Dividiremos nossa aula em:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dividiremos nossa aula em:"

Transcrição

1 Curso: Pedagogia Profa. Ms. Mara Pavani da Silva Gomes Ciências, tecnologia e qualidade de vida Dividiremos nossa aula em: 1) Algumas considerações sobre a ciência 2) A atividade científica 3) Construção e entendimento do mundo físico 4) Características geológicas da terra. 1) Algumas considerações sobre a ciência Modo de pensar e construir explicações sobre o mundo. Somos usuários do conhecimento científico, mas pouco sabemos de suas características e processo de construção. 1

2 Visão histórica Inicialmente explicavam-se os fenômenos e os seres naturais através de Deuses e Mitos. Visão histórica O discurso lógico e coerente das ciências teve inicio nos pensadores gregos, que consideravam a transformação da natureza a partir dos elementos: água, terra, fogo,ar e um quinto elemento o éter. E duas forças: amor e ódio Visão histórica Idade Média Roger Bacon Ciência Experimental: modelo interpretativo do fenômeno; comprovação empírica; um modelo deve descrever e explicar o objeto de investigação (explicar o fenômeno pelo modelo). 2

3 Visão histórica Idade Moderna - Galileu Galilei A descrição/compreensão dos fenômenos físicos pode ser feita através de instrumentos de quantificação/mensuração. Imagem 1 Atualmente dois pilares da ciência: Modelos teóricos Comprovação empírica por meio de experimentação Ciência moderna Partiu do Iluminismo que pretendia: Universalizar o acesso ao conhecimento racional,e libertar das superstições e dogmas; Ancorar e subsidiar as políticas públicas; Que a escola fosse um meio de propagação desses saberes emergentes e libertários. 3

4 Ciência moderna Pensamento científico aberto, porém criterioso. Observação livre sem abandono da experimentação. Intuição balizada pela razão. Estimativas sem menosprezo da medida precisa. Curiosidade sem deixá-la perder-se de si mesma. Explicação por modelos. 2) Atividade científica: características Busca de uma resposta racional à visão mágica, mística do mundo; Portanto...atividade humana e social; Como tal...é sujeita à ideologias, valores, argumentos de autoridade, crenças ingênuas (não neutra). Então... A ciência é um discurso aproximado, provisório, constantemente aperfeiçoado, retificado e questionado; É claro que o conhecimento científico é testado e validado, porém sujeito a novas interpretações; Por isso devemos...levar nossos alunos a: questionar, duvidar, indagar sobre os fatos, fenômenos ou situações. 4

5 E também... Ter independência na observação e no pensamento;privilegiar a dúvida; Utilizar a imaginação, a criatividade, tentativas e erros além de criarem modelos explicativos; Incorporarem os hábitos do pensamento científico Atividade: pensando a ciência Vezes sem conta, ao estudar a história do pensamento científico e filosófico dos séculos XVI e XVII, vi-me forçado a reconhecer (...) que durante esse período o espírito humano, ou pelo menos o europeu sofreu uma revolução profunda, que alterou o próprio quadro e padrões do nosso pensamento, e da qual a Ciência e a Filosofia modernas são, a um só tempo, raiz e fruto (Alexandre Koyré, prefácio do livro Do Mundo Fechado ao Universo Infinito). Para o sistema solar, o modelo geocêntrico planetas, satélites e Sol girando em torno da Terra proposto de forma mais sistematizada antes do início da era cristã, prevaleceu e foi usado para interpretação de fenômenos celestes, até meados do século XVI. Atualmente, o modelo usado para a interpretação dos mesmos fenômenos celestes (órbitas, eclipses, conjunções etc.) é o heliocêntrico planetas, Terra inclusive, girando em torno do Sol que foi proposto no início do século XVI. 5

6 Atividade Partindo das discussões da aula, reúnamse em grupos e relacionem a citação de Koyré com o exemplo dos modelos para o sistema solar. 3) Construção e entendimento do mundo físico Modelos de explicações da arquitetura do mundo, seu funcionamento e sua origem. Planeta Terra Caráter evolutivo: transformações lentas que acumulam energia e em dado momento tornáse manifesta. a)bruscas e intempestivas erupção b)lentas e imperceptíveis placas tectônicas 6

7 Big Bang Sistema vivo em delicado equilíbrio Evolução do Universo: Origem do sistema solar Sol acendeu (fusão nuclear) Em seus momentos iniciais toda matéria era fundida Imagem 2 Planeta Terra Camadas concêntricas: Crosta: camada superficial menos densa Manto: (magma) rochas em alta temperatura Núcleo: metais em altíssima temperatura mais denso migra para o centro de gravidade. Teoria da isostasia Posição de equilíbrio que diferentes corpos ocupam em função de suas densidades, quando sob a ação de um campo gravitacional. Sugestão: 7

8 Intervalo Tempo para dúvidas 4) Características geológicas Recursos energéticos: a) Energia b) Matéria c) Interação matéria-energia a) Energia Energia interna dos planetas Energia térmica aprisionada; Gerada pela radioatividade; Calor interno controla movimentos no manto e no núcleo; Processo de transformação da terra, mudança da paisagem. 8

9 a) Energia Energia externa do planeta Energia solar: fotossíntese e transformações energéticas (evaporação, ventos, decomposição das rochas); Gravidade: energia potencial em cinética, ex. água do alto para baixo; Responsável pelo clima e pelas condições meteorológicas; Organiza a terra em litosfera, biosfera e atmosfera. b) Matéria (composição) Grande variedade de elementos químicos: Forma simples - nativos: ouro Forma combinada: gás carbônico, água Recursos materiais Elementos químicos são encontrados na... Atmosfera gases Hidrosfera líquido Crosta terrestre sólidos (minerais) 9

10 c) Interação matéria-energia Ciclo hidrológico transformação da água Ciclo das rochas formação do solo Ciclo biogeoquímico ciclo dos materiais essenciais à vida. Ciclo hidrológico Essencial para a reposição da água doce para consumo: Evaporação Transporte da água pelos ventos (correntes atmosféricas) Precipitações (chuva) Ajudar na decomposição das rochas e na erosão Manutenção da temperatura. Ciclo biogeoquimico Substâncias ou elementos químicos que ora integram os organismos, ora o meio físico inorgânico: água,oxigênio,nitrogênio. 10

11 Ciclo biogeoquimico Ciclo das rochas Transformações da crosta terrestre. Promovem alterações químicas e redistribuição geológica dos materiais (transporte de areia) Processos supergenos: intemperismos, erosão; Processos internos: vulcanismos. Exploração dos recursos naturais Recursos renováveis: processo relativamente rápido, ex. ciclo biogeoquimico (nitrogênio); Recursos não renováveis: não dispomos de tempo para esperar sua nova acumulação, ex. ciclo das rochas (jazidas, petróleo). 11

12 Curso: Pedagogia Profa. Ms. Mara Pavani da Silva Gomes Imagem 1 Disponível em: < Acesso em 02/04/2009 Imagem 2 Disponível em < Acesso em 02/04/2009 As demais imagens são originárias do banco de imagens. 12

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE I

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE I Aula: 6.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE I 2 O universo 3 Galáxias São conjuntos de sistemas estelares que contêm mais de 100 bilhões de estrelas, poeira e gases. Via Láctea Constelação Agrupamento aparente

Leia mais

Colégio Salesiano Dom Bosco GEOGRAFIA Prof. Daniel Fonseca 6 ANO. Capítulo 7 Formas, Relevos e solos da Terra

Colégio Salesiano Dom Bosco GEOGRAFIA Prof. Daniel Fonseca 6 ANO. Capítulo 7 Formas, Relevos e solos da Terra Colégio Salesiano Dom Bosco GEOGRAFIA Prof. Daniel Fonseca 6 ANO Capítulo 7 Formas, Relevos e solos da Terra O que é relevo? O relevo terrestre pode ser definido como as formas da superfície do planeta,

Leia mais

Unidade 8. Ciclos Biogeoquímicos e Interferências Humanas

Unidade 8. Ciclos Biogeoquímicos e Interferências Humanas Unidade 8 Ciclos Biogeoquímicos e Interferências Humanas Ciclos Biogeoquímicos Os elementos químicos constituem todas as substâncias encontradas em nosso planeta. Existem mais de 100 elementos químicos,

Leia mais

Quanto à sua origem, podemos considerar três tipos básicos de rochas:

Quanto à sua origem, podemos considerar três tipos básicos de rochas: O que são rochas? Usamos rochas para tantos fins em nosso dia-a-dia sem nos preocupar com sua origem que esses materiais parecem ter sempre existido na natureza para atender as necessidades da humanidade.

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo Mínimo para o Ensino Médio do estado do RIO DE JANEIRO. Física Interação e Tecnologia

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo Mínimo para o Ensino Médio do estado do RIO DE JANEIRO. Física Interação e Tecnologia Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo Mínimo para o Ensino Médio do estado do RIO DE JANEIRO Física Interação e Tecnologia 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta

Leia mais

CURRÍCULO COM ORIENTAÇÕES PARA O ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS 2015 II UNIDADE

CURRÍCULO COM ORIENTAÇÕES PARA O ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS 2015 II UNIDADE CURRÍCULO COM ORIENTAÇÕES PARA O ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS 2015 II UNIDADE Paulo Henrique Saraiva Câmara Governador do Estado de Pernambuco Raul Henry Vice-Governador do Estado Frederico da Costa

Leia mais

GEOLOGIA PARA ENGENHARIA CIVIL INTEMPERISMO: PROCESSOS QUE MOLDAM A SUPERFÍCIE

GEOLOGIA PARA ENGENHARIA CIVIL INTEMPERISMO: PROCESSOS QUE MOLDAM A SUPERFÍCIE GEOLOGIA PARA ENGENHARIA CIVIL INTEMPERISMO: PROCESSOS QUE MOLDAM A SUPERFÍCIE Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Compreender a superfície da crosta como um componente dinâmico Conhecer os tipos

Leia mais

Aula 01 Introdução à Ecologia: níveis de organização ecológica; ecossistema; níveis tróficos do ecossistema; a energia nos ecossistemas.

Aula 01 Introdução à Ecologia: níveis de organização ecológica; ecossistema; níveis tróficos do ecossistema; a energia nos ecossistemas. Aula 01 Introdução à Ecologia: níveis de organização ecológica; ecossistema; níveis tróficos do ecossistema; a energia nos ecossistemas. O que é? O que estuda? Qual a sua importância? HISTÓRICO Homem primitivo

Leia mais

Escolas João de Araújo Correia

Escolas João de Araújo Correia Escolas João de Araújo Correia DEPARTAMENTO MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS Disciplina Física e Química A QUÍMICA MÓDULO INICIAL MATERIAIS: DIVERSIDADE E CONSTITUIÇÃO 10º Ano de escolaridade 2014-2015

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE CIÊNCIAS 3º ANO Professor Vitor

PLANO DE TRABALHO DOCENTE CIÊNCIAS 3º ANO Professor Vitor PLANO DE TRABALHO DOCENTE CIÊNCIAS 3º ANO Professor Vitor CELESTE: PRODUÇÃO DO UNIVERSO 1. Componentes básicos do Universo matéria e energia: - Matéria e energia dos astros luminosos e iluminados; - Sol:

Leia mais

A TERRA É UM SISTEMA ABERTO QUE TROCA ENERGIA E MASSA COM O SEU ENTORNO

A TERRA É UM SISTEMA ABERTO QUE TROCA ENERGIA E MASSA COM O SEU ENTORNO PLANETA TERRA A Terra é um sistema vivo que abriga milhões de organismos, incluindo os humanos, e apresenta delicado equilíbrio para manter a vida. A Geologia é a ciência que estuda a Terra: sua origem,

Leia mais

PROVA BIMESTRAL Ciências

PROVA BIMESTRAL Ciências 7 o ano 1 o bimestre PROVA BIMESTRAL Ciências Escola: Nome: Turma: n o : 1. Preencha as lacunas do esquema com as seguintes legendas: Planalto ocidental, Depressão periférica, Serra do Mar e Planície litorânea.

Leia mais

CURSO DE GEOGRAFIA 2012 1º ANO ENSINO MÉDIO PROFª NILZA M. P. ALONSO

CURSO DE GEOGRAFIA 2012 1º ANO ENSINO MÉDIO PROFª NILZA M. P. ALONSO CURSO DE GEOGRAFIA 2012 1º ANO ENSINO MÉDIO PROFª NILZA M. P. ALONSO 2 HORAS AULAS SEMANAIS 3 AVALIAÇÕES BIMESTRAIS AM +SIMULADO+TDOM que compõem a AP (avaliações parciais) MAIS UMA AE (AVALIAÇÃO DE ESTUDO)

Leia mais

Abril Educação Astronomia Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Abril Educação Astronomia Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Abril Educação Astronomia Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 Complete as lacunas: Os astros não estão fixos, mas realizam vários movimentos no espaço. Sua trajetória é chamada.

Leia mais

Sequência de Aulas - Ciclos Biogeoquímicos

Sequência de Aulas - Ciclos Biogeoquímicos Sequência de Aulas - Ciclos Biogeoquímicos 1. Nível de Ensino: Ensino Médio 2. Conteúdo Estruturante: Biogeoquímica 2.1 Conteúdo Básico: Matéria, Composição dos elementos químicos. 2.2 Conteúdo Específico:

Leia mais

Energia. Fontes e formas de energia

Energia. Fontes e formas de energia Energia Fontes e formas de energia Energia está em tudo que nos rodeia! Nestas situações associa-se energia à saúde ou à actividade. Energia está em tudo que nos rodeia! Diariamente, ouvimos ou lemos frases

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Geografia Trimestre: 1º

Leia mais

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos 2 QUESTÃO 01 (1,0 ponto) Observe a imagem 1, com atenção, e depois responda Fonte: http://nautilus.fis.uc.pt/astro/hu/viag/images/imagem24.jp 3 É o sexto planeta

Leia mais

Ciclos Biogeoquímicos. Prof. Maximiliano Segala Prof. Antônio Ruas Saneamento Básico e Saúde Pública

Ciclos Biogeoquímicos. Prof. Maximiliano Segala Prof. Antônio Ruas Saneamento Básico e Saúde Pública Ciclos Biogeoquímicos Prof. Maximiliano Segala Prof. Antônio Ruas Saneamento Básico e Saúde Pública Introdução Energia solar proporciona condições para síntese de matéria orgânica pelos seres autótrofos

Leia mais

02- Agrupamento de estrelas que juntas formam figuras imaginárias. R.: 03- Ciência que estudo os corpos celestes. R.:

02- Agrupamento de estrelas que juntas formam figuras imaginárias. R.: 03- Ciência que estudo os corpos celestes. R.: PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== De acordo com as dicas, responda: 01- Foi

Leia mais

ÁREA: CIÊNCIAS NATURAIS

ÁREA: CIÊNCIAS NATURAIS PLANIFICAÇÃO DO PCE Escola Básica e Secundária de Velas ANO LETIVO: 2014/2015 ANO: 7º ÁREA: CIÊNCIAS NATURAIS COMPETÊNCIAS- CHAVE C1;C3;C5;C7 C3;C5;C7 C3;C6;C7 DOMÍNIOS/ CONTEÚDOS METAS CURRICULARES ATIVIDADES/ESTRATÉGIAS

Leia mais

NOTAS SOBRE COSMOLOGIA E GESTÃO DO CONHECIMENTO

NOTAS SOBRE COSMOLOGIA E GESTÃO DO CONHECIMENTO NOTAS SOBRE COSMOLOGIA E GESTÃO DO CONHECIMENTO SANJAY VASHIIST ALUNO DO CURSO DE FILOSOFIA DA UFJF. W.W.W.SANJAYMX@YAHOO.COM.MX O esforço de compreender o cosmo tem sido uma das inquietações inerentes

Leia mais

Ecologia Geral CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

Ecologia Geral CICLOS BIOGEOQUÍMICOS Ecologia Geral CICLOS BIOGEOQUÍMICOS 98-99% dos organismos são constituído por: -Sódio (Na) -Potássio (K) -Magnésio (Mg) -Cloro (Cl) -Carbono (C) -Hidrogênio (H -Nitrogênio (N) -Oxigênio (O) 1-2% restante:

Leia mais

Propriedades Planetas Sol Mercúrio Vênus Terra. O Sistema Solar. Introdução à Astronomia Fundamental. O Sistema Solar

Propriedades Planetas Sol Mercúrio Vênus Terra. O Sistema Solar. Introdução à Astronomia Fundamental. O Sistema Solar Introdução à Astronomia Fundamental Distribuição de Massa Sol: 99.85% Planetas: 0.135% Cometas: 0.01%? Satélites: 0.00005% Asteroides e Planetas Menores: 0.0000002%? Meteoróides: 0.0000001%? Meio Interplanetário:

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor do trabalho: 2.0 Nota: Data: /dezembro/2014 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 6º Trabalho de Recuperação Final de Geografia ORIENTAÇÕES: Leia atentamente

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Geografia Trimestre: 1º

Leia mais

CIÊNCIAS - 6ª série / 7º ano U.E - 02

CIÊNCIAS - 6ª série / 7º ano U.E - 02 CIÊNCIAS - 6ª série / 7º ano U.E - 02 A crosta, o manto e o núcleo da Terra A estrutura do planeta A Terra é esférica e ligeiramente achatada nos polos, compacta e com um raio aproximado de 6.370 km. Os

Leia mais

SOLOS E DISPONIBILIDADE QUALIDADE DA ÁGUA

SOLOS E DISPONIBILIDADE QUALIDADE DA ÁGUA SITUAÇÃO HÍDRICA NO BRASIL DIMENSÕES CLIMA E SOLO SOLOS E DISPONIBILIDADE QUALIDADE DA ÁGUA Paulo César do Nascimento Departamento de Solos Agronomia Univ. Federal Rio Grande do Sul Junho - 2015 1 O QUE

Leia mais

Ciclos Biogeoquímicos

Ciclos Biogeoquímicos Os organismos retiram constantemente da natureza os elementos químicos de que necessitam, mas esses elementos sempre retornam ao ambiente. O processo contínuo de retirada e de devolução de elementos químicos

Leia mais

POLUIÇÃO DO SOLO E RESÍDUOS SÓLIDOS. Professora: Andréa Carla Lima Rodrigues

POLUIÇÃO DO SOLO E RESÍDUOS SÓLIDOS. Professora: Andréa Carla Lima Rodrigues POLUIÇÃO DO SOLO E RESÍDUOS SÓLIDOS Professora: Andréa Carla Lima Rodrigues SOLO O que é solo? Formação do solo Horizontes do solo Evolução da Ocupação do Solo O que é o Solo? Solo é um corpo de material

Leia mais

AQUECIMENTO GLOBAL: Realidade e Fantasia

AQUECIMENTO GLOBAL: Realidade e Fantasia AQUECIMENTO GLOBAL: Realidade e Fantasia Geologia é primariamente história a história da Terra (Pettijohn.,F.J. Sedimentary Rocks. Second edition. Harper & Brothers. New York. 1957.) Geologia Histórica

Leia mais

DESCRITORES DAS PROVAS DO 1º BIMESTRE

DESCRITORES DAS PROVAS DO 1º BIMESTRE PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES DAS PROVAS DO 1º BIMESTRE CIENTISTAS DO AMANHÃ Descritores 1º Bimestre

Leia mais

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome:

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome: Atividade de Estudo - Ciências 4º ano Nome: 1- Imagine que o quadriculado abaixo seja uma representação da composição do ar. No total, são 100 quadradinhos. PINTE, de acordo com a legenda, a quantidade

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015 ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015 Nome: Nº 6º ano Data: / /2015 Professor: Nota: (valor: 2.0) A - Introdução Neste ano, sua pontuação foi inferior a 60,0 pontos e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

Quadro de conteúdos CIÊNCIAS

Quadro de conteúdos CIÊNCIAS Quadro de conteúdos CIÊNCIAS 1 6 o ano UNIDADE CAPÍTULO CONTEÚDO 1 Ecologia: seres vivos e ambiente 2 Água: substância vital 3 O ar e a atmosfera 1 O mundo dos seres vivos 2 Os seres vivos e as suas interações

Leia mais

Provas de Conhecimento Específico. Módulo I (conhecimentos básicos) (resposta obrigatória a todas as Partes: I, II e III) Programa

Provas de Conhecimento Específico. Módulo I (conhecimentos básicos) (resposta obrigatória a todas as Partes: I, II e III) Programa Provas de Admissão para maiores de 23 anos Ano lectivo: 2012 Curso de Engenharia do Ambiente Provas de Conhecimento Específico Módulo I (conhecimentos básicos) (resposta obrigatória a todas as Partes:

Leia mais

Sobre a atividade. Quais objetivos tenho que alcançar? Posso usar a atividade em outro momento?

Sobre a atividade. Quais objetivos tenho que alcançar? Posso usar a atividade em outro momento? Sobre a atividade Quais objetivos tenho que alcançar? Num primeiro momento é importante observar quais são as principais camadas dos solo; Relacionar a formação do lençol freático com o ciclo da água.

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM AnoAno Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM AnoAno Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM AnoAno Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa de Biologia e Geologia 10º Ano e Projeto Educativo ENSINO SECUNDÁRIO BIOLOGIA

Leia mais

www.google.com.br/search?q=gabarito

www.google.com.br/search?q=gabarito COLEGIO MÓDULO ALUNO (A) série 6 ano PROFESSOR GABARITO DA REVISÃO DE GEOGRAFIA www.google.com.br/search?q=gabarito QUESTÃO 01. a) Espaço Geográfico RESPOSTA: representa aquele espaço construído ou produzido

Leia mais

PAUTA DO DIA. Acolhida Revisão Interatividades Intervalo Avaliação

PAUTA DO DIA. Acolhida Revisão Interatividades Intervalo Avaliação PAUTA DO DIA Acolhida Revisão Interatividades Intervalo Avaliação REVISÃO 1 Astronomia Ciência que estuda os astros e os fenômenos relacionados a eles. REVISÃO 1 Relaciona os fenômenos celestes aos fatos

Leia mais

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) 1 ọ 2 ọ O OLHAR GEOGRÁFICO: LENTES NOVAS PARA ENTENDER NOSSO MUNDO 1. O espaço em transformação Geografia para quê? O espaço geográfico:

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR

SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR 2ª AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2012 CIÊNCIAS

Leia mais

Modulo I Mudanças Climáticas

Modulo I Mudanças Climáticas Nome: Nº: Turma: Geografia 1º ano Exercícios Extras Silvia Set/09 Modulo I Mudanças Climáticas 1. (UFRJ) A maior parte do aquecimento da atmosfera é proveniente da radiação terrestre: a atmosfera deixa

Leia mais

Escola Secundária Anselmo de Andrade. Biologia e Geologia de 10ºAno. Nome Nº Turma

Escola Secundária Anselmo de Andrade. Biologia e Geologia de 10ºAno. Nome Nº Turma Escola Secundária Anselmo de Andrade Biologia e Geologia de 10ºAno Nome Nº Turma Data / / Avaliação 1. climáticas solar cinzas redução geográficas A projecção de vulcânicas teria como consequência a de

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

CONHECENDO A FAMÍLIA DO SOL. META Apresentar as características dos corpos que constituem a família do Sol.

CONHECENDO A FAMÍLIA DO SOL. META Apresentar as características dos corpos que constituem a família do Sol. CONHECENDO A FAMÍLIA DO SOL Aula 2 META Apresentar as características dos corpos que constituem a família do Sol. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: diferenciar os astros que compõem o Sistema

Leia mais

Os fenômenos climáticos e a interferência humana

Os fenômenos climáticos e a interferência humana Os fenômenos climáticos e a interferência humana Desde sua origem a Terra sempre sofreu mudanças climáticas. Basta lembrar que o planeta era uma esfera incandescente que foi se resfriando lentamente, e

Leia mais

Reconhecer as diferenças

Reconhecer as diferenças A U A UL LA Reconhecer as diferenças Nesta aula, vamos aprender que os solos são o resultado mais imediato da integração dos processos físicos e biológicos na superfície da Terra. A formação e o desenvolvimento

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA PROVA FLORIPA CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA PROVA FLORIPA CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL D01 Interpretar situações de equilíbrio e desequilíbrio ambiental, provocadas pela ação humana. D02 Identificar o calor do sol como principal causa da

Leia mais

1.º PERÍODO. n.º de aulas previstas DOMÍNIOS SUBDOMÍNIOS/CONTEÚDOS OBJETIVOS. De 36 a 41

1.º PERÍODO. n.º de aulas previstas DOMÍNIOS SUBDOMÍNIOS/CONTEÚDOS OBJETIVOS. De 36 a 41 DE FÍSICO-QUÍMICA - 7.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO O aluno é capaz de: o Conhecer e compreender a constituição do Universo, localizando a Terra, e reconhecer o papel da observação e dos instrumentos

Leia mais

Rochas e minerais. Professora Aline Dias

Rochas e minerais. Professora Aline Dias Rochas e minerais Professora Aline Dias Os minerais São substâncias químicas, geralmente sólida, encontradas naturalmente na Terra. São compostos pela união de vários tipos de elementos químicos (silício,

Leia mais

Mariângela de Oliveira-Abans. MCT/Laboratório Nacional de Astrofísica

Mariângela de Oliveira-Abans. MCT/Laboratório Nacional de Astrofísica Mariângela de Oliveira-Abans MCT/Laboratório Nacional de Astrofísica J unho 2003 Árvores Que Estiveram Lá 31/01/1971: a nave Apollo 14 partiu em direção à Lua Os astronautas Shepard e Mitchell desceram

Leia mais

Conteúdo: Aula: 12 assíncrona. Ciclo da água e dos nutrientes. Ciclo do nitrogênio, carbono e oxigênio. CONTEÚDO E HABILIDADES

Conteúdo: Aula: 12 assíncrona. Ciclo da água e dos nutrientes. Ciclo do nitrogênio, carbono e oxigênio. CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula: 12 assíncrona Conteúdo: Ciclo da água e dos nutrientes. Ciclo do nitrogênio, carbono e oxigênio. 2 CONTEÚDO E

Leia mais

ABILIO SOARES GOMES ORIGEM DOS OCEANOS

ABILIO SOARES GOMES ORIGEM DOS OCEANOS ABILIO SOARES GOMES ORIGEM DOS OCEANOS Uma das perguntas mais persistentes da humanidade é sobre as origens do homem e do universo, tendo originado tantas cosmogonias quantas civilizações existentes. Para

Leia mais

Números Primos; Decomposição em produto; Fatoração de um número; Adição; Cálculo do Máximo divisor comum (mdc);

Números Primos; Decomposição em produto; Fatoração de um número; Adição; Cálculo do Máximo divisor comum (mdc); Adição; MATEMÁTICA Algumas Propriedades da Adição: Comutativa, Associativa e Elemento Neutro; Subtração; Multiplicação; Problemas de contagem; Algumas Propriedades da Multiplicação: Comutativa, Associativa,

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor da prova: 2.0 Nota: Data: / /2015 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 6º 4º bimestre Trabalho de Recuperação de Geografia Orientações: - Leia atentamente

Leia mais

NÚCLEO DE ESTUDOS ESPIRITUAIS MATA VERDE

NÚCLEO DE ESTUDOS ESPIRITUAIS MATA VERDE NÚCLEO DE ESTUDOS ESPIRITUAIS MATA VERDE Desenvolvimento mediúnico março/2014 ATENÇÃO Dia 19 de abril não teremos aula. Voltaremos dia 26 de Abril. Doutrina dos Sete Reinos Sagrados Conceituação de Orixá

Leia mais

4 π. Analisemos com atenção o sistema solar: Dado que todos os planetas já ocuparam posições diferentes em relação ao Sol, valerá a pena fazer uma

4 π. Analisemos com atenção o sistema solar: Dado que todos os planetas já ocuparam posições diferentes em relação ao Sol, valerá a pena fazer uma Analisemos com atenção o sistema solar: Dado que todos os planetas já ocuparam posições diferentes em relação ao Sol, valerá a pena fazer uma leitura do passado e do futuro. Todos os planetas do sistema

Leia mais

FILOSOFIA DAS ORIGENS: TESTANDO PARADIGMAS

FILOSOFIA DAS ORIGENS: TESTANDO PARADIGMAS 1 FILOSOFIA DAS ORIGENS: TESTANDO PARADIGMAS Nahor Neves de Souza Jr. UNASP/EC O estudo das questões ligadas às origens envolve conhecimentos multidisciplinares, despertando o interesse tanto de cientistas,

Leia mais

Ciclos do elementos Carbono, Nitrogênio e Enxofre

Ciclos do elementos Carbono, Nitrogênio e Enxofre Ciclos do elementos Carbono, Nitrogênio e Enxofre Atmosfera Atmosfera é a camada gasosa ao redor da Terra. Hidrosfera é a parte líquida da Terra que corresponde a cerca de 80% da superfície. A água dos

Leia mais

ÁGUA... O planeta Terra

ÁGUA... O planeta Terra os Planetas e a Lua O nosso planeta Terra é o é um planeta grande e a ÁGUA... O planeta Terra maior parte dele é O planeta Terra é o terceiro planeta do nosso sistema solar. Tomando o Sol como referência,

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS EMENTAS DO CURSO DE GEOGRAFIA CURRÍCULO NOVO, A PARTIR DE 2011 NÍVEL I 15359-04 Epistemologia da Geografia Introdução ao campo teórico da Geografia. Construção de uma Base Teórica e Epistemológica dos

Leia mais

PLANO DE ÁREA DE ESTUDO (PLAEST)

PLANO DE ÁREA DE ESTUDO (PLAEST) SISTEMA COLÉGIO MILITAR DO BRASIL COLÉGIO MILITAR DE CURITIBA ENSINO FUNDAMENTAL ELABORADO EM 2007 Fl-1 CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS 6ª ANO CARGA HORÁRIA: 120 HORAS Nr SESSÕES: 160 horas-aula PLANO DE

Leia mais

Ø As actividades humanas dependem da água para a agricultura, indústria, produção de energia, saúde, desporto e entretenimento.

Ø As actividades humanas dependem da água para a agricultura, indústria, produção de energia, saúde, desporto e entretenimento. Ø As actividades humanas dependem da água para a agricultura, indústria, produção de energia, saúde, desporto e entretenimento. Ä A água é indispensável ao Homem, a sua falta ou o seu excesso, pode ser-lhe

Leia mais

Qual o nosso lugar no Universo?

Qual o nosso lugar no Universo? Qual o nosso lugar no Universo? Acredita-se que no Universo existam cerca de 100 000 milhões de galáxias. As galáxias são enormes grupos de estrelas, gás e poeira. Nem todas são iguais e diferenciam-se

Leia mais

O MUNDO ONDE VIVEMOS!

O MUNDO ONDE VIVEMOS! O MUNDO ONDE VIVEMOS! PLANETA TERRA BIOSFERA (SERES VIVOS) ATMOSFERA (AR) HIDROSFERA (ÁGUA) LITOSFERA (TERRA) AMBIENTE NO SÉC. S XX A TEMPERATURA DA TERRA AUMENTOU MAIS OU MENOS DE 0,6ºC C A 2ºC. 2 AS

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES PROVA - 2º BIMESTRE 2011 DESCRITORES CIENTISTAS DO AMANHÃ 2 BIMESTRE

Leia mais

FORTALECENDO SABERES APRENDER A APRENDER CONTEÚDO E HABILIDADES GEOGRAFIA DESAFIO DO DIA. Conteúdo:

FORTALECENDO SABERES APRENDER A APRENDER CONTEÚDO E HABILIDADES GEOGRAFIA DESAFIO DO DIA. Conteúdo: CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA A Conteúdo: O gás carbônico se acumula na atmosfera; O buraco na camada de ozônio. A crescente escassez de água potável no mundo; A relação sociedade-natureza.

Leia mais

META Apresentar a matéria em movimento, os grandes ciclos biogeoquímicos e o ciclo da água e seus principais elementos perturbadores.

META Apresentar a matéria em movimento, os grandes ciclos biogeoquímicos e o ciclo da água e seus principais elementos perturbadores. OS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS: MOVIMENTOS DA MATÉRIA META Apresentar a matéria em movimento, os grandes ciclos biogeoquímicos e o ciclo da água e seus principais elementos perturbadores. OBJETIVOS Ao fi nal

Leia mais

A Terra um Planeta muito Especial: Formação do Sistema Solar

A Terra um Planeta muito Especial: Formação do Sistema Solar A Lua (do latim Luna) é o único satélite natural da Terra, situando-se a uma distância de cerca de 384.405 km do nosso planeta. O feixe de luz, representado pela linha amarela, mostra o período que a luz

Leia mais

Ciclos Biogeoquímicos

Ciclos Biogeoquímicos Ciclos Biogeoquímicos Ciclos que envolvem o movimento dos elementos ou compostos essenciais à vida entre o meio biótico e abiótico. Bio: Porque as transformações ocorrem com a participação dos seres vivos.

Leia mais

Geografia/15 6º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / RECUPERAÇÃO FINAL 2015 GEOGRAFIA 6º ano

Geografia/15 6º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / RECUPERAÇÃO FINAL 2015 GEOGRAFIA 6º ano Geografia/15 6º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / 6ºgeo301r RECUPERAÇÃO FINAL 2015 GEOGRAFIA 6º ano Querido(a) Aluno(a) No primeiro trimestre buscamos entender o surgimento da Geografia, sua contribuição

Leia mais

Conteúdo: O planeta onde vivemos. Globo terrestre e planisfério. Consumismo. Latifúndio. A fome. CIÊNCIAS HUMANAS

Conteúdo: O planeta onde vivemos. Globo terrestre e planisfério. Consumismo. Latifúndio. A fome. CIÊNCIAS HUMANAS 2 Conteúdo: O planeta onde vivemos. Globo terrestre e planisfério. Consumismo. Latifúndio. A fome. 3 Habilidades: Conhecer e descrever as características do planeta terra. Diferenciar consumo e consumismo.

Leia mais

PLANIFICAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS (8.º ANO) 2015/2016 Docentes: João Mendes, Madalena Serra e Vanda Messenário

PLANIFICAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS (8.º ANO) 2015/2016 Docentes: João Mendes, Madalena Serra e Vanda Messenário PLANIFICAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS (8.º ANO) 2015/2016 Docentes: João Mendes, Madalena Serra e Vanda Messenário 1 Metras Curriculares Estratégias Tempo Avaliação TERRA UM PLANETA COM VIDA Sistema Terra: da

Leia mais

Slide 1 REVISÃO DA PROVA

Slide 1 REVISÃO DA PROVA Slide 1 REVISÃO DA PROVA Slide 2 FOTOSSINTESE Slide 3 3- A fotossíntese libera para a atmosfera: a) o oxigênio oriundo da água; b) o oxigênio proveniente do gás carbônico; c) o gás carbônico proveniente

Leia mais

Aula 08 Sistema Solar

Aula 08 Sistema Solar Aula 08 Sistema Solar Hipótese de Laplace: como surgiu o sistema solar a partir da Nebulosa primordial. (1), (2) A conservação do momento angular requer que uma nuvem em rotação e em contração, deve girar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO INSTITUTO DE CIÊNCIAS NATURAIS, HUMANAS E SOCIAIS (ICNHS) Prof. Evaldo Martins Pires Doutor em Entomologia

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO INSTITUTO DE CIÊNCIAS NATURAIS, HUMANAS E SOCIAIS (ICNHS) Prof. Evaldo Martins Pires Doutor em Entomologia ECOLOGIA GERAL Aula 04 Aula de hoje: CICLAGEM DE NUTRIENTES E CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O ciclo ou a rota dos nutrientes no ecossistema está diretamente relacionado ao processo de reciclagem ou reaproveitamento

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 2ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 6º Turma: Data: 02/06/2012 Nota: Professor(a): Élida Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número de questões desta prova: 12 2) Valor das questões:

Leia mais

Capítulo 2 - Poluição

Capítulo 2 - Poluição Capítulo 2 - Poluição Biologia e bioquímica da poluição Poluição Ar Água Solo Ciências do Ambiente Prof. Alessandro de Oliveira Limas Biologia e bioquímica da poluição Caracterização da poluição Alteração

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 5.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS 5.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio da Água, o ar, as rochas e o solo - materiais terrestres, o aluno deve ser capaz de: Compreender a Terra como um planeta especial

Leia mais

Elementos essenciais a vida: Zn, Mo e o Co. - Água; - Macronutrientes: C, H, O, N e o P mais importantes, mas também S, Cl, K, Na, Ca, Mg e Fe;

Elementos essenciais a vida: Zn, Mo e o Co. - Água; - Macronutrientes: C, H, O, N e o P mais importantes, mas também S, Cl, K, Na, Ca, Mg e Fe; Elementos essenciais a vida: - Água; - Macronutrientes: C, H, O, N e o P mais importantes, mas também S, Cl, K, Na, Ca, Mg e Fe; - Micronutrientes principais: Al, Bo, Cr, Zn, Mo e o Co. Bio organismos

Leia mais

Universidade de São Paulo Instituto de Química de São Carlos Programa de Educação Tutorial - PET

Universidade de São Paulo Instituto de Química de São Carlos Programa de Educação Tutorial - PET Universidade de São Paulo Instituto de Química de São Carlos Programa de Educação Tutorial - PET Monografia: Meteoros, suas propriedades químicas e físicas e indicações sobre as suas origens e indicativos

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 2: O grafite e o diamante são substâncias simples e naturais do elemento carbono. Outras estruturas de substâncias simples do carbono, como o fulereno-60, fulereno-70 e nanotubos de carbono, são

Leia mais

Sistema Solar. A origem A estrutura Planetas Rochosos Interiores Gigantes Gasosos Exteriores

Sistema Solar. A origem A estrutura Planetas Rochosos Interiores Gigantes Gasosos Exteriores Sistema Solar A origem A estrutura Planetas Rochosos Interiores Gigantes Gasosos Exteriores Origem O Sistema solar formou-se há cerca de 4,6 bilhões de anos a partir de uma nuvem de gás e poeira vasta

Leia mais

Química. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

Química. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo Química baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE QUÍMICA High School 2 9 th Grade Alguns materiais usados no dia-a-dia: obtenção e usos Transformações

Leia mais

QUÍMICA 12.º ANO UNIDADE 2 COMBUSTÍVEIS, ENERGIA E AMBIENTE 12.º A

QUÍMICA 12.º ANO UNIDADE 2 COMBUSTÍVEIS, ENERGIA E AMBIENTE 12.º A QUÍMICA 12.º ANO UNIDADE 2 COMBUSTÍVEIS, ENERGIA E AMBIENTE 12.º A 14 de Janeiro de 2011 2 Combustíveis fósseis O que são combustíveis fósseis? 3 Substâncias formadas, em tempos geológicos recuados, por

Leia mais

A origem do Universo Evidências a favor da Teoria do Big Bang Limitações da Teoria do Big Bang Reacções químicas e reacções nucleares

A origem do Universo Evidências a favor da Teoria do Big Bang Limitações da Teoria do Big Bang Reacções químicas e reacções nucleares Sumário: A origem do Universo Evidências a favor da Teoria do Big Bang Limitações da Teoria do Big Bang Reacções químicas e reacções nucleares A origem do Universo Até há muito pouco tempo pensava-se que

Leia mais

A Biosfera e seus Ecossistemas

A Biosfera e seus Ecossistemas A Biosfera e seus Ecossistemas UNIDADE I ECOLOGIA CAPÍTULO 2 Aula 01 Níveis de organização Hábitat e nicho ecológico Componentes do ecossistema Cadeia e teia alimentar 1. INTRODUÇÃO À ECOLOGIA X Ecologia

Leia mais

Gabarito dos exercícios do livro Ciências cap. 5 e 6

Gabarito dos exercícios do livro Ciências cap. 5 e 6 COLÉGIO MARIA IMACULADA QI 05 ch. 72 LAGO SUL BRASÍLIA DF E-MAIL: cmidf@cmidf.com.br SITE: www.cmidf.com.br 6ºano 1º PERÍODO Gabarito dos exercícios do livro Ciências cap. 5 e 6 p. 74 Respostas: 1. Lua

Leia mais

Escola Secundária de Eça de Queirós-Póvoa de Varzim PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO

Escola Secundária de Eça de Queirós-Póvoa de Varzim PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO 2015/201 1.º Período DISCIPLINA: Ciências Físico-Químicas ANO: 7.º CURSO: 3.º Ciclo do Ensino Básico Total de aulas previstas: 38 Domínio: I. Espaço Subdomínio: I.1. Universo Objetivo Geral: 1. Conhecer

Leia mais

INTERVENÇÃO. AULA PRÁTICA: jogo das biomoléculas. Autor: Maria Teresa Iturres, Alexia Rodrigues Menezes.

INTERVENÇÃO. AULA PRÁTICA: jogo das biomoléculas. Autor: Maria Teresa Iturres, Alexia Rodrigues Menezes. INTERVENÇÃO CONTEXTUALIZAÇÃO AULA PRÁTICA: jogo das biomoléculas Autor: Maria Teresa Iturres, Alexia Rodrigues Menezes. As biomoléculas, como o próprio nome já diz, são as moléculas da vida, que possuem

Leia mais

G E O G R A F I A DIRETRIZES GERAIS

G E O G R A F I A DIRETRIZES GERAIS G E O G R A F I A DIRETRIZES GERAIS Estuda-se Geografia para aprender a pensar de forma original, criativa e crítica, a partir da própria realidade espacial, que não se limita ao próximo e imediato, mas

Leia mais

Fig. 3 Aula 1; cuja temática são os conceitos sobre luz

Fig. 3 Aula 1; cuja temática são os conceitos sobre luz A primeira aula será sobre conceitos que envolvem a temática luz (fig. 3), uma vez que nosso planeta é iluminado por uma fonte luminosa proveniente de uma estrela, o Sol, localizada no centro do Sistema

Leia mais

Como surgiu o universo

Como surgiu o universo Como surgiu o universo Modelos para o universo Desde os tempos remotos o ser humano observa o céu, buscando nele pistas para compreender o mundo em que vive. Nessa busca incansável, percebeu fenômenos

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CENTRO DE ORIENTAÇÃO E SUPERVISÃO DO ENSINO ASSISTENCIAL COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CENTRO DE ORIENTAÇÃO E SUPERVISÃO DO ENSINO ASSISTENCIAL COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II ARTES VISUAIS EMENTA - 1º BIMESTRE - 2015 6 ANO VERIFICAÇÃO CORRENTE I: portfólio. O portfólio se encontra no final do livro Radix. Serão cobrados os módulos 3 e 4: compostos das atividades práticas 6

Leia mais

Planeta Terra Contributos para o seu conhecimento

Planeta Terra Contributos para o seu conhecimento Planificação da unidade didáctica Biologia e Geologia: Planeta Terra Contributos para o seu conhecimento Manual escolar utilizado: Título: Terra, Universo de Vida Autores: Amparo Dias da Silva; Fernanda

Leia mais

A Biosfera importância do clima e do relevo para os seres vivos

A Biosfera importância do clima e do relevo para os seres vivos A Biosfera importância do clima e do relevo para os seres vivos Qual o Objetivo da Biogeografia? Estudar a distribuição dos seres vivos e os fatores intervenientes nesta distribuição de forma integrada.

Leia mais

Capacidade térmica mássica

Capacidade térmica mássica AL 1.3. Capacidade térmica mássica Em grupo de trabalho e com ajuda do professor os alunos planificam um procedimento experimental que os vai ajudar a dar resposta ao problema. Durante a realização da

Leia mais