A crise financeira de deixou. em especial nas instituições e Países com mais. e também a nacionalizações

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A crise financeira de 2008-2009 deixou. em especial nas instituições e Países com mais. e também a nacionalizações"

Transcrição

1 NÚMERO 11 NEWS AGOSTO Planos PME Generali +Vida 3 Nova delegaçao em Évora Academia Generali Inicia novo ciclo 4 Generali reforça o Seguro GenMar 5 Regata Troféu Generali Encontro de Agentes Generali Entrevista a Paulo Albuquerque 9 Concurso de Produção - Moçambique 12 Concurso de Produção - EUA e Canadá 13 CIS-Corporação Internacional de Seguros 14 José Alves - Aceita novo desafio Elio Moccia - CEO do CEB 15 7ª Reunião Generali - SIVA Generali Portugal - Customer as an Asset Generali Portugal - Innovation Team 16 Generali Portugal e Innovation Team Generali recebe membros da AIDA 17 Paolo Conte em Portugal 4ª Edição da Festa di Cinema Italiano 18 Equipa Ducati Generali - Taça Europa Triatlo 2011 Exposição António Teixeira Carneiro 19 Workshop Risk and extreme values in insurance and finance Protocolo com a Coperpol 20 Apoio Associação Protecção Rapariga Regata Generali Solo Festa embaixada Itália 22 Seat Figueira Júnior Wave Fest Generáli Solidário 27 Campanha Publicitária 2011 A crise financeira de deixou as suas marcas em especial nas instituições e Países com mais debilidades. Assistimos a falências de bancos e também a nacionalizações de instituições financeiras de grande porte, com a injecção de dinheiros públicos no capital dessas empresas, levando assim ao aumento da dívida pública dos Países envolvidos que agora se vêem a braços com ataques especulativos dos mercados financeiros. Se há Países que têm passado relativamente incólumes, outros há como os chamados Países periféricos da Europa, que ainda estão a sofrer as consequências. Estes países como os casos de Portugal, da Grécia e da Irlanda com situações orçamentais débeis já antes da crise viram as suas contas agravarem-se. Por um lado devido às suas próprias fraquezas, por outro pela intervenção dos mercados financeiros e agências de rating que com a sua pressão, obrigaram estes Países a recorrerem a ajudas externas e a submeterem-se a violentos programas de ajustamento orçamental. A Generali, cuja fundação celebra este ano o 180.º aniversário, como interveniente nos mercados financeiros, tem passado por mais esta crise como já havia passado por tantas outras. Com efeito, para a Generali esta é mais uma crise que deve ser enfrentada com determinação e saber acumulado ao longo dos anos. Desde a sua fundação em 1831 em Trieste, à data território do Império Austro-húngaro, a Generali sobreviveu à desagregação deste Império e à unificação de Itália, a duas guerras mundiais, à grande crise de 1929 assim como a esta de A Generali que, desde o início se assumiu como uma Companhia global (nos primeiros anos de actividade já tinha agencias em Viena, Praga, Pest, Bordéus e Marselha assim como em todo o território italiano), durante a segunda guerra, com a entrada de Itália no conflito, perdeu o contacto com grande parte das Companhias e agências que entretanto já se haviam espalhado por todo o território europeu, incluindo Portugal, DESTAQUES 23 GENERALI SOLIDÁRIO e pelos países do norte de África e América do Norte, Centro e Sul. A própria Sede da Companhia em Trieste foi requisitada e ocupada pelo Governo Militar Aliado. Com o final da segunda guerra, vê nacionalizadas todas as Companhias estabelecidas nos Países que entretanto ficaram sob influência da União Soviética, num total de 14 Companhias, muitas líderes de mercado e muitas Agências e Sucursais. Como foi possível a sobrevivência da Generali a todos estes eventos, perguntarão os leitores. A Generali sempre se pautou por ser uma Companhia com os pés bem assentes na terra. Solidez financeira, boa organização e políticas de investimento conservadoras, permitiram à Companhia manter-se viva e de boa saúde. Também a Generali em Portugal segue as regras definidas pelas políticas de investimento que são emanadas pela Direcção Central em Trieste. Assim, toda a carteira de investimentos se encontra sujeita a regras de solvabilidade e liquidez das mais apertadas do mercado português e que são uma garantia adicional para todos quantos pretendem segurança para as suas poupanças. A título de exemplo, refira-se que pelo menos 75% da carteira de investimentos tem que ser aplicada em empresas ou Estados com rating AAA ou AA ou equivalente sendo que destes pelo menos 40% tem que ser aplicado em títulos de dívida pública. Por outro lado, com a finalidade de salvaguardar a liquidez, a Generali não pode participar em empréstimos obrigacionistas, de montante global inferior a 300 milhões de euros. Os investimentos da Generali em Portugal são desde 2003 geridos pela Generali Investments France, uma empresa especializada na gestão de investimentos pertencente ao Grupo Generali, havendo um acompanhamento permanente quer por parte da Administração portuguesa quer pelas estruturas de alocação de activos e de gestão de risco sedeadas na Casa-mãe. A estratégia seguida tem-nos permitido boas rentabilidades para as nossas carteiras de investimento, a manutenção de excelentes níveis de solvabilidade e historicamente, uma das melhores performances de participação nos resultados para os nossos Clientes do Ramo Vida. José Romão 27 CAMPANHA Propriedade GENERALI - Companhia de Seguros Direcção e Redacção GENERALI - Companhia de Seguros Produção Gráfica Laranja Mecânica Publicidade Tiragem 1500 exemplares DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

2 LANÇAMENTO 2 Uma Companhia, dois planos, todas as soluções O papel determinante que as Pequenas e Médias Empresas desempenham em Portugal, é preponderante para a actividade económica e para a actividade seguradora. A sua capacidade de mudar e inovar rapidamente, implica a oferta de um serviço diferenciado de características únicas e de elevado valor acrescentado. Na vanguarda das melhores soluções, a Generali reformulou a sua oferta para PMEs com dois novos planos - Generali Linha Empresarial e Generali Linha Industrial. Duas Linhas de seguro completas, extremamente versáteis e abrangentes, que incluem novas áreas de actividade económica, inclusão do seguro de Leasing, possibilidade de contratar capitais complementares de Responsabilidade Civil e Seguro de Transportes com aceitação automática nas actividades indicadas. Com uma estratégia de protecção focada nas principais necessidades das pequenas e médias empresas, os dois novos planos contemplam um conjunto de seguros e coberturas perfeitamente adequados às exigências das mais diversas áreas de Actividade. Generali + Vida Os imprevistos da Vida, cobertos por um seguro à medida de cada família. O Generali +Vida foi reformulado com um conjunto de novos módulos e funcionalidades, que se traduzem numa solução perfeitamente adaptada às mais diversas necessidades de segurança. Com um conjunto de 18 módulos opcionais, encontram-se perfeitamente abrangidas e garantidas as mais diferentes situações e imprevistos da vida dos nossos clientes, desde a Invalidez Absoluta e Definitiva até à Invalidez Total e Permanente, sem deixar de contemplar as Doenças Graves ou até mesmo a cobertura de Pós-Vida. Uma solução flexível e de fácil subscrição, que oferece ainda um Seguro de Responsabilidade Civil Familiar aos clientes que contratem os Módulos Acidental. Mas as vantagens não terminam por aqui. Para que os Mediadores Generali possam oferecer as melhores soluções, necessitam também das melhores e mais práticas ferramentas de trabalho. Assim, foi implementada a plataforma de Emissão Automática de Apólices Generali +Vida, bem como um conjunto de documentos de suporte à venda que irão certamente facilitar e simplificar a selecção e apresentação das soluções mais adequadas. A Generali espera assim, de forma simples e prática, oferecer aos seus clientes uma solução completa e adequada às suas necessidades.

3 Generali ABRE nova delegação em Évora LANÇAMENTO A Generali abre uma nova delegação na cidade de Évora, de onde serão coordenadas as operações nas regiões do Alentejo e Algarve. Reforçar e fortalecer as relações com os Mediadores desta região é fundamental para a expansão da marca. Através de uma equipa de sete pessoas extremamente competente e profissional, liderada por Marcos Borrego, torna-se possível proporcionar aos Mediadores um serviço diferenciado, com uma vasta oferta de produtos e serviços. A nova Delegação de Évora irá permitir reforçar a imagem e presença da marca Generali nas regiões Sul, bem como dar continuidade à estratégia de crescimento delineada para o presente ano. O novo espaço está preparado para oferecer as melhores respostas e soluções, para as diversas necessidades sentidas por Mediadores e Clientes. 3 Academia Generali inicia novo ciclo! Em Abril, a Academia Generali iniciou o ciclo de formação à rede de Agentes. Esta primeira acção teve como tema a Liderança e o Coaching, e os participantes foram os membros do Comité Executivo. Foi num ambiente descontraído e de partilha de conhecimentos que decorreram os dois dias de formação. Em Maio, realizaram-se duas acções sobre o tema Empreendedorismo, uma em Lisboa outra no Porto, onde estiveram presentes cerca de 30 Agentes Principais. A Academia continuará a desenvolver os objectivos para a qual foi criada, ou seja a aposta na profissionalização da rede de agentes Generali e os cursos proporcionados deverão constituir um elemento diferenciador do Agente Generali, pois através de maiores conhecimentos de estruturação comercial e de vendas, poderão proporcionar aos clientes um serviço de qualidade, bem como permitir ao Agente ter uma vasta gama de temas e formações associadas que o podem ajudar no seu dia-a-dia no escritório. Paralelamente, a Academia continua a sua actividade de formação com os Gestores de Rede, e em Junho alargou a sua actuação a outras áreas da Companhia, dando inicio a um ciclo de formação em Liderança e Coaching para diversas áreas. Sem dúvida que a Academia Generali é um canal importante na partilha de conhecimento e de know-how técnico, cumprindo assim os objectivos para os quais foi criada.

4 LANÇAMENTO 4 Generali reforça o seguro GenMar! O seguro de quem conhece o mar. A Generali sempre foi conhecida pela sua tradição marítima e pela sua excelente oferta ao nível de soluções de seguros ligados ao mar. A enorme experiência e conhecimento dos riscos do mar, teve um contributo fundamental para a reformulação deste excelente seguro, que agora ficou ainda mais completo e perfeitamente ajustado às necessidades de quem gosta de desfrutar dos prazeres do mar. Para que possamos continuar a proporcionar aos nossos clientes uma navegação tranquila e com a máxima segurança, reforçámos o GenMar com um conjunto de coberturas, base e complementares, extremamente vantajosas e de elevada qualidade. O seguro GenMar passa a apresentar uma estrutura muito simples e com vantagens muito claras. Para além da cobertura de Responsabilidade Civil obrigatória com limite de ,00, fica automaticamente incluído no plano base a cobertura de Assistência náutica, ficando ainda disponíveis para subscrição opcional, um vasto conjunto de coberturas como a de danos próprios, remoção de destroços ou Acidentes Pessoais, entre outras, que são sempre uma mais-valia de segurança para quem possui uma embarcação de recreio. O relançamento do GenMar, teve lugar, em Maio, na Associação Naval de Lisboa, no âmbito da Regata Troféu Generali, um evento anual organizado com a Associação Naval de Lisboa e que contou com a realização de diversas actividades no espaço da Associação e que visaram a apresentação das vantagens deste excelente produto. Descubra o porto seguro do novo GenMar.

5 Regata Troféu Generali 2011 VIDA GENERALI 5 Disputou-se no dia 08 de Maio, mais uma edição da Regata Troféu Generali. O Campo de Regatas do Estuário do Tejo e Baia de Cascais foi uma vez mais o palco escolhido para a realização deste excelente evento nacional dirigido às classes de navegação de vela cruzeiro ORC e ANC. A edição 2011 da Regata Troféu Generali, organizada em parceria com a Associação Naval de Lisboa, ficou marcada pelo relançamento do seguro GenMar. Um seguro criado para garantir a plena segurança das embarcações de recreio e seus tripulantes, que se encontra agora, ainda mais completo e perfeitamente adaptado às exigências e necessidades daqueles que privilegiam os prazeres do mar. As boas condições climatéricas, a presença de tripulações bastante compe-titivas e as acções de promoção desenvolvidas para o relançamento do GenMar, proporcionaram a todos os participantes e espectadores, óptimos momentos de lazer e animação. A Generali é actualmente o mais antigo patrocinador da Associação Naval de Lisboa, com quem esperamos continuar a desenvolver acções privilegiadas, fruto de um relacionamento duradouro e de confiança.

6 VIDA GENERALI Encontro de Agentes Generali 6 Realizou-se no dia 2 de Março, no Hotel Vila Galé Coimbra, a primeira reunião anual de Agentes Generali. A apresentação de resultados e abordagem dos principais pontos estratégicos traçados para o ano de 2011 foram os temas centrais da reunião, que contou com a presença de cerca de 240 participantes, entre mediadores e funcionários da companhia. Contando com a presença e colaboração dos mais altos responsáveis pela Administração da Generali em Portugal, José Alves, deu as boas vindas e acolheu os participantes, cabendo a Santi Cianci, Administrador Delegado e Director Geral, a apresentação dos resultados obtidos no exercício de 2010 e plano estratégico para 2011, salientando diversos factores preponderantes para a actual conjuntura económica e para os resultados alcançados. Por sua vez, Rogério Dias salientou os resultados comerciais obtidos pela Rede de Agentes, o plano comercial previsto para 2011 e as novidades comerciais desenvolvidas, tais como o relançamento dos Planos PME e implementação de ferramentas de apoio à actividade de Mediação, que permitam não só a melhoria do desempenho do Mediador como também o serviço prestado ao cliente. Rui Almeida, Director Técnico Não Vida, salientou o reforço de novas ofertas, com tarifas mais competitivas, bem como a inclusão de novas garantias e franquias nos ramos automóvel, patrimoniais e Responsabilidade Civil, colocando a Generali, novamente, como a seguradora de referência, conhecida no mercado pelas suas soluções inovadoras. O relançamento do seguro GenMar, foi outra das novidades. Mais competitivo que nunca, com um conjunto de garantias mais amplo e um simulador intuitivo e de fácil utilização, o GenMar reforça a sua excelente qualidade enquanto produto de referência neste segmento de mercado. Orlando Cardoso, apresentou os principais resultados obtidos no Ramo Vida, com principal destaque para as soluções Vida, Acidentes Pessoais e Saúde. Ainda na sequência do recente estudo publicado

7 pela Deco, foi destacada a excelente oferta que a Generali disponibiliza aos seus clientes ao nível de seguro de Saúde, onde o Generali +Saúde obteve o Índice de Satisfação mais elevado entre as principais seguradoras do mercado português. A Reunião não podia ter terminado da melhor forma. Conceição Tomás, directora de Marketing, divulgou os resultados alcançados no estudo de notoriedade, onde a Generali obteve resultados bastante positivos, sendo a única seguradora que apresentou um crescimento positivo nos períodos analisados, confirmando assim os excelentes resultados obtidos com a publicidade da marca. Foi também, realizado um ponto de situação relativamente ao projecto de uniformização das Lojas Generali, que se encontra em fase de arranque, e os resultados anuais do cartão Generali que será, seguramente, um projecto que continuará a ser potenciado. No final, foram divulgados os vencedores do concurso de produção de 2010 e sorteado o magnifico Fiat 500, no âmbito da Campanha ito. Por fim e para motivar ainda mais o desempenho dos mediadores Generali, foi apresentado o destino para o novo concurso de produção 2011 Estados Unidos da América e Canadá. Sem dúvida, uma viagem de sonho à terra das oportunidades! VIDA GENERALI 7 Quem vende mais é bonito já tem vencedor! A mais recente aposta da Generali para protecção dos condutores de automóveis citadinos, foi protagonista do concurso de produção Quem vende mais é bonito! Esta campanha foi destinada a todos os mediadores que atingissem os mínimos estabelecidos de 20 apólices Generali ito e 100 apólices Generali +Auto, entre os meses de Abril a Dezembro de 2010, sendo no final sorteado um magnifico Fiat 500 com decoração Generali. A campanha gerou excelentes resultados e muito entusiasmo junto da rede de mediação. No final da campanha, foram dez os Mediadores apurados para o sorteio que se realizou na primeira reunião anual de Agentes Generali. O vencedor foi o Mediador MÉDIA Sociedade de Mediação de Seguros Lda. A Generali felicita o vencedor pelo seu desempenho e prémio alcançado.

8 ESPAÇO AGENTE 8 Paulo Albuquerque iniciou a sua actividade na área seguradora ainda muito jovem, em Fevereiro de 1991 e com apenas 18 anos. Começou por trabalhar nos telefones mas rapidamente a sua determinação o fez triunfar como Mediador de Seguros. Fomos encontrar um homem simples e directo, que diz viver para o trabalho e para a família. Generali. - A sua relação com a Generali ainda está a dar os primeiros passos, no entanto como avalia e caracteriza este novo relacionamento profissional? Agente Generali à pouco mais de um ano, Paulo Albuquerque destaca este novo relacionamento como algo que pensava se ter perdido. A Generali está muito próxima do Agente Profissional. Proporciona um contacto fácil e objectivo que permite uma forte fidelização. Espera que este novo relacionamento continue a superar as suas expectativas e perdure durante muitos anos. Generali. - De que forma caracteriza o suporte da Generali à sua rede de mediação? O que mais lhe agrada na sua relação comercial com a Generali? A grande disponibilidade de toda a estrutura Generali e dos colaboradores que lhe prestam assistência é sem dúvida o factor crítico de sucesso para o óptimo relacionamento que tem vindo a ser desenvolvido. Paulo Albuquerque não tem qualquer dúvida, que esta grande disponibilidade pode dar grandes frutos. Em apenas um ano colocámos mais de 1 milhão de euros de carteira na Generali. O trabalho e apoio que me tem sido proporcionado por 4 pessoas em particular, Maria José Maciel, Maria João Vinagre, Cristina Fialho e Rogério Santos, tem sido extraordinário e merece ser destacado. Generali. - Como encara as ferramentas e suportes informáticos colocados à disposição dos mediadores e dos clientes? Entrevista a Paulo Albuquerque Paulo Albuquerque Seguros São sem dúvida uma mais-valia para a actividade de mediação. Estão bem desenvolvidos e funcionam de forma eficaz, mas existem sempre pontos a melhorar. Desbloquear o Seguro Comércio e Acidentes de Trabalho Trabalhadores Independentes, é fundamental para o pequeno negócio, que tem de ser emitido de forma rápida e internamente. A passagem destes para o sistema proporcionará aos Agentes uma vantagem extraordinária. Generali. - Tem algum produto Generali de eleição? Porquê? A panóplia de produtos da Generali é toda de elevada qualidade, destaco os produtos Multirriscos como muito acima do mercado e extremamente agressivos, a excelência do seguro de Acidentes Pessoais e a óptima tarifa dos seguros de Vida. Generali. - Enquanto Mediador e Agente Principal Generali, quais os aspectos que considera mais importantes e fundamentais para a satisfação dos clientes? A minha ligação à Generali ainda é relativamente recente, pelo que considero que o meu contributo ainda não foi fundamental. No entanto, tudo irei fazer para contribuir positivamente, para a crescente satisfação dos clientes Generali. Saber corresponder ao cliente e servi-lo com elevados níveis de satisfação é um desafio diário que requer alguns sacrifícios da minha equipa, como por exemplo trabalhar até às 20 horas durante a semana e apenas reservar o Domingo para dia de descanso. É necessário adaptar os nossos horários aos horários dos clientes. Generali. - Como avalia o seu desempenho no último ano? Foi o melhor Agente do Concurso de Produção anual. É sempre bom ver reconhecido o nosso trabalho. Irei continuar a trabalhar para vencer as próximas edições. Trabalho desde os 13 anos e é o trabalho que me motiva. Tenho também que destacar o desempenho da minha equipa, sempre muito estimulada e pronta a dar o máximo todos os dias. Generali. - Quais são os principais desafios da Paulo Albuquerque Sociedade de Mediação de Seguros para os próximos anos? Continuar a trabalhar arduamente para que a Generali seja dignificada e tenha orgulho em trabalhar connosco. Propomo-nos a dar o máximo para que sejam alcançados os objectivos traçados. Generali. - O Ramo automóvel continua a ser um ramo preponderante para a actividade de Mediação de Seguros. Como encara a necessidade de implementar novas medidas de controlo e vistoria à cobertura de Danos Próprios? A obrigatoriedade defende toda a gente, clientes, mediadores e a própria Companhia de Seguros. São medidas boas e necessárias, que nos permitem trabalhar com maior rigor e detectar com maior facilidade os casos de fraude ou prestação incorrecta de informação. Há situações que considero não fazerem sentido, na minha opinião é um exagero efectuar o Seguro de Danos próprios para viaturas com mais de 8 anos. Generali. - Numa perspectiva de melhoria continua, quais os aspectos que considera que poderiam ser melhorados? A quantidade de papel que é enviada para os mediadores. O sistema informático já nos permite obter quase toda a informação que necessitamos, nomeadamente avisos de prémios cobrados, processos de sinistro, actas e por ai em diante. Julgo que poderíamos reduzir a quantidade de papel enviada, permitindo-nos assim efectuar uma considerável redução de custos administrativos e de tempo. Para além de adoptarmos uma postura ambientalmente responsável. Generali. - Qual a mensagem que gostaria de deixar para os Agentes Generali? É necessária mais solidariedade entre os Mediadores, que tentem a todo o custo dignificar a actividade que desempenham, através da profissionalização. Retrato Robot Nome: Paulo Albuquerque Idade: 38 anos Naturalidade: São João Tarouca Tempos Livres: Atletismo e dois filhos Prato Preferido: Cozido à Portuguesa Bebida de Eleição: Vinho tinto O que mais detesta: Ingratidão Generali numa palavra: Força

9 pérola DO ÍNDICO UMA MAGNÍFICA VIAGEM VIDA GENERALI Este ano a Generali premiou os Mediadores vencedores do Concurso Produção 2010, com uma magnífica viagem rumo à Pérola do Índico. Moçambique, um país maravilhoso, conhecido pela sua beleza única, atmosfera amigável e praias paradisíacas outrora navegadas pelas caravelas Portuguesas. 9 Ansiosos e num ambiente de boa disposição, os vencedores tinham à sua espera um programa de actividades aliciante e bastante diversificado. Após a chegada a Maputo no dia 2 de Abril, o grupo partiu no dia seguinte para o Kruger National Park. Sem dúvida o mais famoso de todos os parques da África do Sul e um dos mais famosos do mundo.

10 VIDA GENERALI 10 Um Safari diurno e um Safari nocturno, ofereceram ao Grupo experiencias únicas, naquele que é o verdadeiro santuário da fauna Africana, conhecido como o habitat dos cinco grandes : elefante, rinoceronte, búfalo, leão e leopardo, o local ideal para captar aquela imagem que guardará para toda a vida. 10 O Grupo na magnífica ilha de Inhaca No dia seguinte o grupo rumou, em catamaran, com destino à Ilha de Inhaca, ideal para relaxar ao ritmo de uma pequena ilha semi-tropical, conhecida pelas suas belas praias, magníficos recifes de coral e vida marinha exótica. Aqui o grupo pôde desfrutar do merecido descanso, visitar a ilha num passeio de jipe e ainda conhecer a desabitada Ilha dos Portugueses (reserva marítima) conhecida pelas suas praias limpas de areia branca, águas de azul-turquesa e flora praticamente virgem.

11 No sexto dia, teve lugar o Jantar Generali, onde os participantes trajados a rigor com roupas coloridas e tradicionais africanas, aproveitaram os ritmos dos tambores africanos e da música da discoteca para dançar, tocar e aproveitar uma noite de verdadeira festa. O Jantar Generali, foi também o palco ideal para a simbólica entrega de prémios. VIDA GENERALI 11 Momentos de lazer em festa temática A viagem ficou concluída com a visita à cidade de Maputo, que contou com um City Tour Panorâmico, passagem pela Estação dos Caminhos-de-ferro desenhada por Eiffel, o Museu de História Natural, o edifício do Conselho Municipal, situado na Praça da Independência, a Fortaleza da Cidade, um dos edifíciost mais antigos da cidade e onde actualmente funciona o Museu Militar. Passagem pela Baixa da Cidade e oportunidade para observar a Casa de Ferro, trazida da Exposição Universal de Paris, o Mercado Central, também vulgarmente conhecido por bazar da baixa e conhecer também os bairros residenciais da Polana e Sommerchield. Cerimónia de entrega de prémios Uma vez mais, a viagem Generali voltou a primar pela sua excelência e sucesso.

12 VIDA GENERALI CONCURSO PRODUÇÃO 2011 EUA e Canadá 12 BOSTON NOVA IORQUE CATARATAS NIAGARA TORONTO

13 CIS - Corporação Internacional de Seguros Mais de 19 anos de permanente contacto diário, sempre num clima de franca e leal colaboração. Em Janeiro de 1931, é constituída a COR- PORAÇÃO INTERNACIONAL DE SEGU- ROS, SA, com escritórios na Avenida dos Aliados, no coração do Porto, tendo sido nomeados seus administradores os Senhores José Ferreira Alves e António Santos Silva. É confirmado o protocolo negociado previamente com a Legal & General e iniciam-se as diligências para o início da actividade de Corretor de Seguros, o que ocorre em 19 de Janeiro de No Reino Unido, a operação da Legal & General baseava-se fundamentalmente na exploração de produtos do ramo vida e pensões. A pouca experiência internacional e essa limitação levou a que, numa primeira fase, os ramos explorados em Portugal se limitassem a incêndio e elementos da natureza e acidentes pessoais. Sentiu-se de imediato necessidade de estabelecimento de outras parcerias para colocação dos restantes ramos de seguro. Estava assim iniciada a nossa actividade na área da corretagem, cujo esforço e dedicação de todos, permitiu que a CIS se tornasse, nessa época, e por um considerável período, no principal corretor do norte de Portugal. Na época da sua criação, era forçoso ter uma força humana suficiente para responder a todas as exigências, pelo que o quadro de pessoal da CIS chegou a ser composto por mais de 60 pessoas. Em 1992, após a saída da Legal & General do mercado português, foram diminuindo gradualmente as necessidades manutenção de um quadro de pessoal tão pesado, tendo passado alguns colaboradores à situação de reforma e negociados acordos de rescisão com outros. Neste momento, a CIS tem no activo 14 colaboradores. Convém salientar antes de mais que a CIS terá que ser enquadrada como uma empresa de cariz familiar. Desde a sua origem até aos nossos dias já atravessou 3 gerações Isto para dizer que, pelo facto de não estar nem nunca ter estado ligada a nenhum grupo económico, existem alguns negócios que, necessariamente, são para nós de mais difícil abordagem, pela sua envolvência e dimensão, entre outros factores. Todo o nosso projecto se baseia em estarmos permanentemente conscientes da realidade do nosso mercado, que temos vindo a encarar de forma profissional mas sempre com a humildade que nos caracteriza e nos é reconhecida. Fruto desta postura e relação de plena confiança depositada pelos clientes, a CIS foi impondo a sua imagem, sendo conhecida (e reconhecida) em todo o Norte de Portugal, assumindo em especial uma posição de destaque na grande maioria das empresas da sua zona de implantação. Ao longo destes oitenta anos de actividade, temos baseado o nosso negócio no trabalho árduo e dedicado dos colaboradores activos e numa rede de Agentes (actualmente cerca de 150) que canalizam os seus negócios por nosso intermédio, beneficiando das nossas soluções e experiência. Mantemos uma relação profissional séria e franca com todos, sendo esses certamente os nossos principais argumentos para que continuemos a merecer a confiança de todos. Importa ainda acrescentar o reconhecimento por parte de alguns dos nossos principais clientes do nosso importante papel na gestão dos seus contratos de seguro. Só assim se explica a longevidade de algumas relações comerciais com algumas empresas, que em alguns casos se vem perpetuando através das gerações mais novas. No ano de 2010 o volume de negócios da CIS teve um ligeiro decréscimo em relação ao ano anterior, em parte consequência da continuada redução dos prémios médios de ramos essenciais na composição da nossa carteira, como o Automóvel e o Acidentes de Trabalho. Para além disso, ocorreram algumas insolvências de clientes, situações sempre de lamentar por todos os motivos óbvios, quer pelas suas implicações sociais e económicas, e que acabaram por afectar os nossos resultados. Encerramos o exercício com uma carteira acima dos Estamos esperançados de que em 2011, muito embora os indicadores nos revelem que a conjuntura económica terá tendência para ser ainda mais difícil e exigente, a nossa performance irá melhorar consideravelmente. Em 1992 a Legal & General abandonou o mercado Português. Em cerca de 60 dias tivemos necessidade de transferir daquela seguradora cerca de apólices activas! Providencialmente, através de contactos iniciados em Londres e prosseguidos em Portugal com a preciosa colaboração e empenho que reconhecemos do Delegado Geral da Generali, Exmº. Senhor José Alves, coadjuvado pelos Exmºs. Srs. Dr. Louçada Coelho e Enzo Predonzan, conseguiu-se chegar a um acordo, em finais de 1992, para começar a funcionar em 1 de Janeiro de Felizmente, tudo correu sem grandes percalços e a colaboração continua e continuará, assim o desejamos, por longos anos. Mais de 19 anos de permanente contacto diário, sempre num clima de franca e leal colaboração, que mais será necessário acrescentar para justificar um CASAMENTO tão longo? É de realçar a amizade e confiança que a CIS tem recebido da Administração, Directores e todos os Colaboradores da Generali, ao nos ser proporcionado um atendimento célere e interessado em todos os problemas e questões colocadas ao longo deste período. Nas horas menos fáceis, todas as nossas solicitações têm vindo a ser atendidas e os problemas que surgem resolvidos de forma frontal e pragmática. É sempre fácil o contacto com qualquer colaborador da Generali. No final, todos beneficiam desta relação próxima, seguradora, CIS e muito particularmente, os nossos comuns clientes. É um procedimento, confessamos, pouco comum com outras Seguradoras, senão mesmo único. ESPAÇO CORRETOR 13

14 VIDA GENERALI 14 José Alves aceita novo desafio profissional Fruto do seu trabalho e óptimo desempenho profissional ao longo da sua carreira, José Araújo Alves, Presidente do Conselho de Administração da Generali Vida em Portugal e representante legal da Generali, aceitou o novo desafio profissional que lhe foi lançado. Mantendo os cargos que actualmente ocupa em Portugal, José Araújo Alves irá também desempenhar o cargo de Presidente do Conselho de Administração na Generali Brasil. A Generali Portugal em nome de todos os seus colaboradores, deseja-lhe os maiores sucessos e felicidades para este novo projecto internacional. 14 ELIO MOCCIA CEO do GEB passa o testemunho após uma vida dedicada ao Grupo Generali No dia 1 de Março de 2011 Elio Mocia, CEO do GEB - Generali Employee Benefits, iniciou o merecido usufruto da sua reforma, colocando um tranquilo e perfeito ponto final numa carreira de 38 anos inteiramente dedicada ao Grupo Generali. Deixando o GEB como líder mundial na sua área de actividade, Elio Moccia passou o testemunho a Mauro Dugulin, até então Director-Geral daquela unidade estratégica do Grupo Generali, sedeada em Bruxelas. Breve resumo da carreira de Elio Moccia: Iniciou a sua actividade na Generali em 1973, em Milão, no departamento internacional de Não Vida, ficando com a responsabilidade pelos países de língua alemã. Três anos mais tarde foi transferido para a Sede Central do Grupo em Trieste, onde desempenhou funções no departamento internacional de Vida. Em 1984 assumiu o estatuto de expatriado, que viria a manter até ao final da sua carreira. Transitou para Londres para liderar o GAEMO - Generali Aetna Marketing office (anterior designação do GEB), que fazia então parte da delegação-geral da Generali no Reino Unido. O escritório de Londres foi responsável pela coordenação da actividade Employee Benefits de todas as companhias do Grupo na Europa. Ainda em 1984 o escritório de Londres foi transferido para Bruxelas e passou a delegação da Casa-Mãe (Trieste). Elio Moccia foi nomeado Director, com a responsabilidade pela área Employee Benefits na Europa e no Médio Oriente. Em 1994 foi nomeado Representante Legal da Assicurazioni Generali na Bélgica, mantendo as suas responsabilidades pela actividade Employee Benefits. Em 2000, após uma reestruturação de toda a área Employee Benefits da Generali, foi nomeado Chief Executive Officer (CEO) da Generali Employee Benefits em Bruxelas, com responsabilidade por toda a actividade do Grupo nesta área a nível mundial. No final de 2009, 43 anos depois da criação da network de Employee Benefits da Generali, o GEB atinge pela primeira vez na sua história a liderança mundial do sector. No dia 25 de Fevereiro de 2011, como a foto o comprova, Elio Moccia visitou a Generali Portugal para se despedir enquanto CEO do GEB e agradecer a colaboração e amizade de todos quantos com ele privaram.

15 7ª Reunião Generali - Siva VIDA GENERALI O Tiara Park Hotel, em Lisboa, foi o local escolhido para a realização da 7ª Edição da Reunião Comercial Generali/SIVA. Foi no dia 23 de Março, que cerca de 70 Corretores marcaram presença para celebrar os bons resultados de 2010, conseguidos graças à parceria estabelecida entre a Generali, a Comepor e a SIVA. A reunião teve início com a apresentação de resultados de 2010 e a habitual reflexão sobre o mercado segurador. Apesar das adversidades do mercado a equipa continua motivada e concentrada em criar soluções no âmbito da fidelização de Clientes e na redução da sinistralidade. A entrega dos prémios foi um dos pontos altos da reunião, que terminou com a apresentação do prémio Melhor Vendedor para 2011: uma viagem para duas pessoas a Viena, Áustria. 15 Generali Portugal integrada no projecto Customer as an Asset As constantes mudanças na sociedade e no modo como o cliente estabelece contacto com as marcas, têm vindo a originar significativas alterações na forma como as empresas se relacionam com os seus actuais e potenciais clientes. Para que o Grupo Generali se mantenha perfeitamente adaptado às novas realidades e tendências, surgiu o Customer as an Asset, um novo projecto, composto por um número reduzido de países: Portugal, Espanha, Republica Checa, Alemanha, França, Áustria e Suíça, cuja finalidade é criar em conjunto, os procedimentos, normas e padrões, para o desenvolvimento de acções e estratégias que se traduzam em valor acrescentado para a companhia e para o cliente. Estruturado em 4 grandes áreas de intervenção, o conceito de cliente enquanto activo da empresa, é já hoje, uma realidade bem presente no universo Generali. Torna-se fundamental criar e desenvolver um vasto conjunto de estratégias e indicadores, que permitam ao Grupo Generali, estabelecer padrões de procedimento, definir o valor do cliente, quais as melhores práticas de relacionamento e fidelização, a melhor orientação da força de vendas para o cliente e outros factores que condicionam a atitude do Cliente perante a empresa e vice-versa. Generali Portugal convidada a participar no Programa Innovation Team Foi com grande orgulho que a Generali Portugal, na pessoa de Santi Cianci, foi convidada a participar no programa Innovation Team. Um programa transversal a todo o Grupo Generali e que desempenha um papel preponderante no reforço dos esforços de inovação de todo o Grupo Generali. Os projectos desenvolvidos no programa Innovation Team visam a concretização de estratégias inovadoras, globais e de longo prazo que permitam ao Grupo Generali apoiar e alavancar as inovações constantes que o Grupo implementa, quer sejam direccionadas para o cliente, ou para a própria estrutura organizacional.

16 VIDA GENERALI 16 Generali Portugal acolhe REUNIÃO DO INNOVATION Team A Generali recebeu, nos dias 15 e 16 de Março, os mais importantes membros do CHOI - Committee Head of Inovation, provenientes dos quatro cantos do mundo, para falar de um único tema: Inovação. O encontro realizou-se pela primeira vez em Portugal e contou com o maior número de presenças de sempre. As reuniões sobre esta temática são de carácter trimestral e têm por objectivo cultivar a prática da inovação dentro do Grupo Generali, fomentar o conceito de DNA Innovation e conceber novas metodologias de criação de valor. O primeiro dia ficou reservado para a chegada de todos os participantes, seguida General recebe membros da AIDA-Portugal de um passeio informal por Lisboa. A equipa teve a oportunidade de conhecer alguns pontos turísticos passando por Belém, terminando no Miradouro de São Pedro de Alcântara e sem esquecer o típico e tão apreciado passeio de eléctrico. O segundo dia ficou reservado para o tema central da reunião - A Inovação. Santi Cianci presidiu à abertura da sessão de trabalho e lançou como desafio a criação de novos modelos de negócio na distribuição de seguros. Seguiu-se a troca de experiências e a apresentação dos projectos de cada membro CHOI. Neste campo em particular Portugal aproveitou a oportunidade para apresentar o Geneali 2011, um projecto que teve muito sucesso em 2006 e no qual a Companhia aguarda a apresentação de novas práticas de êxito com muita expectativa. 16 Nos dias 11, 12 e 13 de Maio, realizouse em Lisboa, mais um importante evento promovido e organizado pela AIDA Portugal (Associação Internacional de Direito dos Seguros). O evento que contou com a presença de diversos membros da associação a nível internacional e apoiado pelo ISP Instituto de Seguros de Portugal, visou a apresentação pública dos P.E.I.C.L Private European Insurance Contract Law bem como a realização do Workshop do Project Group Restatement of European Insurance Contratc Law. Perante um projecto legislativo Europeu em matéria de Direito do Contrato do Seguro, que poderá vir a tornar-se uma realidade no mercado interno europeu na área de seguros, a Generali aproveitou a ocasião para receber nas suas instalações os membros do projecto e proporcionar-lhes uma maior proximidade à realidade portuguesa.

17 Patrocinador Oficial Apoios Institucionais Patrocinadores Apoios Paolo Conte em Portugal com o patrocínio da Generali VIDA GENERALI No dia 5 de Maio de 2011, o mítico compositor, pianista e cantautor italiano Paolo Conte estreou-se pela primeira vez em Portugal. O palco escolhido para a sua enormíssima actuação foi o grande auditório do Centro Cultural de Belém. Conhecido como L Avvocato, Paolo Conte nasceu em Asti, Itália e desde criança começou a cultivar o que ainda hoje são as suas grandes paixões: o jazz americano e as artes visuais. Inspirado não apenas pela vida diária, mas também pelo cinema e pela literatura, compondo músicas baseadas em livros e filmes, aperfeiçoou o seu estilo jazzístico delicado e acústico, incorporando frequentemente elementos latinos nativos tais como o tango e o samba. A interpretação foi total e nem mesmo os seus 74 anos de idade foram impeditivos de actuar durante cerca de duas horas, com temas do último álbum Nelson mas também melodias antigas, como a fantástica Wanda. Um show pleno de emoções que contou com o alto patrocínio da Generali. 17 Generali foi a Seguradora Oficial da 4ª Edição da Festa do Cinema Italiano eiros design: fotografia: Ricardo Cruz 4ª Edição FESTA DO CINEMA ITALIANO // FUNCHAL 5-8 MAIO TEATRO BALTAZAR DIAS A 4ª Edição da Festa do Cinema Italiano arrancou no dia 14 de Abril e prolongou-se até 8 de Maio, passando pelas cidades de Lisboa, Coimbra, Porto e Funchal. A comédia foi o género cinematográfico em destaque na edição de 2011, cujo grande objectivo foi dar a conhecer a exuberância e diversidade da produção cinematográfica com origem em Itália. Com uma programação notável, foi exibido o sangue novo do cinema italiano e os últimos trabalhos de realizadores consagrados. A organização seleccionou sete filmes para competição, que representam o que de melhor se fez no país, no decorrer do ano passado. A Generali, enquanto Seguradora Oficial do evento, felicita a organização por mais uma edição marcada pelo sucesso e excelente organização. 4ª Edição FEST DO

18 PATROCINIOS GENERALI Equipa Ducati em 3.º no bwin Grande Prémio de Portugal 18 A Generali volta a estar presente no Campeo- Valentino Rossi, nova aquisição na equipa. 18 nato do Mundo de Moto GP, que teve lugar no dia 1 de Maio, no Autódromo do Estoril. O Moto GP é o mais importante campeonato do mundo de motociclismo onde experientes pilotos de oito nações disputam a melhor posição, armados com a melhor tecnologia de motociclismo com os seus protótipos construídos por 4 fabricantes, Ducati, Yamaha, Honda e Suzuki. Desde 2009 que o Grupo Generali patrocina a equipa Ducati, Nicky Hayden e agora Rossi foi nove vezes Campeão do Mundo (e sete de Moto GP). A dupla Ducati conquistou um honroso 3.º lugar neste campeonato e segue para as próximas etapas. A marca Generali também estará presente no último circuito deste Moto GP, enquanto patrocinadora oficial do Grande Prémio Generali em Valência, Espanha, a 6 de Novembro. Generali A Seguradora Oficial da segunda etapa da Taça da Europa de Triatlo 2011 No dia 9 e 10 de Abril, a Avenida Marginal de Quarteira, voltou a ser palco de um evento de prestígio e qualidade, com a realização da 10ª edição da prova de Triatlo Professor Carlos Gravata, segunda etapa da Taça da Europa de Triatlo. Em prova estiveram 111 triatletas internacionais, em representação de 27 países. França e Alemanha foram as formações que dominaram o topo das classificações masculina e feminina, respectivamente. A Generali foi a Seguradora Oficial deste importante evento que já vai na sua 10ª edição e que em muito contribui para o prestígio do desporto e desenvolvimento da modalidade. Patrocínio à exposição de pintura António Teixeira Carneiro A Generali é um dos patrocinadores da Exposição de Pintura de António Carneiro, um evento da responsabilidade da Santa Casa da Misericórdia do Porto. António Teixeira Carneiro ( ), nascido em Amarante, é tido com um artista com grande sensibilidade, voltando-se mais para o sentimento do que para a razão. A Santa Casa da Misericórdia do Porto identificou o seu talento e facultou-lhe a frequência do curso de Pintura de História na Academia de Belas-Artes do Porto. Mais tarde, dedicou-se à pintura de retrato (considerando por muitos o retratista das almas), religiosa e histórica. Influenciado pelas obras de Rembrant e Leonardo da Vinci, António Carneiro foi também professor de desenho na Escola de Belas Artes do Porto. Patente até Setembro na Galeria dos Benfeitores, local onde o artista realizou a sua primeira exposição individual, a exposição apresenta grande parte do seu legado, desde cartas, desenhos e pinturas.

19 Generali, Patrocinadora do Workshop Risk and Extreme Values in Insurance and Finance PATROCINIOS GENERALI 19 Realizou-se, entre os dias 6 e 7 de Junho, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, um Workshop sobre o tema: Risk & Extreme Values in Insurance and Finance. A Generali foi patrocinadora principal deste evento que teve por objectivo estabelecer uma ponte de ligação entre investigadores, académicos e profissionais dos sectores de seguro e risco financeiro e onde foram debatidos e apresentados os novos desafios para a segunda década do século XXI. Integrado nas Comemorações do centenário da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o Workshop contou com a participação de um grupo de cientistas de renome, especializados na interacção de probabilidades, estatística, risco e finanças, mas também de profissionais do sector bancário, segurador e outras instituições de risco financeiro. Além da contribuição de todos os participantes, foram criadas sessões de trabalho, chamadas poster sessions, para permitir uma exposição de ideias e desenvolvimento dos temas abordados. A Generali, além de principal patrocinadora, ofereceu o Prémio Generali Melhor Poster, atribuído ao melhor poster apresentado neste workshop. O prémio foi atribuído a Cristina Amado, do Departamento de Economia da Universidade do Minho. Generali celebra protocolo com a COPERPOL Profissionais das Forças e Serviços de Segurança mais seguros através de seguro exclusivo e vantajoso Foi celebrado no dia 2 de Junho de 2011, através do Mediador Paulo Albuquerque Seguros, um protocolo entre a Generali e a COPERPOL Comissão Coordenadora Permanente dos Sindicatos e Associações dos Profissionais dos Forças e Serviços de Segurança CCP. O presente protocolo visa garantir aos profissionais das forças e serviços de segurança a contratação de um Seguro de Acidentes Pessoais em condições extremamente vantajosas, que não só contempla os riscos profissionais como os riscos extra-profissionais para as coberturas de Morte ou Invalidez Permanente, Despesas de Tratamento e Repatriamento e Incapacidade Temporária Absoluta em caso de Internamento Hospitalar. Este seguro com características únicas, contempla também a possibilidade de subscrição do Seguro de Responsabilidade Civil Portadores de Armas, obrigatório por lei, e que protege o segurado dos danos causados a terceiros, decorrentes da utilização de armas de fogo pessoais. A Generali associa-se assim aos esforços das associações sindicais, representadas pela COPERPOL, no sentido de construir soluções vantajosas que permitam colmatar as necessidades de protecção e salvaguarda dos riscos diários de quem é profissional de segurança pública. A COPERPOL é a entidade que representa a Associação Sindical da Policia de Segurança Pública (ASPP/ PSP), a Associação dos Profissionais da Guarda (APG/ GNR), a Associação Sócio-Profissional da Policia Marítima (ASPPM), o Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização dos Serviços de Estrangeiros e Fronteiras (SCIF - SEF), o Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional (ASF) e a Associação Sindical dos Funcionários da ASAE.

20 PATROCINIOS GENERALI Generali apoia AGENTE PRINCIPAL EM ACÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL 20 Realizou-se no passado dia 4 de Junho, em Faro, uma original e inédita acção de Responsabilidade Social, organizada pela Guerreiros Seguros e com a colaboração da Generali, que permitiu ajudar a angariar fundos para o Centro de Acolhimento e Protecção à Rapariga. A competição Triciclos Guerreiros foi o tema escolhido para esta acção solidária, que juntou dezenas de crianças nas diferentes actividades desenvolvidas e onde o triciclo esteve sempre presente. Desta forma, foi possível transmitir às crianças e população em geral, de forma lúdica e interactiva, hábitos solidários que não só fortalecem os seus valores sociais como também reconhecem e valorizam o trabalho que a instituição tem vindo a desenvolver na região algarvia. O Centro de acolhimento e Protecção à Rapariga acolhe actualmente, cerca de 18 raparigas vítimas de negligência, maus tratos físicos e abusos dos pais, cujo objectivo não é apenas proporcionar-lhes um lar de acolhimento mas sim ajudá-las na sua reintegração na sociedade, traçando-lhes novos objectivos de vida em apenas seis meses. Generali Solo regressa após cinco anos de ausência Após 20 anos de consagração e cinco anos de ausência a Generali Solo 2011 regressa aos mares do Mediterrâneo. Uma prova de elevado prestígio dedicada aos melhores velejadores do momento. A Generali Solo é a segunda regata do Campeonato do Mundo de Vela Oceânica, que decorreu entre os dias 1 e 19 de Junho e foi composta por três etapas: de 1 a 5 de Junho em Marselha, de 7 a 13 de Junho em Leucate e de 15 a 19 de Junho em Porquerolles. A edição deste ano fica marcada pela presença do velejador português Francisco Lobato, que após ter subido ao pódio no Grand Prix de Porquerolles, acabando a terceira etapa da regata em 3.º lugar, terminou a prova na 5.ª posição da classificação geral. Na primeira posição ficou Gildas Morvan, no segundo lugar ficou Fabien Delahaye e no terceiro Laurent Pellecuer. Após 35 anos de patrocínio contínuo a regatas, a Generali é actualmente o mais antigo patrocinador de regatas francesas. Em 2011 a Generali assume-se como o Patrocinador Oficial da prova, fortalecendo assim as sua fortes ligações e tradições marítimas.

5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS. Ficha Técnica. Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel

5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS. Ficha Técnica. Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel 5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS Ficha Técnica Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel 1 Reunião de Quadros Kruger Park / 2015: Mensagem Dr. Fernando Dias Nogueira Presidente

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Criada em Setembro de 2005 em Sacavém, a Explicolândia Centros de Estudo tem sido ao longo dos anos, uma

Leia mais

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 Jaime Andrez Presidente do CD do IAPMEI 10 de Maio de 2006 Minhas Senhoras e meus Senhores, 1. Em nome do Senhor Secretário de Estado Adjunto, da Indústria

Leia mais

adaptados às características e expectativas dos nossos Clientes, de modo a oferecer soluções adequadas às suas necessidades.

adaptados às características e expectativas dos nossos Clientes, de modo a oferecer soluções adequadas às suas necessidades. A Protteja Seguros surge da vontade de contribuir para o crescimento do mercado segurador nacional, através da inovação, da melhoria da qualidade de serviço e de uma política de crescimento sustentável.

Leia mais

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

Relatório de Responsabilidade Social da SOLFUT

Relatório de Responsabilidade Social da SOLFUT 1 Janeiro de 2014 a 31 de Dezembro de 2014 Construir um mundo melhor começa num Sonho. Quem sonha, partilha o sonho e envolve os outros para agirem. E como diz o poeta a obra nasce! 2 Índice 1. Introdução

Leia mais

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas GUIA DO VOLUNTÁRIO Sociedade Central de Cervejas ÍNDICE 1. A RESPONSABILIDADE SOCIAL NA SCC: O NOSSO COMPROMISSO... 3 2. O NOSSO COMPROMISSO COM O VOLUNTARIADO... 4 2.1 A ESTRUTURAÇÃO DO VOLUNTARIADO EMPRESARIAL...

Leia mais

Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005. Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005

Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005. Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005 Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005 Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005 Senhor Presidente da ALRAA Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente do Governo

Leia mais

Fundamentação e Contextualização do Programa de Voluntariado

Fundamentação e Contextualização do Programa de Voluntariado Fundamentação e Contextualização do Programa de Voluntariado O Programa de Voluntariado do Centro Solidariedade e Cultura de Peniche pretende ir ao encontro do ideário desta instituição, numa linha da

Leia mais

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 A aposta no apoio à internacionalização tem sido um dos propósitos da AIDA que, ao longo dos anos, tem vindo a realizar diversas acções direccionadas para

Leia mais

LIBERTY ENFERMEIROS MANUAL PRÁTICO

LIBERTY ENFERMEIROS MANUAL PRÁTICO LIBERTY ENFERMEIROS MANUAL PRÁTICO NA LIBERTY SER ENFERMEIRO É UMA VANTAGEM! DESENVOLVIMENTO DE NEGÓCIOS Fazemos nossas as suas exigências de Inovação! Planos da Solução Liberty Protecção Total Protecção

Leia mais

CARTA EUROPEIA DO DESPORTO

CARTA EUROPEIA DO DESPORTO CARTA EUROPEIA DO DESPORTO Objectivo da Carta... 3 Definição e âmbito de aplicação da Carta... 3 O movimento desportivo... 4 Instalações e actividades... 4 Lançar as bases... 4 Desenvolver a participação...

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 Preparado para mais um Serralves em Festa? É já nos dias 2 e 3 de Junho que se realiza mais uma edição do Serralves

Leia mais

Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo. Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes

Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo. Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes 2 Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo Índice 1 Plano Estratégico Nacional do Turismo (PENT) 2 Crédito

Leia mais

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos Em 2011 foi a Maratona com maior participação das provas da FPC Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos A oitava edição da Maratona BTT 5 Cumes foi apresentada na última quinta-feira

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M. Câmara Municipal Presidência Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.M de Sines Bem vindos à nossa grande festa

Leia mais

APRESENTAÇÃO BBDOURO 2015

APRESENTAÇÃO BBDOURO 2015 APRESENTAÇÃO BBDOURO 2015 Quem Somos? Empresa BBDouro criada em 2012 por Diogo Barros treinador olímpico de vela e velejador profissional com a colaboração de Tiago Morais velejador esperança olímpica.

Leia mais

Pequenas e médias empresas:

Pequenas e médias empresas: Pequenas e médias empresas: Promovendo ligações empresariais efectivas entre as grandes e as pequenas e médias empresas para o desenvolvimento de Moçambique Comunicação de Sua Excelência Armando Emílio

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 APD- DELEGAÇÃO LOCAL DE MEM MARTINS RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 INTRODUÇÃO O ano de 2004 ficou marcado por alguns acontecimentos relevantes, sinal de que, apesar do passar dos anos, a Delegação

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt

Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos 2012 1 2 Sobre a COSEC O que é o Seguro de Créditos

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2014

PLANO DE ACTIVIDADES 2014 PLANO DE ACTIVIDADES 2014 A - INTRODUÇÃO O ano de 2013 que agora termina, foi decisivo para a continuidade da Fundação do Desporto. O Governo, através do Sr. Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares,

Leia mais

Apoio a crianças e jovens em situação de risco

Apoio a crianças e jovens em situação de risco Ficha de Projecto Dezembro/2006 Designação Parceria Acordo de Parceiros de 20.12.05 Gabinete para a Cooperação do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social de Portugal Gabinete do Ministro do Trabalho,

Leia mais

V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP

V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP Intervenção do Secretário Executivo da CPLP Senhor Presidente, Senhores Ministros, Senhor Secretário de Estado do Turismo, Senhores Embaixadores Senhores Representantes

Leia mais

Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais

Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais CIRCULAR Nº 021/2009 (G) CP/MS Lisboa, 04 de Março de 2009 Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais Caro Associado, A campanha Descubra um Portugal Maior, lançada pelo Turismo de Portugal

Leia mais

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL 38 PME Líder SOLUÇÕES FINANCEIRAS BES Helen King/CORBIS APOIO FINANCEIRO ÀS EMPRESAS O BES disponibiliza uma vasta oferta de produtos financeiros e serviços, posicionando-se como o verdadeiro parceiro

Leia mais

7º CONGRESSO NACIONAL DOS CORRETORES E AGENTES DE SEGUROS. Feira Internacional de Lisboa Parque das Nações. 15 de Outubro de 2010

7º CONGRESSO NACIONAL DOS CORRETORES E AGENTES DE SEGUROS. Feira Internacional de Lisboa Parque das Nações. 15 de Outubro de 2010 7º CONGRESSO NACIONAL DOS CORRETORES E AGENTES DE SEGUROS Feira Internacional de Lisboa Parque das Nações 15 de Outubro de 2010 Sessão Solene de Abertura Gostaria de começar por felicitar a APROSE pela

Leia mais

CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA

CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA PARTE I - MISSÃO, VALORES, VISÃO E LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA DO COMISSARIADO DA AUDITORIA O Comissariado da Auditoria (CA) funciona como órgão independente na

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 Versão Preliminar Este relatório tem por objectivo da conta do que de mais relevante foi realizado no cumprimento

Leia mais

Exmo. Senhor Bastonário da Ordem dos Advogados de Moçambique, Exmos. Senhores Membros dos Corpos Directivos da Ordem dos Advogados de Moçambique,

Exmo. Senhor Bastonário da Ordem dos Advogados de Moçambique, Exmos. Senhores Membros dos Corpos Directivos da Ordem dos Advogados de Moçambique, Exmo. Senhor Bastonário da Ordem dos Advogados de Moçambique, Exmos. Senhores Membros dos Corpos Directivos da Ordem dos Advogados de Moçambique, Caros Convidados, Caros Colegas, Permitam-me que comece

Leia mais

Percepção de Portugal no mundo

Percepção de Portugal no mundo Percepção de Portugal no mundo Na sequência da questão levantada pelo Senhor Dr. Francisco Mantero na reunião do Grupo de Trabalho na Aicep, no passado dia 25 de Agosto, sobre a percepção da imagem de

Leia mais

A Exchange é uma marca da empresa Changebiz Rede de Consultores Financeiros, SA.

A Exchange é uma marca da empresa Changebiz Rede de Consultores Financeiros, SA. Exchange A EXCHANGE Quem somos A Exchange é uma marca da empresa Changebiz Rede de Consultores Financeiros, SA. Resulta de uma Parceria de Sucesso entre o Grupo Onebiz, referência no desenvolvimento de

Leia mais

Agenda. O Diagnóstico Os Desafios A Estratégia Os Produtos a Promover Os Mercados A Promoção A Oferta

Agenda. O Diagnóstico Os Desafios A Estratégia Os Produtos a Promover Os Mercados A Promoção A Oferta Agenda O Diagnóstico Os Desafios A Estratégia Os Produtos a Promover Os Mercados A Promoção A Oferta O Diagnóstico Turismo marítimo e costeiro Náutica de Recreio 60 Turismo Maritimo e Costeiro 123 Nautica

Leia mais

Lusoflora 2015. Crédito Agrícola. Santarém, 27 de Fevereiro

Lusoflora 2015. Crédito Agrícola. Santarém, 27 de Fevereiro Lusoflora 2015 Crédito Agrícola Santarém, 27 de Fevereiro Agenda 1. Quem somos 2. Proposta Valor 3. Soluções Crédito Agrícola para EMPRESAS/ ENI 4. CA Seguros 2 Quem somos O Grupo Crédito Agrícola é um

Leia mais

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução Bom dia, Senhoras e Senhores Introdução Gostaria de começar por agradecer o amável convite que o Gabinete do Parlamento Europeu em Lisboa me dirigiu para participar neste debate e felicitar os organizadores

Leia mais

Empreender para Crescer

Empreender para Crescer Empreender para Crescer R. Miguel Coelho Chief EntusiastPersonalBrands Caros Pais e Encarregados de Educação, este ano lectivo, por iniciativa da Assoc. Pais do Colégio, vai iniciar-se em Novembro uma

Leia mais

intra Perfil do Gestor

intra Perfil do Gestor Perfil do Gestor 35 Entrevista Dinah J. Kamiske, Autoeuropa A internacionalização economia obriga as empresas a tornarem-se mais competitivas. Entrevista de José Branco Dados publicados recentemente prevêem

Leia mais

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA!

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA! A ESSENCIALIDADE DE CUIDAR DAS NOSSAS CRIANÇAS INVESTIR A TEMPO PARA EVITAR... E PERSISTIRMOS NA BUSCA DE FAZER SEMPRE MELHOR PARA NÓS A PREVENÇÃO NÃO É UMA OPÇÃO... É UMA OBRIGATORIEDADE MISSÃO A Fundação

Leia mais

No pavilhão 2, com 108 stands, estavam representadas as regiões de turismo, câmaras municipais, associações e juntas de turismo, para além de hotéis,

No pavilhão 2, com 108 stands, estavam representadas as regiões de turismo, câmaras municipais, associações e juntas de turismo, para além de hotéis, VIII Legislatura II Sessão Plenária Horta, 26 de Janeiro de 2005 Grupo Parlamentar do Partido Socialista Deputada Ana Isabel Moniz Assunto: Bolsa de Turismo de Lisboa Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras

Leia mais

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR 4 VOLTA ª 19 / 20 MARÇO/ 2011 AO CONCELHO DE ALMODÔVAR Henrique Revés Empresário - 41 anos Neste período que atravessamos, só com muito trabalho, dedicação e empenho é que conseguimos manter a dinâmica

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Concurso 2015 CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA PROJECTO APRESENTADO PARA EFEITO DE APRECIAÇÃO E RESPECTIVO

Leia mais

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 Factores Determinantes para o Empreendedorismo Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 IAPMEI Instituto de Apoio às PME e à Inovação Principal instrumento das políticas económicas para Micro e Pequenas

Leia mais

Conferência do IPCG 25 de Janeiro de 2011 Boas Práticas Remuneratórias dos Órgãos Societários

Conferência do IPCG 25 de Janeiro de 2011 Boas Práticas Remuneratórias dos Órgãos Societários Conferência do IPCG 25 de Janeiro de 2011 Boas Práticas Remuneratórias dos Órgãos Societários Notas 1. Portugal tem uma estrutura legal e regulatória muito evoluída, apesar da reduzida dimensão do seu

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 MENSAGEM DE ANO NOVO Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 Portugueses No primeiro dia deste Novo Ano, quero dirigir a todos uma saudação amiga e votos de boa saúde e prosperidade. Penso especialmente

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto As Jornadas de Educação Pelo Desporto alinham-se com os objetivos gerais do Diálogo Estruturado na área da juventude, uma vez que

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010 Técnicas de Secretariado Departamento Comercial e Marketing Módulo 23- Departamento Comercial e Marketing Trabalho realizado por: Tânia Leão Departamento

Leia mais

Relatório de Gestão & Contas - Ano 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO. Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda.

Relatório de Gestão & Contas - Ano 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO. Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda. RELATÓRIO DE GESTÃO Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda. 2012 ÍNDICE DESTAQUES... 3 MENSAGEM DO GERENTE... 4 ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO... 5 Economia internacional... 5 Economia Nacional... 5

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo 2 ÍNDICE EMPREENDEDORISMO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 4 CONDIÇÕES DE ACESSO E SELECÇÃO DOS CANDIDATOS...

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DO GRUPO JERÓNIMO MARTINS

CÓDIGO DE CONDUTA DO GRUPO JERÓNIMO MARTINS CÓDIGO DE CONDUTA DO GRUPO JERÓNIMO MARTINS MENSAGEM DO PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Caros Colaboradores, A missão de Jerónimo Martins é promover a eficiência em todas as suas áreas de negócio,

Leia mais

Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são:

Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são: Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são: Operadores financeiros que prestam às instituições bancárias as garantias que lhes permitem disponibilizar às PME empréstimos em condições mais favoráveis. Ao partilhar

Leia mais

CARTA EUROPEIA DO DESPORTO INTRODUÇÃO

CARTA EUROPEIA DO DESPORTO INTRODUÇÃO CARTA EUROPEIA DO DESPORTO INTRODUÇÃO A Carta Europeia do Desporto do Conselho da Europa é uma declaração de intenção aceite pelos Ministros europeus responsáveis pelo Desporto. A Carta Europeia do Desporto

Leia mais

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010 Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado Batalha, 8 Julho de 2010 As vossas necessidades... O apoio aos Empreendedores e às PME s

Leia mais

Manual da Garantia Mútua

Manual da Garantia Mútua Março de 2007 Manual da Garantia Mútua O que é a Garantia Mútua? É um sistema privado e de cariz mutualista de apoio às pequenas, médias e micro empresas (PME), que se traduz fundamentalmente na prestação

Leia mais

Rede de Informação do INE em Bibliotecas do Ensino Superior

Rede de Informação do INE em Bibliotecas do Ensino Superior Rede de Informação do INE em Bibliotecas do Ensino Superior Francisco Correia Departamento de Difusão e Promoção Instituto Nacional de Estatística Avenida António José de Almeida 1000-043 Lisboa Tel: 218426143

Leia mais

Marketing directo Março de 2015

Marketing directo Março de 2015 Marketing directo Março de 2015 INSTITUTIONAL STRAPLINE! Para quem O que comunicar Porquê comunicar Quando comunicar Estratégia Mensuração Direccionado Quantificação Meios diversos Marketing directo Interactividade

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003 Intervenção de Sua Excelência a Ministra da Ciência e do Ensino Superior, na II Reunião Ministerial da Ciência e Tecnologia da CPLP Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Rio de Janeiro, 5 de Dezembro

Leia mais

AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA

AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA PLANO DE COMUNICAÇÃO E DIVULGAÇÃO Deliverable 4 Fase 2 Novembro 2008 1 P á g i n a Índice 1. Objectivos... 3 2. Públicos-alvo... 4 3. Estratégia de Comunicação... 5 3.1

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais

MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais Intervenção de SEXA o Secretário de Estado Adjunto do Ministro

Leia mais

República de Moçambique

República de Moçambique República de Moçambique Nota Conceitual da FIEI 2013 Ponto de negócio e oportunidade de investimento Maputo Contexto Quadro orientador O Programa Quinquenal do Governo (PQG) prevê no âmbito do Vector Económico

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

nos Desportos de Deslize Nauticampo 9 de Fevereiro de 2012

nos Desportos de Deslize Nauticampo 9 de Fevereiro de 2012 Aposta Municipal nos Desportos de Deslize Nauticampo 9 de Fevereiro de 2012 http://www.surfline.com/surf-news/best-bet-february-portugal_66478 As Ondas como recurso endógeno, diferenciador e catalisador

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

Relatório da. Avaliação intercalar da execução do Plano de Acção da UE para as Florestas Contrato de Serviço N.º 30-CE-0227729/00-59.

Relatório da. Avaliação intercalar da execução do Plano de Acção da UE para as Florestas Contrato de Serviço N.º 30-CE-0227729/00-59. Relatório da Avaliação intercalar da execução do Plano de Acção da UE para as Florestas Contrato de Serviço N.º 30-CE-0227729/00-59 Resumo Novembro de 2009 Avaliação intercalar da execução do Plano de

Leia mais

II Fórum do sector segurador e de fundos de pensões. Lisboa, 7 de Março de 2007. Novas regras de solvência Implementação e gestão de risco

II Fórum do sector segurador e de fundos de pensões. Lisboa, 7 de Março de 2007. Novas regras de solvência Implementação e gestão de risco II Fórum do sector segurador e de fundos de pensões Lisboa, 7 de Março de 2007 Novas regras de solvência Implementação e gestão de risco Foi com todo o gosto, e também com enorme interesse, que aceitei

Leia mais

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm Anexo C: Súmula das principais iniciativas desenvolvidas na Europa na área da Sociedade de Informação e da mobilização do acesso à Internet em banda larga Para informação adicional sobre os diversos países

Leia mais

Senhora Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Maria da Conceição Saraiva da Silva Costa Bento Senhoras e Senhores,

Senhora Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Maria da Conceição Saraiva da Silva Costa Bento Senhoras e Senhores, Boa tarde Senhora Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Maria da Conceição Saraiva da Silva Costa Bento Senhoras e Senhores, Deixem-me dizer-vos que é para mim uma honra participar, na

Leia mais

Apesar de se tratar de uma modalidade amadora, entendemos que a gestão federativa deve pautar-se por elevados padrões de rigor e profissionalismo.

Apesar de se tratar de uma modalidade amadora, entendemos que a gestão federativa deve pautar-se por elevados padrões de rigor e profissionalismo. ! A candidatura dos signatários apresenta-se com um espírito renovador e inovador das políticas e dos processos da gestão federativa do Bridge Português. Apesar de se tratar de uma modalidade amadora,

Leia mais

Due Diligence Aspectos Práticos

Due Diligence Aspectos Práticos Due Diligence Aspectos Práticos Foi tendo em conta os aspectos práticos do tema que o Dr. Ivo Renato Moreira de Faria Oliveira apresentou o trabalho sobre o Due Diligence Financeiro no Contexto de uma

Leia mais

LINHA EMPRESARIAL. Um só plano, todas as soluções. O plano integrado para a sua empresa de comércio ou serviços.

LINHA EMPRESARIAL. Um só plano, todas as soluções. O plano integrado para a sua empresa de comércio ou serviços. LINHA EMPRESARIAL Um só plano, todas as soluções. O plano integrado para a sua empresa de comércio ou serviços. GENERALI LINHA EMPRESARIAL Com um só plano, disponha de toda a protecção Generali. E beneficie

Leia mais

A Kudumba Investments Lda. considera e respeita a todos os níveis, os DH proclamados internacionalmente.

A Kudumba Investments Lda. considera e respeita a todos os níveis, os DH proclamados internacionalmente. AREA DO PACTO GLOBAL PRINCIPIOS DO PACTO GLOBAL ACÇOES REALIZADAS IMPACTO ALCANÇADO ACÇOES PLANEADAS DIREITOS HUMANOS 1. Respeitar e proteger os direitos humanos; A Kudumba Investments Lda. considera e

Leia mais

Estratégia de parceria global da IBIS 2012. Estratégia de parceria global da IBIS

Estratégia de parceria global da IBIS 2012. Estratégia de parceria global da IBIS Estratégia de parceria global da IBIS Aprovada pelo conselho da IBIS, Agosto de 2008 1 Introdução A Visão da IBIS 2012 realça a importância de estabelecer parcerias com diferentes tipos de organizações

Leia mais

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M." João Vieira Pinto

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M. João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Pdg. 76 Por M." João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Afirma-se como lhe Marketing School e ambiciona ser a referência do ensino nesta área. Por isso, ejá a partir do próximo ano,

Leia mais

P l a n o d e A c t i v i d a d e s

P l a n o d e A c t i v i d a d e s P l a n o d e A c t i v i d a d e s A n o d e 2 0 0 9 A TURIHAB Associação do Turismo de Habitação, em 2009, desenvolverá as suas acções em três vertentes fundamentais: a Internacionalização através do

Leia mais

Índice de Risco de 2011 PORTUGAL

Índice de Risco de 2011 PORTUGAL Índice de Risco de PORTUGAL Índice de Pagamentos Índice de Risco Explicação dos valores do Índice de Risco 190 180 170 160 150 140 130 120 110 100 2004 2005 2006 2007 2008 100 Nenhuns riscos de pagamento,

Leia mais

INQUÉRITO A PASSAGEIROS INTERNACIONAIS DE CRUZEIRO PORTO DE LISBOA

INQUÉRITO A PASSAGEIROS INTERNACIONAIS DE CRUZEIRO PORTO DE LISBOA INQUÉRITO A PASSAGEIROS INTERNACIONAIS DE CRUZEIRO PORTO DE LISBOA 2011 1 INQUÉRITO A PASSAGEIROS INTERNACIONAIS DE CRUZEIRO INTRODUÇÃO Na continuidade do estudo que vem sendo realizado pelo, em conjunto

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS BBVA BOLSA EURO

RELATÓRIO E CONTAS BBVA BOLSA EURO RELATÓRIO E CONTAS BBVA BOLSA EURO 30 JUNHO 20 1 BREVE ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO 1º semestre de 20 No contexto macroeconómico, o mais relevante no primeiro semestre de 20, foi a subida das taxas do

Leia mais

CETC NEWSLETTER. Nesta edição: OUTUBRO 2015 CETC NEWSLETTER. Editorial 2. Torneio Inter-Equipas 3. Ténis by Adriano Carvalho. Festa do Ténis 2015 6

CETC NEWSLETTER. Nesta edição: OUTUBRO 2015 CETC NEWSLETTER. Editorial 2. Torneio Inter-Equipas 3. Ténis by Adriano Carvalho. Festa do Ténis 2015 6 OUTUBRO 2015 CETC NEWSLETTER Nesta edição: Editorial 2 Torneio Inter-Equipas 3 Ténis by Adriano Carvalho 4 Festa do Ténis 2015 6 Torneio Prova B 9 International Senior Cantanhede I 14 O Mundo do Ténis

Leia mais

DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR

DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR Rua Henrique Bravo, 6929 e 6967 4465-167 S. Mamede de Infesta Portugal 1 Filosofia/Historial A 3infor é uma empresa especializada em software profissional, com um produto inovador

Leia mais

Plano de Atividades Provisório Lista U 2014/15. Junho. Setembro

Plano de Atividades Provisório Lista U 2014/15. Junho. Setembro Plano de Atividades Provisório Lista U 2014/15 Junho Mundial: Transmissão dos jogos da Seleção de Futebol Portuguesa no Mundial no Bar da Associação de Estudantes. Setembro Welcome Day: Evento de recepção

Leia mais

Perguntas Frequentes sobre Voluntariado

Perguntas Frequentes sobre Voluntariado Perguntas Frequentes sobre Voluntariado Juntos podemos fazer da solidariedade um compromisso Índice 1. O que é o Voluntariado? 3 2. Que organizações podem ser promotoras do Voluntariado? 3 3. O que é ser

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Deputados do PSD eleitos pela Região do Algarve Gabinete de apoio Palácio de S. Bento - 1249-068 Lisboa Telef: 213917282 - Fax: 213917445 Mail da coordenação: mendesbota@psd.parlamento.pt NOTA DE IMPRENSA

Leia mais

A Agência de Tecnologia da República Checa e os seus programas

A Agência de Tecnologia da República Checa e os seus programas A Agência de Tecnologia da República Checa e os seus programas A CRIAÇÃO E O LANÇAMENTO DAS ACTIVIDADES DA TA CR A fundação da Agência de Tecnologia da República Checa (adiante designada TA CR ) foi um

Leia mais

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE A LINK THINK AVANÇA COM PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSONAL PARA 2012 A LINK THINK,

Leia mais

Regulamento da Raízes para o voluntariado

Regulamento da Raízes para o voluntariado Regulamento da Raízes para o voluntariado Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito de Aplicação O presente Regulamento visa definir as regras de actuação do voluntariado, nas actividades desenvolvidas

Leia mais

SAÚDEGLOBAL. AON Portugal

SAÚDEGLOBAL. AON Portugal SAÚDEGLOBAL AON Portugal Breve Apresentação do Negócio DADOS DE CARACTERIZAÇÃO Designação Comercial Saúdeglobal N.º Colaboradores N.º de Estabelecimentos Dispersão Geográfica Nacional Facturação em 2010

Leia mais

Programa de Promoção Turística e Cultural

Programa de Promoção Turística e Cultural Programa de Promoção Turística e Cultural Sintra encontra-se em 11º lugar no ranking dos 50 melhores lugares a visitar, nas escolhas dos leitores do jornal New York Times? Sintra é uma das 21 finalistas

Leia mais

PORTUGAL NA LINHA DA FRENTE

PORTUGAL NA LINHA DA FRENTE Care Europ Assistance News n. 24 novembro 2012 PORTUGAL NA LINHA DA FRENTE Nesta edição, vá pelos seus dedos e saiba como a Europ Assistance Portugal se tem distinguido, pela mão de Manrico Iachia, a nível

Leia mais

Tour Regular, opera diaramente. Partida: 9h00 / Chegada: 13h00, ou Partida: 14h00 / Chegada: 18h00.

Tour Regular, opera diaramente. Partida: 9h00 / Chegada: 13h00, ou Partida: 14h00 / Chegada: 18h00. CITY TOUR DE MAPUTO Partida: de manhã ou à tarde. Duração: 4horas Visita panorâmica pela cidade de Maputo que inclui visita da Fortaleza, da Casa de Ferro, Museu de Historia Nacional, Mercado Central e

Leia mais

O que é a Rede Gestus?

O que é a Rede Gestus? O que é a Rede Gestus? A Rede Gestus é uma união estratégica que tem em vista a revitalização e dinamização do comércio local das zonas de Bragança, Chaves e Viseu. A Rede destina-se às Pequenas e Médias

Leia mais

Opening Remarks. Roadshow Portugal Global. Lisboa. Lisboa. Julho 15, 2015. Miguel Frasquilho

Opening Remarks. Roadshow Portugal Global. Lisboa. Lisboa. Julho 15, 2015. Miguel Frasquilho Roadshow Portugal Global Lisboa Opening Remarks Julho 15, 2015 Lisboa Miguel Frasquilho Presidente do Conselho de Administração, AICEP Portugal Global Senhores Empresários, Distintas Entidades aqui presentes,

Leia mais

Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social. João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social

Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social. João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social Conferência "Compromisso Cívico para a Inclusão" Santarém, 14 de Abril

Leia mais

Condeixa Aqua Clube. Proposta de patrocínio

Condeixa Aqua Clube. Proposta de patrocínio Condeixa Aqua Clube Proposta de patrocínio Indice 1. Apresentação do Clube 3 2. Modalidades.... 4 3. Corpos Sociais..... 5 4. Técnicos 6 5. Atletas... 7 6. Instalações. 8 7. Estatutos e Regulamentos......

Leia mais

Espírito de Natal inspirou jantar da rede

Espírito de Natal inspirou jantar da rede Espírito de Natal inspirou jantar da rede Foram cerca de 110 os colaboradores presentes no mais recente Jantar de Natal ComprarCasa, um evento decorrido no passado dia 18 de Dezembro, no Hotel Olissippo

Leia mais

PROMOTORES: PARCEIROS/CONSULTORES: FUNCIONAMENTO RESUMO

PROMOTORES: PARCEIROS/CONSULTORES: FUNCIONAMENTO RESUMO CVGARANTE SOCIEDADE DE GARANTIA MÚTUA PROMOTORES: PARCEIROS/CONSULTORES: FUNCIONAMENTO RESUMO 14 de Outubro de 2010 O que é a Garantia Mútua? É um sistema privado e de cariz mutualista de apoio às empresas,

Leia mais

CAPITAL DE RISCO EM MUDANÇA

CAPITAL DE RISCO EM MUDANÇA CAPITAL DE RISCO EM MUDANÇA Realizaram-se na passada semana dois acontecimentos que reputo de importância ímpar para a promoção do Empreendedorismo em Portugal O Dia Europeu do Empreendedor e o Encontro

Leia mais

ESTATUTOS DA FUNDAÇÃO VODAFONE PORTUGAL. CAPÍTULO I Disposições Gerais

ESTATUTOS DA FUNDAÇÃO VODAFONE PORTUGAL. CAPÍTULO I Disposições Gerais ESTATUTOS DA FUNDAÇÃO VODAFONE PORTUGAL CAPÍTULO I Disposições Gerais ARTIGO PRIMEIRO (Natureza) A Fundação Vodafone Portugal, adiante designada abreviadamente por Fundação, é uma instituição de direito

Leia mais