SQL. Hélder Antero Amaral Nunes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SQL. Hélder Antero Amaral Nunes"

Transcrição

1 SQL Hélder Antero Amaral Nunes

2 2 Introdução Desenvolvida pelo departamento de pesquisa da IBM na década de 1970 (System R); Linguagem padrão de BD Relacionais; Apresenta várias padrões evolutivos: SQL86, SQL89(SQL1), SQL92 (SQL2), SQL99(SQL3); Diferentes fornecedores de SGBDS apresentam versões de SQL com algumas particularidades; A última versão definida pela ANSI/ISO traz características novas como: store procedures, triggers, suporte à programação OO, entre muitas outras.

3 3 Características Comuns Permite otimizações; Utilizadas por várias classes de usuários Sintaxe simples e bem definida Presente em todos os SGBDs Relacionais É incorporada comumente a uma outra linguagem; Não é uma linguagem completa como C, Java ou Delphi; Portável entre sistema operacionais;

4 4 Algumas Funcionalidades Uma série de comandos DDL para definição de dados; Uma série de comandos DML para manipulação de dados; Comandos DQL para consulta de dados; Instruções para controle de autorização de acesso (DCL Linguagem de Controle de Dados); Instruções para controle de transações e concorrência (DTL Linguagem de Transação de Dados);

5 5 O uso do SQL O usuário final não tem acesso a SQL; A SQL fica embutida na linguagem de programação; A conexão com o BD é necessário passar alguns parâmetros, como: Local do servidor; Nome do banco de dados; Senha; e Usuário do banco de dados. O usuário pode acessar o banco de dados de acordo com o seus privilégios;

6 6 O uso do SQL (2)

7 7 Tipos de dados Char Varchar Tipo Uso Armazena uma quantidade fixa de caracteres Armazena textos longos Text Armazena textos de até caracteres Date Time Int Float Boolean Armazena data Armazena hora, minuto e segundos Armazena números inteiros Armazena números com casa decimais Armazena true ou false

8 8 Atributos de dados do MySQL Atributo Primary Key Foreign Key Not null Null Auto_Increment Default Unsigned Unique Zerofill Index Característica Indica a chave primária Indica chave estrangeira Não permite que o valor do campo seja nulo (campo obrigatório) Permite que o valor do campo seja nulo (campo não obrigatório) Faz uma sequência numérica única Estabelece um valor padrão para uma coluna Para proibir o uso de valores negativos Garante a unicidade de todos os seus valores Coloca zeros a esquerda dos números Cria um índice em uma tabela

9 9 Introdução a DDL Cada Objeto ou estrutura em um BD é criado com comandos pertencentes à DDL; Seus comandos podem criar, alterar e eliminar: Tabelas (tables); Visões (views); Índices (index); e Gatilhos (triggers)

10 10 DDL - Comando Create Serve basicamente para criar os elementos que constituem o BD (Tabelas, base de dados); No momento da criação é possível verificar se já existe a estrutura (comandos IF EXISTS e IF NOT EXISTS) Exemplos: CREATE DATABASE estoque; CREATE TABLE IF NOT EXISTS `Autor` ( `Autor` varchar(50) NOT NULL, PRIMARY KEY (`Autor`));

11 11 DDL - Views, Triggers e Procedures Views, trigges e procedures também são DDL, mas devido ao uso em conjunto com a DQL e DML, será visto após essas linguagens.

12 12 DDL - Comando Alter Alter é o comando responsável por efetuar alterações nas estruturas do banco de dados. Em tabelas: Adicionar novo campo em uma tabela: ALTER TABLE usuario ADD COLUMN nome varchar (120) NOT NULL; Remover um campo: ALTER TABLE usuario DROP COLUMN datanascimento;

13 13 DDL - Comando Alter (2) Alterar um campo já existente: ALTER TABLE usuario MODIFY COLUMN nome TEXT ALTER TABLE produto CHANGE COLUMN observacao obs TEXT Adicionar e remover um atributo Foreign Key: ALTER TABLE produto ADD CONSTRAINT fk_id_fabricante FOREIGN KEY (fabricante) REFERENCES fabricante(id) ALTER TABLE produto DROP FOREIGN KEY fk_id_fabricante

14 14 DDL - Comando Alter (3) Adicionar e remover um index ALTER TABLE fabricante ADD INDEX fabricante (cnpj); ALTER TABLE fabricante DROP INDEX fabricante; ALTER TABLE produtos ADD UNIQUE nome_unico (nome); ALTER TABLE produtos DROP INDEX nome_unique;

15 15 DDL - Comando Drop Drop é o comando que remove praticamente todas as estruturas no banco de dados; Apagando base de dados DROP DATABASE biblioteca; DROP DATABASE IF EXISTS supermercado; Apagando tabelas DROP TABLE produto; DROP TABLE IF EXISTS usuario;

16 16 Exercício A sigla SQL significa Linguagem de Consulta Seqüencial. Segmentada. Relacional. Escalar. Estruturada.

17 17 Exercício A linguagem SQL (Structured Query Language - Linguagem de Consulta Estruturada ) é dividida em grupos. Assinale a alternativa que apresenta apenas comandos do grupo de DDL (Data Definition Language - Linguagem de definição de dados). Create, Insert e Update. Select, Create e Grant. Select, Insert, Update e Delete. Commit e Rollback. Create, Alter e Drop.

18 18 Introdução a DML Tem o poder de manipular os dados, ou seja, pode inserir, atualizar e remover registros de uma tabela. Seus principais comandos são INSERT, UPDATE, DELETE.

19 19 Insert O comando INSERT é utilizado para inserir registros em uma tabela; INSERT INTO usuario (nome, login, datanascimento, senha) VALUES ( Hélder Nunes, helder, , senha123 );

20 20 Insert (2) Cada SGBD trata de uma maneira diferente de receber os dados. Utilizando o MySQL como exemplo. Para inserir dados do tipo INT e BIGINT: Para inserir dados do tipo DECIMAL, DOUBLE:

21 21 Insert (3) Para inserir dados do tipo texto (VARCHAR, TEXT e outros): Hélder Nunes Pernambuco Para inserir dados do tipo data: :35:30

22 22 Insert (3) sala ID Nome_Da_Sala 1 C93 2 C94 3 C95 4 C96 Insert INTO sala (Nome_Da_Sala) VALUES ( C93 ),( C94 ); INSERT INTO sala VALUES (null, C95 ); Insert INTO sala (Nome_Da_Sala) VALUES ( C96 );

23 23 Update O comando responsável por todo tipo de alteração entre os registros de uma tabela. Existem comandos que interagem entre si para conseguir o resultado esperado. São eles: SET indica qual campo da tabela sofrerá a alteração. WHERE especificar quais linhas sofrerão alterações através de condições.

24 24 Update cláusula WHERE É possível utilizar os operadores: > >= < <= =!= Like (e seus Coringas _ e %)

25 25 Update (2) UPDATE sala SET nome = C99 WHERE id=1; UPDATE sala SET nome = Sem Nome ; UPDATE sala SET nome = Sem Nome WHERE nome = B01 or nome = B02 ; UPDATE sala SET nome = Sem Nome WHERE nome like %B% ;

26 26 Exercício A instrução UPDATE em SQL é uma expressão DDL. modifica o tamanho atribuído aos dados das tabelas. modifica o tipo atribuído aos dados das tabelas. modifica a estrutura das tabelas. atualiza o conteúdo dos dados das tabelas.

27 27 Exercício Qual dos comandos SQL a seguir efetua uma alteração desabilitando o recebimento de cesta básica dos funcionários que ganham mais que R$2.000,00? UPDATE funcionario SET funcionario_ cestabasica=false; UPDATE funcionario SET funcionario_ cestabasica=false WHERE funcionario_ salario>=2000; UPDATE funcionario SET funcionario_ cestabasica=false WHERE funcionario_salario>2001; UPDATE funcionario SET funcionario_ cestabasica=false WHERE funcionario_salario>2000; UPDATE funcionario SET funcionario_ cestabasica=false WHERE funcionario_salario<2000;

28 28 Delete A função do delete serve para remover registros das tabelas. O DELETE também utiliza a cláusula WHERE

29 29 Delete (2) DELETE FROM sala WHERE id=1; DELETE FROM sala WHERE nome = Sem Nome ; DELETE FROM sala WHERE nome = B01 or nome = B02 ; DELETE FROM sala WHERE nome like %B% ;

30 30 Introdução a DQL É uma linguagem de consulta; Grande parte das outros recursos de SQL utiliza o comando da DQL. Possui apenas um comando;

31 31 Select A sintaxe básica do SELECT segue o formato abaixo: SELECT [modificadores] FROM tabela WHERE condições; Exemplos de Selects: SELECT * FROM usuários; SELECT login, senha FROM usuários;

32 32 Select (2) Modificadores de atributos: ALL Seleciona todos os registros mesmo que haja repetição; DISTINCT Seleciona todos os registros sem repeti-los; Exemplos: SELECT ALL nome FROM usuários; SELECT DISTINCT nome FROM usuários;

33 33 Select (3) Modificadores de validação WHERE expressão que precede uma validação HAVING - expressão que precede uma validação, podendo ser aplicadas na cláusula GROUP BY BETWEEN validar valores entre SELECT nome, login FROM usuario HAVING id BETWEEN 1 AND 10; LIMIT limita a quantidade dos resultados exibidos ORDER BY (ASC DESC) ordenar a lista por um atributo SELECT * FROM usuario ORDER BY id ASC LIMIT 10;

34 34 Select (4) GROUP BY agrupa os resultados de acordo com uma necessidade; SELECT count(nome), departamento FROM funcionario GROUP BY departamento; LIKE Operador que aceita treco de palavras para consultas e utilizar os seus coringas (_ e %) _ um coringa para 1 caractere % coringa para vários caracteres SELECT nome FROM usuario WHERE nome LIKE ana% ;

35 35 Select (5) - Funções As consultas podem ser aprimoradas com o uso das expressões e modificadores disponíveis para a DQL Existem uma série de funções que permitem obter melhores resultados nas consultas

36 36 Select (6) - Funções MAX (coluna) retorna o valor máximo da coluna MIN (coluna) retorna o valor mínimo da coluna RAND() gera um número aleatório com o valor maior que ou igual a 0 e menor que 1 (0<= número gerado < 1) SUM (coluna) - soma os valores da coluna AVG (coluna) faz a média dos valores da coluna COUNT (coluna) diz a quantidade de linhas NOW() retorna a data no formato AAAA-MM-DD HH:MM:SS (pode ser usada em combinação de outras funções) DATE(coluna) Retorna a data no formato AAAA-MM-DD YEAR (coluna) retorna o ano da data MONTH (coluna) retorna o mes da data DAY (coluna) retorna o dia da data

37 37 Select (7) O modelo relacional necessita que tabelas trabalhem juntos interagindo com seus diferentes registros; Existem vários operadores especiais que unem consultas de várias tabelas;

38 38 Select (8) - Union UNION faz a junção de várias consultas. Possibilita a junção de vários SELECTs de diferentes tabelas em um único resultado; Modelo: SELECT campos FROM tabela1 UNION SELECT campos FROM tabela2 Requisitos de funcionamento: Deve haver o mesmo número de campos entre cada SELECT As colunas chamadas pelo SELECT devem ser do mesmo tipo, pois os registros serão mesclados na coluna. UNION Não retorna registros duplicados UNION ALL Retorna registros duplicados

39 39 Select (9) - ALIAS Os nomes das colunas podem ser modificados para nomes mais amigáveis Exemplo: SELECT cod_endereço AS end FROM usuario;

40 40 Select (10) - JOIN O JOIN é ma maneira de criar consultas mescladas entre várias tabelas no banco de dados de forma que os registros sejam relacionados entre si (chaves estrangeiras); A união é feita com os campos de cada tabela; Modelo: SELECT campos FROM tabela1 JOIN tabela2 ON tabela1.campo = tabela2.campo;

41 41 ID_FUNC NOME SAL DEPARTAMENTO 1 Maria 1000 Estoque 2 Danilo 2000 RH 3 Marcos 1500 RH 4 Ana 3000 Estoque 5 Julia 1000 Caixa 6 Barbara 2500 Caixa 7 Silvio 3000 Estoque ID_VEIC ID_FUNC VEICULO PLACA ANO 1 1 Gol Kkk Uno Kkk Siena Kkk Civic Kkk HB20 Kkk

42 42 Select (11) INNER JOIN Usando este comando todos os campos da tabela irão aparecer mesclados na consulta, mesmo se for repetido Exemplo: SELECT * FROM funcionarios JOIN veículos ON funcionários.id_func = veículos.id_func; ou com EQUI JOIN SELECT * FROM funcionarios JOIN veículos USING (ID_FUNC); O INNER JOIN só trará os registros onde a relação satisfizer em ambas as tabelas, ou seja, se todos os registros da primeira tabela se relacionar com ID_FUNC os da outro; NOME SAL DEPARTA ID_VEIC ID_FUNC VEICULO PLACA ANO MENTO 1 Maria 1000 Estoque 1 1 Gol Kkk Danilo 2000 RH 2 2 Uno Kkk Marcos 1500 RH 3 3 Siena Kkk

43 43 Select (12) LEFT JOIN Mas se fosse necessário mostrar também as pessoas que não possuem carros? Para que todos os funcionários apareçam no resultado deve-se usar LEFT JOIN; Exemplo: SELECT * FROM funcionario LEFT JOIN veiculo USING (ID_FUNC); 1 Maria 1000 Estoque 1 Gol Kkk Danilo 2000 RH 2 Uno Kkk Marcos 1500 RH 3 Siena Kkk Ana 3000 Estoque NULL NULL NULL NULL 5 Julia 1000 Caixa NULL NULL NULL NULL 6 Barbara 2500 Caixa NULL NULL NULL NULL 7 Silvio 3000 Estoque NULL NULL NULL NULL

44 44 Select (13) RIGHT JOIN A única diferença do LEFT é que não seriam todos os funcionários iriam aparecer e sim todos os veículos mesmo que sem possuir donos. Exemplo: SELECT * FROM funcionario RIGHT JOIN veiculo USING (ID_FUNC); ID_FUNC ID_VEIC VEICULO PLACA ANO NOME SAL DEPARTAMENTO 1 1 Gol Kkk Maria 1000 Estoque 2 2 Uno Kkk Danilo 2000 RH 3 3 Siena Kkk Marcos 1500 RH 0 4 Civic Kkk NULL NULL NULL 0 5 HB20 Kkk NULL NULL NULL

45 45 Select (14) FULL JOIN Representa a união entre o LEFT JOIN e o RIGHT JOIN; Alguns SGBDs implementa o FULL JOIN diretamente (ex. MySQL); Exemplo: SELECT f.nome, f.sal, f.departamento, v.id_func, v.veiculo,v.placa, v.ano FROM funcionario as f LEFT JOIN veiculo as v USING (ID_FUNC); Nome sal departamento ID_FUNC veiculo placa ano Maria 1000 Estoque 1 Gol Kkk Danilo 2000 RH 2 Uno Kkk Marcos 1500 RH 3 Siena Kkk Ana 3000 Estoque NULL NULL NULL NULL Julia 1000 Caixa NULL NULL NULL NULL Barbara 2500 Caixa NULL NULL NULL NULL Silvio 3000 Estoque NULL NULL NULL NULL

46 46

47 47 Select (15) Select in Pode ser feito uma seleção através de uma lista, por exemplo: Select Codigo, Nome from Funcionario where Nome in ( João, Tadeu ); Select código, nome from Funcionario where códigodepartamento in (Select código from Departamento where nome like Vendas );

48 48 Exercício Quanto à aplicação em bancos de dados relacionais, Create, Delete, Insert e Drop são, respectivamente, comandos DDL, DDL, DML e DML. DDL, DML, DML e DDL. DML, DML, DDL e DDL. DML, DDL, DDL e DML. DML, DDL, DML e DDL.

49 49 Exercício Assinale a opção que apresenta apenas operações de manipulação do SQL. SELECT, PUT, GET e DELETE. TAKE, PUT, GET e CUT CREATE, WRITE, READ e REMOVE CREATE, INSERT, UPDATE e REMOVE SELECT, INSERT, UPDATE e DELETE

50 50 Exercício Observe as seguintes expressões SQL: I. DELETE II. DROP TABLE III. CREATE INDEX IV. UPDATE V. INSERT INTO VI. ALTER TABLE Classificando-se as expressões acima em Linguagem de Definição de Dados - DDL e Linguagem de Manipulação de Dados - DML, está correto o que consta em: Linguagem de Definição de Dados - DDL / Linguagem de Manipulação de Dados - DML I, II e V - III, IV e VI II e IV - I, III, V e VI II, III e VI - I, IV e V II e VI - I, III, IV e V III e V - I, II, IV e VI

51 51 Exercício Observe o código abaixo: SELECT NOME, DESCONTO FROM CLIENTES WHERE DESCONTO BETWEEN.10 AND.20 A opção que descreve corretamente a seleção obtida na query é: apenas o nome de todos os clientes aos quais foram fornecidos descontos entre 10 e 20 por cento; o nome e o percentual do desconto dos clientes que tiveram desconto entre 10 e 20 por cento; o nome e o percentual do desconto dos clientes que tiveram desconto maior que 10 e menor que 19 por cento; o percentual do desconto dos clientes que tiveram desconto entre 10 e 20 por cento; o nome e o percentual de desconto dos clientes entre 10 e 19 por cento.

52 52 Exercício Suponha as tabelas Empregado e Departamento com seus esquemas: Empregado (Matricula, Nome, Sexo, Cargo, Dep) e Departamento (Codigo, Nome, Telefone ), onde as chaves primárias são, respectivamente, Matricula e Codigo, e Dep é uma chave estrangeira que referencia a tabela Departamento. O comando SQL : SELECT Nome, Telefone FROM Empregado, Departamento WHERE Dep=Codigo; resultaria em erro. Por quê? Não há Telefone em Empregado. Falta a condição de junção. Há excesso de vírgulas no comando. O campo Nome é ambíguo. Não é permitido consultar de duas tabelas.

53 53 DCL Linguagem de Controle Para se ocorrer uma conexão com o banco de dados é necessário informar o usuário e senha; Estes usuários estão salvos no banco de dados; Faz parte da segurança do banco de dados; Em alguns SGBDs suas informações ficam salvas no próprio banco;

54 54 DCL (1)

55 55 DCL (2) Create User Cria um usuário no banco de dados Modelo: CREATE USER IDENTIFIED BY senha; Sendo que: Nome_do_usuario = nome do usuario do banco de dados; Nome_do_host = nome do local (computador) na rede onde será acessado. Este nome pode ser por exemplo o IP, um nome de um computador, um host dentro de um domínio ou o % (qualquer local) Senha = a senha de autentificação Exemplo CREATE USER IDENTIFIED BY ;

56 56 DCL (3) Rename User Renomeia um usuário no banco de dados Modelo: RENAME USER nome_antigo TO nome_novo;

57 57 DCL (4) Drop User Exclui completamente o usuário, mesmo que tenha totais privilégios de operar em qualquer base de dados. Modelo: DROP USER

58 58 DCL (5) GRANT e REVOKE Pode ser permitido (GRANT) ou bloqueado (REVOKE) qualquer privilegio para um determinado usuário (que quando recém criado não possui nenhuma permissão); Usuários só podem dar, a outros usuários, as permissões que ele possui;

59 59 DCL (6) GRANT Serve pra conceder privilégios a um usuário de banco de dados Os privilégios podem ser: Create Alter Drop Insert Update Delete Selete E outros...

60 60 DCL (7) GRANT Exemplos: GRANT SELECT ON *.* TO GRANT UPDATE, SELECT, INSERT ON banco_farmácia.* TO GRANT SELECT ON banco_famarcia.tabela_produto TO GRANT ALL PRIVILEGES ON *.* TO

61 61 DCL (7) REVOKE Revoga os privilégios concedidos a um usuário do banco de dados. Funciona similar ao GRANT. Exemplos: REVOKE DROP,ALTER ON *.* TO

62 62 DTL Uma Transação é um conjunto de operações SQL previamente criado para acontecer em uma chamada na aplicação. A integridade é uma das características mais importantes do BD, devido isso foi criado uma linguagem para garantir que a transação ocorra com sucesso. Esta linguagem foi adaptada em quatro princípios: Atomicidade; Consistência; Isolamento; Atomicidade;

63 63 Exercício Analisando o trecho de código SQL a seguir CREATE VIEW Carro_Especial (Fabricante, Tipo, Preco, Cor) AS SELECT Fabricante, Tipo, Preco, Cor FROM Carros WHERE Cor = 'Azul' é correto afirmar que usando-se o código UPDATE Carro_Especial SET Preco = WHERE Tipo = 'Corsa' todo carro do tipo Corsa terá seu preço alterado para diretamente na VIEW Carro_ Especial. Os valores do campo Cor na VIEW Carro_ Especial serão diferentes de Azul caso a tabela Carros tenha para o campo Cor valores diferentes de Azul. uma VIEW com o nome Carro_Especial será criada contendo os campos Fabricante, Tipo, Preco e Cor, onde todos os valores do campo Cor nesta VIEW serão iguais a Azul. o código INSERT INTO Carro_Especial VALUE ('GM', 'Corsa', 10000, 'Azul') irá inserir um novo dado com os valores especificados por VALUE diretamente na VIEW Carro_Especial. se na tabela Carros existir um campo com o nome Ano_de_Fabricacao, este campo será criado automaticamente na VIEW Carro_ Especial.

64 64 Exercício Considerando o SQL, o formato geral do comando de criação de gatilhos é: CREATE TRIGGER <nome do trigger> <tempo de ação do trigger> <evento para acionar o trigger> ON <nome da tabela> <ação> O parâmetro <tempo de ação do trigger> possui as seguintes opções válidas: BEFORE e AFTER. BEGIN e END. FIRST e LAST. SAME e DIFFERENT. START e FINISH.

Comandos de Manipulação

Comandos de Manipulação SQL - Avançado Inserção de dados; Atualização de dados; Remoção de dados; Projeção; Seleção; Junções; Operadores: aritméticos, de comparação,de agregação e lógicos; Outros comandos relacionados. SQL SQL

Leia mais

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício Introdução à Banco de Dados Nathalia Sautchuk Patrício Histórico Início da computação: dados guardados em arquivos de texto Problemas nesse modelo: redundância não-controlada de dados aplicações devem

Leia mais

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1 INTRODUÇÃO PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1 Leonardo Pereira leonardo@estudandoti.com.br Facebook: leongamerti http://www.estudandoti.com.br Informações que precisam ser manipuladas com mais segurança

Leia mais

Faculdade Pitágoras 16/08/2011. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet

Faculdade Pitágoras 16/08/2011. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Faculdade Pitágoras Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL A linguagem SQL é responsável por garantir um bom nível

Leia mais

SQL Structured Query Language

SQL Structured Query Language Janai Maciel SQL Structured Query Language (Banco de Dados) Conceitos de Linguagens de Programação 2013.2 Structured Query Language ( Linguagem de Consulta Estruturada ) Conceito: É a linguagem de pesquisa

Leia mais

Faculdade Pitágoras. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL

Faculdade Pitágoras. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL Faculdade Pitágoras Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL A linguagem SQL é responsável por garantir um bom nível de independência do

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML INTRODUÇÃO A SQL - Structured Query Language, foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation

Leia mais

O que são Bancos de Dados?

O que são Bancos de Dados? SQL Básico Liojes de Oliveira Carneiro professor.liojes@gmail.com www.professor-liojes.blogspot.com O que são Bancos de Dados? É o software que armazena, organiza, controla, trata e distribui os dados

Leia mais

SQL. SQL (Structured Query Language) Comando CREATE TABLE. SQL é uma linguagem de consulta que possibilita:

SQL. SQL (Structured Query Language) Comando CREATE TABLE. SQL é uma linguagem de consulta que possibilita: SQL Tópicos Especiais Modelagem de Dados Prof. Guilherme Tavares de Assis Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Mestrado Profissional em Ensino de Ciências

Leia mais

BANCO DE DADOS Parte 4

BANCO DE DADOS Parte 4 BANCO DE DADOS Parte 4 A Linguagem SQL Introdução Desenvolvida pelo depto de pesquisa da IBM na década de 1970 (System R) Linguagem padrão de BD Relacionais; Apresenta várias padrões evolutivos: SQL86,

Leia mais

Banco de Dados I. Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011

Banco de Dados I. Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011 Banco de Dados I Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011 Plano de Aula SQL Definição Histórico SQL e sublinguagens Definição de dados (DDL) CREATE Restrições básicas em SQL ALTER DROP 08:20 Definição de

Leia mais

SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável.

SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável. SQL (Structured Query Language) SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável. Além de permitir a realização de consultas, SQL possibilita: definição

Leia mais

2008.1. A linguagem SQL

2008.1. A linguagem SQL SQL 2008.1 A linguagem SQL SQL - Structured Query Language. Foi definida nos laboratórios de pesquisa da IBM em San Jose, California, em 1974. Teve seus fundamentos no modelo relacional Sua primeira versão

Leia mais

BANCO DE DADOS. info 3º ano. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br

BANCO DE DADOS. info 3º ano. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br BANCO DE DADOS info 3º ano Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br Na última aula estudamos Unidade 4 - Projeto Lógico Normalização; Dicionário de Dados. Arquitetura

Leia mais

Banco de Dados. Prof. Antonio

Banco de Dados. Prof. Antonio Banco de Dados Prof. Antonio SQL - Structured Query Language O que é SQL? A linguagem SQL (Structure query Language - Linguagem de Consulta Estruturada) é a linguagem padrão ANSI (American National Standards

Leia mais

Structured Query Language (SQL)

Structured Query Language (SQL) SQL Histórico Structured Query Language (SQL) Foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation Language) para suas primeiras tentativas

Leia mais

Introdução à Engenharia da Computação. Banco de Dados Professor Machado

Introdução à Engenharia da Computação. Banco de Dados Professor Machado Introdução à Engenharia da Computação Banco de Dados Professor Machado 1 Sistemas isolados Produção Vendas Compras Banco de Dados Produtos... Banco de Dados Produtos... Banco de Dados Produtos... Desvantagens:

Leia mais

EXEMPLOS DE COMANDOS NO SQL SERVER

EXEMPLOS DE COMANDOS NO SQL SERVER EXEMPLOS DE COMANDOS NO SQL SERVER Gerenciando Tabelas: DDL - DATA DEFINITION LANGUAG Criando uma tabela: CREATE TABLE CLIENTES ID VARCHAR4 NOT NULL, NOME VARCHAR30 NOT NULL, PAGAMENTO DECIMAL4,2 NOT NULL;

Leia mais

Banco de Dados. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br. Exercícios SQL

Banco de Dados. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br. Exercícios SQL Banco de Dados Exercícios SQL 1 TRF (ESAF 2006) 32. Analise as seguintes afirmações relacionadas a Bancos de Dados e à linguagem SQL: I. A cláusula GROUP BY do comando SELECT é utilizada para dividir colunas

Leia mais

2008.1 SQL. Autor: Renata Viegas

2008.1 SQL. Autor: Renata Viegas SQL Autor: Renata Viegas A linguagem SQL SQL - Structured Query Language. Foi definida nos laboratórios de pesquisa da IBM em San Jose, California, em 1974. Teve seus fundamentos no modelo relacional Sua

Leia mais

SQL. Prof. Márcio Bueno. {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com

SQL. Prof. Márcio Bueno. {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com SQL Prof. Márcio Bueno {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com Material dos professores Ana Carolina Salgado, Fernando Foncesa e Valéria Times (CIn/UFPE) SQL SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta

Leia mais

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM SQL CRIAÇÃO DE BANCO DE DADOS E OTIMIZAÇÃO DE CONSULTAS

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM SQL CRIAÇÃO DE BANCO DE DADOS E OTIMIZAÇÃO DE CONSULTAS Esclarecimento Licenciamento de Uso Este documento é propriedade intelectual 2012 da NRSYSTEM COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA-ME, consiste de uma compilação de diversos materiais entre livros,

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) (Structured Query Language) I DDL (Definição de Esquemas Relacionais)... 2 I.2 Domínios... 2 I.3 Criação de Tabelas... 2 I.4 Triggers... 4 II DML Linguagem para manipulação de dados... 5 II.2 Comando SELECT...

Leia mais

LINGUAGEM SQL. DML - Linguagem de Manipulação de Dados

LINGUAGEM SQL. DML - Linguagem de Manipulação de Dados LINGUAGEM SQL Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL, é uma linguagem de pesquisa declarativa para banco de dados relacional (base de dados relacional). Muitas das características

Leia mais

ROTEIRO. A Linguagem SQL (I parte) CEFET.PHB - PI Prof. Jefferson Silva. As partes da linguagem SQL. A Linguagem de Definição de Dados (SQL-DDL)

ROTEIRO. A Linguagem SQL (I parte) CEFET.PHB - PI Prof. Jefferson Silva. As partes da linguagem SQL. A Linguagem de Definição de Dados (SQL-DDL) CEFET.PHB - PI Prof. Jefferson Silva SQL (MySql) ROTEIRO I PARTE - INTRODUÇÃO AO SQL COMANDOS E SUAS PARTES DA LINGUAGEM SQL II PARTE ADMINSTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS UTILIZANDO MYSQL PRINCIPAIS INSTRUÇÕES

Leia mais

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BANCO DE DADOS

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BANCO DE DADOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS CLAUDIO RIBEIRO DA SILVA MARÇO 1997 2 1 - CONCEITOS GERAIS DE 1.1 - Conceitos Banco de Dados - Representa

Leia mais

S Q L 31/03/2010. SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada

S Q L 31/03/2010. SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada Gerenciamento de Dados e Informação Fernando Fonseca Ana Carolina Robson Fidalgo SQL SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada Apesar do QUERY no nome, não é apenas de consulta,

Leia mais

Unidade III - BD Relacional

Unidade III - BD Relacional Structured Query Language (SQL) Conceitos Iniciais Álgebra Relacional - muito formal Cálculo Relacional de Tupla SEQUEL (Structured English QUEry Language) IBM - Sistema R SQL-86 SQL-92 SQL-3 102 Structured

Leia mais

S Q L 15/01/2013. Enfoques de SQL. Enfoques de SQL SQL. Usos de SQL. SQL - Origem/Histórico. Gerenciamento de Dados e Informação

S Q L 15/01/2013. Enfoques de SQL. Enfoques de SQL SQL. Usos de SQL. SQL - Origem/Histórico. Gerenciamento de Dados e Informação Enfoques de SQL Gerenciamento de Dados e Informação Fernando Fonseca Ana Carolina Valeria Times Bernadette Loscio Linguagem interativa de consulta (ad-hoc): usuários podem definir consultas independente

Leia mais

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Manipulação de Dados Banco de Dados SQL DML SELECT... FROM... WHERE... lista atributos de uma ou mais tabelas de acordo com alguma condição INSERT INTO... insere dados em uma tabela DELETE

Leia mais

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados EXERCÍCIOS PRÁTICOS Banco de Dados Introdução ao uso do SQL Structured Query Language, considerando tanto DDL Data Definition Language quanto DML Data Manipulation Language. Banco de Dados selecionado:

Leia mais

SQL BÁSICO. Introdução. Prof. Suelane Garcia. Linguagem SQL (Structured Query Language)

SQL BÁSICO. Introdução. Prof. Suelane Garcia. Linguagem SQL (Structured Query Language) SQL BÁSICO Prof. Suelane Garcia Introdução 2 Linguagem SQL (Structured Query Language) Linguagem de Consulta Estruturada padrão para acesso a Banco de Dados. Usada em inúmeros Sistemas de Gerenciamento

Leia mais

FEAP - Faculdade de Estudos Avançados do Pará PROFª LENA VEIGA PROJETOS DE BANCO DE DADOS UNIDADE V- SQL

FEAP - Faculdade de Estudos Avançados do Pará PROFª LENA VEIGA PROJETOS DE BANCO DE DADOS UNIDADE V- SQL Quando os Bancos de Dados Relacionais estavam sendo desenvolvidos, foram criadas linguagens destinadas à sua manipulação. O Departamento de Pesquisas da IBM desenvolveu a SQL como forma de interface para

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados Banco de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada (SQL)

Linguagem de Consulta Estruturada (SQL) Linguagem de Consulta Estruturada (SQL) Conceitos sobre a versão ANSI da SQL, a sublinguagem de definição de dados (DDL) e a sublinguagem de manipulação de dados (DML) Prof. Flavio Augusto C. Correia 1

Leia mais

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL 1. O que é Linguagem SQL 2. Instrução CREATE 3. CONSTRAINT 4. ALTER TABLE 5. RENAME TABLE 6. TRUCANTE TABLE 7. DROP TABLE 8. DROP DATABASE 1 1. O que é Linguagem SQL 2. O SQL (Structured Query Language)

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ARTEFATO 02 AT02 Diversos I 1 Indice ESQUEMAS NO BANCO DE DADOS... 3 CRIANDO SCHEMA... 3 CRIANDO TABELA EM DETERMINADO ESQUEMA... 4 NOÇÕES BÁSICAS SOBRE CRIAÇÃO E MODIFICAÇÃO

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Modelagem e Projeto de Banco de Dados Especialização em Tecnologia da Informação - Ênfases Março- 2009 1 Modelo Físico Introdução

Leia mais

SQL S Q L. Introdução. Enfoques de SQL. SQL - Origem/Histórico. Usos de SQL. SQL - Vantagens. Banco de Dados. Fernando Fonseca Ana Carolina

SQL S Q L. Introdução. Enfoques de SQL. SQL - Origem/Histórico. Usos de SQL. SQL - Vantagens. Banco de Dados. Fernando Fonseca Ana Carolina Introdução Banco de Dados SQL Fernando Fonseca Ana Carolina SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada Apesar do QUERY no nome, não é apenas de consulta, permitindo definição (DDL)

Leia mais

LINGUAGEM SQL. SQL Server 2008 Comandos iniciais

LINGUAGEM SQL. SQL Server 2008 Comandos iniciais 1 LINGUAGEM SQL SQL Server 2008 Comandos iniciais SQL - STRUCTURED QUERY LANGUAGE Quando os Bancos de Dados Relacionais estavam sendo desenvolvidos, foram criadas linguagens destinadas à sua manipulação.

Leia mais

SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL

SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL Criar uma base de dados (criar um banco de dados) No mysql: create database locadora; No postgresql: createdb locadora Criar

Leia mais

BANCO DE DADOS: SQL. Edson Anibal de Macedo Reis Batista. 27 de janeiro de 2010

BANCO DE DADOS: SQL. Edson Anibal de Macedo Reis Batista. 27 de janeiro de 2010 BANCO DE DADOS: SQL UERN - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Departamento de Ciências da Computação. 27 de janeiro de 2010 índice 1 Introdução 2 3 Introdução SQL - Structured Query Language

Leia mais

Básico da Linguagem SQL. Definição de Esquemas em SQL. SQL(Structured Query Language)

Básico da Linguagem SQL. Definição de Esquemas em SQL. SQL(Structured Query Language) Básico da Linguagem SQL Definição de Esquemas em SQL SQL(Structured Query Language) Desenvolvida como a linguagem de consulta do protótipo de SGBD Sistema R (IBM, 1976). Adotada como linguagem padrão de

Leia mais

Banco de Dados - Senado

Banco de Dados - Senado Banco de Dados - Senado Structured Query Language (SQL) Material preparado :Prof. Marcio Vitorino Ambiente Simplificado de um SGBD 2 Características dos SGBDs Natureza auto-contida de um sistema de banco

Leia mais

Banco de Dados. Maurício Edgar Stivanello

Banco de Dados. Maurício Edgar Stivanello Banco de Dados Maurício Edgar Stivanello Agenda Conceitos Básicos SGBD Projeto de Banco de Dados SQL Ferramentas Exemplo Dado e Informação Dado Fato do mundo real que está registrado e possui um significado

Leia mais

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL SQL TGD/JMB 1 Projecto de Bases de Dados Linguagem SQL SQL TGD/JMB 2 O que é o SQL? SQL ("ess-que-el") significa Structured Query Language. É uma linguagem standard (universal) para comunicação com sistemas

Leia mais

Gerenciamento de um Sistema de

Gerenciamento de um Sistema de SBD Gerenciamento de um Sistema de Banco de Dados Prof. Michel Nobre Muza ua michel.muza@ifsc.edu.br Prof. Marcos Antonio Viana Nascimento Por que é importante: Motivação Participar na organização e no

Leia mais

Structured Query Language (SQL) Aula Prática

Structured Query Language (SQL) Aula Prática Structured Query Language (SQL) Aula Prática Linguagens de SGBD Durante o desenvolvimento do sistema R, pesquisadores da IBM desenvolveram a linguagem SEQUEL, primeira linguagem de acesso para Sistemas

Leia mais

SQL - Criação de Tabelas

SQL - Criação de Tabelas SQL - Criação de Tabelas André Restivo Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto February 24, 2012 André Restivo (FEUP) SQL - Criação de Tabelas February 24, 2012 1 / 25 Sumário 1 Introdução 2 Tabelas

Leia mais

Álgebra Relacional. Conjunto de operações que usa uma ou duas relações como entrada e gera uma relação de saída. Operações básicas:

Álgebra Relacional. Conjunto de operações que usa uma ou duas relações como entrada e gera uma relação de saída. Operações básicas: Álgebra Relacional Conjunto de operações que usa uma ou duas relações como entrada e gera uma relação de saída operação (REL 1 ) REL 2 operação (REL 1,REL 2 ) REL 3 Operações básicas: seleção projeção

Leia mais

UFCD 787. Administração de base de dados. Elsa Marisa S. Almeida

UFCD 787. Administração de base de dados. Elsa Marisa S. Almeida UFCD 787 Administração de base de dados Elsa Marisa S. Almeida 1 Objectivos Replicação de base de dados Gestão de transacções Cópias de segurança Importação e exportação de dados Elsa Marisa S. Almeida

Leia mais

Introdução ao SQL. O que é SQL?

Introdução ao SQL. O que é SQL? Introdução ao SQL 1 O que é SQL? Inicialmente chamada de Sequel, SQL (Structured Query Language), é a linguagem padrão utilizada para comunicar-se com um banco de dados relacional. A versão original foi

Leia mais

Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD

Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD 2 1 Características dos SGBDs Natureza auto-contida de um sistema de banco de dados: metadados armazenados num catálogo ou dicionário de

Leia mais

Programação SQL. Introdução

Programação SQL. Introdução Introdução Principais estruturas duma Base de Dados: Uma BD relacional é constituída por diversas estruturas (ou objectos ) de informação. Podemos destacar: Database: designa a própria BD; Table/Tabela:

Leia mais

Linguagem SQL Parte I

Linguagem SQL Parte I FIB - Centro Universitário da Bahia Banco de Dados Linguagem SQL Parte I Francisco Rodrigues Santos chicowebmail@yahoo.com.br Slides gentilmente cedidos por André Vinicius R. P. Nascimento Conteúdo A Linguagem

Leia mais

Implementação de Banco de Dados. Cassio Diego cassiodiego.com/bd

Implementação de Banco de Dados. Cassio Diego cassiodiego.com/bd Implementação de Banco de Dados Cassio Diego cassiodiego.com/bd 1 Conteúdo: Aula 3 UNIDADE 2: LINGUAGEM SQL 1. Linguagens de Definição de Dados (DDL) 1.1. Criação de tabela: CREATE 1.2. Alteração de Tabela:

Leia mais

Linguagem SQL Sub-linguagem DDL

Linguagem SQL Sub-linguagem DDL Linguagem SQL Sub-linguagem DDL A SQL - Structured Query Language, foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation Language para suas

Leia mais

BANCO DE DADOS -INTRODUÇÃO AO SQL. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br

BANCO DE DADOS -INTRODUÇÃO AO SQL. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br BANCO DE DADOS -INTRODUÇÃO AO SQL Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br Os comandos SQL podem ser agrupados em 3 classes: DDL Data Definition Language Comandos para a Definição

Leia mais

SQL Structured Query Language. SQL Linguagem de Definição de Dados. SQL Structured Query Language. SQL Structured Query Language

SQL Structured Query Language. SQL Linguagem de Definição de Dados. SQL Structured Query Language. SQL Structured Query Language Pós-graduação em Ciência da Computação CCM-202 Sistemas de Banco de Dados SQL Linguagem de Definição de Dados Profa. Maria Camila Nardini Barioni camila.barioni@ufabc.edu.br Bloco B - sala 937 2 quadrimestre

Leia mais

Linguagem SQL. Comandos Básicos

Linguagem SQL. Comandos Básicos Linguagem SQL Comandos Básicos Caetano Traina Júnior Grupo de Bases de Dados e Imagens Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Universidade de São Paulo - São Carlos caetano@icmc.sc.usp.br Comando

Leia mais

SQL DDL. Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br

SQL DDL. Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br Banco de Dados I SQL DDL Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br Introdução Modelo relacional encontra-se padronizado pela indústria de informática. Ele é chamado de padrão SQL (Structured Query Language)

Leia mais

BANCO DE DADOS CONCEITOS BÁSICOS

BANCO DE DADOS CONCEITOS BÁSICOS Universidade Federal da Paraíba UFPB Centro de Energias Alternativas e Renováveis - CEAR Departamento de Eng. Elétrica DEE BANCO DE DADOS CONCEITOS BÁSICOS Isaac Maia Pessoa Introdução O que é um BD? Operações

Leia mais

SQL - Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados. Professor: José Antônio. José Antônio - CEFET-RN 23/09/2015

SQL - Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados. Professor: José Antônio. José Antônio - CEFET-RN 23/09/2015 SQL - Banco de Dados 1 Disciplina: Banco de Dados Professor: José Antônio 2 Tópicos de discussão Criando um banco de dados Incluindo, atualizando e excluindo linhas nas tabelas Pesquisa básica em tabelas

Leia mais

Operação de União JOIN

Operação de União JOIN Operação de União JOIN Professor Victor Sotero SGD 1 JOIN O join é uma operação de multi-tabelas Select: o nome da coluna deve ser precedido pelo nome da tabela, se mais de uma coluna na tabela especificada

Leia mais

Descrição Tinyint[(M)] Inteiro pequeno. Varia de 128 até +127

Descrição Tinyint[(M)] Inteiro pequeno. Varia de 128 até +127 Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de

Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de BD Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de informação para nosso êxito no curso. A intenção de elaborar

Leia mais

ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL. Carga horária: 32 Horas

ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL. Carga horária: 32 Horas ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL Carga horária: 32 Horas Pré-requisito: Para que os alunos possam aproveitar este treinamento ao máximo, é importante que eles tenham participado dos treinamentos

Leia mais

Exercícios de Lógica Exercícios de Fixação 08

Exercícios de Lógica Exercícios de Fixação 08 Exercícios Exercícios de Lógica Exercícios de Fixação 08 1. A linguagem SQL apresenta uma série de comandos que permitem a definição dos dados, chamada de DDL (Data Definition Language). Assinale a alternativa

Leia mais

Banco de dados 1. Linguagem SQL DDL e DML. Professor: Victor Hugo L. Lopes

Banco de dados 1. Linguagem SQL DDL e DML. Professor: Victor Hugo L. Lopes Banco de dados 1 Linguagem SQL DDL e DML Professor: Victor Hugo L. Lopes Agenda: Introdução à linguagem de dados; DDL; DML; CRUD; Introdução à linguagem SQL. 2 Por que precisamos da linguagem SQL? A algebra

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix Ingress SQL

Leia mais

Fundamentos do Sistema Gerenciador de Banco de Dados

Fundamentos do Sistema Gerenciador de Banco de Dados Fundamentos do Sistema Gerenciador de Banco de Dados Cláudio Luís V. Oliveira Janeiro de 2010 Definição "Um sistema cujo objetivo principal é gerenciar o acesso, a correta manutenção e a integridade dos

Leia mais

Introdução à linguagem SQL

Introdução à linguagem SQL Introdução à linguagem SQL 1 Histórico A linguagem de consulta estruturada (SQL - Structured Query Language) foi desenvolvida pela empresa IBM, no final dos anos 70. O primeiro banco de dados comercial

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL (86); SQL-2 (92); SQL-3 (99) e SQL:2003 não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere...

Leia mais

Banco de Dados. Structured Query Language SQL. Prof. Walteno Martins Parreira Jr 1. www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.

Banco de Dados. Structured Query Language SQL. Prof. Walteno Martins Parreira Jr 1. www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo. Banco de Dados Structured Query Language SQL Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2015 Comandos SQL Os comandos do SQL são classificados em três grupos,

Leia mais

IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1

IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1 IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1 Banco de Dados Fundamentos de SQL Structured Query Language Aula2 Apresentado por: Robson do Nascimento Fidalgo rdnf@cin.ufpe.br IF685

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL- (86); SQL- (9); SQL- (99) não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere... Base

Leia mais

SQL. Structured Query Language. Copyright 2003 2014 Prof. Edison Andrade Martins Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.

SQL. Structured Query Language. Copyright 2003 2014 Prof. Edison Andrade Martins Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti. SQL Structured Query Language Copyright 2003 2014 Prof. Edison Andrade Martins Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.br Sumário 1.CREATE TABLE... 5 1.1. Sintaxe... 5 1.2. A instrução CREATE TABLE

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE INFORMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO.

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE INFORMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE INFORMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Curso Oracle 10g Prof. MSc. Luciano Blomberg lblomberg@uol.com.br 2011/1

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL-1 (86); SQL- (9); SQL- (99) não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere... Base

Leia mais

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada)

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) M.Sc. Cristiano Mariotti mscmariotti@globo.com Introdução à SQL 1 Visão Geral Introdução Comandos de Definição de Dados Comandos de Manipulação de Dados Introdução

Leia mais

BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS. Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre

BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS. Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre ROTEIRO PARA O 3º TRIMESTRE 1. O MySQL DDL SQL 1. Como funciona o MySQL 2. Como criar um banco de dados no MySQL 3. Como criar tabelas: comandos

Leia mais

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS Compreender e utilizar a linguagem SQL, na construção e manutenção de uma base de dados.

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS Compreender e utilizar a linguagem SQL, na construção e manutenção de uma base de dados. PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 12.ºH CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO MULTIMÉDIA ANO LECTIVO 2013/2014 6. LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO IV Pré-requisitos: - Planificar e estruturar bases

Leia mais

SQL comando SELECT. SELECT [DISTINCT] FROM [condição] [ ; ] Paulo Damico - MDK Informática Ltda.

SQL comando SELECT. SELECT [DISTINCT] <campos> FROM <tabela> [condição] [ ; ] Paulo Damico - MDK Informática Ltda. SQL comando SELECT Uma das tarefas mais requisitadas em qualquer banco de dados é obter uma listagem de registros armazenados. Estas tarefas são executadas pelo comando SELECT Sintaxe: SELECT [DISTINCT]

Leia mais

Introdução a SQL. Prof. Anderson Cavalcanti UFRN-CT-DCA

Introdução a SQL. Prof. Anderson Cavalcanti UFRN-CT-DCA Introdução a SQL Prof. Anderson Cavalcanti UFRN-CT-DCA Características da Structured Query Language -SQL Características da SQL SQL é uma linguagem de pesquisa declarativa para banco de dados relacional.

Leia mais

SQL. Banco de Dados I. Componentes de SQL

SQL. Banco de Dados I. Componentes de SQL Banco de Dados I Adrovane Marques Kade 1 1 Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia adrovane.kade@bento.ifrs.edu.br 2011/1 ( Structured Query Language

Leia mais

Linguagem SQL (Parte I)

Linguagem SQL (Parte I) Universidade Federal de Sergipe Departamento de Sistemas de Informação Itatech Group Jr Softwares Itabaiana Site: www.itatechjr.com.br E-mail: contato@itatechjr.com.br Linguagem SQL (Parte I) Introdução

Leia mais

AULA 02: SQL. 1. Apresentação 1 2. Questões Comentadas 1 3. Lista das questões apresentadas 28 4. Gabarito 42

AULA 02: SQL. 1. Apresentação 1 2. Questões Comentadas 1 3. Lista das questões apresentadas 28 4. Gabarito 42 AULA 02: SQL SUMÁRIO PÁGINA 1. Apresentação 1 2. Questões Comentadas 1 3. Lista das questões apresentadas 28 4. Gabarito 42 1. APRESENTAÇÃO Ola amigos(as), Sem mais delongas, vamos a nossa aula de SQL.

Leia mais

Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL

Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL Oracle University Entre em contato: 0800 891 6502 Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL Duração: 5 Dias Objetivos do Curso Esta classe se aplica aos usuários do Banco de Dados Oracle8i,

Leia mais

Comandos DDL. id_modulo = id_m odulo

Comandos DDL. id_modulo = id_m odulo Comandos DDL Estudo de Caso Controle Acadêmico Simplificado Uma escola contém vários cursos, onde cada aluno possui uma matricula num determinado curso. Estes cursos, por sua vez, possuem módulos, aos

Leia mais

Histórico de revisões

Histórico de revisões Apostila 3 Histórico de revisões Data Versão Descrição Autor 30/09/2011 1.0 Criação da primeira versão HEngholmJr CONTEÚDO Exclusão de registros Consultas por Dados de Resumo Group by / Having Funções

Leia mais

Disciplina: Unidade V: Prof.: E-mail: Período:

Disciplina: Unidade V: Prof.: E-mail: Período: Encontro 17 Disciplina: Sistemas de Banco de Dados Unidade V: Introdução à Linguagem SQL Prof.: Mario Filho E-mail: pro@mariofilho.com.br Período: 5º. SIG - ADM 13. Introdução à Linguagem SQL Introdução

Leia mais

SQL. Profa. Msc. Fernanda Lígia Rodrigues Lopes. Disciplina: Fundamentos de Banco de Dados

SQL. Profa. Msc. Fernanda Lígia Rodrigues Lopes. Disciplina: Fundamentos de Banco de Dados SQL Profa. Msc. Fernanda Lígia Rodrigues Lopes Disciplina: Fundamentos de Banco de Dados Roteiro O que é SQL? Breve Histórico da SQL Usos da SQL Comandos SQL DDL Comandos SQL DML Comandos para consultas

Leia mais

Sistemas de Banco de Dados

Sistemas de Banco de Dados Sistemas de Banco de Dados Everson Santos Araujo everson@por.com.br Conceitos Dado - Um fato que pode ser armazenado Banco de dados (BD) - Coleção de dados interrelacionados Sistema Gerenciador de Banco

Leia mais

1. Domínio dos Atributos

1. Domínio dos Atributos Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br 1. Domínio dos Atributos Por domínio, ou tipo, pode-se entender como a maneira como determinado atributo (ou campo, se tratando

Leia mais

Banco de Dados II. Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico

Banco de Dados II. Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico Banco de Dados II Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com

Leia mais

SQL SQL BANCO DE DADOS 2. Componentes do SQL (1) Componentes do SQL (2) DDL Criação de banco de dados. Padrões de SQL

SQL SQL BANCO DE DADOS 2. Componentes do SQL (1) Componentes do SQL (2) DDL Criação de banco de dados. Padrões de SQL BANCO DE DADOS 2 SQL (CREATE TABLE, CONSTRAINTS, DELETE, UPDATE e INSERT) Prof. Edson Thizon SQL SQL ( structured query language ) é uma linguagem comercial de definição e manipulação de banco de dados

Leia mais

Laboratório de Banco de Dados II

Laboratório de Banco de Dados II Laboratório de Banco de Dados II Esquema de um banco de dados relacional Em aulas anteriores, vocês implantaram um projeto físico de banco de dados com todos os seus elementos, inclusive tratando do projeto

Leia mais

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS POSTGRESQL O PostgreSQL é um sistema gerenciador de banco de dados dos mais robustos e avançados do mundo. Seu código é aberto e é totalmente gratuito,

Leia mais

BANCO DE DADOS WEB AULA 4. linguagem SQL: subconjuntos DCL, DDL e DML. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

BANCO DE DADOS WEB AULA 4. linguagem SQL: subconjuntos DCL, DDL e DML. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com BANCO DE DADOS WEB AULA 4 linguagem SQL: subconjuntos DCL, DDL e DML professor Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com O que é SQL? Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL,

Leia mais

Principais Instruções em SQL. Contidas nesta apostila as principais instruções em SQL para a manutenção em Bancos de Dados.

Principais Instruções em SQL. Contidas nesta apostila as principais instruções em SQL para a manutenção em Bancos de Dados. Principais Instruções em SQL Contidas nesta apostila as principais instruções em SQL para a manutenção em Bancos de Dados. Atenção: Esta apostila foi desenvolvida com o auxílio on-line do banco MS-ACCESS,

Leia mais