APOSTILA MySQL. Professor: Msc. Marx Gomes van der Linden Curso Superior em Tecnologia: Redes de Computadores IFPB 2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APOSTILA MySQL. Professor: Msc. Marx Gomes van der Linden Curso Superior em Tecnologia: Redes de Computadores IFPB 2009"

Transcrição

1 APOSTILA MySQL Professor: Msc. Marx Gomes van der Linden Curso Superior em Tecnologia: Redes de Computadores IFPB

2 Introdução a MySQL Onde armazenar dados? Praticamente toda aplicação web precisa lidar com grandes volumes de dados. Dados podem ser armazenados em arquivos (texto ou binários) Redundância Manutenção e Escalabilidade Integridade Eficiência Banco de dados Um banco de dados é um conjunto de dados armazenados de forma automaticamente organizada e gerenciada. Um banco de dados é controlado por uma aplicação: (SGBD) Todo o acesso a dados é feito indiretamente, por meio do SGBD. Vantagens Consistência e Integridade Um banco de dados bem organizado evitar o armazenamente desnecessário de informações redundantes, evitando a possibilidade de inconsistência. Eficiência SGBDs são altamente otimizados para armazenar e buscar informação da maneira mais eficiente possível. Manutenção Um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados cuida automaticamente de todos os detalhes da implementação física do armazenamento de dados. Escalabilidade Sua aplicação pode crescer sem mudanças fundamentais no design. Banco de dados relacional Composto por Entidades (ou Tabelas). Cada tabela tem campos. Os campos de uma tabela podem fazer referência a outras tabelas. 2

3 SQL Structured Query Language Linguagem-padrão para manipulação de informações em bancos de dados. Definições de dados Consultas Modificações, Inserções, Exclusões Controle de Acesso Banco de dados em PHP PHP tem suporte a praticamente todos os sistemas de Bancos de Dados em uso atualmente: MS SQL Server MySQL Oracle PostgreSQL SQLite etc.. Projeto de banco de dados Descrição das entidades que compõem o sistema. Definição das propriedades de cada entidade que se deseja armazenar. Elaboração dos relacionamentos entre as entidades. MySQL MySQL é um dos SGBDs mais amplamente usados no mundo. o Software livre/open source Desenvolvido pela MySQL AB, de propriedade da Sun Microsystems. 'M' no LAMP / WAMP 3

4 Leve, eficiente e robusto Excelente integração com PHP MySQL cliente/servidor Arquitetura cliente/servidor SQL O Servidor cuida do controle de concorrência. Não há conflito se dois clientes tentarem modificar o mesmo dado ao mesmo tempo. O Servidor tem embutido um mecanismo de controle de acesso. O Cliente e o Servidor podem estar distribuídos fisicamente de qualquer maneira. A unidade básica de SQL é a consulta (query): Executa uma operação no Banco de Dados. Pode modificar o BD. Retorna: Se a instrução foi ou não um sucesso. O número de linhas afetadas no banco de dados. Se aplicável, retorna um conjunto de linhas contendo as informações solicitadas. Características de SQL: o Não faz distinção entre maiúsculas e minúsculas. o Ignora espaços. o Cada instrução termina com ; o Comentários podem ser feitos com Cliente MySQL O cliente-padrão MySQL é uma aplicação de linha de comando. Interativo Script Uso: mysql [opções...] [nome_bd] 4

5 SELECT O comando SELECT busca e retorna uma informação do servidor. Pode ser usado com qualquer combinação de: Valores literais. Funções embutidas. Campos da tabela. SELECT com valor literal: mysql> SELECT 'Hello, World!'; Hello, World! Hello, World! row in set (0.00 sec) Criando um banco de dados A primeira ação a ser tomada em uma nova instalação do MySQL é criar um novo banco de dados. Vários bancos de dados podem estar instalados ao mesmo tempo. Cada banco de dados é identificado por um nome. CREATE DATABASE Para criar um novo banco de dados, utiliza-se o comando CREATE DATABASE. Sintaxe: CREATE DATABASE nome_bd; mysql> CREATE DATABASE teste; Query OK, 1 row affected (0.08 sec) USE Depois, é necessário informar ao MySQL que começaremos a usar o banco de dados criado. Sintaxe: USE nome_bd; mysql> USE teste; Database changed CREATE TABLE Para criar uma nova tabela no banco de dados, usa-se o comando CREATE TABLE. Sintaxe: CREATE TABLE [IF NOT EXISTS] nome_tabela ( definição ) [ENGINE = nome_engine] [CHARACTER SET charset] [COLLATE collation]; A definição consiste de pares: nome TIPO, nome TIPO,... 5

6 É possível especificar um mecanismo de tabela (engine) Se não for especificada, é usado o padrão. É possível especificar um conjunto de caracteres e/ou uma collation. Exemplo: mysql> CREATE TABLE tabela -> ( -> f FLOAT(10,4), -> c CHAR(15) NOT NULL DEFAULT 'none', -> i TINYINT UNSIGNED NULL -> ); Query OK, 0 rows affected (0.04 sec) Tipos de dados No MySQL, a cada coluna de cada tabela deve ser associado um tipo de dado. Existem vários tipos de dados, pertencentes a várias categorias: Numéricos Inteiros Reais Textos Dados Binários Data/Hora Tipos de dados inteiros TINYINT Inteiro de 1 byte SMALLINT Inteiro de 2 bytes MEDIUMINT Inteiro de 3 bytes INT Inteiro de 4 bytes (32 bits) BIGINT Inteiro de 8 bytes (64 bits) Tipos de dados numéricos Todos os tipos de dados inteiros têm 3 campos opcionais: (M) Largura máxima de exibição (número de caracteres) UNSIGNED Não permite valores negativos (dobra a capacidade para positivos) ZEROFILL Preenche com zeros o espaço restante, na exibição BIT BIT[(M)] Armazena uma seqüência de M bits. Padrão: M = 1 Valores para BIT são especificados de acordo com a seguinte sintaxe: b'01001' 6

7 Tipos de dados reais Em todos os casos: M dígitos totais, com D casas decimais. FLOAT[(M[,D])] Número de ponto flutuante de precisão simples (32 bits) DOUBLE[(M[,D])] Número de ponto flutuante de precisão dupla (64 bits) DECIMAL[(M[,D])] Número de ponto fixo. Padrão: M = 10, D = 0 Tipos de dados para texto CHAR[(M)] M caracteres Padrão: M = 1 VARCHAR(M) Uma string de, no máximo, M caracteres TINYTEXT Texto de até 255 caracteres. TEXT[(M)] Texto de até 64kb. MEDIUMTEXT Texto de até 14mb. LONGTEXT Texto de até 4gb. ENUM e SET ENUM('valor1','valor2',...) Uma string que pode ter apenas um dos valores descritos na enumeração. SET('valor1','valor2',...) Uma string que pode ter zero ou mais valores, desde que todos façam parte do conjunto. A lista de dados especificada na criação define os únicos valores legais do campo. Pode haver ou não distinção entre maiúsculas e minúsculas, dependendo do collation. No ENUM, a ordem especificada é a ordem usada em operações de ordenamento. Os campos de SET e ENUM são armazenados como números inteiros: ENUM: 1 ou 2 bytes SET: 1,2,3,4 ou 8 bytes Tipos de dados para data e hora DATE Data, no formato 'CCYY-MM-DD' De ' ' a ' ' TIME Hora, no formato 'hh:mm:ss' De '-838:59:59' a '838:59:59' DATETIME Data e hora, no formato, 'CCYY-MM-DD hh:mm:ss' De ' :00:00' a ' :59:59' TIMESTAMP Timestamp 32bits, no formato 'CCYY-MM-DD hh:mm:ss' De ' :00:01' a ' :14:07' YEAR Ano, no formato CCYY ou YY De 1901 to 2155, ou 0000 NULL vs. NOT NULL Para qualquer campo, é possível especificar se se quer que sejam permitidos valores nulos (vazios): NULL (padrão) 7

8 NOT NULL Para a maioria dos campos, é possível especificar um valor padrão: DEFAULT valor PRIMARY KEY Para especificar uma chave primária, basta acrescentar após o nome do campo a frase PRIMARY KEY. Chaves primárias: Não podem ter valores repetidos. Não podem ter valores nulos. Identificam inequivocadamente uma linha na tabela. Inserção e seleção em tabelas Exemplo Para inserir novas entradas (linhas) em um tabela, usa-se INSERT INTO. Sintaxe: INSERT INTO tabela [(campo1, campo2...)] VALUES (valor1, valor2...) mysql> INSERT INTO usuario VALUES ('sawyer', 'James', 'Ford', 'masc'); Query OK, 1 row affected (0.03 sec) mysql> SELECT * FROM usuario; login primeiro_nome ultimo_nome sexo kate Katherine Anne Austen NULL fem sayid Sayid Hassan Jarrah NULL masc hgale Benjamin Linus NULL masc sawyer James Ford masc rows in set (0.00 sec) mysql> INSERT INTO usuario (ultimo_nome, login, sexo) VALUES ('Eko', 'mreko', 'masc'); Query OK, 1 row affected (0.00 sec) mysql> SELECT * FROM usuario; login primeiro_nome ultimo_nome sexo kate Katherine Anne Austen NULL fem sayid Sayid Hassan Jarrah NULL masc hgale Benjamin Linus NULL masc sawyer James Ford masc mreko NULL Eko masc rows in set (0.00 sec) 8

9 INSERT INTO É possível inserir mais de uma linha em um mesmo comando INSERT INTO. Cada linha da tabela deve estar contida em (), com os agrupamentos separados por vírgulas. mysql> INSERT INTO usuario VALUES ('hurley', 'Hugo', 'Reyes', 'masc'), ('sun', 'Sun-Hwa', 'Kwon', 'fem'); Query OK, 2 rows affected (0.10 sec) Records: 2 Duplicates: 0 Warnings: 0 mysql> SELECT * FROM usuario; login primeiro_nome ultimo_nome sexo kate Katherine Anne Austen NULL fem sayid Sayid Hassan Jarrah NULL masc hgale Benjamin Linus NULL masc sawyer James Ford masc mreko NULL Eko masc hurley Hugo Reyes masc sun Sun-Hwa Kwon fem rows in set (0.00 sec) SELECT O comando SELECT também serve para extrair informações armazenadas no banco de dados. É possivelmente o comando mais complexo e poderoso da linguagem SQL. Sintaxe (simplificada): o SELECT <campos> FROM tabela [WHERE condições] O símbolo * significa "todos os campos" mysql> SELECT * FROM sgbd; id nome maxcols lanc livre MySQL sim 2 PostgreSQL sim 3 Oracle nao 4 MS SQL Server nao 5 MS Acess nao 6 SQLite sim rows in set (0.00 sec) SELECT... WHERE Após a cláusula WHERE, é possível especificar uma condição envolvendo uma ou mais colunas. o Apenas as linhas em que a condição é válida serão exibidas. o A condição é formatada como uma expressão SQL. 9

10 mysql> SELECT nome, lanc FROM sgbd -> WHERE lanc > 1990; nome lanc MySQL 1996 MS Acess 1992 SQLite rows in set (0.00 sec) Operadores booleanos É possível usar operadores booleanos em expressões: OR, AND, && NOT,! XOR mysql> SELECT * FROM sgbd -> WHERE lanc > 1990 AND livre = 'sim'; id nome maxcols lanc livre MySQL sim 6 SQLite sim rows in set (0.00 sec) SELECT... ORDER BY Para ordenar os resultados retornados por um select, basta anexar o parâmentro ORDER BY. Sintaxe: SELECT (...) ORDER BY campo1 [DESC ASC] [, campo2 [DESC ASC]... ] mysql> SELECT * FROM usuario ORDER BY login; login primeiro_nome ultimo_nome sexo desmond Desmond David Hume masc hgale Benjamin Linus NULL masc hurley Hugo Reyes masc kate Katherine Anne Austen NULL fem mreko NULL Eko masc paulo Paulo NULL masc rousseau Danielle Rousseau fem sawyer James Ford masc sayid Sayid Hassan Jarrah NULL masc sun Sun-Hwa Kwon fem walt Walter NULL masc rows in set (0.01 sec) SELECT DISTINCT A palavra DISTINCT indica que o SELECT deve retornar todos os valores não repetidos de uma coluna ou combinação de colunas. Sintaxe: SELECT DISTINCT campo1[, campo2...] (...) 10

11 SELECT LIMIT mysql> SELECT * FROM exemplo; x y z a b c a b d a b e i j d i j e i j k i z k rows in set (0.00 sec) COUNT, GROUP BY A função COUNT pode ser usada em um SELECT para contabilizar a quantidade de resultados encontrados. Sintaxe: SELECT COUNT(colunas...)(...)[GROUP BY coluna] SELECT COUNT mysql> SELECT COUNT(*) FROM usuario -> WHERE sexo = 'masc'; COUNT(*) row in set (0.00 sec) SELECT COUNT.. GROUP BY mysql> SELECT sexo, COUNT(*) -> GROUP BY sexo; sexo COUNT(*) masc 8 fem rows in set (0.00 sec) -> FROM usuario 11

12 MySQL Múltiplas Tabelas Relacionamentos Três tipos de relacionamentos podem ser definidos entre duas entidades (tabelas) em um banco de dados: o 1 para 1 (1-1) o 1 para vários (1-*) o Vários para vários (*-*) O uso correto de relacionamentos o Evita a redundância no armazenamento de informações. o Permite a realização de consultas complexas de maneira eficiente. Relacionamentos 1-1 são incomuns, pois pode ser modelados como atributos. Relacionamentos 1-* Pessoa pessoa_id nome 1 * Endereço end_id pessoa_id end Pessoa mysql> SELECT * FROM pessoa; pessoa_id nome Maria 2 Jose 3 Ana 4 Carlos 5 Paulo rows in set (0.01 sec) mysql> SELECT * FROM endereco; end_id pessoa_id end AB 2 1 CD 3 2 EF 4 2 GH 5 2 IJ 6 4 XY 7 4 QW 8 4 ZZ 9 5 PQ 10 6 ST rows in set (0.00 sec) 12

13 SELECT... JOIN... ON Para buscar informações em mais de uma tabela, usa-se JOIN. Sintaxe: SELECT campos FROM tabela1 JOIN tabela2 [ON condição] JOIN sem ON mysql> SELECT * FROM pessoa JOIN endereco; pessoa_id nome end_id pessoa_id end Maria 1 1 AB 2 Jose 1 1 AB 3 Ana 1 1 AB 4 Carlos 1 1 AB 5 Paulo 1 1 AB 1 Maria 2 1 CD 2 Jose 2 1 CD 3 Ana 2 1 CD 4 Carlos 2 1 CD 5 Paulo 2 1 CD 1 Maria 3 2 EF 2 Jose 3 2 EF (...) JOIN... ON mysql> SELECT * FROM pessoa JOIN endereco ON pessoa.pessoa_id = endereco.pessoa_id; pessoa_id nome end_id pessoa_id end Maria 1 1 AB 1 Maria 2 1 CD 2 Jose 3 2 EF 2 Jose 4 2 GH 2 Jose 5 2 IJ 4 Carlos 6 4 XY 4 Carlos 7 4 QW 4 Carlos 8 4 ZZ 5 Paulo 9 5 PQ rows in set (0.00 sec) SELECT... JOIN... ON É possível simplificar os nomes das tabelas usando AS. Sintaxe: SELECT campos FROM tabela1 [AS t1] JOIN tabela2 [AS t2] [ON condição] 13

14 mysql> SELECT p.nome, e.end -> FROM pessoa AS p JOIN endereco AS e -> ON p.pessoa_id = e.pessoa_id; nome end Maria AB Maria CD Jose EF Jose GH Jose IJ Carlos XY Carlos QW Carlos ZZ Paulo PQ rows in set (0.00 sec) USING A palavra USING pode ser usada em lugar de ON, para simplificar a expressão. Sintaxe: SELECT campos FROM tabela1 [AS t1] [LEFT RIGHT] JOIN tabela2 [AS t2][on condição USING (campo1, campo2...)] mysql> SELECT * FROM pessoa -> JOIN endereco USING(pessoa_id); pessoa_id nome end_id end Maria 1 AB 1 Maria 2 CD 2 Jose 3 EF 2 Jose 4 GH 2 Jose 5 IJ 4 Carlos 6 XY 4 Carlos 7 QW 4 Carlos 8 ZZ 5 Paulo 9 PQ rows in set (0.00 sec) Exemplo CD cd_id titulo artista lancamento gravadora 1 * Música musica_id cd_id faixa titulo duracao 14

15 Tabela CD mysql> SELECT * FROM cd; cd_id titulo artista lanca Red Album Weezer Blue Album Weezer Green Album Weezer Icky Thump The White Stripes Elephant The White Stripes Green R.E.M Nevermind Nirvana rows in set (0.00 sec) Tabela música mysql> SELECT * FROM musica; musica_id cd_id faixa titulo Troublemaker The Greatest Man T Pork And Beans Heart Songs Everybody Get Dang Dreamin' Thought I Knew Cold Dark World Automatic The Angel And The Miss Sweeney (Bonu (...) JOIN USING mysql> SELECT artista, cd.titulo, m.titulo -> FROM cd JOIN musica AS m USING(cd_id); artista titulo titulo Weezer Red Album Troublemaker Weezer Red Album The Greatest Man That Weezer Red Album Pork And Beans Weezer Red Album Heart Songs Weezer Red Album Everybody Get Dangerou Weezer Red Album Dreamin' Weezer Red Album Thought I Knew Weezer Red Album Cold Dark World Weezer Red Album Automatic Weezer Red Album The Angel And The One (...) 15

16 Consultas Quantas músicas estão associadas a cada CD? Qual a duração total de cada CD? Músicas por CD mysql> SELECT artista, cd.titulo, COUNT(*) -> FROM cd JOIN musica AS m USING(cd_id) -> GROUP BY cd.titulo ORDER BY artista; artista titulo COUNT(*) Nirvana Nevermind 12 R.E.M Green 11 The White Stripes Icky Thump 13 The White Stripes Elephant 14 Weezer Red Album 14 Weezer Blue Album 10 Weezer Green Album rows in set (0.00 sec) Renomeando colunas A partícula AS também pode ser usada após cada campo a ser incluído no SELECT, para renomear uma coluna de modo a torná-la mais legível. Músicas por CD mysql> SELECT artista, cd.titulo, -> COUNT(*) AS musicas -> FROM cd JOIN musica USING(cd_id) -> GROUP BY cd.titulo ORDER BY artista; artista titulo musicas Nirvana Nevermind 12 R.E.M Green 11 The White Stripes Icky Thump 13 The White Stripes Elephant 14 Weezer Red Album 14 Weezer Blue Album 10 Weezer Green Album rows in set (0.00 sec) Duração total de cada CD mysql> SELECT artista, cd.titulo, -> COUNT(*) AS musicas, -> SUM(duracao) AS totaldur -> FROM cd JOIN musica USING(cd_id) -> GROUP BY cd.titulo ORDER BY artista; artista titulo musicas totaldur Nirvana Nevermind R.E.M Green The White Stripes Icky Thump The White Stripes Elephant Weezer Red Album Weezer Blue Album Weezer Green Album

17 7 rows in set (0.00 sec) Duração total de cada CD, vol. 2 mysql> SELECT artista, cd.titulo, -> COUNT(*) AS musicas, -> SEC_TO_TIME(SUM(duracao)) AS totaldur -> FROM cd JOIN musica USING(cd_id) -> GROUP BY cd.titulo ORDER BY totaldur; artista titulo musicas totaldur Weezer Green Album 10 00:43:49 R.E.M Green 11 01:04:46 Weezer Blue Album 10 01:05:53 Nirvana Nevermind 12 01:07:12 The White Stripes Icky Thump 13 01:16:09 The White Stripes Elephant 14 01:17:47 Weezer Red Album 14 01:36: rows in set (0.00 sec) Consultas o Quais músicas, de que artistas, têm duração maior que 5min? o Quantas músicas maiores que 5min tem cada artista? Músicas maiores que 5 mins mysql> SELECT artista, m.titulo, duracao -> FROM cd JOIN musica AS m USING(cd_id) -> WHERE duracao > '00:05:00'; artista titulo duracao Weezer The Greatest Man Tha 00:05:52 Weezer Dreamin' 00:05:12 Weezer The Angel And The On 00:06:46 Weezer King (Bonus Track) 00:05:11 Weezer Undone -- The Sweate 00:05:05 Weezer Only In Dreams 00:07:59 The White Stripes 300 M.P.H. Torrentia 00:05:28 The White Stripes Ball And Biscuit 00:07:19 R.E.M I Remember Californi 00:05:03 Nirvana Smells Like Teen Spi 00:05: rows in set (0.01 sec) mysql> SELECT artista, COUNT(*) AS musicas -> FROM cd JOIN musica AS m USING(cd_id) -> WHERE duracao > '00:05:00' -> GROUP BY artista; artista musicas Nirvana 1 R.E.M 1 The White Stripes 2 Weezer rows in set (0.00 sec) Consulta 17

18 Número total e duração média das músicas, organizadas por gravadora do CD. mysql> SELECT gravadora, COUNT(*) AS musicas, -> SEC_TO_TIME(AVG(duracao)) AS mediadur -> FROM cd JOIN musica USING(cd_id) -> GROUP BY gravadora; gravadora musicas mediadur Geffen Records 36 00:06:23 Interscope Records 10 00:04:23 Warner Bros 38 00:05: rows in set (0.00 sec) ALL, ANY X <= ALL (Z) Retorna verdadeiro se X for menor ou igual a todos os valores de (Z) X <= ANY (Z) X <= SOME (Z) Retorna verdadeiro se X for menor ou igual a pelo menos um valor de (Z) mysql> SELECT duracao FROM musica -> WHERE faixa > 10; duracao :04:02 00:04:02 00:04:43 00:05:11 00:04:18 00:04:16 00:03:00 00:01:48 00:03:40 00:03:17 00:02:42 00:03:09 00:03:16 00:03: rows in set (0.00 sec) Consulta Todas as músicas cuja duração seja menor ou igual à duração de qualquer música que apareça em uma faixa acima de 10. ALL Todas as músicas de duração menor ou igual à de qualquer música em faixa acima de

19 mysql> SELECT titulo, duracao -> FROM musica WHERE duracao <= ALL ( -> SELECT duracao FROM musica -> WHERE faixa > 10 -> ); titulo duracao St. Andrew [This Battle Is In The Air] 00:01:47 Hypnotize 00:01: rows in set (0.00 sec) Relacionamentos 1-* CD Música Artista art_id nome 1 * cd_id art_id titulo lancamento gravadora 1 * musica_id cd_id faixa titulo duracao Relacionamentos *-* Artista art_id nome 1 * CD cd_id art_id titulo lancamento 1 * Música musica_id cd_id faixa titulo duracao * * Gravadora grav_id nome 19

20 Artista art_id nome 1 * CD cd_id art_id titulo lancamento 1 * Música musica_id cd_id faixa titulo duracao 1 * GravadoraCD cd_id grav_id * 1 Gravadora grav_id nome CD mysql> SELECT * FROM cd; cd_id art_id titulo lancamento Red Album Blue Album Green Album Icky Thump Elephant Green Nevermind rows in set (0.00 sec) Gravadora mysql> SELECT * FROM gravadora; grav_id nome Geffen Records 2 Interscope Records 3 Warner Bros rows in set (0.00 sec) GravadoraCD mysql> SELECT * FROM gravadora_cd; cd_id grav_id rows in set (0.00 sec) 20

21 JOIN mysql> SELECT gcd.cd_id, g.nome AS gravadora, -> titulo, lancamento FROM gravadora AS g -> JOIN gravadora_cd AS gcd JOIN cd -> ON gcd.cd_id = cd.cd_id -> AND gcd.grav_id = g.grav_id; cd_id gravadora titulo lancamento Geffen Records Red Album Geffen Records Blue Album Interscope Records Green Album Warner Bros Icky Thump Warner Bros Elephant Warner Bros Green Geffen Records Nevermind rows in set (0.00 sec) 21

MySQL: Inserção e Seleção em Tabelas

MySQL: Inserção e Seleção em Tabelas MySQL: Inserção e Seleção em Tabelas Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden http://marx.vanderlinden.com.br/ INSERT INTO Para inserir novas entradas (linhas) em um tabela, usa-se INSERT INTO.

Leia mais

Descrição Tinyint[(M)] Inteiro pequeno. Varia de 128 até +127

Descrição Tinyint[(M)] Inteiro pequeno. Varia de 128 até +127 Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

Programação WEB II. PHP e Banco de Dados. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. PHP e Banco de Dados. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza PHP e Banco de Dados progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net PHP e Banco de Dados É praticamente impossível

Leia mais

Modelagem de banco de dados com MySQL Workbench

Modelagem de banco de dados com MySQL Workbench Modelagem de banco de dados com MySQL Workbench Após o término desse curso, você estará apto à: Teoria: Reconhecer os principais tipos de dados suportados pelo MySQL 5.0 Otimizar espaço pela escolha certo

Leia mais

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID Este material pertence a Carlos A. Majer, Professor da Unidade Curricular: Aplicações Corporativas da Universidade Cidade de São Paulo UNICID Licença de Uso Este trabalho está licenciado sob uma Licença

Leia mais

MYSQL: TIPOS DE DADOS. Gilvan Vieira Moura E-mail: gilvansistema@hotmail.com

MYSQL: TIPOS DE DADOS. Gilvan Vieira Moura E-mail: gilvansistema@hotmail.com MYSQL: TIPOS DE DADOS Gilvan Vieira Moura E-mail: gilvansistema@hotmail.com TIPOS DE DADOS Bancos de dados, como falamos anteriormente, armazenam dados dentro de tabelas, na forma de linhas e colunas.

Leia mais

Minicurso3 Introdução ao Banco de Dados MySQL

Minicurso3 Introdução ao Banco de Dados MySQL I Workshop de Informática INFO-BAIANO 12 a 13 de nov. de 2011 Minicurso3 Introdução ao Banco de Dados MySQL Prof. Pablo Freire Matos Informática - Instituto Federal Baiano (IFBAIANO) pablofmatos@yahoo.com.br

Leia mais

Structured Query Language (SQL)

Structured Query Language (SQL) SQL Histórico Structured Query Language (SQL) Foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation Language) para suas primeiras tentativas

Leia mais

SQL - Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados. Professor: José Antônio. José Antônio - CEFET-RN 23/09/2015

SQL - Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados. Professor: José Antônio. José Antônio - CEFET-RN 23/09/2015 SQL - Banco de Dados 1 Disciplina: Banco de Dados Professor: José Antônio 2 Tópicos de discussão Criando um banco de dados Incluindo, atualizando e excluindo linhas nas tabelas Pesquisa básica em tabelas

Leia mais

Implementação de Banco de Dados. Cassio Diego cassiodiego.com/bd

Implementação de Banco de Dados. Cassio Diego cassiodiego.com/bd Implementação de Banco de Dados Cassio Diego cassiodiego.com/bd 1 Conteúdo: Aula 3 UNIDADE 2: LINGUAGEM SQL 1. Linguagens de Definição de Dados (DDL) 1.1. Criação de tabela: CREATE 1.2. Alteração de Tabela:

Leia mais

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício Introdução à Banco de Dados Nathalia Sautchuk Patrício Histórico Início da computação: dados guardados em arquivos de texto Problemas nesse modelo: redundância não-controlada de dados aplicações devem

Leia mais

Comandos de Manipulação

Comandos de Manipulação SQL - Avançado Inserção de dados; Atualização de dados; Remoção de dados; Projeção; Seleção; Junções; Operadores: aritméticos, de comparação,de agregação e lógicos; Outros comandos relacionados. SQL SQL

Leia mais

Programação de Servidores CST Redes de Computadores. Marx Gomes Van der Linden

Programação de Servidores CST Redes de Computadores. Marx Gomes Van der Linden Programação de Servidores CST Redes de Computadores Marx Gomes Van der Linden Programação de Servidores Aplicações cliente/servidor para web. Fundamentos de HTML+CSS. Linguagem de programação de servidor:

Leia mais

SQL. SQL (Structured Query Language) Comando CREATE TABLE. SQL é uma linguagem de consulta que possibilita:

SQL. SQL (Structured Query Language) Comando CREATE TABLE. SQL é uma linguagem de consulta que possibilita: SQL Tópicos Especiais Modelagem de Dados Prof. Guilherme Tavares de Assis Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Mestrado Profissional em Ensino de Ciências

Leia mais

Banco de Dados. StructuredQuery Language- SQL. Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.

Banco de Dados. StructuredQuery Language- SQL. Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo. Banco de Dados StructuredQuery Language- SQL Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2015 A Origem Em 1970, Ted Codd (pesquisador da IBM) publicou o primeiro

Leia mais

SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável.

SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável. SQL (Structured Query Language) SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável. Além de permitir a realização de consultas, SQL possibilita: definição

Leia mais

1. Domínio dos Atributos

1. Domínio dos Atributos Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br 1. Domínio dos Atributos Por domínio, ou tipo, pode-se entender como a maneira como determinado atributo (ou campo, se tratando

Leia mais

BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS. Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre

BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS. Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre ROTEIRO PARA O 3º TRIMESTRE 1. O MySQL DDL SQL 1. Como funciona o MySQL 2. Como criar um banco de dados no MySQL 3. Como criar tabelas: comandos

Leia mais

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM SQL CRIAÇÃO DE BANCO DE DADOS E OTIMIZAÇÃO DE CONSULTAS

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM SQL CRIAÇÃO DE BANCO DE DADOS E OTIMIZAÇÃO DE CONSULTAS Esclarecimento Licenciamento de Uso Este documento é propriedade intelectual 2012 da NRSYSTEM COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA-ME, consiste de uma compilação de diversos materiais entre livros,

Leia mais

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL SQL TGD/JMB 1 Projecto de Bases de Dados Linguagem SQL SQL TGD/JMB 2 O que é o SQL? SQL ("ess-que-el") significa Structured Query Language. É uma linguagem standard (universal) para comunicação com sistemas

Leia mais

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Manipulação de Dados Banco de Dados SQL DML SELECT... FROM... WHERE... lista atributos de uma ou mais tabelas de acordo com alguma condição INSERT INTO... insere dados em uma tabela DELETE

Leia mais

Operação de União JOIN

Operação de União JOIN Operação de União JOIN Professor Victor Sotero SGD 1 JOIN O join é uma operação de multi-tabelas Select: o nome da coluna deve ser precedido pelo nome da tabela, se mais de uma coluna na tabela especificada

Leia mais

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BANCO DE DADOS

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BANCO DE DADOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS CLAUDIO RIBEIRO DA SILVA MARÇO 1997 2 1 - CONCEITOS GERAIS DE 1.1 - Conceitos Banco de Dados - Representa

Leia mais

Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de

Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de BD Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de informação para nosso êxito no curso. A intenção de elaborar

Leia mais

2008.1. A linguagem SQL

2008.1. A linguagem SQL SQL 2008.1 A linguagem SQL SQL - Structured Query Language. Foi definida nos laboratórios de pesquisa da IBM em San Jose, California, em 1974. Teve seus fundamentos no modelo relacional Sua primeira versão

Leia mais

BANCO DE DADOS CONCEITOS BÁSICOS

BANCO DE DADOS CONCEITOS BÁSICOS Universidade Federal da Paraíba UFPB Centro de Energias Alternativas e Renováveis - CEAR Departamento de Eng. Elétrica DEE BANCO DE DADOS CONCEITOS BÁSICOS Isaac Maia Pessoa Introdução O que é um BD? Operações

Leia mais

SQL e Modelo Relacional

SQL e Modelo Relacional TREINAMENTOS SQL e Modelo Relacional Modelo Relacional e SQL 30 de julho de 2012 Sumário i Sobre a K19 1 Seguro Treinamento 2 Termo de Uso 3 Cursos 4 1 Introdução 1 1.1 SGBD................................................

Leia mais

Pedro F. Carvalho OCP Oracle 2008.2 10g LINGUAGEM SQL. www.pedrofcarvalho.com.br contato@pedrofcarvalho.com.br São José do Rio Preto

Pedro F. Carvalho OCP Oracle 2008.2 10g LINGUAGEM SQL. www.pedrofcarvalho.com.br contato@pedrofcarvalho.com.br São José do Rio Preto Pedro F. Carvalho OCP Oracle 2008.2 10g LINGUAGEM SQL Objetivos Revisando a sintaxe SQL SELECT, UPDATE, INSERT, DELETE Manipulando expressões Funções matemáticas, etc Condições de Pesquisa Funções de Agregação

Leia mais

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1 INTRODUÇÃO PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1 Leonardo Pereira leonardo@estudandoti.com.br Facebook: leongamerti http://www.estudandoti.com.br Informações que precisam ser manipuladas com mais segurança

Leia mais

2008.1 SQL. Autor: Renata Viegas

2008.1 SQL. Autor: Renata Viegas SQL Autor: Renata Viegas A linguagem SQL SQL - Structured Query Language. Foi definida nos laboratórios de pesquisa da IBM em San Jose, California, em 1974. Teve seus fundamentos no modelo relacional Sua

Leia mais

SQL Structured Query Language

SQL Structured Query Language Janai Maciel SQL Structured Query Language (Banco de Dados) Conceitos de Linguagens de Programação 2013.2 Structured Query Language ( Linguagem de Consulta Estruturada ) Conceito: É a linguagem de pesquisa

Leia mais

INTRODUÇÃO BANCO DE DADOS. Prof. Msc. Hélio Esperidião

INTRODUÇÃO BANCO DE DADOS. Prof. Msc. Hélio Esperidião INTRODUÇÃO BANCO DE DADOS Prof. Msc. Hélio Esperidião BANCO DE DADOS Podemos entender por banco de dados qualquer sistema que reúna e mantenha organizada uma série de informações relacionadas a um determinado

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada (SQL)

Linguagem de Consulta Estruturada (SQL) Linguagem de Consulta Estruturada (SQL) Conceitos sobre a versão ANSI da SQL, a sublinguagem de definição de dados (DDL) e a sublinguagem de manipulação de dados (DML) Prof. Flavio Augusto C. Correia 1

Leia mais

SQL. Prof. Márcio Bueno. {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com

SQL. Prof. Márcio Bueno. {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com SQL Prof. Márcio Bueno {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com Material dos professores Ana Carolina Salgado, Fernando Foncesa e Valéria Times (CIn/UFPE) SQL SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta

Leia mais

MySQL. Prof. César Melo. com a ajuda de vários

MySQL. Prof. César Melo. com a ajuda de vários MySQL Prof. César Melo com a ajuda de vários Banco de dados e Sistema de gerenciamento; Um banco de dados é uma coleção de dados. Em um banco de dados relacional, os dados são organizados em tabelas. matricula

Leia mais

MYSQL BÁSICO. 12 Horas Instrutor: Antonio Itamar Júnior

MYSQL BÁSICO. 12 Horas Instrutor: Antonio Itamar Júnior MYSQL BÁSICO 12 Horas Instrutor: Antonio Itamar Júnior BANCO DE DADOS - O que é MySQL - Criar bando de dados - Nomenclatura de banco de dados - Tipos de dados SQL - Atributos SQL - Criar Tabela - Inserir,

Leia mais

ROTEIRO. A Linguagem SQL (I parte) CEFET.PHB - PI Prof. Jefferson Silva. As partes da linguagem SQL. A Linguagem de Definição de Dados (SQL-DDL)

ROTEIRO. A Linguagem SQL (I parte) CEFET.PHB - PI Prof. Jefferson Silva. As partes da linguagem SQL. A Linguagem de Definição de Dados (SQL-DDL) CEFET.PHB - PI Prof. Jefferson Silva SQL (MySql) ROTEIRO I PARTE - INTRODUÇÃO AO SQL COMANDOS E SUAS PARTES DA LINGUAGEM SQL II PARTE ADMINSTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS UTILIZANDO MYSQL PRINCIPAIS INSTRUÇÕES

Leia mais

Banco de Dados. Maurício Edgar Stivanello

Banco de Dados. Maurício Edgar Stivanello Banco de Dados Maurício Edgar Stivanello Agenda Conceitos Básicos SGBD Projeto de Banco de Dados SQL Ferramentas Exemplo Dado e Informação Dado Fato do mundo real que está registrado e possui um significado

Leia mais

4.6. SQL - Structured Query Language

4.6. SQL - Structured Query Language 4.6. SQL - Structured Query Language SQL é um conjunto de declarações que é utilizado para acessar os dados utilizando gerenciadores de banco de dados. Nem todos os gerenciadores utilizam SQL. SQL não

Leia mais

Introdução à Engenharia da Computação. Banco de Dados Professor Machado

Introdução à Engenharia da Computação. Banco de Dados Professor Machado Introdução à Engenharia da Computação Banco de Dados Professor Machado 1 Sistemas isolados Produção Vendas Compras Banco de Dados Produtos... Banco de Dados Produtos... Banco de Dados Produtos... Desvantagens:

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML INTRODUÇÃO A SQL - Structured Query Language, foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation

Leia mais

Auditoria de sistemas Deixe que seu banco de dados faça o trabalho por você

Auditoria de sistemas Deixe que seu banco de dados faça o trabalho por você Auditoria de sistemas Deixe que seu banco de dados faça o trabalho por você por Cristóferson Guimarães Magalhães Bueno e Odilon Corrêa da Silva 1 O objetivo deste artigo é demonstrar como criar um sistema

Leia mais

Curso PHP Aula 08. Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com

Curso PHP Aula 08. Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com + Curso PHP Aula 08 Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com + Roteiro Conectividade com BD SQL + SQL Structured Query Language. Padrão para interagir com banco de dados relacionais. + Banco de dados Um banco

Leia mais

Linguagem SQL (Parte I)

Linguagem SQL (Parte I) Universidade Federal de Sergipe Departamento de Sistemas de Informação Itatech Group Jr Softwares Itabaiana Site: www.itatechjr.com.br E-mail: contato@itatechjr.com.br Linguagem SQL (Parte I) Introdução

Leia mais

INTRODUÇÃO BANCO DE DADOS(MYSQL) E PHP

INTRODUÇÃO BANCO DE DADOS(MYSQL) E PHP INTRODUÇÃO BANCO DE DADOS(MYSQL) E PHP Prof. Msc. Hélio Esperidião BANCO DE DADOS Podemos entender por banco de dados qualquer sistema que reúna e mantenha organizada uma série de informações relacionadas

Leia mais

Introdução ao SQL. O que é SQL?

Introdução ao SQL. O que é SQL? Introdução ao SQL 1 O que é SQL? Inicialmente chamada de Sequel, SQL (Structured Query Language), é a linguagem padrão utilizada para comunicar-se com um banco de dados relacional. A versão original foi

Leia mais

O que são Bancos de Dados?

O que são Bancos de Dados? SQL Básico Liojes de Oliveira Carneiro professor.liojes@gmail.com www.professor-liojes.blogspot.com O que são Bancos de Dados? É o software que armazena, organiza, controla, trata e distribui os dados

Leia mais

SQL. Hélder Antero Amaral Nunes

SQL. Hélder Antero Amaral Nunes SQL Hélder Antero Amaral Nunes 2 Introdução Desenvolvida pelo departamento de pesquisa da IBM na década de 1970 (System R); Linguagem padrão de BD Relacionais; Apresenta várias padrões evolutivos: SQL86,

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados Banco de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix

Leia mais

APOSTILA BÁSICA DE MYSQL

APOSTILA BÁSICA DE MYSQL APOSTILA BÁSICA DE MYSQL História O MySQL foi criado na Suécia por dois suecos e um finlandês: David Axmark, Allan Larsson e Michael "Monty" Widenius, que têm trabalhado juntos desde a década de 1980.

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Modelagem e Projeto de Banco de Dados Especialização em Tecnologia da Informação - Ênfases Março- 2009 1 Modelo Físico Introdução

Leia mais

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS POSTGRESQL O PostgreSQL é um sistema gerenciador de banco de dados dos mais robustos e avançados do mundo. Seu código é aberto e é totalmente gratuito,

Leia mais

Comandos DDL. id_modulo = id_m odulo

Comandos DDL. id_modulo = id_m odulo Comandos DDL Estudo de Caso Controle Acadêmico Simplificado Uma escola contém vários cursos, onde cada aluno possui uma matricula num determinado curso. Estes cursos, por sua vez, possuem módulos, aos

Leia mais

Faculdade Pitágoras 16/08/2011. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet

Faculdade Pitágoras 16/08/2011. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Faculdade Pitágoras Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL A linguagem SQL é responsável por garantir um bom nível

Leia mais

Programação SQL. Introdução

Programação SQL. Introdução Introdução Principais estruturas duma Base de Dados: Uma BD relacional é constituída por diversas estruturas (ou objectos ) de informação. Podemos destacar: Database: designa a própria BD; Table/Tabela:

Leia mais

Trabalhando com MySQL: Uma Introdução

Trabalhando com MySQL: Uma Introdução Trabalhando com MySQL: Uma Introdução 1. A linguagem PHP A linguagem PHP é uma linguagem de programação criada especialmente para o uso em páginas Web. Mas nem por isso ela não pode deixar de ser usada

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix Ingress SQL

Leia mais

Ex.: INSERT INTO tmpautor (CDAUTOR, NMAUTOR) VALUES (1, Renato Araújo )

Ex.: INSERT INTO tmpautor (CDAUTOR, NMAUTOR) VALUES (1, Renato Araújo ) PRONATEC - Programador de Sistemas Banco de Dados 1) Incluindo linhas nas tabelas a. Para incluir linhas em tabelas utilize o comando INSERT INTO INSERT INTO tabela [ ( coluna [, coluna,...] ) ] VALUES

Leia mais

UFCD 787. Administração de base de dados. Elsa Marisa S. Almeida

UFCD 787. Administração de base de dados. Elsa Marisa S. Almeida UFCD 787 Administração de base de dados Elsa Marisa S. Almeida 1 Objectivos Replicação de base de dados Gestão de transacções Cópias de segurança Importação e exportação de dados Elsa Marisa S. Almeida

Leia mais

LINGUAGEM SQL. SQL Server 2008 Comandos iniciais

LINGUAGEM SQL. SQL Server 2008 Comandos iniciais 1 LINGUAGEM SQL SQL Server 2008 Comandos iniciais SQL - STRUCTURED QUERY LANGUAGE Quando os Bancos de Dados Relacionais estavam sendo desenvolvidos, foram criadas linguagens destinadas à sua manipulação.

Leia mais

Linguagem SQL Parte I

Linguagem SQL Parte I FIB - Centro Universitário da Bahia Banco de Dados Linguagem SQL Parte I Francisco Rodrigues Santos chicowebmail@yahoo.com.br Slides gentilmente cedidos por André Vinicius R. P. Nascimento Conteúdo A Linguagem

Leia mais

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL 1. O que é Linguagem SQL 2. Instrução CREATE 3. CONSTRAINT 4. ALTER TABLE 5. RENAME TABLE 6. TRUCANTE TABLE 7. DROP TABLE 8. DROP DATABASE 1 1. O que é Linguagem SQL 2. O SQL (Structured Query Language)

Leia mais

Faculdade Pitágoras. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL

Faculdade Pitágoras. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL Faculdade Pitágoras Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL A linguagem SQL é responsável por garantir um bom nível de independência do

Leia mais

Introdução ao SQL Avançado

Introdução ao SQL Avançado Introdução ao SQL Avançado Introdução as consultas, manipulação e a filtragem de dados com a linguagem SQL Prof. MSc. Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão

Leia mais

PHP e MySQL Autenticação de Usuários

PHP e MySQL Autenticação de Usuários PHP e MySQL Autenticação de Usuários Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden http://marx.vanderlinden.com.br/ Controle de Acesso A maioria das aplicações web envolve em algum ponto um mecanismo

Leia mais

Banco de Dados com PHP

Banco de Dados com PHP Linguagem de Programação III Banco de Dados com PHP Conceitos de Banco de Dados - é uma coleção de dados interrelacionados, representando informações sobre um domínio específico - sempre que for possível

Leia mais

MySQL - Operações com SQL básico

MySQL - Operações com SQL básico MySQL - Operações com SQL básico Para testar se o MySQL esta instalado corretamente, execute a seguinte linha no prompt do DOS: c:\mysql\bin\mysql Se tudo estiver nos seus devidos lugares você vai receber

Leia mais

Banco de Dados I. Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011

Banco de Dados I. Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011 Banco de Dados I Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011 Plano de Aula SQL Definição Histórico SQL e sublinguagens Definição de dados (DDL) CREATE Restrições básicas em SQL ALTER DROP 08:20 Definição de

Leia mais

Princípio dos anos 70 IBM desenvolve a linguagem Sequel para o System R. Standards ISO e ANSI SQL-86, SQL-89, SQL-92, SQL:1999, SQL:2003

Princípio dos anos 70 IBM desenvolve a linguagem Sequel para o System R. Standards ISO e ANSI SQL-86, SQL-89, SQL-92, SQL:1999, SQL:2003 Bases de Dados Introdução à linguagem SQL História Princípio dos anos 70 IBM desenvolve a linguagem Sequel para o System R Renomeada para SQL (Structured Query Language) Standards ISO e ANSI SQL-86, SQL-89,

Leia mais

Linguagem SQL. Comandos Básicos

Linguagem SQL. Comandos Básicos Linguagem SQL Comandos Básicos Caetano Traina Júnior Grupo de Bases de Dados e Imagens Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Universidade de São Paulo - São Carlos caetano@icmc.sc.usp.br Comando

Leia mais

Banco de Dados II. Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico

Banco de Dados II. Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico Banco de Dados II Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com

Leia mais

FEAP - Faculdade de Estudos Avançados do Pará PROFª LENA VEIGA PROJETOS DE BANCO DE DADOS UNIDADE V- SQL

FEAP - Faculdade de Estudos Avançados do Pará PROFª LENA VEIGA PROJETOS DE BANCO DE DADOS UNIDADE V- SQL Quando os Bancos de Dados Relacionais estavam sendo desenvolvidos, foram criadas linguagens destinadas à sua manipulação. O Departamento de Pesquisas da IBM desenvolveu a SQL como forma de interface para

Leia mais

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET PROJETO DE BANCO DE DADOS

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET PROJETO DE BANCO DE DADOS Exemplos de Scripts SQL (PostgreSQL) Pizzaria 1 2 Criação de BANCO DE DADOS CREATE DATABASE nome_do_banco; CREATE DATABASE pizzaria; Criação de TABELAS SOMENTE COM CHAVE PRIMÁRIA CREATE TABLE nome_da_tabela

Leia mais

Mysql. Quanto mais informações você busca, mais você evolui. Vitor Ramos. Disciplina de Banco de Dados

Mysql. Quanto mais informações você busca, mais você evolui. Vitor Ramos. Disciplina de Banco de Dados Mysql Quanto mais informações você busca, mais você evolui. Vitor Ramos SQL Structured Query Language - Linguagem de Consulta Estruturada Desenvolvida pela IBM, nos anos 70; Inicialmente chamada SEQUEL

Leia mais

Fundamentos do Sistema Gerenciador de Banco de Dados

Fundamentos do Sistema Gerenciador de Banco de Dados Fundamentos do Sistema Gerenciador de Banco de Dados Cláudio Luís V. Oliveira Janeiro de 2010 Definição "Um sistema cujo objetivo principal é gerenciar o acesso, a correta manutenção e a integridade dos

Leia mais

Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD

Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD 2 1 Características dos SGBDs Natureza auto-contida de um sistema de banco de dados: metadados armazenados num catálogo ou dicionário de

Leia mais

Banco de Dados SQL (Structured Query Language) Ana Paula Toome Wauke

Banco de Dados SQL (Structured Query Language) Ana Paula Toome Wauke Banco de Dados SQL (Structured Query Language) Ana Paula Toome Wauke Criar banco de dados: mysql> CREATE database 134a; Query OK, 1 row affected (0.00 sec) Deletar banco de dados: mysql> DROP database

Leia mais

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS POSTGRESQL O PostgreSQL é um sistema gerenciador de banco de dados dos mais robustos e avançados do mundo. Seu código é aberto e é totalmente gratuito,

Leia mais

Banco de Dados. Structured Query Language SQL. Prof. Walteno Martins Parreira Jr 1. www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.

Banco de Dados. Structured Query Language SQL. Prof. Walteno Martins Parreira Jr 1. www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo. Banco de Dados Structured Query Language SQL Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2015 Comandos SQL Os comandos do SQL são classificados em três grupos,

Leia mais

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada)

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) M.Sc. Cristiano Mariotti mscmariotti@globo.com Introdução à SQL 1 Visão Geral Introdução Comandos de Definição de Dados Comandos de Manipulação de Dados Introdução

Leia mais

Guia de Consulta Rápida. MySQL 5. Juliano Niederauer Rubens Prates. Novatec Editora

Guia de Consulta Rápida. MySQL 5. Juliano Niederauer Rubens Prates. Novatec Editora Guia de Consulta Rápida MySQL 5 Juliano Niederauer Rubens Prates Novatec Editora Copyright 2006 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida

Leia mais

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados EXERCÍCIOS PRÁTICOS Banco de Dados Introdução ao uso do SQL Structured Query Language, considerando tanto DDL Data Definition Language quanto DML Data Manipulation Language. Banco de Dados selecionado:

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ARTEFATO 02 AT02 Diversos I 1 Indice ESQUEMAS NO BANCO DE DADOS... 3 CRIANDO SCHEMA... 3 CRIANDO TABELA EM DETERMINADO ESQUEMA... 4 NOÇÕES BÁSICAS SOBRE CRIAÇÃO E MODIFICAÇÃO

Leia mais

Treinamento em PHP. Aula 7. Ari Stopassola Junior stopassola@acimainteractive.com

Treinamento em PHP. Aula 7. Ari Stopassola Junior stopassola@acimainteractive.com Treinamento em PHP Aula 7 Ari Stopassola Junior stopassola@acimainteractive.com Banco de Dados Robustes no armazenamento Segurança, velocidade e facilidade na manipulação dos dados Controle e escalabilidade

Leia mais

Trabalho de banco de dados

Trabalho de banco de dados CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CENTRO PAULA SOUZA ETEC DR EMÍLIO HERNANDEZ AGUILAR MOISÉS OSTI Nº 24 JHONATAN WILLIAN Nº 17 DIOGO BERBEL CAMPAGNOLA Nº 09 VALDÉRIO DO SANTOS SOUSA Nº 32 MARIA APARECIDA

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL (86); SQL-2 (92); SQL-3 (99) e SQL:2003 não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere...

Leia mais

BANCO DE DADOS Parte 4

BANCO DE DADOS Parte 4 BANCO DE DADOS Parte 4 A Linguagem SQL Introdução Desenvolvida pelo depto de pesquisa da IBM na década de 1970 (System R) Linguagem padrão de BD Relacionais; Apresenta várias padrões evolutivos: SQL86,

Leia mais

Programação SQL. INTRODUÇÃO II parte

Programação SQL. INTRODUÇÃO II parte Programação SQL INTRODUÇÃO II parte Programação SQL SELECT; INSERT; UPDATE; DELETE. Este conjunto de comandos faz parte da sublinguagem denominada por DML Data Manipulation Language (Linguagem de manipulação

Leia mais

Armazenamento organizado facilitando SCRUD; Agiliza processo de desenvolvimento de sistemas;

Armazenamento organizado facilitando SCRUD; Agiliza processo de desenvolvimento de sistemas; Conjunto de informações relacionadas entre si; Armazenamento organizado facilitando SCRUD; Agiliza processo de desenvolvimento de sistemas; Conjunto de Tabelas onde cada linha é um vetor de dados específico;

Leia mais

SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL

SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL Criar uma base de dados (criar um banco de dados) No mysql: create database locadora; No postgresql: createdb locadora Criar

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL- (86); SQL- (9); SQL- (99) não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere... Base

Leia mais

3) Palavra-chave distinct (select-from). Obter apenas os pibs distintos entre si.

3) Palavra-chave distinct (select-from). Obter apenas os pibs distintos entre si. NOME: BRUNO BRUNELI BANCO DE DADOS - ADS create database ProducaoMinerais use ProducaoMinerais create table Mineral( nome varchar(15) primary key, preco real) create table Pais( nome varchar(30) primary

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL-1 (86); SQL- (9); SQL- (99) não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere... Base

Leia mais

NOME SEXO CPF NASCIMENTO SALARIO

NOME SEXO CPF NASCIMENTO SALARIO Tutorial SQL Fonte: http://www.devmedia.com.br/articles/viewcomp.asp?comp=2973 Para começar Os Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Relacionais (SGBDr) são o principal mecanismo de suporte ao armazenamento

Leia mais

ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL. Carga horária: 32 Horas

ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL. Carga horária: 32 Horas ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL Carga horária: 32 Horas Pré-requisito: Para que os alunos possam aproveitar este treinamento ao máximo, é importante que eles tenham participado dos treinamentos

Leia mais

Treinamento sobre SQL

Treinamento sobre SQL Treinamento sobre SQL Como Usar o SQL Os dois programas que você mais utilizara no SQL Server são: Enterprise Manager e Query Analyzer. No Enterprise Manager, você pode visualizar e fazer alterações na

Leia mais

Principais Comandos SQL Usados no MySql

Principais Comandos SQL Usados no MySql Principais Comandos SQL Usados no MySql O que é um SGBD? Um Sistema Gerenciador de Banco de Dados (como no Brasil) ou Sistema Gestor de Base de Dados (SGBD) é o conjunto de programas de computador (softwares)

Leia mais

Os dados no MySQL são armazenado em tabelas. Uma tabela é uma colecção de informação relacionada e consiste em colunas e linhas.

Os dados no MySQL são armazenado em tabelas. Uma tabela é uma colecção de informação relacionada e consiste em colunas e linhas. MySQL 101 Recapitulando Os dados no MySQL são armazenado em tabelas. Uma tabela é uma colecção de informação relacionada e consiste em colunas e linhas. As bases de dados são úteis quando necessitamos

Leia mais

18/08/2008. Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan

18/08/2008. Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 2 Introdução a SQL 2 2 Introdução à SQL 2.1 Conceitos

Leia mais

Especialização em Engenharia e Administração de Banco de Dados SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS I

Especialização em Engenharia e Administração de Banco de Dados SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS I Especialização em Engenharia e Administração de Banco de Dados SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS I José Alberto F. Rodrigues Filho beto@beto.pro.br Firebird É a primeira geração, descendente do

Leia mais