Prova de Equivalência à Frequência de Português (Prova Oral) Informação Prova de Equivalência à Frequência. Prova º Ciclo do Ensino Básico

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prova de Equivalência à Frequência de Português (Prova Oral) Informação Prova de Equivalência à Frequência. Prova 61 2014. 2.º Ciclo do Ensino Básico"

Transcrição

1 Informação Prova de Equivalência à Frequência Data: Prova de Equivalência à Frequência de Português (Prova Oral) Prova º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 05 de julho 1.Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2.º ciclo do ensino básico da disciplina de Português, a realizar em 2014, pelos alunos que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto-Lei n.º 139/2012, de 05 de julho. Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro e o Despacho Normativo n.º 5/2013, de 8 de abril. O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Objeto de avaliação; Características e estrutura; Critérios gerais de classificação; Material e Duração. Importa ainda referir que, nas provas desta disciplina, o grau de exigência decorrente do enunciado dos itens e o grau de aprofundamento evidenciado nos critérios de classificação estão balizados pelo Programa, em adequação ao nível de ensino a que a prova diz respeito. 2.Objeto de avaliação A prova permite avaliar a aprendizagem e os conteúdos presentes nos domínios do Programa da disciplina e das Metas Curriculares, passíveis de avaliação, em prova oral de duração limitada, sendo avaliada a aprendizagem dos discentes nos domínios da Leitura, da Educação Literária, da Gramática e da Produção. No domínio da Leitura /Educação Literária, podem ser objeto de avaliação as que constituem o corpus obrigatório, de acordo com as orientações do Programa. Relativamente à Gramática, são utilizados termos comuns ao Programa e ao Dicionário Terminológico. Os alunos podem usar termos das diferentes terminologias constantes nos documentos citados anteriormente, bem como das Metas Curriculares. Domínios LEITURA /EDUCAÇÃO LITERÀRIA Reconstrução do significado de textos; Identificação e interpretação de ambiguidades; Dedução de sentidos implícitos; Relacionação de textos; Organização da expressão oral. Gramática Conhecimento de aspetos da estrutura e do uso do português padrão. PRODUÇÃO ORAL Domínio do processo do oral, no seu uso multifuncional. Conteúdos LEITURA ORIENTADA Texto Narrativo Outros textos Categorias de texto narrativo Prova 61 1

2 Gramática Texto Estrutura da frase Classe de palavras Relação entre palavras Modos de representação do discurso PRODUÇÃO DE TEXTO ORAL Planificação, coerência e apresentação de texto. 3.Caracterização da prova A prova de Português é constituída por duas componentes, uma escrita e outra oral. A classificação final da prova corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das suas componentes, expressas em escala percentual de 0 a 100. A prova é constituída por três grupos de itens, avaliando-se: - No Grupo I, a aprendizagem nos domínios da Leitura, da Educação Literária, da Compreensão e da Expressão oral. Esta parte constitui o suporte de itens de leitura em voz alta de um texto narrativo, identificação/seleção de informação e de aplicação de conceitos e conhecimentos a novas situações, contempla a leitura. A leitura tem a cotação de 12 pontos; a descodificação de texto e a aplicação de conhecimentos tem a cotação de 36 pontos. Cotação: 48 pontos. - No Grupo II, a aprendizagem no domínio da Gramática é feita através de itens de seleção e de itens de construção. Cotação: 12 pontos. - No Grupo III, a aprendizagem no domínio da Oralidade, constituído por dois itens. Um dos itens engloba uma resposta extensa organizada. Este item tem a ver com a produção de um texto oral, tendo sido atribuído 20 pontos. O segundo item diz respeito à adequação do discurso ao assunto, ou seja, o discurso é ajustado à comunicação com a cotação de 20 pontos. Cotação: 40 pontos. A estrutura da prova inclui itens que se encontram sintetizados no seguinte quadro: Quadro 1 Valorização dos domínios e conteúdos na prova Domínios LEITURA/EDUCAÇÃO LITERÁRIA Reconstrução do significado de textos; Identificação e interpretação de ambiguidades; Dedução de sentidos implícitos; Relacionação de textos; Organização da expressão oral. GRAMÁTICA Conhecimento de aspetos da gramática do português padrão ORALIDADE Planificação, coerência e apresentação de texto. LEITURA ORIENTADA Conteúdos Texto Narrativo Outros textos Categorias de texto narrativo Texto; Estrutura da frase; Classe de palavras; Relação entre palavras Modos de representação do discurso; Produção de texto oral Articulação Pertinência Vocabulário Discurso Articulação Cotação (em pontos) Prova 61 2

3 Coerência 4.Critérios de classificação: As classificações a atribuir às respostas são expressas em números inteiros e resultam da aplicação dos critérios gerais e dos critérios específicos de classificação. 1. As respostas que não sejam claras são classificadas com zero pontos. A classificação a atribuir a cada item deve ser sempre uma das cotações incluídas nos respetivos critérios específicos de classificação. 2. A ambiguidade da resposta implica a atribuição de zero pontos. 3. Nos itens de completamento e de resposta curta, não devem ser tidos em conta, as respostas em que os elementos entrem em contradição. Se existir contradição, a resposta deve ser classificada com zero pontos. O mesmo acontecerá se se registar o afastamento integral do assunto abordado. 4. Nos itens em que deve ser avaliada a correção linguística, devem ser tidos em conta os erros morfológicos e de sintaxe. 5. Os níveis de desempenho que se descrevem, relativamente ao exercício de expressão oral, referem-se a aspetos relativos ao tema, articulação e coerência. Os níveis intermédios não foram explicitados, de modo que, assim, seja possível uma maior flexibilidade na atribuição das cotações. 6. Devem ser atribuídos zero pontos, em todos os parâmetros, às produções orais que não cumpram a instrução no que respeita ao tema. 5.Material a utilizar O material será fornecido pela escola. 6.Duração A prova tem a duração máxima de 15 minutos. Prova 61 3

4 Português (Prova oral) Informação Prova Equivalência à Frequência Data: Prova º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 05 de julho 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final a nível de escola do 3.º ciclo do ensino básico da disciplina de Português, a realizar em 2014, pelos alunos, que se encontram abrangidos pelo plano de estudos instituído pelo Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho e usufrui também das medidas previstas no Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro, com as alterações introduzidas pela Lei n.º 21/2008, de 12 de maio. Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro. O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Objeto de avaliação; Caracterização da prova; Critérios gerais de classificação; Material; Duração. Importa referir que, na prova desta disciplina, o grau de exigência decorrente do enunciado dos itens e o grau de aprofundamento evidenciado nos critérios de classificação estão balizados pelo Programa de Português do Ensino Básico e pelas Metas Curriculares de Português, em adequação ao nível de ensino a que a prova diz respeito, tendo em conta o Programa Educativo Individual (PEI) da supracitada aluna. 2.Objeto de avaliação A Prova Oral tem por referência o Programa de Português do Ensino Básico e as Metas Curriculares do Português, bem como toda a legislação em vigor. A prova permite avaliar as aprendizagens presentes nos domínios do Programa da disciplina e das Metas Curriculares, passíveis de avaliação, em prova oral de duração limitada, sendo avaliada a aprendizagem do discente nos domínios da Leitura, da Educação Literária, da Gramática e da Produção Oral. No domínio da Leitura e da Educação Literária, podem ser objeto de avaliação as aprendizagens da leitura de textos que constam da «lista de obras e textos para Educação Literária» (Metas Curriculares de Português) ou outros textos representativos da literatura portuguesa. Relativamente à Gramática são utilizados termos comuns ao Programa do Português e às Metas Curriculares. Os alunos podem usar termos das diferentes terminologias constantes nos documentos citados anteriormente. Domínios LEITURA/EDUCAÇÃO LITERÁRIA Leitura de textos variados com alguma expressividade; Fazer apreciações pessoais dos conteúdos dos textos. GRAMÁTICA Conhecimento de aspetos da estrutura e do uso do português padrão. PRODUÇÃO ORAL Domínio do processo do oral, no seu uso multifuncional. Prova 61 1

5 Conteúdos LEITURA ORIENTADA Texto Narrativo; GRAMÁTICA Tempos verbais; Classes de palavras; PRODUÇÃO DE TEXTO ORAL Apresentar e defender opiniões justificando com exemplos. 3.Caracterização da prova A prova de Português é constituída por duas componentes, uma escrita e outra oral. A classificação final da prova corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das suas componentes, expressas em escala percentual de 0 a 100. A prova é constituída por três grupos de itens, avaliando-se: - No Grupo I, a aprendizagem nos domínios da Leitura, da Educação Literária, da Compreensão e da Expressão oral. Esta parte constitui o suporte de itens de leitura em voz alta de um texto narrativo, identificação/seleção de informação e de aplicação de conceitos e conhecimentos a novas situações, contempla a leitura. A leitura tem a cotação de 12 pontos; a descodificação de texto e a aplicação de conhecimentos tem a cotação de 36 pontos. Cotação: 48 pontos. - No Grupo II, a aprendizagem no domínio da Gramática é feita através de itens de seleção e de itens de construção. Cotação: 12 pontos. - No Grupo III, a aprendizagem no domínio da Oralidade, é constituído por dois itens. Um dos itens engloba uma resposta organizada. Este item tem a ver com a produção de um texto oral, tendo sido atribuído 20 pontos. O segundo item diz respeito à adequação do discurso ao assunto, ou seja, o discurso é ajustado à comunicação com a cotação de 20 pontos. Cotação: 40 pontos. A estrutura da prova inclui itens que se encontram sintetizados no seguinte quadro: Quadro 1 Valorização dos domínios e conteúdos na prova Domínios LEITURA /EDUCAÇÃO literária Leitura de textos variados com alguma expressividade; Fazer apreciações pessoais do texto. LEITURA ORIENTADA Texto Narrativo; Conteúdos Cotação (em pontos) GRAMÁTICA Conhecimento de aspetos da estrutura e do uso do português padrão. ORALIDADE Apresentar e defender opiniões justificando com exemplos. Tempos verbais; Classes de palabras ( nomes e adjetivos); 12 Produção de texto oral Articulação Pertinência Vocabulário Discurso Coerência Prova 61 2

6 4.Critérios gerais de classificação: As classificações a atribuir às respostas são expressas em números inteiros e resultam da aplicação dos critérios gerais e dos critérios específicos de classificação. 1. A classificação a atribuir a cada item deve ser sempre uma das cotações incluídas nos respetivos critérios específicos de classificação. 2. Nos itens em que deve ser avaliada a correção linguística, devem ser tidas em conta as funcionalidades do aluno. 3. Os níveis de desempenho que se descrevem, relativamente ao exercício de expressão oral, referem-se a aspetos relativos ao tema, articulação e coerência. Os níveis intermédios não foram explicitados, de modo que, assim, seja possível uma maior flexibilidade na atribuição das cotações. 5.Material A escola fornecerá o material necessário. 6.Duração A prova tem a duração máxima de 15 minutos. Prova 61 3

7 Exame de Equivalência à Frequência de PORTUGUÊS LÍNGUA NÃO MATERNA Informação Exame de Equivalência à Frequência Data: Prova oral 64/ º e 3.º Ciclos do Ensino Básico Nível de proficiência linguística de Intermédio (B1) Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro Decreto-Lei n.º 94/2011, de 3 de Agosto Despacho Normativo n.º 7/2006 de 6 de fevereiro Despacho Normativo n.º 12/2011 de 22 de agosto Despacho n.º 14/2011, de 8 de novembro 1.Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final a nível de escola do 3º ciclo do ensino básico da disciplina de Português Língua Não Materna pelos alunos com nível de proficiência B1 nível Intermédio, a realizar em 2014, estando estes alunos abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto-Lei n.º 139/2012 de 5 de julho. Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho Normativo n.º 5/2013, de 8 de abril e o estipulado no Despacho n.º 7 /2006, de 6 de fevereiro, com alterações decorrentes do Despacho Normativo n.º 12 /2011, de 22 de agosto. Deve, ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 1/2005, de 5 de janeiro, com a última alteração introduzida pelo Despacho n.º 14/2011, de 18 de novembro, que procedeu à republicação integral e atualizado do diploma. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e nas Orientações Programáticas da disciplina PLNM emanadas da Direção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular. O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Objeto de avaliação; Caracterização da prova; Critérios gerais de classificação; Material; Duração. Este documento deve ser dado a conhecer aos alunos e com eles deve ser analisado, para que fiquem devidamente informados sobre a prova que irão realizar. Importa ainda referir que, nas provas desta disciplina, o grau de exigência decorrente do enunciado dos itens e o grau de aprofundamento evidenciado nos critérios de classificação estão balizados pelas Orientações Programáticas, em adequação ao nível de proficiência Intermédio (B1) a que a prova diz respeito. 2.Objeto de avaliação A prova oral a nível de escola tem por referência os descritores do nível de proficiência definido como B1 no Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR) Aprendizagem, Ensino, Avaliação e as Prova 91 1

8 Orientações Programáticas de Português Língua Não Materna em vigor disponível em Direção Geral de Educação, A prova permite avaliar a aprendizagem e os conteúdos presentes nos domínios das Orientações Programáticas da disciplina, passíveis de avaliação, em prova oral de duração limitada, sendo avaliada a aprendizagem dos discentes nos domínios da Leitura, do Conhecimento Explícito da Língua e da Produção ao nível das Competências Comunicativas em Língua. No domínio da Leitura, podem ser objeto de avaliação as que constituem o corpus obrigatório, de acordo com as orientações à escala global para o nível B1, devendo os alunos ser capazes de, compreender as questões principais, quando é usada uma linguagem clara e estandardizada e os assuntos lhes são familiares (por exemplo, temas abordados na escola e nos momentos de lazer); produzir um discurso simples e coerente sobre assuntos que lhes são familiares ou de interesse pessoal; descrever experiências e eventos, sonhos, esperanças e ambições, bem como expor brevemente razões e justificações para uma opinião ou um projeto. Relativamente ao Conhecimento Explícito da Língua, são utilizados termos comuns às orientações programáticas e ao Dicionário Terminológico. Os alunos podem usar termos das diferentes terminologias constantes nos documentos citados anteriormente. A prova engloba os domínios seguintes: LEITURA Ler, compreender e interpretar textos em que predomine uma linguagem corrente ou um registo mais formal da língua padrão, relatos de acontecimentos, ou a expressão de sentimentos e desejos em textos pouco extensos; Compreensão e Expressão oral. Compreensão do enunciado escrito/expressão oral GRAMÁTICA Conhecimento de aspetos da estrutura e do uso do português padrão. PRODUÇÃO ORAL/COMPETÊNCIAS COMUNICATIVAS EM LÍNGUA Domínio do processo de escrita, no seu uso multifuncional, essencialmente, em situações comunicativas do quotidiano, utilizando um repertório linguístico corrente. Conteúdos Unidades de situações comunicacionais: Noticiários (radiofónicos ou televisivos), filmes ou extratos de filmes, documentários ou extratos de documentários, videoclips; Relações sociais escrever cartas / notas / bilhetes, diário, memórias, autobiografia GRAMÁTICA Prova oral 2

9 Registo de língua: formal e não formal; Verbos Pretérito mais-que-perfeito composto do Indicativo Verbos Particípios Passados: formas regulares e irregulares Pronomes clíticos: formas do complemento direto e indireto e sua colocação. Preposições simples mais usadas. PRODUÇÃO DE TEXTO ORAL/ COMPETÊNCIAS COMUNICATIVAS EM LÍNGUA Identificação e organização de situações comunicacionais Desenvolvimento do tema/ Pertinência Vocabulário adequado e variado/fluência/ Articulação/ Construção de enunciados frásicos/acuidade lexical e correcção gramatical/coerência gramatical 3.Caracterização da prova A prova de Português Língua Não Materna é constituída por duas componentes, uma escrita e outra oral. A classificação final da prova corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades das classificações das suas componentes expressas em escala percentual de 0 a 100. A prova é constituída por três grupos de itens, avaliando-se: - No Grupo I, a aprendizagem nos domínios da Leitura, da Compreensão e da Expressão oral. Esta parte constitui o suporte de itens de leitura em voz alta de um texto numa situação comunicacional, identificação/seleção de informação e de aplicação de conceitos e conhecimentos a novas situações, através de exercícios de compreensão do texto lido com resposta oral a algumas questões, tendo a descodificação de texto e a aplicação de conhecimentos. A leitura tem a cotação de 15 pontos; compreensão e expressão oral 30 pontos. Total 45 pontos. - No Grupo II, a aprendizagem no domínio Da Gramática Exercícios de aplicação gramatical é feito através de itens de seleção, nomeadamente, escolha múltipla, associação/correspondência e/ou ordenação, nos itens de construção, resposta curta e restrita. Cotação: 15 pontos. - No Grupo III, a aprendizagem no domínio da Oralidade, constituído por dois itens. Apresentação/ Produção de texto oral através de uma imagem. Um dos itens engloba uma resposta organizada. Este item tem a ver com a produção de um texto oral, tendo sido atribuído 20 pontos. O segundo item diz respeito à adequação do discurso ao tema, ou seja, o discurso adequado à comunicação com a cotação de 20 pontos. Cotação: 40 pontos. A estrutura da prova inclui itens sintetizados no quadro seguinte: Prova oral 3

10 Quadro 1 Valorização dos domínios e conteúdos na prova Domínios Conteúdos Cotação (em pontos) Leitura, Compreensão e Expressão oral/competência Comunicativa Compreensão do enunciado escrito/expressão oral/competência Comunicativa Noticiários (radiofónicos ou televisivos), filmes ou extractos de filmes, documentários ou extractos de documentários, videoclips; Relações sociais escrever cartas / notas / bilhetes, diário, memórias, autobiografia Gramática: conhecer aspetos da gramática do português padrão em contexto de situação comunicacional Registo de língua: formal e não formal; Verbos Pretérito mais-queperfeito composto do Indicativo; Verbos Particípios Passados: formas regulares e irregulares Pronomes clíticos: formas do complemento direto e indireto e sua colocação. Preposições simples mais usadas. 15 Expressão Oral/Competência Comunicativa Planificação, coerência e apresentação do texto.. Adequação do discurso ao tema, e à situação comunicacional. Apresentação/ Produção de texto oral - Identificação e organização de situações comunicacionais - Desenvolvimento do tema/ Pertinência -Vocabulário adequado e variado/fluência/ Articulação/ -Construção de enunciados frásicos/acuidade lexical e correcção gramatical/coerência gramatical Prova oral 4

11 A prova pode incluir os tipos de itens discriminados no Quadro 2. Quadro 2 Tipologia, número de itens e cotação Tipologia de itens Número de itens Cotação por item (em pontos) Itens de seleção Associação/correspondência Ordenação 6 a 12 2 a 4 4 a 6 4 a 6 Itens de construção Resposta curta Resposta restrita 6 a 12 2 a 6 4 a Critérios gerais de classificação As classificações a atribuir às respostas são expressas em números inteiros e resultam da aplicação dos critérios gerais e dos critérios específicos de classificação. 1. As respostas que não sejam claras são classificadas com zero pontos. A classificação a atribuir a cada item deve ser sempre uma das cotações incluídas nos respetivos critérios específicos de classificação. 2. A ambiguidade da resposta implica a atribuição de zero pontos. 3. Nos itens de completamento e de resposta curta, não devem ser tidos em conta, as respostas em que os elementos entrem em contradição. Se existir contradição, a resposta deve ser classificada com zero pontos. O mesmo acontecerá se se registar o afastamento integral do assunto abordado. 4. Nos itens em que deve ser avaliada a correção linguística, devem ser tidos em conta os erros morfológicos e de sintaxe. 5. Os níveis de desempenho que se descrevem, relativamente ao exercício de expressão oral, referem-se a aspetos relativos ao tema, articulação e coerência. Os níveis intermédios não foram explicitados, de modo que, assim, seja possível uma maior flexibilidade na atribuição das cotações. Prova oral 5

12 6. Devem ser atribuídos zero pontos, em todos os parâmetros, às produções orais que não cumpram a instrução no que respeita ao tema. 5.Material Os alunos realizam a prova, apenas podendo usar, como material, os textos policopiados usados em aula, uma vez que os alunos não têm manual. 6.Duração A prova tem a duração máxima de 15 minutos. Prova oral 6

13 Informação Prova de Equivalência à Frequência Data: Prova de Equivalência à Frequência de Inglês (Prova Escrita) Prova º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2.º ciclo do ensino básico da disciplina de Inglês, a realizar em 2013, pelos alunos, que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho. Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho Normativo n.º 5/2013, de 8 de abril. O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Objeto de avaliação; Caracterização da prova; Critérios gerais de classificação; Material; Duração. Importa ainda referir que, nas provas desta disciplina, o grau de exigência decorrente do enunciado dos itens e o grau de aprofundamento evidenciado nos critérios de classificação estão balizados pelo Programa, em adequação ao nível de ensino a que a prova diz respeito. 2. Objeto de avaliação A prova tem por referência o Programa de Língua Inglesa em vigor e o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas - QECR. A prova permite avaliar a aprendizagem e os conteúdos presentes nos domínios do Programa da disciplina, passíveis de avaliação em prova escrita de duração limitada, sendo avaliada a aprendizagem do discente nos domínios da Leitura, Conhecimento Explícito da Língua e da Escrita. DOMÍNIOS LEITURA E ESCRITA Seleção de informação a partir de material escrito; Identificação das ideias principais de um texto; Organização da expressão escrita. CONHECIMENTO EXPLÍCITO DA LÍNGUA Conhecimento de aspetos da estrutura e do uso da Língua Inglesa. ESCRITA Domínio do processo de escrita, no seu uso multifuncional. CONTEÚDOS LEITURA PARA INFORMAÇÃO Informações contextualizadas sobre os temas: - Identificação pessoal; - Tempos livres; Prova 06 1

14 - Rotina diária. CONHECIMENTO EXPLÍCITO DA LÍNGUA - Simple Present (Affirmative, negative, interrogative forms). - Present Continuous (Affirmative, negative, interrogative forms). - Simple Present (Verbos to be/ to have got). ESCRITA PARA APROPRIAÇÃO DE TÉCNICAS E MODELOS - Seleção e organização das estruturas e vocabulário adequado ao tema proposto. 3. Caracterização da prova A prova de Inglês é constituída por duas componentes, uma escrita e outra oral. A classificação final da prova corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das suas componentes, expressas em escala percentual de 0 a 100. A prova é constituída por três grupos de itens, avaliando-se: - No Grupo I, a aprendizagem nos domínios da Leitura e da Escrita. Esta parte contempla a leitura e descodificação de um texto, através da identificação de afirmações verdadeiras ou falsas e justificação das falsas, escolha múltipla, completamento de frases e resposta às questões de interpretação. Cotação: 40 pontos. - No Grupo II, a aprendizagem no domínio do Conhecimento Explícito da Língua, através de itens de construção. Cotação: 35 pontos. - No Grupo III, a aprendizagem no domínio da Escrita, constituído por um item de elaboração de resposta extensa. Este item apresenta orientações no que respeita à tipologia textual, ao tema e à extensão (mínimo de 10 frases). Cotação: 25 pontos. A estrutura da prova inclui itens sintetizados no quadro seguinte: Quadro 1 Valorização dos domínios e conteúdos na prova Domínios Compreensão Ler/ Ver textos escritos de natureza diversificada adequados aos desenvolvimentos intelectual, sócio-afetivo e linguístico do aluno: Interpretação de texto - Compreender sentidos específicos contextualizados; - Interpretar o texto relacionando o tema com a sua realidade sociocultural. Saber Aprender Utilizar estratégias de apropriação do sistema da língua estrangeira: Estrutura da Língua - Reconhecer e utilizar estruturas gramaticais específicas. Produzir Escrever correspondendo a necessidades específicas de comunicação; Saber Aprender Utilizar estratégias de apropriação do sistema da língua estrangeira: Conteúdos Informações contextualizadas sobre os temas: - Identificação pessoal; - Tempos livres/férias; - Rotina diária. - Simple Present (Affirmative, negative, interrogative forms). - Present Continuous (Affirmative, negative, interrogative forms). - Simple Present (Verbos to be/ to have got). - Selecção e organização das estruturas e vocabulário adequado ao tema proposto. Cotação (em pontos) Prova 06 2

15 Produção de Texto - Usar com alguma fluência a Língua Inglesa; - Regras Básicas da estrutura frásica - Sequência lógica; - Observar as convenções da escrita (pontuação/ortografia). Estrutura da Língua - Reconhecer e utilizar estruturas gramaticais específicas. A prova pode incluir os tipos de itens discriminados no Quadro 2. Quadro 2 Tipologia, número de itens e cotação Tipologia de itens Verdadeiro/Falso Escolha múltipla Completamento de frases Resposta curta Resposta restrita Resposta extensa Número de itens Cotação por item (em pontos) a Critérios de classificação As classificações a atribuir às respostas são expressas em números inteiros e resultam da aplicação dos critérios gerais e dos critérios específicos de classificação. 1. As respostas ilegíveis são classificadas com zero pontos. A classificação a atribuir a cada item deve ser sempre uma das cotações incluídas nos respetivos critérios específicos de classificação. 2. A ilegibilidade ou a ambiguidade da resposta implica a atribuição de zero pontos. 3. Se o aluno apresentar mais de uma resposta para o mesmo item e não anular, clara e inequivocamente, a(s) resposta(s) que considerar incorreta(s), só a primeira deve ser classificada. 4. Nos itens de associação, de escolha múltipla e de verdadeiro/falso, devem ser atribuídos zero pontos às respostas, em que o examinando indicar mais opções do que a(s) pedida(s) e devem ser classificadas as respostas em que o aluno, embora não respeitando a instrução dada, indique, de forma inequívoca, as opções escolhidas. 5. Nos itens de completamento e de resposta curta, sempre que a resposta incluir elementos que excedam o solicitado, estes não devem ser tidos em conta, desde que não entrem em contradição com os elementos pedidos (por exemplo, se, na resposta a um item em que são pedidos três elementos, o examinando referir cinco, só os três primeiros devem ser considerados). Se existir contradição, a resposta deve ser classificada com zero pontos. 6. Nos itens em que deve ser avaliada a correção linguística, devem ser tidos em conta os erros ortográficos, morfológicos, de sintaxe e de pontuação. 7. Os níveis de desempenho que se descrevem, relativamente ao exercício de expressão escrita, referem-se a aspetos relativos ao tema, à pontuação e ao vocabulário. Os níveis intermédios não foram explicitados, de modo que, assim, seja possível uma maior flexibilidade na atribuição das cotações. 8. Devem ser atribuídos zero pontos, em todos os parâmetros, aos textos com uma extensão inferior a seis frases, dado que os mesmos não permitem uma avaliação fiável da expressão escrita. Prova 06 3

16 9. Devem ser atribuídos zero pontos, em todos os parâmetros, aos textos que não cumpram a instrução no que respeita ao tema. 5. Material O aluno realiza a prova na folha do enunciado da prova, apenas podendo usar, como material de escrita, caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Não é permitido o uso de dicionário. Não é permitido o uso de corretor. 6. Duração A prova tem a duração de 90 minutos. Prova 06 4

17 Informação Prova de Equivalência à Frequência Data: Prova de Equivalência à Frequência de Inglês (Prova Oral) Prova º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2.º ciclo do ensino básico da disciplina de Inglês, a realizar em 2013, pelos alunos, que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho. Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho Normativo n.º 5/2013, de 8 de abril. O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Objeto de avaliação; Caracterização da prova; Critérios gerais de classificação; Material; Duração. Importa ainda referir que, nas provas desta disciplina, o grau de exigência decorrente do enunciado dos itens e o grau de aprofundamento evidenciado nos critérios de classificação estão balizados pelo Programa, em adequação ao nível de ensino a que a prova diz respeito. 2. Objeto de avaliação A prova tem por referência o Programa de Língua Inglesa em vigor e o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas - QECR. A prova permite avaliar a aprendizagem e os conteúdos presentes nos domínios do Programa da disciplina, passíveis de avaliação em prova escrita de duração limitada, sendo avaliada a aprendizagem do discente nos domínios da Leitura, Conhecimento Explícito da Língua e da Escrita. DOMÍNIOS LEITURA E ORALIDADE Leitura de texto escrito; Seleção de informação a partir de material escrito; Identificação das ideias principais de um texto; Organização da expressão oral. CONHECIMENTO EXPLÍCITO DA LÍNGUA Conhecimento de aspetos da estrutura e do uso da Língua Inglesa. ORALIDADE Domínio de expressão oral, no seu uso multifuncional. Prova 06 1

18 CONTEÚDOS LEITURA E DESCODIFICAÇÃO PARA INFORMAÇÃO Informações contextualizadas sobre os temas: - Identificação pessoal; - Tempos livres/férias; - Rotina diária. CONHECIMENTO EXPLÍCITO DA LÍNGUA - Simple Present (Affirmative, negative, interrogative forms). - Present Continuous (Affirmative, negative, interrogative forms). EXPRESSÃO ORAL PARA APROPRIAÇÃO DE TÉCNICAS E MODELOS - Apresentação de discurso com seleção e organização das estruturas e vocabulário adequado ao tema proposto. 3. Caracterização da prova A prova de Inglês é constituída por duas componentes, uma escrita e outra oral. A classificação final da prova corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das suas componentes, expressas em escala percentual de 0 a 100. A prova é constituída por dois grupos de itens, avaliando-se: - No Grupo I, a aprendizagem nos domínios da Leitura e da Oralidade. Esta parte contempla a leitura (20 pontos) e descodificação de um texto, através da identificação de resposta curta e restrita (20 pontos) e com correção (10 pontos). Cotação: 50 pontos. - No Grupo II, a aprendizagem no domínio da Oralidade, constituído por um item de apresentação oral de resposta a um breve questionário de identificação pessoal. Este item apresenta orientações no que respeita à tipologia textual e ao tema (20 pontos). A avaliação incidirá sobre a entoação e a correta pronuncia (10 pontos). Aplicação correta de regras do conhecimento explícito da língua (20 pontos).cotação: 50 pontos. A estrutura da prova inclui itens sintetizados no quadro seguinte. Quadro 1 Valorização dos domínios e conteúdos na prova Domínios Interpretação de texto - Compreender sentidos específicos contextualizados; - Interpretar o texto relacionando o tema com a sua realidade sociocultural. Estrutura da Língua - Reconhecer e utilizar estruturas gramaticais específicas. Produção oral - Usar com alguma fluência a Língua Inglesa; - Regras Básicas da estrutura frásica; - Sequência lógica; Estrutura da Língua - Reconhecer e utilizar estruturas gramaticais específicas. Conteúdos Informações contextualizadas sobre os temas: - Tempos livres/férias; - Rotina diária. Conhecimento explícito da língua Tema: - Identificação pessoal. Conhecimento explícito da língua - Selecção e organização das estruturas e vocabulário adequado ao tema proposto. Cotação (em pontos) Prova 06 2

19 A prova pode incluir os tipos de itens discriminados no Quadro 2. Quadro 2 Tipologia, número de itens e cotação Tipologia de itens Número de itens Cotação por item (em pontos) Interpretação oral de um texto; Identificação pessoal: -resposta restrita Critérios de classificação As classificações a atribuir às respostas são expressas em números inteiros e resultam da aplicação dos critérios gerais e dos critérios específicos de classificação. 1. As respostas pouco claras são classificadas com zero pontos. A classificação a atribuir a cada item deve ser sempre uma das cotações incluídas nos respetivos critérios específicos de classificação. 2. A ambiguidade da resposta implica a atribuição de zero pontos. 3. Se o aluno apresentar mais de uma resposta para o mesmo item e não anular, clara e inequivocamente, a(s) resposta(s) que considerar incorreta(s), só a primeira deve ser classificada. 4. Sempre que exista contradição, a resposta deve ser classificada com zero pontos. 5. Nos itens em que deve ser avaliada a correção linguística, devem ser tidos em conta os erros de dicção, morfológicos, ortográficos e de sintaxe. 6. Devem ser atribuídos zero pontos, se a sua apresentação oral não incluir pelo menos quatro frases percetíveis, para uma avaliação fiável da expressão oral. 7. Devem ser atribuídos zero pontos, em todos os parâmetros, aos discursos que não cumpram a instrução no que respeita ao tema. 5. Material A escola fornecerá o material necessário para a realização da prova. 6. Duração A prova tem a duração máxima de 15 minutos. Prova 06 3

20 Informação Prova de Equivalência à Frequência Data: Prova de Equivalência à Frequência de Inglês (Prova Escrita) Prova º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 3.º ciclo do ensino básico da disciplina de Inglês, a realizar em 2014, pelos alunos que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho. Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro e o Despacho Normativo n.º 5/2013, de 8 de abril. O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Objeto de avaliação; Caracterização da prova; Critérios gerais de classificação; Material; Duração. Importa ainda referir que, nas provas desta disciplina, o grau de exigência decorrente do enunciado dos itens e o grau de aprofundamento evidenciado nos critérios de classificação estão balizados pelo Programa, em adequação ao nível de ensino a que a prova diz respeito. 2. Objeto de avaliação A prova tem por referência o Programa de Inglês em vigor, o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas e as Metas Curriculares de Inglês do Ensino Básico (3º Ciclo). A prova permite avaliar a aprendizagem e os conteúdos presentes nos domínios do Programa da disciplina, passíveis de avaliação, em prova escrita de duração limitada, sendo avaliada a aprendizagem dos discentes nos domínios da Leitura, da Compreensão/Interpretação Textual (Escrita), do Léxico e Gramática e da Produção Escrita. OBJETIVOS O aluno deve: - apreender factos e informações relacionados com os temas; - ler textos escritos adequados ao seu desenvolvimento intelectual, sócio-afetivo e linguístico; - deduzir o significado de novos vocábulos a partir do contexto; - identificar as ideias principais de um texto; - interpretar textos; - reunir a informação solicitada; - reorganizar a informação; - mobilizar as competências de escrita; - relembrar as regras gramaticais e morfossintáticas aprendidas; - usar os itens gramaticais e morfossintáticos corretamente; - mobilizar recursos linguísticos da língua inglesa; - aplicar as formas e funções da linguagem aprendidas na produção de um texto escrito, tendo em vista um desempenho adequado à situação de comunicação; - produzir um texto escrito coerente, estruturado, com repertório vocabular variado e correção sintática e ortográfica. Prova 21 1

21 3. Caracterização da prova A prova de Inglês é constituída por duas componentes, uma escrita e outra oral. A classificação final da prova corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das suas componentes, expressas em escala percentual de 0 a 100. CONTEÚDOS/APRENDIZAGENS Temáticos: Dependências (Addictions) E / OU Profissões (Jobs and Careers) E / OU Novas Tecnologias (New Technologies) E / OU Leitura Extensiva: Pink Bow Tie, de Paul Jennings Gramaticais: A Asking questions with the appropriate question words (Who? / Where? / When? / Why? / What? / Which? / How?/ How much/many?) B Conditional: 1 st Conditional / 2 nd Conditional C Reported Speech Verb Tenses: Present Simple, Past Simple, Future, Present Continuous, Present Perfect, Imperative. D Mixed Verb Tenses: Present Simple, Present Continuous, Present Perfect, Past Simple, Past Continuous, Past Perfect, Future 4. Critérios de Classificação GRUPO I 38% Exercícios de Compreensão / Interpretação Textual (Escrita) sobre um conteúdo temático: A - Exercício de Verdadeiro / Falso. B - Estabelecimento de correspondências entre palavras do texto e respetivos sinónimos. C - Completamento de frases sobre o texto. D - Respostas a questões sobre o texto. E - Exposição de opinião / Formulação de juízos de valor. GRUPO II 38% Exercícios de Gramática/Morfossintaxe: A Fazer perguntas para as respostas dadas, usando adequadamente as question words e a forma interrogativa B / C / D - Transformação e/ou completamento de frases GRUPO III 24% Exercício de Produção Escrita sobre um Conteúdo Temático: composição sobre um dos temas propostos. GRUPO I A frases verdadeiras: Resposta certa / errada; frases falsas: Resposta certa / Resposta parcialmente certa / Resposta errada B Resposta certa / Resposta errada Prova 21 2

22 C Coerência e pertinência de informação; sequência lógica; ausência de ambiguidades; correção morfossintática A resposta contempla todos estes itens / contempla parcialmente estes itens / não contempla estes itens. D Compreensão do texto; correção morfossintática; léxico apropriado; ausência de erros ortográficos. E Capacidade de síntese, expressão de opiniões e de juízos de valor e coerência de discurso; correção morfossintática; léxico apropriado; ausência de erros ortográficos. Grupos D + E: A resposta contempla na totalidade os itens / contempla parcialmente os itens / contempla deficientemente os itens / não contempla os itens. GRUPO II As respostas expressas deverão demonstrar conhecimento e aplicação correta das regras de funcionamento da língua, operacionalização adequada de mudanças sintáticas e morfológicas, completamento correto de frases e utilização pertinente dos tempos verbais. Exercícios A e C A resposta contempla estes itens na sua globalidade / A resposta contempla estes itens parcialmente / A resposta não contempla estes itens Exercício B e D Resposta certa / Resposta parcialmente certa / Resposta errada GRUPO III O texto escrito deverá demonstrar: Cumprimento da instrução no que diz respeito ao tema Coerência / pertinência da informação Estrutura / coesão Repertório vocabular variado Correção morfossintática Correção ortográfica 5. Material Os alunos realizam a prova na folha de prova, apenas podendo usar, como material de escrita, caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Não é permitido o uso de corretor. É permitida a utilização de dicionários bilingues e/ou monolingues. 6. Duração da Prova A prova tem a duração de 90 minutos. Prova 21 3

23 Informação Prova de Equivalência à Frequência Data: Prova de Equivalência à Frequência de Inglês (Prova oral) Prova º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 3.º ciclo do ensino básico da disciplina de Inglês, a realizar em 2014, pelos alunos que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho. Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho Normativo n.º 5/2013, de 8 de abril. O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Objeto de avaliação; Caracterização da prova; Critérios gerais de classificação; Material; Duração. Importa ainda referir que, nas provas desta disciplina, o grau de exigência decorrente do enunciado dos itens e o grau de aprofundamento evidenciado nos critérios de classificação estão balizados pelo Programa, em adequação ao nível de ensino a que a prova diz respeito. 2. Objeto de avaliação A prova tem por referência o Programa de Inglês em vigor, o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas e as Metas Curriculares de Inglês do Ensino Básico (3º Ciclo). A prova permite avaliar a aprendizagem e os conteúdos presentes nos domínios do Programa da disciplina, passíveis de avaliação, em prova oral de duração limitada, sendo avaliada a aprendizagem dos discentes nos domínios da Leitura, da Compreensão Oral (Textual), do Léxico e Gramática e da Produção Oral/Interação Oral. OBJETIVOS O aluno deve: - ler com clareza, correcção, ritmo, boa dicção e entoação textos escritos de natureza diversificada, adequados ao seu desenvolvimento intelectual, sócio-afetivo e linguístico; - identificar as ideias principais de um texto; - interpretar um texto; - reunir a informação solicitada; - reorganizar a informação; - elaborar respostas claras e corretas; - ouvir/falar em situações de comunicação diversificadas; - aplicar as formas e funções da linguagem aprendidas em função das necessidades específicas de comunicação; - Exprimir ideias e opiniões a partir de um determinado tema, tendo em atenção a clareza e a correção lexical e gramatical. 3. Caracterização da prova A prova de Inglês é constituída por duas componentes, uma escrita e outra oral. A classificação final da prova corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das suas componentes, expressas em escala percentual de 0 a 100. Prova 21 1

24 CONTEÚDOS/APRENDIZAGENS Temáticos: Dependências (Addictions) E/OU Profissões (Jobs and Careers) E/OU Novas Tecnologias (New Technologies) E / OU Leitura Extensiva: Pink Bow Tie, de Paul Jennings Linguísticos: Fonética Fonologia Morfologia Sintaxe Semântica 4. Critérios de Classificação Grupo I Leitura: 30% Leitura expressiva de um texto Grupo II Compreensão Oral (Textual): 20% Exercício de compreensão do texto lido em língua inglesa (com resposta oral a questões) Grupo III Produção Oral/Interação Oral: 50% Diálogo sobre um conteúdo temático estudado Exposição de pontos de vista Formulação de juízos de valor Grupo I LEITURA Considerados 3 níveis de desempenho: N3 Lê em voz alta com clareza, correção e ritmo. Revela uma boa dicção, entoação e pronúncia. Lê fluentemente e com expressividade. (21% a 30%) N2 Lê em voz alta com pouca clareza, correção e ritmo. Revela alguns erros de dicção, entoação e pronúncia. Lê com pouca fluência e expressividade. (11% a 20%) N1 Lê em voz alta com muito pouca clareza, correção e ritmo. Revela muitos erros de dicção, entoação e pronúncia. Lê sem fluência e expressividade. (0% a 10%) Prova 21 2

25 Grupo II COMPREENSÃO ORAL (TEXTUAL) As respostas às questões sobre o texto lido deverão apresentar: Capacidade de apreender as ideias gerais do texto Identificação/seleção de informação específica Capacidade de aplicar conceitos e conhecimentos em novas situações Correção gramatical/morfossintática Grupo III PRODUÇÃO ORAL / INTERAÇÃO ORAL Considerados 3 níveis de desempenho: N3 Exposição coerente e organizada. Análise crítica. Capacidade de síntese. Correção estrutural. Vocabulário adequado e variado. (40% a 50%) N2 Alguma capacidade de expressão. Algum sentido crítico. Alguns erros de estrutura. Vocabulário adequado mas não variado. (20% a 39%) N1 Capacidade de expressão deficiente. Falta de sentido crítico. Erros de estrutura que impedem a comunicação. Vocabulário muito limitado (0% a 19%). 5.Material A escola fornecerá o material necessário. Não é permitido o uso de dicionário. 6. Duração A prova tem a duração máxima de 15 minutos. Prova 21 3

26 Informação Prova de Equivalência à Frequência Data: Prova de Equivalência à Frequência de Francês (Prova Escrita) Prova º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1.Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 3.º ciclo do ensino básico da disciplina de Francês, a realizar em 2013, pelos alunos, que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho. Deve, ainda, ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho Normativo n.º 5/2013, de 8 de abril. O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Introdução; Objeto de avaliação; Caracterização da prova; Critérios gerais de classificação; Material; Duração. Importa ainda referir que, nas provas desta disciplina, o grau de exigência decorrente do enunciado dos itens e o grau de aprofundamento evidenciado nos critérios de classificação estão balizados pelo Programa e pelas Metas Curriculares, em adequação ao nível de ensino a que a prova diz respeito. 2.Objeto de avaliação A prova de Francês é constituída por duas componentes, uma escrita e outra oral. A classificação final da prova corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das suas componentes, expressas em escala percentual de 0 a 100. A prova permite avaliar a aprendizagem e os conteúdos presentes nos domínios do Programa da disciplina e das Metas Curriculares, passíveis de avaliação, em prova escrita de duração limitada, sendo avaliada a aprendizagem dos discentes nos domínios da Compreensão, da Interpretação, do Conhecimento Explícito da Língua e da Produção. Domínios COMPREENSÃO / INTERPRETAÇÃO TEXTUAL E TRADUÇÃO Uso da língua estrangeira para comunicar adequadamente e para apropriar-se de informação; Mobilização de recursos linguísticos na interação verbal, na receção e na produção de textos escritos, tendo em vista desempenhos adequados às situações de comunicação; Tradução de um excerto com correção. GRAMÁTICA DA LÍNGUA ESTRANGEIRA Aplicação de regras morfossintáticas: Completar frases Conjugar verbos Colocar questões adequadas Transformar frases PRODUÇÃO TEXTUAL Elaboração de um texto pessoal, claro, correto e bem organizado a partir de um determinado tema. Prova 16 1

27 Conteúdos COMPREENSÃO / INTERPRETAÇÃO TEXTUAL E TRADUÇÃO Apreensão do sentido global do texto Interpretação das mensagens veiculadas pelo texto Elaboração de respostas claras e corretas Tradução de um excerto com correção GRAMÁTICA Determinantes/Pronomes demonstrativos Pronomes pessoais COD e COI Advérbios de modo (-ment) Tempos verbais: Présent de l indicatif imparfait passé composé futur simple Forma interrogativa Forma negativa PRODUÇÃO ESCRITA Expressão de opiniões a partir de um determinado tema, tendo em atenção: o A sintaxe / a ortografia o A adequação / a organização textual o A criatividade 3.Caracterização da prova A prova de Francês é constituída por duas componentes, uma escrita e outra oral. A classificação final da prova corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das suas componentes, expressas em escala percentual de 0 a 100. A prova é constituída por três grupos de itens, avaliando-se: - No Grupo I, a aprendizagem nos domínios da Compreensão / Interpretação textual e da Tradução. A parte da Compreensão Textual constitui a identificação/seleção de informação tem a cotação de 10 pontos; a descodificação de texto e a aplicação de conhecimentos tem a cotação de 24 pontos; e a tradução tem uma cotação de 6 pontos. Representa uma cotação total de: 40 pontos. - No Grupo II, a aprendizagem no domínio do Conhecimento Explícito da Língua Estrangeira, através de itens de transformação e itens de construção. Cotação: 40 pontos. - No Grupo III, a produção escrita, em que são avaliados vários itens relacionados com a sintaxe e ortografia, com a adequação e organização textual, assim como com a criatividade, tendo sido atribuído 20 pontos. A estrutura da prova inclui itens sintetizados no quadro seguinte. Prova 16 2

FRANCÊS Nível 3 2016. 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril)

FRANCÊS Nível 3 2016. 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS Nível 3 2016 Prova 16 / 2016 1ª e 2ª Fase 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril) O presente documento divulga informação

Leia mais

PROVA ESCRITA. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Abril de 2015. Duração: 90 minutos (escrita) e 15 minutos (oral)

PROVA ESCRITA. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Abril de 2015. Duração: 90 minutos (escrita) e 15 minutos (oral) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Abril de 2015 Prova 06 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Tipo de Prova: Escrita e Oral Duração: 90 minutos (escrita)

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. INGLÊS I (5 anos) Prova 21 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 3.º ciclo do ensino básico da disciplina

Leia mais

» INTRODUÇÃO » OBJETO DA AVALIAÇÃO

» INTRODUÇÃO » OBJETO DA AVALIAÇÃO INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS COMPONENTES ESCRITA E ORAL PROVA 06 2016 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO Nos termos do n.º 8, do

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 2015 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de Inglês ( Prova escrita e oral ) nível V Ano letivo 2013 / 2014 1ª e 2ª fases 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO Prova Extraordinária de Avaliação INGLÊS 2º Ciclo - 6.º Ano de Escolaridade Despacho Normativo

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 04/05 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 6º Ano Abril de 05 Prova 06 05 Inglês Prova escrita -------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Informação Prova de Equivalência à Frequência Inglês Prova 06 2016 2º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência

Leia mais

INGLÊS. 1. Objeto de avaliação INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Prova 06 2015

INGLÊS. 1. Objeto de avaliação INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Prova 06 2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova 06 2015 1ª e 2ª Fase Tipo de prova: Escrita / Oral 2º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Direção de Serviços da Região Norte AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES ANO LETIVO 2015 / 2016 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova (06) 2016 2º Ciclo do Ensino Básico O presente documento

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915 Informação Exame de Equivalência a Frequência (Decreto lei 139/2012, de 5 de julho) Inglês 6ºAno Modalidade: Prova Escrita Prova Oral: 15 minutos 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO Prova Extraordinária de Avaliação INGLÊS 3º Ciclo - 8.º Ano de Escolaridade Despacho Normativo

Leia mais

Prova Escrita (Código 21) / 2015

Prova Escrita (Código 21) / 2015 Provas de equivalência à frequência INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS maio de 20 PROVA /21 20 3º Ciclo do Ensino Básico Prova Escrita (Código 21) / 20 O presente documento divulga informação

Leia mais

(Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

(Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Escola Básica 2.º e 3.º Ciclos Roque Gameiro INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova Escrita + oral 2014/2015 3º Ciclo do Ensino Básico INGLÊS CÓD. 21 (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro.

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro. Exame de equivalência à frequência de Inglês 05 3.º Ciclo do Ensino Básico Informação Exame de Equivalência à Frequência. Introdução O presente documento visa divulgar as características do exame de equivalência

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS PROVA ESCRITA Prova 06 2013 2.º Ciclo do Ensino Básico!. IntI ntrodução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência

Leia mais

3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de Inglês ( Prova escrita e oral ) nível V Ano letivo 2014 / 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 15 Espanhol _ 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO Prova escrita e oral _ 2014

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 15 Espanhol _ 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO Prova escrita e oral _ 2014 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 15 Espanhol _ 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO Prova escrita e oral _ 2014 1. INTRODUÇÃO O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Alvide

Escola Básica e Secundária de Alvide Informação-Exame de equivalência à frequência de Inglês (prova escrita) Prova 06 2016 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova tem por referência

Leia mais

Informação - Prova final de Português

Informação - Prova final de Português Informação - Prova final de Português Necessidades Educativas Especiais de Carácter Permanente 3.º Ciclo do Ensino Básico 2014 9 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015

Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015 Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015 2ºCiclo - 6º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

Leia mais

Tipo de prova: Escrita e Oral

Tipo de prova: Escrita e Oral INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA 1ª e 2ª Fases Prova 06 2014 Tipo de prova: Escrita e Oral 2º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação em vigor e o Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação em vigor e o Programa da disciplina. Científico -Humanísticos/ 11.º Ano de Escolaridade Prova: E + O Nº de anos: 2 Duração: 90 minutos + 25 minutos Decreto-Lei n.º139/2012, de 5 de julho 1. Introdução O presente documento visa divulgar as

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro.

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro. Prova de Equivalência à Frequência de Inglês Nível 5 Prova 21/2014 Informação Prova Data:16.maio.2014 3º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n. º 139/2012, de 5 de julho O presente documento divulga informação

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS CETÓBRIGA. Escola Básica dos 2º e 3º ciclos de Aranguez

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS CETÓBRIGA. Escola Básica dos 2º e 3º ciclos de Aranguez AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS CETÓBRIGA Escola Básica dos 2º e 3º ciclos de Aranguez INFORMAÇÃO - EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO 6º Ano de Escolaridade 2011/2012 PROVA

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Informação - Prova de Equivalência à Frequência Prova de Equivalência à Frequência de Inglês Código: 21 Ano de escolaridade: 9º (Decreto Lei n.º 139/2012, de 5 de julho e Despacho Normativo n.º 24-A/2012,

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 201 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Abação. Escola Básica de Abação

Agrupamento de Escolas de Abação. Escola Básica de Abação Agrupamento de Escolas de Abação Escola Básica de Abação Informação n.º 1 ---------------------------------------------------- Data: 07/05/2014 Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico (Alunos

Leia mais

Português Abril 2015

Português Abril 2015 Direção Geral de Estabelecimentos Escolares AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915 Informação Prova Final de ciclo a nível de escola Português Abril 2015 Prova 81/ 2015 3.º Ciclo do Ensino

Leia mais

DISCIPLINA: Psicologia B CÓDIGO DA PROVA: 340. CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 12º

DISCIPLINA: Psicologia B CÓDIGO DA PROVA: 340. CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 12º DISCIPLINA: Psicologia B CÓDIGO DA PROVA: 340 CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 12º 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência

Leia mais

DISCIPLINA: História CÓDIGO DA PROVA: 19 CICLO: 3º ANO DE ESCOLARIDADE: 9º

DISCIPLINA: História CÓDIGO DA PROVA: 19 CICLO: 3º ANO DE ESCOLARIDADE: 9º DISCIPLINA: História CÓDIGO DA PROVA: 9 CICLO: 3º ANO DE ESCOLARIDADE: 9º. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência da disciplina

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade. INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade. INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico I. INTRODUÇÃO

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Informação-Prova de Equivalência à Frequência Informação-Prova de Equivalência à Frequência 2º Ciclo do Ensino Básico Prova de Equivalência à Frequência de Língua Estrangeira I Inglês Escrita e Oral Prova 06/ 2013 Despacho normativo nº 5/ 2013, de

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características do Prova de Equivalência à Frequência Escrita e Oral do Ensino Básico da disciplina de Inglês, a realizar em 2015. O presente documento

Leia mais

Informação n.º 14.13. Data: 2013.01.31. Para: Direção-Geral da Educação. Inspeção-Geral de Educação e Ciência. AE/ENA com ensino secundário CIREP

Informação n.º 14.13. Data: 2013.01.31. Para: Direção-Geral da Educação. Inspeção-Geral de Educação e Ciência. AE/ENA com ensino secundário CIREP Prova de Exame Nacional de Inglês Prova 550 2013 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral de Educação e Ciência Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Secretaria

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 2015 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

Direção Geral de Estabelecimentos Escolares - DSRN AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO 150915

Direção Geral de Estabelecimentos Escolares - DSRN AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO 150915 Direção Geral de Estabelecimentos Escolares - DSRN AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO 150915 INFORMAÇÃO - PROVA FINAL DE CICLO A NÍVEL DE ESCOLA PORTUGUÊS Prova 51 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Informação-Prova de Equivalência à Frequência Informação-Prova de Equivalência à Frequência ENSINO SECUNDÁRIO PROVA ESCRITA E ORAL Prova de Equivalência à Frequência de Espanhol, 11º ano (Iniciação) Prova 375 (ter como referência quadro III do Desp.Norm.5/2013)

Leia mais

Inglês Abril de 2016. Quadro 1 Valorização dos domínios Cotação (em pontos) I Leitura/ Compreensão 40 II Gramática 40 III Escrita 20

Inglês Abril de 2016. Quadro 1 Valorização dos domínios Cotação (em pontos) I Leitura/ Compreensão 40 II Gramática 40 III Escrita 20 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês Abril de 2016 Prova 06 2016 2.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho Normativo 1-G/2016, de 6 de Abril) O presente documento divulga informação relativa

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 6º Ano Abril de 2015 Prova 06* 2015 Inglês Prova escrita (Decreto-Lei 3/2008, de 7 de janeiro)

Leia mais

INGLÊS-CONT. abril de 2015. Ensino Secundário. Prova 367 2015 Prova Escrita e Oral. Objeto de avaliação INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INGLÊS-CONT. abril de 2015. Ensino Secundário. Prova 367 2015 Prova Escrita e Oral. Objeto de avaliação INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Mod. AECISTER.EX.INF002 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS-CONT. abril de 2015 Prova 367 2015 Prova Escrita e Oral Ensino Secundário Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho e Decreto-Lei

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS PROVA 16 / 2015 9 º ANO 3 º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final a nível de escola,

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova de equivalência à frequência de Código 365 / 2012 Francês 11º Ano de Escolaridade Modalidade: Prova escrita A realizar em 2012 pelos alunos cujo plano

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. Informação Agrupamento de Escolas de Samora Correia Data: Maio 2012 Escola E. B. 2,3 Prof. João Fernandes Pratas Exame de Equivalência à Frequência de Inglês 2º Ciclo - 6.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Disciplina Inglês. Prova 367 2015. Tipo de Prova Escrita e Oral. Ensino Secundário

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Disciplina Inglês. Prova 367 2015. Tipo de Prova Escrita e Oral. Ensino Secundário INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Disciplina Inglês Prova 367 2015 Tipo de Prova Escrita e Oral Ensino Secundário O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência à

Leia mais

Este documento vai ser divulgado na escola-sede do Agrupamento e na página eletrónica: www.aepjm.pt/joomla

Este documento vai ser divulgado na escola-sede do Agrupamento e na página eletrónica: www.aepjm.pt/joomla Agrupamento de Escolas Pedro Jacques de Magalhães INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 2014 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga a informação relativa à prova de Equivalência

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Informação Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS Abril 2015 2ºCiclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Prova 06/2015 Tipo de Prova: Escrita e Oral Duração: 90 minutos + 15 minutos

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. ANTÓNIO FERREIRA GOMES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS 2º CICLO ANO 2015

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. ANTÓNIO FERREIRA GOMES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS 2º CICLO ANO 2015 AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. ANTÓNIO FERREIRA GOMES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS 2º CICLO ANO 2015 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da

Leia mais

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova:

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Informação sobre Prova de Equivalência à Frequência de Inglês Data: 10 de abril de 2013 Prova nº 21 2013 3º Ciclo do Ensino Básico Despacho Normativo n.º 24-A/2012 Agrupamento de Escolas de Vallis Longus-Valongo

Leia mais

alemão; espanhol; francês; inglês Dezembro de 2013

alemão; espanhol; francês; inglês Dezembro de 2013 Informação-Exame Final Nacional Línguas estrangeiras alemão; espanhol; francês; inglês Dezembro de 2013 Provas 501; 547; 517; 550 2014 11.º Ano de Escolaridade O presente documento divulga informação relativa

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês (Continuação) Código da Prova: 358 2014 12.º Ano de Escolaridade

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês (Continuação) Código da Prova: 358 2014 12.º Ano de Escolaridade Disciplina Inglês (cont.) Código - 358 2013/2014 Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês (Continuação) Código da Prova: 358 2014 12.º Ano de Escolaridade 1. Introdução As informações sobre

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 1. Introdução O presente documento visa, conforme previsto no Despacho Normativo n.º 5/2013, de 8 de abril, divulgar as características da prova de equivalência

Leia mais

Escola Básica 2,3 com Ensino Secundário de Alvide

Escola Básica 2,3 com Ensino Secundário de Alvide Informação-Prova de equivalência à frequência de Inglês (formação geral) - prova escrita Prova 367 2016 10º e 11º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova

Leia mais

Direção Geral de Estabelecimentos Escolares DSRN Agrupamento de Escolas de Póvoa de Lanhoso - 150915. Francês 2016

Direção Geral de Estabelecimentos Escolares DSRN Agrupamento de Escolas de Póvoa de Lanhoso - 150915. Francês 2016 Informação - Prova de Equivalência à Frequência Francês 2016 11º ano de escolaridade (Dec Lei n 139/2012, de 5 de julho) Prova 365 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE REDONDO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. HERNÂNI CIDADE INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA)

AGRUPAMENTO VERTICAL DE REDONDO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. HERNÂNI CIDADE INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) 1. INTRODUÇÃO ENSINO BÁSICO 2ºCICLO O presente documento visa divulgar as características do Exame de Equivalência à Frequência Escrita e

Leia mais

INGLÊS INFORMAÇÃO PROVA. 1. Objeto de avaliação. Prova de Equivalência à Frequência de. Prova 367 2016 Fases 1ª e 2ª. 10.º e 11.º Anos de Escolaridade

INGLÊS INFORMAÇÃO PROVA. 1. Objeto de avaliação. Prova de Equivalência à Frequência de. Prova 367 2016 Fases 1ª e 2ª. 10.º e 11.º Anos de Escolaridade INFORMAÇÃO PROVA Prova de Equivalência à Frequência de INGLÊS Prova 367 2016 Fases 1ª e 2ª 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de Julho 1. Objeto de avaliação A prova a que

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DO CADAVAL ANO LETIVO 2014-2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DISCIPLINA: ECONOMIA C CÓDIGO: 312

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DO CADAVAL ANO LETIVO 2014-2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DISCIPLINA: ECONOMIA C CÓDIGO: 312 ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DO CADAVAL ANO LETIVO 2014-2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DISCIPLINA: ECONOMIA C CÓDIGO: 312 1. OBJETO DE AVALIAÇÃO A prova tem por referência o Programa

Leia mais

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ENSINO SECUNDÁRIO ANO LETIVO: 2014/2015 1 ª / 2ª fases

Leia mais

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de Inglês (Prova escrita e oral) 1.ª e 2.ª Fases 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) As informações

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO VISUAL (14) Abril de 2015

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO VISUAL (14) Abril de 2015 Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Manuel Teixeira Gomes - Cód.145464 ESCOLA EB 2.3 PROFESSOR JOSÉ BUÍSEL INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 6-A/2015, de 5 de março.

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 6-A/2015, de 5 de março. Informação - Prova de Equivalência à Frequência Expressões Artísticas 23 Prova 2014.2015 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. OBJETO DE AVALIAÇÃO

1. INTRODUÇÃO 2. OBJETO DE AVALIAÇÃO INFORMAÇÃO-Prova de Equivalência à Frequência 2º Ciclo do Ensino Básico Despacho Normativo nº 6-A/2015 de 5 de março Disciplina: INGLÊS Código: 06 Tipo de Prova: ESCRITA E ORAL (Língua Estrangeira I, Nível

Leia mais

INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012

INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS DO 2º CICLO

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS DO 2º CICLO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS-2ºCICLO (PROVA ESCRITA) 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico de Inglês,

Leia mais

Prova de Equivalência à Frequência de História. Informação Prova de Equivalência à Frequência. Prova 19 2015. 3.º Ciclo do Ensino Básico

Prova de Equivalência à Frequência de História. Informação Prova de Equivalência à Frequência. Prova 19 2015. 3.º Ciclo do Ensino Básico Informação Prova de Equivalência à Frequência Data: 2015.04.22 Prova de Equivalência à Frequência de História Prova 19 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de junho, com as alterações

Leia mais

PROVA ESCRITA. As informações sobre a prova apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

PROVA ESCRITA. As informações sobre a prova apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ESPANHOL (LE II) Abril de 2015 Prova 15 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Tipo de Prova: Escrita e Oral Duração: 90

Leia mais

INGLÊS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA. 1. Objeto de avaliação. 2. Caracterização da prova. Prova 06 2015. 2º Ciclo do Ensino Básico

INGLÊS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA. 1. Objeto de avaliação. 2. Caracterização da prova. Prova 06 2015. 2º Ciclo do Ensino Básico AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova 06 2015 2º Ciclo do Ensino Básico O presente documento visa divulgar as características do Exame de Equivalência

Leia mais

358 INGLÊS (continuação-12.ºano) escrita e oral 12.ºano de escolaridade

358 INGLÊS (continuação-12.ºano) escrita e oral 12.ºano de escolaridade informação-prova de equivalência à frequência data: 18. 05. 2016 358 INGLÊS (continuação-12.ºano) escrita e oral 12.ºano de escolaridade curs os c ien t íf ico -h um an ísticos formação específica 2016

Leia mais

português língua não materna (a2) Dezembro de 2013

português língua não materna (a2) Dezembro de 2013 Informação prova final / Exame Final Nacional português língua não materna (a2) Dezembro de 2013 Prova 63/93/739 2014 6.º Ano, 9.º Ano ou 12.º Ano de Escolaridade O presente documento divulga as características

Leia mais

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita 2º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência COMPONENTE ESCRITA

Informação-Prova de Equivalência à Frequência COMPONENTE ESCRITA Agrupamento de Escolas do Viso Porto Prova de Equivalência à Frequência Espanhol (LE II) Prova 15 3º- Ciclo do Ensino Básico Informação-Prova de Equivalência à Frequência Tipo de Prova: Escrita e Oral

Leia mais

INGLÊS INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Prova 358 2015. Ensino Secundário 12º Ano

INGLÊS INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Prova 358 2015. Ensino Secundário 12º Ano AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA ESCOLA SECUNDÁRIA DE VERGÍLIO FERREIRA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova 358 2015 1ª e 2ª Fases Tipo de prova: Escrita e Oral Ensino Secundário

Leia mais

As informações sobre a prova apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida, e do Programa da disciplina.

As informações sobre a prova apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida, e do Programa da disciplina. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO MUSICAL Abril de 2015 Prova 12 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Tipo de Prova: Escrita e Prática Duração:

Leia mais

Agrupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique, Associação Escola 31 de Janeiro

Agrupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique, Associação Escola 31 de Janeiro ESCOLS COM ENSINO BÁSICO D P10 grupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique, ssociação Escola 31 de Janeiro INFORMÇÃO PROV DE EQUIVLÊNCI À FREQUÊNCI

Leia mais

Escola Básica e Secundária Vale Tamel www.aevt.pt Tel. 253808170

Escola Básica e Secundária Vale Tamel www.aevt.pt Tel. 253808170 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VALE TAMEL Escola Básica e Secundária Vale Tamel www.aevt.pt Tel. 253808170 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DISCIPLINA - Biologia 2015 PROVA 302 2015 ENSINO SECUNDÁRIO

Leia mais

Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento de Exames.

Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento de Exames. Disciplina Francês II Código: 16 Informação - Prova de Equivalência à Frequência 2014/2015 Francês II Código da prova: 16 9º Ano de Escolaridade / 3º ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de

Leia mais

Educação Musical Prova 12 2015

Educação Musical Prova 12 2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Educação Musical Prova 12 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014

PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014 MATRIZ DA PROVA DE AVALIAÇÃO INTERNA PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014 5 Páginas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar informação relativa à prova de avaliação interna

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Disciplina Francês Tipo de Prova Escrita e oral Ano letivo 2014/2015 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de

Leia mais

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO ANO LETIVO: 2014/2015 1 ª /

Leia mais

Espanhol (Prova Escrita + Oral)

Espanhol (Prova Escrita + Oral) Informação-Prova de Equivalência à Frequência Espanhol (Prova Escrita + Oral) Prova 15 2015 9º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 90 minutos (escrita) 15 minutos (oral) O presente documento visa divulgar

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Básico Informação Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS (LE I) Prova escrita e oral Prova 21 2015 do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame

Leia mais

ALEMÃO; ESPANHOL; FRANCÊS; INGLÊS Novembro de 2016

ALEMÃO; ESPANHOL; FRANCÊS; INGLÊS Novembro de 2016 INFORMAÇÃO-PROVA s estrangeiras ALEMÃO; ESPANHOL; FRANCÊS; INGLÊS Novembro de 2016 Provas 501; 547; 517; 550 11.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Ano letivo 2014/2015 Ensino Secundário - 1ª e 2ª Fase Disciplina de ESPANHOL (INICIAÇÃO BIENAL) - 375 Informação Prova de Equivalência à Frequência 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Agrupamento de Escolas Domingos Sequeira. INFORMAÇÃO: Prova de Equivalência à Frequência. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DE PROVA: 367

Agrupamento de Escolas Domingos Sequeira. INFORMAÇÃO: Prova de Equivalência à Frequência. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DE PROVA: 367 Agrupamento de Escolas Domingos Sequeira INFORMAÇÃO: Prova de Equivalência à Frequência DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DE PROVA: 367 TIPO DE PROVA: Escrita + Oral NÍVEL DE ENSINO/ANO: Ensino Secundário - 11º

Leia mais

INGLÊS PROVA DE EXAME FINAL DE ÂMBITO NACIONAL DE. Nível de Continuação. Data: 18.01.05 Número do Processo: SE.04.19/2005. 12.º Ano de Escolaridade

INGLÊS PROVA DE EXAME FINAL DE ÂMBITO NACIONAL DE. Nível de Continuação. Data: 18.01.05 Número do Processo: SE.04.19/2005. 12.º Ano de Escolaridade gabinete de avaliação educacional INFORMAÇÃO N.º 19/05 Data: 18.01.05 Número do Processo: SE.04.19/2005 Para: Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspecção Geral de Educação Direcções

Leia mais

História da Cultura e das Artes

História da Cultura e das Artes Prova de Exame Nacional de História da Cultura e das Artes Prova 724 2013 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral de Educação e Ciência Direções Regionais de Educação

Leia mais

INGLÊS PROVA DE EXAME FINAL DE ÂMBITO NACIONAL DE. Nível de Iniciação. Data: 18.01.05 Número do Processo: SE.03.11/2005. 12.º Ano de Escolaridade

INGLÊS PROVA DE EXAME FINAL DE ÂMBITO NACIONAL DE. Nível de Iniciação. Data: 18.01.05 Número do Processo: SE.03.11/2005. 12.º Ano de Escolaridade gabinete de avaliação educacional INFORMAÇÃO N.º 11/05 Data: 18.01.05 Número do Processo: SE.03.11/2005 Para: Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspecção Geral de Educação Direcções

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência - 2014. Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358

Informação Prova de Equivalência à Frequência - 2014. Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358 DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358 CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 12º Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência da disciplina

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS DO 2º CICLO

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS DO 2º CICLO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS-2ºCICLO (PROVA ORAL) 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico de Inglês, a

Leia mais

11 FÍSICO- QUÍMICA alunos abrangidos pela Portaria n.º 23/2015, de 27 de fevereiro 3.ºciclo do ENSINO BÁSICO 20

11 FÍSICO- QUÍMICA alunos abrangidos pela Portaria n.º 23/2015, de 27 de fevereiro 3.ºciclo do ENSINO BÁSICO 20 informação-prova de equivalência à frequência data:. 0 5. 2 0 11 FÍSICO- QUÍMICA alunos abrangidos pela Portaria n.º 23/2015, de 27 de fevereiro 3.ºciclo do ENSINO BÁSICO 20 1.O B J E T O D E A V A L I

Leia mais

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova:

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO MUSICAL Prova Escrita Abril de 2015 Prova nº 12 2015 ---------------------------------------------------------------------------------------- 2º Ciclo

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro.

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de Educação Física 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

Educação Física Componente Escrita

Educação Física Componente Escrita Informação Prova de Equivalência à Frequência / Prova Final de Ciclo Educação Física Componente Escrita Prova 26 2015 9.º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 45 minutos 3º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei

Leia mais

1ª/2ª Fase. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do programa da disciplina.

1ª/2ª Fase. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do programa da disciplina. Agrupamento de Escolas de Barrancos INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO INGLÊS abril de 2015 Prova 21 2015 1ª/2ª Fase 3.º Ciclo do Ensino Básico Tipo de Prova: Escrita + Oral

Leia mais

365 FRANCÊS (continuação-11.ºano) escrita e oral 11.ºano de escolaridade

365 FRANCÊS (continuação-11.ºano) escrita e oral 11.ºano de escolaridade informação-prova de equivalência à frequência data: 18. 0 5. 2 0 16 365 FRANCÊS (continuação-11.ºano) escrita e oral 11.ºano de escolaridade curs os c ien t íf ico -h um an ísticos formação geral 2016

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Informação-Prova de Equivalência à Frequência Informação-Prova de Equivalência à Frequência 3º Ciclo do Ensino Básico Prova de Equivalência à Frequência de Físico-Química Ano letivo 2014/2015 I. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Tipo deprova: Escrita e Oral Disciplina: Inglês. 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO 9º Ano 2015

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Tipo deprova: Escrita e Oral Disciplina: Inglês. 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO 9º Ano 2015 CÓDIGO: 21 / 6 Págs. INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Tipo deprova: Escrita e Oral Disciplina: Inglês 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO 9º Ano 2015 1. Introdução O presente documento visa divulgar

Leia mais

INGLÊS. Informação Prova de Equivalência à Frequência Prova 367 2012. 10º/11 anos de Escolaridade. 1. Introdução

INGLÊS. Informação Prova de Equivalência à Frequência Prova 367 2012. 10º/11 anos de Escolaridade. 1. Introdução nformação Prova de Equivalência à Frequência Prova 367 2012 Disciplina NGLÊS 10º/11 anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março 1. ntrodução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais