ANÁLISE DE ESTABILIDADE DE SISTEMAS FUZZY USANDO FUNÇÕES DE LYAPUNOV FUZZY

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANÁLISE DE ESTABILIDADE DE SISTEMAS FUZZY USANDO FUNÇÕES DE LYAPUNOV FUZZY"

Transcrição

1 ANÁLISE DE ESTABILIDADE DE SISTEMAS FUZZY USANDO FUNÇÕES DE LYAPUNOV FUZZY Flávio A. Faria 1, Geraldo N. Silva 1, Vilma A. de Oliveira 2 1 Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas, UNESP - Univ Estadual Paulista, Departamento de Ciência da Computação e Estatística, São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil, 2 Escola de Engenharia de São Carlos, USP - Universidade de São Paulo, Departamento de Engenharia Elétrica, São Carlos, São Paulo, Brasil, Abstract: A fuzzy Lyapunov function approach for stability analysis of continuous-time Takagi-Sugeno fuzzy systems is proposed. The method is based on solution of Linear Matrix Inequalities, which can be efciently solved by convex programming techniques, and can outperform other results available in the literature. Numerical examples illustrate the efciency of the proposed method. Keywords: Stability analysis, Fuzzy Lyapunov functions, Linear Matrix Inequalities (LMIs). 1. INTRODUÇÃO Devido a sua complexidade, sistemas dinâmicos não-lineares são difíceis de serem analisados. Uma maneira de facilitar o projeto de controle para sistemas não-lineares é representá-los por modelos fuzzy Takagi Sugeno [26]. A ideia básica do projeto consiste na representação de um sistema não-linear como uma combinação fuzzy de sistemas lineares (modelos locais), que descrevem o comportamento do sistema não-linear em diferentes pontos do espaço de estados. Dependendo da escolha dos modelos locais e dos parâmetros da combinação fuzzy (conhecidos como, funções de pertinência) o modelo fuzzy pode fornecer uma representação aproximada [31] ou exata [29] do sistema não-linear. Nos últimos anos, houve um crescente interesse em pesquisas e aplicações de sistemas fuzzy [1, 15, 17]. A análise de estabilidade e o projeto de controladores é um dos conceitos mais importantes em sistemas fuzzy e normalmente é feito usando LMIs. A solução de problemas de otimização com restrições descritas por LMIs, pode ser realizada com softwares de programação semi-denida, tais como, o LMISol [9], ou os pacotes LMI control toolbox [14] e SeDuMi [25] do MATLAB. Nesses softwares, a solução ótima é encontrada usando algoritmos com tempo de convergência polinomial. Além disso, projetos baseados em LMIs podem ser, em geral, estendidos para tratar sistemas que possuem incertezas nos parâmetros da planta ou que estejam sujeitos a falhas estruturais [2, 3, 6 8, 10 13, 24]. Normalmente, as condições de estabilidade são obtidas empregando o método direto de Lyapunov, e a maioria dos trabalhos encontrados na literatura usam uma função quadrática de Lyapunov (do inglês, Common Quadratic Lyapunov Function (CQLF)) para garantir a estabilidade do sistema [4, 5, 18, 20, 28, 30]. Contudo, já é conhecido na literatura que CQLFs conduzem a resultados conservadores e que em certos casos não é possível encontrar uma CQLF para um sistema fuzzy estável [16]. Consequentemente, alguns autores têm explorado o uso de funções de Lyapunov alternativas para obter condições de estabilidade menos conservadoras. Dentre as várias opções encontradas na literatura, as funções de Lyapunov fuzzy (do inglês, Fuzzy Lyapunov Functions (FLFs)), têm ganhado muito destaque [21 23, 27]. As FLFs são representadas por: V (x(t)) = h k (z(t))x(t) P k x(t), (1) Serra Negra, SP - ISSN

2 sendo P k, matrizes denida positivas. Esta metodologia consiste em encontrar CQLFs distintas para cada um dos modelos locais, e então, gerar a função global de Lyapunov a partir de uma combinação fuzzy dessas CQLFs. A particularidade deste método, é que a combinação fuzzy da função global de Lyapunov é realizada com a mesma função de pertinência do modelo fuzzy TS. Dessa forma, a atuação da função de Lyapunov ocorre na mesma proporção que a ativação dos modelos locais. Este trabalho propõe condições de estabilidade menos conservadoras que às apresentadas em [27]. O estudo é realizado considerando modelos fuzzy TS dados por: ẋ(t) = h k (z(t))a k x(t), (2) sendo z(t) IR p um sinal disponível denominado vetor premissa, x(t) IR n o vetor de estados, A k IR n n representam as matrizes dos modelos locais e h k (z(t)) são as funções de pertinência de cada um dos modelos locais. As funções de pertinência satisfazem as seguintes propriedades: k R, h k (z(t)) 0, e h k (z(t)) = 1, (3) sendo R o conjunto de números inteiros dados por {1, 2,..., r}. Apenas por facilidade de notação, de agora em diante vamos denotar h k (z(t)) por h k. As condições de estabilidade obtidas com (1) dependem explicitamente das derivadas temporais das funções de pertinência (3), e para convertê-las em LMI é necessário impor limites nos seus valores. Esta característica afeta diretamente a eciência da técnica, e representa o ponto chave deste trabalho. Em [27], os autores conseguiram relaxar as condições de estabilidade, considerando as seguintes propriedades de funções de pertinência: h k =1 ḣ k =0 (4) r 1 ḣr = ḣ k. (5) Usando (5), eles encontraram condições de estabilidade menos conservadoras que as obtidas com uma CQLF. No entanto, a propriedade (5) foi pouco explorada. Neste trabalho é vericado que a propriedade (5) pode ser melhor aproveitada se permitirmos ao projetista atuar nas LMIs de acordo com o problema a ser resolvido. A nova estrutura adiciona graus de liberdade ao problema, melhorando a região de estabilidade encontrada pelas LMIs. A eciência do novo método é ilustrada através da solução numérica de exemplos. 2. ANÁLISE DE ESTABILIDADE DE SISTEMAS FUZZY TS Ao longo do texto a notação M 0 (M 0) é usada para representar matrizes denidas (semidenidas) positivas. De modo equivalente a notação M 0 (M 0) representa matrizes denidas (semidenidas) negativas. A estabilidade do sistema (2) pode ser vericada usando o método direto de Lyapunov. Normalmente, as condições de estabilidade são obtidas empregando uma CQLF. Lema 1 O sistema fuzzy (2) é globalmente estável, se existir uma matriz simétrica P IR n n, satisfazendo as seguintes LMIs: P 0, (6) PA k + A kp 0, k R. (7) Prova: Para mais informações consulte [28]. O Lema 1 foi um dos primeiros critérios usados para a análise de estabilidade de sistemas fuzzy TS. Contudo, já é conhecido na literatura que o Lema 1 conduz a resultados conservadores e que em certos casos não é possível encontrar uma matriz P satisfazendo as LMIs (6) e (7) [16]. A m de solucionar esse problema, alguns autores começaram a usar a FLF (1) na análise de estabilidade. Em [27] os autores apresentaram condições menos conservadoras para a estabilidade do sistema (2), considerando a propriedade (5). O principal resultado é citado abaixo. Lema 2 Seja φ k, k R, números reais positivos conhecidos. Assumindo que ḣk φ k, k R, o sistema fuzzy (2) é globalmente estável, se existir matrizes simétricas P k IR n n,k R, satisfazendo as seguintes LMIs: P k 0, k R, (8) P k P r 0, k R {r}, (9) P φ + 1 2( Pk A + A P k + P A k + A k P ) 0, r 1 sendo k, R e P φ = φ k (P k P r ). k, (10) Serra Negra, SP - ISSN

3 Prova: Para mais informações consulte [27]. Aeciência dos Lemas 1 e 2 são vericadas na solução de um exemplo numérico. EXEMPLO 1 Considere um sistema fuzzy TS (2), representado pelos seguintes modelos locais [23]: A 1 =, A 1 a 2 = 3b 2 3a 4, A 3 = 2b 3 2a 6 2 4, A 4 =, b A estabilidade do sistema acima foi vericada com os Lemas 1 e 2 para vários valores dos parâmetros a e b. Para a solução numérica das LMIs foram usados os pacotes YALMIP toolbox [19] e SeDuMi [25] do MATLAB, também foi suposto que φ k =0.85, k R. Os resultados encontrados para a análise de estabilidade podem ser vistos na Figura 1. b da propriedade (5): ḣ k =0 ḣi = ḣ k, i R. (11) k=i Considerando a propriedade (11) pode-se obter uma generalização do Lema 2. O resultado é proposto no próximo teorema. Teorema 1 Seja φ k, k R, números reais positivos conhecidos. Assumindo que ḣk φ k, k R, o sistema fuzzy (2) é globalmente estável, se para algum índice xo i R, existir matrizes simétricas P k IR n n,k R, satisfazendo as seguintes LMIs: P k 0, k R, (12) P k P i 0, k R {i}, (13) P φ Pk A + A P k + P A k + A k P 0, sendo k, R e P φ = φ k (P k P i ). k=i k, (14) Prova: A prova deste teorema segue diretamente da demonstração do Lema 2 e será apresentada neste texto apenas para facilitar o entendimento do trabalho. Quando a LMI (12) é factível, segue que a FLF (1) é positiva para qualquer vetor x(t) = 0, sendo x(t) IR n. Além disso, a derivada temporal da FLF (1) ao longo das trajetórias do sistema (2), é dada por V (x(t)) = x(t) ḣ k P k x(t)+ẋ(t) h k P k x(t) + x(t) h k P k ẋ(t) Figure 1 Regiões de estabilidade dos Lemas 1 ( ) e2 ( ). Pela Figura 1 pode-se observar que o Lema 2 ( ) obtém uma região de estabilidade maior que o Lema 1 ( ). Dessa forma, as condições de estabilidade do Lema 2 são menos conservadoras que as do Lema 1. Observação 1 A diminuição da conservabilidade do Lema 2 é obtida com a LMI (9). Essa LMI permite que algumas das matrizes P k,k R, sejam iguais. Agora, nós vamos mostrar que a LMI (9) pode ser generalizada. Para tanto, considere a seguinte extensão a = x(t) ḣ k P k x(t)+x(t) h A h k P k x(t) =1 + x(t) h k P k h A x(t) =1 = x(t) ḣ k P k + h h k A P k + P k A x(t) =1 = x(t) ḣ k P k + 1 h h k A 2 P k + A k P =1 Da Propriedade (11) obtém-se ḣ k P k = ḣip i + = + P k A + P A k x(t). ḣ k P k = ḣ k P i + ḣ k P k ḣ k (P k P i ) (15) Serra Negra, SP - ISSN

4 Agora, substituindo (15) em V (x(t)) e considerando a hipótese ḣk φ k, k R, conclui-se que { V (x(t)) x(t) P φ + 1 ( h h k A 2 P k + A k P =1 + P k A + P A k ) } x(t). (16) Dessa forma, quando as LMIs (13) e (14) são factíveis, tem-se que (16) é negativa para todo x(t) = 0. Portanto, quando as LMIs (12)-(14) são factíveis, existe uma função escalar (1) satisfazendo as condições de Lyapunov ao longo das trajetórias do sistema (2). Logo, o sistema (2) é globalmente estável. Aeciência do Teorema 1 é vericada na solução do Exemplo 1. Na Figura 2 pode-se ver a região de estabilidade do Exemplo 1 obtida com o Teorema 1. Aeciência do Teorema 1 é vericada na solução de outro exemplo numérico. EXEMPLO 2 Considere o sistema fuzzy do Exemplo 2 de [21]: [ ] [ ] a A 1 =, A =, [ ] 0 b A 3 =, sendo a [2 10] e b (0 10]. O sistema é vericado com o Teorema 1 considerando φ k =0.3, k R. As regiões de estabilidade obtidas com o Teorema 1 podem ser vistas na Figura b b a Figure 2 Regiões de estabilidade do Lema 2 ( ) e do Teorema 1 para i =3( ). Pela Figura 2 pode-se observar que o Teorema 1 ( ) obtém uma região de estabilidade maior que o Lema 2 ( ). Assim, a generalização da LMI (13) é capaz de melhorar as condições de estabilidade do Lema 2. A Figura 2 ilustra a região de estabilidade do Teorema 1 para o caso i =3, durante as simulações foi vericado que a escolha desse índice tem grande inuência na região de estabilidade do teorema. Neste exemplo, o caso i =4é equivalente ao Lema 2 ( ). Também foi vericado neste exemplo, que a melhor região de estabilidade do Teorema 1 é a encontrada com o índice i =3. Observação 2 Para obter a melhor região de estabilidade do Teorema 1 é necessário testar todos os índices i R. No Exemplo 1 foram testados os índices i =1, 2, 3 e 4. a Figure 3 Regiões de estabilidade do Teorema 1 para i = 1 ( ), i =2( )ei =3( ). Neste exemplo a melhor solução do Teorema 1 foi encontrada com o índice i =1( ), neste caso, a região de estabilidade do Teorema 1 é maior que a região do Lema 2 ( ). Observe também que neste exemplo o Lema 2 obtém a pior região de estabilidade dentre todos os índices i =1, 2 e 3. Desta forma, a generalização do Teorema 1 oferece mais liberdade ao projetista na hora de vericar a estabilidade do sistema fuzzy (2). 3. CONCLUSÕES Neste trabalho foram propostas condições menos conservadoras para a análise de estabilidade de sistemas fuzzy TS. Os resultados são obtidos diretamente de uma generalização do método apresentado em [27]. Essa nova metodologia permite que o projetista altere as restrições LMI, responsáveis pela análise de estabilidade, durante a solução do exemplo. A vericação da estabilidade de um sistema fuzzy (2) com o Teorema 1 é realizada avaliando as LMIs para um determinado índice i. Para encontrar a melhor região de estabilidade é Serra Negra, SP - ISSN

5 necessário avaliar todos os índices i R. Desta forma, pode ser complicado encontrar a melhor região de estabilidade em sistemas que possuem muitos modelos locais. Uma extensão deste trabalho consiste na busca de condições ótimas para a escolha do índice i. AGRADECIMENTOS Os autores agradecem ao CNPq 1 e à FAPESP 2 pelo apoio nanceiro. REFERENCES [1] N. S. D. Arrifano, V. A. Oliveira, R. A. Ramos, N. G. Bretas, and R. V. Oliveira. Fuzzy stabilization of power systems in a co-generation scheme subject to random abrupt variations of operating conditions. IEEE Transactions on Control Systems Technology, 15(2): , [2] E. Assunção, F. A. Faria, and M. C. M. Teixeira. Controle robusto de sistemas lineares sujeitos à falhas estruturais usando realimentação derivativa. In Proceedings of the 7th Brazilian Conference on Dynamics, Control and Applications, Presidente Prudente, UNESP. 6p. [3] E. Assunção, F. A. Faria, and M. C. M. Teixeira. D-estabilidade de sistemas descritores sujeitos a falhas estruturais usando realimentação da derivada dos estados. In Anais do 17 o Congresso Brasileiro de Automática, volume 1, Juiz de Fora, SBA. 6p. (Artigo 38448). [4] E. Assunção, F. A. Faria, M. C. M. Teixeira, and R. Cardim. Realimentação da derivada dos estados em sistemas fuzzy Takagi Sugeno. In Anais do 8 o Simpósio Brasileiro de Automação Inteligente, Florianópolis, [s.n.]. 6p. (Artigo 29542). [5] E. Assunção, F. A. Faria, M. C. M. Teixeira, and R. Cardim. Projeto de controladores fuzzy usando realimentação da derivada dos estados. In Anais do 9 o Simpósio Brasileiro de Automação Inteligente, Brasília, [s.n.]. 6p. (Artigo 54485). [6] E. Assunção, M. C. M. Teixeira, F. A. Faria, N. A. P. da Silva, and R. Cardim. Robust statederivative feedback LMI-based designs for multivariable linear systems. International Journal of Control, 80(8): , Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientíco e Tecnológico 2 Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo [7] R. Cardim, M. C. M. Teixeira, E. Assunção, and F. A. Faria. Control designs for linear systems using state-derivative feedback. In Systems, Structure and Control, pages In- Teh, Vienna, Austria, i-techonline.com/book.php?id=73. [8] E. R. P. da Silva, M. C. M. Teixeira, E. Assunção, and F. A. Faria. Controle robusto de sistemas não-lineares sujeitos a falhas estruturais. In Proceedings of the 8th Brazilian Conference on Dynamics, Control and Applications, Bauru, UNESP. 6p. [9] M. C. de Oliveira, D. P. Farias, and J. C. Geromel. LMISol, User s guide. UNICAMP, Campinas-SP, Brazil, ~mauricio/software.html. [10] F. A. Faria, E. Assunção, and M. C. M. Teixeira. Realimentação da derivada dos estados em sistemas descritores usando LMIs. In Proceedings of the 6th Brazilian Conference on Dynamics, Control and Their Applications, pages , São José do Rio Preto, UNESP. [11] F. A. Faria, E. Assunção, and M. C. M. Teixeira. Realimentação da derivada dos estados em sistemas multivariáveis lineares usando LMIs. Controle & Automação, 20(1):83 93, doi: /S [12] F. A. Faria, E. Assunção, M. C. M. Teixeira, and R. Cardim. Robust state-derivative feedback LMIbased designs for linear descriptor systems. Mathematical Problems in Engineering, 2010:1 15, doi: /2010/ [13] F. A. Faria, E. Assunção, M. C. M. Teixeira, R. Cardim, and N. A. P. da Silva. Robust statederivative pole placement LMI-based designs for linear systems. International Journal of Control, 82(1):1 12, [14] P. Gahinet, A. Nemirovski, A. J. Laub, and M. Chilali. LMI control toolbox - For use with MATLAB. The Math Works Inc., [15] J. P. Hwang and E. Kim. Robust tracking control of an electrically driven robot: Adaptive fuzzy logic approach. IEEE Transactions on Fuzzy Systems, 14(2): , [16] M. Johansson, A. Rantzer, and K.-E. Arzén. Pie- Serra Negra, SP - ISSN

6 cewise quadratic stability of fuzzy systems. IEEE Transactions on Fuzzy Systems, 7(6): , [17] E. Kim. Output feedback tracking control of robot manipulators with model uncertainty via adaptive fuzzy logic. IEEE Transactions on Fuzzy Systems, 12(3): , [18] E. Kim and H. Lee. New approaches to relaxed quadratic stability condition of fuzzy control systems. IEEE Transactions on Fuzzy Systems, 8(5): , [19] J. Löfberg. YALMIP : A toolbox for modeling and optimization in MATLAB. In Proceedings of the CACSD Conference, Taipei, ~joloef/wiki/pmwiki.php. [20] V. F. Montagner, R. C. L. F. Oliveira, and P. L. D. Peres. Necessary and sufcient LMI conditions to compute quadratically stabilizing state feedback controllers for Takagi-Sugeno systems. In Proceedings of the 2007 American Control Conference, pages 11 13, New York, [21] L. A. Mozelli, R. M. Palhares, and G. S. C. Avellar. A systematic approach to improve multiple lyapunov function stability and stabilization conditions for fuzzy systems. Information Sciences, 179: , [22] L. A. Mozelli, R. M. Palhares, and E. M. A. M. Mendes F. O. Souza. Reducing conservativeness in recent stability conditions of ts fuzzy systems. Automatica, 45: , [23] B.-J. Rhee and S. Won. A new fuzzy lyapunov function approach for a takagi-sugeno fuzzy control system design. Fuzzy Sets and Systems, 157: , [24] F. Q. Rossi., E. Assunção, M. C. M. Teixeira, and F. A. Faria. Controladores robustos usando LMI para sistemas de suspensão de automóvel sujeito a falhas. In Proceedings of the 8th Brazilian Conference on Dynamics, Control and Applications, Bauru, UNESP. 6p. [25] J.F. Sturm. Using SeDuMi 1.02, a MATLAB toolbox for optimization over symmetric cones. Optimization Methods and Software, 11 12: , sturm99using.html. [26] T. Takagi and M. Sugeno. Fuzzy identication of systems and its applications to modeling and control. IEEE Transactions on Systems, Man, and Cybernetics, 15(1): , [27] K. Tanaka, T. Hori, and H. O. Wang. A multiple lyapunov function approach to stabilization of fuzzy control systems. IEEE Transactions on Fuzzy Systems, 11(4): , [28] K. Tanaka and H. O. Wang. Fuzzy control systems design and analysis: A linear matrix inequality approach. John Wiley and Sons, [29] T. Taniguchi, K. Tanaka, H. Ohatake, and H. O. Wang. Model construction, rule reduction, and robust compensation for generalized form of Takagi-Sugeno fuzzy systems. IEEE Transactions on Fuzzy Systems, 9(4): , [30] M. C. M. Teixeira, E. Assunção, and R. G. Avellar. On relaxed LMI-based designs for fuzzy regulators and fuzzy observers. IEEE Transactions on Fuzzy Systems, 11(5): , [31] M. C. M. Teixeira and S. H. Zak. Stabilizing controller design for uncertain nonlinear systems using fuzzy models. IEEE Transactions on Fuzzy Systems, 7(2): , Serra Negra, SP - ISSN

CONDIÇÕES CONVEXAS NECESSÁRIAS E SUFICIENTES PARA A ESTABILIZABILIDADE QUADRÁTICA DE SISTEMAS NEBULOSOS DE TAKAGI-SUGENO

CONDIÇÕES CONVEXAS NECESSÁRIAS E SUFICIENTES PARA A ESTABILIZABILIDADE QUADRÁTICA DE SISTEMAS NEBULOSOS DE TAKAGI-SUGENO CONDIÇÕES CONVEXAS NECESSÁRIAS E SUFICIENTES PARA A ESTABILIZABILIDADE QUADRÁTICA DE SISTEMAS NEBULOSOS DE TAKAGI-SUGENO Vinícius F. Montagner, Ricardo C. L. F. Oliveira, Pedro L. D. Peres Grupo de Eletrônica

Leia mais

IMPLEMENTAÇÕES DE CONTROLADORES ROBUSTOS, COM RESTRIÇÕES DE TAXA DE DECAIMENTO E OTIMIZADOS EM SISTEMAS SUJEITOS A FALHAS

IMPLEMENTAÇÕES DE CONTROLADORES ROBUSTOS, COM RESTRIÇÕES DE TAXA DE DECAIMENTO E OTIMIZADOS EM SISTEMAS SUJEITOS A FALHAS IMPLEMENTAÇÕES DE CONTROLADORES ROBUSTOS, COM RESTRIÇÕES DE TAXA DE DECAIMENTO E OTIMIZADOS EM SISTEMAS SUJEITOS A FALHAS Luiz Francisco S Buzachero 1, Edvaldo Assunção 1, Marcelo C M Teixeira 1,FlávioAFaria

Leia mais

CONTROLE NÃO-LINEAR FUZZY TAKAGI-SUGENO DO MOVIMENTO DE PARAPLÉGICOS UTILIZANDO ACELERÔMETROS

CONTROLE NÃO-LINEAR FUZZY TAKAGI-SUGENO DO MOVIMENTO DE PARAPLÉGICOS UTILIZANDO ACELERÔMETROS º Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica ISBN: 978-85-60064-3-7 CONTROLE NÃO-LINEAR FUZZY TAKAGI-SUGENO DO MOVIMENTO DE PARAPLÉGICOS UTILIZANDO ACELERÔMETROS Ruberlei Gaino* Marcelo Carvalho Minhoto

Leia mais

CONTROLE DE SISTEMAS LINEARES CHAVEADOS UTILIZANDO REALIMENTAÇÃO ESTÁTICA DA SAÍDA E FUNÇÕES DE LYAPUNOV-METZLER

CONTROLE DE SISTEMAS LINEARES CHAVEADOS UTILIZANDO REALIMENTAÇÃO ESTÁTICA DA SAÍDA E FUNÇÕES DE LYAPUNOV-METZLER CONTROLE DE SISTEMAS LINEARES CHAVEADOS UTILIZANDO REALIMENTAÇÃO ESTÁTICA DA SAÍDA E FUNÇÕES DE LYAPUNOV-METZLER E. I. Mainardi Júnior, M. C. M. Teixeira, R. Cardim, E. Assunção, Diogo R. de Oliveira,

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO PRÁTICA DA D-ESTABILIDADE ROBUSTA VIA REALIMENTAÇÃO DERIVATIVA EM UM SISTEMA DE SUSPENSÃO ATIVA

IMPLEMENTAÇÃO PRÁTICA DA D-ESTABILIDADE ROBUSTA VIA REALIMENTAÇÃO DERIVATIVA EM UM SISTEMA DE SUSPENSÃO ATIVA IMPLEMENTAÇÃO PRÁTICA DA D-ESTABILIDADE ROBUSTA VIA REALIMENTAÇÃO DERIVATIVA EM UM SISTEMA DE SUSPENSÃO ATIVA Emerson R. P. da Silva, Heloise A. Fazzolari, Pedro C. de Oliveira, Edvaldo Assunção, Marcelo

Leia mais

Controle Robusto H. 1. O problema de controle H. 2. Controle ótimo H por LMIs. 3. Patologia no controle H : altos ganhos. 3. Controle Misto H 2 /H

Controle Robusto H. 1. O problema de controle H. 2. Controle ótimo H por LMIs. 3. Patologia no controle H : altos ganhos. 3. Controle Misto H 2 /H Controle Robusto H 1. O problema de controle H 2. Controle ótimo H por LMIs 3. Patologia no controle H : altos ganhos 3. Controle Misto H 2 /H pag.1 Introdução ao Controle Robusto Aula 11 Controle H e

Leia mais

395480 Controle Robusto Tema: Análise e Controle via LMIs

395480 Controle Robusto Tema: Análise e Controle via LMIs 395480 Controle Robusto Tema: Análise e Controle via LMIs Sistemas Fuzzy Takagi Sugeno Prof. Eduardo Stockler Tognetti Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas Eletrônicos e de Automação (PGEA)

Leia mais

CONDIÇÕES RELAXADAS PARA A ESTABILIZAÇÃO DE SISTEMAS FUZZY TS CHAVEADOS USANDO CONTROLADORES PDC

CONDIÇÕES RELAXADAS PARA A ESTABILIZAÇÃO DE SISTEMAS FUZZY TS CHAVEADOS USANDO CONTROLADORES PDC CONDIÇÕES RELAXADAS PARA A ESTABILIZAÇÃO DE SISTEMAS FUZZY TS CHAVEADOS USANDO CONTROLADORES PDC FLÁVIO A FARIA MICHELE C VALENTINO VILMA A OLIVEIRA Departamento de Físico Química Instituto de Química

Leia mais

COMPARANDO DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE CONTROLE PARA SISTEMAS NÃO LINEARES INCERTOS BASEADAS EM ESCALONAMENTO DE GANHOS

COMPARANDO DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE CONTROLE PARA SISTEMAS NÃO LINEARES INCERTOS BASEADAS EM ESCALONAMENTO DE GANHOS COMPARANDO DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE CONTROLE PARA SISTEMAS NÃO LINEARES INCERTOS BASEADAS EM ESCALONAMENTO DE GANHOS Mateus Paresqui Berruezo, Leonardo A B Tôrres, Reinaldo Martinez Palhares Programa

Leia mais

Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática Belo Horizonte, MG, 20 a 24 de Setembro de 2014

Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática Belo Horizonte, MG, 20 a 24 de Setembro de 2014 REALIMENTAÇÃO DE ESTADO H 2 E H DE SISTEMAS MARKOVIANOS A TEMPO CONTÍNUO COM TAXAS DE TRANSIÇÃO INCERTAS Caetano B. Cardeliquio, André R. Fioravanti, Alim P. C. Gonçalves Av. Albert Einstein - 400 FEEC/UNICAMP,

Leia mais

ROBUST, FRAGILE OR OPTIMAL? REVISITADO: UMA CONDIÇÃO NECESSÁRIA E SUFICIENTE PARA A FRAGILIDADE DE CONTROLADORES. Marcos V. Moreira, João C.

ROBUST, FRAGILE OR OPTIMAL? REVISITADO: UMA CONDIÇÃO NECESSÁRIA E SUFICIENTE PARA A FRAGILIDADE DE CONTROLADORES. Marcos V. Moreira, João C. ROBUST, FRAGILE OR OPTIMAL? REVISITADO: UMA CONDIÇÃO NECESSÁRIA E SUFICIENTE PARA A FRAGILIDADE DE CONTROLADORES Marcos V. Moreira, João C. Basilio, Universidade Federal do Rio de Janeiro COPPE - Programa

Leia mais

Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática Belo Horizonte, MG, 20 a 24 de Setembro de 2014

Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática Belo Horizonte, MG, 20 a 24 de Setembro de 2014 SISTEMAS ERP COM FUNÇÕES DE LYAPUNOV VARIANTES NO TEMPO, COM APLICAÇÃO EM ELETROESTIMULAÇÃO Márcio Roberto Covacic, Ruberlei Gaino Departamento de Engenharia Elétrica-Centro de Tecnologia e Urbanismo Universidade

Leia mais

SÍNTESE H PARA SISTEMAS COM RESTRIÇÕES ALGÉBRICAS NO ESTADO

SÍNTESE H PARA SISTEMAS COM RESTRIÇÕES ALGÉBRICAS NO ESTADO SÍNTESE H PARA SISTEMAS COM RESTRIÇÕES ALGÉBRICAS NO ESTADO K. A. Barbosa karinab@das.ufsc.br A. Trofino trofino@das.ufsc.br Depto. de Automação e Sistemas, Universidade Federal de Santa Catarina, 884-9

Leia mais

Otimização Aplicada à Engenharia de Processos

Otimização Aplicada à Engenharia de Processos Otimização Aplicada à Engenharia de Processos Aula 1: Introdução Felipe Campelo http://www.cpdee.ufmg.br/~fcampelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Belo Horizonte Março de 2013 Antes de

Leia mais

Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1

Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1 Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1 O Journal Citation Reports (JCR) publica anualmente o índice conhecido por fator de impacto de um periódico para medir a freqüência com que

Leia mais

Departamento de Engenharia Eletrônica. Universidade Federal de Minas Gerais

Departamento de Engenharia Eletrônica. Universidade Federal de Minas Gerais CÁLCULO EXATO DOS CUSTOS H 2 E H ARA SISTEMAS COM INCERTEZAS OLITÓICAS Eduardo N. Goncalves, Reinaldo M. alhares, Ricardo H. C. Takahashi, Renato C. Mesquita Departamento de Engenharia Elétrica Centro

Leia mais

METODOLOGIA PARA RASTREAMENTO COM MODIFICAÇÃO DOS ZEROS E REJEIÇÃO DE DISTÚRBIO APLICADA A SISTEMAS INCERTOS

METODOLOGIA PARA RASTREAMENTO COM MODIFICAÇÃO DOS ZEROS E REJEIÇÃO DE DISTÚRBIO APLICADA A SISTEMAS INCERTOS METODOLOGIA PARA RASTREAMENTO COM MODIFICAÇÃO DOS ZEROS E REJEIÇÃO DE DISTÚRBIO APLICADA A SISTEMAS INCERTOS Edvaldo Assunção edvaldo@dee.feis.unesp.br Marcelo Carvalho Minhoto Teixeira marcelo@dee.feis.unesp.br

Leia mais

Emails: marciocovacic@uel.br, rgaino@uel.br, marcelo@dee.feis.unesp.br, aac@dee.feis.unesp.br, edvaldo@dee.feis.unesp.br, rcardim@dee.feis.unesp.

Emails: marciocovacic@uel.br, rgaino@uel.br, marcelo@dee.feis.unesp.br, aac@dee.feis.unesp.br, edvaldo@dee.feis.unesp.br, rcardim@dee.feis.unesp. SISTEMAS ERP COM COMPENSADORES DINÂMICOS PARA CONTROLE DA POSIÇÃO ANGULAR DA PERNA DE PACIENTES PARAPLÉGICOS Márcio Roberto Covacic, Ruberlei Gaino, Marcelo Carvalho Minhoto Teixeira, Aparecido Augusto

Leia mais

Emails: jean@dee.feis.unesp.br, andrelexandre@bol.com.br, jpaulo@dee.feis.unesp.br, lizetega@mat.feis.unesp.br, giapolinario@yahoo.com.

Emails: jean@dee.feis.unesp.br, andrelexandre@bol.com.br, jpaulo@dee.feis.unesp.br, lizetega@mat.feis.unesp.br, giapolinario@yahoo.com. 18 a 21 de setembro de 211 CONTROLE EXPERIMENTAL DO PÊNDULO INVERTIDO CONSIDERANDO ATRASO COMPUTACIONAL Jean M. S. Ribeiro, André Luiz A. de Paula, José Paulo F. Garcia, Lizete Maria C. F. Garcia, Gisele

Leia mais

Referências Bibliográficas

Referências Bibliográficas Referências Bibliográficas Conceitos básicos As propriedades de matrizes apresentadas no material podem ser encontradas em vários livros como [Gan59], [Bel97], [HJ85], [HJ91]; em livros de sistemas lineares

Leia mais

MODELAGEM DO CONVERSOR CC-CC BUCK-BOOST VIA FUZZY TAKAGI-SUGENO: SISTEMA DE CONTROLE E SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL

MODELAGEM DO CONVERSOR CC-CC BUCK-BOOST VIA FUZZY TAKAGI-SUGENO: SISTEMA DE CONTROLE E SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL MODELAGEM DO CONVERSOR CC-CC BUCK-BOOST VIA FUZZY TAKAGI-SUGENO: SISTEMA DE CONTROLE E SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL CRISTIANO QUEVEDO ANDREA, EDSON ANTONIO BATISTA, LUCIANA CAMBRAIA LEITE, JOÃO ONOFRE PEREIRA

Leia mais

I Seminário da Pós-graduação em Engenharia Elétrica

I Seminário da Pós-graduação em Engenharia Elétrica DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA ESTUDOS EM LINHAS SUBTERRÂNEAS DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA Danilo Sinkiti Gastaldello Aluno do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica

Leia mais

Programação Não Linear Otimização Univariada E Multivariada Sem Restrições

Programação Não Linear Otimização Univariada E Multivariada Sem Restrições Programação Não Linear Otimização Univariada E Multivariada Sem Restrições A otimização é o processo de encontrar a melhor solução (ou solução ótima) para um prolema. Eiste um conjunto particular de prolemas

Leia mais

O Método de Pontos Interiores Aplicado ao Problema do Despacho Hidrotérmico

O Método de Pontos Interiores Aplicado ao Problema do Despacho Hidrotérmico O Método de Pontos Interiores Aplicado ao Problema do Despacho Hidrotérmico Mariana Kleina, Luiz Carlos Matioli, Programa de Pós Graduação em Métodos Numéricos em Engenharia, UFPR Departamento de Matemática

Leia mais

ESQUEMA PARA COMUNICAÇÃO COM SEGURANÇA BASEADO EM SINCRONIZAÇÃO ADAPTATIVA DE SISTEMAS CAÓTICOS UNIFICADOS

ESQUEMA PARA COMUNICAÇÃO COM SEGURANÇA BASEADO EM SINCRONIZAÇÃO ADAPTATIVA DE SISTEMAS CAÓTICOS UNIFICADOS ESQUEMA PARA COMUNICAÇÃO COM SEGURANÇA BASEADO EM SINCRONIZAÇÃO ADAPTATIVA DE SISTEMAS CAÓTICOS UNIFICADOS JOSÉ A. R. VARGAS 1, FÁBIO T. VITAL 2 1,2 Universidade de Brasília Departamento de Engenharia

Leia mais

SISTEMAS COM AMORTECIMENTO NÃO-PROPORCIONAL NO DOMÍNIO DA FREQÜÊNCIA

SISTEMAS COM AMORTECIMENTO NÃO-PROPORCIONAL NO DOMÍNIO DA FREQÜÊNCIA SISTEMAS COM AMORTECIMENTO NÃO-PROPORCIONAL NO DOMÍNIO DA FREQÜÊNCIA Zacarias Martin Chamberlain Pravia Professor - Faculdade de Engenharia e Arquitetura - Universidade de Passo Fundo/UFP zacarias@upf.br

Leia mais

Dificuldades de Modelos de PNL. Onde está a solução ótima? Outro exemplo: Condição ótima Local vs. Global. 15.053 Quinta-feira, 25 de abril

Dificuldades de Modelos de PNL. Onde está a solução ótima? Outro exemplo: Condição ótima Local vs. Global. 15.053 Quinta-feira, 25 de abril 15.053 Quinta-feira, 25 de abril Teoria de Programação Não-Linear Programação Separável Dificuldades de Modelos de PNL Programa Linear: Apostilas: Notas de Aula Programas Não-Lineares 1 2 Análise gráfica

Leia mais

CONTROLE NEURO-FUZZY DE PROCESSO DE NÍVEL MULTIVARIÁVEL

CONTROLE NEURO-FUZZY DE PROCESSO DE NÍVEL MULTIVARIÁVEL CONTROLE NEURO-FUZZY DE PROCESSO DE NÍVEL MULTIVARIÁVEL ALFREDO A. FREITAS, ADOLFO BAUCHSPIESS Grupo de Robótica, Automação e Visão Computacional Departamento de Engenharia Elétrica - Universidade de Brasília

Leia mais

O USO DA FERRAMENTA SOLVER DO EXCEL NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PROGRAMAÇÃO LINEAR

O USO DA FERRAMENTA SOLVER DO EXCEL NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PROGRAMAÇÃO LINEAR O USO DA FERRAMENTA SOLVER DO EXCEL NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PROGRAMAÇÃO LINEAR João Batista de Jesus FATEC-JAHU Célio Favoni 2 FATEC-JAHU Resumo Este trabalho expõe de maneira sintetizada as funcionalidades

Leia mais

Otimização de Funções Não Lineares por Meio do Algoritmo Árvore da Montanha

Otimização de Funções Não Lineares por Meio do Algoritmo Árvore da Montanha Otimização de Funções Não Lineares por Meio do Algoritmo Árvore da Montanha Amarildo de Vicente Colegiado do Curso de Matemática Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas da Universidade Estadual do Oeste

Leia mais

Controle de Conversores Estáticos Retroação de estados: Projeto por alocação de pólos. Prof. Cassiano Rech cassiano@ieee.org

Controle de Conversores Estáticos Retroação de estados: Projeto por alocação de pólos. Prof. Cassiano Rech cassiano@ieee.org Controle de Conversores Estáticos Retroação de estados: Projeto por alocação de pólos cassiano@ieee.org 1 Projeto por alocação de pólos Na abordagem convencional, usando por exemplo o método do lugar das

Leia mais

ESTUDO DA FOLGA PRESENTE NA TRANSMISSÃO MECÂNICA DE ROBÔS COM ACIONAMENTO ELÉTRICO 1

ESTUDO DA FOLGA PRESENTE NA TRANSMISSÃO MECÂNICA DE ROBÔS COM ACIONAMENTO ELÉTRICO 1 ESTUDO DA FOLGA PRESENTE NA TRANSMISSÃO MECÂNICA DE ROBÔS COM ACIONAMENTO ELÉTRICO 1 Angelo Fernando Fiori 2, Ismael Barbieri Garlet 3, Antonio Carlos Valdiero 4, Luiz Antonio Rasia 5, Leonardo Bortolon

Leia mais

Uma Abordagem para Tratamento de Regras de Negócio nas Fases Iniciais do Desenvolvimento

Uma Abordagem para Tratamento de Regras de Negócio nas Fases Iniciais do Desenvolvimento Uma Abordagem para Tratamento de Regras de Negócio nas Fases Iniciais do Desenvolvimento Marco Antonio De Grandi, Valter Vieira de Camargo, Edmundo Sérgio Spoto Centro Universitário Eurípides de Marília

Leia mais

ESTUDOS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO ONLINE DE UMA TÉCNICA DE ESTIMAÇÃO DE ENERGIA NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO ATLAS

ESTUDOS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO ONLINE DE UMA TÉCNICA DE ESTIMAÇÃO DE ENERGIA NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO ATLAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA ESTUDOS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO ONLINE DE UMA TÉCNICA DE ESTIMAÇÃO DE ENERGIA NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO ATLAS EM CENÁRIOS DE ALTA LUMINOSIDADE ALUNO: MARCOS VINÍCIUS

Leia mais

ALGORITMOS GENÉTICOS: UMA VISÃO EXPLANATÓRIA

ALGORITMOS GENÉTICOS: UMA VISÃO EXPLANATÓRIA 136 ALGORITMOS GENÉTICOS: UMA VISÃO EXPLANATÓRIA FILITTO, Danilo 1 Resumo: Os algoritmos Genéticos inspiram-se no processo de evolução natural e são utilizados para resolver problemas de busca e otimização

Leia mais

Curvas Padrões de Tratamento do HIV

Curvas Padrões de Tratamento do HIV Biomatemática 17 (2007), 55 64 ISSN 1679-365X Uma Publicação do Grupo de Biomatemática IMECC UNICAMP Curvas Padrões de Tratamento do HIV Rosana Motta Jafelice 1, Faculdade de Matemática, UFU, 38.408-100

Leia mais

Instituto de Computação, Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Manaus-AM, Brasil

Instituto de Computação, Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Manaus-AM, Brasil Elicitação de Requisitos a partir de Modelos de Processos de Negócio e Modelos Organizacionais: Uma pesquisa para definição de técnicas baseadas em heurísticas Marcos A. B. de Oliveira 1, Sérgio R. C.

Leia mais

CONTROLE DE SISTEMAS LINEARES SUJEITOS A SALTOS MARKOVIANOS APLICADO EM VEÍCULOS AUTÔNOMOS

CONTROLE DE SISTEMAS LINEARES SUJEITOS A SALTOS MARKOVIANOS APLICADO EM VEÍCULOS AUTÔNOMOS CONTROLE DE SISTEMAS LINEARES SUJEITOS A SALTOS MARKOVIANOS APLICADO EM VEÍCULOS AUTÔNOMOS Uma abordagem prática Apresentação preliminar Universidade de São Paulo USP Escola de Engenharia de São Carlos

Leia mais

SÍNTESE DE CONTROLADOR VIA LMIs E IMPLEMENTAÇÃO EM UM PÊNDULO INVERTIDO MODELO LINEAR DA QUANSER R

SÍNTESE DE CONTROLADOR VIA LMIs E IMPLEMENTAÇÃO EM UM PÊNDULO INVERTIDO MODELO LINEAR DA QUANSER R SÍNTESE DE CONTROLADOR VIA LMIs E IMPLEMENTAÇÃO EM UM PÊNDULO INVERTIDO MODELO LINEAR DA QUANSER R Emerson R. P. da Silva, Edvaldo Assunção, Marcelo C. M. Teixeira e Luiz Francisco S. Buzachero Faculdade

Leia mais

A SOLUTION OF N-QUEENS PROBLEM BY GENETIC ALGORITHMS

A SOLUTION OF N-QUEENS PROBLEM BY GENETIC ALGORITHMS UMA SOLUÇÃO DO PROBLEMA DAS N RAINHAS ATRAVÉS DE ALGORITMOS GENÉTICOS A SOLUTION OF N-QUEENS PROBLEM BY GENETIC ALGORITHMS Eliane Vendramini de Oliveira Mestre em Engenharia Elétrica UNESP/ Ilha Solteira

Leia mais

ESTUDO DA CONDUTIVIDADE TÉRMICA VARIÁVEL EM CILINDROS VAZADOS COM CONDIÇÕES DE CONTORNO DUPLAMENTE CONVECTIVAS

ESTUDO DA CONDUTIVIDADE TÉRMICA VARIÁVEL EM CILINDROS VAZADOS COM CONDIÇÕES DE CONTORNO DUPLAMENTE CONVECTIVAS Proceedings of the 11 th Brazilian Congress of Thermal Sciences and Engineering -- ENCIT 006 Braz. Soc. of Mechanical Sciences and Engineering -- ABCM, Curitiba, Brazil, Dec. 5-8, 006 Paper CIT06-0346

Leia mais

Palavras-chave: Sistema neuro-fuzzy, Sistemas de avaliação, Sistemas Adaptativos.

Palavras-chave: Sistema neuro-fuzzy, Sistemas de avaliação, Sistemas Adaptativos. ANÁLISE DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA NA UERJ A PARTIR DE INDICADORES CONSTRUÍDOS BASEADOS NO EXAME NACIONAL DE CURSOS: UM SISTEMA NEBULOSO DE AVALIAÇÃO Maria Luiza F. Velloso mlfv@centroin.com.br Universidade

Leia mais

FLÁVIO LUIZ ROSSINI PROJETO DE CONTROLADOR ROBUSTO APLICADO À CADEIRA DE RODAS MÓVEIS VIA ABORDAGEM POR LMIS

FLÁVIO LUIZ ROSSINI PROJETO DE CONTROLADOR ROBUSTO APLICADO À CADEIRA DE RODAS MÓVEIS VIA ABORDAGEM POR LMIS FLÁVIO LUIZ ROSSINI PROJETO DE CONTROLADOR ROBUSTO APLICADO À CADEIRA DE RODAS MÓVEIS VIA ABORDAGEM POR LMIS Londrina 2013 FLÁVIO LUIZ ROSSINI PROJETO DE CONTROLADOR ROBUSTO APLICADO À CADEIRA DE RODAS

Leia mais

IN0997 - Redes Neurais

IN0997 - Redes Neurais IN0997 - Redes Neurais Aluizio Fausto Ribeiro Araújo Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática - CIn Departamento de Sistemas da Computação aluizioa@cin.ufpe.br Conteúdo Objetivos Ementa

Leia mais

Palavras-chave: Modelo de Lotka-Volterra, Lagarta do Cartucho do milho, Controle Biológico.

Palavras-chave: Modelo de Lotka-Volterra, Lagarta do Cartucho do milho, Controle Biológico. ISSN 177-9139 MODELAGEM MATEMÁTICA APLICADA AO CONTROLE BIOLÓGICO DE PRAGAS EM LAVOURAS DE MILHOS. Jéssica C. S. Bueno E-mail: jessica_bsaldivia@hotmail.com Universidade Federal de Pelotas, Departamento

Leia mais

11/07/2012. Professor Leonardo Gonsioroski FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ UNIVERSIDADE DE FORTALEZA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA.

11/07/2012. Professor Leonardo Gonsioroski FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ UNIVERSIDADE DE FORTALEZA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA. FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ UNIVERSIDADE DE FORTALEZA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Aulas anteriores Tipos de Sinais (degrau, rampa, exponencial, contínuos, discretos) Transformadas de Fourier e suas

Leia mais

CONTROLE ROBUSTO DE VEÍCULO SOBRE PLATAFORMA COM RODAS E TRAÇÃO DIFE- RENCIAL UTILIZANDO LMIS

CONTROLE ROBUSTO DE VEÍCULO SOBRE PLATAFORMA COM RODAS E TRAÇÃO DIFE- RENCIAL UTILIZANDO LMIS CONTROLE ROBUSTO DE VEÍCULO SOBRE PLATAFORMA COM RODAS E TRAÇÃO DIFE- RENCIAL UTILIZANDO LMIS NILSON MOUTINHO DOS SANTOS 1, FLAVIO LUIZ ROSSINI 2, MARCIO ROBERTO COVACIC 3 E RUBERLEI GAINO 3. 1. Engenharia

Leia mais

ESTUDO DA DINÂMICA POPULACIONAL DE UM VÍRUS COMPUTACIONAL

ESTUDO DA DINÂMICA POPULACIONAL DE UM VÍRUS COMPUTACIONAL ESTUDO DA DINÂMICA POPULACIONAL DE UM VÍRUS COMPUTACIONAL Aluno: João Henrique Carneiro Orientador: Carlos Frederico Palmeira Introdução Foi feito um estudo sobre dinâmica populacional a fim de buscar

Leia mais

Anais do XV ENCITA 2009, ITA, Outubro, 19-22, 2009,

Anais do XV ENCITA 2009, ITA, Outubro, 19-22, 2009, Anais do 5 O Encontro de Iniciação Científica e Pós-Graduação do ITA XV ENCITA / 009 Instituto Tecnológico de Aeronáutica São José dos Campos SP Brasil Outubro 9 a 009. INTERPOLAÇÃO PARABÓLICA EM INTEGRADOR

Leia mais

Campus de São José do Rio Preto. Relatório Científico

Campus de São José do Rio Preto. Relatório Científico Relatório Científico Título do Evento: I Reunião Regional de Sistemas Dinâmicos da UNESP Local: UNESP Campus de São José do Rio Preto Período: 26 a 28 de maio de 2004 1. Introdução Esse evento, organizado

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA PRODUÇÃO EM PROCESSOS BATELADAS UTILIZANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS

PROGRAMAÇÃO DA PRODUÇÃO EM PROCESSOS BATELADAS UTILIZANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS IX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - Iniciação Científica 03 a 06 de julho de 2011 Maringá, Paraná, Brasil PROGRAMAÇÃO DA PRODUÇÃO EM PROCESSOS BATELADAS UTILIZANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS MIRANDA

Leia mais

Modelo para estimativa de risco operacional e previsão de estoque para equipamentos da Comgás

Modelo para estimativa de risco operacional e previsão de estoque para equipamentos da Comgás Modelo para estimativa de risco operacional e previsão de estoque para equipamentos da Comgás Resumo Marcos Henrique de Carvalho 1 Gabriel Alves da Costa Lima 2 Antonio Elias Junior 3 Sergio Rodrigues

Leia mais

10. Referências Bibliográficas

10. Referências Bibliográficas 10. Referências Bibliográficas ANDRADE, N. F. A., Dimensionamento Plástico para Vigas e Lajes de concreto Armado, Dissertação de Mestrado, PUC, Rio de Janeiro, Brasil, 1992. AMERICAN CONCRETE INSTITUTE,

Leia mais

LINGUAGEM DE ESPECIFICAÇÃO E DESCRIÇÃO (SDL) APLICADA AO PROCESSO DE VERIFICAÇÃO E VALIDAÇÃO DE SISTEMAS REATIVOS

LINGUAGEM DE ESPECIFICAÇÃO E DESCRIÇÃO (SDL) APLICADA AO PROCESSO DE VERIFICAÇÃO E VALIDAÇÃO DE SISTEMAS REATIVOS LINGUAGEM DE ESPECIFICAÇÃO E DESCRIÇÃO (SDL) APLICADA AO PROCESSO DE VERIFICAÇÃO E VALIDAÇÃO DE SISTEMAS REATIVOS Fabiana Fraga Ferreira Bacharelanda em Sistemas de Informação Bolsista de Iniciação Científica

Leia mais

Estudos Pré-Operacionais do Controle de Corrente para Geradores Eólicos

Estudos Pré-Operacionais do Controle de Corrente para Geradores Eólicos Estudos Pré-Operacionais do Controle de Corrente para Geradores Eólicos Camila M. V. Barros 1, Luciano S. Barros 2, Aislânia A. Araújo 1, Iguatemi E. Fonseca 2 1 Mestrado em Ciência da Computação Universidade

Leia mais

Uma Avaliação do Uso de um Modelo Contínuo na Análise de Dados Discretos de Sobrevivência

Uma Avaliação do Uso de um Modelo Contínuo na Análise de Dados Discretos de Sobrevivência TEMA Tend. Mat. Apl. Comput., 7, No. 1 (2006), 91-100. c Uma Publicação da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional. Uma Avaliação do Uso de um Modelo Contínuo na Análise de Dados Discretos

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMA MULTIMIDIA PARA O ENSINO DEDINÂMICA DE MÚLTIPLOS CORPOS

DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMA MULTIMIDIA PARA O ENSINO DEDINÂMICA DE MÚLTIPLOS CORPOS DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMA MULTIMIDIA PARA O ENSINO DEDINÂMICA DE MÚLTIPLOS CORPOS Ilmar Ferreira Santos Rodrigo Fernandes de Carvalho UNICAMP - Faculdade de Engenharia Mecânica Departamento de Projeto

Leia mais

Table 1. Dados do trabalho

Table 1. Dados do trabalho Título: Desenvolvimento de geradores de aplicação configuráveis por linguagens de padrões Aluno: Edison Kicho Shimabukuro Junior Orientador: Prof. Dr. Paulo Cesar Masiero Co-Orientadora: Prof a. Dr. Rosana

Leia mais

Root Locus (Método do Lugar das Raízes)

Root Locus (Método do Lugar das Raízes) Root Locus (Método do Lugar das Raízes) Ambos a estabilidade e o comportamento da resposta transitória em um sistema de controle em malha fechada estão diretamente relacionadas com a localização das raízes

Leia mais

Projeto e implementação de um sistema de controle em malha fechada para transmissão hidrostática usando o sistema Field Point da NI

Projeto e implementação de um sistema de controle em malha fechada para transmissão hidrostática usando o sistema Field Point da NI Projeto e implementação de um sistema de controle em malha fechada para transmissão hidrostática usando o sistema Field Point da NI "A implementação do sistema SCADA usando Field Point e interface LabVIEW,

Leia mais

x0 = 1 x n = 3x n 1 x k x k 1 Quantas são as sequências com n letras, cada uma igual a a, b ou c, de modo que não há duas letras a seguidas?

x0 = 1 x n = 3x n 1 x k x k 1 Quantas são as sequências com n letras, cada uma igual a a, b ou c, de modo que não há duas letras a seguidas? Recorrências Muitas vezes não é possível resolver problemas de contagem diretamente combinando os princípios aditivo e multiplicativo. Para resolver esses problemas recorremos a outros recursos: as recursões

Leia mais

RASTREAMENTO GLOBAL E EXATO DE SISTEMAS INCERTOS UTILIZANDO UM DIFERENCIADOR EXATO NÃO-HOMOGÊNEO

RASTREAMENTO GLOBAL E EXATO DE SISTEMAS INCERTOS UTILIZANDO UM DIFERENCIADOR EXATO NÃO-HOMOGÊNEO RASTREAMENTO GLOBAL E EXATO DE SISTEMAS INCERTOS UTILIZANDO UM DIFERENCIADOR EXATO NÃO-HOMOGÊNEO Paulo Victor N M Vidal, Andrei Battistel, Eduardo V L Nunes Dept de Eng Eletrônica e de Computação, Universidade

Leia mais

Amplificadores lineares e filtros

Amplificadores lineares e filtros Instrumentação de Controle - 167347 Departamento de Engenharia Elétrica (ENE) Universidade de Brasília (UnB) Amplificadores lineares e filtros Tópicos Características de amplificadores operacionais Amplificadores

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO POR ESPAÇOS DE ESTADOS DE UM MÓDULO SERVO-MECANISMO DIDÁTICO

IDENTIFICAÇÃO POR ESPAÇOS DE ESTADOS DE UM MÓDULO SERVO-MECANISMO DIDÁTICO IDENTIFICAÇÃO POR ESPAÇOS DE ESTADOS DE UM MÓDULO SERVO-MECANISMO DIDÁTICO Vlademir Aparecido Freire Junior vlad_freire@hotmail.com Alessandro do Nascimento Vargas avargas@utfpr.edu.br Cristiano Marcos

Leia mais

ANÁLISE LINEAR DE SISTEMAS

ANÁLISE LINEAR DE SISTEMAS ANÁLISE LINEAR DE SISTEMAS JOSÉ C. GEROMEL DSCE / Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação UNICAMP, CP 6101, 13083-970, Campinas, SP, Brasil, geromel@dsce.fee.unicamp.br Campinas, Janeiro de 2007

Leia mais

16 Congresso de Iniciação Científica DESENVOLVIMENTO DO SISTEMA PARA MONITORAMENTO DE DADOS EM HSM (HIGH SPEED MACHINING)

16 Congresso de Iniciação Científica DESENVOLVIMENTO DO SISTEMA PARA MONITORAMENTO DE DADOS EM HSM (HIGH SPEED MACHINING) 16 Congresso de Iniciação Científica DESENVOLVIMENTO DO SISTEMA PARA MONITORAMENTO DE DADOS EM HSM (HIGH SPEED MACHINING) Autor(es) OLIVEIRO LEUTWILER NETO Orientador(es) KLAUS SCHüTZER Apoio Financeiro

Leia mais

TÍTULO: PROPOSTA DE METODOLOGIA BASEADA EM REDES NEURAIS ARTIFICIAIS MLP PARA A PROTEÇÃO DIFERENCIAL DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA

TÍTULO: PROPOSTA DE METODOLOGIA BASEADA EM REDES NEURAIS ARTIFICIAIS MLP PARA A PROTEÇÃO DIFERENCIAL DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA TÍTULO: PROPOSTA DE METODOLOGIA BASEADA EM REDES NEURAIS ARTIFICIAIS MLP PARA A PROTEÇÃO DIFERENCIAL DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS

Leia mais

Hipóteses Estatísticas Testadas por Diversos Softwares em Modelos com Dois Fatores Cruzados e Dados Desbalanceados

Hipóteses Estatísticas Testadas por Diversos Softwares em Modelos com Dois Fatores Cruzados e Dados Desbalanceados TEMA Tend. Mat. Apl. Comput., 5, No. 1 (24), 117-124. c Uma Publicação da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional. Hipóteses Estatísticas Testadas por Diversos Softwares em Modelos

Leia mais

MODIFICAÇÃO DO TESTE DE NORMALIDADE DE SHAPIRO-WILK MULTIVARIADO DO SOFTWARE ESTATÍSTICO R

MODIFICAÇÃO DO TESTE DE NORMALIDADE DE SHAPIRO-WILK MULTIVARIADO DO SOFTWARE ESTATÍSTICO R MODIFICAÇÃO DO TESTE DE NORMALIDADE DE SHAPIRO-WILK MULTIVARIADO DO SOFTWARE ESTATÍSTICO R Roberta Bessa Veloso 1, Daniel Furtado Ferreira 2, Eric Batista Ferreira 3 INTRODUÇÃO A inferência estatística

Leia mais

Critérios para Apoiar a Decisão Sobre o Momento de Parada dos Testes de Software

Critérios para Apoiar a Decisão Sobre o Momento de Parada dos Testes de Software Critérios para Apoiar a Decisão Sobre o Momento de Parada dos Testes de Software Victor Vidigal Ribeiro Guilherme Horta Travassos {vidigal, ght}@cos.ufrj.br Agenda Introdução Resultados da revisão Corpo

Leia mais

AMBIENTE GRÁFICO PARA VISUALIZAÇÃO DE FLUXOS E PERDAS EM REDES ELÉTRICAS

AMBIENTE GRÁFICO PARA VISUALIZAÇÃO DE FLUXOS E PERDAS EM REDES ELÉTRICAS AMBIENTE GRÁFICO PARA VISUALIZAÇÃO DE FLUXOS E PERDAS EM REDES ELÉTRICAS Delberis A. Lima delberis@aluno.feis.unesp.br Eduardo S. Hoji shigueo@aluno.feis.unesp.br Antônio M. Cossi cossi@aluno.feis.unesp.br

Leia mais

Uso da Computação Por Intervalos para Cálculo de Ponto Fixo de um Mapa Discreto

Uso da Computação Por Intervalos para Cálculo de Ponto Fixo de um Mapa Discreto Proceeding Series of the Brazilian Society of Computational and Applied Mathematics Uso da Computação Por Intervalos para Cálculo de Ponto Fixo de um Mapa Discreto Heitor Magno Rodrigues Junior 1 Programa

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE LIVRE OCTAVE EM FENÔMENOS DE TRANSPORTES

UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE LIVRE OCTAVE EM FENÔMENOS DE TRANSPORTES UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE LIVRE OCTAVE EM FENÔMENOS DE TRANSPORTES Paulo Roberto Paraíso paulo@deq.uem.br Universidade Estadual de Maringá Departamento de Engenharia Química Endereço : Av. Colombo, 5790 -

Leia mais

Método de Eliminação de Gauss. Eduardo Camponogara

Método de Eliminação de Gauss. Eduardo Camponogara Sistemas de Equações Lineares Método de Eliminação de Gauss Eduardo Camponogara Departamento de Automação e Sistemas Universidade Federal de Santa Catarina DAS-5103: Cálculo Numérico para Controle e Automação

Leia mais

Emails: paulo.pras@hotmail.com, anderson_vargas@uol.com.br, luiz_fernandoh@hotmail.com, phcoelho@uerj.br

Emails: paulo.pras@hotmail.com, anderson_vargas@uol.com.br, luiz_fernandoh@hotmail.com, phcoelho@uerj.br CONTROLE DE NÍVEL EM TANQUES ACOPLADOS USANDO SISTEMAS INTELIGENTES Paulo R. A. da Silva, Anderson V. de Souza, Luiz F. Henriques, Pedro H. G. Coelho Departamento de Engenharia Eletrônica e Telecomunicações,

Leia mais

ANÁLISE DO PROCESSO DE MISTURA DE ÁGUA E CAL UTILIZANDO O SCILAB

ANÁLISE DO PROCESSO DE MISTURA DE ÁGUA E CAL UTILIZANDO O SCILAB ANÁLISE DO PROCESSO DE MISTURA DE ÁGUA E CAL UTILIZANDO O SCILAB Brunela Bonatto Milli 1, Danielly Cristina Gripa 2, George Simonelli 3, Victor Matheus Alves 4 1. Graduada em Engenharia Química pela Faculdade

Leia mais

SIAPDI: um sistema de processamento distribuído de imagens medicas com CORBA

SIAPDI: um sistema de processamento distribuído de imagens medicas com CORBA SIAPDI: um sistema de processamento distribuído de imagens medicas com CORBA Euclides de Moraes Barros Junior, M.Sc - UFSC O SIAPDI O desenvolvimento deste trabalho teve como motivação solucionar os problemas

Leia mais

Artigo Original. Derivative feedback and Takagi-Sugeno fuzzy model for knee joint angle control of paraplegic patients using accelerometers

Artigo Original. Derivative feedback and Takagi-Sugeno fuzzy model for knee joint angle control of paraplegic patients using accelerometers Volume 7, Número, p. 67-78, Artigo Original DOI:.43/rbeb..6 Realimentação derivativa e modelo fuzzy Takagi-Sugeno para controle da articulação do joelho de pacientes paraplégicos com o uso de acelerômetros

Leia mais

Faculdade de Engenharia Optimização. Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu

Faculdade de Engenharia Optimização. Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu 1 Programação Não Linear Aula 25: Programação Não-Linear - Funções de Uma única variável Mínimo; Mínimo Global; Mínimo Local; Optimização Irrestrita; Condições Óptimas; Método da Bissecção; Método de Newton.

Leia mais

Controle Robusto Tema: Análise e Controle de Sistemas Lineares via LMIs

Controle Robusto Tema: Análise e Controle de Sistemas Lineares via LMIs Aula 1 395480 Controle Robusto Tema: Análise e Controle de Sistemas Lineares via LMIs Prof. Eduardo Stockler Tognetti Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas Eletrônicos e de Automação (PGEA)

Leia mais

SIMULAÇÕES COMPUTACIONAIS DE VIGA UNIDIMENSIONAL VIA SOFTWARE CATIA COMPUTER SIMULATION OF ONE-DIMENSIONAL BEAM BY SOFTWARE CATIA

SIMULAÇÕES COMPUTACIONAIS DE VIGA UNIDIMENSIONAL VIA SOFTWARE CATIA COMPUTER SIMULATION OF ONE-DIMENSIONAL BEAM BY SOFTWARE CATIA SIMULAÇÕES COMPUTACIONAIS DE VIGA UNIDIMENSIONAL VIA SOFTWARE CATIA Edgar Della Giustina (1) (edgar.giustina@pr.senai.br), Luis Carlos Machado (2) (luis.machado@pr.senai.br) (1) Faculdade de Tecnologia

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DOS PARÂMETROS DE UM MODELO DE BOMBA EM SISTEMAS DE BOMBEIO CENTRÍFUGO SUBMERSO

OTIMIZAÇÃO DOS PARÂMETROS DE UM MODELO DE BOMBA EM SISTEMAS DE BOMBEIO CENTRÍFUGO SUBMERSO OTIMIZAÇÃO DOS PARÂMETROS DE UM MODELO DE BOMBA EM SISTEMAS DE BOMBEIO CENTRÍFUGO SUBMERSO Ana Carla Costa Andrade 1, André Laurindo Maitelli 2, Carla Wilza Souza de Paula Maitelli 3 1 Universidade Federal

Leia mais

Ótimo de Pragas: Modelos Linearizados, Funcional Quadrático 1. Controle

Ótimo de Pragas: Modelos Linearizados, Funcional Quadrático 1. Controle TEMA Tend. Mat. Apl. Comput., 5, No. 1 2004, 145-154. c Uma Publicação da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional. Controle Ótimo de Pragas: Modelos Linearizados, Funcional Quadrático

Leia mais

Modelos Variáveis de Estado

Modelos Variáveis de Estado Modelos Variáveis de Estado Introdução; Variáveis de Estados de Sistemas Dinâmicos; Equação Diferencial de Estado; Função de Transferência a partir das Equações de Estados; Resposta no Domínio do Tempo

Leia mais

Modelo Matemático no Espaço de Estados de uma Caldeira de Vapor Aquatubular

Modelo Matemático no Espaço de Estados de uma Caldeira de Vapor Aquatubular Trabalho apresentado no XXXV CNMAC, Natal-RN, 2014. Modelo Matemático no Espaço de Estados de uma Caldeira de Vapor Aquatubular Aline F. Bianco, Vinícius dos R. A. Ferreira, Leandro R. Mattioli Departamento

Leia mais

Rede de Elementos Caóticos Acoplados Globalmente

Rede de Elementos Caóticos Acoplados Globalmente Rede de Elementos Caóticos Acoplados Globalmente Rosagela Follmann 1, Elbert E. N. Macau 2 1 Programa de Pós-graduação em Computação Aplicada - CAP Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE 2 Laboratório

Leia mais

Pontos de Pedido Fuzzy: Otimizando Níveis de Estoque por meio de Experiência Gerencial

Pontos de Pedido Fuzzy: Otimizando Níveis de Estoque por meio de Experiência Gerencial Pontos de Pedido Fuzzy: Otimizando Níveis de Estoque por meio de Experiência Gerencial Henrique Ewbank Estudante do 1º ano de doutorado em Administração de Empresas do Instituto COPPEAD de Administração

Leia mais

Validação Experimental do Modelo Matemático de 3ª. Ordem para um Atuador Pneumático

Validação Experimental do Modelo Matemático de 3ª. Ordem para um Atuador Pneumático Trabalho apresentado no CMAC-Sul, Curitiba-PR, 2014. Validação Experimental do Modelo Matemático de 3ª. Ordem para um Atuador Pneumático Claudio da S. dos Santos, Sandra E. B. Viecelli, Antonio C. Valdiero,

Leia mais

PLANEJAMENTO FATORIAL: UMA FERRAMENTA PODEROSA PARA OS PESQUISADORES

PLANEJAMENTO FATORIAL: UMA FERRAMENTA PODEROSA PARA OS PESQUISADORES PLANEJAMENTO FATORIAL: UMA FERRAMENTA PODEROSA PARA OS PESQUISADORES Mary R. M. Marinho - maryroberta@terra.com.br Universidade Federal de Campina Grande, Departamento de Engenharia Mecânica Av Aprígio

Leia mais

Abstract. R. F. Brito 1, S. R. de Carvalho 2, S. M. M. de L. e Silva 3

Abstract. R. F. Brito 1, S. R. de Carvalho 2, S. M. M. de L. e Silva 3 Estimativa Do Fluxo De Calor Em Uma Ferramenta De Corte Durante Um Processo De Usinagem Com O Uso Do Software COMSOL Multiphysics E De Técnicas De Problemas Inversos R. F. Brito 1, S. R. de Carvalho 2,

Leia mais

ANÁLISE DE PRÉ-PROCESSAMENTO NO DESEMPENHO DE PREVISÃO DE SÉRIES TEMPORAIS FINANCEIRAS

ANÁLISE DE PRÉ-PROCESSAMENTO NO DESEMPENHO DE PREVISÃO DE SÉRIES TEMPORAIS FINANCEIRAS Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática Graduação em Ciência da Computação ANÁLISE DE PRÉ-PROCESSAMENTO NO DESEMPENHO DE PREVISÃO DE SÉRIES TEMPORAIS FINANCEIRAS PROPOSTA DE TRABALHO DE

Leia mais

CONTROLADOR DO TIPO LQG (LINEAR QUADRÁTICO GAUSSIANO)

CONTROLADOR DO TIPO LQG (LINEAR QUADRÁTICO GAUSSIANO) ELINTON LUIZ LEGUENZA, RENÊ ROBERT E JOSÉ. A. GIACOMETTI CONTROLADOR DO TIPO LQG (LINEAR QUADRÁTICO GAUSSIANO) ROBERTO SELOW Professor - Engenharia Elétrica e Engenharia da Computação - UnicenP/Centro

Leia mais

ESTUDO DE CASO: LeCS: Ensino a Distância

ESTUDO DE CASO: LeCS: Ensino a Distância ESTUDO DE CASO: LeCS: Ensino a Distância HERMOSILLA, Lígia Docente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais de Garça FAEG - Labienópolis - CEP 17400-000 Garça (SP) Brasil Telefone (14) 3407-8000

Leia mais

Condições Sucientes para a propriedade da dualidade fraca para o Problema Dual Multiobjetivo de Mond-Weir. 1 Introdução. Luiz L.

Condições Sucientes para a propriedade da dualidade fraca para o Problema Dual Multiobjetivo de Mond-Weir. 1 Introdução. Luiz L. Condições Sucientes para a propriedade da dualidade fraca para o Problema Dual Multiobjetivo de Mond-Weir Luiz L. de Salles Neto, Instituto de Ciência e Tecnologia - UNIFESP, 12340-000, São José dos Campos,

Leia mais

carlosoc@das.ufsc.br, moreno@das.ufsc.br

carlosoc@das.ufsc.br, moreno@das.ufsc.br SISTEMAS DE CONTROLE ACIONADO POR EVENTO BASEADO NA VARIÂNCIA DA SAÍDA E DO CONTROLE Carlos F. O. C Neves, Ubirajara F. Moreno Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Automação e Sistemas (PPGEAS) Universidade

Leia mais

Inteligência Computacional Aplicada a Engenharia de Software

Inteligência Computacional Aplicada a Engenharia de Software Inteligência Computacional Aplicada a Engenharia de Software Estudo de caso III Prof. Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br Introdução Em alguns ambientes industriais, pode ser necessário priorizar

Leia mais

MODELAGEM COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS DE PRIMEIRA ORDEM E APLICAÇÕES À ECONOMIA

MODELAGEM COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS DE PRIMEIRA ORDEM E APLICAÇÕES À ECONOMIA MODELAGEM COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS DE PRIMEIRA ORDEM E APLICAÇÕES À ECONOMIA PAULO, João Pedro Antunes de Universidade Estadual de Goiás UnU de Iporá jpadepaula@hotmail.com RESUMO Esta pesquisa foi feita

Leia mais

COERÊNCIA DO CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO EM FACE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS

COERÊNCIA DO CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO EM FACE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS COERÊNCIA DO CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO EM FACE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS O documento que serviu de base para a análise a seguir é o denominado "Diretrizes Curriculares

Leia mais

Controle de Veículos Aéreos

Controle de Veículos Aéreos 12, 13 e 14/11/2014, Parnaíba-PI Controle de Veículos Aéreos Prof. Dr. Mário Sarcinelli Filho Universidade Federal do Espírito Santo UFES Bolsista de Produtividade em Pesquisa PQ-2 do CNPq Orientador de

Leia mais

Uma lei que associa mais de um valor y a um valor x é uma relação, mas não uma função. O contrário é verdadeiro (isto é, toda função é uma relação).

Uma lei que associa mais de um valor y a um valor x é uma relação, mas não uma função. O contrário é verdadeiro (isto é, toda função é uma relação). 5. FUNÇÕES DE UMA VARIÁVEL 5.1. INTRODUÇÃO Devemos compreender função como uma lei que associa um valor x pertencente a um conjunto A a um único valor y pertencente a um conjunto B, ao que denotamos por

Leia mais