MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA"

Transcrição

1 TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA ICP n. 007-B/2011 Criação e Implementação do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de Boa Vista. O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RORAIMA, por meio de sua Representante legal, Dra. ÉRIKA LIMA GOMES MICHETTI, Promotora de Justiça da Promotoria de Defesa da Pessoa com Deficiência e Idoso; Direito à Educação e a Procuradora de Justiça, Conselheira do CONADE, Dra. JANAÍNA CARNEIRO COSTA MENE- ZES, doravante denominado COMPROMITENTE e o PREFEITO DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA, Sr. IRADILSON SAMPAIO DE SOUZA, portador do RG nº SSP/RR, inscrito no CPF sob o nº , residente e domiciliado na Rua do Buritizeiro, n. 59 Bairro Caçari Boa Vista/RR, doravante denominado COMPROMISSÁRIO; Com base nos autos do Inquérito Civil Público - ICP nº 007-B/2011, que apura Falta de implementação do Conselho municipal da Pessoa com Deficiência no município de Boa Vista ; CONSIDERANDO ser de incumbência do Ministério Público a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis e a função institucional de zelar pelo efetivo respeito dos Poderes Públicos e dos serviços de relevância pública aos direitos assegurados na Constituição Federal, promovendo as medidas necessárias a sua garantia, tal como se infere das disposições de caráter constitucional previstas nos artigos 127 e 129, II da Constituição Federal e artigo 87 da Constituição do Estado de Roraima; 1

2 CONSIDERANDO que compete ao Ministério Público adotar de pronto as medidas administrativas ou judiciais necessárias à promoção dos direitos das Pessoas com Deficiência, conforme preceitua a Lei Federal nº 7.853/89; CONSIDERANDO a atribuição desta Promotoria de Defesa da Pessoa com Deficiência e Idoso; Direito à Educação, conforme Resolução nº 003/2009 da Procuradoria-Geral de Justiça de Roraima; CONSIDERANDO que a República Federativa do Brasil possui como fundamentos a cidadania e a dignidade da pessoa humana, bem como tem por escopo tanto a construção de uma sociedade livre, justa e solidária com a promoção do bem de todos e ainda a redução das desigualdades sociais; CONSIDERANDO a Convenção da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, que passou a integrar o ordenamento jurídico brasileiro com status de emenda constitucional, disciplinar em seu art. 4º que os Estados Partes devem adotar todas as medidas legislativas, administrativas e de qualquer natureza, necessárias para a realização dos direitos reconhecidos naquele documento; CONSIDERANDO que conforme o art. 6º, I e III do Decreto n.º 3.298/99, são diretrizes da Política Nacional para a Integração da Pessoa com Deficiência: a) estabelecer mecanismos que acelerem e favoreçam a inclusão social da pessoa portadora de deficiência; b) incluir a pessoa portadora de deficiência, respeitadas as suas peculiaridades, em todas as iniciativas governamentais relacionadas à educação, à saúde, ao trabalho, à edificação pública, à previdência social, à assistência social, ao transporte, à habitação, à cultura, ao esporte e ao lazer; CONSIDERANDO que constitui obrigação nacional, ficando a cargo do Poder Público e da sociedade, integrar a Pessoa com Deficiência, respeitando os valores básicos da igualdade de tratamento e oportunidade, da justiça social e do respeito à dignidade da pessoa humana, afastadas as discriminações e preconceitos de qualquer natureza (Lei nº 7.853/89); CONSIDERANDO a necessidade de criação do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, instância superior de deliberação colegiada, de natureza permanente, que tenha como objetivo principal propor, acompanhar e avaliar as políticas relati- 2

3 vas aos direitos da Pessoa com Deficiência, com capacidade de interiorização das ações, dispondo de autonomia administrativa e financeira; CONSIDERANDO que o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade), instância da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, estabeleceu Diretrizes para a Criação de Conselhos Estaduais e Municipais dos Direitos da Pessoa com Deficiência. CONSIDERANDO que o papel principal do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência é funcionar como uma rede de controle social da Política de atenção integral à Pessoa com Deficiência com vistas a garantir o pleno exercício de direitos básicos quanto à educação, à saúde, ao trabalho, ao desporto, ao turismo, ao lazer, à previdência social, à assistência social, ao transporte, à edificação pública, à habitação, à cultura, ao amparo à infância e à maternidade, e de outros que, decorrentes da Constituição e das leis, propiciem o bem estar pessoal, social e econômico, exigindo, quando ocorrer ameaça ou violação de direitos da Pessoa com Deficiência, a adoção de medidas efetivas de proteção e reparação; CONSIDERANDO a necessidade de zelar pela efetiva implantação, implementação, defesa e promoção dos direitos da Pessoa com Deficiência; CONSIDERANDO que no Município de Boa Vista ainda não foi criado o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, conforme Política Nacional para a Integração da Pessoa com Deficiência disciplinada no Decreto n.º 3.298/99, incorrendo, destarte, o Poder Público em omissão ao determinado em norma federal; CONSIDERANDO que a ausência normativa pode gerar consequências flagrantemente prejudiciais, eis que as Pessoas com Deficiência, além de conviverem com as dificuldades alheias a esta condição, também são em sua grande maioria pessoas de baixo poder aquisitivo e necessitam de efetivo apoio tanto da sociedade como do Poder Público; CELEBRAM o presente acordo com força de título executivo extrajudicial (art. 5º, 6º, da Lei nº 7.347/85 - Lei da Ação Civil Pública e art. 585, inciso II, do Código de Processo Civil), nos termos que seguem discriminados: 3

4 CLÁUSULA 1ª O COMPROMISSÁRIO, sendo responsável pelo direcionamento das questões administrativas que indicam atendimento aos direitos fundamentais correspondentes às Pessoas com Deficiência, entende que a atual situação merece maior cuidado, ensejando providências múltiplas por parte do Município para efetivação das garantias constitucionais. E buscando ajustar a sua conduta o fará com base nas cláusulas a seguir: CLÁUSULA 2ª - O COMPROMISSÁRIO assume a responsabilidade de enviar ao Presidente da Câmara dos Vereadores de Boa Vista, com pedido de urgência, Projeto de Lei dispondo sobre a criação e implementação do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, estabelecendo, ainda, a criação do Fundo Municipal de Direitos da Pessoa com Deficiência, o qual deverá constar de recursos originários próprios para o exercício de Parágrafo primeiro: Para o exercício deste ano o COMPROMISSÁRIO assume a responsabilidade por meio do Fundo do Conselho Municipal de Assistência Social, a dar todo o suporte orçamentário para a implementação do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência; Parágrafo segundo: Caberá ao Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência a responsabilidade pela gestão dos respectivos recursos financeiros, constando ainda no ato de sua criação que o mesmo terá competência para deliberar a respeito da política municipal da Pessoa com Deficiência, dentro das determinações estabelecidas pelo Conselho Nacional da Pessoa com Deficiência e Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, além das atribuições originárias fiscalizatórias. Parágrafo terceiro: O COMPROMISSÁRIO deverá encaminhar ao COM- PROMITENTE, no prazo de 30 (trinta) dias, minuta do projeto de lei para apreciação e discussão junto a sociedade civil. Após a devolutiva pelo COMPROMITENTE, o COMPROMISSÁ- RIO deverá, no prazo de 30 (trinta) dias, fazer o encaminhamento do caput deste parágrafo. CLÁUSULA 3.ª - No prazo de 10 (dez) dias, a contar da publicação da Lei Municipal a que se refere a Cláusula Segunda, o COMPROMISSÁRIO: a) nomeará os representantes do Poder Executivo Municipal que irão compor o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência; 4

5 b) nomeará 03 (três) pessoas de notória idoneidade e reconhecida experiência em atividades de defesa das Pessoas com Deficiência, as quais irão compor uma Comissão, não remunerada, encarregada de convocar e mobilizar as organizações representativas da sociedade para, numa assembleia a ser organizada e amplamente divulgada pela Comissão, escolherem os representantes da Sociedade que irão compor o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência; c) baixará decreto regulamentando o Fundo Municipal de Direitos da Pessoa com Deficiência que contará com previsão orçamentária a partir de 2013; d) determinará a abertura da conta do fundo municipal e determinará as demais providências necessárias à sua operacionalização; CLÁUSULA 4ª - Para a realização da assembleia a que se refere a Cláusula Terceira, o COMPROMISSÁRIO fixará à Comissão o prazo máximo de 45 (quarenta e cinco) dias, a contar da nomeação (ou indicação) e respectiva aceitação da tarefa pelos seus membros, proporcionando à Comissão todos os meios materiais e assessoria que se fizer necessária, disponibilizando veículo para eventuais deslocamentos e reuniões com a comunidade, funcionários de apoio, custeio de impressos e correios, computador para elaboração de documentos, espaço físico para reuniões e para a própria assembleia e o que mais se fizer necessário e for razoável para o bom desempenho de sua missão. CLÁUSULA 5ª - No prazo de 05 (cinco) dias, a contar da escolha dos representantes da sociedade, o COMPROMISSÁRIO dará posse, em ato público e solene, ao Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, e, no mesmo prazo, destinará ao Órgão a estrutura necessária ao seu bom funcionamento, constituída, no mínimo, do seguinte: a) espaço adequado para reuniões e manutenção da secretaria e arquivo, linha telefônica, mesa de reuniões, cadeiras suficientes para todos os conselheiros, bem como algumas cadeiras sobressalentes para recepcionar as pessoas que desejarem participar das reuniões; b) mobiliário e equipamentos para a secretaria, constituídos de uma escrivaninha para o secretário(a) de apoio administrativo, uma mesa de digitação, computador com im- 5

6 pressora, acesso à internet, arquivo e armário para a guarda de material de expediente, livros, publicações, etc...; c) cessão de um servidor(a) apto a exercer a função de secretário(a) do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, que ficará à inteira e exclusiva disposição do Órgão; CLÁUSULA 6ª - O COMPROMISSÁRIO deverá, no prazo de 120 (cento e vinte) dias, fazer adesão ao Plano do Governo Federal Viver sem limites. CLÁUSULA 7ª - O COMPROMISSÁRIO, no prazo de 48 (quarenta e oito ) horas após o vencimento dos respectivos prazos, encaminhará ao Ministério Público informações e documentos comprobatórios do cumprimento de cada uma das obrigações assumidas. CLÁUSULA 8ª - Ao COMPROMITENTE, Ministério Público do Estado de Roraima, através da Pro-DIE, cabe as seguintes obrigações: I fiscalizar o efetivo cumprimento das obrigações assumidas pelo COM- PROMISSÁRIO, podendo para tanto, requisitar a colaboração e cooperação de órgãos ou entidades públicas ou privadas competentes; II Promover a ação de execução visando compelir o COMPROMISSÁ- RIO a cumprir com as obrigações pactuadas, nos prazos estabelecidos no presente TAC; III promover à ação de execução em desfavor do COMPROMISSÁRIO para exigir o pagamento dos valores referentes as multas estipuladas no presente TAC, em caso de não cumprimento das obrigações pactuadas nos prazos definidos; IV requerer do COMPROMISSÁRIO, em qualquer tempo, o fornecimento de informações e a apresentação de documentos que estejam relacionados ao implemento das obrigações previstas no presente TAC; V exercer todas as atribuições e utilizar-se de todas as medidas e instrumentos previstos em lei para fazer cumprir as obrigações constantes do presente TAC; 6

7 CLÁUSULA 9ª - Caso o COMPROMISSÁRIO não implemente as obrigações pactuadas no prazo previsto no presente TAC, incidirá em multa diária por atraso correspondente a R$ 500,00 (quinhentos reais), sem prejuízo da configuração de ato de improbidade administrativa por parte dos representantes legais, além de outras infrações administrativas e criminais, sem embargo da propositura de Ação de Execução de Obrigação de Fazer, nos termos do art. 5º, 6º da Lei Federal nº 7347/1985; Parágrafo único - Os agentes públicos que derem causa ao não cumprimento das obrigações pactuadas no presente TAC também incidirá em multa diária pessoal no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais); CLÁUSULA 10ª - Não havendo pagamento da multa, implicará na cobrança pelo Ministério Público, com correção monetária (juros de 1% ao mês) e multa de 2% sob o montante apurado. CLÁUSULA 11ª - Este compromisso não inibe ou restringe as ações de controle, fiscalização e monitoramento de qualquer órgão, nem limita ou impede o exercício, por ele, de suas atribuições e prerrogativas legais e regulamentares, estando o presente compromisso exclusivamente adstrito às irregularidades noticiadas e apuradas no procedimento Ministerial; CLÁUSULA 12ª- Este acordo produzirá efeitos legais e terá eficácia plena com a assinatura, sendo que após o seu cumprimento será promovido o arquivamento e submetido à homologação pelo Conselho Superior do Ministério Público, em consonância com o art. 9º e parágrafos da Lei nº 7.347/85 e art. 19 e parágrafos da Resolução Normativa nº 010/2009 do Ministério Público do Estado de Roraima; CLÁUSULA 13ª- Desde já fica estabelecida a possibilidade de aditivos ao presente acordo. CLÁUSULA 14ª- As questões decorrentes deste compromisso serão dirimidas no foro da Comarca de Boa Vista-RR (art. 2º da Lei nº 7.347/85). E, por estarem assim combinados, firmam o presente compromisso. 7

8 Boa Vista-RR, 01 de março de ÉRIKA LIMA GOMES MICHETTI Promotora de Justiça da Pro-DIE JANAÍNA CARNEIRO COSTA MENEZES Procuradora de Justiça Conselheira do CONADE IRADILSON SAMPAIO DE SOUZA Prefeito do Município de Boa Vista TESTEMUNHAS: 8

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA OBJETIVANDO GARANTIR MERENDA ESCOLAR DE QUALIDADE PARA TODOS

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA OBJETIVANDO GARANTIR MERENDA ESCOLAR DE QUALIDADE PARA TODOS TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA OBJETIVANDO GARANTIR MERENDA ESCOLAR DE QUALIDADE PARA TODOS que firmam o MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, por meio da Promotoria de Justiça de... e o MUNICÍPIO

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O CENTRO DE INTEGRAÇÃO EMPRESA-ESCOLA DO RIO GRANDE DO SUL CIEE/RS 091/2007- SEF O MUNICIPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica de

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 02/2009

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 02/2009 TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 02/2009 REF. PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO Nº 1.34.001.005208/2008-37 Pelo presente instrumento, com fundamento no artigo 5º, 6º, da Lei nº 7.347, de 24 de julho de 1985,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS RESOLUÇÃO N 137, DE 21 DE JANEIRO DE 2010.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS RESOLUÇÃO N 137, DE 21 DE JANEIRO DE 2010. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS RESOLUÇÃO N 137, DE 21 DE JANEIRO DE 2010. Dispõe sobre os parâmetros para a criação e o funcionamento dos Fundos Nacional, Estaduais e Municipais

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2013

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2013 CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2013 PROCESSO ADMNISTRATIVO Nº. 117/2013 Dispensa de Licitação Art. 24, II, da Lei 8.666/93 Pelo presente instrumento que entre si celebram CÂMARA MUNICIPAL DE ALFREDO CHAVES,

Leia mais

MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL - ACRE GABINETE DO PREFEITO MEDIDA PROVISÓRIA N 002/2013, DE 14 DE MARÇO DE 2013.

MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL - ACRE GABINETE DO PREFEITO MEDIDA PROVISÓRIA N 002/2013, DE 14 DE MARÇO DE 2013. Pág. 1 de 7 MEDIDA PROVISÓRIA N 002/2013, DE 14 DE MARÇO DE 2013. DO: PODER EXECUTIVO AO: PODER LEGISLATIVO DISPÕE SOBRE A POLÍTICA MUNICIPAL DE ATENDIMENTO DOS DIREITOS DO IDOSO, CRIA O FUNDO MUNICIPAL

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 4.567, DE 29 DE JULHO DE 2011

LEI MUNICIPAL Nº 4.567, DE 29 DE JULHO DE 2011 - Autoriza o Poder Executivo Municipal, a Câmara Municipal, o TATUIPREV e a Fundação Manoel Guedes a celebrarem convênio com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Tatuí e Região e dá outras

Leia mais

CONTRATO N.º 021/2014

CONTRATO N.º 021/2014 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA TRIBUTÁRIA E LEVANTAMENTOS TÉCNICOS CONTRATO N.º 021/2014 Contrato de prestação de serviços de consultoria tributária e levantamentos técnicos destinados

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 09/2010

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 09/2010 TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 09/2010 Pelo presente instrumento, com fundamento no artigo 5º, 6º, da Lei nº 7.347/85, de 24 de julho de 1985, de um lado, o MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, pela Procuradora

Leia mais

MINUTA DA RESOLUÇÃO DA COMISSÃO DE IMPLANTAÇÃO DAS 30 HORAS SEMANAIS DO CEFET-MG

MINUTA DA RESOLUÇÃO DA COMISSÃO DE IMPLANTAÇÃO DAS 30 HORAS SEMANAIS DO CEFET-MG MINUTA DA RESOLUÇÃO DA COMISSÃO DE IMPLANTAÇÃO DAS 30 HORAS SEMANAIS DO CEFET-MG Regulamenta o processo de implementação e avaliação da flexibilização da jornada de trabalho dos servidores técnico-administrativos

Leia mais

LEI Nº 3.219, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006

LEI Nº 3.219, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006 LEI Nº 3.219, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Meio Ambiente, dá outras providências sobre o Fundo Municipal de Meio Ambiente, revoga e altera disposições indicadas

Leia mais

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONTRATO Nº 036/2012 Contrato de Locação de Serviços Técnicos, que entre si celebra o município de Ipubi e TENOSOFT SOFTWARE LTDA - ME, na forma abaixo: O MUNICÍPIO DE IPUBI, Pessoa Jurídica de Direito

Leia mais

SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS

SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS RESOLUÇÃO No- 1, DE 9 DE JUNHO DE 2015 Aprova o Regimento Interno do Conselho Nacional dos Direitos Humanos - CNDH. O PLENÁRIO DO CONSELHO

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO Nº 60/2014. Cláusula Segunda DAS OBRIGAÇÕES DAS PARTES

TERMO DE CONVÊNIO Nº 60/2014. Cláusula Segunda DAS OBRIGAÇÕES DAS PARTES TERMO DE CONVÊNIO Nº 60/2014. Termo de Convênio que entre si celebram de um lado, o MUNICÍPIO DE CARLOS BARBOSA, com sede na Rua Assis Brasil, nº 11, neste ato representado por seu Prefeito, Sr. Fernando

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE PODER EXECUTIVO Governo do Município de Tobias Barreto

ESTADO DE SERGIPE PODER EXECUTIVO Governo do Município de Tobias Barreto Poder Executivo Lei Ordinária Sancionada em 27/03/2008 Marly do Carmo Barreto Campos Prefeita Municipal LEI ORDINÁRIA nº 0849/2008 DE 27 de março de 2008 (do PLO 003/2008 autor: Poder Executivo) Institui

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, CONSELHOS COMUNITÁRIOS Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Vinculação: Finalidade: CONSELHOS COMUNITÁRIOS ORGAO COLEGIADO GABINETE DO PREFEITO Tornar os cidadãos parte ativa no exercício do governo, mediante

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Pelo presente instrumento, de conformidade com os artigos 127, caput; 129, incisos II e III; e 209, inciso I, da Constituição Federal; artigos 7º e 48, da

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO V S ALBANO-ME, CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A REALIZAÇÃO DE CURSOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO V S ALBANO-ME, CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A REALIZAÇÃO DE CURSOS CONTRATO Nº 239/2015, FIRMADO ENTRE A PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO E A EMPRESA V S ALBANO-ME, OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A REALIZAÇÃO DE CURSOS PARA SECRETARIA MUNICIPAL

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 164-03/2015

PROJETO DE LEI Nº 164-03/2015 PROJETO DE LEI Nº 164-03/2015 Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal do Idoso e do Fundo Municipal dos Direitos do Idoso. LUIS FERNANDO SCHMIDT, Prefeito Municipal de Lajeado, Estado do Rio Grande

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Pelo presente instrumento, na forma do art. 5.º, 6.º, da Lei n.º 7.347, de 24 de julho de 1985, alterado pelo art. 113 da Lei n.º 8.078, de 11 de novembro de 1990, de um

Leia mais

República Federativa do Brasil Estado do Ceará Município de Juazeiro do Norte Poder Executivo

República Federativa do Brasil Estado do Ceará Município de Juazeiro do Norte Poder Executivo LEI Nº 4311, DE 28 DE ABRIL DE 2014 Dispõe sobre a qualificação de entidades sem fins lucrativos como organizações sociais e adota outras providências O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE JUAZEIRO DO NORTE,. FAÇO

Leia mais

e) Liberdade assistida; f) Semiliberdade; g) Internação, fazendo cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente.

e) Liberdade assistida; f) Semiliberdade; g) Internação, fazendo cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente. REGIMENTO INTERNO DO COMDICA Título I DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Capítulo I - DA NATUREZA Art.1º - O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente COMDICA,

Leia mais

CAPÍTULO I DO APOIO A GESTÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE CAPÍTULO II DA CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

CAPÍTULO I DO APOIO A GESTÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE CAPÍTULO II DA CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE LEI N.º 1.297, DE 06 DE JULHO DE 2010. Dispõe sobre apoio a Gestão do Sistema Único de Saúde, da realização de conferências no âmbito municipal, da reformulação e funcionamento do Conselho Municipal de

Leia mais

LEI N 511, DE 14 DE SETEMBRO DE 2009.

LEI N 511, DE 14 DE SETEMBRO DE 2009. Pág. 1 de 7 LEI N 511, DE 14 DE SETEMBRO DE 2009. CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL ACRE, no uso das atribuições

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA - TAC

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA - TAC TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA - TAC Aos seis dias de novembro de dois mil e catorze, na sala de reuniões do 4º andar da sede do Ministério Público do Estado do Piauí, situada na Rua Álvaro Mendes, 2294,

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO CONVÊNIO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO E O CENTRO DE ENSINO MÉDIO INTEGRADO - UPF 081/2006 - SEPLAN O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica de direito público,

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO CONVÊNIO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E A SECÇÃO ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL DO CIOFF, PARA A REALIZAÇÃO DO XI FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE DE PASSO FUNDO O36/2014 PGM O MUNICÍPIO DE PASSO

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DO NORTE MT CNPJ.: 03.238.672/0001-28

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DO NORTE MT CNPJ.: 03.238.672/0001-28 DECRETO Nº. 810/2015, DE 03 DE FEVEREIRO DE 2015 Regulamenta o estágio de estudantes em órgãos municipais, com base na Lei Federal nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO PROPOSTA DE RESOLUÇÃO Regulamenta a Lei Estadual nº 11.170/2008, dispondo sobre a progressão funcional dos servidores no âmbito do Poder Judiciário do Estado da Bahia. O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 20/2015, DE 20 DE ABRIL DE 2015.

PROJETO DE LEI Nº 20/2015, DE 20 DE ABRIL DE 2015. PROJETO DE LEI Nº 20/2015, DE 20 DE ABRIL DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO AO GRUPO DA MELHOR IDADE PAZ E AMOR, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPORÉ-RS

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. Deliberação n.º 919/2012 AS/CMDCA

SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. Deliberação n.º 919/2012 AS/CMDCA SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Deliberação n.º 919/2012 AS/CMDCA Dispõe sobre o Certificado de Autorização para Captação de Recursos

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 0204.0/2012 TÍTULO I DA GESTÃO DEMOCRÁTICA DO ENSINO PÚBLICO

PROJETO DE LEI Nº 0204.0/2012 TÍTULO I DA GESTÃO DEMOCRÁTICA DO ENSINO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 0204.0/2012 Dispõe sobre a gestão democrática da educação pública estadual, e adota outras providências. TÍTULO I DA GESTÃO DEMOCRÁTICA DO ENSINO PÚBLICO Art.1º A gestão democrática do

Leia mais

INSTRUMENTO CONTRATUAL de prestação de serviços de assinatura de jornal impresso. Termo de Inexigibilidade nº 1/2013

INSTRUMENTO CONTRATUAL de prestação de serviços de assinatura de jornal impresso. Termo de Inexigibilidade nº 1/2013 INSTRUMENTO CONTRATUAL de prestação de serviços de assinatura de jornal impresso. Termo de Inexigibilidade nº 1/2013 CONTRATO Nº 012 /2013 Prestação de Serviços de assinatura de jornal impresso que entre

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS DECRETO Nº 1.153, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2015. Aprova o Regimento Interno do Conselho Gestor do Programa de Parcerias Público-Privadas do município de Palmas. O PREFEITO DE PALMAS, no uso das atribuições

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 08/2010

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 08/2010 TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 08/2010 Pelo presente instrumento, com fundamento no artigo 5º, 6º, da Lei nº 7.347/85, de 24 de julho de 1985, de um lado, o MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, pela Procuradora

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 018/2016 PREGÃO PRESENCIAL N 007/2016 PROC. ADM. MC/ RN Nº 1602020002

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 018/2016 PREGÃO PRESENCIAL N 007/2016 PROC. ADM. MC/ RN Nº 1602020002 O, inscrito no CNPJ nº 08.106.510/0001-50, com sede na Praça João de Góes, nº 167, centro, Cruzeta/ RN, CEP: 59.375-000, neste ato representado pelo Prefeito Municipal, Sr. Erivanaldo Aquino Dantas, doravante

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 018/2014 DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº.011/2014

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 018/2014 DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº.011/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 018/2014 DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº.011/2014 O Presidente da Câmara Municipal de Vereadores do Município de Conceição do Coité, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO, RESPONSABILIDADE E AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE COMPROMISSO, RESPONSABILIDADE E AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE COMPROMISSO, RESPONSABILIDADE E AJUSTAMENTO DE CONDUTA Pelo presente instrumento, denominado Termo de Compromisso, Responsabilidade e Ajustamento de Conduta, com fulcro no parágrafo 6º, do art.

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO TAQUARI

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO TAQUARI CONTRATO Nº 051/2016 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO/FORNECIMENTO QUE FAZEM ENTRE SI, DE UM LADO O MUNICIPIO DE ALTO TAQUARI MT E DE OUTRO LADO A EMPRESA ADARI BARBOSA DE QUEIROZ - ME. O Município de

Leia mais

PROJETO CONHECENDO ABRIGOS

PROJETO CONHECENDO ABRIGOS Centro de Apoio Op era cional da In fâ ncia, Juven tude e Educaçã o PROJETO CONHECENDO ABRIGOS 1. Introdução O abrigo é uma medida de proteção provisória, prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente,

Leia mais

TERMO DE CONTRATO Nº 000/2015

TERMO DE CONTRATO Nº 000/2015 TERMO DE CONTRATO Nº 000/2015 Instrumento de Contrato nº 000/2015 originado da INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Nº 008/2015 referente, Objeto do presente instrumento é a CONTRATAÇÃO DE PALESTRANTE CARLOS EDUARDO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS O MP E AS VERBAS DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS O MP E AS VERBAS DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS O MP E AS VERBAS DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 005/99, de 17 de Dezembro de 1999.

LEI COMPLEMENTAR Nº 005/99, de 17 de Dezembro de 1999. LEI COMPLEMENTAR Nº 005/99, de 17 de Dezembro de 1999. Dispõe sobre a Reorganização da Estrutura Administrativa do Poder Executivo do Município de Chapadão do Sul (MS), e dá outras providências. O Prefeito

Leia mais

Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo DECRETO Nº 13.270

Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo DECRETO Nº 13.270 DECRETO Nº 13.270 Regulamenta o parcelamento e pagamento de créditos do município de Vitória e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Vitória, Capital do, no uso de suas atribuições legais, e

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO N, DE 2007

PROJETO DE LEI DO SENADO N, DE 2007 SENADO FEDERAL GABINETE DO SENADOR EXPEDITO JÚNIOR PROJETO DE LEI DO SENADO N, DE 2007 Dispõe sobre a regulamentação do exercício da profissão de Analista de Sistemas e suas correlatas, cria o Conselho

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Edital de Chamada Pública nº 08/2016 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO São Mateus/ ES 2016 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA IFES CIDADANIA Nº 8/ 2016 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO O Instituto Federal

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA EXTRAJUDICIAL

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA EXTRAJUDICIAL TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA EXTRAJUDICIAL Pelo presente instrumento, nos termos do art. 5º, 6º, da Lei nº 7.347, de 24 de julho de 1985, de um lado, o MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, pela Procuradora Regional

Leia mais

Observação: os dados em vermelho devem ser OBRIGATORIAMENTE preenchidos pelo concedente. EXEMPLO DE CONVÊNIO PREENCHIDO CORRETAMENTE

Observação: os dados em vermelho devem ser OBRIGATORIAMENTE preenchidos pelo concedente. EXEMPLO DE CONVÊNIO PREENCHIDO CORRETAMENTE Observação: os dados em vermelho devem ser OBRIGATORIAMENTE preenchidos pelo concedente. EXEMPLO DE CONVÊNIO PREENCHIDO CORRETAMENTE CONVÊNIO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO TERMO DE CONVÊNIO Nº001/2011 QUE ENTRE

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 041/2014

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 041/2014 DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 041/2014 Aprova o Estatuto da Fundação Caixa Beneficente dos Servidores da Universidade de Taubaté (Funcabes). O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, na conformidade do Processo nº FUNCABES-

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE CONVÊNIO

MINUTA DE CONTRATO DE CONVÊNIO MINUTA DE CONTRATO DE CONVÊNIO CONVÊNIO Nº / QUE ENTRE SI CELEBRAM CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE GUANAMBI CESG, MANTENEDOR DA FACULDADE GUANAMBI FG, POR MEIO DO CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO DA FACULDADE

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA REFª.: PIP nº 495074 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, através da 4ª Promotoria de Justiça de Cidadania, Curadoria dos Direitos do Consumidor,

Leia mais

ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFANCIA E JUVENTUDE

ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFANCIA E JUVENTUDE 1 1. TÍTULO: Programa de Estágio para Alunos do Ensino Médio nas Promotorias de Justiça do Ministério Público do Estado do Pará. 2. IDENTIFICAÇÃO Ministério Público do Estado do Pará, CNPJ 05054960/0001-58,

Leia mais

O PREFEITO CONSTITUCIONAL DO MUNICÍPIO DE TAVARES, ESTADO DA PARAÍBA, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município;

O PREFEITO CONSTITUCIONAL DO MUNICÍPIO DE TAVARES, ESTADO DA PARAÍBA, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município; LEI Nº 712, 28 DE FEVEREIRO DE 2014. CRIA O CONSELHO GESTOR DO TELECENTRO COMUNITÁRIO DO POVOADO DO SILVESTRE - MUNICÍPIO DE TAVARES-PB E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO CONSTITUCIONAL DO MUNICÍPIO

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL CONTRATO

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL CONTRATO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 036/2015 CONVITE Nº 007/2015 CONTRATO CONTRATO QUE FAZEM ENTRE SI A CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE, COM RESULT ASSESSORIA EMPRESARIAL LTDA, PARA A CESSÃO DE USO, NA FORMA DE

Leia mais

37 / 52 8. CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB

37 / 52 8. CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB 8. CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB 8.1. O que caracteriza o Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb e qual a sua principal atribuição? 8.2. O Conselho possui outras atribuições? 8.3. Qual o prazo

Leia mais

Lei Ordinária Nº 5.519 de 13/12/2005 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Lei Ordinária Nº 5.519 de 13/12/2005 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Lei Ordinária Nº 5.519 de 13/12/2005 Dispõe sobre a qualificação de entidades como organizações sociais, e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ, FAÇO saber que o Poder Legislativo decreta

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N 22/2014 Aprova o Regimento do Centro de Informática da Universidade Federal da Paraíba. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Prefeitura Municipal de Santa Maria Secretaria Geral de Governo DECRETO EXECUTIVO Nº159 DE 07 DE JULHO DE 2006

Estado do Rio Grande do Sul Prefeitura Municipal de Santa Maria Secretaria Geral de Governo DECRETO EXECUTIVO Nº159 DE 07 DE JULHO DE 2006 DECRETO EXECUTIVO Nº159 DE 07 DE JULHO DE 2006 Estabelece Normas para o Requerimento de Licença Temporária para Realização de Eventos em geral, no Município de Santa Maria e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

LEI Nº. 602/2015, DE 08 DE OUTUBRO DE 2015.

LEI Nº. 602/2015, DE 08 DE OUTUBRO DE 2015. LEI Nº. 602/2015, DE 08 DE OUTUBRO DE 2015. DISPÕE SOBRE FIXAÇÃO DE REGRAS PARA PROMOÇÃO DO ESPORTE NO MUNICÍPIO DE MATADE SÃO JOÃO-BA. O Prefeito Municipal de Mata de São João, Estado da Bahia, faz saber

Leia mais

Regulamenta a Lei nº 9.841, de 5 de outubro de 1999, que institui o Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, e dá outras providências.

Regulamenta a Lei nº 9.841, de 5 de outubro de 1999, que institui o Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, e dá outras providências. DECRETO N o 3.474, DE 19 DE MAIO DE 2000. Regulamenta a Lei nº 9.841, de 5 de outubro de 1999, que institui o Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, e dá outras providências. O PRESIDENTE

Leia mais

Lei nº 8.111, de 08 de outubro de 2009.

Lei nº 8.111, de 08 de outubro de 2009. Lei nº 8.111, de 08 de outubro de 2009. Dispõe sobre a política municipal do idoso e dá outras providências A CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES DECRETA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: CAPÍTULO I

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Por este instrumento, na forma do artigo 5º, 6º, da Lei nº 7.347/85, entre si celebram o presente TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA, nos autos do inquérito civil nº XXXXXXXXXXX/XXXX,

Leia mais

INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE DO SERVIDOR PÚBLICO DE SENADOR CANEDO ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE SENADOR CANEDO ANEXO IX

INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE DO SERVIDOR PÚBLICO DE SENADOR CANEDO ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE SENADOR CANEDO ANEXO IX ANEXO IX CONTRATO Nº -----/2015 CONTRATO DE CREDENCIAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EM CONSULTAS MÉDICAS, S.A.D.T. E CIRURGIAS DOS SERVIDORES DO MUNICIPIO DE SENADOR CANEDO CELEBRADO ENTRE O IAMESC E A

Leia mais

DECRETO Nº 713, DE 1º DE ABRIL DE 2013

DECRETO Nº 713, DE 1º DE ABRIL DE 2013 DECRETO Nº 713, DE 1º DE ABRIL DE 2013 Publicado no DOE(Pa) de 02.04.13. Institui o Programa de Parcerias Público-Privadas PPP/PA e regulamenta o Conselho Gestor de Parcerias Público- Privadas do Estado

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 73/2014, DE 16 DE JULHO DE 2014.

PROJETO DE LEI Nº 73/2014, DE 16 DE JULHO DE 2014. PROJETO DE LEI Nº 73/2014, DE 16 DE JULHO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL À ASSOCIAÇÃO DOS IDOSOS RECANTO DA AMIZADE, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS

Leia mais

PROJETO DE LEI MUNICIPAL Nº. xxx, DE xx DE xx DE xxxx INSTITUI O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

PROJETO DE LEI MUNICIPAL Nº. xxx, DE xx DE xx DE xxxx INSTITUI O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. PROJETO DE LEI MUNICIPAL Nº. xxx, DE xx DE xx DE xxxx INSTITUI O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL, Faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a

Leia mais

VIII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE REGIMENTO INTERNO. Capítulo I Dos objetivos

VIII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE REGIMENTO INTERNO. Capítulo I Dos objetivos VIII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE REGIMENTO INTERNO Capítulo I Dos objetivos Art.1º - A VIII Conferência Municipal de Saúde terá por objetivos: I - Impulsionar, reafirmar e buscar a efetividade dos princípios

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO Nº 1.22.003.000316/2011-10

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO Nº 1.22.003.000316/2011-10 INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO Nº 1.22.003.000316/2011-10 RECOMENDAÇÃO N 36/2013/PRM/UDI/3 OFÍCIO O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, por meio do Procurador da República signatário, no cumprimento de suas atribuições

Leia mais

C O N T R A T O X X X / I P P L A N / 2 0 1 3

C O N T R A T O X X X / I P P L A N / 2 0 1 3 C O N T R A T O X X X / I P P L A N / 2 0 1 3 CONTRATANTE: IPPLAN INSTITUTO DE PESQUISA, ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. CONTRATADO: XXXXXXXXXXXXXXXX OBJETO: Elaboração do Plano Diretor

Leia mais

LEI Nº 2.581/2009. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte Lei:

LEI Nº 2.581/2009. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte Lei: LEI Nº 2.581/2009 DISPÕE SOBRE O PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO DE CAETÉ. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal

Leia mais

RESOLUÇÃO CEG nº 12/2008

RESOLUÇÃO CEG nº 12/2008 RESOLUÇÃO CEG nº 12/2008 Normas para o Estágio 1) Considerando a Lei 11.788 de 25 de setembro de 2008, que trata de Estágios de Estudantes; 2) Considerando a não existência de resolução geral que normatize

Leia mais

Estado da Paraíba PREFEITURA MUNICIPAL DE TAVARES GABINETE DO PREFEITO

Estado da Paraíba PREFEITURA MUNICIPAL DE TAVARES GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 704/2013 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL COMPIR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO CONSTITUCIONAL DO MUNICÍPIO DE TAVARES, Estado da Paraíba, usando

Leia mais

MINUTA CONTRATO N /2015

MINUTA CONTRATO N /2015 MINUTA CONTRATO N /2015 O MUNICÍPIO DE SOLEDADE, Pessoa Jurídica de Direito Público, inscrito no CNPJ sob n 87.738.530/0001-10, com sede na Av Júlio de Castilhos, 898, nesta cidade de Soledade- RS, neste

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO FIRMADO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E A ANHANGUERA EDUCACIONAL LTDA mantenedora da UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP Pólo de Passo Fundo 038/2012 PGM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO,

Leia mais

22/4/2015 I. PARTES II. DISPOSIÇÕES CONTRATUAIS

22/4/2015 I. PARTES II. DISPOSIÇÕES CONTRATUAIS CONTRATO N 002/2015 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE BRASIL NOVO/ FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, E A SRª. CRISTIANE VANDRESSEN SHUEROFF, NA FORMA ABAIXO. I. PARTES CONTRATANTE MUNICÍPIO

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Pelo presente instrumento, de um lado a SUPERINTENDÊNCIA DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR, órgão estadual de defesa do consumidor vinculado à SECRETARIA

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Pelo presente instrumento, de conformidade com os artigos 127, caput; 129, incisos II e III; e 209, inciso I, da Constituição Federal; artigos 7º e 48, da

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 42 DE 28 DE AGOSTO DE 2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 42 DE 28 DE AGOSTO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 42 DE 28 DE AGOSTO DE 2012 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Constituição Federal artigos 205, 206, 208, 211 e

Leia mais

LEI Nº 6559 DE 16 DE OUTUBRO DE 2013. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

LEI Nº 6559 DE 16 DE OUTUBRO DE 2013. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEI Nº 6559 DE 16 DE OUTUBRO DE 2013. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Page 1 of 7 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.332, DE 19 DE OUTUBRO DE 2010. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RESENDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE RESENDE C. A. N o : 279/2013. TERMO DE CONTRATO ADMINISTRATIVO TERMO DE CONTRATO ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO, que entre si fazem: O MUNICÍPIO DE RESENDE RJ, através da SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTE

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NO INSTITUTO FEDERAL DE RONDÔNIA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NO INSTITUTO FEDERAL DE RONDÔNIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal CONCURSO PÚBLICO, NOMEAÇÃO E POSSE

Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal CONCURSO PÚBLICO, NOMEAÇÃO E POSSE DEFINIÇÕES CONCURSO PÚBLICO, NOMEAÇÃO E POSSE Cód.: CNP Nº: - Versão: 02 Data: 22/02/2016 Concurso público Processo de seleção de natureza competitiva, aberto ao público geral, para provimento de cargo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 08/03-COUN

RESOLUÇÃO Nº 08/03-COUN RESOLUÇÃO Nº 08/03-COUN Estabelece o Regimento Interno do Núcleo de Educação a Distância (NEAD) da Universidade Federal do Paraná. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal do Paraná, no uso de

Leia mais

LEI Nº 8.798 de 22 de fevereiro de 2006.

LEI Nº 8.798 de 22 de fevereiro de 2006. LEI Nº 8.798 de 22 de fevereiro de 2006. Institui a Política Estadual de fomento à Economia Popular Solidária no Estado do Rio Grande do Norte e estabelece outras disposições. O PRESIDENTE DA ASSEMBLÉIA

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITATUBA

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITATUBA ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITATUBA LEI Nº 407/2015 ITATUBA-PB, 11 de Março de 2015 CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DE ITATUBA E INSTITUI A 1ª CONFERÊNCIA

Leia mais

ASSESSORIA JURÍDICA CONTRATO PARA COMPRA DE VALE TRANSPORTE

ASSESSORIA JURÍDICA CONTRATO PARA COMPRA DE VALE TRANSPORTE CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 010/2015 PROCESSO N.º 0041/2015 24/02/2015 CONTRATO PARA COMPRA DE VALE TRANSPORTE I Das Partes CLÁUSULA PRIMEIRA Pelo presente Contrato e na melhor forma de direito, de um

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO CONTRATO Nº 314/2014, FIRMADO ENTRE A PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO E A EMPRESA M C W CONSTRUÇÕES, COMÉRCIO E TERRAPLANAGEM LTDA, OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE AREIA ASFÁLTICA USINADA A QUENTE

Leia mais

Altera a Portaria Previ-Rio nº 853, de 22 de fevereiro de 2.011 e dá outras providências.

Altera a Portaria Previ-Rio nº 853, de 22 de fevereiro de 2.011 e dá outras providências. PORTARIA PREVI-RIO Nº 861 DE 15 DE JUNHO DE 2011. Altera a Portaria Previ-Rio nº 853, de 22 de fevereiro de 2.011 e dá outras providências. A Presidente do Instituto de Previdência e Assistência do Município

Leia mais

3. Quais são as modalidades de estágio? Estágio obrigatório e Estágio não obrigatório (art. 2º da Lei 11.788/2008).

3. Quais são as modalidades de estágio? Estágio obrigatório e Estágio não obrigatório (art. 2º da Lei 11.788/2008). 1. O que é o estágio? Estágio é o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de estudantes. O estágio integra o itinerário

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE ÁGUA BOA INQUÉRITO CIVIL n. o 002116-032/2013 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA No dia primeiro de outubro de 2013, no

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS FLORES DE GOIÁS-GO. CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Lei Municipal n.º 08 de 16 de Setembro de 2003

ESTADO DE GOIÁS FLORES DE GOIÁS-GO. CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Lei Municipal n.º 08 de 16 de Setembro de 2003 EDITAL PARA ELEIÇÃO DOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE 2016-2020 O DE, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente Edital, que, nos termos da Lei

Leia mais

O que é uma administração transparente?

O que é uma administração transparente? O que é uma administração transparente? Uma prefeitura transparente É quela que respeita o cidadão Expõe as suas contas para toda a população Uma prefeitura transparente É aquela que publica seus atos

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SCJ Nº 001/2013 O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA DÉCIMA OITAVA REGIÃO, no uso de suas

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SCJ Nº 001/2013 O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA DÉCIMA OITAVA REGIÃO, no uso de suas PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SCJ Nº 001/2013 O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA DÉCIMA OITAVA REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que o avanço tecnológico,

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DAS DEFINIÇÕES

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DAS DEFINIÇÕES PROJETO DE LEI N o, DE DE DE 2010 Dispõe sobre a Política Nacional de Economia Solidária, cria o Sistema Nacional de Economia Solidária e o Fundo Nacional de Economia Solidária, e dá outras providências.

Leia mais

MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA,

MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA, CONTRATO ADM. Nº 053/2013. Contrato de Prestação de Serviços de Recuperação de pavimentação com TSD e PMF na via de acesso a cidade que entre si celebram o Município de CACHOEIRA ALTA, Goiás e a Empresa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE ENTRE SI, CELEBRAM O MUNICÍPIO DE RIO VERDE, ATRAVÉS DO FUNDO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - FME E A SRª HELENA DA SILVA GUIMARÃES DE SOUZA,

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 145/2014

C O N V Ê N I O Nº 145/2014 C O N V Ê N I O Nº 145/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

DECRETO Nº 5.933, DE 20 DE ABRIL DE 2004.

DECRETO Nº 5.933, DE 20 DE ABRIL DE 2004. DECRETO Nº 5.933, DE 20 DE ABRIL DE 2004. (PUBLICADO NO DOE DE 26.04.04) Este texto não substitui o publicado no DOE Regulamenta a Lei nº 14.546, de 30 de setembro de 2003, que dispõe sobre a criação do

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSOS PREPARATÓRIOS PARA CONCURSO - MODALIDADE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSOS PREPARATÓRIOS PARA CONCURSO - MODALIDADE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSOS PREPARATÓRIOS PARA CONCURSO - MODALIDADE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA Pelo presente Instrumento Particular de Contrato de Prestação de Serviços Educacionais,

Leia mais