REGULAMENTO DA IV EDIÇÃO DO CONCURSO REGIONAL IDEIAÇORES Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso! Ano letivo 2013/2014

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO DA IV EDIÇÃO DO CONCURSO REGIONAL IDEIAÇORES Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso! Ano letivo 2013/2014"

Transcrição

1 REGULAMENTO DA IV EDIÇÃO DO CONCURSO REGIONAL IDEIAÇORES Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso! Ano letivo 2013/2014 Preâmbulo O Projeto Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso! é uma iniciativa do Governo dos Açores, através da Direção Regional da Juventude e da Direção Regional da Educação, em colaboração com o Centro de Empreendedorismo da Universidade dos Açores, aplicado às escolas da Região Autónoma dos Açores com o objetivo de incentivar os alunos e professores para a adoção de um novo espírito de iniciativa e dinamismo que expanda os seus horizontes futuros. No âmbito do projeto Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso! foi criado o Concurso Regional IdeiAçores destinado a potenciar projetos e ideias de negócio que façam sentido para a Região Autónoma dos Açores, em diferentes setores de atividade, despertando o espírito de iniciativa e dinamismo nos jovens açorianos, sensibilizando-os e motivando-os para as práticas empreendedoras. Apesar de não ser pretensão que as ideias concorrentes se materializem no desenvolvimento dos negócios ou na criação de novas empresas, é incitada a exequibilidade prática e o potencial económico de cada projeto. Artigo 1.º Âmbito O presente documento constitui o regulamento do Concurso Regional IdeiAçores que se destina a promover projetos e ideias de negócio que façam sentido para a Região Autónoma dos Açores, em diferentes setores de atividade. Artigo 2.º Destinatários O Concurso Regional IdeiAçores é destinado aos jovens que, cumulativamente: a) Frequentem um dos estabelecimentos de ensino da Região Autónoma dos Açores inscrito no Projeto Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso!; b) Se encontrem matriculados no 2.º ou 3.º ciclos do ensino básico, nos ensinos secundário ou profissional ou em cursos que conferem níveis de ensino equivalentes;

2 c) Tenham idade igual ou inferior a 23 anos na data da apresentação final do Concurso Regional. Artigo 3.º Natureza e objetivos dos trabalhos 1. Os trabalhos devem ser desenvolvidos pelos concorrentes, individualmente ou em par. 2. Sem prejuízo do disposto no número anterior, os alunos concorrentes poderão recorrer ao apoio dos professores responsáveis pelo Projeto Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso! na escola, nos espaços e nos horários destinados ao funcionamento dos Clubes de Empreendedorismo. 3. Os projetos a apresentar a concurso obedecem a objetivos e características específicas, consoante o ciclo de ensino a que respeitem. 4. No 2.º e 3º ciclos do ensino básico, os principais objetivos são o estímulo da criatividade e da imaginação, a promoção de uma atitude de iniciativa e resolução de problemas e o incentivo à análise e intervenção no meio envolvente. 5. No 2.º e 3º ciclos do ensino básico devem ser apresentados a concurso projetos ou ideias inovadoras, com potencial aplicação prática, que proponham a resolução de um problema ou necessidade identificada pelos alunos e tenham em atenção os seguintes parâmetros: a) Originalidade; b) Inovação; c) Aplicação prática; d) Coerência entre o problema e a solução. 6. Nos ensinos secundário e profissional, os principais objetivos são: a) Preparar os jovens para um futuro profissional; b) Enfrentar os desafios do risco e da competitividade c) Despertar o interesse pelas atividades empresariais; d) Desenvolver a capacidade de resiliência; e) Promover métodos de planeamento e organização. 7. Nos ensinos secundário e profissional devem ser apresentadas a concurso ideias de negócio, quer de produtos, quer de serviços, em qualquer área de atividade, com as seguintes características: a) Utilidade e exequibilidade; b) Relevância para a Região; c) Inovação, podendo dar origem ao aparecimento de um novo produto ou serviço;

3 d) Originalidade; e) Viabilidade Económica, apresentando potencial competitivo. Artigo 4.º Fases do Concurso O Concurso IdeiAçores contempla duas fases distintas: a) Fase 1 Concurso Local; b) Fase 2 Final Regional. Artigo 5.º Fase 1 Concurso Local 1. O Concurso Local, a ser desenvolvido em cada escola, está restrito aos níveis de ensino em que a escola participa no Projeto Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso!. 2. A organização desta fase do concurso é da responsabilidade dos docentes coordenadores do projeto em cada escola, em colaboração com o Conselho Executivo ou Direção. 3. Na organização do Concurso Local, as escolas devem garantir: a) A divulgação do regulamento junto dos alunos; b) A realização de sessões de apoio ao desenvolvimento dos trabalhos e à formalização das candidaturas, no âmbito dos Clubes de Empreendedorismo; c) A constituição de um júri local; d) A organização e realização de uma sessão final de apresentação dos trabalhos, conforme especificado nos números seguintes; 4. Na sessão final da fase local, os alunos concorrentes terão de apresentar as suas ideias e projetos perante um júri nomeado para avaliá-los. 5. Cada apresentação não deve ultrapassar os 5 minutos de duração, devendo contar com a participação de ambos os alunos autores do trabalho, no caso de ter sido realizado em par, e pode ser efetuada com recurso a suportes audiovisuais ou outros, desde que comunicados na candidatura. 6. No final desta fase serão apurados os projetos do 2º e 3º ciclo do ensino básico, e ensinos secundário e profissional, que representarão a escola na fase seguinte do concurso (Final Regional). 7. Cada escola selecionará apenas uma ideia de negócio para representação no Concurso Regional, independentemente de ser vencedor no 2º ciclo, 3º ciclo ou secundário.

4 Artigo 6.º Fase 2 Final Regional 1. O Governo dos Açores organiza a Final Regional do Concurso IdeiAçores. 2. É finalidade desta fase apurar e premiar trabalhos vencedores entre os quatro projetos selecionados em cada ciclo de ensino na fase anterior. 3. A sessão final de apresentação dos trabalhos a concurso nesta fase realizar-se-á na Universidade dos Açores, em Ponta Delgada, e estará aberta ao público em geral. 4. Todas as despesas decorrentes da deslocação de equipas de outras ilhas para participação na Final Regional serão suportadas pelo Governo dos Açores. 5. Os alunos autores dos trabalhos selecionados terão de apresentar as suas ideias e projetos perante um júri nomeado para os avaliar. 6. Cada apresentação não deve ultrapassar os 10 minutos de duração e pode ser efetuada com recurso a suportes audiovisuais ou outros, desde que comunicados na candidatura. 7. Não será permitida a participação de terceiros na apresentação, devendo esta contar exclusivamente com a presença dos alunos autores do trabalho. Artigo 7.º Candidaturas 1. Em qualquer fase do concurso, as candidaturas devem ser constituídas pelos seguintes elementos: a) Formulário de candidatura, disponível em cabalmente preenchido de acordo com as regras ali indicadas; b) Quaisquer elementos adicionais que os candidatos entendam contribuir para a demonstração das suas ideias (vídeos, fotos, protótipos, folhetos, etc.). 2. Cada indivíduo, ou par, só pode candidatar um projeto ao concurso. 3. No Concurso Local, as candidaturas devem ser formalizadas junto dos Clubes de Empreendedorismo ou dos professores responsáveis pelo Projeto Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso!. 4. Caso alguma equipa selecionada para participar na Final Regional opte por não participar, ou não se pronuncie até à data prevista na alínea a) do nº2 do artigo 11.º, será apurada a equipa classificada imediatamente a seguir. 5. Os autores dos projetos apurados poderão, se assim o entenderem, reformular as suas candidaturas antes de submetê-las às diferentes fases do Concurso, não podendo alterar a ideia de negócio ou projeto original.

5 Artigo 8.º Avaliação dos Trabalhos 1. Os trabalhos são avaliados por um júri nomeado para o efeito, sendo objeto de consideração, para efeitos de avaliação, quer a candidatura submetida (incluindo quaisquer elementos adicionais ao formulário), quer a apresentação do trabalho. 2. As candidaturas devem ser submetidas à apreciação dos elementos do júri antes da realização das sessões de apresentação. 3. Os projetos do 2º ciclo são avaliados de acordo com os seguintes critérios: Critério Ponderação Originalidade 20% Inovação 30% Aplicação prática 20% Coerência entre o problema e a solução 15% Estruturação da ideia 15% 4. Os projetos do 3º ciclo são avaliados de acordo com os seguintes critérios: Critério Ponderação Originalidade 20% Inovação 30% Aplicação prática 20% Coerência entre o problema e a solução 15% Estruturação da ideia 15% 5. Os projetos do ensino secundário e profissional são avaliados de acordo com os seguintes critérios: Critério Ponderação Grau de inovação da ideia 30% Exequibilidade da ideia 25% Impacto económico 20% Estruturação da ideia 15%

6 Interesse regional da ideia 10% 6. O trabalho vencedor em cada ciclo de ensino no Concurso Local será anunciado no final da sessão de apresentação dos trabalhos, após deliberação do júri. 7. O trabalho vencedor em cada ciclo de ensino na Final Regional será anunciado no final da sessão de apresentação dos trabalhos, após deliberação do júri. Artigo 9.º Júri 1. O Júri é composto por um número ímpar de elementos, não inferior a três. 2. Na fase 1, Concurso Local, a constituição do Júri é da responsabilidade de cada escola. 3. Na composição do Júri do Concurso Local podem estar representadas entidades públicas ou privadas da comunidade local ou regional, dando-se preferência às que, pela sua ação, possam contribuir para o desenvolvimento dos projetos a concurso. 4. Na fase 2, Final Regional, a constituição do Júri é da responsabilidade do Governo dos Açores. 5. O Júri da Final Regional é composto por representantes de diversas entidades públicas ou privadas que, pela sua ação, possam contribuir para o desenvolvimento dos projetos a concurso. Artigo 10.º Prémios 1. É da responsabilidade de cada escola a decisão de atribuir prémios aos trabalhos vencedores na fase 1 Concurso Local. 2. Na Final Regional, são atribuídos prémios aos autores dos primeiros três melhores trabalhos por cada ciclo de ensino. 3. A todos os alunos e professores envolvidos, em todas as fases do Concurso, é atribuído um certificado de participação. 4. O Júri reserva-se o direito de não atribuir qualquer dos prémios e certificados previstos nos números anteriores, caso considere que as candidaturas não satisfazem os critérios enunciados. Artigo 11.º Calendarização

7 1. Fase 1 - Concurso Local: a) A sessão de apresentação dos trabalhos deve ser realizada até ao final do mês de abril. 2. Fase 2 - Final Regional: a) As candidaturas à Final Regional devem ser formalizadas até ao dia 12 de maio de 2014; b) A sessão final de apresentações, para todos os ciclos de ensino, realizar-se-á nos dias 29 e 30 de maio de Artigo 12º Disposições Finais 1. O Governo dos Açores garante a confidencialidade de todo o processo e dos projetos entregues a concurso, assim como dos dados pessoais dos professores e dos alunos concorrentes. 2. As decisões do júri são soberanas e não existe possibilidade de recurso. 3. Quaisquer dúvidas sobre o Concurso IdeiAçores devem ser esclarecidas através do endereço eletrónico

EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS DA CIM Dão Lafões REGULAMENTO CONCURSO INTERMUNICIPAL DE IDEIAS. Ensino Secundário e Profissional

EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS DA CIM Dão Lafões REGULAMENTO CONCURSO INTERMUNICIPAL DE IDEIAS. Ensino Secundário e Profissional Página1 REGULAMENTO DO CONCURSO INTERMUNICIPAL DE IDEIAS Ensino Secundário e Profissional 1ª Edição Ano letivo 2011/2012 Preâmbulo O Concurso Intermunicipal de Ideias é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS INTERMUNICIPAL. Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas. 3ª edição Ano letivo 2011/2012.

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS INTERMUNICIPAL. Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas. 3ª edição Ano letivo 2011/2012. GESTÃO DE RESÍDUOS E EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS - 1 - REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS INTERMUNICIPAL Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas 3ª edição Ano letivo 2011/2012 Preâmbulo O Concurso

Leia mais

Empreendedorismo Negócios

Empreendedorismo Negócios CONCURSO DE IDEIAS Empreendedorismo Negócios Enquadramento O Concurso de Ideias apresenta como objetivo desenvolver o espírito empreendedor da população em geral, contribuindo desta forma para a promoção

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS INTERMUNICIPAL. 3ª Edição da CIMRL Ano letivo 2015/2016. Preâmbulo

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS INTERMUNICIPAL. 3ª Edição da CIMRL Ano letivo 2015/2016. Preâmbulo Página1 REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS INTERMUNICIPAL 3ª Edição da CIMRL Ano letivo 2015/2016 Preâmbulo O Concurso de Ideias Intermunicipal é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal da Região de

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA. Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas. Ano letivo 2011/2012.

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA. Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas. Ano letivo 2011/2012. GESTÃO DE RESÍDUOS E EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS - 1 - REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas Ano letivo 2011/2012 Preâmbulo O Concurso

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA NAZARÈ

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA NAZARÈ REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA NAZARÈ Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho da Nazaré é uma iniciativa da Câmara Municipal da Nazaré. O presente documento visa regular o Concurso

Leia mais

Regulamento do Concurso de Ideias do Concelho da Sertã

Regulamento do Concurso de Ideias do Concelho da Sertã Regulamento do Concurso de Ideias do Concelho da Sertã Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho da Sertã é uma iniciativa da Câmara Municipal da Sertã. O presente documento visa regular o Concurso Empreendedorismo

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA LOUSÃ

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA LOUSÃ NORMAS DE FUNCIONAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA LOUSÃ Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho da Lousã é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal e do Município da Lousã. O presente

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO EMPREENDEDORISMO JOVEM

REGULAMENTO DO CONCURSO EMPREENDEDORISMO JOVEM REGULAMENTO DO CONCURSO EMPREENDEDORISMO JOVEM Preâmbulo O Concurso Empreendedorismo Jovem é uma iniciativa do Projeto Desenvolver Mais em Parceria (Contratos Locais de Desenvolvimento Social), no âmbito

Leia mais

Normas do Concurso de Ideias de Negócio Escolas Empreendedoras

Normas do Concurso de Ideias de Negócio Escolas Empreendedoras Preâmbulo O concurso de Ideias de Negócio é uma iniciativa da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira. O presente documento visa regular o Concurso de Ideias Escolas Empreendedoras e pretende contribuir

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS INTERMUNICIPAL. 2ª Edição da CIMRL Ano letivo 2014/2015. Preâmbulo

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS INTERMUNICIPAL. 2ª Edição da CIMRL Ano letivo 2014/2015. Preâmbulo Página1 REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS INTERMUNICIPAL 2ª Edição da CIMRL Ano letivo 2014/2015 Preâmbulo O Concurso de Ideias Intermunicipal é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal da Região de

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho de Penela é uma iniciativa da Câmara Municipal de Penela. O presente documento visa regular o Concurso Empreendedorismo

Leia mais

REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS.

REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS. REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS Preâmbulo O concurso de Escolas Empreendedoras de Cascais é uma iniciativa da Agência DNA Cascais. O presente documento visa regular o VI Concurso

Leia mais

regulamento Inovação no Sector da Floresta

regulamento Inovação no Sector da Floresta regulamento Inovação no Sector da Floresta 2014-2015 Regulamento Concurso Universitário CAP Cultiva o teu futuro 4.ª Edição CAP - Confederação dos Agricultores de Portugal Mais do que imaginas 4 regulamento

Leia mais

CRIAR 2008 Regulamento. Capítulo I Disposições gerais

CRIAR 2008 Regulamento. Capítulo I Disposições gerais CRIAR 2008 Regulamento Capítulo I Disposições gerais Artigo 1.º Organização 1. O CRIAR 2008 é uma iniciativa da Liberty Seguros, S.A., com o objectivo de identificar e apoiar ideias de negócio inovadoras

Leia mais

1º Call for Ideas. Artigo 1º. Artigo 2º. [Type text] [Type text] [Type text] - Criação do Próprio Emprego, Negócio ou Empresa - Regulamento.

1º Call for Ideas. Artigo 1º. Artigo 2º. [Type text] [Type text] [Type text] - Criação do Próprio Emprego, Negócio ou Empresa - Regulamento. 1º Call for Ideas - Criação do Próprio Emprego, Negócio ou Empresa - Regulamento Artigo 1º Âmbito 1. O 1º Call for Ideas Criação do Próprio Emprego, Negócio ou Empresa é um programa de candidaturas para

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS E PLANOS DE NEGÓCIO ARRISCA C 2016

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS E PLANOS DE NEGÓCIO ARRISCA C 2016 REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS E PLANOS DE NEGÓCIO ARRISCA C 2016 1. Este concurso visa estimular o desenvolvimento de conceitos de negócio em torno dos quais se perspetive a criação de novas empresas.

Leia mais

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO 2015 PREÂMBULO

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO 2015 PREÂMBULO REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO 2015 PREÂMBULO No âmbito da sua atividade de promoção do empreendedorismo e da inovação social, e na sequência da Iniciativa Pontes Para o Futuro realizada

Leia mais

I n o v a J o v e n s C r i a t i v o s E m p r e e n d e d o r e s p a r a o s é c u l o X X I P á g i n a 1

I n o v a J o v e n s C r i a t i v o s E m p r e e n d e d o r e s p a r a o s é c u l o X X I P á g i n a 1 P á g i n a 1 Inova Jovens Criativos, Empreendedores para o Século XXI DGIDC Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular do Ministério da Educação e Ciência IPDJ Instituto Português do Desporto

Leia mais

CONCURSO "IDEIA BRILHANTE"

CONCURSO IDEIA BRILHANTE CONCURSO "IDEIA BRILHANTE" REGULAMENTO DO CONCURSO Concorrentes 1ª Fase 2ª Fase 3ª Fase Vencedores Avaliação de ideias Avaliação de planos de negócio Apresentação do plano de negócios REGULAMENTO DE CONCURSO

Leia mais

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO PREÂMBULO

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO PREÂMBULO REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO PREÂMBULO No âmbito da sua atividade de promoção do empreendedorismo e da inovação social, a Fundação Porto Social em parceria com a ESLider, promove a iniciativa

Leia mais

CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS

CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS REGULAMENTO ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 2 OBJETIVO EIXOS DE INTERVENÇÃO 4 PARTICIPANTES 5 CALENDARIZAÇÃO 4 PROCEDIMENTOS CONCURSAIS 4 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 5 8 AVALIAÇÃO 9

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÉMIO INOVEMPREENDE PREÂMBULO

REGULAMENTO DO PRÉMIO INOVEMPREENDE PREÂMBULO REGULAMENTO DO PRÉMIO INOVEMPREENDE PREÂMBULO A Associação Industrial Portuguesa - Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI) no âmbito do projeto INOVEMPREENDE, uma iniciativa QREN com o apoio da União

Leia mais

CONCURSO NACIONAL PARA A CRIAÇÃO DA IMAGEM DA GALA DO COMITÉ PARALÍMPICO DE PORTUGAL REGULAMENTO

CONCURSO NACIONAL PARA A CRIAÇÃO DA IMAGEM DA GALA DO COMITÉ PARALÍMPICO DE PORTUGAL REGULAMENTO CONCURSO NACIONAL PARA A CRIAÇÃO DA IMAGEM DA GALA DO COMITÉ PARALÍMPICO DE PORTUGAL REGULAMENTO Artigo 1º - Promotor 1. O Comité Paralímpico de Portugal (CPP) organiza um Concurso Nacional, adiante designado

Leia mais

Regulamento. 5. O Concurso 50/50, promovido pelo ACM, IP, lançado pela primeira vez em 2015, assume um carácter experimental.

Regulamento. 5. O Concurso 50/50, promovido pelo ACM, IP, lançado pela primeira vez em 2015, assume um carácter experimental. Regulamento PARTE I ENQUADRAMENTO GERAL Artigo 1º Âmbito 1. O Alto Comissariado para as Migrações, I.P. (doravante ACM, I.P.) propõe a dinamização de um concurso de ideias, denominado Concurso 50/50, destinado

Leia mais

Concurso de Ideias promovido pela OTIC UTL

Concurso de Ideias promovido pela OTIC UTL Concurso de Ideias promovido pela OTIC UTL 2010 Patrocinadores: Preâmbulo A Oficina de Transferência de Tecnologia e de Conhecimento da Universidade Técnica de Lisboa (OTIC UTL) com o lançamento do concurso

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO TÍTULO I DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Art. 1º Os Trabalhos de Conclusão de Curso,

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA REDE AQUI É FRESCO 5 ANOS, 5 CARROS

REGULAMENTO DA CAMPANHA REDE AQUI É FRESCO 5 ANOS, 5 CARROS REGULAMENTO DA CAMPANHA REDE AQUI É FRESCO 5 ANOS, 5 CARROS PRIMEIRA.- EMPRESA ORGANIZADORA 1.1 UNIMARKETING, Marketing, Comercialização de Bens de Consumo e Serviços Promocionais, C.R.L com sede em Av.

Leia mais

REGULAMENTO PONTO VERDE OPEN INNOVATION

REGULAMENTO PONTO VERDE OPEN INNOVATION REGULAMENTO PONTO VERDE OPEN INNOVATION A Sociedade Ponto Verde, doravante designada SPV, é uma instituição privada, sem fins lucrativos, que tem por missão organizar e gerir a retoma e valorização de

Leia mais

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo REGULAMENTO Preâmbulo A Bolsa de Ideias CAIE (BI) é uma iniciativa desenvolvida pelo Projecto CAIE Centro de Apoio à Inovação e ao Empreendedorismo, financiado pela Iniciativa Comunitária EQUAL. Esta iniciativa

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL OZIRES SILVA DE EMPREENDEDORISMO SUSTENTÁVEL

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL OZIRES SILVA DE EMPREENDEDORISMO SUSTENTÁVEL REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL OZIRES SILVA DE EMPREENDEDORISMO SUSTENTÁVEL I. Natureza do Prêmio 1. O Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável é uma iniciativa do Instituto Superior de Administração

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO REGULAMENTO Artigo 1.º - Enquadramento O Concurso de Ideias para a Criação de Empresas Inovadoras é uma iniciativa do BICMINHO no âmbito da execução da operação n.º NORTE-07-0364-FEDER-000006 Apoio à Criação

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA 7ª Edição da Feira do Inventor / Criador Angolano 2ª Edição da Feira de Ciência e Tecnologia 2ª Edição da Feira Internacional de Ideias Invenções

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

XX Ciência Viva. Tema: Luz, ciência e vida. 12 e 13 de Novembro de 2015

XX Ciência Viva. Tema: Luz, ciência e vida. 12 e 13 de Novembro de 2015 XX Ciência Viva Tema: Luz, ciência e vida 12 e 13 de Novembro de 2015 A CIÊNCIA VIVA A Ciência Viva é uma exposição anual aberta ao público, em que estudantes da educação básica das instituições de ensino

Leia mais

EDITAL 01/2015.2 DE CONCURSO. IV Workshop da Escola de Engenharia e Ciências Exatas UnP Campus Mossoró

EDITAL 01/2015.2 DE CONCURSO. IV Workshop da Escola de Engenharia e Ciências Exatas UnP Campus Mossoró EDITAL 01/2015.2 DE CONCURSO CONCURSO DE IDEIAS InovAÇÃO: Concurso Fachada da UnP do Campus Mossoró IV Workshop da Escola de Engenharia e Ciências Exatas UnP Campus Mossoró 1. APRESENTAÇÃO A Universidade

Leia mais

Regulamento do concurso Fora da Caixa

Regulamento do concurso Fora da Caixa Regulamento do concurso Fora da Caixa Artigo 1 - Enquadramento O Concurso de Ideias de Negócio denominado Fora da Caixa é uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia da República de Moçambique

Leia mais

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSA EDP MANOEL DE OLIVEIRA

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSA EDP MANOEL DE OLIVEIRA REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSA EDP MANOEL DE OLIVEIRA ARTIGO 1.º Objecto O presente Regulamento tem por objecto regular os termos e condições da atribuição pela EDP Energias de Portugal, S.A. (EDP)

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE REDAÇÃO LEO CLUBE, ESCOLA DE LÍDERES

REGULAMENTO DO CONCURSO DE REDAÇÃO LEO CLUBE, ESCOLA DE LÍDERES REGULAMENTO DO CONCURSO DE REDAÇÃO LEO CLUBE, ESCOLA DE LÍDERES 1 DO CONCURSO O Concurso de Redação do LEO Clube São João da Urtiga, com o tema LEO Clube, Escola de Líderes, obedecerá ao presente regulamento.

Leia mais

Concurso de Design Criação de cartaz REGULAMENTO

Concurso de Design Criação de cartaz REGULAMENTO Concurso de Design Criação de cartaz REGULAMENTO 1. Introdução O presente concurso, destinado à apresentação de projectos de criação de um cartaz original, é uma iniciativa da Associação 25 de Abril (doravante

Leia mais

REGULAMENTO GERAL 5º Edição do Prêmio CISER de Inovação Tecnológica

REGULAMENTO GERAL 5º Edição do Prêmio CISER de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL 5º Edição do Prêmio CISER de Inovação Tecnológica 1. O PRÊMIO O Prêmio CISER de Inovação Tecnológica, doravante denominado PRÊMIO, promovido pela Cia. Industrial H. Carlos Schneider (CISER),

Leia mais

REGULAMENTO DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS. uma iniciativa

REGULAMENTO DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS. uma iniciativa REGULAMENTO DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS uma iniciativa 1/5 1. Enquadramento O Ciência em Cena é um concurso anual de ideias criativas dinamizado pelo programa Descobrir Gulbenkian Programa Educação para

Leia mais

Regulamento do concurso de ideias com o objetivo de selecionar uma designação original. para o futuro Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira

Regulamento do concurso de ideias com o objetivo de selecionar uma designação original. para o futuro Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira Regulamento do concurso de ideias com o objetivo de selecionar uma designação original 1. Objeto para o futuro Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira 1.1. O presente regulamento estabelece as

Leia mais

Artigo 1.º. Âmbito e objeto

Artigo 1.º. Âmbito e objeto PROJETO DE REGULAMENTO DO CONCURSO PÚBLICO PARA A SELEÇÃO DE INFRAESTRUTURAS DE INVESTIGAÇÃO E SUA INTEGRAÇÃO NO ROTEIRO NACIONAL DE INFRAESTRUTURAS DE INVESTIGAÇÃO DE INTERESSE ESTRATÉGICO Artigo 1.º

Leia mais

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social REGULAMENTO 10º Prêmio de Responsabilidade Social I DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO II DAS CATEGORIAS III DAS INSCRIÇÕES IV DOS PROJETOS V DO JULGAMENTO VI DAS DATAS VII DA COORDENAÇÃO I DA INSTITUIÇÃO DA

Leia mais

II EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE REGULAMENTO ANO LETIVO 2013/2014

II EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE REGULAMENTO ANO LETIVO 2013/2014 Concurso Escolar A ÁGUA QUE NOS UNE II EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE REGULAMENTO ANO LETIVO 2013/2014 ÂMBITO Projeto Educativo GEA Terra Mãe, Década das Nações Unidas da Educação para o

Leia mais

I Concurso InovCluster de Produtos Alimentares Inovadores Regulamento. Regulamento. Financiamento. Apoio. Página 1 de 5

I Concurso InovCluster de Produtos Alimentares Inovadores Regulamento. Regulamento. Financiamento. Apoio. Página 1 de 5 I Concurso InovCluster de Produtos Alimentares Inovadores Página 1 de 5 Preâmbulo O I Concurso InovCluster de Produtos Alimentares Inovadores é uma iniciativa da InovCluster - Associação do Cluster Agroindustrial

Leia mais

1.1. O FESTIVAL DE MÚSICA DO SINPRO é uma iniciativa do Sindicato dos Professores.

1.1. O FESTIVAL DE MÚSICA DO SINPRO é uma iniciativa do Sindicato dos Professores. MINUTA DE REGULAMENTO FESTIVAL DE MÚSICA DO SINPRO 1 PROMOÇÃO E OBJETIVOS 1.1. O FESTIVAL DE MÚSICA DO SINPRO é uma iniciativa do Sindicato dos Professores. O Festival de música tem vários objetivos, como,

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

Regulamento de Apoio ao Movimento Associativo

Regulamento de Apoio ao Movimento Associativo Regulamento de Apoio ao Movimento Associativo As associações são a expressão do dinamismo e interesse das populações que entusiasticamente se dedicam e disponibilizam em prol da causa pública. As associações

Leia mais

III EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : TEMÁTICA O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA

III EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : TEMÁTICA O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA III EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : TEMÁTICA O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA REGULAMENTO ANO LETIVO 2014/2015 ÂMBITO Projeto Educativo GEA Terra Mãe inserido nas celebrações das Nações Unidas

Leia mais

DESAFIO DE PROGRAMAÇÃO

DESAFIO DE PROGRAMAÇÃO DESAFIO DE PROGRAMAÇÃO Regulamento de Participação Forum of ISCTE-IUL School of Technology and Architecture, 2 e 3 de Março de 2016 http://fista.iscte-iul.pt/ Âmbito e Objetivo Este desafio é realizado

Leia mais

Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Coronado REGULAMENTO

Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Coronado REGULAMENTO Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Coronado REGULAMENTO Artigo 1.º Promotor 1. A Freguesia de Coronado organiza um Concurso Local, tendo em vista a criação do primeiro logótipo, isto é,

Leia mais

EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO À PESQUISA CIENTÍFICA

EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO À PESQUISA CIENTÍFICA CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DE TERESINA CEUT FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, SAÚDE, EXATAS E JURÍDICAS DE TERESINA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE

Leia mais

Iniciativa APAH. Mérito em Administração Hospitalar Prémio Margarida Bentes. Regulamento

Iniciativa APAH. Mérito em Administração Hospitalar Prémio Margarida Bentes. Regulamento Iniciativa APAH Mérito em Administração Hospitalar Prémio Margarida Bentes Regulamento A Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), em coerência com o preceituado no artigo 3º alíneas

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

REGULAMENTO PREÂMBULO

REGULAMENTO PREÂMBULO REGULAMENTO PREÂMBULO A Câmara Municipal do Porto, através do Pelouro da Educação, Organização e Planeamento, reconhece a importância das Associações de Jovens na mobilização e participação cívica em diferentes

Leia mais

CONCURSO EMPREENDER BATALHA TURISMO

CONCURSO EMPREENDER BATALHA TURISMO CONCURSO EMPREENDER BATALHA TURISMO Pressupostos iniciais O Concurso Empreender BATALHA-TURISMO tem como principal objetivo estimular o surgimento de negócios inovadores, criados por jovens residentes

Leia mais

PRÉMIO DE EMPREENDEDORISMO FCSH-NOVA/SANTANDER-UNIVERSIDADES. Melhores Ideias de Negócio

PRÉMIO DE EMPREENDEDORISMO FCSH-NOVA/SANTANDER-UNIVERSIDADES. Melhores Ideias de Negócio PRÉMIO DE EMPREENDEDORISMO FCSH-NOVA/SANTANDER-UNIVERSIDADES Melhores Ideias de Negócio 2016 GUIA DE CANDIDATURA Preâmbulo Consciente dos novos cenários económicos, que se observam à escala global, e atenta

Leia mais

FREGUESIA DE BOAVISTA DOS PINHEIROS MUNICÍPIO DE ODEMIRA. Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Boavista dos Pinheiros REGULAMENTO

FREGUESIA DE BOAVISTA DOS PINHEIROS MUNICÍPIO DE ODEMIRA. Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Boavista dos Pinheiros REGULAMENTO FREGUESIA DE BOAVISTA DOS PINHEIROS MUNICÍPIO DE ODEMIRA Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Boavista dos Pinheiros REGULAMENTO Artigo 1.º Promotor 1. A Freguesia de Boavista dos Pinheiros

Leia mais

Política nacional. Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional.

Política nacional. Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional. Criar a Empresa O desafio do empreendedorismo! Política nacional Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional. Empreendedorismo

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS NA GESTÃO CULTURAL E DAS ARTES. Guia de Candidatura

PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS NA GESTÃO CULTURAL E DAS ARTES. Guia de Candidatura 2015 PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS NA GESTÃO CULTURAL E DAS ARTES Guia de Candidatura 1. Objectivos Os objectivos deste Programa são como auxílio às associações locais de arte e cultura a criarem

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE CARTAZES

REGULAMENTO DO CONCURSO DE CARTAZES REGULAMENTO DO CONCURSO DE CARTAZES XI MOSTRA DE TEATRO ESCOLAR DE COIMBRA - 2016 1. Objetivo Este concurso visa selecionar e premiar um projeto de cartaz original, a adoptar pela XI Mostra de Teatro Escolar

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr.ª Laura Ayres

Agrupamento de Escolas Dr.ª Laura Ayres Agrupamento de Escolas Dr.ª Laura Ayres - Anexo X Regulamento do Mérito Escolar Artigo 1.º Prémios de valor, mérito e excelência 1. Para efeitos do disposto na alínea h) do ponto 1 do artigo 7.º, conjugado

Leia mais

MUNICÍPIO DE GOUVEIA PINTAR ABRIL Regulamento do Concurso das Comemorações do 40º Aniversário do 25 de abril Artigo 1º Objetivos

MUNICÍPIO DE GOUVEIA PINTAR ABRIL Regulamento do Concurso das Comemorações do 40º Aniversário do 25 de abril Artigo 1º Objetivos PINTAR ABRIL Regulamento do Concurso das Comemorações do 40º Aniversário do 25 de abril Após 40 anos da Revolução de Abril, nunca é demais relembrar a importância que esta data histórica teve tem para

Leia mais

ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014

ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 PRÊMIOS-INCENTIVO ADVB/RS - TOP MINIEMPRESA ESCOLA E TOP STARTUP ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 PRÊMIOS-INCENTIVO ADVB/RS

Leia mais

NORMA PROCEDIMENTAL CONCESSÃO DE BOLSAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

NORMA PROCEDIMENTAL CONCESSÃO DE BOLSAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 20.01.005 1/10 1. FINALIDADE Formalizar e disciplinar os procedimentos para a concessão de bolsas de extensão universitária destinadas a discentes da UFTM, oriundas de recursos financeiros da própria instituição.

Leia mais

SECRETARIA DO DESEVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA

SECRETARIA DO DESEVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA Programa de Mestrado Acadêmico Saúde e Envelhecimento da Famema EDITAL Nº 002/2014 Homologado pelo Conselho de Pós-graduação em 14 de fevereiro de 2014 Processo Seletivo para Mestrado Acadêmico Saúde e

Leia mais

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013.

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013. Preâmbulo. O startweb é um programa de caça talentos na Madeira nas áreas da programação, design, informática, gestão, mas também destinado a todos os empreendedores que ambicionam novos desafios. CAPÍTULO

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Departamento de Engenharia de Materiais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Departamento de Engenharia de Materiais Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Departamento de Engenharia de Materiais Londrina, quarta-feira, 02 de Setembro de 2015 Regulamento do Concurso para Criação

Leia mais

Empreender no Feminino Projecto IDEIA Empreendedorismo e Gestão Empresarial

Empreender no Feminino Projecto IDEIA Empreendedorismo e Gestão Empresarial O projecto Empreender no Feminino resulta de uma candidatura apresentada pela AEP Associação Empresarial de Portugal à Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género na Tipologia de Intervenção 7.6 Apoio

Leia mais

CONCURSO PARA A REDE DE ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO

CONCURSO PARA A REDE DE ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO CONCURSO PARA A REDE DE ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO AGRICULTURA FAMILIAR Comissão Nacional da UNESCO ; u r l: h t t p : / / w w w. u n e s c o p o r t u g a l. m n e. p t Concurso para a Rede de Escolas

Leia mais

PRÊMIO APEx APTEL de Excelência REGULAMENTO GERAL 2010

PRÊMIO APEx APTEL de Excelência REGULAMENTO GERAL 2010 1 - O PRÊMIO APEX PRÊMIO APEx APTEL de Excelência REGULAMENTO GERAL 2010 O Prêmio APEX é dedicado a reconhecer e conectar as realizações específicas com os objetivos das empresas que resultam em implementação

Leia mais

REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO

REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO 1 DO PRÊMIO 1.1 Fica estabelecido o 5º Prêmio Apex-Brasil de Excelência em Exportação O Brasil que inspira o mundo,

Leia mais

Universidade Tiradentes Diretoria de Inteligência Competitiva

Universidade Tiradentes Diretoria de Inteligência Competitiva Universidade Tiradentes Diretoria de Inteligência Competitiva EDITAL DO PROGRAMA DE IDEIAS, CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO - CRIE A Universidade Tiradentes, por meio da Diretoria de Inteligência Competitiva (DIC),

Leia mais

MINUTA DE EDITAL DO I CONCURSO RECICLA FASHION SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE CATALÃO/ SEMMAC

MINUTA DE EDITAL DO I CONCURSO RECICLA FASHION SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE CATALÃO/ SEMMAC MINUTA DE EDITAL DO I CONCURSO RECICLA FASHION SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE CATALÃO/ SEMMAC CATALÃO (GO) 2014 I CONCURSO DE RECICLA FASHION A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Catalão

Leia mais

As inscrições no Desafio Startup acontecerão de 22/08/2016 à 09/09/2016, no site da SETREM.

As inscrições no Desafio Startup acontecerão de 22/08/2016 à 09/09/2016, no site da SETREM. II DESAFIO STARTUP A. Objetivo: Selecionar ideias inovadoras com potencial para criação de novos produtos ou serviços, bem como, com possibilidade de transformarem-se em empresas nascentes de base tecnológica

Leia mais

1 Concurso de Design e Arquitetura Interact Mangini INTERACT SOLUÇÕES DE ESPAÇO LTDA

1 Concurso de Design e Arquitetura Interact Mangini INTERACT SOLUÇÕES DE ESPAÇO LTDA REGULAMENTO 1 Concurso de Design e Arquitetura Interact Mangini INTERACT SOLUÇÕES DE ESPAÇO LTDA 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1.1. A Interact junta ao Grupo Mangini Internacional compromete-se por acompanhar

Leia mais

1º Concurso de Empreendedorismo Facig EDITAL

1º Concurso de Empreendedorismo Facig EDITAL 1º Concurso de Empreendedorismo Facig EDITAL 1. Condições de participação Poderão participar alunos de graduação da Faculdade de Ciências Gerenciais de Manhuaçu regularmente matriculados. Os projetos deverão

Leia mais

Concurso de Ideias Empreende +

Concurso de Ideias Empreende + Concurso de Ideias Empreende + REGULAMENTO Preâmbulo A Universidade de Aveiro, através da sua Unidade de Transferência de Tecnologia (UATEC), a seguir denominada Organização, promove o «Concurso de Ideias

Leia mais

CONCURSO DE FOTOGRAFIA

CONCURSO DE FOTOGRAFIA CONCURSO DE FOTOGRAFIA REGULAMENTO Tema do Concurso: A ÁGUA. E VOCÊ? 1. O CONCURSO 1.1. DA REALIZAÇÃO 1.1.1 O Concurso Nacional de Fotografia do XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos é promovido

Leia mais

Projeto O COEP e a Escola Caminhando Juntos na Construção da Cidadania FESTIVAL DE MÚSICA - 2013 REGULAMENTO

Projeto O COEP e a Escola Caminhando Juntos na Construção da Cidadania FESTIVAL DE MÚSICA - 2013 REGULAMENTO Comitê de Entidades no Combate à Fome e pela Vida Projeto O COEP e a Escola Caminhando Juntos na Construção da Cidadania FESTIVAL DE MÚSICA - 2013 REGULAMENTO www.coepbrasil.org.br selda.silva@caixa.gov.br

Leia mais

I Concurso de Frases - Comemoração ao Dia Mundial da Água REGULAMENTO

I Concurso de Frases - Comemoração ao Dia Mundial da Água REGULAMENTO I Concurso de Frases - Comemoração ao Dia Mundial da Água REGULAMENTO 1 TEMA: RIO JUCU, PRECISAMOS CUIDAR 2 OBJETIVO Diante do maior desafio atual da humanidade que é a preservação do meio ambiente, torna-se

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AFONSO DE ALBUQUERQUE 2014/2015. Regulamento dos Quadros de Valor, de Mérito e de Excelência

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AFONSO DE ALBUQUERQUE 2014/2015. Regulamento dos Quadros de Valor, de Mérito e de Excelência AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AFONSO DE ALBUQUERQUE 2014/2015 Regulamento dos Quadros de Valor, de Mérito e de Excelência Introdução Os Quadros de Valor, de Mérito e de Excelência dos Ensinos Básico e Secundário

Leia mais

PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013

PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013 PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013 A MINISTRA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE, no uso de suas atribuições, e tendo em vista o disposto na Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, Decreto nº 6.101, de

Leia mais

Regulamento das Condições Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos. CAPÍTULO II. Artigo 4.º

Regulamento das Condições Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos. CAPÍTULO II. Artigo 4.º ESCOLA SUPERIOR DE EDUCADORES DE INFÂNCIA MARIA ULRICH Regulamento n.º 110/2006 (DIÁRIO DA REPÚBLICA II SÉRIE N.º 119 22 de Junho de 2006) Regulamento das Condições Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino

Leia mais

7 o Prêmio Jovem Jornalista

7 o Prêmio Jovem Jornalista 7 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão Regulamento 2015 1. Sobre o Prêmio 1.1 O Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão tem por objetivo incentivar jovens estudantes de Jornalismo

Leia mais

POLIEMPREENDE NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM

POLIEMPREENDE NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM POLIEMPREENDE NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM 1 Poliempreende. Um concurso de projetos de vocação empresarial criado pelos Institutos Politécnicos. Iniciativa que visa, através de um concurso de ideias

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O R E G U L A M E N T O S Ã O L U Í S / 2 0 1 6 A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Empreendedorismo (PROEXCE) - Departamento de Assuntos Culturais (DAC),

Leia mais

Novas Formas de Aprender e Empreender

Novas Formas de Aprender e Empreender Novas Formas de Aprender e Empreender DÚVIDAS FREQUENTES 1. Sobre o Prêmio Instituto Claro, Novas Formas de Aprender e Empreender 1.1. O que é o Prêmio? O Prêmio Instituto Claro Novas Formas de Aprender

Leia mais

Concurso Natal Empreendedor 2013 NATAL EMPREENDEDOR 2013. Concurso. Ideias & Empreendedorismo. Prémio Avaliado em 5 000,00

Concurso Natal Empreendedor 2013 NATAL EMPREENDEDOR 2013. Concurso. Ideias & Empreendedorismo. Prémio Avaliado em 5 000,00 NATAL EMPREENDEDOR 2013 Concurso Ideias & Empreendedorismo Prémio Avaliado em 5 000,00 REGULAMENTO Artigo 1º Enquadramento O presente concurso é promovido pelo Correio de Azeméis, AzFm e Numeroscópio,

Leia mais

Art. 6º A inscrição deverá ser realizada de acordo com a ficha constante no anexo I, desta Lei.

Art. 6º A inscrição deverá ser realizada de acordo com a ficha constante no anexo I, desta Lei. LEI Nº 1.947, DE 13 DE OUTUBRO DE 2015. Autoriza o Poder Executivo a premiar os Profissionais da Educação Básica, na categoria de Gestor e Professor, da Rede Municipal de Ensino, que obtiverem experiências

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DA BARQUINHA. Normas de atribuição do Prémio Municipal de Empreendedorismo em Ambiente Escolar

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DA BARQUINHA. Normas de atribuição do Prémio Municipal de Empreendedorismo em Ambiente Escolar CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DA BARQUINHA Normas de atribuição do Prémio Municipal de Empreendedorismo em Ambiente Escolar Artigo 1º Objetivo 1. O Prémio Municipal de Empreendedorismo em Ambiente Escolar

Leia mais

www.fundep.br/programacaptar, juntamente com este regulamento.

www.fundep.br/programacaptar, juntamente com este regulamento. PROGRAMA DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS FUNDEP REGULAMENTO PARA CADASTRAMENTO DE PROJETOS UFMG A Fundep//Gerência de Articulação de Parcerias convida a comunidade acadêmica da UFMG a cadastrar propostas de acordo

Leia mais

S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA. Despacho Normativo Nº 30/2002 de 23 de Maio

S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA. Despacho Normativo Nº 30/2002 de 23 de Maio S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA Despacho Normativo Nº 30/2002 de 23 de Maio Ao abrigo do disposto no n.º 6 da Resolução nº 76/2002, de 2 de Maio determino: É aprovado o Regulamento do programa Mobilidade e

Leia mais

Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ]

Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ] Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ] Preâmbulo O Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal

Leia mais

1º CONCURSO DE FOTOGRAFIAS DO SEMINÁRIO DE EXTENSÃO DA UNIOESTE REGULAMENTO

1º CONCURSO DE FOTOGRAFIAS DO SEMINÁRIO DE EXTENSÃO DA UNIOESTE REGULAMENTO 1º CONCURSO DE FOTOGRAFIAS DO SEMINÁRIO DE EXTENSÃO DA REGULAMENTO Do Concurso: O 1º Concurso de Fotografias do Seminário de Extensão da Unioeste - SEU, tem o objetivo de integrar os extensionistas, estimular

Leia mais

1. CONCEITOS 2. DOS OBJETIVOS DA PRÉ-INCUBAÇÃO

1. CONCEITOS 2. DOS OBJETIVOS DA PRÉ-INCUBAÇÃO Instituto Federal do Espírito Santo IFES Programa de pré-incubação do Núcleo Incubador Campus Colatina e Itapina Edital de Seleção de Empreendimentos de Base Tecnológica - Nº 01/2014 Os Diretores Gerais

Leia mais

Candidaturas até 6 de Novembro 2015 REGULAMENTO

Candidaturas até 6 de Novembro 2015 REGULAMENTO Candidaturas até 6 de Novembro 2015 REGULAMENTO ENQUADRAMENTO E INFORMAÇÃO GERAL O Concurso de Ideias de Negócio é um projecto da ANJE, criado em 1997, com o apoio do Instituto de Emprego e Formação Profissional

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS EDITAL DE CONCURSO ESCOLAR CONFECÇÃO DE ARVORE DE NATAL COM MATERIAIS RECICLÁVEIS - 2015

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS EDITAL DE CONCURSO ESCOLAR CONFECÇÃO DE ARVORE DE NATAL COM MATERIAIS RECICLÁVEIS - 2015 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS EDITAL DE CONCURSO ESCOLAR CONFECÇÃO DE ARVORE DE NATAL COM MATERIAIS RECICLÁVEIS - 2015 Concurso Público destinado à confecção de Árvore de

Leia mais