DML. SQL (Select) Verificando estrutura da tabela

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DML. SQL (Select) Verificando estrutura da tabela"

Transcrição

1 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BANCO DE DADOS 2 SQL (Select) PROF: EDSON THIZON DML É a parte mais ampla da SQL. Permite pesquisar, alterar, incluir e deletar dados da base de dados. São quatro as sentenças mais importantes da DML: SELECT: permite a pesquisa de dados; UPDATE: permite a atualização de dados; DELETE: permite a deleção de dados; INSERT: permite a inclusão de dados. LIMITES DO ORACLE RDBMS ITEM LIMITE Tabela na Base de dados Não há limites. Linhas por Tabelas Não há limites Colunas por tabelas 254 Indices por tabelas Não há limites Tebelas ou views joined em Não há limites uma query Niveis de ninho de subqueries 30 Caracteres em um nome 255 Colunas por índices 16 TIPOS DE DADOS(DATATYPES) TIPO DESCRIÇÃO DO TIPO DE DADO Char(n) Tamanho Fixo, pode conter uma seqüência de 1 a 255 bytes alfanuméricos; Varchar2(n) Tamanho Variável, pode conter uma seqüência de 1 a 2000 bytes - alfanuméricos. Long Tamanho Variável até 2 Gigabytes alfanuméricos nota : só pode existir uma coluna long em cada tabela Number(p,s) Numérico com sinal e ponto decimal, sendo precisão de 1 a 38 dígitos Raw Binário - Variável até 255 bytes Long Raw Binário - Variável até 2 gigabytes - imagem Date Data c/ hora, minuto e segundo Tabelas utilizadas nos exemplos: EMP ( EMPNO, ENAME, JOB, MGR, HIREDATE, SAL, COMM, DEPTNO); EMPNO = Código do Empregado MGR = Código do Gerente ENAME = Nome do Empregado SAL = Salário JOB = Função do Empregado COMM = Comissão HIREDATE= Data de Admissão\Nascimento DEPTNO = Código Departamento DEPT (DEPTNO, DNAME) DEPTNO = Código Departamento DNAME = Nome do Departamento SALGRADE (GRADE, LOSAL, HISAL) GRADE = Nível do Salário LOSAL = Menor Salário no Nível HISAL = Maior Salário no Nível Verificando estrutura da tabela Desc EMP; Desc DEPT; Desc SALGRADE; 1

2 SELECT - Lista os atributos desejados como resultados de uma consulta; - Corresponde a operação de projeção da álgebra relacional; - Lista de atributos pode ser substituído por * (todos); From - Lista de relação (tabelas) a serem usados na execução da expressão; WHERE -São definidos critérios de pesquisa envolvendo atributos das relações (tabelas) definidas na cláusula from ; -Corresponde ao predicado da operação de seleção da álgebra relacional; -Comando opcional; s: 1- Selecionar todos os atributos de cada empregado: SELECT * FROM emp; 2- Selecionar todos os empregados com emprego de Gerente (Manager) e ordenado por nome; SELECT * FROM emp WHERE job = MANAGER ; Observe que o Oracle é sensitivo quanto a letras maiúsculas e minúsculas, e veja como os nomes dos empregados foram registrados. Comparação de Valores = Igual > maior >= Maior ou igual < Menor <= Menor ou igual!= Não Igual <> Diferente And E Or OU 3- Selecionar os nomes de todos os empregados Gerentes com salários maior que R$ 500,00 SELECT ename FROM emp Where job = MANAGER and sal > 500; 4- Selecionar o nome dos empregados do departamento 10 com salario maior que 600. SELECT ENAME WHERE DEPTNO=10 AND SAL>600; Order By - Especifica a seqüência de ordenação da tabela criada pela consulta; - Comando opcional; - Qualificador opcional : asc / desc. Select A1, A2,...,An From r1,r2,...rm Where P Onde A são os campos a serem selecionados, R são as tabelas, e P é uma condição. 5- Selecionar o nome do empregado em ordem alfabética: SELECT ename FROM emp ORDER BY ename; 6- Selecionar para cada empregado o seu nome e a sua função ordenado primeiramente por função e depois por empregado: SELECT ename, job FROM emp ORDER BY job, ename 2

3 COMANDO DE COMPAÇÃO DE VALORES Between Faz uma pesquisa entre uma faixa de valores para um campo da tabela. Not Between Faz uma pesquisa descartando uma faixa de valores. Selecionar todos empregados que tem comissao entre 0 e 1000 Select * where comm between 0 and 1000; Selecionar o nome dos gerentes com salario entre 1000 e SELECT ENAME WHERE JOB='MANAGER' AND SAL between 1000 AND 3000; IN Consulta a presença de um campo em um conjunto de valores NOT IN Consulta a não presença de um campo em um conjunto de valores Selecionar o nome dos empregados com códigos 7499, 7566, SELECT EMPNO, ENAME WHERE EMPNO IN (7566,7788, 7499); Selecionar o nome dos empregados que não possuem os códigos 7499, 7566, SELECT EMPNO, ENAME WHERE EMPNO IN (7566,7788, 7499); Like Compara a existência de uma caracter em uma determinada posição em uma string. _ Testa a existência de um caracter não nulo na posição; % representa qualquer seqüência de n caracteres. Not Like Compara a não existência de um caracter em uma determinada posição em uma string. Selecionar o nome e código dos empregados que o nome inicia com a letra 'C'. SELECT EMPNO,ENAME WHERE ENAME LIKE 'C%'; SELECT * WHERE ENAME NOT LIKE %FORD% Neste caso localiza todos os empregados que não possuem sobrenome FORD. 3

4 Is Null Verifica se o valor do campo comparado é zero ou vazio; Is Not Null Verifica se o valor do campo comparado não é zero ou vazio; Selecionar o nome, código e salario dos empregados que não possuem comm. SELECT EMPNO,ENAME,SAL WHERE COMM IS NULL; E os que possuem: SELECT EMPNO,ENAME,SAL WHERE COMM IS NOT NULL; + adição - Subtração * Multiplicação / Divisão Operadores Aritméticos Selecionar o nome dos empregados, seu salário e o salário mais 300: Select ename, sal, sal Selecionar o nome dos empregados, seu salário e 10 % do salário: Select ename, sal, sal *0.10 Usando Coluna Alias Select ename As nome, sal salario ; Usando o comando de concatenação Concatena colunas ou caracteres com outras colunas ( ) Nome salario Select ename job as Empregado 4

5 Eliminando Linhas Duplicadas Para Eliminar as linhas duplicadas use a palavra DISTINCT na cláusula SELECT. Lista de Exercícios 1 : Select Distinct deptno form emp; Round Trunc Mod Power Sign SQRT Funções Numéricas ROUND(SAL,2) TRUNC(SAL,2) Mod(sal,comm) Power(sal,2) Sign(sal) SQRT(25) sal é arredondado para 2 casas apos o ponto decimal Sal é truncado para 2 dígitos após o ponto decimal. Retorna o resto da divisão de sal/comm Retorna o sal elevado ao quadrado. Se SAL maior que O retorna +1 Se SAL menor que 0 retorna -1 Se SaL igual a 0 retorna 0. retorna a raiz quadrada de 25 NVL NVL(COMM,0) se o valor for nulo é substituído por 0 Selecionar o nome dos empregados, seu salário e o salário mais 300 com duas casas decimais: Select ename, round(sal,2), round(sal + 300,2) Selecionar o nome dos empregados, seu salário e 10 % do salário sem nenhuma casa decimal: Select ename, sal, trunc(sal *0.10) Funções de data Funções de caracteres ADD_MONTHS MONTHS_BETWEEN ADD_MONTHS(HIREDATE,5) MONTHS_BETWEEN(HIRED ATE,SYSDATE) ADICIONA 5 MESES NA DATA HIREDATE CALCULA O NÚMERO DE MESES BETWEEN ENTRE AS DATAS initcap length INITCAP(ENAME) LENGTH(ENAME) RETORNA A STRING COM A PRIMEIRA LETRA EM MAIÚSCULO RETORNA O NÚMERO DE CARACTERES QUE A STRING POSSUI NEXT_DAY NEXT_DAY(HIREDATE,'FRID AY') PROCURA UMA SEXTA- FEIRA APÓS HIREDATE Lower LOWER(ENAME) RETORNA A STRING EM MINÚSCULO LAST_DAY LAST_DAY(SYSDATE) RETORNA A DATA TOMANDO COMO PARAMETRO O 'FMT' Upper UPPER(ENAME) RETORNA A STRING EM MAIÚSCULO TRUNC TRUNC(SYSDATE,FMT) TRUNCA A DATA PARA A PRIMEIRA DATA DO 'FMT' Substr SUBSTR(JOB,1,3) RETORNA UMA PARTE DA STRING, PASSADO O CARACTER INICIAL E A QUANTIDADE A RETORNAR TRIM TRIM(JOB) retira os espaços em branco da direita e esquerda 5

6 Funções de conversão FUNÇÕES AVG ([DISTINCT ALL] n) - valor médio de n, ignorando valores nulos. Funções TO_CHAR TO_DATE TO_CHAR(SYSDADE, YY ) TO_DATE( 15/05/90, DD/MM/ YY ) Resultado CONVERTE COLUNAS DO TIPO NUMBER E DATA PARA CHAR. CONVERTE COLUNAS DO TIPO CHAR PARA O FORMATO DE DATA. COUNT ([DISTINCT ALL] expr * ) - número de vezes que a expressão de número EXPR avalia algo diferente de NULO. '*' faz com que COUNT conte todas as linhas selecionadas, incluindo duplicadas e linhas com nulos. MAX ([DISTINCT ALL] expr) - valor máximo de expr MIN ([DISTINCT ALL] expr) - valor mínimo de min SUM ([DISTINCT ALL] n) - soma os valores de n ignorando valores nulos NVL(expr, 0) - converte um valor nulo. TO_NUMBER TO_NUMBER(SUBSTR( $150, 2,3)) CONVERTE AS 3 ULTIMAS (EM FORMATO CHAR) PARA MUMBER. Select max(sal), Min(sal) ; Selecionar a média de salário. SELECT AVG(SAL) ; Selecionar a quantidade de empregados. SELECT COUNT(ENAME) ; Selecionar total de salário pago pela empresa. SELECT SUM(SAL) ; Selecionar o maior salario entre os gerentes. SELECT MAX(SAL) WHERE JOB='MANAGER'; GROUP BY Forma grupos com as tuplas da tabela especificada na cláusula from, que possuem o mesmo valor no atributo especificado na cláusula grupo by; Para ter resultado em ordem, deve ser especificado também a clausula order by(após a clausula group by). Select deptno, count(empno) group by deptno; REGRA PARA UTILIZAR FUNÇÕES DE GRUPO: Se você incluir uma função de grupo em um comando SELECT, você não pode selecionar resultados individuais a menos que a coluna individual apareça na cláusula GROUP BY. s Selecionar a média salarial de cada departamento. - SELECT AVG(SAL), DEPTNO GROUP BY DEPTNO; Selecionar a média salarial de cada profissão. - SELECT AVG(SAL), JOB GROUP BY JOB; HAVING Having é para os grupos o que o where é para as linhas. Em outras palavras, é utilizado para eliminar grupos, onde where é utilizado para eliminar linhas. : Select curso_alu, avg(idade) from alunos group by curso_alu having aveg(idade) > 18; 6

7 s Selecionar a media de salario dos departamentos com media superiora 700. SELECT AVG(SAL), DEPTNO GROUP BY DEPTNO HAVING AVG(SAL)>700; Selecionar a media salarial das funções com media inferior a SELECT AVG(SAL), JOB GROUP BY JOB HAVING AVG(SAL)<1550; Lista de Exercícios 2 EQUI-JOIN JUNÇÕES (JOIN) O relacionamento entre a tabela EMP e a tabela DEPT é um EQUI- JOIN, onde os valores na coluna DEPTNO em ambas as tabelas são iguais. O operador de comparação ' = ' é utilizado. A condição de Join é especificada na cláusula WHERE. Para juntar as duas tabelas EMP e DEPT, digite: SELECT ENAME, JOB, DNAME, DEPT WHERE EMP.DEPTNO = DEPT.DEPTNO; Cont... Caso deseje-se listar colunas que são ambíguas para ambas as tabelas, deve-se especificar no nome da tabela ANTES DO nome da coluna desejada. : SELECT DEPT.DEPTNO, ENAME, JOB, DNAME, DEPT WHERE DEPT.DEPTNO = EMP.DEPTNO ORDER BY DEPT.DEPTNO; Cont.. NON- EQUI-JOIN O relacionamento entre EMP e SALGRADE caracteriza um NON-EQUI-JOIN, onde nenhuma coluna em EMP corresponde diretamente a uma coluna em SALGRADE. Neste caso, um operador diferente do = precisa ser utilizado. No caso abaixo utilizamos o BETWEEN. Para determinar a qual faixa salarial um determinado empregado se encaixa, usamos: DICA: o número de joins = número de tabelas - 1 SELECT E.ENAME, E.SAL, S.GRADE E, SALGRADE S WHERE E.SAL BETWEEN S.LOSAL AND S.HISAL; 7

8 Subconsultas Cont... s: s: 1- Empregados que possuem salário maior do que a média: SELECT ENAME, SAL WHERE SAL > (SELECT AVG(SAL) ); 2- Empregados que possuem salário menor do que a média dos MANAGER com seu respectivo cargo: SELECT ENAME, SOB, SAL WHERE SAL < (SELECT AVG(SAL) WHERE JOB = MANAGER ); Referência Bibliográfica Lista de Exercícios 3 FERNANDES, Lúcia. Oracle 9i para desenvolvedores : Oracle developer 6i curso completo. Rio de Janeiro : Axcel Books, p. 8

SQL DML BANCO DE DADOS. Verificando estrutura da tabela

SQL DML BANCO DE DADOS. Verificando estrutura da tabela BANCO DE DADOS SQL (DML: SELECT, INSERT, UPDATE, DELETE) Prof. Edson Thizon DML É a parte mais ampla da SQL. Permite pesquisar, alterar, incluir e deletar dados da base de dados. São quatro as sentenças

Leia mais

SQL SQL BANCO DE DADOS 2. Componentes do SQL (1) Componentes do SQL (2) DDL Criação de banco de dados. Padrões de SQL

SQL SQL BANCO DE DADOS 2. Componentes do SQL (1) Componentes do SQL (2) DDL Criação de banco de dados. Padrões de SQL BANCO DE DADOS 2 SQL (CREATE TABLE, CONSTRAINTS, DELETE, UPDATE e INSERT) Prof. Edson Thizon SQL SQL ( structured query language ) é uma linguagem comercial de definição e manipulação de banco de dados

Leia mais

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Manipulação de Dados Banco de Dados SQL DML SELECT... FROM... WHERE... lista atributos de uma ou mais tabelas de acordo com alguma condição INSERT INTO... insere dados em uma tabela DELETE

Leia mais

Comandos de Manipulação

Comandos de Manipulação SQL - Avançado Inserção de dados; Atualização de dados; Remoção de dados; Projeção; Seleção; Junções; Operadores: aritméticos, de comparação,de agregação e lógicos; Outros comandos relacionados. SQL SQL

Leia mais

Linguagem SQL. Bancos de Dados II Linguagem SQL

Linguagem SQL. Bancos de Dados II Linguagem SQL Linguagem SQL Bancos de Dados II Linguagem SQL SQL - Principais conceitos Machado cap.14 Introdução Importância da linguagem SQL; 1970 - Fundamentada no modelo relacional de CODD; 1974 1ª versão - SEQUEL

Leia mais

SQL. Histórico BANCO DE DADOS. Conceito. Padrões de SQL (1) Componentes do SQL (1) Padrões de SQL (2) (DDL: CREATE TABLE, CONSTRAINTS)

SQL. Histórico BANCO DE DADOS. Conceito. Padrões de SQL (1) Componentes do SQL (1) Padrões de SQL (2) (DDL: CREATE TABLE, CONSTRAINTS) BANCO DE DADOS SQL (DDL: CREATE TABLE, CONSTRAINTS) Prof. Edson Thizon Histórico Entre 1974 e 1979, o San José Research Laboratory da IBM desenvolveu um SGDB relacional que ficou conhecido como Sistema

Leia mais

Criando Instruções SQL Básicas Objetivos:

Criando Instruções SQL Básicas Objetivos: Criando Instruções SQL Básicas Objetivos: Listar os recursos das instruções SELECT SQL Executar uma instrução SELECT básica Diferenciar instruções SQL e comandos SQL*Plus 1 Recursos das Instruções SELECT

Leia mais

Structured Query Language (SQL)

Structured Query Language (SQL) SQL Histórico Structured Query Language (SQL) Foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation Language) para suas primeiras tentativas

Leia mais

Pedro F. Carvalho OCP Oracle 2008.2 10g LINGUAGEM SQL. www.pedrofcarvalho.com.br contato@pedrofcarvalho.com.br São José do Rio Preto

Pedro F. Carvalho OCP Oracle 2008.2 10g LINGUAGEM SQL. www.pedrofcarvalho.com.br contato@pedrofcarvalho.com.br São José do Rio Preto Pedro F. Carvalho OCP Oracle 2008.2 10g LINGUAGEM SQL Objetivos Revisando a sintaxe SQL SELECT, UPDATE, INSERT, DELETE Manipulando expressões Funções matemáticas, etc Condições de Pesquisa Funções de Agregação

Leia mais

SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável.

SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável. SQL (Structured Query Language) SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável. Além de permitir a realização de consultas, SQL possibilita: definição

Leia mais

Programação SQL. INTRODUÇÃO II parte

Programação SQL. INTRODUÇÃO II parte Programação SQL INTRODUÇÃO II parte Programação SQL SELECT; INSERT; UPDATE; DELETE. Este conjunto de comandos faz parte da sublinguagem denominada por DML Data Manipulation Language (Linguagem de manipulação

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML INTRODUÇÃO A SQL - Structured Query Language, foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation

Leia mais

SQL. SQL (Structured Query Language) Comando CREATE TABLE. SQL é uma linguagem de consulta que possibilita:

SQL. SQL (Structured Query Language) Comando CREATE TABLE. SQL é uma linguagem de consulta que possibilita: SQL Tópicos Especiais Modelagem de Dados Prof. Guilherme Tavares de Assis Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Mestrado Profissional em Ensino de Ciências

Leia mais

Ex.: INSERT INTO tmpautor (CDAUTOR, NMAUTOR) VALUES (1, Renato Araújo )

Ex.: INSERT INTO tmpautor (CDAUTOR, NMAUTOR) VALUES (1, Renato Araújo ) PRONATEC - Programador de Sistemas Banco de Dados 1) Incluindo linhas nas tabelas a. Para incluir linhas em tabelas utilize o comando INSERT INTO INSERT INTO tabela [ ( coluna [, coluna,...] ) ] VALUES

Leia mais

MODELO DE DADOS VS ESQUEMA

MODELO DE DADOS VS ESQUEMA MODELO DE DADOS VS ESQUEMA Um modelo de dados é um conjunto de conceitos usados para se descrever dados. Um esquema é uma descrição de uma determinada coleção de dados, descrição essa baseada num certo

Leia mais

Princípio dos anos 70 IBM desenvolve a linguagem Sequel para o System R. Standards ISO e ANSI SQL-86, SQL-89, SQL-92, SQL:1999, SQL:2003

Princípio dos anos 70 IBM desenvolve a linguagem Sequel para o System R. Standards ISO e ANSI SQL-86, SQL-89, SQL-92, SQL:1999, SQL:2003 Bases de Dados Introdução à linguagem SQL História Princípio dos anos 70 IBM desenvolve a linguagem Sequel para o System R Renomeada para SQL (Structured Query Language) Standards ISO e ANSI SQL-86, SQL-89,

Leia mais

Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br

Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Programação com acesso a BD Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br 1 Agenda Estrutura Básica de consultas SQL: A cláusula SELECT; A cláusula FROM; A cláusula WHERE. Operação com cadeias

Leia mais

Banco de Dados I. Linguagem de Consulta (parte I) DDL DML

Banco de Dados I. Linguagem de Consulta (parte I) DDL DML Banco de Dados I Linguagem de Consulta (parte I) DDL DML Linguagem de Consulta:SQL contéudo Structured Query Language Originalmente SEQUEL Structured English Query Language Projeta e Implementada pela

Leia mais

Introdução ao SQL Avançado

Introdução ao SQL Avançado Introdução ao SQL Avançado Introdução as consultas, manipulação e a filtragem de dados com a linguagem SQL Prof. MSc. Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão

Leia mais

Banco de Dados I Linguagem SQL Parte 2. Autor: Prof. Cláudio Baptista Adaptado por: Prof. Ricardo Antonello

Banco de Dados I Linguagem SQL Parte 2. Autor: Prof. Cláudio Baptista Adaptado por: Prof. Ricardo Antonello Banco de Dados I Linguagem SQL Parte 2 Autor: Prof. Cláudio Baptista Adaptado por: Prof. Ricardo Antonello Introdução Como vimos, um SGBD possui duas linguagens: DDL: Linguagem de Definição de Dados. Usada

Leia mais

SQL DML. Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br

SQL DML. Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br Banco de Dados I SQL DML Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br SQL - DML Os exemplos da aula serão elaborados para o esquema de dados a seguir: Empregado(matricula, nome, endereco, salario, supervisor,

Leia mais

Banco de Dados I. Linguagem de Consulta (parte II) Recuperando Dados de Várias Tabelas (JOINS)

Banco de Dados I. Linguagem de Consulta (parte II) Recuperando Dados de Várias Tabelas (JOINS) Banco de Dados I Linguagem de Consulta (parte II) Recuperando Dados de Várias Tabelas (JOINS) Exemplo - pedido Diagrama Entidade-Relacionamento N Pedido N possui N Produto N faz tira 1 Cliente 1 Vendedor

Leia mais

SQL. Prof. Márcio Bueno. {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com

SQL. Prof. Márcio Bueno. {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com SQL Prof. Márcio Bueno {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com Material dos professores Ana Carolina Salgado, Fernando Foncesa e Valéria Times (CIn/UFPE) SQL SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta

Leia mais

Bases de Dados. DML Data Manipulation Language Parte 1

Bases de Dados. DML Data Manipulation Language Parte 1 Bases de Dados DML Data Manipulation Language Parte 1 DML Data Manipulation Language Diz respeito à manipulação dos dados. É utilizada para: Inserir dados numa tabela(tuplos) Remover dados de uma tabela(tuplos)

Leia mais

António Rocha Nuno Melo e Castro

António Rocha Nuno Melo e Castro António Rocha Nuno Melo e Castro SQL- Strutured Query Language é a linguagem mais usada nas bases dados relacionais. Originalmente desenvolvida pela IBM Actualmente é um standard, o mais recente é o SQL:2003

Leia mais

Principais Instruções em SQL. Contidas nesta apostila as principais instruções em SQL para a manutenção em Bancos de Dados.

Principais Instruções em SQL. Contidas nesta apostila as principais instruções em SQL para a manutenção em Bancos de Dados. Principais Instruções em SQL Contidas nesta apostila as principais instruções em SQL para a manutenção em Bancos de Dados. Atenção: Esta apostila foi desenvolvida com o auxílio on-line do banco MS-ACCESS,

Leia mais

Álgebra Relacional. Conjunto de operações que usa uma ou duas relações como entrada e gera uma relação de saída. Operações básicas:

Álgebra Relacional. Conjunto de operações que usa uma ou duas relações como entrada e gera uma relação de saída. Operações básicas: Álgebra Relacional Conjunto de operações que usa uma ou duas relações como entrada e gera uma relação de saída operação (REL 1 ) REL 2 operação (REL 1,REL 2 ) REL 3 Operações básicas: seleção projeção

Leia mais

SQL (Structured Querie Language) Escola Secundária de Emídio Navarro 2001/2002 Estruturas, Tratamento e Organização de Dados

SQL (Structured Querie Language) Escola Secundária de Emídio Navarro 2001/2002 Estruturas, Tratamento e Organização de Dados SQL (Structured Querie Language) SQL é mais que uma linguagem de interrogação estruturada. Inclui características para a definição da estrutura de dados, para alterar os dados de uma base de dados, e para

Leia mais

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada)

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) M.Sc. Cristiano Mariotti mscmariotti@globo.com Introdução à SQL 1 Visão Geral Introdução Comandos de Definição de Dados Comandos de Manipulação de Dados Introdução

Leia mais

Tarefa Orientada 13 Agrupamento e sumário de dados

Tarefa Orientada 13 Agrupamento e sumário de dados Tarefa Orientada 13 Agrupamento e sumário de dados Objectivos: Funções de agregação Agrupamento e sumário de dados Funções de agregação Nesta tarefa orientada iremos formular consultas que sumariam os

Leia mais

Uma expressão básica em SQL consiste em três cláusulas: select, from e where.

Uma expressão básica em SQL consiste em três cláusulas: select, from e where. Introdução a Banco de Dados O.K. Takai; I.C.Italiano; J.E. Ferreira. 67 8 A Linguagem SQL A linguagem SQL é um padrão de linguagem de consulta comercial que usa uma combinação de construtores em Álgebra

Leia mais

BANCO DE DADOS II LINGUAGEM SQL - STRUCTURED QUERY LANGUAGE. Prof.: Elvis Bloemer Meurer

BANCO DE DADOS II LINGUAGEM SQL - STRUCTURED QUERY LANGUAGE. Prof.: Elvis Bloemer Meurer BANCO DE DADOS II LINGUAGEM SQL - STRUCTURED QUERY LANGUAGE Prof.: Elvis Bloemer Meurer ORLEANS, 2011 1 CAPITULO 6: FUNÇÕES DE GRUPO...4 6.1 OBJETIVOS DESTE CAPÍTULO...4 6.2 FUNÇÕES DISPONÍVEIS...4 6.3

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada (SQL)

Linguagem de Consulta Estruturada (SQL) Linguagem de Consulta Estruturada (SQL) Conceitos sobre a versão ANSI da SQL, a sublinguagem de definição de dados (DDL) e a sublinguagem de manipulação de dados (DML) Prof. Flavio Augusto C. Correia 1

Leia mais

1. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 4

1. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 4 1. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 4 1.1. BANCO DE DADOS 4 1.2. BANCOS DE DADOS RELACIONAIS 5 1.3. SISTEMAS GERENCIADORES DE BANCOS DE DADOS 9 1.4. OBJETOS DO BANCO DE DADOS. 11 1.5. USUÁRIOS DO BANCO DE DADOS 11

Leia mais

Banco de Dados. Prof. Antonio

Banco de Dados. Prof. Antonio Banco de Dados Prof. Antonio SQL - Structured Query Language O que é SQL? A linguagem SQL (Structure query Language - Linguagem de Consulta Estruturada) é a linguagem padrão ANSI (American National Standards

Leia mais

ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL. Carga horária: 32 Horas

ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL. Carga horária: 32 Horas ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL Carga horária: 32 Horas Pré-requisito: Para que os alunos possam aproveitar este treinamento ao máximo, é importante que eles tenham participado dos treinamentos

Leia mais

Linguagem de Consulta - SQL

Linguagem de Consulta - SQL Complementos da Linguagem SQL - Eliminando Tuplas Repetidas Exemplo: Obter o código das editoras que têm livros publicados CodEditora Titulo Publicacao... 04 Banco de Dados 1989 02 Análise 2000 01 XML

Leia mais

SQL - Structured Query Language

SQL - Structured Query Language SQL - Structured Query Language Pág.: 2/48 SUMÁRIO ARQUITETURA CLIENTE/SERVIDOR... 4 BANCOS DE DADOS BASEADOS NA ARQUITETURA CLIENTE/SERVIDOR... 4 VANTAGENS DA TECNOLOGIA CLIENTE/SERVIDOR... 5 SEPARAÇÃO

Leia mais

SQL UMA ABORDAGEM INTERESSANTE

SQL UMA ABORDAGEM INTERESSANTE SQL é uma linguagem de consulta estruturada, do inglês Structured Query Language. É uma linguagem de pesquisa declarativa para banco de dados relacional (base de dados relacional). Muitas das características

Leia mais

4.6. SQL - Structured Query Language

4.6. SQL - Structured Query Language 4.6. SQL - Structured Query Language SQL é um conjunto de declarações que é utilizado para acessar os dados utilizando gerenciadores de banco de dados. Nem todos os gerenciadores utilizam SQL. SQL não

Leia mais

SQL Consultas Básicas

SQL Consultas Básicas SQL Consultas Básicas Consulta a dados de uma tabela select lista_atributos from tabela [where condição] Mapeamento para a álgebra relacional select a 1,..., a n from t where c π a1,..., an (σ c (t)) Exemplos

Leia mais

Banco de Dados. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br. Exercícios SQL

Banco de Dados. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br. Exercícios SQL Banco de Dados Exercícios SQL 1 TRF (ESAF 2006) 32. Analise as seguintes afirmações relacionadas a Bancos de Dados e à linguagem SQL: I. A cláusula GROUP BY do comando SELECT é utilizada para dividir colunas

Leia mais

Ex.: INSERT INTO tmpautor (CDAUTOR, NMAUTOR) VALUES (1, Renato Araújo )

Ex.: INSERT INTO tmpautor (CDAUTOR, NMAUTOR) VALUES (1, Renato Araújo ) Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: B1SGB - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados Memória de aula Aula 10 1) Incluindo linhas nas tabelas a. Para incluir linhas em tabelas

Leia mais

Projeto de Banco de Dados

Projeto de Banco de Dados Projeto de Banco de Dados SQL-Consultas Comando SELECT Prof. Luiz Antônio Vivacqua C. Meyer (la.vivacqua@gmail.com) Sintaxe Geral SELECT [ALL/DISTINCT] coluna1, coluna2,..., colunan FROM nome_tabela1,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SQL Básico Cláudio da Costa Blanco Zanoni da Conceição Maia Jr. ÍNDICE

Leia mais

Reforçando conceitos de SQL Estudo de Caso: Agenciamento de Corridas de Táxis

Reforçando conceitos de SQL Estudo de Caso: Agenciamento de Corridas de Táxis Reforçando conceitos de SQL Estudo de Caso: Agenciamento de s de Táxis 1 Algumas Entidades existentes Estudo de Caso Cliente Agendada Fila Logradouro Zona Motorista Efetivada Táxi 2 Consulta Básica SQL

Leia mais

Laboratório de Banco de Dados II AULA 06 Linguagem SQL (Continuação) Prof. Érick de Souza Carvalho

Laboratório de Banco de Dados II AULA 06 Linguagem SQL (Continuação) Prof. Érick de Souza Carvalho Laboratório de Banco de Dados II AULA 06 Linguagem SQL (Continuação) Prof. Érick de Souza Carvalho 1 Trabalhando com DATAS A Data é armazenada em um formato numérico interno, contendo: Século, ano, mês,

Leia mais

Tarefa Orientada 10 Obter informação a partir de uma tabela

Tarefa Orientada 10 Obter informação a partir de uma tabela Tarefa Orientada 10 Obter informação a partir de uma tabela Objectivos: Consultar dados de uma tabela Utilizar operadores aritméticos, relacionais, lógicos, de concatenação de cadeias de caracteres, LIKE

Leia mais

www.eversantoro.com.br RECUPERANDO DADOS eversantoro

www.eversantoro.com.br RECUPERANDO DADOS eversantoro www.eversantoro.com.br RECUPERANDO DADOS eversantoro Usando funções de uma única linha para personalizar a saída eversantoro Funções SQL Entrada Saída Função arg 1 arg 2 A função executa a ação Valor do

Leia mais

FEAP - Faculdade de Estudos Avançados do Pará PROFª LENA VEIGA PROJETOS DE BANCO DE DADOS UNIDADE V- SQL

FEAP - Faculdade de Estudos Avançados do Pará PROFª LENA VEIGA PROJETOS DE BANCO DE DADOS UNIDADE V- SQL Quando os Bancos de Dados Relacionais estavam sendo desenvolvidos, foram criadas linguagens destinadas à sua manipulação. O Departamento de Pesquisas da IBM desenvolveu a SQL como forma de interface para

Leia mais

Linguagem de Banco de Dados DML Exercícios

Linguagem de Banco de Dados DML Exercícios Linguagem de Banco de Dados DML Exercícios 1. A partir do modelo conceitual abaixo e das descrições das tabelas, crie o modelo físico e implanteo no banco de dados. 2. Acrescente os dados, conforme descrito

Leia mais

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício Introdução à Banco de Dados Nathalia Sautchuk Patrício Histórico Início da computação: dados guardados em arquivos de texto Problemas nesse modelo: redundância não-controlada de dados aplicações devem

Leia mais

SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL

SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL Criar uma base de dados (criar um banco de dados) No mysql: create database locadora; No postgresql: createdb locadora Criar

Leia mais

SQL Comandos para Relatórios e Formulários. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Comandos para Relatórios e Formulários. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Comandos para Relatórios e Formulários Laboratório de Bases de Dados SELECT SELECT FROM [ WHERE predicado ] [ GROUP BY ]

Leia mais

Nº de créditos: 04 Carga Horária: 68 horas/aula BANCO DE DADOS II

Nº de créditos: 04 Carga Horária: 68 horas/aula BANCO DE DADOS II 1 Curso: Sistema de Informação Disciplina: Banco de dados II Fase: 3 Professor: Edson Thizon (ethizon@hotmail.com) Nº de créditos: 04 Carga Horária: 68 horas/aula BANCO DE DADOS II 1- NOÇÕES FUNDAMENTAIS

Leia mais

SQL BANCO DE DADOS. Linguagem de consulta SQL. Linguagem de consulta SQL. Linguagem de Consulta Estruturada

SQL BANCO DE DADOS. Linguagem de consulta SQL. Linguagem de consulta SQL. Linguagem de Consulta Estruturada Revisão de tpicos anteriores BANCO DE DADOS Linguagem de consulta SQL Roberto Duarte Fontes Brasília - DF roberto@fontes.pro.br Projeto de banco de dados Modelagem Conceitual (independe da implementação)

Leia mais

SQL92 DDL( RIS, ACTUALIZAÇÕES E VISTAS) DML (QUERIES, SUBQUERIES,JUNÇÕES, E OPERAÇÕES SOBRE CONJUNTOS)

SQL92 DDL( RIS, ACTUALIZAÇÕES E VISTAS) DML (QUERIES, SUBQUERIES,JUNÇÕES, E OPERAÇÕES SOBRE CONJUNTOS) SQL92 DDL( RIS, ACTUALIZAÇÕES E VISTAS) DML (QUERIES, SUBQUERIES,JUNÇÕES, E OPERAÇÕES SOBRE CONJUNTOS) SQL SQL, é uma linguagem de programação que foi desenvolvida para questionar bases de dados relacionais

Leia mais

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados EXERCÍCIOS PRÁTICOS Banco de Dados Introdução ao uso do SQL Structured Query Language, considerando tanto DDL Data Definition Language quanto DML Data Manipulation Language. Banco de Dados selecionado:

Leia mais

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BANCO DE DADOS

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BANCO DE DADOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS CLAUDIO RIBEIRO DA SILVA MARÇO 1997 2 1 - CONCEITOS GERAIS DE 1.1 - Conceitos Banco de Dados - Representa

Leia mais

Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL

Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL Oracle University Entre em contato: 0800 891 6502 Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL Duração: 5 Dias Objetivos do Curso Esta classe se aplica aos usuários do Banco de Dados Oracle8i,

Leia mais

Memória de aula Semanas 15 e 16

Memória de aula Semanas 15 e 16 FMU Curso: Ciência da Computação Disciplina: Banco de Dados I Professor: Ecivaldo Matos Memória de aula Semanas 15 e 16 1) Incluindo linhas nas tabelas a. Para incluir linhas em tabelas utilize o comando

Leia mais

S Q L 31/03/2010. SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada

S Q L 31/03/2010. SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada Gerenciamento de Dados e Informação Fernando Fonseca Ana Carolina Robson Fidalgo SQL SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada Apesar do QUERY no nome, não é apenas de consulta,

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix Ingress SQL

Leia mais

S Q L 15/01/2013. Enfoques de SQL. Enfoques de SQL SQL. Usos de SQL. SQL - Origem/Histórico. Gerenciamento de Dados e Informação

S Q L 15/01/2013. Enfoques de SQL. Enfoques de SQL SQL. Usos de SQL. SQL - Origem/Histórico. Gerenciamento de Dados e Informação Enfoques de SQL Gerenciamento de Dados e Informação Fernando Fonseca Ana Carolina Valeria Times Bernadette Loscio Linguagem interativa de consulta (ad-hoc): usuários podem definir consultas independente

Leia mais

SQL Structured Query Language

SQL Structured Query Language Janai Maciel SQL Structured Query Language (Banco de Dados) Conceitos de Linguagens de Programação 2013.2 Structured Query Language ( Linguagem de Consulta Estruturada ) Conceito: É a linguagem de pesquisa

Leia mais

Escrito por Sex, 14 de Outubro de 2011 23:12 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:33

Escrito por Sex, 14 de Outubro de 2011 23:12 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:33 Preço R$ 129.00 Compre aqui SUPER PACOTÃO 3 EM 1: 186 Vídeoaulas - 3 dvd's - 10.5 Gybabyte. 1) SQL 2) Banco de Dados (Oracle 10g, SQL Server 2005, PostgreSQL 8.2, Firebird 2.0, MySQL5.0) 3) Análise e Modelagem

Leia mais

3) Palavra-chave distinct (select-from). Obter apenas os pibs distintos entre si.

3) Palavra-chave distinct (select-from). Obter apenas os pibs distintos entre si. NOME: BRUNO BRUNELI BANCO DE DADOS - ADS create database ProducaoMinerais use ProducaoMinerais create table Mineral( nome varchar(15) primary key, preco real) create table Pais( nome varchar(30) primary

Leia mais

DML - SELECT Agrupando Dados

DML - SELECT Agrupando Dados DML - SELECT Agrupando Dados 1. Apresentação Já conhecemos os comandos básicos de manipulação de dados: insert; delete; update e select. O comando de consulta select utilizado até aqui era aplicado sobre

Leia mais

SQL Essencial. Este capítulo de bônus é fornecido com o livro Dominando o Delphi 6. Trata-se de uma introdução

SQL Essencial. Este capítulo de bônus é fornecido com o livro Dominando o Delphi 6. Trata-se de uma introdução Este capítulo de bônus é fornecido com o livro Dominando o Delphi 6. Trata-se de uma introdução básica ao SQL para acompanhar o Capítulo 14, "Programação Cliente/Servidor". Os pacotes de SGBDR (sistema

Leia mais

LABORATÓRIO DE BANCO DE DADOS

LABORATÓRIO DE BANCO DE DADOS UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - FATEC-Faculdade de Ciência e Tecnologia Banco de Dados II Sistema de Informação Analise de Sistemas Prof. Msc. Mauricio Prado Catharino. Aluno: LABORATÓRIO DE BANCO DE DADOS Nesta

Leia mais

f. Vocês podem selecionar todos os campos indicando-os, ou seja, sem usar * (boa prática) g. Muito relevante na manutenção de BD e de aplicações.

f. Vocês podem selecionar todos os campos indicando-os, ou seja, sem usar * (boa prática) g. Muito relevante na manutenção de BD e de aplicações. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: B1SGB - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados Memória de aula Aula 11 1) Cláusulas SELECT e FROM a. Apesar de ser a primeira, ela é a

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE VARIAÁ VEL Antes de iniciarmos os comandos referentes a Banco de Dados, precisamos de uma breve descrição técnica sobre Variáveis que serão uma constante em programação seja qual for sua forma de leitura.

Leia mais

Definida pelo American National Standard Institute (ANSI) em 1986

Definida pelo American National Standard Institute (ANSI) em 1986 2.3. Linguagens Relacionais SQL Structured Query Language Linguagem para o modelo relacional: Definida pelo American National Standard Institute (ANSI) em 1986 Adoptada em 1987 como um standard internacional

Leia mais

APOSTILA DE SQL. Para Aulas de Laboratório do Curso de Projeto de Banco de Dados. Prof. Carlos Ribeiro

APOSTILA DE SQL. Para Aulas de Laboratório do Curso de Projeto de Banco de Dados. Prof. Carlos Ribeiro APOSTILA DE SQL Para Aulas de Laboratório do Curso de Projeto de Banco de Dados Prof. Carlos Ribeiro ÍNDICE [R1] Comentário: Este índice é do tipo Formal. Selecionar Inserir índice e selecionar Formal.

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ARTEFATO 02 AT02 Diversos I 1 Indice ESQUEMAS NO BANCO DE DADOS... 3 CRIANDO SCHEMA... 3 CRIANDO TABELA EM DETERMINADO ESQUEMA... 4 NOÇÕES BÁSICAS SOBRE CRIAÇÃO E MODIFICAÇÃO

Leia mais

PROGRAMA. Aquisição dos conceitos teóricos mais importantes sobre bases de dados contextualizados à luz de exemplos da sua aplicação no mundo real.

PROGRAMA. Aquisição dos conceitos teóricos mais importantes sobre bases de dados contextualizados à luz de exemplos da sua aplicação no mundo real. PROGRAMA ANO LECTIVO: 2005/2006 CURSO: LICENCIATURA BI-ETÁPICA EM INFORMÁTICA ANO: 2.º DISCIPLINA: BASE DE DADOS DOCENTE RESPONSÁVEL PELA REGÊNCIA: Licenciado Lino Oliveira Objectivos Gerais: Aquisição

Leia mais

Operação de União JOIN

Operação de União JOIN Operação de União JOIN Professor Victor Sotero SGD 1 JOIN O join é uma operação de multi-tabelas Select: o nome da coluna deve ser precedido pelo nome da tabela, se mais de uma coluna na tabela especificada

Leia mais

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL SQL TGD/JMB 1 Projecto de Bases de Dados Linguagem SQL SQL TGD/JMB 2 O que é o SQL? SQL ("ess-que-el") significa Structured Query Language. É uma linguagem standard (universal) para comunicação com sistemas

Leia mais

SQL. Structured Query Language. Copyright 2003 2014 Prof. Edison Andrade Martins Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.

SQL. Structured Query Language. Copyright 2003 2014 Prof. Edison Andrade Martins Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti. SQL Structured Query Language Copyright 2003 2014 Prof. Edison Andrade Martins Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.br Sumário 1.CREATE TABLE... 5 1.1. Sintaxe... 5 1.2. A instrução CREATE TABLE

Leia mais

Bases de Dados 2005/2006. Aula 5

Bases de Dados 2005/2006. Aula 5 Bases de Dados 2005/2006 Aula 5 Sumário -1. (T.P.C.) Indique diferenças entre uma tabela e uma relação. 0. A base de dados Projecto 1. SQL Join (variantes) a. Cross Join b. Equi-Join c. Natural Join d.

Leia mais

Descrição Tinyint[(M)] Inteiro pequeno. Varia de 128 até +127

Descrição Tinyint[(M)] Inteiro pequeno. Varia de 128 até +127 Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

COMANDOS PARA CONSULTA VIA SQL NO ACCESS

COMANDOS PARA CONSULTA VIA SQL NO ACCESS COMANDOS PARA CONSULTA VIA SQL NO ACCESS 1 Introdução ao SQL: SQL (Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada) é uma linguagem desenvolvida para permitir que qualquer pessoa, mesmo não

Leia mais

1. Sua primeira tarefa é determinar a estrutura da tabela DEPARTMENTS e seu conteúdo.

1. Sua primeira tarefa é determinar a estrutura da tabela DEPARTMENTS e seu conteúdo. Exercícios (LAB SQL) AULA 01 (INTRODUÇÃO SELECT) Você foi admitido como programador SQL da XYZW Corporation. Sua primeira tarefa é criar alguns relatórios com base nos dados das tabelas de recursos humanos.

Leia mais

18/08/2008. Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan

18/08/2008. Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 2 Introdução a SQL 2 2 Introdução à SQL 2.1 Conceitos

Leia mais

IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1

IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1 IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1 Banco de Dados Fundamentos de SQL Structured Query Language Aula2 Apresentado por: Robson do Nascimento Fidalgo rdnf@cin.ufpe.br IF685

Leia mais

BANCO DE DADOS Parte 4

BANCO DE DADOS Parte 4 BANCO DE DADOS Parte 4 A Linguagem SQL Introdução Desenvolvida pelo depto de pesquisa da IBM na década de 1970 (System R) Linguagem padrão de BD Relacionais; Apresenta várias padrões evolutivos: SQL86,

Leia mais

1. SQL Instrumental...2 1.1 Select...3 1.2 Delete...13 1.3 Update... 1.4 Insert... 1.5 Group by... 1.6 Having... 1.7 Unnion All...

1. SQL Instrumental...2 1.1 Select...3 1.2 Delete...13 1.3 Update... 1.4 Insert... 1.5 Group by... 1.6 Having... 1.7 Unnion All... SQL 1. SQL Instrumental...2 1.1 Select...3 1.2 Delete...13 1.3 Update... 1.4 Insert... 1.5 Group by... 1.6 Having... 1.7 Unnion All... 2. Servidor... 2.1 Ativando log no Broker... 2.2 Leitura do log no

Leia mais

Notas sobre o MySQL: Resumo dos comandos no MySQL linha de comandos:

Notas sobre o MySQL: Resumo dos comandos no MySQL linha de comandos: EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS Curso EFA SEC Turma C - 2012 / 2013 Notas sobre o MySQL: 1) A indicação mysql> é o prompt do sistema. 2) Uma instrução, no prompt do MySQL, deve terminar sempre com ponto

Leia mais

Este manual é dirigido a programadores que possuam alguma familiaridade com a linguagem SQL e está estruturado nos seguintes capítulos e apêndices:

Este manual é dirigido a programadores que possuam alguma familiaridade com a linguagem SQL e está estruturado nos seguintes capítulos e apêndices: 1 Apresentação O acesso a uma base OpenBase por comandos SQL é realizado pelo sistema TSQL. Para a sua utilização não é necessário efetuar previamente qualquer alteração ou adaptação nos dados da base.

Leia mais

SQL S Q L. Introdução. Enfoques de SQL. SQL - Origem/Histórico. Usos de SQL. SQL - Vantagens. Banco de Dados. Fernando Fonseca Ana Carolina

SQL S Q L. Introdução. Enfoques de SQL. SQL - Origem/Histórico. Usos de SQL. SQL - Vantagens. Banco de Dados. Fernando Fonseca Ana Carolina Introdução Banco de Dados SQL Fernando Fonseca Ana Carolina SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada Apesar do QUERY no nome, não é apenas de consulta, permitindo definição (DDL)

Leia mais

1. Assinale as afirmações que são verdadeiras e as que são falsas, corrigindo-as:

1. Assinale as afirmações que são verdadeiras e as que são falsas, corrigindo-as: Curso Profissional Técnico de Informática de Gestão 10ºB Prof. Pedro Lopes S i s t e m a s d e I n f o r m a ç ã o M ó d u l o : L i n g u a g e m S Q L T e s t e s u m a t i v o d u r a ç ã o 8 0 m i

Leia mais

1.264 Aula 7. Introdução ao SQL

1.264 Aula 7. Introdução ao SQL 1.264 Aula 7 Introdução ao SQL Linguagem Estruturada de Consulta (SQL) Aula 7 SELECT, INSERT, DELETE, UPDATE Junções Aula 8 Subconsultas Visões (tabelas virtuais) Índices Transações Segurança Desempenho

Leia mais

SQL comando SELECT. SELECT [DISTINCT] FROM [condição] [ ; ] Paulo Damico - MDK Informática Ltda.

SQL comando SELECT. SELECT [DISTINCT] <campos> FROM <tabela> [condição] [ ; ] Paulo Damico - MDK Informática Ltda. SQL comando SELECT Uma das tarefas mais requisitadas em qualquer banco de dados é obter uma listagem de registros armazenados. Estas tarefas são executadas pelo comando SELECT Sintaxe: SELECT [DISTINCT]

Leia mais

SQL e PL/SQL Oracle Dicas de preparação para certificação

SQL e PL/SQL Oracle Dicas de preparação para certificação - 1 - SQL e PL/SQL Oracle Dicas de preparação para certificação Selection: para escolher linhas em uma tabela Projection: para escolher colunas em uma tabela Join: pode trazer simultaneamente dados que

Leia mais

Engenharia de Computação / Engenharia de Produção. Banco de Dados Prof. Maria das Graças da Silva Teixeira

Engenharia de Computação / Engenharia de Produção. Banco de Dados Prof. Maria das Graças da Silva Teixeira Unidade 3 SQL Engenharia de Computação / Engenharia de Produção Banco de Dados Prof. Maria das Graças da Silva Teixeira Material base: Banco de Dados, 2009.2, prof. Otacílio José Pereira Contexto na Disciplina

Leia mais

Structured Query Language (SQL) SQL é uma linguagem normalizada (ANSI) para consultas e actualizações de bases de dados relacionais.

Structured Query Language (SQL) SQL é uma linguagem normalizada (ANSI) para consultas e actualizações de bases de dados relacionais. Structured Query Language (SQL) SQL é uma linguagem normalizada (ANSI) para consultas e actualizações de bases de dados relacionais. A instrução SELECT As consultas a uma base de dados relacional fazem-se

Leia mais

LINGUAGEM SQL PARA CONSULTAS EM MICROSOFT ACCESS

LINGUAGEM SQL PARA CONSULTAS EM MICROSOFT ACCESS LINGUAGEM SQL PARA CSULTAS EM MICROSOFT ACCESS Objetivos: Neste tutorial serão apresentados os principais elementos da linguagem SQL (Structured Query Language). Serão apresentados diversos exemplos práticos

Leia mais

LINGUAGEM SQL PARA CONSULTAS EM MICROSOFT ACCESS

LINGUAGEM SQL PARA CONSULTAS EM MICROSOFT ACCESS LINGUAGEM SQL PARA CSULTAS EM MICROSOFT ACCESS Objetivos: Neste tutorial serão apresentados os principais elementos da linguagem SQL (Structured Query Language). Serão apresentados diversos exemplos práticos

Leia mais

O comando CREATE TABLE cria a tabela solicitada e obedece à seguinte forma:

O comando CREATE TABLE cria a tabela solicitada e obedece à seguinte forma: 1 CREATE TABLE O comando CREATE TABLE cria a tabela solicitada e obedece à seguinte forma: CREATE TABLE (), (

Leia mais

NOME SEXO CPF NASCIMENTO SALARIO

NOME SEXO CPF NASCIMENTO SALARIO Tutorial SQL Fonte: http://www.devmedia.com.br/articles/viewcomp.asp?comp=2973 Para começar Os Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Relacionais (SGBDr) são o principal mecanismo de suporte ao armazenamento

Leia mais