O Grupo de Atendimento ao Usuário:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Grupo de Atendimento ao Usuário:"

Transcrição

1

2 Grupo de Atendimento ao Usuário O Grupo de Atendimento ao Usuário: É um canal de comunicação entre o usuário (interno e externo) e serviços e produtos do CCST e a coordenação. O Grupo vem se preparando para colher sugestões e reclamações, fornecer informações e esclarecer dúvidas e com a participação do usuário tentar adaptar e aprimorar os serviços apresentados. O Grupo é pequeno composto por 3 pessoas, um coordenador /gerente e uma pessoa da área de web e outra da área de web designer e visual que busca atender as necessidades dos usuários interno e externo do CCST, em diversas situações. Principais atuações: Prestar esclarecimentos sobre os serviços oferecidos pelo Centro. Orientar os usuários na solicitação dos serviços prestados. Encaminhar dúvidas de usuários sobre os serviços aos respectivos pesquisadores/técnicos especializados. Abrir, acompanhar e prestar esclarecimentos sobre os serviços e produtos do centro.

3 Outras Atividades Dentro das atividades desenvolvidas do Setor de Atendimento temos os atendimento interno e externo do Centro: 1 - Atendimento de visitas, visitas técnicas, atendimentos de palestras em escolas, universidade e outros orgãos, agendamento e atendimento de entrevistas; 2 - Explicações e direcionamento de perguntas no site (webmail) e por ; 3 -Desenvolvimento de projetos para o site do CCST e outros site pertinentes dentro dos eixos transversais; 4 - Criação de apresentações institucionais e reuniões técnicas; 5 - Desenvolvimento de relatório de pesquisas e de atendimento dentro do CCST; 6 - Apoio à coordenação com atendimento a pedido, apresentações, reuniões e outros; 7 - Assessoria para eventos dentro do CCST (desenvolvimento de páginas e material gráfico e visual); 8 Coordenação do Atendimento: Monitoramento dos atividade do CCST em Cachoeira Paulista: área de TI (suporte, servidores, computadores e da afins) e secretária, necessidades locais); 9 - Atualização de conteúdo dos sites do CCST e mídias sociais: como notícias, projetos e equipe; 10 - Atualização de conteúdo Intranet, do CCST entre outras atividade nesse âmbito.

4

5 ONDE ESTAMOS DENTRO DO CCST

6 O ATENDIMENTO DE HOJE (INTEGRAÇÃO) E PENSANDO NO FUTURO DENTRO DO CCST O Atendimento busca, dentro do CCST, fazer parte das atividades que os três eixos transversais e juntamente com a coordenação apoia nas necessidade de divulgação e de projetos relevantes no âmbito do desenvolvimento na web e mídias sociais e divulgação. Os contatos e divulgações dentro do CCST esta sendo feito por meio de intranet e e- mails e a divulgação do material e de trabalho relevantes esta sendo direcionado ao serviço de assessoria institucional do INPE, onde temos um trabalho em conjunto. FUTURO: aproximação do Atendimento com Observatório para trabalhos relevantes de divulgação científicas do CCST Necessidade de aumentar o setor com mais profissionais da área de web e de web designer e também profissionais na área de divulgação como jornalismo científico e relações públicas para organização de toda a divulgação e coordenação de trabalhos nas áreas dentro do Centro.

7 CCST EM NÚMEROS TIPOS DE USUÁRIOS DO CCST PÓS GRADUAÇÃO NO CCST CONHEÇA O NOSSO SITE

8

9

10

11

12

13

14

15 ATENDIMENTOS DIVERSOS ENTRE 2016 E 2017 Atendimentos diversos Entrevistas ~10 Palestras/apresentações/ treinamentos ~37 Capacitação Visitas 10 ( 170 pessoas) 29 (912 pessoas) Pedidos de Dados 35 Resposta de s 30

16 Exemplo de página de acesso de usuário Página do Grupo de projeções Página de acesso de Dados

17 Exemplo de acessos de usuários aos sites...projeções CLIMÁTICAS E REGIONAIS Página do portal criado para obtenção dos dados das rodadas no CCST Data da Divulgação do Portal:23/08/13 Em 28/08/ Cadastros Cenários A1, B1 e A1B Atualização do site em 2016, também para obtenção dos dados das rodadas das projeções só que agora RCPs houve 35 pedidos de dados entre 2016 e 2017

18 PRODUÇÃO CIENTÍFICA DO CCST ENTRE 2016 E 2017 Dados da Biblioteca do INPE 28/03 Total 184 Artigos em revista 84 Artigos em Congresso 74 Capítulo de livros 08 Relatórios 02 Notas técnicas 01 Manuais 02 Teses 11 Livros 02

19 FUNCIONÁRIOS DO CCST CACHOEIRA PAULISTA E SÃO JOSÉ DOS CAMPOS CCST/Cachoeira Paulista Total 30 Pesquisadores 4 CCST GERAL Pesquisadores 19 Tecnologistas 11 Tecnologistas 4 Técnicos 1 Analistas C&T 1 Estagiários e bolsistas diversos PCI 06 Diversos 05 PG 02 IC - 03 Outros serviços 4 Técnicos 5 Analistas C&T 2 Bolsistas PCI - 14 Diversos 22 IC - 05 CCST/São José do Campos Total 130 Pesquisadores 15 Tecnologistas 7 Técnicos 4 Analistas C&T 1 Pós Graduação ( ) 87 alunos no CCST 31 defesas ate março de orientações em andamento -e-publicacoes/ Estagiários e bolsistas diversos PCI 08 PG 54 Diversos -17 Estágios 02 IC - 02 Outros serviços 20 Outros serviços 24 Estagiários 02 Total 160

20 Duvidas e Contatos Telefone:

Números 2015 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz

Números 2015 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz Números 2015 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz Janeiro a Dezembro Rio de Janeiro, Dezembro de 2015 Números do Icict 2015 Assessoria de Comunicação do Icict/Fiocruz 2 Assessoria de Comunicação do

Leia mais

Números de Junho Assessoria de Comunicação. Icict / Fiocruz

Números de Junho Assessoria de Comunicação. Icict / Fiocruz Números de Junho 2017 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz Rio de Janeiro, Junho de 2017 Relatório de Atividades da Assessoria de Comunicação do Icict/Fiocruz 2017 Página 2 Assessoria de Comunicação

Leia mais

Números de Dezembro/2016. Assessoria de Comunicação. Icict / Fiocruz

Números de Dezembro/2016. Assessoria de Comunicação. Icict / Fiocruz Números de Dezembro/2016 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz Rio de Janeiro, Dezembro de 2016 Relatório de Atividades da Assessoria de Comunicação do Icict/Fiocruz 2016 Página 2 Assessoria de Comunicação

Leia mais

REGULAMENTO DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE

REGULAMENTO DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE REGULAMENTO DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE 2013 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO... 3 CAPÍTULO II DO CARGO DE ASSESSOR E SUAS ATRIBUIÇÕES...

Leia mais

4 5 AÇÃO LOCAL PERÍODO Reuniões periódicas da Diretoria Executiva Durante todo o ano No mínimo, 2 reuniões do Conselho de Administração Durante todo o ano No mínimo, 2 reuniões do Conselho Fiscal Durante

Leia mais

Ao efetivar o direto de acesso, o Brasil:

Ao efetivar o direto de acesso, o Brasil: Ao efetivar o direto de acesso, o Brasil: Consolida e define o marco regulatório sobre o acesso à informação pública sob a guarda do Estado; Estabelece procedimentos para que a Administração responda a

Leia mais

Resultados CPA 2014 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

Resultados CPA 2014 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO Resultados CPA 2014 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO A CPA 2014: Nova composição: Setembro 2014 A CPA 2014: A Avaliação Institucional passou a ser anual 27 a 31 de outubro. O sistema de avaliação foi eletrônico.

Leia mais

PLANO DE AÇÃO

PLANO DE AÇÃO INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO SUPERIOR COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO PLANO DE AÇÃO 2016-207 São Luís 2016 1 INTRODUÇÃO O plano de ações da CPA define os rumos dos trabalhos que serão desenvolvidas pela

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MANUAL DE PROCEDIMENTOS ABRIL 2010 1 INTRODUÇÃO O Serviço Técnico de Informática STI é responsável pela prestação de serviços relacionados com a informática para as áreas de Ensino, Pesquisa, Extensão

Leia mais

MANUAL DE USO DO SUPORTE

MANUAL DE USO DO SUPORTE MANUAL DE USO DO SUPORTE Buscando melhorar o nível dos nossos serviços, investimos na aquisição de um sistema especialista em atendimento (Qualitor), onde implementaremos as práticas de ITIL¹ e SLA² no

Leia mais

Manual de Utilização da Intranet

Manual de Utilização da Intranet Manual de Utilização da Intranet Para ter acesso a Intranet, deve-se digitar no navegador http://192.168.1.13/intranet A página abaixo será exibida, onde deve-se digitar usuário e senha e pressionar o

Leia mais

EDITAL Nº 37 SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA IFRO/SEDUC ANEXO I PONTUAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

EDITAL Nº 37 SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA IFRO/SEDUC ANEXO I PONTUAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS EDITAL Nº 37 SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA IFRO/SEDUC ANEXO I PONTUAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE COMPONENTES AVALIADOS PONTUAÇÃO EQUIPE MULDISCIPLINAR 1 02: Tempo de experiência profissional na área de Educação

Leia mais

Mapeamento de demandas e propostas

Mapeamento de demandas e propostas Mapeamento de demandas e propostas 1. Comunicação Institucional 1.1. Assessoria de Imprensa - cobertura jornalística de eventos e atividades institucionais; - em média três coberturas diárias de atividades

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ UFOPA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ UFOPA UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ UFOPA OUVIDORIA GERAL PLANO DE TRABALHO 2018 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 A OUVIDORIA... 3 CANAIS DE ACESSO... 3 LEGISLAÇÃO... 4 PROPOSTAS DE TRABALHO... 6 APRESENTAÇÃO

Leia mais

PANORAMA DA REDE BVS BRASIL Abril/2013 I Fórum da Rede BVS Brasil. Luciana Danielli Coordenadora da BVS Fiocruz/Seção de Informação CTIC/ICICT/FIOCRUZ

PANORAMA DA REDE BVS BRASIL Abril/2013 I Fórum da Rede BVS Brasil. Luciana Danielli Coordenadora da BVS Fiocruz/Seção de Informação CTIC/ICICT/FIOCRUZ PANORAMA DA REDE BVS BRASIL Abril/2013 I Fórum da Rede BVS Brasil Luciana Danielli Coordenadora da BVS Fiocruz/Seção de Informação CTIC/ICICT/FIOCRUZ Ana Maria Neves Maranhão Chefe da Seção de Informação

Leia mais

Capítulo: Seção: Subseção: Fluxo do processo

Capítulo: Seção: Subseção: Fluxo do processo Operação das Atividades da.2 Fluxo do processo Os procedimentos relativos ao processo de acompanhamento do atendimento às críticas, às sugestões, às dúvidas e às reclamações estão contidos no fluxo apresentado

Leia mais

Atividades executadas durante o mês de Janeiro:

Atividades executadas durante o mês de Janeiro: INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO REFERENTE AO MÊS DE JANEIRO DE 2016 Atividades executadas durante o mês de Janeiro: EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I Atendimento a pais (novas

Leia mais

Sobre o Currículo Lattes

Sobre o Currículo Lattes Sobre o Currículo Lattes Acesse o Currículo Lattes http://lattes.cnpq.br Acesse o Currículo Lattes na página inicial da Plataforma Lattes, no menu Acesso direto. Cadastro no Currículo Lattes Nas páginas

Leia mais

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE RELAÇÕES PÚBLICAS Estágio Supervisionado em Relações Públicas

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE RELAÇÕES PÚBLICAS Estágio Supervisionado em Relações Públicas REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE RELAÇÕES PÚBLICAS Estágio Supervisionado em Relações Públicas O estágio em Relações Públicas é compreendido como um mecanismo que promove a interação do aluno

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Comunicação. Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº /06 e Nº

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Comunicação. Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº /06 e Nº - REGIMENTO INTERNO Secretaria de Comunicação Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº 12.659/06 e Nº 15.052 I - Secretaria Executiva: - assessorar o Secretário Municipal no exercício de suas atribuições;

Leia mais

Manual de Rotinas do. Setor de Acessibilidade - Seace

Manual de Rotinas do. Setor de Acessibilidade - Seace Manual de Rotinas do Elaborado por: Monaliza Ribeiro Mariano Rafael de Brito Cipriano Robson de Moraes Alves Tamara Vieira da Silva Sumário Apresentação... 3 Localização... 4 Endereço virtual... 5 Equipe

Leia mais

PROGRAMA DE VOCAÇÃO CIENTÍFICA/INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR (PROVOC/BIC-JR)

PROGRAMA DE VOCAÇÃO CIENTÍFICA/INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR (PROVOC/BIC-JR) O torna pública a abertura de inscrições para pesquisadores e estudantes pós-graduandos dos Programas vinculados ao CPqRR que tenham interesse em ORIENTAR bolsistas do PROGRAMA DE VOCAÇÃO CIENTÍFICA/INICIAÇÃO

Leia mais

PRO/COC V.9 - Cópia Não Controlada

PRO/COC V.9 - Cópia Não Controlada Página 1 de 6 Tipo de Documento PROCEDIMENTO Título do Documento Procedimento para Atendimento ao Cliente, Cooperado, Colaborador e Consumidor Número e Versão do Documento Fase Elaborado por PRO/COC-0002

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE BIBLIOTECA E INFORMAÇÃO BIOMÉDICA. DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO SBiB/ICB/USP

REGIMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE BIBLIOTECA E INFORMAÇÃO BIOMÉDICA. DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO SBiB/ICB/USP REGIMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE BIBLIOTECA E INFORMAÇÃO BIOMÉDICA Regimento SBiB/ICB/USP DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO SBiB/ICB/USP CAPÍTULO 1 DAS ATRIBUIÇÕES Art. 1º

Leia mais

Férias Web - Breve Histórico

Férias Web - Breve Histórico Férias Web Breve Histórico; Características; Comunica; Utilização dos Órgãos do Executivo; Envio de arquivo batch; Como funciona; Benefícios na utilização; Apoio e Suporte ao Módulo Férias Web; Observações.

Leia mais

PLANO DE TRABALHO EXERCÍCIO 2018

PLANO DE TRABALHO EXERCÍCIO 2018 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO OUVIDORIA GERAL Avenida José de Sá Maniçoba, s/n, Centro Campus Universitário. CEP: 56.304-205. Telefone: (87) 2101-6851 E-mail: ouvidoria@univasf.edu.br

Leia mais

DELIBERAÇÃO Nº 06, DE 31 DE JANEIRO DE 2017

DELIBERAÇÃO Nº 06, DE 31 DE JANEIRO DE 2017 DELIBERAÇÃO Nº 06, DE 31 DE JANEIRO DE 2017 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, tendo em vista a decisão tomada em sua 333ª Reunião Ordinária, realizada em 31 de janeiro de 2017, e considerando

Leia mais

COMISSÃO DE ENSINO E PESQUISA (CEP-CSE BUTANTÃ MAIO/2008)

COMISSÃO DE ENSINO E PESQUISA (CEP-CSE BUTANTÃ MAIO/2008) U N I V E R S I D A D E D E S Ã O P A U L O F A C U L D A D E D E M E D I C I N A CENTRO DE SAÚDE-ESCOLA PROF. SAMUEL BARNSLEY PESSOA Av. Dr. Vital Brasil, 1490, Butantã - CEP 05503-000 São Paulo SP (011)

Leia mais

RELATÓRIO. Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e Informática) Josinécia de Cássia Oliveira (Informática Web designer)

RELATÓRIO. Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e Informática) Josinécia de Cássia Oliveira (Informática Web designer) RELATÓRIO Relatório das atividades realizadas período 2013.2 do Setor de Suporte e Informática. Equipe de Edição: Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e Informática) Josinécia de Cássia Oliveira

Leia mais

Milton Kampel OBT/DSR

Milton Kampel OBT/DSR Coordenação-Geral de Observação da Terra Plano de Gestão Milton Kampel OBT/DSR milton@dsr.inpe.br Sessão pública realizada em 16/12/2013, Auditório CEA II, SJC, SP Roteiro Introdução Considerações iniciais

Leia mais

Manual de navegação do Usuário

Manual de navegação do Usuário Manual de navegação do Usuário Câmara Municipal De Barra de São Miguel- PB APRESENTAÇÃO Este é o Manual de Navegação da Câmara Municipal de Barra de São Miguel - PB. Tem linguagem simples e é ilustrado

Leia mais

Projeto Facipe Carreiras POLÍTICAS ACADÊMICAS

Projeto Facipe Carreiras POLÍTICAS ACADÊMICAS Projeto Facipe Carreiras POLÍTICAS ACADÊMICAS 2 Sumário Introdução... 3 Objetivos do Programa... 3 Objetivo Geral... 4 Objetivos Específicos... 4 Sistematização do Programa... 4 3 Introdução A Faculdade

Leia mais

OUVIDORIA-GERAL DA UNIÃO OUVIDORIA-GERAL DA UNIÃO. SEMINÁRIO REGIONAL TRANSPARÊNCIA E CONTROLE SOCIAL CFC E CGU Curitiba 10 de maio de 2018

OUVIDORIA-GERAL DA UNIÃO OUVIDORIA-GERAL DA UNIÃO. SEMINÁRIO REGIONAL TRANSPARÊNCIA E CONTROLE SOCIAL CFC E CGU Curitiba 10 de maio de 2018 SEMINÁRIO REGIONAL TRANSPARÊNCIA E CONTROLE SOCIAL CFC E CGU Curitiba 10 de maio de 2018 ouvidoria pública federal - instância de controle e participação social responsável pelo tratamento das reclamações,

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA DEPARTAMENTO REGIONAL DE MATO GROSSO REGULAMENTO DA OUVIDORIA SESI - MT

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA DEPARTAMENTO REGIONAL DE MATO GROSSO REGULAMENTO DA OUVIDORIA SESI - MT SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA DEPARTAMENTO REGIONAL DE MATO GROSSO REGULAMENTO DA OUVIDORIA SESI - MT Art. 1º A Ouvidoria do SESI/MT é um elo de ligação entre a comunidade interna ou externa e as instâncias

Leia mais

REGULAMENTO DA OUVIDORIA

REGULAMENTO DA OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA 2015 Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) CAPÍTULO I DA OUVIDORIA Art. 1º A Ouvidoria da Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU)

Leia mais

Assessoria de Comunicação Social - ASCOM

Assessoria de Comunicação Social - ASCOM UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Assessoria de Comunicação Social - ASCOM Petrolina - PE Julho de 2016 2ª Versão Apresentação A Assessoria de Comunicação Social (Ascom) da Univasf tem como

Leia mais

INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR

INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR O Programa de Vocação Científica (Provoc) torna pública a abertura de inscrições para pesquisadores e estudantes pós-graduandos dos Programas vinculados ao Instituto René Rachou (IRR Minas) que tenham

Leia mais

FACULDADES EST REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA NATUREZA E DAS FINALIDADES DA OUVIDORIA

FACULDADES EST REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA NATUREZA E DAS FINALIDADES DA OUVIDORIA FACULDADES EST REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA NATUREZA E DAS FINALIDADES DA OUVIDORIA Art. 1º - A Ouvidoria da Faculdades EST é um canal de ligação entre a comunidade acadêmica, comunidade externa,

Leia mais

Regimento dos Núcleos de Ensino, Pesquisa e Extensão UEMG - Unidade Divinópolis. Seção I Da Natureza e Finalidade

Regimento dos Núcleos de Ensino, Pesquisa e Extensão UEMG - Unidade Divinópolis. Seção I Da Natureza e Finalidade Regimento dos Núcleos de Ensino, Pesquisa e Extensão UEMG - Unidade Divinópolis Seção I Da Natureza e Finalidade Art. 1 o Os Núcleos de Ensino, Pesquisa e Extensão, subordinados ao Colegiado de Ensino,

Leia mais

RELATÓRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROJETO SEMENTE

RELATÓRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROJETO SEMENTE RELATÓRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROJETO SEMENTE Introdução Submissão de projetos SEMENTE: Transformando ideias em projetos é uma plataforma virtual que se destina a subsidiar os Promotores de Justiça

Leia mais

ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO UFSM-CS

ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO UFSM-CS ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO UFSM-CS Gerais 1.1; 1.2; EIXO 1 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e Avaliação * Implementação de plano de trabalho da

Leia mais

COLÉGIO POLITÉCNICO UFSM PLANO DE AÇÃO DA CSA

COLÉGIO POLITÉCNICO UFSM PLANO DE AÇÃO DA CSA COLÉGIO POLITÉCNICO UFSM PLANO DE AÇÃO DA CSA santa maria/rs, 2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COLÉGIO POLITÉCNICO DA UFSM COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO PLANO DE AÇÃO 2017 AÇÕES DE PROMOÇÃO DA

Leia mais

Detalhamento da Ação (Como?) Seleção do bolsista da CSA para auxiliar os trabalhos de estruturação da comissão setorial do NTE/UFSM

Detalhamento da Ação (Como?) Seleção do bolsista da CSA para auxiliar os trabalhos de estruturação da comissão setorial do NTE/UFSM Total de Recursos R$ 95.000,00 EIXO 1 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e Avaliação Institucional* Nº da Título da 1 Organização e estruturação da CSA-NTE 3. Lançamento da

Leia mais

Como você avalia a atuação do seu orientador em relação ao acompanhamento e orientação do seu projeto de pós-graduação?

Como você avalia a atuação do seu orientador em relação ao acompanhamento e orientação do seu projeto de pós-graduação? Na Unidade Des. sei/ se Pós- Co você avalia a atuação do seu orientador em relação ao acompanhamento e orientação do seu projeto de pós-graduação? 90,06% 6,63% 2,76% 0,55% Possuir currículos interdisciplinares,

Leia mais

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE EGRESSOS UniSALESIANO

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE EGRESSOS UniSALESIANO POLÍTICA INSTITUCIONAL DE EGRESSOS UniSALESIANO I INTRODUÇÃO O UniSALESIANO conta com uma Política Institucional de Egressos vinculada às ações de marketing institucional e às ações da CPA Comissão Própria

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Uberaba-MG

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Uberaba-MG RESOLUÇÃO Nº 6, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2016, DA REITORA DA UFTM Estabelece normas para publicação e manutenção de conteúdos no Portal UFTM. A REITORA DA - UFTM, no uso de suas atribuições legais, estatutárias

Leia mais

SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE RELATÓRIO ANUAL DA OUVIDORIA

SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE RELATÓRIO ANUAL DA OUVIDORIA SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE RELATÓRIO ANUAL DA OUVIDORIA 07 APRESENTAÇÃO A Ouvidoria do SPFC apresenta neste relatório números, gráficos e informações gerais sobre sua atuação no ano de 07, quando contabilizou

Leia mais

MÓDULO DE INFRAESTRUTURA

MÓDULO DE INFRAESTRUTURA MÓDULO DE INFRAESTRUTURA D E Z / 1 7 S U P E R I N T E N D E N C I A D E T E C N O L O G I A D A I N F O R M A Ç Ã O ( S T I ) C S I E Q U I P E S I P A C AGENDA Informes Gerais Procedimento operacional

Leia mais

Política de Divulgação. de Informações

Política de Divulgação. de Informações Política de Divulgação de Informações Fone 55 41 3316 3000 Site www.tecpar.br e-mail tecpar@tecpar.br Pág. 1/6 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...3 CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES...3 CAPÍTULO II - DA RESPONSABILIDADE...3

Leia mais

Respostas da Pesquisa para o PDTI PROINFRA PRPGP PRRH PROPLAN PRAE PRG HUSM. ColPol PRE NIT

Respostas da Pesquisa para o PDTI PROINFRA PRPGP PRRH PROPLAN PRAE PRG HUSM. ColPol PRE NIT ISM SNORS FD Pontuação Total s Válidas Média Média Geral 1- Concordo Totalmente 2- Concordo 3- Discordo 4- Discordo Totalmente 1,2- Concordo ou + 3,4- Discordo ou + Plano Diretor de Tecnologia da Informação

Leia mais

ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO 2015

ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO 2015 1.2 - QG ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO 2015 Divulgação dos resultados da autoavaliação institucional para a comunidade da sua unidade / subunidade EIXO 1 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIOS DE AUTOAVALIAÇÃO. Planos de Ação

RELATÓRIOS DE AUTOAVALIAÇÃO. Planos de Ação RELATÓRIOS DE AUTOAVALIAÇÃO Planos de Ação ANO BASE 2016 1 1 INTRODUÇÃO A Avaliação Interna na FACSUM tem se desenvolvido como uma importante e permanente prática de gestão organizacional, visando obter

Leia mais

1. Das vagas: Coordenador(a) Geral: Cadastro de Reserva. Coordenador(a) Técnica: Cadastro de Reserva. Advogado(a): Cadastro de Reserva

1. Das vagas: Coordenador(a) Geral: Cadastro de Reserva. Coordenador(a) Técnica: Cadastro de Reserva. Advogado(a): Cadastro de Reserva EDITAL Nº 001/2018 DO CENTRO DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - CEDECA RIO DE JANEIRO PROCESSO DE SELEÇÃO DE PESSOAL PARA CADASTRO DE RESERVA O CENTRO DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA

Leia mais

PAE PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS

PAE PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS PAE PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS Pau dos Ferros RN PAE PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS 1 HISTÓRICO Com 04(quatro) turmas de Administração formadas e 02(duas) turmas de Direito, a Faculdade

Leia mais

SECOM SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO CEFET-MG

SECOM SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO CEFET-MG QUEM SOMOS: Redação e Cerimonial: Produção de conteúdo noticioso, gestão de mídias on-lines (site e redes sociais) e assessoramento de protocolo e cerimonial nos eventos oficiais; Setor de Comunicação

Leia mais

RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CAMPUS DA UFSM EM CACHOEIRA DO SUL CS: MODALIDADE PRESENCIAL

RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CAMPUS DA UFSM EM CACHOEIRA DO SUL CS: MODALIDADE PRESENCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CAMPUS DA EM CACHOEIRA

Leia mais

Edital de Seleção Simplificada nº 03/2016 para a Bolsa de Desenvolvimento Profissional

Edital de Seleção Simplificada nº 03/2016 para a Bolsa de Desenvolvimento Profissional Edital de Seleção Simplificada nº 03/2016 para a Bolsa de Desenvolvimento Profissional O Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco (CIn-UFPE) torna público aos estudantes dos cursos de

Leia mais

SAA Cesurg. SAA Aluno

SAA Cesurg. SAA Aluno SAA Cesurg O SAA Cesurg é o Sistema Acadêmico e Administrativo do Cesurg. Uma plataforma web única sobre a qual todos os agentes do Cesurg desenvolvem os seus trabalhos: alunos, professores, coordenadores,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) TERMO DE REFERÊNCIA (TR) CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PESSOA FÍSICA PARA GESTÃO DE CONTEÚDO E MANUTENÇÃO DA PÁGINA WEB DINÂMICA PARA A II CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE IMPACTOS DAS VARIAÇÕES CLIMÁTICAS

Leia mais

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 03/2017

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 03/2017 PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 03/2017 Institui a ouvidoria, no âmbito da Câmara Municipal Jaboticabal e dá outras providencias. Art. 1º Fica instituída a Ouvidoria do Legislativo no âmbito da Câmara Municipal

Leia mais

GESTÃO. Prof. Georgheton Melo Nogueira Reitor. Profª. Dayana Melo Nogueira Prates Vice-Reitora

GESTÃO. Prof. Georgheton Melo Nogueira Reitor. Profª. Dayana Melo Nogueira Prates Vice-Reitora CARTILHA ASCOM GESTÃO Prof. Georgheton Melo Nogueira Reitor Profª. Dayana Melo Nogueira Prates Vice-Reitora Profª. Blície Jennifer Balisa Rocha Pró-Reitora de Graduação, Pesquisa e Extensão Prof. Mauro

Leia mais

RELATÓRIO SEMESTRAL OUVIDORIA DA FADBA 2017

RELATÓRIO SEMESTRAL OUVIDORIA DA FADBA 2017 RELATÓRIO SEMESTRAL OUVIDORIA DA FADBA 217 Ouvidora: Carolina Lima Santana Localização: Prédio II, 1º piso Telefone: (75) 3425-844 E-mail: ouvidoria@adventista.edu.br Relatório Semestral da Ouvidoria de

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEaD

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEaD CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEaD Foi apontado como fragilidade pelos técnicos administrativos do Centro de Educação a Distância o seguinte item: Participação dos técnicos administrativos em cargos

Leia mais

BAND PAULISTA. Guia de Utilização do Sistema de Envio de Arquivos. Data: 18/09/2018 S.E.A v2.2 Autor: Tecnologia da Informação

BAND PAULISTA. Guia de Utilização do Sistema de Envio de Arquivos. Data: 18/09/2018 S.E.A v2.2 Autor: Tecnologia da Informação Sumário 1. Introdução... 2 2. Padrões dos formatos e codecs.... 3 3. Como recuperar a senha de acesso... 5 4. Como realizar um novo cadastro... 7 5. Como acessar o sistema... 10 6. Como enviar a mídia

Leia mais

RESULTADO DA AVALIAÇÃO INTERNA 2017 UNIP/EAD

RESULTADO DA AVALIAÇÃO INTERNA 2017 UNIP/EAD RESULTADO DA AVALIAÇÃO INTERNA 27 UNIP/EAD - O processo de autoavaliação institucional é importante para a melhoria contínua das ações administrativas e pedagógicas da UNIP. - Os discentes apontam que

Leia mais

INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO REFERENTE AO MÊS DE MARÇO DE 2015

INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO REFERENTE AO MÊS DE MARÇO DE 2015 INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO REFERENTE AO MÊS DE MARÇO DE 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I Realização de HTPC com professores 04/03 Capacitação Siemens com os professores

Leia mais

Trajetória dos serviços de TI no Centro de Processamento de Dados da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Trajetória dos serviços de TI no Centro de Processamento de Dados da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Trajetória dos serviços de TI no Centro de Processamento de Dados da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Márcia Carlotto Centro de Processamento de Dados Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Leia mais

Proposta de Prestação de Serviços de Consultoria em Marketing Digital

Proposta de Prestação de Serviços de Consultoria em Marketing Digital Proposta de Prestação de Serviços de Consultoria em Marketing Digital S l i d e 0 1 Somos uma empresa especializada em comunicação estratégica para a Internet. É papel do consultor elencar as opções disponíveis,

Leia mais

Semestral de Ouvidoria

Semestral de Ouvidoria Relatório Semestral de Ouvidoria 1º Semestre Página: 1 de 12 2016 DIRETORIA EXECUTIVA Fernando Soares da Mota Presidente Edson Freire Caetano Diretor de Crédito e Serviços Helom Oliveira da Silva Diretor

Leia mais

PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DO EGRESSO E EMPREGABILIDADE

PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DO EGRESSO E EMPREGABILIDADE PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DO EGRESSO E EMPREGABILIDADE Goiânia - GO Atualizado em 2018 Apresentação A Faculdade CGESP considera o acompanhamento dos egressos essencial. Assim, disponibiliza canais para

Leia mais

REGULAMENTO OUVIDORIA

REGULAMENTO OUVIDORIA REGULAMENTO OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA Art. 1º A Ouvidoria das Faculdades São José é um elo de ligação entre a comunidade acadêmica ou externa e as instâncias administrativas

Leia mais

MANUAL DA BIBLIOTECA Matão - SP Fevereiro de 2018

MANUAL DA BIBLIOTECA Matão - SP Fevereiro de 2018 MANUAL DA BIBLIOTECA Matão - SP Fevereiro de 2018 2 1 - Apresentação 1.1- Missão da Biblioteca A missão da biblioteca é promover o acesso às fontes de informação, contribuindo para a formação de cidadãos

Leia mais

PRUNART-UFMG Edital público para a seleção de estagiário beneficiário FUMP níveis I, II ou III - 03/2016

PRUNART-UFMG Edital público para a seleção de estagiário beneficiário FUMP níveis I, II ou III - 03/2016 1 PRUNART-UFMG Edital público para a seleção de estagiário beneficiário FUMP níveis I, II ou III - 03/2016 O Administração da Justiça (PRUNART-UFMG) faz saber aos interessados que haverá a seleção de aluno

Leia mais

ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO DO COLÉGIO POLITÉCNICO DA UFSM

ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO DO COLÉGIO POLITÉCNICO DA UFSM ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO DO COLÉGIO POLITÉCNICO DA UFSM EIXO 1 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e Avaliação 1 Publicização dos resultados no sítio

Leia mais

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Unidade Santo Amaro

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Unidade Santo Amaro AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2016 1 Unidade Santo Amaro CONAES Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior Instituída no âmbito do Ministério da Educação e vinculada ao Gabinete do Ministro de Estado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE NUTRIÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE NUTRIÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE NUTRIÇÃO REGIMENTO DO NÚCLEO DE ESTÁGIOS DA ESCOLA DE NUTRIÇÃO (NUCLEN) Dispõe sobre a natureza e o funcionamento

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA OUVIDORIA DA ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO

REGULAMENTO GERAL DA OUVIDORIA DA ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO REGULAMENTO GERAL DA OUVIDORIA DA ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO Capítulo I Da Ouvidoria Art. 1º A Ouvidoria da Associação Caruaruense de Ensino Superior e Técnico - ASCES é elo de

Leia mais

Comunicação no Banco Central

Comunicação no Banco Central Comunicação no Banco Central Nossa pauta Por que se comunicar Comunicação corporativa como campo de trabalho Produtos e veículos de comunicação no Banco Central Bons produtos e bons resultados Dificuldades

Leia mais

RELATÓRIO. Relatório das atividades anual 2015 do Setor de Suporte e Informática. EQUIPE:

RELATÓRIO. Relatório das atividades anual 2015 do Setor de Suporte e Informática. EQUIPE: RELATÓRIO Relatório das atividades anual 2015 do Setor de Suporte e Informática. EQUIPE: Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e Informática) Josinécia de Cássia Oliveira (Assessora Web designer)

Leia mais

Estudo de Avaliação da Satisfação dos Agentes do Sector da Construção e do Imobiliário

Estudo de Avaliação da Satisfação dos Agentes do Sector da Construção e do Imobiliário Estudo de Avaliação da Satisfação dos Agentes do Sector da Construção e do Imobiliário Objetivo: 2017 O Inquérito de Satisfação realizado junto dos Agentes do Sector da Construção e do Imobiliário teve

Leia mais

COMPARTILHANDO EXPERIÊNCIAS EM T.I.

COMPARTILHANDO EXPERIÊNCIAS EM T.I. COMPARTILHANDO EXPERIÊNCIAS EM T.I. Goiânia, 19 de abril de 2017 Geyson Rogério L. Silva Gerente de T.I. (FUNAPE) informatica@funape.org.br +55 62 98408-9461 +55 62 3216-7316 1 O que iremos discutir Equipamentos

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Serviço Público Federal Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Arquitetura e Urbanismo RESOLUÇÃO Nº 01/2016 Dispõe sobre a Regulamentação Normativa para a Promoção à Classe E da Carreira Docente (Professor Titular). O Conselho de Unidade da da Universidade Federal de Juiz de Fora, no uso

Leia mais

Prazer, somos a STUDIOSITEBRASIL

Prazer, somos a STUDIOSITEBRASIL Prazer, somos a A Studio Site Brasil vem contribuindo para o sucesso de centenas de empresas no cenário digital através de estratégias de marketing, atendimento personalizado, foco nas soluções, mas acima

Leia mais

Estudo de Avaliação da Satisfação dos Agentes dos Setores da Construção e do Imobiliário

Estudo de Avaliação da Satisfação dos Agentes dos Setores da Construção e do Imobiliário Estudo de Avaliação da Satisfação dos Agentes dos Setores da Construção e do Imobiliário 203 Objetivo: O Inquérito de Satisfação realizado junto dos Agentes dos Setores da Construção e do Imobiliário teve

Leia mais

A COMUNICAÇÃO NA OFS DO BRASIL

A COMUNICAÇÃO NA OFS DO BRASIL A COMUNICAÇÃO NA OFS DO BRASIL Elaborado por: Edmilson Brito Jornalista DRT-SE 1.159 Radialista DRT-BA 4.268 DINÂMICA 1 Vídeo: Os processos de Comunicação - YouTube [240p] (Tempo: 6,40 segundos) Proclamar

Leia mais

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA Cachoeira BA Julho de 2016 Sumário DA OUVIDORIA... 3 DA FUNÇÃO DE OUVIDOR E DE SUAS ATRIBUIÇÕES... 3 DOS REQUISITOS PARA A FUNÇÃO DE OUVIDOR... 4

Leia mais

EDITAL Nº 07/2011 NPJ

EDITAL Nº 07/2011 NPJ EDITAL Nº 07/2011 NPJ A Coordenação do Núcleo de Prática Jurídica, no uso de suas atribuições regimentais, torna público aos interessados a regulamentação da disciplina de ESTÁGIO SUPERVISIONADO para o

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº001/ º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2018

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº001/ º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2018 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº001/2017 1º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2018 O INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (IBICT), Unidade de Pesquisa do Ministério

Leia mais

ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO 2017 CAMPUS CACHOEIRA DO SUL AÇÕES DE PROMOÇÃO DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO 2017 CAMPUS CACHOEIRA DO SUL AÇÕES DE PROMOÇÃO DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO 2017 CAMPUS CACHOEIRA DO SUL AÇÕES DE PROMOÇÃO DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Gerais 1.1; 1.2; Gerais 1.1; 1.2; Divulgação dos resultados das avaliações

Leia mais

Prover soluções eficientes e flexíveis de TIC para que a Unifesp cumpra sua missão.

Prover soluções eficientes e flexíveis de TIC para que a Unifesp cumpra sua missão. O Departamento de Comunicação Institucional (DCI Unifesp) está subordinado à Reitoria e tem como função estabelecer as diretrizes de uma política global de comunicação para a Unifesp. Missão Prover soluções

Leia mais

RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CENTRO DE ARTES E LETRAS CAL: MODALIDADE PRESENCIAL

RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CENTRO DE ARTES E LETRAS CAL: MODALIDADE PRESENCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 DE ARTES E LETRAS

Leia mais

SISTEMA DE ABERTURA DE CHAMADOS DE INFORMÁTICA

SISTEMA DE ABERTURA DE CHAMADOS DE INFORMÁTICA Coordenação de Modernização e Informática SISTEMA DE ABERTURA DE CHAMADOS DE INFORMÁTICA Manual do Usuário SERVICE DESK Realiza o gerenciamento do serviço de forma corporativa, promove a gestão, identificação

Leia mais

PLANO DE TRABALHO PROJETO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS. Período: Maio de 2017 a abril de 2019.

PLANO DE TRABALHO PROJETO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS. Período: Maio de 2017 a abril de 2019. PLANO DE TRABALHO PROJETO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS Período: de a abril de. Porto Alegre, 18 de janeiro de. SUMÁRIO 1 Introdução... 3 2 Diretrizes e Plano de Metas...

Leia mais

1.1 - Auditorias de Conformidade Origem da demanda: Interna com base nos resultados da Matriz de Risco elaborada pela Auditoria Interna

1.1 - Auditorias de Conformidade Origem da demanda: Interna com base nos resultados da Matriz de Risco elaborada pela Auditoria Interna I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS: PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DE AUDITORIA INTERNA 1.1 - Auditorias de Conformidade Origem da demanda: Interna com base nos resultados da Matriz de Risco elaborada pela

Leia mais

PANORAMA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING 1

PANORAMA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING 1 PANORAMA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING 1 PANOROMA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING Objetivo: apresentar trabalhos realizados pela Assessoria de Comunicação da ANAFE Meta: Colher orientações para elaboração do Plano

Leia mais

GUIA OPERACIONAL. Informações ao gestor do contrato

GUIA OPERACIONAL. Informações ao gestor do contrato GUIA OPERACIONAL Informações ao gestor do contrato Neste Guia: Portal Service Desk (solicitações consultas e apontamentos) Atendimento Pós Venda 5 6 Atendimento Técnico 7 Suporte a Soluções Simpress para

Leia mais

RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS - CCSH: MODALIDADE PRESENCIAL

RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS - CCSH: MODALIDADE PRESENCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 DE CIÊNCIAS SOCIAIS

Leia mais