APRESENTAÇÃO DE DOIS NOVOS ÁLBUNS MUSICAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APRESENTAÇÃO DE DOIS NOVOS ÁLBUNS MUSICAIS"

Transcrição

1 APRESENTAÇÃO DE DOIS NOVOS ÁLBUNS MUSICAIS É já na próxima sexta-feira, 25 de setembro de 2015, pelas 22h30 Horas que o GRUPO DE CORDAS DA FAJÃ DA OVELHA irá apresentar dois novos Álbuns musicais no palco do Lookall (bar do Calheta Beach, junto à praia) intitulados: - MÚSICAS TRADICIONAIS DA MADEIRA E POPULARES PORTUGUESAS - Os Melhores Êxitos (contendo 16 faixas, com canções tradicionais recolhidas por elementos do Grupo no Concelho da Calheta e algumas canções populares Portuguesas); - ROMARIAS DE NATAL - NATAL MADEIRENSE (contendo 15 faixas, com diversas Romarias de Natal recolhidas por elementos do Grupo e interpretadas pelo mesmo, quer na Paróquia da Fajã da Ovelha, quer em outras Paróquias do Concelho da Calheta e em Convívios de Natal organizados pelas Autarquias um pouco pela Região. Inclui a canção da Entrada dos Pastores; Erguei-vos Pastores e a Cantiga dos Reis desta nossa localidade). Vá até ao Lookall, acompanhado pela sua família e amigos e apoie a nossa cultura, valorizando assim o nosso Património Cultural. Na apresentação dos dois Álbuns o Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha apresentará algumas das faixas no âmbito da Música Tradicional, da Música Popular Portuguesa e da Religiosidade Popular onde inclui as nossas Romarias de Natal tão vividas na noite de Natal, em toda a nossa região. Teremos os nossos Álbuns à venda junto ao palco. Aproveite a ocasião e leve consigo um CD com os melhores êxitos de canções quer tradicionais do Concelho da Calheta, quer de canções populares portuguesas. Visto que vamos entrar no último trimestre do ano, leve consigo um CD com 15 Romarias de Natal, interpretadas pelo Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha e que já fazem parte do nosso Cancioneiro de Músicas de Natal na Madeira. Contamos consigo! A Direção do Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha Jaime Andrade

2 UM POUCO DA HISTÓRIA do Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha A sua origem remonta a última década do Século XIX, tendo sido conhecido como Música do Bolo, a Música da Bolacha, ou então Música do Caramujo, denominação que referia o único pagamento que recebiam pelas suas atuações nas mercearias e nas festas populares nas quais participavam. Um destes grupos era do Sítio de São João, outro do Sítio de São Lourenço, enquanto que o último era do Sítio das Eirinhas, todos desta localidade. Em ocasiões festivas, estes jovens reuniam-se sob o nome de Orquestra da Fajã da Ovelha para tocar em arraiais populares desta freguesia e das localidades vizinhas. Esta tradição foi passando de pais para filhos e netos, conservando-se o grupo até aos dias de hoje. Foi sonhando com a preservação dos valores ancestrais dos seus antepassados que germinou e nasceu a nova formação, no início da década de 90 do século XX, o Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha, dinamizado pelo Sr. Manuel Gomes Teixeira (tocador de Guitarra Acústica), cujas idades dos seus elementos variam entre os nove e os sessenta e cinco anos. Já em 01 de abril de 1995 é criada a Associação Cultural e Recreativa GRUPO DE CORDAS DA FAJÃ DA OVELHA. Neste Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha, fazem parte da tocata, o Acordeão, os Rajões, o Braguinha, os Bandolins, o Violino, as Guitarras Acústicas, por vezes a Flauta transversal e os instrumentos de percussão como o Bombo, a Rebeca de Cana e o Ferrinho. Este agrupamento era e é convidado para tocar as Romarias de Natal dos sítios que pertencem à Paróquia, quer na noite de Natal, quer na 1ª oitava, no 1º dia do ano novo ou até mesmo no dia de Réis. Por vezes era e é chamado para tocar também algumas Romarias de Natal noutras Paróquias vizinhas. No que concerne às atuações, o grupo animou e anima sempre que solicitado, alguns arraiais populares desta localidade e em todos os Concelhos da Região Autónoma da Madeira, convívios em habitações de emigrantes que visitavam a sua terra pelas Festas do Padroeiro São João Baptista, Festas de Batizados e alguns Casamentos, Missas do Parto e de Nossa Senhora de Fátima, Cantares dos Reis, Festas da Cana-de-açúcar na Vila da Calheta, Festas do Concelho da Calheta, Festas do Pêro na Ponta do Pargo, Feira Agropecuária do Porto Moniz, Festa do Limão, da Castanha, da Cereja, Mostra do Brigalhó, da Ginja; Dia do Emigrante, Festa

3 da Vindima, Encontros de Romarias de Natal, Almoços de Natal para Idosos, entre outros eventos culturais. No seu palmarés, para além de participar em diversas festas religiosas e populares, assim como eventos governamentais em todos os Concelhos da Região e participado em alguns programas televisivos, nomeadamente no Viagens na Minha Terra (Década de 90), no Madeira em Directo e Atlântida, da RTP-Madeira, fez também apresentações musicais e entrevistas para algumas estações de rádio locais para apresentação dos seus trabalhos discográficos. Também já conta com duas internacionalizações, tendo realizado a primeira em junho de 2006, quando participou no Festival Internacional de Folclore em Ormesson, Paris França, a convite do Sr. António Luís Sardinha (Responsável pelo Grupo de Folclore Flores da Madeira em Paris), emigrante e membro do Grupo de Cordas, aquando das suas visitas à sua terra natal. A segunda internacionalização foi à Cidade de Saragoça Espanha, através de um intercâmbio musical com a Orquestra Trovador daquela cidade, no âmbito da realização da Expo Saragoça em Agosto de Atualmente permanecem quatro elementos da formação anterior à constituição como Associação Cultural e Recreativa, sendo que três destes elementos, onde inclui o seu Diretor Artístico, foram também elementos fundadores desta Associação. Entre o primeiro trimestre de 2006 e 18 de outubro de 2013, o Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha, a convite do atual Presidente da Direção da Casa do Povo local, integra aquela instituição, a fim de gozar de apoios financeiros para suportar as despesas correntes tais como o Diretor Artístico; aquisição de alguns instrumentos musicais; aquisição de cordas para os cordofones, manutenção do acordeão e aquisição de um fardamento. Com a integração nesta instituição, o Grupo passa a denominar-se Grupo de Cordas da Casa do Povo da Fajã da Ovelha, mudando de nome em 2010 com a gravação dos seus últimos três álbuns, passando a chamar-se Grupo de Cordas e Cantares da Casa do Povo da Fajã da Ovelha, pelo motivo de que o mesmo não apenas toca as músicas, como também dai-lhes voz, através da interpretação das suas letras, deitando por terra a ideia de que apenas é um grupo instrumental. De referir que até ao final da década de 80 do Século XX, o Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha era apenas um grupo instrumental. Nos seus espectáculos, o grupo tem apresentado regularmente novos temas, que junta aos mais de 160 temas que integram o seu repertório, com arranjos musicais próprios do grupo e de alguns dos seus elementos, continuando, como tem vindo a ser seu apanágio, a reconstituir o que pode irremediavelmente perder-se: a nossa identidade cultural, a nossa cultura tradicional e/ou popular, ou seja, o nosso Património Cultural.

4 No seu trabalho discográfico inclui diversos temas da Música Tradicional Madeirense, da Religiosidade Popular (Romarias de Natal e dos Reis) em especial do Concelho da Calheta e outros do Cancioneiro Popular Português. Em setembro de 2007 gravou e apresentou o 1º Álbum Retratos da Minha Terra, contendo várias músicas das antigas formações. Em dezembro de 2009 regressa ao STUDIO Paulo Ferraz dando início às gravações dos novos trabalhos. Os mesmos ficam concluídos no primeiro trimestre de 2010, ficando a aguardar as verbas necessárias para a sua publicação. Em setembro de 2010 são assim apresentados na Fnac Madeira, os dois álbuns: Músicas Tradicionais e Populares da Madeira - Volumes 1 e 2, com 12 faixas cada. A 12 de outubro de 2010, dá início à gravação do quarto álbum, denominado Natal Madeirense, Volume 1, onde integram 14 faixas, todas ligadas às Romarias de Natal e Cantiga dos Reis da Fajã da Fajã da Ovelha, interpretadas em anos anteriores na Paróquia da Fajã da Ovelha, por Grupos de Romarias de Natal dos diversos sítios desta Paróquia e da Casa do Povo local, tendo o mesmo sido apresentado na última semana de novembro de Em setembro de 2013, foi negado o apoio que havia sido inicialmente prometido pela Direção da Casa do Povo local, ao Grupo, tendo aquela instituição deliberado a sessação da atividade normal do Grupo de Cordas, por tempo indeterminado, justificando a falta de verbas. Preocupados com esta situação, os Sócios Executantes do Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha, reuniram-se Reunião de Assembleia Geral Extraordinária, onde após discussão, deliberam por unanimidade a desintegração do Grupo de Cordas da Casa do Povo da Fajã da Ovelha, dando assim novamente início à atividade do Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha na sua própria Associação Cultural e Recreativa. Atualmente o Grupo de Cordas é constituído por gente jovem e menos jovem, das mais variadas idades e profissões, com idades compreendidas entre os 9 e os 83 anos, num total de quinze elementos tocadores e vocalistas e é responsável pela organização do evento anual Encontro de Grupos de Música Popular e Tradicional - Calheta, que acontece na noite do 1º sábado do mês de agosto de cada ano, no palco do Lookall (Hotel Calheta Beach), junto à praia da Calheta, Avenida D. Manuel I. Este ano já vai na 2ª edição. O referido evento tem como finalidade, a Divulgação e Valorização da Música Popular e Tradicional Portuguesa, preservada ao longo do tempo pelos grupos participantes, animando quer os forasteiros, quer os emigrantes que nesta época se encontram de férias na nossa Região Autónoma da Madeira. O Encontro é transmitido pela Rádio Calheta 98.8 FM e Santana FM, através das diversas frequências disponíveis e pela Internet em radio online.com.pt.

5 Nos últimos dois anos tem sido muita a procura dos nossos álbuns, aquando das nossas apresentações em palco, não sendo possível dar resposta ao nosso público, visto que não tínha-mos disponíveis nenhum dos álbuns. Foi devido a essa grande procura e em particular, do ábum ROMARIAS DE NATAL que decidimos trabalhar para que essa realidade seja possível. Assim, de regresso ao STÚDIO Paulo Ferraz voltamos a gravar, melhorando todo o seu conteúdo e criando novas capas. Hoje vamos apresentar dois novos trabalhos discográficos: - Músicas Tradicionais da Madeira e Populares Portuguesas Os Melhores Êxitos (contendo 16 faixas, com canções tradicionais recolhidas por elementos do Grupo no Concelho da Calheta e algumas canções populares Portuguesas) e - Romarias de Natal Natal Madeirense (contendo 15 faixas, com diversas Romarias de Natal recolhidas por elementos do Grupo e interpretadas pelo mesmo, quer na Paróquia da Fajã da Ovelha, quer em outras Paróquias do Concelho da Calheta e em Convívios de Natal organizados pelas Autarquias um pouco pela Região. Inclui a canção da Entrada dos Pastores; Erguei-vos Pastores e a Cantiga dos Reis desta nossa localidade). A Direção do Grupo de Cordas da Fajã da Ovelha Jaime Andrade

DADOS HISTÓRICOS. ASSOCIAÇÃO CULTURAL E RECREATIVA GRUPO DE CORDAS DA FAJÃ DA OVELHA Calheta Madeira Constituída em 01/04/1995

DADOS HISTÓRICOS. ASSOCIAÇÃO CULTURAL E RECREATIVA GRUPO DE CORDAS DA FAJÃ DA OVELHA Calheta Madeira Constituída em 01/04/1995 DADOS HISTÓRICOS No final do século XIX, um emigrante, natural da Fajã da Ovelha, regressa às suas origens, depois de ter passado toda uma vida numa terra distante, para a qual partiu um dia, à procura

Leia mais

Música tradicional dos Açores

Música tradicional dos Açores Música tradicional dos Açores As principais formas musicais dos Açores são a chamarrita, o pezinho e a sapateira. É nos instrumentos de cordas que reside a grande riqueza da música tradicional açoreana.

Leia mais

PORTFÓLIO. OSMUSIKÉ Associação Musical e Artística. do Centro de Formação Francisco de Holanda

PORTFÓLIO. OSMUSIKÉ Associação Musical e Artística. do Centro de Formação Francisco de Holanda PORTFÓLIO OSMUSIKÉ Associação Musical e Artística do Centro de Formação Francisco de Holanda ÍNDICE 1. Apresentação...3 2. Percurso Evolutivo...3 2.1 Primeiro período (2002-2008)...3 2.2 Segundo período

Leia mais

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Ano VI N.º 22 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Bandeira Azul Hasteada na Ribeira Quente A Praia do Fogo da Ribeira Quente recebeu no dia 28 de

Leia mais

Educação Musical Professor Hector Teixeira

Educação Musical Professor Hector Teixeira SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO SERVIÇO TÉCNICO DE ACTIVIDADES OCUPACIONAIS CENTRO DAS ACTIVIDADES OCUPACIONAIS DE SÃO VICENTE PLANO ANUAL EDUCAÇÃO

Leia mais

A FESTA DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES NA RTP AÇORES. Rádio e Televisão

A FESTA DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES NA RTP AÇORES. Rádio e Televisão A FESTA DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES NA RTP AÇORES Rádio e Televisão É na ambiência única de religiosidade, fé e partilha, do Campo de São Francisco, em Ponta Delgada, que vão decorrer as grandes

Leia mais

Edital n.º 0010.07.ED.AG

Edital n.º 0010.07.ED.AG Edital n.º 0010.07.ED.AG Deliberações da Sessão Ordinária da Câmara Municipal Para efeitos do disposto no artigo 91º, da Lei 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei 5-A/2002,

Leia mais

região madeira acaporama adrama madeira leste e porto santo madeira norte e oeste projetos leader 122

região madeira acaporama adrama madeira leste e porto santo madeira norte e oeste projetos leader 122 TERRITÓRIO região madeira madeira leste e porto santo acaporama 124 madeira norte e oeste adrama 126 projetos leader 122 minha terra 123 acaporama território madeira leste e porto santo www.acaporama.org

Leia mais

Procissão dos Pendões - Elvas, S. Mateus Síntese dos dados de inventário e fotografias

Procissão dos Pendões - Elvas, S. Mateus Síntese dos dados de inventário e fotografias Procissão dos Pendões - Elvas, S. Mateus Síntese dos dados de inventário e fotografias Memória Imaterial/IELT www.memoriamedia.net 2014 Procissão dos Pendões, Elvas Resumo Procissão dos Pendões, Elvas

Leia mais

Projecto Integrado da Baixa da Banheira

Projecto Integrado da Baixa da Banheira Projecto Integrado da Baixa da Banheira 1. INTRODUÇÃO O Projecto Integrado da Baixa da Banheira nasce de uma parceria entre a Câmara Municipal da Moita e o ICE tendo em vista induzir as Associações da

Leia mais

Salão Nobre dos Paços do Concelho. Reunião Ordinária de 24-07-2013. Acta nº 14

Salão Nobre dos Paços do Concelho. Reunião Ordinária de 24-07-2013. Acta nº 14 Página 1 Salão Nobre dos Paços do Concelho Reunião Ordinária de 24-07-2013 Acta nº 14 Membros da Cargo P/F/S António Rui Esteves Solheiro Presidente da F Manoel Batista Calçada Pombal Vereador P Maria

Leia mais

OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

OBJETIVOS ESTRATÉGICOS PLANO DE ATIVIDADES 2013 DEZEMBRO 2012 OBJETIVOS ESTRATÉGICOS Os grandes objetivos delineados para o quadriénio 2013-2016, onde se enquadram as atividades a realizar durante o ano de 2013: ACERVOS Inventariação

Leia mais

CMCA 2011. Conselho Mundial das Casas dos Açores. Ata do 3º dia de Reunião do CMCA 2011

CMCA 2011. Conselho Mundial das Casas dos Açores. Ata do 3º dia de Reunião do CMCA 2011 Casa dos Açores do Rio de Janeiro, 13 de setembro de 2011. Ata do 3º dia de Reunião do CMCA 2011 No dia 3 de Setembro, o primeiro tópico em discussão foi a Inclusão e participação dos jovens no. Considerando

Leia mais

Senhora Presidente Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente e Senhores Membros do Governo

Senhora Presidente Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente e Senhores Membros do Governo Intervenção do Deputado José Andrade na apresentação do Projeto de Decreto Legislativo Regional nº28/x Cria o Programa Regional de Apoio aos Grupos Folclóricos da Região Autónoma dos Açores (PSD) Horta,

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES DOS LARES 2014

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES DOS LARES 2014 PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES DOS LARES 2014 JANEIRO Comemorações do Dia de Reis: 6 de Janeiro (2ª feira) Utentes do C.A.O 1 vão cantar as Janeiras no Lar de Rio Torto e oferecem uma tela com a imagem dos

Leia mais

CLUBE DE MÚSICA Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros Ano Letivo 2014/2015

CLUBE DE MÚSICA Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros Ano Letivo 2014/2015 CLUBE DE MÚSICA 1. JUSTIFICAÇÃO DO PROJETO: O Projeto do Clube de Música nasce da necessidade de se desenvolver com os alunos atividades diferenciadas que não podem ser devidamente exploradas e aprofundadas

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO. Capítulo I. Disposições Gerais. Artigo 1º. Artigo 2º. Natureza. Artigo 3º. Competência Territorial

REGULAMENTO INTERNO. Capítulo I. Disposições Gerais. Artigo 1º. Artigo 2º. Natureza. Artigo 3º. Competência Territorial REGULAMENTO INTERNO Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º 1. A Lei de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo, n.º 147/99 de 1 de Setembro, regula a criação, competência e funcionamento das Comissões

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE ACTA Nº. 2/2009 Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia doze de Maio de dois mil e nove - - - - Aos doze dias do

Leia mais

OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA

OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA NOME OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA ESTABELEÇO RELAÇÕES DE PARENTESCO : avós, pais, irmãos, tios, sobrinhos Quem pertence à nossa família? Observa as seguintes imagens. Como podes observar, nas imagens estão

Leia mais

Ficha de Caraterização de Práticas Inspiradoras

Ficha de Caraterização de Práticas Inspiradoras Ficha de Caraterização de Práticas Inspiradoras Nota: Se pretende que a S/ prática seja integrada na Base de Dados de Práticas Inspiradoras dinamizada pelo ACM, I.P., deverá enviar esta ficha devidamente

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 20132017) ATA DA VIGÉSIMA REUNIÃO DE 2015 Aos vinte e quatro dias do mês de setembro do ano dois mil e quinze, pelas dez horas, em cumprimento de convocatória emanada nos termos do disposto n.º

Leia mais

Externato Paroquial de Colares

Externato Paroquial de Colares Fazer uma escultura é muito simples, é só arranjar um bloco de pedra e depois tirar o que estiver a mais. ( ) Educar uma criança é um processo muito simples, é só arranjar uma criança e depois deixa-la

Leia mais

ATA Nº 15 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 19 DE JULHO DE 2011. PRESIDÊNCIA: Paulo Manuel Silva Codorniz-------------------------------------------------

ATA Nº 15 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 19 DE JULHO DE 2011. PRESIDÊNCIA: Paulo Manuel Silva Codorniz------------------------------------------------- ATA Nº 15 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 19 DE JULHO DE 2011 PRESIDÊNCIA: Paulo Manuel Silva Codorniz------------------------------------------------- VEREADORES PRESENTES: Maria Nélia Brito Nunes, em substituição

Leia mais

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO. Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO. Câmara Municipal MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO Câmara Municipal Acta nº7/200 /2008 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 26 DE MARÇO DE 2008 * Presenças : - Presidente Aníbal Sousa Reis Coelho da Costa Vereadores : - Francisco José

Leia mais

Lg. Cónego José Maria Gomes 4800 419 Guimarães Portugal

Lg. Cónego José Maria Gomes 4800 419 Guimarães Portugal Fls. 1 EDITAL ANTÓNIO MAGALHÃES, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES, FAZ SABER, em cumprimento do disposto no art. 91.º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei n.º

Leia mais

PROJETO DE LEI: EMENTA: RECONHECE A MÚSICA GOSPEL E OS EVENTOS A ELA RELACIONADOS MANIFESTAÇÃO CULTURAL E ADOTA OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

PROJETO DE LEI: EMENTA: RECONHECE A MÚSICA GOSPEL E OS EVENTOS A ELA RELACIONADOS MANIFESTAÇÃO CULTURAL E ADOTA OUTRAS PROVIDÊNCIAS. ESTADO DO CEARÁ CÂMARA MUNICIPAL DE JUAZEIRO DO NORTE PALÁCIO DR. FLORO BARTOLOMEU Rua do Cruzeiro, nº 217 CEP 63010-070 Telefone: (88) 3511-1976 Caixa Postal D-4 PROJETO DE LEI: EMENTA: RECONHECE A MÚSICA

Leia mais

Plano de Atividades GRUPO 100

Plano de Atividades GRUPO 100 Plano de s 2013 2014 GRUPO 100 Ao longo do ano: Continuação do Projeto Leitura em Vai e Vem, do P.N.L. Promover a interação do Jardim-de-Infância com a família de forma a incentivar a leitura junto das

Leia mais

São Vicente, 1 de Julho de 2012. - Senhor Vice-Presidente da Assembleia da República, Excelência. - Senhor Presidente do Governo Regional, Excelência

São Vicente, 1 de Julho de 2012. - Senhor Vice-Presidente da Assembleia da República, Excelência. - Senhor Presidente do Governo Regional, Excelência São Vicente, 1 de Julho de 2012 - Senhor Vice-Presidente da Assembleia da República, Excelência - Senhor Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, Excelência - Senhor Presidente do Governo Regional,

Leia mais

Eventos Religiosos. Festa em honra de S. Luís (Festa das Chouriças) - Alte. Entre Janeiro e princípios de Fevereiro. Semana Santa - Alte

Eventos Religiosos. Festa em honra de S. Luís (Festa das Chouriças) - Alte. Entre Janeiro e princípios de Fevereiro. Semana Santa - Alte O Carnaval, a Semana Cultural de Alte e a Festa do 1º de Maio são, sem dúvida, os momentos mais Eventos Religiosos Festa em honra de S. Luís (Festa das Chouriças) Alte Entre Janeiro e princípios de Fevereiro

Leia mais

INICIATIVAS PREMIADAS

INICIATIVAS PREMIADAS INICIATIVAS PREMIADAS Gestão Pública 1º LUGAR Programa de Valorização das Culturas Regionais: Cultura em Movimento Secretaria da Cultura do Estado do Ceará 184 municípios (CE) A iniciativa surgiu em 2003

Leia mais

Mês Objetivos Atividades Local Recursos Colaboradores

Mês Objetivos Atividades Local Recursos Colaboradores Graça Jardim Proporcionar aos um ambiente acolhedor e amigo, integrando-os no centro de ; Receção aos e visualização de fotografias de anos anteriores. Cento Social e Cultural do Cabouco. Tela. Projetor

Leia mais

Chocalhos 2013. Festival dos Caminhos da Transumância

Chocalhos 2013. Festival dos Caminhos da Transumância Chocalhos 2013 Festival dos Caminhos da Transumância Nos próximos dias 13, 14 e 15 de Setembro, na freguesia de Alpedrinha, irá realizar-se a 11ª edição do Chocalhos Festival dos Caminhos da Transumância,

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO NÚMERO TRINTA E SEIS (36) ASSEMBLEIA FREGUESIA DE ANAIS (MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA) CÓDIGO POSTAL 4990-501

ACTA DA REUNIÃO NÚMERO TRINTA E SEIS (36) ASSEMBLEIA FREGUESIA DE ANAIS (MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA) CÓDIGO POSTAL 4990-501 ACTA DA REUNIÃO NÚMERO TRINTA E SEIS (36) ASSEMBLEIA FREGUESIA DE ANAIS (MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA) CÓDIGO POSTAL 4990-501 Aos vinte e sete dias do mês de Dezembro do ano de dois mil e nove, pelas nove

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR A C T A

JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR A C T A JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR A C T A -----Aos vinte e três dias do mês de Outubro de dois mil e seis, reuniu ordinariamente a Junta de Freguesia de Rio Maior, sob a presidência da Senhora Dra. Isaura

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA N.º 7/2002

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA N.º 7/2002 30 ACTA N.º 7/2002 Acta da reunião ordinária realizada aos vinte e sete dias do mês de Março de dois mil e dois. Aos vinte e sete dias do mês de Março de dois mil e dois reuniu no Salão Nobre dos Paços

Leia mais

Festas, Feiras e Romarias

Festas, Feiras e Romarias Festas, Feiras e Romarias Feira de Velharias Feira de Velharias de Olhos de Água Data: 1.º domingo de cada mês Local: Junto ao Mercado Municipal de Olhos de Água Contato: Junta de Freguesia de Albufeira

Leia mais

Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural

Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural Preâmbulo A Câmara Municipal de Nordeste tem vindo a apoiar ao longo dos anos de forma directa e organizada toda a actividade cultural no concelho

Leia mais

ATA DA ÚNICA REUNIÃO DA SESSÃO ORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ELVAS, REALIZADA NO DIA 27 DE ABRIL DE 2015

ATA DA ÚNICA REUNIÃO DA SESSÃO ORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ELVAS, REALIZADA NO DIA 27 DE ABRIL DE 2015 ATA DA ÚNICA REUNIÃO DA SESSÃO ORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ELVAS, REALIZADA NO DIA 27 DE ABRIL DE 2015 Aos vinte e sete dias do mês de abril de dois mil e quinze, em cumprimento da Convocatória

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO JUNTA DE FREGUESIA DE S. JOÃO DO CAMPO EDITORIAL SUMÁRIO ANO 7 BOLETIM Nº 27 2012 JULHO AGOSTO SETEMBRO EDITORIAL

BOLETIM INFORMATIVO JUNTA DE FREGUESIA DE S. JOÃO DO CAMPO EDITORIAL SUMÁRIO ANO 7 BOLETIM Nº 27 2012 JULHO AGOSTO SETEMBRO EDITORIAL ANO 7 BOLETIM Nº 27 2012 SUMÁRIO BOLETIM INFORMATIVO EDITORIAL JULHO AGOSTO SETEMBRO A Rua principal, a Dr Jaime Cortesão tem estado cortada EDITORIAL MANIFESTAÇÃO EM LISBOA POSTO MÉDICO ao trânsito, devido

Leia mais

Palavras-chave: Música caipira. Literatura. Valores. Imaginário. Cultura.

Palavras-chave: Música caipira. Literatura. Valores. Imaginário. Cultura. A MÚSICA CAIPIRA E A LITERATURA: do imaginário à representação cultural Meire Lisboa Santos Gonçalves Resumo: As manifestações sobre a tradição e cultura caipira e o seu reconhecimento são temáticas muito

Leia mais

REGULAMENTO DO PROJECTO PONTE AMIGA

REGULAMENTO DO PROJECTO PONTE AMIGA REGULAMENTO DO PROJECTO PONTE AMIGA NOTA JUSTIFICATIVA Atenta às desigualdades sociais, subjacentes à problemática da pobreza, cada vez mais é necessária a intervenção da autarquia, no âmbito da acção

Leia mais

Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco de Mondim de Basto

Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco de Mondim de Basto Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco de Mondim de Basto Regulamento Interno Regulamento Interno CPCJ 1 Capítulo I Disposições gerais Artigo 1.º 1. A Lei de Protecção de Crianças e Jovens

Leia mais

Caminhar - Associação Cristã de Apoio Social Caracterização e histórico

Caminhar - Associação Cristã de Apoio Social Caracterização e histórico Caminhar - Associação Cristã de Apoio Social Caracterização e histórico ENQUADRAMENTO INSTITUCIONAL A CAMINHAR Associação Cristã de Apoio Social é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS),

Leia mais

I CONCURSO DE FOTOGRAFIA OLHARES SOBRE A CALHETA. A sua mercearia Arco da Calheta

I CONCURSO DE FOTOGRAFIA OLHARES SOBRE A CALHETA. A sua mercearia Arco da Calheta I CONCURSO DE FOTOGRAFIA OLHARES SOBRE A CALHETA ORGANIZAÇÃO APOIOS/PARCEIROS A sua mercearia Arco da Calheta REGULAMENTO DO I CONCURSO DE FOTOGRAFIA OLHARES SOBRE A CALHETA Este concurso surge da necessidade

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE EIXO. çzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa

ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE EIXO. çzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl

Leia mais

R E G U L A M E N T O. concurso. mortagua MUNICÍPIO

R E G U L A M E N T O. concurso. mortagua MUNICÍPIO R E G U L A M E N T O concurso de mortagua MUNICÍPIO Regulamento do Concurso Doce de Mortágua Nota Justificativa (nos termos do art.º 116.º do Código do Procedimento Administrativo): Cada vez mais a gastronomia

Leia mais

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 19-06-2015 PRESENTES ATA Nº. 12/2015 PRESIDENTE Paulo Santos VEREADORES Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando Gomes Silvério Ferreira Maria

Leia mais

Associação Filarmónica 1º Dezembro Cultural e Artística Vilarense Reis Prazeres - Música Filarmónica - Ourém

Associação Filarmónica 1º Dezembro Cultural e Artística Vilarense Reis Prazeres - Música Filarmónica - Ourém Música Tradicional Associação Artística e Cultural Rosas do Liz - Folclore -Leiria Associação Filarmónica Bidoeirense - Música Filarmónica -Leiria Associação Filarmónica 1º Dezembro Cultural e Artística

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 171/IX ELEVAÇÃO DE CUSTÓIAS À CATEGORIA DE VILA. Enquadramento geográfico e evolução histórica e sócio-económica

PROJECTO DE LEI N.º 171/IX ELEVAÇÃO DE CUSTÓIAS À CATEGORIA DE VILA. Enquadramento geográfico e evolução histórica e sócio-económica PROJECTO DE LEI N.º 171/IX ELEVAÇÃO DE CUSTÓIAS À CATEGORIA DE VILA Enquadramento geográfico e evolução histórica e sócio-económica Embora registos documentais permitam observar uma ocupação préhistórica

Leia mais

Uma cidade que passou de nível médio nacional, a médio europeu, fruto da coragem e determinação de quem tomou as decisões da época.

Uma cidade que passou de nível médio nacional, a médio europeu, fruto da coragem e determinação de quem tomou as decisões da época. Senhor presidente da assembleia e restantes membros da mesa, Senhoras vereadoras, senhores vereadores, Senhoras e senhores deputados, Público aqui presente, Corria o segundo ano, da segunda década do século

Leia mais

Brasilis Ensemble Um espeta culo de entretenimento e emoça o!

Brasilis Ensemble Um espeta culo de entretenimento e emoça o! Brasilis Ensemble Um espeta culo de entretenimento e emoça o! Apresentando uma formação instrumental incomum cello, clarinete e piano/violão Brasilis Ensemble se propõe a trazer novas leituras para um

Leia mais

A VIAGEM DO PAI NATAL AOS AÇORES

A VIAGEM DO PAI NATAL AOS AÇORES ANA ISABEL FERREIRA A VIAGEM DO PAI NATAL AOS AÇORES Teatro Para Crianças Ilustrações de Michael J:iudêc,..Letrasa...,ava as edições FICHA TÉCNICA Título - A Viagem do Pai Natal aos Açores Edição - Letras

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO COMISSÃO DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA

REGULAMENTO INTERNO COMISSÃO DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS DO CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Regulamento Interno da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens do Concelho de Vila Nova de Cerveira

Leia mais

Universidades/Academias Seniores Retrato no Concelho de Oeiras

Universidades/Academias Seniores Retrato no Concelho de Oeiras Universidades/Academias Seniores Retrato no Concelho de Oeiras Envelhecer é organizar a Juventude ao longo dos anos Paul Élvard As Universidades/academias seniores são uma resposta socioeducativa que visa

Leia mais

6 Plano de Acção 2005/2006

6 Plano de Acção 2005/2006 1 6 Plano de Acção 2005/ A Rede social iniciou actividades efectivas em em 2003, tendo sido realizado, até 2004 o Pré-Diagnóstico, o Diagnóstico Social, o Plano de Desenvolvimento Social e o Plano de Acção

Leia mais

Educação Ambiental na escola e na família

Educação Ambiental na escola e na família Educação Ambiental na escola e na família Maria Carolina Condeço Farias 14-01-2016 Seminário Vamos Devolver os Rios às Praias PROGRAMA Nova Metodologia Coastwatch. Teresa Lemos, GEOTA 10h00 Representações

Leia mais

Agenda 2014, 2.º semestre

Agenda 2014, 2.º semestre Agenda 2014, 2.º semestre julho 2013 de 27 de junho a 27 de julho Exposição de pintura «As Idades da Mulher» de Maria Guia Pimpão Local: Museu Etnográfico Dr. Louzã Henriques Organização: C. M. Lousã Apoio:

Leia mais

--------------------------------------------------------Ata número nove----------------------------------------------

--------------------------------------------------------Ata número nove---------------------------------------------- --------------------------------------------------------Ata número nove---------------------------------------------- ---------Aos dezassete dias do mês de junho de dois mil e quinze, pelas vinte e uma

Leia mais

APOIOS FINANCEIROS DIVERSOS ÀS FREGUESIAS NO QUADRO DA PROMOÇÃO E SALVAGUARDA ARTICULADA DOS INTERESSES PRÓPRIOS DAS POPULAÇÕES

APOIOS FINANCEIROS DIVERSOS ÀS FREGUESIAS NO QUADRO DA PROMOÇÃO E SALVAGUARDA ARTICULADA DOS INTERESSES PRÓPRIOS DAS POPULAÇÕES APOIOS FINANCEIROS DIVERSOS ÀS FREGUESIAS NO QUADRO DA PROMOÇÃO E SALVAGUARDA ARTICULADA DOS INTERESSES PRÓPRIOS DAS POPULAÇÕES Entre: O Município de Figueira de Castelo Rodrigo, com o número de pessoa

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO NOTA JUSTIFICATIVA O associativismo seja de carácter desportivo, cultural ou juvenil, apresenta-se como uma importante dimensão da vida das comunidades

Leia mais

AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS

AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS Até onde vai a força da Motivação? Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Uma proposta criativa motivadora na sala de aula pode deixar o professor bem impressionado

Leia mais

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 27 de abril de 2016. Série. Número 74

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 27 de abril de 2016. Série. Número 74 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 27 de abril de 2016 Série 2.º Suplemento Sumário PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL Resolução n.º 192/2016 com a associação denominada Teatro Feiticeiro

Leia mais

TECLADO. (aula 1) O Teclado é um instrumento musical eletrônico, composto por teclas onde simulam sons de forma digital! Origem do Instrumento

TECLADO. (aula 1) O Teclado é um instrumento musical eletrônico, composto por teclas onde simulam sons de forma digital! Origem do Instrumento TECLADO (aula 1) O Teclado é um instrumento musical eletrônico, composto por teclas onde simulam sons de forma digital! Origem do Instrumento O Piano e o Órgão são os instrumentos musicais mais tradicionais

Leia mais

Objectivos do Ano. Reconhecimento dos Direitos das Pessoas em Situação de Pobreza. Responsabilidade Partilhada e Participação

Objectivos do Ano. Reconhecimento dos Direitos das Pessoas em Situação de Pobreza. Responsabilidade Partilhada e Participação Objectivos do Ano Reconhecimento dos Direitos das Pessoas em Situação de Pobreza Responsabilidade Partilhada e Participação Coesão Empenho e Acções Concretas Objectivos a Nível Concelhio Objectivo 1: Sensibilização

Leia mais

sobre as quais recaíram despachos de aprovação do Presidente da Câmara, que se submetem a

sobre as quais recaíram despachos de aprovação do Presidente da Câmara, que se submetem a Fl. ATA N.º 14/13 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 01 DE JULHO DE 2013 Ao primeiro dia do mês de Julho de dois mil e treze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ACÇÕES CONJUNTAS INSTITUIÇÕES PARTICULARES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DO SEIXAL NA ÁREA DA INFÂNCIA 2009 Elaborado por: Isabel Rosinha Seixal, 28 de Setembro de 2009 Página 1 de 19

Leia mais

MUNICÍPIO DE S. PEDRO DO SUL

MUNICÍPIO DE S. PEDRO DO SUL Fls.46 46 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DO SUL REALIZADA NO DIA 9 DE MARÇO DE 2012 Aos nove dias do mês de março do ano de dois mil e doze, reuniu ordinariamente na sala de

Leia mais

PÓVOA DE LANHOSO REGULAMENTO INTERNO

PÓVOA DE LANHOSO REGULAMENTO INTERNO PÓVOA DE LANHOSO REGULAMENTO INTERNO REGULAMENTO INTERNO Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º 1. A Lei de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo, nº 147/99 de 1 de Setembro, regula a criação, competência

Leia mais

1. OBJETIVOS REFORÇO DA PROGRAMAÇÃO EM MOMENTOS ALTOS DE OFERTA DA CIDADE REVITALIZAÇÃO/CONQUISTA DE NOVOS ESPAÇOS NA CIDADE (REVITALIZAÇÃO IMATERIAL)

1. OBJETIVOS REFORÇO DA PROGRAMAÇÃO EM MOMENTOS ALTOS DE OFERTA DA CIDADE REVITALIZAÇÃO/CONQUISTA DE NOVOS ESPAÇOS NA CIDADE (REVITALIZAÇÃO IMATERIAL) 1. OBJETIVOS REVITALIZAÇÃO/CONQUISTA DE NOVOS ESPAÇOS NA CIDADE (REVITALIZAÇÃO IMATERIAL) ANIMAÇÃO GERAL DA BAIXA REFORÇO DA PROGRAMAÇÃO EM MOMENTOS ALTOS DE OFERTA DA CIDADE CONQUISTA DE NOVOS HORÁRIOS

Leia mais

SANTARÉM FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE CELESTINO GRAÇA 5 A 9 SET 12. 7, 8 e 9 SET ARGENTINA ESPANHA ESTÓNIA INDONÉSIA PERÚ PORTUGAL

SANTARÉM FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE CELESTINO GRAÇA 5 A 9 SET 12. 7, 8 e 9 SET ARGENTINA ESPANHA ESTÓNIA INDONÉSIA PERÚ PORTUGAL FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE CELESTINO GRAÇA 5 A 9 SET 12 SANTARÉM ARGENTINA ESPANHA ESTÓNIA INDONÉSIA PERÚ ESPECTÁCULOS NO AUDITÓRIO DO CNEMA NOS DIAS: 7, 8 e 9 SET Organização: Apoios: Media Partners:

Leia mais

COM A UDESC NO 13º COLÓQUIO EM FLORIPA, SANTA CATARINA

COM A UDESC NO 13º COLÓQUIO EM FLORIPA, SANTA CATARINA 1. ANA PAULA ANDRADE, PRESIDENTE CONSELHO EXECUTIVO, CONSERVATÓRIO REGIONAL, PONTA DELGADA, AÇORES /AICL BRAGANÇA 2010 BRAGANÇA 2009 ANA PAULA ANDRADE [CONSTÂNCIA] 1964) Nasceu em P. Delgada onde concluiu

Leia mais

Introdução da região:

Introdução da região: Porto Santo Introdução No âmbito das disciplinas de TIAT e TCAT, abordaremos o tema Porto Santo referente ao Desenvolvimento Turístico Com este trabalho pretendemos aprofundar e adquirir conhecimentos

Leia mais

Senhor Presidente da Assembleia Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente, Senhora e Senhores Membros do Governo

Senhor Presidente da Assembleia Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente, Senhora e Senhores Membros do Governo Intervenção proferida pelo Deputado Regional Luís Henrique Silva, na Sessão Plenária de Maio de 2006 Senhor Presidente da Assembleia Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente, Senhora e Senhores

Leia mais

PRÁTICAS MUSICAIS LOCAIS: ALGUNS INDICADORES PRELIMINARES 1

PRÁTICAS MUSICAIS LOCAIS: ALGUNS INDICADORES PRELIMINARES 1 PRÁTICAS MUSICAIS LOCAIS: ALGUNS INDICADORES PRELIMINARES 1 Salwa El-Shawan Castelo-Branco Maria João Lima A música enquanto processo social, produto cultural e comportamento expressivo desempenha um papel

Leia mais

Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015

Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015 Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015 Escola Básica do 1º Ciclo com Pré- Escolar do Lombo de São João - Ribeira Brava 1 Índice Introdução...

Leia mais

Eu, você e o presente da natureza...

Eu, você e o presente da natureza... Eu, você e o presente da natureza... Cartilha para 1º e 2º anos TEMA 2012/2013: www.vemcomagentebr.com.br uma atividade do PROGRAMA VEM COM A GENTE Cultura, Educação e Meio Ambiente www.vemcomagentebr.com.br

Leia mais

Comissão organizadora do XV Festival da Canção Infantil da Ilha das Flores Câmara Municipal de Santa Cruz das Flores

Comissão organizadora do XV Festival da Canção Infantil da Ilha das Flores Câmara Municipal de Santa Cruz das Flores Comissão organizadora do XV Festival da Canção Infantil da Ilha das Flores Câmara Municipal de Santa Cruz das Flores Agrupamento de Escuteiros Nº 691 de Nª Sr.ª da Conceição R E G U L A M E N T O FESTIVAL

Leia mais

FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE DOS AÇORES

FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE DOS AÇORES 10 a 16 de agosto de 2014 Ilha Terceira www.cofit.org FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE DOS AÇORES X FEIRA DE ARTESANATO E SABORES TRADICIONAIS PROGRAMA foto_airidas Dapkevicius PARTICIPANTES 21h30: Inauguração

Leia mais

Informação Escrita. 1. Actividades de Representação e participação externas

Informação Escrita. 1. Actividades de Representação e participação externas Informação Escrita Nos termos da alínea o) do artº.17º da Lei nº.5-a/2002 de 11 de Janeiro, e no âmbito das suas competências, a Junta de Freguesia de Portimão apresenta à Assembleia de Freguesia, a informação

Leia mais

Festival da Canção Infantil BALEIA DE MARFIM

Festival da Canção Infantil BALEIA DE MARFIM Festival da Canção Infantil BALEIA DE MARFIM REGULAMENTO Artigo 1º (Natureza e Fim) 1º - O Festival da Canção Infantil Baleia de Marfim é uma organização anual da Câmara Municipal das Lajes do Pico e da

Leia mais

PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES PARA A VILA DE ARCOZELO

PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES PARA A VILA DE ARCOZELO PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES PARA A VILA DE ARCOZELO ANO ECONÓMICO DE 2010 GRANDES OPÇÕES DO PLANO PARA O QUADRIÉNIO 2009 2013 É tempo de um novo mandato autárquico, resultante das eleições do passado

Leia mais

SÃO JOÃO/CAÔ: FESTA RELIGIOSA DOS XUKURU DO ORORUBÁ (PESQUEIRA-PE) Edson Silva

SÃO JOÃO/CAÔ: FESTA RELIGIOSA DOS XUKURU DO ORORUBÁ (PESQUEIRA-PE) Edson Silva 1 SÃO JOÃO/CAÔ: FESTA RELIGIOSA DOS XUKURU DO ORORUBÁ (PESQUEIRA-PE) Edson Silva Mulheres, crianças, jovens e homens xukurus, muitas pessoas curiosas se concentram por volta da três horas da tarde do dia

Leia mais

F R E G U E S I A D E S I N E S ATA Nº01/2015

F R E G U E S I A D E S I N E S ATA Nº01/2015 ATA Nº01/2015 Aos oito dias do mês de janeiro do ano de dois mil e quinze, nesta Cidade de Sines e sala de reuniões da Freguesia de Sines, sito no Largo Ramos da Costa nº 21 B, teve lugar a reunião ordinária

Leia mais

1º Festival Canto Coral da Arquidiocese do Rio de Janeiro REGULAMENTO

1º Festival Canto Coral da Arquidiocese do Rio de Janeiro REGULAMENTO Natal Encanto 1º Festival Canto Coral da Arquidiocese do Rio de Janeiro REGULAMENTO A Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro através do VICOM torna público o regulamento do Natal Encanto, 1º Festival

Leia mais

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO DOIS

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO DOIS ACTA NÚMERO DOIS Aos vinte e um dias do mês Janeiro de dois mil e dez, pelas vinte e uma horas e quarenta e cinco minutos, deu-se início à reunião ordinária do Executivo da Junta de Freguesia, sob a presidência

Leia mais

Programa de Atividades

Programa de Atividades Programa de Atividades Mensagem Mais um ano, mais uma semana regional da pessoa com necessidades especiais desta vez com o lema: Inclusão, tornemos o desafio real. Muito já se falou de educação para

Leia mais

J O C R I M REGULAMENTO A MAIS BELA VOZ GOSPEL 2010 1- ORGANIZAÇÃO

J O C R I M REGULAMENTO A MAIS BELA VOZ GOSPEL 2010 1- ORGANIZAÇÃO REGULAMENTO A MAIS BELA VOZ GOSPEL 2010 1- ORGANIZAÇÃO O FESTIVAL A MAIS BELA VOZ GOSPEL é um evento organizado pelo JOCRIM Jovens Cristãos de Martinópolis, grupo de jovens evangélicos que pregam a Palavra

Leia mais

ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 FALTAS JUSTIFICADAS FALTAS INJUSTIFICADAS

ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 FALTAS JUSTIFICADAS FALTAS INJUSTIFICADAS CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO ALENTEJO _ ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 PRESENÇAS PRESIDENTE : ESTÊVÃO MANUEL MACHADO PEREIRA VEREADORES : VERA LÚCIA CALCA BONITO CARDOSO

Leia mais

Aos vinte e quatro dias do mês de Janeiro de dois mil e onze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões

Aos vinte e quatro dias do mês de Janeiro de dois mil e onze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões ACTA N.º 02/11 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 24 DE JANEIRO DE 2011 Aos vinte e quatro dias do mês de Janeiro de dois mil e onze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões

Leia mais

Junta de Freguesia de Santiago PLANO DE ACTIVIDADES 2011. Introdução

Junta de Freguesia de Santiago PLANO DE ACTIVIDADES 2011. Introdução Junta de Santiago PLANO DE ACTIVIDADES 21 Introdução O ano de 21, para além de ser um ano de continuidade de Projectos idealizados e iniciados no ano transacto é sem sombra de dúvidas um ano complicado

Leia mais

2009 Gilberto Gonçalves

2009 Gilberto Gonçalves No ano de 2004, um grupo de amigos pertencentes aos Bombeiros Voluntários de Fafe decidiu juntar-se para preparar uma pequena brincadeira para a festa de aniversário da Associação Humanitária, recorrendo

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL LAGOA AÇORES ATA Nº 18/2014 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 05 DE SETEMBRO DE 2014. (Contém 9 Folhas)

CÂMARA MUNICIPAL LAGOA AÇORES ATA Nº 18/2014 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 05 DE SETEMBRO DE 2014. (Contém 9 Folhas) 1 CÂMARA MUNICIPAL DE LAGOA AÇORES ATA Nº 18/2014 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 05 DE SETEMBRO DE 2014 (Contém 9 Folhas) ESTIVERAM PRESENTES OS SEGUINTES MEMBROS: VEREADORA CRISTINA DE FÁTIMA DA

Leia mais

8º Ano 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juva

8º Ano 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juva 8º Ano 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juva Manifestações de Arte Popular No Brasil a arte popular é aquela produzida por alguém que não possui uma instrução acadêmica em arte, mas produz obras que contém

Leia mais

Normas e Critérios de Apoio ao Movimento Associativo Cultural do Concelho 1 - INTRODUÇÃO

Normas e Critérios de Apoio ao Movimento Associativo Cultural do Concelho 1 - INTRODUÇÃO 1 - INTRODUÇÃO O desenvolvimento cultural constitui um dos elementos estruturantes da democratização do país, para o qual o Movimento Associativo Cultural (MAC), de base popular, tem dado um contributo

Leia mais

De 28 de Agosto a 2 de Setembro

De 28 de Agosto a 2 de Setembro De 28 de Agosto a 2 de Setembro Dia 28 de Agosto Abertura da IV Semana Europeia de Folclore Actuações Auditório do 21.00 Associação C. e R. de Santo André da Vila Boa de Quires, Porto 21.40 Dansgroep Oostzaan,

Leia mais

3ª IGREJA BATISTA DO PLANO PILOTO

3ª IGREJA BATISTA DO PLANO PILOTO Biografia: Eduardo Dias Carvalho é Bacharel em Composição UnB Bacharel em Regência - UnB, Licenciado em Educação Musical - UnB Pós- graduado em Regência Coral UnB Regência de Corais Coral da 3ª IGREJA

Leia mais

- Visitas orientadas Público-alvo: público geral

- Visitas orientadas Público-alvo: público geral Criado em 2006, o Serviço Educativo do Museu de Santa Maria de Lamas (MSML) tem desenvolvido um conjunto de actividades pedagógicas e lúdicas, no sentido de divulgar o património integrado no seu vasto

Leia mais

ANEXO 5 - Guia para o preenchimento do Questionário sobre património cultural imaterial

ANEXO 5 - Guia para o preenchimento do Questionário sobre património cultural imaterial ANEXO 5 - sobre património cultural imaterial Os campos assinalados com são de preenchimento obrigatório; Nos restantes campos preencha apenas o que souber; Se tiver dúvidas em alguma questão, assinale

Leia mais

XII Feira Gastronómica do Porco

XII Feira Gastronómica do Porco XII Feira Gastronómica do Porco Boticas -, e Janeiro Dossier de Imprensa DOSSIER DE IMPRENSA XII Feira Gastronómica do Porco O PORCO VOLTA A SER REI EM Nos próximos dias, e de Janeiro, Boticas promete

Leia mais

ROMARIA DA FESTA DAS ROSAS E DOS CESTOS VOTIVOS PARTE II

ROMARIA DA FESTA DAS ROSAS E DOS CESTOS VOTIVOS PARTE II ROMARIA DA FESTA DAS ROSAS E DOS CESTOS VOTIVOS PARTE II Em 1622 Frei Bartolomeu religioso da Ordem dos Beneditinos, funda em Vila Franca, perto de Viana do Castelo, a Confraria de Nossa Senhora do Rosário.

Leia mais