Curso Técnico em Informática Organização Curricular. A carga horária total dos módulos é oferecida conforme quadro síntese abaixo:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Curso Técnico em Informática Organização Curricular. A carga horária total dos módulos é oferecida conforme quadro síntese abaixo:"

Transcrição

1 FEDERAÇÃO DOS CÍRCULOS OPERÁRIOS DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA TÉCNICA SANTO INÁCIO Estrada Costa Gama, nº 1009 Belém Velho - Porto Alegre RS Fone: (51) Curso Técnico em Informática Organização Curricular A carga horária total dos módulos é oferecida conforme quadro síntese abaixo: MÓDULOS CARGA HORÁRIA TOTAL I 334h 1000 horas e 360 horas II 302h de estágio III 364h Os componentes curriculares estão dispostos conforme síntese abaixo: MÓDULO COMPONENTES CARGA CURRICULARES HORÁRIA PRÉ-REQUISITOS Informática Básica I Sistemas Operacionais Programação I Matemática II Programação II 110 Sistemas Operacionais, Programação I Banco de Dados 128 Sistemas Operacionais, Programação I Engenharia de Software I 64 Sistemas Operacionais, Programação I Programação III 108 Programação II III Tópicos Avançados de programação 128 Programação II Engenharia de Software 64 Engenharia de Software I Projeto Integrador 80 Matrícula ou aprovação em todos componentes

2 A) COMPONENTES CURRICULARES (1) Informática Básica Identificar os componentes dos computadores e seus periféricos, analisando o funcionamento e relacionamento entre eles. Identificar e utilizar os principais programas aplicativos na resolução de problemas. Identificar e utilizar ambientes de programação, aplicando-os no desenvolvimento de software. Desenvolver algoritmos através de divisão modular e refinamentos sucessivos. Interpretar pseudocódigos, algoritmos e outras especificações para codificar programas. Arquitetura geral de computadores. Operação de programas de computador. Configuração de programas de computador. Programas dedicados. Lógica computacional. Algoritmos e pseudocódigos. Técnicas de programação. Linguagens de programação. (2) Matemática Utilizar as ferramentas matemáticas para familiarizar-se com os problemas aplicados no curso. Funções Trigonometria Sistema de equações lineares Derivada e integral de funções Vetores 2

3 (3) Sistemas Operacionais Analisar as funções dos sistemas operacionais, utilizando suas ferramentas e recursos em atividades de configuração, manipulação de arquivos e segurança. Distinguir arquiteturas de sistemas operacionais, identificando as vantagens e limitações de cada opção. Sistema Operacional. Noções de Sistemas de Multiprogramas e Multiusuários. Gerenciamento de Arquivos. Gerenciamento de Memória. Gerenciamento de Dispositivos. Gerenciamento de Processos. Sistemas Operacionais multiprocessadores. (4) Programação I Escolher melhor estratégia para solução computacional de um dado problema. Codificar algoritmos utilizando uma linguagem de programação. Interpretar pseudocódigos, algoritmos e outras especificações para codificar programas. Distinguir e avaliar linguagens e ambientes de programação, aplicando-os no desenvolvimento de software. Avaliar resultados de testes dos programas desenvolvidos. Lógica Computacional Algoritmos e pseudocódigos Linguagens de Programação Tabelas-Verdade Variáveis, constantes, operadores aritméticos, lógicos e relacionais. Linguagem de programação C Estruturas de seleção e repetição Vetores e matrizes 3

4 Registros Funções e procedimentos Utilização e criação de bibliotecas Operações de entrada/saída em arquivos Ponteiros de memória (5) Programação II Escolher melhor estratégia para solução computacional de um dado problema. Codificar algoritmos utilizando uma linguagem de programação. Interpretar pseudocódigos, algoritmos e outras especificações para codificar programas. Distinguir e avaliar linguagens e ambientes de programação, aplicando-os no desenvolvimento de software. Avaliar resultados de testes dos programas desenvolvidos. Programação orientada a objetos. Hierarquia de classes. Encapsulamento de dados. Sobrecarga e sobrescrita de métodos. Tipos básicos de estruturas de dados: listas, pilhas, filas. Persistência de dados através da conexão com banco de dados. Construção de interfaces gráficas de software. (6) Banco de Dados Conhecer os principais elementos de um banco de dados. Modelar a estrutura de um banco de dados. Conhecer a linguagem SQL para programação em banco de dados. Definir perfis de acessos diferentes para um banco de dados. Conhecer os principais modelos de bancos de dados da atualidade. Conhecer e utilizar estruturas de dados na resolução de problemas computacionais. Elaborar consultas ao banco de dados. Dominar o processo de desenvolvimento de websites. 4

5 Modelos de banco de dados. Arquitetura de um banco de dados Normalização Projeto e implantação de um banco de dados. Banco de dados Ferramentas de banco de dados Linguagem SQL Sistemas gerenciadores de bancos de dados Estrutura de dados aplicadas a banco de dados Tipos de armazenamento e métodos de acessos aos dados (7) Engenharia de Software I e II Conhecer e escolher modelos, utilizando técnicas e ferramentas para auxiliar o processo de desenvolvimento de softwares com qualidade, empregando a UML. Conceitos, ciclo de vida e de desenvolvimento de software. Análise de requisitos e especificações de software. Modelagem, teste e aspectos relacionados à qualidade de softwares. Manutenção dos sistemas de software. Uso de ferramentas CASE. (8) Programação III Escolher melhor estratégia para solução computacional de um dado problema. Codificar algoritmos utilizando uma linguagem de programação. Interpretar pseudocódigos, algoritmos e outras especificações para codificar programas. Distinguir e avaliar linguagens e ambientes de programação, aplicando-os no desenvolvimento de software. Avaliar resultados de testes dos programas desenvolvidos. 5

6 Arquitetura da web: navegadores, servidores de página e de aplicações. Construção de aplicações para a Web. Prototipação de sistemas. Aplicações web com JSP e JSTL. (9) Tópicos Avançados de Programação Conhecer e utilizar o sincronismo de processo em Java. Conhecer e desenvolver Threads em Java. Conhecer e utilizar bibliotecas para a construção de sistemas distribuídos. Threads em Java. Programação concorrente. Sincronismo de processos em Java. Aplicativos de rede P2P e cliente-servidor. (10) Projeto Integrador Avaliar demandas no âmbito da área profissional. Propor soluções com viabilidade técnica e econômica. Identificar fontes de pesquisa sobre o objeto em estudo. Constituir amostras para pesquisas técnicas de forma criteriosa e explicitada. Estudo do cenário da área profissional. Identificação e definição de temas para o Projeto Integrador. Definição do cronograma de trabalho. Técnicas de Pesquisa. Problematização. Construção de hipóteses. Objetivos gerais e específicos Justificativa 6

7 B) ESTÁGIO SUPERVISIONADO O Estágio Supervisionado tem por objetivos: Estabelecer a relação entre prática e teoria. Desenvolver uma postura profissional adequada ao trabalho. Integrar-se em uma equipe entendendo a importância do desenvolvimento de boas relações entre diversos profissionais. O Estágio Supervisionado do Curso, com carga horária de 360 horas, realiza-se em empresas conveniadas, concomitantemente ao Curso. O Estágio Supervisionado é planejado e supervisionado por um Docente Coordenador Técnico designado pela Escola. Durante o Estágio Supervisionado, o aluno deve apresentar planos de trabalho, relatórios e fichas de auto avaliação, e comparecer a reuniões estabelecidas pelo Docente Coordenador Técnico, previamente definidas conforme consta no Regimento Escolar, ou, em casos excepcionais, mediante critério do mesmo. O aluno concluinte pode realizar Estágio Supervisionado no prazo máximo de dois anos, após a conclusão do Curso. Caso realize Estágio Supervisionado após dois anos de conclusão do Curso, poderá fazê-lo mediante adaptação de currículo, se necessário. Compete à Orientação de Estágio: auxiliar os alunos na elaboração dos planejamentos; orientá-los quanto as técnicas e métodos a serem usados; observar e avaliar o desempenho dos alunos em sua prática, emitindo pareceres; exigir, no estágio, a aplicabilidade de conhecimentos adquiridos teoricamente; participar de todas as reuniões previstas relacionadas ao estágio. Aproveitamento de Estudos Para prosseguimento de estudos, a Escola pode promover o aproveitamento de conhecimentos e experiências anteriores do aluno, desde que diretamente relacionados com o perfil profissional de conclusão da respectiva qualificação ou habilitação profissional, que tenham sido desenvolvidos: em cursos de qualificação profissional de, no mínimo, 160 horas de duração, mediante avaliação do estudante; no ensino médio, quando já estiver cursando; em qualificações profissionais e etapas ou módulos de nível de educação profissional concluídos em outros cursos; em processos formais de certificação profissional por reconhecimento, em processos formais de certificação profissional realizado em instituição devidamente credenciada pelo órgão normativo do respectivo sistema de ensino ou no âmbito de sistemas nacionais de certificação profissional. O estudo da documentação é realizado pelo Serviço de Supervisão Escolar, assessorado por professores da área e/ou disciplinas específicas do curso. 7

8 Critérios de avaliação da aprendizagem aplicados aos alunos do curso A avaliação do aluno é processo sistemático, contínuo e cumulativo, de acompanhar, assistir e controlar seu crescimento em relação ao produto final desejado. A avaliação, em consonância com os objetivos previstos, abrange aspectos qualitativos e quantitativos incluindo o desenvolvimento de atitudes, competências e habilidades. A expressão dos resultados do aproveitamento do aluno se faz através de Pareceres Descritivos elaborados pelos professores. Estudos de Recuperação Ao aluno com dificuldade são oferecidos estudos de recuperação, sob a modalidade de atividades de reforço obrigatórias, realizadas em sala de aula, sob a supervisão do professor, em horários alternativos, agendados previamente de comum acordo entre professor e aluno, sendo necessária a ciência da Escola. Considera-se aprovado o aluno que recebe parecer favorável em seu desempenho, em cada componente curricular. Na avaliação final de Curso o aluno é considerado apto (A) ou não apto (NA) em face do perfil de conclusão. O aluno recebe os resultados de seu aproveitamento através do Parecer Descritivo. 8

Integralização: A) TEMPO TOTAL MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS MÁXIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS B) TEMPO ÚTIL (Carga Horária) = 2.

Integralização: A) TEMPO TOTAL MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS MÁXIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS B) TEMPO ÚTIL (Carga Horária) = 2. Curso: Graduação: Regime: Duração: MATRIZ CURRICULAR ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS (Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação) TECNOLÓGICA SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h Unidade Curricular C/H Semestral Pré-Requisito Matemática

Leia mais

Perfil Profissional do Módulo de Especialização Técnica em Java com Websphere e Rational

Perfil Profissional do Módulo de Especialização Técnica em Java com Websphere e Rational Perfil Profissional do Módulo de Especialização Técnica em Java com Websphere e Rational Perfil: Desenvolvem e operam sistemas em Linguagem de Programação Java (JEE); configuram servidores de aplicação;

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012 Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MATRIZ(ES) CURRICULAR(ES): 2011 ALTERAÇÕES PASSAM A VIGORAR A PARTIR DO SEMESTRE: 2015.1 Banco de Dados I Estudo dos aspectos de modelagem

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional. O presente processo foi instruído com a seguinte documentação:

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional. O presente processo foi instruído com a seguinte documentação: INTERESSADO: Centro Educacional AEC EMENTA: Recredencia o Centro Educacional AEC, sediado na Avenida Oliveira Paiva, 1393, Cidade dos Funcionários, CEP: 60.822-131, nesta capital, e renova o reconhecimento

Leia mais

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet - TDS 2005/1 Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet 1 DADOS LEGAIS: Reconhecido

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO EXTENSÃO E.E.

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO EXTENSÃO E.E. Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO EXTENSÃO E.E. ÍNDIA VANUÍRE CÓDIGO: 136 MUNICÍPIO: TUPÃ EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO HABILITAÇÃO PROFISSIONAL:

Leia mais

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Ciência da Computação Modalidade: ( X ) bacharelado ( ) licenciatura Local de funcionamento: Coração Eucarístico 01 PERFIL DO CURSO O curso de Ciência da Computação

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS - DEX UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS - DEX UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA 1 REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS - DEX UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Em consonância

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO A disciplina aborda o estudo da área de Informática como um todo, e dos conceitos fundamentais,

Leia mais

Desenvolvendo um Ambiente de Aprendizagem a Distância Utilizando Software Livre

Desenvolvendo um Ambiente de Aprendizagem a Distância Utilizando Software Livre Desenvolvendo um Ambiente de Aprendizagem a Distância Utilizando Software Livre Fabrício Viero de Araújo, Gilse A. Morgental Falkembach Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção - PPGEP Universidade

Leia mais

Curso Técnico em Agroecologia

Curso Técnico em Agroecologia Curso Técnico em Agroecologia Nível/Grau/Forma: Médio/Técnico/Integrado Vagas: 25 Turno: Integral Duração: 3 anos + estágio Perfil do Egresso O Técnico em Agroecologia deverá ser um profissional com formação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES.

PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. ETEC RAPOSO TAVARES, SÃO PAULO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO N 225/09/2015 de 21/10/2015. Processo n 6585/2015 AVISO DE DEFERIMENTO

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO O curso de Sistemas de Informação teve início no segundo semestre de 003 e desde então vem formando profissionais capacitados a atuar no mercado

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5154/04 e Lei Federal nº 11741/08) PLANO DE CURSO Área Tecnológica: Tecnologia

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2009.1A Atualizado em 10 de junho BRUSQUE de 2013 pela Assessoria (SC) de Desenvolvimento 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ADMINISTRAÇÃO GERAL...

Leia mais

PROCESSO N 685/2009 PROTOCOLO N.º 7.648.915-7 PARECER CEE/CEB N.º 829/10 APROVADO EM 05/08/10

PROCESSO N 685/2009 PROTOCOLO N.º 7.648.915-7 PARECER CEE/CEB N.º 829/10 APROVADO EM 05/08/10 PROTOCOLO N.º 7.648.915-7 PARECER CEE/CEB N.º 829/10 APROVADO EM 05/08/10 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL ULYSSES GUIMARÃES ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL MUNICÍPIO: FOZ

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( X ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Objetivos e Ementas das disciplinas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Objetivos e Ementas das disciplinas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Objetivos e Ementas das disciplinas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Código Disciplina Sigla Objetivos Ementa 1001 ADMINISTRAÇÃO GERAL ADM GERAL Ao final da disciplina o aluno será capaz de: ter

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Plano de Trabalho Docente - 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça - SP Eixo Tecnológico: Controle e Processo Industrial Habilitação

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Relação de s Informação e Comunicação Aprendizagem Código Capacitação 252 Administrador de Banco de Dados 253 Administrador de Redes 1195 Cadista 1291 Desenhista

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Componente Curricular: Desenho Auxiliado por Computador II

Plano de Trabalho Docente 2012. Componente Curricular: Desenho Auxiliado por Computador II Plano de Trabalho Docente 2012 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Ensino Técnico Código: 088 Município:Garça Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico de Nível Médio

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

PLANO DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM CURSOS TÉCNICOS. 2. Tipo Estudo de Caso X Situação Problema Pesquisa Projeto

PLANO DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM CURSOS TÉCNICOS. 2. Tipo Estudo de Caso X Situação Problema Pesquisa Projeto PLANO DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM CURSOS TÉCNICOS 1. Identificação Curso Técnico em Informática Unidade São José Coordenador da S.A Walter André de Almeida Pires Unidade(s) Curricular(es) Envolvida(s)

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: Técnico em Desenho de Construção Civil

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: Técnico em Desenho de Construção Civil Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC MASSUYUKI KAWANO Código: 9136 Município: Tupã - SP Eixo Tecnológico: Construção Civil Habilitação Profissional: Técnico em Desenho de Construção Civil

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS TÉCNICOS SUBSEQUENTES, ENSINO TÉCNICO INTEGRADO AO MÉDIO E CURSOS PROEJA RETIFICAÇÃO Nº. 01, DE 03 DE SETEMBRO 2014.

PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS TÉCNICOS SUBSEQUENTES, ENSINO TÉCNICO INTEGRADO AO MÉDIO E CURSOS PROEJA RETIFICAÇÃO Nº. 01, DE 03 DE SETEMBRO 2014. ENTRADA / SEMESTRE PESSOA COM DEFICIÊNCIA (A) AMPLA CONCORRÊNCIA(B) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS TÉCNICOS SUBSEQUENTES, ENSINO TÉCNICO INTEGRADO AO MÉDIO E CURSOS PROEJA Edital

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 5, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 5, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 5, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1 Institui as Diretrizes Curriculares para o curso de graduação em Engenharia

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS PARA CUMPRIMENTO DOS CURRÍCULOS DOS CURSOS DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

DIRETRIZES GERAIS PARA CUMPRIMENTO DOS CURRÍCULOS DOS CURSOS DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DIRETRIZES GERAIS PARA CUMPRIMENTO DOS CURRÍCULOS DOS CURSOS DE ENSINO MÉDIO I. INTRODUÇÃO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Compete à Unidade de Ensino Médio e Técnico (Cetec) orientar as unidades de ensino, expedindo

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5.154/04 e Lei Federal nº 11.741/2008) PLANO DE CURSO Área: Manutenção Mecânica

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação Nome da Mantida: Centro

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça EE: Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 13/11/2002, publicado no DODF de 14/11/2002, p. 18. Portaria nº 474, de 29/11/2002, publicada no DODF de 9/12/2002, p.11. Parecer nº 215/2002-CEDF Processo

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Síntese do Projeto Pedagógico do curso Objetivos do curso Objetivo Geral O curso em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da ESADE,

Leia mais

Ementas Disciplinas Eletivas

Ementas Disciplinas Eletivas Ementas Disciplinas Eletivas INFORMÁTICA Administração de Redes CH: 60 h Créditos: 2.1.0 Pré-requisito(s): Redes de Computadores II Conceitos e políticas de administração de redes. Gerência de redes e

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã - SP Área de conhecimento: Infraestrutura Componente Curricular: REPRESENTAÇÃO GRÁFICA COMPUTACIONAL

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça EE: Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC. Ensino Técnico Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Prof. Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5154/04 e Lei Federal nº 11741/08) PLANO DE CURSO Área Tecnológica: Gestão

Leia mais

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO I NSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUI SAS EDUCACI ONAI S ANÍ SIO TEI XEIRA P ORTARIA Nº 150, DE 5 DE SETEMBRO DE 2008

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO I NSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUI SAS EDUCACI ONAI S ANÍ SIO TEI XEIRA P ORTARIA Nº 150, DE 5 DE SETEMBRO DE 2008 MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO I NSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUI SAS EDUCACI ONAI S ANÍ SIO TEI XEIRA P ORTARIA Nº 150, DE 5 DE SETEMBRO DE 2008 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas

Leia mais

Principais Responsabilidades:

Principais Responsabilidades: DESENHO DE CARGO E TAREFAS DO DESENVOLVEDOR WEB Conhecimento dos sistemas gerenciadores de banco (MySQL), modelagem de dados, inglês técnico. Conhecimento em plataformas e metodologias de desenvolvimento

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR UNIDADE ACADÊMICA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO DO CST EM REDES DE COMPUTADORES

DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR UNIDADE ACADÊMICA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO DO CST EM REDES DE COMPUTADORES Edital nº 01, de 28 de novembro de 2014 A Coordenação do Curso de Superior de Tecnologia em Redes de Computadores (CSTRC), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Missão Formar profissionais na área de Análise e Desenvolvimento de Sistemas cônscios de sua responsabilidade social, ética

Leia mais

EDIFICAÇÕES ELETROMECÂNICA

EDIFICAÇÕES ELETROMECÂNICA É importante que todo aluno tenha acesso às informações sobre os cursos e faça sua escolha para não haver dúvida no ato da inscrição para o concurso de 2012/2013: EDIFICAÇÕES O Técnico em Edificações é

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 14.145, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012. (publicada no DOE n.º 241, de 17 de dezembro de 2012) Extingue e cria cargos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e comunicação. Habilitação Profissional: Técnico em Programação de Jogos

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de técnico

Leia mais

Aulas teóricas: As aulas serão teóricas e práticas.

Aulas teóricas: As aulas serão teóricas e práticas. PLANO DE ENSINO GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL. LOCAL: CONCÓRDIA DISCIPLINA: INFORMÁTICA ALICADA PARA ENGENHARIA CARGA HORÁRIA: 60h FASE: 4ª FASE SEMESTRE: 2º ANO: 2015 PROFESSOR: MAICO PETRY MATERIAIS/ATIVIDADES:

Leia mais

PROCESSO N 875/05 PROTOCOLO N.º 8.426.470-9 PARECER N.º 843/05 APROVADO EM 14/12/05

PROCESSO N 875/05 PROTOCOLO N.º 8.426.470-9 PARECER N.º 843/05 APROVADO EM 14/12/05 PROTOCOLO N.º 8.426.470-9 PARECER N.º 843/05 APROVADO EM 14/12/05 CÂMARA DE PLANEJAMENTO INTERESSADO: INSTITUTO POLITÉCNICO DE LONDRINA - IPOLON - CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL MUNICÍPIO: LONDRINA ASSUNTO:

Leia mais

PROJETO CURSO ALUNO INTEGRADO / 2013

PROJETO CURSO ALUNO INTEGRADO / 2013 PROJETO CURSO ALUNO INTEGRADO / 2013 INSTITUIÇÃO PROPONENTE: Ministério da Educação CNPJ: 00.394.445/0124-52 SETOR RESPONSÁVEL PELO PROJETO: Secretaria de Educação Básica(SEB) ENDEREÇO: Esplanada dos Ministérios,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

PIM. CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Projeto Integrado Multidisciplinar. 4º/3º Períodos 2010/2 UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO

PIM. CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Projeto Integrado Multidisciplinar. 4º/3º Períodos 2010/2 UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas PIM Projeto Integrado Multidisciplinar 4º/3º Períodos 2010/2 PIM - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA Projeto e implementação

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU:( X ) Integrado ( ) Subsequente ( ) Concomitante ( ) Bacharelado ( ) Licenciatura ( ) Tecnólogo

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico de

Leia mais

Informática Básica 80 - Montagem e Manutenção de Computadores Administração Empreendedorismo Introdução a Lógica de Programação. Inglês Técnico 80 -

Informática Básica 80 - Montagem e Manutenção de Computadores Administração Empreendedorismo Introdução a Lógica de Programação. Inglês Técnico 80 - Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática CÂMPUS CANOINHAS MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h Informática Básica Montagem e Manutenção de Computadores Administração

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIAS DE 24 DE AGOSTO DE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIAS DE 24 DE AGOSTO DE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIAS DE 24 DE AGOSTO DE 2005 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio

Leia mais

Matriz Curricular Curso: Programador Profissional

Matriz Curricular Curso: Programador Profissional Matriz Curricular Curso: Programador Profissional DURAÇÃO 350 horas 12 meses 7 horas semanais Manhã, tarde e noite Conteúdo a distância disponível 24 horas. DISCIPLINAS PRESENCIAIS Lógica de Programação

Leia mais

Habilitação. Informática Integrado ao Ensino Médio. Componente Curricular : Técnicas de Programação para Internet I TITULAÇÃO

Habilitação. Informática Integrado ao Ensino Médio. Componente Curricular : Técnicas de Programação para Internet I TITULAÇÃO Habilitação Informática Integrado ao Ensino Médio Componente Curricular : Técnicas de Programação para Internet I TITULAÇÃO Administração de Sistemas de Informação Análise de Sistemas Análise de Sistemas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA COLEGIADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA COLEGIADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA COLEGIADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Ementário dos Componentes Curriculares do Curso de Licenciatura em Computação aprovado para vigorar

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS

REGULAMENTO DE CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS REGULAMENTO DE CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS JUNHO/2011 CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares Art. 1º. Os cursos de Pós Graduação Lato Sensu da Faculdade de Tecnologia

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO INTERNO E EXTERNO Nº.001/2013

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO INTERNO E EXTERNO Nº.001/2013 EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO INTERNO E EXTERNO Nº.001/2013 1. DO PREÂMBULO A Faculdade de Rolim de Moura - FAROL, Portaria Ministerial nº 2960 de 22 de outubro de 2003 DOU de 23 de outubro de 2003.

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 28/11/2014, DODF nº 251, de 1º/12/2014, p. 10. Portaria nº 253, de 1º/12/2014, DODF nº 252, de 2/12/2014, p. 4. PARECER Nº 199/2014-CEDF Processo nº 410.000841/2011 Interessado: Instituto

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Engenharia de Alimentos é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 17/4/2013, Seção 1, Pág. 16. Portaria n 318, publicada no D.O.U. de 17/4/2013, Seção 1, Pág. 15. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

QUESTÕES PROVA 2 (28 a 44)

QUESTÕES PROVA 2 (28 a 44) QUESTÕES PROVA 2 (28 a 44) 28) A orientação a objetos é uma forma abstrata de pensar um problema utilizando-se conceitos do mundo real e não, apenas, conceitos computacionais. Nessa perspectiva, a adoção

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

I RELATÓRIO: 3428/2013, de 02/05/2013 PARECER CEE/PE Nº 34/2013-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 15/04/2013

I RELATÓRIO: 3428/2013, de 02/05/2013 PARECER CEE/PE Nº 34/2013-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 15/04/2013 INTERESSADA: ESCOLA E CURSO PROFISSIONALIZANTE DE INFORMÁTICA E ELETRÔNICA RECIFE/PE ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DOS CURSOS: TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA E TÉCNICO EM INFORMÁTICA EIXO TECNOLÓGICO:

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 27 DE SETEMBRO DE

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 27 DE SETEMBRO DE Ministério da Educação CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 27 DE SETEMBRO DE 2013 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Relações

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 063 CONSUPER/2013

RESOLUÇÃO Nº 063 CONSUPER/2013 RESOLUÇÃO Nº 063 CONSUPER/2013 Dispõe sobre a regulamentação de Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense. O

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO Elaboração: Bruno Márcio Agostini, M. Sc. São João del Rei - MG Julho de 2010 TÍTULO I DAS DEFINIÇÕES PRELIMINARES O presente

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Engenharia Mecânica é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes Curriculares

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR 1º SEMESTRE P101 Desenvolvimento Web 80 CE05 CE06 P102 Língua Portuguesa 40 CG08 CG13 P103 Algoritmos e Lógica de Programação 80

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec: ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1485 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA/JURÍDICA CONSULTOR POR PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1485 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA/JURÍDICA CONSULTOR POR PRODUTO Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 25/04/2012-15:38:18 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1485 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA/JURÍDICA CONSULTOR POR

Leia mais

ESTATÍSTICA. 1. TURNO: Vespertino e Noturno HABILITAÇÃO: Bacharelado. PRAZOS PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos

ESTATÍSTICA. 1. TURNO: Vespertino e Noturno HABILITAÇÃO: Bacharelado. PRAZOS PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos ESTATÍSTICA 1. TURNO: Vespertino e Noturno HABILITAÇÃO: Bacharelado GRAU ACADÊMICO: Estatístico PRAZOS PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos Máximo = 8 anos 2. OBJETIVO/PERFIL DO PROFISSIONAL A SER FORMADO De

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC. Ensino Técnico. Professor: Luís Alexandre Boyago dos Santos

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC. Ensino Técnico. Professor: Luís Alexandre Boyago dos Santos Plano de Trabalho Docente 2013 Prof. Massuyuki Kawano Ensino Técnico Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática para Internet

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Recursos Humanos Qualificação:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico de Nível

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Prefessor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

Engenharia de Computação Faculdade METROCAMP

Engenharia de Computação Faculdade METROCAMP Engenharia de Computação Faculdade METROCAMP Sobre a METROCAMP Fundada em 2001 (Faculdade Integrada Metropolitana de Campinas) Início das atividades em 2003 Integrante do Grupo DeVry Brasil Faculdade Ibmec

Leia mais

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES POR CARGO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES POR CARGO 1 ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES POR CARGO CLASSE E ADMINISTRADOR Planejar, organizar, controlar e assessorar as organizações nas áreas de recursos humanos, patrimônio, materiais, informações,

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Técnico em Informática para Internet

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Técnico em Informática para Internet Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos - SP Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática para

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Professora Nair Luccas Ribeiro Código: 156 Município: Teodoro Sampaio Eixo Tecnológico: Informática e Comunicação Habilitação Profissional: Qualificação:

Leia mais

O Projeto Pedagógico Institucional e Projeto Pedagógico do Curso

O Projeto Pedagógico Institucional e Projeto Pedagógico do Curso O Projeto Pedagógico Institucional e Projeto Pedagógico do Curso Introdução * Sonia Pires Simoes O projeto pedagógico Institucional representa a linha pedagógica que a Instituição norteia para gerenciamento

Leia mais

EDITAL COMPILADO INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

EDITAL COMPILADO INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL EDITAL COMPILADO INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL Banca Organizadora: FUNRIO Cargo: Analista do Seguro Social: Tecnologia da Informação (TEINF) Remuneração Inicial: R$ 7.147,12 Número de Vagas:

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 1 PERÍODO

CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 1 PERÍODO 1 PERÍODO CÓDIGO 7045 PERÍODO 1º CARGA HORÁRIA 60 Geometria Analítica e Álgebra Matricial Vetores no plano e no espaço; Retas, planos e distâncias; Curvas cônicas; Superfícies; Mudança de coordenadas;

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E ETENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em

Leia mais

II. Na formação continuada de profissionais do magistério, utilizar-se-ão, especialmente, recursos e tecnologias de educação à distância.

II. Na formação continuada de profissionais do magistério, utilizar-se-ão, especialmente, recursos e tecnologias de educação à distância. Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 18/12/2013-10:24:09 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2831 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 6 DE JANEIRO DE 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 6 DE JANEIRO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 6 DE JANEIRO DE 2015 (*) (**) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Extensão Esterina Placco Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC CADISTA PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL

PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC CADISTA PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC Campus Ceilândia CADISTA PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL Ceilândia Outubro de 2014 Reitoria Wilson Conciani Reitor Adilson Cesar de

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA Área Profissional: INDÚSTRIA Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM MECÂNICA

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DO PROCESSO DE CORREÇÃO DE FLUXO ESCOLAR NO ENSINO FUNDAMENTAL 2014

ORIENTAÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DO PROCESSO DE CORREÇÃO DE FLUXO ESCOLAR NO ENSINO FUNDAMENTAL 2014 ORIENTAÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DO PROCESSO DE CORREÇÃO DE FLUXO ESCOLAR NO ENSINO FUNDAMENTAL 2014 I. Base Legal LDB nº 9.394/1996 Art. 24. A educação básica, nos níveis fundamental e médio, será organizada

Leia mais

ANEXO II. Regulamentação da Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado. Capítulo I Da admissão

ANEXO II. Regulamentação da Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado. Capítulo I Da admissão ANEXO II ORGANIZAÇÃO DIDÁTICA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNANBUCANO Resolução nº 031/2010 De 30 de setembro de 2010 Regulamentação da Educação Profissional Técnica de

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos - SP Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

Governo do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Governo do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Governo do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA PROCESSO Nº:E-03/100.552/2009 (Apenso E-03/100.553/2009) INTERESSADO:

Leia mais

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Análise e Desenvolvimento de Sistemas Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas na modalidade presencial Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais