Por la Comisión Organizadora Local: Lorenzo J. Blanco Nieto (Coordinador General) Ricardo Luengo González (Coordinador de Actas)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Por la Comisión Organizadora Local: Lorenzo J. Blanco Nieto (Coordinador General) Ricardo Luengo González (Coordinador de Actas)"

Transcrição

1 INTRODUCCIÓN En el XI Simposio de la Sociedad Española de Educación Matemática, celebrado en la Universidad de La Laguna en Septiembre de 2007, se acordó la celebración en Badajoz del XII SEIEM. Su ubicación geográfica y nuestra trayectoria de colaboración con diferentes universidades y grupos de profesores portugueses, nos llevó a proponer un carácter transfronterizo para este evento. Es por ello que este encuentro se organiza desde la complicidad entre la Sociedad Española de Investigación en Educación Matemática, el Grupo de Trabalho para a Investigação de la Associação de Professores de Matemática, y la Secçao de Educaçao e Matemática da Sociedade Portuguesa de Ciencias de la Educaçao. Consideramos que su desarrollo nos dará la ocasión de hacer converger las reflexiones y trabajos desarrollados en España y Portugal, y profundizar en líneas de colaboración futura. Muchas han sido las aportaciones realizadas, que hemos tratado de recoger en esta publicación. Reflejan, sin duda, las preocupaciones y los resultados que se van obteniendo en la Investigación en Educación Matemática (tanto en España como en Portugal) en la actualidad. El libro se estructura en dos partes diferenciadas: Los Seminarios y las comunicaciones presentadas. En cuanto a los seminarios, en el primero, moderado por Leonor Santos, se ha tratado de presentar y reflexionar sobre la investigación desarrollada en los últimos años en nuestro campo tanto en Portugal como en España y señalar líneas de futuro comunes, o al menos susceptibles de colaboración. Para exponer la labor realizada se ha contado con reconocidos investigadores de ambos países (Salvador LLinares y João Pedro da Ponte) y la colaboración desde una posición más general y objetiva de Jeremy Kilpatrick, investigador suficientemente conocido y reconocido en nuestro ámbito. En el segundo seminario se trata de una cuestión que ha centrado la atención de los investigadores, durante una treintena de años, en todos los países: la resolución de problemas. Moderado por Luis Puig, acreditado especialista en el tema, se reflexiona sobre los avances y vicisitudes de la

2 resolución de problemas en los últimos 30 años abordando el estado de la cuestión y qué hacer en el futuro, introduciendo los últimos elementos que están apareciendo como novedad, como es el papel que pueden (o deben) desempeñar las TICs) en la resolución de problemas. Para contrastar el tema se cuenta también con acreditados especialistas portugueses y españoles como Enrique Castro, J. Manuel Matos y la colaboración de desde una perspectiva más amplia de Manuel Santos Trigo. En cuanto a las comunicaciones, al no haberse definido mesas que se ocuparan de temas concretos y a las que se pudieran presentar tanto los investigadores portugueses como los españoles, se han agrupado las escritas en castellano en un apartado y las escritas en portugués en otro. Los investigadores españoles se han interesado por temas tan diversos de Pensamiento Numérico y Algebraico, Análisis, Geometría, Resolución de Problemas, Estadística, Desarrollo Profesional, y diversos temas curriculares. Se puede observar una correspondencia entre los temas tratados y los que son objeto de interés dentro de los grupos organizados en SEIEM. Los investigadores portugueses han investigado sobre temas curriculares, Resolución de Problemas, Pensamiento Numérico y Algebraico, Desarrollo Profesional, Geometría, Nuevas Tecnologías (calculadoras), problemas de aula, trabajo colaborativo, Historia de la Educación Matemática, meta investigación en Educación Matemática, Educación Especial y Educación Matemática, Implicaciones Educación Matemática y Sociedad, Estilos en la E/A de la Matemática, y Educación Matemática e interdisciplinariedad. Aunque hay muchos temas coincidentes, se puede observar una mayor dispersión de temas, una menor concentración sobre la propia Matemática y más sobre temas enfocados a la interdisciplinariedad, el currículo, los problemas de aula y los diversos contextos sociales en los que incide la Educación Matemática. En conjunto las comunicaciones constituyen un caleidoscopio que refleja los temas de interés de los investigadores portugueses y españoles, que desde el conocimiento mutuo, puede sentar unas bases de colaboración que esperamos sean fructíferas en el futuro. Toda esta labor, que se pone de manifiesto en este libro, no hubiera sido posible sin la colaboración de muchas personas: las que componen las Juntas Directivas de SEIEM, SIEM y EIEM, Comité Científico, árbitros que

3 informan las comunicaciones, pero sobre todo de los ponentes y comunicantes. A todos les manifestamos nuestro reconocimiento. Por otra parte tampoco hubiera sido posible sin una organización local que ha dedicado muchas horas y esfuerzos a que todo funcionara de manera eficiente. Gracias a todos por aportar vuestro granito de arena. Por último tampoco hubiéramos podido cumplir nuestra misión sin la ayuda de las entidades e instituciones que nos han apoyado y proporcionado recursos de todo tipo. Por ello, desde la Comisión Organizadora Local queremos resaltar la inestimable colaboración de los miembros del Departamento de Didáctica de las Ciencias Experimentales y de las Matemáticas de la Universidad de Extremadura y de la Sociedad Extremeña de Educación Matemática, en el trabajo diario que ha supuesto la organización de este evento. Igualmente, quisiéramos agradecer a la Junta de Extremadura, Diputación Provincial, Ayuntamiento de Badajoz, Academia de Yuste, la Caja de Ahorros de Badajoz y la Universidad de Extremadura, su apoyo y financiación para que el XII SEIEM XIX SIEM XVIII EIEM, sea posible. Es evidente que la celebración de un evento de estas características no se queda sólo en el desarrollo de las actividades de carácter científico. A este respecto, deseamos que la participación en este simposio se transforme en un recuerdo agradable de una estancia fructífera en lo profesional y gozoso en lo personal. Por la Comisión Organizadora Local: Lorenzo J. Blanco Nieto (Coordinador General) Ricardo Luengo González (Coordinador de Actas)

4 INTRODUÇÃO No XI Simpósio da Sociedade Espanhola de Educação Matemática, realizado na Universidade de La Laguna em Setembro de 2007, acordou-se organizar em Badajoz o XII SEIEM. A nossa trajectória de colaboração com diferentes Universidades e grupos de professores portugueses, aliada à localização geográfica de Badajoz, levou-nos a propor um carácter transfronteiriço para este evento. É por isso que este encontro se organiza com a participação da Sociedade Espanhola de Investigação em Educação Matemática, do Grupo de Trabalho para a Investigação da Associação de Professores de Matemática e da Secção de Educação Matemática da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Consideramos que o seu desenvolvimento nos dará a ocasião de fazer convergir as reflexões e trabalhos desenvolvidos em Espanha e Portugal e aprofundar futuras linhas de colaboração. Muitas foram as contribuições realizadas, que tratamos de compilar nesta publicação. Elas reflectem, sem dúvida, as preocupações e os resultados que se vão obtendo na actual investigação em Educação Matemática, tanto em Espanha como em Portugal. O livro estrutura-se em duas partes diferenciadas: Os Seminários e as Comunicações apresentadas. Quanto aos Seminários, o primeiro, moderado por Leonor Santos, trata de apresentar e reflectir sobre a investigação desenvolvida nos últimos anos, tanto em Portugal como em Espanha, e identificar linhas de futuro comuns, ou pelo menos susceptíveis de colaboração. Para expor o trabalho realizado contou-se com dois reconhecidos investigadores de ambos os países, Salvador Llinares e João Pedro da Ponte, e a colaboração desde uma posição mais afastada e objectiva de Jeremy Kilpatrick, pesquisador suficientemente conhecido e reconhecido no nosso âmbito. O segundo Seminário trata de um tema que centrou a atenção dos investigadores durante uma trintena de anos em todos os países: a resolução de problemas. Moderado por Luis Puig, credenciado especialista nesta temática, reflecte-se sobre os avanços e as vicissitudes da resolução de problemas nos últimos 30 anos, abordando o estado da arte e as perspectivas de futuro, introduzindo os últimos aspectos que estão a surgir como novidade, como o do papel que podem, ou devem, desempenhar as TIC na resolução de problemas. Para discutir o tema contou-se também com credenciados especialistas portugueses e espanhóis como Enrique Castro e José Manuel Matos e ainda com a colaboração, desde uma perspectiva mais ampla, de Manuel Santos Trigo. Quanto às comunicações, ao não se terem definido mesas que se ocupassem de temas concretos e às que se pudessem apresentar tanto os pesquisadores portugueses como os espanhóis, agruparam-se os artigos em castelhano numa secção e os artigos em português em outra.

5 Os pesquisadores espanhóis interessaram-se por temas tão diversos como: Pensamento numérico e algébrico, Análise, Geometria, Resolução de problemas, Estatística, Desenvolvimento profissional e diversos temas curriculares. Pode observar-se uma correspondência entre os temas tratados e os que são objecto de interesse no contexto dos grupos organizados num SEIEM. Os pesquisadores portugueses investigaram sobre temas curriculares, Resolução de problemas, Pensamento numérico e algébrico, Desenvolvimento profissional, Geometria, Novas tecnologias (calculadoras), Problemas de sala de aula, Trabalho colaborativo, História da Educação Matemática, meta-investigação em Educação Matemática, Educação Especial e Educação Matemática, Envolvimentos Educação Matemática e Sociedade, Estilos de Ensino- Aprendizagem em Matemática, e Educação Matemática e interdisciplinaridade. Ainda que subsistam muitos temas coincidentes, pode observar-se uma maior dispersão de temas, uma menor concentração sobre a própria Matemática e uma maior sobre temas centrados na interdisciplinaridade, no currículo, nos problemas de sala de aula e nos diversos contextos sociais em que incide a Educação Matemática. Em conjunto, as comunicações constituem um caleidoscópico que evidencia os temas de interesse dos pesquisadores portugueses e espanhóis e nos quais se podem alicerçar as bases de uma futura colaboração, que esperamos seja frutífera. Todo este trabalho, que ganha notoriedade neste livro, não teria sido possível sem a colaboração de muitas pessoas: as que compõem as Juntas Directivas do SEIEM, SIEM e EIEM, Comité Científico, dos juízes que avaliam as comunicações, mas sobretudo dos diferentes oradores. A todos lhes manifestamos o nosso reconhecimento. Por outra parte, também não teria sido possível sem uma organização local que dedicou muitas horas e esforços para que tudo funcionasse de maneira eficaz. Graças a todos por contribuírem com o seu grãozinho de areia. Por último, também não teria sido possível cumprir a nossa missão sem a ajuda das entidades e instituições que nos apoiaram e proporcionaram recursos de todo o tipo. Por isso, a Comissão Organizadora Local ressalta a inestimável colaboração dos membros do Departamento de Didáctica das Ciências Experimentais e das Matemáticas da Universidade de Extremadura e da Sociedade Extremenha de Educação Matemática, no trabalho diário que pressupôs a organização deste evento. Igualmente, agradecemos à Junta de Extremadura, à Diputación Estadual, à Prefeitura de Badajoz, à Academia de Yuste, à Caixa de Poupanças de Badajoz e à Universidade de Extremadura o seu apoio e financiamento para que o XII SEIEM XIX SIEM XVIII EIEM fosse possível. É evidente que a celebração de um evento destas características não se fica pelo desenvolvimento das actividades de carácter científico. A este respeito, desejamos que a participação neste Simpósio se transforme na recordação agradável de uma estadia frutífera do ponto de vista profissional e pessoal.

6 Pela Comissão Organizadora Local: Lorenzo J. Blanco Nieto (Coordenador Geral) Ricardo Luengo González (Coordenador de Actas)

FUNDAÇÃO CONSELHO ESPANHA BRASIL

FUNDAÇÃO CONSELHO ESPANHA BRASIL FUNDAÇÃO CONSELHO ESPANHA BRASIL UN SELLO DE CALIDAD EN LAS RELACIONES BILATERALES FUNDAÇÃO CONSELHO ESPANHA BRASIL UM SELO DE QUALIDADE NAS RELAÇÕES BILATERAIS FUNDAÇÃO CONSELHO ESPANHA BRASIL diseño

Leia mais

Projetos compartilhados

Projetos compartilhados espaço ibero-americano espacio iberoamericano Projetos compartilhados OEI inicia o Programa Arte-educação, Cultura e Cidadania e o Projeto Ibero-americano de Teatro Infantojuvenil A aprendizagem da arte

Leia mais

ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y

ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y La CASA DA AMÉRICA LATINA, es una institución de derecho privado sin ánimo de lucro, con sede en la Avenida 24 de Julho, número 1188, en Lisboa, Portugal, representada

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 16/2015 Campus São João del-rei

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 16/2015 Campus São João del-rei Tema 01: GÊNERO E TIPOLOGIA TEXTUAL Para Luiz Antônio Marcuschi (2002), os gêneros textuais são artefatos culturais construídos historicamente pelo ser humano, textos materializados que usamos em nosso

Leia mais

Guião E. 1.º MOMENTO Intervenientes e tempos

Guião E. 1.º MOMENTO Intervenientes e tempos Proposta de Guião para uma Prova Disciplina: Espanhol, Nível de Iniciação, 11.º ano (A2) Domínio de Referência: Viajes y Transportes Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião E 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

Parceria Asociación. Escola Empresa Escuela Enpresa

Parceria Asociación. Escola Empresa Escuela Enpresa Parceria Asociación Escola Empresa Escuela Enpresa FIEC - Empresas A FIEC em parceria com empresas da cidade e região que participam da atualização do conteúdo programático, capacitação do corpo docente

Leia mais

Planejamento estratégico

Planejamento estratégico espaço ibero-americano espacio iberoamericano Planejamento estratégico Quem somos, onde queremos ir e como chegaremos lá são indagações necessárias em todas as escolas Como qualquer empresa, instituições

Leia mais

VII Congresso Hispano-Luso de Avaliação do Dano Corporal VII Congreso Hispano-Luso de Valoración del Daño Corporal

VII Congresso Hispano-Luso de Avaliação do Dano Corporal VII Congreso Hispano-Luso de Valoración del Daño Corporal Programa Científico VII Congresso Hispano-Luso de Avaliação do Dano Corporal VII Congreso Hispano-Luso de Valoración del Daño Corporal PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR* * O programa científico indicado poderá

Leia mais

La República Argentina y la República Federativa del Brasil, en adelante, las Partes;

La República Argentina y la República Federativa del Brasil, en adelante, las Partes; Protocolo Adicional al Acuerdo de Cooperación para el Desarrollo y la Aplicación de los Usos Pacíficos de la Energía Nuclear en Materia de Reactores, Combustibles Nucleares, Suministro de Radioisótopos

Leia mais

Vocabulário e frases chave

Vocabulário e frases chave Vocabulário e frases chave la tradición La sociedad moderna tiende a desvincularse de las tradiciones. a tradição A sociedade moderna tende a se afastar das tradições. la cultura Las distintas culturas

Leia mais

A IMAGINAÇÃO EM VYGOTSKY: princípio para novas construções, para a expansão de conhecimentos e para o desenvolvimento *

A IMAGINAÇÃO EM VYGOTSKY: princípio para novas construções, para a expansão de conhecimentos e para o desenvolvimento * A IMAGINAÇÃO EM VYGOTSKY: princípio para novas construções, para a expansão de conhecimentos e para o desenvolvimento * Flávia Diniz Roldão Balmant Resumo: O trabalho apresenta a concepção de Imaginação

Leia mais

TRABALHO PRÁTICO E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NUMA PERSPECTIVA CTS. AS PLANTAS NA MANUTENÇÃO DA VIDA

TRABALHO PRÁTICO E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NUMA PERSPECTIVA CTS. AS PLANTAS NA MANUTENÇÃO DA VIDA TRABALHO PRÁTICO E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NUMA PERSPECTIVA CTS. AS PLANTAS NA MANUTENÇÃO DA VIDA Sónia Balau Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Castelo Branco sonia_balau@mail.ese.ipcb.pt

Leia mais

III Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración de la América Latina y el Caribe

III Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración de la América Latina y el Caribe Simpósio 10 De 1492 à Contemporaneidade: Debates sobre Discursos, Sujeitos e Saberes no Contexto Educacional da América Latina e Caribe Segundo Enrique Domingos Dussel, o ano de 1492 inaugura a Modernidade.

Leia mais

RESSIGNIFICAÇÃO DA INTERDISCIPLINARIDADE NO CONTEXTO PEDAGOGICO REFLEXIVO E INTERATIVO NA EDUCAÇÃO BÁSICA

RESSIGNIFICAÇÃO DA INTERDISCIPLINARIDADE NO CONTEXTO PEDAGOGICO REFLEXIVO E INTERATIVO NA EDUCAÇÃO BÁSICA RESSIGNIFICAÇÃO DA INTERDISCIPLINARIDADE NO CONTEXTO PEDAGOGICO REFLEXIVO E INTERATIVO NA EDUCAÇÃO BÁSICA FLAVIO PEREIRA NOLÊTO Colégio São Francisco de Assis (Brasil) Professor de Filosofia II (UEG) Curso

Leia mais

Ensinar com TIC: Aprendizagem disruptiva, realidade aumentada e tecnologia wearable no ensino superior

Ensinar com TIC: Aprendizagem disruptiva, realidade aumentada e tecnologia wearable no ensino superior Ensinar com TIC: Aprendizagem disruptiva, realidade aumentada e tecnologia wearable no ensino superior Curso de Março a Abril de 2015 INSCRIÇÕES aceites por ORDEM DE CHEGADA workshops presenciais: até

Leia mais

EL PROGRAMA FORAL Y LA FORMACIÓN PROFESIONAL EN LA ADMINISTRACIÓN LOCAL, EN PORTUGAL

EL PROGRAMA FORAL Y LA FORMACIÓN PROFESIONAL EN LA ADMINISTRACIÓN LOCAL, EN PORTUGAL EL PROGRAMA FORAL Y LA FORMACIÓN PROFESIONAL EN LA ADMINISTRACIÓN LOCAL, EN PORTUGAL O PROGRAMA FORAL E A FORMAÇÃO PROFISSIONAL NA ADMINISTRAÇÃO LOCAL, EM PORTUGAL BELMIRO GIL CABRITO Universidade de Lisboa

Leia mais

SUMÁRIO GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EDUCAÇÃO: UM OLHAR A PARTIR DA ADMINISTRAÇÃO... 2

SUMÁRIO GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EDUCAÇÃO: UM OLHAR A PARTIR DA ADMINISTRAÇÃO... 2 SUMÁRIO GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EDUCAÇÃO: UM OLHAR A PARTIR DA ADMINISTRAÇÃO... 2 A IMPORTÂNCIA DO CONTEXTO GEOECONÔMICO DE FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE POBREZA PARA A GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA-FAMÍLIA... 3 QUÉ

Leia mais

Sistema de Gestão Integrado. La herramienta presenta una tendencia más fuerte hacia:

Sistema de Gestão Integrado. La herramienta presenta una tendencia más fuerte hacia: Descripción de herramientas 15 SGI Sistema de Gestão Integrado I Breve descripción 1. Nombre de la herramienta Sistema de Gestão Integrado- Integração das normas ISO-9001,9002,14001 e OHSAS 18001. 2. Objetivo

Leia mais

Freixinho & Raizman a d v o g a d o s

Freixinho & Raizman a d v o g a d o s Freixinho & Raizman a d v o g a d o s www.freixinho.adv.br Freixinho & Raizman a d v o g a d o s Freixinho & Raizman a d v o g a d o s A Empresa Freixinho e Raizman Advogados tem o objetivo de prover

Leia mais

FAMÍLIA E ESCOLA: uma participação interativa no contexto da Educação Infantil RESUMO

FAMÍLIA E ESCOLA: uma participação interativa no contexto da Educação Infantil RESUMO Revista Eventos Pedagógicos v. 2, n. 1 (2. ed. rev. e aum.), p. 42-49, jan./jul. 2011 FAMÍLIA E ESCOLA: uma participação interativa no contexto da Educação Infantil Anne Kelly Hetzel de Araújo Anastácio

Leia mais

OS ESTUDANTES DE ENGENHARIA FLORESTAL DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA E O CONSUMO CONSCIENTE

OS ESTUDANTES DE ENGENHARIA FLORESTAL DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA E O CONSUMO CONSCIENTE OS ESTUDANTES DE ENGENHARIA FLORESTAL DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA E O CONSUMO CONSCIENTE Daíse Cardoso de Souza Bernardino¹, Alcides Pereira Santos Neto², Helane França Silva², Siléia

Leia mais

MEMÓRIA VISUAL DO VELHO OESTE PAULISTA: REGISTRO HISTÓRICO E PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO DA VANGUARDA CAFEEIRA

MEMÓRIA VISUAL DO VELHO OESTE PAULISTA: REGISTRO HISTÓRICO E PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO DA VANGUARDA CAFEEIRA MEMÓRIA VISUAL DO VELHO OESTE PAULISTA: REGISTRO HISTÓRICO E PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO DA VANGUARDA CAFEEIRA MEMORIA VISUAL DEL VIEJO OESTE PAULISTA: HISTÓRICO Y PRESERVACIÓN DE ACCIONISTAS DE VANGUARDIA

Leia mais

Ficha sistematización experiencias en Educación Teológica Virtual Facultad EST, Brasil

Ficha sistematización experiencias en Educación Teológica Virtual Facultad EST, Brasil Ficha sistematización experiencias en Educación Teológica Virtual Facultad EST, Brasil 1.1.Nombre, país, sitio web 1.DATOS INSTITUCIONALES Faculdades EST, Brasil, http://www.est.edu.br 1.2.Relaciones con

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular LÍNGUA ESPANHOLA Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular LÍNGUA ESPANHOLA Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular LÍNGUA ESPANHOLA Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Turismo 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular LÍNGUA

Leia mais

( TRADUCCIÓN EN CASTELLANO EN LA PÁGINA 9 )

( TRADUCCIÓN EN CASTELLANO EN LA PÁGINA 9 ) ( TRADUCCIÓN EN CASTELLANO EN LA PÁGINA 9 ) 1. Título do Projeto: Criando espaços de inclusão e reconhecimento. 2. Identificação da Entidade. 2.1. Nome: GRUPO COMUNITÁRIO DONA BUBU 2.2. Endereço Rua Safira,

Leia mais

FACULDADE DE LETRAS UNIVERSIDADE DO PORTO

FACULDADE DE LETRAS UNIVERSIDADE DO PORTO FACULDADE DE LETRAS UNIVERSIDADE DO PORTO SEMINÁRIO DE INVESTIGAÇÃO EM MUSEOLOGIA DOS PAÍSES DE LÌNGUA PORTUGUESA E ESPANHOLA SEMINARIO DE INVESTIGACIÓN EN MUSEOLOGÍA DE LOS PAÍSES DE HABLA PORTUGUESA

Leia mais

Apêndice II. Unidade de Contexto PD2 Declaração de Sorbonne

Apêndice II. Unidade de Contexto PD2 Declaração de Sorbonne Apêndice II Quadro- síntese dos documentos da U. Européia e portugueses analisados Unidade de Contexto PD1 Magna Charta Universitatum Universidades Papel...o futuro da humanidade, neste fim de milênio,

Leia mais

Te ayudamos a decorar tu casa de la mano de Agatha Ruiz de La Prada. Ajudamos-te a decorar a tua casa com um toque Agatha Ruiz de La Prada

Te ayudamos a decorar tu casa de la mano de Agatha Ruiz de La Prada. Ajudamos-te a decorar a tua casa com um toque Agatha Ruiz de La Prada ES Te ayudamos a decorar tu casa de la mano de Agatha Ruiz de La Prada PT Ajudamos-te a decorar a tua casa com um toque Agatha Ruiz de La Prada Dyrup y Agatha Ruiz de la Prada con su nueva colección proponen

Leia mais

internacional MBA hispano-luso

internacional MBA hispano-luso internacional MBA hispano-luso MBA, sello de calidad Un MBA es el programa más cursado en todo el mundo, y goza del mayor r e c o n o c i m i e n t o y p r e s t i g i o internacional. Ofrece las mejores

Leia mais

A Empresa. La Compañía

A Empresa. La Compañía A Empresa Freixinho Advogados tem o objetivo de prover assessoramento completo para pessoas físicas e jurídicas em questões de Direito Penal e Processo Penal. Para oferecer serviços de excelência a seus

Leia mais

SERIE CURSOS DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA / 2010 CURSO DE NEGÓCIOS

SERIE CURSOS DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA / 2010 CURSO DE NEGÓCIOS SERIE CURSOS DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA / 2010 CURSO DE NEGÓCIOS Curso dirigido a estudantes e profissionais que necessitem aprender espanhol no âmbito empresarial e comercial. Neste curso, o

Leia mais

Prova Escrita de Espanhol

Prova Escrita de Espanhol EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova Escrita de Espanhol 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Iniciação bienal Prova 47/1.ª Fase Critérios de Classificação 6 Páginas

Leia mais

Segui buscando en la Red de Bibliotecas Virtuales de CLACSO http://biblioteca.clacso.edu.ar

Segui buscando en la Red de Bibliotecas Virtuales de CLACSO http://biblioteca.clacso.edu.ar Educação do campo e democratização da educação superior no Brasil Titulo Barbosa, Lia Pinheiro - Autor/a; Autor(es) Buenos Aires Lugar CLACSO Editorial/Editor 2014 Fecha Colección Universidades; Educação

Leia mais

32 explican como un enfrentamiento de raíces étnicas entre árabes y africanos, la realidad 33 es más compleja. 34 Hay que tener en cuenta el

32 explican como un enfrentamiento de raíces étnicas entre árabes y africanos, la realidad 33 es más compleja. 34 Hay que tener en cuenta el Cambio climático 1 En el año 2007 el cambio climático logró por fin situarse en la agenda política global 2 como uno de los grandes problemas que afronta la humanidad. Así lo reflejaron las 3 conclusiones

Leia mais

ESCUELAS INTERCULTURALES BILINGUES DE FRONTERA: UNA MIRADA HACIA LA FORMACIÓN DOCENTE

ESCUELAS INTERCULTURALES BILINGUES DE FRONTERA: UNA MIRADA HACIA LA FORMACIÓN DOCENTE ESCUELAS INTERCULTURALES BILINGUES DE FRONTERA: UNA MIRADA HACIA LA FORMACIÓN DOCENTE Fabiana Perpétua Ferreira Fernandes Universidade Federal de Goiás brasucaya@yahoo.com.br A partir del primer semestre

Leia mais

EL PALETIZADOR NACIDO EN EL FUTURO O PALETIZADOR NASCEU NO FUTURO [ ES PT ]

EL PALETIZADOR NACIDO EN EL FUTURO O PALETIZADOR NASCEU NO FUTURO [ ES PT ] EL PALETIZADOR NACIDO EN EL FUTURO O PALETIZADOR NASCEU NO FUTURO [ ES PT ] Griffon la tecnología ligera e integrada 2 Tecnología ligera sin límites de capacidad hasta 250 kg por bulto El nuevo paletizador

Leia mais

Capacitação Docente: Um Movimento que

Capacitação Docente: Um Movimento que : Um Movimento que se faz Compromisso na PUCRS Rosana M. Gessinger, Valderez M. R. Lima, Leticia L. Leite, Márcia C. Moraes Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul 08 de novembro de 2012

Leia mais

IRINEU OZIRES CUNHA JORGE COSTA FILHO LUIZ RODRIGO LARSON CARSTENS O CONTROLE EXTERNO DA POLÍCIA ESTADUAL DE CICLO COMPLETO : PERSPECTIVAS FUTURAS

IRINEU OZIRES CUNHA JORGE COSTA FILHO LUIZ RODRIGO LARSON CARSTENS O CONTROLE EXTERNO DA POLÍCIA ESTADUAL DE CICLO COMPLETO : PERSPECTIVAS FUTURAS IRINEU OZIRES CUNHA JORGE COSTA FILHO LUIZ RODRIGO LARSON CARSTENS O CONTROLE EXTERNO DA POLÍCIA ESTADUAL DE CICLO COMPLETO : PERSPECTIVAS FUTURAS Trabalho Técnico-Científico, apresentado por exigência

Leia mais

AVALIANDO UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS i

AVALIANDO UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS i 1 AVALIANDO UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS i Daisi Teresinha Chapani ii Ana Lucia Santos Souza iii Eixo 4. Formação de professores. Resumo: Temos hoje uma infinidade de

Leia mais

A MOBILIDADE DO PROFESSOR NA ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS ESCOLARES: O CASO DA FEIRA DAS NAÇÕES DO CENTRO EDUCACIONAL CRI ARTE EM ARACAJU-SE.

A MOBILIDADE DO PROFESSOR NA ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS ESCOLARES: O CASO DA FEIRA DAS NAÇÕES DO CENTRO EDUCACIONAL CRI ARTE EM ARACAJU-SE. 1 A MOBILIDADE DO PROFESSOR NA ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS ESCOLARES: O CASO DA FEIRA DAS NAÇÕES DO CENTRO EDUCACIONAL CRI ARTE EM ARACAJU-SE. GT8 Espaços Educativos, Currículo e Formação Docente (Saberes e

Leia mais

O ESCRITÓRIO. El Estudio

O ESCRITÓRIO. El Estudio O ESCRITÓRIO Freixinho Advogados tem o objetivo de prover assessoramento completo para pessoas físicas e jurídicas em questões de Direito Penal e Processo Penal. Para oferecer serviços de excelência a

Leia mais

ELABORAÇÃO E APLICAÇÃO DA OFICINA PARA ALUNOS DO 3º ANO

ELABORAÇÃO E APLICAÇÃO DA OFICINA PARA ALUNOS DO 3º ANO ELABORAÇÃO E APLICAÇÃO DA OFICINA PARA ALUNOS DO 3º ANO Alayse Alcântara de Oliveira 3 (UFS) Márcia de Jesus Araujo 4 (UFS) CONSIDERAÇÕES INICIAIS O referido trabalho é fruto do grupo de pesquisa intitulado

Leia mais

TRABALHANDO JUNTOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA TRABAJANDO JUNTOS PARA EL DESENVOLVIMIENTO DE LA INDUSTRIA

TRABALHANDO JUNTOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA TRABAJANDO JUNTOS PARA EL DESENVOLVIMIENTO DE LA INDUSTRIA TRABALHANDO JUNTOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA TRABAJANDO JUNTOS PARA EL DESENVOLVIMIENTO DE LA INDUSTRIA AS SOLUÇÕES ARTICULADAS DO SISTEMA FIERO, POR MEIO DO SESI E SENAI, FORAM ESPECIALMENTE

Leia mais

III Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración de la América Latina y el Caribe

III Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración de la América Latina y el Caribe Simpósio 28 Tecnologias da Informação e Comunicação, Linguagens Audiovisuais e Práticas Educativas na América Latina: experiências envolvendo a formação docente Este simpósio temático carrega o objetivo

Leia mais

Cabo Verde: Información aportada por la Sección Económica y Comercial de la Embajada de la República Argentina en Portugal. Fecha: 10.10.

Cabo Verde: Información aportada por la Sección Económica y Comercial de la Embajada de la República Argentina en Portugal. Fecha: 10.10. Cabo Verde: Información aportada por la Sección Económica y Comercial de la Embajada de la República Argentina en Portugal. Fecha: 10.10.2012 Adjuntamos la reglamentación de los países que fue aportada

Leia mais

Secção Regional do Porto da Ordem dos Farmacêuticos. 1as Jornadas Atlânticas (Norte de Portugal-Galiza) de Cuidados Farmacêuticos

Secção Regional do Porto da Ordem dos Farmacêuticos. 1as Jornadas Atlânticas (Norte de Portugal-Galiza) de Cuidados Farmacêuticos SPCFar Secção Regional do Porto da Ordem dos Farmacêuticos 1as Jornadas Atlânticas (Norte de Portugal-Galiza) de Cuidados Farmacêuticos I Jornadas Atlânticas (Galicia-Norte de Portugal) de Atención Farmaceutica

Leia mais

Em quanto tempo o investimento em geoprocessamento retorna para uma empresa ou órgão público?

Em quanto tempo o investimento em geoprocessamento retorna para uma empresa ou órgão público? Em quanto tempo o investimento em geoprocessamento retorna para uma empresa ou órgão público? Cual es período de retorno de una inversión en geoprocesamento por parte de una administración pública? Xavier

Leia mais

CLIPPING 03 /07/2013

CLIPPING 03 /07/2013 CLIPPING 03 /07/2013 Fonte: Site UFCSPA Seção: Página: Data:03/07/2013 Secretário Nacional de Políticas sobre Drogas visita VIVAVOZ-132 Qua, 03 de Julho de 2013 12:48 O novo titular da Secretaria Nacional

Leia mais

DISEÑO SIN LÍMITES I DESIGN ILIMITADO

DISEÑO SIN LÍMITES I DESIGN ILIMITADO DISEÑO SIN LÍMITES I DESIGN ILIMITADO Superficies individualizadas para una arquitectura excepcional. Superfícies de decoração individuais para uma arquitectura única. FACHADAS CON UN DISEÑO ÚNICO COMPOSIÇÃO

Leia mais

Possibilidades e limitações da educação em valores e para a cidadania na perspectiva dos professores de Matemática

Possibilidades e limitações da educação em valores e para a cidadania na perspectiva dos professores de Matemática Possibilidades e limitações da educação em valores e para a cidadania na perspectiva dos professores de Matemática Nilson Antonio Ferreira Roseira Aquesta tesi doctoral està subjecta a la llicència Reconeixement-

Leia mais

LÍNGUA ESPANHOLA. El caso del agua extraviada en Marte

LÍNGUA ESPANHOLA. El caso del agua extraviada en Marte LÍNGUA ESPANHOLA INSTRUÇÃO : As questões de número 25 a 30 referem-se ao texto abaixo. El caso del agua extraviada en Marte 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26

Leia mais

DISSERTATIVA. D06 Professor. Espanhol CADERNO DE PROVA. Instruções. Atenção!

DISSERTATIVA. D06 Professor. Espanhol CADERNO DE PROVA. Instruções. Atenção! CADERNO DE PROVA DISSERTATIVA Prefeitura de Florianópolis Secr. Mun. de Educação/Secr. Mun. da Administração Concurso Público Edital n o 009/05 http://educa05.fepese.org.br D06 Professor Espanhol Instruções

Leia mais

5 to Congreso Latinoamericano de Investigación Turística

5 to Congreso Latinoamericano de Investigación Turística 5 to Congreso Latinoamericano de Investigación Turística Tema: Fortalecimiento e Integración de la Investigación en Turismo en América Latina Objetivo del evento: Contribuir a estrechar los lazos entre

Leia mais

IPBeja Clipping. Junho 2013

IPBeja Clipping. Junho 2013 IPBeja Clipping Junho 2013 Índice # Orgão Título Data 1 C P Social Salvador CPSS presente na Formação Técnica de desporto ESEB-IPBeja 03-06-2013 2 Diário Online I Fórum de Educação e Formação do Algarve

Leia mais

Pontificia Universidad Católica del Ecuador

Pontificia Universidad Católica del Ecuador I 1. DADOS INFORMATIVOS FACULTAD: FCLL CARRERA: Asignatura/Módulo: PORTUGUÉS III Código:10871 Plan de estudios: Nivel: III Prerrequisitos: Aprovado nível II Correquisitos: Período académico: II SEMESTRE

Leia mais

Turbo-trituradores TRX-21 / TRX-22

Turbo-trituradores TRX-21 / TRX-22 Turbo-trituradores TRX-21 / TRX-22 TRX-21 / TRX-22 La gama de turbo-trituradores TRX de Sammic, diseñada para trabajar en calderos de hasta 800 litros de capacidad, permite mezclar y triturar directamente

Leia mais

O USO DE DOCUMENTOS DIVERSIFICADOS NAS SÉRIES INICIAIS PARA RECRIAÇÃO DOS CONHECIMENTOS PRÉVIOS

O USO DE DOCUMENTOS DIVERSIFICADOS NAS SÉRIES INICIAIS PARA RECRIAÇÃO DOS CONHECIMENTOS PRÉVIOS O USO DE DOCUMENTOS DIVERSIFICADOS NAS SÉRIES INICIAIS PARA RECRIAÇÃO DOS CONHECIMENTOS PRÉVIOS Sandra do Rocio Cordeiro de Lima O trabalho apresentado é o relato de uma prática pedagógica desenvolvida

Leia mais

AS TIC S NO ENSINO DA CULTURA NAS AULAS DE E/LE

AS TIC S NO ENSINO DA CULTURA NAS AULAS DE E/LE AS TIC S NO ENSINO DA CULTURA NAS AULAS DE E/LE Maria Lidiane Araújo Silva (UFS) 1 Givaneide Santos de Jesus (UFS) 2 INTRODUÇÃO O artigo em questão objetiva mostrar de maneira clara e simples o que são

Leia mais

MEDIADORES TECNOLÓGICOS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES. CARTOGRAFIA DE UM CASO FRENTE AOS DESAFIOS NO CONTEXTO AMAZÔNICO

MEDIADORES TECNOLÓGICOS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES. CARTOGRAFIA DE UM CASO FRENTE AOS DESAFIOS NO CONTEXTO AMAZÔNICO MEDIADORES TECNOLÓGICOS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES. CARTOGRAFIA DE UM CASO FRENTE AOS DESAFIOS NO CONTEXTO AMAZÔNICO Jucimara Canto Gomes, Zeina Rebouças Corrêa Thomé Universidade Federal do Amazonas jucimaracanto@hotmail.com

Leia mais

A Defesa dos Direitos das Pessoas com Transtorno Mental e o Ministério Público

A Defesa dos Direitos das Pessoas com Transtorno Mental e o Ministério Público A Defesa dos Direitos das Pessoas com Transtorno Mental e o Ministério Público Bruno Alexander Vieira Soares Promotor de Justiça de Defesa da Saúde/BH Coordenador da Coordenadoria de Defesa das Pessoas

Leia mais

Alfabetizar letrando... Letrar alfabetizando: por quê? Como?

Alfabetizar letrando... Letrar alfabetizando: por quê? Como? Alfabetizar letrando... Letrar alfabetizando: por quê? Como? Patrícia Moura Pinho 1 Resumo: O presente texto trata da questão da alfabetização e as discussões teóricas e didáticas acerca da mesma, principalmente

Leia mais

GESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA EXPERIÊNCIA NUMA ESCOLA PÚBLICA DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL - ANOS INICIAIS DO MUNICÍPIO DE LAGOA SECA-PB

GESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA EXPERIÊNCIA NUMA ESCOLA PÚBLICA DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL - ANOS INICIAIS DO MUNICÍPIO DE LAGOA SECA-PB GESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA EXPERIÊNCIA NUMA ESCOLA PÚBLICA DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL - ANOS INICIAIS DO MUNICÍPIO DE LAGOA SECA-PB Janice Anacleto Pereira dos Reis-UFCG janiceanacletols@gmail.com

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Fórum Social Mundial 2006: Desafios e possibilidades de um fórum mundial policêntrico I. Justificativa

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social Protocolo entre o, Ciência e Tecnologia da República Argentina e o de Educação da República Federativa do Brasil para a promoção do ensino do Espanhol e do Português como segundas línguas O, Ciência e

Leia mais

Perguntar se existem taxas de comissão para sacar dinheiro em um dado país

Perguntar se existem taxas de comissão para sacar dinheiro em um dado país - Geral Puedo sacar dinero en (país) sin pagar comisiones? Perguntar se existem taxas de comissão para sacar dinheiro em um dado país Cuáles son las comisiones por usar cajeros automáticos de otros bancos?

Leia mais

BRASÍLIA DF IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO POR COMPETÊNCIA RESUMO

BRASÍLIA DF IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO POR COMPETÊNCIA RESUMO BRASÍLIA DF 2010 IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO POR COMPETÊNCIA RESUMO O processo de formação de pessoas é bastante complexo e difícil, pois normalmente os Lideres responsáveis pela transmissão do conhecimento,

Leia mais

Conteúdo: Aula: 2.1. - Expressões de apresentação pessoal e saudações em espanhol. - Expressões de despedidas. - Expressões de estado de ânimo.

Conteúdo: Aula: 2.1. - Expressões de apresentação pessoal e saudações em espanhol. - Expressões de despedidas. - Expressões de estado de ânimo. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula: 2.1 Conteúdo: - Expressões de apresentação pessoal e saudações em espanhol. - Expressões de despedidas. - Expressões

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE ESPANHOL

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE ESPANHOL ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE ESPANHOL Nome: Nº 7º ano Data: / /2015 Professor: Nota: (valor: 2,0) 1º semestre Neste semestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos necessários.

Leia mais

Monismo metodológico....y sus Modismos metodológicos

Monismo metodológico....y sus Modismos metodológicos Monismo metodológico...y sus Modismos metodológicos Puntos a considerar para mejores prácticas en nuestros trabajos cientificos El espíritu de la duda (nuestra mayor herencia) Caminamos del NUESTRO sentido

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC CURSO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL URBANO E RURAL ROBERTO CORRÊA DA SILVA

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC CURSO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL URBANO E RURAL ROBERTO CORRÊA DA SILVA UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC CURSO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL URBANO E RURAL ROBERTO CORRÊA DA SILVA Plano Diretor como Indicador de Políticas Públicas para o Desenvolvimento do Município de São Bento

Leia mais

PRISMA.COM n.º 9 2010 ISSN: 1646-3153

PRISMA.COM n.º 9 2010 ISSN: 1646-3153 Recensão Tecnologia Educativa: La formación del profesorado en la era de Internet De Pablos Pons, J. (Coordenador) (2009), Málaga: Ediciones Aljibe, 489 págs. Luísa Aires Universidade Aberta mlaires@univ-ab.pt

Leia mais

Educomunicação: por que precisamos de um novo conceito.

Educomunicação: por que precisamos de um novo conceito. Educomunicação: por que precisamos de um novo conceito. LOURENÇO, S. 1 Educomunicação: por que precisamos de um novo conceito LOURENÇO, Silene de A. G. silene.lourenco@gmail.com Núcleo de Comunicação e

Leia mais

XIV JORNADAS INTERNACIONAIS

XIV JORNADAS INTERNACIONAIS XIV JORNADAS INTERNACIONAIS Aprender Sempre: Novos desafios no século XXI PORTO, PORTUGAL De 30 de setembro a 3 de outubro de 2015 Línguas Oficiais : Português e Espanhol PROGRAMA XIV JORNADAS INTERNACIONAIS

Leia mais

III Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración de la América Latina y el Caribe

III Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración de la América Latina y el Caribe Simpósio 38 HISTORIA, CULTURA E NATUREZA A história ambiental é um campo historiográfico relativamente novo. Apesar do debate entre história e natureza não ser algo distante dos estudos históricos, a história

Leia mais

Softwares de código aberto para o setor de saneamento: um novo paradigma

Softwares de código aberto para o setor de saneamento: um novo paradigma Softwares de código aberto para o setor de saneamento: um novo paradigma Seminário Sistemas de Informação Geográfica São Paulo, 07 de Mayo de 2014 Xavier Torret Requena INDICE 1. Las características del

Leia mais

Cumbre Judicial Iberoamericana XVII Edición: Un Justicia de Futuro

Cumbre Judicial Iberoamericana XVII Edición: Un Justicia de Futuro Cumbre Judicial Iberoamericana Documento de presentación de proyectos Información del proyecto Nombre del Proyecto: País: Curso à Distância de Direito Ambiental para Juízes Ibero-americanos: Discutindo

Leia mais

BASES DE PARTICIPACIÓN

BASES DE PARTICIPACIÓN BASES DE PARTICIPACIÓN La novena edición de la BAIXADA ANIMADA - MUESTRA IBEROAMERICANA DE CINE DE ANIMACIÓN, es una realización de BENGUELA PRODUÇÕES E EVENTOS CULTURAIS LTDA. La Muestra se sucederá en

Leia mais

2. Diálogo com a Literatura

2. Diálogo com a Literatura A DISCIPLINA BIOLOGIA APLICADA: UM ESTUDO SOBRE A SUA CONSTRUÇÃO E AS RELAÇÕES CTS LA ASIGNATURA DE BIOLOGÍA APLICADA: UN ESTUDIO DE SU CONSTRUCCIÓN Y DE SUS RELACIONES CTS Denise de Freitas * (Departamento

Leia mais

A INTERCULTURALIDADE NA SALA DE AULA ATRAVÉS DO CURTA-METRAGEM

A INTERCULTURALIDADE NA SALA DE AULA ATRAVÉS DO CURTA-METRAGEM IV Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade ISSN 1982-3657 A INTERCULTURALIDADE NA SALA DE AULA ATRAVÉS DO CURTA-METRAGEM Michele Augusta de Oliveira Siqueira 1 Universidade Federal de Sergipe

Leia mais

As formas actuais de formação no ensino superior: A experiência profissional dos estudantes da universidade de Salamanca em empresas

As formas actuais de formação no ensino superior: A experiência profissional dos estudantes da universidade de Salamanca em empresas As formas actuais de formação no ensino superior: A experiência profissional dos estudantes da universidade de Salamanca em empresas Vera Lúcia de Mendonça Silva 1. O desafio actual da universidade A (re)

Leia mais

Documento de trabajo de la Unidad Temática de la Red Mercociudades

Documento de trabajo de la Unidad Temática de la Red Mercociudades Documento de trabajo de la Unidad Temática de la Red Mercociudades Data: Segunda-feira, 10 de abril de 2006. Local: Cabildo Histórico da Cidade de Córdoba/ARG. Horário de inicio: 10:15h I. Abertura Oficial:

Leia mais

Dourados (Mato Grosso do Sul, Brasil), 11 a 13 de Novembro de 2014 Faculdade de Ciências Humanas (FCH)- UFGD

Dourados (Mato Grosso do Sul, Brasil), 11 a 13 de Novembro de 2014 Faculdade de Ciências Humanas (FCH)- UFGD V SEMINÁRIO INTERNACIONAL AMÉRICA PLATINA América Platina: fronteiras de diversidade, resistências e rupturas América Platina: fronteras de diversidad, resistencias y rupturas Dourados (Mato Grosso do

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA EaD NO DESEMPENHO DE SUAS FUNÇÕES SOCIAIS: NUMA PERSPECTIVA DE PROMOVER A REDUÇÃO DAS DESIGUALDADES SOCIAIS ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO

A IMPORTÂNCIA DA EaD NO DESEMPENHO DE SUAS FUNÇÕES SOCIAIS: NUMA PERSPECTIVA DE PROMOVER A REDUÇÃO DAS DESIGUALDADES SOCIAIS ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO A IMPORTÂNCIA DA EaD NO DESEMPENHO DE SUAS FUNÇÕES SOCIAIS: NUMA PERSPECTIVA DE PROMOVER A REDUÇÃO DAS DESIGUALDADES SOCIAIS ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO Roméria Soares Barbosa 1 Resumo O presente artigo utilizou-se

Leia mais

A LITERATURA COMO FERRAMENTA DIDÁTICA NO ENSINO DE LE

A LITERATURA COMO FERRAMENTA DIDÁTICA NO ENSINO DE LE A LITERATURA COMO FERRAMENTA DIDÁTICA NO ENSINO DE LE Carina de Jesus Mota CONSIDERAÇÕES INICIAIS A importância da literatura no ensino/aprendizagem de uma língua estrangeira é um ponto que deve ser analisado

Leia mais

SISTEMA DE INDICADORES OTALEX (SIO)

SISTEMA DE INDICADORES OTALEX (SIO) SEMINARIO FINAL DEL PROYECTO SEMINÁRIO FINAL DO PROJETO 4 de junio de 2013 / 4 de junho de 2013 Palacio de Congresos y Exposiciones de Mérida Dirección General de Transportes, Ordenación del Territorio

Leia mais

Nuestras historias: el trabajo de autoconfianza para el desarrollo de las competencias lectora y de escritura

Nuestras historias: el trabajo de autoconfianza para el desarrollo de las competencias lectora y de escritura Nuestras historias: el trabajo de autoconfianza para el desarrollo de las competencias lectora y de escritura AUTORES: Dagmar Gonçalves Pereira Ferreira (oradora) e-mail: dgoncalvespferreira@gmail.com

Leia mais

BOLETÍN GENERAL DE LA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS- GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA ANPEPP RELATORÍA DE LA MESA DE HISTORIA DE LA PSICOLOGÍA

BOLETÍN GENERAL DE LA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS- GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA ANPEPP RELATORÍA DE LA MESA DE HISTORIA DE LA PSICOLOGÍA I ENCUENTRO BINACIONAL DE INVESTIGADORES BRASIL COLOMBIA: BOLETÍN GENERAL DE LA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS- GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA ANPEPP RELATORÍA DE LA MESA DE HISTORIA DE LA PSICOLOGÍA Participantes:

Leia mais

ENEM / Língua espanhola. Instituto Educacional Mayrink Vieira Ensino Infantil Ensino Fundamental Ensino Médio Prof: Valdiene A Gomes

ENEM / Língua espanhola. Instituto Educacional Mayrink Vieira Ensino Infantil Ensino Fundamental Ensino Médio Prof: Valdiene A Gomes ENEM / Língua espanhola Instituto Educacional Mayrink Vieira Ensino Infantil Ensino Fundamental Ensino Médio Prof: Valdiene A Gomes A matriz de referência Aferição das estruturas mentais com as quais construímos

Leia mais

Gracias por visitar este Libro Electrónico Puedes leer la versión completa de este libro electrónico en diferentes formatos: HTML(Gratis / Disponible a todos los usuarios) PDF / TXT(Disponible a miembros

Leia mais

INTEGRACIÓN DE LA CADENA DE VALOR INTEGRAÇÃO DA CADEIA DE VALOR

INTEGRACIÓN DE LA CADENA DE VALOR INTEGRAÇÃO DA CADEIA DE VALOR GAMA DE PRODUTOS LACTICÍNIOS O mercado dos produtos lácteos tem sido caracterizado por um grande dinamismo, apresentando grandes inovações. Os consumidores estão cada vez mais exigentes e apreciam sempre

Leia mais

Emprego feminino no Brasil:

Emprego feminino no Brasil: S E R I E políticas sociales 60 Emprego feminino no Brasil: mudanças institucionais e novas inserçoes no mercado de trabalho Volumen I Lena Lavinas Francisco León Coordinadores División de Desarrollo Social

Leia mais

1001 PALAVRAS 1001 DEBATES - CLUBE DE LEITURA/CULTURA EM LÍNGUA PORTUGUESA-

1001 PALAVRAS 1001 DEBATES - CLUBE DE LEITURA/CULTURA EM LÍNGUA PORTUGUESA- 1001 PALAVRAS 1001 DEBATES - CLUBE DE LEITURA/CULTURA EM LÍNGUA PORTUGUESA- 1. APRESENTAÇÃO 2. OBJECTIVOS 3. METODOLOGIA 4. PÚBLICO 5. LOCAL 6. CALENDÁRIO 1. Apresentação O Clube 1001 Palavras 1001 Debates

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFESSORES: CONTRIBUTO DE MATERIAIS DIDÁCTICOS PARA A INOVAÇÃO DAS PRÁTICAS

FORMAÇÃO DE PROFESSORES: CONTRIBUTO DE MATERIAIS DIDÁCTICOS PARA A INOVAÇÃO DAS PRÁTICAS FORMAÇÃO DE PROFESSORES: CONTRIBUTO DE MATERIAIS DIDÁCTICOS PARA A INOVAÇÃO DAS PRÁTICAS REBELO 1,DORINDA;MARQUES 2,EVA;MARQUES 3,LUÍS 1 Escola Secundária de Estarreja Estarreja, Portugal. 2 Escola Secundária

Leia mais

PLAN DE INNOVACIÓN COMPLEXO LAGUNAR MEDITERRANEO EPAGRI 0055-48-36260577-88010490

PLAN DE INNOVACIÓN COMPLEXO LAGUNAR MEDITERRANEO EPAGRI 0055-48-36260577-88010490 PLAN DE INNOVACIÓN Título Plan de Innovación LAGUNA- PROJETO DE RECUPERAÇAO E CONSERVAÇAO DO COMPLEXO LAGUNAR Nombre Rutero/Rutera ROTA INTERCOTINENTAL DE APRENDIZAGEM- TRAMO Organización o institución

Leia mais

> > > ENCONTRO LUSO-GALAICO Auditores e Revisores Oficiais de Contas de Espanha e Portugal X Edição SANTIAGO DE COMPOSTELA_23 e 24 de Abril 2010 NUEVOS PLANTEAMIENTOS DE LA CONTABILIDAD

Leia mais

III Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración de la América Latina y el Caribe

III Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración de la América Latina y el Caribe Simpósio 40 EDUCAÇÃO INTERCULTURAL E DIVERSIDADE LINGUÍSTICA RESUMO: A América Latina e Caribe apresentam indiscutível diversidade de culturas e línguas. Tal fenômeno remete-nos aos Povos Tradicionais

Leia mais

COOORDINACIÓN Prof. Javier Benayas del Álamo Prof. Oswaldo Massambani

COOORDINACIÓN Prof. Javier Benayas del Álamo Prof. Oswaldo Massambani EQUIPO David Alba Hidalgo Inmaculada Alonso Vaquero Daniela Cássia Sudan Mª José Díaz González Paulo Ernesto Diaz Rocha Ana Maria de Meira Patrícia Cristina Silva Leme Elizabeth Teixeira Lima COOORDINACIÓN

Leia mais

Prova Escrita de Espanhol

Prova Escrita de Espanhol EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/04, de 26 de Março Prova Escrita de Espanhol 12.º ano de Escolaridade Iniciação trienal Prova 747/2.ª Fase 5 Páginas Duração da Prova: 1 minutos.

Leia mais

III Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración de la América Latina y el Caribe

III Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración de la América Latina y el Caribe Simpósio 9 Movimentos sociais e criminalização: Estado, sociedade, mídia e a desconstrução do outro na América Latina. O presente simpósio busca analisar o processo de criminalização dos movimentos sociais

Leia mais

Prefácio Prefácio Ao fim de uma década de seminários de investigação dedicados à apresentação de trabalhos empíricos e teóricos e à análise de temas específicos de educação matemática como a resolução

Leia mais