Serviços de Formação Angulo Sólido

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Serviços de Formação Angulo Sólido"

Transcrição

1 Serviços de Formação Angulo Sólido Data Proteja o ambiente, evite imprimir este documento. Utilize sempre que possível papel reciclado. 2012, Angulo Sólido

2 Índice Os Serviços de Formação Angulo Sólido...4 A Garantia de Satisfação...5 Formação de Calendarizada...6 Estratégia Tecnológica...6 Desktop Linux...7 Servidores Linux...8 Alojamento Web...9 Bases de Dados Open Source...10 Cursos Especializados...11 Formação À Medida...12 Conteúdos Programáticos...13 Estratégia Tecnológica...13 ET1201 Introdução à Continuidade de Serviços Tecnológicos...13 ET1207 Aplicações Empresariais em Linux...14 DL1231 Paginação com Scribus...15 Servidores Linux UNIX e Linux Para Administradores de Servidores...16 SL1201 Fundamentos de Linux e UNIX...16 SL1203 Instalação, Configuração e Administração de Linux...18 SL1205 Administração Avançada de Linux...19 Servidores Linux Redes Para Administradores de Servidores...20 SL1221 Introdução ao TCP/IP e à Internet...20 SL1223 Administração de Redes e Segurança em Linux...21 SL1225 SNMP - Princípios e Implementação...22 SL1227 Sistemas de Monitorização e Monitorização com Nagios 2d...23 SL1229 Administração do Servidor Web Apache...24 SL1263 Partilha de Recursos de Rede com Samba...25 Alojamento Web Programação Web...26 AW1261 PHP Introdução à Programação...26 AW1265 MySQL MariaDB - Administração da BD e Programação Web com PHP...27 AW1267 Desenvolvimento de Páginas WEB em HTML...28 Bases de Dados Open Source Base de Dados PostgreSQL...29 BDP1201 Introdução ao Motor de Base de Dados PostgreSQL...29 BDP1203 Administração do Motor de Base de Dados PostgreSQL...35 Base de Dados Open Source Base de Dados MySQL MariaDB...36 BDM1201 Introdução ao Motor de Base de Dados MySQL MariaDB...36 BDM1203 Administração do Motor de Base de Dados MySQL MariaDB...38 Cursos Especializados Base de Dados PostgreSQL...39 EBDP1201 Administração e Otimização do Motor de Base de Dados PostgreSQL...39 EBDP1203 Administração Avançada do Motor de Base de Dados PostgreSQL...45 EBDP1205 Motor de Base de Dados PostgreSQL e a Linguagem SQL , Angulo Sólido CONFIDENCIAL 2 / 59

3 Cursos Especializados Base de Dados MySQL MariaDB...47 EBDM1201 Administração e Otimização do Motor de Base de Dados MySQL MariaDB...47 EBDM1203 Administração Avançada do Motor de Base de Dados MySQL MariaDB...49 EBDM1205 Motor de Base de Dados MySQL MariaDB e a Linguagem SQL...50 Cursos Especializados UNIX e Linux Para Administradores de Servidores...51 ESLU1201 Programação em Shell...51 ESLU1203 Comandos, Ferramentas e Utilitários UNIX e Linux...52 Cursos Especializados Redes Para Administradores de Servidores...53 ESLR1201 SNMP Aplicação Prática com Net-SNMP...53 ESLR1259 Sistemas de Monitorização e Monitorização com Nagios 4d...54 ESLR1205 Instalação, Configuração e Gestão do Servidor Web Apache...55 Cursos Especializados Controlo de Versões de Aplicações...57 ESCV1201 CVS para Programadores...57 ESCV1203 GIT para Programadores...58 Contactos dos Serviços de Formação Angulo Sólido...59 Nota de Confidencialidade , Angulo Sólido CONFIDENCIAL 3 / 59

4 Os Serviços de Formação Angulo Sólido A Angulo Sólido quer ser o seu parceiro de tecnologias de informação e reduzir a zero a sua preocupação com os sistemas informáticos de suporte ao seu negócio. Oferecemos-lhe produtos e serviços baseados em tecnologias open source, fruto de muitos anos de desenvolvimento e testes, e do contributo de milhares de pessoas de todo o mundo. Utilizar open source traduz-se numa efetiva melhoria da robustez e confiança nos sistemas, reduzindo os custos, sem perda de funcionalidades. A sua satisfação vem em primeiro lugar nas nossas preocupações. Para a garantir, oferecemos-lhe a possibilidade de um acompanhamento personalizado e contínuo. Inserido como uma área estratégica na Angulo Sólido, os Serviços de Formação, têm como objetivo a oferta de Soluções de Formação, calendarizada ou à medida e Consultoria de Formação para o desenvolvimento, de acordo com as necessidades e requisitos de cada Cliente, da solução de Formação em Tecnologia mais adequada. Aproveitando o know-how e competência técnica da Angulo Sólido, estes Serviços de Formação beneficiam da experiência acumulada dos seus técnicos, oferecendo aos participantes uma formação com exemplos de aplicabilidade prática da matéria lecionada. Beneficia de uma postura tecnologicamente independente de fabricantes; um profissionalismo e qualidade exigentes e ainda um postura de criatividade e inovação permanentes, com a procura das tecnologias mais desenvolvidas e adaptadas às necessidades de cada Cliente. Seja qual for a necessidade de formação em tecnologias abertas da Sua empresa e dos seus colaboradores, a Angulo Sólido encontra a resposta mais adequada e que melhor se enquadra nos desafios da organização, sejam eles orçamentais, de localização, de (in)disponibilidade dos formandos ou de adequabilidade dos conteúdos programáticos. Para mais informações estamos ao Seu dispor em Descubra uma solução de Formação feita para si. Faça um Angulo Sólido connosco! 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 4 / 59

5 A Garantia de Satisfação O empenho em satisfazer as necessidades dos Clientes e preencher as suas expectativas, está patente no conjunto de garantias que a Angulo Sólido coloca ao dispor. Através de algumas ferramentas, ações e iniciativas é possível avaliar melhor a qualidade da prestação do serviço de formação e ver os seus direitos salvaguardados e o seu investimento com retorno. Assim, destacamos: Após a formação, os formandos terão acesso a um formulário de contacto onde poderão colocar as suas dúvidas ou questões, até um mês depois do curso, gratuitamente. Em cada ação de formação são distribuídos aos Formandos algumas ferramentas que permitem avaliar um conjunto de parâmetros, relativos às instalações, equipamento, material, formador, sala, curso, etc. A média destas avaliações poderá ter impacto em futuras ações de formação. Se um dos nossos formandos o desejar, tem ao seu dispor um sistema que lhe permite reclamar ou efetuar qualquer observação, de forma anónima (opcional) e sempre que entender. Se um dos nossos formandos declarar expressamente a sua insatisfação, por escrito e pelas formas colocadas ao seu dispor, os nossos serviços atuarão no sentido de averiguar as circunstâncias do desagrado e formas de correção da insatisfação. Os conteúdos programáticos dos cursos serão sempre o mais completos possível, incluindo uma área de pré-requisitos, para que os formandos estejam sempre cientes dos conhecimentos necessários, para um correto aproveitamento da formação que lhes será lecionada. A recolha de dados pessoais, no decorrer das ações de formação é para fins de registo de atividade de formação e emissão dos respetivos Certificados, no final da cação. Os dados são confidenciais e requerem exatidão. Sempre que necessário devem ser atualizados, apagados ou retificados, sendo que a Angulo Sólido disponibiliza o acesso aos mesmos, pelo seu titular, a qualquer altura e sem qualquer restrição. Os dados apenas são transferidos a terceiros com autorização expressa do titular dos mesmos. Nos casos em que os dados são utilizados para envio de informação sobre a atividade da empresa, os titulares são informados das regras de acesso e remoção dos mesmos. A Angulo Sólido procura sempre a melhor opção para a satisfação dos seus Clientes! 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 5 / 59

6 Formação de Calendarizada Estratégia Tecnológica 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 6 / 59

7 Desktop Linux 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 7 / 59

8 Servidores Linux 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 8 / 59

9 Alojamento Web 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 9 / 59

10 Bases de Dados Open Source 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 10 / 59

11 Cursos Especializados 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 11 / 59

12 Formação À Medida PARCEIRO DE FORMAÇÃO Consultoria e Avaliação de Necessidades de Formação Levantamento de necessidades e requisitos de Formação Elaboração de Planos de Formação Definição de necessidades Desenvolvimento e formatação de cursos à medida Adaptação/criação de conteúdos programáticos Definição de requisitos e Parcerias Organização de Plano de Curso Avaliação e Garantia de Satisfação Métricas de satisfação e avaliação da Formação Resultados atingidos Garantia de Satisfação ou reembolso Satisfação Cliente 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 12 / 59

13 Conteúdos Programáticos Estratégia Tecnológica ET1201 Introdução à Continuidade de Serviços Tecnológicos Neste curso serão abordados temas como Programas de Continuidade de Serviços Tecnológicos, Análise de risco, Gestão de Continuidade de negócio, análise de impacto no negócio, Processos Mission Critical Business, RTO Recovery Time Objectives, Estratégias de Continuidade de negócio, Comunicação de Crise, Desenvolvimento de Planos de emergência. Responsáveis de projetos de Continuidade de Serviços Tecnológicos. Objetivos Formar profissionais com competências para implementação e gestão de continuidade de negócio. 12 horas/2 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 13 / 59

14 ET1207 Aplicações Empresariais em Linux O Sistema Operativo Linux tem ganho, com o tempo, maturidade para servir de base a soluções servidoras num contexto empresarial, integrando-se, ou não, com redes Windows. O presente curso apresenta uma perspetiva geral sobre ferramentas, produtos e potencialidades associados a esta plataforma. Todos os elementos de Empresas e Organizações analisando a possibilidade de implementação de soluções baseadas em Linux. Objetivos Dar a conhecer aos participantes o panorama e alternativas Linux em ambiente empresarial: Conhecer os principais produtos e alternativas para utilização empresarial em Linux; Lidar com os principais métodos de licenciamento; Gerir necessidades de Suporte Técnico; Open Source e Freeware : O que são e para que servem. Conhecimentos básicos de tecnologias de informação. 18 horas/3 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 14 / 59

15 DL1231 Paginação com Scribus Este curso tem como objetivo habilitar os participantes a explorar todas as potencialidades desta poderosa aplicação de edição eletrónica. Este Curso destina-se a designers, escritores, editores, preparadores de texto para gráficas, e todos os profissionais que necessitem realizar de forma fácil e eficaz brochuras, catálogos e revistas. Conhecimentos básicos de TIC (MS Windows ou GNU/Linux) 18 horas/3 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 15 / 59

16 Servidores Linux UNIX e Linux Para Administradores de Servidores SL1201 Fundamentos de Linux e UNIX Esta ação de formação é uma introdução prática ao UNIX e Linux na sua versão mais divulgada: o GNU Linux. São focados os princípios basilares do Unix e do Linux de forma independente de plataforma, garantindo que os formando aprendem os conceitos presentes em todas as versões de Linux, independentemente do distribuidor. No final da formação, os formandos terão competências para se tornarem administradores de sistemas ou programadores em qualquer sistema Linux. Terão, igualmente, compreendido o funcionamento do ambientes comerciais Unix. Utilizadores experientes na utilização de computadores, mas pouco experientes em Unix ou Linux e que pretendem administrar sistemas Unix/Linux, rápida e efetivamente. Utilizadores de Linux ou Unix que precisam de consolidar e melhorar conhecimentos básicos adquiridos no campo. Utilizadores de Linux ou Unix que iniciam uma abordagem profissional na administração de sistemas Linux/Unix, administração de redes em Linux/Unix ou programação em Linux/Unix. Bons conhecimentos informáticos; Compreensão básica dos conceitos de redes TCP/IP; 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 16 / 59

17 Vontade de aprender e utilizar aplicações de linha de comando. 30 horas/5 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 17 / 59

18 SL1203 Instalação, Configuração e Administração de Linux No final deste curso, os formandos deverão ficar aptos a: Instalar e personalizar o ambiente Linux Reconhecer as tarefas administrativas básicas Explorar as ferramentas de programação Implementar a configuração básica de rede Administradores de sistemas e de bases de dados Programadores Técnicos de helpdesk Conhecimentos básicos de um sistema operativo 24 horas/4 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 18 / 59

19 SL1205 Administração Avançada de Linux No final deste curso, os formandos deverão ficar aptos a: Configurar servidores empresariais em Linux Configurar utilizadores, sistemas de ficheiros e subsistema de rede Configurar os serviços de rede Proporcionar segurança no acesso ao servidor Linux Administradores de sistemas e de bases de dados Programadores Técnicos de helpdesk Conhecimentos básicos de um sistema operativo 24 horas/4 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 19 / 59

20 Servidores Linux Redes Para Administradores de Servidores SL1221 Introdução ao TCP/IP e à Internet Este curso parte do princípio que quase todos os formandos estão familiarizados com a navegação Web e parte desse ponto até aos níveis mais baixos do protocolo TCP/IP: roteamento IP, estrutura dos pacotes e Networks Address Translation (NAT), entre outros. Também apresenta uma visão geral de problemáticas significativas para quem quer perceber a estrutura tecnológica da Internet mas também como a aplicar nos seus ambientes, incluindo: , firewall e roteamento, SNMP para gestão integrada de aplicações e equipamentos de rede. Gestores de tecnologias de informação, programadores, administradores de sistemas e equipas de suporte que precisam de bases sólidas nas tecnologias e protocolos basilares de aprovisionamento dos serviços da Internet. É útil para os decisores de aquisições e gestão de equipamentos e serviços de rede assim como para os implementadores técnicos. Conhecimentos gerais de TCP/IP 18 horas/3 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 20 / 59

21 SL1223 Administração de Redes e Segurança em Linux Com este curso os formandos ficarão com experiência prática de administração de Linux, desde a segurança do servidor até à segurança de rede, filtros de pacotes e VPNs Objetivos Enriquecer e simplificar a administração das redes, com a implementação de serviços de rede elementares como DNS, DCHP e ; Aprender a monitorizar a rede para que todos os serviços funcionem da melhor forma; Instalar e administrar um computador com Linux em segurança; Criar uma Autoridade Certificadora e certificados; Configurar um filtro de pacotes, uma gateway a nível aplicacional e uma gateway VPN Administradores de Linux que querem aprender configurações de rede avançadas e melhorar os conhecimentos de planeamento, desenho e gestão de um ambiente seguro. Conhecimentos de TCP/IP e gestão de redes 24 horas/4 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 21 / 59

22 SL1225 SNMP - Princípios e Implementação Explicar as funções de um protocolo de gestão de redes e as diferentes aproximações possíveis; Examinar a história e o desenvolvimento do SNMP, incluindo as três versões de SNMP; Explicar os conceitos de Management Information Base (MIB); Explicar como funciona o protocolo SNMP; Explicar o que é o Structure of Management Information e como consultar as definições Explicar o SNMP e a sua interligação com outros protocolos de gestão de redes. Razões para usar ou não SNMP. Esta ação destina-se a técnicos que pretendam ter uma visão geral das funcionalidade e arquitetura de SNMP; Administradores de sistemas de gestão e de sistemas geridos; Gestores de produtos, para perceberem como o SNMP pode ser utilizado nos sistemas; Gestores de projetos, para perceberem como o SNMP afeta um projeto de desenvolvimento Conhecimentos gerais de TCP/IP e gestão de redes 18 horas/3 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 22 / 59

23 SL1227 Sistemas de Monitorização e Monitorização com Nagios 2d Esta ação explica como o Nagios torna possível supervisionar e representar procedimentos de TI complexos. O primeiro dia da ação de formação apresenta as bases do Nagios. O segundo dia é utilizado para ilustrar a monitorização com Nagios de vários sistemas, com foco especial na monitorização de servidores Linux, MySQL, Web, Correio Eletrónico, entre outros. Objetivos Descrever os objetivos, as funcionalidades e os requisitos da monitorização com Nagios; Explicar a arquitetura e operação de um ambiente de monitorização Nagios; Examinar as potencialidades de um ambiente de monitorização Nagios; Ilustrar a teoria com exemplos práticos de monitorização. Técnicos que pretendam ter um conhecimento detalhado do funcionamento de uma infraestrutura de monitorização com Nagios. Administradores de sistemas de gestão e de sistemas geridos. Conhecimentos gerais de TCP/IP e gestão de redes. 12 horas/2 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 23 / 59

24 SL1229 Administração do Servidor Web Apache No curso de formação em webserver Apache será dada uma introdução técnica sobre instalação, configuração e gestão de web server Apache e suporte a programação CGI sobre server Apache, sendo depois direcionada a formação, tendo em conta a opção por conjuntos específicos de módulos e servidores aplicacionais do Apache, a fim de poder aprofundar o conhecimento e ter um foco maior nessa área. Programadores e Webmasters Recursos técnicos e de Suporte ao comércio eletrónico Fornecedores de Serviços e Aplicações Web-based. Conhecimentos básicos dos princípios subjacentes a troca de informação entre o webserver e clientes web (browsers) utilizando pedidos e respostas HTTP Conhecimento básico de protocolos TCP/IP Facilidade de utilização de editor de texto Conhecimentos de programação ou técnicas de shell scripting. 18 horas/3 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 24 / 59

25 SL1263 Partilha de Recursos de Rede com Samba O OSAMBA disponibiliza partilha de ficheiros e impressoras em servidores UNIX, Linux e Solaris para Microsoft Windows PCs. Este curso oferece a oportunidade para aprender aprofundadamente como obter, instalar e configurar este software gratuito. Administradores de Rede responsáveis pela integração de Rede Microsoft com plataformas Unix e Linux. Conhecimentos específicos e experiência de UNIX/Solaris/Linux incluindo alguma administração de sistemas e configuração de rede IP network. Conhecimentos de configuração de servidor Windows podem ser uma vantagem, embora não essencial. 12 horas/2 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 25 / 59

26 Alojamento Web Programação Web AW1261 PHP Introdução à Programação Este curso é especialmente orientado para programadores que pretendam construir sites dinâmicos, utilizando a linguagem de programação PHP. Dado que o PHP é uma linguagem valiosa do ponto de vista de tarefas, o curso cobre especialmente as funções mais importantes e possibilita a compreensão dos restantes aspetos. Programadores sem experiência em PHP e possivelmente sem experiência de programação Web. Os formandos deverão, no entanto, ter bases de programação geral. Os formandos com conhecimentos de linguagens tipo C, especialmente Perl, estarão aptos a progredir mais rapidamente no curso. É suposto um conhecimento básico de trabalho com HTML. Alguns conhecimentos conceptuais de como os web servers e web browsers (clientes) interagem utilizando HTTP. Bons conhecimentos de trabalho com pelo menos uma linguagem de programação. 18 horas/3 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 26 / 59

27 AW1265 MySQL MariaDB - Administração da BD e Programação Web com PHP Os participantes irão aprender a utilizar duas ferramentas de desenvolvimento de aplicações do lado do servidor: Bases de Dados e PHP Hypertext Preprocessor (PHP). Objetivos Dotar os participantes de conhecimentos sobre tecnologias de desenvolvimento aplicacional para a Web. Os formandos irão aprender a desenvolver Common Gateway Interfaces (CGIs) em PHP num servidor web, a escrever scripts de envio de mensagens para o ecrã, personalizar contadores de páginas web, criar formulários interativos, aceder e atualizar uma base dados através de ODBC (Open Database Conectivity) Responsáveis pela manutenção de páginas web (Webmasters); Responsáveis pelo desenvolvimento de Software e soluções cliente / servidor. Programadores de aplicações para Internet; Conhecimentos gerais de tecnologias Internet. Conhecimentos gerais de programação. 24 horas/4 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 27 / 59

28 AW1267 Desenvolvimento de Páginas WEB em HTML Este curso é uma introdução aos elementos básicos de HTML (HyperText Markup Language), que é a norma que determina a estrutura das páginas Web. Ao contrário de muitos cursos de formação Web, este não está limitado a um browser, servidor web, servidor aplicacional ou sistema operativo. Ensina as melhores práticas, independentes da tecnologia e multi-plataforma. Ao concluir este curso, os formando deverão ser capazes de produzir estruturas de sites web, de acordo com as normas internacionais que funcionam nas aplicações mais conhecidas. Este curso é destinado às pessoas que trabalham em comunicação e marketing e profissionais de design que precisam de desenvolver páginas Web de elevada qualidade sem apoio de terceiros. Conhecimentos gerais de tecnologias Internet. 12 horas/2 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 28 / 59

29 Bases de Dados Open Source Base de Dados PostgreSQL BDP1201 Introdução ao Motor de Base de Dados PostgreSQL Neste curso são apresentados e trabalhados os conceitos básicos e introdução ao PostgreSQL. Este curso é indicado para os profissionais que desejam começar a trabalhar nesta base de dados: utilizadores finais, gestores de tecnologias de informação, técnicos de sistemas, engenheiros de sistemas, programadores e consultores de tecnologias de informação. Conhecimentos gerais de Bases de dados. 18 horas/3 dias Conteúdo Programático Introdução ao PostgreSQL O que é o PostgreSQL Principais funcionalidades Plataformas suportadas Limitações do PostgreSQL 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 29 / 59

30 O que são bases de dados Bases de dados relacionais Bases de dados objeto-relacionais Interfaces de acesso ao PostgreSQL Ligação JDBC Ligação Delphi/ Visual Borland C++ Introdução ao psql Operação do psql pgadmin O que é o SQL A linguagem SQL Palavras-chave e Identificadores Valores nulos Comentários Tipos de dados Gestão de tabelas Introdução Visualização da estrutura de tabelas Colunas de sistema Sintaxe da criação de tabelas Comando Alter table Alteração de tabelas e colunas Comentários em objetos Remoção de tabelas 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 30 / 59

31 Seleção de dados Utilização de expressões e constantes Esconder linhas duplicadas Limitar o resultado do Select O comando Case Substituição de valores nulos Operações de conjuntos União Intersecção Subtração Remover dados com Delete Remover dados com Truncate Controlo de transações Transações no PostgreSQL Padrão ACID Exemplo Níveis de isolamento Read Commited Serializable Iniciar transações em PostgreSQL Savepoints 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 31 / 59

32 Outros objetos da base de dados Views Sequences Índices Tabelas clusterizadas Cursores Restrições à seleção de dados Utilização da cláusula where Operador Like e Ilike Operador Between Utilização do IN Comparação agrupada Comparações com NULL Cláusula Order By Seleção de dados de várias tabelas Nomes de tabelas Cruzamento de dados entre tabelas Tipos de Join CROSS JOIN INNER e OUTER JOINs NATURAL JOIN 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 32 / 59

33 Operadores Introdução Operadores de texto Expressões regulares Operadores matemáticos Conversão de tipos Funções Introdução Funções matemáticas Funções de data e hora Funções de texto Funções de conversão de tipos Outras funções Funções de Agregação Utilização de sub-consultas Operadores de sub-consultas Sub-consultas no From Sub-consultas complexas Alteração de dados Adicionar dados com Insert Adicionar dados com Select Inserir dados com Copy Recuperar dados com Copy Copy no formato CSV Modificar dados com Update 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 33 / 59

34 Blobs Blobs no PostgreSQL Exemplo de utilização Remover Blobs Restrições e integridade referencial O que são restrições? Constraint Check Constraint Not Null Constraint Unique Constraint Primary Key Constraint Foreign Key Herança entre tabelas Introdução Criação de tabelas com herança Exemplos Acesso aos dados da tabela pai 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 34 / 59

35 BDP1203 Administração do Motor de Base de Dados PostgreSQL Este curso abrange variados temas que são importantes para os administradores de bases de dados PostgreSQL. A formação inclui exercícios destinados a criar um ambiente formativo de análise e interação entre formador e formandos. Os formandos irão aprender com a experiência numa vertente bastante prática. Objetivos Aprender a administrar a bases de dados PostgreSQL. Aprender a utilizar módulos úteis, como connection pooling e replicação. Profissionais com pouca experiência em PostgreSQL que querem aprender a administrar bases de dados PostgreSQL. Profissionais de Web Design que querem construir sites Web baseados em servidores PostgreSQL. Bons conhecimentos dos fundamentos de UNIX/Linux. Compreensão de SQL (Structured Query Language). 30 horas/5 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 35 / 59

36 Base de Dados Open Source Base de Dados MySQL MariaDB BDM1201 Introdução ao Motor de Base de Dados MySQL MariaDB As bases de dados MySQL e MariaDB têm atingido a liderança na área de bases de dados open source. Com uma rápida e consistente performance, alto desempenho e fiabilidade e facilidade de utilização, o MySQL e MariaDB são as basesde dados de eleição de muitas organizações. Este curso introdutório abrange o básico sobre MySQL e MariaDB. Objetivos No final deste curso, os formandos estarão aptos a: Delinear a estrutura de uma base de dados MySQL ou MariaDB Utilizar o programa cliente de linha de comando MySQL e MariaDB e outras interfaces Criar uma base de dados MySQL ou MariaDB Escrever argumentos SQL para selecionar dados a partir de uma base de dados MySQL ou MariaDB Utilizar joins e subqueries em SQL Utilizar expressões SQL e funções básicas Inserir, atualizar, apagar e repor dados Criar e alterar tabelas, índices e views Perceber como são controlados privilégios nas bases de dados MySQL e MariaDB 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 36 / 59

37 Utilizadores novos ou existentes de MySQL ou MariaDB que tenham pouca ou nenhuma experiência prévia com um sistema de gestão de bases de dados relacionais. Conhecimento básico de Tecnologias de Informação. 18 horas/3 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 37 / 59

38 BDM1203 Administração do Motor de Base de Dados MySQL MariaDB Este curso foi desenhado para fornecer aos administradores os conhecimentos e competências necessários à correta manutenção das operações diárias de bases de dados e serviços MySQL ou MariaDB. Os administradores terão experiência prática na configuração, administração e deteção de problemas de bases de dados MySQL ou MariaDB. Os administradores serão capazes de garantir a integridade e disponibilidade dos dados empresariais armazenados em ambiente MySQL ou MariaDB. Curso indicado para profissionais que desejam aprofundar os seus conhecimentos de MySQL ou MariaDB, tais como administradores de sistemas, programadores, administradores de bases de dados, webmasters e consultores de tecnologias de informação. Conhecimentos gerais de Linux e/ou UNIX. 30 horas/5 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 38 / 59

39 Cursos Especializados Base de Dados PostgreSQL EBDP1201 Administração e Otimização do Motor de Base de Dados PostgreSQL Este curso é uma introdução abrangente da utilização e administração de bases de dados relacionais (RDBMS) cliente-servidor PostgreSQL incluindo a instalação, configuração, utilização, administração e otimização. Este curso está orientado para as boas práticas do desenho e implementação de bases de dados e não para o ensino de ANSI SQL. Este curso é preparado por profissionais experientes na implementação de bases de dados em ambientes PostgreSQL. Gestores técnicos e programadores que pretendem desenvolver ou otimizar a utilização de RDBMS PostgreSQL. Administradores de bases de dados ou administradores de sistemas que precisam de gerir serviços baseados em PostgreSQL. Conhecimentos informáticos avançados com alguns conhecimentos de sistemas operativos. Saber o que é um sistema de gestão de bases de dados relacionais. 30 horas/5 dias 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 39 / 59

40 Conteúdo Programático Introdução O que é o PostgreSQL Principais funcionalidades Plataformas Suportadas Limitações do PostgreSQL Fontes de Informação Instalação e configuração de PostgreSQL Preparação da instalação Download e instalação de PostgreSQL Configuração do arranque automático no processo de boot Configuração do PostgreSQL para acesso via rede Interface de Acesso Utilização do Cliente psql Ligação ao PostgreSQL Meta-comandos do psql Variáveis internas do psql Exemplos Configurar o PATH para aceder ao psql Listar os comandos \ do psql Execução de comandos SQL em psql Deixar expressões sem fechar 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 40 / 59

41 Exemplos Configurar o PATH para aceder ao psql Listar os comandos "\" do psql Execução de comandos SQL em psql Outras Interfaces de Programação Criar e gerir Views Criação de Views Exemplo Criar e gerir índices Compreender os índices Tipos de índices em PostgreSQL Criação de índices Índices em expressões Índices parciais Exemplo Transações e concorrência Transações Isolar transações Iniciar transações em PostgreSQL Savepoints Gerir as permissões das bases de dados Roles PostgreSQL Roles de utilizadores Alterar os Roles de utilizadores Outras propriedades dos Roles 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 41 / 59

42 Controlo de acessos com GRANT Os comandos GRANT e REVOKE Opções do GRANT para bases de dados Opções do GRANT para ROLES Exemplo Estrutura dos dados em PostgreSQL O armazenamento (storage) para o PostgreSQL Gestão da utilização de espaço em Table Spaces Exemplo Inheritance e Particionamento Utilização da Inheritance Tipos de particionamento Gestão de partições Criar e gerir Tablespaces e bases de dados PostgreSQL Tablespaces PostgreSQL Utilização do comando CREATE DATABASE Exercícios Schemas PostgreSQL O Schema Gestão de Schemas Logging em PostgreSQL Ficheiros de log do servidor Configurar quando logar mensagens Configurar o que logar Exercício 2012, Angulo Sólido CONFIDENCIAL 42 / 59

GBD. Introdução PROF. ANDREZA S. AREÃO

GBD. Introdução PROF. ANDREZA S. AREÃO GBD Introdução PROF. ANDREZA S. AREÃO Sistema de arquivos X Sistemas de Banco de Dados Sistema de arquivos Sistema de Banco de Dados Aplicativos Dados (arquivos) Aplicativos SGBD Dados (arquivos) O acesso/gerenciamento

Leia mais

Banco de Dados. Professor: Rômulo César. romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

Banco de Dados. Professor: Rômulo César. romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Banco de Dados Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Sistema de arquivos X Sistemas de Banco de Dados Sistema de arquivos Sistema de Banco de Dados Aplicativos Dados (arquivos)

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

Fundamentos de Administração de Sistemas

Fundamentos de Administração de Sistemas Fundamentos de Administração de Sistemas Este curso tem como objetivo ensinar aos alunos conceitos de administração de um sistema Linux. Isto inclui o gerenciamento de contas de usuários, automação de

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 6.1 ARQUIVOS E REGISTROS De um modo geral os dados estão organizados em arquivos. Define-se arquivo como um conjunto de informações referentes aos elementos

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Administração de Banco de Dados - Oracle

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Administração de Banco de Dados - Oracle Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Administração de Banco de Dados - Oracle Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Administração de Banco de Dados tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Apache + PHP + MySQL

Apache + PHP + MySQL Apache + PHP + MySQL Fernando Lozano Consultor Independente Prof. Faculdade Metodista Bennett Webmaster da Free Software Foundation fernando@lozano.eti.br SEPAI 2001 O Que São Estes Softwares Apache: Servidor

Leia mais

Formação em Banco de Dados. Subtítulo

Formação em Banco de Dados. Subtítulo Formação em Banco de Dados Subtítulo Sobre a APTECH A Aptech é uma instituição global, modelo em capacitação profissional, que dispõe de diversos cursos com objetivo de preparar seus alunos para carreiras

Leia mais

Política de Privacidade de dados pessoais na Portugal Telecom

Política de Privacidade de dados pessoais na Portugal Telecom Política de Privacidade de dados pessoais na Portugal Telecom Quem Somos? A Portugal Telecom, SGPS, SA. ( PT ) é a holding de um grupo integrado de Empresas (Grupo PT), que atua na área das comunicações

Leia mais

O produto. Caraterísticas gerais e arquitetura do sistema

O produto. Caraterísticas gerais e arquitetura do sistema sistema integrado de processamento e gestão bibliográfica - versão 2012 Informática Formação e Serviços, Lda - Web: http://www.bibliosoft.pt Email: bibliosoft@bibliosoft.pt O produto O sistema biblio.net

Leia mais

Sumário Agradecimentos... 19 Sobre.o.autor... 20 Prefácio... 21 Capítulo.1..Bem-vindo.ao.MySQL... 22

Sumário Agradecimentos... 19 Sobre.o.autor... 20 Prefácio... 21 Capítulo.1..Bem-vindo.ao.MySQL... 22 Sumário Agradecimentos... 19 Sobre o autor... 20 Prefácio... 21 Capítulo 1 Bem-vindo ao MySQL... 22 1.1 O que é o MySQL?...22 1.1.1 História do MySQL...23 1.1.2 Licença de uso...23 1.2 Utilizações recomendadas...24

Leia mais

6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 0 2 4 6 8 10 33 34 35 36 37 38 39 40 resolução de problemas recolha e tratamento da informação planeamento / organizção inovação

Leia mais

Engenharia de Software Aplicações de Internet

Engenharia de Software Aplicações de Internet Engenharia de Software Aplicações de Internet Eduardo Santos eduardo.edusantos@gmail.com eduardo.santos@planejamento.gov.br www.softwarepublico.gov.br Histórico Por que existe a Internet? Por que existe

Leia mais

Funcionalidades da ferramenta zabbix

Funcionalidades da ferramenta zabbix Funcionalidades da ferramenta zabbix Jordan S. Romano¹, Eduardo M. Monks¹ ¹Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS (FATEC PELOTAS) Rua Gonçalves Chaves,

Leia mais

Política de Privacidade de Dados Pessoais Cabovisão - Televisão por Cabo S.A.

Política de Privacidade de Dados Pessoais Cabovisão - Televisão por Cabo S.A. Política de Privacidade de Dados Pessoais Cabovisão - Televisão por Cabo S.A. Princípios Gerais A garantia que os clientes e utilizadores da Cabovisão-Televisão por Cabo S.A. ( Cabovisão ) sabem e conhecem,

Leia mais

World Wide Web e Aplicações

World Wide Web e Aplicações World Wide Web e Aplicações Módulo H O que é a WWW Permite a criação, manipulação e recuperação de informações Padrão de fato para navegação, publicação de informações e execução de transações na Internet

Leia mais

Software de gerenciamento de impressoras MarkVision

Software de gerenciamento de impressoras MarkVision Software de gerenciamento de impressoras MarkVision O MarkVision para Windows 95/98/2000, Windows NT 4.0 e Macintosh é fornecido com a sua impressora no CD Drivers, MarkVision e Utilitários. 1 A interface

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

Banco de Dados I 2007. Módulo I: Introdução a Sistemas de Banco de Dados. (Aula 1) Clodis Boscarioli

Banco de Dados I 2007. Módulo I: Introdução a Sistemas de Banco de Dados. (Aula 1) Clodis Boscarioli Banco de Dados I 2007 Módulo I: Introdução a Sistemas de Banco de Dados (Aula 1) Clodis Boscarioli Agenda: Apresentação do Plano de Ensino; Aspectos Históricos; Estrutura Geral de um SGBD; Profissionais

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO ON-LINE EM Oracle 10g Express Edition XE nível básico. Edital de seleção

CURSO DE EXTENSÃO ON-LINE EM Oracle 10g Express Edition XE nível básico. Edital de seleção CURSO DE EXTENSÃO ON-LINE EM Oracle 10g Express Edition XE nível básico Edital de seleção Nome: Oracle 10g Express Edition XE nível básico Coordenador Geral: Profº Mestre Luis Naito Mendes Bezerra Área

Leia mais

A nossa Política de Privacidade

A nossa Política de Privacidade A nossa Política de Privacidade Última modificação: 12 de dezembro de 2014. O resumo de alterações pode ser consultado na parte final desta Política de Privacidade. Esta Política de Privacidade tem por

Leia mais

Sistemas de Monitoração de Rede. Resumo

Sistemas de Monitoração de Rede. Resumo Sistemas de Monitoração de Rede Roberto Majewski Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, novembro de 2009 Resumo Com o grande crescimento da

Leia mais

Ferramentas de Administração. PostgreSQL

Ferramentas de Administração. PostgreSQL Ferramentas de Administração ao SGBD PostgreSQL Diego Rivera Tavares de Araújo diegoriverata@gmail.com Introdução Mas o que é PostgreSQL? Introdução as ferramentas O PostgreSQL pode ser acessado a partir

Leia mais

SQL Structured Query Language

SQL Structured Query Language Janai Maciel SQL Structured Query Language (Banco de Dados) Conceitos de Linguagens de Programação 2013.2 Structured Query Language ( Linguagem de Consulta Estruturada ) Conceito: É a linguagem de pesquisa

Leia mais

Faculdade Pitágoras 16/08/2011. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet

Faculdade Pitágoras 16/08/2011. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Faculdade Pitágoras Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL A linguagem SQL é responsável por garantir um bom nível

Leia mais

Faculdade Pitágoras. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL

Faculdade Pitágoras. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL Faculdade Pitágoras Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL A linguagem SQL é responsável por garantir um bom nível de independência do

Leia mais

Índice EMPRESA... 03 ESPECIALIDADES... 03 TRABALHOS REALIZADOS... 04 PRODUTOS... 05 SERVIÇOS... 06

Índice EMPRESA... 03 ESPECIALIDADES... 03 TRABALHOS REALIZADOS... 04 PRODUTOS... 05 SERVIÇOS... 06 Apresentação Índice EMPRESA... 03 ESPECIALIDADES... 03 TRABALHOS REALIZADOS... 04 PRODUTOS... 05 SERVIÇOS... 06 2 EMPRESA CDN&T Informática e Suporte Ltda, empresa que atua a mais de 15 anos no mercado

Leia mais

Política de Privacidade da Fieldglass

Política de Privacidade da Fieldglass Política de Privacidade da Fieldglass Histórico de revisão Histórico de revisão do documento Revisão Data Resumo de alterações Autor(es) 1 Fevereiro de 2014 Política de privacidade alinhada com padrões

Leia mais

Comandos de Manipulação

Comandos de Manipulação SQL - Avançado Inserção de dados; Atualização de dados; Remoção de dados; Projeção; Seleção; Junções; Operadores: aritméticos, de comparação,de agregação e lógicos; Outros comandos relacionados. SQL SQL

Leia mais

PostgreSQL. www.postgresql.org. André Luiz Fortunato da Silva Analista de Sistemas CIRP / USP alf@cirp.usp.br

PostgreSQL. www.postgresql.org. André Luiz Fortunato da Silva Analista de Sistemas CIRP / USP alf@cirp.usp.br PostgreSQL www.postgresql.org André Luiz Fortunato da Silva Analista de Sistemas CIRP / USP alf@cirp.usp.br Características Licença BSD (aberto, permite uso comercial) Multi-plataforma (Unix, GNU/Linux,

Leia mais

Serviço a Pedido ( On Demand ) da CA - Termos e Política de Manutenção Em vigor a partir de 1 de Setembro de 2010

Serviço a Pedido ( On Demand ) da CA - Termos e Política de Manutenção Em vigor a partir de 1 de Setembro de 2010 Serviço a Pedido ( On Demand ) da CA - Termos e Política de Manutenção Em vigor a partir de 1 de Setembro de 2010 A Manutenção do Serviço a Pedido ( On Demand ) da CA consiste numa infra-estrutura de disponibilidade

Leia mais

Conteúdo Programático de PHP

Conteúdo Programático de PHP Conteúdo Programático de PHP 1 Por que PHP? No mercado atual existem diversas tecnologias especializadas na integração de banco de dados com a WEB, sendo o PHP a linguagem que mais se desenvolve, tendo

Leia mais

Escola Superior de Gestão de Santarém. Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos. Peça Instrutória G

Escola Superior de Gestão de Santarém. Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos. Peça Instrutória G Escola Superior de Gestão de Santarém Pedido de Registo do CET Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos Peça Instrutória G Conteúdo programático sumário de cada unidade de formação TÉCNICAS

Leia mais

1.1 A abordagem seguida no livro

1.1 A abordagem seguida no livro 1- Introdução A área de administração de sistemas e redes assume cada vez mais um papel fundamental no âmbito das tecnologias da informação. Trata-se, na realidade, de uma área bastante exigente do ponto

Leia mais

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Aviso de Isenção de Responsabilidade e Direitos Autorais As informações contidas neste documento representam a visão atual da Microsoft

Leia mais

Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota

Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota Descrição dos serviços Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota Este serviço oferece serviços de Monitorização da infra-estrutura remota Dell (RIM, o Serviço ou Serviços ) conforme

Leia mais

Thiago Hernandes de Souza

Thiago Hernandes de Souza Thiago Hernandes de Souza SQL Avançado e Teoria Relacional Copyright Editora Ciência Moderna Ltda., 2013 Todos os direitos para a língua portuguesa reservados pela EDITORA CIÊNCIA MODERNA LTDA. De acordo

Leia mais

manual instalação e configuração v13 1

manual instalação e configuração v13 1 manual instalação e configuração v13 1 Conteúdo Introdução... 3 Conteúdo do DVD:... 3 Instalação e configuração do ERP... 4 Instalação do ERP... 4 Configuração do ERP... 6 Como actualização de versão...

Leia mais

Intranets. FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO

Intranets. FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO Intranets FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO As intranets são redes internas às organizações que usam as tecnologias utilizadas na rede mundial

Leia mais

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente Servidor Lista de Preparação de OpenLAB do Data Local Store A.02.01 Objetivo do Procedimento Assegurar que a instalação do Servidor de OpenLAB Data Store pode ser concluída com sucesso por meio de preparação

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás. Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores. Goiânia, 16 de novembro de 2014.

Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás. Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores. Goiânia, 16 de novembro de 2014. Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores : Goiânia, 16 de novembro de 2014. Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás Professor: Marissol Martins Alunos: Edy Laus,

Leia mais

Discrete Automation and Motion - Robotics Contratos de Manutenção Serviço ao cliente

Discrete Automation and Motion - Robotics Contratos de Manutenção Serviço ao cliente Discrete Automation and Motion - Robotics Contratos de Manutenção Serviço ao cliente Contratos de Manutenção Alta disponibilidade, custos de operação reduzidos Uma seleção flexível de contratos de serviço

Leia mais

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação O Business Analytics for Microsoft Business Solutions Navision ajuda-o a ter maior controlo do seu negócio, tomar rapidamente melhores decisões e equipar os seus funcionários para que estes possam contribuir

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

Soluções em Documentação

Soluções em Documentação Desafios das empresas no que se refere à documentação de infraestrutura de TI Realizar e manter atualizado o inventário de recursos de Hardware e software da empresa, bem como a topologia de rede Possuir

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

Contrato de Suporte End.: Telefones:

Contrato de Suporte End.: Telefones: Contrato de Suporte Contrato de Suporte Desafios das empresas no que se refere à infraestrutura de TI Possuir uma infraestrutura de TI que atenda as necessidades da empresa Obter disponibilidade dos recursos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE II. Primeiro Trabalho

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE II. Primeiro Trabalho UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE II Primeiro Trabalho Descrição do trabalho: Escrever um Documento de Visão. Projeto: Automatização do sistema que

Leia mais

Thomas Hub Guia do Utilizador

Thomas Hub Guia do Utilizador Thomas Hub Guia do Utilizador O seu novo e melhorado sistema de apoio à decisão sobre pessoas Descubra a forma simples e rápida de diagnosticar e desenvolver o Capital Humano Acompanhe-nos 1 Guia do Utilizador

Leia mais

André Milani. Novatec

André Milani. Novatec André Milani Novatec Sumário Agradecimentos...19 Sobre o autor...21 Prefácio...23 Capítulo 1 Bem-vindo ao PostgreSQL...25 1.1 O que é o PostgreSQL?...25 1.1.1 História do PostgreSQL...26 1.1.2 Licença

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados Banco de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix

Leia mais

Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br

Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br 1. Abordagem geral Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br Em primeiro plano, deve-se escolher com qual banco de dados iremos trabalhar. Cada banco possui suas vantagens,

Leia mais

UFCD 787. Administração de base de dados. Elsa Marisa S. Almeida

UFCD 787. Administração de base de dados. Elsa Marisa S. Almeida UFCD 787 Administração de base de dados Elsa Marisa S. Almeida 1 Objectivos Replicação de base de dados Gestão de transacções Cópias de segurança Importação e exportação de dados Elsa Marisa S. Almeida

Leia mais

Introdução. O que é Serviços de Terminal

Introdução. O que é Serviços de Terminal Introdução Microsoft Terminal Services e Citrix MetaFrame tornaram-se a indústria padrões para fornecer acesso de cliente thin para rede de área local (LAN), com base aplicações. Com o lançamento do MAS

Leia mais

PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA. Profa. Reane Franco Goulart

PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA. Profa. Reane Franco Goulart PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA Profa. Reane Franco Goulart Administrador de banco de dados O Administrador de banco de dados (DBA - DataBase Administrator) é responsável por manter e gerenciar bancos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9 TÍTULO: ASSUNTO: GESTOR: TERMO DE REFERÊNCIA Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD DITEC/GECOQ Gerência de Controle e Qualidade ELABORAÇÃO: PERÍODO: GECOQ Gerência de Controle e

Leia mais

Proteção de dados na Phoenix Contact

Proteção de dados na Phoenix Contact Proteção de dados na Phoenix Contact Estamos bastante satisfeitos com o seu interesse na nossa empresa, produtos e serviços, pelo que gostaríamos de lhe facultar algumas informações importantes sobre a

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

MCITP: ENTERPRISE ADMINISTRATOR

MCITP: ENTERPRISE ADMINISTRATOR 6292: INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO WINDOWS 7, CLIENT Objetivo: Este curso proporciona aos alunos o conhecimento e as habilidades necessárias para instalar e configurar estações de trabalho utilizando a

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

INTRODUÇÃO BANCO DE DADOS. Prof. Msc. Hélio Esperidião

INTRODUÇÃO BANCO DE DADOS. Prof. Msc. Hélio Esperidião INTRODUÇÃO BANCO DE DADOS Prof. Msc. Hélio Esperidião BANCO DE DADOS Podemos entender por banco de dados qualquer sistema que reúna e mantenha organizada uma série de informações relacionadas a um determinado

Leia mais

Helder da Rocha. Criação de. Web Sites II. Servidor Web Aplicações Web Programas CGI e SSI. Rev.: CWS2-04-2000/01 A4

Helder da Rocha. Criação de. Web Sites II. Servidor Web Aplicações Web Programas CGI e SSI. Rev.: CWS2-04-2000/01 A4 Helder da Rocha Criação de Web Sites II Servidor Web Aplicações Web Programas CGI e SSI Rev.: CWS2-04-2000/01 A4 Copyright 2000 por Helder Lima Santos da Rocha. Todos os direitos reservados. Os direitos

Leia mais

CA Business Service Insight

CA Business Service Insight CA Business Service Insight Guia de Conteúdo Predefinido da ISO 20000 8.2 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada

Leia mais

Conheça a nova solução de servidor que ajuda pequenas empresas a fazer mais Com menos.

Conheça a nova solução de servidor que ajuda pequenas empresas a fazer mais Com menos. Conheça a nova solução de servidor que ajuda pequenas empresas a fazer mais Com menos. O papel de um servidor Introdução à rede básica Sua empresa tem muitas necessidades recorrentes, tais como organizar

Leia mais

Faça um Site PHP 5.2 com MySQL 5.0 Comércio Eletrônico

Faça um Site PHP 5.2 com MySQL 5.0 Comércio Eletrônico Editora Carlos A. J. Oliviero Faça um Site PHP 5.2 com MySQL 5.0 Comércio Eletrônico Orientado por Projeto 1a Edição 2 Reimpressão São Paulo 2011 Érica Ltda. Noções Livrarse Preparação muitas muita Sumário

Leia mais

Acompanhamento e Rastreabilidade de Explosivos

Acompanhamento e Rastreabilidade de Explosivos Acompanhamento e Rastreabilidade de Explosivos A solução para implementar a diretiva UE de identificação 2008/43/CE e 2012/4/UE Para pequenas, médias e grandes empresas Considerável potencial de melhoria

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHC Recursos Humanos CS A gestão total dos Recursos Humanos A solução que permite a otimização da seleção e recrutamento, a correta descrição de funções, a execução das avaliações de desempenho e a avaliação

Leia mais

ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS

ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS Sumário 1. Finalidade... 2 2. Justificativa para contratação... 2 3. Premissas para fornecimento e operação

Leia mais

Sumário 1 0.1 Introdução 1 0.2 Breve História da Linguagem SQL l 0.3 Características da Linguagem SQL 3 0.4 A Composição deste Livro 3

Sumário 1 0.1 Introdução 1 0.2 Breve História da Linguagem SQL l 0.3 Características da Linguagem SQL 3 0.4 A Composição deste Livro 3 ÍNDICE o -INTRODUÇÃO Sumário 1 0.1 Introdução 1 0.2 Breve História da Linguagem SQL l 0.3 Características da Linguagem SQL 3 0.4 A Composição deste Livro 3 0.5 Sistemas Utilizados 6 0.5.1 Access 2003 (Microsoft)

Leia mais

ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2)

ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2) ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2) Duração: 3 dias (24 horas) Versão do ArcGIS: 10.2 Material didático: Inglês Descrição Projetado para administradores, este curso ensina como

Leia mais

BUSINESS PARTNER EMC SERVICES PARTNER PROGRAM ESCOLHA. FLEXIBILIDADE. OPORTUNIDADE.

BUSINESS PARTNER EMC SERVICES PARTNER PROGRAM ESCOLHA. FLEXIBILIDADE. OPORTUNIDADE. BUSINESS PARTNER EMC SERVICES PARTNER PROGRAM ESCOLHA. FLEXIBILIDADE. OPORTUNIDADE. TRANSFORME SEU RELACIONAMENTO COM O CLIENTE E SUA RENTABILIDADE O EMC Services Partner Program fornece aos parceiros

Leia mais

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Uma poderosa ferramenta de monitoramento Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Abril de 2008 O que é? Características Requisitos Componentes Visual O que é?

Leia mais

HP NonStop Server Capacity Planning

HP NonStop Server Capacity Planning HP NonStop Server Capacity Planning Serviços HP Dados técnicos Determinar futuros requisitos de capacidade de hardware para sistemas NonStop de processamento de transações online em constante crescimento

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB 1 - DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de: 1.1-08 (oito) LICENÇAS modalidade MICROSOFT OPEN, sendo: 01

Leia mais

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 Ana Francisco Gestora de Cliente Tópicos Enquadramento do Processo de Revisão Principais Alterações Pensamento Baseado em Risco Informação Documentada Princípios da Qualidade

Leia mais

Com esta tecnologia Microsoft, a PHC desenvolveu toda a parte de regras de negócio, acesso a dados e manutenção do sistema.

Com esta tecnologia Microsoft, a PHC desenvolveu toda a parte de regras de negócio, acesso a dados e manutenção do sistema. Caso de Sucesso Microsoft Canal de Compras Online da PHC sustenta Aumento de 40% de Utilizadores Registados na Área de Retalho Sumário País: Portugal Industria: Software Perfil do Cliente A PHC Software

Leia mais

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One.

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Neste tópico, responderemos à pergunta: O que é o Business One? Definiremos o SAP Business One e discutiremos as opções e as plataformas disponíveis para executar

Leia mais

Administração de Banco de Dados

Administração de Banco de Dados Administração de Banco de Dados Apresentação Este curso fornece capacitação técnica e administrativa avançada necessária para a administração, manutenção e otimização de complexas soluções de dados utilizando

Leia mais

ServiceHD. Javier Abad Álvarez Iván Darío Otero López 1

ServiceHD. Javier Abad Álvarez Iván Darío Otero López 1 Javier Abad Álvarez Iván Darío Otero López 1 Índice: 1. Introdução 1.1. A empresa 1.2. Objectivos 2. InstalaçãoTrês computadores na mesma rede, IPs, nomes, gateway 2.1.1 Windows 7 2.1.2 Ubuntu 3.DNS alias

Leia mais

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 Carolina Nogueira Gestora de Cliente carolina.nogueira@apcer.pt Tópicos Enquadramento do Processo de Revisão Principais Alterações Pensamento Baseado em Risco Informação

Leia mais

Roteiro 9 - SQL Básico: chave estrangeira, operadores de comparação e operadores booleanos

Roteiro 9 - SQL Básico: chave estrangeira, operadores de comparação e operadores booleanos Roteiro 9 - SQL Básico: chave estrangeira, operadores de comparação e operadores booleanos Objetivos: Criar restrições para atributos, chaves primárias e estrangeiras; Explorar consultas SQL com uso de

Leia mais

Configuração SERVIDOR.

Configuração SERVIDOR. REQUISITOS MINIMOS SISTEMAS FORTES INFORMÁTICA. Versão 2.0 1. PRE-REQUISITOS FUNCIONAIS HARDWARES E SOFTWARES. 1.1 ANALISE DE HARDWARE Configuração SERVIDOR. Componentes Mínimo Recomendado Padrão Adotado

Leia mais

CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA

CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA Quem Somos A Vital T.I surgiu com apenas um propósito: atender com dedicação nossos clientes. Para nós, cada cliente é especial e procuramos entender toda a dinâmica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA. Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Documentos

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA. Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Documentos UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Documentos Autor: Evandro Bastos Tavares Orientador: Antônio Claudio Gomez

Leia mais

Software de gestão em tecnologia Web

Software de gestão em tecnologia Web Software de gestão em tecnologia Web As Aplicações de Gestão desenvolvidas em Tecnologia Web pela Mr.Net garantem elevados níveis de desempenho, disponibilidade, segurança e redução de custos. A Mr.Net

Leia mais

Laboratório de Sistemas e Redes. Nota sobre a Utilização do Laboratório

Laboratório de Sistemas e Redes. Nota sobre a Utilização do Laboratório Nota sobre a Utilização do Laboratório 1. Introdução O laboratório de Sistemas e Redes foi criado com o objectivo de fornecer um complemento prático de qualidade ao ensino das cadeiras do ramo Sistemas

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Agrário

Ministério do Desenvolvimento Agrário Capítulo 1 Ministério do Desenvolvimento Agrário Instituição: Sítio: Caso: Responsável: Palavras- Chave: Ministério do Desenvolvimento Agrário www.mda.gov.br Plano de Migração para Software Livre Paulo

Leia mais

ANEXO 1. Formulário de Candidatura da Instituição Projecto Final de Curso de IGE/ETI. Instituição de acolhimento. Supervisor nomeado pela instituição

ANEXO 1. Formulário de Candidatura da Instituição Projecto Final de Curso de IGE/ETI. Instituição de acolhimento. Supervisor nomeado pela instituição INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA Departamento de Ciências e Tecnologias de Informação DCTI Formulário de Candidatura da Instituição Projecto Final de Curso de IGE/ETI ANEXO 1 Instituição

Leia mais

Interface Homem Máquina para Domótica baseado em tecnologias Web

Interface Homem Máquina para Domótica baseado em tecnologias Web Interface Homem Máquina para Domótica baseado em tecnologias Web João Alexandre Oliveira Ferreira Dissertação realizada sob a orientação do Professor Doutor Mário de Sousa do Departamento de Engenharia

Leia mais

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS Compreender e utilizar a linguagem SQL, na construção e manutenção de uma base de dados.

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS Compreender e utilizar a linguagem SQL, na construção e manutenção de uma base de dados. PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 12.ºH CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO MULTIMÉDIA ANO LECTIVO 2013/2014 6. LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO IV Pré-requisitos: - Planificar e estruturar bases

Leia mais

ISO 9001:2015. www.apcergroup.com. Rui Oliveira APCER

ISO 9001:2015. www.apcergroup.com. Rui Oliveira APCER ISO 9001:2015 Rui Oliveira APCER Agenda Enquadramento do Processo de Revisão Principais Mudanças Pensamento Baseado em Risco Informação Documentada Princípios da Qualidade Próximos Passos Cronograma para

Leia mais

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase.

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase. Prof. Omero, pág. 63 O que é o InterBase? O InterBase é um SGBDR - Sistema Gerenciador de Banco de Dados Cliente/Servidor Relacional 1 que está baseado no padrão SQL ANSI-9, de alta performance, independente

Leia mais

Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir

Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir Artigos Técnicos Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir Marcelo Salvador, Diretor de Negócios da Elipse Software Ltda. Já faz algum tempo que ouvimos falar do controle e supervisão

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores. Trabalho Interdisciplinar Semestral. 3º semestre - 2012.1

Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores. Trabalho Interdisciplinar Semestral. 3º semestre - 2012.1 Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Trabalho Interdisciplinar Semestral 3º semestre - 2012.1 Trabalho Semestral 3º Semestre Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Apresentação

Leia mais

Figura 1 - Arquitetura multi-camadas do SIE

Figura 1 - Arquitetura multi-camadas do SIE Um estudo sobre os aspectos de desenvolvimento e distribuição do SIE Fernando Pires Barbosa¹, Equipe Técnica do SIE¹ ¹Centro de Processamento de Dados, Universidade Federal de Santa Maria fernando.barbosa@cpd.ufsm.br

Leia mais

Fundamentos dos Sistemas de Informação Organização de Dados e Informações

Fundamentos dos Sistemas de Informação Organização de Dados e Informações Fundamentos dos Sistemas de Informação Organização de Dados e Informações http://professor.fimes.edu.br/milena milenaresende@fimes.edu.br Sistema de Gerenciamento de Bases de Dados (DBMS) A implementação

Leia mais

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício Introdução à Banco de Dados Nathalia Sautchuk Patrício Histórico Início da computação: dados guardados em arquivos de texto Problemas nesse modelo: redundância não-controlada de dados aplicações devem

Leia mais

11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; )

11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; ) 11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; ) Algumas Regras Gerais de Uso do Computador I. Sempre feche todas as aplicações abertas

Leia mais

MANUAL DO CURSO Normas Internacionais de Auditoria

MANUAL DO CURSO Normas Internacionais de Auditoria MANUAL DO CURSO ÍNDICE ENQUADRAMENTO DESCRIÇÃO DESTINATÁRIOS OBJETIVOS ESTRUTURA E DURAÇÃO AUTORES FUNCIONAMENTO E METODOLOGIA DO CURSO AVALIAÇÃO E CERTIFICAÇÃO PORTAL E CONTEÚDOS MULTIMÉDIA PORTAL ORDEM

Leia mais