Informativo da Associação dos. Notícias. Dia 23 de novembro tem eleição na AFFEMG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Informativo da Associação dos. Notícias. Dia 23 de novembro tem eleição na AFFEMG"

Transcrição

1 R Informativo da Associação dos AFFEMG Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais Ano Notícias XVIII nº 203 Outubro/novembro de 2006 Mala Direta Postal /2005/MG AFFEMG CORREIOS Dia 23 de novembro tem eleição na AFFEMG Compareça, seu voto é importante para dar legitimidade ao processo. Vamos dar um recado ao Governo mostrando a unidade em torno de nossa Associação. Páginas 2 e 3. Dia do Servidor Público O 28 de outubro foi comemorado pela AFFEMG em Belo Horizonte e no interior do Estado. Na Capital, a Secretaria da Fazenda e a CENTRALSEF, com o patrocínio da Associação, inauguraram, no dia 31 de outubro, a II Exposição de artes dos funcionários da SEF. As obras ficarão expostas na sede da AFFEMG de 14 a 17 de novembro. No interior também foram organizados diversos eventos. Páginas 4 e 5. Novo endereço do escritório de advocacia O escritório ROCHA, BORGES E RESENDE Advogados Associados, responsável pelos atendimentos às demandas jurídicas da AFFEMG e de seus associados, está funcionando em novo endereço. Desde o dia 2 de novembro, depois de passar por uma fusão com outra empresa, o escritório se mudou para a alameda da Serra (Seis Pistas), nº 222, conjunto 403, Vale do Sereno, Nova Lima/MG (CEP: , Telefax: ). O novo escritório, BUENO, BORGES, OLIVEIRA E PRATES Advogados Associados, passará a prestar o serviço jurídico para a AFFEMG, da mesma forma como é feito atualmente. Os associados da AFFEMG devem passar a encaminhar suas demandas para o novo endereço. Se necessário, agendar a visita previamente, com a secretária, Márcia. O atendimento continuará a ser feito pelo Dr. Sebastião Hasenclever Borges Neto e pela equipe formada unicamente para atender à AFFEMG: a advogada Gisele Maria Duarte Silva e a assessora Izabella Pereira Machado. Entretanto, toda a documentação enviada para o endereço antigo será redirecionada por uma funcionária do escritório (Karina), que continua trabalhando no antigo endereço até que sejam feitos todos os encaminhamentos Nova sede é unanimidade Associados, diretores e empregados. Todos reconhecem os incontáveis benefícios da mudança para um espaço maior e mais organizado. São evidentes as melhorias no atendimento e nas condições de trabalho, mas não é fácil conseguir estacionar carros nas imediações. Por isto, quando precisar vir à sede, opte pelo transporte coletivo, o local é servido por inúmeras linhas de ônibus e tem ponto de táxi em frente. Página 5 Atualização de pensão Desde o inicio do ano, estão sendo encaminhados pela AFFEMG os pedidos de atualização de pensão de seus associados, relativos ao aumento da GEPI e ao enquadramento. Embora o IPSEMG tenha feito a previsão de que as atualizações sairiam até setembro, o Governo não cumpriu o prazo e os pagamentos vêm sendo feitos de forma muito lenta, mas o Serviço Social da AFFEMG está acompanhando tudo de perto. Página 7 Extinto IOF sobre seguros de vida A Fisco Corretora, em cumprimento ao Decreto-Federal nº 5.172, de 6 de agosto de 2004, informa que desde setembro deste ano o IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras) que incidia sobre o Seguro de Vida foi extinto. Isso significa que os prêmios (descontos) de todos os segurados, em função dessa isenção, ficaram 7% mais baratos. Leia mais sobre os seguros de vida e de acidentes pessoais. Página 7 Planos de telefonia celular com 50% de desconto para associados da AFFEMG O Plano Corporativo de telefonia celular da AFFEMG, através da operadora Telemig Celular, está com uma promoção de 50% na assinatura para seus associados. Venha até a sua associação, no setor corporativo e conheça essa e outras promoções. Plano Ligações para VCM (ligação de Assinatura telefones fixos e Telemig para outra Telemig Celular operadora/ por minuto) (por minuto) Fácil 0,29 0,70 De 35,30 por 17,65 Simples 0,34 0,70 De 25,30 por 12,65 Desde o dia 02/10 o minuto das ligações VCM passou para R$ 0,70 (minuto). Valores das tarifas por minuto Os descontos nas assinaturas e/ ou nas tarifas são concedidos pela Telemig Celular

2 2 R FALA DO PRESIDENTE O cenário que se desenha para nós, como classe, nos próximos anos, é sombrio. Seja em razão das condições de trabalho, das garantias, das prerrogativas ou da remuneração, nosso futuro é de muitas incertezas. Até agora, nem todos os efeitos das mudanças implementadas no último mandato desse Governo foram medidos ou sentidos e, certamente, vamos nos surpreender com muitos deles. Por isso, quanto antes nos conscientizarmos da necessidade de revertê-los, mais chance de sucesso teremos. A Constituição Federal, ao definir as nossas funções como essenciais ao funcionamento do Estado, exigindo que sejam exercidas por carreiras específicas e exclusivas, inegavelmente nos passou à condição de funcionários de Estado. Não somos funcionários de Governos. Mas o mandamento constitucional, por si só, não resolve os vários problemas do Fisco. É preciso que as entidades representativas da categoria, em todos o níveis de governo, se unam e trabalhem para extrair do mandamento constitucional as normas legais que nos são facultadas: uma lei orgânica federal que estabeleça a organização, o orçamento próprio, as prerrogativas, as garantias, carreiras, direitos, vantagens, etc. Há um consistente trabalho idealizado pela AMB - Associação dos Magistrados Brasileiros -, que buscou a parceria inicial da FEBRAFITE para trabalhar junto ao Governo Federal e ao Congresso Nacional objetivando a criação de um Capítulo Especial na nova Reforma da Previdência, para estabelecer regras exclusivamente para as Carreiras de Estado, tais como subteto, paridade, aposentadoria integral e outras. A iniciativa da AMB criou força e já congrega mais de 16 entidades representativas de Carreiras de Estado que vão trabalhar juntas na consolidação desse objetivo. No mês de março de 2007, a FEBRAFITE realizará, em Brasília, dois seminários sobre esses dois importantes temas: LEI ORGÂNICA DO FISCO e REFORMA PREVIDENCIÁRIA. A AFFEMG estará presente com a maior delegação possível, contribuindo com as demais Entidades para que o Fisco consiga colher os melhores frutos. É preciso lutar para reverter o que perdemos Aliados do Fisco Avaliando superficialmente, alguns podem pensar que estas são empreitadas grandiosas demais se comparadas às nossas forças. E são mesmo, mas não estamos sós. Na questão da Lei Orgânica, todos os Fiscos, federais, estaduais e municipais, são nossos aliados. Eleições Avaliando superficialmente, alguns podem pensar que estas são empreitadas grandiosas demais se comparadas às nossas forças. E são mesmo, mas não estamos sós. Na questão da Lei Orgânica, todos os Fiscos, federais, estaduais e municipais são nossos aliados. A primeira grande tarefa foi chegar a uma proposta de consenso, que hoje já está consolidada. A AFFEMG contribuiu muito para isso, ofereceu subsídio para a formulação de um projeto de lei e contribuiu intensamente para o debate. No novo Congresso vamos buscar patrocinadores para a proposta. Já no que se refere à reforma na Lei da Previdência, o leque de aliados é bem mais amplo, porque todas as carreiras exclusivas de Estado - Magistratura, Procuradoria, Fiscalização, Polícias, Diplomacia - são interessadas nessa luta. A proposta inicial foi formulada pela Federação das Associações de Magistrados do Brasil e hoje se encontra em fase de anteprojeto de lei. A AFFEMG participa dessa luta desde a primeira hora e continuará empenhada nela, porque, para nós, os Fiscais, dentro das carreiras de Estado, merecem destaque pela importância de suas funções. As outras carreiras não se cansam de reconhecer essa importância, por conseguinte, não se trata de privilégio, mas de um direito para que o Fisco possa estar blindado para defender os interesses da sociedade, e não de grupos econômicos fortíssimos ou de políticos que só visam interesses pessoais. No âmbito estadual, precisamos afunilar nossa luta para alguns pontos fundamentais: um deles é um piso salarial compatível com a complexidade, o grau de responsabilidade, a natureza e a especificidade da função. Não é justificável que o patamar salarial do Fiscal mineiro seja o 16º entre os Estados da Federação. Uma Lei Federal específica para as carreiras do Fisco transforma-se num castelo construído sobre a rocha, e não sobre a areia, como diz a sabedoria dos Evangelhos. Dali advirão direitos, vantagens, garantias, atribuições e prerrogativas impossíveis de serem destruídas ao bel prazer ou à irresponsabilidade de Governos transitórios. No próximo dia 23 vamos eleger a Diretoria e Conselhos da AFFEMG para o período de 2007/2009. Em todo o Estado, são mais de 50 Zonas Eleitorais. A prática democrática tem nos ensinado que uma eleição, desde a sua preparação até a sua efetivação, encerra muito mais significados do que habitualmente se pensa. O resultado de uma eleição vai muito além da conclusão de que a chapa tal ganhou. E se é assim, temos uma ótima oportunidade de dar um recado para aqueles que observam o processo eleitoral na AFFEMG, especialmente para o Governo, um recado contundente, de alto e bom som: a unidade em torno da nossa Associação. Por isso, conclamamos a todos os eleitores a comparecer às urnas e exercitar a prática democrática que essa oportunidade nos oferece. Quanto maior for o comparecimento, mais legitimada fica a Diretoria para reivindicar os vários interesses e direitos dos associados. Informativo da Associação dos Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais EXPEDIENTE DIRETORIA Presidente: Sinval Pereira da Silva Vice-Presidente: Sara Costa Felix Teixeira Dir.Secretário: Francisco Lourenço Dias Secretário Adjunto Carlos Eugênio S. M. Filizola Dir.Financeiro: Geraldo Sozinho Dir.Financeiro Adjunto: Antônio Teixeira da Silva Dir. Administrativa: Maria Aparecida N. Lacerda e Meloni Dir. Administrativo Adjunto: José Thomaz da Silva Dir. Social Paulo Pedro Lessa Baptista Júnior CONSELHO EDITORIAL: Antônio Luiz Bernardes Carlos Henrique Peixoto Eduardo Lúcio de Menezes Max Amaral Otávio Mancini Soares Sinval Pereira da Silva DIRETORES REGIONAIS Baixo Rio Grande: Vanderlei Gomes Centro Norte: Maria Inês Vieira da Silva Mata: Edir da Silva Martins Metalúrgica: Amarante Felipe dos Reis Mucuri: Marília Schaper Soriano de Souza Norte: Maria de Fátima da Silva Mesquita Oeste: Lenivanda Oliveira Miranda Barbosa Paranaíba: Octavio Strini Rio Doce: Wilson Geraldo Lacerda São Francisco: M. das Dores Caetano O. Alves Sul: Fábio Vitor de Souza Sudoeste: Flávio Fernando Lemes Vale do Sapucaí: Victor Ferreira da Silva CONSELHO FISCAL Efetivos: José Victor Guimarães Wanda Batista de Souza Garcia Oswaldo Rodrigues Flores Suplentes: Waldir Alves Soares CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Presidente: Hugo Biondini Efetivos: Marcos Antônio Amaral, Maria de Lourdes Medeiros Silva, Gilmar Camelo Sebe, José Luiz da Cruz, José Aparecido de Pádua, Joaquim Coelho Simões, Wilson Soares Martins Suplentes: Adalberto Eustáquio Rodrigues Alves, Antônio Luiz Bernardes, Domingos Pedrosa, Flávio Salles Costa, Genilton Paiva da Cunha, Irênio João de Araújo Vieira, Marco Túlio da Silva, Newton Bianco de Souza Jornalista responsável: Aparecida Lira - MTB 2914/MG Jornalista: Alexandra Baracho, Estagiários: Silvio Ferreira, Leandro Cabido Projeto gráfico e diagramação: Carlos A. Domingos MTB 6050/MG/Designer Impressão: Gráfica Fumarc Tiragem: exemplares Envie sua correspondência para o AFFEMG Notícias: Assessoria de Comunicação, rua Sergipe, 893, Funcionários, CEP: Telefone: (31) O conteúdo dos textos assinados e dos anúncios publicados nesta edição não refletem, necessariamente, a opinião da AFFE- MG. Telefones/ s Úteis Geral: Assessoria de Comunicação: Serviço Social (convênios AFFEMG, orientações previdenciárias): Cadastro (alterações cadastrais e informações sobre como se associar): Tel: Departamento Jurídico: Tel: , , Bueno, Borges, Oliveira e Prates advogados Associados: Telefax: Fisco Corretora: Tel: , , Financeiro: Tel: , , Reserva para Colônias de Férias: Tel:

3 3 Informativo da Associação dos Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais Ano XVIII nº 203 Outubro/novembro de 2006 Eleição na AFFEMG no dia 23 de novembro Deliberação Nº 002/ 2006 A Comissão Eleitoral da Associação dos Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais AFFEMG -, eleita para supervisionar as eleições da Diretoria e dos Conselhos de Administração e Fiscal, para o triênio de 2007 a 2009, usando das competências que lhes são atribuídas pelo Estatuto, resolve alterar dispositivos da Deliberação nº 001/2006, tendo em vista o disposto no artigo 69, do Estatuto, bem como exigência do cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas. Art. 1º - O artigo 3º, da Deliberação nº 001/ 2006, passa a ter a seguinte redação: Art. 3º - As Regiões Eleitorais funcionarão nos seguintes locais: I Região Eleitoral de Belo Horizonte, nos termos do Parágrafo Único. II Região Eleitoral de Extrema, no Posto Fiscal de Extrema. III Nas cidades sedes de Diretorias Regionais da AFFEMG, as seções eleitorais serão instaladas nas respectivas sedes. IV Demais regiões eleitorais, nas sedes das Delegacias Fiscais ou Administrações Fazendárias, inclusive para as localizadas em sedes de Superintendências Regionais da Fazenda. Parágrafo Único As seções eleitorais da 1ª Região Eleitoral de Belo Horizonte funcionarão: I 1ª, 2ª e 3ª seções eleitorais, na sede da AFFEMG, à rua Sergipe, 893, nesta Capital. II 4ª seção eleitoral, na CentralSEF, à av. Afonso Pena, 3892, nesta Capital. Art. 2º - Tendo em vista a exigência do Cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas, em substituição as atas escritas à mão no livro, as mesas Receptoras e Apuradoras de votos lavrarão as respectivas atas em formulários elaborados pela Comissão Eleitoral, observando-se todos os procedimentos previstos nos artigos 25, 28 e 29 da Deliberação nº 001/ Art. 3º - A presente Instrução Normativa será publicada no Jornal da AFFEMG, podendo de suas normas recorrer o interessado para a Assembléia Geral, no prazo de 05 (cinco) dias após sua publicação. Único Ressalvado o prazo, aplica-se no artigo as disposições do parágrafo único do artigo 81, do Estatuto. Carreira: prazo de opção termina dia 20 de dezembro A nova lei de Carreira, a , de janeiro de 2005, que transformou os cargos efetivos de FTE e AFTE, em Auditor Fiscal da Receita Estadual AFRE, prevê a possibilidade de opção para voltar para a carreira anterior, a 6762/75. Em junho foi publicada a lei definindo o prazo de 180 dias, a partir da publicação do Decreto, para que cada um interessado em optar por permanecer no cargo ocupado anteriormente se manifeste. O Decreto nº foi publicado em 23 de junho de 2006, portanto, esse prazo encerra-se em 20 de dezembro de A opção de que trata a Lei nº de 22 de junho de 2006, é para voltar para a antiga lei 6762/75, isso significa que, caso o servidor não se manifeste por escrito, automaticamente esta- rá confirmada sua opção pela nova carreira. A Diretoria da AFFEMG tem se reunido, freqüentemente, com o Jurídico e outros colegas, inclusive do interior, para analisar essa questão e discutir estratégias. O objetivo é obter informações que possam ajudar a esclarecer os associados. Não é possível, ainda, avaliar todos os efeitos de qualquer decisão, seja a de ficar na nova carreira como AFRE ou optar por voltar para a carreira antiga, permanecendo como FTE ou AFTE. Mantenha-se informado, consulte o site, leia os e as correspondências. Essa decisão afeta muito a vida de cada um, por isso não é razoável decidir de forma impensada ou apressada. Até o dia 20 de dezembro, ainda há tempo para avaliar melhor e efetivar a opção. Mandado de Segurança contra regras de enquadramento A AFFEMG impetrou dois Mandados de Segurança Coletivos contra as regras de posicionamento na nova carreira, um em nome dos associados aposentados (nº /000) e outro em nome dos ativos ( /000). Por meio desta medida judicial, a Associação reivindica que a transposição da carreira antiga para a nova assegure, a cada um, a mesma posição ocupada anteriormente na lei Para isso, é preciso que o posicionamento ocorra a partir do final da nova carreira. Os fundamentos do pedido são de natureza Constitucional: o direito adquirido, a irredutibilidade de salários, a paridade e a isonomia. Apenas uma chapa, encabeçada pelo atual presidente, Sinval Pereira da Silva, se inscreveu para disputar a eleição na AFFEMG, no dia 23 de novembro. Denominada AFFEMG Faz, a chapa entra com os seguintes nomes para composição da Diretoria e dos Conselhos de Administração e Fiscal: Affemg Faz Diretoria Executiva: Diretor Presidente: Sinval Pereira da Silva Diretor Vice-Presidente: Paulo Pedro Lessa Baptista Júnior Diretor Secretário: Carlos José Alvim Diretora Secretária Adjunta: Carolina Amália Cançado Monteiro André Diretora Administrativa: Maria Aparecida Neto Lacerda e Meloni Diretor Administrativo Adjunto: Paulo César Pinto Diretor Financeiro: Geraldo Sozinho Diretor Financeiro Adjunto: José Thomaz da Silva Diretor Social: Matias Backir de Faria Diretora Social Adjunta: Patrícia David Salum Conselho de Administração: Efetivos Maria de Lourdes Medeiros AFRE Ativa Osvaldo Rodrigues Flores AFRE Ativo Flávio Salles Costa AFRE Ativo José Aparecido de Pádua AFRE Ativo Wilson Soares Martins AFRE Aposentado José Luiz da Cruz AFRE Aposentado Genilton Paiva da Cunha AFRE Aposentado Adalberto Eustáquio Rodrigues Alves AFRE Aposentado Suplentes Antônio Luiz Bernardes AFRE Ativo Edílson de Souza Oliveira AFRE Ativo Carmello Geraldo Viegas AFRE Aposentado José Nicácio da Silva AFRE Aposentado Diretorias Regionais Baixo Rio Grande: Vanderlei Gomes Centro Norte: Eduardo de Souza Assis Mata: Edir da Silva Martins Metalúrgica: Neuza Gomes de Oliveira Mucuri: Hugo Benito Vilela Norte: Nelson Gomes dos Santos Oeste: Lenivanda Oliveira Miranda Barbosa Paranaíba: Octávio Strini Rio Doce: Wilson Geraldo Lacerda São Francisco: Maria das D. Caetano de Oliveira Alves Sudoeste: Flávio Fernando Lemes Sul: Fábio Vitor de Souza Vale do Sapucaí: Victor Ferreira da Silva Conselho Fiscal Efetivos Nélson de Oliveira Lopes Francisco Lourenço Dias Wanda Batista de Souza Garcia Suplentes Maria Inês Vieira da Silva Gilmar Camelo Sebe José Carlos Picaccio

4 4 R DIRETORA REGIONAL: MARIA INÊS VIEIRA DA SILVA SETE LAGOAS Aniversariantes comemoram com festa Associados que fizeram aniversário no mês de setembro participaram de uma festa de comemoração na sede da AFFE- MG em Sete Lagoas. O Procurador Coordenador do Escritório Seccional da SEF em Sete Lagoas, Marcelino Cristelli de Oliveira, um dos aniversariantes, fez questão de festejar a data ao lado dos colegas de trabalho e de seus familiares. É que naquele dia ele anunciou sua volta para Belo Horizonte, onde passará a exercer novas funções. A festa teve a presença de funcionários da Procuradoria, da Administração Fazendária e da Delegacia Fiscal de Sete Lagoas. DIVINOPÓLIS Dia do Servidor DIRETORA REGIONAL: LENIVANDA OLIVEIRA MIRANDA BARBOSA Visita à Serra da Canastra Em Divinópolis, o Dia do Servidor Público foi comemorado de forma diferente, com um passeio à Serra da Canastra, nos dias 21 e 22 de outubro. A viagem foi organizada pela Superintendência Regional da Fazenda, com apoio da AFFE- MG e COOPSEF, e reuniu cerca de 130 pessoas das mais diversas idades. Os servidores - ativos, aposentados e seus familiares - visitaram a nascente do rio São Francisco e participaram, também, de uma confraternização com música ao vivo, no Hotel Chapadão da Canastra, em São Roque de Minas, num ambiente descontraído e muito alegre. MONTES CLAROS DIRETOR REGIONAL: MARIA DE FÁTIMA DA SILVA MESQUITA Excursão para Porto Seguro Associados da Regional Norte estiveram na Colônia de Férias da AFFEMG em Porto Seguro, entre os dias 20 a 27 de outubro. O grupo foi e voltou junto, em ônibus especialmente fretado para a ocasião. Os excursionistas consideraram o passeio um grande sucesso, pois foram muito bem recebido pelos funcionários da colônia e encontraram Porto Seguro mais tranqüila fora da alta temporada. As instalações da colônia estão ótimas, destacou a Diretora Regional, Maria de Fátima da Silva Mesquita, que viajou acompanhando o grupo. Ocupar as colônias na baixa temporada é uma das metas da atual diretoria, que tem se esforçado para que os espaços sejam mais utilizados ao longo do ano, levando em conta que boa parte dos associados da AFFEMG é constituída por aposentado e pensionistas. VARGINHA DIRETOR REGIONAL: FÁBIO VÍTOR DE SOUZA Melhorias na sede Associados da Regional Sul já podem usufruir as melhorias realizadas no terreno da sede, cujas obras terminaram no final de outubro. No terreno de terra batida de cerca de 280 m2, que antes quase não era utilizado, foram construídos dois banheiros, uma quadra e uma área coberta de aproximadamente 30 m2, com balcão e churrasqueira. O local está pronto para a realização de festas, encontros e para a prática de esportes. POÇOS DE CALDAS DIRETOR REGIONAL: FLÁVIO FERNANDES LEMES Motivação é tema de palestra Na Regional Sudoeste, u m a palestra sobre Motivação marcou a comemoração do Dia do Funcionário Público na AFFEMG. Realizada no dia 27 de outubro, no auditório do Hotel Carlton Plaza, pelo psicólogo Jésus José de Assis, a palestra reuniu cerca de 30 associados, entre ativos e aposentados. Foram duas horas de conversa e esclarecimentos. Em seguida foi oferecido um coquetel na sede da Associação.

5 Informativo da Associação dos Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais Ano XVIII nº 203 Outubro/novembro de 2006 Dia do Servidor Suírene A Secretaria da Fazenda e a Centralsef, com o patrocínio da AFFEMG, inauguraram, no dia 31 de outubro, a II Exposição de artes dos funcionários da SEF. O Diretor Social da AFFE- MG, Paulo Pedro Lessa Baptista Jr, Pepê, leu uma Matias Bakir mensagem do Presidente da Associação, Sinval Pereira da Silva, na abertura do evento, falando sobre a importância do Dia do Funcionário Público. Em seguida, os participantes foram con- Temporada não é só de sol, mas também de neve Mesmo tendo tantas praias em nosso extenso litoral para curtir no verão, há quem goste de reservar um tempinho e dar uma esticada até os Estados Unidos para aproveitar a neve e o frio. Com as baixas temperaturas, as estações de esqui transformam-se em verdadeiras atrações para os turistas. A Acta Turismo selecionou as duas principais, Aspen e Vail, que são redutos dos brasileiros na alta temporada. Encravada entre as montanhas do Colorado, tudo em Aspen gira em torno de suas quatro montanhas: Aspen Mountain (Ájax), Aspen Highlands, Buttermilk e Snowmass, cada uma com características diferentes, o que torna a região boa para todos os gostos - desde esquiadores a snowboarders, jovens a adultos, econômicos aos mais exigentes. Esta é considerada a estação de esqui mais elegante dos Estados Unidos e a preferida dos brasileiros. Outra muito procurada é Vail, também no Colorado. Com seus 33 meios de ele- Cláudia Gomes vidados para apreciarem as obras dos expositores: Cláudia Gomes, Luciana Buval, Maria Afonsina, Matias Bakir, Soraya Souza e o próprio Pepê, todos orientados pela artista plástica Rosifreitas Bakir. A exposição foi no hall de entrada do prédio da Secretaria da Fazenda - Superintendência I. A partir do dia 14 de novembro, as obras serão expostas na sede da AFFE- MG. Maria Afonsina vação, é a maior montanha da América do Norte para a prática do esporte. Possui 193 pistas e é recomendada para iniciantes, intermediários e experts no assunto. Além das pistas, as duas pequenas cidades contam com atividades culturais, excelentes lojas, vida noturna agitada e uma grande variedade de restaurantes. Na Acta, os pacotes para Aspen custam a partir de 5 vezes de US$ 222,00, incluindo: passagem aérea (São Paulo/Denver/São Paulo), 7 noites de hospedagem e kit de viagem. Este valor é válido para o período de 23 de novembro a 16 de abril de Já para Vail, o mesmo pacote sai a partir de 5 vezes de R$ 220,00 e o período é de 16 de novembro a 30 de abril de Os preços e disponibilidade estão sujeitos a alterações sem aviso prévio. Os associados da Affemg, que adquirirem os pacotes na Acta Turismo, ganham 5% de desconto. 5 Nova sede Inaugurada no dia 15 de setembro, a nova sede da AFFEMG e FUNDAFFEMG abriu uma nova fase na vida das entidades. Do primeiro ao último andar, o amplo espaço facilitou a circulação das pessoas, com reflexos muito positivos no atendimento as associados. Embora tenha trazido inúmeros benefícios, a nova sede sofre com problemas de trânsito e com dificuldades para estacionamento, situação que afeta toda a região da Savassi. Por outro lado, o local é servido por inúmeras linhas de ônibus e tem ponto de táxi na porta. O gerente administrativo da AFFEMG, Elton Silveira, disse que é muito difícil fazer convênio com estacionamentos na região. Mesmo antes da mudança, foram contactadas várias empresas, mas nenhuma delas se interessou em fazer parceria com a AFFEMG. Como há muita demanda, os donos de estacionamentos preferem manter os horistas. Não existe interesse em fazer convênio, explicou. A melhor alternativa para quem quer vir à AFFE- MG, portanto, é utilizar o transporte público. A Coordenadora de Informações e Relações Institucionais da FUNDAFFEMG, Fátima Taher, ressalta algumas melhorias já percebidas: Além de melhor ventilação e maior espaço para a circulação dos idosos, podemos nos estruturar com equipamentos que facilitem a vida dos clientes e dos atendentes. Na Fisco Corretora, o grande diferencial foi a ampliação do espaço. A gerente Ivani Matias lembrou que as instalações antigas deixavam a desejar. Além da melhoria física e estética das salas, o que permite mais privacidade, estamos em um lugar privilegiado de Belo Horizonte, ressaltou. Linhas de ônibus que servem a AFFEMG Ponto na avenida Brasil: SCO2A; SCO2B; 5101 (Suzana/Cruzeiro) e 5031(Suzana/Universitário/Pça da Liberdade). Ponto na Cristovão Colombo: Linha 9105 (Nova Vista/Sion); 2101 (Grajaú/Sion); 2004 (Bandeirantes/Pilar); SC04A; 9106 (Sagrada Família/Serra); 8106 (SantaCruz/BH Shopping/ via Belvedere); 5102 (UFMG/Santo Antônio); 5031 (Suzana/ Universitário/Pça da Liberdade); 8001 (Ana Lúcia/BH Shopping); 8102 (União/Carmo Sion); 4106 (São Crstovão/ Santo Antônio); 2104 (Nova Gameleira/Faculdade Milton Campos); 4034 (Dom Bosco/Savassi via Padre Eustáquio); 9103 (Santo Antônio/Santa Tereza); 2152 (Salgado Filho/Cruzeiro); 8107 (Concórdia/São Pedro); 8108 (Cidade Nova/ Savassi) e 2103 (Prado/Anchieta).

6 6 R BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2006(Em R$) ATIVO PASSIVO CIRCULANTE ,86 CIRCULANTE ,13 Disponibilidades ,89 Fornecedores ,66 Contas a Receber ,83 Obrigações Trabalhistas 7.574,62 Estoques ,48 Obrigações Tributárias 5.414,37 Outras Contas Ativas ,17 Credores Diversos/consignações ,08 Despesas Antecipadas 5.591,49 Provisões e Encargos Trabalhistas ,40 REALIZÁVEL A LONGO PRAZO ,68 EXIGÍVEL A LONGO PRAZO ,94 Direitos a Receber de Pessoas Ligadas ,37 Crédito de Empresas Ligadas ,67 Depósitos Judicias ,80 Depósitos Judicias ,80 Direitos Realizáveis a Longo Prazo ,92 Outros Créd. - AFFEMG Proj. Cabo Frio ,47 Obras em Andamento ,59 RESULTADO DE EXERCÍCIOS FUTUROS ,85 Receitas Antecipadas ,85 PERMANENTE ,29 PATRIMÔNIO SOCIAL ,91 Investimentos ,24 Patrimônio Social ,78 Imobilizado ,05 Superávit acumulado de exercícios anteriores ,94 Superávit N/Exercício ,19 TOTAL DO ATIVO ,83 TOTAL DO PASSIVO ,83 DEMONSTRAÇÃO DO SUPERÁVIT APURADO PARA O PERÍODO DE JANEIRO A JULHO DE 2006 (Em R$) Mês de Julho Acumulado 2006 até julho/ 2006 RECEITAS , ,26 Contribuições de Associados , ,56 Revenda de Mercadorias 6.776, ,51 Pro-Labore Seguro de Vida , ,61 Receita de Aluguéis , ,60 Receitas com Hospedagens , ,09 Receitas com Publicidade 2.116, ,00 Receitas Financeiras , ,03 Outras Receitas Operacionais 8.672, ,86 DESPESAS ( ,88) ( ,74) Assistenciais e Atividades Classistas (99.635,14) ( ,50) Pessoal ( ,28) ( ,95) Sede (72.505,36) ( ,61) Regionais (27.194,11) ( ,03) Colônias e Centro Convivência (44.980,81) ( ,31) Administrativas ( Gerais e de Manutenção) (58.529,98) ( ,63) Sede (7.459,30) ( ,67) Regionais (30.455,73) ( ,78) Colônias e Centro Convivência (20.614,95) ( ,18) Financeiras (15.772,61) ( ,58) Tributárias (7.747,48) (86.341,92) Outras Despesas Operacionais 0,00 (25.052,35) Custo das Mercadorias Revendidas (4.611,39) ( ,81) Sinval Pereira da Silva - Diretor Presidente Geraldo Sozinho - Diretor Financeiro Maria Aparecida Neto Lacerda e Meloni - Diretora Administrativa DHISA - Auditoria e Assessoria Contábil Ltda Wander Moreira Vilela de Barros Prata - Contador - CRC - MG SUPERAVIT OPERACIONAL , ,52 Receitas Não-Operacionais - Ganho de Capital 0, ,67 SUPERÁVIT APURADO NO PERÍODO , ,19 Óbitos - João Pereira Dutra. Faleceu dia 12 de agosto, em Sete Lagoas. - José de Faria Mattos. Faleceu dia 17 de agosto, em Belo Horizonte. - José de Oliveira Guimarães. Faleceu dia 22 de agosto, em Belo Horizonte. - Darcila Teixeira de Moura, mãe do associado João Botafogo. Faleceu dia 27 de agosto, em Visconde do Rio Branco. - Eros Gomes de Moraes. Faleceu dia 28 de agosto, em Juiz de Fora. - Elzina Freitas Heringer, mãe do associado já falecido Alair Heringer. Faleceu em 30/08/06, em Governador Valadares. - Maria José Galvão Almeida. Faleceu dia 31/08/ - Clodomir Sette Bicalho. Faleceu dia 1º de setembro, em Belo Horizonte. - José Carlos Sanches. Faleceu dia 06/09/ - Maria Auxiliadora Souza Marinho, esposa do associado Reinaldo de Souza Marinho. Faleceu dia 08/09/06, em Itabirito. - Sr. Luiz Gonzaga da Silva. Faleceu dia 08/ 09/2006, em Belo Horizonte - Ricardo Metzler de Carvalho. Faleceu dia 10/09/2006, em Ipatinga. - Sr. Charif Rodrigues Daruyche, dependente do associado Sr. Carlos Otávio Souza Daruyche, ocorrido no dia 10/10/ Elvira Alves Pereira, esposa do associado José dos Santos Pereira. Faleceu dia 12/ 09/06, em Montes Claros. - Anália Medina Lessa. Faleceu dia 13/09/ - Anália Medina Lessa. Faleceu dia 13/09/ - Jesus Alves Pereira. Faleceu dia 16/09/06, em Juiz de Fora. - Ricardo Castilho de Araújo. Faleceu dia 23/09/06, em Cabo Frio. - José Renauld Lage Pessoa. Faleceu dia 25/ 09/06. - Acioly José de Souza. Faleceu dia 25/08/ - Sr. Francisco Farias de Melo. Faleceu dia 29/09/2006, em Montes Claros. - Ana de Souza Camargo. Faleceu dia 30/ 09/20 - Eustáquio Bernardes, irmão do associado Antônio Luiz Bernardes. Faleceu dia 07/ 10/ - Charif Rodrigues Daruyche, dependente do associado Sr. Carlos Otávio Souza Daruyche. Faleceu dia 10/10/2006, em Belo Horizonte. - Alzira Penna Gama. Faleceu dia 17/09/ 06, em São Lourenço. - Bivoneide Neves Lima Caetano da Silva. Faleceu dia 20/10/2006, em Gov. Valadares. - Flávio Márcio Guglielmelli Manata. Faleceu dia 25/10/ - Ocarlina Silva Mattos. Faleceu dia 27/10/ CLASSIFISCO Vendo Cobertura de 4 quartos todos com armários, sendo 1 (uma) suíte, 2 salas, banheiros todo em granito com box blindex e armários, cozinha toda montada, apartamento todo em porcelanato e granito. Acabamento de alto luxo. Duas vagas de garagem, elevador e água c/aquecimento solar. Área de 129 m2 mais área externa com churrasqueira. Prédio com 3 anos de uso (na garantia). R$ ,00 Tratar com Fernando Cesar tel Casa no bairro Veneza - Em Ribeirão das Neves, com sala de visitas, 2 quartos, banho azulejado, copa-cozinha, pisos de cerâmica, teto de lage, rua asfaltada, próximo de colégio, área de 360 metros quadrados, toda murada. Preço de ocasião. Aceito financiamento da Caixa Econômica Federal. Tratar: Casa em Jaboticatubas - No Condomínio Monte Verde. 144 metros de área construída, terreno de dois mil metros, cercado, pomar formado, jardim. Aceita troca por imóvel em Belo Horizonte. Tratar com Geraldo Sozinho: (31) , Apartamento na Cidade Nova - Área privativa suspensa, 276 metros de área, quatro quartos (uma suíte), dois banhos, quatro salas, garagem para 4 carros, excelente localização, na principal rua do bairro, perto de comércio, um por andar, elevador codificado, aquecimento solar, DCE, quarto de despejo. Tratar: Saraiva, telefones (31) , , Serviço Aulas de matemática - Aula particular e acompanhamento escolar para todas as séries. Tratar: Clara, telefones: (31) (31)

7 ESCLARCE CE ORA ESCLAR Informativo da Associação dos Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais Ano XVIII nº 203 Outubro/novembro de 2006 FISCO CORRETORA Seguro de Vida e Acidentes Pessoais Informe da FISCO Corretora Os Segurados da AFFEMG/FISCO CORRETORA estão recebendo em casa a apólice coletiva de Vida em Grupo, contratada pela AFFEMG junto à MAFRE/VERA CRUZ, com vigência a partir de 01/08/2006. Por determinação da SUSEP, em decorrência do alto índice de fraudes verificado em todo território nacional, a apólice não contempla mais a cláusula de IPD (Invalidez por Doença) nos moldes tradicionais, motivo pelo qual não constou nenhum valor no campo próprio do CERTIFICA- DO INDIVIDUAL DE SEGURO expedido pela Cia. Mapfre/Vera Cruz. O que segurar? No seguro de vida se segura o provável transtorno financeiro que acarretará quando a pessoa segurada vier a falecer ou sofrer um acidente ou doença que a impossibilite de exercer suas atividades normais. O seguro poderia se chamar seguro de morte, porém suas coberturas são muito amplas. É um dos seguros mais importante, por ajudar as famílias a se refazerem após uma perda ou a inabilitação de seu provedor para o trabalho. Por que segurar? Porque sempre que falamos em seguro pensamos nos bens materiais, mas o bem mais precioso é a vida e, quando ela falta, deixa marcas. Estas marcas são emocionais, sentimentais e, por que não dizer, materiais? Assim com o seguro de vida, você terá uma forma fácil de deixar um patrimônio para a sua família com rapidez e sem nenhuma burocracia. O seguro de vida não pode entrar em inventário e, ainda, não é descontado nenhum tipo de imposto. FÁCIL, RÁPIDO E BARATO. Quando segurar? A necessidade de se fazer um seguro de vida é muito particular e depende de muitos fatores, mas o ideal é quando você sentir que é preciso considerar as possibilidades e os imprevistos que a vida apresenta. Normalmente as pessoas fazem o seguro de vida quando possuem dependentes e são responsáveis pela maior parcela da economia do lar. ESTUDO: O Estudo para o seguro de vida deve ser solicitado a um corretor de seguros habilitado. Para o seguro individual, você terá que fornecer as seguintes informações: data de nascimento, coberturas e importâncias seguradas desejadas. Algumas seguradoras aprofundam o estudo solicitando informações sócio-econômicas, sobre hábitos, comportamento e saúde do segurado. A veracidade dessas informações é importante para que o seguro fique tecnicamente bem feito e, na hora de possíveis indenizações, nenhum outro questionamento venha a ser feito. Você também pode solicitar ao seu corretor de seguros um plano de seguro de vida para sua empresa, e nesse caso é importante ter em mãos os dados da empresa como: quais as coberturas deverão ser contratadas, se o funcionário participará no pagamento do prêmio, uma listagem com os nomes dos segurados, data de nascimento, salário, etc. No Estudo serão calculados os custos de todas as coberturas solicitadas, chamado de Prêmio, e será apresentada uma Proposta para Efetivação. PROPOSTA: A proposta é parte integrante do contrato. É o instrumento mediante o qual o proponente, seu representante legal ou seu corretor de Seguros, aderem ao seguro, especificando seus dados cadastrais e manifestando pleno conhecimento e concordância com as regras estabelecidas nas respectivas Condições Gerais. Tanto no seguro individual quanto no seguro em grupo é indispensável o preenchimento do cartão proposta que, além das informações sobre as coberturas e indenizações, também deve conter as respostas do proponente sobre o seu estado de saúde. CONTRATO DE SEGURO: Contrato de seguros compreende todo o processo da contratação de seguros, que começa com a proposta e vai até a emissão da apólice. O contrato de seguros normalmente tem vigência de 01 ano e tem como partes a Seguradora e o segurado e no seguro de vida ele pode ser renovado automaticamente a cada ano. Caso uma das partes queira cancelar o contrato de seguro de vida, terá que fazê-lo, por escrito, com uma antecedência mínima de 30 dias. Ocorre que a cláusula de IPD - Invalidez por Doença - foi substituída por uma nova modalidade, e continua garantida e contratada para todos os segurados na apólice estipulada pela AFFE- MG junto à Mapfre/Vera Cruz, com a denominação de cláusula de ANTECIPAÇÃO DA COBERTURA DE MORTE (exclusivamente para o caso de doença em fase terminal), que será paga ao Segurado, correspondendo a 100% do capital contratado como antecipação do risco morte. Nas mesmas condições, pago o valor da Antecipação da Cobertura de Morte, o Segurado estará automaticamente excluído da apólice. VIÇOS SOCIAL ESCLARCE CE SERVIÇOS 7 Atualização de pensão Desde o inicio do ano, estão sendo encaminhados, pela AFFEMG, os pedidos de atualização de pensão, tantos aqueles decorrentes do aumento da GEPI, em janeiro de 2006, quanto os relacionados ao enquadramento no novo plano de carreira. A princípio, havia uma previsão, feita pelo IPSEMG, de que a atualização sairia até setembro de Esta informação foi repassada aos nossos associados, entretanto, o Governo não cumpriu, com todos, o prazo que ele mesmo havia previsto. Os pagamentos vêm sendo feitos de forma muito lenta. Para tentar sanar o problema, que tem gerado muita insegurança nos pensionistas, o IPSEMG está trabalhando em jornada ampliada, com objetivo de atualizar os processos e efetuar o pagamento de valores retroativos. O Serviço Social da AFFEMG está acompanhando todos processos de seus associados, fazendo o intercâmbio entre eles e o Estado. Os contatos com o IPSEMG são permanentes e têm como objetivo garantir os direitos dos associados. Todos serão avisados assim conforme o Governo for fazendo os pagamentos. Lembramos que aqueles pensionistas que ainda não fizeram o requerimento do pedido de atualização ainda poderão fazê-lo, mas não existe previsão para que o pagamento seja efetuado. Renovação de Senha Os pensionistas devem renovar suas senhas bancárias a cada seis meses, pessoalmente, nos caixas de sua agência. As senhas não podem ser renovadas em caixas eletrônicos nem através de terceiros.

8 8 R Associado ganha festival da canção em Turmalina O associado aposentado João Saraiva ganhou o primeiro lugar no 21º FESTUR, o tradicional festival da canção de Turmalina, realizado no dia 7 de setembro. O tema deste ano era Planeta Água e Saraiva venceu com a obra Fábrica de Vidas, com letra de sua autoria e música de Carla Gomes, que foi também a intérprete da canção. Ambos são de Belo Horizonte. O trabalho deles foi selecionado junto com outras 14 músicas, sendo 13 de MPB e duas sertanejas. Saraiva foi o vencedor na categoria MPB e espera, em breve o lançamento do CD com todas as músicas premiadas no festival. MEMORIA DO FISCO Servidores da Fazenda em frente à AF de Juiz de Fora, na rua Halfeld, década de 60 FESTAS & EVENTOS Novembro Mostra de Arte de servidores da SEF Data: 14 a 17 de novembro Local: Sede da AFFEMG Endereço: rua Sergipe, 893 Dezembro Feira de Artesanato Data: 6 e 7 de dezembro. Local: sede da AFFEMG (rua Sergipe, 893) Expositores: associados e dependentes Inscrições: dias 20 a 24 de novembro, com Rosana, no segundo andar da sede da AFFEMG em BH. Informações: (31) (Rosana), (Gabriela) Festa de Natal Local: antiga sede da AFFEMG Endereço: rua Cláudio Manuel, 48, Funcionários. Data e horário: 15 de dezembro, 21h Reserva nas colônias Quem quiser viajar em fevereiro, deve se inscrever até o dia 30 de novembro. Atenção também para as datas dos sorteios. UTILIZAÇÃO DIVISÃO DOS PERÍODOS PERÍODOS DE INSCRIÇÃO DATA DO SORTEIO DATA LIMITE P/PGTO Janeiro 03/01 a 13/01 1º/10 até 30/10 10/11 20/11 14/01 a 24/01 25/01 a 04/02 Fevereiro 05/02 a 15/02 1º/11 até 30/11 10/12 20/12 Julho 21/07 a 31/07 1º/04 até 30/04 10/05 20/05 Dezembro 26/12 a 02/01 1º/09 até 30/09 10/10 20/10 Carnaval Sábado a 4ª 1º/11 até 30/11 10/12 20/12 Semana Santa 5ª a Domingo 1º/12 até 30/12 10/01 20/01 As inscrições serão aceitas por fax, , site ou pessoalmente, nas regionais, Central SEF ou no Setor Colônia de Férias. Em alta temporada, havendo sorteio, cada associado poderá ocupar apenas uma colônia no mês calendário, e por um período de 10 dias, sendo permitido no máximo 02 apartamentos em Porto Seguro ou 01 cabana em Cabo Frio. (A inscrição poderá ser feita para, no máximo, 6 pessoas). AFFEMG - Associação dos Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais Rua Cláudio Manoel, 48 Funcionários - CEP: Belo Horizonte/MG

Criação da Associação

Criação da Associação Primeira Edição 02/08/2013 ASPREVIC ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA PREVIC BOLETIM INFORMATIVO Nesta edição: Associe-se 2 Prestação de Contas 2 CNPJ 3 Desconto em Folha 3 Festa de final de ano 3 Site em Construção

Leia mais

Exerça o democrático direito de voto e escolha seus representantes na Fundação

Exerça o democrático direito de voto e escolha seus representantes na Fundação NÚMERO 21 ABRIL MAIO 2010 Editado pela Assessoria de Comunicação Institucional Exerça o democrático direito de voto e escolha seus representantes na Fundação 02 Candidatos a Diretor de Benefícios participam

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO II CONGRESSO INTERNACIONAL DA AMB

REGULAMENTO GERAL DO II CONGRESSO INTERNACIONAL DA AMB REGULAMENTO GERAL DO II CONGRESSO INTERNACIONAL DA AMB A Associação dos Magistrados Brasileiros AMB, torna público o REGULAMENTO DO II CONGRESSO INTERNACIONAL DA AMB, a ser realizado no Reino Unido, em

Leia mais

Comissão Eleitoral 2014 PAINEL TRANSPARÊNCIA

Comissão Eleitoral 2014 PAINEL TRANSPARÊNCIA Comissão Eleitoral 2014 PAINEL TRANSPARÊNCIA APRESENTAÇÃO OPAINEL TRANSPARÊNCIA é uma iniciativa da Comissão Eleitoral. Seu objetivo é expor às Patrocinadoras e às demais entidades de interesse da FUSESC

Leia mais

CECREFATOS. Dia C 2015. Em dia. Pág. 4. Pág. 3. Ano XI N 0 101 Dezembro 2015

CECREFATOS. Dia C 2015. Em dia. Pág. 4. Pág. 3. Ano XI N 0 101 Dezembro 2015 1 Ano XI N 0 101 Dezembro 2015 CECREFATOS Boletim Informativo CECREF Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores da Fundação Hospitalar e Empregados dos Estabelecimentos Hospitalares de Belo

Leia mais

REGULAMENTO DO FUNDO: ALFAPREV RF PRIVATE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO

REGULAMENTO DO FUNDO: ALFAPREV RF PRIVATE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO REGULAMENTO DO FUNDO: ALFAPREV RF PRIVATE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO CAPÍTULO I - DO FUNDO Artigo 1º - O ALFAPREV RF PRIVATE - Fundo de Investimento

Leia mais

ATAG ASSOCIAÇÃO DA TURMA ALMIRANTE GUILHOBEL FUNDADA EM 18 DE DEZEMBRO DE 1999

ATAG ASSOCIAÇÃO DA TURMA ALMIRANTE GUILHOBEL FUNDADA EM 18 DE DEZEMBRO DE 1999 ATAG ASSOCIAÇÃO DA TURMA ALMIRANTE GUILHOBEL FUNDADA EM 18 DE DEZEMBRO DE 1999 REGIMENTO INTERNO CAPITULO I DOS PROPÓSITOS ART.1 - A Associação da turma Almirante Guilhobel (ATAG) tem por propósito a promoção

Leia mais

PORANGATU PREV. Regime Próprio de Previdência Social PORANGATU/GO. Edital nº 001/2014

PORANGATU PREV. Regime Próprio de Previdência Social PORANGATU/GO. Edital nº 001/2014 Edital nº 001/2014 ESTABELECE DATAS, PRAZOS, NORMAS E PROCEDIMENTOS SOBRE O PROCESSO DE ELEIÇÃO DIRETA PARA ESCOLHA DE SERVIDOR PARA COMPOR O CONSELHO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE PORANGATU-GO.

Leia mais

Quatorze anos de história

Quatorze anos de história OPINIÃO Quatorze anos de história Sicoob Engecred completa, no final de O setembro, 14 anos de efetivo funcionamento. Uma conquista que começou a ser construída em 17 de novembro de 1997, quando 25 engenheiros

Leia mais

CEMIG TRADING S.A. ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração

CEMIG TRADING S.A. ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração CEMIG TRADING S.A. O presente Estatuto é uma consolidação do aprovado pela Escritura Pública de Constituição, em 29-07-2002 - arquivada na JUCEMG em 12-08-2002, sob o nº 3130001701-0, e pelas Assembléias

Leia mais

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS (ABRACE) CAPÍTULO I Da Natureza, Sede e Duração

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS (ABRACE) CAPÍTULO I Da Natureza, Sede e Duração ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS (ABRACE) CAPÍTULO I Da Natureza, Sede e Duração Art. 1º - A Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas,

Leia mais

ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014

ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014 ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014 Ao terceiro dia de abril do ano de dois mil e quatorze, às dez horas, reuniu-se, ordinariamente, a diretoria da AJUT Associação dos Servidores na Justiça do Trabalho

Leia mais

REGULAMENTO NORMATIVO DA ELEIÇÃO DO DIRETOR DE SAUDE DO TRABALHADORDO SINDSEMP. Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina

REGULAMENTO NORMATIVO DA ELEIÇÃO DO DIRETOR DE SAUDE DO TRABALHADORDO SINDSEMP. Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina REGULAMENTO NORMATIVO DA ELEIÇÃO DO DIRETOR DE SAUDE DO TRABALHADORDO SINDSEMP Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina Eleição triênio 2012/2015 A comissão eleitoral reunida no dia 14.08.2013

Leia mais

REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO

REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO Capítulo I da Finalidade Art. 1o. - Este Regimento Interno complementa e disciplina disposições do Estatuto da Associação Brasileira de Manutenção

Leia mais

Lei 7645 de 12 de Fevereiro de 1999

Lei 7645 de 12 de Fevereiro de 1999 Lei 7645 de 12 de Fevereiro de 1999 INSTITUI O PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES DA ÁREA DE ATIVIDADES DE TRIBUTAÇÃO, ESTABELECE A RESPECTIVA TABELA DE VENCIMENTO E DISPÕE SOBRE O QUADRO ESPECIAL DA SECRETARIA

Leia mais

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015.

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. A Presidente do no uso de suas atribuições legais e regulamentadas pela Lei Nº 2.750 de 31 de Dezembro publica as normas para o processo eleitoral das entidades

Leia mais

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro LEI COMPLEMENTAR Nº 442, de 13 de maio de 2009 Procedência Governamental Natureza PLC/0006.2/2009 DO. 18.604 de 14/05/2009 *Alterada pela LC 534/11 *Ver Lei LC 534/11 (art. 72) *Regulamentada pelo Dec.

Leia mais

Foram eleitos os seguintes pontos relevantes: 1. Delegacias Sindicais, 2. Diretoria, 3. Diretoria Provisória, 4. Questões patrimoniais,

Foram eleitos os seguintes pontos relevantes: 1. Delegacias Sindicais, 2. Diretoria, 3. Diretoria Provisória, 4. Questões patrimoniais, Registro da segunda reunião Ordinária da Comissão de Sistematização e Elaboração de Propostas de Estatuto para a entidade resultante da unificação da FENAFISP E Unafisco Sindical. Presentes pela FENAFISP:

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS CAPÍTULO II DA FINALIDADE, VINCULAÇÃO E SEDE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS CAPÍTULO II DA FINALIDADE, VINCULAÇÃO E SEDE LEI N. 2.031, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2008 Institui o Serviço Social de Saúde do Acre, paraestatal de direito privado, na forma que especifica. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que

Leia mais

Autarquia dos Servidores Públicos do Município Regime Próprio de Previdência

Autarquia dos Servidores Públicos do Município Regime Próprio de Previdência Autarquia dos Servidores Públicos do Município Regime Próprio de Previdência Página 01 Paranaguá Previdência Lei Complementar do Município Nº 53/2006 Página 02 PREZADO SEGURADO Com início das atividades

Leia mais

PATRONATO DE PRESOS E EGRESSOS DO ESTADO DA BAHIA ESTATUTO

PATRONATO DE PRESOS E EGRESSOS DO ESTADO DA BAHIA ESTATUTO PATRONATO DE PRESOS E EGRESSOS DO ESTADO DA BAHIA ESTATUTO TÍTULO I DA INSTITUIÇÃO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E DURAÇÃO Art. 1º - O Patronato de Presos e Egressos da Bahia, fundado em 29 de maio de

Leia mais

Manual de Conduta Escritórios Brasília

Manual de Conduta Escritórios Brasília Manual de Conduta Escritórios Brasília 1 Prezado parceiro, você acaba de ingressar em um novo modelo de gestão de negócios. Seja bem-vindo. 2 Com o único objetivo de aprimorar o seu negócio vamos apresentar

Leia mais

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA SUMÁRIO Qual é o significado de aposentado e pensionista?...3 Quando é realizado

Leia mais

Programa de Vantagens - Clube Fidelidade Templum Santa Mobiliário.

Programa de Vantagens - Clube Fidelidade Templum Santa Mobiliário. Regulamento Programa de Vantagens - Clube Fidelidade Templum Santa Mobiliário. 1 - Público-Alvo: 1- O programa de vantagens intitulado Clube Fidelidade Templum Santa Mobiliário é destinado aos profissionais

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE ESPORTES E SAÚDE - LIES Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A Liga Acadêmica de Esportes e Saúde é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob

Leia mais

Proposta de Regulamento

Proposta de Regulamento Proposta de Regulamento VIII Congresso Regional de Psicologia (COREP) do Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais - 4ª Região (CRP/MG) Etapa Regional do VIII Congresso Nacional de Psicologia (CNP)

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I 1 Conselho Municipal do Idoso de São Caetano do Sul Lei n 4.179 de 23/10/2003. R. Heloísa Pamplona, 304 B. Fundação CEP 09520-310 São Caetano do Sul/SP. cmi@saocaetanodosul.sp.gov.br REGIMENTO INTERNO

Leia mais

Estatuto da Associação de Pais e Professores do

Estatuto da Associação de Pais e Professores do CNPJ: 82.898.404/0001-09 Estatuto da Associação de Pais e Professores do CENTRO EDUCACIONAL MENINO JESUS Fundada em 1973, Florianópolis/SC C A P Í T U L O I Da Associação e seus fins Art. 1º. - A Associação

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002217/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/10/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR053080/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.035134/2010-15 DATA DO

Leia mais

Julho Outubro /2010. objetivo de apresentar as ações desenvolvidas pela APM nos meses de Julho a

Julho Outubro /2010. objetivo de apresentar as ações desenvolvidas pela APM nos meses de Julho a BOLETIM INFORMATIVO N o 10 da APM/CMJF Julho Outubro /2010 Prezados Srs. Associados da APM/CMJF Estamos disponibilizando o 10 o Boletim Informativo da APM/CMJF com o objetivo de apresentar as ações desenvolvidas

Leia mais

ESPECIAL SERVIÇOS PÚBLICOS

ESPECIAL SERVIÇOS PÚBLICOS PREFEITURA FAZ INFORMATIVO DA PREFEITURA DE CONTAGEM CONTAGEM - Nº 23 - JUNHO - 2010 ESPECIAL SERVIÇOS PÚBLICOS Prefeitura valoriza servidores para melhorar qualidade dos serviços Nos últimos cinco anos,

Leia mais

Proposta da Administração Light S.A. LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015

Proposta da Administração Light S.A. LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015 LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015 Prezados Senhores, A Administração da Light S.A. ( Companhia ) vem submeter à apreciação dos seus acionistas a

Leia mais

Proposta da Administração Light Energia S.A. Matérias constantes da ordem do dia da Assembleia Geral Extraordinária

Proposta da Administração Light Energia S.A. Matérias constantes da ordem do dia da Assembleia Geral Extraordinária LIGHT ENERGIA S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015 Prezados Senhores, A administração da Light Energia S.A. ( Companhia ou Light Energia ) vem submeter à

Leia mais

MENDES JÚNIOR ENGENHARIA S.A. CNPJ/ MF nº 17.162.082/0001-73 NIRE 31300056392 COMPANHIA ABERTA

MENDES JÚNIOR ENGENHARIA S.A. CNPJ/ MF nº 17.162.082/0001-73 NIRE 31300056392 COMPANHIA ABERTA MENDES JÚNIOR ENGENHARIA S.A. CNPJ/ MF nº 17.162.082/0001-73 NIRE 31300056392 COMPANHIA ABERTA ATA DAS ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA REALIZADAS EM 29 DE ABRIL DE 2013 DATA, HORA E LOCAL:

Leia mais

ASSOCIAÇÃO AÇÃO BRASILEIRA DE CIDADANIA PELA DEMOCRACIA - ABCD ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE CONSTITUIÇÃO

ASSOCIAÇÃO AÇÃO BRASILEIRA DE CIDADANIA PELA DEMOCRACIA - ABCD ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE CONSTITUIÇÃO ASSOCIAÇÃO AÇÃO BRASILEIRA DE CIDADANIA PELA DEMOCRACIA - ABCD ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE CONSTITUIÇÃO Às vinte horas e trinta minutos do dia vinte e quatro do mês de março do ano de dois mil e quinze,

Leia mais

DECRETO Nº 3130, DE 22 DE JULHO DE 2011.

DECRETO Nº 3130, DE 22 DE JULHO DE 2011. DECRETO Nº 3130, DE 22 DE JULHO DE 2011. Regulamenta o art. 54 da Lei Complementar nº 392, de 17/12/2008, Dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Uberaba e dá outras providências.

Leia mais

ESTATUTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOLOGIA CELULAR - S.B.B.C. CNPJ. 61.849.352/0001-00

ESTATUTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOLOGIA CELULAR - S.B.B.C. CNPJ. 61.849.352/0001-00 ESTATUTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOLOGIA CELULAR - S.B.B.C. DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS CNPJ. 61.849.352/0001-00 Artigo 1º - A Sociedade Brasileira de Biologia celular (S.B.B.C.) é uma Sociedade Juridica

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE OBSTETRIZES E ENFERMEIROS OBSTETRAS - A B E N F O - Nacional

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE OBSTETRIZES E ENFERMEIROS OBSTETRAS - A B E N F O - Nacional ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE OBSTETRIZES E ENFERMEIROS OBSTETRAS - A B E N F O - Nacional Regimento Especial da Eleição para Diretoria da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras ABENFO

Leia mais

ATIVO Nota 2012 2011 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Nota 2012 2011 CIRCULANTE CIRCULANTE

ATIVO Nota 2012 2011 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Nota 2012 2011 CIRCULANTE CIRCULANTE QUADRO I BALANÇOS PATRIMONIAIS ATIVO Nota 2012 2011 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Nota 2012 2011 CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa e equivalentes de caixa 4 2.630.185 2.070.467 Fornecedores 115.915 76.688 Contas

Leia mais

REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL DA ASUNIRIO PARA BIÊNIO 2014 A 2016.

REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL DA ASUNIRIO PARA BIÊNIO 2014 A 2016. Associação dos Trabalhadores em Educação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro ASUNIRIO Rua Voluntários da Pátria, 107 - Botafogo - RJ CEP 22270-000 CNPJ - 29.260.486/0001-89 Telefax 2541-0924

Leia mais

Relatório do Controle Interno. Prestação de contas do Exercício. Ano 2.012. Superintendência de Água e Esgoto. Araguari - MG.

Relatório do Controle Interno. Prestação de contas do Exercício. Ano 2.012. Superintendência de Água e Esgoto. Araguari - MG. Relatório do Controle Interno. Prestação de contas do Exercício. Ano 2.012. Superintendência de Água e Esgoto. Araguari - MG. 1 Sumario. 1 Introdução. 2 Da gestão financeira. 3 - Gestores. 4 Gestão Patrimonial.

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS A Fundace Fundação para Pesquisa do Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia, fundação de apoio formada pelos professores da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade FEA/

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário Península (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e de 2008 e

Fundo de Investimento Imobiliário Península (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e de 2008 e Fundo de Investimento Imobiliário Península Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e de 2008 e parecer dos auditores independentes 2 3 Balanços patrimoniais em 31 de dezembro Ativo 2009 2008

Leia mais

CRUZ AZUL DE SÃO PAULO

CRUZ AZUL DE SÃO PAULO CRUZ AZUL DE SÃO PAULO ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR Capítulo I DA DENOMINAÇÃO SEDE FINALIDADE E DURAÇÃO Art. 1º. O Grêmio Estudantil do Colégio PM é o representativo geral da

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE RESERVAS

REGULAMENTO GERAL DE RESERVAS REGULAMENTO GERAL DE RESERVAS A diretoria do Candeias Esporte, Lazer e Recreação usando das atribuições conferidas pelo Estatuto Social, (art. 91 alínea b), institui o presente "Regulamento Geral de Reservas",

Leia mais

ESTATUTO DO DIRETÓRIO CENTRAL DOS ESTUDANTES DAS FACULDADES DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO. Capítulo I Da denominação, fundação e sede.

ESTATUTO DO DIRETÓRIO CENTRAL DOS ESTUDANTES DAS FACULDADES DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO. Capítulo I Da denominação, fundação e sede. ESTATUTO DO DIRETÓRIO CENTRAL DOS ESTUDANTES DAS FACULDADES DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO. Capítulo I Da denominação, fundação e sede. Artigo 1º O Diretório Central dos Estudantes das Faculdades de Tecnologia

Leia mais

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DOS ARTESAOS E PRODUTORES CASEIROS DE FORTALEZA DE MINAS

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DOS ARTESAOS E PRODUTORES CASEIROS DE FORTALEZA DE MINAS ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DOS ARTESAOS E PRODUTORES CASEIROS DE FORTALEZA DE MINAS CAPITULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETIVO Art.1º- A Associação dos Artesãos e Produtores Caseiros de Fortaleza

Leia mais

A conta Caixa apresentava saldo de R$1.529,28 em 31 de dezembro de 2010.

A conta Caixa apresentava saldo de R$1.529,28 em 31 de dezembro de 2010. São Paulo, 07 de fevereiro de 2011. A Associação Alphaville Residencial 11 Avenida Yojiro Takaoka, 6.720 06540-001 Santana de Parnaíba - SP Att. Srs. Diretores Prezados Senhores: Conforme nossa proposta

Leia mais

ESTATUTOS DA FUNDAÇÃO SISTEMA ESTADUAL DE ANÁLISE DE DADOS - SEADE

ESTATUTOS DA FUNDAÇÃO SISTEMA ESTADUAL DE ANÁLISE DE DADOS - SEADE ESTATUTOS DA FUNDAÇÃO SISTEMA ESTADUAL DE ANÁLISE DE DADOS - SEADE CAPÍTULO I Da Fundação e seus objetivos Artigo 1º - A Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados SEADE, rege-se por estes Estatutos,

Leia mais

EXECUTIVO/ADMINISTRAÇÃO

EXECUTIVO/ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO DO EXCELENTÍSSIMO SR. PREFEITO JAIME CALADO PEREIRA DOS SANTOS ANO IX SÃO GONÇALO DO AMARANTE, 06 DE JULHO DE 2015 Nº 122 EXECUTIVO/ADMINISTRAÇÃO Portaria nº 1270/2015-GP. Nomear em caráter

Leia mais

Manual da Assembleia Geral Ordinária 25 de março de 2014 às 10h30 Tívoli São Paulo - Mofarrej

Manual da Assembleia Geral Ordinária 25 de março de 2014 às 10h30 Tívoli São Paulo - Mofarrej Manual da Assembleia Geral Ordinária 25 de março de 2014 às 10h30 Tívoli São Paulo - Mofarrej CNPJ: 01.082.331/0001-80 Atualizado em 25.02.2014 Legenda da Barra Inferior Voltar ao Slide Inicial Voltar

Leia mais

ESTATUTO DA EMPRESA FAI JÚNIOR

ESTATUTO DA EMPRESA FAI JÚNIOR ESTATUTO DA EMPRESA FAI JÚNIOR Capitulo I - Denominação, Sede, Finalidade e Duração Artigo 1 - A associação civil tem com a denominação social: FAI JÚNIOR, e como o titulo do estabelecimento a expressão

Leia mais

DECRETO Nº 12.583 DE 09 DE FEVEREIRO DE 2011 D E C R E T A

DECRETO Nº 12.583 DE 09 DE FEVEREIRO DE 2011 D E C R E T A Publicado D.O.E. Em 10.02.2011 DECRETO Nº 12.583 DE 09 DE FEVEREIRO DE 2011 Estabelece procedimentos específicos sobre a execução orçamentária e financeira no âmbito da Administração Direta, suas autarquias,

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro Número 25-22 de dezembro de 2009 - Extraordinário

Universidade Federal do Rio de Janeiro Número 25-22 de dezembro de 2009 - Extraordinário B M OLETI Universidade Federal do Rio de Janeiro Número 25-22 de dezembro de 2009 - Extraordinário REITORIA PROF. ALOISIO TEIXEIRA Reitor PROFª SYLVIA DA SILVEIRA MELLO VARGAS Vice-Reitor PROF. JOÃO EDUARDO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO. - Associação Brasileira de Energia Nuclear - (Aben)

REGIMENTO INTERNO. - Associação Brasileira de Energia Nuclear - (Aben) REGIMENTO INTERNO - Associação Brasileira de Energia Nuclear - (Aben) Este Regimento Interno, aprovado na Assembléia Geral Ordinária da Associação Brasileira de Energia Nuclear (ABEN), realizada em 29

Leia mais

TERCEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EXPORTAÇÃO DE ARTESANATO ABEXA SETEMBRO DE 2014 CAPÍTULO I

TERCEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EXPORTAÇÃO DE ARTESANATO ABEXA SETEMBRO DE 2014 CAPÍTULO I TERCEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EXPORTAÇÃO DE ARTESANATO ABEXA SETEMBRO DE 2014 CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE E SEUS FINS Artigo 1 : A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EXPORTAÇÃO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001554/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 12/08/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR032670/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.023032/2010-49 DATA DO

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário Península (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.)

Fundo de Investimento Imobiliário Península (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo 2008 2007 Passivo e patrimônio líquido 2008 2007 Circulante Circulante Bancos 3 14 Rendimentos a distribuir 3.599 2.190 Aplicações financeiras de renda fixa

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3362 Data: 21/08/2012 Folha: 01/02

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3362 Data: 21/08/2012 Folha: 01/02 Ata da Sessão Plenária nº 3362 Data: 21/08/2012 Folha: 01/02 1. PRESENÇAS: 1.1. Conselheiros Titulares: Adm. Wagner Siqueira Presidente Adm. Carlos Roberto Fernandes de Araujo V.P. de Administração e Finanças

Leia mais

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO 1/8 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Disciplinar e normatizar os procedimentos operacionais na administração de recursos humanos; 1.2) Garantir maior segurança na admissão e exoneração de pessoal; 1.3) Manter atualizado

Leia mais

CONVITE: 008/2009 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009 ENCERRAMENTO E ABERTURA: - 10 DE DEZEMBRO DE 2009-08:30 h

CONVITE: 008/2009 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009 ENCERRAMENTO E ABERTURA: - 10 DE DEZEMBRO DE 2009-08:30 h CONVITE: 008/2009 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009 ENCERRAMENTO E ABERTURA: - 10 DE DEZEMBRO DE 2009-08:30 h 1.0.OBJETO 1.1 Fornecimento e instalação de Piso Laminado de Madeira de alta resistência para Uso Comercial

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO 2003 A COIMPPA

RELATÓRIO DE GESTÃO 2003 A COIMPPA A COIMPPA A Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Integrantes do Ministério Público e do Poder Judiciário do Estado do Pará Ltda - COIMPPA, foi criada em 23/11/1994. NOSSA MISSÃO Como sistema de

Leia mais

OFÍCIO/CVM/SEP/GEA-1/Nº 142/2011 Rio de Janeiro, 30 de março de 2011.

OFÍCIO/CVM/SEP/GEA-1/Nº 142/2011 Rio de Janeiro, 30 de março de 2011. OFÍCIO/CVM/SEP/GEA-1/Nº 142/2011 Rio de Janeiro, 30 de março de 2011. Ao Senhor Fernando Martins Vaz Chabert Diretor de Relações com Investidores da Hotéis Othon S/A Rua Teófilo Otoni, 15, sala 1201, Centro

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL: Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei.

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL: Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei. (*) Os textos contidos nesta base de dados têm caráter meramente informativo. Somente os publicados no Diário Oficial estão aptos à produção de efeitos legais. LEI Nº 3.545, DE 17 DE JULHO DE 2008. Publicada

Leia mais

MODELO DE ESTATUTO DA SOCIEDADE DE AMIGOS DA BIBLIOTECA PÚBLICA (Este modelo deverá ser adaptado às situações locais)

MODELO DE ESTATUTO DA SOCIEDADE DE AMIGOS DA BIBLIOTECA PÚBLICA (Este modelo deverá ser adaptado às situações locais) MODELO DE ESTATUTO DA SOCIEDADE DE AMIGOS DA BIBLIOTECA PÚBLICA (Este modelo deverá ser adaptado às situações locais) CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE, DURAÇÃO Art. 1.º A SOCIEDADE DE AMIGOS DA

Leia mais

Parecer da KONTAS Contabilidade Assessoria e Consultoria Empresarial Ltda ME

Parecer da KONTAS Contabilidade Assessoria e Consultoria Empresarial Ltda ME Parecer da KONTAS Contabilidade Assessoria e Consultoria Empresarial Ltda ME Aos Administradores da Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia AOPM Salvador - BA Aos Administradores da Associação

Leia mais

JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE

JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SELEÇÃO DE ESTÁGIO REMUNERADO PARA ESTUDANTES DE NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO DESTINADOS

Leia mais

ESTATUTO da ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA de PATCHWORK e QUILT ABPQ. Capítulo I. DENOMINAÇÃO, OBJETIVOS, SEDE E DURAÇÃO

ESTATUTO da ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA de PATCHWORK e QUILT ABPQ. Capítulo I. DENOMINAÇÃO, OBJETIVOS, SEDE E DURAÇÃO ESTATUTO da ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA de PATCHWORK e QUILT ABPQ Capítulo I. DENOMINAÇÃO, OBJETIVOS, SEDE E DURAÇÃO Art. 1º A Associação Brasileira de Patchwork e Quilt, doravante designada ABPQ, é uma sociedade

Leia mais

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. NIRE 33.3.0028205-0 CNPJ/MF Nº 08.807.432/0001-10

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. NIRE 33.3.0028205-0 CNPJ/MF Nº 08.807.432/0001-10 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. NIRE 33.3.0028205-0 CNPJ/MF Nº 08.807.432/0001-10 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 28 DE JANEIRO DE 2009 1. Data, hora e local: No 28º (vigésimo oitavo)

Leia mais

Saiba mais sobre seu plano

Saiba mais sobre seu plano Saiba mais sobre seu plano Plano Funbep II 1 Índice A proteção da previdência complementar... 03 As contribuições para o plano... 04 Em caso de desligamento... 06 Na hora da aposentadoria... 08 Cuide bem

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA GERIATRIA E GERONTOLOGIA - LIG Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A LIGA DE GERIATRIA E GERONTOLOGIA é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob a supervisão

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO O JORNAL VETOR FAZ ANIVERSÁRIO, MAS QUEM GANHA O PRESENTE É VOCÊ

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO O JORNAL VETOR FAZ ANIVERSÁRIO, MAS QUEM GANHA O PRESENTE É VOCÊ REGULAMENTO DA PROMOÇÃO O JORNAL VETOR FAZ ANIVERSÁRIO, MAS QUEM GANHA O PRESENTE É VOCÊ 1- A empresa Alquimia Service Ltda através do Jornal Vetor Minas, Jornal Vetor Norte e Jornal Vetor Sul estabelecidos

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO DE PECÚLIO FACULTATIVO PPF CNPB 1990.0011-65 FUNDAÇÃO GEAPPREVIDÊNCIA

REGULAMENTO DO PLANO DE PECÚLIO FACULTATIVO PPF CNPB 1990.0011-65 FUNDAÇÃO GEAPPREVIDÊNCIA REGULAMENTO DO PLANO DE PECÚLIO FACULTATIVO PPF CNPB 1990.0011-65 FUNDAÇÃO GEAPPREVIDÊNCIA Aprovado pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar PREVIC, por meio da Portaria Nº 509, de 27

Leia mais

FUNDO DE PENSÃO MULTIPATROCINADO DAS INSTITUIÇÕES DO MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS - MERCAPREV REGULAMENTO BÁSICO CAPÍTULO I - DO OBJETO...

FUNDO DE PENSÃO MULTIPATROCINADO DAS INSTITUIÇÕES DO MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS - MERCAPREV REGULAMENTO BÁSICO CAPÍTULO I - DO OBJETO... FUNDO DE PENSÃO MULTIPATROCINADO DAS INSTITUIÇÕES DO MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS - MERCAPREV REGULAMENTO BÁSICO ÍNDICE CAPÍTULO I - DO OBJETO...2 CAPÍTULO II - DA INSCRIÇÃO...3 CAPÍTULO III - DOS

Leia mais

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR O futuro que você faz agora FUNPRESP-JUD Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário 2 Funpresp-Jud seja bem-vindo(a)! A Funpresp-Jud ajudará

Leia mais

ATA DA 5ª REUNIÃO DA COMISSÃO ELEITORAL GERAL DA AMB ELEIÇÕES 2011/2013. Brasília/DF, 25 de outubro de 2010

ATA DA 5ª REUNIÃO DA COMISSÃO ELEITORAL GERAL DA AMB ELEIÇÕES 2011/2013. Brasília/DF, 25 de outubro de 2010 ATA DA 5ª REUNIÃO DA COMISSÃO ELEITORAL GERAL DA AMB ELEIÇÕES 2011/2013 Brasília/DF, 25 de outubro de 2010 Aos 25 (vinte e cinco) dias do mês de outubro de 2010, às 17h, teve início a quinta reunião da

Leia mais

EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A.

EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A. EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A. O presente Estatuto é uma consolidação do aprovado pela Escritura Pública de Constituição, em 25-07-2002 - arquivada na JUCEMG em 01-08-2002,

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO Este Manual contem regras para Cadastramento com fins de Licitação, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. e está disponível no site www.aracaju.se.gov.br/emurb. REGRAS PARA

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO COMPANHIA ENERGÉTICA DE MINAS GERAIS-CEMIG COMPANHIA ABERTA CNPJ 17.155.730/0001-64 - NIRE 31300040127 ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO Ficam os senhores acionistas convocados para se reunirem

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante Fenacor Prev 1 Índice Introdução...3 O Programa de Previdência Fenacor Prev...3 Contribuições...4 Investimentos...5 Benefício Fiscal...5 Benefícios

Leia mais

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28 LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600 Horário 28 Graduação Profissional Nº Candidato Nome 24,508 4716699811 Vanda Isabel do Vale Silva Almeida 24,203 8219102942 Cristina Maria da

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO DA FESSP/MT

BOLETIM INFORMATIVO DA FESSP/MT BOLETIM INFORMATIVO DA FESSP/MT Ano 2015 abril/maio edição 1 INAUGURAÇÃO DO COMPER CPA E INÍCIO DAS OBRAS DA NOVA SEDE No dia 25 de fevereiro de 2015 foi inaugurada o supermercado COMPER no terreno da

Leia mais

NOVAS PRESTAÇÕES DE CONTAS ANUAIS A ENVIAR AO TCE/ES EM 2016

NOVAS PRESTAÇÕES DE CONTAS ANUAIS A ENVIAR AO TCE/ES EM 2016 NOVAS PRESTAÇÕES DE CONTAS ANUAIS A ENVIAR AO TCE/ES EM 2016 Período, Carga Horária: 23.11.15 (8:30 h às 17:30 h) e 24.11.15 (8 h às 17 h), totalizando 16 horas/aulas. Local de Realização: Auditório (Espaço

Leia mais

LEI 3.981/91 DE 7 DE JANEIRO DE 1991. O Prefeito Municipal de Natal, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI 3.981/91 DE 7 DE JANEIRO DE 1991. O Prefeito Municipal de Natal, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI 3.981/91 DE 7 DE JANEIRO DE 1991 Dispõe sobre o Grupo Ocupacional Fisco e dá outras providencias. O Prefeito Municipal de Natal, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

Leia mais

1. Somente serão selecionados para a Investigação Social os candidatos considerados aptos nas fases anteriores.

1. Somente serão selecionados para a Investigação Social os candidatos considerados aptos nas fases anteriores. GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº. 067/2013 IAPEN CONVOCAÇÃO PARA EXAME DOCUMENTAL E INVESTIGAÇÃO SOCIAL O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, no uso de suas

Leia mais

PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA UNIÃO GARCENSE DE AEROMODELISMO

PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA UNIÃO GARCENSE DE AEROMODELISMO PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA UNIÃO GARCENSE DE AEROMODELISMO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, DA SEDE E FINS Art. 1 A União Garcense de Aeromodelismo (UGA) é uma pessoa jurídica de direito privado, entidade

Leia mais

Regulamento do Bradesco - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento - Golden Profit - Conservador Capítulo I - Do Fundo

Regulamento do Bradesco - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento - Golden Profit - Conservador Capítulo I - Do Fundo Regulamento do Bradesco - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento - Golden Profit - Conservador Capítulo I - Do Fundo Artigo 1º) O Bradesco - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento

Leia mais

Perguntas e Respostas Conselho de Usuários VIVO

Perguntas e Respostas Conselho de Usuários VIVO Perguntas e Respostas Conselho de Usuários VIVO Resolução n o 623, de 18 de Outubro de 2013 1. Qual a Resolução que trata sobre Conselho de Usuários e onde ela está disponível? Trata-se da Resolução n

Leia mais

SICOOB NOSSACOOP Cooperativa de Economia de Crédito dos Empregados das Instituições de Ensino e Pesquisa e de Servidores Públicos Federais de Minas

SICOOB NOSSACOOP Cooperativa de Economia de Crédito dos Empregados das Instituições de Ensino e Pesquisa e de Servidores Públicos Federais de Minas SICOOB NOSSACOOP Cooperativa de Economia de Crédito dos Empregados das Instituições de Ensino e Pesquisa e de Servidores Públicos Federais de Minas Gerais Ltda. REGULAMENTO DO VOTO ELETRÔNICO PELA INTERNET

Leia mais

FEDERAÇÃO CAPIXABA DE PEBOLIM

FEDERAÇÃO CAPIXABA DE PEBOLIM ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO CAPIXABA DE PEBOLIM CAPITULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, FINS, DURAÇÃO E FÓRUM. Art. 1º A Associação Capixaba de Pebolim também chamada em sua forma abreviada de ACP, sediada à rua Prefeito

Leia mais

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 2ª FASE - ECT SUPLENTE EXCLUÍDO LISTA DE CANDIDATOS SERIAÇÃO CARLA MARIA CARNEIRO ALVES Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologias 3,9 de 5 4 CARLOS EDUARDO DOS

Leia mais

I CONGRESSO NACIONAL DE DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2007

I CONGRESSO NACIONAL DE DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2007 I CONGRESSO NACIONAL DE DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2007 8:00 Entrega de credenciais 8:30 Sessão Solene de Abertura 9:00 Conferência: Terceirização trabalhista e subordinação

Leia mais

b - O sócio Institucional terá anuidade correspondente a dez vezes a dos sócios efetivos e colaboradores.

b - O sócio Institucional terá anuidade correspondente a dez vezes a dos sócios efetivos e colaboradores. Regimento Interno da Sociedade dos Zoológicos do Brasil - SZB Da Sociedade Artigo 1º - A sociedade dos Zoológicos do Brasil SZB, fundada em 23 de setembro de 1977, funciona conforme o disposto nos seus

Leia mais

O Plenário do CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO PARANÁ CRCPR, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

O Plenário do CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO PARANÁ CRCPR, no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CRCPR nº 753/2014 (Ata 1.272ª) INSTITUI O PROGRAMA DE DEMISSÃO VOLUNTÁRIA PDV AOS FUNCIONÁRIOS DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO PARANÁ. O Plenário do CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA O FORNECEDOR DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO.

INFORMAÇÕES PARA O FORNECEDOR DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO. INFORMAÇÕES PARA O FORNECEDOR DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO. (Com base no Decreto nº 0432, de 23 de setembro de 2003 e Instrução Normativa 019, de 26 de setembro de 2003) 1 - O QUE É O PROGRAMA NOSSA CASA?

Leia mais

Fisco unido vai à luta Mais de 600 fiscais

Fisco unido vai à luta Mais de 600 fiscais Notícias Informativo da Associação dos Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais Ano XVIII nº 231 março de 2009 Fisco unido vai à luta Mais de 600 fiscais participaram da Assembleia Geral Extraordinária

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - TOCANTINS Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Outubro / 2011.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - TOCANTINS Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Outubro / 2011. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 3.477.809,03 185.388,61 237.702,70 3.425.494,94 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.188.821,44 147.909,73 203.063,05 1.133.668,12 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 627.195,05 84.815,09

Leia mais

CONSELHO ADMINISTRATIVO

CONSELHO ADMINISTRATIVO 1 CONSELHO ADMINISTRATIVO ATA DA TERCEIRA REUNIÃO ORDINÁRIA ANO 2013 Felixlândia, 09 de abril de 2013. Horário:14h00min. Local:Sala do Ipremfel Conselheiros Presentes: José Messias Mariz, Marcos Benedito

Leia mais