MUNICÍPIO DA MURTOSA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MUNICÍPIO DA MURTOSA"

Transcrição

1 1 Acta n.º 9/2009 MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28 DE ABRIL DE No dia vinte e oito de Abril de dois mil e nove, nesta Vila da Murtosa, edifício dos Paços do Município e sala de reuniões da Câmara Municipal, reuniu ordinariamente o Executivo da Câmara Municipal, pelas catorze horas, sob a presidência do Senhor Vice-Presidente Joaquim Manuel dos Santos Baptista, tendo comparecido os Senhores Vereadores Januário Vieira da Cunha, Manuel Maria Pereira da Cruz e João Alberto Serrado Alves. O Senhor Vice-Presidente informou que o senhor Presidente não estaria presente na medida em que se encontra a participar numa reunião do Conselho de Administração da CIRA BALANCETE A Câmara Municipal tomou conhecimento que, em relação ao dia de ontem, havia em cofre os seguintes montantes: Operações Orçamentais ,65 (cento e nove mil, quinhentos e oitenta e seis euros e sessenta e cinco cêntimos) e Operações Não Orçamentais ,54 (trezentos e cinquenta e dois mil, quinhentos e vinte e um euros e cinquenta e quatro cêntimos) CONSUMOS DE ÁGUA EM EDIFÍCIOS MUNICIPAIS DURANTE O MÊS DE MARÇO DE 2009 Pela Secção de Águas, foi presente uma relação de recibos de consumo de água referentes ao mês de Março de 2009 de edifícios municipais e jardins, no valor de 3.952,73 (três mil novecentos e cinquenta e dois euros e setenta e três cêntimos), assim discriminada: Freguesia da Torreira 2.945,87 (dois mil novecentos e quarenta e cinco euros e oitenta e sete cêntimos) Freguesia da Murtosa 541,19 (quinhentos e quarenta e um euros e dezanove cêntimos) Freguesia do Monte 334,10 (trezentos e trinta e quatro euros e dez cêntimos) Freguesia do Bunheiro 131,57 (cento e trinta e um euros e cinquenta e sete cêntimos). --

2 A Câmara Municipal tomou conhecimento e deliberou, por unanimidade, assumir os encargos ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA E RECREATIVA DAS QUINTAS 30º CONCURSO DE PESCA DESPORTIVA EM BARCO MOLICEIRO PEDIDO DE APOIO Presente um ofício da Associação Desportiva e Recreativa das Quintas, datado de 30 de Março, a informar que vai realizar no próximo dia 16 de Maio, na Ria, junto à Ponte da Varela, o 30º Concurso de Pesca em Barco Moliceiro, solicitando apoio financeiro, troféu ou taça para o referido concurso A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, atribuir um subsídio à Associação Desportiva e Recreativa das Quintas, no montante de 150,00 (cento e cinquenta euros), para aquisição de um troféu O Senhor Vereador Manuel Maria Pereira da Cruz ausentou-se da sala, não fazendo parte da discussão e votação por fazer parte dos órgãos sociais da Associação. Após a votação retomou o seu lugar na mesa CENTRO SOCIAL E PAROQUIAL DO BUNHEIRO PEDIDO DE ISENÇÃO DE PAGAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO AUTOCARRO MUNICIPAL Presente um ofício do Centro Social e Paroquial do Bunheiro, datado de 3 do corrente mês, a solicitar a isenção do pagamento da taxa devida pela utilização do autocarro municipal, referente a uma viagem efectuada no passado dia 6 de Abril, a Aveiro, com os idosos do Centro de Dia A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, deferir o solicitado DIRECÇÃO DE FINANÇAS NOMEAÇÃO DOS VOGAIS QUE IRÃO INTEGRAR A COMISSÃO DE 2ª AVALIAÇÃO Presente um fax do Serviços de Finanças da Murtosa, datado de 8 do corrente mês, a informar que, para efeitos do disposto no nº 11 do artº 76º do Código do Imposto Municipal sobre Imóveis, solicita a indicação dos vogal ou vogais que irão integrar as Comissões de 2ª Avaliação A Câmara Municipal tomou conhecimento do fax supra referido e deliberou, por unanimidade, indicar para constituir a Comissão de 2ª avaliação, os senhores engenheiros, João Manuel Lopes Fidalgo e Daniel Henriques de Bastos ALARGAMENTO DOS HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS Depois de ser analisado o teor do Decreto-Lei n.º 48/96, de 15 de Maio, e o Regulamento Municipal dos Períodos de Abertura e Funcionamento dos Estabelecimentos de Venda ao Público e Prestação de Serviços do Concelho da Murtosa, e tendo em consideração que:

3 a) O Concelho da Murtosa, no núcleo urbano da Torreira, durante a época balnear, tem uma forte pressão populacional que procura locais de diversão; b) Por diversas vezes, os proprietários dos estabelecimentos e grupos populacionais têm sugerido uma dilação dos horários de funcionamento; c) As alterações da hora legal, particularmente no período de férias, provocam, necessariamente, algumas modificações nos hábitos dos cidadãos; d) Os interesses das actividades profissionais ligados ao turismo o justifica, a Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, solicitar pareceres às entidades referidas no artigo 5º do Regulamento Municipal dos Períodos de Abertura e Funcionamento dos Estabelecimentos de Venda ao Público e de Prestação de Serviços do Concelho da Murtosa, sobre o alargamento dos limites dos horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, fixados no Regulamento Municipal, da seguinte forma: No período compreendido entre 1 de Junho e 30 de Setembro: º Os estabelecimentos de venda ao público e de prestação de serviços, nomeadamente os salões de jogos, tabernas, croissanterias, padarias, pastelarias, podem estar abertos entre as 6 horas e a 1 hora durante a semana, e entre as 6 horas e as 2 horas, aos fins-de-semana e vésperas de feriados; º Os cafés, cervejarias, casas de chá, restaurantes, snack-bares e self-services podem estar abertos entre as 6 horas e as 3 horas, durante a semana, e entre as 6 horas e as 4 horas, aos fins-de-semana e vésperas de feriados; º Os clubes, casas de fado, pubs, discotecas e estabelecimentos análogos, que têm uma actividade predominantemente nocturna, podem estar abertos até às 5 horas, durante a semana, e até às 6 horas, aos fins-de-semana e vésperas de feriados Os estabelecimentos que têm o seu horário reduzido, motivado por reclamações, não estão abrangidos por este alargamento de horários A Câmara Municipal poderá cancelar este alargamento de horários, caso se venham a verificar eventuais perturbações à tranquilidade e sossego dos cidadãos Mais deliberou, igualmente por unanimidade, fixar os horários dos bares de praia aquando da celebração do respectivo protocolo ACTUALIZAÇÃO DO ARTº 38º DA TABELA DE TAXAS DO REGULAMENTO DE LIQUIDAÇÃO E COBRANÇAS DE TAXAS PELA CONCESSÃO DE LICENÇAS E PRESTAÇÃO

4 4 DE SERVIÇOS PELA CÂMARA MUNICIPAL DA MURTOSA Foi presente uma informação dos Serviços de Secretaria, dando conta que o valor da taxa de ocupação de via pública durante os festejos de S. Paio, deve ser actualizada em função do índice de inflação publicado pelo INE. Tendo em conta o valor da inflação, a taxa passará a ser de 1,54 /m2 ou fracção e por dia A Câmara Municipal, deliberou, por unanimidade, aprovar a actualização, do artº 38º, alínea l), da Tabela de Taxas, de acordo com informação da secretaria AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 64, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A ANGELO OLIVEIRA E SILVA - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 64, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a Ângelo Oliveira e Silva, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de cultura, com a área de m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a Ângelo Oliveira e Silva, ou a quem no acto da escritura provar ser seu legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de 1710 m2, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pelo preço de 6.840,00 (seis mil oitocentos e quarenta euros), a que corresponde o preço de 4,00 (quatro euros)/m Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de compra e venda do referido terreno, pagando ao titular, a título de sinal e princípio de pagamento, a quantia de 5.130,00 (cinco mil cento e trinta euros), o que equivale a 75% do valor do terreno, devendo o promitente vendedor autorizar a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 1.710,00 (mil setecentos e dez euros), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que o vendedor apresente a documentação legal AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 65, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A ANGELO OLIVEIRA E SILVA - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 65, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a Ângelo Oliveira e Silva, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de cultura, com a área de m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a Ângelo Oliveira e Silva, ou a quem no acto da escritura provar ser seu legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de 1450 m2, destinada à Zona

5 5 Industrial 3ª fase, pelo preço de 5.800,00 (cinco mil e oitocentos euros), a que corresponde o preço de 4,00 (quatro euros)/m Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de compra e venda do referido terreno, pagando ao titular, a título de sinal e princípio de pagamento, a quantia de 4.350,00 (quatro mil trezentos e cinquenta euros), o que equivale a 75% do valor do terreno, devendo o promitente vendedor autorizar a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 1.450,00 (mil quatrocentos e cinquenta euros), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que o vendedor apresente a documentação legal AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 67, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A HERDEIROS DE JOANA MARIA LOPES DE SOUSA - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 67, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a Herdeiros de Joana Maria Lopes de Sousa, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de pinhal, com a área de m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a Herdeiros de Joana Maria Lopes de Sousa, ou a quem no acto da escritura provar ser seu legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de 1450 m2, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pelo preço de 3.262,50 (três mil duzentos e sessenta e dois euros e cinquenta cêntimos), a que corresponde o preço de 2,25 (dois euros e vinte e cinco cêntimos)/m Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de compra e venda do referido terreno, pagando aos titulares, a título de sinal e princípio de pagamento, a quantia de 2.446,88 (dois mil quatrocentos e quarenta e seis euros e oitenta e oito cêntimos), o que equivale a 75% do valor do terreno, devendo os promitentes vendedores autorizarem a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 815,62 (oitocentos e quinze euros e sessenta e dois cêntimos), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que os vendedores apresentem a documentação legal

6 AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 14-A, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A IRIA DOS SANTOS TAVARES - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 14-A, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a Iria dos Santos Tavares, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de pinhal, com a área de 300 m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a Iria dos Santos Tavares, ou a quem no acto da escritura provar ser seu legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de 300 m2, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pelo preço de 675,00 (seiscentos e setenta e cinco euros), a que corresponde o preço de 2,25 (dois euros e vinte e cinco cêntimos)/m Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de quantia de 506,25 (quinhentos e seis euros e vinte e cinco cêntimos), o que equivale a 75% do valor do terreno, devendo a promitente vendedora autorizar a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 168,75 (cento e sessenta e oito euros e setenta e cinco cêntimos), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que a vendedora apresente a documentação legal AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 77, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A IRIA DOS SANTOS TAVARES - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 77, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a Iria dos Santos Tavares, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de pinhal, com a área de 90 m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a Iria dos Santos Tavares, ou a quem no acto da escritura provar ser seu legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de 90 m2, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pelo preço de 202,50 (duzentos e dois euros e cinquenta cêntimos), a que corresponde o preço de 2,25 (dois euros e vinte e cinco cêntimos)/m Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de quantia de 151,88 (cento e cinquenta e um euros e oitenta e oito cêntimos), o que equivale a

7 7 75% do valor do terreno, devendo a promitente vendedora autorizar a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 50,62 (cinquenta euros e sessenta e dois cêntimos), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que a vendedora apresente a documentação legal AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 251-C, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A IRIA DOS SANTOS TAVARES - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 251-C, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a Iria dos Santos Tavares, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de pinhal, com a área de 210 m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a Iria dos Santos Tavares, ou a quem no acto da escritura provar ser seu legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de 210 m2, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pelo preço de 472,50 (quatrocentos e setenta e dois euros e cinquenta cêntimos), a que corresponde o preço de 2,25 (dois euros e vinte e cinco cêntimos)/m Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de quantia de 354,38 (trezentos e cinquenta e quatro euros e trinta e oito cêntimos), o que equivale a 75% do valor do terreno, devendo a promitente vendedora autorizar a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 118,12 (cento e dezoito euros e doze cêntimos), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que a vendedora apresente a documentação legal AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 362, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A HERDEIROS DE ANA ROSA ALVES DE SOUSA - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 362, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a Herdeiros de Ana Rosa Alves de Sousa, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de pinhal, com a área de m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a Herdeiros de Ana Rosa Alves de Sousa, ou a quem no acto da escritura provar ser seu

8 8 legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de m2, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pelo preço de 6.705,00 (seis mil setecentos e cinco euros), a que corresponde o preço de 2,25 (dois euros e vinte e cinco cêntimos)/m Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de quantia de 5.028,75 (cinco mil vinte e oito euros e setenta e cinco cêntimos), o que equivale a 75% do valor do terreno, devendo o promitente vendedor autorizar a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 1.676,25 (mil seiscentos e setenta e seis euros e vinte cinco cêntimos), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que os vendedores apresentem a documentação legal AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 115, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A JOSÉ CIRNE TAVARES MARRINHAS - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 115, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a José Cirne Tavares Marrinhas, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de pinhal, com a área de 956 m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a José Cirne Tavares Marrinhas, ou a quem no acto da escritura provar ser seu legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de 956 m2, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pelo preço de 2.151,00 (dois mil cento e cinquenta e um euros), a que corresponde o preço de 2,25 (dois euros e vinte e cinco cêntimos)/m Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de quantia de 1.613,25 (mil seiscentos e treze euros e vinte e cinco cêntimos), o que equivale a 75% do valor do terreno, devendo o promitente vendedor autorizar a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 537,75 (quinhentos e trinta e sete euros e setenta e cinco cêntimos), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que o vendedor apresente a documentação legal

9 AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 116, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A HERDEIROS DE JOÃO VALENTE PEREIRA - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 116, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a Herdeiros de João Valente Pereira, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de pinhal, com a área de m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a Herdeiros de João Valente Pereira, ou a quem no acto da escritura provar ser seu legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de m2, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pelo preço de 3.982,50 (três mil novecentos e oitenta e dois euros e cinquenta cêntimos) Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de quantia de 2.986,88 (dois mil novecentos e oitenta e seis euros e oitenta e oito cêntimos), o que equivale a 75% do valor do terreno, devendo o promitente vendedor autorizar a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 995,62 (novecentos e noventa e cinco euros e sessenta e dois cêntimos), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que o vendedor apresente a documentação legal AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 117, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A ANABELA DE FÁTIMA TAVARES PEREIRA - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 117, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a Anabela de Fátima Tavares Pereira, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de pinhal, com a área de m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a Anabela de Fátima Tavares Pereira, ou a quem no acto da escritura provar ser seu legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de m2, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pelo preço de 3.982,50 (três mil novecentos e oitenta e dois euros e cinquenta cêntimos)

10 Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de quantia de 2.986,88 (dois mil novecentos e oitenta e seis euros e oitenta e oito cêntimos), o que equivale a 75% do valor do terreno, devendo o promitente vendedor autorizar a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 995,62 (novecentos e noventa e cinco euros e sessenta e dois cêntimos), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que o vendedor apresente a documentação legal AQUISIÇÃO DA PARCELA DE TERRENO Nº 382, DESTINADA À ZONA INDUSTRIAL 3ª FASE, A HERDEIROS DE FRANCELINA TAVARES GARRIDO - Foi presente o processo relativo à aquisição da parcela de terreno nº 382, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pertencente a Herdeiros de Francelina Tavares Garrido, acompanhado de uma informação técnica, dando conta que se trata de um terreno de pinhal, com a área de 670 m2, tendo em vista a celebração da escritura pública de aquisição A Câmara Municipal, tendo em consideração o preço acordado, deliberou, por unanimidade, adquirir a Herdeiros de Francelina Tavares Garrido, ou a quem no acto da escritura provar ser seu legítimo proprietário, a parcela de terreno acima referida, com a área de 670 m2, destinada à Zona Industrial 3ª fase, pelo preço de 1.507,50 (mil quinhentos e sete euros e cinquenta cêntimos), a que corresponde o preço de 2,25 (dois euros e vinte e cinco cêntimos)/m Mais deliberou, também por unanimidade, autorizar a celebração do contrato - promessa de quantia de 1.130,63 (mil cento e trinta euros e sessenta e três cêntimos), o que equivale a 75% do valor do terreno, devendo o promitente vendedor autorizar a tomada de posse imediata do terreno por parte da Câmara Municipal. A parte restante do preço acordado, no valor de 376,87 (trezentos e setenta e seis euros e oitenta e sete cêntimos), será liquidada no acto da celebração da escritura pública de compra e venda prometida, a celebrar no Notário Privativo, logo que o vendedor apresente a documentação legal OCUPAÇÃO DE VIA PÚBLICA NAS FESTAS DE S.PAIO 2009 ATRIBUIÇÃO DE LUGARES Pelo Vereador Januário Cunha, foi presente uma informação relativa à ocupação de via pública nas Festas de S. Paio da Torreira, a qual foi lida e se anexa à presente acta e se dá aqui por reproduzida para todos os efeitos legais

11 A Câmara Municipal, tomou conhecimento da informação, citada, tendo deliberado, por unanimidade, aprovar as normas orientadoras propostas, que servirão de base à distribuição dos lugares pelos interessados na ocupação dos mesmos, no período das festas de S. paio da Torreira ESTABELECIMENTO PEDRAS BAR OCUPAÇÃO DE VIA PÚBLICA COM ESPLANADA Foi presente uma informação do Vereador Januário Cunha, datada de 21 de Abril de 2009, referenciando uma solicitação feita, verbalmente, pelo senhor João José Gualdino Macara, relativa à pretensão de instalar uma esplanada no espaço público contíguo ao estabelecimento Pedras Bar, sito na Travessa Arrais Faustino, nº12, Torreira Tendo em consideração todos os antecedentes conhecidos relativamente ao funcionamento do estabelecimento em causa, e o teor da informação do senhor Vereador, onde se dá conta do facto da actual gerência nada ter a ver com os problemas anteriores ao início do seu exercício A Câmara Municipal, deliberou, por unanimidade, solicitar à gerência da Residencial Albertina (unidade hoteleira praticamente contígua ao estabelecimento em causa), à Junta de Freguesia da Torreira e à Guarda Nacional Republicana, informação acerca da possibilidade de atender ao solicitado pelo requerente MERCADO MUNICIPAL TAVARES GRAVATO OCUPAÇÃO DE LOJA POR JOSÉ MANUEL PIRES MORTÁGUA Foi presente o despacho do Vereador Januário Cunha, datado de 04/04/2009, relativo a um pedido de ocupação de uma loja no Mercado Municipal Tavares Gravato. A Câmara Municipal tomou conhecimento do referido despacho, tendo deliberado, por unanimidade, ratificar o teor do mesmo AUTO DE MEDIÇÃO DE TRABALHOS Nº1, DA EMPREITADA DE BENEFICIAÇÃO DO ESTÁDIO MUNICIPAL, ADJUDICADA AO CONSÓRCIO COMPOSTO PELAS FIRMAS MANUEL FRANCISCO DE ALMEIDA, SA E NATIVA ARQUITECTURA, ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO, LDA- Foi presente o auto de medição de trabalhos nº 1 da empreitada de Beneficiação do Estádio Municipal, adjudicada ao consórcio, composto pelas firmas Manuel Francisco de Almeida, SA e Nativa Arquitectura, Engenharia e Construção, Lda, no valor de ,35 (setenta e quatro mil quinhentos e noventa euros e trinta e cinco cêntimos), acrescida de IVA à taxa legal em vigor A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aprovar o auto, bem como autorizar o seu pagamento

12 AUTO DE MEDIÇÃO DE TRABALHOS Nº2, DA EMPREITADA DE BENEFICIAÇÃO DO ESTÁDIO MUNICIPAL, ADJUDICADA AO CONSÓRCIO COMPOSTO PELAS FIRMAS MANUEL FRANCISCO DE ALMEIDA, SA E NATIVA ARQUITECTURA, ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO, LDA- Foi presente o auto de medição de trabalhos nº 2 da empreitada de Beneficiação do Estádio Municipal, adjudicada ao consórcio, composto pelas firmas Manuel Francisco de Almeida, SA e Nativa Arquitectura, Engenharia e Construção, Lda, no valor de 9.304,51 (nove mil trezentos e quatro euros e cinquenta e um cêntimos), acrescida de IVA à taxa legal em vigor A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aprovar o auto, bem como autorizar o seu pagamento AUTO DE MEDIÇÃO DE TRABALHOS Nº4, DA EMPREITADA DE HABITAÇÃO SOCIAL NA TORREIRA, ADJUDICADA Á FIRMA CONSTRUCTORA SAN JOSÉ, SA - Foi presente o auto de medição de trabalhos nº 4 da empreitada de Habitação Social na Torreira, adjudicada à firma Constructora San José, SA, no valor de ,31 (cento e dezasseis mil seiscentos e cinquenta e seis euros e trinta e um cêntimos), acrescida de IVA à taxa legal em vigor A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aprovar o auto, bem como autorizar o seu pagamento PROCESSO DE OBRAS Nº 173/2000, EM NOME DE VÉRTIMO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS E DE TURISMO, LDA ALTERAÇÃO AO ALVARÁ DE LOTEAMENTO Nº 02/91 PARECER DO DR. DÁRIO MATOS ALMEIDA Foi presente o processo de obras nº 173/2000, em nome de Vértimo Empreendimentos Imobiliários e de Turismo, Lda, acompanhado de um parecer do Dr. Dário Matos, relativo a alteração do alvará de loteamento nº 02/91, o qual foi lido e se anexa ao respectivo processo Na sequência da deliberação da Câmara Municipal, datada de 11/11/2008 que determinava a suspensão do andamento do processo até que a questão da providência cautelar estivesse resolvida, foi a Autarquia notificada que foi julgada improcedente essa Providência, por sentença datada de 23/01/2009, do Tribunal Administrativo e Fiscal de Viseu Perante estes factos, deu entrada na Câmara Municipal, sob o registo nº 338/09, datado de 04/03/2009, uma exposição do advogado, mandatário dos munícipes António José Neves Garrido e Aida Alice Fernandes de Sousa, onde se apela à Autarquia para o não deferimento da emissão

13 13 do alvará de alteração ao loteamento supra referido, dando conta das consequências que poderão advir para o Município dessa tomada de decisão Perante este requerimento foi, pelo Sr. Vice-presidente, solicitado parecer jurídico ao Sr. Dr. Dário Matos, no sentido de habilitar a Câmara Municipal a proferir uma decisão. Do parecer do referido jurista, Não descortino assim fundamento legal para a Câmara obstar à emissão do alvará. Aliás o requerente vem pedir que se não emita o alvará mas não apresenta nenhum fundamento de direito para tal, pelo exposto e face à decisão proferida na providência cautelar entendo que não há fundamento para recusar a emissão do Alvará, conclui-se não existirem, actualmente, fundamentos jurídicos que possam impedir a emissão do referido alvará Dos serviços técnicos da Autarquia, existe informação datada de 13/10/2008, dando conta que, do ponto de vista técnico, a requerente apresentou todos os elementos solicitados Assim, tendo em consideração o supra exposto, a Câmara Municipal, deliberou, por unanimidade, deferir a emissão do alvará de alteração ao loteamento nº 02/91, na condição de constar, de forma expressa, no referido alvará, a informação de que se encontra pendente uma acção judicial tendente à sua nulidade Mais deliberou, também, por unanimidade, notificar a requente, Vertimo - Empreendimentos Imobiliários e de Turismo, Lda, a quando da entrega do alvará, para o facto de, caso venha a optar pela implementação da operação de loteamento, o fará consciente que o mesmo pode vir a ser declarado nulo, com as consequências dai decorrentes, face à pendência da acção judicial PROCESSO DE OBRAS Nº LO/2006/401, EM NOME DE CASAS DA TORREIRA INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS, SA PEDIDO DE SUBSTITUIÇÃO DA CAUÇÃO POR UMA GARANTIA Foi presente o processo de obras nº LO/2006/401, em nome de Casas da Torreira Investimentos Imobiliários, SA, anexo ao qual se encontra o requerimento nº LO/2009/328, datado de 31 de Março, a solicitar a substituição de caução, no valor de ,00 (trezentos e sessenta e dois mil seiscentos e quarenta e cinco euros), por uma garantia correspondente à hipoteca a favor da Câmara Municipal, dos lotes 1B, 1C e 2D Na sequência da aprovação da alteração ao loteamento em causa e consequente notificação para prestação de caução, vem a requerente, solicitar a substituição da caução pela hipoteca, a favor da Câmara Municipal dos lotes 1B, 1C e 2D A Câmara Municipal, deliberou, por unanimidade, aceitar que a caução, no valor de ,00 (trezentos e sessenta e dois mil e seiscentos e quarenta e cinco euros), destinada a

14 14 assegurar a boa e regular execução das obras de urbanização, seja prestada mediante hipoteca a favor do Município, dos seguintes lotes de terreno resultantes da respectiva alteração ao loteamento, lotes 1B, 1C e 2D, cuja avaliação, com a qual a Câmara Municipal concorda, consta da informação da Divisão de Planeamento e Obras, datada de 16/04/ A presente acta, no final da reunião, depois de lida, foi aprovada em minuta e para efeitos imediatos, nos termos do n.º 3 do art.º 92.º da Lei n.º 169/99, de 18 de Setembro, com a redacção dada pela Lei n.º 5-A/2002, de 11 de Janeiro e n.º 3 do art.º 27.º do Código do Procedimento Administrativo E não havendo mais assuntos a tratar, o Senhor Vice Presidente deu a reunião por encerrada eram quinze horas e quinze minutos, da qual se lavrou a presente acta que vai ser assinada por todos os membros presentes e por mim,, Chefe da Divisão Administrativa e Financeira, que a redigi

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM MUNICÍPIO DE ALCOUTIM ACTA N.º 05/2008 Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Alcoutim Realizada em 12 de Março de 2008 ---------- Aos doze dias do mês de Março de dois mil e oito, nesta Vila

Leia mais

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil.

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. FL 46 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. Acta º12 --------Aos vinte e quatro dias do mês

Leia mais

Acta da Reunião Ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Figueira Castelo Rodrigo, realizada no dia quatro de Setembro de dois mil e seis.

Acta da Reunião Ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Figueira Castelo Rodrigo, realizada no dia quatro de Setembro de dois mil e seis. Acta da Reunião Ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Figueira Castelo Rodrigo, realizada no dia quatro de Setembro de dois mil e seis. ------ Aos quatro dias do mês de Setembro do ano de dois mil

Leia mais

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 17-04-2015 PRESENTES ATA Nº. 8/2015 PRESIDENTE VEREADORES Alexandre Vaz Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando Gomes Catarina Almeida Silvério

Leia mais

MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011

MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011 1 Acta n.º 10/2011 MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011 -------No dia cinco de Maio de dois mil e onze, nesta Vila da Murtosa, edifício dos Paços do Município e sala de

Leia mais

MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE MAIO DE 2015

MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE MAIO DE 2015 1 Ata n.º 9/2015 MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE MAIO DE 2015 --------No dia sete de maio de dois mil e quinze, nesta Vila da Murtosa, edifício dos Paços do Município e sala de reuniões

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS ACTA NÚMERO 32/2010 -------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS, REALIZADA NO DIA VINTE E OITO DE DEZEMBRO DO ANO DE DOIS MIL E DEZ --------------------------------------------------------------

Leia mais

FL 128 ACTA DE / /20

FL 128 ACTA DE / /20 FL 128 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito no dia onze de Dezembro de dois mil e três Acta º28 --------Aos onze dias do mês de

Leia mais

---ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA NÚMERO VINTE E UM.-- ---VINTE E UM DE MAIO DE DOIS MIL E UM. ---------

---ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA NÚMERO VINTE E UM.-- ---VINTE E UM DE MAIO DE DOIS MIL E UM. --------- ---ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA NÚMERO VINTE E UM.-- ---VINTE E UM DE MAIO DE DOIS MIL E UM. --------- ---No dia vinte e um de Maio de dois mil e um, nesta Vila de Estarreja, Edifício dos Paços do Concelho,

Leia mais

MUNICÍPIO DE POMBAL 0001/CMP/11 04-01-2011

MUNICÍPIO DE POMBAL 0001/CMP/11 04-01-2011 Acta da REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA, nº 0001/CMP/10, de Aos quatro dias do mês de Janeiro de dois mil e onze, nesta Cidade de Pombal, no Salão Nobre do Edifício dos Paços do Município, pelas dez horas,

Leia mais

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO. Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO. Câmara Municipal MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO Câmara Municipal Acta nº7/200 /2008 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 26 DE MARÇO DE 2008 * Presenças : - Presidente Aníbal Sousa Reis Coelho da Costa Vereadores : - Francisco José

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM MUNICÍPIO DE ALCOUTIM ACTA N.º 08/2008 Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Alcoutim Realizada em 23 de Abril de 2008 ---------- Aos vinte e três dias do mês de Abril de dois mil e oito,

Leia mais

Marques,Valentim Francisco Pedro Caetano e João António Pires Tavares, respectivamente.

Marques,Valentim Francisco Pedro Caetano e João António Pires Tavares, respectivamente. FL 66 ACTA DE / /19 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito sete de Julho mil novecentos e noventa e nove. Acta º16 -------- Aos sete dias do mês

Leia mais

MUN I C Í P I O D E S Á T Ã O

MUN I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 18-09-2015 PRESENTES ATA Nº. 19/2015 PRESIDENTE Alexandre Vaz VICE- PRESIDENTE Paulo Santos VEREADORES Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando

Leia mais

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de -------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA N.º 7/2002

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA N.º 7/2002 30 ACTA N.º 7/2002 Acta da reunião ordinária realizada aos vinte e sete dias do mês de Março de dois mil e dois. Aos vinte e sete dias do mês de Março de dois mil e dois reuniu no Salão Nobre dos Paços

Leia mais

ACTA N.º 3/2007 REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 02 DE FEVEREIRO DE 2007

ACTA N.º 3/2007 REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 02 DE FEVEREIRO DE 2007 ACTA N.º 3/2007 REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 02 DE FEVEREIRO DE 2007 ------ Aos dois dias do mês de Fevereiro de dois mil e sete, no Edifício dos Paços do Concelho Provisórios, sito na Rua das Indústrias,

Leia mais

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA CÂMARA MUNICIPAL ATA N.º 3/2014 DO MANDATO 2013/2017, REALIZADA NO DIA 13 DE FEVEREIRO DE 2014, INICIADA ÀS 10.00 HORAS E CONCLUÍDA ÀS 11.45 HORAS SUMARIO ABERTURA... 2 PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA... 2 (AO- 01) ÁGUAS

Leia mais

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA ACTA N.º 05/2007 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL REALIZADA NO DIA 26 DE FEVEREIRO DE 2007 (Contém 06 páginas) ESTIVERAM PRESENTES OS SEGUINTES MEMBROS: PRESIDENTE:

Leia mais

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA ATA N.º 24/2013-02 DE DEZEMBRO DE 2013 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL (MANDATO 2013/2017) (Contém 06 páginas) ESTIVERAM PRESENTES OS SEGUINTES MEMBROS: PRESIDENTE:

Leia mais

--- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. -------------------------------

--- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. ------------------------------- REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA AT A N º 1 0 /2012 - ABRIL --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. ------------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO:

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOBAÇA

MUNICÍPIO DE ALCOBAÇA ------29/14 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECOLHA E ANÁLISE DAS COLHEITAS EFECTUADAS NOS PONTOS A TRANSMITIR PELOS SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS, EM TODO O CONCELHO, COM VISTA À ELABORAÇÃO DO PLANO DE CONTROLO DA

Leia mais

ACTA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 19 DE SETEMBRO DE 2006 Nº 19/2006

ACTA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 19 DE SETEMBRO DE 2006 Nº 19/2006 ACTA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 19 DE SETEMBRO DE 2006 Nº 19/2006 PRESIDENTE: Nuno Manuel Sousa Pinto de Carvalho Gonçalves, Presidente. VEREADORES PRESENTES: Vítor Manuel Ribeiro Fernandes

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA N.º 14/2000

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA N.º 14/2000 58 ACTA N.º 14/2000 Acta da reunião ordinária realizada aos doze dias do mês de Julho de dois mil. Aos doze dias do mês de Julho de dois mil reuniu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal

Leia mais

27 MARÇO 2014 A T A Nº. 07/2014

27 MARÇO 2014 A T A Nº. 07/2014 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VALENÇA REALIZADA NO DIA 27 DE MARÇO DE 2014. ------------------ - - - Aos vinte e sete dias do mês de março do ano dois mil e catorze, nesta cidade de Valença

Leia mais

Reunião de Câmara de 12.06 08 1 6

Reunião de Câmara de 12.06 08 1 6 PONTO 3 OFÍCIO DA ASSOCIAÇÃO DA LAVOURA DO DISTRITO DE AVEIRO - RECEPÇÃO DE COMITIVA DE AGRICULTORES - APRESENTAÇÃO DE ABAIXO-ASSINADO.... DELIBERAÇÃO: A Câmara Municipal tomou conhecimento do abaixo-assinado....

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03

CÂMARA MUNICIPAL PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 03/02/1999 (Contém 9 folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA DEZASSETE DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE. Discussão e aprovação da ata nº 28 realizada no dia 3 de dezembro de 2014

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA DEZASSETE DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE. Discussão e aprovação da ata nº 28 realizada no dia 3 de dezembro de 2014 Ata n.º 29/14 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA DEZASSETE DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE Aos dezassete dias do mês de dezembro do ano de dois mil e catorze, pelas quinze horas, no Salão Nobre dos Paços

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS ACTA NÚMERO 10/2009 -------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS, REALIZADA NO DIA VINTE E SEIS DE MAIO DO ANO DE DOIS MIL E NOVE ------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA Nº 13/96

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA Nº 13/96 101 ACTA Nº 13/96 Acta da reunião ordinária realizada aos vinte e seis dias do mês de Junho de mil novecentos e noventa e seis. Aos vinte e seis dias do mês de Junho de mil novecentos e noventa e seis

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA NOVE DE JULHO DE DOIS MIL E QUINZE

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA NOVE DE JULHO DE DOIS MIL E QUINZE 09-07-2015 113 Acta número treze ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA NOVE DE JULHO DE DOIS MIL E QUINZE Aos nove dias do mês de Julho do ano dois mil e quinze, pelas

Leia mais

Ata N.º 3 /16 Página 1 de 8 Reunião da CMF realizada em 21/01

Ata N.º 3 /16 Página 1 de 8 Reunião da CMF realizada em 21/01 -----------------------------ATA NÚMERO 3/2016------------------------------------- REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DO FUNCHAL, REALIZADA EM VINTE E UM DE JANEIRO DO ANO DOIS MIL E DEZASSEIS.------------------------------------------------------------------

Leia mais

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 18 DE ABRIL DE 2013 Nº 8 /2013

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 18 DE ABRIL DE 2013 Nº 8 /2013 ATA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 18 DE ABRIL DE 2013 Nº 8 /2013 PRESIDENTE: Nuno Manuel Sousa Pinto de Carvalho Gonçalves. VEREADORES PRESENTES: José Manuel Gonçalves Vice-Presidente, Mário

Leia mais

Aos vinte e quatro dias do mês de Janeiro de dois mil e onze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões

Aos vinte e quatro dias do mês de Janeiro de dois mil e onze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões ACTA N.º 02/11 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 24 DE JANEIRO DE 2011 Aos vinte e quatro dias do mês de Janeiro de dois mil e onze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões

Leia mais

ORDEM DO DIA. -------- A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aprovar as actas apresentadas. ---------------------------

ORDEM DO DIA. -------- A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aprovar as actas apresentadas. --------------------------- ------------------------------------------------------------------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA --------------------------------------------------------------------MUNICIPAL REALIZADA A VINTE E

Leia mais

Ata da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em dez de outubro de dois mil e doze.

Ata da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em dez de outubro de dois mil e doze. FL_110 ATA DE 10/10/2012 Ata da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em dez de outubro de dois mil e doze. Ata º21 A os dez dias do mês de outubro de

Leia mais

sobre as quais recaíram despachos de aprovação do Presidente da Câmara, que se submetem a

sobre as quais recaíram despachos de aprovação do Presidente da Câmara, que se submetem a Fl. ATA N.º 14/13 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 01 DE JULHO DE 2013 Ao primeiro dia do mês de Julho de dois mil e treze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE SÃO JACINTO

JUNTA DE FREGUESIA DE SÃO JACINTO 1 Acta nº 10/2008 JUNTA DE FREGUESIA DE SÃO JACINTO Acta da Reunião ordinária de 30 de Julho de 2008 -------No dia trinta de Julho de dois mil e oito, nesta freguesia de São Jacinto, edifício da Junta

Leia mais

------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------ -------- Aos cinco dias do mês de Maio do ano de dois mil e três, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 10/2008 - MAIO --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de Maio de dois mil e oito. -------------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala das

Leia mais

MUNICÍPIO DA MURTOSA

MUNICÍPIO DA MURTOSA 1 Acta nº 016/2001 MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 13 DE MARÇO DE 2001 -------No dia treze de Março de dois mil e um, nesta Vila da Murtosa, edifício dos Paços do Município e sala de

Leia mais

MUNICÍPIO DE S. PEDRO DO SUL

MUNICÍPIO DE S. PEDRO DO SUL Fls.46 46 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DO SUL REALIZADA NO DIA 9 DE MARÇO DE 2012 Aos nove dias do mês de março do ano de dois mil e doze, reuniu ordinariamente na sala de

Leia mais

----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.---------------------------------------------------------------

----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.--------------------------------------------------------------- ACTA Nº 2/2011 ----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.--------------------------------------------------------------- ----- Aos 28 dias do mês de Janeiro

Leia mais

EDUCAÇÃO, CULTURA E ACÇÃO SOCIAL

EDUCAÇÃO, CULTURA E ACÇÃO SOCIAL REUNIÃO DA CÂMARA ORDINÁRIA N.º 18 15-09-2014 ORDEM DO DIA: I APROVAÇÃO DE ATAS 1. Aprovação da ata da reunião ordinária da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço, realizada em 18 de agosto de 2014.

Leia mais

16 JANEIRO 2013 A T A Nº. 2/2013

16 JANEIRO 2013 A T A Nº. 2/2013 16 JANEIRO 2013 A T A Nº. 2/2013 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VALENÇA REALIZADA NO DIA 2 DE JANEIRO DE 2013. --------------- - - - Aos dezasseis dias de janeiro do ano dois mil e treze,

Leia mais

Fls. 1. Fich: EDITAL O - N.º 14 - de 20 de Julho de 2006.doc

Fls. 1. Fich: EDITAL O - N.º 14 - de 20 de Julho de 2006.doc Fls. 1 EDITAL ANTÓNIO MAGALHÃES, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES, FAZ SABER, em cumprimento do disposto no art.º 91º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei 5-A/2002,

Leia mais

ANÚNCIO INSOLVÊNCIA DE ALCINO MANUEL POLÓNIA SOARES VENDA DE BENS

ANÚNCIO INSOLVÊNCIA DE ALCINO MANUEL POLÓNIA SOARES VENDA DE BENS ANÚNCIO INSOLVÊNCIA DE ALCINO MANUEL POLÓNIA SOARES VENDA DE BENS FAZ-SE SABER que, pela Administradora da Insolvência, ouvida a Comissão de Credores e o insolvente, nos autos de Liquidação do Activo por

Leia mais

ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 FALTAS JUSTIFICADAS FALTAS INJUSTIFICADAS

ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 FALTAS JUSTIFICADAS FALTAS INJUSTIFICADAS CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO ALENTEJO _ ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 PRESENÇAS PRESIDENTE : ESTÊVÃO MANUEL MACHADO PEREIRA VEREADORES : VERA LÚCIA CALCA BONITO CARDOSO

Leia mais

Acta n.º 13/2010 de 19/05/2010

Acta n.º 13/2010 de 19/05/2010 ------------------------------------- ACTA N.º 13/2010 -------------------------------------- -------- Aos 19 dias do mês de Maio de 2010, pelas 10 horas, no Salão Nobre dos Paços do Município de Celorico

Leia mais

Ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pombal, nº0001/cmp/13 de 02/01/2013

Ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pombal, nº0001/cmp/13 de 02/01/2013 Ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pombal, nº de 02/01/2013 Aos dois dias do mês de Janeiro de dois mil e treze, nesta cidade de Pombal, no Salão Nobre do Edifício dos Paços do Município,

Leia mais

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em trinta de Junho de dois mil e cinco.

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em trinta de Junho de dois mil e cinco. FL 66 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em trinta de Junho de dois mil e cinco. Acta º13 ---------Aos trinta dias do mês de

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM, DE UM DE OUTUBRO DE DOIS MIL E QUINZE

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM, DE UM DE OUTUBRO DE DOIS MIL E QUINZE REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM, DE UM DE OUTUBRO DE DOIS MIL E QUINZE ---------------------------------------------- Ao Primeiro dia do mês de outubro de dois mil e quinze,

Leia mais

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 19-06-2015 PRESENTES ATA Nº. 12/2015 PRESIDENTE Paulo Santos VEREADORES Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando Gomes Silvério Ferreira Maria

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS MINUTA DA ATA NR.1/2015 --------------- MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS REALIZADA NO DIA OITO DE JANEIRO DO ANO DE DOIS MIL E QUINZE. ---------------------------------

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM MUNICÍPIO DE ALCOUTIM ACTA N.º 16/2007 Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Alcoutim Realizada em 26 de Setembro de 2007 --------- Aos vinte e seis dias do mês de Setembro de dois mil e

Leia mais

Acta N.º 45/07 Página 1 de 6 Reunião da CMF realizada em 20/12

Acta N.º 45/07 Página 1 de 6 Reunião da CMF realizada em 20/12 -----------------------------ACTA NÚMERO 45/2007----------------------------------- REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DO FUNCHAL, REALIZADA EM VINTE DE DEZEMBRO DO ANO DOIS MIL E SETE.---------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES

CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES QUADRIÉNIO 2006/2009 ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL 2009/08/05 ÍNDICE REUNIÃO DE 2009/08/05 JUSTIFICAÇÃO DE FALTA 5 APROVAÇÃO DA ACTA DA REUNIÃO DE 29/07/2009

Leia mais

Condições Gerais de Acesso Forma de Cedência

Condições Gerais de Acesso Forma de Cedência Regulamento Municipal de Atribuição de Lotes para Instalação de Atividades Económicas, publicado pelo Aviso n.º 8063/2008, de 14 de março, com as alterações introduzidas pelo Regulamento n.º 492/2011,

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS MINUTA DA ATA NR.8/2014 MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA DEZASSETE DE ABRIL DO ANO DE DOIS MIL E QUINZE ---------------------------------------------------------------------- ---------

Leia mais

PROJECTO DE REGULAMENTO MUNICIPAL DE VENDA DE LOTES DE TERRENO PARA AS NOVAS ZONAS E LOTEAMENTOS INDUSTRIAIS. Nota justificativa

PROJECTO DE REGULAMENTO MUNICIPAL DE VENDA DE LOTES DE TERRENO PARA AS NOVAS ZONAS E LOTEAMENTOS INDUSTRIAIS. Nota justificativa PROJECTO DE REGULAMENTO MUNICIPAL DE VENDA DE LOTES DE TERRENO PARA AS NOVAS ZONAS E LOTEAMENTOS INDUSTRIAIS Nota justificativa A criação de novas Zonas e loteamentos Industriais tem como principal finalidade

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DA VILA DE SANTA CATARINA ACTA N.º 11/2008. Reunião Ordinária de 6 de Outubro de 2008

JUNTA DE FREGUESIA DA VILA DE SANTA CATARINA ACTA N.º 11/2008. Reunião Ordinária de 6 de Outubro de 2008 ----Aos seis dias de Outubro de dois mil e oito, na sede da Junta de Freguesia da Vila de Santa Catarina, compareceram: Hélder Fernando Freire Nunes, Hilário Barros Henriques e Lídia Maria Rebelo Forte,

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL NÚMERO QUINZE REALIZADA EM 16.06.03

ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL NÚMERO QUINZE REALIZADA EM 16.06.03 1 ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL NÚMERO QUINZE REALIZADA EM 16.06.03 ---------- Aos dezasseis dias do mês de Junho de dois mil e três, nesta cidade de Águeda, realizou-se uma reunião

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM, DE DEZOITO DE SETEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM, DE DEZOITO DE SETEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM, DE DEZOITO DE SETEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE --------------------------------- Aos dezoito dias do mês de setembro de dois mil e catorze, nesta

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS ACTA NÚMERO 27/2010 -------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS, REALIZADA NO DIA NOVE DE NOVEMBRO DO ANO DE DOIS MIL E DEZ --------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Edição Especial 28 de maio de 2014

Edição Especial 28 de maio de 2014 Edição Especial REGULAMENTO DO CONCURSO PARA ATRIBUIÇÃO DE FOGOS DO EMPREENDIMENTO DA AZINHAGA DOS BESOUROS, QUINTA DA FIGUEIRA, ENCOSTA DO SOL (Deliberação da CMA 19.03.2014) DISTRIBUIÇÃO GRATUITA (Deliberação

Leia mais

-------- ORDEM DE TRABALHOS.

-------- ORDEM DE TRABALHOS. Folha N.º 55 ------------------------------------------ATA NÚMERO NOVE -------------------------------------------- -------- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONFORTE, REALIZADA EM 2 DE

Leia mais

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DO DIA 21-11-2011

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DO DIA 21-11-2011 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DO DIA 21-11-2011 Presidente - António Fernando Raposo Cordeiro Vereadores - Nina Márcia Pacheco Rodrigues Pinto - Helga Margarida Soares Costa - Rui António Dias Carvalho

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA VINTE NOVE

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA VINTE NOVE Acta n.º 15 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA VINTE NOVE DE JULHO DE DOIS MIL E QUINZE. ------- Aos vinte nove dias de mês de Julho do ano de dois mil e quinze, na Sala de Sessões da Câmara Municipal

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS ACTA NÚMERO 18/2010 -------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS, REALIZADA NO DIA CINCO DE JULHO DO ANO DE DOIS MIL E DEZ ----------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS E DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DO MUNICÍPIO DE VILA VELHA DE RÓDÃO

REGULAMENTO MUNICIPAL DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS E DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DO MUNICÍPIO DE VILA VELHA DE RÓDÃO CÂMARA MUNICIPAL DE VILA VELHA DE RÓDÃO REGULAMENTO MUNICIPAL DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS E DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DO MUNICÍPIO DE VILA VELHA DE RÓDÃO Índice PREÂMBULO...3

Leia mais

Acta Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia dezoito de Setembro de 2007

Acta Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia dezoito de Setembro de 2007 Acta Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia dezoito de Setembro de 2007 Ao dia dezoito de Setembro de dois mil e sete, nesta vila de Castelo

Leia mais

REFERÊNCIA: Processo número zero seis DAGF barra SC de Dois Mil e Catorze. ---------

REFERÊNCIA: Processo número zero seis DAGF barra SC de Dois Mil e Catorze. --------- REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM, DE VINTE E QUATRO DE ABRIL DE DOIS MIL E CATORZE ---------------------------- -- Aos vinte e quatro dias do mês de março de dois mil e catorze,

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS ATA NÚMERO 15/2012 -------- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS, REALIZADA NO DIA SEIS DE AGOSTO DO ANO DE DOIS MIL E DOZE --------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MARVÃO

CÂMARA MUNICIPAL DE MARVÃO REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL ACTA N.º 20/02 REALIZADA EM 04 DE SETEMBRO DE 2002 Aos quatro dias do mês de Setembro do ano dois mil e dois, nesta Mui Nobre e Sempre Leal Vila de Marvão e Edifício

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS ATA NÚMERO 21/2011 -------------- ATA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS, REALIZADA NO DIA VINTE E OITO DE JULHO DO ANO DE DOIS MIL E ONZE --------------------------------------------

Leia mais

ACTA N.º 05/2014 REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE BENAVENTE

ACTA N.º 05/2014 REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE BENAVENTE INÍCIO: 18,30 HORAS ENCERRAMENTO:21,00 HORAS No dia três de Março de dois mil e catorze, na Sala de Reuniões do edifício da Junta de Freguesia de Benavente, onde se encontrava pelas dezoito horas e trinta

Leia mais

ORDEM DE TRABALHOS 1 DIVISÃO ADMINISTRATIVA. 1.1 Aprovação da acta da reunião ordinária do dia 2008/10/29.

ORDEM DE TRABALHOS 1 DIVISÃO ADMINISTRATIVA. 1.1 Aprovação da acta da reunião ordinária do dia 2008/10/29. ACTA Nº 24 DE 2008 / 11 / 12 239 ORDEM DE TRABALHOS 1 DIVISÃO ADMINISTRATIVA 1.1 Aprovação da acta da reunião ordinária do dia 2008/10/29. 1.2- Informação da Secção de Taxas e Licenças, sancionada por

Leia mais

----------------------------------------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------------------------------- 106 ----------------------------------------ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA EM VINTE E TRÊS DE FEVEREIRO DE DOIS MIL E CINCO ----- ----- Aos vinte e três dias do mês de Fevereiro de dois mil e cinco,

Leia mais

31 JULHO 2013 A T A Nº. 17/2013

31 JULHO 2013 A T A Nº. 17/2013 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VALENÇA REALIZADA NO DIA 31 DE JULHO DE 2013. ------------------- - - - Aos trinta e um dias do mês de julho do ano dois mil e treze, nesta cidade de Valença

Leia mais

Fls. 1. Departamento de Administração Geral tel.: 351 253 421200 fax: 351 253 515134 e-mail: geral@cm-guimaraes.pt

Fls. 1. Departamento de Administração Geral tel.: 351 253 421200 fax: 351 253 515134 e-mail: geral@cm-guimaraes.pt Fls. 1 EDITAL ANTÓNIO MAGALHÃES, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES, FAZ SABER, em cumprimento do disposto no art.º 91.º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei 5-A/2002,

Leia mais

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA ORDEM DO DIA

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA ORDEM DO DIA Câmara Municipal de Matosinhos Reunião ordinária de 01 de Fevereiro de 2011 ------------------------------------------------------------------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA --------------------------------------------------------------------MUNICIPAL

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 23

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 23 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 23 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 30/10/2007 (Contém folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: José Alberto Pacheco Brito Dias (PSD) Vice-Presidente:

Leia mais

FUNDAÇÃO CIDADE DA AMMAIA

FUNDAÇÃO CIDADE DA AMMAIA FUNDAÇÃO CIDADE DA AMMAIA ESTATUTOS Capítulo Primeiro Natureza, Duração, Sede e Fins Artigo Primeiro Natureza É instituída por Carlos Montez Melancia, Município de Marvão, Universidade de Évora, Francisco

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA Nº 2/95

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA Nº 2/95 11 ACTA Nº 2/95 Acta da reunião ordinária realizada aos vinte e cinco dias do mês de Janeiro de mil novecentos e noventa e cinco. Aos vinte e cinco dias do mês de Janeiro de mil novecentos e noventa e

Leia mais

CONSIDERANDOS PROGRAMA

CONSIDERANDOS PROGRAMA PROCEDIMENTO DE HASTA PÚBLICA PARA ATRIBUIÇÃO A TÍTULO PRECÁRIO DA EXPLORAÇÃO ECONÓMICA DE UM MÓDULO DE CAFETARIA INSTALADO A SUL DO PARQUE INFANTIL EM FRENTE AO CENTRO MULTIMEIOS DE ESPINHO CONSIDERANDOS

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de Dezembro de dois mil e onze. -----------------------

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de Dezembro de dois mil e onze. ----------------------- 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 25/2011 - DEZEMBRO --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de Dezembro de dois mil e onze. ----------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala das

Leia mais

--------Analisada a exposição apresentada, e sem embargo de reconhecer o trabalho e o esforço do munícipe, a Câmara Municipal deliberou, por

--------Analisada a exposição apresentada, e sem embargo de reconhecer o trabalho e o esforço do munícipe, a Câmara Municipal deliberou, por FL 15 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito no dia vinte de Fevereiro de dois mil e três Acta º4 --------Aos vinte dias do mês de

Leia mais

HASTA PÚBLICA PARA ADJUDICAÇÃO DA CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE BAR

HASTA PÚBLICA PARA ADJUDICAÇÃO DA CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE BAR HASTA PÚBLICA PARA ADJUDICAÇÃO DA CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE BAR DAS PISCINAS MUNICIPAIS DE LAGOA, LAGOA I. CONDIÇÕES DA ADJUDICAÇÃO DA CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA MUNICIPAL

Leia mais

1.1- Aprovação da acta da reunião ordinária do dia 2007/03/01.

1.1- Aprovação da acta da reunião ordinária do dia 2007/03/01. 84 ORDEM DE TRABALHOS 1. ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL 1.1- Aprovação da acta da reunião ordinária do dia 2007/03/01. 1.2- Proposta do Exmo. Senhor Presidente da Câmara, sobre a obrigatoriedade do Executivo

Leia mais

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA. Ac. Câmara

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA. Ac. Câmara (AO-01) ESCLARECIMENTOS PRESTADOS PELO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL SOBRE O ENQUADRAMENTO DO ACORDO ENTRE MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA E ÁGUAS DO NOROESTE, S.A. O Senhor Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO

CONTRATO DE FORNECIMENTO 1 CÂMARA MUNICIPAL CONTRATO DE FORNECIMENTO Proc. n.º 8/2015 DPO/SP AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA MODERNIZAÇÃO DE DATA CENTER Entre: Primeiro: José Artur Tavares Neves, casado, residente na rua cidade

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DE RECINTOS DE ESPECTÁCULOS E DIVERTIMENTOS PÚBLICOS

REGULAMENTO MUNICIPAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DE RECINTOS DE ESPECTÁCULOS E DIVERTIMENTOS PÚBLICOS REGULAMENTO MUNICIPAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DE RECINTOS DE ESPECTÁCULOS E DIVERTIMENTOS PÚBLICOS PREÂMBULO O regime jurídico geral aplicável aos recintos de espectáculos e divertimentos públicos

Leia mais

de: Proprietário Mandatário Usufrutuário Superficiário Promitente comprador Outro (especificar)

de: Proprietário Mandatário Usufrutuário Superficiário Promitente comprador Outro (especificar) 1/10 REQUERIMENTO PARA: EMISSÃO DE ALVARÁ Despacho: Espaço reservado aos serviços Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra (nome do requerente),

Leia mais

MUNICÍPIO DE S. PEDRO DO SUL

MUNICÍPIO DE S. PEDRO DO SUL Fls.75 75 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DO SUL REALIZADA NO DIA 11 DE FEVEREIRO DE 2014 Aos onze dias do mês de Fevereiro do ano de dois mil e catorze, reuniu ordinariamente

Leia mais

Acta n.º 7 /2006 de 05/04/2006

Acta n.º 7 /2006 de 05/04/2006 -----------------------------------ACTA N.º 7/2006 ------------------------------------------ --------Aos cinco dias do mês de Abril de dois mil e seis, pelas quinze horas, no Salão da Junta de Freguesia

Leia mais

ATA Nº1 DA REUNIÃO DO JÚRI DEFINIÇÃO DE CRITÉRIOS DE SELEÇÃO, PONDERAÇÕES E CLASSIFICAÇÃO

ATA Nº1 DA REUNIÃO DO JÚRI DEFINIÇÃO DE CRITÉRIOS DE SELEÇÃO, PONDERAÇÕES E CLASSIFICAÇÃO ATA Nº1 DA REUNIÃO DO JÚRI DEFINIÇÃO DE CRITÉRIOS DE SELEÇÃO, PONDERAÇÕES E CLASSIFICAÇÃO Aos 12 dias do mês de Agosto de dois mil e quinze, reuniu na Câmara Municipal de Mora, o júri do procedimento concursal

Leia mais

Ata da reunião ordinária de 19 de junho de 2013 ATA N.º 12/2013

Ata da reunião ordinária de 19 de junho de 2013 ATA N.º 12/2013 ATA N.º 12/2013 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE ESTREMOZ REALIZADA NO DIA DEZANOVE DE JUNHO DE DOIS MIL E TREZE No dia 19 do mês de junho do ano de 2013, nesta cidade de Estremoz e edifício

Leia mais

MESA DA ASSEMBLEIA MU ICIPAL

MESA DA ASSEMBLEIA MU ICIPAL MESA DA ASSEMBLEIA MU ICIPAL ASSEMBLEIA MUNICIPAL * Ruas das Indústrias, 393 * 4786-909 TROFA * Telefone 252 409290 / Fax 252 409299 * E-mail: mesamunicipal@mun-trofa.pt DATA DA REUNIÃO: AOS VINTE E SEIS

Leia mais

ESTATUTOS DA COOPERATIVA ANTÓNIO SÉRGIO PARA A ECONOMIA SOCIAL Cooperativa de Interesse Público de Responsabilidade Limitada

ESTATUTOS DA COOPERATIVA ANTÓNIO SÉRGIO PARA A ECONOMIA SOCIAL Cooperativa de Interesse Público de Responsabilidade Limitada ESTATUTOS DA COOPERATIVA ANTÓNIO SÉRGIO PARA A ECONOMIA SOCIAL Cooperativa de Interesse Público de Responsabilidade Limitada Artigo 1.º Denominação A cooperativa de interesse público adopta a denominação

Leia mais

----- Pelas dez horas e dez minutos, o Senhor Presidente declarou aberta a reunião.

----- Pelas dez horas e dez minutos, o Senhor Presidente declarou aberta a reunião. -------------------------------------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA EM TREZE DE JULHO DE DOIS MIL E CINCO --------------------- ----- Aos treze dias do mês de Julho de dois mil e cinco, nesta cidade

Leia mais