MANUAL UDOP DE ATUAÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL UDOP DE ATUAÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS"

Transcrição

1 MANUAL UDOP DE ATUAÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS Araçatuba, maio de 2013

2 UDOP - União dos Produtores de Bioenergia Departamento de Comunicação Manual UDOP de Atuação nas Mídias Sociais - 1ª Edição. Araçatuba, SP, 2013 Coordenação Rogério Mian Textos Greizi Ciotta Andrade Grupo de Trabalho Camila Lemos Fábio Leme Greizi Ciotta Andrade Rogério Mian Imagens Ilustrativas

3 Sumário Introdução... 3 Conceitos básicos... 4 O poder das Mídias Sociais... 4 Conheça algumas Mídias Sociais... 6 Facebook... 6 Orkut... 8 Twitter... 9 YouTube Atuação UDOP nas Mídias Sociais Oportunidades e Riscos Riscos Diretrizes de linguagem verbal e visual Linguagem Volumes de postagem Escolha do conteúdo Imagens, infográficos ou vídeos Critérios de Utilização Facebook Twitter Orkut YouTube... 19

4 Gerenciamento de Crise Práticas Recomendadas Critérios para respostas Monitoramento Relatório Legislação e Penalidades Considerações Finais Referências... 27

5 Introdução Com o crescimento acelerado da internet, a presença das empresas, companhias, corporações e entidades representativas nas Mídias Sociais são cada vez mais importantes, seja através de sites ou blog corporativo, de um canal no Youtube, ou de um perfil no Facebook e no Twitter. Entretanto, ao mesmo tempo em que esses caminhos possibilitam uma relação mais próxima entre o usuário e as empresas, também torna a marca mais exposta a supostos ataques, sejam positivos ou negativos. A UDOP União dos Produtores de Bioenergia, consciente das oportunidades expostas nas Mídias Sociais criou páginas no Facebook, Orkut, Twitter e YouTube. A entidade acredita que através dessas mídias, poderá atrair e estabelecer novas parcerias, estreitar relacionamento com diferentes públicos, promover positivamente as conquistas e projetos da UDOP, e ainda compartilhar e receber conteúdos das mais variadas fontes, através dos recursos e ferramentas que as Mídias Sociais disponibilizam. Entretanto, além das oportunidades, a entidade está consciente dos riscos que pode correr estando exposta ao mundo digital. Como forma de proteger a si (como entidade) e a suas associadas e parceiras, a UDOP, mais uma vez, sai na frente e é a primeira entidade representativa do setor bioenergético a criar um Manual UDOP de Atuação das Mídias Sociais. O objetivo do documento é estipular as práticas e guiar o comportamento e as atividades dos administradores das contas e dos colaboradores da entidade, incluindo a produção de conteúdo, interação com o público e atuação em casos de crise. É importante lembrar que a UDOP criou o primeiro Portal de Notícias, em 1998, e a primeira webtv do setor da bioenergia em Para desenvolver o presente documento, o departamento de Comunicação da UDOP utilizou como base dois manuais de conduta, lançados no ano passado: Manual de Conduta das Mídias Sociais da Embrapa, e Manual de Orientação para Utilização em Redes Sociais, da Secretária de Comunicação da Presidência da República. Desta forma, as regras e os critérios para a utilização das páginas do Facebook, do Orkut, Twitter e YouTube da entidade, estão de acordo com as estabelecidas nos manuais acima citados. 3

6 Conceitos básicos Para entendermos melhor e facilitar o trabalho é importante diferenciar os conceitos de Mídias Sociais e Redes Sociais. Apesar de serem tratados como sinônimos, os termos apresentam diferenças conceituais. As Redes Sociais referem-se ao próprio ciclo social, os grupos de interesses semelhantes, ou até mesmo o próprio contato com outro indivíduo dentro de um mesmo ambiente social. As Redes Sociais são estruturas compostas por pessoas ou organizações. Essas por sua vez, estão conectadas por um ou vários tipos de relações. Pessoas que fazem parte da mesma rede social compartilham valores e interesses em comum. As Redes Sociais podem operar em diferentes níveis, como por exemplo, redes de relacionamentos (Facebook, Orkut, Myspace, Twitter), redes profissionais (LinkedIn), redes comunitárias (redes sociais em bairros ou cidades), redes políticas, entre outras, e permitem analisar a forma como as organizações desenvolvem a sua atividade, como os indivíduos alcançam os seus objetivos ou mensuram o valor que os indivíduos obtêm da Rede Social. Um ponto em comum entre as diversas modalidades é o compartilhamento de informações, o interesse e esforço em busca dos mesmos objetivos. As Mídias Sociais representam um espaço onde ocorre o compartilhamento de conteúdo, opiniões, experiências etc. Dentro das Mídias Sociais cada usuário se torna um produtor de conteúdo, onde ele atua como um meio de informação para todas as pessoas presentes na rede. Trata-se de um fenômeno mediado pelas novas tecnologias, especialmente por computadores e dispositivos móveis, que tem como características a colaboração, a construção coletiva e o rápido intercâmbio de mensagens em diferentes mídias através da internet. Inúmeras iniciativas e tecnologias de Mídia Social têm caráter de rede, com o estabelecimento de conexões entre os atores sociais, que podem ser pessoas, instituições, canais, veículos ou grupos. Em resumo, podemos concluir que as Redes Sociais estão dentro das Mídias Sociais, que são um grupo muito mais amplo. Como exemplo, podemos citar uma comunidade de pessoas que gostam das mesmas coisas, isso é uma Rede Social. Esse grupo pode estar reunido no Orkut, ou no Facebook, ou em outra ferramenta, isso é Mídia Social. 4

7 O poder das Mídias Sociais Nos dias atuais, não é mais suficiente fazer uma boa divulgação. Uma atuação corporativa nessas Mídias Sociais exige uma avaliação cuidadosa. A estratégia deve considerar o público-alvo, o objetivo da comunicação e a disponibilidade de recursos da instituição. Isso vai definir em que ambientes, com quais conteúdos e de que forma atuar. Mesmo que essa avaliação indique que não é possível ou estratégico atuar de maneira corporativa, a entidade precisa estar ciente de que ela já está presente no ambiente online. As pessoas podem citar a marca, criticar, inserir fotos ou vídeos relacionados à UDOP. Os próprios ados e colaboradores estão na rede e muitas vezes falam de assuntos de trabalho, o que pode trazer benefícios ou prejuízos à entidade. Além disso, a redução do custo de publicação, a quase zero, possibilita a produção de conteúdos muito específicos também para pequenos públicos. Liberdade de comunicação interativa, combinada à facilidade de uso das ferramentas para fazê-lo e a uma arquitetura participativa em redes, forma a base da receita para que as plataformas de Mídias Sociais possam ser classificadas como uma das mais influentes formas de mídia até hoje criada. Na versão interativa da web, é possível fazer muito mais, com muito menos. 5

8 Conheça algumas Mídias Sociais Dentre as muitas Mídias Sociais, a UDOP escolheu participar do Facebook, Orkut, Twitter e YouTube. Para entender e poder trabalhar com essas mídias é necessário conhecer seus conceitos e características. Facebook O Facebook é a mais popular Rede Social da história. O sistema nasceu das mãos de estudantes de computação da Universidade de Harvard, Mark Zuckerberg, Eduardo Saverin, Dustin Moskovitz e Chris Hughes. Com o nome original de Facemash, o software foi escrito por Zuckerberg, no segundo ano dos estudos. O objetivo inicial do programa era classificar quem era quente ou não, no sentido de ser sexualmente atraente. Uma brincadeira que deu certo. Hoje, o Brasil já é o segundo país no mundo em número de assinantes do Facebook. Somente em dezembro de 2012, 2,4 milhões de brasileiros se tornaram clientes de Mark Zuckerberg, uma taxa de crescimento de 3,89%, de acordo com dados da Consultoria Quintly. Isso fez com que o ano de 2012 fechasse com 64,6 milhões de usuários ativos, atrás apenas dos EUA. Depois de destronar o Orkut, primeira grande Rede Social a cair no gosto do internauta brasileiro, o Face tem hoje 23,38% de penetração na população brasileira total, sendo 61,90% na população online do país. Em termos mundiais, a influência do Facebook se mostra cada vez maior. Embora tenha perdido 120,4 mil pessoas com perfil no site, os Estados Unidos têm mais da metade da população conectada à Rede Social (53,9%), com 168,8 milhões de pessoas. O Brasil vem em segundo, seguido por Índia e Indonésia, que têm 62,6 mi e 51,4 mi, respectivamente. Na sexta posição, o Reino Unido também teve mais desistências do que acréscimos, com uma taxa de queda de 2,15%, perdendo 728,5 mil usuários. 6

9 Frente a esse enorme alcance de público, é compreensível a importância de designar a administração das Redes Sociais a pessoas preparadas. Você sabe, por exemplo, qual são as diferenças entre Perfil e Fanpage do Facebook? Muitas empresas não sabem e começam de forma errada, criando um Perfil ao invés de uma Fanpage. O Perfil é a interface para usuários comuns, deve ser usada por pessoas e não organizações. Com o Perfil construímos amizades, compartilhamos informações pessoais, gostos, notícias, vídeos, links. Isso significa que empresas que possuem perfil estão infringindo os termos de serviço do Facebook, podendo este perfil ser penalizado e removido pelo próprio Facebook. A Fanpage foi criada pelo Facebook especialmente para empresas e projetos comerciais. Todas as informações básicas de uma página já vêm padronizadas para um negócio (endereço, telefone, horário de atendimento ), diferente de um perfil onde se tem a opção de dizer, por exemplo, onde estudou, onde trabalha, com quem namora, entre outros. A Fanpage oferece a customização de acordo com cada negócio; traz relatórios para medir as mudanças da sua página e até mesmo conhecer o público que vem aderindo ao projeto; mostrar o número de pessoas que são alcançadas e veem a publicação. Além disso, tendo uma Fanpage, você pode fazer publicidade com um baixo custo através de anúncios do Facebook Ads, promovendo sua Fanpage e alcançando milhões de novos fãs de forma totalmente segmentada e personalizada. 7

10 Orkut O Orkut é uma Rede Social filiada ao Google, criada em 24 de janeiro de 2004 com o objetivo de ajudar seus membros a conhecer pessoas e manter relacionamentos. Seu nome é originado no projetista chefe, Orkut Büyükkökten, engenheiro turco do Google. O alvo inicial do Orkut era os Estados Unidos, mas a maioria dos usuários é do Brasil e da Índia. No Brasil, a Rede Social teve mais de 30 milhões de usuários, mas foi ultrapassada pelo líder mundial, Facebook. Na Índia também é a segunda Rede Social mais visitada. Hoje, o Orkut tem mais de 33 milhões de usuários ativos no mundo. Embora não detalhe os rumos da rede, o Google comemora o crescimento, que em 2012 atingiu a marca de 100 bilhões de buscas por mês no mundo. Outra razão para celebrar foi a expansão dos aplicativos móveis, que no ano passado atingiu a marca de 1,3 milhão de novas ativações do sistema Android por dia, além dos 25 bilhões de downloads de aplicativos desenvolvidos pelo Google para o sistema. 8

11 Twitter O Twitter foi fundado em março de 2006 por Jack Dorsey, Evan Williams e Biz Stone como um projeto paralelo da Odeo (uma empresa de podcasting que não trouxe resultados em sua área de atuação). A ideia surgiu de Dorsey durante uma reunião em que ele falava sobre um serviço de troca de status, como um SMS. O Twitter é um micro-blogging, com mensagens, ou tweets, limitados a 140 caracteres, que cria uma lista de seguidores (pessoas que o seguem), ou uma rede para interação em tempo real com as pessoas que se encontram na rede e fora dela (que se encontrem online). É também, uma ferramenta de marketing para as empresas, marcas, serviços ou produtos. Em 2012, sua base de usuários ativos cresceu 40%. Hoje, são 288 milhões de usuários ativos no mundo, cerca de 20% dos usuários da internet mundial usam o Twitter pelo menos uma vez por mês. É a quarta Rede Social do ranking. 9

12 YouTube O YouTube é um site dedicado a vídeos, onde usuários comuns e empresas podem divulgar e/ou compartilhar vídeos em formato digital. Sua fundação se deu em fevereiro de 2005, por três pioneiros (Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim) do famoso site de gerenciamento de transferências online, o PayPal. Em 9 de outubro de 2006, o YouTube foi comprado pela Google. O YouTube tem como seu formato de vídeo o padrão Adobe Flash, e no seu seguimento é o site mais popular pela grande variedade e facilidade em publicar vídeos. No site é possível encontrar, desde conteúdo amador, até produções antigas e atuais, documentários e produções direcionadas a web. Os vídeos enviados ao YouTube estão limitados a 15 minutos e arquivos de no máximo 2 Gb, aceitando o envio de vídeos na maioria dos formatos, incluindo.wmv,.avi,.mov, mpeg,.mp4, DivX e FLV, inclusive permitindo que vídeos sejam enviados diretamente do celular através do suporte ao formato 3GP. Contas habilitadas não têm limite de tempo ou arquivos. Hoje, o YouTube hospeda mais de 6 milhões de vídeos, crescendo em uma média mensal de 20%. Tem aproximadamente 280 milhões de usuários ativos no mundo e é a terceira Rede Social do ranking. 10

13 Atuação UDOP nas Mídias Sociais Mídias Sociais como o Twitter, Orkut e Facebook são ferramentas cada vez mais populares. São um fenômeno tão recorrente e forte que não passam mais despercebidas pelas empresas. Do ponto de vista do marketing, as Mídias Sociais devem ser vistas como um canal de relacionamento, fundamentais para a aproximação com o público-alvo e o fortalecimento da marca. Mas para isso, a entrada nesse mundo deve ser bem planejada, caso contrário, o resultado pode ser imperceptível ou mesmo prejudicial à imagem da entidade e seus parceiros. No caso de entidades representativas, o planejamento e o posicionamento nas Mídias Sociais são ainda mais importantes, pois estas representam não apenas a si, mas a terceiros. No caso da UDOP, a escolha em estar presente no Facebook, no Orkut, Twitter e YouTube visa aprimorar o relacionamento institucional, a promoção de serviços e o aumento da visibilidade da marca UDOP no Brasil e no exterior. Mais especificamente, essas ferramentas digitais devem ser utilizadas pela entidade para criar, estreitar e fortalecer relacionamentos da UDOP com os públicos externo e interno, de forma a estar cada vez mais próximo e à disposição, de forma a sanar dúvidas e informar de forma mais rápida e precisa. Estar presente nas Mídias Sociais permite, também, que a entidade compartilhe os materiais jornalísticos produzidos pela Agência UDOP de Notícias e pela TV UDOP. As matérias e os vídeos assim que postados no Portal UDOP, podem ser acessados pelas Mídias Sociais. A diferença é que são materiais compactos, diretos e precisos. No caso do YouTube, abre-se uma oportunidade, já que os vídeos disponibilizados na plataforma da entidade, em alguns casos, não podem ser acessados pelas unidades associadas. Com o vídeo no YouTube, quebram-se as fronteiras de visualização restrita. Através das Mídias Sociais, a UDOP poderá divulgar os serviços que oferece, sejam os cursos de qualificação profissional, especializações, aulas/palestras e cursos Incompany, pesquisas, cobertura de eventos, de uma forma mais dinâmica. Além disso, a entidade poderá ter o feedback imediato do público e assim poderá pautar e ajustar as novas estratégias voltadas para o público internauta. 11

14 Oportunidades e Riscos Estar presente nas Mídias Sociais pode trazer benefícios, mas também prejuízos aos usuários, por isso a importância do presente documento para ajudar os administradores de perfis oficiais da entidade, bem como os colaboradores, a adotar a prática de maneira proveitosa e responsável. Utilizando corretamente essas ferramentas online, a UDOP tem a oportunidade de:» Obter opiniões para criar ou melhorar seus serviços;» Ampliar a presença da UDOP em ferramentas de busca na internet, potencializando a visibilidade da entidade;» Reforçar sua imagem como entidade moderna e próxima do seu público;» Aproveitar o engajamento voluntário, próprio das mídias sociais, a favor da entidade;» Reagir de maneira rápida às ameaças à imagem da entidade. 12

15 Riscos As Mídias Sociais também podem trazer riscos para as empresas. Quando essas mídias são utilizadas em um contexto corporativo, não é só uma questão de colecionar amigos, avaliações positivas ou sinais de curtir. Quando mal elaborada e gerenciada, a estratégia social pode virar-se contra a empresa. Por isso, é importante que o administrador das Mídias Sociais esteja consciente e preparado para os riscos de estar nessa rede de relacionamentos.» Dar resposta às pressas com equívocos;» Divulgar informações sigilosas, ou antes, da hora adequada;» Favorecer a apropriação indevida de trabalhos da entidade;» Expor de forma inadequada a UDOP, seus empregados, colaboradores, associadas e parceiros. 13

16 Diretrizes de linguagem verbal e visual As interações via internet são, por definição, frias e distantes porque interagimos por intermédio de computadores, tabletes, celulares ou através da televisão. A maioria das interações sociais no mundo online é feita através de textos. Isso, infelizmente, pode abrir espaço para interpretações que, por vezes, são equivocadas. Quando se publica qualquer tipo de conteúdo nas Mídias Sociais, deve-se pensar que o público é diversificado e amplo, com pouco tempo e normalmente sem nenhum tipo de problema em passar adiante uma meia informação. Por isso, a melhor forma de garantir que o ciclo de informação seja completo na internet é utilizando conteúdos simples, objetivos, diretos e com a menor extensão possível. Desta forma, o tom de voz e o conteúdo dos perfis oficiais da UDOP devem ter sempre foco no interesse dos seguidores, fãs ou leitores, com dicas, curiosidades e notícias relacionadas a tecnologias, produtos e serviços da entidade. Também devem trazer posições oficiais da entidade e/ou de suas associadas, além de denotar credibilidade, utilidade, linguagem coloquial e leve, respeitando as regras gramaticais da língua portuguesa. Não devem expressar opiniões pessoais de quem gerencia a página porque se trata da voz da entidade. 14

17 Linguagem Deve ser simples e objetiva, mas não deve transmitir informações pela metade ou utilizar um tipo de linguagem excessivamente íntima com o usuário. É preciso evitar a linguagem específica (jurídica e técnica), excessivamente formal e burocrática. Independentemente de se estar presente nas redes, devese compreender que o emissor oficial da informação é a UDOP, e que a própria forma com que o conteúdo é postado interfere em sua credibilidade. É de extrema importância a utilização das regras estabelecidas no Plano de Comunicação da UDOP, em termos de redação e escrita. Volumes de postagem Cada Mídia Social, por natureza, carrega características à motivação do cidadão em utilizá-la. Desta forma, é impossível definir uma regra única para postagem, somando redes diversas como Twitter, Facebook e Youtube. Veja os critérios de utilização das Mídias Sociais a seguir. Escolha do conteúdo É necessário avaliar a relevância e a complexidade de cada informação para indicar o formato ideal a ser trabalhado. Quanto mais simples e menos relevante for um determinado conteúdo, menos recursos multimídia devem ser utilizados. Por outro lado, quanto mais importante e complexo, mais recursos devem ser empregados para chamar a atenção do usuário. Conteúdos polêmicos não devem ser publicados, evitando assim problemas e discussões desnecessárias. Imagens, infográficos ou vídeos Evite amarras que dificultem a publicação, o compartilhamento e a visualização das imagens ou recursos gráficos. É obrigatório creditar toda a imagem ou gráfico postado nas Mídias Sociais. 15

18 Critérios de Utilização Para que as Mídias Sociais cumpram os objetivos preestabelecidos no presente documento é necessário respeitar algumas regras básicas: Facebook» A redação deve estar na 1ª pessoa do plural (nós), com tom informal e forma direta;» Sempre dar prioridade para posts curtos que possibilitem o compartilhamento;» Na utilização de textos puros, evite ultrapassar também os 110 caracteres para que o texto não seja automaticamente encurtado pela plataforma, eliminando a possibilidade de chamar a atenção dos usuários;» Posts devem sempre carregar algum complemento, sejam imagens ou links para aprofundar as informações. Entre os sites encurtadores de URL, podemos citar o Bit.ly, Migre.me, (este último é utilizado pela UDOP);» Quando forem reproduzidas matérias de outras fontes que não sejam da Agência UDOP de Notícias e a TV UDOP, dê o crédito ao meio de comunicação;» Valorize os perfis oficiais das associadas à UDOP e interaja compartilhando informações;» Ofereça sugestões de conteúdos. Utilize teor emocional para envolver o usuário no assunto e convidar o mesmo para a interação. Se gostou, clique no botão curtir, recomende a leitura e chame para o vídeo do dia;» Materiais disponíveis no Portal da UDOP, como imagens, matérias jornalísticas, publicações, podem ser divulgados no Facebook;» O uso do Facebook no trabalho é monitorado pelo administrador da página da UDOP. 16

19 Twitter» Não ultrapassar o limite de 140 caracteres. A limitação de caracteres se dá exatamente pelo conceito inicial da ferramenta: mensagens SMS. Lembre-se, enviar mensagens curtas é o principal foco do serviço;» A redação deve estar na 1ª pessoa do plural (nós), com tom informal e forma direta;» Deve-se utilizar teor emocional para envolver o usuário no assunto e convidar o mesmo para a interação. Ex: retuíte, saiba mais;» Posts no Twitter devem sempre carregar links para aprofundamento no conteúdo. Entre os sites encurtadores de URL, podemos citar o Bit.ly, Migre.me, (este último é utilizado pela UDOP);» Compartilhe informações úteis, pensando no interesse de quem segue você no Twitter;» É recomendável incluir na mensagem o endereço do Twitter do autor que você citar, assim ele fica sabendo o que foi falado dele e pode iniciar um contato com O uso do Twitter no trabalho é monitorado pelo administrador da página da UDOP. 17

20 Orkut» A página do Orkut permanece apenas com informações institucionais, sem atualização ou postagens diárias;» O layout deve seguir o padrão das páginas da UDOP nas Mídias Sociais, de forma a atualizar imagens, logomarcas e textos, sempre que necessário;» É proibido participar de comunidades que usem o nome da UDOP e que não sejam oficiais;» É proibido criar comunidades ou perfis utilizando o nome da entidade sem autorização;» Existem correntes no Orkut solicitando que você reencaminhe a mensagem para seus amigos. Como essas mensagens não são bem-vistas pela comunidade online, não é permitido participar desse tipo de corrente.» Apesar de não ser atualizada diariamente, é ideal que o administrador verifique o que é postado na página. Se necessário, excluir o conteúdo;» O uso do Orkut no trabalho é monitorado pelo administrador da página da UDOP. 18

21 YouTube» Tenha preocupação com a qualidade do vídeo e com créditos sempre que utilizar um material (imagens) de outra instituição/grupo/empresa. Ex: Imagens: institucional CTC;» Os vídeos devem seguir as regras e critérios preestabelecidos no Manual de Estilo, contemplado no Plano de Comunicação da UDOP;» Preencher todos os campos pré-definidos como: título e descrição;» O YouTube sempre dá três opções de imagens a serem selecionadas. Neste caso, priorize a imagem que mostrar mais qualidade e, principalmente, que ilustra melhor a notícia. Lembre-se que a imagem escolhida no YouTube será publicada no Portal da UDOP;» Sempre relacionar a tag UDOP nos vídeos postados. Isso facilita o rastreamento de conteúdos da entidade e dá visibilidade para a marca;» A UDOP se utilizará de todas as ferramentas disponíveis no YouTube a fim de evitar o compartilhamento de conteúdo (vídeos), bem como a restrição a qualquer tipo de comentários;» Atenção: saiba que excluir um vídeo não significa que ele foi apagado da internet. O vídeo pode ter sido copiado por outro usuário e estar em diferentes links na rede. Por isso, confira tudo antes da postagem;» O uso do YouTube no trabalho é monitorado pelo administrador da página da UDOP. 19

22 Gerenciamento de Crise Uma crise em torno de uma marca envolvendo as diversas ferramentas na web é uma situação fora da normalidade, com impactos ou influências de cunho negativo para a organização. O importante é entender a situação e dar a devida proporção ao fato. Afinal, se você der demasiada importância a uma menção negativa que não tem tanto poder de notoriedade junto ao seu público, a crise pode ser gerada por você. Ao falarmos Redes ou Mídias Sociais e pensarmos em uma menção negativa, a ideia é de propagação rápida da mensagem e, se não gerenciada de maneira rápida e certeira, pode causar problemas para a entidade. Por isso, revertam as ferramentas da web de maneira positiva através do gerenciamento de crise. É recomendável que a UDOP identifique, constantemente, vulnerabilidades e ameaças relativas à sua presença nas Mídias Sociais. Uma crise ou ameaça identificada pelo administrador das contas da UDOP dever ser comunicada ao departamento de Comunicação da entidade, que vai avaliar e encaminhar, dependendo do caso, para diretoria e departamento de Relações Institucionais da entidade. O tempo recomendável para a tomada de decisões sobre a eventual crise deve ser imediato. É importante que fique claro que as estratégias de controle da situação, se identificada uma potencial crise, é do departamento de Comunicação. Toda estratégia deve estar pautada em princípios gerais tais como: veracidade da informação, transparência, agilidade nas respostas, precisão de fatos e dados. 20

23 Práticas Recomendadas» Se estiver errado, peça desculpas;» Sempre agradeça críticas, sugestões ou comentários, com postura educada evitando utilizar qualquer tipo de tonalidade técnica ou jurídica;» Convide os usuários com problemas para conversas privativas;» Os comentários inapropriados ou ofensivos devem ser removidos e, em caso de reincidência, a conta de quem os postar poderá ser bloqueada;» Comentário difamatório, que moleste, ameace ou, de qualquer forma, viole direitos de terceiros, (da entidade, associadas e colaboradores das mesmas) poderá ser retirado e seus autores igualmente bloqueados;» O respeito deve prevalecer em qualquer diálogo. Caso o comentário negativo tenha fundamento, é recomendável assumir o problema e informar imediatamente o que está sendo ou será feito para corrigir o erro.» É importante que o administrador das páginas da entidade se utilize de todos os recursos disponíveis nas Redes Sociais, como forma de proteger-se de comentários, compartilhamentos ou ofensas desnecessárias. Sempre que for preciso bloquear o acesso do usuário, deve-se fazer. 21

24 Critérios para respostas» As respostas da UDOP deverão ser objetivas, com informações precisas, esclarecedoras da posição da entidade, do empregado ou colaborador em questão. Respostas que possam ser interpretadas como ofensivas, ameaçadoras, abusivas ou rebaixando alguém devem ser evitadas, assim como discussões improdutivas;» Em boa parte das ocasiões, muito mais grave que o problema em si é ignorar a situação ou demorar a agir para sanar a questão. Por isso, aja com cautela, rapidez e sobriedade.» Antes de responder ou fazer um comentário, verifique o que outras pessoas já comentaram para evitar repetições desnecessárias e mal-entendidas.» Nunca responda de forma grosseira, mesmo que usem de grosseria contra você. Pessoas inteligentes privilegiam os argumentos contra a falta deles. Quando a pessoa não merecer sua atenção por falta de modos, simplesmente a ignore;» O ambiente online é um meio rápido de troca de mensagens, onde a agilidade e objetividade são fundamentais. Não deixe as pessoas sem respostas. Se ainda precisa apurar a questão, indique que está fazendo isso. E dê retorno o mais breve possível;» Aceite críticas educadamente. Veja o que pode ser levado como aprendizado. Mesmo que não concorde inicialmente, agradeça e siga em frente. 22

25 Monitoramento Somente pessoas autorizadas podem administrar as contas oficiais da UDOP nas Mídias Sociais. Por administrar entende-se publicar mensagens, disponibilizar conteúdos multimídia e responder a comentários feitos naquele perfil. Desta forma, o departamento de Comunicação da entidade deverá fazer o monitoramento das contas e fora delas, também. É recomendável aos administradores de todos os canais oficiais que incluam o monitoramento em suas rotinas em horário comercial. Fora deste período, o coordenador de Comunicação, fica responsável pelo trabalho. A entidade espera com essa ação: identificar e aproveitar oportunidades, mapear focos de possíveis crises para evitá-las ou reduzi-las, identificar ofensores da marca e influenciadores sociais favoráveis a ela. O detalhamento sobre procedimentos, ferramentas, metas, parâmetros de sucesso, indicadores de resultados, ou seja, as orientações-padrão de monitoramento a serem aplicadas pela UDOP serão de responsabilidade do departamento de Comunicação da entidade. É preciso ter cuidado em relação a quem a UDOP segue, assina ou curte nas Mídias Sociais. A postura de interação deve ser institucional e não pessoal. Não é adequado em contas oficiais fazer comentários com juízo de valor ou entrar em discussões de assuntos que não tenham relação com o trabalho da entidade. A conta oficial não deve estar ligada a uma causa sem que a entidade tenha publicamente expressado posição favorável. É importante ressaltar também, que o comportamento dos colaboradores da UDOP será monitorado, tanto pelo administrador das páginas da entidade, como pelo departamento de Tecnologia da Informação, de forma a identificar se os mesmos estão ferindo e/ou desrespeitando as regras impostas no presente documento. É de conhecimento de todo colaborador da UDOP, também, que não é permitido acessar ou postar conteúdo nas páginas das Mídias Sociais, assim como não é permitido que o colaborador ofenda ou se refira negativamente à entidade ou às suas associadas. Casos de violação de direitos e regras podem gerar consequências como advertência, suspensão e até demissão por justa causa. Verificar penalidades previstas a seguir. 23

Manual de mídias sociais

Manual de mídias sociais Manual de mídias sociais Julho/2014 Introdução A NovAmérica busca caminhar junto com as mudanças no mundo, sejam tecnológicas, comportamentais, sociais ou culturais. Assim, realiza ações que permitem aos

Leia mais

Marcele Bastos Consultora de comunicação mbastos.sa@gmail.com MÍDIAS SOCIAIS

Marcele Bastos Consultora de comunicação mbastos.sa@gmail.com MÍDIAS SOCIAIS Marcele Bastos Consultora de comunicação mbastos.sa@gmail.com MÍDIAS SOCIAIS TEMAS o O que são mídias sociais (conceito, apresentação dos diversos canais das redes sociais, gestão dos canais) o Moda ou

Leia mais

SISTEMÁTICA WEBMARKETING

SISTEMÁTICA WEBMARKETING SISTEMÁTICA WEBMARKETING Breve descrição de algumas ferramentas Sobre o Webmarketing Web Marketing é uma ferramenta de Marketing com foco na internet, que envolve pesquisa, análise, planejamento estratégico,

Leia mais

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento.

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento. Criação Personalização Gerenciamento. A Cafuné Design trabalha com as principais mídias e plataformas digitais do momento: Facebook, Twiiter, Instagram, Youtube e LinkedIn. Novas ferramentas de mídia social

Leia mais

Criando presença com as páginas do Facebook

Criando presença com as páginas do Facebook Páginas do 1 Criando presença com as páginas do Sua Página Todos os dias, milhões de pessoas em todo o mundo acessam o para se conectar com amigos e compartilhar coisas que gostam. Este guia foi desenvolvido

Leia mais

Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS

Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA 50 milhões de usuários IDADE MÍDIA 90 milhões de brasileiros na WEB, 70 milhões na rede social Facebook e mais de 30 milhões no Twitter ADEUS

Leia mais

MÍDIAS SOCIAIS. Manual de Conduta

MÍDIAS SOCIAIS. Manual de Conduta MÍDIAS SOCIAIS Manual de Conduta Apresentação O Sistema Ocemg, atento às mudanças de mercado e preocupado em estar sempre próximo de seus públicos de interesse, assume o desafio de se posicionar também

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

COMUNICAÇÃO PÚBLICA E REDES SOCIAIS. Lívia de Souza Vieira Bom Jesus IELUSC

COMUNICAÇÃO PÚBLICA E REDES SOCIAIS. Lívia de Souza Vieira Bom Jesus IELUSC COMUNICAÇÃO PÚBLICA E REDES SOCIAIS Lívia de Souza Vieira Bom Jesus IELUSC Esta é a minha rede social! O que são redes sociais? Bem antes da internet... Ao contrário do que muitos pensam, falar de Redes

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

Guia Grupo Amil de Comunicação Digital para Corretores

Guia Grupo Amil de Comunicação Digital para Corretores Guia Grupo Amil de Comunicação Digital para Corretores Índice O Objetivo O Corretor para o Grupo Amil As Marcas do Grupo Amil A Identificação Selos de Identificação Inserção em Canais Digitais - Perfis

Leia mais

Manual de uso - Redes Sociais Clube Turismo. Fevereiro/2013

Manual de uso - Redes Sociais Clube Turismo. Fevereiro/2013 Fevereiro/2013 Manual de uso - Redes Sociais Clube Turismo Clube Turismo Matriz Av. Pres. Epitácio Pessoa, 724, Torre CEP 58040-000 João Pessoa / PB www.clubeturismo.com.br 2 2. Breve cenário: O brasileiro

Leia mais

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia completo de como criar uma Página no Facebook Como começar Criando uma Página Conhecendo a Página Configurações iniciais Estabelecendo conversas Autor Felipe Orsoli

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO INTRODUÇÃO: As mídias sociais estão cada vez mais presentes no dia-a-dia das pessoas, oferecendo soluções e transformando as relações pessoais e comerciais.

Leia mais

Redes sociais x mídias sociais

Redes sociais x mídias sociais INTRODUÇÃO Esse workshop tem como objetivo de organizar o uso das redes sociais no Santuário Nacional e Rede Aparecida, de forma a facilitar o trabalho de monitoramento e de produção de conteúdo para as

Leia mais

MANUAL DO FRANQUEADO

MANUAL DO FRANQUEADO MANUAL DO FRANQUEADO REGRAS PARA A CRIAÇÃO DE PERFIS DE FRANQUIAS EM MÍDIAS SOCIAIS Os Franqueados têm permissão para criar perfis de suas Franquias nas redes sociais Facebook, Twitter e Instagram. Conforme

Leia mais

REDES SOCIAIS. Profº Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Profº Thiago Arantes REDES SOCIAIS Profº Thiago Arantes Todos os direitos reservados - IAB 2014 - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros

Leia mais

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail...

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... FACEBOOK Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... 8 Características do Facebook... 10 Postagens... 11

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa?

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Você já pensou em posicionar sua marca na internet? Construir um relacionamento com seu cliente é uma das formas mais eficazes de

Leia mais

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes REDES SOCIAIS Prof. Thiago Arantes - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook.

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. 1 Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. O que você vai encontrar neste ebook: Por que eu preciso

Leia mais

a marca A SEGUIR, VOCÊ DESCOBRE COMO FAZER PARTE DE TUDO ISSO.

a marca A SEGUIR, VOCÊ DESCOBRE COMO FAZER PARTE DE TUDO ISSO. a marca A Cabelos&cia é referência em conteúdo sobre beleza profissional há 19 anos. E agora toda sua excelência está atualizada, repaginada e muito mais acessível com o portal Cabelos&cia. Direcionado

Leia mais

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Marketing no Facebook Marketing de conteúdo e engajamento na rede Marketing de conteúdo no Facebook Tipos de conteúdo Edge Rank e os fatores de engajamento Facebook Ads

Leia mais

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil Após um mais de ano de trabalho e experiências adquiridas a CRIC apresenta à diretoria regional as diretrizes que regem

Leia mais

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo Mídias Sociais Fatos e Dicas para 2013 Esteja preparado para um ano digital, social e interativo NESTE E-BOOK VOCÊ VAI ENCONTRAR: 1 - Porque as mídias sociais crescem em tamanho e em importância para o

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

JOOPP O construtor de sites mais rápido do mundo!

JOOPP O construtor de sites mais rápido do mundo! O construtor de sites mais rápido do mundo! DIFERENÇAS ENTRE PÁGINA DO FACEBOOK (FANPAGE) E PERFIL Página no Facebook (Fanpage) Fanpage é uma página no facebook própria para empresas; Vantagens: Pode ser

Leia mais

Uma Publicação Grupo IPub. Guia. redes sociais para clínica de estética. Guia de redes sociais para clínica de estética

Uma Publicação Grupo IPub. Guia. redes sociais para clínica de estética. Guia de redes sociais para clínica de estética Uma Publicação Grupo IPub Guia redes sociais para clínica de estética Guia de redes sociais para clínica de estética Conteúdo 1. Introdução 2. A força das redes sociais para clínica de estética 3. As redes

Leia mais

Esperamos que sua empresa faça bom aproveito!

Esperamos que sua empresa faça bom aproveito! À medida que mais e mais empresas aderem ao marketing de conteúdo, notamos que as expectativas são por vezes incompatíveis com a realidade quando se trata de um Blog Corporativo B2B. A maioria dos profissionais

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA NAS MÍDIAS SOCIAIS

MANUAL DE CONDUTA NAS MÍDIAS SOCIAIS MANUAL DE CONDUTA NAS MÍDIAS SOCIAIS MANUAL DE CONDUTA NAS MÍDIAS SOCIAIS A Fibria respeita e apoia a liberdade de expressão. As redes sociais ganham cada vez mais espaço na comunicação entre as pessoas.

Leia mais

GUIA DE SOCIAIS EM REDES BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS.

GUIA DE SOCIAIS EM REDES BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS. GUIA DE BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO EM REDES SOCIAIS MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS. APRESENTAÇÃO OBJETIVO A ABA - Associação Brasileira de Anunciantes, por meio de

Leia mais

CONTEÚDOS. Blog REDES SOCIAIS VIDEOS ONLINE PARTILHA DE FOTOGRAFIAS PARTILHA DE APRESENTAÇÕES

CONTEÚDOS. Blog REDES SOCIAIS VIDEOS ONLINE PARTILHA DE FOTOGRAFIAS PARTILHA DE APRESENTAÇÕES CONTEÚDOS ANTES DE INICIAR A SUA AVENTURA NAS REDES, TENHA EM CONTA AS SEGUINTES DICAS: Atribua a administração de cada canal e/ou estratégia a alguém que faça parte da sua empresa; Dê formação à sua equipa

Leia mais

produção de sites. gestão de mídias sociais. marketing digital

produção de sites. gestão de mídias sociais. marketing digital produção de sites. gestão de mídias sociais. marketing digital QUEM SOMOS A Intermobile é uma empresa especializada em marketing digital. Produzimos sites, realizamos a gestão de mídia sociais e desenvolvemos

Leia mais

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL!

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL! O guia completo para uma presença online IMBATÍVEL! Sumário Introdução 3 Capítulo 1 - Produção de Conteúdo: Por que e Como produzir 5 Capítulo 2 - Distribuição e Divulgação 8 Capítulo 3 - Monitoramento

Leia mais

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA Paula Junqueira 7º CONGRESSO RIO DE EDUCAÇÃO CONSTRUINDO A SUA MARCA A marca é o ativo mais importante, independente do tamanho de sua empresa. As mídias sociais são

Leia mais

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1 LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 Visão Brasil As cinco principais tendências em atração de talentos que você precisa saber 2013 LinkedIn Corporation. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL INTRODUÇÃO Já imaginou ter acesso a dados e estatísticas do website do concorrente? Com alguns aplicativos e ferramentas, isso já é possível. Com ajuda deles, você

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice O Que é Gerenciamento da Sua Reputação Online? Como Monitorar Sua Reputação Online O Básico Para Construir

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica.

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Além de tornar-se fundamental para a difusão do conhecimento e geração das relações interpessoais, a Internet

Leia mais

Social Media em 5 etapas

Social Media em 5 etapas Como estruturar seu sistema de Social Media em 5 etapas O que é este guia? O Guia de inicialização em social media foi criado pela G&P como uma forma de ajudar e incentivar as mais diversas empresas do

Leia mais

COMO SE CONECTAR A REDE SOCIAL FACEBOOK? Passo-a-passo para criação de uma nova conta

COMO SE CONECTAR A REDE SOCIAL FACEBOOK? Passo-a-passo para criação de uma nova conta Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Educação NÚCLEO PR@XIS Núcleo Pr@xis COMO SE CONECTAR A REDE SOCIAL FACEBOOK? Passo-a-passo para criação de uma nova conta Francielle Vargas* Tutorial

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace.

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace. O Twitter Como Ferramenta de Divulgação Para As Empresas: Um Estudo De Caso do GREENPEACE 1 Jonathan Emerson SANTANA 2 Gustavo Guilherme da Matta Caetano LOPES 3 Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Por muitos anos, investir cifras. Venda diferenciada. marketing conteúdo

Por muitos anos, investir cifras. Venda diferenciada. marketing conteúdo Venda diferenciada Para fechar negócios e estreitar relação com clientes, corretoras de seguros aderem ao Marketing de Conteúdo Lívia Sousa Por muitos anos, investir cifras altíssimas em ações publici-

Leia mais

Mídias Sociais nos Negócios. GorillaBrand BRAND

Mídias Sociais nos Negócios. GorillaBrand BRAND Mídias Sociais nos Negócios GorillaBrand BRAND Marketing de Relacionamento Estratégias Empresa Marca Faturamento Clientes Uso de estratégias Relacionamento Empresa x Cliente Gera Valorização da Marca Aumento

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

Uso estratégico do Facebook Como sua empresa pode explorar a rede social ao máximo

Uso estratégico do Facebook Como sua empresa pode explorar a rede social ao máximo Uso estratégico do Facebook Como sua empresa pode explorar a rede social ao máximo www.talk2.com.br 03 Introdução 3 05 06 07 10 10 12 20 CONSTRUÇÃO DE ESTRATÉGIAS 2.1Facebook e a predileção pelas marcas

Leia mais

Manual de conduta em mídias sociais: o caso da Embrapa

Manual de conduta em mídias sociais: o caso da Embrapa 2º Seminário Nacional de REDES SOCIAIS e E-GOV para Administração Pública Manual de conduta em mídias sociais: o caso da Embrapa Daniel Medeiros daniel.medeiros@embrapa.br @dnmedeiros fb.com/dnmedeiros

Leia mais

Richard Portela Site:fullweb.com.br. Facebook para Empresa

Richard Portela Site:fullweb.com.br. Facebook para Empresa Richard Portela Site:fullweb.com.br Facebook para Empresa Índice 1º Introdução 2º Construir uma página 3º Conquistar e engajar fãs 4º Amplificar sua comunicação 5º Case 6º Mensurar Porque o Facebook -

Leia mais

22 táticas comprovadas para aumentar seu engajamento no Facebook. Como explodir seu engajamento com dicas incrivelmente simples!

22 táticas comprovadas para aumentar seu engajamento no Facebook. Como explodir seu engajamento com dicas incrivelmente simples! Facebook Marketing 22 táticas comprovadas para aumentar seu engajamento no Facebook Como explodir seu engajamento com dicas incrivelmente simples Introdução 22 táticas comprovadas para aumentar seu engajamento

Leia mais

RELATÓRIO DO GOMOMETER

RELATÓRIO DO GOMOMETER RELATÓRIO DO GOMOMETER Análise e conselhos personalizados para criar sites mais otimizados para celular Inclui: Como os clientes de celular veem seu site atual Verificação da velocidade de carregamento

Leia mais

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário SOUZA, Kauana Mendes 1 ; XAVIER, Cintia 2 Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná, PR RESUMO O projeto Portal

Leia mais

Monitoramento de Redes Sociais

Monitoramento de Redes Sociais Monitoramento de Redes Sociais O QlikBrand é uma ferramenta profissional para monitoramento de mídias sociais e o primeiro "Social Mídia Discovery" com Qlikview. Localiza menções nas mídias sociais, interage

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

BLOG: GRUPO DE DISCUSSÃO: PODCAST:

BLOG: GRUPO DE DISCUSSÃO: PODCAST: O MUNDO ONLINE Uma das marcas dessa nova era são as redes sociais. Comunidades online como o Facebook, Twitter, Fousquare, Youtube e outras, possibilitam a comunicação entre as pessoas, ao mesmo tempo,

Leia mais

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br MIDIA KIT Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br Sobre nosso site O Notícias de Alagoinhas hoje é o portal mais completo da cidade. Somos um Canal de comunicação online que integra

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Política de uso de dados

Política de uso de dados Política de uso de dados A política de dados ajudará você a entender como funciona as informações completadas na sua área Minhas Festas. I. Informações que recebemos e como são usadas Suas informações

Leia mais

KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais

KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais INTRODUÇÃO Em plena era 2.0 é imprescindível que as empresas estejam presentes na

Leia mais

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes Estudo Hábitos 2012 Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes O estudo O Estudo Hábitos é realizado anualmente pela E.life

Leia mais

mais diversos propósitos. Esses fenômenos sociais se tornarão ainda mais contextualizados.

mais diversos propósitos. Esses fenômenos sociais se tornarão ainda mais contextualizados. das Mídias Sociais na Tron Informática 1 Este manual contém as diretrizes oficiais para as mídias sociais no grupo Tron Informática e se aplica, sem exceção, a todos os colaboradores da empresa que criam,

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

Manual de conduta nas mídias sociais. colégio magnum cidade nova

Manual de conduta nas mídias sociais. colégio magnum cidade nova Manual de conduta nas mídias sociais colégio magnum cidade nova Manual de conduta nas mídias sociais Práticas de comportamento dos educadores do Colégio Magnum nas mídias sociais A Magnum 2 Introdução

Leia mais

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Sumário Objetivos do Blog... 2 Log-in... 3 Esqueci minha senha... 4 Utilizando o Blog... 5 Encontrando seu Blog... 5 Conhecendo o

Leia mais

Planejamento estratégico, Portal e Redes Sociais. A experiência da Assembleia de Minas

Planejamento estratégico, Portal e Redes Sociais. A experiência da Assembleia de Minas Planejamento estratégico, Portal e Redes Sociais A experiência da Assembleia de Minas Um pouco de história 1979: início da informatização 1995: lançamento do Portal da Assembleia de Minas segunda casa

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital Apresentação Presença Digital 2012 ÍNDICE 1. GESTÃO MÍDIAS SOCIAIS... 03 2. ESTRATÉGIAS COMPLEMENTARES... 04 3. PERSONALIZAÇÃO... 05 4. CASES... 06 5. SOBRE A INTERMIDIA BRASIL... 13 6. CLIENTES... 14

Leia mais

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA APRESENTAÇÃO Este é o Código de Conduta da Net Serviços de Comunicação S.A. e de suas controladas ( NET ). A NET instituiu este Código de Conduta norteado

Leia mais

Twitter. São Paulo (11) 4063 0165 Porto Alegre (51) 3092 0102 Recife (81) 4062 9373

Twitter. São Paulo (11) 4063 0165 Porto Alegre (51) 3092 0102 Recife (81) 4062 9373 Twitter Foque seus tweets no nicho de sua empresa. RELEVÂNCIA Poste fotos, links interessantes, RT de usuários Design do Avatar e do plano de fundo, fazem a diferença sim! Crie hashtags para as campanhas

Leia mais

Mídias sociais: apoio a qualidade de vida e a mobilidade humana

Mídias sociais: apoio a qualidade de vida e a mobilidade humana Mídias sociais: apoio a qualidade de vida e a mobilidade humana Nuria Sampietro (01); Roberto Sganzerla (02); Sara Benenkanp (03). SBCTrans Endereço: Rua Monteiro Lobato, 151 Jd. Montanhão São Bernardo

Leia mais

FACEBOOK NA CAMPANHA PELO PLEBISCITO

FACEBOOK NA CAMPANHA PELO PLEBISCITO FACEBOOK NA CAMPANHA PELO PLEBISCITO 1 Sumário Importância das mídias...03 Linguagem nas mídias...04 Facebook...04 Compartilhe conteúdo...04 Comentários...04 Programação de postagens...05 Marcar pessoas...06

Leia mais

RELACIONAMENTO, REPUTAÇÃO E RELEVÂNCIA

RELACIONAMENTO, REPUTAÇÃO E RELEVÂNCIA RELACIONAMENTO, REPUTAÇÃO E RELEVÂNCIA Comunicação Organizacional em Mídias Sociais UNISO Prof. Randolph de Souza PRESENÇA NAS MÍDIAS Necessidade Definição de Estratégias para minimizar riscos Se bem trabalhadas

Leia mais

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS

MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS AS MÍDIAS SOCIAIS SÃO HOJE AS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO SOCIAL E DE COMPARTILHAMENTO DE IDEIAS E INFORMAÇÕES. O Sistema de Saúde Mãe de Deus (SSMD), sabendo

Leia mais

Política de uso do portal e canais do Grupo Hospital Casa nas redes sociais.

Política de uso do portal e canais do Grupo Hospital Casa nas redes sociais. Política de uso do portal e canais do Grupo Hospital Casa nas redes sociais. O objetivo desta política é estabelecer as diretrizes de participação nos canais digitais do Grupo hospital casa nas redes sociais

Leia mais

COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS

COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS PROJETO INSÍGNIA DA MADEIRA COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS COMO ORGANIZAR SEU GRUPO ESCOTEIRO PARA UMA MELHOR COMUNICAÇÃO COM A COMUNIDADE, MEMBROS JUVENIS E ADULTOS UTILIZANDO A INTERNET. LUÍS

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO. 1.1. Objetivo Geral

1. APRESENTAÇÃO. 1.1. Objetivo Geral PRÁTICA 1) TÍTULO FEEDBACK DE INTERAÇÕES CLIENTES E GESTORES REDES SOCIAIS 2) DESCRIÇÃO DA PRÁTICA - limite de 8 (oito) páginas: 1. APRESENTAÇÃO O Serviço de Monitoramento em Redes Sociais da Infraero,

Leia mais

O IMPACTO SOCIAL DA INTERNET

O IMPACTO SOCIAL DA INTERNET O IMPACTO SOCIAL DA Miguel Gomes da Costa Junior Rede de milhões de computadores de todo o mundo interligados por linhas telefônicas, fibra ótica e satélites. Poderosa fonte de informação e comunicação

Leia mais

Manual para uso do HELPDESK

Manual para uso do HELPDESK EXACTUS Suporte e Atendimento - versão 1.0 Página 1 de 14 Manual para uso do HELPDESK Visão Cliente EXACTUS Suporte e Atendimento - versão 1.0 Página 2 de 14 Introdução O serviço possui um pacote com todas

Leia mais

Quem é Ana Luiza Cunha?

Quem é Ana Luiza Cunha? Apresentação WSI Quem é a WSI? Fundada em 1995 Nascimento da Internet 1.100 Consultores de Marketing Digital 81 países 12 grandes Centros de Produção Receita estimada da rede: acima de US$160 milhões Parceiros:

Leia mais

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO SUMÁRIO Efetuando o Login na comunidade... 3 Esqueceu sua senha?... 3 Página Principal... 4 Detalhando o item Configurações... 5 Alterar Foto... 5 Alterar Senha... 5 Dados Pessoais... 6 Configurações de

Leia mais

Cases. Estratégias de Marketing de Conteúdo por quem entende do assunto

Cases. Estratégias de Marketing de Conteúdo por quem entende do assunto Cases Estratégias de Marketing de Conteúdo por quem entende do assunto ContaAzul O ContaAzul é um sistema de gestão empresarial para micro e pequenas empresas. O objetivo é ajudá-las a crescer de forma

Leia mais

Usando Ferramentas de Busca

Usando Ferramentas de Busca Web Marketing Usando Ferramentas de Busca Marcelo Silveira Novatec Editora Ltda. www.novateceditora.com.br 1 Conhecendo o cenário de pesquisas na Internet Este capítulo apresenta uma visão geral sobre

Leia mais

OLÁ! USINA SANTA TEREZINHA

OLÁ! USINA SANTA TEREZINHA OLÁ! É bem provável que você já tenha acessado, ou até mesmo, ouvido falar sobre o Facebook, Youtube, Twitter e Linkedin. As redes sociais já fazem parte de nossas vidas, direta ou indiretamente, e todos

Leia mais

TIRE SEU PROJETO- DAGAVETA. kinghost.com.br 2

TIRE SEU PROJETO- DAGAVETA. kinghost.com.br 2 TIRE SEU PROJETO- DAGAVETA 2 #2 Como minha empresa pode explorar as redes sociais Muitas empresas identificam nas redes sociais um caminho mais curto e rápido para divulgar uma promoção de produtos e serviços,

Leia mais

UM NEGÓCIO PRODUTIVO NO

UM NEGÓCIO PRODUTIVO NO UM NEGÓCIO PRODUTIVO NO Objetivos do treinamento Conhecer o potencial que as Redes Sociais tem no mundo e a aplicabilidade no seu Negócio Amway. Aprender como criar e administrar uma conta no FACEBOOK.

Leia mais

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas edição 04 Guia do inbound marketing Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Há um tempo atrás o departamento de marketing era conhecido

Leia mais

Copyright 2013 Academia NED. Todos os Direitos Reservados. AcademiaNED.com.br

Copyright 2013 Academia NED. Todos os Direitos Reservados. AcademiaNED.com.br Copyright 2013 Academia NED Todos os Direitos Reservados AcademiaNED.com.br CONTEÚDO Introdução... 4 1 - Certifique-se de que sua FanPage é atraente... 5 a. Foto de Capa... 5 b. Foto de Perfil... 5 c.

Leia mais

Email marketing: os 10 erros mais comuns

Email marketing: os 10 erros mais comuns Email marketing: os 10 erros mais comuns Publicado em: 18/02/2008 Não ter permissão dos contatos para enviar mensagens Um dos princípios fundamentais do email marketing é trabalhar apenas com contatos

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

OBSERVADOR POLÍTICO. observadorpolitico.org.br. 15 razões por trás do sucesso de UMA. que está ajudando a promover e. www.medialogue.com.

OBSERVADOR POLÍTICO. observadorpolitico.org.br. 15 razões por trás do sucesso de UMA. que está ajudando a promover e. www.medialogue.com. observadorpolitico.org.br www.medialogue.com.br MÍDIAS SOCIAIS E POLÍTICA 15 razões por trás do sucesso de UMA PLATAFORMA COLABORATIvA que está ajudando a promover e reinventar O DEBATE POLÍTICO NO BRASIL

Leia mais

Social Analytics: Mensuração de Presença em Redes Sociais Claudia Palma

Social Analytics: Mensuração de Presença em Redes Sociais Claudia Palma Social Analytics: Mensuração de Presença em Redes Sociais Claudia Palma Claudia Palma! claudia@agenciabrowse.com.br! @claudinhapalma! facebook.com/claudinhaclaudinhapalma! linkedin.com/in/claudinhapalma

Leia mais