Orientador Informal. Co-orientador(es) Informal(is)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Orientador Informal. Co-orientador(es) Informal(is)"

Transcrição

1 RELATÓRIO FINAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Discente: Luís Gustavo Spern Barreto Curso: Análise e Desenvolvimento de Sistemas Endereço: Rua Três, Pestano - Pelotas - RS CEP: Fone(s): (53) Título StandaloneApp - Uma distribuição Linux para Sistemas Embarcados Orientador Informal Prof. Me. Angelo Gonçalves da Luz Co-orientador(es) Informal(is) Prof. Esp. Gladimir Ceroni Catarino INTRODUÇÃO A maioria das aplicações para sistemas embarcados existentes hoje em dia funcionam em ambientes baseados no sistema operacional Windows, da Microsoft, que é um software proprietário onde é necessário adquirir uma licença para utiliza-lo, aumentando assim o custo final da solução a ser empregada. Além disso, o Windows é um sistema operacional voltado para uso em computadores pessoais com diversos aplicativos para uso cotidiano do computador como editor de texto, editor de imagem, reprodutor de música e vídeo, entre outros. Tal gama de aplicativos tem um empacto significativo no uso dos recursos computacionais como armazenamento em disco e uso de memória RAM, aumentando ainda mais o custo da solução, já que esses aplicativos não são necessários na maioria das soluções para sistemas embarcados. Um sistema operacional embarcado tem como principal característica a execução de uma única aplicação em um ambiente restrito, aonde o usuário não consegue acessar outras funções básicas contidas em um sistema operacional baseado em Windows, como executar outros aplicativos, navegar no sistema de arquivos, fechar ou minimizar aplicativos. Este presente trabalho tem como objetivo desenvolver uma distribuição Linux para sistemas embarcados e uma plataforma de gerenciamento remoto e implantação de aplicativos nos dispositivos instalados com a distribuição StandaloneApp.

2 Os objetivos específicos deste trabalho são: Analisar os requisitos; Verificar a existência de sistemas similares; Pesquisar as diferentes partes que compõem um sistema operacional Linux; Identificar o protocolo de comunicação entre processos mais adequado a solução; Elaborar o banco de dados para a plataforma de gerenciamento remoto; Desenvolver o instalador para a distribuição; Construir a distribuição utilizando a ferramenta Live Build; Incluir na distribuição o serviço de comunição entre o sistema operacional e a plataforma de gerenciamento remoto; Desenvolver um browser baseado em WebKit para carregar aplicações feitas em HTML; Desenvolver o Web Service da plataforma de gerenciamento remoto; Criar a interface Web para a plataforma de gerenciamento remoto; Gerar uma imagem ISO de instalação da distribuição. REFERENCIAL TEÓRICO / ESTADO DA ARTE Durante a concepção e desenvolvimento deste trabalho foi realizada uma pesquisa para descobrir sistemas similares a proposta do mesmo. Concluiu-se que o sistema que mais assemelha-se a proposta é o Resion.io que é um sistema operacional para placas embarcadas como Raspberry Pi e Beaglebone que são arquiteturas ARM, enquanto o trabalho proposto visa suportar somente a plataforma x86. A figura 1 mostra uma visão geral da plataforma Resion.io.

3 Figura 1: Visão geral da plataforma Resion.io [Team 2014]. Enquanto a plataforma do Resion.io utiliza-se da integração com um servidor de controle de versão (GIT) para gerenciar a implantação de aplicativos nos dispositivos, a plataforma do StandaloneApp faz uso de uma interface Web para esta finalidade, tornando assim esse processo menos complicado de ser executado. A figura 2 apresenta uma visão geral da plataforma do StandaloneApp. Figura 2: Visão Geral da Plataforma. Os seguintes temas e tecnologias estão envolvidos no desenvolvimento deste trabalho: Linux, que é base da distruição StandaloneApp, Live Build que foi utilizado para gerar a distribuição, conceitos de Sistemas Embarcados, arquitetura baseada em Microservices na plataforma Web utilizando JSON-RPC transportado por meio de Websockets para comunicação dos serviços.

4 Linux O Linux é um sistema operacional de código aberto [Organization 2015] criado por Linus Torvalds [Torvalds 1991]. Atualmente é mantido por milhares de programadores de todo o mundo e grandes empresas de tecnologia como IBM, HP, Google e Oracle. Live Build O Live Build é uma ferramenta criada pelo Projeto Debian para geração de distribuições Linux [Project 2013]. Essa ferramenta contém uma série de scripts que utilizam configurações para automatizar e configurar todos os aspectos da construção de uma distribuição. Sistemas Embarcados Sistemas operacionais embarcados são sistemas dedicados a tarefas específicas [White 2011], o que os difere dos sistemas operacionais convencionais para computadores pessoais, podendo assim reduzir custos com recursos computacionais. [Ganssle 2012] Microservices Microservices é um estilo de arquitetura de software [Fowler 2014]. Diferentemente de um software monolítico onde toda a aplicação é executada em único processo, a arquitetura baseada em Microservices tem como principal característica a separação da aplicação em vários processos separados, trocando informações entre sí utilizando um mecanismo leve de comunicação entre processos como JSON-RPC. JSON-RPC JSON-RPC é um protocolo similar ao XML-RPC para chamada de procedimento remoto codificado em JSON (JavaScript Object Notation). Sua principal diferença do XML-RPC/SOAP é que ele permite comunicação bidirecional entre o servidor e cliente, onde cada um pode chamar procedimentos da outra ponta ou enviar notificações. [JSON-RPC.org 2012] Websocket O Websocket é um protocolo para comunicação bidirecional sobre um socket do tipo Transmission Control Protocol (TCP) [Foundation 2011], ou seja, é apenas uma camada sobre um socket TCP, ficando na camada de aplicação a responsabilidade de organizar as informações que são trocadas entre o cliente e o servidor, assim como o HTTP é utilizado sobre o protocolo TCP. Originalmente concebido para comunicação entre o servidor e cliente em aplicações Web, seu uso estendeu-se para as mais variadas aplicações que necessitam de um protocolo para comunicação entre processos. PROJETO DE SISTEMA O Projeto de Sistema apresenta o diagrama de Caso de Uso gerado a partir da observação dos requisitos funcionais e não funcionais, bem como algumas telas da plataforma Web. Diagrama de Caso de Uso O Diagrama de Caso de Uso (Figura 3) detalha a interação do Usuário e o Administrador com a plataforma Web e a distribuição.

5 Figura 3: Diagrama de Caso de Uso. Tela de login da plataforma Web A Figura 4 mostra a tela de login da plataforma Web. O login é necessário para gerenciar os dispositivos e implantar aplicações. Figura 4: Tela de login da plataforma Web.

6 Tela de aplicações da plataforma Web A Figura 5 mostra a tela das aplicações disponíveis para implantação nos dispositivos. Uma nova aplicação pode ser enviada através do botão Upload New Application. Figura 5: Tela de aplicações da plataforma Web. LEVANTAMENTO DE REQUISITOS A técnica utilizada para fazer o levantamento de requisitos do sistema foi a observação. REQUISITOS FUNCIONAIS / NÃO FUNCIONAIS Os requisitos funcionais e não funcionais do presente trabalho são: A distribuição deve suportar a instalação por USB ou CD-ROM A distruibuição deve executar uma única aplicação definida pela plataforma de gerenciamento remoto; A distribuição deve oferecer um ambiente gráfico que não permita que o usuário execute outra aplicação a não ser a definida pela plataforma de gerenciamento remoto; O ambiente gráfico da distribuição não deve permitir que o usuário altere qualquer configuração do sistema operacional instalado, como configurações de rede, volume de som, mapa de teclas, aceleração do mouse, entre outros; A distruição deve suportar a execução de aplicações feitas em Java ou HTML A interface Web da plataforma de gerenciamento remoto deve ser compatível com os navegadores Chrome e Firefox;

7 O instalador da distribuição deve funcionar de forma automatizada, ou seja, sem intervenção do usuário; A comunicação entre o serviço de comunicação do sistema operacional e plataforma de gerenciamento remoto deve ser criptografado; O sistema operacional deve funcionar em modo live, ou seja, alterações feitas em arquivos do sistema devem ser descartadas ao desligar ou reiniciar o computador; A distribuição deve tentar obter um endereço de IP na rede automaticamente; O sistema de geração da distribuição deve ser executado em um ambiente paravirtualizado, evitando assim a contaminação do sistema host com bibliotecas de compilação; O acesso a interface Web da plataforma de gerenciamento remoto deve ser protegido com login; A interface Web da plataforma de gerenciamento remoto deve exibir uma lista com os computadores instalados com a distribuição StandaloneApp; A interface Web da platforma de gerenciamento remoto deve suportar o upload de aplicações para serem implantadas automaticamente nos computadores instalados com a distribuição StandaloneApp; A interface Web da plataforma de gerenciamento remoto deve permitir a configuração o desligamento programado de um ou mais computadores instalados com a distribuição StandaloneApp; A interface Web da plataforma de gerenciamento remoto deve permitir travar o acesso a um ou mais computadores instalados com a distribuição StandaloneApp. CRONOGRAMA Elaborar proposta Levantar requisitos Modelar banco de dados Elaborar telas Criar um container de compilação Desenvolver o serviço de comunicação do SO Desenvolver o Web Service Escrever Relatório Final Desenvolver a interface Web da plataforma Construir a distribuição Desenvolver o instalador Gerar o ISO de instalação Escrever Artigo Correção e testes Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Legenda: Verde (realizado), Vermelho (atrasado) - Amarelho (em andamento) - Cinza (previsto)

8 Referências [Foundation 2011] Foundation, M. (2011). Websockets - mdn. Disponível em: Acesso em: 19/06/2015. [Fowler 2014] Fowler, M. (2014). Microservices. Disponível em: Acesso em: 22/06/2015. [Ganssle 2012] Ganssle, J. (2012). The Art of Programming Embedded Systems. Elsevier, 1st edition. [JSON-RPC.org 2012] JSON-RPC.org (2012). specification - json-rpc - trac. Disponível em: Acesso em: 21/06/2015. [Organization 2015] Organization, L. K. (2015). Is linux kernel free software? Disponível em: Acesso em: 20/06/2015. [Project 2013] Project, D. L. (2013). Debian live manual. Disponível em: Acesso em: 22/06/2015. [Team 2014] Team, R. (2014). How it works? resin.io. Disponível em: Acesso em: 20/06/2015. [Torvalds 1991] Torvalds, L. B. (1991). What would you like to see most in minix? Disponível em: Acesso em: 18/06/2015. [White 2011] White, E. (2011). Making Embedded Systems: Design Patterns for Great Software. O Reilly Media, Inc., 1st edition. Assinatura do Estudante: Data:

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

26/09/2015. Windows Linux Mac OS/X IBM OS/2 Sun Solaris Google Android. MS-DOS Outros... O QUE É? SISTEMAS OPERACIONAIS

26/09/2015. Windows Linux Mac OS/X IBM OS/2 Sun Solaris Google Android. MS-DOS Outros... O QUE É? SISTEMAS OPERACIONAIS O QUE É? SISTEMAS OPERACIONAIS Um programa que vai gerenciar os recursos do seu computador, memória, processador, agenda de tarefas, segurança das transações, autenticação de usuários. Prof. André Aparecido

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA Basicamente, são formados por: Programas de controle (de equipamentos e de trabalhos). Programas utilitários.

Leia mais

Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis

Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis 1. Pré-requisitos para Servidores - até 2 licenças: 1.1 Plano Básico: Processador: 3.0 GHz ou superior. Recomenda-se 3.2 GHz Dual-Core.

Leia mais

Sistemas Operacionais Introdução

Sistemas Operacionais Introdução Sistemas Operacionais Introdução Adriano J. Holanda http://adrianoholanda.org/edu/ 5 de agosto de 2013 Introdução Sobre o curso Introdução Complexidade dos SOs Informações sobre a disciplina Serviços Arquitetura

Leia mais

Sistemas Operacionais Introdução

Sistemas Operacionais Introdução Sistemas Operacionais Introdução Adriano J. Holanda http://holanda.xyz 3/8/2015 Sistemas de computação teclado mouse impressora disco rígido monitor processador controladora de disco controladora USB placa

Leia mais

4 Desenvolvimento da ferramenta

4 Desenvolvimento da ferramenta direcionados por comportamento 38 4 Desenvolvimento da ferramenta Visando facilitar a tarefa de documentar requisitos funcionais e de gerar testes automáticos em uma única ferramenta para proporcionar

Leia mais

PROTÓTIPO DE UM SISTEMA DE SEGURANÇA RESIDENCIAL COM LINUX EMBARCADO. Acadêmico: Daniel Baumann Orientador: Miguel Alexandre Wisintainer

PROTÓTIPO DE UM SISTEMA DE SEGURANÇA RESIDENCIAL COM LINUX EMBARCADO. Acadêmico: Daniel Baumann Orientador: Miguel Alexandre Wisintainer PROTÓTIPO DE UM SISTEMA DE SEGURANÇA RESIDENCIAL COM LINUX EMBARCADO Acadêmico: Daniel Baumann Orientador: Miguel Alexandre Wisintainer Roteiro Introdução. Objetivos do trabalho. Fundamentação teórica.

Leia mais

PROTÓTIPO DE UM SISTEMA DE RASTREAMENTO PARA COMPUTADORES

PROTÓTIPO DE UM SISTEMA DE RASTREAMENTO PARA COMPUTADORES UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROTÓTIPO DE UM SISTEMA DE RASTREAMENTO PARA COMPUTADORES Bárbara Dias Pereira Prof. Miguel Alexandre Wisintainer, Orientador ROTEIRO DA

Leia mais

QUESTÕES PROVA 2 (28 a 44)

QUESTÕES PROVA 2 (28 a 44) QUESTÕES PROVA 2 (28 a 44) 28) A orientação a objetos é uma forma abstrata de pensar um problema utilizando-se conceitos do mundo real e não, apenas, conceitos computacionais. Nessa perspectiva, a adoção

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual do Usuário QWCFP. Versão 1.2.0.1

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual do Usuário QWCFP. Versão 1.2.0.1 Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher Manual do Usuário QWCFP Versão 1.2.0.1 Copyright 2000-2014 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste manual estão

Leia mais

Projuris Enterprise Visão Geral da Arquitetura do Sistema

Projuris Enterprise Visão Geral da Arquitetura do Sistema Projuris Enterprise Visão Geral da Arquitetura do Sistema Março/2015 Página 1 de 17 Projuris Enterprise Projuris Enterprise é um sistema 100% Web, com foco na gestão de contencioso por empresas ou firmas

Leia mais

1.1. REQUISITOS NÃO FUNCIONAIS & CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

1.1. REQUISITOS NÃO FUNCIONAIS & CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1. Anexo III - Requisitos Técnicos e de Segurança A SOLUÇÃO deverá atender obrigatoriamente aos requisitos não funcionais e às características técnicas descritos nos itens deste anexo. Os requisitos não

Leia mais

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1 Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1 1 - INTRODUÇÃO NEXCODE NOTE, também conhecido como NEXNOTE, é um conjunto de soluções de software desenvolvidas pelas Nexcode Systems

Leia mais

Sistema Operacional. História Sistema Operacional 1. QI Escolas e Faculdades Apostila de Linux

Sistema Operacional. História Sistema Operacional 1. QI Escolas e Faculdades Apostila de Linux 4 Capítulo 1 Sistema Operacional É uma coleção de programas que inicializa hardwares, fornece rotinas básicas para controle de dispositivos, mantém a integridade de um sistema. Um sistema operacional de

Leia mais

INFORMÁTICA. Sistemas Operacionais. Professor: Rogério Vargas 2014/2

INFORMÁTICA. Sistemas Operacionais. Professor: Rogério Vargas 2014/2 INFORMÁTICA Sistemas Operacionais Professor: Rogério Vargas 2014/2 Introdução Computador é um sistema composto de dois importantes componentes: hardware e software. Hardware é o equipamento físico, e software,

Leia mais

Captura Distribuída. Versão Kodak Info Input 4.0

Captura Distribuída. Versão Kodak Info Input 4.0 Captura Distribuída Versão Kodak Info Input 4.0 Descrição O Kodak Info Input Solution é um aplicativo de captura baseado em navegador que fornece facilidade de implementação e uso. Ele é seguro, escalável,

Leia mais

Guia de Instalação TOTVS Segurança e Acesso 11.6.7

Guia de Instalação TOTVS Segurança e Acesso 11.6.7 10/2013 Sumário 1. Prefácio... 3 1.1. Finalidade... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Organização deste Guia... 3 1.4. Documentações Importantes... 4 2. Introdução... 5 2.1. Arquitetura Distribuída do Produto...

Leia mais

Manual do Usuário Janeiro de 2016

Manual do Usuário Janeiro de 2016 Manual do Usuário Janeiro de 2016 SOBRE CMX CMX é uma interface que dá acesso aos estudantes a milhares de atividades, exercícios e recursos todos posicionados com os padrões e conceitos curriculares.

Leia mais

ANEXO I Termo de Referência

ANEXO I Termo de Referência ANEXO I Termo de Referência 1 - OBJETO, QUANTIDADES, LOCAL, PRAZO E PREÇOS. 1.1. Constitui objeto deste Termo de Referência a contratação do direito de uso, não exclusivo, de licenças de software educacional

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 6 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 6-21/09/2007 1 Ementa Conceitos Básicos de Computação (Hardware, Software e Internet) Softwares Aplicativos Tutorial: Word Tutorial:

Leia mais

Dicas para a prova do MPU (cargos Analista e Técnico) NOÇÕES DE INFORMÁTICA: (comentário por tópico do edital visando o CESPE/UnB)

Dicas para a prova do MPU (cargos Analista e Técnico) NOÇÕES DE INFORMÁTICA: (comentário por tópico do edital visando o CESPE/UnB) Dicas para a prova do MPU (cargos Analista e Técnico) Por Prof.ª Ana Lucia Castilho NOÇÕES DE INFORMÁTICA: (comentário por tópico do edital visando o CESPE/UnB) Assunto: Noções de sistema operacional (ambientes

Leia mais

SCATI SITUATION MANAGER

SCATI SITUATION MANAGER SCATI SITUATION MANAGER PROCEDIMENTOS PERSONALIZÁVEIS Guias do operador para uma verificação de alarmes de eficiência máxima APLICATIVO WEB DE USO INTUITIVO Requisitos mínimos de instalação, manutenção

Leia mais

1. Considerações... 3. 2. Introdução... 3. 3. Configurações necessárias... 3. 3.1. Configurações no Ambiente de rede do Windows...

1. Considerações... 3. 2. Introdução... 3. 3. Configurações necessárias... 3. 3.1. Configurações no Ambiente de rede do Windows... 1 ÍNDICE 1. Considerações... 3 2. Introdução... 3 3. Configurações necessárias... 3 3.1. Configurações no Ambiente de rede do Windows... 3 3.2. Configuração do Internet Explorer... 4 3.3. Software gerenciador

Leia mais

Gerenciamento de Redes de Computadores. Pfsense Introdução e Instalação

Gerenciamento de Redes de Computadores. Pfsense Introdução e Instalação Pfsense Introdução e Instalação Introdução A utilização de um firewall em uma rede de computadores possui o objetivo básico de proteção relacionado a entrada e saída de dados. Introdução O pfsense é um

Leia mais

Introdução. Software (Parte I)

Introdução. Software (Parte I) Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Introdução à Computação Software (Parte I) Prof. a Joseana Macêdo Fechine Régis

Leia mais

Configuração dos clientes da rede sem fio cefetmg_aluno

Configuração dos clientes da rede sem fio cefetmg_aluno Configuração dos clientes da rede sem fio cefetmg_aluno Para realizar as configurações do cliente, é necessário que o mesmo possua conta na base institucional de autenticação de usuários de sistemas de

Leia mais

Funcionalidades da ferramenta zabbix

Funcionalidades da ferramenta zabbix Funcionalidades da ferramenta zabbix Jordan S. Romano¹, Eduardo M. Monks¹ ¹Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS (FATEC PELOTAS) Rua Gonçalves Chaves,

Leia mais

Manual de Instalação, Configuração e Utilização do MG-Soft Web

Manual de Instalação, Configuração e Utilização do MG-Soft Web Manual de Instalação, Configuração e Utilização do MG-Soft Web V 1.7 www.pinaculo.com.br (51) 3541-0700 Sumário 1. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MG-SOFT WEB... 3 1.1. INSTALAÇÃO... 3 1.1.1. IIS Express para

Leia mais

Aula 00 Apresentação da Disciplina

Aula 00 Apresentação da Disciplina Aula 00 Apresentação da e Aplicações Período Letivo 4ª série Carga Horária 120h (160 h/a) 02 Encontros Semanais 5M56 6M56 2 e Aplicações Objetivos Entender os conceitos básicos sobre comunicação de dados;

Leia mais

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Uma poderosa ferramenta de monitoramento Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Abril de 2008 O que é? Características Requisitos Componentes Visual O que é?

Leia mais

Novell ZENworks 10 Asset Management SP2

Novell ZENworks 10 Asset Management SP2 Guia de Introdução do Novell ZENworks 10 Asset Management SP2 10.2 27 de maio de 2009 www.novell.com Guia de Introdução do ZENworks 10 Asset Management Informações Legais A Novell, Inc. não faz representações

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

Infra-estrutura de Software

Infra-estrutura de Software Infra-estrutura de Software Apresentação Ciência da Computação Professor: Carlos Ferraz Monitoria: em formação Horários: Quartas e Sextas, 08-10h (D-005) Laboratório: G4, normalmente URL: http://www.cin.ufpe.br/~cagf/if677/2013-1

Leia mais

Sobre a troca de mensagens por e-mail (eletronic mail) é correto afirmar que:

Sobre a troca de mensagens por e-mail (eletronic mail) é correto afirmar que: Assinale abaixo qual é o único exemplo de senha não segura. a) &8ufnrofm7 b) Mttpocs$%4 c) 1234deus d) **ddavmas! e)!@3oppepnp Sobre segurança na internet e antivírus é correto afirmar que: a) No sistema

Leia mais

UNICE Ensino Superior Linguagem de Programação Ambiente Cliente Servidor.

UNICE Ensino Superior Linguagem de Programação Ambiente Cliente Servidor. UNICE Ensino Superior Linguagem de Programação Ambiente Cliente Servidor. Modelo Cliente/Servidor Por HIARLY ALVES Fortaleza - CE Apresentação. O mais famoso tipo de arquitetura utilizada em redes de computadores

Leia mais

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Versão 1.2 3725-69877-001 Rev.A Novembro de 2013 Neste guia, você aprenderá a compartilhar e visualizar conteúdos durante uma conferência

Leia mais

Diagrama lógico da rede da empresa Fácil Credito

Diagrama lógico da rede da empresa Fácil Credito Diagrama lógico da rede da empresa Fácil Credito Tabela de endereçamento da rede IP da rede: Mascara Broadcast 192.168.1.0 255.255.255.192 192.168.1.63 Distribuição de IP S na rede Hosts IP Configuração

Leia mais

OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO

OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO Institucional OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO Apresentar as vantagens de se trabalhar com Thin Clients Apresentar como funciona a tecnologia Server Based Computing, Virtualização de Desktop e Aplicativos EVOLUÇÃO

Leia mais

Gerenciamento e Impressão

Gerenciamento e Impressão Gerenciamento e Impressão Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation. Intel e Centrino são marcas

Leia mais

Motorola Phone Tools. Início Rápido

Motorola Phone Tools. Início Rápido Motorola Phone Tools Início Rápido Conteúdo Requisitos mínimos...2 Antes da instalação Motorola Phone Tools...3 Instalar Motorola Phone Tools...4 Instalação e configuração do dispositivo móvel...6 Registro

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GLPI

Manual de Utilização do Sistema GLPI Manual de Utilização do Sistema GLPI 1 Introdução Prezado servidor, o GLPI é um sistema de Service Desk composto por um conjunto de serviços para a administração de inventário de equipamentos de informática,

Leia mais

Julgue os itens a seguir, referentes a programas de navegação, programas de correio eletrônico e sítios de busca e pesquisa na Internet.

Julgue os itens a seguir, referentes a programas de navegação, programas de correio eletrônico e sítios de busca e pesquisa na Internet. 01 Q360880 Noções de Informática Internet Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: MDICProva: Agente Administrativo BETA Julgue os itens a seguir, referentes a programas de navegação, programas de correio eletrônico

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML O Desenvolvimento Web O desenvolvimento web é o termo utilizado para descrever atividade relacionada

Leia mais

Informática - Prof. Frank Mattos

Informática - Prof. Frank Mattos Informática - Prof. Frank Mattos Q298262 1. Por padrão, a lixeira do Windows 7 ocupa uma área correspondente a 10% do espaço em disco rígido do computador. Impressionante como essa informação está muito

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop,

Leia mais

Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho

Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho Obs: Não há necessidade de entregar a lista Questões do livro base (Kurose) Questões Problemas

Leia mais

VERSÃO: DIREITOS DE USO: Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Tellfree Brasil Telefonia IP S.A

VERSÃO: DIREITOS DE USO: Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Tellfree Brasil Telefonia IP S.A VERSÃO: Março, 2015. DIREITOS DE USO: Publicação de uso exclusivo, classificada quanto ao nível de sigilo como RESERVADA. A presente documentação é propriedade da Tellfree Brasil Telefonia IP S.A., tem

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP/CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS SAU - SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP/CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS SAU - SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP/CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS SAU - SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO Perfil Self-Service Gestão Livre de Parque de Informática

Leia mais

Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook

Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook Maio de 2012 Conteúdo Capítulo 1: Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook... 5 Introdução ao Conference Manager do Microsoft Outlook... 5 Instalando

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

Atualização, Backup e Recuperação de Software. Número de Peça: 405533-201

Atualização, Backup e Recuperação de Software. Número de Peça: 405533-201 Atualização, Backup e Recuperação de Software Número de Peça: 405533-201 Janeiro de 2006 Sumário 1 Atualizações de Software Recebimento Automático de Atualizações de Software HP...................................

Leia mais

UNIDADE III Sistemas Operacionais WINDOWS

UNIDADE III Sistemas Operacionais WINDOWS UNIDADE III Sistemas Operacionais WINDOWS Objetivo da unidade Objetivo Geral Apontar as noções básicas do Windows Praticar o aprendizado sobre o Sistema Operacional Objetivos Específicos Entender como

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO

MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO: Julho, 2013. DIREITOS DE USO: Publicação de uso exclusivo, classificada quanto ao nível de sigilo como RESERVADA. A presente documentação é propriedade da Tellfree Brasil

Leia mais

Software Planejamento Tributário

Software Planejamento Tributário Software Planejamento Tributário Bem vindo ao segundo manual de instalação do software de Planejamento Tributário, este irá lhe mostrar os passos para o término da instalação e configuração do software

Leia mais

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO DE PETRÓLEO E DERIVADOS... QUESTÃO 21 - Um determinado usuário trabalha em uma rede que possui o servidor anpout.gov.br para envio de e-mails e o servidor anpin.gov.br

Leia mais

OPORTUNIDADES CWI: Analista de Sistemas Sênior

OPORTUNIDADES CWI: Analista de Sistemas Sênior OPORTUNIDADES CWI: Analista de Sistemas Sênior - Experiência em levantamento de requisitos. - Elaboração de especificação funcional. - Desejável conhecimento em logística e transporte. Analista de Testes

Leia mais

Lync Acessando o Lync Web App

Lync Acessando o Lync Web App Lync Acessando o Lync Web App Saiba como ingressar em uma reunião, quais são os recursos disponíveis, as configurações e conheça o layout do Lync Web App. Sumário Lync Web App... 1 Ingressar em uma Reunião

Leia mais

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL... Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...4 Configurações iniciais...5 Arquivo sudoers no Sistema Operacional

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation. As informações

Leia mais

A solução INFOTRÂNSITO abrange sistemas web multiplataformas, podendo ser instalados em ambientes Linux, Windows e Apple.

A solução INFOTRÂNSITO abrange sistemas web multiplataformas, podendo ser instalados em ambientes Linux, Windows e Apple. INFOTRÂNSITO A plataforma INFOTRÂNSITO emprega tecnologias inovadoras para garantir ao poder público um gerenciamento eficaz da operação do trânsito nos grandes centros urbanos. A partir da coleta, em

Leia mais

Conteúdo Programático de PHP

Conteúdo Programático de PHP Conteúdo Programático de PHP 1 Por que PHP? No mercado atual existem diversas tecnologias especializadas na integração de banco de dados com a WEB, sendo o PHP a linguagem que mais se desenvolve, tendo

Leia mais

Informática Básica. Conceitos de Linux

Informática Básica. Conceitos de Linux Informática Básica Conceitos de Linux Introdução Um Sistema Operacional é um programa que tem por função controlar os recursos do computador e servir de interface entre ele e o usuário. Um sistema operacional,

Leia mais

MF = (M1 * 0,4) + (M2 * 0,6) MF < 6 MF = (MF * 0,6) + (EXA * 0,4)

MF = (M1 * 0,4) + (M2 * 0,6) MF < 6 MF = (MF * 0,6) + (EXA * 0,4) Informática Aplicada Prof. Gilmar F. Aquino Filho São Vicente, SP 22/02/2016 EMENTA Fundamentos em Informática; O computador; História; Origem; Funcionamento; Componentes; Conceito de Hardware; Conceito

Leia mais

É um programa de computador.

É um programa de computador. Sistema Operacional Sistema Operacional É um programa de computador. 1 Sistema Operacional Software básico Sistema Operacional Responsável pelo controle do equipamento 2 Sistema Operacional Gerencia o

Leia mais

Guia de Introdução do IBM Security SiteProtector System SP3001

Guia de Introdução do IBM Security SiteProtector System SP3001 Guia de Introdução do IBM Security SiteProtector System SP3001 Este documento fornece orientação durante o processo de conexão e execução da configuração inicial do dispositivo IBM Security SiteProtector

Leia mais

Instalando e Configurando o Ubuntu Desktop e suas Edições

Instalando e Configurando o Ubuntu Desktop e suas Edições Instalando e Configurando o Ubuntu Desktop e suas Edições Instalar o Ubuntu Desktop v14.04 Dual Boot Windows 7 Módulo - VI versão: 1.3-29/05/2014 Professor do Curso de GNU/Linux Ubuntu Desktop Prof. Robson

Leia mais

Prezado aluno, 1 - ) Clique no link que segue: http://speedtest.net/ 2 - ) Clique em iniciar teste: 3-) Verifique a velocidade:

Prezado aluno, 1 - ) Clique no link que segue: http://speedtest.net/ 2 - ) Clique em iniciar teste: 3-) Verifique a velocidade: Prezado aluno, Primeiramente sugerimos que utilize o Google Chrome, um navegador mais rápido e seguro. https://www.google.com/intl/pt-br/chrome/browser/?hl=pt-br&brand=chmi Caso não resolva os problemas,

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

SISTEMA PARA AUTOMATIZAR O MONITORAMENTO DE ROTEADORES DE UM PROVEDOR DE ACESSO

SISTEMA PARA AUTOMATIZAR O MONITORAMENTO DE ROTEADORES DE UM PROVEDOR DE ACESSO FURB Universidade Regional de Blumenau Bacharelado em Ciência da Computação SISTEMA PARA AUTOMATIZAR O MONITORAMENTO DE ROTEADORES DE UM PROVEDOR DE ACESSO Jean Victor Zunino Miguel Alexandre Wisintainer

Leia mais

Professor: Gládston Duarte

Professor: Gládston Duarte Professor: Gládston Duarte INFRAESTRUTURA FÍSICA DE REDES DE COMPUTADORES Ø Computador Ø Instalação e configuração de Sistemas Operacionais Windows e Linux Ø Arquiteturas físicas e lógicas de redes de

Leia mais

Rede de Computadores (REC)

Rede de Computadores (REC) Rede de Computadores (REC) Aula 04 Camada de Aplicação Prof. Jackson Mallmann dcc2jm@joinville.udesc.br Exemplos de requisição via telnet. iniciar / executar / cmd (Windows) telnet endereço telnet 192.168.1.3

Leia mais

Conectar aos Serviços Web

Conectar aos Serviços Web Conectar aos Serviços Web Este documento explica como cadastrar vários serviços Web em sua câmera. É necessário um computador para as configurações dos serviços Web com o CANON image GATEWAY. Para obter

Leia mais

DELEGAÇÃO REGIONAL DO ALENTEJO CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE ÉVORA REFLEXÃO 3

DELEGAÇÃO REGIONAL DO ALENTEJO CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE ÉVORA REFLEXÃO 3 REFLEXÃO 3 Módulos 0771, 0773, 0774 e 0775 1/5 18-02-2013 Esta reflexão tem como objectivo partilhar e dar a conhecer o que aprendi nos módulos 0771 - Conexões de rede, 0773 - Rede local - instalação,

Leia mais

www.profpimentel.com.br

www.profpimentel.com.br CENTRAL DE CURSOS PROF. PIMENTEL 12/03/2016 SIMULADO - INFORMÁTICA TURMA - INSS - TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL Você recebeu sua folha de respostas e este caderno contendo 30 questões objetivas. Leia cuidadosamente

Leia mais

Rotina de Discovery e Inventário

Rotina de Discovery e Inventário 16/08/2013 Rotina de Discovery e Inventário Fornece orientações necessárias para testar a rotina de Discovery e Inventário. Versão 1.0 01/12/2014 Visão Resumida Data Criação 01/12/2014 Versão Documento

Leia mais

FileMaker 15. Guia do WebDirect

FileMaker 15. Guia do WebDirect FileMaker 15 Guia do WebDirect 2013-2016 FileMaker, Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara, Califórnia 95054 FileMaker e FileMaker Go são marcas comerciais

Leia mais

Guia de Início Rápido SystemTweaker

Guia de Início Rápido SystemTweaker Guia de Início Rápido SystemTweaker O SystemTweaker é uma ferramenta segura e fácil de usar para personalizar o Windows de acordo com as suas preferências. Este guia de início rápido irá ajudar você a

Leia mais

SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS - INFORMÁTICA - BOA VISTA-RR

SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS - INFORMÁTICA - BOA VISTA-RR 1. O Aplicativo Java(TM) Plataform 8.65 pode ser definido como: A. Comando B. Anti-Vírus C. Plugin D. Browser E. Controlador 2. Um técnico de suporte de TI recebe o chamado de um usuário que afirma que

Leia mais

Introdução à Computação. Conceitos básicos sobre computadores. ISEP DEI, Angelo Martins 2006 Conceitos básicos sobre computadores - 1

Introdução à Computação. Conceitos básicos sobre computadores. ISEP DEI, Angelo Martins 2006 Conceitos básicos sobre computadores - 1 Introdução à Computação Conceitos básicos sobre computadores ISEP DEI, Angelo Martins 2006 Conceitos básicos sobre computadores - 1 Conteúdo Computadores Apresentação sumária da estrutura interna dos computadores

Leia mais

Impressora HP DeskJet 720C Series. Sete passos simples para configurar a sua impressora

Impressora HP DeskJet 720C Series. Sete passos simples para configurar a sua impressora Impressora HP DeskJet 720C Series Sete passos simples para configurar a sua impressora Parabéns pela aquisição de sua impressora HP DeskJet 720C Series! Aqui está uma lista dos componentes da caixa. Se

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3º Sem. EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3º Sem. EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Gravação e Transmissão

Gravação e Transmissão O D-Guard Center é um poderoso sistema de controle e monitoramento, integrado aos mais diversos equipamentos de segurança eletrônica. Ilimitados dispositivos podem ser controlados e monitorados simultaneamente:

Leia mais

Coletor de Dados de Medição em Média e Alta Tensão Através de Hand Helds

Coletor de Dados de Medição em Média e Alta Tensão Através de Hand Helds XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Coletor de Dados de Medição em Média e Alta Tensão Através de Hand Helds C. E. Affonso

Leia mais

Implementação de Web Services em Projetos de LabVIEW

Implementação de Web Services em Projetos de LabVIEW 1 Implementação de Web Services em Projetos de LabVIEW Alisson Kokot Engenheiro de Vendas Osvaldo Santos Engenheiro de Sistemas 2 Aplicações Web surgem como soluções viáveis profissionalmente 3 Aplicações

Leia mais

HP Visual Collaboration Desktop. Guia do usuário. HP Visual Collaboration Desktop v2.0

HP Visual Collaboration Desktop. Guia do usuário. HP Visual Collaboration Desktop v2.0 HP Visual Collaboration Desktop Guia do usuário HP Visual Collaboration Desktop v2.0 First edition: December 2010 Avisos legais Copyright 2010 Hewlett-Packard Development Company, L.P. As informações aqui

Leia mais

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Índice Introdução 2 Interface administrativa 2 Status 2 Minha conta 3 Opções 3 Equipes de suporte 4 Jumpoint 5 Jump Clients 6 Bomgar Button 6 Mensagens

Leia mais

INTERNET HOST CONNECTOR

INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR IHC: INTEGRAÇÃO TOTAL COM PRESERVAÇÃO DE INVESTIMENTOS Ao longo das últimas décadas, as organizações investiram milhões de reais em sistemas e aplicativos

Leia mais

Soluções em CFTV e Controle Acesso. Manual do usuário. Software Access Control WEB

Soluções em CFTV e Controle Acesso. Manual do usuário. Software Access Control WEB Manual do usuário 1 Manual do usuário Instalação 3 Login 5 Elementos da interface 6 Menu de opções 7 Menu de atalhos 8 Logs 9 Úl mos acessos 9 Abrir porta pelo so ware 9 Alertas 9 Cadastrando uma controladora

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop, browser

Leia mais

D4600 Duplex Photo Printer

D4600 Duplex Photo Printer KODAK D4000 Duplex Photo Printer D4600 Duplex Photo Printer Guia do driver da impressora Janeiro de 2015 TM/MC/MR Licenciado a partir da Eastman Kodak Company: Kodak Kodak Alaris Inc. 2400 Mount Read Blvd.,

Leia mais

Administração de Sistemas GNU/Linux

Administração de Sistemas GNU/Linux Administração de Sistemas GNU/Linux Sistema de Inicialização do Linux e os Runlevels GRACO - Gestores da Rede Acadêmica de Computação Instrutor: Ibirisol Fontes Ferreira Monitor:

Leia mais

ATENAS: Um Sistema Gerenciador de Regras de Negócio

ATENAS: Um Sistema Gerenciador de Regras de Negócio 1. Introdução ATENAS: Um Sistema Gerenciador de Regras de Negócio Geraldo Zimbrão da Silva (IM/UFRJ) Victor Teixeira de Almeida (COPPE/UFRJ) Jano Moreira de Souza (COPPE/UFRJ) Francisco Gonçalves Pereira

Leia mais

Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO

Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO Índice Hyperlinks Descanse o mouse na frase, aperte sem largar o botão Ctrl do seu teclado e click com o botão esquerdo do mouse para confirmar. Introdução

Leia mais

Turno/Horário Noturno PROFESSOR : Salomão Dantas Soares AULA Apostila nº

Turno/Horário Noturno PROFESSOR : Salomão Dantas Soares AULA Apostila nº UNIDADE 1I: SISTEMA COMPITACIONAL Elementos hardware e periféricos Um sistema computacional consiste num conjunto de dispositivos eletrônicos (hardware) capazes de processar informações de acordo com um

Leia mais

Projeto Arquitetural do IEmbedded

Projeto Arquitetural do IEmbedded Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Departamento de Sistemas e Computação Disciplina: Projeto I Professora: Francilene Garcia Equipe: Carolina Nogueira de

Leia mais

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com Servidor IIS Servidor IIS IIS Serviço de informação de Internet; É um servidor que permite hospedar um ou vários sites web no mesmo computador e cria uma distribuição de arquivos utilizando o protocolo

Leia mais

DESENVOLVENDO SOLUÇÕES

DESENVOLVENDO SOLUÇÕES DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Aprovado em: setembro de 2013. Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos reservados. Manual

Leia mais