PAA Programa de Aquisição de Alimentos TERMO DE ADESÃO (Misto) Salvador, dezembro de 2012.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PAA Programa de Aquisição de Alimentos TERMO DE ADESÃO (Misto) Salvador, dezembro de 2012."

Transcrição

1 PAA Programa de Aquisição de Alimentos TERMO DE ADESÃO (Misto) Salvador, dezembro de 2012.

2 Programa de Aquisição de Alimentos

3 Modalidade: Compra Direta da Agricultura Familiar com Doação Simultânea Objetivos do PAA: Fortalecer a Agricultura Familiar com a compra de alimentos; Fortalecer as ações de Segurança Alimentar e Nutricional Desenvolvidos por entidades sócioassistenciais que são reconhecidas no município.

4 Público beneficiário: Agricultores Familiares: Entidades que atendem pessoas em condição de Insegurança Alimentar e Nutricional; Famílias em situação de Insegurança Alimentar e Nutricional indicadas pelos CRAS. Público Prioritário: Agricultores Familiares com DAP Grupo B; Agricultores Familiares com DAP Grupo A; Povos de Comunidades Tradicionais;

5 Sobre os alimentos a serem adquiridos: Todos os alimentos produzidos pela Agricultura Familiar; Alimentos processados no mínimo com 70% da matéria-prima da agricultura familiar; Produtos de origem animal e produtos processados necessitam do laudo de inspeção sanitária; A quantidade de alimentos adquiridos devem ser igual aos distribuídos; Valor máximo a ser comprado por agricultor = R$ 5.500,00/agricultor/ano; Preço dos produtos o preço de referência será estabelecido de acordo com a Resolução nº 59 de 11/07/2013.

6 PASSO A PASSO DA ADESÃO: Os municípios devem que não aderiram deve enviar ao MDS documentação dos gestores do programa nas datas limites estabelecidas pelo Grupo Gesto do PAA (nacional); O MDS irá gerar Login e Senha para os gestors relacionados, que irá preencher os dados do município no SISPAA;

7 PASSO A PASSO DA ADESÃO CONTINUA Aguardar aprovação das informações no SISPAA pelo MDS; Imprimir, em 3 vias, o Termo de Adesão APROVADO pelo MDS, coletar assinatura do Prefeito e encaminhar para a SEDES (Misto) para assinatura da Secretária; Aguardar publicação do Termo no Diário Oficial da União

8 PASSO A PASSO DA ELABORAÇÃO DAS PROPOSTAS :

9 CADASTRAMENTO: Cuidados no cadastramento dos beneficiários fornecedores: Verificar se os beneficiários já tem DAP; Observar a participação do PÚBLICO PRIORITÁRIO no universo total de beneficiário fornecedores. Verificar se a entidade realiza, reconhecidamente, trabalho na área de Segurança Alimentar e Nutricional; Identificar, junto ao CRAS, a relação das famílias não atendidas pelas entidades e que se apresentam em situação de risco alimentar e nutricional; Submeter as relações à aprovação do Conselho de Controle Social.

10 AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS: Entrega dos alimentos na Central de Aquisição de Alimentos; Periodicidade de entrega de acordo com a pactuada na Proposta de Participação; Qualidade do Alimento conforme pactuada na Proposta de Participação; Recebimento, pesagem e preenchimento das informações na Nota Fiscal e no SISPAA.

11 DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS: Distribuir os alimentos de acordo com a Proposta de Participação; Quantidade e qualidade de acordo com o pactuado; Assinar o Termo de Recebimento e Aceitabilidade; Postar no SISPAA os dados do Termo de Recebimento e Aceitabilidade.

12 PAGAMENTO Feito a cada quinzena direto na conta do produtor; O MDS vai abrir uma conta logo que o produtor for cadastrado; O produtor retirará o seu cartão na agência do BB mais próxima de sua residência; A conta não tem tarifas e o banco não utiliza o dinheiro nela depositado para cobrir eventuais contratos atrasado dos produtores; O pagamento depende do registro das informações no SISPAA;

13 CONTROLE SOCIAL: Obrigatoriedade da existência do Conselho de Controle Social; COMSEA, CDS, ou Conselho Semelhante cumpra as atribuições de Controle Social; Analisar e aprovar ou não a Relação de Beneficiários fornecedores; Analisar e aprovar ou não a Relação dos Beneficiários Consumidores (entidades e famílias); Analisar a prestação de contas do Auxílio Financeiro; Analisar a Proposta de Participação Municipal; Obs.: O Conselho pode participar, através de seus membros, da elaboração da Proposta de Participação na qual estão presentes as relações de beneficiários

14 AUXÍLIO FINANCEIRO O MDS, repassará até 8% do valor comercializado quando cumpridas as metas estabelecidas no Plano Operacional; O Auxílio será utilizado nas ações de custeio do Programa; O recurso será utilizado nas ações de custeio do Programa; O valor será depositado numa conta específica, aberta pela Prefeitura, no início da operação;

15 AUXÍLIO FINANCEIRO Será feito uma prestação de contas do recurso utilizado; A prestação de contas será avaliada e aprovada ou não pelo Conselho de Controle Social; O recurso não utilizado no período ficará disponível para o ano seguinte; O Auxílio Financeiro pago ao município que durante o exercício do Plano Operacional não cumprir a meta compromete o Auxílio Financeiro do ano seguinte;

16 SITUAÇÃO ATUAL DOS MUNICÍPIOS NO SISPAA TERMO DE ADESÃO Termo de Adesão APROVADO (aguardando envio do Termo de Adesão a SEDES para assinatura da Secretária e envio ao MDS para publicação) Termo de Adesão PUBLICADO 100 Termo de Adesão A REVISAR (aguardando alteração solicitada pelo MDS aos municípios através do Sistema) Termo de Adesão em situação de NÃO CONFIRMADO no Sistema do MDS (aguardando preenchimento de dados nas abas pelo município) Termo de Adesão CONFIRMADO (aguardando avaliação pelo MDS para aprovação no Sistema) QTD METAS PUBLICADAS QTD Metas (valor financeiro) Publicadas 66 PROPOSTAS APROVADAS Aptos a comprar e já executando compras 28 QTD

17 Quadro de Pagamento aos Agricultores Em 3 meses aumento em 26 vezes em relação ao repasse inicial; (R$263 mil em agosto para 6,1 milhões novembro Mais de 4,2 mil famílias receberam o pagamento;

18 Terceira Avenida, Plataforma 4 - nº 390 1º Andar, Centro Administrativo, Telefone: (5571) CEP Salvador Bahia - Brasil SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À POBREZA MARIA MORAES MOTA SUPERINTENDÊNCIA DE INCLUSÃO E ASSITÊNCIA ALIMENTAR MARLÚCIA ALVES NUNES COORDENAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL CLEITON KESLER PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS COORDENADOR: ROOSEVELT HUMBERTO (71)

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Mapa Companhia Nacional de Abastecimento Conab 1ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG BAHIA Nº 001/2014.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Mapa Companhia Nacional de Abastecimento Conab 1ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG BAHIA Nº 001/2014. 1ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG BAHIA Nº 001/2014. 1ª Chamada Pública para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar, no âmbito do PAA, para suplementação alimentar de grupos populacionais

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO. 2. ACESSANDO E UTILIZANDO O SISTEMA 2.1. Acessando. Sumário

1. APRESENTAÇÃO. 2. ACESSANDO E UTILIZANDO O SISTEMA 2.1. Acessando. Sumário 1 Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 2 2. ACESSANDO E UTILIZANDO O SISTEMA... 2 2.1. ACESSANDO... 2 2.2. UTILIZANDO... 5 2.2.1 EMPRESA... 6 2.2.2 FINANCEIRO E CONTÁBIL... 7 2.2.3 AMBIENTAL... 8 2.2.4 SOCIAL...

Leia mais

MANUAL DE OPERACIONAIS PROCEDIMENTOS SISTEMA PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS COMPRA DIRETA LOCAL DA AGRICULTURA FAMILIAR

MANUAL DE OPERACIONAIS PROCEDIMENTOS SISTEMA PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS COMPRA DIRETA LOCAL DA AGRICULTURA FAMILIAR MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS SISTEMA PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS COMPRA DIRETA LOCAL DA AGRICULTURA FAMILIAR Sumário SECRETARIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO José Nelson Martins SECRETARIO

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG-SP Nº 2/2015.

CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG-SP Nº 2/2015. CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG-SP Nº 2/2015. 2ª CHAMADA PÚBLICA PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR, NO ÂMBITO DO PAA, PARA SUPLEMENTAÇÃO ALIMENTAR DE GRUPOS POPULACIONAIS ESPECÍFICOS,

Leia mais

Modalidade Aquisição de Sementes. Título 86 do MOC CONAB

Modalidade Aquisição de Sementes. Título 86 do MOC CONAB Modalidade Aquisição de Sementes Título 86 do MOC CONAB Brasília, janeiro de 2015 - Decreto nº 8.293, de 12 de agosto de 2014: Cria a Modalidade Aquisição de Sementes - Resolução Grupo Gestor do PAA nº

Leia mais

Compra e Venda da Produção da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar

Compra e Venda da Produção da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Compra e Venda da Produção da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Hilda Lorena Freitas Agente PNAE/REBRAE Cecane/UNB A partir da Lei n. 11.947/2009 Art. 14. Do total dos recursos financeiros

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 57 SENARC/ MDSBrasília,08de janeirode 2013. Assunto:Divulga aos municípios orientações para a substituição de Gestor Municipal, Prefeito, Órgão Responsável, Equipe de Gestão e

Leia mais

Baixa Boletos de Locação - Sami ERP++

Baixa Boletos de Locação - Sami ERP++ Baixa Boletos de Locação - Sami ERP++ 1. Baixa Manual de Boletos 1.1. Recebimentos Doc s - Caixa Acesse o módulo TERMINAL DE CAIXA/ CAIXA/ ABERTURA DE CAIXA/ LOCAÇÃO LANÇAMENTOS AUTOMÁTICO/ RECEBIMENTOS

Leia mais

Políticas Públicas são um conjunto de ações e decisões do governo, voltadas para facilitar a solução de problemas da sociedade.

Políticas Públicas são um conjunto de ações e decisões do governo, voltadas para facilitar a solução de problemas da sociedade. Políticas Públicas são um conjunto de ações e decisões do governo, voltadas para facilitar a solução de problemas da sociedade. Políticas Públicas são a totalidade de ações, metas e planos que os governos

Leia mais

TÍTULO 30 COMPRA COM DOAÇÃO SIMULTÂNEA CDS

TÍTULO 30 COMPRA COM DOAÇÃO SIMULTÂNEA CDS (*) 1) FINALIDADE: Aquisição de alimentos de organizações fornecedoras constituídas por público descrito no parágrafo 2º, item 4, Art. 3º da Lei Nº 11.326/2006, com vistas à doação para organizações constituídas

Leia mais

Banco Mundial. Capacitação em Gestão de Convênios e Projetos

Banco Mundial. Capacitação em Gestão de Convênios e Projetos Banco Mundial Capacitação em Gestão de Convênios e Projetos Versão: Agosto/2011 O QUE É O PROGRAMA PRODUZIR? O PRODUZIR é um programa do Governo do Estado da Bahia, coordenado pela CAR - Companhia de Desenvolvimento

Leia mais

Se você for substituir o seu bem por um USADO, providenciar a vistoria do bem (se for um bem NOVO, passar para o 2º passo)

Se você for substituir o seu bem por um USADO, providenciar a vistoria do bem (se for um bem NOVO, passar para o 2º passo) Orientações para Substituição de Garantia Bens Móveis Nesse documento você encontra todas as orientações para concluir a substituição do bem adquirido no Consórcio, de maneira ágil e fácil. Esse processo

Leia mais

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010 Edital n.º 17/2010 Parceria / PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO / 2010 O Ministério da Educação, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, e o Governo do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG-RJ Nº 001/2013.

CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG-RJ Nº 001/2013. CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG-RJ Nº 001/2013. Chamada Pública para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar, no âmbito do PAA, para suplementação alimentar de grupos populacionais específicos,

Leia mais

Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos

Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos Programa de Modernização Administração Tributária e Gestão dos Setores Sociais Básicos Município: - UF RAC Número: / Período: / / a / / ÍNDICE I - IDENTIFICAÇÃO DO MUNICÍPIO 4 II - GERENCIAMENTO DO PROJETO

Leia mais

2ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG-PR Nº 002/2013

2ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG-PR Nº 002/2013 2ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG-PR Nº 002/2013 2ª Chamada Pública para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar, no âmbito do PAA, para suplementação alimentar de grupos populacionais específicos,

Leia mais

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO DIAC DIVISÃO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO DIAC DIVISÃO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO DIAC DIVISÃO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO PMF - 2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 03 IDENTIDADE ORGANIZACIONAL... 04 1. DIVISÃO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE - DIAC... 05 1.1. Identidade Estudantil... 05 1.2. Identidade

Leia mais

Manual sistema Laundry 4.0

Manual sistema Laundry 4.0 Manual sistema Laundry 4.0 Sistema para serviços de Lavanderia Comércios Empresa responsável Novacorp informática Fone (41) 3013-1006 E-mail marcio@novacorp.com.br WWW.novacorp.com.br Sumario 1 Este manual

Leia mais

PROGRAMA APOIO ÀS INSTITUIÇÕES DE PESQUISA SEDIADAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PROGRAMA APOIO ÀS INSTITUIÇÕES DE PESQUISA SEDIADAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Edital FAPERJ N. o 06/2007 PROGRAMA APOIO ÀS INSTITUIÇÕES DE PESQUISA SEDIADAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia,

Leia mais

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) Modalidade: Compra com Doação Simultânea (CDS)

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) Modalidade: Compra com Doação Simultânea (CDS) PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) Modalidade: Compra com Doação Simultânea (CDS) Organização Fornecedora (Associação ou Cooperativa) Organização Recebedora (Creches, Asilos, Escolas, APAE, etc.)

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº001/2010

CHAMADA PÚBLICA Nº001/2010 CHAMADA PÚBLICA Nº001/2010 A PREFEITURA MUNICIPAL DE PETROLINA-PE, pessoa jurídica de direito público com sede na Av. Guararapes, nº 2.114 - Centro - Petrolina-PE, inscrita no CNPJ nº. 10.358.190/0001-77,

Leia mais

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO NOME: CADASTRO NOME: CADASTRAMENTO DE SERVIÇO DE TERCEIROS - COBRANÇA DE TAXAS DOS SERVIÇOS DE LIXO

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO NOME: CADASTRO NOME: CADASTRAMENTO DE SERVIÇO DE TERCEIROS - COBRANÇA DE TAXAS DOS SERVIÇOS DE LIXO Macroprocesso Processo Sub-processo Nº 2.0.0 Nº 2.2.0 Nº 2.2.9 REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO NOME: GESTÃO DE CLIENTES NOME: CADASTRO NOME: CADASTRAMENTO DE SERVIÇO DE TERCEIROS - COBRANÇA DE TAXAS

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES. O que é PROINFO?

PERGUNTAS FREQUENTES. O que é PROINFO? PERGUNTAS FREQUENTES O que é PROINFO? O Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo) é um programa educacional criado pela Portaria nº 522/MEC, de 9 de abril de 1997, para promover o uso pedagógico

Leia mais

Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional MAPEAMENTO DE SAN NOS MUNICÍPIOS 2015 MANUAL DE ORIENTAÇÃO

Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional MAPEAMENTO DE SAN NOS MUNICÍPIOS 2015 MANUAL DE ORIENTAÇÃO 1. FORMULÁRIO DO MAPASAN 2014 COM ORIENTAÇÕES Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional MAPEAMENTO DE SAN NOS MUNICÍPIOS 2015 MANUAL DE ORIENTAÇÃO Prefeituras Municipais RECOMENDAMOS A LEITURA

Leia mais

EDITAL 001/2016 Conselho Municipal de Assistência Social

EDITAL 001/2016 Conselho Municipal de Assistência Social EDITAL 001/2016 Conselho Municipal de Assistência Social O CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE LAGOA VERMELHA CMAS TORNA PÚBLICO O PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROGRAMAS, PROJETOS E SERVIÇOS DE ENTIDADES

Leia mais

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda:

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda: 1 DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009 Regulamenta, no âmbito da Administração pública municipal, o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, e

Leia mais

FIN. 03 - ARRECADAÇÃO MACROPROCESSO FINANCEIRO PROCESSO ARRECADAÇÃO

FIN. 03 - ARRECADAÇÃO MACROPROCESSO FINANCEIRO PROCESSO ARRECADAÇÃO 1 de 25 msgq FIN. 03 - ARRECADAÇÃO MACROPROCESSO PROCESSO ARRECADAÇÃO FIN. 03 - ARRECADAÇÃO 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 4.1. DEFINIÇÃO DO

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA PLATAFORMA FAPESC CHAMADA PÚBLICA FAPESC 04/2014

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA PLATAFORMA FAPESC CHAMADA PÚBLICA FAPESC 04/2014 ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA PLATAFORMA FAPESC CHAMADA PÚBLICA FAPESC 04/2014 Senhores Professores, Tendo em vista que a FAPESC não tem um formulário específico para submissão dos projetos aprovados

Leia mais

- PRONATEC Seguro Desemprego (Ministério do Trabalho e Emprego);

- PRONATEC Seguro Desemprego (Ministério do Trabalho e Emprego); Orientações de pacutação Prefeitura/MDS PRONATEC O que é o PRONATEC? Informamos que o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC)

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO SOLICITAÇÃO DE PAGAMENTO PELO SISTEMA E GARANTIA

BOLETIM INFORMATIVO SOLICITAÇÃO DE PAGAMENTO PELO SISTEMA E GARANTIA BOLETIM INFORMATIVO N 103 julho 2013 SOLICITAÇÃO DE PAGAMENTO PELO SISTEMA E GARANTIA A partir de Agosto de 2013, todas as Notas Fiscais de; prestações de serviços, peças, pedágio, sedex e deslocamento,

Leia mais

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 612, DE 16 DE MARÇO DE 2007. Dispõe sobre a implantação do Sistema de Registro de Preços nas compras, obras e serviços contratados pelos órgãos da

Leia mais

CARTA TÉCNICA CERTIFICADO DE ENTIDADE BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CEBAS ÁREA: SAÚDE

CARTA TÉCNICA CERTIFICADO DE ENTIDADE BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CEBAS ÁREA: SAÚDE CARTA TÉCNICA CERTIFICADO DE ENTIDADE BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CEBAS ÁREA: SAÚDE ENTIDADES ABRANGIDAS: Entidades que atuam na área da saúde (Art. 4º ao Art. 11º da Lei nº 12.101/2009) ÓRGÃO RESPONSÁVEL

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N o 003/2015

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N o 003/2015 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N o 003/2015 O Município de Três de Maio comunica aos interessados que está procedendo à CHAMADA PÚBLICA, para fins de habilitação e recebimento das propostas de gêneros alimentícios

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS Gabinete do Prefeito

PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS Gabinete do Prefeito Of. GP/CM/501/09 Canoas, 3 de novembro de 2009. Senhor Presidente, Vimos respeitosamente encaminhar a essa egrégia Casa Legislativa a minuta, de Convênio que O Município de Canoas, o Conselho Comunitário

Leia mais

COMUNICADO DIRAB/SUOPE/GEOPE N.º 234, DE 23/7/09. A : TODAS AS SUREGs, SUFIN E BOLSAS DE MERCADORIAS, SPA, CNB E ANBM.

COMUNICADO DIRAB/SUOPE/GEOPE N.º 234, DE 23/7/09. A : TODAS AS SUREGs, SUFIN E BOLSAS DE MERCADORIAS, SPA, CNB E ANBM. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO Conab DIRETORIA DE OPERAÇÕES E ABASTECIMENTO Dirab SUPERINTENDÊNCIA DE OPERAÇÕES COMERCIAIS Suope GERÊNCIA DE

Leia mais

2ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG - AMAZONAS Nº 002/2015.

2ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG - AMAZONAS Nº 002/2015. 2ª CHAMADA PÚBLICA CONAB/SUREG - AMAZONAS Nº 002/2015. 2ª Chamada Pública para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar, no âmbito do PAA, para suplementação alimentar de grupos populacionais

Leia mais

Questionário Rede Privada

Questionário Rede Privada MONITORAMENTO SUAS CENSO SUAS 2010 Questionário Rede Privada O Censo Rede Privada 2010, tem como finalidade proporcionar subsídios para a construção e manutenção de indicadores de monitoramento e avaliação

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Lato sensu em Ensino em Biociências e Saúde

Programa de Pós-Graduação Lato sensu em Ensino em Biociências e Saúde Programa de Pós-Graduação Lato sensu em Ensino em Biociências e Saúde Chamada Pública de Seleção Candidatos ao Programa de Pós-Graduação Lato sensu em Ensino em Biociências e Saúde 2013.2 O Instituto Oswaldo

Leia mais

RANFS - Registro Auxiliar de Nota Fiscal de Serviço. Perguntas e Respostas. Sistema. Versão 2.0 26/04/2010.

RANFS - Registro Auxiliar de Nota Fiscal de Serviço. Perguntas e Respostas. Sistema. Versão 2.0 26/04/2010. RANFS - Registro Auxiliar de Nota Fiscal de Serviço Perguntas e Respostas Sistema Versão 2.0 26/04/2010. 1- O que é RANFS? O RANFS é o Registro Auxiliar de Nota Fiscal de Serviço, um espelho das informações

Leia mais

Manual de Procedimentos. Acesso pelo Produtor -AGRODEFESA- GTI-

Manual de Procedimentos. Acesso pelo Produtor -AGRODEFESA- GTI- Manual de Procedimentos Acesso pelo Produtor -AGRODEFESA- GTI- 1 Sumário SUMÁRIO... 2 1. SISTEMA DE DEFESA AGROPECUÁRIA DE GOIÁS (SIDAGO)... 3 1.1. Endereço de Acesso... 3 1.2. Criação de Login e Senha

Leia mais

CEP CENTRO EXCURSIONISTA PETROPOLITANO ASSOCIAÇÃO E HELP

CEP CENTRO EXCURSIONISTA PETROPOLITANO ASSOCIAÇÃO E HELP CEP CENTRO EXCURSIONISTA PETROPOLITANO ASSOCIAÇÃO E HELP Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor Revisor 31/03/2014 1.0 Criação Hildefonso Carreiro Julian Kronemberg 08/04/2014 1.1 Revisão Hildefonso

Leia mais

Roteiro elaborado com o objetivo de auxiliar os convenentes no registro das prestações de contas no SIGPC Contas Online.

Roteiro elaborado com o objetivo de auxiliar os convenentes no registro das prestações de contas no SIGPC Contas Online. FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO FNDE Roteiro de orientações ao convenente para prestação de contas do Programa Caminho da Escola no SiGPC Contas Online Roteiro elaborado com o objetivo de

Leia mais

MANUAL DO SUPERVISOR DE ESTAGIÁRIO

MANUAL DO SUPERVISOR DE ESTAGIÁRIO MANUAL DO SUPERVISOR DE ESTAGIÁRIO Rua Dr. Alberto Ferreira, 179 - Centro - 13480-074 - Limeira/SP - (19) 3404.9634 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO:... 4 2. PERGUNTAS E RESPOSTAS:... 4 1. O que é estágio?... 4

Leia mais

MANUAL CONTRATAÇÃO DE EVENTOS PRÉ EVENTO A) ELABORAÇÃO DA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E TRÂMITES PARA CONTRATAÇÃO DA EMPRESA

MANUAL CONTRATAÇÃO DE EVENTOS PRÉ EVENTO A) ELABORAÇÃO DA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E TRÂMITES PARA CONTRATAÇÃO DA EMPRESA MANUAL CONTRATAÇÃO DE EVENTOS PRÉ EVENTO A) ELABORAÇÃO DA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E TRÂMITES PARA CONTRATAÇÃO DA EMPRESA 1) Reunião Prévia (Responsável: Secretaria Demandante) Solicitação de Contratação,

Leia mais

Prodata Informática LTDA Sistema Integrado de Gestão Pública Manual Fluxo da Despesa Palmas - TO FLUXOGRAMA DA DESPESA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS

Prodata Informática LTDA Sistema Integrado de Gestão Pública Manual Fluxo da Despesa Palmas - TO FLUXOGRAMA DA DESPESA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS FLUXOGRAMA DA DESPESA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS ÓRGÃO DE ORIGEM:EMITE SOLICITAÇÃO DE COMPRAS INFORMANDO A DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FONTE DE RECURSOS E JUSTIFICATIVA ÓRGÃO DE ORIGEM: COLHE AUTORIZAÇÃO

Leia mais

EDITAL DO CURSO GESTÃO DE MATERIAIS

EDITAL DO CURSO GESTÃO DE MATERIAIS Centro de Treinamento da ESAF na Bahia Centresaf/BA EDITAL DO CURSO GESTÃO DE MATERIAIS Vagas Limitadas! Local: Salvador/BA Período de Realização: 21 a 23/03/2016 Carga horária: 24h Objetivo Capacitar

Leia mais

Plano Operacional - Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)

Plano Operacional - Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) 1 3 Sumário 1. Introdução...7 1.1. Fome Zero...7 1.2. Programa de Aquisição de Alimentos...7 1.3. Compra Local para Doação Simultânea...7 2. Objetivos...8 3. Coordenação...8 3.1. Comitê Gestor Estadual...8

Leia mais

Centro de Treinamento da ESAF na Bahia Centresaf/BA EDITAL DO CURSO

Centro de Treinamento da ESAF na Bahia Centresaf/BA EDITAL DO CURSO Centro de Treinamento da ESAF na Bahia Centresaf/BA GESTÃO PÚBLICA EDITAL DO CURSO Período: 13 a 16 de junho de 2016 Carga horária: 32h Vagas Limitadas! Objetivo Capacitar os participantes para terem uma

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTES CLAROS

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTES CLAROS ANEXO IV MINUTA CONTRATO DE FORNECIMENTO DE HORTALIÇAS E FRUTAS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR. O MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no

Leia mais

Baixa Boletos de Condomínio - Sami ERP++

Baixa Boletos de Condomínio - Sami ERP++ Baixa Boletos de Condomínio - Sami ERP++ 1. Baixa Manual de Boletos 1.1. Recebimentos Doc s - Caixa Acesse o módulo TERMINAL DE CAIXA/ CAIXA/ ABERTURA DE CAIXA/ CONDOMÍNIO/ LANÇAMENTOS AUTOMÁTICO/ RECEBIMENTOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. EDITAL Nº 037/PRPGP/UFSM, de 13 de agosto de 2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. EDITAL Nº 037/PRPGP/UFSM, de 13 de agosto de 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 037/PRPGP/UFSM, de 13 de agosto de 2012 ABERTURA DE INSCRIÇÃO AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, NÍVEL DE MESTRADO (CÓDIGO

Leia mais

Normas aplicadas às transferências voluntárias da União

Normas aplicadas às transferências voluntárias da União Portal dos Convênios SICONV Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse Normas aplicadas às transferências voluntárias da União Agosto de 2014 Leonardo Vieira Nunes Órgão Gestor do SICONV MP

Leia mais

Como comprar e pagar sua compra através do PagSeguro

Como comprar e pagar sua compra através do PagSeguro Como comprar e pagar sua compra através do PagSeguro Se você deseja pagar com boleto ou cartão de crédito em nosso site, uma das opções disponíveis é o PagSeguro. O PagSeguro é um serviço independente

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL NA COMPOSIÇÃO DO CONSELHO ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL NA COMPOSIÇÃO DO CONSELHO ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - SECOM 3ª Av.nº 390, Plataforma IV, 1ºandar, CAB.CEP: 41.745-005 Salvador - Bahia Brasil Tel e Fax: (71) 311566644/6025- site: www.secom.ba.gov.br

Leia mais

GUIA DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA FAPESC REGISTRO DO PROPONENTE E EDIÇÃO DA PROPOSTA EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA FAPESC Nº 01/2014 PROGRAMA UNIVERSAL

GUIA DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA FAPESC REGISTRO DO PROPONENTE E EDIÇÃO DA PROPOSTA EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA FAPESC Nº 01/2014 PROGRAMA UNIVERSAL GUIA DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA FAPESC REGISTRO DO PROPONENTE E EDIÇÃO DA PROPOSTA EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA FAPESC Nº 01/2014 PROGRAMA UNIVERSAL A Plataforma FAPESC de CT&I é um ambiente de interação

Leia mais

OS DEZ ANOS DO PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR: UM CONVITE À REFLEXÃO

OS DEZ ANOS DO PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR: UM CONVITE À REFLEXÃO Observatório de Políticas Públicas para a Agricultura nº42 - julho 2012 OS DEZ ANOS DO PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR: UM CONVITE À REFLEXÃO Valdemar J. Wesz Junior* Catia Grisa** Na primeira semana

Leia mais

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas:

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas: CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Atualizado em 16/01/2012 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

Anexo II. Minuta de Contrato

Anexo II. Minuta de Contrato Anexo II Minuta de Contrato CONTRATO QUE ENTRE SI FAZEM, DE UM LADO FUNDAÇÃO ZERBINI, E DO OUTRO, A EMPRESA XXXXXXXXXXXXXXX, PARA O FIM QUE NELE SE DECLARA. (Convite n.º 006/2008) Pelo presente instrumento

Leia mais

Gestão do Programa Bolsa Família Cadastro Único

Gestão do Programa Bolsa Família Cadastro Único Encontro Estadual da Assistência Social: Gestão dos Recursos Financeiros - IGDSUAS e IGDPBF Gestão do Programa Bolsa Família Cadastro Único COORDENAÇÃO-GERAL DE EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA DEOP

Leia mais

SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA. MANUAL MÓDULO EMPRESA Revisão 01 / Julho de 2006

SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA. MANUAL MÓDULO EMPRESA Revisão 01 / Julho de 2006 SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL MÓDULO EMPRESA Revisão 01 / Julho de 2006 Índice Introdução... 03 Login e Senha... Cadastrar Novas Empresas... 04 05 Alterar Senha... Novo Funcionário... Novo Estudante...

Leia mais

FVA - FACULDADE DO VALE DO ARARANGUÁ PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA UNIEDU COMISSÃO TÉCNICA UNIEDU/FVA

FVA - FACULDADE DO VALE DO ARARANGUÁ PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA UNIEDU COMISSÃO TÉCNICA UNIEDU/FVA FVA - FACULDADE DO VALE DO ARARANGUÁ PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA UNIEDU COMISSÃO TÉCNICA UNIEDU/FVA EDITAL 02/2015 - CADASTRO GERAL E ATUALIZAÇÃO DOS DADOS NO PROGRAMA UNIEDU Estabelece

Leia mais

DECRETO Nº 11.319, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2004

DECRETO Nº 11.319, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2004 DECRETO Nº 11.319, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2004 PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL Nº 032, DE 17-02-2004 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP, previsto no art. 15, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL DO RIO GRANDE DO NORTE EMATER/RN

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL DO RIO GRANDE DO NORTE EMATER/RN GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL DO RIO GRANDE DO NORTE EMATER/RN EDITAL Nº 001/2015 CHAMADA PÚBLICA Torna-se público, para conhecimento dos interessados,

Leia mais

Tutorial para envio de frequência de estagiários pelo SEI

Tutorial para envio de frequência de estagiários pelo SEI Tutorial para envio de frequência de estagiários pelo SEI Tutorial para envio de frequência de estagiários pelo SEI: Acessar o SEI - O estagiário deverá acessar o SEI pelo endereço eletrônico: http://sei.enap.gov.br

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF MANUAL DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD/DOWNLOAD Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

PROGRAMA LEITE. Programa de Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite É VIDA

PROGRAMA LEITE. Programa de Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite É VIDA PROGRAMA LEITE É VIDA Programa de Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite HISTÓRICO O Governo do Maranhão em suas ações de políticas públicas, implantou em setembro de 1995 o Programa de alimentação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGARATIBA. Manual Rápido SERVIDOR PÚBLICO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGARATIBA. Manual Rápido SERVIDOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGARATIBA Manual Rápido SERVIDOR PÚBLICO CONTRACHEQUE E COMPROVANTE DE RENDIMENTOS MANUAL DESENVOLVIDO PELA: SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO PESSOAL Elaborado

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO - N.º 15820/2012

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO - N.º 15820/2012 SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO - N.º 15820/2012 Prezados Senhores, Brasília, 17 de fevereiro de 2012. O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD, no âmbito do Projeto BRA/04/044 Implementação de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 019/PRPGP/UFSM, DE 06 DE MAIO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 019/PRPGP/UFSM, DE 06 DE MAIO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 019/PRPGP/UFSM, DE 06 DE MAIO DE 2014 ABERTURA DE INSCRIÇÃO AOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO A DISTÂNCIA PARA

Leia mais

Unidade de Gerenciamento de Projetos CARTA CONVITE Nº 18/2009 PROJETO 914BRA1092

Unidade de Gerenciamento de Projetos CARTA CONVITE Nº 18/2009 PROJETO 914BRA1092 Unidade de Gerenciamento de Projetos CARTA CONVITE Nº 18/2009 PROJETO 914BRA1092 PARA: FAX N. º : A/C: N. º DE PÁGINAS. 0 INCLUINDO ESTA. Caso não receba esta mensagem completa, ligue para (51)3288-5922

Leia mais

Ano Internacional da Agricultura Familiar 16 de outubro Dia Mundial da Alimentação A FAO está na Internet, visite nosso site: www.fao.org.

Ano Internacional da Agricultura Familiar 16 de outubro Dia Mundial da Alimentação A FAO está na Internet, visite nosso site: www.fao.org. FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS ORGANISATION DES NATIONS UNIES POUR L ALIMENTATION ET L AGRICULTURE ORGANIZACION DE LAS NACIONES UNIDAS PARA LA AGRICULTURA Y LA ALIMENTACION ORGANIZAÇÃO

Leia mais

ARQUIVO DISPONIBILIZADO NA BIBLIOTECA VIRTUAL DO PROJETO REDESAN Título AVANÇOS DA POLÍTICA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

ARQUIVO DISPONIBILIZADO NA BIBLIOTECA VIRTUAL DO PROJETO REDESAN Título AVANÇOS DA POLÍTICA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME - MDS FUNDAÇÃO DE APOIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO R.G.SUL - FAURGS REDE INTEGRADA DE EQUIPAMENTOS PÚBLICOS DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL -

Leia mais

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 13/2011

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 13/2011 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/n Edifício Gerais - Bairro Serra Verde CEP: 31630-901 - Belo Horizonte - MG COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 13/2011

Leia mais

Manual do Usuário. Consultor. Versão 2.3

Manual do Usuário. Consultor. Versão 2.3 Manual do Usuário Consultor Versão 2.3 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, clique aqui para acessar o site e siga o passo-apasso abaixo. Se esse é o seu primeiro acesso, clique em

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL 024 PROGRAD/UFSM

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL 024 PROGRAD/UFSM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL 024 PROGRAD/UFSM EDITAL DE SELEÇÃO INGRESSO E REIGRESSO - 2º SEMESTRE DE 2015 A Pró-Reitora de Graduação, o Coordenador

Leia mais

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Secretaria De Estado de Fazenda Superintendência de Gestão da Informação Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários DECLARAÇÃO DE COMPRA

Leia mais

Proposta para que o PAA possa apoiar a regularização ambiental

Proposta para que o PAA possa apoiar a regularização ambiental Proposta para que o PAA possa apoiar a regularização ambiental Considerando a Diretriz 2 do Plano Nacional de Segurança Alimentar: Promoção do abastecimento e estruturação de sistemas descentralizados,

Leia mais

Processo de Compras GENS

Processo de Compras GENS Processo de Compras GENS Manual do Colaborador Versão 2.0 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 3 1.1 Objetivos... 3 1.1.1 Objetivo da definição do Processo de Compras... 3 1.1.2 Objetivo deste Manual... 3 2. PROCESSO

Leia mais

GESTORES/FISCAIS INSTITUCIONAIS. Módulo Monitoramento Obras 2.0 - FNDE

GESTORES/FISCAIS INSTITUCIONAIS. Módulo Monitoramento Obras 2.0 - FNDE GESTORES/FISCAIS INSTITUCIONAIS Módulo Monitoramento Obras 2.0 - FNDE CGIMP 06/09/2013 Como consultar e preencher o Modulo Monitoramento de Obras Simec 2.0 Sumário 2 Definições Apresentando o Sistema Integrado

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PUBLICA Nº. 01/2015 PROCESSO Nº. 28/2015

EDITAL DE CHAMADA PUBLICA Nº. 01/2015 PROCESSO Nº. 28/2015 EDITAL DE CHAMADA PUBLICA Nº. 01/2015 PROCESSO Nº. 28/2015 Chamada Pública n.º 01/2015, para aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar Rural conforme

Leia mais

Software de Gestão da Compra de produtos Agricultura Familiar para Alimentação Escolar

Software de Gestão da Compra de produtos Agricultura Familiar para Alimentação Escolar Sistema Sistema Agrosaf - Sistema de Gestão da Agricultura Familiar Software de Gestão da Compra de produtos Agricultura Familiar para Alimentação Escolar VERSÃO DO SISTEMA PNAE Programa Nacional de Alimentação

Leia mais

Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas à Fapesb.

Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas à Fapesb. Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas à Fapesb. Publicação: 04 de março de 2015 Objetivo Apoiar projetos de desenvolvimento tecnológico e/ou inovação,

Leia mais

MANUAL OPERATIVO SIMPLIFICADO

MANUAL OPERATIVO SIMPLIFICADO MANUAL OPERATIVO SIMPLIFICADO MODALIDADE COMPRA COM DOAÇÃO SIMULTÂNEA TIVO GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS Marcelo de Carvalho Miranda SECRETÁRIO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA Clemente Barros Neto PRESIDENTE

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 71/SENARC/MDS Brasília, 15 de maio de 2014. Assunto: Orienta os municípios sobre o novo método de permissionamento de usuários do Sistema de Cadastro Único Versão 7 I. INTRODUÇÃO

Leia mais

1. Responsabilidade. 2. Quem pode participar

1. Responsabilidade. 2. Quem pode participar Desafio O Desafio Mudanças Climáticas 2009, doravante denominado simplesmente Desafio, tem caráter exclusivamente educativo. De acordo com o disposto no artigo 3º, inciso II, da Lei nº. 5.768/71 e no art.

Leia mais

Certificação Profissional FEBRABAN REGULAMENTO

Certificação Profissional FEBRABAN REGULAMENTO Certificação Profissional FEBRABAN REGULAMENTO Janeiro de 2014 Versão 1.3 1. INTRODUÇÃO O presente Regulamento é fundamental para reger as operações-chave do programa de Certificação Profissional FEBRABAN.

Leia mais

CARTA TÉCNICA. Nome do Credenciamento e envio de projetos: PRONON Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica

CARTA TÉCNICA. Nome do Credenciamento e envio de projetos: PRONON Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica CARTA TÉCNICA Nome do Credenciamento e envio de projetos: PRONON Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica ENTIDADES QUE PODEM SE CREDENCIAR: Pessoas jurídicas de direito privado, associativas ou

Leia mais

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS NÚCLEO DE PSICOLOGIA

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS NÚCLEO DE PSICOLOGIA 1. Do Horário: O NUPFAI funciona de segunda a sexta- feira das 8h 00 às 19h00 e aos sábados das 8h00 às 12h00. O horário poderá ser revisto pela coordenação do curso quando justificada a necessidade e

Leia mais

Instruções de Aditamento ao Contrato de Arrendamento Mercantil e Instrumento de Substituição do Veículo

Instruções de Aditamento ao Contrato de Arrendamento Mercantil e Instrumento de Substituição do Veículo Instruções de Aditamento ao Contrato de Arrendamento Mercantil e Instrumento de Substituição do Veículo 1. APROVAÇÃO DA SUBSTITUIÇÃO DO VEÍCULO E PAGAMENTO DA TARIFA Para dar início ao Aditamento ao Contrato

Leia mais

Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional

Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Unidade Processo Universidade Federal da Bahia Coordenação de Material e Patrimônio Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Nº de folhas 1 de 5 Glossário de Termos CCF/PROAD

Leia mais

ANEXO I INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DA DESPESA E DE PAGAMENTOS EFETUADOS

ANEXO I INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DA DESPESA E DE PAGAMENTOS EFETUADOS ANEXO I INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DA DESPESA E DE PAGAMENTOS EFETUADOS BLOCO 1 IDENTIFICAÇÃO CAMPO 01 Informar nome da Prefeitura Municipal (rua,

Leia mais

Compra Direta Local da Agricultura Familiar do Recife

Compra Direta Local da Agricultura Familiar do Recife Prefeitura da Cidade do Recife Secretaria de Desenvolvimento Econômico PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS Compra Direta Local da Agricultura Familiar do Recife Recife, 2004 Preâmbulo O presente projeto

Leia mais

TUTORIAL - 01. Solicitando Liberação Preliminar

TUTORIAL - 01. Solicitando Liberação Preliminar TUTORIAL - 01 Solicitando Liberação Preliminar www.bombeiros.pr.gov.br 1º Entre no link PREVFOGO. 3º Clique no link de Serviços: Solicitação de Vistoria 2º ATENÇÃO! As orientações são obrigatórias! Certifique-se

Leia mais

GT 10 - Políticas Públicas e Desenvolvimento Rural

GT 10 - Políticas Públicas e Desenvolvimento Rural GT 10 - Políticas Públicas e Desenvolvimento Rural Título: Arranjos institucionais de políticas públicas para o desenvolvimento rural: uma análise a partir da trajetória do Programa de Aquisição de Alimentos

Leia mais

Programa de Apoio à Organização de Eventos das Associações ou Sociedades Técnico Científicas e Institutos de Pesquisa

Programa de Apoio à Organização de Eventos das Associações ou Sociedades Técnico Científicas e Institutos de Pesquisa Chamada Pública 15/2014 Programa de Apoio à Organização de Eventos das Associações ou Sociedades Técnico Científicas e Institutos de Pesquisa A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico

Leia mais

MANUAL DE USO DO SISTEMA SAIPS - SISTEMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS EM SAÚDE

MANUAL DE USO DO SISTEMA SAIPS - SISTEMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS EM SAÚDE MANUAL DE USO DO SISTEMA SAIPS - SISTEMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS EM SAÚDE CADASTRAMENTO DE PROPOSTAS INCENTIVO CAPS, UA, SRT, LEITO HABILITAÇÃO CAPS, UA, SRT, LEITO Versão 1 Mar/2013 Informações

Leia mais

ANEXO II HISTÓRICO DAS FEIRAS DE TROCA DE SEMENTES TRADICIONAIS E CRIOULAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

ANEXO II HISTÓRICO DAS FEIRAS DE TROCA DE SEMENTES TRADICIONAIS E CRIOULAS DO ESTADO DE SÃO PAULO ANEXO II HISTÓRICO DAS FEIRAS DE TROCA DE SEMENTES TRADICIONAIS E CRIOULAS DO ESTADO DE SÃO PAULO JUSTIFICATIVA Após a organização do 1 Seminário de Acesso a Sementes Crioulas e Orgânicas em abril de 2010

Leia mais

Manual do Usuário. Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA

Manual do Usuário. Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA Livro Super Simples Manual do Usuário Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA Secretarias de Fazenda Estaduais, do Distrito Federal e Comitê Gestor do Simples

Leia mais

PROGRAMA DE SAÚDE NA ESCOLA

PROGRAMA DE SAÚDE NA ESCOLA PROGRAMA DE SAÚDE NA ESCOLA 1 INTRODUÇÃO O Programa Saúde na Escola PSE foi instituído pelo Decreto Presidencial Nº. 6.286/2007 como uma política intersetorial Ministério da Saúde e Educação na perspectiva

Leia mais

Prefeitura Municipal de Campo Limpo Paulista

Prefeitura Municipal de Campo Limpo Paulista -! 1 LEI Nº 2.119, de 04 de agosto de 2011. Autoriza o Chefe do Executivo a firmar Convênio com a instituição sediada em Jundiaí, denominada "Instituto Jundiaiense Luiz Braille". ARMANDO HASHIMOTO, Prefeito

Leia mais