Índice fipezap de preços de imóveis anunciados

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice fipezap de preços de imóveis anunciados"

Transcrição

1 Preço médio de locação teve queda nominal de 3,34% em 2015 No mesmo período a inflação foi de 10,67%. Dessa maneira o preço médio de locação caiu 12,66% em termos reais no ano passado O Índice FipeZap de Locação, que acompanha o preço do aluguel residencial em 9 cidades brasileiras, registrou variação de -0,04% no mês de dezembro em comparação com novembro. Trata-se da oitava queda nominal seguida do indicador quando comparado com o resultado do mês anterior. Com isso, o Índice FipeZap de Locação terminou o ano de 2015 com queda nominal de 3,34%. Essa é a primeira vez que o índice termina um ano com resultado negativo em termos nominais em toda a série histórica (iniciada em 2008). Em 2015 a inflação medida pelo IPCA atingiu 10,67%. Dessa maneira, o Índice FipeZap de Locação mostrou queda real de 12,66% no ano passado. Todas as 9 cidades presentes no índice mostraram resultados inferiores à inflação nesse período, sendo que Rio de Janeiro, São Paulo e Santos mostraram queda nominal de preços no ano. Os preços anunciados para locação considerados para o cálculo do índice são para novos aluguéis. Ou seja, o Índice FipeZap de Locação não mede a variação dos contratos vigentes (normalmente reajustados automaticamente pelo IGP-M/FGV ou por outros índices de correção). Assim, mostra de forma mais dinâmica como a demanda e a oferta por moradia estão se relacionando. Além disso, ao comparar o preço de locação com o preço de venda dos imóveis, é possível ter uma medida da rentabilidade para o investidor que opta por locar seu imóvel. Essa medida é importante para avaliar se o mercado imobiliário está mais ou menos atrativo em relação a outras opções de investimento. Em dezembro de 2015, o retorno médio anualizado com aluguel foi de 4,6%. O preço médio anunciado para locação por m 2 nas 9 cidades pesquisadas em dezembro/2015 foi de R$ 32,28/mês. A cidade com o m 2 mais caro foi o Rio de Janeiro (R$ 37,79/mês), seguida por São Paulo (R$ 35,88/mês). O aluguel mais barato foi em Curitiba (R$ 16,64/mês). O Índice FipeZap de Locação, desenvolvido em conjunto pela Fipe e pelo ZAP, é calculado pela Fipe e acompanha o preço médio do m 2 de apartamentos prontos em 9 municípios brasileiros com base em anúncios da internet. Mais informações estão disponíveis em

2 Preço médio anunciado por cidade (locação) R$/m 2 em DEZEMBRO/2015 Rio de Janeiro São Paulo Brasília Santos Porto Alegre Campinas Salvador São Bernardo do Campo Curitiba Média (9 cidades) R$ 37,79 R$ 35,88 R$ 30,61 R$ 27,65 R$ 22,65 R$ 22,39 R$ 21,08 R$ 18,73 R$ 16,64 R$ 32,28 2

3 Variação dos Índices regionais e da média nacional Dezembro/2015 Variação Mensal Variação em 2015 Regiã o Dezembro Novembro ( a cumula da no a no) Média (9 cidades) -0.04% -0.68% -3.34% IPCA 0.96% 1.01% 10.67% IGP-M 0. 49% 1. 52% % São Paulo -0.49% -0.76% -3.70% Rio de Janeiro -0.46% -0.91% -8.27% Brasília 1.21% -0.48% 0.74% Salvador 0.47% -2.24% 2.18% Porto Alegre 0.25% 0.49% 0.96% Curitiba 2.13% 1.29% 0.02% São Bernardo do Campo 0.36% -1.46% 3.34% Campinas 0.85% -1.04% 3.25% Santos -0.53% -0.37% -1.49% 25% 20% 15% Variação (%) em 12 meses IPCA (IBGE) IGP-M (IBGE) Índice FipeZap Locação 10% 5% 0% -5% dez/15-3,3% 3

4 Rentabilidade do aluguel EVOLUÇÃO HISTÓRICA da taxa anualizada 8,5% 8,0% 7,5% 7,0% 6,5% 6,0% 5,5% 5,0% 4,5% 4,6% 4,0% Como interpretar esse número? A rentabilidade do aluguel é o retorno médio que um proprietário de imóvel terá nos próximos 12 meses com os aluguéis que receber, sem contar nenhum aumento no preço dos imóveis. É, portanto, diferente da variação percentual do preço dos imóveis. 4

5 Rentabilidade do aluguel e taxa de juros real DEZEMBRO/2015, taxas anualizadas Taxa de juros real* Poupança (rendimento real)* Santos Salvador São Paulo Campinas Porto Alegre São Bernardo do Campo Média (9 cidades) Brasília Rio de Janeiro Curitiba 8,3% -1,4% 6,4% 5,2% 4,9% 4,9% 4,7% 4,6% 4,6% 4,3% 4,0% 3,7% A rentabilidade anual do aluguel é calculada através da divisão do valor (R$/m 2 ) de locação mensal pelo valor de venda, multiplicado por 12. * A taxa de juros real é a taxa de swap Pré x DI (BM&F) de 360 dias descontada da expectativa de inflação para os próximos 12 meses (Banco Central); a taxa da poupança equivale ao rendimento do último mês disponível anualizado 5

6 Metodologia e séries históricas: Mais informações:

Índice fipezap de preços de imóveis anunciados

Índice fipezap de preços de imóveis anunciados Preço médio de locação mostra queda nominal pelo sétimo mês consecutivo Das 9 cidades pesquisadas, 7 mostraram queda nominal na passagem entre outubro e novembro O Índice FipeZap de Locação, que acompanha

Leia mais

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Outubro/2016

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Outubro/2016 RESIDENCIAL - LOCAÇÃO Destaques do mês Preço médio do aluguel residencial completa 18 meses de queda Índice FipeZap de Locação cai 0,17% em outubro; nos últimos 12 meses a queda é de 3,80% Os preços de

Leia mais

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Agosto/2016

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Agosto/2016 RESIDENCIAL - LOCAÇÃO Destaques do mês Valor do aluguel está no nível de 3 anos atrás Preço médio do m 2 anunciado em agosto foi de R$ 30,13, mesmo valor registrado em abril de 2013 Os preços de locação

Leia mais

Aumento do preço dos imóveis perdeu força novamente em agosto

Aumento do preço dos imóveis perdeu força novamente em agosto Aumento do preço dos imóveis perdeu força novamente em agosto Variação do preço anunciado do m 2 é de 4,8% em 2014 na média de 20 cidades, ligeiramente acima da inflação O Índice FipeZap Ampliado, que

Leia mais

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Setembro/2016

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Setembro/2016 RESIDENCIAL - LOCAÇÃO Destaques do mês Valor do aluguel segue em queda em setembro Índice FipeZap de Locação cai 0,14% no 9º mês do ano; em 2016, queda chega a 2,94% Os preços de locação registraram queda

Leia mais

Índice fipezap de preços de imóveis anunciados

Índice fipezap de preços de imóveis anunciados Preço médio de locação inicia 2016 em queda de 0,16% Resultado de janeiro leva o Índice FipeZap de Locação a mostrar a nona queda nominal seguida na comparação com o mês anterior Os preços de locação iniciaram

Leia mais

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Julho/2016

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Julho/2016 RESIDENCIAL - LOCAÇÃO Julho/2016 Destaques do mês Primeiro semestre tem a maior queda no preço de locação em 9 anos No acumulado até junho, o preço médio de locação recuou 1,78% em 11 cidades pesquisadas

Leia mais

Preços de locação têm nova alta (+0,54%) em março de 2018

Preços de locação têm nova alta (+0,54%) em março de 2018 Preços de locação têm nova alta (+0,54%) em março de 2018 Na variação acumulada nos últimos 12 meses, Índice FipeZap de Locação tem primeira alta desde maio de 2015 O Índice FipeZap de Locação - que acompanha

Leia mais

Índice FipeZap de Locação completa três anos de queda consecutiva

Índice FipeZap de Locação completa três anos de queda consecutiva Índice FipeZap de Locação completa três anos de queda consecutiva Preço de aluguel residencial encerrou 2017 com queda nominal de 0,69% Entre 2015 e 2017, a queda acumulada foi de 7,1% O Índice FipeZap

Leia mais

Índice FipeZap inicia 2018 com alta de 0,35% no preço médio de locação

Índice FipeZap inicia 2018 com alta de 0,35% no preço médio de locação Índice FipeZap inicia 2018 com alta de 0,35% no preço médio de locação Maior alta mensal registrada desde o início de 2015, variação de janeiro superou a inflação mensal medida pelo IPCA (+0,29%) O Índice

Leia mais

Em terceira alta consecutiva, preços de locação avançam 0,58% em fevereiro

Em terceira alta consecutiva, preços de locação avançam 0,58% em fevereiro Em terceira alta consecutiva, preços de locação avançam 0,58% em fevereiro Com nova alta, variação do Índice FipeZap de Locação Residencial fica acima da inflação acumulada em 2018 O Índice FipeZap de

Leia mais

INFORME DE MAIO DE 2018

INFORME DE MAIO DE 2018 INFORME DE MAIO DE 2018 DESTAQUES DO MÊS Com nova alta em maio, preço médio de locação residencial avança 1,90% em 2018 Variação calculada pelo Índice FipeZap mantém-se acima da inflação de 1,33% no ano,

Leia mais

Índice FipeZap registra novo recuo no preço do aluguel em julho

Índice FipeZap registra novo recuo no preço do aluguel em julho Índice FipeZap registra novo recuo no preço do aluguel em julho Cidades como Rio de Janeiro, Goiânia e Campinas têm queda acentuada em 2017 e puxam a média nacional para baixo O Índice FipeZap de Locação

Leia mais

Índice FipeZap de novembro aponta sexta queda consecutiva no preço de locação residencial

Índice FipeZap de novembro aponta sexta queda consecutiva no preço de locação residencial Índice FipeZap de novembro aponta sexta queda consecutiva no preço de locação residencial Maioria das cidades monitoradas apresentaram retração nos preços no mês; maiores reduções foram no Rio de Janeiro

Leia mais

Release com embargo até 0h de 15/9/2017. Agosto/2017

Release com embargo até 0h de 15/9/2017. Agosto/2017 Release com embargo até 0h de 15/9/2017 Preço médio do aluguel cai novamente em agosto Média dos preços de 15 cidades tem nova retração, mas algumas cidades já têm aumentos acima da inflação em 2017 O

Leia mais

Índice. Janeiro/2017

Índice. Janeiro/2017 Índice Janeiro/2017 Preço do aluguel residencial tem primeira alta depois de 20 meses Após quase dois anos de variações mensais negativas, Índice FipeZap de Locação registra aumento em janeiro Os preços

Leia mais

Preço médio de locação mostra estabilidade entre janeiro e fevereiro

Preço médio de locação mostra estabilidade entre janeiro e fevereiro Preço médio de locação mostra estabilidade entre janeiro e fevereiro Resultado interrompe uma sequência de nove meses consecutivos de queda no valor do m 2 quando comparado ao mês anterior Os preços de

Leia mais

Índice FipeZap de setembro aponta quarto recuo consecutivo no preço do aluguel

Índice FipeZap de setembro aponta quarto recuo consecutivo no preço do aluguel Índice FipeZap de setembro aponta quarto recuo consecutivo no preço do aluguel Com nova retração, preço dos aluguéis acumula variação de -0,36%, em 2017, e de -0,66%, nos últimos 12 meses O Índice FipeZap

Leia mais

Release com embargo até 0h de 18/7/2017. Junho/2017

Release com embargo até 0h de 18/7/2017. Junho/2017 Release com embargo até 0h de 18/7/2017 Índice FipeZap de Locação encerra primeiro semestre abaixo da inflação Entre janeiro e junho, preço médio do aluguel registrou alta de 0,47%, face à inflação acumulada

Leia mais

Índice FipeZap de outubro aponta quinto recuo consecutivo no preço de locação residencial

Índice FipeZap de outubro aponta quinto recuo consecutivo no preço de locação residencial Índice FipeZap de outubro aponta quinto recuo consecutivo no preço de locação residencial Com o novo resultado negativo, valor médio do aluguel acumula variação de -0,64%, em 2017, e de -0,77%, nos últimos

Leia mais

INFORME DE ABRIL DE 2018

INFORME DE ABRIL DE 2018 INFORME DE ABRIL DE 2018 DESTAQUES DO MÊS Após quinta alta consecutiva, preço de locação residencial já avança 1,77% em 2018 Variação de preço calculada pelo Índice FipeZap até abril deste ano supera a

Leia mais

Índice FipeZap de Locação mantém-se próximo à estabilidade em maio

Índice FipeZap de Locação mantém-se próximo à estabilidade em maio Índice FipeZap de Locação mantém-se próximo à estabilidade em maio Nós últimos 12 meses, preço médio do aluguel recuou 1,65%, face à inflação acumulada de 3,6% no período O Índice FipeZap de Locação que

Leia mais

Preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro Aumento no preço do locação, entretanto, foi novamente inferior à inflação no período

Preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro Aumento no preço do locação, entretanto, foi novamente inferior à inflação no período Preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro Aumento no preço do locação, entretanto, foi novamente inferior à inflação no período Segundo o Índice FipeZap de Locação que acompanha o preço de

Leia mais

Release com embargo até 0h de 18/4/2017. Março/2017

Release com embargo até 0h de 18/4/2017. Março/2017 Release com embargo até 0h de 18/4/2017 Preço de locação acumula alta de 0,47% no primeiro trimestre do ano A variação, entretanto, ainda é inferior à inflação acumulada para o período, segundo o IBGE

Leia mais

INFORME DE JUNHO DE 2018

INFORME DE JUNHO DE 2018 INFORME DE JUNHO DE 2018 DESTAQUES DO MÊS Índice FipeZap de Locação Residencial encerra junho próximo da estabilidade Com o resultado, preço médio de locação residencial tem alta de 1,93% no primeiro semestre,

Leia mais

INFORME DE AGOSTO DE 2018

INFORME DE AGOSTO DE 2018 INFORME DE AGOSTO DE 2018 DESTAQUES DO MÊS Índice FipeZap mostra pequeno avanço no preço de locação de imóveis residenciais em agosto Valor médio da locação residencial cresceu 0,08% no mês; alta nominal

Leia mais

INFORME DE DEZEMBRO DE DIVULGAÇÃO COM EMBARGO ATÉ 0h DE 16/01/2019

INFORME DE DEZEMBRO DE DIVULGAÇÃO COM EMBARGO ATÉ 0h DE 16/01/2019 INFORME DE DEZEMBRO DE 2018 DIVULGAÇÃO COM EMBARGO ATÉ 0h DE 16/01/2019 DESTAQUES DO MÊS Índice FipeZap de Locação Residencial encerra último mês do ano com alta nominal de 0,38% Com o resultado de dezembro,

Leia mais

INFORME DE JULHO DE 2018

INFORME DE JULHO DE 2018 INFORME DE JULHO DE 2018 DESTAQUES DO MÊS Com variação de 0,06% em julho, preço médio de locação acumula alta nominal de 1,99% em 2018 Apesar da alta na maioria das cidades no período, preços recuaram

Leia mais

INFORME DE SETEMBRO DE 2018

INFORME DE SETEMBRO DE 2018 INFORME DE SETEMBRO DE 2018 DESTAQUES DO MÊS Preços de locação de imóveis residenciais permanecem estáveis em setembro Com o resultado, preço médio do aluguel acumula alta nominal de 2,06% em 2018, permanecendo

Leia mais

INFORME DE NOVEMBRO DE 2018

INFORME DE NOVEMBRO DE 2018 INFORME DE NOVEMBRO DE 2018 DESTAQUES DO MÊS Preços de locação de imóveis residenciais permanecem estáveis em novembro Com o resultado, preço médio do aluguel acumula alta nominal de 1,94% em 2018, permanecendo

Leia mais

INFORME DE OUTUBRO DE 2018

INFORME DE OUTUBRO DE 2018 INFORME DE OUTUBRO DE 2018 DESTAQUES DO MÊS Preços de locação de imóveis residenciais permanecem estáveis em outubro Com o resultado, preço médio do aluguel acumula alta nominal de 2,02% em 2018, permanecendo

Leia mais

Índice FipeZap de Locação registra leve alta em abril Como nos meses anteriores, comportamento do preço médio de locação se manteve abaixo da inflação

Índice FipeZap de Locação registra leve alta em abril Como nos meses anteriores, comportamento do preço médio de locação se manteve abaixo da inflação Índice FipeZap de Locação registra leve alta em abril Como nos meses anteriores, comportamento do preço médio de locação se manteve abaixo da inflação Segundo o Índice FipeZap de Locação que acompanha

Leia mais

INFORME DE DEZEMBRO DE 2018

INFORME DE DEZEMBRO DE 2018 INFORME DE DEZEMBRO DE 2018 DESTAQUES DO MÊS Índice FipeZap de Locação Residencial encerra último mês do ano com alta nominal de 0,38% Com o resultado de dezembro, o preço médio de locação de imóveis residenciais

Leia mais

INFORME DE SETEMBRO DE 2018

INFORME DE SETEMBRO DE 2018 INFORME DE SETEMBRO DE 2018 DESTAQUES DO MÊS Preços de locação de imóveis residenciais permanecem estáveis em setembro Com o resultado, preço médio do aluguel acumula alta nominal de 2,06% em 2018, permanecendo

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Texto para as questões de 31 a 35 conta saldo despesa de salários 10 COFINS a recolher 20 despesas de manutenção e conservação 20 despesa de depreciação 20 PIS a recolher 30 despesas

Leia mais

MOEDA E CRÉDITO. Estêvão Kopschitz Xavier Bastos 1

MOEDA E CRÉDITO. Estêvão Kopschitz Xavier Bastos 1 MOEDA E CRÉDITO Estêvão Kopschitz Xavier Bastos 1 SUMÁRIO Em sua reunião de 20 de janeiro último, o Copom manteve a meta para a Selic estável em 14,25%. A decisão parece ter surpreendido o mercado, como

Leia mais

RAIO-X FipeZap: Perfil da demanda de imóveis

RAIO-X FipeZap: Perfil da demanda de imóveis RAIO-X FipeZap: Perfil da demanda de imóveis Investidores diminuem participação no mercado imobiliário Investimentos representaram 20% das compras de imóveis no 3º trimestre deste ano; em 2013, esse percentual

Leia mais

SINCOR-SP 2015 DEZEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 DEZEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS DEZEMBRO 20 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

SINCOR-SP 2016 FEVEREIRO 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2016 FEVEREIRO 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS FEVEREIRO 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Estatísticas dos Corretores de SP... 6 3. Análise macroeconômica...

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC junho 2014

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC junho 2014 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC junho 2014 Rio de Janeiro, 08 de julho de 2014 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR COMENTÁRIOS Junho 2014 ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS

Leia mais

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 30 de Novembro de 2015

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 30 de Novembro de 2015 Associação Brasileira de Supermercados Nº58 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 30 de Novembro de 2015 Índice de Vendas acumula queda de -1,02% até outubro Vendas do setor

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC fevereiro 2014

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC fevereiro 2014 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC fevereiro 2014 Rio de Janeiro, 12 de março de 2014 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR COMENTÁRIOS Fevereiro 2014 ÍNDICE NACIONAL DE

Leia mais

1. Atividade Econômica

1. Atividade Econômica Julho/212 O Núcleo de Pesquisa da FECAP apresenta no seu Boletim Econômico uma compilação dos principais indicadores macroeconômicos nacionais que foram publicados ao longo do mês de referência deste boletim.

Leia mais

Agenda. Mapa de Preços do ZAP. Índice FipeZap novos dados do mercado. painel.fipezap.com.br

Agenda. Mapa de Preços do ZAP. Índice FipeZap novos dados do mercado. painel.fipezap.com.br Agenda painel.fipezap.com.br Agenda Mapa de Preços do ZAP Índice FipeZap novos dados do mercado Mapa de Preços Índice FipeZap Novos dados Agenda 1 2 3 4 5 Introdução Índice FipeZap: novas cidades Evolução

Leia mais

NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA A evolução dos principais indicadores econômicos do Brasil em 2007

NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA A evolução dos principais indicadores econômicos do Brasil em 2007 NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA A evolução dos principais indicadores econômicos do Brasil em 2007 Introdução Guilherme R. S. Souza e Silva * Lucas Lautert Dezordi ** Este artigo pretende

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA COMPRA DE TÍTULOS NO TESOURO DIRETO

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA COMPRA DE TÍTULOS NO TESOURO DIRETO ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA COMPRA DE TÍTULOS NO TESOURO DIRETO Um título público consiste, de maneira simplificada, um empréstimo ao governo federal, ou seja, o governo fica com uma dívida com o comprador

Leia mais

SINCOR-SP 2015 NOVEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 NOVEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS NOVEMBRO 20 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Índice FipeZap de Preços de Imóveis Anunciados - Março/2011 http://www.zap.com.br/imoveis/fipe-zap http://www.fipe.org.br/web/indices/fipezap

Índice FipeZap de Preços de Imóveis Anunciados - Março/2011 http://www.zap.com.br/imoveis/fipe-zap http://www.fipe.org.br/web/indices/fipezap Índice FipeZap registra variação de 2,4% em março e 6,4% no primeiro trimestre; Preço do m 2 anunciado em São Paulo ultrapassa R$ 5.000 pela primeira vez A variação do Índice FipeZap Composto em março/2011

Leia mais

METODOLOGIA DE CÁLCULO DOS TÍTULOS PÚBLICOS OFERTADOS NO TESOURO DIRETO

METODOLOGIA DE CÁLCULO DOS TÍTULOS PÚBLICOS OFERTADOS NO TESOURO DIRETO METODOLOGIA DE CÁLCULO DOS TÍTULOS PÚBLICOS OFERTADOS NO TESOURO DIRETO Letras do Tesouro Nacional LTN Características Gerais: Juros: Não há, estão implícitos no deságio do título. Modalidade: Escritural,

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC abril 2013

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC abril 2013 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC abril 2013 Rio de Janeiro, 08 de maio de 2013 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR abril de 2013 ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR

Leia mais

Taxa de desemprego sobe para 5,7% em março

Taxa de desemprego sobe para 5,7% em março Taxa de desemprego sobe para 5,7% em março A taxa de desemprego registrou elevação para 5,7% em março ante 5, observado em fevereiro nas seis regiões metropolitanas pesquisadas na apuração da Pesquisa

Leia mais

Mercado Financeiro e de Capitais. Taxas de Juros Reais e Expectativas de Mercado. Gráfico 3.1 Taxa over/selic

Mercado Financeiro e de Capitais. Taxas de Juros Reais e Expectativas de Mercado. Gráfico 3.1 Taxa over/selic III Mercado Financeiro e de Capitais Taxas de Juros Reais e Expectativas de Mercado A taxa Selic efetiva totalizou 8,2% em 213 e a taxa Selic real acumulada no ano, deflacionada pelo IPCA, atingiu 2,2%.

Leia mais

Conjuntura Dezembro. Boletim de

Conjuntura Dezembro. Boletim de Dezembro de 2014 PIB de serviços avança em 2014, mas crise industrial derruba taxa de crescimento econômico Mais um ano de crescimento fraco O crescimento do PIB brasileiro nos primeiros nove meses do

Leia mais

SINCOR-SP 2016 ABRIL 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2016 ABRIL 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS ABRIL 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 2 Sumário Palavra do presidente... 4 Objetivo... 5 1. Carta de Conjuntura... 6 2. Estatísticas dos Corretores de SP... 7 3. Análise macroeconômica...

Leia mais

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 22 de Dezembro de 2015

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 22 de Dezembro de 2015 Associação Brasileira de Supermercados Nº59 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 22 de Dezembro de 2015 Supermercados mostram queda de -1,61% até novembro Desemprego e renda

Leia mais

Mercado Imobiliário em São Paulo

Mercado Imobiliário em São Paulo Mercado Imobiliário em São Paulo Gráfico 1 Evolução dos preços dos imóveis residenciais Variações % anuais 3 Os preços dos imóveis aumentaram acentuadamente entre 2 e 211, conforme evidenciado no Gráfico

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC julho 2012

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC julho 2012 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC julho 2012 Rio de Janeiro, 08 de agosto de 2012 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR julho de 2012 ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR

Leia mais

Investidores diminuem participação no mercado imobiliário

Investidores diminuem participação no mercado imobiliário Investidores diminuem participação no mercado imobiliário Investimentos representaram 20% das compras de imóveis no 3º trimestre deste ano; em 2013, esse percentual foi 41% O Raio-X do Comprador de Imóveis

Leia mais

Banco do Brasil + BaCen

Banco do Brasil + BaCen 1. TAXA Taxa [ i ] é um valor numérico de referência, informado por uma das notações: Forma percentual, p.ex. 1%. Forma unitária, p.ex. 0,01 Forma fracionária centesimal, p.ex. 1/100. Ambos representam

Leia mais

Educação Financeira. Sócio diretor: André Daniel Hayashi andre.hayashi@ctminvest.com.br

Educação Financeira. Sócio diretor: André Daniel Hayashi andre.hayashi@ctminvest.com.br Educação Financeira Sócio diretor: André Daniel Hayashi andre.hayashi@ctminvest.com.br É comum estar endividado? 21% 9% 70% Endividados Poupadores Investidores Slide 2/4 ALERTA!! Juros no cartão de crédito:

Leia mais

Custos da Gestão de Fundos

Custos da Gestão de Fundos Custos da Gestão de Fundos Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças FGV/EAESP Escola de Administração de Empresas de São Paulo Fundação Getúlio Vargas

Leia mais

No Distrito Federal imóveis ainda são rentáveis.

No Distrito Federal imóveis ainda são rentáveis. Brasília, 10 de Novembro de 2012 NOTA À IMPRENSA No Distrito Federal imóveis ainda são rentáveis. Por: (*) Rafhael Carvalho Marinho O índice de preços imobiliários verifica a existência de descolamento

Leia mais

O Cenário Econômico e o Mercado Imobiliário de Campinas. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP

O Cenário Econômico e o Mercado Imobiliário de Campinas. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP O Cenário Econômico e o Mercado Imobiliário de Campinas Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Mercado Imobiliário Brasileiro - VGL 2011-7% 2012 13% 2013 R$ 85,6 bilhões R$ 79,7 bilhões R$ 90,4 bilhões

Leia mais

Preço dos imóveis mantém trajetória de queda em abril

Preço dos imóveis mantém trajetória de queda em abril Preço dos imóveis mantém trajetória de queda em abril Índice FipeZap Ampliado tem nova queda real O Índice FipeZap, que acompanha o preço de venda dos imóveis em 20 cidades brasileiras, registrou aumento

Leia mais

UNIDADE Correção monetária

UNIDADE Correção monetária UNIDADE 5 Correção monetária Correção monetária Curso de Graduação em Administração a Distância Objetivo Nesta Unidade, você vai estudar: o conceito de inflação, bem como o conceito de correção monetária;

Leia mais

Medindo o custo de vida

Medindo o custo de vida Medindo o custo de vida Roberto Guena de Oliveira USP 11 de setembro de 2012 Roberto Guena de Oliveira (USP) Medindo o custo de vida 11 de setembro de 2012 1 / 34 Sumário 1 Índice de preços ao consumidor

Leia mais

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 29 de Outubro de 2015

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 29 de Outubro de 2015 Associação Brasileira de Supermercados Nº57 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 29 de Outubro de 2015 Setor de supermercados acumula queda de -0,96% Renda e inflação afetam

Leia mais

Press Release Novembro/07

Press Release Novembro/07 Press Release Novembro/07 Lucro Líquido de R$395,4 milhões ou R$ 5,14 por ação, de Janeiro a Novembro de 2007. São Paulo, 02 de janeiro de 2008 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) EBITDA 464,6 354,2 527,7 13,6% 49,0%

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) EBITDA 464,6 354,2 527,7 13,6% 49,0% Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 26 de abril de 2006 Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (NYSE:EMT;BOVESPA:EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

Rodobens é destaque no website Infomoney

Rodobens é destaque no website Infomoney Rodobens é destaque no website Infomoney Por: Conrado Mazzoni Cruz 19/04/07-09h55 InfoMoney SÃO PAULO - Atualmente, falar sobre o mercado imobiliário brasileiro é entrar na discussão sobre um possível

Leia mais

Informativo Semanal de Economia Bancária

Informativo Semanal de Economia Bancária 1 Comentário Semanal A semana começa ainda sob impacto do debate acerca da evolução do quadro fiscal e seus possíveis efeitos sobre o crescimento da economia e, conseqüentemente, sobre os juros em 2010.

Leia mais

Unidade II CONTABILIDADE EMPRESARIAL. Prof. Amaury Aranha

Unidade II CONTABILIDADE EMPRESARIAL. Prof. Amaury Aranha Unidade II CONTABILIDADE EMPRESARIAL Prof. Amaury Aranha Tópicos Unidade II Revisão Movimentos Unidade I Empréstimos Operações pré-fixadas Operações pós-fixadas Índices deflatores (diferenças) Aplicações

Leia mais

CARTA DE GESTÃO Opportunity Fundo de Investimento Imobiliário

CARTA DE GESTÃO Opportunity Fundo de Investimento Imobiliário Prezado(a) investidor(a), É com satisfação que apresentamos o relatório do administrador do referente ao período de Janeiro e Junho de 2014. 1. Constituição, Objetivos e Início das Operações O foi constituído

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO FATOR MAX CORPORATIVO DE RENDA FIXA

FUNDO DE INVESTIMENTO FATOR MAX CORPORATIVO DE RENDA FIXA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FUNDO FUNDO DE INVESTIMENTO FATOR MAX CORPORATIVO DE RENDA FIXA CNPJ: 00.828.035/0001-13 Informações referentes a Novembro/2015 Esta lâmina contém um resumo das

Leia mais

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 29 de Setembro de 2015

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 29 de Setembro de 2015 Associação Brasileira de Supermercados Nº56 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 29 de Setembro de 2015 Ritmo de vendas do autosserviço diminui em agosto Resultado do mês

Leia mais

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio. 1.2. Sondagem do comércio

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio. 1.2. Sondagem do comércio Nº 45- Maio/2015 1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio O volume de vendas do comércio varejista restrito do estado do Rio de Janeiro registrou, em fevereiro de 2015, alta de 0,8% em relação ao mesmo

Leia mais

PIB Produto Interno Bruto

PIB Produto Interno Bruto CARTA ECONÔMICA Nº 11/2015 Senhores Conselheiros, Gestores e Membros do Comitê de Investimentos, No atual momento econômico vem surgindo a dúvida se o Brasil está em recessão ou em depressão. Se por recessão

Leia mais

Contribuições ao Desenvolvimento do Mercado de Renda Fixa. Outubro / 2011

Contribuições ao Desenvolvimento do Mercado de Renda Fixa. Outubro / 2011 Contribuições ao Desenvolvimento do Mercado de Renda Fixa Outubro / 2011 Contribuições do BNDES Pacote de Medidas de Estímulo ao Financiamento de LP Iniciativas do BNDES Novo Programa de Aquisição de Debêntures

Leia mais

*UiILFR Taxa Selic, taxa VZDS de 180 dias e de 360 dias (%) 33 31 29 27 25 23 21 19 17 15 Jan 2000. Jul 2001. Swap de 180 Swap de 360 Taxa Selic

*UiILFR Taxa Selic, taxa VZDS de 180 dias e de 360 dias (%) 33 31 29 27 25 23 21 19 17 15 Jan 2000. Jul 2001. Swap de 180 Swap de 360 Taxa Selic Taxa de Juros, Custo do Crédito e Atividade Econômica Taxa básica e estrutura a termo de taxas de juros O Banco Central do Brasil, como a maioria dos bancos centrais modernos, utiliza a taxa básica de

Leia mais

Mercado Financeiro e de Capitais. Taxas de juros reais e expectativas de mercado. Gráfico 3.1 Taxa over/selic

Mercado Financeiro e de Capitais. Taxas de juros reais e expectativas de mercado. Gráfico 3.1 Taxa over/selic III Mercado Financeiro e de Capitais Taxas de juros reais e expectativas de mercado O ciclo de flexibilização monetária iniciado em janeiro, quando a meta para a taxa básica de juros foi reduzida em p.b.,

Leia mais

Boletim Econômico da Scot Consultoria

Boletim Econômico da Scot Consultoria Boletim Econômico da Scot Consultoria ano 1 edição 2 22 a 28 de abril de 2013 Destaque da semana Alta na taxa Selic O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu elevar a taxa Selic para 7,50% ao ano,

Leia mais

TÍTULOS PÚBLICOS. Tesouro Direto

TÍTULOS PÚBLICOS. Tesouro Direto TÍTULOS PÚBLICOS Tesouro Direto Tesouro Direto Conheça esta alternativa de investimento em renda fixa. O produto O Tesouro Direto é uma alternativa de investimento em que o investidor sabe, no momento

Leia mais

CONTRATOS DERIVATIVOS. Futuro de Cupom de IGP-M

CONTRATOS DERIVATIVOS. Futuro de Cupom de IGP-M CONTRATOS DERIVATIVOS Futuro de Cupom de IGP-M Futuro de Cupom de IGP-M Um instrumento de proteção contra variações na taxa de juro real brasileira O produto O Contrato Futuro de Cupom de IGP-M oferece

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI SKY 04.831.907/0001-53. Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI SKY 04.831.907/0001-53. Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI SKY 04.831.907/0001-53 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Fevereiro - 2015. Divulgado em 16 de março de 2015.

Fevereiro - 2015. Divulgado em 16 de março de 2015. Fevereiro - 2015 Divulgado em 16 de março de 2015. I C V A F E V E R E I R O D E 2 0 1 5 COM IMPACTO DO CARNAVAL, VAREJO TEM RETRAÇÃO DE 2,4% EM FEVEREIRO, APONTA ICVA O desempenho das vendas do comércio

Leia mais

NOSSA HISTÓRIA. Em Parceria com:

NOSSA HISTÓRIA. Em Parceria com: Em Parceria com: NOSSA HISTÓRIA A UM INVESTIMENTOS S/A Corretora de Títulos e Valores Mobiliários é uma instituição financeira independente e atua no mercado financeiro há 40 anos. Em 2008 iniciou um processo

Leia mais

5 Um simulador estocástico para o fluxo de caixa

5 Um simulador estocástico para o fluxo de caixa 5 Um simulador estocástico para o fluxo de caixa O objetivo desse capítulo é o de apresentar um simulador estocástico para o fluxo de caixa de um plano de previdência do tipo PGBL de um único indivíduo.

Leia mais

Viver de renda hoje exige ser três vezes mais rico do que em 2003

Viver de renda hoje exige ser três vezes mais rico do que em 2003 Veículo: Uol Data: 24.10.13 Viver de renda hoje exige ser três vezes mais rico do que em 2003 Viver de renda é um sonho cada vez mais distante dos brasileiros. Para ficar sem trabalhar o resto da vida,

Leia mais

Promessa: Controlar a Inflação

Promessa: Controlar a Inflação Promessa: Controlar a Inflação Entendimento O Conselho Monetário Nacional define uma meta de inflação anual e uma banda em torno da meta, equivalente a mais ou menos 02 pontos de percentagem. Atualmente

Leia mais

Sciesp. Clipping 21.07. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1

Sciesp. Clipping 21.07. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 Sciesp Clipping 21.07 A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 IDEST Cliente pode ter desconto em taxas na primeira compra de imóvel

Leia mais

Previsão da taxa de juros Selic e do câmbio nominal a partir de um modelo Var com restrição

Previsão da taxa de juros Selic e do câmbio nominal a partir de um modelo Var com restrição Previsão da taxa de juros Selic e do câmbio nominal a partir de um modelo Var com restrição Luciano D Agostin * José Luís da Costa Oreiro ** Os indicadores macroeconômicos de emprego, produto e inflação

Leia mais

Deixar de dever e ter dinheiro para investir em 3 meses

Deixar de dever e ter dinheiro para investir em 3 meses Deixar de dever e ter dinheiro para investir em 3 meses Descubra a sua real situação financeira para ter controle sobre ela. É muito comum encontrar pessoas que gastam mais do que ganham e nem sequer se

Leia mais

Indicadores de Desempenho Publicado em Novembro de 2015

Indicadores de Desempenho Publicado em Novembro de 2015 Publicado em Novembro de 2015 Fatos Relevantes Agosto/2015 Vendas Industriais As vendas industriais registraram expansão de 28,40% em agosto. Trata-se do maior aumento dos últimos três meses e aponta para

Leia mais

Análise do mercado de trabalho

Análise do mercado de trabalho Análise do mercado de trabalho 1 Introdução Esta análise tem como propósito a apresentação do desempenho do mercado de trabalho brasileiro no primeiro trimestre de 2010 com base, principalmente, nos indicadores

Leia mais

Matemática III. IFRS Campus Rio Grande

Matemática III. IFRS Campus Rio Grande 1.31. Introdução à Matemática Financeira Uma das aplicações das sequências é a Matemática Financeira. odemos associar os dois sistemas monetários com nossas As e Gs! O sistema de juros simples é associado

Leia mais

65ª SONDAGEM NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL

65ª SONDAGEM NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL 65ª SONDAGEM NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL Novembro de 2015 Um ano de recordes indesejados A sondagem da construção, realizada pelo SindusCon-SP desde 1999, chega ao final do ano com alguns

Leia mais

Porto Alegre, Dezembro de 2015

Porto Alegre, Dezembro de 2015 Porto Alegre, Dezembro de 2015 Análise de indicadores do mês de novembro No mês, a exportação alcançou cifra de US$ 13,806 bilhões. Sobre novembro de 2014, as exportações registraram retração de 11,8%,

Leia mais

PESQUISA PULSO BRASIL FIESP/CIESP 13º SALÁRIO

PESQUISA PULSO BRASIL FIESP/CIESP 13º SALÁRIO PESQUISA PULSO BRASIL FIESP/CIESP 13º SALÁRIO NOVEMBRO/2015 SUMÁRIO A pesquisa indica que o mercado consumidor está desaquecido no final desse ano devido a uma piora da situação financeiras das pessoas,

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário Hospital da Criança (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.)

Fundo de Investimento Imobiliário Hospital da Criança (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo 2008 2007 Passivo e patrimônio líquido 2008 2007 Circulante Circulante Bancos 3 15 Rendimentos a distribuir 412 366 Aplicações financeiras de renda fixa 28 8

Leia mais

Ministério da Fazenda. Junho 20041

Ministério da Fazenda. Junho 20041 Ministério da Fazenda Junho 20041 Roteiro Os avanços do Governo Lula O Brasil está crescendo Consolidando a agenda para o crescimento 2 Os avanços do Governo Lula 3 Consolidando a estabilidade macroeconômica

Leia mais