Gestão de Projectos. Processos e Aproximações de Desenvolvimento de Projectos. Informáticos. Selecção da Aproximação de Projectos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão de Projectos. Processos e Aproximações de Desenvolvimento de Projectos. Informáticos. Selecção da Aproximação de Projectos"

Transcrição

1 Gestão de Projectos Informáticos Processos e Aproximações de Desenvolvimento de Projectos Informáticos Prof. Alberto Silva & Dra. RosárioBernardo Departamento de Engenharia Informática Selecção da Aproximação de Projectos Considerar os riscos e incertezas, e.g. Os requisitos estão bem entendidos? As tecnologias a usar são conhecidas/dominadas? Considerar o tipo da aplicação a ser construida, e.g. Sistema de informação? embedded system? criticidade? Diferenças entre os ambientes de desenvolvimento e os de instalação? Os requisitos específicos do cliente É necessário usar um método particular? 3 Selecção da Aproximação de Projectos In-house development: A maioria dos aspectos resolvidos por planeamento de SI e standards organizacionais Software houses: Mais aplicáveis consoante as necessidades de diferentes clientes Processo de Desenvolvimento de Sistemas Estrutura do Processo de Desenvolvimento de Sistemas Principais Fases e Tarefas... Concep ção, Implementação, Manutenção Selecção da aproximação é ditadapela Incertezas do projecto Características da aplicação/si a ser construida 2 4

2 Processo de Desenvolvimento de Sistemas Outro modelo de processo de desenvolvimento de sistemas segundo Kotonya e Sommerville (in Requirements Engineering) System requirements engineering System validation Processo de Desenvolvimento de Sistemas Estrutura do Processo de Desenvolvimento de Software Custos relativos das várias tarefas do Desenv. Software... Conforme observados no final da d écada de 70 [Schach99] Architectural design System integration Requirements partitioning Sub-system development Software requirements engineering Qual é o problema desta situa ção? 5 7 Processo de Desenvolvimento de Sistemas Processo de Desenvolvimento de Sistemas Estrutura do Processo de Desenvolvimento de Software Modelos de Processos de Desenvolvimento de Software Do Problema até à Solução... Independentemente das particularidades de cada processo, podese distingui-los genericamente segundo duas grandes aproxima ções: Especificação de Requisitos: descrição do problema na óptica do cliente. aproximação em cascata aka waterfall one -shot, once-through Análise: descrição do problema na óptica do engº de sistema Desenho: especificação da solução em termos da plataforma e tecnologia computacional usada. aproximação prototipagem aka evolutionary development, prototyping aproximação incremental aka incremental delivery, iterative & incremental Note-se que esta distinção é ortogonal ao facto do processo usar uma abordagem estruturada ou baseada em objectos 6 8

3 Modelo Cascata Modelo Cascata Revista As actividades a executar são agrupadas em tarefas, executadas sequencialmente, de forma que uma tarefa só tem início quando a tarefa anterior tiver terminado Modelo Cascata Modelo Cascata Revista Vantagens só se avança para a tarefa seguinte quando o cliente valida e aceita os produtos finais (documentos, modelos, programas) da tarefa actual uma garantia formal para o fornecedor que fica mais descansado... pressuposto que o cliente participa activamente no projecto e que sabe muito bem o que quer Desvantagens promove a compartimentação dos esforços ao longo das diferentes tarefas e consequentemente desencorajaa comunicação e partilha de visões entre todos os intervenientes do projecto, por exemplo, entre os analistas, os responsáveis pelo desenho, os programadores, e os utilizadores. minimiza o impacto da compreensão adquirida no decurso de um projecto, uma vez que se um processo não pode voltar atrás de modo a alterar os modelos e as conclusões das tarefas anteriores, é normal que as novas ideias sobre o sistema não sejam aproveitadas. 10 The waterfall model 12

4 Modelo Cascata Revista Modelo V-Process Modelo Prototipagem An iterative process of creating quickly and inexpensively live and working models to test out requirements and assumptions Sprague and McNurlin Main types throw away prototypes evolutionary prototypes What is being prototyped? human-computer interface Outra forma de olhar para o modelo em cascata functionality Modelo Cascata Revista Modelo Prototipagem Vantagens da prototipagem Vantagens prevê a possibilidade de a partir de qualquer tarefa do ciclo se poder regressar a uma tarefa anterior de forma a contemplaralterações funcionais e/ou técnicas que entretanto tenham surgido, em virtude de um maior conhecimento que se tenha obtido. Learning by doing Facilitar a comunicação Melhorar a participação dos utilizadores Estabelecer um ambiente de feedback Desvantagens risco desta aproximação é que, na ausência de um processo de gestão do projecto e de controle das alterações bem definido, podemos passar o tempo num ciclo sem fim, sem nunca se atingir o objectivo final que é disponibilizar um sistema a funcionar. Reduzir a necessidade por documentação O protótipo pode ser usado para produzir os resultados expectáveis 14 16

5 Modelo Prototipagem Problemas da Prototipagem Modelo Iterativo e Incremental Os utilizadores podem não compreender a função da prototipagem Possível falta de controlo de projecto e de standards Custo adicional na produção dos protótipos Foco no desenho de interfaces amigáveis pode prejudicar outras propriedades, e.g., eficiência, desempenho Modelo Iterativo e Incremental Modelo Iterativo e Incremental Baseia -se no princípio que a equipa envolvida possa refinar e alargar pouco-a-pouco a qualidade, detalhe e âmbito do sistema envolvido A principal consequência da aproximação iterativa & incremental é que os produtos finais de todo o processo vão sendo amadurecidos e completados ao longo do tempo, mas cada iteração produz sempre um conjunto de produtos finais design build install evaluate first incremental delivery design build install evaluate second incremental delivery design build install evaluate third incremental delivery delivered system increment 1 increment 2 increment

6 Modelo Iterativo e Incremental Modelo Espiral Variante do modelo iterativo e incremental. Foi proposto por Barry Boehm [Boehm88] como Intentional incremental delivery resposta às criticas que os processos existentes na altura não favoreciam a utilização de prototipagem e reutilização de software. 21 Para além das tarefas e actividades previstas pelos outros processos, propõe logo de seguida à tarefa de planeamento a realização de uma tarefa de prototipagem e de análise do risco, como forma de eliminar os principais problemas e identificar os requisitos do sistema 23 Modelo Iterativo e Incremental Benefícios Modelo de Métodos Ágeis Feedback das primeiras iterações é usado no desenvolvimento das iterações subsequentes Períodos de desenvolvimento mais curtos / rápidos Os utilizadores obteem benefícios mais cedo Novo paradigma de encarar a gestão de projectos informáticos Agilidade é MAS também algumas possíveis desvantagens Perda de economia de escala software breakage ligeireza, desembaraço; actividade; vivacidade A capacidade de responder rapidamente e ultrapassar os obstáculos que podem pôr em risco o projecto... A capacidade de identificar as alterações relevantes... Nos requisitos No conhecimento do sistema No ambiente 22 24

7 Modelo de Métodos Ágeis Novo paradigma de encarar a gestão de projectos informáticos Modelo de M étodos Ágeis Manifesto for Agile Software Development Princípios A prioridade máxima é satisfazer o cliente através de uma entrega mais cedo e contínua de software com valor. Agilidade é ligeireza, desembaraço; actividade; vivacidade A capacidade de responder rapidamente e ultrapassar os obstáculos que podem pôr em risco o projecto... A capacidade de identificar as alterações relevantes... Nos requisitos No conhecimento do sistema No ambiente As mudanças nos requisitos são bem-vindas, mesmo na parte final do desenvolvimento. Os processos ágeis aproveitam a mudança para dar vantagens competitivas ao cliente. Entregar frequentemente (na ordem das semanas) software que funciona. As pessoas do negócio e os developers têm que trabalhar juntos diariamente ao longo do projecto. Construir projectos em torno de indivíduos motivados, dar-lhes o ambiente e suporte que eles precisam, e confiar neles para ter o trabalho feito. 25 O método mais eficiente e efectivo de comunicação para e numa equipa é através de conversação directa cara-a-cara. 27 Modelo de M étodos Ágeis Manifesto for Agile Software Development Valores Indivíduos e interacções em-vezde processos e ferramentas Software que trabalha em-vezde documentação perceptível Modelo de M étodos Ágeis Manifesto for Agile Software Development Princípios (cont.) Software que funciona é a principal medida de progresso. Promovem desenvolvimento sustentável e os seus participantes devem estar manter um ritmo constante, de modo saudável. Atenção contínua à excelência técnica e ao bom desenho promovem agilidade. Colaboração com cliente em-vezde negociação do contrato Simplicidade a arte de maximizar a quantidade de trabalho por fazer é essencial. Responder à mudança em-vez de seguir um plano As melhores arquitecturas, requisitos, e desenhos aparecem das equipas auto-organizadas, que trabalham em conjunto em todos os aspectos do projecto. Agile Alliance 26 Em intervalos regulares, a equipa reflecte como é que se pode tornar mais eficaz, de forma a afinar e ajustar o seu comportamento. 28

8 Modelo de M étodos Ágeis Processos Ágeis Quala aproximação a usar? Exemplos Extreme Programming, Kent Beck, Crystal, Alistair Cockburn FDD (Feature Driven Development ), Jeff De Luca, Peter Coad. ASD (Adaptive Software Development ), JimHighsmith DSDM (Dynamic Systems Development Metholdology) SCRUM MSF (Microsoft Solutions Framework) Se incerteza é elevada Usar a aproximação de Prototipagem Se complexidade é elevada mas não a incerteza Usar a aproximação Iterativa & Incremental Se complexidade e a incerteza éreduzida Usar a aproximação Cascata (one-shot) Se o calendário é apertado Usar a aproximação Iterativa & Incremental ou a Prototipagem! Macro e micro processos Discussão Qual a diferença entre processo e projecto? Quais os elementos estruturais comuns nos processos de desenvolvimento de sistemas? Quais os stakeholders nos processos comuns de desenvolvimento de sistemas? Que diferenças significativas existem entre projectos de eng.ª civil (ou mecânica) e de eng.ª informática? A macro process containing three iterative micro processes 30 32

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Processos de software Departamento de Matemática Universidade dos Açores Hélia Guerra helia@uac.pt Processo Um processo é uma série de etapas envolvendo actividades, restrições e

Leia mais

Enquadramento e Conceitos Gerais

Enquadramento e Conceitos Gerais Análise e Conc epç ão de Sist em as de Inform aç ão,qwurgxomr Carla Ferreira carla.ferreira@dei.ist.utl.pt Sistemas de Informação Arquitectura de Sistemas de Informação Planeamento Estratégico de Sistemas

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Processos de software Departamento de Matemática Universidade dos Açores Hélia Guerra helia@uac.pt Processo Um processo é uma série de etapas envolvendo actividades, restrições e

Leia mais

DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Desenvolvimento Ágil Modelos Ágeis. Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga

DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Desenvolvimento Ágil Modelos Ágeis. Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Desenvolvimento Ágil Modelos Ágeis Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga 2º Semestre / 2011 Extreme Programming (XP); DAS (Desenvolvimento Adaptativo de Software)

Leia mais

Engenharia de Software I. Aula 15: Metodologias Ágeis. Prof. Márcio D. Puntel marcio@puntel.org

Engenharia de Software I. Aula 15: Metodologias Ágeis. Prof. Márcio D. Puntel marcio@puntel.org Engenharia de Software I Aula 15: Metodologias Ágeis Prof. Márcio D. Puntel marcio@puntel.org Março - 2008 Antes... Manifesto Mudança de contratos Foco nas premissas... 2 Algumas metodologias Extreme Programming

Leia mais

MANIFESTO ÁGIL. Esses conceitos aproximam-se melhor com a forma que pequenas e médias organizações trabalham e respondem à mudanças.

MANIFESTO ÁGIL. Esses conceitos aproximam-se melhor com a forma que pequenas e médias organizações trabalham e respondem à mudanças. METODOLOGIAS ÁGEIS SURGIMENTO As metodologias ágeis surgiram em resposta ao problema dos atrasos no desenvolvimento de software e aos cancelamentos, devido ao fato dos sistemas demorarem muito tempo para

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 5 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 5-05/05/2006 1 Dúvidas da aula passada RUP (Rational Unified Process) é uma ferramenta ou um processo? Resposta: os dois. O

Leia mais

Desenvolvimento Ágil. O Manifesto para o Desenvolvimento de Software Ágil

Desenvolvimento Ágil. O Manifesto para o Desenvolvimento de Software Ágil Desenvolvimento Ágil 02561-5 Engenharia de Software Profa. Rosângela Penteado Aula de 24/8/2006 1 O Manifesto para o Desenvolvimento de Software Ágil Nós estamos descobrindo melhores maneiras de desenvolver

Leia mais

DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Processo Unificado e Desenvolvimento Ágil. Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga

DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Processo Unificado e Desenvolvimento Ágil. Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Processo Unificado e Desenvolvimento Ágil Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga 2º Semestre / 2011 O Processo Unificado dos autores Ivar Jacobson, Grady Booch e James

Leia mais

Desenvolvimento ágil de software

Desenvolvimento ágil de software Desenvolvimento ágil de software Desenvolvimento ágil de software (do inglês Agile software development) ou Método ágil é um conjunto de metodologias de desenvolvimento de software. O desenvolvimento ágil,

Leia mais

Metodologias Ágeis de Desenvolvimento de Software

Metodologias Ágeis de Desenvolvimento de Software "Antes de imprimir pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE." Engenharia de Software de Desenvolvimento de Software Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha

Leia mais

Análise e Conc epç ão de Sist em as de Inform aç ão,qwurgxomrj(qj GH5HTXLVLWRV. Adaptado a partir de Gerald Kotonya and Ian Sommerville

Análise e Conc epç ão de Sist em as de Inform aç ão,qwurgxomrj(qj GH5HTXLVLWRV. Adaptado a partir de Gerald Kotonya and Ian Sommerville Análise e Conc epç ão de Sist em as de Inform aç ão,qwurgxomrj(qj GH5HTXLVLWRV Adaptado a partir de Gerald Kotonya and Ian Sommerville 1 Objectivos Introduzir as noções requisitos de sistema e processo

Leia mais

05/05/2010. Década de 60: a chamada Crise do Software

05/05/2010. Década de 60: a chamada Crise do Software Pressman, Roger S. Software Engineering: A Practiotioner s Approach. Editora: McGraw- Hill. Ano: 2001. Edição: 5 Introdução Sommerville, Ian. SW Engineering. Editora: Addison Wesley. Ano: 2003. Edição:

Leia mais

Metodologias Ágeis. Aécio Costa

Metodologias Ágeis. Aécio Costa Metodologias Ágeis Aécio Costa Metodologias Ágeis Problema: Processo de desenvolvimento de Software Imprevisível e complicado. Empírico: Aceita imprevisibilidade, porém tem mecanismos de ação corretiva.

Leia mais

Com metodologias de desenvolvimento

Com metodologias de desenvolvimento Sociedade demanda grande quantidade de sistemas/aplicações software complexo, sistemas distribuídos, heterogêneos requisitos mutantes (todo ano, todo mês, todo dia) Mas, infelizmente, não há gente suficiente

Leia mais

Engenharia de Software. Apostila I >>> Introdução à ES - HEngholmJr

Engenharia de Software. Apostila I >>> Introdução à ES - HEngholmJr Engenharia de Software Apostila I >>> Introdução à ES - HEngholmJr Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 12/08/2014 1.0 Criação da primeira versão HEngholmJr Agenda Introdução à Engenharia

Leia mais

Desenvolvimento Ágil de Software

Desenvolvimento Ágil de Software Desenvolvimento Ágil de Software Métodos ágeis (Sommerville) As empresas operam em um ambiente global, com mudanças rápidas. Softwares fazem parte de quase todas as operações de negócios. O desenvolvimento

Leia mais

Comparativo entre Processos Ágeis. Daniel Ferreira dfs3@cin.ufpe.br

Comparativo entre Processos Ágeis. Daniel Ferreira dfs3@cin.ufpe.br Comparativo entre Processos Ágeis Daniel Ferreira dfs3@cin.ufpe.br O que discutiremos: Histórico Os Princípios Ágeis Comparação Do ponto de vista incremental Do ponto de vista funcional Vantagens e Desvantagens

Leia mais

Introdução 1 1. Enquadramento 5

Introdução 1 1. Enquadramento 5 r Indice Introdução 1 1. Enquadramento 5 l.1. Velhos e Novos Paradigmas na Gestão de Projectos 5 1.1.1. Novo Ambiente de Negócios 6 l.l.2. Problemas da Gestão de Projectos Tradicional.. 10 1.1.3. A Moderna

Leia mais

Análise e Conc epç ão de Sist em as de Inform aç ão 3URFHVVRV(QJ GH5HTXLVLWRV. Adaptado a partir de Gerald Kotonya and Ian Sommerville

Análise e Conc epç ão de Sist em as de Inform aç ão 3URFHVVRV(QJ GH5HTXLVLWRV. Adaptado a partir de Gerald Kotonya and Ian Sommerville Análise e Conc epç ão de Sist em as de Inform aç ão 3URFHVVRV(QJ GH5HTXLVLWRV Adaptado a partir de Gerald Kotonya and Ian Sommerville 1 Objectivos Introduzir a noção de processos e de modelos de processos

Leia mais

Modelo Cascata ou Clássico

Modelo Cascata ou Clássico Modelo Cascata ou Clássico INTRODUÇÃO O modelo clássico ou cascata, que também é conhecido por abordagem top-down, foi proposto por Royce em 1970. Até meados da década de 1980 foi o único modelo com aceitação

Leia mais

Engenharia de Software I

Engenharia de Software I Engenharia de Software I Curso de Sistemas de Informação Karla Donato Fook karladf@ifma.edu.br DESU / DAI 2015 Desenvolvimento Rápido de Software 2 1 Para quê o Desenvolvimento Rápido de Software? Os negócios

Leia mais

Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software

Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software Conteúdo Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software Engenharia de Software Profa. Elisa Yumi Nakagawa 2. Semestre 2005 Material inicialmente elaborado por André Figueiredo e mantido por pesquisadores

Leia mais

Guia Projectlab para Métodos Agéis

Guia Projectlab para Métodos Agéis Guia Projectlab para Métodos Agéis GUIA PROJECTLAB PARA MÉTODOS ÁGEIS 2 Índice Introdução O que são métodos ágeis Breve histórico sobre métodos ágeis 03 04 04 Tipos de projetos que se beneficiam com métodos

Leia mais

Daniel Wildt -dwildt@gmail.com

Daniel Wildt -dwildt@gmail.com Metodologias Ágeis e Software Livre Daniel Wildt -dwildt@gmail.com Bacharel em Informática (PUCRS) Professor Universitário (FACENSA) Mais de 10 anos de experiência em Desenvolvimento de Software, hoje

Leia mais

Sistemas de Informação e Programação II Odorico Machado Mendizabal

Sistemas de Informação e Programação II Odorico Machado Mendizabal Sistemas de Informação e Programação II Odorico Machado Mendizabal Universidade Federal do Rio Grande FURG C3 Engenharia de Computação 16 e 23 de março de 2011 Processo de Desenvolvimento de Software Objetivos

Leia mais

Parte I Requirement Engineering. Gestão de Projectos Informáticos. Gestão do Âmbito (Scope Management) Requirement Engineering.

Parte I Requirement Engineering. Gestão de Projectos Informáticos. Gestão do Âmbito (Scope Management) Requirement Engineering. Parte I Requirement Engineering Gestão de Projectos Informáticos Gestão do Âmbito (Scope Management) Requirement Engineering Introduzir as noções requisitos de sistema e processo de engª de requisitos

Leia mais

Prof. Luiz A. Nascimento. As práticas denominadas ágeis vêm sendo cada vez mais utilizadas na gerência de projetos de software.

Prof. Luiz A. Nascimento. As práticas denominadas ágeis vêm sendo cada vez mais utilizadas na gerência de projetos de software. Prof. Luiz A. Nascimento As práticas denominadas ágeis vêm sendo cada vez mais utilizadas na gerência de projetos de software. Porque metodologias ágeis? A história dos fracassos no desenvolvimento de

Leia mais

Questões Gerais e Modelos de Ciclo de Vida

Questões Gerais e Modelos de Ciclo de Vida Questões Gerais e Modelos de Ciclo de Vida 41 Existem vários modelos de desenvolvimento de software, cada um com suas particularidades. A respeito desse assunto, assinale a opção correta. A) No modelo

Leia mais

Manifesto Ágil - Princípios

Manifesto Ágil - Princípios USP UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO Métodos Ágeis Alunos: Rogério Guaraci dos Santos - rgsantos@ime.usp.br Giulian Dalton Luz - gdaltonl@ime.usp.br Manifesto Ágil - Princípios Indivíduos e interações

Leia mais

ENG1000 Introdução à Engenharia

ENG1000 Introdução à Engenharia ENG1000 Introdução à Engenharia Aula 01 Processo de Desenvolvimento de Software Edirlei Soares de Lima Processo de Software O processo de software consiste em um conjunto estruturado

Leia mais

SOFTWARE PROCESSES. Ian Sommerville, 8º edição Capítulo 4 Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos

SOFTWARE PROCESSES. Ian Sommerville, 8º edição Capítulo 4 Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos SOFTWARE PROCESSES Ian Sommerville, 8º edição Capítulo 4 Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos Objetivos Introduzir modelos de processo de software Descrever uma variedade de modelos de processo

Leia mais

development Teresa Maciel DEINFO/UFRPE

development Teresa Maciel DEINFO/UFRPE development Teresa Maciel DEINFO/UFRPE Prazos curtos Baixo custo Agregação ao negócio Fidelidade do cliente Competitividade Sobrevivência Cenário 2000 35% dos projetos apresentam sucesso 31% dos projetos

Leia mais

Tópicos. Métodos Ágeis. Histórico; Valores; Métodos Ágeis x Modelos Tradicionais; Exemplo: Referências Bibliográficas.

Tópicos. Métodos Ágeis. Histórico; Valores; Métodos Ágeis x Modelos Tradicionais; Exemplo: Referências Bibliográficas. Métodos Ágeis Edes Garcia da Costa Filho edes_filho@dc.ufscar.br 1 Tópicos Histórico; Valores; Métodos Ágeis x Modelos Tradicionais; Exemplo: Extreme Programming (XP). Referências Bibliográficas. 2 Histórico

Leia mais

Notas de Aula 02: Processos de Desenvolvimento de Software

Notas de Aula 02: Processos de Desenvolvimento de Software Notas de Aula 02: Processos de Desenvolvimento de Software Objetivos da aula: Introduzir os conceitos de um processo de desenvolvimento de software Definir os processos básicos Apresentar as vantagens

Leia mais

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SCRUM: ESTUDO DE REVISÃO. Bruno Edgar Fuhr 1

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SCRUM: ESTUDO DE REVISÃO. Bruno Edgar Fuhr 1 METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SCRUM: ESTUDO DE REVISÃO Bruno Edgar Fuhr 1 Resumo: O atual mercado de sistemas informatizados exige das empresas de desenvolvimento, um produto que tenha ao mesmo

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP FACULDADE DE TECNOLOGIA - FT GUSTAVO ARCERITO MARIVALDO FELIPE DE MELO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP FACULDADE DE TECNOLOGIA - FT GUSTAVO ARCERITO MARIVALDO FELIPE DE MELO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP FACULDADE DE TECNOLOGIA - FT GUSTAVO ARCERITO MARIVALDO FELIPE DE MELO Análise da Metodologia Ágil SCRUM no desenvolvimento de software para o agronegócio Limeira

Leia mais

Levantamento de requisitos no desenvolvimento ágil de software

Levantamento de requisitos no desenvolvimento ágil de software Levantamento de requisitos no desenvolvimento ágil de software Ricardo Augusto Ribeiro de Mendonça Coordenação de Pós-Graduação Lato Sensu Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) Goiânia

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 3 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 3-29/04/2006 1 Monitoria Marina Albuquerque E-mail: monitoriaes2@yahoo.com.br Horário de Atendimento: Terça e quinta de 09:00

Leia mais

5. Métodos ágeis de desenvolvimento de software

5. Métodos ágeis de desenvolvimento de software Engenharia de Software 5. Métodos ágeis de desenvolvimento de software Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Desenvolver e entregar software o mais rapidamente possível é hoje em dia um dos

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS METODOLOGIAS ÁGEIS ENGENHARIA DE SOFTWARE 10/08/2013

LISTA DE EXERCÍCIOS METODOLOGIAS ÁGEIS ENGENHARIA DE SOFTWARE 10/08/2013 LISTA DE EXERCÍCIOS METODOLOGIAS ÁGEIS ENGENHARIA DE SOFTWARE 10/08/2013 Disciplina: Professor: Engenharia de Software Edison Andrade Martins Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.br Área: Metodologias

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM AGÊNCIAS WEB BASEADO NO PMI E METODOLOGIAS ÁGEIS 1

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM AGÊNCIAS WEB BASEADO NO PMI E METODOLOGIAS ÁGEIS 1 1 GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM AGÊNCIAS WEB BASEADO NO PMI E METODOLOGIAS ÁGEIS 1 Peter Rizzon 2 Resumo: Com a crescente demanda no desenvolvimento de softwares baseados na plataforma web, as empresas

Leia mais

Metodologias Ágeis. Gerenciando e Desenvolvendo Projetos de forma eficiente. Gabriel Verta 0767948 Rafael Reimberg 0767701 Vinicius Quaiato - 0767697

Metodologias Ágeis. Gerenciando e Desenvolvendo Projetos de forma eficiente. Gabriel Verta 0767948 Rafael Reimberg 0767701 Vinicius Quaiato - 0767697 Metodologias Ágeis Gerenciando e Desenvolvendo Projetos de forma eficiente Gabriel Verta 0767948 Rafael Reimberg 0767701 Vinicius Quaiato - 0767697 Introdução Ao longo dos anos a indústria de desenvolvimento

Leia mais

DSI é o processo cujo objetivo é introduzir mudanças num sistema de informação, com objetivo de melhorar o seu desempenho.

DSI é o processo cujo objetivo é introduzir mudanças num sistema de informação, com objetivo de melhorar o seu desempenho. - DSI DSI é o processo cujo objetivo é introduzir mudanças num sistema de informação, com objetivo de melhorar o seu desempenho. Preocupação: Problema técnicos Mudança na natureza e conteúdo do trabalho

Leia mais

Ágil. Rápido. Métodos Ágeis em Engenharia de Software. Introdução. Thiago do Nascimento Ferreira. Introdução. Introdução. Introdução.

Ágil. Rápido. Métodos Ágeis em Engenharia de Software. Introdução. Thiago do Nascimento Ferreira. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução Métodos Ágeis em Engenharia de Software Thiago do Nascimento Ferreira Desenvolvimento de software é imprevisível e complicado; Empresas operam em ambiente global com mudanças rápidas; Reconhecer

Leia mais

Sistemas de Informação I

Sistemas de Informação I + Sistemas de Informação I Extreme Programming I Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br Você gostaria de trabalhar assim? Análise de Requisitos Longe de acordo Requerimentos Complexo Anarquia Perto

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Informática

Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Informática Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Informática Disciplina: INF5008 Prof.: (monalessa@inf.ufes.br) Conteúdo 8. Metodologias

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE II. Modelos de Ciclo de Vida e Processos de Software AULA 2

ENGENHARIA DE SOFTWARE II. Modelos de Ciclo de Vida e Processos de Software AULA 2 ENGENHARIA DE SOFTWARE II Modelos de Ciclo de Vida e Processos de Software AULA 2 Sumário Motivação Conceitos de Processo de Desenvolvimento de Software Atividades que compõem os processos de desenvolvimento

Leia mais

Jorge Luis Bublitz Consultor

Jorge Luis Bublitz Consultor Jorge Luis Bublitz Consultor Contexto Metodologias Agilidade e Metodologias Ágeis Mudanças FDD É o ato de elaborar e implementar um sistema computacional, isto é, transformar a necessidade de um utilizador

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Tecnologia Adaptação do Scrum ao Modelo Incremental

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Tecnologia Adaptação do Scrum ao Modelo Incremental 1 Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Tecnologia Adaptação do Scrum ao Modelo Incremental Leonardo Bertholdo Lidia Regina de Carvalho Freitas Barban 2 Leonardo Bertholdo Lidia Regina de Carvalho

Leia mais

Manifesto Ágil e as Metodologias Ágeis (XP e SCRUM)

Manifesto Ágil e as Metodologias Ágeis (XP e SCRUM) Programação Extrema Manifesto Ágil e as Metodologias Ágeis (XP e SCRUM) Prof. Mauro Lopes Programação Extrema Prof. Mauro Lopes 1-31 45 Manifesto Ágil Formação da Aliança Ágil Manifesto Ágil: Propósito

Leia mais

Extreme Programming: Uma Abordagem em Testes de Software Utilizando XUnit

Extreme Programming: Uma Abordagem em Testes de Software Utilizando XUnit UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ CENTRO TECNOLÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA E QUALIDADE DE SOFTWARE Extreme Programming: Uma Abordagem em Testes de Software Utilizando XUnit Projeto

Leia mais

Requisitos para Gestão de Requisitos no Desenvolvimento de Software que Utilizam Prática Ágeis

Requisitos para Gestão de Requisitos no Desenvolvimento de Software que Utilizam Prática Ágeis Requisitos para Gestão de Requisitos no Desenvolvimento de Software que Utilizam Prática Ágeis Abstract. Resumo. 1. Introdução Vinicius A. C. de Abreu 1 Departamento de Ciência da Computação - DCC Universidade

Leia mais

Desenvolvimento Ágil de Software com Programação extrema (XP) Ricardo Argenton Ramos

Desenvolvimento Ágil de Software com Programação extrema (XP) Ricardo Argenton Ramos Desenvolvimento Ágil de Software com Programação extrema (XP) Ricardo Argenton Ramos Novos ventos no mundo do Desenvolvimento de Software Sociedade demanda grande quantidade de sistemas/aplicações software

Leia mais

Engenharia de Software I 2012.2 Modelos de Processo de Software

Engenharia de Software I 2012.2 Modelos de Processo de Software Engenharia de Software I 2012.2 Modelos de Processo de Software Ricardo Argenton Ramos ricargentonramos@gmail.com A Engenharia de Software Uma Tecnologia em Camadas Gerenciamento da Qualidade Total e filosofias

Leia mais

Processo de Desenvolvimento de Software. Unidade V Modelagem de PDS. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com

Processo de Desenvolvimento de Software. Unidade V Modelagem de PDS. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Processo de Desenvolvimento de Software Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático desta aula Modelo Cascata (Waterfall) ou TOP DOWN. Modelo Iterativo. Metodologia Ágil.

Leia mais

extreme Programming extreme Programming (XP) Metodologia Ágil Partes do XP Communication (comunicação) 1. Valores do XP

extreme Programming extreme Programming (XP) Metodologia Ágil Partes do XP Communication (comunicação) 1. Valores do XP extreme Programming extreme Programming (XP) Metodologia ágil para equipes pequenas a médias desenvolvendo software com requesitos vagos ou que mudam freqüentemente. [Beck 2000] Em XP, codificação é principal

Leia mais

Análise de Sistemas Unidade III A Engenharia de Software Desenvolvimento Ágil

Análise de Sistemas Unidade III A Engenharia de Software Desenvolvimento Ágil Análise de Sistemas Unidade III A Engenharia de Software Desenvolvimento Ágil franciscogerson10@gmail.com Conteúdo Programático Introdução O que é um processo ágil A política de desenvolvimento ágil Fatores

Leia mais

Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software Livre

Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software Livre Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software Livre Dionatan Moura Jamile Alves Porto Alegre, 09 de julho de 2015 Quem somos? Dionatan Moura Jamile Alves Ágil e Software Livre? Métodos Ágeis Manifesto

Leia mais

METODOLOGIA ÁGIL. Lílian Simão Oliveira

METODOLOGIA ÁGIL. Lílian Simão Oliveira METODOLOGIA ÁGIL Lílian Simão Oliveira Fonte: Pressman, 2004 Aulas Prof. Auxiliadora Freire e Sabrina Schürhaus Alexandre Amorin Por quê???? Principais Causas Uso das Funcionalidades Processos empírico

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE

ENGENHARIA DE SOFTWARE ENGENHARIA DE SOFTWARE PARTE 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL Tópicos Introdução Processos e Metodologias Modelos e Modelação Boas Práticas no Desenvolvimento de Software Processos de Desenvolvimento de Software

Leia mais

UTILIZAÇÃO DAS METODOLOGIAS ÁGEIS XP E SCRUM PARA O DESENVOLVIMENTO RÁPIDO DE APLICAÇÕES

UTILIZAÇÃO DAS METODOLOGIAS ÁGEIS XP E SCRUM PARA O DESENVOLVIMENTO RÁPIDO DE APLICAÇÕES UTILIZAÇÃO DAS METODOLOGIAS ÁGEIS XP E SCRUM PARA O DESENVOLVIMENTO RÁPIDO DE APLICAÇÕES Marcelo Augusto Lima Painka¹, Késsia Rita da Costa Marchi¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Metodologias para Desenvolvimento de Software XP e SCRUM Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br Agenda Desenvolvimento Ágil de Software

Leia mais

Msc. Daniele Carvalho Oliveira Doutoranda em Ciência da Computação UFU Mestre em Ciência da Computação UFU Bacharel em Ciência da Computação UFJF

Msc. Daniele Carvalho Oliveira Doutoranda em Ciência da Computação UFU Mestre em Ciência da Computação UFU Bacharel em Ciência da Computação UFJF Msc. Daniele Carvalho Oliveira Doutoranda em Ciência da Computação UFU Mestre em Ciência da Computação UFU Bacharel em Ciência da Computação UFJF 1. Identificação de um problema a ser implementado 2. Análise

Leia mais

Requisitos e Modelação

Requisitos e Modelação Requisitos e Modelação combinação essencial para melhorar o processo de desenvolvimento de software Class4 -End1 -End2 Class1 * * System Actor1 * -End3 -End5 -End7 * Actor2 UseCase1 -End4 * UseCase2 -End6

Leia mais

A PRIMMER possui casos importantes nesta área. Venha compartilhar conosco desta experiência magnífica no mundo das metodologias ágeis.

A PRIMMER possui casos importantes nesta área. Venha compartilhar conosco desta experiência magnífica no mundo das metodologias ágeis. METODOLOGIAS ÁGEIS Boas Práticas para o Gerenciamento de Projetos de TI utilizando métodos ágeis baseados em SCRUM e XP etc. DIFERENCIAIS Avaliação prévia das necessidades de cada participante para customização

Leia mais

INTRODUÇÃO A PROJETOS

INTRODUÇÃO A PROJETOS INTRODUÇÃO A PROJETOS Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br GESTÃO DE PROJETOS Gestão Ágil de projetos Gestão de projetos com PMBOK GESTÃO ÁGIL DE PROJETOS GESTÃO ÁGIL

Leia mais

Análise de Negócios com Agilidade Uma Combinação de Sucesso! por Luiz Claudio Parzianello

Análise de Negócios com Agilidade Uma Combinação de Sucesso! por Luiz Claudio Parzianello Análise de Negócios com Agilidade Uma Combinação de Sucesso! por Luiz Claudio Parzianello Sobre o palestrante Engenheiro Eletricista pela PUCRS e Mestre em Sistemas Eletrônicos pela USP. Possui mais de

Leia mais

COMPARAÇÃO ENTRE OS PROCESSOS DOS MÉTODOS ÁGEIS: XP, SCRUM, FDD E ASD EM RELAÇÃO AO DESENVOLVIMENTO ITERATIVO INCREMENTAL

COMPARAÇÃO ENTRE OS PROCESSOS DOS MÉTODOS ÁGEIS: XP, SCRUM, FDD E ASD EM RELAÇÃO AO DESENVOLVIMENTO ITERATIVO INCREMENTAL COMPARAÇÃO ENTRE OS PROCESSOS DOS MÉTODOS ÁGEIS:, SCRUM, E ASD EM RELAÇÃO AO DESENVOLVIMENTO ITERATIVO INCREMENTAL COMPARISON BETWEEN THE PROCESSES OF METHODS ÁGEIS:, SCRUM, AND ASD WITH RESPECT TO THE

Leia mais

Prof. Me. Marcos Echevarria

Prof. Me. Marcos Echevarria Prof. Me. Marcos Echevarria Nas décadas de 80 e 90 a visão geral sobre a melhor maneira de desenvolver software era seguir um cuidadoso planejamento para garantir uma boa qualidade; Esse cenário era aplicável

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Capítulo 3 Processos de Software Slides do Livro do Sommerville, 2000 Disponíveis em inglês em www.software-engin.com Traduzidos por Jacinta Pereira Graduando do Curso de Letras

Leia mais

Sistemas de Informação I

Sistemas de Informação I + Sistemas de Informação I Processo de software I Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br + O que é Engenharia de Software n Definição dada pela IEEE [IEE93]: n Aplicação de uma abordagem sistemática,

Leia mais

Desenvolvimento Iterativo. Unified Process (UP) Esta abordagem ao desenvolvimento

Desenvolvimento Iterativo. Unified Process (UP) Esta abordagem ao desenvolvimento Desenvolvimento Iterativo Esta abordagem ao desenvolvimento assegura que o sistema cresce de forma incremental assegura que a complexidade se mantém controlada permite ainda obter rápido feedback de várias

Leia mais

Manifesto Ágil - Princípios

Manifesto Ágil - Princípios Manifesto Ágil - Princípios Indivíduos e interações são mais importantes que processos e ferramentas. Software funcionando é mais importante do que documentação completa e detalhada. Colaboração com o

Leia mais

O que é um processo de software?

O que é um processo de software? O que é um processo de software? Um conjunto de atividades realizadas por pessoas cujo objetivo é desenvolvimento ou evolução de software e sua documentação. Atividades genéricas em todos os processos:

Leia mais

Abordagens AGILE na gestão de projectos

Abordagens AGILE na gestão de projectos Abordagens AGILE na gestão de projectos João Carlos Loureiro Mendes Ferreira Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Júri Presidente: Orientador: Coorientador:

Leia mais

SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft

SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft A solução MB DOX oferece uma vantagem competitiva às empresas, com a redução do custo de operação, e dá um impulso à factura

Leia mais

Introdução à Revisão Sistemática da Literatura. Fernando Kenji Kamei @fkenjikamei

Introdução à Revisão Sistemática da Literatura. Fernando Kenji Kamei @fkenjikamei Introdução à Revisão Sistemática da Literatura Fernando Kenji Kamei @fkenjikamei Quais são as razões para conduzirmos uma Revisão da Literatura? Algumas possíveis razões... Delimitar o problema de pesquisa;

Leia mais

O que é software? Software e Engenharia de Software. O que é software? Tipos de Sistemas de Software. A Evolução do Software

O que é software? Software e Engenharia de Software. O que é software? Tipos de Sistemas de Software. A Evolução do Software O que é software? Software e Engenharia de Software Programas de computador Entidade abstrata. Ferramentas (mecanismos) pelas quais: exploramos os recursos do hardware. executamos determinadas tarefas

Leia mais

Processos de Software

Processos de Software Processos de Software Prof. Márcio Lopes Cornélio Slides originais elaborados por Ian Sommerville O autor permite o uso e a modificação dos slides para fins didáticos O processo de Um conjunto estruturado

Leia mais

Após completar este módulo você deverá ter absorvido o seguinte conhecimento: Uma ampla visão do framework Scrum e suas peculiaridades

Após completar este módulo você deverá ter absorvido o seguinte conhecimento: Uma ampla visão do framework Scrum e suas peculiaridades Objetivos da Aula 1 Após completar este módulo você deverá ter absorvido o seguinte conhecimento: Uma ampla visão do framework Scrum e suas peculiaridades Entendimento sobre os processos essenciais do

Leia mais

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA GUILHERME ANTUNES PASSOS WELLINGTON ANTUNES DANIEL

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA GUILHERME ANTUNES PASSOS WELLINGTON ANTUNES DANIEL UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA GUILHERME ANTUNES PASSOS WELLINGTON ANTUNES DANIEL RECOMENDAÇÕES PARA ATINGIR O NIVEL G DO MPS.BR COM BASE EM METODOLOGIAS ÁGEIS: UM ESTUDO DE CASO Palhoça 2013 GUILHERME

Leia mais

CURSO DE ANÁLISE DE SISTEMAS. ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Giuliano Prado de Morais Giglio

CURSO DE ANÁLISE DE SISTEMAS. ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Giuliano Prado de Morais Giglio UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA CURSO DE ANÁLISE DE SISTEMAS ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Giuliano Prado de Morais Giglio UNIDADE 03 MÉTODOS ÁGEIS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE O Desafio do Desenvolvimento

Leia mais

Princípios da Engenharia de Software Aula 02. Prof.: Franklin M. Correia

Princípios da Engenharia de Software Aula 02. Prof.: Franklin M. Correia Princípios da Engenharia de Software Aula 02 Prof.: Franklin M. Correia Na aula anterior... Introdução a Engenharia de Software O que é software? O que é Engenharia de Software? Conceitos importantes Tipos

Leia mais

Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas. Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi

Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas. Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi Histórico Uso de Metodologias Histórico Uso de Metodologias Era da Pré-Metodologia 1960-1970 Era da Metodologia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 05 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 05 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 05 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 24 de Setembro de 2013. Revisão aula anterior Processos de Software Engenharia de Requisitos, Projeto,

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARE

GESTÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARE GESTÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARE Fernando L. F. Almeida falmeida@ispgaya.pt Principais Modelos Capability Maturity Model Integration (CMMI) Team Software Process and Personal Software Process (TSP/PSP)

Leia mais

ESTUDO E APLICAÇÃO DE MODELOS ÁGEIS

ESTUDO E APLICAÇÃO DE MODELOS ÁGEIS UNIVERSIDADE DO PLANALTO CATARINENSE DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (BACHARELADO) RARUANA MACEDO DE FREITAS ESTUDO E APLICAÇÃO DE MODELOS ÁGEIS LAGES (SC)

Leia mais

UM SISTEMA ÁGIL NA GESTÃO DA CONSTRUÇÃO

UM SISTEMA ÁGIL NA GESTÃO DA CONSTRUÇÃO Coimbra, Portugal, 2012 UM SISTEMA ÁGIL NA GESTÃO DA CONSTRUÇÃO Manuela Cristina de Oliveira Pereira dos Santos Timóteo Fernandes Escola Superior de Tecnologia do Barreiro Instituto Politécnico de Setúbal

Leia mais

XI Workshop Anual do MPS (WAMPS 2015) - Contratações públicas usando métodos ágeis: riscos e controles

XI Workshop Anual do MPS (WAMPS 2015) - Contratações públicas usando métodos ágeis: riscos e controles XI Workshop Anual do MPS (WAMPS 2015) - Contratações públicas usando métodos ágeis: riscos e controles Renato Braga, CISA, CIA, CGAP, CCSA, CRMA, CCI Curitiba, 04 de dezembro de 2015 O bom negócio só é

Leia mais

Ideal para que tipo de empresa (equipe): pequena, média, grande? Em software onde os requisitos não são conhecidos é recomendado o uso do XP? Por quê?

Ideal para que tipo de empresa (equipe): pequena, média, grande? Em software onde os requisitos não são conhecidos é recomendado o uso do XP? Por quê? Significado de XP? Extreme Programming (Programação Extrema). Ideal para que tipo de empresa (equipe): pequena, média, grande? Pequenas e Médias. Em software onde os requisitos não são conhecidos é recomendado

Leia mais

MODELO DE PROCESSO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE SOFTWARE COM BASE EM METODOLOGIAS ÁGEIS

MODELO DE PROCESSO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE SOFTWARE COM BASE EM METODOLOGIAS ÁGEIS MODELO DE PROCESSO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE SOFTWARE COM BASE EM METODOLOGIAS ÁGEIS MIRILIAN CARLA ARAUJO CORILLO 1, ANDREA PADOVAN JUBILEU 2. 1 Tecnóloga em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais

Plataforma de Gestão de Actualizações de Software Descrição do Problema

Plataforma de Gestão de Actualizações de Software Descrição do Problema Plataforma de Gestão de Actualizações de Software Descrição do Problema Pedro Miguel Barros Morgado Índice Introdução... 3 Ponto.C... 4 Descrição do Problema... 5 Bibliografia... 7 2 Introdução No mundo

Leia mais

Ganhos de produtividade e de sucesso de Metodologias Ágeis VS Metodologias em Cascata no desenvolvimento de projectos de software

Ganhos de produtividade e de sucesso de Metodologias Ágeis VS Metodologias em Cascata no desenvolvimento de projectos de software Maria João Moreno Semedo Ganhos de produtividade e de sucesso de Metodologias Ágeis VS Metodologias em Cascata no desenvolvimento de projectos de software Dissertação apresentada para a obtenção do grau

Leia mais

Rational Unified Process

Rational Unified Process Rational Unified Process Engenharia de Software Bruno Braun Fernando Coelho Jonatas Teixeira Vinicius Massuchetto Sobre o RUP Metodologia proprietária de desenvolvimento de software Iterativo e incremental

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Conceitos e Metodologias para Desenvolvimento de Software Cascata, Prototipação, Espiral e RUP Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br

Leia mais

Engenharia de Requisitos 2 - Conceitos Básicos da Engenharia de Requisitos

Engenharia de Requisitos 2 - Conceitos Básicos da Engenharia de Requisitos Engenharia de Requisitos 2 - Conceitos Básicos da Engenharia de Requisitos Pedro Campos Professor Auxiliar, Universidade da Madeira http://dme.uma.pt/pcampos - pcampos@uma.pt 1 O que é a engenharia? A

Leia mais

Pós Graduação Engenharia de Software

Pós Graduação Engenharia de Software Pós Graduação Engenharia de Software Ana Candida Natali COPPE/UFRJ Programa de Engenharia de Sistemas e Computação FAPEC / FAT Estrutura do Módulo Parte 1 QUALIDADE DE SOFTWARE PROCESSO Introdução: desenvolvimento

Leia mais

Engenharia de Software LEIC/LERC, 3 o Ano, 2 o Semestre, Ano lectivo de 2009/2010

Engenharia de Software LEIC/LERC, 3 o Ano, 2 o Semestre, Ano lectivo de 2009/2010 UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Engenharia de Software LEIC/LERC, 3 o Ano, 2 o Semestre, Ano lectivo de 2009/2010 Segundo Exame 16 de Julho de 2010, 9:00H 11:30H (Versão A) Nome:

Leia mais

Agradecimento. Adaptação do curso Scrum de Márcio Sete, ChallengeIT. Adaptação do curso The Zen of Scrum de Alexandre Magno, AdaptaWorks

Agradecimento. Adaptação do curso Scrum de Márcio Sete, ChallengeIT. Adaptação do curso The Zen of Scrum de Alexandre Magno, AdaptaWorks S C R U M Apresentação Tiago Domenici Griffo Arquiteto de Software na MCP, MCAD, MCSD, MCTS Web, Windows e TFS, ITIL Foundation Certified, MPS.BR P1 Experiência internacional e de offshoring Agradecimento

Leia mais