Novembro / Dezembro Eos nos Estados Unidos recebe prémio Melhor valor de revenda

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Novembro / Dezembro 2007. Eos nos Estados Unidos recebe prémio Melhor valor de revenda"

Transcrição

1 autoeuropa Novembro / Dezembro Jornal bimestral para todos os colaboradores da Volkswagen Autoeuropa Quinta da Marqueza Quinta do Anjo - Portugal distribuíção gratuita Um novo ano que começa Colaboradores dão sugestões aos directores da fábrica Não chegámos ao destino, mas estamos no bom caminho! 07 Vanpro premiada pela Volkswagen AG! 08 Insourcing nas Áreas de Prensas 09 Um Autoeuropeu na Pintura da VW África do Sul 10 Dr. Heizmann na nossa fábrica Dez anos de casa BTT, tascas e tombos! Com o novo investimento, é uma satisfação ver que existe uma vontade do Grupo Volkswagen em apostar em nós. E nós temos que mostrar que merecemos. Basicamente no desempenho da Qualidade e da Produtividade. Jörn Reimers, na 2ª Reunião de Informação do ano a todos os colaboradores, dia 4 de Dezembro de pag. 04 O Natal da empresa Leões e palhaços no circo. Presentes para os fi lhos dos colaboradores. Refeição especial de Natal. A nossa maneira de festejar o Natal na empresa! Eos nos Estados Unidos recebe prémio Melhor valor de revenda A voz dos colaboradores O que está bem? O que está mal? O que deverá melhorar? O que os colaboradores acham positivos e o que gostariam de ver melhorado? Uma das premissas para uma boa comunicação dentro da empresa é dar voz aos colaboradores, de todos os níveis hierárquicos. pag. 05 pag. 02 pag. 11

2 02 O mercado automóvel nos Estados Unidos As marcas mais vendidas nos EUA*. Comparativo 1º semestre 2006/ Milhões de veículos Variação entre os 1.º semestres O top 10 de vendas nos Est. Unidos* 1º semestre de 2007 Modelo Seg.** Tipo Vendas 1º Chevrolet Silverado C pick-up º- Ford F 150 C pick-up º- Toyota Camry B limusine º- Dodge Ram C pick-up º- Chevrolet Impala C limusine º-Toyota Corolla A limusine º- Honda Accord B limusine º- Nissan Altima B limusine º- Honda Civic A limusine º-Dodge Caravan B MPV Fonte: Dep. K-GVM-V; Compras Volkswagen AG * - incluindo veículos comerciais ** - Segmento Eos nos Estados Unidos recebe prémio Melhor valor de revenda O Kelley Blue Book é um guia de consulta para quem quer comprar carros em segunda mão, nos Est. Unidos. Desde 2003, concede os prémios Melhor no segmento ; Os dez melhores e A melhor marca, reconhecendo assim os que veículos que retém a maior proporção do preço original de venda, após cinco anos de utilização. Quando compram um carro, os clientes devem pensar para além do preço do momento. Devem também ter em conta o factor depreciação. A maior parte dos veículos vê o seu preço original desvalorizado cerca de 65% ao fim de cinco anos, de acordo com o Kelley Blue Book, nos Estados Unidos. Mas algumas marcas e modelos retém mais valor que outras. Os prémios de veículos com melhor valor de revenda do guia Kelley Blue Book s 2008, reportam a valores de Novembro/Dezembro 2007, pesquisados por uma equipa de especialistas no mercado automóvel, que analisam dezenas de milhares de transacções em todos os estados americanos, actualizadas semanalmente. O nosso Eos ganhou! No dia 19 de Novembro, na feira de Los Angeles Auto Show foram anunciados os vencedores de A Volkswagen foi considerada A melhor marca e, no prémio Os dez melhores, acumulou também 3 prémios, com ao modelos VW Jetta, VW Rabbit (=Golf ) e VW Eos! Mo prémio melhor no segmento, no segmento cabriolet ganhou o Mini Cooper (3 anos consecutivos). Os premiados são divulgados nos jornais de maior circulação online nos Est. Unidos e no próprio sítio da empresa na internet, www. kbb.com. Em 2007 Em 2007, o prémio de melhor marca foi atribuído à Honda. No prémio os dez melhores não constou nenhum Volkswagen. A Volkswagen teve a carrinha VW Passat na categoria Melhor no segmento. Mais informação: - Cerca de um em cada três americanos que pretendem um carro novo ou usado, consultam este site, de acordo com a J.D.Powers and Associates AutoShopper. com. O slogan da campanha publicitária da Volkswagen of America: It ll fell great today. And even better tomorrow! (Hoje óptimo, amanhã ainda melhor!) O guia surgiu em 1981, e os prémios já são entregues desde Todos os anos, o Kelly Blue Book anuncia o top 10 de venda e o melhor carro nos vários segmentos. Novembro / Dezembro 07

3 03 Editorial Um novo ano que começa Está confirmado. Este ano lançamos o nosso terceiro carro. Tal como o Eos, o Scirocco será um carro igualmente emocionante. Mas, ao contrário do Eos, o Sirocco é um carro com uma história, cujo primeiro capítulo foi escrito há cerca de 30 anos. Na altura, o primeiro Scirocco surgiu como resposta aos desportivos italianos. O design foi de Giorgio Giugiaro, do estúdio de Turim ITALDesign, que já tinha desenhado muitos carros de sonho para os luxuosos fabricantes italianos. O design elegante disfarça o valor do trabalho alemão. Ambos os aspectos fazem com que o Scirocco seja um símbolo dos carros desportivos para jovens: acessível, robusto e um bom investimento. Seguiu-se uma segunda geração, que conseguiu o sucesso da primeira. Ao todo, até 1992, foram produzidos Sicocco. O Scirocco de 2008 terá genes do Sul da Europa. Será produzido aqui na Volkswagen Autoeuropa, em Palmela. A terceira geração do Scirocco é simultaneamente o nosso terceiro produto. E seremos a única fábrica a produzir este carro atractivo, já como acontece com o MPV e o Eos. A Volkswagen Autoeuropa é uma fábrica para produtos especiais, os chamados produtos de nicho. Pode parecer algo pequeno, mas significa um enorme passo que a nossa fábrica deu para preencher a sua capacidade de produção. Deverão sair da linha, pelo menos, veículos por ano, que irão entusiasmar clientes em todos os mercados mundiais. Ao aumento de produção está associada a criação de algumas centenas de postos de trabalho. Índice Reunião de informação: mais produção em O Natal: presentes, circo, confraternização! pág. 04 pág. 05 Colaboradores dão sugestões aos directores da fábrica pág. 06 Inventário: um bom trabalho de equipa pág. 06 Vanpro premiada pela Volkswagen AG! pág. 07 O que faz um payroll? pág. 07 Insourcing nas Áreas de Prensas pág. 08 Aceitação final de peça do Scirocco pág. 08 Scirocco made in Portugal! A nossa estratégia está a dar os seus frutos e iremos provar que no país mais ocidental da Europa também se sabe como fabricar bons carros. Mas ainda não alcançámos o objectivo. A Volkswagen Autoeuropa, o cluster, a família têm de ser mais reforçados. Nós e os nossos fornecedores iremos trabalhar sistematica Os primeiros Scirocco eram assim! Um Scirocco da 2ª geração A Volkswagen Autoeuropa produz a 3ª geração! mente nos objectivos de produtividade e qualidade para firmarmos a nossa posição no grupo garantindo a nossa sustentabilidade. O grupo Volkswagen pretende ficar em forma com um sistema de produção estandardizado. Como uma das fábricas mais pequenas temos a grande vantagem de conseguirmos agir mais rapidamente e reagir com maior flexibilidade será sem dúvida um ano interessante. Julius von Ingelheim Director da Área de Recursos Humanos Um Autoeuropeu na Pintura da VW África do Sul Dr. Heizmann na nossa fábrica O que está bem na fábrica? O que está mal e deverá melhorar? Dez anos de casa BTT, tascas e tombos! Autoeuropeu de gema pág. 09 pág. 10 pág. 11 pág. 12 pág. 13 pág. 14 Ficha Técnica Publicação de: Autoeuropa - Automóveis, Lda. Quinta da Marqueza Quinta do Anjo Responsável: Julius von Ingelheim Fotografia, pesquisa, redação e visualização: Isabel Carimbo Cartoons: Alberto Pereira Colaboradores directos nesta edição: (ver junto dos artigos) Maquetização, fotocomposição e impressão: AlexandreGest, Lda. Tiragem: exemplares

4 04 Reunião de informação: mais produção em Mais segurança. Mas mais exigência. As palavras-chave para sermos a fábrica mais atractiva da Volkswagen são flexibilidade, qualidade, produtividade. Todos os colaboradores ficaram a par do desempenho da fábrica no 2º semestre do ano nos vários critérios e foram informados que o investimento de 541 mil milhões de euros do Grupo Volkswagen na nossa fábrica para os próximos 3 anos foi o mais elevado de entre dez fábricas-alvo. E que isso significa uma grande aposta no desempenho de todos nós! Vamos mostrar que merecemos! O que foi mais significativo para ti? A produtividade, o sabermos que aumentámos bastante, e que a Qualidade ainda não está perfeita António Parrula. Área de Montagem Final. URQ 1.1 Estamos no bom caminho, mas. O nosso desempenho em relação a 2006 Volume de produção - aumentámos em 14,4%. Em 2007, produzimos ao todo unidades (ZP8) Colaboradores - o número de colaboradores aumentou 4,7%. Somos 2.990, em 31 de Dezembro de Produtividade - o índice de carros por colaborador aumentou 23,2% (status Janeiro-Outubro: Redução de Custos - com as 200 ideias de melhoria de KVP2 e os 46 workshops de KVP Cascata para redução de desperdício, poupámos até Outubro 3,51 milhões de euros ( 227/carro). Qualidade - multiplicámos acções para apresentar melhores e mais estáveis índices de Qualidade no Audit interno do Grupo. O objectivo de 1.1 não foi alcançado até Outubro, o processo continua instável, mas conseguimos uma média de 1.3 nos três produtos. No ranking do Grupo estamos a meio da tabela, e queremos muito crescer em Entrega de carros entregámos 96,9% dos nossos carros dentro do prazo previsto. Assiduidade - na Liga de Saúde das 27 fábricas europeias estamos em 1º lugar, com um índice médio de 98,7% de assiduidade, um troféu que queremos manter. 2008: o ano do Scirocco Este vai ser o 3º produto da nossa fábrica e representa mais uma etapa na nossa capacidade de flexibilidade para produzir veículos em todas as plataformas do Grupo. Queremos garantir um lançamento melhor que o do VW Eos e, para tal, queremos Cumprir todas as fases do projecto dentro dos períodos previstos Construir carros de pré-série já nas condições de carros de série Ter um bom nível de qualidade nos Audit da fase SOP (Start of Production). Em 2008 não há previsão de dias não trabalháveis (down-days). O Shutdown será mais reduzido devido ao lançamento. Saber que o ano que vem vamos aumentar a produção e a possibilidade de entrada de novos produtos. Dá segurança ao nosso posto de trabalho. Joaquim Destapado, Área de Montagem Final, URQ A.1. Sabermos que estamos no bom caminho, com mais produção para o ano. Em termos negativos, acho que se especula muitos nos jornais lá fora, que não espelham a realidade. Principalmente porque levantam muitas expectativas e nós aqui temos sempre que aguardar confirmações oficiais, nomeadamente sobre novos produtos. Pedro Rodrigues, Área de Montagem Final, URQ A3. Reforço da Visão da Volkswagen Autoeuropa 1. Flexibilidade das Instalações. Capacidade para todas as plataformas de produtos. Volume de Produção 2008 (previsão) 2. Flexibilidade dos Produtos Concentração em nichos de produto e picos de volume de produção. 3. Flexibilidade dos Recursos Uma empresa com capacidade de adaptação. 4. Qualidade máxima e máxima Produtividade O que mais gostei foi quando o Director disse que sem a gente isto não era nada. Gostei muito de ouvir isto. Anabela Cardoso, Área de Montagem Final. URQ 1.2. Novembro / Dezembro 07

5 05 O Natal: presentes, circo, confraternização! Vão ficar todos contentes e rasgar o papel todo! -Vão ficar todos contentes e rasgar o papel todo! - foi o comentário de Rosa Santos e Inês Freitas quando foram levantar os presentes para os filhos. Ficam radiantes. O meu diz que a fábrica do pai dá prendas muito boas. comentou outro colega, Luis Nalha, Área de M.Final Cerca de 80 crianças desfavorecidas foram convidadas a partilhar uma das três sessões do Circo Cardinall com os filhos dos colaboradores da Volkswagen Autoeuropa. As instituições convidadas foram: Centro Meninos de Oiro, Azeitão; o Instituto S. Baptista, Centro Social Porta Aberta, Palmela; Missionárias Madre Teresa de Calcutá, e Instituto Nossa Srª da Saúde, todas de Setúbal. Um agradecimento especial à Luísa Todi, que disponibilizou os autocarros. Foram presentes distribuídos pela Área de Recursos Humanos aos filhos dos colaboradores da Volkswagen Autoeuropa, e 104, aos da A-vision. É curioso notar que os colaboradores tiveram mais filhos há 7, 8, 9 e 10anos. Mas o mais interessante, é notar que, na totalidade, só há mais uma menina (1.382) que rapazes (1.381)!. A nossa empresa inverte a tendência da redução do índice de natalidade no país: Há dez anos, nasceram 191 crianças e no ano passado nasceram 203, que têm agora um ano! O bacalhau está bom! Foram servidas refeições de Natal, no dia 4 de Dezembro. Uma trabalheira para as senhoras da Sodexho, mas uma hora de grande confraternização entre as equipas. Circo: os miúdos vibraram!

6 06 Reunião mensal entre os Directores e Colaboradores Colaboradores dão sugestões aos directores da fábrica Foi já a 2ª reunião de comunicação entre os três Directores do Conselho de Gerência da nossa fábrica- Jörn Reimers, Dinah Kamiske e Julius von Ingelheim - e alguns colaboradores sugeridos pela Comissão de Trabalhadores. Teve lugar na sala de reuniões da Área de Carroçarias, no dia 26 de Novembro. Eis os temas que estiveram em discussão, e que vão ter seguimento pelas chefias da Áreas. Área de Finanças / Divisão de Logística Inventário: um bom trabalho de equipa Designam-se por inventário todos os materiais disponíveis em armazém com vista à produção dos nossos veículos. Durante o ano, a Área de Finanças controla os inventários através de registos e da valorização de todos os movimentos e peças existentes na nossa fábrica. É necessário garantir que todas as peças consumidas na produção sejam consideradas com as quantidades e valores certos, no custo do material da Volkswagen Autoeuropa. Uma comunicação transparente entre os vários níveis hierárquicos da fábrica promove o empenho dos colaboradores no seu trabalho e possibilita o seu envolvimento em soluções e melhorias. Sugestões para melhorar o funcionamento da fábrica Estes foram os pontos mais importantes destacados pelos representantes das Áreas nesta reunião. O seu seguimento está a ser feito pelas chefias das Áreas Área de Montagem Final - A equipa deseja o aumento do volume de produção para poderem voltar aos 2 turnos, 5 vezes por semana - Comunicação: informação sobre o impacto de cada peça montada no resto da linha de produção e no produto final - Qualidade: a qualificação de temporários é afectada pela necessidade de desenvolver o trabalho normal em simultâneo com a formação - Pausas: as pausas de 7 minutos são curtas Área de Qualidade / Medição - Comunicação: falta de comunicação das chefias para os colaboradores. Nomeações e alterações na organização não são anunciadas nem explicadas. - Resolução de problemas: o processo atrasa-se devido a desacordo entre Áreas. Falta de assumpção de responsabilidade nos problemas traz situações negativas. - Descrição de funções e critérios de progressão salarial não reflectem as tarefas actuais Área de Carroçarias - Melhoria necessária nos extractores de fumos da soldadura MIG (Eos) Sugestão: medições das emissões pela Segurança Industrial para confirmar valores dentro dos padrões - Qualidade: grande rotatividade entre temporários diminui nível de qualidade e aumenta reparações Direcção de Produção / Fábrica Piloto - Sinergias insuficientes entre as Área de Produção e a de Qualidade que arrastam problemas. Alguns pontos do Eos, reportados em tempo útil na fase de desenvolvimento, ainda não estão resolvidos. - A divisão da Fábrica Piloto em três departamentos diferentes é considerada excessiva, criando demasiado peso na estrutura organizacional. - Não existe compreensão clara nos critérios de colocação de técnicos nos show cars e protótipos, com diferentes níveis de pagamento (pay points) - Falta de reuniões de comunicação regulares - Necessidade de envolver todas as chefias nos problemas de qualidade, estabelecendo-a como prioridade nº1 em todos os níveis da fábrica. Semanalmente e mensalmente, a Área de Finanças faz o seguimento dos movimentos dos materiais e do seu registo. A verificação semanal sincroniza o sistema de armazenagem da Divisão de Logística com o sistema da Área de Finanças, com vista a saber com exactidão todos os materiais existentes na Volkswagen Autoeuropa. Em cada mês, é feita uma correcção pela Área de Finanças, que avalia todos os materiais consumidos, que não foram considerados pelo sistema de uma forma automática. O objectivo destas acções é reflectir permanentemente nos sistemas financeiros a situação corrente do material. Inventário de 2007 A 27 de Outubro deste ano decorreu a contagem física do inventário, com muitos colaboradores envolvidos na contagem de peças. Os colaboradores da Divisão de Logística fazem a contagem a 100% das peças no Armazém de materiais e nas Áreas de Produção. Por sua vez, os das Área de Finanças auditam 20 % dessas peças (as de maior valor). A actualização do inventário através da contagem física é realizada por todas as fábricas do Grupo, garantindo o cumprimento dos requisitos legais. Bom desempenho! Devidos a milhões de movimentos de peças durante o ano, o resultado da contagem física mostra sempre diferenças em comparação com os registos financeiros. O resultado deste ano, foi somente uma diferença de 0,32%. Este excelente desempenho resulta indubitavelmente do bom trabalho de equipa entre a Área de Finanças e a Divisão de Logística. Mostra igualmente que as acções contínuas levadas a efeito por estas duas equipas são efectivas, e melhoram permanentemente os relatórios mensais de seguimento do inventário. As existências em 2007 As peças armazenadas na Schnellecke, junto ao Parque Industrial constituem cerca de 50% das peças totais pertencentes à Volkswagen Autoeuropa, e não são consideradas neste inventário. A sua contabilização é feita via sistema informático. Nas nossas instalações fabris foram contadas peças diferentes junto à linha, do Eos e MPV (Part numbers) materiais de não produção peças (bobines, etc.) da Área de Prensas carros em parque (offl ine) Novembro / Dezembro 07

7 07 Vanpro: Fornecedor de assentos. Parque Industrial Vanpro premiada pela Volkswagen AG! De um universo de cerca de fornecedores de peças de substituição (spare parts) para todos os automóveis do grupo, a Volkswagen AG seleccionou em Novembro os seus dez melhores fornecedores, utilizando os critérios do volume de negócios, desempenho de entregas e Qualidade. Entre as várias empresas fornecedoras de assentos, - Faurecia, Johnson Controls, Sitech, Lear, Magna/Intier, Recaro, - a Vanpro foi distinguida como a melhor, e incluída nas como já referido nas dez melhores de 2007 em todo o universo de fornecedores. Este concurso realizou-se pela primeira vez. A Vanpro fornece o sistema de assentos completos para o VW Sharan e SEAT Alhambra e também os assentos para os carros das fases de pré-series do modelo VW Scirocco, para a qual foi igualmente nomeada como fornecedor do sistema completo dos assentos. Irá igualmente sequenciar os assentos da frente do VW Eos produzidos pela Lear. Este prémio significa o reconhecimento da Volkswagen AG pela nosso desempenho e é um estímulo para a equipa que nos últimos anos tem procurado a excelência operacional. Será também uma componente positiva no curriculum da Vanpro, deixando mais espaço para a obtenção de potenciais novos negócios com a Volkswagen. Luis Dantas, Director Geral da Vanpro. Os dez melhores fornecedores de peças O valor da Vanpro Os restantes fornecedores agraciados em 2007, foram: - Áustria Alu-Guss - ContiTech - GPM Geräte und Pumpenbau - Hella - Mann+Hummel - NGK - ZF Getriebe - Phoenix / Continental - Iwis Motorsysteme Fornece a Volkswagen Autoeuropa desde Já produziu cerca de 9 milhões de assentos para os modelos VW Sharan, SEAT Alhambra e para o antigo Ford Galaxy. Tem actualmente 135 colaboradores. Fornecem a nossa linha de Montagem Final nos sistemas Just-in-Time e Just-in- Sequence Tem como cliente a Volkswagen Autoeuropa: 98 % do volume de vendas Fornece a Volkswagen, a SEAT e a FORD com peças de substituição dos MPV: 2 % do volume de vendas As empresas accionistas da Vanpro, cada uma com 50% do capital, são a Johnson Controls e a Faurecia. Em conjunto, são os principais fornecedores de assentos e interiores de todo o grupo Volkswagen. Tem 73 fornecedores. A percentagem de incorporação do MPV é actualmente de 48,4 %. No projecto Scirocco, por enquanto, é de 0 % mas têm como objectivo transferir para o mercado nacional alguns componentes, se possível, uma vez que a grande maioria é partilhada com outros modelos do grupo Volkswagen. Quem faz o quê? O que faz um payroll? Payroll, em inglês, é a forma corrente na fábrica para designar o processamento de salários. Este pequeno Departamento da Área de Finanças denomina-se Controlo de tempos e processamento de salários. É chefiado por Elsa Careto e conta com Paulina Santos, Elisabete Almeida e Luis Sebastião. Paulina Santos explica-nos o que fazem. Ela é uma das mais antigas na fábrica. Entrou em 1991, quando só existiam escritórios em Lisboa, sob o nome secreto de Ostra, Sociedade Imobiliária. Só mais tarde se passou a chamar ofi cialmente Autoeuropa - Automóveis, Lda. Controlo do tempos de trabalho O sistema de controlo de tempos e processamento de salários que utilizamos foi adquirido à empresa SAP. Temos ainda um sub-sistema de registo e controlo de tempos de trabalho, o CATS (Cross Aplication Time Sheet) onde se registam e controlam as horas trabalhadas por cada colaborador, através do lançamento de todas as excepções ao horário planeado: trabalho extra, férias, compensações, down-days, trabalhador-estudante, consultas médicas, baixas, maternidade, etc). Existem cerca de cem códigos de excepção. Salários Temos cerca de 300 utilizadores nas Áreas autorizados por nós a fazer registos e aprovação. Os salários são pagos normalmente no dia 25 de cada mês. Para tal, todos os dados devem estar registados e aprovados no SAP até ao dia 12 ou 13. Para assegurar que todos os colaboradores recebam atempada e correctamente o seu salário, o registo feito pelos utilizadores deve ser diário. Para processar um salário há várias fases: verifi cação e correcção de erros, a aprovação central de dados, introdução de dados da Área de Recursos Humanos; entra das de descontos e pagamentos diversos; transferência de dados entre o subsistema CATS e o SAP e, por fi m, a impressão e envelopagem dos recibos e sua distribuição aos colaboradores. Impostos, despesas de viagem, adiantamentos Em paralelo, são gerados dados contabilísticos e estatísticos, o pagamento para o banco, o arquivo, etc. Gerimos também diversas dívidas dos colaboradores, nomeadamente descontos legais, pensão de alimentos, adiantamentos, etc. Processamos também os pagamentos para a Segurança Social, descontos de IRS e respectivo pagamento ao estado a emissão de Declarações Individuais de Rendimento e anexos J, preparação do Balanço Social, etc. Somos ainda responsáveis pela administração das despesas de viagem, desde o registo dos TER e Petty Cash vouchers, ao registo dos adiantamentos, devoluções, pagamento, controlo e execução de dívidas, etc. As questões mais frequentes As questões mais frequentes dos colegas são: refeições descontadas por incorrecto registo no sistema CATS; quais as taxas de IRS aplicáveis; trabalho suplementar não pago por ausência de registo; faltas de pagamento por baixa; alguns acertos que os colaboradores não compreendem, questões sobre turnos, etc. Temos um serviço constante de atendimento por Helpdesk ou por contacto directo, chegando a dar resposta a cerca de mil solicitações por mês! No nosso Departamento trabalhamos com um excelente espírito de equipa e colaboração, o que ajuda a ultrapassar as dificuldades e desafios que este trabalho apresenta, não só pela responsabilidade de estarmos a mexer com o dinheiro dos colaboradores, como também pela exigência necessária para atender o público. E acreditamos no projecto Volkswagen Autoeuropa e esperamos assegurar os salários de todos os colaboradores pelos próximos 20 anos ou mais! Recursos Humanos Os vários tipos de contratos da nossa empresa Todos trabalham na empresa, mas há designações diferentes de vários tipos de contratos: Colaboradores locais São aqueles que exercem funções locais, dentro da fábrica, e estão registados no sistema de salários e de tempos de trabalho (payroll) da Volkswagen Autoeuropa. O salário é creditado na conta bancária individual no dia 25 de cada mês. Expatriados Global employees São os colaboradores que exercem temporariamente as suas funções nas várias fábricas do grupo Volkswagen, ao abrigo de contratos de destacamento, que complementam os contratos de trabalho locais. Estes colaboradores integram um sistema de processamento de salários autónomo, cujo pagamento é feito no último dia útil do mês. Impatriados Global employees São os colaboradores de outras fábricas do grupo predominantemente da Volkswagen AG que vêm temporariamente para a nossa fábrica exercer as suas funções, mediante contrato de destacamento celebrado com a Volkswagen Autoeuropa. Regra geral, um destacamento tem a duração de 3 anos. Estes colaboradores recebem um nº de empregado da Volkswagen Autoeuropa e também têm um processamento salarial independente do dos locais, sendo a data de pagamento de salários o último dia útil do mês.

8 08 Área de Prensas Insourcing nas prensas Uma das 41 peças do Eos que são actualmente produzidas no exterior, passou a ser estampada aqui. O conjunto de ferramentas chegou de VW Kassel, Alemanha, em Setembro e foi necessário adaptarmos a prensa Fagor para iniciar a estampagem da peça: o pilar A interior. Foram necessárias várias alterações, pois a prensa de Kassel não é igual à da Volkswagen Autoeuropa. Construímos a fixação das ferramentas à prensa, uma nova automação, novas rampas de sucata e novas placas para o posicionamento das platinas na ferramenta. Estas tarefas foram executadas com êxito pelas equipas de produção, manutenção e de Cunhos e Cortantes. Queremos mais! Efectuam-se esforços intensos para que seja possível trazer mais ferramentas para a Volkswagen Autoeuropa. Se estamparmos aqui as peças, poderemos reduzir os custos finais do carro, ter um melhor aproveitamento da capacidade instalada das prensas e criar mais postos de trabalho. Texto de: Joaquim Escoval - Coordenador de TPM / Área de Prensas Quais as razões por que não produzimos mais peças na Volkswagen Autoeuropa? Francisco Fialho Director da Área de Prensas No caso do Eos e dos Scirocco, a razão prende-se com o facto de possuírem muitas peças comuns com outros carros do grupo (principalmente peças da plataforma). Assim, recebemo-las de outras fábricas onde já estão em produção. Dado que os conjuntos de ferramentas de prensa requerem um investimento muito elevado, só em alguns casos muito especiais se torna rentável a duplicação das ferramentas, com dois locais de produção. A produção na Volkswagen Autoeuropa de peças para outros carros do grupo de maior volume, está condicionada pelos elevados custos de transporte daqui para o local onde o carro é fabricado. Embora o custo de produção seja competitivo, ao adicionarmos os custos de transporte deixamos de o ser. Novas placas de fixação Novas rampas para a saída de sucata A peça: pilar A interior (refª1q /4) Nova automação Área de Prensas Aceitação final de peça do Scirocco A equipa das Prensas efectuou a primeira aceitação final de uma peça para o Scirocco. Outras 43 ferramentaa do Scirocco estão já de testes (Try Outs) para chegar a esta fase. A 20 de Novembro teve lugar a aceitação final de uma peça para o Scirocco, que vai ser prensada na Fagor, sob a responsabilidade da URQ1. Tratou-se de um reforço interior do lateral esqº e dtº, cujo conjunto de ferramentas foi fabricado pela empresa KWS. Esta aceitação final foi realizada por uma equipa com elementos da Produção, Cunhos e Cortantes, do fabricante da ferramenta e da Área de Planeamento/ Prensas. O que é uma aceitação final? A aceitação final de uma peça nas prensas é o culminar de um processo que se inicia com uma ou duas visitas ao fabricante, para detectar problemas passíveis de serem corrigidos logo na origem. O processo finda quando aqui na nave de Prensas a ferramenta consegue cumprir diversos requisitos previamente estabelecidos. A saber: -a peça tem que ter nota 1, isto é, estar OK a nível dimensional; -a peça tem que ter um nível de qualidade aceitável; -a forma da peça tem de estar conforme o desenho original da engenharia (blue print); -têm de ser produzidas 2000 peças sem paragens a uma velocidade pré-estabelecida para cada peça e para cada máquina. Neste caso, a velocidade é de 16 golpes por minuto. -a automação, ganchos (grippers), rampas de sucata, posicionadores, sensores, têm de funcionar correctamente. Esta peça foi a primeira a cumprir todos estes requisitos. Todas as outras 43 ferramentas do Scirocco que esta Área vai produzir vão ter a sua aceitação final até todas estarem capazes para produzirmos o novo modelo da VW a lançar em Texto de: Joaquim Escoval - Coordenador de TPM / Área de Prensas A 1ª peça do Scirocco produzida na fábrica, um reforço de ligação interior dos laterais (peças 1K /500 Verbi.Seitenteil in.) A equipa da URQ1:da esqº para a dtª: Cristiano; Nobre; Flávio; Renato (PAI/Prensas?); técnicos da empresa KWS e Nobre. Novembro / Dezembro 07

9 09 Um Autoeuropeu na Pintura da VW África do Sul João Camolas, 40 anos, entrou para a Volkswagen Autoeuropa em 1993 e actualmente é Superintendente de Produção na Área de Pintura. Em Agosto de 2007, foi destacado por três meses para dar apoio à Área de Engenharia e Manutenção de Pintura, na Volkswagen África do Sul, em Uitenhage. Em jeito de entrevista, contou-nos a sua aventura por terras de África. Quantos carros/dia produzem, e quais os carros? Na fábrica produzem-se 510 carros por dia em dois turnos. Neste momento estão a fazer dois turnos de dez horas cada, para colmatar as perdas de produção devido a qualidade e equipamento. Existem duas naves de pintura: a nova, onde se faz o Pólo, o Pólo 3 volumes, o Jetta, e o Golf A5, e a nave antiga, onde se fabrica o Golf City (A1), um modelo com 20 anos de venda exclusiva para países africanos. Parte da produção do Golf é exportada para o Japão. João Camolas, com a cidade do Cabo por detrás, considerada uma das mais belas cidades no mundo. Quais foram as tuas funções? Dar apoio à resolução de avarias; implementar um programa de manutenção preventiva; elaborar contratos de manutenção Basicamente, a ideia era introduzir melhorias, com vista a eliminar as possibilidades de falhas de equipamento, e consequentes paragens de produção. Fiz ainda trabalhos de optimização de processo de pintura. Qual era a rotina do dia a dia? Durante a semana, levantava-me às 5h30m, tomava o pequeno-almoço e dirigia-me para a fábrica, em Uitenhage, onde chegava às 6h45m. Às 12h almoçava, e por volta das 18h regressava ao hotel. Raramente repetia o restaurante, à excepção de 3 ou 4 restaurantes portugueses. A comida era normalmente carne que, por sinal, era muito boa: Kudu, javali, antílope E ao fim de semana? Reservava os domingos para uma ida à fábrica, dia em que tinha oportunidade para ver os equipamentos por dentro. Aos sábados, escolhia sempre uma terra nos arredores para visitar ou um passeio com guia: fiz um safari, fui ver baleias Um dos passeios que mais apreciei foi a ida à Cidade do Cabo pela Garden Route. É uma estrada que realmente parece um jardim. montanhas de um lado, extensas praias do outro, verde denso tal como nos trópicos, atravessamos vinhas fabulosas já perto da Cidade do Cabo, vemos macacos na estrada, quintas de avestruzes Ver nove baleias tão perto, a cerca de 20 metros do barco também foi uma experiência inesquecível Quantos colaboradores têm a Pintura e a fábrica em geral? Nas duas naves de Pintura existem aproximadamente 600 pessoas. Na fábrica só de Uitenhaage existem cerca de 4000 pessoas. Há mais duas fábricas da Volkswagen (camiões e componentes) Que tecnologias utilizam na Área de Pintura, diferentes das nossas? A nova nave de Pintura deles tem uma tecnologia excelente. A começar pelo Fosfato, com o sistema chamado Vario shuttle, que agarra o carro vindo da nave de Carroçarias e o leva pelos banhos de fosfato e KTL, permitindo fazer diversos perfis dentro dos banhos. Vi baleias a 20 metros! A linha do Sealer possui aplicação por flat stream e banda de PVC com cone Wagner. A linha do Primário e Enamel tem robots Dürr; o forno de infravermelhos trabalha a 45ºC e a uma humidade específica, muito baixa comparando com a nossa. Quais os sistemas de aferição de Qualidade existentes, diferentes dos nossos? Os sistemas de aferição de qualidade são muito semelhantes aos nossos. O Konzern Audit (do Grupo Volkswagen) esteve na fábrica e os critérios são iguais aos nossos. Entrada da fábrica de Uitenhaag. Qual a atitude dos colaboradores perante a Qualidade? Os colaboradores da VWSA entenderam o conceito de qualidade pretendido, exemplo disso é a dificuldade em fazer o número diário devido à criteriosa identificação e rejeição de defeitos de pintura. Aspectos positivos na fábrica? O nível tecnológico da fábrica é excelente assim como a qualidade dos experientes técnicos de Manutenção e Engenharia, que têm uma atitude bastante positiva em relação ao trabalho. A Direcção de Pintura é nova e tem muita vontade e garra para conseguir excelentes resultados dentro do Grupo Volkswagen. Aspectos negativos na fábrica? O sentido de urgência tem que ser melhorado assim como o tempo de resposta a problemas de qualidade e de equipamentos, sob pena de começarem a acumular-se e a agravar-se. Elefantes à vista! Fábricas do Grupo Volkswagen 15 milhões de Passat O dia 8 de Novembro foi de festa na VW Emden, Alemanha. Trinta e quatro anos depois do início da produção do VW Passat, saiu da linha o carro 15 º milionésimo Passat, um Variant BlueMotion 1.9 TDI, na cor Artic Blue Silver. A produção do Passat envolveu 13 fábricas desde 1973 e, só em Kassel, foram produzidos 5,9 milhões. O carro aniversariante foi oferecido à instituição responsável pelo banco de dados de dadores de medula óssea na Alemanha, (DKMS- German Bone Marrow Donor Center), para maior mobilidade nas suas inúmeras campanhas de angariação de dadores em todo o país.

10 10 Dr. Heizmann na nossa fábrica Chefias da Volkswagen AG na Volkswagen Autoeuropa Dr. Koch Dr. Guenther Koch, à esqª, com o pelouro de Recursos Humanos Internacionais é um dos dois membros do Conselho Consultivo da Volkswagen Autoeuropa, juntamente com o Prof. Heizmann (pelouro da Produção). No dia 8 de Novembro, reuniu com a Direcção da ATEC e com os três Directores da Volkswagen Autoeuropa sobre assuntos relacionados com a Formação e Relações laborais. Encontrou-se ainda com o grupo de estagiários alemães do programa WanderJahre. Na foto, com Julius von Ingelheim, Director da Área de Recursos Humanos é que sim, um dos três directores do Conselho de Administração da nossa fábrica. Uma reunião de elevado impacto no futuro da fábrica teve lugar dia 14 de Novembro, com Dr.Heizmann, membro do Conselho de Administração do Grupo VW e responsável pela Produção de todo o grupo. Juntamente com o Dr.Koch, ele é igualmente presidente do Conselho Consultivo/Supervisão da Volkswagen Autoeuropa. A equipa de Wolfsburg que o acompanhou deslocou-se à nave de Carroçarias para observar em detalhe o ponto da situação das linhas do Scirocco. Verificaram também o Check Point 6 na nave de Montagem Final. Por fim, reuniram para discutir a evolução da Qualidade e Produtividade do MPV e Eos desde a última reunião em Maio. Analisaram ainda o Plano para 2008 em termos técnicos, orçamento financeiro e recursos humanos. As mensagens Dr. Sander No dia 22 de Novembro recebemos a visita do Sr. Lothar Sander, e de outros convidados do Departamento de Controlo Produção e Logística em Wolfsburg (Sr. Matthias Bursig, Sr. António Costa e Sr. Jürgen Kühl). Na reunião conjunta com a Gerência e com todos os Directores da Área de Finanças da Volkswagen Autoeuropa, falou-se essencialmente da possibilidade de atingir os objectivos financeiros no ano de 2007 assim como sobre o acordo dos objectivos a alcançar para o ano de Na visita à nave de Montagem Final os convidados mostraram-se deveras impressionados com a montagem complexa do tejadilho do Eos, bem como sobre a actual fase de montagem do Scirocco. As chefias da fábrica foram convocadas para uma reunião final, onde o Dr. Heizmann transmitiu várias mensagens: Vários concessionários da VW testaram já protótipos do Scirocco e ficaram bem impressionados. Penso que estão no bom caminho para o lançamento do Scirocco, pelo que constatei na Área de Carroçarias. Observei progresso nos vários checkpoints em comparação com a última visita, em termos de qualidade do Eos e MPV. Mas têm que continuar a esforçar-se, não pode haver excesso de confiança. KVP Cascata: é este é o caminho para alcançar o aumento de 10% de produtividade no grupo. A vossa fábrica está a fazer um bom trabalho, e à frente de muitas outras! Novos produtos para esta fábrica estão ainda em discussão Todavia é necessário optimizar custos (transportes) e apresentar mais flexibilidade laboral para serem competitivos. Da esqª para a Dtª: Sr. Jurgen Küehl (controller residente na Volkswagen Autoeuropa); Dinah Julia Kamiske, Directora da Área de Finanças; Andreas Hinrichs, Director Geral de Produção e Sr. L. Sander, membro do Conselho de Administração da marca Volkswagen, com o pelouro das Finanças. Novembro / Dezembro 07

11 11 O que está bem na fábrica? O que está mal e deverá melhorar? A comunicação é uma das premissas para a motivação e envolvimento dos colaboradores na organização. Promover uma comunicação esclarecedora e transparente entre os vários níveis hierárquicos é uma atitude constante no dia a dia, e o Jornal Autoeuropa pretende dar-lhe continuidade com esta nova rubrica, iniciada na edição anterior (jornal nº 117). Ao acaso, pedimos a colaboradores de várias Áreas que pensassem nas coisas positivas que valorizam na fábrica, e também naquilo que gostariam que melhorasse. Os depoimentos são anónimos e pretendem ser um contributo à melhoria da comunicação interna e também um eventual instrumento de decisão para as chefias. Sempre que possível, procuramos dar uma resposta às situações colocadas. O que está mal, e deverá melhorar? Pergunta: Por vezes, damos propostas de melhoria e as chefias não dão valor. Mas se elas vierem mais de cima já as levam para a frente. É frustrante ver uma ideia nossa ser esquecida e depois ser atribuída a outro. Operador da Área de Montagem Final. Resposta: Esta situação não é aceitável. Todos os colaboradores quando têm ideias de melhoria deverão comunicá-las ao seu líder de equipa e colocá-las na agenda da reunião de comunicação para que possa ser apresentada à equipa. As chefias devem reconhecer as sugestões e informar o colaborador qual o seguimento. Rui Baptista, Director de Produção da Área da Montagem Final. Pergunta: Algumas ferramentas de aperto estão velhas, as baterias estão viciadas. Operadora da Área de Montagem Final. Resposta: A revisão e homogeneização entre equipas, do conteúdo das reuniões de comunicação da divisão de Cunhos e Cortantes, é um tema que está actualmente em análise. A partir de Janeiro teremos as reuniões de comunicação dos Cunhos e Cortantes com novos conteúdos. - Jorge Frade, Chefe da Divisão de Cunhos e Cortantes Pergunta: Há pouca informação sobre assuntos dos Recursos Humanos- faltas, regras de progressão, etc. Especialista da Área de Planeamento, Ambiente e Infra-estruturas. Resposta: Todos os colaboradores têm acesso a um pequeno livro editado em Março de 2006, chamado Manual de Recursos Humanos e onde estão explicadas as políticas mais gerais de RH. Por outro lado todas as questões podem ser também respondidas por colaboradores específicos da Área de Recursos Humanos. Os Employee Relations encontram-se todas as semanas nas Áreas de Produção Questões mais especificas podem ser esclarecidas junto da equipa de RH responsável pelo tema. - Margarida Silva, Chefe de Divisão de Compensação, Desenvolvimento e destacamentos Internacionais, Área de Recursos Humanos. Resposta: Estamos a substituir ferramentas pneumáticas por eléctricas para reduzir tempo em caminhadas - Desperdício. As ferramentas eléctricas são entregues á linha com um carregador e duas baterias, e actualmente já se está a contemplar, em termos de dinheiro, a necessidade de se comprar uma bateria por ferramenta / ano. - Rui Baptista, Director de Produção da Área de Montagem Final. Pergunta: As pausas são muito pequenas. Sete minutos não dá para ir à casa de banho e irmos comer qualquer coisa Operador da Área de Montagem Final. Resposta: Para permitir usufruir plenamente dos 7 minutos, deslocámos as pausas entre o MPV e o Eos e melhorámos as condições (mais oásis, mais máquinas). Iremos continuar a verificar as melhorias. Contudo já recebemos feed-back positivo de alguns Colaboradores - António Pinto, Director da Área de Montagem Final. Pergunta: Há diferentes políticas entre departamentos de Áreas de não produção, em relação a critérios salariais. Há colaboradores com o mesmo tipo de trabalho e com remunerações diferentes. - Especialista da Área de Planeamento, Ambiente e Infra-estruturas. Resposta: As políticas na Volkswagen Autoeuropa aplicam-se a toda a organização. Não existem procedimentos diferenciados por áreas de trabalho. O facto de existirem salários diferentes deve-se a uma estratégia de compensação que tem assentado na avaliação de desempenho e consequentemente em remunerações diferenciadas. O reconhecimento do contributo individual é um factor que tem sido privilegiado na evolução salarial. - Margarida Silva, Chefe de Divisão de Compensação, Desenvolvimento e destacamentos Internacionais, Área de Recursos Humanos. O que está bem? Pergunta: Gostávamos de voltar a ter música na linha, como antes. Ainda por cima o investimento já está feito. - Operador da Área de Montagem Final. Resposta: Tivémos um problema técnico, mas logo no início do próximo ano de 2008, voltaremos a ouvir um som - António Pinto, Director da Área de Montagem Final. Pergunta: Tivemos que trocar de balneário, do antigo C1 quer era grande para o C2, mais apertado e com menos condições. - Operador da Área de Montagem Final. Resposta: Com o aumento do número de pessoas houve necessidade de se fazer uma reorganização do balneário. No entanto o Balnerário C2 ficará exactamente com as mesmas condições do C1 durante a paragem do Natal - Rui Baptista, Director de Produção da Área de Montagem Final. O seguro de saúde é uma coisa boa para nós e para a nossa família Operadora da Área de Montagem Final Os transportes serem gratuitos. Operador da Área de Montagem Final O ambiente de trabalho entre nós é do melhor! Operador da Área de Pintura - Temos acesso a tecnologia de ponta Especialista da Área de Planeamento, Ambiente e Infra-estruturas Acho positiva a política de rigor e de poupança por toda a fábrica e a luta que fazemos todos os dias para nos mantermos dentro dos objectivos Técnico da Divisão de Cunhos e Cortantes. Pergunta: Falta comunicação. Era bom que se voltasse a ter uma vez por semana informação sobre a Qualidade, budget, problemas, para estarmos mais envolvidos - Técnico da Divisão de Cunhos e Cortantes. Foi boa, a separação do pessoal nos breaks, entre o CP7, Cabrio e os do MPV. Há menos confusão e mais conforto nos oásis. - Operadora da Área de Montagem Final

12 12 Marketing SINOTEC estivemos lá Feira de Inovação e Tecnologia, 7 e 10 de Novembro na FIL em Lisboa. Num pequeno stand expusemos um VW Eos 2.0 TDi preto de estofos vermelhos. Amilcar Ferreira, Artur Lindo, Paulo Gomes, Dora Baeta e Paulo Fonseca (Área de Planeamento, Ambiente e Infra-estruturas) e Sandra Alcape Meyer (Div.Logística) representaram a nossa fábrica, numa Feira com vários stands de Universidades e de empresas com projectos tecnológicos, nomeadamente na área ambiental. Dez anos de casa A última celebração de 2007 decorreu uma vez mais na sala Sharan e juntou muitos dos colaboradores que assinaram contrato com a Volkswagen Autoeuropa entre 19 de Maio e 10 de Novembro de Receberam o seu certificado das mãos do Director da Área de Recursos Humanos, Julius von Ingelheim, que lhes agradeceu a dedicação à empresa e os motivou a darem o seu melhor profissionalmente nos anos que ainda têm pela frente. Ambiente Sustentabilidade Nota: Todos os colaboradores já jubilados podem levantar as suas fotografias na Área de Recursos Humanos, edif.10, 1º. 8h.16.30h (Sílvia Pratas). Programas para Colaboradores Diminui o desperdício na fábrica e lá de casa também! Evita aquecedores com a resistência à vista: o consumo é muito elevado e secam o ar. Mantém o aquecimento no mínimo Desliga o quadro eléctrico em caso de ausência prolongada Desliga sempre a luz das divisões que estiverem desocupadas. Utiliza botija de água quente em vez de cobertor eléctrico Aproveita a água da chuva para regar ou lavar o carro Repara as torneiras e os autoclismos em caso de fuga de água. Um simples fi o de água a correr pode signifi car 500 L de água desperdiçada Sabias que - Os portugueses produzem, por dia, lixo com peso equivalente a dez mil automóveis? Casados de fresco, com o Eos No dia 30 de Junho, Nuno Almeida (32), da Área das Carroçarias, deu o nó com a sua noiva, Ana Cristina Paulo (28). Foi uma surpresa, ninguém esperava que o Eos comparecesse ao casamento e os convidados ficaram rendidos às duas estrelas: a noiva e o Eos! A viagem da igreja até ao local do copo de água foi espectacular. Para além do momento importante que vivíamos, o Eos trouxe ainda mais simbolismo. Senti-me orgulhoso de conduzir o nosso carro naquele dia especial e de ser admirado por todos! A maioria dos convidados ainda não tinha visto o Eos tão perto e, além de curiosos, ficaram impressionados com o facto de um carro tão bonito ser construído em Portugal. Chegaram a perguntar se o Eos era prenda de casamento Infelizmente, para mim, não era. Foi sem dúvida um dia inesquecível na minha vida. Obrigado à Autoeuropa pela oportunidade. - Nuno Almeida, FRC1, Área de Carroçarias Eos Em 2008, este programa continua e os colaboradores poderão requisitar um MPV ou um Eos para levarem ao seu casamento ou ao baptizado dos seus filhos. Reservas: Vânia Guerreiro, ext.: 2541 ou Área de Recursos Humanos, Ed.10, 1.º andar. Novembro / Dezembro 07

13 13 Área de Prensas BTT, tascas e tombos! São um grupo de amigos, a sua maioria trabalha na URQ2, mas também há quem trabalhe noutras URQ e até quem já tenha trabalhado na Volkswagen Autoeuropa... Em comum, têm o gosto pelas bicicletas de todo o terreno e pelos passeios que este desporto proporciona. Normalmente juntam-se todos os fins-de-semana, pegam nas suas máquinas e rasgam os caminhos íngremes da nossa região com especial predilecção pela serra da Arrábida. Depois de cada aventura, costumam enganar o cansaço à mesa de uma tasca, com uns petiscos convenientemente regados, enquanto relembram as peripécias da jornada. Não se ficam por Setúbal, as pedaladas destes amantes do BTT. Mensalmente, organizam passeios que já os tem levado a terras do Alentejo e a participar em algumas das iniciativas ligadas ao BTT que por cá se vão organizando. Terem conseguido reunir o apoio de algumas empresas é um factor importante para conseguirem realizar tudo isto. Gostam ainda de documentar os muitos quilómetros que têm nas pernas e os tombos que dão por caminhos e veredas. Para isso criaram um blogue próprio e bem divertido a que deram o nome de BTT tascas e tombos e que os irmãos Mira se encarregam de alimentar com muitas fotos e informação das novas iniciativas do grupo. Praticar o desporto que gostam, conviver e divulgar as pedaladas que vão dando são boas práticas deste grupo, aberto sempre a receber novos amigos das bicicletas. Texto: Joaquim Escoval. Prata da casa Aqui faz carros, em casa faz aviões Paulo Duarte, 35 anos vive em Setúbal e entrou em 1998 para a Área de Carroçarias, como Operador. Passou em 2001 para a Área de Montagem Final, onde ainda está, na URQ 3.3. Monta a banda do portão traseiro, a caixa de CD, pegas, chapeleira, etc. dos VW Sharan e Seat Alhambra. O seu hobbi é o modelismo. Constrói miniaturas de aviões, principalmente réplicas de aviões de caça da 1ª e da 2ª Grande Guerra Mundial. É um passatempo que requer paciência, concentração, e que oferece tranquilidade. Primeiro compra os materiais em lojas da especialidade ou via Internet. Os modelos chegam em várias peças de plástico separadas que são encaixadas, coladas, aparadas à medida. Ao fim de semana, rodeia-se de colas, lixas, tesouras, betumes e ferramentas. Criar um pequeno avião a partir de centenas de peças, é uma sensação gira! Quando estou no modelismo a nossa cabeça está livre de tudo. É um hobbi muito relaxante e o convívio com outros modelistas é fixe! comenta. A sua colecção já conta com seis modelos bem resguardados do pó, o principal inimigo. Com o modelo mais rápido, levou três meses. Com um outro, esteve um ano e meio às voltas. É necessário separar as peças, colar, reparar falhas de moldes, betumar junções e lixar. Depois: pintar, aplicar os decalques, fazer o envelhecimento Os aviões do Paulo não voam, mas já vão a exposições e a concursos, principalmente na região de Setúbal. Se ficaste tentado a iniciar-te no modelismo, porque é que não contactas este colega?

14 Autoeuropeus de gema Frases filosóficas (colegas) - Bom dia Mestres! - pela manhã! - Como é, mestres?! durante o dia -Então, Mestre, vamos a isso? - Então mas afinal o que é que se passa? Ai mestres - Certinho direitinho - Serginho, preciso de um favor teu - É pá, esperem, deixem-me falar! - Ei, sabem Eu ontem quando cheguei a casa, a pequenina - Ontem à tarde, já era noite, estivemos reunidos e já definimos um plano - Pessoal, vamos reunir hoje já enviei o mail. Eh pá, deixa-me acabar!! - Pessoal, mais um trabalhinho Peçam também ao resto do pessoal! - Explica devagarinho que eu sou a carvão! - Calma que eu trabalho a pedal! - quando tentam explicar algo só pela rama; - Lá na Ponte Rol ; referindo-se à sua terra. - Tu!..., para iniciar uma piada ou comentário informal. Participa no concurso de fotografia Este é o nosso MPV/Eos O resto é paisagem! Esta é a fotografia vencedora da edição do jornal nº 118, Novembro/Dezembro de Um MPV na Praça dos Heróis, em Budapeste, Hungria. Foi tirada por Lucinda Sarrico, da Área de Recursos Humanos.. Para levantar o prémio, deve contactar a Srª Ana Rita Ramos directamente no implante da Agência TQ3Star, junto ao Maingate, ou pelo telefone ou ana. Patrocinador: Fornecedor do serviço de restauração da Volkswagen Autoeuropa O que fotografar? O nosso MPV VW Sharan ou Seat Alhambra ou ainda o VW Eos, juntos ou separados têm que estar sempre na foto! Num ângulo interessante, num cenário especial, numa situação fora do comum. A cores ou a preto e branco. Tamanho standard 10x15, ou outro. Escolha da melhor O vencedor será seleccionado pela redacção do Jornal Autoeuropa. Todas as fotografias enviadas permanecem a concurso, jornal após jornal. Nome: Paulo Portela Idade: 41 Função: Chefe de Divisão da Fábrica Piloto - VW Scirocco Carro que guia actualmente: VW Eos Um carro de sonho é: carro a hidrogénio Nasceu em: Ponte do Rol, Torres Vedras Reside em: Ponte do Rol, Torres Vedras Signo: Balança Agregado familiar: Dulce, 41; Maria, 3 O que anda a ler: Fidel Castro, Biografia a duas Vozes ; Torres Vedras, segundo Eduardo Gagueiro. Receita preferida: Churrasco; feijoada; cozido à Portuguesa Grande paixão: foi o futebol, agora é a minha filha. Dia perfeito: sol, praia. Desporto praticado: Futebol Clube favorito: SCP; Torreense. O que lhe traz calma: Conduzir e ouvir música O que lhe faz perder as estribeiras: Inconsistência; deslealdade; superficialidade Virtude que mais aprecia: lealdade; confiança Pior hábito (ou defeito): esquecer de elogiar; timidez Música que prefere: The Police; Sting; E. Clapton; Dominic Miller; Xutos e Pontapes Filme da sua vida: Paris Texas, de Win Wenders Arte: Gosto especialmente do período renascentista. Actriz e actor preferidos: A. Hopkins ; R. Gere; S. Sarandon; Na vida real, admira: a resistência da minha mãe e a perspicácia do meu pai. Locais de sonho: casa à beira mar. O que fazia se saísse o euromilhões: Viajar por onde os Portugueses andaram há 6 séculos atrás e ajudar os mais necessitados. Prémio Para o vencedor, a empresa patrocinadora Sodexho - oferecerá um um voucher de 300 numa pousada portuguesa à escolha. Opcionalmente, o vencedor poderá descontar 300 num programa da Agência TQ3Star. Para concorrer Somente os colaboradores da Volkswagen Autoeuropa ou da Sodexho poderão concorrer. As fotos deverão ser entregues directamente a Isabel Carimbo, Rec. Humanos, Comunicação Interna, edif.10, 1º andar, ext 2776, ou enviadas por Junto à foto deverá constar o nome do autor, Área de trabalho e local onde foi tirada.

intra Perfil do Gestor

intra Perfil do Gestor Perfil do Gestor 35 Entrevista Dinah J. Kamiske, Autoeuropa A internacionalização economia obriga as empresas a tornarem-se mais competitivas. Entrevista de José Branco Dados publicados recentemente prevêem

Leia mais

Indicadores Ambientais

Indicadores Ambientais Indicadores Ambientais / Desempenho Em, publicámos o nosso primeiro Relatório Ambiental, como forma de divulgar os nossos esforços e resultados na área da protecção ambiental. A presente publicação deve

Leia mais

questionários de avaliação da satisfação CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS

questionários de avaliação da satisfação CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS questionários de avaliação da satisfação creche CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS 2ª edição (revista) UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Governo da República Portuguesa SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA

Leia mais

Bem-vindos à Volkswagen Autoeuropa Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013. Volkswagen Autoeuropa

Bem-vindos à Volkswagen Autoeuropa Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013. Volkswagen Autoeuropa Bem-vindos à Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013 Intervenção do eng.º António de Melo Pires Diretor-Geral Agenda Resultados do Grupo Volkswagen Resultados da Recursos Humanos A estratégia do Grupo

Leia mais

REGRAS. 1 - Introdução. 2 - Nº de jogadores e objectivo do jogo. 3 - Peças do jogo

REGRAS. 1 - Introdução. 2 - Nº de jogadores e objectivo do jogo. 3 - Peças do jogo REGRAS 1 - Introdução Este jogo tem como principal objectivo demonstrar como poderemos utilizar o nosso carro de uma forma mais responsável face ao ambiente, através da partilha do nosso meio de transporte

Leia mais

Manual Prático MyGiaf. Perguntas Frequentes Glossário

Manual Prático MyGiaf. Perguntas Frequentes Glossário Manual Prático MyGiaf Perguntas Frequentes Glossário PERGUNTAS FREQUENTES (faq s) Como proceder para o registo de assiduidade? a. Aproxime o cartão de colaborador FMUL do teclado numérico do terminal b.

Leia mais

Caderno Sistemas Totobola II

Caderno Sistemas Totobola II J rnal 1X2 1X2 INTERNET - http://www.jornal1x2.com SEMANÁRIO DO APOSTADOR Director: Joaquim Rosa da Silva Director-adjunto: Rui Santos ANO XXXIV - EDIÇÃO ESPECIAL Caderno Sistemas Totobola II Condicionados

Leia mais

O meu. Às vezes penso em como seria bom se o dia tivesse 35. Tempo 194 [ SAÚDE] Aprenda a gerir o seu dia-a-dia e ganhe espaço para tudo

O meu. Às vezes penso em como seria bom se o dia tivesse 35. Tempo 194 [ SAÚDE] Aprenda a gerir o seu dia-a-dia e ganhe espaço para tudo 194 [ SAÚDE] O meu Aprenda a gerir o seu dia-a-dia e ganhe espaço para tudo Especialistas e gestores de topo juntam-se num guião em 16 passos para esticar o tempo e ganhar uma vida nova por Carmen Saraiva

Leia mais

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES Inovação EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES DOSSIER 13 JORGE LIZARDO NEVES O futuro é sem dúvida eléctrico Vem aí a Era de motores menos poluentes e mais eficientes. Quem o diz é o Jorge Lizardo Neves,

Leia mais

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa MODELO 1 Compreensão da Leitura e Expressão Escrita Parte 1 Questões 1 20 O Luís enviou cinco mensagens através do telemóvel. Leia as frases 1 a 5. A cada frase corresponde uma mensagem enviada pelo Luís.

Leia mais

E se conseguisse reduzir os seus custos de energia até 20%?

E se conseguisse reduzir os seus custos de energia até 20%? E se conseguisse reduzir os seus custos de energia até 20%? Uma solução eficaz de Gestão Energética para o Retalho Eficiência Energética no Retalho Será que está a gastar mais em energia do que necessita?

Leia mais

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO A noção de Empreendedorismo, como uma competência transversal fundamental para o desenvolvimento humano, social e económico, tem vindo a ser reconhecida

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

Regulamento Passatempo 10 Anos Ristorante

Regulamento Passatempo 10 Anos Ristorante Regulamento Passatempo 10 Anos Ristorante 1. DEFINIÇÕES 1.1 A Dr. Oetker Portugal, Lda., com sede na Av. D. João II, Torre Fernão de Magalhães, Lote 1.17.02 C - 6º andar, Parque das Nações 1990-083 Lisboa,

Leia mais

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos PHC TeamControl CS A gestão de equipas e de departamentos A solução que permite concretizar projectos no tempo previsto e nos valores orçamentados contemplando: planeamento; gestão; coordenação; colaboração

Leia mais

Em primeiro lugar, deverá encaixar a frase 2 dentro da frase 1, tal como nos exemplos seguintes:

Em primeiro lugar, deverá encaixar a frase 2 dentro da frase 1, tal como nos exemplos seguintes: CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO Neste exercício deverá transformar conjuntos de duas frases numa frase apenas. Em primeiro lugar, deverá encaixar a frase 2 dentro da frase 1, tal como nos exemplos seguintes: 1)

Leia mais

Consultoria de Gestão Sistemas Integrados de Gestão Contabilidade e Fiscalidade Recursos Humanos Marketing e Comunicação Consultoria Financeira JOPAC SOLUÇÕES GLOBAIS de GESTÃO jopac.pt «A mudança é a

Leia mais

Planificação de uma viagem de negócios

Planificação de uma viagem de negócios Planificação de uma viagem de negócios Página de Rosto Grupo: Joana Fernandes, Nuno Silva, Paulo Martins e Tânia Marlene Silva Ano/Turma: 12º ano do curso profissional de Secretariado Escola: Secundaria/3

Leia mais

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhores representantes das associações

Leia mais

representante em Portugal. Conversámos com Michael Hutzelmann sobre o posicionamento da companhia, projectos futuros e actuais investimentos

representante em Portugal. Conversámos com Michael Hutzelmann sobre o posicionamento da companhia, projectos futuros e actuais investimentos A Luthansa apresentou recentemente o seu novo representante em Portugal. Conversámos com Michael Hutzelmann sobre o posicionamento da companhia, projectos futuros e actuais investimentos Sandra M. Pinto

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP Financeira Recursos Humanos Operações & Logística Comercial & CRM Analytics & Reporting

Leia mais

CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS

CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS APRESENTAÇÃO PARCEIROS: Introdução Preparámos-lhe esta apresentação porque acreditamos que são importantes para si e para a sua Entidade os seguintes princípios: OPORTUNIDADE

Leia mais

Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios

Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios Outubro de 2009 Agenda EM DESTAQUE Estágios e Suplemento ao Diploma- uma aposta no futuro! Índice Nota Editorial Eventos/Notícias Na Primeira Pessoa Manz

Leia mais

PARCEIROS Modelo de Negócio

PARCEIROS Modelo de Negócio PARCEIROS Modelo de Negócio YouBIZ Telecom O YouBIZ Telecom é um negócio da empresa YouBIZ, parceira da. Somos uma empresa líder no canal de Marketing de Rede, com uma quota de mercado superior a 85%.

Leia mais

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M." João Vieira Pinto

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M. João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Pdg. 76 Por M." João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Afirma-se como lhe Marketing School e ambiciona ser a referência do ensino nesta área. Por isso, ejá a partir do próximo ano,

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

Manual do Utilizador Aluno

Manual do Utilizador Aluno Manual do Utilizador Aluno Escola Virtual Morada: Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto PORTUGAL Serviço de Apoio ao Cliente: Telefone: (+351) 707 50 52 02 Fax: (+351) 22 608 83 65 Serviço Comercial:

Leia mais

Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO

Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO 25 de Maio de 2009 PUBLICIDADE Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO Miguel Blanc, CEO do grupo FinagenceAFinagence, que detém a L Agence, Addvoices, Scriptmakers

Leia mais

CARTÃO UNIVERSAL DE DESCONTOS UMA OPORTUINIDADE ÚNICA! Este é um negócio para quem está aberto a mudar a sua vida!

CARTÃO UNIVERSAL DE DESCONTOS UMA OPORTUINIDADE ÚNICA! Este é um negócio para quem está aberto a mudar a sua vida! CARTÃO UNIVERSAL DE DESCONTOS UMA OPORTUINIDADE ÚNICA! Este é um negócio para quem está aberto a mudar a sua vida! Agarrar esta oportunidade é uma decisão que só depende de nós ou queremos ou não queremos

Leia mais

Cidade de Grenoble testa sistema público de partilha de viaturas Toyota i-road e Toyota COMS

Cidade de Grenoble testa sistema público de partilha de viaturas Toyota i-road e Toyota COMS Cidade de Grenoble testa sistema público de partilha de viaturas Toyota i-road e Toyota COMS # Grenoble, a cidade inteligente a partir de Outubro com a 'Citélib by Ha:mo', uma inovação recorrendo as últimas

Leia mais

TACOMINHO. Competência técnica e tecnologia especializada. Data: 3/05/2007

TACOMINHO. Competência técnica e tecnologia especializada. Data: 3/05/2007 Data: 3/05/2007 TACOMINHO Competência técnica e tecnologia especializada A Tacominho é especializada nos serviços de reparação, montagem e aferição de: tacógrafos; taxímetros e limitadores de velocidade,

Leia mais

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto.

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto. Boa tarde a todos, para quem não me conhece sou o Ricardo Aragão Pinto, e serei o Presidente do Concelho Fiscal desta nobre Fundação. Antes de mais, queria agradecer a todos por terem vindo. É uma honra

Leia mais

Gestão visual e Manutenção

Gestão visual e Manutenção 10º Congresso da Manutenção Associação Portuguesa de Manutenção Industrial Figueira da Foz, 19 e 20 de Novembro de 2009 Gestão visual e Manutenção Não é fácil gerir tanta informação 2 Tem a certeza? Os

Leia mais

28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO

28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO 28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO APÓS-VENDA DOSSIER 29 JORGE ZÓZIMO DA FONSECA Se fosse um concessionário, o meu negócio era o após-venda Ao longo das duas últimas décadas o mercado

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES E CONTAS

RELATÓRIO DE ATIVIDADES E CONTAS RELATÓRIO DE ATIVIDADES E CONTAS 2014 INDÍCE 1. INTRODUÇÃO 2. VOTOS DE AGRADECIMENTO 3. PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DO MINIGOLFE E APOIO PARA FORMAÇÃO NOS CLUBES 4. ORGANIZAÇÃO DE ESTRUTURAS DE APOIO ÀS

Leia mais

Quarto Estudo de Follow up dos Diplomados

Quarto Estudo de Follow up dos Diplomados Cursos de Formação em Alternância na Banca Quarto Estudo de Follow up dos Diplomados Relatório Cursos terminados entre 2006 e 2009 Projecto realizado em parceria e financiado pelo Instituto de Emprego

Leia mais

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS O PROJECTO COMO NASCEU O CARTÃO SOLIDÁRIO O projecto Cartão Solidário nasceu da vontade de responder de forma contínua e sustentável às necessidades das Instituições

Leia mais

We Do. You Sell. A sua loja online (A You Sell Iniciative) Solução de Parceria Lojas Online

We Do. You Sell. A sua loja online (A You Sell Iniciative) Solução de Parceria Lojas Online Largo da Codiceira 74, 1º Tr. We Do. You Sell. A sua loja online (A You Sell Iniciative) Solução de Parceria Lojas Online // VALORVISUAL_SOLUÇÕES GLOBAIS DE COMUNICAÇÃO WE DO, YOU SELL. A SUA LOJA ONLINE

Leia mais

Protocolo da Entrevista a Maria

Protocolo da Entrevista a Maria Protocolo da Entrevista a Maria 1 O que lhe vou pedir é que me conte o que é que aconteceu de importante desde que acabou o curso até agora. Eu... ah!... em 94 fui fazer um estágio, que faz parte do segundo

Leia mais

Criamos. valor à sua empresa

Criamos. valor à sua empresa Criamos valor à sua empresa ORGANIZAÇÃO Somos o que fazemos repetidamente. Então, a excelência não é um acto isolado, mas sim um hábito. Aristóteles Compromisso A FISCOSEGUR é uma organização que presta

Leia mais

TESTEMUNHOS SUMÁRIO. de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo. Boletim Informativo n.º 24. Setembro 2011

TESTEMUNHOS SUMÁRIO. de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo. Boletim Informativo n.º 24. Setembro 2011 Boletim Informativo n.º 24 Setembro 2011 SUMÁRIO TESTEMUNHOS de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo Pequenas histórias de pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias em prol dos outros,

Leia mais

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos PHC TeamControl CS A gestão de equipas e de departamentos A solução que permite concretizar projetos no tempo previsto e nos valores orçamentados contemplando: planeamento; gestão; coordenação; colaboração

Leia mais

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida Flagsoft, Lda 2015 Índice 1. Introdução...3 2. Integrador - Interface com o utilizador...4 3. Registo de actividade - Folha de horas...5 4. Agenda e colaboração...7

Leia mais

Boas Práticas, Boas Contas

Boas Práticas, Boas Contas Boas Práticas, Boas Contas www.boaspraticasboascontas.pt - www.bpbc.pt Neste prédio vivem oito famílias com situações financeiras diversas, de diferentes idades, com necessidades distintas em termos de

Leia mais

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS QUE OPORTUNIDADES PÓS-LICENCIATURA ESPERAM? EXPECTATIVAS QUE INQUIETAÇÕES TÊM OS ALUNOS DE DC? MADALENA : M QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO

Leia mais

VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA

VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA Agenda Volkswagen Autoeuropa em Portugal Produtos e produção Recursos Humanos Boas práticas preventivas 2/32 Volkswagen Autoeuropa em Portugal 3/32

Leia mais

FT 5 Critérios de excelência aeronáutica - LEAN

FT 5 Critérios de excelência aeronáutica - LEAN Trabalho Realizado por: Natalino Semedo Carlos Esteves Rui Marques Nádia Casquinha 1 Índice Introdução... 3 Padronização... 3 Efeito kaizen... 5 Polivalência... 5 Bechmarking... 6 Poka-Yoke... 7 Muri...

Leia mais

O caso Volkswagen Autoeuropa

O caso Volkswagen Autoeuropa Ciclo de Conferências Factores de competitividade na Economia Portuguesa: «Ferrovia, Logística e competitividade na Economia Portuguesa» O caso Sandra Augusto 15 de Maio de 2012 Agenda 1 Breve apresentação

Leia mais

REGULAMENTO HORÁRIO DE TRABALHO (Aprovado na reunião do Executivo Municipal de 10/12/2007)

REGULAMENTO HORÁRIO DE TRABALHO (Aprovado na reunião do Executivo Municipal de 10/12/2007) REGULAMENTO HORÁRIO DE TRABALHO (Aprovado na reunião do Executivo Municipal de 10/12/2007) CAPÍTULO I NORMAS GERAIS Artigo 1.º Legislação Habilitante Lei nº 23/2004, de 22 de Junho; Decreto-Lei nº 100/99.

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO 2011/2012

REGULAMENTO INTERNO 2011/2012 REGULAMENTO INTERNO 2011/2012 REGULAMENTO INTERNO 2011/2012 Exmo. Sr. ou Sr.ª Encarregado(a) de Educação Agora que o seu educando deu mais um passo no Universo Benfiquista, é com grande satisfação que

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes 2º Trimestre 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes 2º Trimestre 2015 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços Divisão de Estatísticas do Turismo Av. Amilcar

Leia mais

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente Grupo Pestana suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O trabalho de consolidação de informação permitiu desde logo abrir novas possibilidades de segmentação, com base num melhor conhecimento

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL

EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL Entrevista com Eng.º Victor Sá Carneiro N uma época de grandes transformações na economia dos países, em que a temática do Empreendedorismo assume uma grande relevância

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 5

Transcrição de Entrevista nº 5 Transcrição de Entrevista nº 5 E Entrevistador E5 Entrevistado 5 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica e Telecomunicações E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

A importância de um plano de aposentadoria complementar

A importância de um plano de aposentadoria complementar INFORMATIVO É a melhor maneira de planejar a sua aposentadoria; Poupança com 100% de rentabilidade - Parte Patrocinadora; Rentabilidade totalmente revertida ao participante Datusprev sem fins lucrativos;

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

QUAL O NOSSO OBJECTIVO ESSENCIAL? O

QUAL O NOSSO OBJECTIVO ESSENCIAL? O QUEM SOMOS NÓS?! Somos Portugueses que, no passado, viveram no estrangeiro, como Emigrantes. Hoje, alguns de nós, ainda possuem familiares nessas condições... Ao longo dos anos sentimos grandes dificuldades,

Leia mais

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet PHC dgestão DESCRITIVO A qualquer momento e onde quer que esteja, o PHC dgestão permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos e documentos de facturação, encomendas e compras, guias de

Leia mais

Training Center. Localização

Training Center. Localização Localização Este centro localiza- se no sul de Portugal (no Alentejo) e dista 190km de Lisboa e 165km de Faro. A vila onde está situado chama-se Santa Vitória e fica a apenas 30km de uma capital de districto,

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO NORMAS DE FUNCIONAMENTO 1.INTRODUÇÃO A prática de actividades de animação regular e sistemática,

Leia mais

Prova Escrita de Português Língua Não Materna

Prova Escrita de Português Língua Não Materna EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO E DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova 28 2.ª Chamada / 739 2.ª Fase / 2010 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro, e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março A PREENCHER PELO ESTUDANTE

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA

RELATÓRIO DE AUDITORIA Entidade Auditada: BIBLIOTECA MUNICIPAL SANTA MARIA DA FEIRA Tipo de Auditoria: Auditoria Interna Data da Auditoria: 09.12.2014 Duração: 1 dia Locais Auditados: Av. Dr. Belchior Cardoso da Costa / 4520-606

Leia mais

Exame unificado de acesso (Línguas e Matemática) às 4 Instituições do Ensino Superior (2017)

Exame unificado de acesso (Línguas e Matemática) às 4 Instituições do Ensino Superior (2017) Exame unificado de acesso (Línguas e Matemática) às 4 Instituições do Ensino Superior (2017) Português B 澳 門 四 高 校 聯 合 入 學 考 試 ( 語 言 科 及 數 學 科 )2017 Exame unificado de acesso (Línguas e Matemática) às

Leia mais

Junho 2007 nº4 MENSAGEM DO PRESIDENTE Olá Viva A edição da nossa revista O Ambúzio de Junho 2007 é um convite a uma visita às nossas Praia da Barra e da Costa Nova, e um desafio para que continues a participar

Leia mais

A gestão comercial e financeira através da Internet

A gestão comercial e financeira através da Internet PHC dgestão A gestão comercial e financeira através da Internet A solução de mobilidade que permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos, documentos de facturação, encomendas, compras,

Leia mais

NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE INTRODUÇÃO Página: / Revisão:0 MANUAL DE FUNÇÕES NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE XZ Consultores Direção INTRODUÇÃO Página: / Revisão:0 ÍNDICE CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO 1 Mapa de Controlo das Alterações

Leia mais

Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Deliberação 1/PUB/2008

Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Deliberação 1/PUB/2008 Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social Deliberação 1/PUB/2008 Queixa de Joana Leal contra o jornal Diário de Notícias e a SIC, a propósito de uma notícia sobre o modelo Scirocco

Leia mais

10 zoom - FOTOGRAFIA PRÁTICA FOTO-AVENTURA

10 zoom - FOTOGRAFIA PRÁTICA FOTO-AVENTURA 10 zoom - FOTOGRAFIA PRÁTICA FOTO-AVENTURA Maldivas - Brasil DAS MALDIVAS AO BRASIL A CÂMARA DE MAURÍCIO MATOS PARTIU DA EUROPA, ATRAVESSOU A ÁSIA, PASSOU UNS DIAS NAS MALDIVAS, DEPOIS VOOU SOBRE ÁFRICA

Leia mais

OS BENEFÍCIOS DO RENTING NAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO.

OS BENEFÍCIOS DO RENTING NAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO. OS BENEFÍCIOS DO RENTING NAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO. ÍNDICE INTRODUÇÃO OS BENEFÍCIOS DO RENTING VANTAGENS FISCAIS O RENTING REDUZ CUSTOS PERMITE MANTER A LIQUIDEZ E AS LINHAS DE CRÉDITO INTACTAS FINANCIAMENTO

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE. Pág. 1 de 15. Actuar. Verifica r. Data: 09/05/2011 Edição: 01 Revisão: 00 Entrada em vigor:

MANUAL DA QUALIDADE. Pág. 1 de 15. Actuar. Verifica r. Data: 09/05/2011 Edição: 01 Revisão: 00 Entrada em vigor: MANUAL DA QUALIDADE Pág. 1 de 15 Planear Realizar Actuar Verifica r Rubrica: Rubrica: MANUAL DA QUALIDADE Pág. 2 de 15 INDICE: CAP. 1 - MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE 1.1. - Objectivo 1.2. - Âmbito e exclusões

Leia mais

IVA Todos os preços mencionados no site da Portugaltrails estão em EUR e incluem IVA.

IVA Todos os preços mencionados no site da Portugaltrails estão em EUR e incluem IVA. Condições de Reserva 1. Condições Gerais O Operador Turístico Todos os items presentes neste website são vendidos pela., localizada na Rua das Lapas, Loja 8 Charneca, 2750-772 Cascais, NIF 508821363, com

Leia mais

Coisas ENTRADA. O que é? Requer um a acção? SSim. Qual é a. Próxim a Acção? Fazer já. Delegar

Coisas ENTRADA. O que é? Requer um a acção? SSim. Qual é a. Próxim a Acção? Fazer já. Delegar GTD em relance Coisas Elim inar Lixo ENTRADA O que é? Requer um a acção? NÃO Incubar Um dia / Talvez Project os Se tiver vários passos qual é o result ado que querem os? S IM Qual é a Próxim a Acção? Arquivar

Leia mais

Águas de Gondomar considerada novamente uma das Melhores Empresas para Trabalhar. A Águas de Gondomar, de acordo com os resultados publicados na

Águas de Gondomar considerada novamente uma das Melhores Empresas para Trabalhar. A Águas de Gondomar, de acordo com os resultados publicados na info Gondomar Newsletter N.º14 Julho 2012 Semestral Águas de Gondomar considerada novamente uma das Melhores Empresas para Trabalhar A Águas de Gondomar, de acordo com os resultados publicados na revista

Leia mais

O SECTOR A SOLUÇÃO Y.make Num mundo cada vez mais exigente, cada vez mais rápido e cada vez mais competitivo, o papel dos sistemas de informação deixa de ser de obrigação para passar a ser de prioridade.

Leia mais

MUNICIPIO DE CASTRO MARIM

MUNICIPIO DE CASTRO MARIM MUNICIPIO DE CASTRO MARIM Câmara Municipal REGULAMENTO, INTERNO DE FUNCIONAMENTO, ATENDIMENTO E HORÁRIO DE TRABALHO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CASTRO MARIM Regulamento Interno de Funcionamento, Atendimento

Leia mais

todos fôssemos jardineiros"

todos fôssemos jardineiros ALEGAÇÕES FINAIS JARDIM BOTÂNICO DA AJUDA, EM LISBOA "O País era mais feliz se todos fôssemos jardineiros" INÊS BANHA jardineiro há nove anos no Jardim Botânico da Ajuda, em Lisboa, que este fim de semana

Leia mais

A gestão completa dos seus recursos humanos

A gestão completa dos seus recursos humanos PHC Recursos Humanos CS DESCRITIVO Optimize a selecção e recrutamento, proceda à correcta descrição de funções, execute as avaliações de desempenho e avalie as acções de formação. PHC Recursos Humanos

Leia mais

Como é que esta tecnologia me pode beneficiar?... 3. Etapas do Planeamento de uma Conferência Online... 4

Como é que esta tecnologia me pode beneficiar?... 3. Etapas do Planeamento de uma Conferência Online... 4 APRENDA A SER INOVADOR PARA FICAR À FRENTE DA CONCORRÊNCIA QUAIS OS PASSOS NECESSÁRIOS PARA PLANEAR E REALIZAR UMA CONFERÊNCIA ONLINE DE SUCESSO! COMO DAR AULAS NUMA SALA DE AULA VIRTUAL! CONTEÚDOS Como

Leia mais

Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais

Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais CIRCULAR Nº 021/2009 (G) CP/MS Lisboa, 04 de Março de 2009 Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais Caro Associado, A campanha Descubra um Portugal Maior, lançada pelo Turismo de Portugal

Leia mais

ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO À CAMPANHA 2 - CLUBE SMART 3 - A CAMPANHA. 1.1 - Nesta campanha queremos...

ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO À CAMPANHA 2 - CLUBE SMART 3 - A CAMPANHA. 1.1 - Nesta campanha queremos... GUIA DE CAMPANHA ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO À CAMPANHA 1.1 - Nesta campanha queremos... 2 - CLUBE SMART 3 - A CAMPANHA 3.1 Fase 1 Experimentar 3.2 Fase 2 Avaliar 4.3 Fase 3 Recomendar 3.4 Fase 4 Reportar 3.5

Leia mais

Capítulo Descrição Página

Capítulo Descrição Página MANUAL DA QUALIIDADE ÍNDICE Capítulo Descrição Página 1 Apresentação da ILC Instrumentos de Laboratório e Científicos, Lda Dados sobre a ILC, sua história, sua organização e modo de funcionamento 2 Política

Leia mais

especial CALOR EFRIO LAR DICAS PARA O 22/11/13 SOL l 39 GETTY IMAGES/BRAND X

especial CALOR EFRIO LAR DICAS PARA O 22/11/13 SOL l 39 GETTY IMAGES/BRAND X especial LAR DICAS PARA O CALOR EFRIO GETTY IMAGES/BRAND X 22/11/13 SOL l 39 02/ 03 CLIMATIZAÇÃO/ LAR GETTY IMAGES/STOCKTREK IMAGES POUPE NA FACTURA DA ELECTRICIDADE Aqueça e refresque a casa de forma

Leia mais

Pra que serve tudo isso?

Pra que serve tudo isso? Capítulo 1 Pra que serve tudo isso? Parabéns! Você tem em mãos a base para o início de um bom planejamento financeiro. O conhecimento para começar a ver o dinheiro de outro ponto de vista, que nunca foi

Leia mais

Casa Agrícola do Exemplo Relatório de Auditoria de Gestão - 2004

Casa Agrícola do Exemplo Relatório de Auditoria de Gestão - 2004 Casa Agrícola do Exemplo Relatório de Auditoria de Gestão - 2004 Índice 1. Introdução 3 2. Qualidade dos Dados 4 3. Análise das Sugestões feitas na Auditoria de 2003 6 4. Processos e Fluxos de Informação

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

Os acordos laborais da Autoeuropa no enquadramento competitivo do grupo Volkswagen

Os acordos laborais da Autoeuropa no enquadramento competitivo do grupo Volkswagen Os acordos laborais da no enquadramento competitivo do grupo Volkswagen Conferência NEXT 20 Março 2009 Julius von Ingelheim Director de Recursos Humanos O grupo Volkswagen Exemplo de competitividade global

Leia mais

Electrolux, Lda. Quinta da Fonte Edifício Gonçalves Zarco Q35 2774-518 Paço de Arcos

Electrolux, Lda. Quinta da Fonte Edifício Gonçalves Zarco Q35 2774-518 Paço de Arcos Preencha este cupão Para usufruir desta oferta, deverá enviar este cupão preenchido, juntamente com a cópia da factura, até 15 de Janeiro de 2014, para: Electrolux, Lda. - Campanha Lavagem profissional

Leia mais

Marketing Para Coaches

Marketing Para Coaches Marketing Para Coaches Coaches Com Clientes: Comunicação Joana Areias e José Fonseca WWW.COACHESCOMCLIENTES.COM Introdução Existem um grande problema com o marketing em qualquer área: Toda a gente pensa

Leia mais

1. Faça as perguntas sobre as partes sublinhadas.

1. Faça as perguntas sobre as partes sublinhadas. C O N H E C E R P E S S O A S U n i d a d e 1 5 U N I D A D E 1 1. Faça as perguntas sobre as partes sublinhadas. 1. Os meus colegas estão insatisfeitos com o trabalho. 2. Fui com um amigo à agência de

Leia mais

SAÚDE FINANCEIRA + QUALIDADE DE VIDA

SAÚDE FINANCEIRA + QUALIDADE DE VIDA SAÚDE FINANCEIRA + QUALIDADE DE VIDA 3 Programa Astra de qualidade de vida no trabalho e na família 5 Afinal, qual é o meu orçamento mensal? 7 Planejamento do mês 9 Estou no azul, o que posso fazer? 11

Leia mais

Na minha opinião como estão as empresas a atravessar a crise?

Na minha opinião como estão as empresas a atravessar a crise? Na minha opinião como estão as empresas a atravessar a crise? O sector empresarial sente a crise como está a sentir a restante sociedade. A elevada taxa de desemprego de 12,3% traduz bem o drama social

Leia mais

ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL

ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL Agosto de 2010 ÍNDICE ÍNDICE... 2 ENQUADRAMENTO... 3 O IMPACTE DO SECTOR FINANCEIRO NAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS... 4 PEGADA CARBÓNICA DO SECTOR

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHC Recursos Humanos CS A gestão total dos Recursos Humanos A solução que permite a optimização da selecção e recrutamento, a correcta descrição de funções, a execução das avaliações de desempenho e a

Leia mais

MELHORIA NOS PROCESSOS: COMO OBTER INFORMAÇÃO DE GESTÃO RELEVANTE EM 5 DIAS ÚTEIS

MELHORIA NOS PROCESSOS: COMO OBTER INFORMAÇÃO DE GESTÃO RELEVANTE EM 5 DIAS ÚTEIS PATROCINADORES OURO Lisboa 28 e 29 Junho 2011 Museu do Oriente COMO OBTER INFORMAÇÃO DE GESTÃO RELEVANTE EM Queremos explicar: Quem somos e onde estamos inseridos; O Porquê da nossa necessidade; O que

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL LUSO-ALEMÃ

MISSÃO EMPRESARIAL LUSO-ALEMÃ Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2004 ECONOMIA MISSÃO EMPRESARIAL LUSO-ALEMÃ A Federação de Empresários Portuguesas na Alemanha organiza de 3 a 9 de Fevereiro uma viagem de trabalho à Madeira, que conta com

Leia mais

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

Despacho n.º 28777/2008, de 10 de Novembro Série II n.º 218

Despacho n.º 28777/2008, de 10 de Novembro Série II n.º 218 Despacho n.º 28777/2008, de 10 de Novembro Série II n.º 218 Regulamento de horário de trabalho aplicável aos trabalhadores da DGCI que prestam serviço no Edifício Satélite 1 - Em conformidade com o disposto

Leia mais

Eduardo Branco, presidente da APAN. É preciso. regressar. ao consumo. Pág. 30

Eduardo Branco, presidente da APAN. É preciso. regressar. ao consumo. Pág. 30 Eduardo Branco, presidente da APAN É preciso regressar ao consumo Pág. 30 Fátima de Sousa jornalista fs@briefing.pt "A quadratura do círculo é sermos mais eficientes, ou seja, conseguirmos fazer mais com

Leia mais

As dividas das empresa à Segurança Social disparam com o governo de Sócrates Pág. 1

As dividas das empresa à Segurança Social disparam com o governo de Sócrates Pág. 1 As dividas das empresa à Segurança Social disparam com o governo de Sócrates Pág. 1 AS DIVIDAS DAS EMPRESAS À SEGURANÇA SOCIAL DISPARAM COM O GOVERNO DE SÓCRATES: - só em 2006 a Segurança Social perdeu

Leia mais