHEIROS Muita disposição, trabalho e democracia marcaram as eleições para os Conselhos Deliberativo e Fiscal do Postalis. A disputa registrou um total de votos válidos, brancos e nulos. Na disputa entre 58 candidatos, a analista de seguridade social, Taciana de Castro Costa, foi a primeira colocada para o Conselho Deliberativo com votos. Para integrar o Conselho Fiscal foi eleito o carteiro Edevaldo Rivaldo da Silva com votos. Ele superou 40 concorrentes. Até o encerramento desta edição era analisado recurso administrativo da ADCAP - Essa segunda eleição direta Associação Profissional dos Empregados de Nível Superior da ECT, solicitando recontagem dos votos. Há 17 anos no Postalis, Taciana foi a primeira mulher a ser eleita para o Conselho Deliberativo, em Sua recondução, afirma, é fruto de um aos conselhos demonstra um processo de amadurecimento e conscientização da importância de todos para a administração do Instituto Confira a lista dos mais bem votados aos Conselhos trabalho voltado às demandas e anseios dos funcionários da ECT, assim como dos participantes e assistidos do Postalis. Para o novo mandato, a conselheira já tem planos, como a criação da Ouvidoria do Postalis. Funcionário da ECT desde 1998 e eleito pela primeira vez, Silva defende maior transparência e participação dos ecetistas na administração do Instituto. O trabalhador não pode ser visto apenas como contribuinte, mas como participante efetivo. CLASS. N.º CONSELHO DELIBERATIVO DR TOTAL 1º 137 TACIANA DE CASTRO COSTA POSTALIS º 108 JOSE RIVALDO DA SILVA SPM º 151 FERNANDO ANTONIO CAMPOS P COELHO MG º 112 SERGIO MAURICIO BLEAY RODRIGUES RJ º 107 DEMERSON SANTINI MARTINS POSTALIS CLASS. N.º CONSELHO FISCAL DR TOTAL 1º 10 EDEVALDO COSTA OLIVEIRA RJ º 22 ANGELA ROSA DA SILVA RS º 37 CARLOS EDUARDO MARCAL RJ º 45 JOAO BATISTA MATTOSO MG º 16 HAMILTON ANTONIO LUCREDI SPI Democracia O presidente do Postalis, Alexej Predtechensky, elogiou o espírito democrático e a grande participação dos ecetistas nas eleições. Essa segunda eleição direta para os conselhos demonstra um processo de amadurecimento e conscientização da importância de todos para a administração do Instituto, afirmou. A Comissão Eleitoral foi constituída por representantes da ECT, do Postalis, da Fentect Federação Nacional dos trabalhadores dos Correios, da ADCAP e da Faaco Federação dos Aposentados, Aposentáveis e Pensionistas dos Correios e Telégrafos. Segundo o coordenador da Comissão Eleitoral, Amaury de Melo, cerca de 50 representantes de todas as entidades trabalharam no processo de apuração, que foi centralizado em Brasília. Essa medida garantiu maior segurança e transparência na apuração, que foi marcada por sua ampla representatividade. Apesar das disputas, o pleito transcorreu de forma civilizada e democrática, disse o coordenador.

5 Jun/2006 * FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA MELHOR ATENDER OS PARTICIPANTES O Postalis está investindo na formação profissional de seus funcionários e da ECT para melhor atender os participantes e assistidos. Por iniciativa da Diretoria Administrativa foi criado o Programa de Educação Corporativa, que já conta com dois projetos MBA (curso de pós-graduação) em Gestão Executiva em Fundos de Pensão e o programa de graduação (incentivo a conclusão de cursos de nível superior relacionados as raias de interesse técnico do Instituto). Investir no funcionário significa melhorar os nossos serviços, assim como a administração e gestão do Postalis. Quem ganha é o participante, afirma o coordenador do Programa, Landerley Princivalli Campos. Em maio, 24 profissionais (sendo três da ECT) iniciaram a pós-graduação em um centro universitário em Brasília. Para o subchefe do Departamento de Auditoria da ECT, Marcel Edílson S. Pequeno, o curso possibilita à patrocinadora Investir no funcionário ter uma melhor significa melhorar visão do Postalis os nossos serviços, e conhecer assim como a realidade a administração dos fundos de e gestão do Postalis. pensão. Dessa Quem ganha é o forma, podemos participante acompanhar melhor se a ECT e o Instituto estão cumprindo com suas obrigações. Isso proporciona maior transparência e segurança aos participantes. Renata Borges Ribeiro de Souza (foto), técnica administrativa da Gerência de Contabilidade e Controle do Postalis, está entusiasmada com a oportunidade. O Instituto está apostando em seus funcionários. Isso é muito bom para nós e para o participante, que contará com profissionais mais qualificados, ressaltou. Para o assistente de seguridade social do Instituto, Márcio Alexandre Elói Deniz (foto), o curso contribui para que os funcionários tenham uma visão geral do Instituto e não somente de sua área. Assim, nós podemos atender melhor os participantes em todas as situações. 5

6 * Set/2005 Jun/2006 SEGURO DE VIDA A PARTIR DE R$11,48 Barato e útil. Assim é o Seguro de Vida em Grupo que o Postalis oferece aos participantes e benefi ciários. Graças a uma parceria entre o Instituto e uma empresa seguradora, o participante pode contratar o seguro com contribuição mensal a partir de R$ 11,48 e garantir muito mais tranqüilidade a sua família. Cerca de 29 mil ecetistas e funcionários do Postalis já têm seguro. Na comparação com outros planos, contratar o Seguro em Grupo no Instituto sai mais barato e a indenização é maior. Os recursos arrecadados com a venda de seguro são destinados exclusivamente para custear os casos excepcionais, que apóia participantes e benefi ciários na compra de medicamentos de alto custo, aparelhos auditivos, cadeiras de rodas, aparelhos de órtese e prótese, entre outras situações não previstas no CorreiosSaúde. Vale lembrar que o Seguro é mantido sem mexer no patrimônio dos planos de benefícios, destaca o Diretor de Seguridade, Ernani Coelho. Resgate antecipado e descesso Em casos de doenças terminais comprovadas o segurado pode antecipar em até 30% o valor da apólice (indenização), no valor limitado a R$ ,76. Os segurados também têm direito ao descesso, que é o serviço de assistência 24 horas para atendimentos dos segurados e benefi ciários nos casos de falecimento do segurado titular, de seu cônjuge ou fi lhos menores, no valor de até R$ 2.000,00. COBERTURAS PARTICIPANTE MORTE NATURAL MORTE ACIDENTAL INVALIDEZ POR ACIDENTE CÔNJUGE MORTE NATURAL MORTE ACIDENTAL INVALIDEZ POR ACIDENTE FILHOS MORTE NATURAL CAPITAL SEGURADO R$ ,40 R$ ,80 R$ ,40 R$ 7.199,70 R$ ,40 R$ 7.199,70 R$ 1.439,94 (10% do capital segurado) Para mais informações RECEBEDOR Beneficiários Beneficiários Participante Participante Participante Cônjuge Participante CAPITAIS SEGURADOS sobre o Seguro de Vida CONTRIBUIÇÃO MENSAL TITULAR CÔNJUGE em Grupo é só procurar =Salário Base P/30 2,15% X P/60 4,30% X P/95 6,82% X Morte Natural Morte Acidental Invalidez Acidente Decessos* Morte Natural Morte Acidental Invalidez Acidente 30 X 60 X 30 X SIM 15 X 30 X 15 X 60 X 120 X 60 X SIM 30 X 60 X 30 X 95 X 190 X 95 X SIM 47,5X 95 X 47,5 X o Núcleo do Postalis de sua DR ou ligar para (0xx61)

7 Jun/2006 * Valores O valor da contribuição varia conforme o percentual descontado do salário. No plano mais simples a contribuição será de 2,15% do salário base e o valor pago pelo seguro equivalente a 30 vezes este salário. Conforme o desconto em folha, o valor da indenização pode chegar a 95 vezes o valor do salário base. Indenização O valor da apólice também varia conforme o percentual da contribuição e o plano. No quadro a seguir, os valores que o participante receberá têm por base o Plano 30 (desconto de 2,15% do salário base) sobre o salário RS-09, o equivalente a R$ 479,98. Este é o piso salarial da ECT. Ou seja, nenhum participante do seguro receberá menos de R$ 14 mil em caso de falecimento. POSTALPREV INICIA OPERAÇÕES DE EMPRÉSTIMO PostalPrev iniciou O em maio a liberação de empréstimos para os participantes com mais de seis meses de vínculo ao plano. No mês passado o plano registrou 54 empréstimos, totalizando mais de R$ 43 mil liberados aos seus contribuintes. Por enquanto, o valor máximo do empréstimo é de R$ 1.000,00 para quem tem salário superior a esta quantia. Quem recebe menos pode contratar até o limite do salário. O prazo de pagamento varia entre seis e 12 meses. A taxa de juros é a mesma do plano BD (que existe desde 1981), que em maio foi de 0,9399% ao mês. Para André Gustavo Braz (foto), 21 anos, auxiliar de seguridade social do Postalis, o empréstimo veio em boa hora. Eu estava em débito com o cartão de crédito e o dinheiro ajudou muito. Os juros bancários são imensos, enquanto a taxa do PostalPrev não, o que facilita o pagamento. André é contribuinte do plano desde setembro do ano passado. Empréstimo e auxílio-doença Funcionária há 25 anos da ECT, a atendente comercial Maria das Graças Silva Souza fez um empréstimo. Consegui pagar parte de minhas dívidas graças a esse dinheiro, disse. Maria é uma das primeiras assistidas do PostalPrev, uma vez que está recebendo o Benefício de Auxílio Doença devido a um acidente de trabalho. Eu quebrei o pulso e o benefício do INSS não cobre o meu salário. Felizmente eu tenho a complementação do PostalPrev, destacou. Segundo o Diretor Financeiro do Postalis, Adilson Florêncio da Costa, o limite do empréstimo foi fixado em R$ 1.000,00 para beneficiar o maior número possível de participantes. 7

8 * Jun/2006 Set/2005 SOLIDEZ DO POSTALIS ATRAI PARTICIPANTE DE OUTRO FUNDO DE PENSÃO Após contribuir durante anos para o fundo de pensão de um grande banco, Cristiana preferiu transferir seu dinheiro para o PostalPrev Foto: arquivo ECT A confiança na ECT e no Postalis levou a médica Cristiana Moretti Fioroni Simões a transferir seu dinheiro para o plano de benefício PostalPrev. Esse é o primeiro caso de portabilidade (transferência de recursos entre fundos de pensão) para o plano do Postalis. Ex-funcionária de um dos maiores bancos do Brasil, Cristiana não estava satisfeita com o seu plano. As condições e a falta de informações não me agradavam. Hoje eu sei como o meu dinheiro está sendo aplicado e fico mais segura. Há maior transparência e eu confio na empresa, destacou. Ela aderiu ao plano logo que passou a trabalhar como médica auditora no Núcleo Regional de Bauru (SP), em agosto de O diretor de Seguridade do Postalis, Ernani Coelho, elogiou a iniciativa de Cristiana que poderia, simplesmente, ter sacado o dinheiro. Foi uma atitude consciente para que no futuro ela possa ter uma vida mais tranqüila. Para Coelho, a iniciativa também demonstra a credibilidade, a eficiência e a segurança do Instituto. 8

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1 PLANO SUPLEMENTAR Material Explicativo 1 Introdução A CitiPrevi oferece planos para o seu futuro! Recursos da Patrocinadora Plano Principal Benefício Definido Renda Vitalícia Programa Previdenciário CitiPrevi

Leia mais

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD MATERIAL EXPlICatIvo Plano BAYER CD 1 Prezado Colaborador! você, que está sendo admitido agora ou ainda não aderiu ao Plano de Previdência oferecido pelo Grupo Bayer, tem a oportunidade de conhecer, nas

Leia mais

2º Semestre de 2010 2

2º Semestre de 2010 2 1 2 2º Semestre de 2010 O objetivo deste material é abordar os pontos principais do Plano de Benefícios PreviSenac e não substitui o conteúdo do regulamento. 3 4 Índice PreviSenac para um futuro melhor

Leia mais

Manual Explicativo. Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev

Manual Explicativo. Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev Manual Explicativo Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev 1. MANUAL EXPLICATIVO... 4 2. A APOSENTADORIA E VOCÊ... 4 3. PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR: O que é isso?... 4 4. BOTICÁRIO

Leia mais

CARTILHA PLANO CELPOS CD

CARTILHA PLANO CELPOS CD CARTILHA PLANO CELPOS CD ORIGINAL PLUS O QUE É O PLANO CELPOS CD? O Plano Misto I de Benefícios CELPOS CD é um plano de previdência complementar cujo benefício de aposentadoria programada é calculado de

Leia mais

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br Fachesf de Você está em nossos planos Criada em 10 de abril de 1972, pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), sua patrocinadora, a Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social é uma

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Material Explicativo Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Sumário Plano CD - Tranqüilidade no futuro 3 Conheça a previdência 4 A entidade Previ-Siemens 6 Como funciona o Plano CD da Previ-Siemens?

Leia mais

COMO FUNCIONA A PREV PEPSICO CONTRIBUIÇÕES ALOCAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES OPÇÕES EM CASO DE DESLIGAMENTO BENEFÍCIOS CÁLCULO E PAGAMENTO DOS BENEFÍCIOS

COMO FUNCIONA A PREV PEPSICO CONTRIBUIÇÕES ALOCAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES OPÇÕES EM CASO DE DESLIGAMENTO BENEFÍCIOS CÁLCULO E PAGAMENTO DOS BENEFÍCIOS Material Explicativo Sumário 2 COMO FUNCIONA A PREV PEPSICO 3 CONTRIBUIÇÕES 8 ALOCAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES 9 OPÇÕES EM CASO DE DESLIGAMENTO 11 BENEFÍCIOS 13 CÁLCULO E PAGAMENTO DOS BENEFÍCIOS 18 TRIBUTAÇÃO

Leia mais

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br Fachesf de Você está em nossos planos Criada em 10 de abril de 1972, pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), sua patrocinadora, a Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social é uma

Leia mais

RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES

RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES 1) Já completei 25 anos como professora em sala de aula, tenho hoje 45 anos de idade, com esta idade vou aposentar

Leia mais

Plano D. Material Explicativo

Plano D. Material Explicativo Plano D Material Explicativo 2 Material Explicativo Previ Novartis Índice Pág. 4 Introdução Pág. 6 A Previdência no Brasil Pág. 10 A Previdência e o Plano de Benefício D Pág. 24 Questões 3 Material Explicativo

Leia mais

O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II

O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II ReckittPrev Reckitt Benckiser Sociedade Previdenciária O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II Material Explicativo do Plano de Benefícios II Sumário Carta da diretoria O futuro

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante FenacorPrev Índice Introdução... 3 O Programa de Previdência FenacorPrev... 3 Contribuições... 4 Investimentos... 5 Benefício Fiscal... 6 Benefícios

Leia mais

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA!

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! Prezado participante, 2 Brasil Foods Sociedade de Previdência Privada Cartilha Plano III Um dos grandes objetivos da política de recursos humanos de

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV. Manual Explicativo

PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV. Manual Explicativo PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV Manual Explicativo 1 2 Plano de Benefícios Atento AtentoPrev O Plano de Benefícios Atento Atento Prev é um plano de previdência complementar, constituído na modalidade

Leia mais

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo ÍNDICE 1. Mensagem importante pra você... 4 2. Que tal planejar sua aposentadoria?... 5 3. Estamos juntos!... 6 4. Saiba quem pode

Leia mais

Revisado em 15/08/2011

Revisado em 15/08/2011 CARTILHA DO PLANO MISTO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Nº 001 Revisado em 15/08/2011 Esta cartilha foi estruturada com perguntas e respostas para apresentar e esclarecer aos Participantes as informações

Leia mais

Introdução. pensionistas). usufruir dos mesmos. Regulamento.

Introdução. pensionistas). usufruir dos mesmos. Regulamento. Introdução A Faelce elaborou esta cartilha, numa linguagem simples e objetiva, exclusivamente para seus participantes assistidos (aposentados e pensionistas). Nela estão inseridas informações relevantes

Leia mais

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência No dia 21 de julho, o RH do Banco Bradesco e diretores do Bradesco Previdência expuseram, a cerca de 50 dirigentes sindicais, as mudanças no plano de

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA. Esta Cartilha vai ajudá-lo a entender melhor o OABPrev-GO e o Plano de Benefícios Previdenciários do Advogado Adv-PREV.

CARTILHA EXPLICATIVA. Esta Cartilha vai ajudá-lo a entender melhor o OABPrev-GO e o Plano de Benefícios Previdenciários do Advogado Adv-PREV. CARTILHA 2010 CARTILHA EXPLICATIVA Esta Cartilha vai ajudá-lo a entender melhor o OABPrev-GO e o Plano de Benefícios Previdenciários do Advogado Adv-PREV. Com o Adv-PREV você verá que é possível viver

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Vivo Prev

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Vivo Prev Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios Vivo Prev Exercício: 2013 e 2012 dezembro R$ Mil Descrição 2013 2012 Variação (%) Relatório Anual 2013 Visão Prev 1. Ativos Disponível Recebível Investimento

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante Fenacor Prev 1 Índice Introdução...3 O Programa de Previdência Fenacor Prev...3 Contribuições...4 Investimentos...5 Benefício Fiscal...5 Benefícios

Leia mais

PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI

PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI UVERGS PREVI A União dos Vereadores do Estado do Rio Grande do Sul visa sempre cuidar do futuro de seus associados Por conta disso, está lançando um Programa de Benefícios

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo Material Explicativo Índice Introdução 4 Sobre o Plano Previplan 5 Adesão 5 Benefícios do Plano 6 Entenda o Plano 7 Rentabilidade 8 Veja como funciona a Tributação 9 O que acontece

Leia mais

Comunicação Interna. VivoPrev. para quem é ligado no futuro.

Comunicação Interna. VivoPrev. para quem é ligado no futuro. Comunicação Interna VivoPrev para quem é ligado no futuro. Qual o seu programa para o amanhã? Pensar no amanhã é algo que deve ser feito hoje. Quanto antes você começar, maior a garantia de chegar ao futuro

Leia mais

Cartilha do Participante

Cartilha do Participante Benefício definido (Eletra 01) BENEFICIO DEFINIDO Cartilha do Participante Introdução A ELETRA Fundação Celg de Seguros e Previdência é uma entidade fechada de previdência privada, de fins previdenciários

Leia mais

Aceprev. Cartilha do Plano de Benefícios REGRA MIGRADOS. Aperam Inox América do Sul S.A. Acesita Previdência Privada

Aceprev. Cartilha do Plano de Benefícios REGRA MIGRADOS. Aperam Inox América do Sul S.A. Acesita Previdência Privada Aceprev Acesita Previdência Privada Aperam Inox América do Sul S.A. Cartilha do Plano de Benefícios REGRA MIGRADOS Aceprev Acesita Previdência Privada DIRETORIA EXECUTIVA Nélia Maria de Campos Pozzi -

Leia mais

Exerça o democrático direito de voto e escolha seus representantes na Fundação

Exerça o democrático direito de voto e escolha seus representantes na Fundação NÚMERO 21 ABRIL MAIO 2010 Editado pela Assessoria de Comunicação Institucional Exerça o democrático direito de voto e escolha seus representantes na Fundação 02 Candidatos a Diretor de Benefícios participam

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - PBS Telesp Celular Exercício: 2013 e 2012 - dezembro - R$ Mil

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - PBS Telesp Celular Exercício: 2013 e 2012 - dezembro - R$ Mil Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios PBS Telesp Celular Exercício: 203 e 202 dezembro R$ Mil Descrição 203 202 Variação (%) Relatório Anual 203 Visão Prev. Ativos Disponível Recebível

Leia mais

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão O que é A SISTEL? A Fundação Sistel de Seguridade Social foi criada em 1977 e possui expressiva experiência em Planos de Previdência Privada. A Sistel atua no desenvolvimento de soluções previdenciais

Leia mais

$ $ Guia de Empréstimos. Fachesf

$ $ Guia de Empréstimos. Fachesf Guia de Empréstimos Fachesf Sobre os empréstimos da Fachesf Quais as modalidades de empréstimos que a Fachesf oferece? Empréstimo Pós-Fixado (sem comprovação) Empréstimo Educação (com comprovação) Empréstimo

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Telest Celular

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Telest Celular Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios Visão Telest Celular Exercício: 2013 e 2012 dezembro R$ Mil Descrição 2013 2012 Variação (%) Relatório Anual 2013 Visão Prev 1. Ativos Recebível Investimento

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício?

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício? Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criamos este material para ajudar você com

Leia mais

Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos anos. O que existe é um déficit atuarial.

Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos anos. O que existe é um déficit atuarial. PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE O SABESPREV MAIS. 1. A Sabesprev está em dificuldades financeiras? Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos

Leia mais

Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial)

Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Material Explicativo Encontre aqui as informações

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Multi

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Multi Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios Visão Multi Exercício: 013 e 01 dezembro R$ Mil Descrição 013 01 Variação (%) Relatório Anual 013 Visão Prev 1. Ativos Recebível Investimento Ações

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA...

CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... 8 CONHEÇA O PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... 9 PARTICIPANTES...

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão -

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - O que é o plano PreVisão? O plano PreVisão é o novo plano de benefícios administrado pela Visão Prev, resultado de estudos realizados no intuito de buscar uma solução

Leia mais

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA SUMÁRIO Qual é o significado de aposentado e pensionista?...3 Quando é realizado

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP Material Explicativo Plano de Benefícios HP Janeiro - 2015 1 As informações deste material visam cumprir a legislação aplicável e dar aos participantes uma idéia geral e resumida das alterações promovidas

Leia mais

Tranquilidade e segurança para você e sua família.

Tranquilidade e segurança para você e sua família. Material de uso exclusivo do Bradesco. Produzido pelo Departamento de Marketing em fevereiro/2009. Reprodução proibida. Não jogue este impresso em via pública. Bradesco PGBL Proteção Familiar Para informações

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV...

CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV... ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV... 7 CONHEÇA O PLANO DENTALUNIPREV... 8 PARTICIPANTES... 9 Participante

Leia mais

Guia PCD. Conheça melhor o Plano

Guia PCD. Conheça melhor o Plano Guia PCD Conheça melhor o Plano Índice De olho no Futuro...3 Quem é a Fundação Centrus?...5 Conhecendo o Plano de Contribuição Definida - PCD...6 Contribuições do Participante...7 Saldo de Conta...8 Benefícios

Leia mais

FUNCASAL EM NÚMEROS SETEMBRO / 2011

FUNCASAL EM NÚMEROS SETEMBRO / 2011 FUNCASAL EM NÚMEROS SETEMBRO / 2011 DEFINIÇÕES ESTATUTO: Art. 1º -A Fundação CASAL de Seguridade Social FUNCASAL, instituída pela Companhia de Saneamento de Alagoas CASAL, é pessoa jurídica de Direito

Leia mais

Alterações de Regulamento

Alterações de Regulamento Alterações de Regulamento Síntese das alterações propostas 1. DEFINIÇÕES GERAIS Beneficiários: será excluído o tempo mínimo de união estável com parceiro ou cônjuge para que seja reconhecido como beneficiário

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 2 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO DA PATROCINADORA

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 2 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO DA PATROCINADORA

Leia mais

Estrutura do Plano de Benefícios Agilent

Estrutura do Plano de Benefícios Agilent Plano de Benefícios Agilent 1 Objetivo da HP Prev Proporcionar aos seus participantes a oportunidade de contribuir para a HP Prev e, juntamente com as contribuições da patrocinadora, formar uma renda mensal

Leia mais

9- VALOR 6- 8- ÚLTIMA 7- INÍCIO DE RESGATE SALÁRIO DA 5- PLANOS 19.980.014-74 - PLANO DE 35% DA MEDIA SALARIAL R$ 440.797,11 8.441 R$ 281.990.

9- VALOR 6- 8- ÚLTIMA 7- INÍCIO DE RESGATE SALÁRIO DA 5- PLANOS 19.980.014-74 - PLANO DE 35% DA MEDIA SALARIAL R$ 440.797,11 8.441 R$ 281.990. FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO DEMONSTRATIVO DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO ATUARIAL DOS PLANOS ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 4- NÚMERO DE PLANOS: 4 5- PLANOS 19.980.014-74 - PLANO DE 35% DA MEDIA SALARIAL 9- VALOR

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas.

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criou este material para ajudar você com as

Leia mais

Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada e o seu Plano de Benefícios ACPrev.

Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada e o seu Plano de Benefícios ACPrev. ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO ACPREV... 8 PARTICIPANTES... 8 Participante Ativo... 8 Participante Assistido...

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 3 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO DA PATROCINADORA

Leia mais

Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665

Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665 Boletim Econômico Edição nº 56 fevereiro de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665 As duas medidas visam economizar R$ 18 bilhões

Leia mais

Cartilha dos Planos Administrados pela FAECES

Cartilha dos Planos Administrados pela FAECES Cartilha dos Planos Administrados pela FAECES Conheça os planos de benefícios e assistência médica da Fundação 2 3 SUMÁRIO 06 Apresentação 08 Glossário 10 Introdução Geral Entidades Fechadas de Previdência

Leia mais

MANUAL DO PARTICIPANTE

MANUAL DO PARTICIPANTE MANUAL DO PARTICIPANTE LegisPrev O plano de previdência complementar para o servidor público do Poder Legislativo Federal FUNPRESP-EXE FUNDAÇÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL DO

Leia mais

Plano TELOS Contribuição Variável - I

Plano TELOS Contribuição Variável - I Plano TELOS Contribuição Variável - I A sua empresa QUER INVESTIR NO SEU FUTURO, E VOCÊ? A sua empresa sempre acreditou na importância de oferecer um elenco de benefícios que pudesse proporcionar a seus

Leia mais

Sumário. A função do Resumo Explicativo 3. Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4. Contribuições do Participante 6. Contribuições da Patrocinadora 7

Sumário. A função do Resumo Explicativo 3. Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4. Contribuições do Participante 6. Contribuições da Patrocinadora 7 Sumário A função do 3 Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4 Contribuições do Participante 6 Contribuições da Patrocinadora 7 Controle de Contas 8 Investimento dos Recursos 9 Benefícios 10 Em caso de

Leia mais

FUNDAMENTOS DA PREVIDÊNCIA

FUNDAMENTOS DA PREVIDÊNCIA FUNDAMENTOS DA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Ensino a distância ÍNDICE I) O QUE É PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR? II) SISTEMA DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR III) MARCOS REGULATÓRIOS IV) PLANOS DE BENEFÍCIOS V) ENTIDADES

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV Material Explicativo Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV 2 GEBSA-PREV O PLANO GEBSA-PREV VAI AJUDAR VOCÊ A CONSTRUIR SEU FUTURO! Preocupada com a tranquilidade e o bem estar de seus funcionários, a GE oferece

Leia mais

Celgprev CELPREV. Cartilha do Participante. Introdução

Celgprev CELPREV. Cartilha do Participante. Introdução Celgprev CELPREV Cartilha do Participante Introdução A partir de dezembro de 2000, a CELG distribuição, a Celg geração e transmissão, Celgpar e a ELETRA passam a oferecer aos seus empregados o Celgprev:

Leia mais

RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil.

RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil. 1 RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil. O Informativo Previcoke (Fundo de Pensão da Coca-Cola Brasil) é feito para quem já pensa no amanhã e para quem quer começar a pensar. Aqui, você

Leia mais

Renda Vitalícia por Aposentadoria por SRB - INSS Benefício Definido Capitalização Crédito Unitário Projetado Invalidez (1)

Renda Vitalícia por Aposentadoria por SRB - INSS Benefício Definido Capitalização Crédito Unitário Projetado Invalidez (1) PARECER ATUARIAL PLANO DE BENEFÍCIOS REB 1998 AVALIAÇÃO ANUAL 2005 Fl. 1/6 ENTIDADE SIGLA: FUNCEF 1 CÓDIGO: 01523 2 RAZÃO SOCIAL: FUNCEF-FUNDAÇÃO DOS ECONOMIÁRIOS FEDERAIS 18 3 PLANO NOME DO PLANO: REB

Leia mais

HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO. Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev

HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO. Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev,

Leia mais

CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006.

CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006. NOVA CARTILHA 1 CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006. Sumário ADESÃO AO PREVMAIS 1. Por que aderir ao PrevMais?...4 2. Quem pode aderir ao PrevMais?...4

Leia mais

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Índice Quem Somos Estrutura do plano Importância da Previdência Privada. Quanto antes melhor! As regras do plano Canais Visão Prev 2 Visão Prev Entidade fechada

Leia mais

Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K

Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K A principal função do OABPrev-SC é auxiliar o advogado a criar uma poupança previdenciária para dar suporte aos riscos

Leia mais

cartilha educação financeira

cartilha educação financeira cartilha educação financeira cartilha educação financeira A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA A educação financeira é decisiva para o bem-estar presente e futuro das famílias, contudo, ela nem sempre

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SALTO VELOSO IPRESVEL RELATÓRIO DE GESTÃO EXERCÍCIO 2014.

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SALTO VELOSO IPRESVEL RELATÓRIO DE GESTÃO EXERCÍCIO 2014. INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SALTO VELOSO IPRESVEL RELATÓRIO DE GESTÃO EXERCÍCIO 2014 Salto Veloso, SC O IPRESVEL O Instituto de Previdência Social dos Servidores

Leia mais

Programa de Previdência OUROFINO. Manual do Participante

Programa de Previdência OUROFINO. Manual do Participante Programa de Previdência OUROFINO Manual do Participante Um excelente investimento no presente e a garantia de um futuro tranquilo Programa Previdenciário Empresarial Itaú - OUROFINO Regras do Programa

Leia mais

Plano PAI. material explicativo

Plano PAI. material explicativo Plano PAI material explicativo Conheça melhor o Plano PAI e veja como o tempo pode ser seu maior aliado Grande parte dos trabalhadores sonha em ter uma aposentadoria estável e aproveitar essa fase para

Leia mais

12. Como é o caso de pensão por morte de quem ainda está contribuindo para a previdência?

12. Como é o caso de pensão por morte de quem ainda está contribuindo para a previdência? Tel: 0800 941 7738 1 Educação Financeira Esta Cartilha tem como abjetivo mostrar a importância da educação financeira e previdenciária aos advogados participantes da OABPrev-RJ para que possam organizar

Leia mais

Lorem ipsum dolor sit amet

Lorem ipsum dolor sit amet Lorem ipsum dolor sit amet Lorem ipsum dolor sit amet Consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam.

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão -

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - O que é o plano PreVisão? O plano PreVisão é o novo plano de benefícios administrado pela Visão Prev, resultado de estudos realizados no intuito de buscar uma solução

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 3 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO DA PATROCINADORA

Leia mais

Principais destaques do período

Principais destaques do período Apresentação A Diretoria da Sabesprev apresenta a seus participantes o resultado de mais um exercício, marcado por uma gestão participativa, inserida nos preceitos da Governança Corporativa e com total

Leia mais

VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE.

VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE. VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE. ACESSO WEB QUEM PODE ENTRAR NA ÁREA RESTRITA ATRAVÉS DO SITE FBSS? Participantes Ativos Assistidos (Aposentados e Pensionistas) Importante: Dependentes e pessoas que

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [02.884.385/0001-22] ELETRA FUNDACAO CELG DE SEGUROS E PREVIDENCIA PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [2000.0069-65] PLANO CELGPREV ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2011 Atuário Responsável

Leia mais

A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada.

A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada. A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada. Adesão Característica do contrato de previdência privada, relativa ao ato do proponente aderir ao plano de previdência. Administradores

Leia mais

Relatório de Seguridade

Relatório de Seguridade Re Relatório de Seguridade Relatório de Seguridade Relatório Maio/2015 O relatório da área de seguridade tem por finalidade apresentar as principais atividades desenvolvidas no mês, informando os números

Leia mais

Introdução. Nesta cartilha, você conhecerá as principais características desse plano. O tema é complexo e,

Introdução. Nesta cartilha, você conhecerá as principais características desse plano. O tema é complexo e, Introdução O Plano Prodemge Saldado está sendo criado a partir da cisão do Plano Prodemge RP5-II e faz parte da Estratégia Previdencial. Ele é uma das opções de migração para participantes e assistidos.

Leia mais

A importância de um plano de aposentadoria complementar

A importância de um plano de aposentadoria complementar INFORMATIVO É a melhor maneira de planejar a sua aposentadoria; Poupança com 100% de rentabilidade - Parte Patrocinadora; Rentabilidade totalmente revertida ao participante Datusprev sem fins lucrativos;

Leia mais

GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS ATUARIAIS

GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS ATUARIAIS GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS ATUARIAIS A Abono Anual: Pagamento da 13ª (décima terceira) parcela anual do benefício de renda continuada. Abono de Natal: (v. Abono Anual). Administrador Especial: Pessoa

Leia mais

CARTILHA DO PLANO C FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT

CARTILHA DO PLANO C FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT CARTILHA DO PLANO C Cartilha do Plano C APRESENTAÇÃO O plano de benefícios previdenciários conhecido como Plano C foi implantado em 1997. O regulamento do Plano C foi adaptado à Lei Complementar nº 109,

Leia mais

Saiba mais sobre seu plano

Saiba mais sobre seu plano Saiba mais sobre seu plano Plano Funbep II 1 Índice A proteção da previdência complementar... 03 As contribuições para o plano... 04 Em caso de desligamento... 06 Na hora da aposentadoria... 08 Cuide bem

Leia mais

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT CARTILHA DO PLANO D Cartilha - Plano D INTRODUÇÃO Você está recebendo a Cartilha do Plano D. Nela você encontrará um resumo das principais características do plano. O Plano D é um plano moderno e flexível

Leia mais

Material Explicativo Centrus

Material Explicativo Centrus Material Explicativo Centrus De olho no futuro! É natural do ser humano sempre pensar em situações que ainda não aconteceram. Viagem dos sonhos, o emprego ideal, casar, ter filhos, trocar de carro, comprar

Leia mais

SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO DEMONSTRATIVO DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO ATUARIAL DOS PLANOS DE BENEFÍCIOS

SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO DEMONSTRATIVO DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO ATUARIAL DOS PLANOS DE BENEFÍCIOS FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO DEMONSTRATIVO DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO ATUARIAL DOS PLANOS DE BENEFÍCIOS ENTIDADE RAZÃO SOCIAL: FUNDAÇÃO BANESTES DE SEGURIDADE SOCIAL 3 DADOS DOS PLANOS NÚMERO DE PLANOS:

Leia mais

CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIO DEFINIDO

CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIO DEFINIDO CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIO DEFINIDO Fevereiro/2012 Apresentação Prezado participante, Com o objetivo de mostrar como funciona a Fundação Coelce de Seguridade Social Faelce e o Plano de Benefícios Definidos,

Leia mais

PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL

PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL Goiânia, 03 de Abril de 2014. Á CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DE GOIAS CNPJ: 01.619.022/0001-05 Ref.: Plano de Previdência Complementar Prezado(a) Senhor(a),

Leia mais

DATUSPREV CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR!

DATUSPREV CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR! DATUSPREV INFORMATIVO CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR! Quem já cumpriu 5 anos de contribuição pode solicitar o benefício de aposentadoria programada? Essas e mais informações pra você neste Informativo.

Leia mais

Norma de Empréstimos Financeiros

Norma de Empréstimos Financeiros Gestão de Atendimento AFAF D.GA.03 1/11 ÍNDICE 1. Objetivo... 2 2. Responsabilidades... 2 3. Conceitos... 2 4. Critérios... 3 4.1. Modalidades de Empréstimos Financeiros... 3 4.2. Limite de Contratos...

Leia mais

Conheça melhor o Plano de Benefícios INDUSPREV SENAI-SP

Conheça melhor o Plano de Benefícios INDUSPREV SENAI-SP Construindo no presente um futuro melhor... Conheça melhor o Plano de Benefícios INDUSPREV SENAI-SP MATERIAL EXPLICATIVO DO PLANO INDUSPREV SENAI-SP Aprovado pela Superintendência Nacional de Previdência

Leia mais

VIGÊNCIA: 19/11/2014. (Aprovado na 1550ª Reunião de Diretoria, realizada em outubro/2014)

VIGÊNCIA: 19/11/2014. (Aprovado na 1550ª Reunião de Diretoria, realizada em outubro/2014) VIGÊNCIA: 19/11/2014 (Aprovado na 1550ª Reunião de Diretoria, realizada em outubro/2014) SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 DEFINIÇÕES... 3 3 - LIMITE DE CRÉDITO... 4 4 - ENCARGOS FINANCEIROS, ADMINISTRATIVO E

Leia mais

Cartilha Plano EPE DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS

Cartilha Plano EPE DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS Cartilha Plano EPE Esta cartilha foi criada com o intuito de oferecer informações objetivas sobre previdência, o plano CV EPE e a importância de poupar para garantir um futuro mais tranqüilo. Os pontos

Leia mais

BEM-VINDO AO PLANO SinMed/RJ

BEM-VINDO AO PLANO SinMed/RJ BEM-VINDO AO PLANO SinMed/RJ O Plano SinMed/RJ foi criado em parceria pelo Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, e pela Petros, para garantir uma renda de aposentadoria complementar para você. Neste

Leia mais

O Incentivo é nosso, a Escolha é sua! SEJAM BEM VINDOS... 18/12/2014 Reunião Anual dos Aposentados e Pensionistas da Prevcummins

O Incentivo é nosso, a Escolha é sua! SEJAM BEM VINDOS... 18/12/2014 Reunião Anual dos Aposentados e Pensionistas da Prevcummins SEJAM BEM VINDOS... 18/12/2014 Reunião Anual dos Aposentados e Pensionistas da Prevcummins 1 PAUTA: 07:30 Café da Manhã 08:30 Abertura 08:40 Patrocinadoras Patrícia Paiva 09:10 Economista Cristiane Alkmin

Leia mais

Regulamento de Empréstimo

Regulamento de Empréstimo Regulamento $ de Empréstimo Para participantes do Plano Complementar de Benefícios Previdenciais - Plano BD $ Fundação de Previdência dos Empregados da CEB Regulamento aprovado pelo Conselho Deliberativo

Leia mais