RELATÓRIO ANUAL 2009 UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO ANUAL 2009 UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL"

Transcrição

1 RELATÓRIO ANUAL 2009 UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL

2 ÍNDICE Mensagem da Administração... 1 A Instituição... 4 Tema do Ano 2009 Escotismo é Inclusão O que fizemos em ª Conferência Escoteira Mundial e o 11º Fórum Escoteiro Mundial de Jovens Loja Escoteira Nacional Métodos Educativos Comissão Nacional de Comunicação e Imagem Comissão Nacional de Relações Internacionais Núcleo Nacional de Jovens Líderes e Rede Nacional de Jovens. 56 União Parlamentar Escoteira - UPEB Centro Cultural do Movimento Escoteiro CCME Balanço Patrimonial Parecer da Comissão Fiscal Nacional Parcerias... 63

3 Mensagem da Administração Mensagem da DEN Ao assumirmos a DEN no final de abril de 2009, tínhamos cinco desafios principais para o primeiro ano de trabalho: - manter as finanças da UEB equilibradas, já que tínhamos tido um aumento de gastos e de imobilização de ativos, em razão da construção da nova sede; - preparar a Conferência Mundial e o Fórum Mundial de Jovens de 2011, em Curitiba e Blumenau, respectivamente; - estruturar um plano de cargos e salários para o quadro profissional da UEB, acompanhado de um sistema de avaliação de desempenho; - ajustar e acelerar a implementação do Programa de Jovens e - ajustar e acelerar a elaboração do material relativo à Gestão de Adultos. Em vista dos dois últimos desafios, criamos a Diretoria de Métodos Educativos, liderada pelo Dirigente Alessandro Garcia Vieira. A Diretoria de Métodos Educativos passou a coordenar os trabalhos da Comissão Nacional de Gestão de Adultos (que continuou sendo coordenada pelo Dirigente Antonio César Oliveira e passou a ser denominada Equipe Nacional de Gestão de Adultos) e da Comissão Nacional de Programa de Jovens, que foi desmembrada em duas: Equipe Nacional de Atualização do Programa de Jovens, coordenada por Theodomiro Rodrigues, e Equipe Nacional de Atividades, coordenada por Siágrio Pinheiro. A criação da Diretoria de Métodos Educativos teve como objetivo principal alinhar as políticas e ações das áreas de adulto e de programa neste importante momento que estamos passando de redefinição e implementação dessas políticas, bem como de elaboração dos novos guias e manuais (manuais de Escotista e de curso). Por outro lado, também criamos a Comissão Nacional de Comunicação, coordenada pelo Dirigente Márcio Andrade Cavalcanti de Albuquerque, e que objetivou atender à crescente demanda nessa área, divulgando o Movimento Escoteiro e ajudando a UEB a construir uma identidade como uma organização moderna e atuante na formação de nossos jovens. A Comissão Nacional de Relações Internacionais continuou sendo coordenada pelo Dirigente Fernando Brodeschi, e o Comitê Organizador da Conferência Mundial de 2011 pelo Dirigente Paulo Salamuni. As áreas de crescimento, gestão institucional e relações institucionais estão sendo atendidas pela DEN diretamente, sendo o 1º Vice-Presidente, Dirigente Marco Romeu, responsável pela área de relações institucionais, e o 2º Vice-Presidente, Dirigente Renato Bini, responsável pela área de gestão institucional. Mais recentemente, também criamos a Coordenação Nacional da Loja Escoteira, coordenada pelo Dirigente Leandro Vieira, com o principal objetivo de dar um incremento à política comercial da UEB. Em relação às finanças, estamos conseguindo mantêlas equilibradas, conforme se pode verificar nas 1

4 Mensagem do CAN demonstrações financeiras apresentadas neste relatório, e, em relação à Conferência Mundial e ao Fórum Mundial de Jovens, deve-se destacar o excelente trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Comitê Organizador, coordenado pelos Dirigentes Paulo Salamuni, Oscar Victor Palmquist e José Mário Moraes e Silva, que têm feito de tudo para que possamos ter eventos de excelente nível em janeiro de Quanto ao nosso terceiro desafio, estruturamos um plano de cargos e salários, acompanhado de um sistema de avaliação de desempenho, que, acreditamos, dará um dinamismo e um impulso maior ao nosso quadro profissional, tornando nossos profissionais ainda mais qualificados e motivados. Aliás, não podemos deixar de apontar o ótimo trabalho do nosso corpo de profissionais. Sem eles, não conseguiríamos fazer frente a esses cinco principais desafios e aos diversos outros que surgem diariamente, e que tornam o trabalho de dirigir a UEB extremamente instigante. Também acreditamos que muito do que foi plantado em 2009 será colhido em 2010 e nos próximos anos que virão pela frente. Como dois desafios grandes para 2010, temos o plano de aumentar o sistema de concessão de isenção da contribuição associativa aos nossos associados, de modo a ampliar o número de praticantes do Escotismo no Brasil, o que, de certa forma, começou a ser feito mediante a edição da Resolução nº 1/2010 pelo Conselho de Administração Nacional. Olhando pra frente, conduzindo com remo nossa própria canoa, contornando as rochas que naturalmente vão aparecer, não nos deixando arrastar pelas dificuldades e navegando prudentemente para além delas, temos certeza que teremos uma UEB ainda mais forte e unida em abril de 2011, quando encerrará o nosso mandato na DEN. Sempre Alerta para Servir! Rubem Tadeu Cordeiro Perlingeiro Diretor Presidente Anualmente a União dos Escoteiros do Brasil preparase para prestar contas de nossas atividades e investimentos para nossos associados, comunidades, parceiros, voluntários e a sociedade em geral. Fazendo assim uma reflexão do que consideramos crucial para o desenvolvimento de nossa organização e especialmente identificarmos as lições aprendidas no período que se encerra e elencarmos quais serão nossos desafios para o próximo ciclo. Destacamos que nosso principio baseia-se em usar de transparência, ética e comprometimento ao lidar com qualquer um dos nossos públicos de interação. Estes princípios fazem parte d o que consideramos coerente com as atuais práticas de governança do terceiro setor. O Conselho de Administração Nacional (CAN) constituído por membros voluntários eleitos forma a liderança chave de nossa organização, e tem como responsabilidade manter o foco de nossa missão garantindo um desempenho organizacional de excelência e otimização de recursos. Aprimorando constantemente as suas ferramentas para tornar a instituição atualizada no contexto do terceiro setor. No ano de 2009 o CAN com a diversidade maior de representantes, trabalhou para que alguns assuntos de interesses da comunidade escoteira fossem efetivamente aplicados. Dentre muitos, vale destacar: I - Aprovação das novas Diretrizes Nacionais para Gestão de Adultos; II - Aprovação da atualização do Programa de Jovens; III - Regulamentação das votações virtuais; IV - Realização de estudos de política de proteção infantil; V - Resolução que trata da solução de conflitos; VI - Criação da Comissão de Assuntos Jurídicos; VII - Aprovação do Projeto de Crescimento do Escotismo no Nordeste; VIII - Aprovação do estudo da nova marca; IX - Resolução que amplia a possibilidade de isenção de taxa; X - Aprovação da redução da idade inicial para Lobinhos (seis anos e meio); Marco Aurélio Romeu Fernandes 1º Vice-Presidente Renato Bini 2º Vice-Presidente XI - Aprovação do reconhecimento para cônjuges ou companheiros(as) de dirigentes e escotistas com grande atuação no Escotismo. Enfim, foi um ano intenso de muito trabalho e renovações. E que o próximo, sendo o ano do centenário do Escotismo no Brasil, sirva de inspiração para todos. Marco Aurélio de Mello Castrianni Presidente Márcio Andrade Cavalcanti de Albuquerque Vice-Presidente 2 3

5 A Instituição Perfil da Instituição Missão, Visão e Princípios Escotismo é um movimento educacional de jovens, sem vínculo a O partidos políticos, voluntário, que conta com a colaboração de adultos e valoriza a participação de pessoas de todas as origens sociais, raças, crenças complementando a formação que cada criança ou jovem recebe de sua família, de sua escola e de seu credo religioso, de acordo com os seus propósitos, seus princípios e Método Escoteiro concebidos pelo Fundador Baden Powell. O propósito do Movimento escoteiro é contribuir para que os jovens assumam seu próprio desenvolvimento, especialmente no caráter, ajudando-os a realizar suas plenas potencialidades físicas, intelectuais, sociais, afetivas e espirituais, como cidadãos responsáveis, participantes e úteis em suas comunidades em concordância com os princípios e o Método Escoteiro. A União dos Escoteiros do Brasil UEB, fundada em 04 de novembro de 1924, unindo instituições escoteiras existente na época atendendo a um pedido do idealizador do Escotismo Robert Baden-Powell. Desde 1910 ações do Escotismo vem sendo desenvolvido no Brasil, em já se percebia a existência de grupos em quase todo o território brasileiro. A UEB é uma associação de âmbito nacional de direito privado sem fins lucrativos, de caráter educacional, cultural, beneficente e filantrópico que congrega todos que pratiquem o Escotismo no Brasil. Hoje, a União dos Escoteiros do Brasil conta com a filiação de mais de 60 mil escoteiros pertencentes em mais de 1 mil Grupos Escoteiros presentes em todos os Estados. MISSÃO Proporcionar a prática do Escotismo ao maior número de jovens brasileiros. VISÃO A UEB é uma organização em constante crescimento: Consciente de sua responsabilidade social, comprometida com a comunidade e reconhecida como referência educacional; Com uma estrutura una, ágil, moderna, profissionalizada e na qual todos seus membros estão comprometidos com suas áreas estratégicas; Que oferece à juventude um Programa atraente e educacionalmente eficaz. PRINCÍPIOS Os Princípios do Escotismo estão definidos na Promessa Escoteira, os quais são a base moral que se ajusta aos níveis de maturidade do indivíduo: Dever para com Deus. Dever para com o Próximo. Dever para consigo mesmo. Títulos e Reconhecimentos da UEB Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social - CEAS Certificado de Utilidade Pública Federal Decreto nº /07/1917 Reconhecida como Instituição de Educação Extra Escolar e Órgão Máximo do Escotismo Brasileiro - Decreto Lei nº /01/

6 Estrutura e Funcionamento Conselho de Administração Nacional Diretoria Executiva Nacional Presidente Vice-presidente Marco Aurelio de Mello Castrianni Márcio Andrade C. de Albuquerque Adir Barusso Ênio Hideyuki Cojho Geraldino Ferreira Moreira Hélio Borba Moratelli Ivan Alves do Nascimento Júlio Carlos Massirer Luiz Salgado Klaes Marcelo de Assis Xaud Marcelo Lisboa Nelson Zepka Senna Paulo Henrique Maciel Barbosa Paulo Salamuni Raphael Tostes Salin e Souza Rafael Rocha de Macedo Sandra Valda Nogueira dos Santos David Izeckson Neto (Suplente) Renato Bini (Licenciado) Fernanda Soares (Núcleo Nacional de Jovens Líderes) Felipe de Paulo (Núcleo Nacional de Jovens Líderes) Bráulio André Dantas da Silva (Área Geográfica Nordeste) Carlos Eduardo Chaise (Área Geográfica Sul) David Izeckson Neto (Área Geográfica Sudeste) Milton de Souza Correa Filho (Área Geográfica Norte) Rubem Suffert (Área Geográfica Centro-Oeste) Diretor Presidente Rubem Tadeu Cordeiro Perlingeiro Diretor 1 Vice-presidente Marco Aurélio Romeu Fernandes Diretor 2 Vice-presidente Renato Bini Diretor de Métodos Educativos Alessandro Garcia Vieira Coordenadores Nacionais Comunicação Relações Internacionais Loja Escoteira Nacional Atualização do Programa Gestão de Adultos Atividades Comissão Fiscal Nacional Membros Titulares Mariovani Carsten Cervi André Carreira Asley Stecca Steindorff Toshio Kawakami Suplentes Magali Correa Marques Leandro Lucchiari Verrone Comissão de Ética e Disciplina Nacional Membros Titulares Célia Alves Borges Siágrio Felipe Pinheiro Mariluce Gomes Nogueira Maia Pereira Francisco Neves Siqueira Suplentes Marcos Aurélio de Monte Vanderlei Paulo Roberto de Oliveira Rafael Teixeira Nunes Márcio Andrade C. de Albuquerque Fernando Brodeschi Leandro Vieira Theodomiro Rodrigues Antonio César Oliveira Siágrio Felipe Pinheiro Escritório Nacional Executivos Nacionais Celso Ferreira Filho Luiz Carlos Debiazio Luiz César de Simas Horn Megumi Tokudome Loja Escoteira Gerência Ronaldo de Oliveira Márcio José S. da Rocha Roger Truber Renimar de Souza Gerência Projetos: Manoel A. Correia Salles Designer: Andréa Cristina Queirolo Mussak Finanças: Osvaldo Luiz Bernert Caroline Ribeiro Elias Recepção: Ana Cláudia Alvarenga de Oliveira Registro: Grace Kelly Rain d Andrade Thais Martins Thais Simões dos Santos Secretaria: Andressa Helene Ventury Serviços Gerais: Iolanda Bueno da Silva Aires 6 7

7 Linha do Tempo XV Congresso Escoteiro Nacional Bento Gonçalves/RS - pág 26 IV Jamboree Nacional Foz do Iguaçu/PR - pág13 I Mostra Nacional de Fotografias Escoteiras Foz do Iguaçu/PR - pág 34 Reunião de Dirigentes da Região Interamericana - pág 39 Reunião do CAN XVI Assembléia Escoteira Nacional Bento Gonçalves/RS - pág 26 XIV Fórum Nacional de Jovens Líderes Bento Gonçalves/RS - pág 25 Posse da atual Diretoria Executiva Nacional Bento Gonçalves/RS Reunião do CAN Lançamento da Cartilha- Como Lidar com as deficiências? - pág 36 Lançamento do Vídeo Central de Jornalismo - pág 37 Mutirão Pioneiro Nacional Belo Horizonte/MG - pág 17 III Fórum Interamericano de Jovens Costa Rica - pág 39 Seminário Escoteiros do Mundo Costa Rica - pág 39 Lançamento da Cartilha de Jogos e Dinâmicas de Grupo Pessoa com Deficiência - pág 36 Mutirão Comunitário - MutCom - pag 16 Reunião do CAN - Conselho de Administração Nacional Campanha Nacional Respeite esta Vaga - pág 22 Lançamento do site da Loja Escoteira Nacional - pág 33 Assembléias Regionais da UEB Pronunciamento do Senador Flávio Arns Presidente da União Parlamentar Escoteira pelos 85 anos da União dos Escoteiros do Brasil 14ª Conferência Regional da África Accra Ghana - pag 39 Elo Nacional - pag 18 Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Volvo Ocean Race Rio de Janeiro - pág 21 Lançamento do Sempre Alerta Eletrônico - pág 23 MutEco Mutirão de Ação Ecológica - pág 15 Plantio de 7 mil árvores Dia Mundial do Meio Ambiente - pág 15 Visita do Bureau Mundial do Movimento Escoteiro Grupo Padrão - Classificação - pág 31 Realização do 1º Curso para Dirigentes Institucionais e Escotistas no estado de Tocantins - pág 41 Fundação das primeiras Unidades Escoteiras Locais de Tocantins - pág 41 Assembléias Regionais da UEB Elo Nacional - pág 18 Abertura das Comemorações do Centenário do Escotismo do Mar Visita dos Pioneiros à Antartida - pág 28 52º JOTA - pág 19 12º JOTI - pág 19 Fase de teste do sistema SIGUE Sistema de Informação e Gerenciamento de Unidades Escoteiras - pág 30 Lançamento do Prêmio Aurélio Azevedo Marques - pag 33 Lançamento do Prêmio Eduardo Henrique Weaver 23ª Conferência Regional da Ásia Pacífico Kuala Lumpur/Malasia - pag 39 Astronauta Marcos Pontes visita Escoteiros - pag 20 Homenagem ao Vice Presidente da República José Alencar - pag 28 Eleição CONJUVE Conselho Nacional da Juventude - pag 27 Seminário Perspectivas de Atualização do Programa Educativo da UEB Belo Horizonte/MG Encontro de Formação de Líderes Belo Horizonte/MG - pag 24 Senado recebe Escoteiros premiados com visita à Antártica - pag 29 II Concurso Nacional de Fotografia Escoteira - Classificação 8 9

8 Tema do Ano 2009 Escotismo é Inclusão Neste ano de 2009, destacando o trabalho de inclusão como seu tema anual, a UEB, além de realizar Seminários sobre o tema durante vários eventos Regionais e Nacional, lançou alguns documentos relacionados a temática da Pessoa com Deficiência como: Cartilha - Como lidar com as deficiências ; DVD Central de Jornalismo Inclusão no Escotismo, Nós também podemos! ; Campanha Nacional Respeite esta Vaga, acompanhado da Multa Social; Livro Jogos e Dinâmicas de Grupo Pessoa com Deficiência; Programa do ELO Nacional Escotismo é Inclusão; Promessa Escoteira em Libras; Programa MutCom Escotismo é Inclusão. O Movimento Escoteiro crê na justiça social como exigência de um desenvolvimento humano e sustentável. Se desperta no jovem o anseio por servir à comunidade e de se comprometer com o seu desenvolvimento, como manifestação de sua solidariedade para com o próximo, especialmente para os que mais precisam. Conviver numa Unidade Escoteira ao lado de Pessoas com Deficiência é oportunizar aos jovens, seja ele na condição de deficiente ou não, a possibilidade de enriquecer a sua vida, aprendendo a lidar com o diferente, que é uma experiência que nem todos conseguem. Os jovens participantes nas Unidades Escoteiras são os mesmos jovens inseridos em escolas, universidades, empresas, condomínios residenciais, clubes, entre outros locais. A experiência da convivência habitual entre as Pessoas com Deficiência e não deficiente, no mesmo meio, durante a sua formação, apresentará diferenças de forma positiva na postura assumida como cidadão, atuando como um importante elo entre a Pessoa com Deficiência e o seu meio, e desta forma auxiliará na inclusão integral das Pessoas com Deficiência na sociedade

9 O que fizemos em 2009 Durante o ano realizamos diversas ações para contribuir na educação de jovens brasileiros por meio de um sistema de valores baseado na Promessa e Lei Escoteiras. Ajudamos a construir um mundo melhor, onde as pessoas se realizam como indivíduos e desempenham um papel construtivo na sociedade. IV Jamboree Nacional Com o tema Construindo um Mundo Melhor, 5 mil pessoas se reuniram de 11 a 17 de janeiro acampados dentro da maior usina hidrelétrica do mundo, Parque Tecnológico Itaipu, na cidade de Foz do Iguaçu, Paraná. As atividades incluíram visita às Cataratas do Iguaçu, com arborismo no Parque Nacional do Iguaçu e Macuco Safari, visita ao Parque das Aves, Parque Aquático Thermas Cataratas, atividades aquáticas, módulos de Manualidades, Sustentabilidade, Aldeia Global de Desenvolvimento, além, é claro, de uma visita às instalações da Itaipu. As noites foram marcadas por festas, festivais e um grande temporal logo no começo do acampamento associados da UEB participantes pessoas atingidas indiretamente mudas plantadas no Corredor da Biodiversidade da Itaipu Binacional participantes da oficina de reciclagem de papel participantes da oficina de Energia Solar jovens conhecendo e interagindo com aves típicas do Brasil, répteis e borboletas no Parque das Aves jovens conhecem o Canal da Piracema e o Eco Museu cadeiras doados para o Instituto Itaipu mesas doados para o Instituto Itaipu

10 Plantio de Árvores no Dia Mundial do Meio Ambiente Em parceria com a UNEP - Programa de Meio Ambiente das Nações Unidas - e a Organização Mundial do Movimento Escoteiro, escoteiros dos Estados da Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, reuniram-se em junho para plantar árvores, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente associados da UEB mobilizados mudas de árvores plantadas MutEco XVIII Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica Com o tema Consumo Consciente: Tudo vai para algum Lugar!, a ação realizado no mês de junho, promoveu discussão e incentivou a adoção de procedimentos sustentáveis, fomentando ação em busca de melhores práticas e proporcionou aos jovens testar soluções, buscar novos caminhos para a resolução de problemas ambientais associados da UEB mobilizados pessoas beneficiadas diretamente pessoas beneficiadas indiretamente 14 15

11 MutCom - XI Mutirão Escoteiro Nacional de Ação Comunitária Com o tema Escotismo é Inclusão, a proposta da ação foi de oferecer ao jovem a oportunidade de compreender que todas as pessoas são diferentes nesse mundo, e que a riqueza dessas relações é que contribui para o desenvolvimento e crescimento pessoal e social. A Unidade Escoteira Local desenvolveu no mês de setembro atividades acerca do Tema da Pessoa com Deficiência, e proporcionou ao jovem que atue na criação de diversas perspectivas de soluções rumo a uma sociedade inclusiva associados da UEB mobilizados pessoas beneficiadas diretamente pessoas beneficiadas indiretamente XXIV Mutirão Pioneiro Nacional evento foi realizado de 21 a O 26 de julho na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais e contou com a participação de 238 participantes que vieram de 14 Regiões Escoteiras e dois participantes do Corpo Nacional de Escutas Escoteiros de Portugal. Durante o evento foram realizadas atividades comunitárias em nove localidades diferentes da cidade de Belo Horizonte e da Grande Belo Horizonte. Todas as atividades comunitárias foram desenvolvidas a partir da necessidade dos residentes das comunidades. Campanha de combate à Dengue e Leishmaniose, revitalização do Asilo Frei Otto, reconstrução da área esportiva da Fazenda Escola da Fundação Caio Martins, reforma de cadeiras e carteiras da Escola Estadual Presidente Dutra, organização da biblioteca comunitária no Centro Técnico Adolf Fritz, reconstrução da Horta Comunitária Vila Pinho, revitalização da área de lazer da Comunidade da Vila União, revitalização do túmulo de Caio Vianna Martins e da Praça do Escoteiro foram algumas das atividades que envolveram o evento. 238 jovens (Pioneiro/ Pioneira ) associados da UEB participantes pessoas beneficiadas diretamente Mais de pessoas beneficiadas indiretamente Mais de famílias beneficiadas 16 17

12 XXIII ELO Nacional Com o tema Escotismo é Inclusão, o acampamento realizado nos meses agosto e novembro celebraram a possibilidade do Movimento Escoteiro ser oferecido a todas as pessoas, independentemente de suas limitações ou dificuldades. O encontro destacou a fraternidade e o companheirismo, a alegria e a amizade entre os participantes associados da UEB beneficiados diretamente 52º JOTA Jamboree no Ar Jamboree no Ar - JOTA Jamboree- O On-The-Air - é uma atividade escoteira mundial, que acontece todos os anos. Em 2009, o evento aconteceu entre os dias 16 e 18 de outubro e as atividades estiveram ainda mais envolventes. Esse envolvimento é decorrente aos jovens terem tido a oportunidade de se aproximar muito mais das estações de radioamador, e também ao fato da boa programação proposta pela Organização Mundial do Movimento Escoteiro (WOSM) - Escoteiros criando um mundo melhor, respeitando e recuperando a natureza e o meio ambiente. 96 Grupos Escoteiros participantes 13º JOTI Jamboree na Internet JOTI - Jamboree na Internet é o maior encontro virtual de O escoteiros. Entre os dias 17 e 18 de outubro, milhares de escoteiros, se reuniram para comemorar a Fraternidade Escoteira Mundial. É cada ano mais freqüente o aumento do número de participantes a cada ano. Em 2009, se atingiu-se o maior número de participantes, um crescimento de 45% em relação ao ano anterior beneficiados diretamente beneficiados indiretamente 18 19

13 Astronauta Marcos Pontes visita Escoteiros encontro que comemorou os 40 anos da chegada do O homem à lua, contou com a presença do astronauta brasileiro Marcos Pontes. Com o tema Decolando Juntos para o Futuro, o palestrante convidado assumiu a função de educador aos olhos de 150 escoteiros do ar na cidade de Taubaté - SP. O palestrante marcou a vida dos jovens com a sua história, uma viagem pela experiência de vida e profissional do astronauta, mostrando que, com dedicação, é possível realizar sonhos. Ao final da palestra, o ídolo passou a ser mais um escoteiro do ar. Participação de 150 associados da UEB Volvo Ocean Race - Rio Scout s Day - Rio de Janeiro Volvo Ocean Race é uma regata de A volta ao mundo que acontece de três em três anos. Durante nove meses os velejadores irão percorrer quase 70 mil km com 11 paradas, na que é considerada a maior e mais difícil competição marítima de todos os tempos. A União dos Escoteiros do Brasil, em parceria com a Volvo Ocean Race, o Programa de Meio Ambiente das Nações Unidas e a Organização Mundial do Movimento Escoteiro, organizou no dia 29 de Março de 2009 o Rio Scout s Day, parte integrante da Corrida Pelo Meio Ambiente que acontece junto com a Volvo Ocean Race. Eventos similares ocorreram também na Espanha, EUA, África do Sul, Irlanda, Cingapura e Suécia. No Brasil sob a coordenação de Fabrício Gabriel Silva, lobinhos(as), escoteiros(as) e seniores e Guias participaram das atividades na Marina da Glória, com a proposta de estimular os jovens a serem multiplicadores de práticas saudáveis e sustentáveis em favor do meio ambiente na família, na escola e na comunidade onde estão inseridos. 850 associados da UEB beneficiados diretamente 20 21

14 Campanha Nacional Respeite esta Vaga Em comemoração ao Dia de Luta Nacional das Pessoas com Deficiência (21 de setembro), e tendo adotado como tema para o ano de 2009 Escotismo e Inclusão a União dos Escoteiros do Brasil em parceria com a Unilehu convidou todas as Unidades Escoteiras associadas para participar da Campanha Nacional - Respeite esta Vaga. A Campanha foi uma mobilização nacional da UEB para chamar a atenção daqueles que usam indevidamente, nos estacionamentos, as vagas destinadas às Pessoas com Deficiência. A Campanha aconteceu de 12 a 26 de setembro. Criação e Lançamento do Sempre Alerta Eletrônico Em junho foi lançado o informativo eletrônico da UEB, o Sempre Alerta Eletrônico. O informativo mensal mantém atualizado os associados da UEB e parceiros sobre as principais ações desenvolvidas pela UEB e estabelece um canal de comunicação direta entre eles informativos Sempre Alerta enviados pessoas beneficiadas diretamente pessoas beneficiadas indiretamente 22 23

15 Encontro de Formação de Líderes Entre os dias 4 e 6 de Dezembro, pessoas de sete Regiões Escoteiras (ES, MG, RJ, RS, SP, DF, PR) participaram do Encontro de Formação de Líderes. O evento foi promovido pela União dos Escoteiros do Brasil e organizado pelo Núcleo Nacional de Jovens. A programação do Encontro contou com a realização de palestras sobre liderança e participação juvenil (em suas três esferas: no Grupo Escoteiro, na instituição e na sociedade) e um seminário de Programa, conduzido pelo Diretor Nacional de Métodos Educativos Alessandro Garcia Vieira. 21 associados da UEB beneficiados diretamente XIV Fórum Nacional de Jovens Líderes Bento Gonçalves/RS Entre os dias 18 e 21 de abril de 2009, paralelo ao XV Congresso Escoteiro Nacional, 21 jovens lideres e mais 4 observadores de 9 Regiões Escoteiras (DF, ES, MG, MT, PR, RJ, RS, SC, SP) se reuniram para discutir sobre: aprovação da reforma dos Parâmetros Regulamentares da Rede Nacional de Jovens Líderes, criação de uma comissão para o desenvolvimento do Tudão - documento informativo sobre a Rede Nacional de Jovens Líderes, Troféu Joinha para o Núcleo Regional do Rio de Janeiro e eleição do jovem Felipe de Paulo(RJ) para o cargo de Coordenador e Rafael Raizer(PR) para o cargo de Comunicador para o Núcleo Nacional de Jovens Líderes. 21 associados da UEB beneficiados diretamente 24 25

16 XV Congresso Escoteiro Nacional XVI Assembléia Escoteira Nacional No período de 18 a 21 de abril os representantes das Regiões Escoteiras do Brasil foram recepcionados pela Direção Regional da UEB/ RS. A realização do evento possibilitou oferecer diversas Oficinas, Seminários e Palestras para os participantes. Na Assembléia Geral Ordinária houve a aprovação de contas, o relatório da Diretoria Executiva Nacional, elegeram novos membros para o Conselho de Administração Nacional CAN, Comissão Fiscal Nacional CFN e Comissão de Ética e Disciplina Nacional CEDN e analisaram os relatórios apresentados por Comissões e Fórum. Por ocasião da Sessão final foram empossados os eleitos e a nova Diretoria Executiva Nacional. Participação de 210 associados da UEB Participação de 700 pessoas no evento. CONJUVE Conselho Nacional da Juventude CONJUVE é um espaço de O diálogo entre a sociedade civil, o governo e a juventude brasileira. É um órgão consultivo e tem por objetivo assessorar o governo federal na formulação de diretrizes da ação governamental; promover estudos e pesquisas acerca da realidade socioeconômica juvenil; e assegurar que a Política Nacional de Juventude do Governo Federal seja conduzida por meio do reconhecimento dos direitos e das capacidades dos jovens e da ampliação da participação cidadã. Durante a sua gestão, a UEB participaram da comissão de Parlamento e na comissão de Articulação e Diálogo. Atuaram em diversas frentes como no auxílio da atualização do Plano Nacional da Juventude, elaboração da publicação Juventude e Conselhos ( livro que reúne diversos artigos sobre experiências de Conselhos e Redes de Juventude), e na organização do II Encontro de Conselhos (10 a 12 de março de 2010). Publicação: Juventude, participação e conselhos ; Elaboração da Cartilha Papo Reto - glossário básico para auxílio à criação de conselhos; Comissão organização do II Encontro de Conselhos e a criação de uma Rede de Conselhos de Juventude; Realização de um estudo com conselheiros municipais e estaduais da Juventude para verificar quais as dificuldades e as formas do CONJUVE atuar com mais efetividade junto a eles; Realização de um curso em parceria com a UFMG para Formação de Conselheiros

17 Homenagem ao Vice-Presidente da República José Alencar escoteiro e Vice-Presidente da República, José Alencar, foi O homenageado pela União dos Escoteiros do Brasil, no dia 16 de dezembro, em Brasília - DF, quando recebeu uma comitiva de dirigentes nacionais. Foi entregue uma placa contendo a Promessa e a Lei Escoteiras, uma Medalha de Gratidão, no grau Ouro, e a carteira de sócio honorário da União dos Escoteiros do Brasil, como um reconhecimento pelas suas repetidas demonstrações de vivência dos valores e do ideal proposto pelo Movimento Escoteiro. Visita de Pioneiros à Antártida Dentro de uma nova dinâmica e visão da Sustentabilidade, e em comemoração ao IV Ano Polar Internacional, o XVIII Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica, além de dicas de consumo consciente, trouxe também um grande desafio: três Pioneiros foram selecionados, tendo por base projetos ambientais apresentados, e em agosto foram visitar a Antártica através de convênio entre a UEB, a União Parlamentar Escoteira do Brasil, a Comissão Interministerial para os Recursos do Mar e o PROANTAR. Senado recebe Escoteiros premiados com visita à Antártica Os senadores da Comissão de Educação, Cultura e Esporte conheceram, no dia 3 de dezembro, a experiência de três escoteiros brasileiros que visitaram a Antártica, escolhidos entre 172 Grupos Escoteiros de 18 estados brasileiros que desenvolveram projetos de preservação ambiental em A viagem-prêmio foi oferecida a partir de parceria entre a União Parlamentar Escoteira do Brasil (UPEB), a Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CECIRM) e a União dos Escoteiros do Brasil (UEB). Os projetos premiados estão ligados ao Mutirão Nacional de Ação Ecológica (MutEco), coordenado por Paulo Eugênio de Oliveira. Seguro Escoteiro União dos Escoteiros do Brasil mantém vigente a apólice de cobertura do A Seguro de Acidentes Pessoais Coletivo, denominado Seguro Escoteiro. Foi ampliado os valores de coberturas sem onerar o valor da apólice, de modo que, a partir de 2010, haverá ampliação nas coberturas para morte acidental e/ ou por invalidez no percentual de 50%, e as despesas médico-hospitalares em 30%. Desta forma, visamos trazer mais segurança aos nossos Associados quando da prática das atividades escoteiras, como também em sua vida particular, pois o plano deste seguro tem cobertura extensiva 24 horas

18 SIGUE Sistema de Informações e Gerenciamento de Unidades Escoteiras Em 2009 a Diretoria Executiva Nacional trabalhou no desenvolvimento de um Software para auxiliar a administração das Unidades Escoteiras Locais de todo o Brasil. O SIGUE é um programa que pode ser acessado por todos os associados registrados na União dos Escoteiros do Brasil, via internet. As primeiras ações foram realizadas no mês de março e a fase de teste iniciou-se em setembro. A disponibilização do sistema para todas as Unidades Escoteiras Locais foi definido para março de 2010, marcando uma nova fase na administração de informações, em tempo real, simultaneamente, de norte a sul e de leste a oeste associados da UEB beneficiados diretamente UEB visita Região Norte Regiões Escoteiras do Pará, Maranhão, Amazonas, Roraima, Rondônia e Acre receberam visita técnica de assessoria e apoio do Escritório Nacional da UEB em maio e junho de Aconteceram reuniões e visitas em mais de 30 UEL s atendendo demandas locais, disponibilização de literaturas e materiais de divulgação. Projeto Grupo Padrão um reconhecimento da Direção Nacional da É UEB pelos excelentes resultados atingidos pelos dirigentes, escotistas e jovens do Grupo participante. O crescente número de participação no Projeto Grupo Padrão nos últimos quatro anos demonstra que este instrumento tem sido cada vez mais aderido na gestão dos Grupos Escoteiros. Para o próximo ano é previsto uma reestruturação buscando melhorar os instrumentos utilizados pelos grupos na avaliação da sua Gestão, permitindo uma melhora nos níveis de desenvolvimento enquanto Grupo Escoteiro. s do Grupo Padrão REGIÃO AM BA CE DF ES GO MG MS MT PB PE PI PR RJ RN RS SC SE SP BRONZE PRATA OURO

19 Prêmio Aurélio Azevedo Marques Em comemoração do Centenário do Escotismo Brasileiro, foi lançado em outubro o Prêmio Aurélio Azevedo Marques. O prêmio visa estimular o crescimento efetivo de participantes nos Grupos Escoteiros e uma forma de reconhecer o trabalho realizado pelos Dirigentes, Escotistas e Jovens para o fortalecimento das Unidades Escoteiras Locais e divulgação do Movimento Escoteiro. Na edição de 2009, 16 Grupos Escoteiros receberam troféus de reconhecimento pelo significativo desempenho. Site da Loja Escoteira Nacional venda dos produtos da Loja Escoteira Nacional pela A internet a partir de setembro proporciona facilidades e vantagens ao associado da União dos Escoteiros do Brasil de uma forma ágil e segura. O associado permanece atualizado com todos os lançamentos e promoções dos produtos da Griffe UEB. Além de ter a comodidade de realizar sua compra sem sair de casa, a loja virtual oferece também diversas formas de pagamento associados da UEB beneficiados diretamente 32 33

20 II Concurso Nacional UEB de Fotografia Com o objetivo estimular, reconhecer e divulgar imagens criadas por fotógrafos que encontram no Movimento Escoteiro a inspiração de sua criatividade, a segunda edição do concurso, com o tema: Escotismo e Meio Ambiente, contou com a inscrição de belas imagens que ilustrarão os futuros materiais da União dos Escoteiros do Brasil. Os vencedores foram: Lucas Martins dos Santos Sales(GE Caio Vianna Martins 92/RJ), Erik Yoshiyuki Tamaki Hirata (GE Falcão Peregrino 20/SP), Lucas Guilherme Guse (GE Cascavel 41/PR), Iter Cabral Coelho (GE Guia Lopes 17/RJ), Otávio Cabral Coelho (GE Guia Lopes 17/RJ), Murilo de Sena Cagliari (GE Tatuibi 51/SP), Milena Pioli (GE Lis Rio Preto 311/SP), Fernando Lima Barros Chaves (GE São Francisco de Assis 08/RJ), Bruno Santos Battistella (GE Tatuibi 51/SP) I Mostra Nacional de Fotografias Escoteiras Foz do Iguaçu/PR Exposição das melhores imagens participantes do Concurso Nacional UEB de Fotografias. A mostra aconteceu durante o IV Jamboree Nacional Escoteiro, na cidade de Foz do Iguaçu, Paraná, de 11 ä 17 de Janeiro de Publicação de Literatura e Materiais Educativos Lições da Escola da Vida 2ª Edição Brasileira Autobiografia de Robert Baden-Powell, fundador do Escotismo. Cada parágrafo deste livro se constitui numa excelente lição de como se encarar a vida com alegria e sem demasiada seriedade. A personalidade vibrante e irreverente de Baden-Powell torna-se límpida diante de nossos olhos, com a descrição daquele que, além dos 80 anos de idade, soube manter um coração de menino, aberto aos jovens de todos os continentes. Gilwell Obra composta por dois títulos: O Livro de Gilwell e Gilwell Park. Um passeio pela história, uma visita a muitos personagens, e um passeio pelos campos e recantos de Gilwell Park, que ajudam a compreender o papel deste Centro de Formação no Movimento Escoteiro participantes

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes pág. 1 PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes MISSÃO Somos uma rede nacional escoteira de

Leia mais

SCOUTWEB 2010. Informativo da Rede Nacional de Jovens da UEB n 1_2010 [1]

SCOUTWEB 2010. Informativo da Rede Nacional de Jovens da UEB n 1_2010 [1] SCOUTWEB 2010 Informativo da Rede Nacional de Jovens da UEB n 1_2010 [1] Olá Rede, Sempre Alerta! Agora vocês tem um periódico nacional dos Jovens Líderes, um documento para para alegrar seus dias e deixa-los

Leia mais

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes pág. 1 VISÃO GERAL Objetivo 1 - No âmbito da seção escoteira, apoiar a correta aplicação do método escoteiro, em especial as práticas democráticas previstas

Leia mais

CALENDÁRIO REGIONAL 2015 VERSÃO 2 (07/01/2015) ESCOTEIROS DO BRASIL REGIÃO SÃO PAULO #MOVIDOSPELOESCOTISMO O MUNDO QUE QUEREMOS

CALENDÁRIO REGIONAL 2015 VERSÃO 2 (07/01/2015) ESCOTEIROS DO BRASIL REGIÃO SÃO PAULO #MOVIDOSPELOESCOTISMO O MUNDO QUE QUEREMOS CALENDÁRIO REGIONAL 2015 VERSÃO 2 (07/01/2015) ESCOTEIROS DO BRASIL REGIÃO SÃO PAULO #MOVIDOELOESCOTISMO O MUNDO QUE QUEREMOS Data Curso Local Atividade Local Efeméride 6 jan Divulgação do Resultado do

Leia mais

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre N o Brasil há 2.361 municípios, em 23 estados, onde vivem mais de 38,3 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza. Para eles, o Governo Federal criou

Leia mais

Pesquisa de Informações Básicas Estaduais 2012

Pesquisa de Informações Básicas Estaduais 2012 Pesquisa de Informações Básicas Estaduais 2012 Informações Básicas Recursos Humanos Foram pesquisadas as pessoas que trabalhavam na administração direta e indireta por vínculo empregatício e escolaridade;

Leia mais

Programa de Melhoria da Gestão em Hospitais Filantr

Programa de Melhoria da Gestão em Hospitais Filantr Imagem: Santa Casa de Santos fundada em 1543 Atualização: 26/outubro Programa de Melhoria da Gestão em Hospitais Filantr ópicos Filantró Hospitais e Entidades Filantrópicas - CMB Objetivos do Projeto Governança

Leia mais

Programa de Melhoria da Gestão em Hospitais Filantr

Programa de Melhoria da Gestão em Hospitais Filantr Imagem: Santa Casa de Santos fundada em 1543 Programa de Melhoria da Gestão em Hospitais Filantr ópicos Filantró Hospitais e Entidades Filantrópicas - CMB Objetivos do Projeto Governança Metodologia Seleção

Leia mais

Inventar com a diferenca,

Inventar com a diferenca, Inventar com a diferenca, cinema e direitos humanos PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO Fundação Euclides da Cunha O que é Inventar com a diferença: cinema e direitos humanos O projeto visa oferecer formação e

Leia mais

Processo de seleção do representante brasileiro para o 6º Internacional Scout Gathering

Processo de seleção do representante brasileiro para o 6º Internacional Scout Gathering Processo de seleção do representante brasileiro para o 6º Internacional Scout Gathering Introdução Por ocasião da escolha dos Emirados de Sharjah como capital da cultura islâmica em 2014, e patrocínio

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Guia do Educador CARO EDUCADOR ORIENTADOR Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 2. PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Objetivo GERAL 5 METODOLOGIA 5 A QUEM SE DESTINA? 6 O QUE

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS VICE-GOVERNADORIA ATA DE REUNIÃO. CAMG - Palácio Tiradentes Sala Cláudio Manoel

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS VICE-GOVERNADORIA ATA DE REUNIÃO. CAMG - Palácio Tiradentes Sala Cláudio Manoel ATA DE REUNIÃO Evento: Local: 2ª Reunião do Comitê Intersetorial de Políticas Públicas para a Juventude CAMG - Palácio Tiradentes Sala Cláudio Manoel Data: 20 de fevereiro de 2013 Horário: 15h00min Nesta

Leia mais

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL CNPJ 33.788.431/0001-13

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL CNPJ 33.788.431/0001-13 UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL CNPJ 33.788.431/0001-13 ATA DA 13.ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA ASSEMBLÉIA NACIONAL DA UEB. Realizada nos dias 21 e 23 de abril de 2006, Fortaleza - CE. No dia vinte e um de abril

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL NO BRASIL: UMA ANÁLISE DOS PADRÕES RECENTES

DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL NO BRASIL: UMA ANÁLISE DOS PADRÕES RECENTES DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL NO BRASIL: UMA ANÁLISE DOS PADRÕES RECENTES Barbara Christine Nentwig Silva Professora do Programa de Pós Graduação em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social /

Leia mais

Prezados Companheiros,

Prezados Companheiros, Oficio 174/2010 Da: Diretoria Regional da UEB - MG Para: Grupos Escoteiros da UEB MG e Diretores Distritais Assunto: Indabas de Distritos e Indicação para Diretor Distrital Prezados Companheiros, Com a

Leia mais

OFICINA DE REESTRUTURACÃO DA REABRI Data: 14 de Maio de 2010 UNIDAVI - Rio do Sul

OFICINA DE REESTRUTURACÃO DA REABRI Data: 14 de Maio de 2010 UNIDAVI - Rio do Sul OFICINA DE REESTRUTURACÃO DA REABRI Data: 14 de Maio de 2010 UNIDAVI - Rio do Sul Moderação: Graciane Regina Pereira e Katiuscia Wilhelm Kankerski 13h Apresentação dos objetivos e da metodologia de trabalho.

Leia mais

CALENDÁRIO DE EVENTOS PARA 2016 Escoteiros do Brasil - Região do Espírito Santo Versão 3-04/11/2015

CALENDÁRIO DE EVENTOS PARA 2016 Escoteiros do Brasil - Região do Espírito Santo Versão 3-04/11/2015 CALENDÁRIO DE EVENTOS PARA 2016 Escoteiros do Brasil - Região do Espírito Santo Versão 3-04/11/2015 JANEIRO 6 Divulgação do Resultado do Prêmio Aurélio Azevedo Marques 8 Falecimento de Baden-Powell Nairobi/Quênia

Leia mais

Diagnóstico da institucionalização da Política Nacional de Educação Permanente do Sistema Único de Assistência Social nos estados brasileiros

Diagnóstico da institucionalização da Política Nacional de Educação Permanente do Sistema Único de Assistência Social nos estados brasileiros Diagnóstico da institucionalização da Política Nacional de Educação Permanente do Sistema Único de Assistência Social nos estados brasileiros Denise Mafra Gonçalves; Maria Cristina Abreu Martins de Lima;

Leia mais

Parceiros. Apoio. Consed Rede Andi Brasil Todos pela Educação. Canal Futura Congemas Undime

Parceiros. Apoio. Consed Rede Andi Brasil Todos pela Educação. Canal Futura Congemas Undime Objetivo : Identificar, reconhecer, dar visibilidade e estimular o trabalho de ONGs que contribuem, em articulação com as políticas públicas de educação e de assistência social, para a educação integral

Leia mais

Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para a Interamerican Leadership Training.

Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para a Interamerican Leadership Training. Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para a Interamerican Leadership Training. Introdução Durante a XXV Conferência Interamericana Escoteira, realizada entre os dias 19 e 21

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

RESUMO - ATA DA 60.ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO NACIONAL DA UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL

RESUMO - ATA DA 60.ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO NACIONAL DA UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL RESUMO - ATA DA 60.ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO NACIONAL DA UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL Data e Local: 12 e 13 de setembro, Curitiba/PR. -----------------------------------------------------------------

Leia mais

Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus.

Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus. Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus. 1. Resumo Descritivo Data: 31 de outubro de 2013. Local: Assembleia Legislativa

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Roteiro 1. Contexto 2. Por que é preciso desenvolvimento de capacidades no setor

Leia mais

Sublimites estaduais de enquadramento para. Nacional 2012/2013. Vamos acabar com essa ideia

Sublimites estaduais de enquadramento para. Nacional 2012/2013. Vamos acabar com essa ideia Sublimites estaduais de enquadramento para o ICMS no Simples Nacional 2012/2013 Vamos acabar com essa ideia 4 CNI APRESENTAÇÃO Os benefícios do Simples Nacional precisam alcançar todas as micro e pequenas

Leia mais

COLÉGIO BRSILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE RELATÓRIO DE GESTÃO DIREÇÃO NACIONAL BIÊNIO 2007-2009 2009 Fernando Mascarenhas Presidente Dinah Vasconcellos Terra Vice-Presidente Yara Maria de Carvalho Diretora

Leia mais

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1 Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015 Perspectivas da economia / Comprometimento de renda Novembro/2015 Copyright Boa Vista SCPC 1 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: Pesquisa para

Leia mais

Planejamento Estratégico 2007 2008. Quatro Projetos da Equipe 1

Planejamento Estratégico 2007 2008. Quatro Projetos da Equipe 1 Planejamento Estratégico 2007 2008 Objetivo Estratégico: Estimular criação / desenvolvimento e fortalecimento de programas estaduais e setoriais. Quatro Projetos da Equipe 1 revisão em 26/09/2007 Missão:

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA

PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA ( 44.ª EDIÇÃO ) AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA PRESIDENTE Ronaldo Mota Sardenberg CONSELHEIROS Emília

Leia mais

Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional SAI

Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional SAI Secretaria de Articulação Institucional SAI O Processo de Construção do SNC Teresina-PI 04/Dez/2012 A Importância Estratégica do SNC Após os inúmeros avanços ocorridos nos últimos anos no campo da cultura

Leia mais

INFORMATIVO Nº 1 Explicação. No próximo ano acontecerá na cidade do Rio de Janeiro o maior evento que reúne a juventude a nível mundial, que é a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Este evento reúne milhões

Leia mais

SISEB Informa. 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias. Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas

SISEB Informa. 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias. Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas Ano I Número 6 setembro 2014 3 Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias página 4 6 Encontro Prêmio São Paulo

Leia mais

UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE

UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE A INSTITUIÇÃO A Universidade Livre do Meio Ambiente - Unilivre, instalada em Curitiba, Paraná, é uma organização não governamental sem fins lucrativos, recentemente

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura SISTEMA NACIONAL DE CULTURA Processo de articulação, gestão, comunicação e de promoção conjunta de políticas públicas de cultura, mediante a pactuação federativa. Objetivo Geral do SNC Implementar políticas

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

Relatório da Missão em Belo Horizonte do Secretariado do projeto Educa

Relatório da Missão em Belo Horizonte do Secretariado do projeto Educa Relatório da Missão em Belo Horizonte do Secretariado do projeto Educa 1 Realizou-se, de 19 a 25 de agosto de 2012, a missão do Secretariado Internacional do projeto EDUCA em Belo Horizonte. O Secretariado

Leia mais

Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional SAI

Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional SAI Secretaria de Articulação Institucional SAI Seminário Metas do Plano e dos Sistemas Municipal, Estadual e Nacional de Cultura Vitória-ES 05/Dez/2011 Secretaria de Articulação Institucional SAI A Construção

Leia mais

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes Financiamento e apoio técnico Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Conselho Nacional dos Direitos

Leia mais

Pesquisa da 10ª Semana. Coordenação de Estudos Sócioeconômicos CESES Departamento de Difusão Fomento e Economia de Museus DDFEM Ibram, 2012

Pesquisa da 10ª Semana. Coordenação de Estudos Sócioeconômicos CESES Departamento de Difusão Fomento e Economia de Museus DDFEM Ibram, 2012 Pesquisa da 10ª Semana de Museus Coordenação de Estudos Sócioeconômicos CESES Departamento de Difusão Fomento e Economia de Museus DDFEM Ibram, 2012 Panorama geral - Pesquisa da 10ª Semana Nº entradas

Leia mais

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS SUBCHEFIA DE ASSUNTOS FEDERATIVOS Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal Mapa de obras contratadas pela CEF, em andamento com recursos do Governo Federal 5.048

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL Lei n o 9.795, de 27 de Abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso

Leia mais

É uma ação permanente de promoção dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram;

É uma ação permanente de promoção dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram; Pesquisa da 13ª Semana Nacional de Museus Período de aplicação: 25 de maio a 30 de junho de 2015 Coordenação de Estudos Socioeconômicos e Sustentabilidade Ceses Departamento de Difusão, Fomento e Economia

Leia mais

PROJETO GERAL DA SIGNIS/BRASIL - Triênio 2011/2013

PROJETO GERAL DA SIGNIS/BRASIL - Triênio 2011/2013 PROJETO GERAL DA SIGNIS/BRASIL - Triênio 2011/2013 Signis Brasil Associação católica de comunicação foi criada no Brasil, no dia 2 de dezembro de 2010, em Assembleia, que aprovou seus estatutos e elegeu

Leia mais

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação Endereços das Secretarias Estaduais de Educação ACRE MARIA CORRÊA DA SILVA Secretária de Estado da Educação do Acre Rua Rio Grande do Sul, 1907- Aeroporto Velho CEP: 69903-420 - Rio Branco - AC Fone: (68)

Leia mais

RESGATE DOS ENCONTROS ANTERIORES

RESGATE DOS ENCONTROS ANTERIORES RESGATE DOS ENCONTROS ANTERIORES I ENCONTRO NACIONAL DE FORMAÇÃO ENAFOR, 24 a 28 de outubro de 2005 160 participantes da CONTAG e de 26 Federações (incluindo FETADFE) Mote: Construindo uma Política Nacional

Leia mais

APRESENTAÇÃO. 1. Identificação do Órgão/Unidade Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro Escola Judiciária Eleitoral.

APRESENTAÇÃO. 1. Identificação do Órgão/Unidade Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro Escola Judiciária Eleitoral. APRESENTAÇÃO 1. Identificação do Órgão/Unidade Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. 2. E-mail para contato eje@tre-rj.gov.br. 3. Nome do Projeto. 4. Tema escolhido Gestão Sócio Ambiental. 5.

Leia mais

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Início das inscrições: 22 de fevereiro de 2013 Final das inscrições: 20 de março de

Leia mais

Comunidade de Prática Internacional para apoiar o fortalecimento e liderança da BIREME OPAS/OMS Fortalecimento institucional da BIREME OPAS/OMS

Comunidade de Prática Internacional para apoiar o fortalecimento e liderança da BIREME OPAS/OMS Fortalecimento institucional da BIREME OPAS/OMS Comunidade de Prática Internacional para apoiar o fortalecimento e liderança da BIREME OPAS/OMS Fortalecimento institucional da BIREME OPAS/OMS TERMOS DE REFERÊNCIA Versão 17/07/2012 No âmbito de um processo

Leia mais

AÇÕES ADMINISTRATIVAS LIGADAS AO TRABALHO FEDERATIVO

AÇÕES ADMINISTRATIVAS LIGADAS AO TRABALHO FEDERATIVO AÇÕES ADMINISTRATIVAS LIGADAS AO TRABALHO FEDERATIVO ANO - 1884 01 de Janeiro Fundação da FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA, por Augusto Elias da Silva, sendo seu primeiro presidente Ewerton Quadros. 02 de

Leia mais

OBSERVATÓRIO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Setembro 2015

OBSERVATÓRIO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Setembro 2015 OBSERVATÓRIO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Setembro 2015 CONSIDERANDO QUE: a Política Nacional de Resíduos Sólidos PNRS 1 foi promulgada em 2010, com o objetivo de dar soluções aos problemas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

FRANQUIA HOME OFFICE

FRANQUIA HOME OFFICE FRANQUIA HOME OFFICE SUMÁRIO QUEM SOMOS PREMIAÇÕES ONDE ESTAMOS NOSSO NEGÓCIO MULTIMARCAS MULTISERVIÇOS PERFIL DO FRANQUEADO VANTAGENS DA FRANQUIA CLUBE TURISMO DESCRITIVO DO INVESTIMENTO PROCESSO DE SELEÇÃO

Leia mais

PRÊMIO AMBIENTAL É INCENTIVO ÀS BOAS PRÁTICAS AMBIENTAIS E AO DESENVOLVIMENTO TÉCNICO-GERENCIAL

PRÊMIO AMBIENTAL É INCENTIVO ÀS BOAS PRÁTICAS AMBIENTAIS E AO DESENVOLVIMENTO TÉCNICO-GERENCIAL PRÊMIO AMBIENTAL É INCENTIVO ÀS BOAS PRÁTICAS AMBIENTAIS E AO DESENVOLVIMENTO TÉCNICO-GERENCIAL Já estão abertas as inscrições para o 2º Benchmarking Ambiental Brasileiro no site: www.maisprojetos.com.br/bench.

Leia mais

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Prefeito Empreendedor Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Março/2012 Expediente Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC Fernando

Leia mais

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais:

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais: PROJETO DA SHELL BRASIL LTDA: INICIATIVA JOVEM Apresentação O IniciativaJovem é um programa de empreendedorismo que oferece suporte e estrutura para que jovens empreendedores de 18 a 30 anos desenvolvam

Leia mais

Edital do Processo Seletivo para o Curso Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde Ênfase na Gestão Estadual do Sistema Único de Saúde

Edital do Processo Seletivo para o Curso Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde Ênfase na Gestão Estadual do Sistema Único de Saúde 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Rio de Janeiro, em 06 de outubro

Leia mais

PROJETO DE CIDADANIA

PROJETO DE CIDADANIA PROJETO DE CIDADANIA PROJETO DE CIDADANIA A Anamatra A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho Anamatra congrega cerca de 3.500 magistrados do trabalho de todo o país em torno de interesses

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS LEI Nº 14.830, de 11 de agosto de 2009 Dispõe sobre a criação do Conselho Estadual do Artesanato e da Economia Solidária - CEAES, e adota outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA,

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida profissionais

Leia mais

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a participação juvenil na elaboração e acompanhamento das políticas públicas na área de cidadania, em nível municipal, estadual e nacional, promovendo

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Relatório Gerencial TECNOVA

Relatório Gerencial TECNOVA Relatório Gerencial TECNOVA Departamento de Produtos Financeiros Descentralizados - DPDE Área de Apoio à Ciência, Inovação, Infraestrutura e Tecnologia - ACIT Fevereiro de 2015 Marcelo Nicolas Camargo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. Institui o Programa Pró-Catador, denomina Comitê Interministerial para Inclusão Social

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Erradicação do Trabalho Infantil. Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Fiscalização do Trabalho

Erradicação do Trabalho Infantil. Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Fiscalização do Trabalho Erradicação do Trabalho Infantil Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Fiscalização do Trabalho Estrutura do MTE para o Combate ao Trabalho Infantil a Serviço da Rede de Proteção à Infância.

Leia mais

Regimento Interno do processo de construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo

Regimento Interno do processo de construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo Regimento Interno do processo de construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo CAPÍTULO I Artigo 1o. A construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo realizar-se-á entre fevereiro e junho

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA GABINETE DO PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 937/2012 - PGJ

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA GABINETE DO PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 937/2012 - PGJ RESOLUÇÃO Nº 937/2012 - PGJ O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais e com fundamento no art. 19, XX, da Lei Complementar nº 85, de 27 de dezembro de 1999, Considerando

Leia mais

CARTA DO PARANÁ DE GOVERNANÇA METROPOLITANA

CARTA DO PARANÁ DE GOVERNANÇA METROPOLITANA CARTA DO PARANÁ DE GOVERNANÇA METROPOLITANA Em 22 e 23 de outubro de 2015, organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano SEDU, por meio da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba COMEC,

Leia mais

MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA

MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Implantação (projetos que estão em fase inicial) Nome da Instituição/Empresa: "Profissional Autonoma Abril 2009

Leia mais

CE150/INF/6 (Port.) Anexo A - 2 - A. DETERMINANTES SOCIAIS DA SAÚDE. Introdução

CE150/INF/6 (Port.) Anexo A - 2 - A. DETERMINANTES SOCIAIS DA SAÚDE. Introdução Anexo A - 2 - A. DETERMINANTES SOCIAIS DA SAÚDE Introdução 1. A Assembleia Mundial da Saúde, mediante a Resolução WHA62.14 (2009), Reduzir as desigualdades de saúde mediante ações sobre os determinantes

Leia mais

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE FORTALECIMENTOS DOS CONSELHOS ESCOLARES PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

Diretoria Geral Ouvidoria RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA OUVIDORIA MÊS DE OUTUBRO DE 2015

Diretoria Geral Ouvidoria RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA OUVIDORIA MÊS DE OUTUBRO DE 2015 Diretoria Geral Ouvidoria RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA OUVIDORIA MÊS DE OUTUBRO DE 1 A Ouvidoria do DNPM, órgão de assistência direta e imediata ao Diretor-Geral, foi criada por meio do Decreto nº 7.9, de

Leia mais

CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia / /

CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia / / LEI Nº 2.526, DE 18 DE JUNHO DE 2009. CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia / / Cria o Conselho Municipal de Pessoas Portadoras de Deficiência e dá outras

Leia mais

ONG BRASI O DIÁLOGO ABRE CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO. Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil

ONG BRASI O DIÁLOGO ABRE CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO. Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil ONG BRASI 2012 O DIÁLOGO ABRE CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil Dezembro de 2013 3 EXPEDIENTE Presidenta

Leia mais

CONGRESSO ESTADUAL DE ARQUITETOS E URBANISTAS DE SANTA CATARINA PARTICIPAÇÃO, ATUAÇÃO, QUALIFICAÇÃO

CONGRESSO ESTADUAL DE ARQUITETOS E URBANISTAS DE SANTA CATARINA PARTICIPAÇÃO, ATUAÇÃO, QUALIFICAÇÃO CONGRESSO ESTADUAL DE ARQUITETOS E URBANISTAS DE SANTA CATARINA PARTICIPAÇÃO, ATUAÇÃO, QUALIFICAÇÃO CONGRESSO ESTADUAL DE ARQUITETOS E URBANISTAS NOS OUÇAM! Regimentalmente o Conselho de Arquitetura e

Leia mais

II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA

II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA Salvador, Bahia Brasil, 19 e 20 de novembro de 2009 Mobilização Mundial Conferências

Leia mais

Educação infantil EdiçõEs sm Projeto Educativo sm Educativo Ensino Fundamental i 1º ao 5º ano vida es da América Eir Sabor ação é Eix

Educação infantil EdiçõEs sm Projeto Educativo sm Educativo Ensino Fundamental i 1º ao 5º ano vida es da América Eir Sabor ação é Eix PROjEtO Educativo sm A FunDAçãO SM e o Projeto Educativo sm ilustração do livro Sabores da América ArG MEx CoL dom Pri PEr CHL BrA EsP Países onde a Fundação sm e a sm atuam: Argentina, Brasil, Chile,

Leia mais

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS AGENDA DE S E EVENTOS 2015 AGENDA DE S E EVENTOS 2015 CATEGORIAS DE S Introdução à Governança Primeiro passo dentro da Governança Corporativa, os cursos de Introdução à Governança fornecem uma visão de

Leia mais

Dimensão social. Educação

Dimensão social. Educação Dimensão social Educação 218 Indicadores de desenvolvimento sustentável - Brasil 2004 36 Taxa de escolarização Representa a proporção da população infanto-juvenil que freqüenta a escola. Descrição As variáveis

Leia mais

Business Partners Consulting, atendendo seu cliente, União dos Escoteiros do Brasil, seleciona: GERENTE GERAL

Business Partners Consulting, atendendo seu cliente, União dos Escoteiros do Brasil, seleciona: GERENTE GERAL Business Partners Consulting, atendendo seu cliente, União dos Escoteiros do Brasil, seleciona: GERENTE GERAL Local de trabalho Curitiba Paraná Atividades Desenvolver e implantar novas estratégias de atuação

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Caras amigas e caros amigos Desde o início do ano, os movimentos e organizações sociais têm se manifestado

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - ES PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Introdução O Programa Municipal de Educação Ambiental estabelece diretrizes, objetivos, potenciais participantes, linhas

Leia mais

RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL

RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL UNITAU - Universidade de Taubaté CBH-PS Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul Trabalho realizado

Leia mais

EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY

EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY São convocados os senhores Usuários dos serviços de Telecomunicações e as associações ou entidades que possuam em seu objeto social características

Leia mais

DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015

DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Secretaria Geral Parlamentar Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Confere nova regulamentação ao Conselho Municipal de Segurança

Leia mais

COMISSÃO DIRETORA. Praça dos Três Poderes Senado Federal CEP: 70165 900 Brasília DF

COMISSÃO DIRETORA. Praça dos Três Poderes Senado Federal CEP: 70165 900 Brasília DF A estrutura administrativa do Senado Federal está dividida em três áreas que compreendem os órgãos superiores de execução, órgãos de assessoramento superior e órgão supervisionado. Conheça a estrutura

Leia mais

LEVANTAMENTO DOS CRESS SOBRE QUADRO DE ASSISTENTES SOCIAIS NOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DOS ESTADOS

LEVANTAMENTO DOS CRESS SOBRE QUADRO DE ASSISTENTES SOCIAIS NOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DOS ESTADOS LEVANTAMENTO DOS CRESS SOBRE QUADRO DE ASSISTENTES SOCIAIS NOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DOS ESTADOS Informações enviadas pelos CRESS: 1ª. PA; 2ª. MA; 5ª. BA; 6ª.-MG; 7ª. RJ; 10ª. RS; 11ª. PR; 12ª-SC; 13ª.

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.374, DE 08 DE ABRIL DE 2003. Publicado no Diário Oficial nº 1.425. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental e adota outras providências. O Governador do Estado do Tocantins Faço

Leia mais

AS COMPRAS GOVERNAMENTAIS E O SEBRAE. Denise Donati Coordenadora do Projeto Compras Governamentais Sebrae Nacional

AS COMPRAS GOVERNAMENTAIS E O SEBRAE. Denise Donati Coordenadora do Projeto Compras Governamentais Sebrae Nacional AS COMPRAS GOVERNAMENTAIS E O SEBRAE Denise Donati Coordenadora do Projeto Compras Governamentais Sebrae Nacional Desafio Fomentar o Uso do Poder de Compra do Governo Junto aos Pequenos Negócios para Induzir

Leia mais

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil Após um mais de ano de trabalho e experiências adquiridas a CRIC apresenta à diretoria regional as diretrizes que regem

Leia mais

Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI)

Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) Presidência da República Controladoria-Geral da União Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL (PETI) O PETI é um programa do Governo Federal que

Leia mais

Oi FUTURO ABRE INSCRIÇÕES PARA EDITAL DO PROGRAMA Oi NOVOS BRASIS 2012

Oi FUTURO ABRE INSCRIÇÕES PARA EDITAL DO PROGRAMA Oi NOVOS BRASIS 2012 Oi FUTURO ABRE INSCRIÇÕES PARA EDITAL DO PROGRAMA Oi NOVOS BRASIS 2012 Programa vai selecionar projetos socioambientais para receberem apoio técnico e financeiro Instituto de responsabilidade social da

Leia mais

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL Curso: Tecnologia Social e Educação: para além dos muros da escola Resumo da experiência de Avaliação do Programa "Apoio

Leia mais

Relatório de Comunicação e Engajamento COE Instituto Venturi Para Estudos Ambientais

Relatório de Comunicação e Engajamento COE Instituto Venturi Para Estudos Ambientais Relatório de Comunicação e Engajamento COE Instituto Venturi Para Estudos Ambientais Declaração de Apoio Continuo da Presidente 23/10/2015 Para as partes interessadas: É com satisfação que comunicamos

Leia mais

COORDENAÇÕES ESTADUAIS DO ARTESANATO

COORDENAÇÕES ESTADUAIS DO ARTESANATO COORDENAÇÕES ESTADUAIS DO ARTESANATO ACRE Secretaria de Estado de Turismo e Lazer Endereço: Av. Chico Mendes, s/n - Arena da Floresta - Bairro Areal. CEP: 69.906-119 - Rio Branco - AC TEL: (68) 3901-3027/

Leia mais

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Elaborada pela Diretoria de Assuntos Estudantis 1 1 Esta minuta será apreciada pelo Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão nos dias

Leia mais