a participação da Defesa Civil em plataformas digitais de redes sociais Thiago

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "a participação da Defesa Civil em plataformas digitais de redes sociais Thiago Reginaldo th.reginaldo@gmail.com @ThiagoReginaldo"

Transcrição

1 Universidade Federal de Santa Catarina UFSC Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento - PPGEGC REDUÇÃO DE RISCOS DE DESASTRES NA PRÁTICA: a participação da Defesa Civil em plataformas digitais de redes sociais Thiago

2 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // INTRODUÇÃO COMUNICAÇÃO DE DESASTRES NO BRASIL No Brasil a cultura de perceber e comunicar os desastres é insipiente para a população e para os órgãos de comunicação. (SANTOS,2012) Para formar cidades mais resilientes aos desastres é preciso que as autoridades locais e a população tenham um processo de informação compartilhado e que os cidadãos sejam empoderados para a participação, decisão e planejamento da cidade em conjunto com as autoridades locais. (ONU, 2012) Setembro de chuvas em Santa Catarina. (Força Voluntária, 2013). 1-69

3 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // INTRODUÇÃO OBJETIVO O objetivo é apresentar estratégias de comunicação para a DC-SC através das plataformas digitais de redes sociais. 2-69

4 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // INTRODUÇÃO ESPERA-SE COMO RESULTADO Perceber as redes sociais digitais como uma forma de disseminação do conhecimento em prol da DC; Estipular melhores práticas e guiar os agentes da DC segundo manual do governo sobre redes sociais digitais na geração de conteúdo e interação com o usuário. Compreender processos de inovação, inteligência organizacional e comunicação; Estreitar laços entre a DC/comunidade/cidadão; Reduzir, Reutilizar e Reciclar. (Facebook DC - SC, 2013). 3-69

5 Conceitos Dados Estatísticos Estratégias de comunicação Caso da SDC - SC

6 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS CONTEXTO ATUAL. Sociedade em rede; Sociedade do conhecimento; Era digital. Representação do digital. Representação do mundo interligado em rede. Redes sociais. 5-69

7 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS REDUÇÃO DE RISCOS DE DESASTRES As cidades e áreas urbanas representam um sistema complexo e denso de serviços que estão interconectados, de tal modo que, enfrentam um crescente número de aspectos que conduzem a um risco de desastre (ONU, 2012) Desastres em SC ao longo do tempo. (Defesa Civil SC, 2013) 6-69

8 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS REDUÇÃO DE RISCOS DE DESASTRES A atuação da DC que tem por objetivo a RRD em 3 níveis (federal, estadual e municipal) e exigem participação comunitária. (FURTADO et al., 2012). As 5 fases. (CEPED - UFSC, 2012). 7-69

9 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS REDUÇÃO DE RISCOS DE DESASTRES Defesa Civil Comunicação Dialógica Sociedade 2012 FB Entrega de cestas básicas nos municípios de Catanduvas e Capinzal (2012). Defesa Civil na Escola Projeto da DC de SC (2012). 8-69

10 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS MULTIRREFERENCIALIDADE Rizoma Mensagem Processo de comunicação que extrapola o tradicional emissor- canalreceptor. Actantes Rizoma (caule) que representa a complexidade e heterogeneidade das relações. Jovens no celular e computador. Foto: Thinkstock. 9-69

11 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS RIZOMA - REDE Modelo de rizoma mostra que não é possível identificar o início e o fim e sugere uma construção nãolinear

12 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS SIGNIFICADO E SENTIDO NA COMUNICAÇÃO Processos de comunicação com mais empatia e engajamento. Aspectos objetivos e subjetivos da sociedade e cidadão (sujeito); Informação para e com a comunidade e não somente da comunidade. Moradores realizam limpeza das ruas em Rio do Sul - 30/09/2013 (Foto: Luiz Souza/RBS TV, Site G1 Globo)

13 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS REDES SOCIAIS DIGITAIS E A PARTICIPAÇÃO Os sites de mídia social são caracterizados pela funcionalidade inerente que facilita o compartilhamento de informações entre os usuários dentro de uma rede definida. O tamanho da rede é principalmente um reflexo da participação ativa do público, como mídia gerada pelo indivíduo que representa a grande maioria de todos os conteúdos, com destaque para o engajamento dos participantes que irá gerar o verdadeiro valor da rede. (IAB, 2009). Redes sociais digitais na interface de um smartphone

14 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS REDES SOCIAIS DIGITAIS E A PARTICIPAÇÃO Os órgãos públicos devem organizar as suas informações nas redes sociais para facilitar a busca/interação do usuário. Os hábitos e inquietações das pessoas podem ser percebidos nas redes sociais. Estudar os mecanismos de funcionamento de cada rede e verificar as suas potencialidades e formas de se comunicar (vídeo, foto, texto, links, entre outros). Usuário em interação com a DC - SC pelo Twitter

15 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS REDES SOCIAIS DIGITAIS E A PARTICIPAÇÃO executam a função de gestor de comunidades. As redes sociais digitais públicas são diferentes por apresentar informações para um público geralmente amplo; O gestor de comunidades nessas redes é diferente de um analista de redes sociais digitais de uma agência privada, são funcionários públicos que trabalham em um determinado departamento e também Seminário Regional da Defesa Civil de SC Fonte: Site da DC SC (2013)

16 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS REDES SOCIAIS DIGITAIS E A PARTICIPAÇÃO A imprensa; Outros... A DC nas redes sociais digitais conversa com: A comunidade; O cidadão; Servidores públicos; Organizações públicas e privadas; Defesa Civil de Santa Catarina distribui lonas a moradores que tiveram casas afetadas pela chuva de granizo em 29/09/09 (Foto: Divulgação/ Defesa Civil de SC) Notícia do portal G

17 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS Twitter lança ferramenta de alertas para situações de emergências. Imagem: https://twitter.com/interior/alerts (2013)

18 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS O QUADRO DE AÇÃO DE HYOGO : Construindo a resiliência das nações e comunidades frente aos desastres 1. Construção da capacidade institucional; 2. Conhecer os próprios riscos: Identificar, avaliar e monitorar os riscos de desastres e melhorar os alertas e alarmes; 3. Construir conhecimento e sensibilização: Utilizar conhecimento, inovação e educação para construir uma cultura de segurança e resiliência em todos os níveis; 4. Reduzir riscos; 5. Estar preparado e pronto para agir. (ONU, 2012)

19 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS CIDADES INTELIGENTES E OS RISCOS DE DESASTRES Pessoas Economia Governança Vida Mobilidade Ambiente (Centre of Regional Science, 2007) 18-69

20 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS CIDADES INTELIGENTES E OS RISCOS DE DESASTRES Governo TIC Valores Humanos DS TDIC Comunidade Econômico Padrão Complexo DC e-gov Cidadão Social Ambiental Redes Sociais Digitais 19-69

21 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS A ORGANIZAÇÃO INTELIGENTE E INOVADORA DE APRENDIZAGEM CONTÍNUA Forma, acumula e utiliza plenamente o Capital Intelectual na produção ou criação de conhecimento produtivo ou inovação. OI²AC Aprende e cria; Aplica o conhecimento produtivo; Trabalha com organização e redes de informação. Capacidade organizacional de resposta ante mudanças rápidas e imprevisíveis no conhecimento e no ambiente

22 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CONCEITOS FORMAÇÃO DO CAPITAL INTELECTUAL Capital Humano Coletivo Trabalhador do conhecimento; Células de aprendizagem; Centros virtuais de desenvolvimento de habilidades e conhecimento produtivo. CI Capital Informático Redes de informação e conhecimento compartilhado baseadas em: TIC; Tecnologias de manufatura avançada. Capital Organizacional Organização tipo LEOH (Líder, Equipe, Organização Horizontal); Sistemas de trabalho integrais e inteligentes. Capital Social Confiança, reconhecimento e compromisso. Organização Inteligente Aprendizagem contínua e criação de conhecimento produtivo

23 Conceitos Dados Estatísticos Estratégias de comunicação Caso da SDC - SC

24 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // DADOS ESTATÍSTICOS USUÁRIOS DE INTERNET NO BRASIL Usuários e não usuários de internet, por faixa etária (2012). Estimativas sobre o total da população. Fonte: TIC Domicílios 2012 (CGI, 2012)

25 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // DADOS ESTATÍSTICOS USUÁRIOS DE INTERNET NO BRASIL Proporção de usuários de internet, por classe social ( ). Percentual sobre o total da população. Fonte: TIC Domicílios 2012 (CGI, 2012)

26 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // DADOS ESTATÍSTICOS USUÁRIOS DE INTERNET NO BRASIL Proporção de usuários de internet, por frequência de acesso individual ( ). Percentual sobre o total de usuários de Internet. Fonte: TIC Domicílios 2012 (CGI, 2012)

27 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // DADOS ESTATÍSTICOS USUÁRIOS DE INTERNET NO BRASIL Proporção de usuários de telefone celular que utilizaram internet no telefone celular, por classe ( ). Percentual sobre o total de usuários de telefone celular. Fonte: TIC Domicílios 2012 (CGI, 2012)

28 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // DADOS ESTATÍSTICOS USUÁRIOS DE INTERNET NO BRASIL País com 80 milhões de internautas e crescendo... Distribuição de usuários de internet por região. 1º São Paulo 32,1% 2º Rio de Janeiro 13,1% 3º Minas Gerais 8,1% 4º Paraná 7,0% 5º Rio Grande do Sul 6,7% 6º Santa Catarina 4,5% Fonte: IAB Brasil 2012 (IAB, 2013)

29 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // DADOS ESTATÍSTICOS USUÁRIOS DE INTERNET NO BRASIL Total de usuários das redes sociais equivale a 86% dos usuários ativos da internet. O Facebook, Twitter e comunidades (blogs, microblogs e fóruns) atingiram 86% dos internautas ativos da internet no período de janeiro de Um crescimento de 15% comparado com (IBOPE, 2013)

30 Conceitos Dados Estatísticos Estratégias de comunicação Caso da SDC - SC

31 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO A FORMAÇÃO DE OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS Modelo tradicional de formação de opinião. Fato relevante ocorre Imprensa corre para divulgar o fato para outros usuários Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013). Cidadãos ficam informados de forma direta (via mídia) ou indireta (via outros Cidadãos) 30-69

32 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO A FORMAÇÃO DE OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS Processo contemporâneo de formação de opinião. Fato relevante ocorre Cidadãos descobrem e iniciam corrida para propagá-lo Imprensa corre para divulgar o fato para outros usuários Fato vira o que for mais propagado (e não necessariamente a realidade) Outros cidadãos descobrem e propagam a informação Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013)

33 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO ECOSSISTEMAS DE REDES. Ecossistema com a presença do Facebook e Twitter. Fonte: Site da DC SC (2013)

34 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO OS 3 DOGMAS DAS REDES SOCIAIS Dogma 1: a verdade é algo repetido diversas vezes por diversas pessoas; Dogma 2: grandes corporações estão erradas até que se prove o contrário; Dogma 3: o usuário só entende quem fala a mesma língua que ele

35 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO DIRETRIZES DA LINGUAGEM VERBAL E VISUAL Rede Social Volume de postagens Facebook 1 a 3 posts por dia útil. tonalidade 1a pessoa do plural (nós); Informal, direta; Convite à interação (compartilhe, veja, curta, etc.); Teor emocional, envolvendo o usuário no assunto; Textos de, no máximo, 110 caracteres. Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013). Deve incluir Ao menos uma imagem por postagem

36 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO DIRETRIZES DA LINGUAGEM VERBAL E VISUAL Sentimos que agora, se faz necessário mostrar o nosso íntimo, expondo os nossos métodos de ação, nossos equipamentos, as novas tecnologias que utilizamos [...] entre nesta casa, definitivamente, como se fosse sua. A linguagem é em primeira pessoa do plural e os assuntos são expostos de maneira informal. Isso passa o sentido de que o leitor também faz parte do texto e é responsável em conjunto com a DC na construção da cidade. Recado do Facebook da DC de Nova Friburgo - RJ postado em 06 de abril de

37 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO DIRETRIZES DA LINGUAGEM VERBAL E VISUAL 94 Compartilhamentos 46 curtir Recado do Facebook da DC de Nova Friburgo - RJ em 02 de abril

38 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO DIRETRIZES DA LINGUAGEM VERBAL E VISUAL 312 Compartilhamentos 43 Curtir 2 comentários Recado do Facebook da DC de Nova Friburgo - RJ em 16 de novembro

39 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO DIRETRIZES DA LINGUAGEM VERBAL E VISUAL Rede Social Twitter Volume de postagens 1 a 3 posts por dia útil, no mínimo* *Recomendação para perfil institucional, sem ativação de campanhas. tonalidade 1a pessoa do plural (nós); Informal, direta; Convite à interação (retweet, saiba mais); Teor emocional, envolvendo o usuário no assunto; Textos de, no máximo, 110 caracteres (para que usuários comentem, compartilhem ou para adicionar links encurtados). Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013). Deve incluir Link para que o usuário se aprofunde na informação

40 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO DIRETRIZES DA LINGUAGEM VERBAL E VISUAL Número de seguidores: não é algo indicativo de sucesso; Seguidores dos seguidores: indica que se tem uma grande oportunidade de retwittar e gerar mais visualizações; Frequência e novidade dos tweets: (c/ qualidade) quanto mais se comunicar melhor, contudo deve-se evitar conversas banais; Índice de seguimento dos seguidores: alguns profissionais alegam que quanto maior o índice melhor;???? Retwittagens: Ótimo. Mas a mensagem propagada precisa estar incorporada de valor para que a marca/pessoa seja lembrada. (Sterne, 2011)

41 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO DIRETRIZES DA LINGUAGEM VERBAL E VISUAL Apresentação do funcionamento de cada rede social como uma biblioteca de conhecimento. Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013)

42 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO RELACIONAMENTO COM O USUÁRIO 1. Modere comentários negativos de usuários apenas quando as críticas contiverem insultos pessoais a funcionários ou clientes caso contrário, mantenha os comentários visíveis e, na medida do possível, responda-os. 2. Convide usuários com problemas a conversas privadas, buscando resolver cada uma de suas questões fora de ambientes públicos. 3. Seja sempre agradecido pela participação, com postura educada e evitando utilizar qualquer tipo de tonalidade jurídica. 4. Se estiver errado, peça desculpas. 5. Sempre agradeça críticas, sugestões ou comentários. Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013)

43 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO QUANDO USAR CADA TIPO DE CONTEÚDO? Complexo Vídeos e/ou infográficos Metasite Apoio Relevante Texto puro Simples Imagens e/ou infográficos Quadrante de definição de conteúdo. Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013)

44 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO GUIA DAS IMAGENS 1. Todas as imagens devem ser publicadas em uma biblioteca única, segmentada por tema e contendo informações sobre as possibilidades de uso (copyright, copyleft); 2. Todas as imagens devem ser disponibilizadas em alta resolução para download; 3. Todas as imagens devem ter título e legenda descrevendo-a e apontando nomes de personalidades envolvidas, local e data (dia, mês, ano). Isso colabora para o SEO. Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013)

45 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO METODOLOGIAS E ATIVAÇÕES Instituição responde usuário Instituição publica conteúdo Usuário se manifesta de forma oficial Fluxo de interação oficial. Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013). 1. Todas as perguntas feitas diretamente pelos usuários devem ser respondidas na mesma rede; 2. Comentários feitos pelos usuários que não demandem respostas diretas não devem ser endereçadas individualmente, como regra. No entanto, é recomendado que alguns dos comentários recebam réplicas da instituição, deixando claro que ela está presente e efetivamente envolvida em um relacionamento concreto

46 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO GESTOR DE COMUNIDADES Gestor de comunidades é o editor por toda a presença nas redes

47 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO PAUTAS: DEMANDA GERANDO OFERTA Prioridades da Instituição Assuntos mais compartilhados pelos usuários Pauta da semana Novos assuntos relacionados à instituição levantados no monitoramento de sua presença Postagens que mais geraram interação na semana anterior Componentes de formação de pauta. Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013)

48 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO MONITORAMENTO DE REDES SOCIAIS Configuração de palavras-chave Criação de temas e regras de classificação Análises em Tempo real Relatórios on-line, diário e mensal Fonte: Manual de orientação para atuação em redes sociais (2013)

49 Conceitos Dados Estatísticos Estratégias de comunicação Caso da SDC - SC

50 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DEFESA CIVIL DE SANTA CATARINA Fonte: Site DC SC (2013)

51 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DC - SC: REDES SOCIAIS DIGITAIS. Facebook e Twitter. Fonte: Site da DC SC (2013)

52 Exemplo de régua de compartilhamento social. Réguas de Compartilhamento Site da DC SC (2013)

53 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DC - SC: FACEBOOK. Facebook da DC SC 21 de novembro de

54 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DC - SC: FACEBOOK Análise do dia 20 out. ao dia 20 nov.; Página com curtidas; 30 dias; 89 mensagens; Média de 3 mensagens por dia; 682 interações (curtir, comentar e compartilhar)

55 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DC - SC: FACEBOOK Quantidade de textos (verbal e não-verbal) e média de interações (curtir, comentar, compartilhar). Tipo de texto. Quantidade 54-69

56 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DC - SC: FACEBOOK Quantidade de conteúdos e média de interações (curtir, comentar, compartilhar). Tipo de conteúdo. Quantidade 55-69

57 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DC - SC: FACEBOOK Textos e imagens simples e diretos Redutor de url nos links Somente imagem Pasta de imagens sem nomes Repetir imagens Cuidar com as siglas 56-69

58 Dialogar com o cidadão: Curtir sua resposta; Resposta inbox; Resposta na timeline. Interação do cidadão no Facebook da DC SC (2013). Site da DC SC (2013)

59 Interação pelo Facebook. Comentário da DC de Nova Friburgo - RJ na página do Facebook em interação com a comunidade

60 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DC - SC: TWITTER. Twitter da DC SC (2013)

61 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DC - SC: TWITTER Análise do dia 20 out. ao dia 20 nov.; tweets, 854 seguindo, seguidores; 30 dias; 111 tweets; Média de 4 tweets por dia

62 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DC - SC: TWITTER Quantidade de tweets pelo tipo de conteúdo

63 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC DC - SC: TWITTER Integração da ferramenta Facebook e Twitter; Recados incompletos com link para o Facebook; Uso de primeira pessoa do singular Eu ; 15 tweets em um mesmo dia

64 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC. Cidadão posta uma foto e marca a DC SC (2013)

65 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC. Cidadão posta uma foto e marca a DC SC (2013)

66 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC. Cidadão afirma que #chuvasc é mais frequente que #chuvasemsc (2011). Cidadãos (2013)

67 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC A DC NAS REDES SOCIAIS DIGITAIS Deve-se atentar aos anseios das pessoas que também são demonstrados nas mídias sociais em forma de tweets e posts no Facebook (STERNE, 2011).. Facebook DC SC (2012)

68 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC A DC NAS REDES SOCIAIS DIGITAIS Dentro das estratégias de ação da DC deve-se pensar nas redes e mídias com enfoque também nas plataformas digitais de redes sociais. A DC em conjunto com o município e o governo podem colocá-las nas pautas de seus programas, uma vez que, as plataformas digitais apresentam muitos recursos disponíveis para ajudar na disseminação de conhecimento. Capacitação dos gestores de comunidade. Redes sociais digitais como uma forma de diálogo entre governo e cidadão em um outro tempo-espaço. Considerar a complexidade do ser humano e procurar o modo mais simples possível de dialogar com o cidadão

69 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CENTRE OF REGIONAL SCIENCE. Smart cities: ranking of European mediumsized cities. Vienna UT: out Relatório. Disponível em: <http://www.smart-cities.eu/download/smart_cities_final_report.pdf>. Acesso em: 04 set CEPED. Disponível em: Acesso em: 22 nov CGI. TIC Domicílios. <http://www.cetic.br/publicacoes/2012/tic-domicilios pdf> Acesso em: 20 nov FURTADO, J.; OLIVEIRA, M.; DANTAS, M. C.; SOUZA, P. P.; PANCERI, R. Capacitação básica em Defesa Civil. Florianópolis: CAD UFSC, IAB. Social media ad metrics definitions. Interactive Advertising Bureau, mai Disponível em: <http://www.iab.net/media/file/socialmediametricsdefinitionsfinal.pdf> Acesso em: 07 set IAB. Indicadores de Mercado. 03/03/2013. Disponível em: <http://iabbrasil.net/portal/institucional-iab/indicadores-mercado/> Acesso em: 20 nov

70 RRD NA PRÁTICA: REDES SOCIAIS DIGITAIS // CASO DA SDC - SC REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS IBOPE. Número de usuários de redes sociais ultrapassa 46 milhões de brasileiros. 26/03/2013. Disponível em: <http://www.ibope.com.br/pt-br/noticias/paginas/numerode-usuarios-de-redes-sociais-ultrapassa-46-milhoes-de-brasileiros.aspx> Acesso em: 20 nov Manual de Orientação para atuação em redes sociais. mai., Disponível em: <http://www.secom.gov.br/sobre-a-secom/acoes-e-programas/comunicacaodigital/redes-sociais/publicacoes/manual-de-redes-sociais-> Acesso em: 22 nov ONU. Como construir cidades mais resilientes: um guia para gestores públicos locais. Uma contribuição à campanha global Construindo cidades resilientes - minha cidade está se preparando! Nações Unidas. Genebra, nov Disponível em: <http://www.unisdr.org/files/26462_guiagestorespublicosweb.pdf> Acesso em: 05 set SANTOS, J. F. A. Mobilização comunitária e comunicação de risco para a redução de riscos de desastres. Florianópolis: CEPED UFSC, STERNE, J. Métricas em Mídias Sociais: como medir e otimizar os seus investimentos em Marketing. São Paulo: Nobel,

71 Universidade Federal de Santa Catarina UFSC Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento - PPGEGC REDUÇÃO DE RISCOS DE DESASTRES NA PRÁTICA: a participação da Defesa Civil em plataformas digitais de redes sociais Thiago

COMUNICAÇÃO PÚBLICA E REDES SOCIAIS. Lívia de Souza Vieira Bom Jesus IELUSC

COMUNICAÇÃO PÚBLICA E REDES SOCIAIS. Lívia de Souza Vieira Bom Jesus IELUSC COMUNICAÇÃO PÚBLICA E REDES SOCIAIS Lívia de Souza Vieira Bom Jesus IELUSC Esta é a minha rede social! O que são redes sociais? Bem antes da internet... Ao contrário do que muitos pensam, falar de Redes

Leia mais

Manual de Orientação para atuação em Redes Sociais

Manual de Orientação para atuação em Redes Sociais Manual de Orientação para atuação em Redes Sociais Universidade do Estado de Santa Catarina Manual de Orientação para atuação em Redes Sociais Universidade do Estado de Santa Catarina Equipe Reitoria Antonio

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

Estratégias do Governo Federal para as Mídias Sociais. Marcia Pachaly Coordenadora de internet

Estratégias do Governo Federal para as Mídias Sociais. Marcia Pachaly Coordenadora de internet Estratégias do Governo Federal para as Mídias Sociais Marcia Pachaly Coordenadora de internet Outubro/2012 Redes sociais Por que atuar? Redes sociais 80 milhões de brasileiros estão na internet Dogmas

Leia mais

MediaKit www.midiatismo.com.br

MediaKit www.midiatismo.com.br MediaKit www.midiatismo.com.br Sobre o blog Criado em Março de 2010, o blog tem o objetivo de compartilhar conhecimento e notícias sobre marketing digital e comunicação digital. Mas o blog não fala apenas

Leia mais

MediaKit www.midiatismo.com.br 2013/2

MediaKit www.midiatismo.com.br 2013/2 MediaKit www.midiatismo.com.br 2013/2 Sobre o blog Criado em Março de 2010, o blog tem o objetivo de compartilhar conhecimento e notícias sobre marketing digital e comunicação digital. Mas o blog não fala

Leia mais

Tabela de Preços Sugeridos

Tabela de Preços Sugeridos WEBSITE Estrutura básica Área institucional Área estática: quem somos, o que fazemos, onde estamos etc. Área de contato E-mail, telefone, formulário etc. Área core Gerenciador de conteúdo para cadastro

Leia mais

FACEBOOK NA CAMPANHA PELO PLEBISCITO

FACEBOOK NA CAMPANHA PELO PLEBISCITO FACEBOOK NA CAMPANHA PELO PLEBISCITO 1 Sumário Importância das mídias...03 Linguagem nas mídias...04 Facebook...04 Compartilhe conteúdo...04 Comentários...04 Programação de postagens...05 Marcar pessoas...06

Leia mais

Mídias sociais: apoio a qualidade de vida e a mobilidade humana

Mídias sociais: apoio a qualidade de vida e a mobilidade humana Mídias sociais: apoio a qualidade de vida e a mobilidade humana Nuria Sampietro (01); Roberto Sganzerla (02); Sara Benenkanp (03). SBCTrans Endereço: Rua Monteiro Lobato, 151 Jd. Montanhão São Bernardo

Leia mais

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo Mídias Sociais Fatos e Dicas para 2013 Esteja preparado para um ano digital, social e interativo NESTE E-BOOK VOCÊ VAI ENCONTRAR: 1 - Porque as mídias sociais crescem em tamanho e em importância para o

Leia mais

O Mapa das Mídias Sociais (para grandes marcas) Ricardo Almeida

O Mapa das Mídias Sociais (para grandes marcas) Ricardo Almeida O Mapa das Mídias Sociais (para grandes marcas) Ricardo Almeida 1 Passado vs. Presente Fato Veículos Veículos Notícia 2 Se você é grande, você é mau A relação do usuário com marcas é pautada pelo maniqueísmo:

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook.

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. 1 Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. O que você vai encontrar neste ebook: Por que eu preciso

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO INTRODUÇÃO: As mídias sociais estão cada vez mais presentes no dia-a-dia das pessoas, oferecendo soluções e transformando as relações pessoais e comerciais.

Leia mais

COMUNICAÇÃO EM REDE MÍDIAS SOCIAIS. Curitiba 2013. www.andretelles.net.br

COMUNICAÇÃO EM REDE MÍDIAS SOCIAIS. Curitiba 2013. www.andretelles.net.br COMUNICAÇÃO EM REDE MÍDIAS SOCIAIS Curitiba 2013 www.andretelles.net.br Usuários ativos Dados estatísticos interessantes em 2013 Segmentação de mídias sociais Tráfego em mídias sociais O tempo de navegação

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO PARA ATUAÇÃO EM REDES SOCIAIS

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO PARA ATUAÇÃO EM REDES SOCIAIS CARTILHA DE ORIENTAÇÃO PARA ATUAÇÃO EM REDES SOCIAIS Objetivos do documento Este documento tem como objetivo estipular melhores práticas e guiar os agentes da comunidade da Secretaria de Agricultura, Pecuária

Leia mais

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS Carlos Jerônimo da Silva Gueiros Um mundo em transformação 1998 / 1999 Mutirão Digital apoiar as escolas públicas no acesso à Internet 2010-12 anos depois...

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO CONVERSA DE ELEVADOR Sendo um empreendedor social, você sabe como é importante ser capaz de descrever sua organização, definindo o que diferencia seu trabalho e detalhando o

Leia mais

a marca A SEGUIR, VOCÊ DESCOBRE COMO FAZER PARTE DE TUDO ISSO.

a marca A SEGUIR, VOCÊ DESCOBRE COMO FAZER PARTE DE TUDO ISSO. a marca A Cabelos&cia é referência em conteúdo sobre beleza profissional há 19 anos. E agora toda sua excelência está atualizada, repaginada e muito mais acessível com o portal Cabelos&cia. Direcionado

Leia mais

Uso estratégico do Facebook Como sua empresa pode explorar a rede social ao máximo

Uso estratégico do Facebook Como sua empresa pode explorar a rede social ao máximo Uso estratégico do Facebook Como sua empresa pode explorar a rede social ao máximo www.talk2.com.br 03 Introdução 3 05 06 07 10 10 12 20 CONSTRUÇÃO DE ESTRATÉGIAS 2.1Facebook e a predileção pelas marcas

Leia mais

ducker.com.br O site da Torcida Tricolor MÍDIA KIT

ducker.com.br O site da Torcida Tricolor MÍDIA KIT ducker.com.br O site da Torcida Tricolor MÍDIA KIT O Site ducker.com.br foi criado em novembro de 2005, por Richard Eduard Ducker, atualmente conselheiro do Grêmio e colaborador do clube. É um veículo

Leia mais

Planejamento de Mídias Sociais. Endireitados

Planejamento de Mídias Sociais. Endireitados Planejamento de Mídias Sociais Endireitados 1. Entendendo o Endireitados Quem nunca passou um bom tempo se preparando para um Exame, seja no cólegio, faculdade ou concurso público? São N horas de estudo,

Leia mais

As oportunidades de utilização do SMS no marketing político

As oportunidades de utilização do SMS no marketing político As oportunidades de utilização do SMS no marketing político "Dicas e oportunidades para mobilização de massas através de mensagens curtas de texto via SMS e marketing de permissão." por Rubem Didini e

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

Planejamento estratégico, Portal e Redes Sociais. A experiência da Assembleia de Minas

Planejamento estratégico, Portal e Redes Sociais. A experiência da Assembleia de Minas Planejamento estratégico, Portal e Redes Sociais A experiência da Assembleia de Minas Um pouco de história 1979: início da informatização 1995: lançamento do Portal da Assembleia de Minas segunda casa

Leia mais

Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS

Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA 50 milhões de usuários IDADE MÍDIA 90 milhões de brasileiros na WEB, 70 milhões na rede social Facebook e mais de 30 milhões no Twitter ADEUS

Leia mais

Redes sociais x mídias sociais

Redes sociais x mídias sociais INTRODUÇÃO Esse workshop tem como objetivo de organizar o uso das redes sociais no Santuário Nacional e Rede Aparecida, de forma a facilitar o trabalho de monitoramento e de produção de conteúdo para as

Leia mais

ANA LÚCIA DE OLIVEIRA BARRETO

ANA LÚCIA DE OLIVEIRA BARRETO COLÉGIO MILITAR DO RIO DE JANEIRO GUIA BÁSICO DE UTILIZAÇÃO DA REDE COLABORATIVA Construçãoo de Saberes no Ensino Médio ANA LÚCIA DE OLIVEIRA BARRETO CMRJ - 2010 2 LISTA DE FIGURAS Figura 01: Exemplo de

Leia mais

A Comunicação da Rede Social de Cidades. Maio de 2012

A Comunicação da Rede Social de Cidades. Maio de 2012 A Comunicação da Rede Social de Cidades Maio de 2012 Sistematização da pesquisa virtual realizada entre os integrantes da Rede no período de abril a maio de 2012 A pesquisa de satisfação da Comunicação

Leia mais

A Conciliação. A Campanha 2015. Objetivos da Campanha

A Conciliação. A Campanha 2015. Objetivos da Campanha A Conciliação A Semana Nacional da Conciliação é uma ação institucional do CNJ que ocorre desde 2008. Essa iniciativa, já consolidada, conta com a participação de demais tribunais brasileiros e terá logomarca

Leia mais

Manual de uso - Redes Sociais Clube Turismo. Fevereiro/2013

Manual de uso - Redes Sociais Clube Turismo. Fevereiro/2013 Fevereiro/2013 Manual de uso - Redes Sociais Clube Turismo Clube Turismo Matriz Av. Pres. Epitácio Pessoa, 724, Torre CEP 58040-000 João Pessoa / PB www.clubeturismo.com.br 2 2. Breve cenário: O brasileiro

Leia mais

SOBRE A QSOCIAL. Agência de comunicação para ONGs Negócios sociais Institutos Fundações Responsabilidade social corporativa

SOBRE A QSOCIAL. Agência de comunicação para ONGs Negócios sociais Institutos Fundações Responsabilidade social corporativa SOBRE A QSOCIAL Agência de comunicação para ONGs Negócios sociais Institutos Fundações Responsabilidade social corporativa Revista para voluntários da ONG Turma do Bem Conteúdo para mídias sociais e blog

Leia mais

*** Os serviços de redes sociais mais utilizados no setor público

*** Os serviços de redes sociais mais utilizados no setor público [O livro baseia-se em entrevistas exploratórias realizadas entre 2009 e 2011 com diretores de agências e departamentos do Poder Executivo do governo federal americano, com profissionais de TI que trabalham

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

Integração de campanhas de links patrocinados com mídia gráfica

Integração de campanhas de links patrocinados com mídia gráfica Encontre aqui um apanhado de indicadores, estudos, análises e pesquisas de variadas fontes, todas vitais para avaliação e mensuração do desempenho e dos negócios no mundo digital Aunica Integração de campanhas

Leia mais

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital Apresentação Presença Digital 2012 ÍNDICE 1. GESTÃO MÍDIAS SOCIAIS... 03 2. ESTRATÉGIAS COMPLEMENTARES... 04 3. PERSONALIZAÇÃO... 05 4. CASES... 06 5. SOBRE A INTERMIDIA BRASIL... 13 6. CLIENTES... 14

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

Uma Publicação Grupo IPub. Guia. redes sociais para clínica de estética. Guia de redes sociais para clínica de estética

Uma Publicação Grupo IPub. Guia. redes sociais para clínica de estética. Guia de redes sociais para clínica de estética Uma Publicação Grupo IPub Guia redes sociais para clínica de estética Guia de redes sociais para clínica de estética Conteúdo 1. Introdução 2. A força das redes sociais para clínica de estética 3. As redes

Leia mais

TIRE SEU PROJETO- DAGAVETA. kinghost.com.br 2

TIRE SEU PROJETO- DAGAVETA. kinghost.com.br 2 TIRE SEU PROJETO- DAGAVETA 2 #2 Como minha empresa pode explorar as redes sociais Muitas empresas identificam nas redes sociais um caminho mais curto e rápido para divulgar uma promoção de produtos e serviços,

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

17 a 20 de agosto de 2010, Rio de Janeiro. Presença das Prestadoras de Serviço Público nas Redes Sociais Flavia Garcia Reis

17 a 20 de agosto de 2010, Rio de Janeiro. Presença das Prestadoras de Serviço Público nas Redes Sociais Flavia Garcia Reis 17 a 20 de agosto de 2010, Rio de Janeiro Presença das Prestadoras de Serviço Público nas Redes Sociais Flavia Garcia Reis Objetivos Principal Identificar as redes sociais adequadas para o Grupo Águas

Leia mais

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail...

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... FACEBOOK Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... 8 Características do Facebook... 10 Postagens... 11

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL!

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL! O guia completo para uma presença online IMBATÍVEL! Sumário Introdução 3 Capítulo 1 - Produção de Conteúdo: Por que e Como produzir 5 Capítulo 2 - Distribuição e Divulgação 8 Capítulo 3 - Monitoramento

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

Prefácio. Boa leitura e bons negócios!

Prefácio. Boa leitura e bons negócios! Prefácio Muito se fala atualmente sobre a importância das mídias sociais para os negócios. O número crescente de usuários das mídias sociais, que já ultrapassa um bilhão no mundo, atrai empresas de todos

Leia mais

MICROSOFT INSIDERS BRASIL. e a digitalização do relacionamento com a mídia

MICROSOFT INSIDERS BRASIL. e a digitalização do relacionamento com a mídia Índice Introdução 3 Cenário Conceito Desafios da comunicação Público alvo Estratégia de comunicação Exemplo de ação 7 Anexos 10 4 5 5 6 6 2 Introdução A Microsoft Brasil é uma subsidiária da Microsoft

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing 26 3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing O surgimento das mídias sociais está intimamente ligado ao fenômeno da geração de conteúdo pelo usuário e ao crescimento das redes sociais virtuais

Leia mais

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

Sua empresa on-line, 24hs por dia, para usuários em qualquer parte do mundo? SOMENTE UM SITE PERMITE ISSO!

Sua empresa on-line, 24hs por dia, para usuários em qualquer parte do mundo? SOMENTE UM SITE PERMITE ISSO! Sua empresa on-line, 24hs por dia, para usuários em qualquer parte do mundo? SOMENTE UM SITE PERMITE ISSO! Qualquer site? Um site de 1ª deve ser: Responsivo Com conteúdo campeão Otimizado Atualizável e

Leia mais

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR josuevitor16@gmail.com @josuevitor Marketing Digital Como usar a internet

Leia mais

Site institucional da Secretaria de Saúde de Goiânia como comunicação estratégica¹

Site institucional da Secretaria de Saúde de Goiânia como comunicação estratégica¹ Site institucional da Secretaria de Saúde de Goiânia como comunicação estratégica¹ Serena Veloso GOMES² Thamara Rocha Ribeiro FAGURY³ Kalyne Menezes SOUZA4 Silvana Coleta Santos PEREIRA5 Universidade Federal

Leia mais

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento.

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento. Criação Personalização Gerenciamento. A Cafuné Design trabalha com as principais mídias e plataformas digitais do momento: Facebook, Twiiter, Instagram, Youtube e LinkedIn. Novas ferramentas de mídia social

Leia mais

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa?

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Você já pensou em posicionar sua marca na internet? Construir um relacionamento com seu cliente é uma das formas mais eficazes de

Leia mais

ANEXO I Sumário Manual de Preços e Serviços Digitais

ANEXO I Sumário Manual de Preços e Serviços Digitais Sumário 1 -LANDING PAGE...2 1.1)Layout, texto e produção do HTML...2 2 -MÍDIA...2 2.1)Planejamento de mídia...2 2.2)Criação das Campanhas...2 2.3)Mensuração dos resultados...2 2.4)Criação e Produção das

Leia mais

COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS

COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS PROJETO INSÍGNIA DA MADEIRA COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS COMO ORGANIZAR SEU GRUPO ESCOTEIRO PARA UMA MELHOR COMUNICAÇÃO COM A COMUNIDADE, MEMBROS JUVENIS E ADULTOS UTILIZANDO A INTERNET. LUÍS

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais

CONTEÚDOS. Blog REDES SOCIAIS VIDEOS ONLINE PARTILHA DE FOTOGRAFIAS PARTILHA DE APRESENTAÇÕES

CONTEÚDOS. Blog REDES SOCIAIS VIDEOS ONLINE PARTILHA DE FOTOGRAFIAS PARTILHA DE APRESENTAÇÕES CONTEÚDOS ANTES DE INICIAR A SUA AVENTURA NAS REDES, TENHA EM CONTA AS SEGUINTES DICAS: Atribua a administração de cada canal e/ou estratégia a alguém que faça parte da sua empresa; Dê formação à sua equipa

Leia mais

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico O Dia D e a culturalização de um posicionamento estratégico 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE Centro Universitário Franciscano uma universidade para suas aspirações Santa Maria é um polo educacional

Leia mais

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Marketing no Facebook Marketing de conteúdo e engajamento na rede Marketing de conteúdo no Facebook Tipos de conteúdo Edge Rank e os fatores de engajamento Facebook Ads

Leia mais

Como monitorar o que estão falando da minha empresa

Como monitorar o que estão falando da minha empresa http://www.tecnocratadigital.com.br/wp-content/uploads/2010/11/social-media-optimization.jpg Como monitorar o que estão falando da minha empresa nas Mídias Sociais de forma simples e direta. Paulo Milreu

Leia mais

Apesar de serem tratados como sinônimos existem diferenças conceituais entre os termos redes sociais e mídias sociais.

Apesar de serem tratados como sinônimos existem diferenças conceituais entre os termos redes sociais e mídias sociais. Guia de presença oficial nas Mídias Sociais 1. Introdução As entidades integrantes do Sicoob estão representadas pelos perfis nacionais do Sistema nas mídias sociais, administrados pela Confederação. No

Leia mais

Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em mídias sociais. Setembro de 2009

Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em mídias sociais. Setembro de 2009 Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em mídias sociais Setembro de 2009 A pesquisa Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em mídias sociais foi direcionada para

Leia mais

Mídias Sociais do jeito mais fácil. Guia do Usuário

Mídias Sociais do jeito mais fácil. Guia do Usuário Mídias Sociais do jeito mais fácil Guia do Usuário Índice 3. Buscas 4. Funcionalidades 5. Monitor 6. Relacionamento 7. Publicação 8. Estatísticas 9. Tutorial Cadastrando uma busca Classificando o conteúdo

Leia mais

Secretária-Geral da Presidência da República - SG/PR Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD

Secretária-Geral da Presidência da República - SG/PR Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD Secretária-Geral da Presidência da República - SG/PR Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD Projeto BRA/12/018 Desenvolvimento de Metodologias de Articulação e Gestão de Políticas Públicas

Leia mais

ÍNDICE Objetivos do documento... 5 Conceitos básicos... 6

ÍNDICE Objetivos do documento... 5 Conceitos básicos... 6 ÍNDICE Objetivos do documento... 5 Conceitos básicos... 6 O que são redes sociais?... 6 A formação de opinião na era das redes sociais... 8 Quantificando a nova era social... 11 Quais são as principais

Leia mais

REDES SOCIAIS: Oportunidade de diálogo com a comunidade

REDES SOCIAIS: Oportunidade de diálogo com a comunidade REDES SOCIAIS: Oportunidade de diálogo com a comunidade Prof. Thiago Costa facebook.com/thicosta @thicosta thicosta@gmail.com www.profthiagocosta.wordpress.com www.evcom.com.br QUEM É O NOVO LEITOR? Online

Leia mais

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO As empresas sabem que o planejamento digital, gestão de conteúdo, anúncios, campanhas

Leia mais

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL INTRODUÇÃO Já imaginou ter acesso a dados e estatísticas do website do concorrente? Com alguns aplicativos e ferramentas, isso já é possível. Com ajuda deles, você

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

Monitoramento de Marcas no Twitter: Instituições de Ensino Superior Privadas de Salvador. Monitoramento de Marcas no Twitter: Inst.

Monitoramento de Marcas no Twitter: Instituições de Ensino Superior Privadas de Salvador. Monitoramento de Marcas no Twitter: Inst. Monitoramento de Marcas no Twitter: Instituições de Ensino Superior Privadas de Salvador Introdução A web contemporânea nos revela aspectos importantes no comportamento de seus usuários: produção e compartilhamento

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Apresentação A emergência de novas tecnologias de informação e comunicação e sua convergência exigem uma atuação de profissionais com visão

Leia mais

Idade 28 anos Portfólio www.andersonmoco.com.br E-mail andersonmoco2@gmail.com. Celular + 55 11 99339-5893 Fixo + 55 11 3624-1917

Idade 28 anos Portfólio www.andersonmoco.com.br E-mail andersonmoco2@gmail.com. Celular + 55 11 99339-5893 Fixo + 55 11 3624-1917 Anderson Moço www.andersonmoco.com.br Jornalista com experiência em criação e desenvolvimento de sites, edição de textos, produção de reportagens e vídeos, planejamento e estratégias de ação em mídias

Leia mais

Cases. Estratégias de Marketing de Conteúdo por quem entende do assunto

Cases. Estratégias de Marketing de Conteúdo por quem entende do assunto Cases Estratégias de Marketing de Conteúdo por quem entende do assunto ContaAzul O ContaAzul é um sistema de gestão empresarial para micro e pequenas empresas. O objetivo é ajudá-las a crescer de forma

Leia mais

INVESTIR EM MARKETING

INVESTIR EM MARKETING » 62 RAZÕES PARA Fatos e estatísticas sobre marketing de conteúdo INVESTIR EM MARKETING Traduzido, DE adaptado CONTEÚDO e incrementado a partir «de: http://kapost.com/content-marketing-facts 1 Marketing

Leia mais

Bom dia. Mídias Sociais. É um grande prazer poder levar para vocês um pouco do meu conhecimento sobre o fenômeno Facebook

Bom dia. Mídias Sociais. É um grande prazer poder levar para vocês um pouco do meu conhecimento sobre o fenômeno Facebook Bom dia É um grande prazer poder levar para vocês um pouco do meu conhecimento sobre o fenômeno Facebook Eu sou Andrea Rufino. Gerente de Marketing e Comunicação da Amadeus. Gostaria de dividir com vocês

Leia mais

Relatório de comunicação digital da Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis Janeiro a Julho/2012

Relatório de comunicação digital da Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis Janeiro a Julho/2012 Relatório de comunicação digital da Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis Janeiro a Julho/2012 Índice Apresentação...2 Público-alvo...2 Plataformas utilizadas: Ning...3 Twitter...4 Facebook...5

Leia mais

Gestão de marcas nas redes sociais Claudia Palma

Gestão de marcas nas redes sociais Claudia Palma Gestão de marcas nas redes sociais Claudia Palma Claudia Palma claudia@agenciabrowse.com.br @claudinhapalma facebook.com/claudinhaclaudinhapalma linkedin.com/in/claudinhapalma Facebook para começar Crie

Leia mais

22 táticas comprovadas para aumentar seu engajamento no Facebook. Como explodir seu engajamento com dicas incrivelmente simples!

22 táticas comprovadas para aumentar seu engajamento no Facebook. Como explodir seu engajamento com dicas incrivelmente simples! Facebook Marketing 22 táticas comprovadas para aumentar seu engajamento no Facebook Como explodir seu engajamento com dicas incrivelmente simples Introdução 22 táticas comprovadas para aumentar seu engajamento

Leia mais

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais.

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais. The New Conversation: Taking Social Media from Talk to Action A Nova Conversação: Levando a Mídia Social da Conversa para a Ação By: Harvard Business Review A sabedoria convencional do marketing por muito

Leia mais

MATEMÁTICA Ellen Hertzog ** RESUMO

MATEMÁTICA Ellen Hertzog ** RESUMO MATEMÁTICA Ellen Hertzog ** O TWITTER COMO FERRAMENTA DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE RESUMO Este artigo trata da utilização do Twitter como uma ferramenta de ensino e aprendizagem de Matemática. A experiência

Leia mais

Especialização em Marketing Digital - NOVO

Especialização em Marketing Digital - NOVO Especialização em Marketing Digital - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O ambiente de negócios tem sido modificado pelas Novas Tecnologias da

Leia mais

ACESSO AO AMBIENTE E ÀS SALAS VIRTUAIS

ACESSO AO AMBIENTE E ÀS SALAS VIRTUAIS ACESSO AO AMBIENTE E ÀS SALAS VIRTUAIS Ao acessar o portal você poderá acessar a partir de 2 áreas: 1 Menu do topo; 2 Link (Acesso) abaixo da figura. 1 2 3 1 2 3 Logando pela Área de Login no menu do topo

Leia mais

ANEXO V À RESOLUÇÃO Nº XX/2015, DE XX DE XXXX DE 2015.

ANEXO V À RESOLUÇÃO Nº XX/2015, DE XX DE XXXX DE 2015. ANEXO V À RESOLUÇÃO Nº XX/2015, DE XX DE XXXX DE 2015. 1 OBJETIVO O objetivo deste documento é estipular um plano de ação para criar e gerenciar perfis do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

ÂMBITO DO MARKETING. Brasília, 24 a 26/04/2014 Célio Ballona Jr.

ÂMBITO DO MARKETING. Brasília, 24 a 26/04/2014 Célio Ballona Jr. ÂMBITO DO MARKETING Brasília, 24 a 26/04/2014 Célio Ballona Jr. Dados - população brasileira Internet no Brasil Hoje, somos o 5º país mais conectado no mundo. Somos mais de 105 milhões de internautas.

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

OFICINA BLOG DAS ESCOLAS

OFICINA BLOG DAS ESCOLAS OFICINA BLOG DAS ESCOLAS Créditos: Márcio Corrente Gonçalves Mônica Norris Ribeiro Março 2010 1 ACESSANDO O BLOG Blog das Escolas MANUAL DO ADMINISTRADOR Para acessar o blog da sua escola, acesse o endereço

Leia mais

Portfólio Web Design e Marketing Digital

Portfólio Web Design e Marketing Digital Portfólio Web Design e Marketing Digital Chandra Santos Especialista em Marketing e Design Digital pela ESPM Rio. Bacharel em Comunicação Social/Jornalismo pela Estácio (Clique nos ícones e me acompanhe)

Leia mais

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS?

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? COM SOCIAL MEDIA RESEARCH VOCÊ PODE UMA NOVA METODOLOGIA QUE PARTE DO CRUZAMENTO ENTRE AS MELHORES

Leia mais

CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA

CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA A forma tradicional de governar, em geral, tem se distanciado da população. Há poucos canais de diálogo e participação popular. Parte disso se deve à burocracia

Leia mais

Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica

Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica Pedro Henrique SOUZA¹, Gabriel Henrique Geraldo Chaves MORAIS¹, Jessiara Garcia PEREIRA².

Leia mais

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO SUMÁRIO Efetuando o Login na comunidade... 3 Esqueceu sua senha?... 3 Página Principal... 4 Detalhando o item Configurações... 5 Alterar Foto... 5 Alterar Senha... 5 Dados Pessoais... 6 Configurações de

Leia mais

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção.

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. estratégias online Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. serviços consultoria Benchmark Planejamento

Leia mais

Material de Divulgação Online: Pólos do Campus Virtual 1º semestre/2012

Material de Divulgação Online: Pólos do Campus Virtual 1º semestre/2012 Material de Divulgação Online: Pólos do Campus Virtual 1º semestre/2012 Agenda 1. A importância da presença digital para a sua marca 2. Obje:vos do Kit de Divulgação 3. A presença digital da Pós- Graduação

Leia mais

Mídias sociais: novo modelo de marketing e comunicação

Mídias sociais: novo modelo de marketing e comunicação Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) Mídias sociais: novo modelo de marketing e comunicação Maria Fazanelli Crestana (USP) - crestana@usp.br Eidi Raquel Franco Abdalla (FMUSP) - eidi@biblioteca.fm.usp.br Fabiola

Leia mais

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE CAMPANHA EM MARKETING DIGITAL

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE CAMPANHA EM MARKETING DIGITAL PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE CAMPANHA EM MARKETING DIGITAL O QUE É? Marketing digital é o conjunto de ações de comunicação no ambiente digital. Seu propósito é divulgar, conquistar e melhorar a rede

Leia mais