Programa Erasmus+ Sessão de Apresentação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa Erasmus+ Sessão de Apresentação"

Transcrição

1 Sessão de Apresentação Pedro Cabral Ana Sousa 26 de março 2015 Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa

2 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Gabinete Erasmus Coordenador Erasmus NOVA IMS Professor Doutor Pedro Cabral Gabinete Erasmus NOVA IMS Drª Ana Sousa Telf: Piso 2, Sala 4 Reitoria Gabinete de Relações Internacionais Responsável Dr.ª Tânia Sto António Telf: Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 2

3 Sessão de Apresentação 26 março 2015 O Programa Erasmus+ É o novo programa da União Europeia para a educação, a formação, a juventude e o desporto para o período de O programa Erasmus+ tem por objetivo reforçar as competências e a empregabilidade, bem como modernizar a educação, a formação e a animação da juventude. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 3

4 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Os estudantes ERASMUS devem ser: nacionais de um Estado-membro participante no Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida ou nacionais de outro país, desde que inscritos num curso regular da NOVA IMS, com vista à obtenção de um diploma, desde a licenciatura ao doutoramento. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 4

5 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Programa Erasmus + Mobilidades possíveis: Mobilidade estudos; Mobilidade estágio; Mobilidade estágio recém graduados; Mobilidade docentes; Mobilidade staff. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 5

6 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Mobilidade Estudos / Mobilidade Estágios Prazo de candidaturas: Mobilidades 1º semestre até 12 de Abril de Mobilidades 2º semestre até 26 de Abril de Preenchimento de formulário on-line na página Erasmus no sítio Web da NOVA IMS. Mobilidade Estudos: possibilidade de escolha de três Universidades de Acolhimento diferentes, devendo as mesmas ser indicadas por ordem de preferência. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 6

7 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Mobilidade Estudos Analisar lista de acordos da NOVA IMS (http://www.novaims.unl.pt/estudantes/erasmus.asp). Consultar os sites das universidades de interesse. Escolher a universidade a que se querem candidatar. Dicas: Procurar o courses catalogue, que deverá ter toda a oferta curricular da instituição (verificar a oferta formativa / língua em que é ministrada); Consultar o calendário académico; Enviar s com pedidos de esclarecimento para as possíveis instituições de acolhimento; Preencher candidatura online nos prazos indicados. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 7

8 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Mobilidade Estágios Procurar empresa ou universidade de acolhimento para realizar período de mobilidade em ambiente de trabalho. Analisar eventuais ofertas de estágio divulgadas pelo Gabinete ERASMUS da NOVA IMS. Contactar diretamente a empresa e propor programa de trabalho. Preencher Ficha de Candidatura online, de acordo com as instruções apresentadas na página do Programa ERASMUS da NOVA IMS. Aguardar contacto do Gabinete ERASMUS da NOVA IMS para formalização da candidatura. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 8

9 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Mobilidade Estudos Podem candidatar-se alunos dos diferentes graus de ensino (Licenciatura, Mestrado e Doutoramento). Mobilidade Estágios O Programa Erasmus dá a possibilidade aos estudantes do ensino superior, independentemente do grau académico que frequentem, de realizarem um estágio curricular ou extra-curricular, de 2 a 12 meses, em contexto de trabalho. Estes estágios podem decorrer numa empresa ou numa Instituição de Ensino Superior, sendo que nesta última o estudante não vai realizar um período de estudos, mas adquirir uma experiência de trabalho. Considerando que os cursos da NOVA IMS não integram estágios curriculares a frequência do programa de mobilidade Estágio não confere a concessão de ECTS aos estudantes de licenciatura que o venham a frequentar. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 9

10 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Mobilidade Estágios Recém Graduados Só alunos de Licenciatura. Os alunos têm que se candidatar durante o último ano de curso. O estágio pode durar até 12 meses após a data de conclusão do curso. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 10

11 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Não são elegíveis candidaturas dos estudantes dos cursos de Pós-Graduação. Mobilidade Estudos Caso frequente uma licenciatura O aluno não deverá ter em atraso nenhuma unidade curricular do 1º ano, no final do semestre anterior ao da mobilidade. Mobilidade Estágios Os estudantes de licenciatura deverão estar inscritos no 3º ano, não poderão ter unidades curriculares em atraso no final do semestre anterior ao da mobilidade, e apenas poderão realizar mobilidade em estágio no último semestre do curso. Os estudantes de Mestrado deverão realizar a mobilidade de estágio após conclusão da parte curricular do curso. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 11

12 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Critérios de Ordenação Ordenação segundo a média do estudante no final do semestre anterior ao momento da candidatura; Ordenação segundo o número de ECTS já realizados, a dividir pelo número total de ECTS possíveis de serem realizados até ao final do semestre anterior ao momento da candidatura; Ordenação segundo o número de anos de matrículas para atingir aquele número de ECTS. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 12

13 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Candidaturas - Fases do processo 1. Candidaturas; 2. Apreciação de candidaturas e elaboração do ranking; 3. Divulgação de resultados; 4. Notificação às Universidades parceiras dos alunos selecionados (Estudos); 5. Formalização das candidaturas pelos alunos junto do Gabinete Erasmus; 6. Inserção pelos alunos de elementos e documentos na Plataforma Erasmus da UNL https://erasmus.unl.pt/ ; Formalização pelos alunos das candidaturas junto das Universidades parceiras (Estudos). Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 13

14 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Formalização das candidaturas pelos alunos junto do Gabinete Erasmus Mobilidade Estudos Ficha de estudante; Learning Agreement (Programa de Estudos); Nota: Aprovação do Learning Agreement (Direção de curso e Coordenador Erasmus) Application Form (Formulário de Candidatura); Transcript of Records before (boletim de registo académico antes do período de mobilidade). Cópia de Procuração (opcional); Atenção: Deixar uma cópia da procuração junto de alguém de confiança e com disponibilidade para se deslocar à Reitoria Fotocópia do BI/ NIF / Cartão do Cidadão; Fotocópia do BI / Cartão de cidadão do procurador (opcional); Documento comprovativo da titularidade do NIB; Cartão Europeu de Seguro de Doença / Seguro. Teste de competência linguística; Contrato ERASMUS+; Carta de Estudante ERASMUS+. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 14

15 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Formalização das candidaturas pelos alunos junto do Gabinete Erasmus Mobilidade Estágios Ficha de Estágio; Training Agreement (Programa de Trabalho). Cópia de Procuração (opcional); Atenção: Deixar uma cópia da procuração junto de alguém de confiança e com disponibilidade para se deslocar à Reitoria Fotocópia do BI/ NIF / Cartão do Cidadão; Fotocópia do BI / Cartão de cidadão do procurador (opcional); Documento comprovativo da titularidade do NIB; Cartão Europeu de Seguro de Doença / seguro. Teste de competência linguística; Carta de Estudante ERASMUS+; Contrato ERASMUS+. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 15

16 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Formalização das candidaturas (cont.) Junto da Universidade de Acolhimento Processo variável de acordo com a Instituição de Acolhimento. Atenção: Verificar prazos de envio / submissão de documentos junto da Universidade a que se candidata. Assinatura do Contrato de Estudante (Estudos e Estágio) junto do Gabinete de Relações Internacionais - Reitoria da UNL TODOS os estudantes têm que assinar um contrato de mobilidade, independentemente de lhes ser atribuída, ou não, uma bolsa Erasmus. O contrato pode ser assinado pelo procurador em caso de ausência do estudante. Cartão Europeu de Seguro de Doença udesegurodoenca.htm Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 16

17 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Durante a mobilidade Alterações ao Learning Agreement (se necessário) Contatar o Gabinete Erasmus para envio do formulário e consequente aprovação (até 30 dias depois do inicio da mobilidade). Pedido de prolongamento (se aplicável) (antes de finalizar o período de estudos) Informar por o Gabinete Erasmus sempre que se preveja uma alteração das datas de mobilidade. Quaisquer alterações ao programa de trabalho ou às datas de mobilidade iniciais devem ser comunicadas por ao Gabinete ERASMUS da NOVA IMS, bem como eventuais pedidos de prolongamento!!! Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 17

18 Sessão de Apresentação 26 março 2015 No regresso (Mobilidade Estudos) Solicitar Declaração de Estadia; Solicitar o Transcript of Records after (boletim de registo académico ou certificado de notas); Submeter na plataforma online da Reitoria da UNL os documentos indicados: Declaração de estadia; Transcript of records; Avaliação online obrigatória no final da mobilidade (quando aplicável). O aluno deve trazer a seguinte documentação: Changes ao learning agreement, caso aplicável; Declaração em como efetuou a mobilidade Erasmus; Transcript of records (after). Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 18

19 Sessão de Apresentação 26 março 2015 No regresso (Mobilidade Estágios) Solicitar à empresa o preenchimento da declaração de estadia + descrição das atividades desempenhadas. Submeter na plataforma online da Reitoria da UNL os elementos necessários. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 19

20 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Bolsas Todos os anos é atribuída pela Reitoria da UNL uma verba à NOVA IMS. Com esta verba, e com base nos critérios de seleção mencionados anteriormente, a NOVA IMS distribui a verba disponível pelos alunos. Esta distribuição também se baseia na Tabela de Bolsas de Mobilidade (Valor da Bolsa Mensal para Estudos/ Valor da Bolsa Mensal para Estágio), recomendada pela Agência Nacional, cujos valores são variáveis consoante o grupo de países (países do Programa com custo de vida elevado, médio, mais barato) e o tipo de mobilidade. Os estudantes bolseiros SAS têm prioridade na atribuição de bolsas em relação aos restantes estudantes. Os alunos que nunca beneficiaram de uma bolsa Erasmus da NOVA IMS tem prioridade na atribuição de bolsa em relação aos outros estudantes. Poderá verificar-se que, como o número de bolsas Erasmus é limitado e variável, nem todos os estudantes seleccionados para mobilidade Erasmus possam beneficiar de uma bolsa Erasmus. Estes estudantes são denominados de bolseiros zero. Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 20

21 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Bolsas Bolsas suplementares ERASMUS (para estudantes bolseiros de ação social). Distribuídas de acordo com o ranking elaborado pela NOVA IMS (ver regulamento da NOVA IMS disponível online). Os estudantes bolseiros de ação social que usufruam de bolsa ERASMUS recebem automaticamente uma bolsa complementar ERASMUS. as/pid=156/ppid=34/ Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 21

22 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Bolsas Bolsas Suplementares ERASMUS para pessoas com necessidades especiais, cuja participação no projeto ou ação de mobilidade não seria possível sem suporte financeiro adicional =34/ Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 22

23 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Reconhecimento Todas as unidades curriculares ou estágio que o aluno faça em mobilidade, desde que previamente contemplados no Learning Agreement, Changes ou Training Agreement são obrigatoriamente reconhecidos. O reconhecimento pode ser: Creditação Suplemento ao Diploma Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 23

24 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Acordos Universidad Católica Santa Teresa de Jesús de Avila (Espanha) Hochschule für Technik und Wirtschaft Dresden (Alemanha) University of Applied Sciences (Alemanha) Westfalische Wilhelms - Universität Münster - Institute for Geoinformatics (ifgi) (Alemanha) Universitaet Salzburg (Áustria) Universidade Técnica de Viena (Áustria) IT University of Copenhagen (Dinamarca) University of Ljubljana - Faculty of Economics (Eslovénia) Universidade Jaume I (Espanha) Universidad Politécnica de Catalunya (Espanha) Universidad Complutense de Madrid (Espanha) Universidad Politécnica de Madrid (Espanha) Universidade de Valladolid (Espanha) Acordo em processo de renovação University of Tampere Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 24

25 Sessão de Apresentação 26 março 2015 Acordos University of Thessaly (Grécia) Radboud Universiteit Nijmegen (Holanda) The University of Northumbria at Newcastle (Reino Unido) University of Pardubice Faculty of Economics and Administration (República Checa) Budapest University of Technology and Economics (Hungria) Università degli Studi di Milano-Bicocca (Itália) Università Degli Studi Di Napoli Federico II (Itália) Vilnius University (Lituânia) Bielska Wyzsza Szkola Im. J. Tyszkiewicza (Polónia) Warsaw School of Economics (SGH) (Polónia) Czech University of Life Sciences Prague - Faculty of Economics and Administration (República Checa) EGE University - Faculty of Science e Faculty of Economics and Administrative Sciences (Turquia) Hacettepe University (Turquia) Istanbul Sabathian Zaim University (Turquia) Yildiz Teknik University (Turquia) Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 25

26 Sessão de Apresentação 26 março 2015 A consultar Sítio Web da NOVA IMS Página do Programa Erasmus: Regulamento Lista de Acordos Formulário de Candidatura Sítios Web das Universidades de Acolhimento Sítio Web da Universidade Nova de Lisboa Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação Universidade Nova de Lisboa 26

27

28 Sessão de Esclarecimento Mobilidades Erasmus+ NOVA Information Management School (NOVA IMS) 26 de março de 2015 Gabinete de Relações Internacionais Universidade Outubro NOVA de 2012 de Lisboa

29 Ação-chave I : Mobilidade de indivíduos para fins de aprendizagem (K1) Estudantes para Estudos e Estágios Gabinete de Relações Internacionais Universidade Outubro NOVA de 2012 de Lisboa

30 Todos os documentos deverão ser carregados via Plataforma Erasmus UNL https://erasmus.unl.pt/ Universidade NOVA de Lisboa

31 https://erasmus.unl.pt/ Como funciona? ANTES DA MOBILIDADE 1. Aluno recebe as credenciais por e acede à plataforma alterando a password: Universidade NOVA de Lisboa

32 https://erasmus.unl.pt/ Como funciona? 2. Aluno faz log-in com a nova password. NOTA: O username é sempre o número de identificação civil do estudante (ou passaporte/título de residência): Universidade NOVA de Lisboa

33 https://erasmus.unl.pt/ Como funciona? 3. Aluno deve preencher os seus dados pessoais Universidade NOVA de Lisboa

34 https://erasmus.unl.pt/ Como funciona? 3. Aluno deve preencher os seus dados pessoais Universidade NOVA de Lisboa

35 https://erasmus.unl.pt/ Como funciona? 4. Aluno deve anexar os documentos (no mínimo, os *obrigatórios) e Registar os dados Universidade NOVA de Lisboa

36 https://erasmus.unl.pt/ Como funciona? NOTA: Para cada documento a carregar na plataforma deve ser feito o upload individualmente no ícone aqui assinalado com círculo vermelho. Universidade NOVA de Lisboa

37 https://erasmus.unl.pt/ Como funciona? 5. Se estiver tudo correcto, deverá surgir esta mensagem Universidade NOVA de Lisboa

38 https://erasmus.unl.pt/ Como funciona? 6. A partir deste momento, deve o estudante estar atento à sua caixa de , onde deverá receber o contrato. 7. Quando receber o contrato, deverá seguir as instruções: Imprimir Assinar Digitalizar E devolver para a mesma conta de O pagamento da primeira tanche (70% da subvenção) ocorrerá até 30 dias após a assinatura do contrato pelo Coordenador Institucional Erasmus da NOVA). Universidade NOVA de Lisboa

39 https://erasmus.unl.pt/ Como funciona? NO FINAL DA MOBILIDADE 1. Aluno selecciona a opção regressei da mobilidade e deve fazer o upload dos documentos comprovativos do aproveitamento e declaração de estadia: Universidade NOVA de Lisboa

40 https://erasmus.unl.pt/ Como funciona? NO FINAL DA MOBILIDADE 2. Aluno deve esperar e receber na sua conta de as credenciais para realização do Relatório Final da Mobilidade. 3. O pagamento da segunda tanche (no máximo, 30% da subvenção) ocorrerá até 30 dias após a validação de todos os documentos comprovativos do sucesso da mobilidade. Universidade NOVA de Lisboa

41 https://erasmus.unl.pt/ ACERTO FINAL DA SEGUNDA TRANCHE: Cumpriu exactamente o número de dias previstos: 30% do valor previsto inicialmente. Esteve menos tempo que o previsto: é recalculada a subvenção e irá receber a diferença entre o novo valor apurado e o que já recebeu. Caso o novo valor apurado seja inferior ao que já recebeu, terá de devolver a diferença. Esteve mais tempo que o previsto: Considerando que a verba disponível foi distribuída pelos diversos participantes, não será possível, até prova em contrário, contar com reforço da subvenção. Apenas se houver verba sobrante e/ou verba adicional concedida pela Comissão Europeia, de acordo com critérios a definir pelas respectivas faculdades, poderá haver redistribuição. Caso o participante não tenha qualquer aproveitamento a pelo menos uma das disciplinas previstas no learning agreement, a subvenção comunitária será devolvida na íntegra. Universidade NOVA de Lisboa

42 OLS Online Linguistic Support Universidade NOVA de Lisboa

43 OLS Online Linguistic Support No âmbito do Programa Erasmus+, a Comissão Europeia contratou um serviço online de apoio linguístico (Online Linguistic Support OLS) destinado aos participantes em atividades de mobilidade de longa duração (entre 2 e 12 meses). Todos os estudantes Erasmus que utilizem as línguas inglesa, francesa, alemã, italiana, espanhola ou holandesa como a língua principal de estudo ou trabalho, usufruirão do Online Linguistic Support OLS. Nota: sem custos para os participantes e instituições. Universidade NOVA de Lisboa

44 OLS Online Linguistic Support O OLS consistirá no seguinte: 1. Teste 1 de avaliação da competência linguística do estudante - antes do início da mobilidade OBRIGATÓRIO (prazo: 15 dias) 2. Curso de língua - no início da mobilidade OPCIONAL 3. Teste 2 de avaliação da competência linguística do estudante - duas semanas antes do fim da mobilidade OBRIGATÓRIO (prazo: 10 dias) Universidade NOVA de Lisboa

45 OLS Online Linguistic Support Principais objetivos do OLS: - preparar os estudantes para a mobilidade - aprendizagem/aperfeiçoamento de uma nova língua - analisar a evolução da competência linguística do estudante Importante: os estudantes receberão os convites para o OLS no disponibilizado na Plataforma Erasmus da NOVA. No Contrato de Mobilidade Erasmus+ 2015/16 é previsto o OLS e a sua obrigatoriedade. Universidade NOVA de Lisboa

46 OLS Online Linguistic Support Para mais informações consultar: Universidade NOVA de Lisboa

47 BOLSAS SUPLEMENTARES PARA ESTUDANTES COM DIFICULDADES SOCIOECONÓMICAS Universidade NOVA de Lisboa

48 BOLSAS SUPLEMENTARES PARA ESTUDANTES COM DIFICULDADES SOCIOECONÓMICAS São atribuídas diretamente pelos SAS da NOVA, aos estudantes que já sejam beneficiários desse apoio adicional. Não é necessário qualquer diligência por parte dos estudantes Mais informações: om_dificuldades_socioeconomicas/pid=156/ppid=34/ Universidade NOVA de Lisboa

49 APOIO FINANCEIRO DA AGÊNCIA NACIONAL PARA PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS Universidade NOVA de Lisboa

50 APOIO FINANCEIRO DA AGÊNCIA NACIONAL PARA PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS O Guia do Programa Erasmus+ define uma pessoa com necessidades especiais como um potencial participante cujo estado de saúde, físico ou mental implique que a sua participação no projeto/ação de mobilidade não seja possível sem apoio financeiro adicional. A candidatura deverá ser enviada à Agência Nacional Erasmus+ até 60 dias antes do início da mobilidade. Mais informações: Universidade NOVA de Lisboa

51 POLÍTICA DE CONTACTOS DO GABINETE DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DA REITORIA DA NOVA Universidade NOVA de Lisboa

52 POLÍTICA DE CONTACTOS DO GABINETE DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DA REITORIA DA NOVA Apenas se prestarão informações e esclarecimentos relacionados com as mobilidades Erasmus: Presencialmente, no horário de atendimento do GRI (das 10h às 16:30h, sem interrupções) ao beneficiário ou seu representante legalmente designado para o efeito. Através do preenchimento de formulário de contacto online disponibilizado na página web do GRI: Universidade NOVA de Lisboa

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem GUIA DE CANDIDATURA PARA MOBILIDADE DE ESTUDANTES PARA ESTÁGIOS ERASMUS+ (SMP)

Leia mais

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 Esclarecimentos de dúvidas/informações adicionais: Carolina Peralta/Isabel Silva Gabinete de Relações Internacionais - GRI Rua de Santa Marta, 47, 1º Piso sala 112-1169-023

Leia mais

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos ESTE ANO VOU CONHECER NOVAS PESSOAS ESTE ANO VOU ALARGAR CONHECIMENTOS ESTE ANO VOU FALAR OUTRA LÍNGUA ESTE ANO VOU ADQUIRIR NOVAS COMPETÊNCIAS ESTE ANO VOU VIAJAR ESTE ANO VOU SER ERASMUS Guia do Estudante

Leia mais

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA Programa ERASMUS Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA 1. Quem se pode candidatar à mobilidade Erasmus para estudos?

Leia mais

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA Programa ERASMUS Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA 1. Quem se pode candidatar à mobilidade Erasmus para estudos?

Leia mais

INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Mobilidade Internacional para Estudos REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade

Leia mais

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS Programa ERASMUS Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS FORMALIZAÇÃO DA CANDIDATURA 1. Quais são os prazos para formalizar a candidatura?

Leia mais

Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa

Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional

Leia mais

da Universidade Católica Portuguesa

da Universidade Católica Portuguesa Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO Aprovado no Conselho Científico de 2 de julho de 2014 CAPÍTULO I Disposições

Leia mais

da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO

da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade

Leia mais

Regulamento Erasmus 2011/2012

Regulamento Erasmus 2011/2012 1. Preâmbulo O Programa Erasmus tem como objetivo geral apoiar a criação de um Espaço Europeu de Ensino Superior e reforçar o contributo do ensino superior para, entre outros, o processo de inovação a

Leia mais

ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO

ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional para estágio dos estudantes de Licenciatura

Leia mais

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL ERASMUS + Uma porta aberta para a Europa : O novo programa

Leia mais

GPRI GABINETE DE PROGRAMAS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS

GPRI GABINETE DE PROGRAMAS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS GPRI GABINETE DE PROGRAMAS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS GUIA DE CANDIDATURA PARA ENSINO E ESTÁGIOS ERASMUS+ Conteúdos I Mobilidade Erasmus+ ENSINO II Candidatura à Mobilidade de Ensino ERASMUS + III Outras

Leia mais

wertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopas Guia Prático de Mobilidade dos dfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl

wertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopas Guia Prático de Mobilidade dos dfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwert yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa sdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghj klçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxc vbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmq Gabinete de Relações Exteriores wertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty

Leia mais

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante ERASMUS Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Guia do Estudante Normas Gerais A mobilidade de estudantes, uma das acções mais frequentes do Programa, inclui duas vertentes de actividade: realização

Leia mais

GUIA DE CANDIDATURA PARA. ESTÁGIOS ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMp)

GUIA DE CANDIDATURA PARA. ESTÁGIOS ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMp) GUIA DE CANDIDATURA PARA ESTÁGIOS ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMp) INTRODUÇÃO 1. O que é um estágio Erasmus? O Estágio Erasmus é uma parte da sua formação académica (curricular ou extra-curricular) efectuada

Leia mais

GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP)

GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP) GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP) INFORMAÇÃO GERAL 1. O que é um estágio Erasmus? O Estágio Erasmus é uma parte da sua formação académica (curricular ou extracurricular) efectuada

Leia mais

normas de carácter geral programa ERASMUS na vertente estudos

normas de carácter geral programa ERASMUS na vertente estudos programa ERASMUS+ 2016 2017 FACULDADE DE BELAS-ARTES UNIVERSIDADE DE LISBOA guia informativo do programa erasmus estudos o que é o programa ERASMUS +? O programa ERASMUS+, com início em Janeiro de 2014,

Leia mais

Já fui beneficiário de uma mobilidade Erasmus. Posso candidatar-me novamente? Durante quanto tempo poderei realizar o período de mobilidade?

Já fui beneficiário de uma mobilidade Erasmus. Posso candidatar-me novamente? Durante quanto tempo poderei realizar o período de mobilidade? ERASMUS+ - MOBILIDADE DE ESTUDANTES PERGUNTAS FREQUENTES O que é o Erasmus+? Quais os tipos de mobilidade a que posso concorrer? Quem pode candidatar-se? Que restrições existem? Já fui beneficiário de

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA

FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional para estudos

Leia mais

REGULAMENTO ACADÉMICO. VI. Mobilidade internacional REG-001/V00

REGULAMENTO ACADÉMICO. VI. Mobilidade internacional REG-001/V00 Mobilidade de Estudos 1. Objeto O presente Regulamento define as regras de Mobilidade de Estudantes ao abrigo dos Programas Garcilaso (Laureate International Universities) e de Aprendizagem ao Longo da

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE PROGRAMA SECTORIAL ERASMUS REGULAMENTO DE MOBILIDADE

INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE PROGRAMA SECTORIAL ERASMUS REGULAMENTO DE MOBILIDADE INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE PROGRAMA SECTORIAL ERASMUS REGULAMENTO DE MOBILIDADE 1. Introdução O presente documento visa regulamentar as condições a que deve obedecer a mobilidade de estudantes,

Leia mais

Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016

Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016 Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016 1. Mobilidade Internacional de Estudantes Os alunos da Universidade Fernando Pessoa (UFP) que cumpram

Leia mais

Sessão Esclarecimento ERASMUS

Sessão Esclarecimento ERASMUS Sessão Esclarecimento ERASMUS 2014/2015 07/03/2014 O Erasmus Estudos (SMS) - podem fazer disciplinas e o trabalho/projeto para a tese; O Erasmus Estágio (SMP) - não podem fazer disciplinas, mas podem fazer

Leia mais

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido PROGRAMA ERASMUS+ AÇÃO 1 MOBILIDADE INDIVIDUAL PARA FINS DE APRENDIZAGEM ENSINO SUPERIOR 2015 TABELA DE BOLSAS DE MOBILIDADE ESTUDANTES PARA ESTUDOS E ESTÁGIOS TABELA 1 De Portugal Continental para: Valor

Leia mais

ONLINE LINGUISTIC SUPPORT OLS

ONLINE LINGUISTIC SUPPORT OLS Reunião de Monitorização KA1 Ensino Superior 2014 OLS 7 Outubro 2014 KA1 Ensino Superior 2014 - Serviço online de apoio linguístico contratado pela Comissão Europeia - Participantes em atividades de mobilidade

Leia mais

Sessão de Esclarecimento sobre o Programa Erasmus 2015-16

Sessão de Esclarecimento sobre o Programa Erasmus 2015-16 Sessão de Esclarecimento sobre o Programa Erasmus 015-16 Coordenadora de Mobilidade Outgoing Profª Cristina Firmino (Gab. 64, ESGHT - Faro -cfirmino@ualg.pt) Acrónimo do nome oficial em língua Inglesa:

Leia mais

Mobilidade Estudantil:

Mobilidade Estudantil: Mobilidade Estudantil: 1. Programa Erasmus: Alunos de Economia, Finanças, Gestão e MAEG 2. Protocolo Brasil e China: Alunos de Economia, Finanças, Gestão e MAEG 2 Protocolo Brasil e China As regras a aplicar

Leia mais

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PROGRAMA DE GRADUAÇÃO / DOUTORADO SANDUÍCHE / PÓS-DOUTORADO / PESSOAL ACADEMICO E ADMINISTRATIVO PROGRAMA ERASMUS MUNDUS EBW+ Edital de Seleção

Leia mais

Coordenadora de Mobilidade Outgoing Prof. Cristina Firmino (Gab. 64, ESGHT - Faro -cfirmino@ualg.pt)

Coordenadora de Mobilidade Outgoing Prof. Cristina Firmino (Gab. 64, ESGHT - Faro -cfirmino@ualg.pt) Informação sobre o Programa Erasmus 2013-14 14 Coordenadora de Mobilidade Outgoing Prof. Cristina Firmino (Gab. 64, ESGHT - Faro -cfirmino@ualg.pt) Acrónimo do nome oficial em língua Inglesa: European

Leia mais

FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio

FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio 1. Devo matricular-me na UAc mesmo indo para o estrangeiro? 2. Tenho de pagar propinas na UAc? 3. Tenho que pagar propinas na Universidade

Leia mais

GUIA DE CANDIDATURA PARA A ACTIVIDADE DE MOBILIDADE DE ESTUDANTES PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMp)

GUIA DE CANDIDATURA PARA A ACTIVIDADE DE MOBILIDADE DE ESTUDANTES PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMp) GUIA DE CANDIDATURA PARA A ACTIVIDADE DE MOBILIDADE DE ESTUDANTES PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMp) I INFORMAÇÃO GERAL LLP/ERASMUS Placements A Universidade de

Leia mais

Instituto Politécnico de Beja. Regulamento do Programa Leonardo da Vinci (Mobilidade) 2012/2013. Get a Placement in Europe (GaPE)

Instituto Politécnico de Beja. Regulamento do Programa Leonardo da Vinci (Mobilidade) 2012/2013. Get a Placement in Europe (GaPE) Instituto Politécnico de Beja Regulamento do Programa Leonardo da Vinci (Mobilidade) 01/013 Get a Placement in Europe (GaPE) Enquadramento O projeto Get a Placement in Europe (GaPE) tem como principal

Leia mais

GUIA DO ESTUDANTE EM MOBILIDADE NO ESTRANGEIRO PERÍODO DE ESTUDOS ERASMUS

GUIA DO ESTUDANTE EM MOBILIDADE NO ESTRANGEIRO PERÍODO DE ESTUDOS ERASMUS GUIA DO ESTUDANTE EM MOBILIDADE NO ESTRANGEIRO PERÍODO DE ESTUDOS ERASMUS Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 2 Calendarização até à

Leia mais

GUIA PARA CANDIDATURAS ONLINE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

GUIA PARA CANDIDATURAS ONLINE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA GUIA PARA CANDIDATURAS ONLINE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA Este é um guia prático do processo de inscrição online em programas de mobilidade para estudantes da Universidade de Coimbra

Leia mais

Contrato Erasmus+ AÇÃO-CHAVE 1 Mobilidade individual para fins de aprendizagem. Ensino Superior - Mobilidade para estudos e/ou estágio

Contrato Erasmus+ AÇÃO-CHAVE 1 Mobilidade individual para fins de aprendizagem. Ensino Superior - Mobilidade para estudos e/ou estágio Contrato Erasmus+ AÇÃO-CHAVE 1 Mobilidade individual para fins de aprendizagem Ensino Superior - Mobilidade para estudos e/ou estágio [Denominação legal da entidade de envio e código Erasmus, se aplicável]

Leia mais

PROGRAMAS DE MOBILIDADE - GUIA DO ALUNO

PROGRAMAS DE MOBILIDADE - GUIA DO ALUNO PROGRAMAS DE MOBILIDADE - GUIA DO ALUNO 1. ENTIDADES COORDENADORAS Coordenador de Mobilidade do Mestrado em: Engenharia Biológica (https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/cursos/mebiol/programas-de-mobilidade

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE SAÚDE DO ALTO AVE Regulamento de Mobilidade Internacional

INSTITUTO SUPERIOR DE SAÚDE DO ALTO AVE Regulamento de Mobilidade Internacional INSTITUTO SUPERIOR DE SAÚDE DO ALTO AVE Regulamento de Mobilidade Internacional Programa ERASMUS - Outgoing Artigo 1º Objecto O presente Regulamento rege a mobilidade de estudantes, docentes e colaboradores

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES ERASMUS+ 2015/2016

PERGUNTAS FREQUENTES ERASMUS+ 2015/2016 O que é o Erasmus+? O Erasmus+ teve início no dia 1 de Janeiro de 2014. PERGUNTAS FREQUENTES ERASMUS+ 2015/2016 O Erasmus+ é o novo programa da UE para a educação, formação, juventude e desporto que se

Leia mais

Escola Superior Artística do Porto

Escola Superior Artística do Porto Escola Superior Artística do Porto REGULAMENTO Mobilidade de Estudos Erasmus+ de Alunos com base no Erasmus+ Programme Guide promovido pela Comissão Europeia A vigorar no ano letivo 2014/2015 e anos letivos

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015

REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015 REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015 Este concurso visa reforçar a cooperação existente entre a Universidade de Coimbra (UC) e as instituições suas parceiras,

Leia mais

Regulamento. Atribuição de uma Bolsa Suplementar Erasmus (BSE-SOC) - 2013/2014

Regulamento. Atribuição de uma Bolsa Suplementar Erasmus (BSE-SOC) - 2013/2014 Regulamento Atribuição de uma Bolsa Suplementar Erasmus (BSE-SOC) - 2013/2014 A. Enquadramento 1. O presente regulamento define e estabelece o regime de submissão e validação de candidaturas, e o processo

Leia mais

PROGRAMAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

PROGRAMAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL PROGRAMAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL 1) Se eu pretender realizar mobilidade apenas no 2º semestre do próximo ano académico, quando é que devo apresentar a candidatura? 2) Quando é que devo efectuar o

Leia mais

Regulamento de mobilidade internacional do programa Erasmus no ISAVE

Regulamento de mobilidade internacional do programa Erasmus no ISAVE Regulamento de mobilidade internacional do programa Erasmus no ISAVE Artigo 1º Objecto O presente Regulamento rege a mobilidade de estudantes, docentes e funcionários ao abrigo do Programa Erasmus no ISAVE

Leia mais

FAQ S ESTUDOS ERASMUS

FAQ S ESTUDOS ERASMUS FAQ S ESTUDOS ERASMUS 1. Quem se pode candidatar? Podem-se candidatar ao programa Erasmus todos os estudantes cidadãos, ou com estatuto de residente permanente de um dos 27 países da União Europeia, e

Leia mais

Instituto Ciências da Saúde. da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO

Instituto Ciências da Saúde. da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO Instituto Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO 1 CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional

Leia mais

REGULAMENTO DE PROGRAMAS DE MOBILIDADE E INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES OUTGOING INCOMING

REGULAMENTO DE PROGRAMAS DE MOBILIDADE E INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES OUTGOING INCOMING 1 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Objecto O presente regulamento estabelece o regime aplicável aos programas de intercâmbio, mobilidade de estudantes e cooperação internacional nos quais o IPAM

Leia mais

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Apresentação ERASMUS+ - Ensino Superior O Erasmus+ é o novo programa da UE dedicado à educação, formação, juventude e desporto. O programa tem início

Leia mais

GUIA PARA CANDIDATURAS ONLINE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

GUIA PARA CANDIDATURAS ONLINE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA GUIA PARA CANDIDATURAS ONLINE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA Este é um guia prático do processo de inscrição online em programas de mobilidade para estudantes da Universidade de Coimbra

Leia mais

MOBILIDADE DE ESTUDANTES (SMS SMP)

MOBILIDADE DE ESTUDANTES (SMS SMP) MOBILIDADE DE ESTUDANTES (SMS SMP) Critérios de elegibilidade do Estudante Erasmus Estatuto legal do estudante: Os estudantes devem ser nacionais de um estado membro participante no Programa de Aprendizagem

Leia mais

Programa Erasmus Regras de mobilidade para alunos da ECT

Programa Erasmus Regras de mobilidade para alunos da ECT Programa Erasmus Regras de mobilidade para alunos da ECT Introdução O Programa Erasmus é uma iniciativa da União Europeia que fornece meios para a realização de períodos de mobilidade académica em instituições

Leia mais

EDITAL N o. 10/2015 ARI/GR (Graduação Sanduíche - alvo 03/Doutorado sanduíche/pós-doutorado/staff - Docente e Pessoal Administrativo)

EDITAL N o. 10/2015 ARI/GR (Graduação Sanduíche - alvo 03/Doutorado sanduíche/pós-doutorado/staff - Docente e Pessoal Administrativo) EDITAL N o. 10/2015 ARI/GR (Graduação Sanduíche - alvo 03/Doutorado sanduíche/pós-doutorado/staff - Docente e Pessoal Administrativo) Para a seleção de bolsistas de mobilidade estudantil internacional

Leia mais

Programa ERASMUS+ Regulamento UBI

Programa ERASMUS+ Regulamento UBI Programa ERASMUS+ Regulamento UBI 1. Critérios de elegibilidade dos estudantes ERASMUS+ O (a) estudante deverá preencher todos os requisitos enunciados nas Normas para a Gestão das Subvenções Erasmus 2014/2015,

Leia mais

REGULAMENTO Regulamento do programa de Aprendizagem ao Longo da Vida (LLP) ERASMUS Mobilidade de Alunos Missão de Estudos e Estágios

REGULAMENTO Regulamento do programa de Aprendizagem ao Longo da Vida (LLP) ERASMUS Mobilidade de Alunos Missão de Estudos e Estágios RG- 10-01 Data: 2010-01-06 INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA ESAC Escola Superior Agrária de Coimbra ESEC Escola Superior de Educação de Coimbra ESTeSC Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra

Leia mais

EDITAL SRI-UNIFEI 01/2015

EDITAL SRI-UNIFEI 01/2015 EDITAL SRI-UNIFEI 01/2015 A Universidade Federal de Itajubá, por meio de sua Secretaria de Relações Internacionais SRI, torna pública a chamada para seleção de candidatos para participação no programa

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA DE INTERCÂMBIO PARA ALUNOS, PROFESSORES E SERVIDORES DA UEA PELO PROGRAMA ERAMUS EBW+ INSTRUÇÕES GERAIS

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA DE INTERCÂMBIO PARA ALUNOS, PROFESSORES E SERVIDORES DA UEA PELO PROGRAMA ERAMUS EBW+ INSTRUÇÕES GERAIS Processo de Seleção para estudantes, diplomados e professores da área de educação e tecnologia estudarem em universidades estrangeiras dos países: Espanha, França, Itália, Letônia, Malta, Portugal e Suécia.

Leia mais

O REITOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS UniEVANGÉLICA, no uso de suas atribuições, torna público o

O REITOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS UniEVANGÉLICA, no uso de suas atribuições, torna público o CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS REITORIA EDITAL Nº. 30, DE 26 DE AGOSTO DE 2015. SELEÇÃO PARA PROGRAMA DE BOLSAS ERASMUS MUNDUS PROJETO EURO BRAZILIAN WINDOWS (EBW +). O REITOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

Bergen Arkitekt Skole Noruega http://www.bas.org Esta Universidade recomenda aos alunos candidatos o domínio de inglês - nível B1

Bergen Arkitekt Skole Noruega http://www.bas.org Esta Universidade recomenda aos alunos candidatos o domínio de inglês - nível B1 MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITETURA. Aalto University Finlândia http://architecture.aalto.fi/en Esta Universidade recomenda aos alunos candidatos o domínio de inglês - nível B2/C1 Bergen Arkitekt Skole Noruega

Leia mais

GUIA PARA CANDIDATURAS ONLINE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

GUIA PARA CANDIDATURAS ONLINE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA GUIA PARA CANDIDATURAS ONLINE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA Este é um guia prático do processo de inscrição online em programas de mobilidade para estudantes da Universidade de Coimbra

Leia mais

Passo a passo para o Apply do EBW+

Passo a passo para o Apply do EBW+ Passo a passo para o Apply do EBW+ 1 Passo: Acesse o site do Euro-Brazilian Windows +: http://ebwplus.up.pt/ 2º Passo: Altere o idioma para facilitar o entendimento das informações. 3º Passo: Após alterar

Leia mais

HOPE PORTUGAL. Regulamento do Programa de Intercâmbio

HOPE PORTUGAL. Regulamento do Programa de Intercâmbio HOPE PORTUGAL Regulamento do Programa de Intercâmbio Disposições aplicáveis 1- Os procedimentos e normas que regem o programa acima referido e abaixo denominado Intercâmbio, constam do presente documento,

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR Departamento de Psicopedagogia e Orientação Vocacional ACESSO AO ENSINO SUPERIOR Serviços de Psicologia e Orientação Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo A psicóloga: Paula Jerónimo (paula.jeronimo@colegio-j-barros.com)

Leia mais

Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objecto) O presente regulamento estabelece a orgânica do Gabinete Erasmus, bem

Leia mais

Bergen Arkitekt Skole Noruega http://www.bas.org Esta Universidade recomenda aos alunos candidatos o domínio de inglês - nível B1

Bergen Arkitekt Skole Noruega http://www.bas.org Esta Universidade recomenda aos alunos candidatos o domínio de inglês - nível B1 MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITETURA. Aalto University Finlândia http://architecture.aalto.fi/en Esta Universidade recomenda aos alunos candidatos o domínio de inglês - nível B2/C1 Bergen Arkitekt Skole Noruega

Leia mais

NOTA: Para o preenchimento dos formulários em linha, é necessário que Javascript e cookies estejam activados (Internet Explorer e Firefox)

NOTA: Para o preenchimento dos formulários em linha, é necessário que Javascript e cookies estejam activados (Internet Explorer e Firefox) 2012/13 Universidade de Coimbra Mobilidade de Estudantes OUTRAS MOBILIDADES Guia de Inscrição online Guia prático do processo de inscrição online em programas de mobilidade para estudantes da Universidade

Leia mais

Regulamento de Aplicação do Sistema do Europeu de Transferência de Créditos (ECTS) à formação ministrada pelo Instituto Politécnico de Santarém (IPS)

Regulamento de Aplicação do Sistema do Europeu de Transferência de Créditos (ECTS) à formação ministrada pelo Instituto Politécnico de Santarém (IPS) Regulamento de Aplicação do Sistema do Europeu de Transferência de Créditos (ECTS) à formação ministrada pelo Instituto Politécnico de Santarém (IPS) CAPÍTULO I Objecto, âmbito e conceitos Artigo 1º Objecto

Leia mais

BOLSA FULBRIGHT / FUNDAÇÃO CARMONA E COSTA PARA MESTRADO EM BELAS ARTES / DESENHO REGULAMENTO I DISPOSIÇÕES GERAIS

BOLSA FULBRIGHT / FUNDAÇÃO CARMONA E COSTA PARA MESTRADO EM BELAS ARTES / DESENHO REGULAMENTO I DISPOSIÇÕES GERAIS BOLSA FULBRIGHT / FUNDAÇÃO CARMONA E COSTA PARA MESTRADO EM BELAS ARTES / DESENHO REGULAMENTO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º - Objecto O presente Regulamento consagra as normas aplicáveis à atribuição

Leia mais

Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura

Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura ANTES do preenchimento da candidatura: o que precisa saber/fazer? Consultar as Normas do Programa e as Perguntas mais Frequentes disponíveis

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA E INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE SELECÇÃO

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA E INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE SELECÇÃO 4.ª EDIÇÃO DO PEPAL INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA E INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE SELECÇÃO 1 Índice 1. DESTINATÁRIOS DO PEPAL...3 2. CANDIDATURAS DOS ESTAGIÁRIOS...4 2.1.

Leia mais

Programa de Bolsas Ibero-américa Santander Normas do Programa ISCTE-IUL 2016

Programa de Bolsas Ibero-américa Santander Normas do Programa ISCTE-IUL 2016 Programa de Bolsas Ibero-américa Santander Normas do Programa ISCTE-IUL 2016 Introdução O Banco Santander, através da sua divisão Santander Universidades, promove o Programa de Bolsas Ibero-américa, um

Leia mais

REGULAMENTO ACADÉMICO. III. Disposições específicas para licenciaturas REG-001/V00

REGULAMENTO ACADÉMICO. III. Disposições específicas para licenciaturas REG-001/V00 III. Disposições específicas para licenciaturas Artigo 1º Concessão do Grau 1. O grau de licenciado é conferido aos que, através da aprovação em todas as unidades curriculares obrigatórias e optativas

Leia mais

REGULAMENTO. Tesouraria. Elaborado por: Aprovado por: Versão Direção do ISPA - CRL. Direção do ISPA - CRL 1.14

REGULAMENTO. Tesouraria. Elaborado por: Aprovado por: Versão Direção do ISPA - CRL. Direção do ISPA - CRL 1.14 Tesouraria REGULAMENTO Elaborado por: Aprovado por: Versão Direção do ISPA - CRL Direção do ISPA - CRL O presidente da Direção do ISPA - CRL (Prof. Doutor Emanuel Gonçalves) O presidente da Direção do

Leia mais

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 O Departamento de Informática (DI) da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) procura criar e estreitar

Leia mais

Estágios Internacionais. Programa Erasmus + Ação 1 Mobilidade para Aprendizagem

Estágios Internacionais. Programa Erasmus + Ação 1 Mobilidade para Aprendizagem Estágios Internacionais Programa Erasmus + Ação 1 Mobilidade para Aprendizagem A Escola Profissional Magestil vai promover a realização de estágios internacionais ao abrigo do Programa Erasmus+ (Ação 1).

Leia mais

Instituto Politécnico de Santarém. Escola Superior de Gestão MANUAL DO ESTUDANTE SÓCRATES/ERASMUS

Instituto Politécnico de Santarém. Escola Superior de Gestão MANUAL DO ESTUDANTE SÓCRATES/ERASMUS Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Gestão MANUAL DO ESTUDANTE SÓCRATES/ERASMUS Conselho Directivo INDICE 1. Introdução 2. Programa Sócrates/Erasmus 2.1 Enquadramento Geral 2.2 Quem pode

Leia mais

Universidade de Coimbra Faculdade de Medicina Relações Internacionais 2014-2015

Universidade de Coimbra Faculdade de Medicina Relações Internacionais 2014-2015 Universidade de Coimbra Faculdade de Medicina 2014-2015 1. Programas de Mobilidade: - ERASMUS+ (SMS e SMP) - Almeida Garrett (a nível nacional e durante 1 semestre) - Brasil (só 6º Ano) - Outras mobilidades

Leia mais

Regulamento do Programa Erasmus +

Regulamento do Programa Erasmus + Regulamento do Programa Erasmus + Projeto Novas competências para o futuro 2015-2017 O que é o Erasmus +? Erasmus+ é o programa da União Europeia nos domínios da educação, da formação, da juventude e do

Leia mais

Reitoria PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES. Regulamento. Artigo 1º (Disposições Gerais)

Reitoria PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES. Regulamento. Artigo 1º (Disposições Gerais) Reitoria PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES Regulamento Artigo 1º (Disposições Gerais) O Programa de Bolsas de Mobilidade para Estudantes da Universidade de Lisboa tem por objectivo proporcionar

Leia mais

Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez

Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Processo de Matricula - Alunos 1º Ano 1ª Vez O processo de matrícula consiste em 3 passos: 1. Pagamento e entrega de documentos (nos

Leia mais

PROGRAMA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS NA ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO ESTADO PEPAC INSTRUÇÕES DE PARAMETRIZAÇÃO DOS ESTÁGIOS. Informações gerais

PROGRAMA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS NA ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO ESTADO PEPAC INSTRUÇÕES DE PARAMETRIZAÇÃO DOS ESTÁGIOS. Informações gerais PROGRAMA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS NA ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO ESTADO PEPAC INSTRUÇÕES DE PARAMETRIZAÇÃO DOS ESTÁGIOS I Informações gerais As entidades promotoras que disponibilizam estágios ao abrigo

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIDADANIA, CONFIANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

EDITAL MESTRADO EM COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIDADANIA, CONFIANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL MESTRADO EM COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIDADANIA, CONFIANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL (Edição 2012-2014) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei

Leia mais

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT PROCEDIMENTO Ref. Pcd. 3-sGRHF Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT Data: 14 /07/2011 Elaboração Nome: Fátima Serafim e Helena

Leia mais

GUIA DE APOIO ÀS CANDIDATURAS

GUIA DE APOIO ÀS CANDIDATURAS GUIA DE APOIO ÀS CANDIDATURAS Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura: ANTES do preenchimento da candidatura: o que precisa saber/ fazer? Reunir informação: Consultar as Normas

Leia mais

O requerimento de atribuição da bolsa Retomar deve ser submetido entre 1 de abril e 31 de julho.

O requerimento de atribuição da bolsa Retomar deve ser submetido entre 1 de abril e 31 de julho. Perguntas Frequentes: CANDIDATURAS E PRAZOS 1. Quais os prazos para apresentar candidatura ao Programa Retomar? O requerimento de atribuição da bolsa Retomar deve ser submetido entre 1 de abril e 31 de

Leia mais

Perguntas e respostas - FAQ sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados

Perguntas e respostas - FAQ sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados Perguntas e respostas - FAQ sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados 1. Pergunta: Quais são os dados que devem ser lidos antes de apresentar o pedido? Resposta: Devem ser lidos pormenorizadamente

Leia mais

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO Aprovado em reunião da Comissão Coordenadora do Conselho Científico em 22/11/2006 Aprovado em reunião de Plenário do Conselho Directivo em 13/12/2006 PREÂMBULO

Leia mais

Regulamento. Atribuição de uma Bolsa Suplementar Erasmus (BSE-SOC) - 2011/2012

Regulamento. Atribuição de uma Bolsa Suplementar Erasmus (BSE-SOC) - 2011/2012 Regulamento Atribuição de uma Bolsa Suplementar Erasmus (BSE-SOC) - 2011/2012 A. Enquadramento 1. O presente regulamento define e estabelece o regime de submissão e validação de candidaturas, e o processo

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSA IBERO-AMÉRICA. ESTUDANTES DE LICENCIATURA E MESTRADO SANTANDER UNIVERSIDADES CONVOCATÓRIA 2015

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSA IBERO-AMÉRICA. ESTUDANTES DE LICENCIATURA E MESTRADO SANTANDER UNIVERSIDADES CONVOCATÓRIA 2015 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSA IBERO-AMÉRICA. ESTUDANTES DE LICENCIATURA E MESTRADO SANTANDER UNIVERSIDADES CONVOCATÓRIA 2015 O Programa Bolsas Ibero-américa. Estudantes de Licenciatura e

Leia mais

REGULAMENTO Mobilidade Macau

REGULAMENTO Mobilidade Macau Face à parceria estabelecida entre a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) e o Instituto de Formação Turística em Macau (IFT Macau) no âmbito da qual são facultadas possibilidades de

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015 É do interesse das Instituições de Ensino Superior promover a excelência do ensino, propiciando aos seus estudantes

Leia mais

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012 INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012 Serviço de Cooperação com os Países Lusófonos e Latino-Americanos SCPLLA Endereço Reitoria da Universidade

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL Parceria: ESTBarreiro/IPS - ISE/UAlg

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL Parceria: ESTBarreiro/IPS - ISE/UAlg REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL Parceria: ESTBarreiro/IPS - ISE/UAlg PREÂMBULO O Decreto Lei n.º 74/2006, de 24 de março, alterado pelos Decretos Lei n. os 107/2008, de 25 de Junho,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO EDITAL 01/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO EDITAL 01/2015 MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO EDITAL 01/2015 Vitória, 28 de janeiro de 2015. APRESENTAÇÃO A Secretaria de Relações Internacionais da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), no uso de suas atribuições

Leia mais

Guia Prático de Registo, Preenchimento e Submissão de Candidaturas à. Bolsa de Estudo 2015/2016

Guia Prático de Registo, Preenchimento e Submissão de Candidaturas à. Bolsa de Estudo 2015/2016 Guia Prático de Registo, Preenchimento e Submissão de Candidaturas à Bolsa de Estudo 2015/2016 O que é? A bolsa de estudo é uma prestação pecuniária anual para comparticipação nos encargos com a frequência

Leia mais

ISEC SGAP Paula Mexia Paulo Oliveira

ISEC SGAP Paula Mexia Paulo Oliveira Secretaria Virtual INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA MANUAL DE MATRÍCULA / INSCRIÇÃO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO CONCURSOS ESPECIAIS REINGRESSOS MUDANÇAS DE CURSO E TRANSFERÊNCIAS CTESP Revisão

Leia mais

Serviços de Acção Social do Instituto Politécnico de Viana do Castelo. Regulamento de Atribuição de Bolsa de Apoio Social

Serviços de Acção Social do Instituto Politécnico de Viana do Castelo. Regulamento de Atribuição de Bolsa de Apoio Social Serviços de Acção Social do Instituto Politécnico de Viana do Castelo Regulamento de Atribuição de Bolsa de Apoio Social O Conselho de Ação Social do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, atento à

Leia mais

PRÉ-CANDIDATURAS E SELEÇÃO DOS CANDIDATOS... 2 CANDIDATURAS... 5 PREPARAÇÃO DA MOBILIDADE... 8 DURANTE O PERIODO DE MOBILIDADE...

PRÉ-CANDIDATURAS E SELEÇÃO DOS CANDIDATOS... 2 CANDIDATURAS... 5 PREPARAÇÃO DA MOBILIDADE... 8 DURANTE O PERIODO DE MOBILIDADE... Índice PRÉ-CANDIDATURAS E SELEÇÃO DOS CANDIDATOS... 2 CANDIDATURAS... 5 PREPARAÇÃO DA MOBILIDADE... 8 DURANTE O PERIODO DE MOBILIDADE... 12 Gabinete de Mobilidade ICBAS - 2013 Página 1 PRÉ-CANDIDATURAS

Leia mais