o compromisso. Um sonho, uma promessa,

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "o compromisso. Um sonho, uma promessa,"

Transcrição

1 Easy to drive

2 Sempre sonhamos com um atendimento completo incluindo serviços de comissionamento, assistência técnica 24 horas, reparos em laboratório em menos de um dia ou substituição do equipamento. Garantia de 3 anos, prazo de entrega imediato, cursos de treinamento e suporte em engenharia de aplicação. Um sonho, uma promessa, o compromisso.

3 ÍNDICE SÉRIE V5 01 Soft-Starter 02 Um soft-starter para todas as aplicações 03 Características e funções especiais 04 Especificações técnicas 05 Configuração da fiação de controle e de potência 06 By-pass integrado 07 Modelos 08 Opcionais 09 Dimensões

4 ELECTRONIC SOFTSTARTER INSTALAÇÃO SIMPLES E VERSÁTIL Assistência Técnica 24 HORAS Sua forma construtiva possibilita uma instalação rápida além de fácil acesso aos terminais de potência e controle. A placa de controle é comum para todos os modelos da série V5 com a mesma tensão. A Power Electronics assegura um serviço de assistência técnica 24 horas para todos os seus clientes. 2,2kW - 1,5MW V

5 01 SÉRIE V5 > soft-starter eletrônico A Série V5 é a 4ª geração de soft-starters da POWER ELECTRONICS. Um novo soft-starter eletrônico que integra o mais avançado sistema de controle para assegurar uma operação perfeita do motor em qualquer tipo de aplicação industrial. UM NOVO CONCEITO de SOFT-STARTER Com 25 anos de experiência e mais de soft-starters em funcionamento, a POWER ELECTRONICS alcançou um novo conceito de soft-starter com a série V5. 03 FLEXIBILIDADE DE CONTROLE Programação através do painel de operação local ou do computador (Programa PowerCOMS). Duas entradas analógicas e cinco entradas digitais, três relés de saída e uma saída analógica proporcionam ao V5 inúmeras possibilidades de controle. Comunicação serial RS232/485 e Modbus já incorporadas. Os protocolos de comunicação Profibus-DP, DeviceNet e Johnson Controls (Metasys) estão disponíveis como opcional.

6 02 SÉRIE V5 > um soft-starter para todas as aplicações Alta performance e resultados significativos 04 A Série V5 proporciona resultados excelentes e imediatos em diversas aplicações industriais. Reduz os custos de manutenção mecânica em consequência da eliminação de avarias nos eixos, de golpes de aríete e do desgaste em correias ou outros tipos de acoplamento mecânico. Reduz a manutenção elétrica ao simplificar o conceito de instalação elétrica e ao eliminar o esforço elétrico devido aos picos de corrente durante as partidas.

7 Aplicações SISTEMAS DE BOMBEAMENTO O baixo torque de partida evita o golpe de aríete do conjunto hidráulico, assim como a parada controlada evita o mesmo na bomba e na rede hidráulica. A limitação da corrente de partida reduz o desgaste mecânico e elétrico. MOINHOS E TRITURADORES Aplicações típicas onde a Power Electronics, com o seu exclusivo sistema CDP (Controle Dinâmico de Torque) proporciona uma aceleração sem sobrecargas na partida destes tipos de máquina com carga, mesmo que o torque de partida seja muito elevado. SISTEMAS DE VENTILAÇÃO E DE CLIMATIZAÇÃO A vida útil da máquina pode ser prolongada com o aumento do torque e a redução da corrente de partida. 05 SISTEMAS DE PRODUÇÃO E DE PROCESSO Transportadores, misturadores, extrusoras e todas as aplicações que exigem a eliminação de qualquer impacto ou choque mecânico na carga durante o controle suave de partida e parada.

8 03 SÉRIE V5 > características e funções especiais Torque / Velocidade % Torque Velocidade 12 seg. Tempo / seg. 140 seg. Curva de torque / velocidade do motor com CDP BAIXA VELOCIDADE A série V5 permite o ajuste de torque (CDP) em baixa velocidade, adaptando-se a qualquer tipo de exigência de carga. Este ajuste é ideal para o posicionamento de máquinas como moinhos de cerâmica, etc. CDP: CONTROLE DINÂMICO DE TORQUE A série V5 incorpora Controle Dinâmico de Torque, método de partida exclusivo da Power Electronics, proporcionando uma partida suave para as aplicações com alta inércia. Com este algoritmo de controle consegue-se uma aceleração progressiva e uma otimização da corrente de pico durante a partida. 06 COMUNICAÇÃO SERIAL A série V5 possui as portas seriais RS232/485 incorporadas e desenvolvidas para integração com os protocolos de comunicação de maior utilização industrial. O protocolo MODBUS é padrão, enquanto outros protocolos estão disponíveis como opcionais: Profibus-DP, DeviceNet e Johnson Control (Metasys). BY-PASS EXTERNO OU INTERNO A série V5 oferece ambas possibilidades. O usuário pode escolher o modelo padrão que oferece a possibilidade de instalar um contator externo (by-pass) para colocar uma ponte sobre os SCRs (etapa de potência) do soft-starter após o término da rampa de aceleração e até o início da rampa de desaceleração. Por outro lado, o usuário pode escolher o novo modelo V5 com o já com essa by-pass interno, oferecendo a mesma funcionalidade sem exigir a instalação de dispositivos externos. Nas duas versões, a etapa de controle do V5 permanece em operação, monitorando todas as funções de controle e de proteção do motor. FREIO CC A série V5 disponibiliza a utilização de injeção CC que pode ser utilizada em aplicações onde a rampa de desaceleração não é suficiente para a parada. Essa função é muito útil em máquinas com alta inércia de carga. CONTROLE DE BOMBAS A série V5 apresenta um algoritmo de controle especial projetado para desaceleração de bombas. Este ajuste especial não opera em função da curva de parada linear para cargas com torque quadrático, como normalmente ocorre, mas automaticamente adaptando-se à curva do sistema hidráulico. PROTEÇÕES COMPLETAS Todas as proteções incluídas na série V5 são disponibilizadas para um melhor controle e para a segurança do motor. Perda de fase na entrada Rotor bloqueado Desequilíbrio entre fases (>40%) Sobretensão na entrada Subtensão na entrada Sobrecarga do motor Subcarga do motor Sobretemperatura do motor (PTC) de Shearpin (limite de corrente para o motor) Seqüência de fases na entrada

9 IINFORMAÇÃO PERMANENTE A série V5 indica permanentemente o estado do motor e todas as informações da instalação onde está integrada. O usuário tem acesso local (painel de operação) ou remoto (comunicação serial) às seguintes informações: Tensão em cada fase Número de partidas realizadas Totais e parciais Potência (kw) e corrente (I) em cada fase Estado das entradas e saídas analógicas Cos ρ (Fator de Potência) do motor Estado das entradas e saídas digitais Torque no eixo do Motor Contador de horas de operação (total e parcial) Histórico de falhas (5 últimas) INTEGRAÇÃO E CONTROLE Total facilidade de integração com qualquer processo de automação. Através de 2 entradas analógicas (0-10V e 4-20 ma), 5 entradas digitais multifunção, 1 entrada para PTC, 1 saída analógica (4-20mA) e 3 relés de saída configuráveis. MULTI TENSÃO Um único soft-starter para as faixas de tensão 230V / 400V / 440V e 500V, simplesmente ajustando a corrente (In) do V5 à corrente nominal do motor. Para a tensão de 690V, favor consultar a tabela no capítulo 07 (modelos). 07 CERTIFICAÇÃO E APROVAÇÃO Segundo as normas CE, ctick, UL, cul Painel de Operação + Teclado de Controle LEDS DE INDICAÇÃO TELA LCD ON RUN FAULT LINHA DE ESTADO (superior) LINHA DE CONTROLE (inferior) Indica tensão de alimentação na placa de controle. Intermitente: Aceleração / Desaceleração do motor. Aceso: Motor em funcionamento na velocidade nominal. Indica falha. Para acessar a tela dos grupos. TECLADO DE CONTROLE Para avançar dentro do menu. Para voltar dentro do menu. Ligar o motor. Desligar o motor ou Reset.

10 04 SÉRIE V5 > especificações técnicas 08 ENTRADA Tensão de entrada (~3 Fases) V (-20% a +10%) (~3 Fases) 690V (-20% a +10%) Frequência de entrada 47 a 62 Hz Tensão de controle 230V ±10%, outras sob consulta SAÍDA Tensão de saída 0 a 100% da tensão de alimentação. Frequência de saída Mesma da entrada Eficiência (a plena carga) >99% CONDIÇÕES Temperatura ambiente Mínima: -10 C / Máxima: +50 C AMBIENTAIS Temperatura de armazenamento 0 C a +70 C Umidade ambiente < 95%, não condensada Fator de redução por altitude ( de-rating ) >1000m Perda de 1% a cada 100m, máximo 3000m Grau de proteção IP20 Grau de poluição Grau de Poluição 3 PROTEÇÕES DO MOTOR Perda de fase na entrada Sobrecorrente Subtensão Limite de corrente de partida Rotor bloqueado Sobrecarga do motor (modelo térmico) Subcarga Desequilíbrio de fases Sobretemperatura do motor (PTC, estado normal 150R-2k7) de Shearpin (limite de corrente para o motor) Número de partidas / hora PROTEÇÃO DO SOFT-STARTER Falha nos tiristores Sobretemperatura AJUSTES Pulso de torque Torque de partida Tempo do torque de partida Tempo de aceleração Limite de corrente: 1 a 5 x In Sobrecarga: 0,8 a 1,2 x In, Curva de sobrecarga: 0 a 10 Tempo de desaceleração / Parada por inércia Freio CC Baixa velocidade (1/7 da frequência fundamental) Duplo ajuste de parâmetros Número de partidas / hora permitido Controle de torque Parada com controle de golpe de aríete Para informações adicionais, consultar o manual técnico SINAIS DE ENTRADA 2 entradas analógicas configuráveis (0-20mA, 4-20mA, 0-10V) 5 entradas digitais multifunção 1 entrada para PTC SINAIS DE SAÍDA 1 saída analógica (0-20mA, 4-20mA) 3 relés de saída configuráveis (250Vca, 10A não indutivos) COMUNICAÇÃO SERIAL Nível físico RS232/485 Protocolo de comunicação Modbus incorporado Opcionais: Profibus-DP, DeviceNet e Johnson Control (Metasys) VISUALIZAÇÃO DE INFORMAÇÃO FONTES DE CONTROLE INDICAÇÃO POR LEDS por fase Tensão de entrada Estado dos relés Estado das entradas digitais / PTC Valor das entradas analógicas Valor das saídas analógicas Estado de sobrecarga Frequência de alimentação do motor Fator de potência do motor Potência desenvolvida. Torque no eixo do motor Histórico de falhas (5 mais recentes) Local através do teclado (IHM) Remota através das entradas digitais Remota através de comunicação serial (MODBUS, RS232/485) LED1 Verde, indica tensão de alimentação na placa de controle LED2 Laranja, intermitente, Aceleração / Desceleração do motor Aceso, motor em funcionamento LED3 Vermelho, indica falha

11 05 SÉRIE V5 > configuração da fiação de controle e de potência A série V5 incorpora múltiplas possibilidades de controle, não apenas pelo grande número de entradas e saídas, mas também pela versatilidade de configuração de cada uma delas. ENTRADAS DIGITAIS Dispõe de 5 entradas digitais multifunção que podem ser programadas com configurações prédeterminadas ou de forma individual. A 6ª entrada digital é disponibilizada para a entrada de um termistor PTC (motor). Todas as entradas digitais podem ser utilizadas como parada de emergência. A tensão de controle comum é de 24Vca. ENTRADAS ANALÓGICAS Dispõe de 2 entradas analógicas configuráveis como 0-10V, 0-20mA ou 4-20mA. A escala de cada entrada analógica pode ser ajustada via software. RELÉS DE SAÍDA Dispõe de 3 saídas digitais a relé multifunção sendo que as características dos contatos são 250Vca, 10A não indutivo. Dispõe de 3 comparadores que podem ser configurados individualmente pela escolha de uma opção dentre 8 diferentes fontes. SAÍDA ANALÓGICA AJUSTES DE FÁBRICA FONTE DE ALIMENTAÇÃO DE CONTROLE Soft-Starter padrão CONFIGURAÇÃO DA FIAÇÃO DE CONTROLE PARA O MODELO PADRÃO DA SÉRIE V5 230Vca ~ SAÍDA DIGITAL 1 AJUSTE: 14 INSTANTÂNEO 250Vca, 10A SAÍDA DIGITAL 2 AJUSTE: 15 BYPASS / REAT 250Vca, 10A SAÍDA DIGITAL 3 AJUSTE: 9 FALHA GERAL 250Vca, 10A ED1 AJUSTE: 4 LIGA/DESLIGA NA ED2 AJUSTE: 0 NÃO UTILIZADA ED3 AJUSTE: 0 NÃO UTILIZADA ED4 AJUSTE: 0 NÃO UTILIZADA ED5 AJUSTE: 0 NÃO UTILIZADA PTC ENTRADA ANALÓGICA 1 AJUSTE: 1 SINAL 4-20mA ENTRADA ANALÓGICA 2 AJUSTE: 1 SINAL 4-20mA SAÍDA ANALÓGICA AJUSTE: 0 NÃO UTILIZADA EA1+ EA1 EA2+ EA2 SA1+ SA1 NÃO CONECTAR RS485 A RS485 B GND COMUNICAÇÃO SERIAL RS232 Rx RS232 Tx L N FASE NEUTRO + - GND RS 485 RS Vca FALHA PTC POSIÇÃO A1: 4-20m A / 0-20mA POSIÇÃO A2: 0-10V POSIÇÃO A3: 4-20m A / 0-20mA POSIÇÃO A4: 0-10V V5DTC0001BP CONFIGURAÇÃO DA FIAÇÃO DE POTÊNCIA PARA O MODELO PADRÃO DA SÉRIE V5 COM BY-PASS EXTERNO Rx Tx 09 Dispõe de 1 saída analógica configurável para operar como 0-20mA ou 4-20mA. O ganho da saída analógica pode ser ajustado. L1 L2 L3 N PE Q F1 L1 L2 L3 N PE K1 A1 B1 B2 B3 L1 L2 L3 PE L N.C. N 230Vca CONTATOR DE BY-PASS U V W PE SOFT-STARTER ELETRÔNICO U1 V1 M 3 ~ M1 W1 PE K1 A1 A2 CONTATOR DE BY-PASS V5DTP0002BP

12 Soft-Starter com By-Pass interno 06 SÉRIE V5 > by-pass integrado O novo modelo V5 oferece o contator de by-pass incorporado simplificando os componentes externos necessários e economizando o espaço dentro do painel elétrico, bem como reduzindo o tempo de instalação e de verificação da fiação. Portanto, evitam-se erros provenientes da fiação externa além de não requerer qualquer documentação adicional. CONFIGURAÇÃO DA FIAÇÃO DE CONTROLE PARA O MODELO COM BY-PASS interno da série v5 AJUSTES DE FÁBRICA FONTE DE ALIMENTAÇÃO DE CONTROLE 230Vca ~ SAÍDA DIGITAL 1 AJUSTE: 14 INSTANTÂNEO 250Vca, 10A AJUSTE: 15 BYPASS/REAT 250Vca, 10A SAÍDA DIGITAL 3 AJUSTE: 9 FALHA GERAL 250Vca, 10A ED1 AJUSTE: 4 LIGA/DESLIGA NA ED2 AJUSTE: 0 NÃO UTILIZADA ED3 AJUSTE: 0 NÃO UTILIZADA ED4 AJUSTE: 0 NÃO UTILIZADA ED5 AJUSTE: 0 NÃO UTILIZADA L N FASE NEUTRO 24Vca (1) 10 PTC ENTRADA ANALÓGICA 1 EA1+ AJUSTE: 1 SINAL 4-20mA EA1 ENTRADA ANALÓGICA 2 EA2+ AJUSTE: 1 SIGNAL 4-20mA EA2 SAÍDA ANALÓGICA SA1+ AJUSTE: 0 NÃO UTILIZADA SA1 NÃO CONECTAR GND FALHA PTC POSIÇÃO A1: 4-20m A / 0-20mA POSIÇÃO A2: 0-10V POSIÇÃO A3: 4-20m A / 0-20mA POSIÇÃO A4: 0-10V RS485 A RS485 B GND COMUNICAÇÃO SERIAL RS232 Rx RS232 Tx RS 485 RS 232 Rx Tx (1) Reservada para ativação do By-Pass interno V5DTC0002AP Por outro lado, há uma grande redução na dissipação térmica durante a operação que significa a economia direta na quantidade de componentes de ventilação instalados no painel elétrico. A leitura de corrente permanece inalterada e as proteções internas continuam ativas, com isto, a proteção do motor está garantida mesmo durante a operação com o by-pass ativado. O by-pass interno é automaticamente ativado após o término da rampa de aceleração, colocando uma ponte sobre os SCRs sem interromper a operação normal do soft-starter e do motor. Definitivamente, a conexão do equipamento é fácil, segura e eficaz. L1 L2 L3 N PE A1 CONFIGURAÇÃO DA FIAÇÃO DE POTÊNCIA PARA O MODELO COM BY-PASS INTERNO DA SÉRIE V5 CONTATOR INTERNO DE BY-PASS Q0 L1 2 U V W F L2 L3 PE PE L N.C. N 230Vca SOFT-STARTER ELETRÔNICO L1 L2 L3 N PE M1 U1 V1 M 3 ~ W1 PE V5DTP0003AP

13 A NORMA IEC DESCREVE A CLASSIFICAÇÃO PARA SOFT-STARTERS ELETRÔNICOS De acordo com esta informação, existem duas categorias de utilização para Soft- Starters eletrônicos, descritas a seguir: AC53a: Soft-Starters que suportam a corrente nominal através dos SCRs durante sua operação contínua. AC53b: Soft-Starters que suportam a corrente de partida através dos SCRs apenas durante a partida sendo que em regime nominal os SCRs permanecerão fora de operação (bypassados). Basicamente, a limitação da capacidade dos Soft-Starters é principalmente térmica. É importante considerar que existem cinco fatores diferentes que afetarão a temperatura interna dos tiristores: a) Tempo de Partida b) de Partida c) Temperatura Ambiente d) Tempo Desligado (estado OFF) e) Número de Partidas por Hora EXEMPLO 110 : AC53b : 330 Nominal do Soft-Starter sob as condições descritas: In (110A) Os tiristores serão by-passados durante operação em regime nominal de Partida, como múltiplo da corrente nominal (In), que significa: Tempo de Partida, em segundos: 30s Intervalo em segundos, entre o final de uma partida e o início da próxima partida: 10 partidas por hora Esta classificação explica porque o mesmo Soft-Starter oferece diversas faixas de corrente, além de explicar porque se faz necessário considerar as condições de operação para cada tipo de aplicação. A Power Electronics pode fornecer algumas recomendações básicas para selecionar corretamente o modelo do Soft-Starter V5 dependendo da aplicação. É importante considerar que o Soft-Starter deverá ser utilizado em aplicações industriais padrão, operando dentro da sua faixa padrão de 10 partidas por hora, regime de trabalho de 50%, temperatura ambiente de 50 C e altitude 1000m. Nota: Caso sua aplicação não esteja classificada dentre as condições acima mencionadas, favor entrar em contato com a Power Electronics. SELEÇÃO DO SOFT-STARTER a) Selecionar a corrente de partida característica na tabela ao lado de acordo com a aplicação. b) Após este passo, consultar a coluna para esta faixa de corrente na tabela apresentada no próximo capítulo (3x, 4x ou 4,5x vezes a corrente de partida). c) Escolher o modelo correto, considerando também a corrente nominal máxima, a potência nominal e a tensão de alimentação. EXEMPLO Tipo de aplicação: Bomba de Refino, 400Vca, motor de 45kW, 83A. de partida característica da bomba de refino: 10 partidas por hora, regime de trabalho de 50%, temperatura ambiente de 50 C e altitude 1000m:. Consultar na tabela 400Vca, a coluna central (AC53b :330) com potência de 45kW, o que significa um Soft-Starter código V50075B com corrente nominal de 85A. CORRENTE APLICAÇÕES COMUNS DE PARTIDA CARACTERÍSTICA ÁGUA E ESGOTO Bombas Centrífugas 3,0 x In Bombas Mono e de Alta Pressão Bombas Multiestágios Bombas Verticais 3,0 x In Bombas Horizontais de Câmara Partida Bombas Submersas VENTILAÇÃO Ventiladores (exaustão) Ventiladores (resfriamento) Ventiladores de Condensação Turbinas de Climatização PAPEL E CELULOSE Bombas de Refino Bombas de Polpa Bombas de Vácuo Máquinas de Polpa Tromels Agitadores de Polpa Filtros Prensa SIEDERURGIA, MINERAÇÃO E CIMENTO Filtros de Manga Correias Transportadoras Trituradores 3,0 x In Moinhos de Martelo Trituradores de Mandíbula Moinhos de Barra Moinhos de Bola Moinhos Secundários e Pulverizadores de Areia Alimentador Excêntrico Tromels Vibradores Separadores Alimentadores INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA Compressores de Ar Classificadores Máquinas de Lavagem de Garrafas 3,0 x In Secadores Centrífugas Trituradores, Picadores Paletizadores Separadores Cortadoras 3,0 x In Transportadores de Material MÁQUINAS-FERRAMENTA Serras Braço Serras Circulares Troqueladoras Desintegradores Biseladoras Niveladores Lixadoras Tornos Trituradores Paletizadores Prensas Mesas Giratórias Transportadores QUÍMICA E FARMACÊUTICA Centrífugas Bombas Parafuso Bombás de Gás (propano, butano, ) 3,0 x In Bimbas de Extração de Óleo Cru Bombas de Transferência de Óleo Cru Bombas de Transferência de Hidrocarboneto (fase líquida) Envasadoras de Carrossel Esteiras Transportadoras APLICAÇÕES GERAIS Equipamentos Hidráulicos Agitadores Compressores (compressor parafuso sem carga) 3,0 x In Compressores (compressor alternativo sem carga) Esteiras Transportadoras Misturadores 11

14 07 SÉRIE V5 > modelos Vca a 500Vca (-20% a +10%) TAMANHO NOTAS: Soft-Starter V5 padrão Nominal Potência do motor (kw) 230Vca 400Vca 440Vca 500Vca V ,5 V V ,5 18 V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V Vca (-20% a +10%) TAMANHO Os valores das tabelas são válidos para motores corrente alternada de 4 pólos. - Para valores de corrente que não estejam de acordo com os valores destas tabelas, favor entrar em contato com a Power Electronics. - Para potências nominais maiores, favor entrar em contato com o suporte técnico da Power Electronics. Nominal Potência do motor (kw) 690Vca V ,5 V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V Vca (-20% a +10%) Soft-Starter V5 com by-pass interno TAMANHO NOTA: AC53b :330 AC53b :330 AC53b :330 Máxima Potência do Motor (kw) em 400Vca Máxima Potência do Motor (kw) em 400Vca Máxima Potência do Motor (kw) em 400Vca V50009B 14 7,5 10 5,5 9 4 V50017B ,5 V50030B , V50045B V50060B V50075B V50090B V50110B V50145B V50170B V50210B V50250B V50275B V50330B V50370B V50460B V50580B V50650B V50800B Potências e correntes nominais em 400Vca (-20% a +10%) para motores de 1500rpm (4 pólos)

15 Soft-StarterV5 com by-pass interno 500Vca (-20% a +10%) TAMANHO NOTA: AC53b :330 AC53b :330 AC53b :330 Máxima Potência do Motor (kw) em 500Vca Máxima Potência do Motor (kw) em 500Vca Máxima Potência do Motor (kw) em 500Vca V50009B ,5 9 5,5 V50017B 26 18, V50030B ,5 V50045B V50060B V50075B V50090B V50110B V50145B V50170B V50210B V50250B V50275B V50330B V50370B V50460B V50580B V50650B V50800B Potências e correntes nominais em 500Vca (-20% a +10%) para motores de 1500rpm (4 pólos) Vca (-20% a +10%) TAMANHO NOTA: AC53b :330 AC53b :330 AC53b :330 Máxima Potência do Motor (kw) em 690Vca Máxima Potência do Motor (kw) em 690Vca Máxima Potência do Motor (kw) em 690Vca V B ,5 V B , V B V B V B V B V B V B V B V B V B V B V B V B V B V B V B V B V B Potências e correntes nominais em 690Vca (-20% a +10%) para motores de 1500rpm (4 pólos)

16 ELECTRONIC SOFTSTARTER 08 SÉRIE V5 > opcionais OPCIONAIS DESCRIÇÃO I001 Módulo de Comunicação Profibus-DP A002 Módulo de Comunicação DeviceNet A003 Módulo de Comunicação Johnson Control A005 Módulo de Comunicação Modbus Ethernet P0015(X3)* Conjunto para conexão de by-pass V50060-V50090 P0016(X3)* Conjunto para conexão de by-pass V50110-V50250 L051* Terminal para conexão de by-pass 9-17A L057* Terminal para conexão de by-pass 30-45A V01 Conjunto de extensão com cabo 2m e moldura p/ IHM V02 Conjunto de extensão com cabo 1m e moldura p/ IHM V09 Conjunto de extensão com cabo 3m e moldura p/ IHM V16 Conjunto de extensão com cabo 5m e moldura p/ IHM MFV50275 Módulo de Frenagem CC 275A 14 (*) Opcionais para by-pass externo nos Soft-Starters V5 padrão 09 V5 SERIES > dimensões W D TAMANHO H DIMENSÕES (mm) H W D PESO (kg) V V ,6 V V ,6 V50009B - V50090B ,1 V B - V B ,1

17 ELECTRONIC SOFTSTARTER ELECTRONIC SOFTSTARTER ELECTRONIC SOFTSTARTER ELECTRONIC SOFTSTARTER > dimensões W D W D H 771,5 705 H TAMANHO 2 DIMENSÕES (mm) H W D PESO (kg) V V V V V50110B - V50250B V B - V B TAMANHO 3 DIMENSÕES (mm) H W D PESO (kg) V V ,6 V V ,6 V50275B - V50460B ,6 V B - V B ,6 928 D 15 W D ,5 840 H 1400 H 480 W TAMANHO 4 DIMENSÕES (mm) H W D PESO (kg) V V ,6 V V ,6 V50580B - V50800B ,6 V B - V B ,6 TAMANHO 5 DIMENSÕES (mm) H W D PESO (kg) V V ,0 V V ,0

18 ESPANHA Leonardo da Vinci, Parque Tecnológico PATERNA VALENCIA ESPAÑA Tel Tel. (+34) Fax (+34) MATRIZ FILIAIS NO MUNDO ALEMANHA Power Electronics Deutschland GmbH Dieselstraße, NÜRNBERG GERMANY Tel. (+49) Fax. (+49) AUSTRÁLIA Power Electronics Australia Pty Ltd U6, Octal St, Yatala, BRISBANE, QUEENSLAND 4207 P.O. Box 3166, Browns Plains, Queensland 4118 AUSTRALIA Tel. (+61) Fax. (+61) BRASIL Power Electronics Brasil Ltda Av. Guido Caloi, Galpão 09 CEP SÃO PAULO SP Tels. (+55) / CHILE Power Electronics CHILE Ltda Los Productores # Huechuraba SANTIAGO CHILE Tels. (+56) (2) Fax. (+56) (2) Oficina Petronila # 246, Casa 19 ANTOFAGASTA CHILE Tel. (+56) (55) CHINA Power Electronics BEIJING Room 509, Yiheng Building, No. 28 East Road, Beisanhuan , Chaoyang District BEIJING P.R. CHINA Tel. (+86 10) Fax. (+86 10) Power Electronics Asia Limited 20/F Winbase Centre 208 Queen s Road Central HONG KONG P.R. CHINA CORÉIA DO SUL Power Electronics Asia HQ Co. Room #305, SK Hub Primo Building 953-1, Dokok-dong, Gangnam-gu SEOUL, KOREA Tel. (+82) Fax. (+82) ÍNDIA Power Electronics India No. 26, 3rd Cross. Vishwanathapuram MADURAI Tel. (+91) Fax. (+91) MÉXICO Power Electronics Internacional México S. de R.L. de C.V. José Vasconcelos, 9 Colonia Tlalnepantla Centro Tlalnepantla de Baz CP 54000, Estado de México Tel. (+52) Tel. (+52) Tel. (+52) NOVA ZELÂNDIA Power Electronics New Zealand Ltd 12A Opawa Road, Waltham CHRISTCHURCH 8023 P.O. Box 1269 CHRISTCHURCH 8140 Tel. (+64 3) Fax. (+64 3) A POWER ELECTRONICS se reserva o direito de modificar total ou parcialmente o conteúdo deste catálogo, a qualquer momento e sem aviso prévio. Janeiro V5CA01HP

Automação Soft-Starters. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Automação Soft-Starters. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas SSW - Soft-Starter WEG O atual estado de desenvolvimento dos acionamentos elétricos concentra o resultado de um longo período de tentativas

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Soft-Starters SSW07 e SSW08

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Soft-Starters SSW07 e SSW08 Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação IPI REDUZIDO Produto beneficiado pela Lei da Informática SSW07 e SSW08 Soft-starters são chaves de partida estática, projetadas para

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Soft-Starters SSW07 e SSW08. zé iria produzir a foto

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Soft-Starters SSW07 e SSW08. zé iria produzir a foto Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Automação Soft-Starters e SSW08 zé iria produzir a foto e SSW08 Produto beneficiado pela Lei da Informática. I.P.I REDUZIDO Soft-Starters são

Leia mais

WIN-SOFT STARTER. Software de simulação e especificação para soft starters SIRIUS 3RW. www.siemens.com.br/sirius. Win-Soft Starter Versão 1.

WIN-SOFT STARTER. Software de simulação e especificação para soft starters SIRIUS 3RW. www.siemens.com.br/sirius. Win-Soft Starter Versão 1. WIN-SOFT STARTER Software de simulação e especificação para soft starters SIRIUS 3RW Versão: 1.1-BR Edição: 08/2011 www.siemens.com.br/sirius Agosto 2011 Página 1 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Soft Starters

Leia mais

IECETEC. Acionamentos elétricos AULA 16 SOFT START

IECETEC. Acionamentos elétricos AULA 16 SOFT START AULA 16 SOFT START 1- Introdução Soft-starters são utilizados basicamente para partidas de motores de indução CA (corrente alternada) tipo gaiola, em substituição aos métodos estrela-triângulo, chave compensadora

Leia mais

SSW-05 Micro Soft-starter

SSW-05 Micro Soft-starter Motores Automação Energia Tintas Micro Soft-starter g Compacto g Digital - DSP g Fácil operação g Elevado rendimento g By-pass incorporado REPLACE ME BY A PICTURE! Soft-Starters são chaves de partida estática,

Leia mais

Servoconversores SCA 04 Servomotores SWA

Servoconversores SCA 04 Servomotores SWA Servoconversores SCA 04 Servomotores SWA Os Servoacionamentos WEG são utilizados nas mais diversas aplicações industriais, onde, elevada dinâmica, controle de torque, precisão de velocidade e posicionamento

Leia mais

Benefícios. Redução acentuada dos esforços sobre os acoplamentos e. dispositivos de transmissão (redutores, polias, engrenagens,

Benefícios. Redução acentuada dos esforços sobre os acoplamentos e. dispositivos de transmissão (redutores, polias, engrenagens, Soft-Starter Benefícios Redução acentuada dos esforços sobre os acoplamentos e dispositivos de transmissão (redutores, polias, engrenagens, Soft-Starters são chaves de partida estática, projetadas para

Leia mais

PCPT 4 ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω ) PCPT4 SmA ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω e saída 4... 20mA )

PCPT 4 ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω ) PCPT4 SmA ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω e saída 4... 20mA ) MANUAL DE OPERAÇÃO PCPT 4 ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω ) PCPT4 SmA ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω e saída 4... 20mA ) VERSÃO 4.04 RELÉ DE PROTEÇÃO TÉRMICA ( ANSI 23/26/49 ) CONTROLE

Leia mais

Benefícios. Redução acentuada dos esforços sobre os acoplamentos e. dispositivos de transmissão (redutores, polias, engrenagens,

Benefícios. Redução acentuada dos esforços sobre os acoplamentos e. dispositivos de transmissão (redutores, polias, engrenagens, Soft-Starter Benefícios Redução acentuada dos esforços sobre os acoplamentos e dispositivos de transmissão (redutores, polias, engrenagens, Soft-Starters são chaves de partida estática, projetadas para

Leia mais

SSW05 Plus Micro Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

SSW05 Plus Micro Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas SSW05 Plus Micro Soft-Starter Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas www.weg.net SSW05 Plus - Micro Soft-Starters Soft-starters são chaves de partida estática, projetadas para a aceleração,

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Softstarters Linhas PSR, PSE, PST e PSTB

Produtos de Baixa Tensão. Softstarters Linhas PSR, PSE, PST e PSTB Produtos de Baixa Tensão Softstarters Linhas PSR, PSE, PST e PSTB Informações Linha eficiente PSE a primeira softstarter compacta com controle de torque do mundo A adição mais recente à família softstarter

Leia mais

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry.

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry. SIRIUS Innovations Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial Answers for industry. Contatores até 38 A Introdução Siemens Industry Automation inovou o seu Sistema Modular SIRIUS Controles Industriais.

Leia mais

www.bluemedia.com.br MEDIDORES

www.bluemedia.com.br MEDIDORES www.bluemedia.com.br MEDIDORES Detector de Falhas e Analisador Preditivo - PA A linha PA de Detectores de Falhas e Analisadores Preditivos KRON traz uma nova abordagem para o conceito de monitoramento

Leia mais

Kit de Máquinas Elétricas Rotativas - XE801 -

Kit de Máquinas Elétricas Rotativas - XE801 - T e c n o l o g i a Kit de Máquinas Elétricas Rotativas - XE801 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. INTRODUÇÃO Kit de Máquinas Elétricas Rotativas -

Leia mais

Compressores de parafuso

Compressores de parafuso Construídos para toda a vida Compressores de parafuso SÉRIE SM Capacidade: 0.45 a 1.20 m³/min Pressão: 7.5 a 13 bar Compressor de parafusos rotativos Máxima Eficiência e Confiabilidade Há anos os consumidores

Leia mais

Descrição do Produto. Dados para compra

Descrição do Produto. Dados para compra Descrição do Produto A funcionalidade e versatilidade da linha de Inversores de Freqüência NXL da Altus fazem dela a solução ideal para as mais diversas aplicações. Visa atingir motores com menores potências

Leia mais

V6 Características. A função de compensação de escorregamento permite uma operação estável mesmo com flutação de carga.

V6 Características. A função de compensação de escorregamento permite uma operação estável mesmo com flutação de carga. IBD# D-F-2-H-KSN-BR V6 Características Alta Performance [Alto torque de partida com 150% ou mais] Com um sistema simplificado de controle vetorial e função de controle de torque automático oferece uma

Leia mais

MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Instruções de Utilização. VLT Soft Starter - MCD500

MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Instruções de Utilização. VLT Soft Starter - MCD500 MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Instruções de Utilização VLT Soft Starter - MCD500 Índice Instruções Operacionais do MCD 500 Índice 1 Segurança 5 1.1 Segurança 5 2 Introdução 6 2.1.1 Lista de Recursos 6

Leia mais

GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional. O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21

GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional. O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21 GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional Visita 4B no Stand # 500 O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21 Uma apresentação por Johnny

Leia mais

Medidores de energia e multimedidores digitais

Medidores de energia e multimedidores digitais Medidores de energia e multimedidores digitais Medição de Energia Elétrica Eficiência Energética Rateio de Energia Elétrica, Água e Gás Medição Horosazonal (Ponta e Fora de Ponta) Sistemas de Comunicação

Leia mais

KTC-DR23EC & KTC-HT23-EC1000

KTC-DR23EC & KTC-HT23-EC1000 STEP-SERVO KALATEC KTC-DR23EC & KTC-HT23-EC1000 Manual Kalatec Automação Ltda Matriz Campinas: 19-3045-4900 Filial Sao Paulo 11-5514-7680 Filial Joinville - 47-3425-0042 www.kalatec.com.br kalatec@kalatec.com.br

Leia mais

UNITROL 1000 Regulador compacto de tensão para máquinas síncronas pequenas UNITROL 1000-7

UNITROL 1000 Regulador compacto de tensão para máquinas síncronas pequenas UNITROL 1000-7 UNITROL 1000 Regulador compacto de tensão para máquinas síncronas pequenas UNITROL 1000-7 Copyright 2000 Photodisc, Inc. 5973-04 Aplicações do UNITROL 1000-7 O UNITROL 1000-7 é o último e mais compacto

Leia mais

Na Placa de Comando estão montados os circuitos para partida direta, partida direta com reversão e partida estrelatriângulo;

Na Placa de Comando estão montados os circuitos para partida direta, partida direta com reversão e partida estrelatriângulo; 1) BANCADA PRINCIPAL MODELO POL-110 Fabricada em estrutura de alumínio, constituída por dois postos de trabalho que servirão de base para utilização de qualquer um dos kits didáticos a serem adquiridos.

Leia mais

Chiller Centrífugo de Alta Eficiência INVERTER

Chiller Centrífugo de Alta Eficiência INVERTER Chiller Centrífugo de Alta Eficiência INVERTER HFC134a Série GXG-SIT/GSG-SIT 3 a 1. TR Chiller Centrífugo Inverter de Alta Eficiência Hitachi Séries GXG-SIT/GSG-S SIT O Chiller Centrífugo Inverter de Alta

Leia mais

100% electricity. Correção automática do fator de potência

100% electricity. Correção automática do fator de potência 100% electricity Correção automática do fator de potência Correção Automática do Fator de Potência Controladores automáticos do fator de potência DCRK DCRJ Programação digital Configuração com 5 ou 7 estágios,

Leia mais

ANALISADOR DE INSTALAÇÕES SOLARES DE PRODUÇÃO DE ENERGIA MODELO GREENTEST FTV100 MARCA CHAUVIN ARNOUX (www.chauvin-arnoux.com)

ANALISADOR DE INSTALAÇÕES SOLARES DE PRODUÇÃO DE ENERGIA MODELO GREENTEST FTV100 MARCA CHAUVIN ARNOUX (www.chauvin-arnoux.com) ANALISADOR DE INSTALAÇÕES SOLARES DE PRODUÇÃO DE ENERGIA MODELO GREENTEST FTV100 MARCA CHAUVIN ARNOUX (www.chauvin-arnoux.com) Estudos em potência elétrica Cálculos da eficiência do painel solar Cálculo

Leia mais

PLANILHA DE PROPOSTA

PLANILHA DE PROPOSTA 0001 012186 INVERSOR DE FREQUENCIA 144 AMPERES / 220 VCA Inversor de freqüência para aplicação em motor elétrico trifásico com corrente nominal de serviço 140A, tensão nominal 220V, temperatura de funcionamento

Leia mais

1. Mod. Potência 2. Unid. Controle 3. Painel. 2. Unidade de Controle CU230P-2 (PROFIBUS DP, HVAC, CANopen)

1. Mod. Potência 2. Unid. Controle 3. Painel. 2. Unidade de Controle CU230P-2 (PROFIBUS DP, HVAC, CANopen) Dados técnicos Dados mecânicos Grau de proteção Max. IP55 / UL Type 12 IP20 / UL Open Type Dados elétricos Potência nominal (baixa sobrecarga LO) Corrente de saída nominal (Baixa sobrecarga LO) 0.37 90

Leia mais

Multimedidor Portátil MPK

Multimedidor Portátil MPK [1] Introdução O Multimedidor Portátil é um instrumento que facilita a análise de instalações elétricas em campo com alta flexibilidade. A solução é composta de: Multimedidor: Instrumento digital microprocessado,

Leia mais

857 Sistema de proteção. Para proteção do motor e do alimentador Boletim 857, Série A Guia de especificação

857 Sistema de proteção. Para proteção do motor e do alimentador Boletim 857, Série A Guia de especificação 857 Sistema de proteção Para proteção do motor e do alimentador Boletim 857, Série A Guia de especificação Sumário Seção Descrição Página 1.0 Funções de proteção... 1 Proteção Synchrocheck (25)... 1 Proteção

Leia mais

Relés de Proteção Térmica Simotemp

Relés de Proteção Térmica Simotemp Relés de Proteção Térmica Simotemp Confiabilidade e precisão para controle e proteção de transformadores Answers for energy. A temperatura é o principal fator de envelhecimento do transformador Os relés

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Sistema de Gerenciamento de Motores. EntelliPro. Relé Inteligente. GE imagination at work

GE Energy Management Industrial Solutions. Sistema de Gerenciamento de Motores. EntelliPro. Relé Inteligente. GE imagination at work GE Energy Management Industrial Solutions Sistema de Gerenciamento de Motores EntelliPro Relé Inteligente GE imagination at work Funcionalidade e benefícios Fase de engenharia Funcionalidades Rápida inicialização,

Leia mais

AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MOTOR INCLUEM...

AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MOTOR INCLUEM... Motores H-Compact COMPACTO, REFRIGERAÇÃO EFICIENTE A importância crescente da economia de energia, dos requerimentos ambientais, da procura por dimensões menores e das imposições dos mercados nacionais

Leia mais

Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede

Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede Linha Solution Linha Plus Linha Master www.siemens.com.br/softstarters Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede As soft starters Siemens protegem sua máquina e instalação

Leia mais

ESTABILIZADORES DE TENSÃO PROFISSIONAIS

ESTABILIZADORES DE TENSÃO PROFISSIONAIS ESTABILIZADORES DE TENSÃO PROFISSIONAIS linhas MC e MCI Microprocessados Totalmente Estáticos Controlados por TRIACs Capacidades de 1 a 7,5 kva Cores disponíveis : Grafite (padrão) ou gelo.outras sob consulta

Leia mais

Fontes CC. Principais características. www.supplier.ind.br

Fontes CC. Principais características. www.supplier.ind.br A SUPPLIER Indústria e Comércio de Eletroeletrônicos Ltda é uma empresa constituída com o objetivo de atuar no setor das Indústrias Eletroeletrônicas, principalmente na fabricação de fontes de alimentação

Leia mais

Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas

Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas Nobreak senoidal on-line trifásico dupla conversao ~ 10 a 100 kva PERFIL Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas de 10 a 60 kva 75 e 100 kva A linha de nobreaks SMS Sinus Triphases

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44. Versão: 1.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44. Versão: 1.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44 Versão: 1.xx / Rev. 03 ÍNDICE Item Página 1. Introdução... 02 2. Características... 02 3.

Leia mais

Motores elétricos Siemens e a Economia de Energia

Motores elétricos Siemens e a Economia de Energia Jornadas Técnicas Novas perspectivas Drive Technology Mundo em Motores elétricos Siemens e a Economia de Energia Tópicos Instalando o motor elétrico com inversor de freqüência Princípio de funcionamento

Leia mais

Soft-Starter SSW-06 Manual da Comunicação Profibus DP e DeviceNet

Soft-Starter SSW-06 Manual da Comunicação Profibus DP e DeviceNet Soft-Starter SSW-06 Manual da Comunicação Profibus DP e DeviceNet 10/2007 Série: SSW-06 SSW-06: V1.4x 0899.5843 P/4 Sumário REDES FIELDBUS... 4 ABREVIAÇÕES E DEFINIÇÕES... 4 REPRESENTAÇÃO NUMÉRICA... 4

Leia mais

Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP

Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP Informações Gerais A linha de nobreaks TOP-DSP é um avançado Sistema Ininterrupto de Potência (UPS) do tipo on-line de dupla conversão (de acordo com a NBR 15014:2003),

Leia mais

Automação Centros de Controle de Motores de Baixa Tensão. Motores Automação Energia Tintas

Automação Centros de Controle de Motores de Baixa Tensão. Motores Automação Energia Tintas Automação Centros de Controle de Motores de Baixa Tensão Motores Automação Energia Tintas CCMs BT WEG Os CCMs BT WEG foram desenvolvidos para atender aos mais diversos segmentos de mercado, atendendo a

Leia mais

Tecnologias de Construção Produtos de segurança contra incêndio. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto.

Tecnologias de Construção Produtos de segurança contra incêndio. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto Característica Avaliação do sinal controlada por microprocessador Configuração automática de endereço sem definições do codificador ou chave DIP 2 entradas

Leia mais

CM8000TC. Manual do Usuário

CM8000TC. Manual do Usuário CM8000TC Manual do Usuário R Descrição Geral O CM8000TC é um temporizador microprocessado com 2 setpoints. Possui display a LED de 6 dígitos com escala em horas, minutos e segundos. A programação dos setpoints

Leia mais

* Acesso à programação protegido por senha; * Alimentação: 90 a 240Vca (Fonte chaveada).

* Acesso à programação protegido por senha; * Alimentação: 90 a 240Vca (Fonte chaveada). PROGRAMADOR HORÁRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES MTZ622R - 90~240VCA - P504 VERSÃO.0 ABRIL/202 * Acesso à programação protegido por senha; * Alimentação: 90 a 240Vca (Fonte chaveada). 3.2 DIMENSÕES PLACA IHM:

Leia mais

Nova geração de Soft Starters. sirius

Nova geração de Soft Starters. sirius Nova geração de Soft Starters sirius s Conforme mostrado abaixo, a Nebulosa Helix na constelação de Aquário simboliza o ciclo contínuo da matéria: criada a partir dos restos de corpos celestiais em um

Leia mais

SELEÇÃO DE MOTORES DE CORRENTE CONTÍNUA 1GG e 1GH

SELEÇÃO DE MOTORES DE CORRENTE CONTÍNUA 1GG e 1GH PUBLICAÇÃO TÉCNICA SELEÇÃO DE MOTORES DE CORRENTE CONTÍNUA 1GG e 1GH Eng. Flávio Honda 30 de março de 2004 1. INTRODUÇÃO Atualmente, o desenvolvimento das técnicas de acionamentos de corrente alternada

Leia mais

No-Break Monofásico Powerware 5125

No-Break Monofásico Powerware 5125 UNINTERRUPTABLE POWER SYSTEMS NoBreak Monofásico Powerware 5125 Dados Principais do Produto Características Sistema ABM Plus (Gerenciamento Avançado de Baterias), que dobra a vida útil das baterias Saída

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MSN

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MSN ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MSN CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX MSN são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido nodular, e um elemento poliuretano alojado entre eles

Leia mais

PRINCIPAIS APLICAÇÕES COMPARATIVO ENTRE MÉTODOS DE PARTIDA INTERFACE HOMEM-MÁQUINA HMI-3P

PRINCIPAIS APLICAÇÕES COMPARATIVO ENTRE MÉTODOS DE PARTIDA INTERFACE HOMEM-MÁQUINA HMI-3P Soft-Starters Soft-Starters são chaves de partida estática, destinadas à aceleração, desaceleração e proteção de motores de indução trifásicos. O controle da tensão aplicada ao motor, mediante o ajuste

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130. V.1.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130. V.1. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130 V.1.01 / Revisão 4 ÍNDICE Item Página 1. Introdução...01 2. Características...01

Leia mais

Acoplamento Altamente Elástico

Acoplamento Altamente Elástico Acoplamento Altamente Elástico Spxpt 04/02 GENERALIDADES Acoplamentos altamente elásticos Speflex modelos SPA e SPG O acoplamento VULKAN SPEFLEX é constituído de um elemento altamente elástico em borracha

Leia mais

CLP s9300. CLP s9300 revisão 1 - Página 1 de 8

CLP s9300. CLP s9300 revisão 1 - Página 1 de 8 CLP s9300 CLP s9300 revisão 1 - Página 1 de 8 Controlador Lógico Programável s9300 Descrição: O CLP s9300 (Controlador Lógico Programável) é o módulo que possui um alto nível de integração entre seus componentes.

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES SS CONTROLADOR DE ENERGIA REATIVA Computer-14d -xx - 144a MANUAL DE INSTRUÇÕES ( M 981 601 / 98C ) REGULADOR DE ENERGIA REATIVA COMPUTER- 14 d 2 1.- REGULADORES DE ENERGIA REATIVA COMPUTER-14d-144a Os

Leia mais

As melhores soluções para sua Automação. Inversores de Freqüência Soft-Starters Servoacionamentos Controladores Programáveis

As melhores soluções para sua Automação. Inversores de Freqüência Soft-Starters Servoacionamentos Controladores Programáveis As melhores soluções para sua Automação Inversores de Freqüência Soft-Starters Servoacionamentos Controladores Programáveis Disponíveis em nosso site www.weg.com.br Softwares WEG Automação Alguns dos softwares

Leia mais

Modelo GC 2109 T. Família GC 2009 Microcontrolado Indicador Digital de Temperatura 1/8 DIN - 98 x 50mm

Modelo GC 2109 T. Família GC 2009 Microcontrolado Indicador Digital de Temperatura 1/8 DIN - 98 x 50mm Modelo T Família GC 2009 Microcontrolado 1/8 DIN - 98 x 50mm Os Indicadores Digitais de Temperatura da Família GC 2009 são instrumentos precisos e compactos, baseados na moderna tecnologia dos microcontroladores,

Leia mais

Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR

Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR Índice Capítulo 1: O Produto Acessórios que compõem o produto Função do modelo Capítulo 2: Instalação do Produto Instalação física Conexão a tomada Cabo

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS)

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS) ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX GR são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre

Leia mais

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX MN

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX MN CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre eles, de borracha sintética de elevada resistência a abrasão.

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO BALANÇA ROR MODELO RC 5000/1 CONTADORA ÍNDICE

MANUAL DE OPERAÇÃO BALANÇA ROR MODELO RC 5000/1 CONTADORA ÍNDICE MANUAL DE OPERAÇÃO BALANÇA ROR MODELO RC 5000/1 CONTADORA ÍNDICE I - INTRODUÇÃO... 03 II - INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO... 03 III - LIGANDO SUA BALANÇA... 03 IV - OPERAÇÃO... 04 V - RECURSOS DA BALANÇA CONTADORA...

Leia mais

PowerValue 11 7,5-10 - 12 kva (Monofásica)

PowerValue 11 7,5-10 - 12 kva (Monofásica) Descrição Técnica PowerValue 11 7,5-10 - 12 kva (Monofásica) Monofásica, On-line de Dupla-Conversão, VFI Fonte de Alimentação Não Interruptível (UPS) ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 7,5-10-12 kva (entrada e saída

Leia mais

SSW06 Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. g Proteções de tensão. g Controle de torque. g Bypass incorporado

SSW06 Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. g Proteções de tensão. g Controle de torque. g Bypass incorporado Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas SSW06 Soft-Starter Proteções de tensão Controle de torque Bypass incorporado SoftPLC incorporado IHM LCD Start-up orientado www.we.net SSW06 Soft-Starter

Leia mais

CONJUNTO DIDÁTICO PARA ESTUDO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS OPENLAB

CONJUNTO DIDÁTICO PARA ESTUDO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS OPENLAB CONJUNTO DIDÁTICO PARA ESTUDO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS OPENLAB Este sistema é formado pelos seguintes elementos, compatíveis entre si e especialmente projetados para o estudo de máquinas elétricas. Código

Leia mais

Compressores a parafuso

Compressores a parafuso Construídos para toda a vida Compressores a parafuso Série CSD Capacidade: 5.50 a 16.10 m³/min Pressão: 7.5 a 13 bar Compressor de parafusos rotativos Máxima Eficiência e Confiabilidade Há anos os clientes

Leia mais

DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO

DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO Por favor, leia este manual com atenção para uso do equipamento. Instruções de Operação do QTA. I.

Leia mais

Gerenciador de energia HX-600

Gerenciador de energia HX-600 26 Gerenciador de energia HX-600 Solução WEB Energy O Gerenciador HX-600 possui tecnologia de ponta em sistemas de controle de demanda e fator de potência. Trata-se de um equipamento com design moderno

Leia mais

ENVOLVEDORAS CS-300/7 CS-150 CS-80

ENVOLVEDORAS CS-300/7 CS-150 CS-80 Embalagens com filmes estiráveis ENVOLVEDORAS CS-300/7 CS-150 CS-80 Cyklostretch Cyklop Hi-Stretch a alternativa econômica para estabilizar e proteger cargas paletizadas. www.cyklop.com.br Máquinas CS-300/7

Leia mais

CURSO TÉCNICO DE ELETROMECÂNICA APOSTILA DE COMANDOS ELÉTRICOS (COMPILADO - 1)

CURSO TÉCNICO DE ELETROMECÂNICA APOSTILA DE COMANDOS ELÉTRICOS (COMPILADO - 1) Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia CURSO TÉCNICO DE ELETROMECÂNICA APOSTILA DE COMANDOS ELÉTRICOS (COMPILADO - 1) PROF. WESLEY DE ALMEIDA SOUTO wesley@cefetba.br 03/ 2004 1. INTRODUÇÃO A representação

Leia mais

Manual. MOVITRAC B Desligamento seguro Aplicações. Edição 06/2007 11468793 / BP

Manual. MOVITRAC B Desligamento seguro Aplicações. Edição 06/2007 11468793 / BP Motoredutores \ Redutores Industriais \ Conversores de freqüência \ Automação \ Service Desligamento seguro Aplicações Edição 06/007 6879 / BP Manual SEW-EURODRIVE Driving the world Índice Indicações importantes...

Leia mais

Compressores de Ar de Parafusos Rotativos Lubrificados

Compressores de Ar de Parafusos Rotativos Lubrificados Compressores de Ar de Parafusos Rotativos Lubrificados Séries-R 55-75 kw/75-100 hp Compressores Rotativos 3 Um Novo Nível de Confiabilidade, Eficiência e Produtividade Os compressores de ar de parafuso

Leia mais

Sistema de deteção de fuga de gás. para aquecimento de salas e ambientes semelhantes

Sistema de deteção de fuga de gás. para aquecimento de salas e ambientes semelhantes 7 601 INTELLIGAS Sistema de deteção de fuga de gás para aquecimento de salas e ambientes semelhantes A unidade de controlo eletrónico para a deteção de fuga de gás com sensor individual destina-se a controlar

Leia mais

soft starter Acione suave e naturalmente com SIRIUS e SIKOSTART

soft starter Acione suave e naturalmente com SIRIUS e SIKOSTART soft starter Acione suave e naturalmente com SIRIUS e SIKOSTART Soft Starter Índice Páginas Introdução... e 2 SIRIUS 3RW30... 3 SIKOSTART 3RW34... 4 SIKOSTART 3RW22... 5 Panorama... 6 Software Win-SIKOSTART...

Leia mais

EPS 617 Bancada de teste Diesel Eficiência e versatilidade

EPS 617 Bancada de teste Diesel Eficiência e versatilidade EPS 617 Bancada de teste Diesel Eficiência e versatilidade Características e vantagens da bancada EPS 617 Acessórios necessários para o uso da bancada. A nova bancada de teste Diesel Bosch EPS 617 apresenta

Leia mais

UNITROL 5000 Sistemas de excitação para máquinas síncronas de médio e grande porte

UNITROL 5000 Sistemas de excitação para máquinas síncronas de médio e grande porte UNITROL 5000 Sistemas de excitação para máquinas síncronas de médio e grande porte Copyright 2000 Photodisc, Inc. 275 371 UNITROL 5000 Visão Geral O UNITROL 5000 é o produto mais poderoso da série de sistemas

Leia mais

TS-300BR. CAPACIDADE DO GUINDASTE 30.000 kg à 2,5 m

TS-300BR. CAPACIDADE DO GUINDASTE 30.000 kg à 2,5 m TADANO GUINDASTE HIDRÁULICO SOBRE RODAS CATÁLOGO DE ESPECIFICAÇÕES N TS-300BR TS-300BR DADOS GERAIS CAPACIDADE DO GUINDASTE 30.000 kg à 2,5 m LANÇA 4 seções, 9,8 m - 31,0 m DIMENSÕES GERAIS Comprimento

Leia mais

FT724 Terminal de incêndios

FT724 Terminal de incêndios FT724 Terminal de incêndios Para painéis de controle de incêndios da série FS720 (MP3.0) Cerberus PRO Funcionamento e indicações do sistema Visor retroiluminado de grandes dimensões (8 linhas com 40 caracteres

Leia mais

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT.

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Brochura técnica Termostatos KP Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. Um termostato KP pode ser conectado diretamente a um

Leia mais

HIVECTOL - HVI - E Inversores Multinível de Média Tensão Faixa de até 14.7 MVA (3.3kV até 11kV)

HIVECTOL - HVI - E Inversores Multinível de Média Tensão Faixa de até 14.7 MVA (3.3kV até 11kV) HIVECTOL - HVI - E Inversores Multinível de Média Tensão Faixa de até 14.7 MVA (3.3kV até 11kV) Energia Siderurgia Cimento Óleo & Gás Mineração Ind. Açucareira Celulose Tratamento de Água Borracha e muito

Leia mais

MANUAIS DE INSTRUÇÃO

MANUAIS DE INSTRUÇÃO MANUAIS DE INSTRUÇÃO ESPECIFICAÇÕES O DIMMER RACK 12 CANAIS CBI é fabricado para cumprir com as especificações do mercado de iluminação profissional, iluminação cênica, decorativa, shows, eventos e iluminação

Leia mais

Start Automation. altus evolução em automação

Start Automation. altus evolução em automação Start altus evolução em automação Níveis de automação Todo sistema de automação tem características únicas que exigem soluções personalizadas. Para cada necessidade específica de um projeto, a Altus possui

Leia mais

Sensores de visão OsiSense XUW. Catálogo

Sensores de visão OsiSense XUW. Catálogo Sensores de visão Catálogo Um sensor de visão de alto desempenho que é simples de instalar e configurar O novo sensor de visão auxilia no controle de qualidade na fabricação de suas peças. A configuração

Leia mais

MEDIDAS ELÉTRICAS POL-200

MEDIDAS ELÉTRICAS POL-200 ELETROTÉCNICA INDUSTRIAL POL-100 Para atender as necessidades das aulas praticas nos cursos de engenharia elétrica, técnico em eletro eletrônico e eletrotécnico. Permite ao aluno familiarização com componente

Leia mais

3.3) Painel de controle e acionamento

3.3) Painel de controle e acionamento Figura 3.16 Transdutor de pressão diferencial capacitivo f) FV-01 Válvula de controle de vazão - Válvula Globo Contorno Válvula de controle, 2 vias, tipo globo, linear, diâmetro 3/4",conexão rosca BSP,

Leia mais

RIELLO ELETTRONICA. Sentinel Power

RIELLO ELETTRONICA. Sentinel Power Sentinel Power REDES LOCAIS (LAN) ServIDORES DATA CENTERS REGISTRA- DORAS DE TELECOMU- NICAÇÃO PLCS INDUSTRIAIS ELETROMÉDI- COS DE EMERGÊNCIA (Luzes/Alarmes) Sentinel Power 6 6.5-10 kva monofásico / monofásico

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44. Versão 0.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44. Versão 0.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44 Versão 0.xx / Rev. 03 Índice Ítem Página 1. Introdução... 02 2. Características...

Leia mais

- 15P0071G600 - ASAC-1 SOFT STARTER. 1 Declarações de Aviso... 2 2 Instalação Mecânica... 2. 2.1 Dimensões e Pesos...2 2.2 Instalação Física...

- 15P0071G600 - ASAC-1 SOFT STARTER. 1 Declarações de Aviso... 2 2 Instalação Mecânica... 2. 2.1 Dimensões e Pesos...2 2.2 Instalação Física... - 15P0071G600 - ASAC-1 SOFT STARTER Atualização 01/11/13 R. 00 Este manual é parte integrante e essencial do produto. Leia atentamente as instruções contidas nele, as quais fornecem importantes informações

Leia mais

ENERGIA DA BATERIA & GERENCIAMENTO DA ENERGIA

ENERGIA DA BATERIA & GERENCIAMENTO DA ENERGIA CAPÍTULO VINTE TRÊS ENERGIA DA BATERIA & GERENCIAMENTO DA ENERGIA Neste capítulo, você aprenderá os fundamentos do gerenciamento de energia e como usá-los para adquirir uma vida média da bateria mais longa.

Leia mais

KPF08 e KPF-12. Controladores de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento.

KPF08 e KPF-12. Controladores de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento. [1] Introdução Controladores de fator de potência são instrumentos utilizados para medição e compensação de potência reativa em instalações elétricas. O fator de potência, definido pela razão entre potência

Leia mais

(Deslocamento positivo)

(Deslocamento positivo) de engrenagens ovais (Deslocamento positivo) OIMedidores de engrenagens ovais (Deslocamento positivo) OIMedidores Aplicação Os Medidores de engrenagens ovais pertencem à categoria de medidores volumétricos

Leia mais

PHD TR MD 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1.1 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS. 1.1.1. Sistema Hot-plug e Hot-Swap de acréscimo ou desligamento de módulos;

PHD TR MD 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1.1 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS. 1.1.1. Sistema Hot-plug e Hot-Swap de acréscimo ou desligamento de módulos; PHD TR MD 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1.1 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 1.1.1. Sistema Hot-plug e Hot-Swap de acréscimo ou desligamento de módulos; 1.1.2. Módulos de potência em formato rack 19, altura 3U; 1.1.3.

Leia mais

Código 7095. Código 7096

Código 7095. Código 7096 SOFTSTARTER DS MOELLER DS4-340-2K2-M Soft Starter 6 A Corrente Máxima: 6 A 220 V:, KW ;,5 C. V. 380 V: 2,2 KW ; 3,0 C. V. 440 V: 2,2 KW ; 3,0 C. V. Utilizar com o disjuntor PKZMC-6,3 Código 7095 Partida

Leia mais

TR-350XL. CAPACIDADE DO GUINDASTE 31.800 kg a 3,0 m

TR-350XL. CAPACIDADE DO GUINDASTE 31.800 kg a 3,0 m TADANO GUINDASTE HIDRÁULICO SOBRE RODAS CATÁLOGO DE ESPECIFICAÇÕES N.º TR-350XL-3-00101/EX-10 TR-350XL DADOS GERAIS CAPACIDADE DO GUINDASTE 31.800 kg a 3,0 m LANÇA 4 seções, 9,95 m - 32,0 m DIMENSÕES GERAIS

Leia mais

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX CR (COM CRUZETA)

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX CR (COM CRUZETA) ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX CR (COM CRUZETA) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX CR são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre

Leia mais

Oilon ChillHeat. Desempenho otimizado na refrigeração e aquecimento

Oilon ChillHeat. Desempenho otimizado na refrigeração e aquecimento Oilon ChillHeat Desempenho otimizado na refrigeração e aquecimento As bombas de calor oferecem energia econômica e ecologicamente correta Calor residual de baixa temperatura contém energia valiosa A indústria

Leia mais

Hand-held de temperatura Modelo CTH7000

Hand-held de temperatura Modelo CTH7000 Tecnologia de calibração Hand-held de temperatura Modelo CTH7000 Folha de dados WIKA CT 55.50 Aplicações Termômetro de precisão para medições de temperatura com alta exatidão em uma faixa de -200... +962

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÕES AHC CRANE 21644

MANUAL DE OPERAÇÕES AHC CRANE 21644 MANUAL DE OPERAÇÕES AHC CRANE 21644 PÁGINA DO AHC Na figura acima são exibidas as seguintes informações: 1- Velocidade do cabo. 2- Pressão do Nitrogênio no Compensador do AHC. 3- Carga máxima permitida

Leia mais

Symmetra PX. Symmetra PX 48kW Escalável de 16kW a 48kW. Proteção elétrica modular, escalável e de alta eficiência para Data Centers

Symmetra PX. Symmetra PX 48kW Escalável de 16kW a 48kW. Proteção elétrica modular, escalável e de alta eficiência para Data Centers Symmetra PX Proteção elétrica modular, escalável e de alta eficiência para Data Centers Symmetra PX 48kW Escalável de 16kW a 48kW > Proteção elétrica trifásica compacta, de alto desempenho e eficiência.

Leia mais

Inversor Solar Conectado à Rede Inversor Solar Fotovoltaico HIVERTER - Série NP201i

Inversor Solar Conectado à Rede Inversor Solar Fotovoltaico HIVERTER - Série NP201i Inversor Solar Fotovoltaico HIVERTER - Série NP201i HIVERTER - Série NP201i Os Inversores Fotovoltaicos da Hitachi são do tipo Grid-Tied (GT Conectados à Rede) com controle reativo de potência e alta eficiência,

Leia mais

Soft-Starter SSW-07/SSW-08

Soft-Starter SSW-07/SSW-08 SoftStarter SSW07/SSW08 Manual de Programação Versão de Software: V1.3x Idioma: Português Documento: 0899.5530 / 03 REFERÊNCIA RÁPIDA DOS PARÂMETROS, MENSAGENS DE ERRO E ESTADO Software: V1.3x Aplicação:

Leia mais