INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS- CÂMPUS RIO POMBA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS- CÂMPUS RIO POMBA"

Transcrição

1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS- CÂMPUS RIO POMBA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO FIC AUXILIAR DE RECURSOS HUMANOS

2 JUSTIFICATIVA PROGRAMA DO CURSO - FIC CURSO - AUXILIAR DE RECURSOS HUMANOS 180 HORAS A profissão de Auxiliar de Recursos Humanos se faz necessária junto ao mercado diante da demanda por qualificação profissional. É uma profissão em expansão principalmente devido à vasta extensão territorial do Brasil como também, devido à implantação de novas indústrias que precisam saber lidar com seus colaboradores e sobretudo a fidelização destes. OBJETIVOS Geral Proporcionar conhecimento em auxiliar em recursos humanos, na região em que o aluno esteja inserido, auxiliando na competência da função com acesso a uma formação técnico cientifica. Específicos Formar profissionais para atuar como auxiliar na execução dos processos da referida área. Proporcionar rotinas de processos administrativos do setor de Recursos Humanos de uma organização. Executar tarefas de apoio ao planejamento, organização, direção e controle de processos de recrutamento e seleção de desempenho, cargos e salários e progressão funcional, em uma gestão de pessoas eficientes, como na prática. Auxiliar na capacitação de profissionais atuantes no setor de gestão de pessoas nas áreas de comunicação, competitividade e no desenvolvimento de novas tecnologias. Público-Alvo do curso de Auxiliar de Recursos Humanos Interessados em aprender a profissão de Auxiliar de Recursos Humanos que solicitado pelo mercado de trabalho e que não apresenta desemprego; Estudantes da rede pública, inclusive EJA, trabalhadores de modo geral; Beneficiários dos programas federais de transferência de renda; Públicos interessados em iniciar uma carreira com grande procura de profissionais e onde poderão alcançar excelentes rendimentos. Pré-Requisitos do curso de Auxiliar de Recursos Humanos Ensino Fundamental Completo Carga horária Carga horária Mínima: 180 horas Material Fornecido Kit material escolar (caderno lápis, borracha e caneta), Apostila e Certificado Metodologia A formação da estrutura curricular se dará por meio de aulas presenciais teóricas e práticas, dinâmicas e motivacionais, diversificação das atividades acadêmicas, estudos de caso, debates,

3 jogos e vivências, simulações, visando a participação e empenho dos alunos durante processo de ensino e aprendizagem estimulando a crítica, criatividade e a tomada de decisão. Recursos didáticos Lousa, notebook, Projetor multimídia e textos alinhados ao tema. Procedimentos de Avaliação A avaliação será contínua, priorizando aspectos qualitativos relacionados ao processo de aprendizagem e ao desenvolvimento do aluno observado durante a realização das atividades propostas individualmente e/ou em grupo. Será considerado apto aquele aluno que obtiver, ao final do curso, a frequência mínima de 75% e um aproveitamento mínimo de 70% nos componentes curriculares. A autoavaliação será estimulada e desenvolvida por meio de procedimentos que permitam o acompanhamento, pelo aluno, do seu progresso, assim como a identificação de pontos a serem aprimorados, tendo em vista tratar-se esta de uma prática imprescindível à aprendizagem com autonomia. Será levado em consideração, principalmente, a assiduidade que relaciona diretamente à frequência às aulas teóricas, aos trabalhos escolares, aos exercícios de aplicação e às atividades práticas. O aproveitamento escolar é avaliado através de acompanhamento contínuo e processual do estudante, com vistas aos resultados alcançados por ele nas atividades avaliativas. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PROGRAMA DO CURSO DE AUXILIAR EM RECURSOS HUMANOS CARGA HORARIA 180 HORAS MATRIZ CURRICULAR DO CURSO: Disciplinas: Noções básicas de recursos humanos e departamento pessoal. Importância da comunicação, expressão e o papel do profissional. Clima e cultura organizacional Admissão de pessoal e legislação trabalhista Treinamento e desenvolvimento de pessoas Cálculos trabalhistas e folha de pagamento Noções básicas de segurança, educação ambiental e saúde no trabalho SUBTOTAL CH: 08 h/a 12 h/a 08 h/a 68 h/a 12 h/a 52h/a 20h/a 180h/a CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1 - Noções básicas de recursos humanos e departamento pessoal: 1.1. Conceitos básicos sobre o profissional de RH; 1.2. Contexto histórico;

4 1.3. Gestão de RH ; - Gestão de Pessoas; - Conjunto de funções; - Atividades da Gestão RH. 2 - Importância da comunicação, expressão e o papel do profissional: 2.1. Importância da Comunicação; 2.2. Abordagem da linguagem verbal e não verbal no contexto empresarial; 2.3. Práticas de Integração entre falar, falar em público e escrever. 3 Clima e cultura organizacional: 3.1. Compreendendo a cultura; 3.2. Clima organizacional e suas relações com a cultura. 4 - Admissão de pessoal e legislação trabalhista: 4.1. Entrevistas de Candidatos; 4.2. Admissão de Candidatos; 4.3. Documentação necessária; 4.4. Livro de Registros de Empregados; 4.5. CLT, CTPS, FGTS, IRRF,INSS, GPS, DARF, Cadastro no PIS; 4.6. Convenções coletivas e Jornada de Trabalho. 5 Treinamento e desenvolvimento de pessoas: 5.1. Treinamento; 5.2. Desenvolvimento de pessoas. 6 Cálculos trabalhistas e folha de pagamento: 6.1. Cálculo da folha de pagamento: -horas extras -férias -gratificações -Comissões e adicionais; -13º salário; -Adicional noturno; -Descanso semanal remunerado; -Recibo de pagamento; -Vale transporte; -Rais- relação anual de informações sociais; -Cálculo do salário contribuição;

5 -Cálculo de desconto e recolhimento de encargos; -Impostos e taxas; -Aviso prévio; -Termo de rescisão de contrato de trabalho e seguro desemprego. 7 - Noções Básicas de segurança, educação ambiental e saúde no trabalho: 7.1. Acompanhamento das ações de saúde segurança no trabalho; 7.2. Normas regulamentadoras e o tipo de atividade 7.3. Condições de trabalho; 7.4. Condições Ambientais de Trabalho; 7.5. Organização do trabalho; 7.6. Ergonomia; 7.7. Acidente de Trabalho e Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). BIBLIOGRAFIA BARÇANTE, Luiz CÉSAR e CASTRO, Guilherme Caldas de. Ouvindo a voz do cliente interno. Rio de Janeiro: QualityMark, CHIAVENATO Idalberto. Administração: teoria, processo e prática. 2ª ed. São Paulo: Makron Books; Gestão de Pessoas: e o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro: Elsevier, Recursos humanos: o capitalhumano nas organizações. 8 ed. São Paulo : Atlas, Treinamento e Desenvolvimento de Recursos Humanos. 7. ed. São Paulo: Atlas, COSTA, E. S. Gestão de Pessoas. Curitiba: Editora Livro Técnico, COURTOIS, Gaston. A arte de ser chefe Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, DRUCKER, Peter F. Fator humano e desempenho: o melhor de Peter F. Drucker sobre a administração. São Paulo: Thomson, p. (Biblioteca de Administração e Negócios).. O gerente eficaz. Rio de Janeiro: LTC, O gerente eficaz. 6.ed. Rio de Janeiro: ZAHAR, LUZ, Ricardo. Gestão do Clima Organizacional. Rio de Janeiro: QualityMark, 2003.

6 MAXIMIANO, A. C. A. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital. 4.ed. São Paulo: Atlas, BRASIL. Lei n de 20 de dezembro de Institui as Diretrizes e Base para a Educação Nacional. <http://www4.planalto.gov.br/legislacao/legislacao-1/leisordinarias/legislacao - 1/leis-ordinarias/1996> acesso em 15 de março de Decreto Nº 5.154, de 23 de julho de Regulamenta o 2º do art. 36 e os arts. 39 a 41 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação acional, e dá outras providências. Brasília/DF: Lei nº de 29 de dezembro de Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e dá outras providências. Brasília/DF: Presidência da Republica. Decreto Federal n de 13 de julho de Institui o PROEJA no Território Nacional. Brasilia: <http://www4.planalto.gov.br/legislacao/legislacao- 1/decretos1/decretos1/2006> acesso em 15 de março de Presidência da Republica. Regulamentação da Educação à Distância. Decreto Federaln de 19 de dezembro de <http://www4.planalto.gov.br/legislacao/legislacao- 1/decretos1/decretos1/2005> acesso em 15 de março de IFRN/Instituto Federal do Rio Grande do Norte. Projeto Político-Pedagógico do IFRN: uma construção coletiva. Disponível em: <http://www.ifrn.edu.br/>. Natal/RN: IFRN, Organização Didática do IFRN. Disponível em: <http://www.ifrn.edu.br/>. Natal/RN: IFRN, MTE/Ministério do Trabalho e Emprego. Classificação Brasileira de Ocupações. Disponível em: <http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/home.jsf>. Acesso em: 22 fev SETEC/Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. PROEJA Formação Inicial e Continuada/ Ensino Fundamental - Documento Base - Brasília: SETEC/MEC, agosto de Documento Orientador para PROEJAFIC em Prisões Federais. Ofício Circular n 115/ DPEPT/SETEC/MEC. Brasilia, 24 de agosto de Guia de Cursos FIC. Disponível em: em: 22 fev

PLANO DE CURSO. Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

PLANO DE CURSO. Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição PLANO DE CURSO Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC de São José do Rio Pardo Código: 150 Código: 150 Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Qualificação Técnica de Nível Médio de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CURITIBA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CURITIBA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CURITIBA Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação Diretoria de Extensão e Políticas de Inclusão

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec: Professor Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Logística Qualificação:

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: Gino Rezaghi Código: 191 Município: Cajamar Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Qualificação: AUXILIAR

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO ALEMÃO BÁSICO

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO ALEMÃO BÁSICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CÂMPUS PANAMBI PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO ALEMÃO BÁSICO Câmpus Panambi RS 2014 Presidente da República

Leia mais

PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC

PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5154/04 e Lei Federal nº 11741/08) PLANO DE CURSO Área Tecnológica: Gestão

Leia mais

PLANO DE CURSO CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. CARGA HORÁRIA: 60 PERÍODO: 4º TURNO: Noturno ANO LETIVO: 2011/1

PLANO DE CURSO CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. CARGA HORÁRIA: 60 PERÍODO: 4º TURNO: Noturno ANO LETIVO: 2011/1 PLANO DE CURSO CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DISCIPLINA: ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL CARGA HORÁRIA: 60 PERÍODO: 4º TURNO: Noturno ANO LETIVO: 2011/1 PROFESSOR (A):

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional em. Auxiliar de Pessoal. na modalidade presencial

Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional em. Auxiliar de Pessoal. na modalidade presencial Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional em Auxiliar de Pessoal na modalidade presencial Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada ou

Leia mais

PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC

PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de

Leia mais

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO. 01. Especialização Técnica de Nível Médio em Contabilidade Financeira

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO. 01. Especialização Técnica de Nível Médio em Contabilidade Financeira Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 07 de agosto de 2006 Número do Plano: 94 Área do Plano: Gestão Plano de Curso para: 01. Especialização

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão em Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC)

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) BALCONISTA DE FARMÁCIA Florestal 2014 Reitora da Universidade Federal de Viçosa Nilda de Fátima Ferreira Soares Pró-Reitor de Ensino Vicente

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO AUXILIAR ADMINISTRATIVO- PRONATEC Campus São Borja RS 2013 SUMÁRIO 1 Apresentação...

Leia mais

INFORMATIVO DE SELEÇÃO V1295394 NOME DA VAGA: INSTRUTOR DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA

INFORMATIVO DE SELEÇÃO V1295394 NOME DA VAGA: INSTRUTOR DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA INFORMATIVO DE SELEÇÃO V1295394 NOME DA VAGA: INSTRUTOR DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA O Informativo de Seleção é um documento com todos os critérios e procedimentos estabelecidos pelo SENAC RJ para o processo

Leia mais

Auxiliar de Recursos Humanos

Auxiliar de Recursos Humanos Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada em Auxiliar de Recursos Humanos na modalidade presencial Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada em Auxiliar de Recursos

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo PLANO DE CURSO. Área Profissional: GESTÃO

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo PLANO DE CURSO. Área Profissional: GESTÃO Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo PLANO DE CURSO Área Profissional: GESTÃO Segmento da área: Administração Industrial Aprendizagem Industrial: Assistente Administrativo

Leia mais

PLANO DE CURSO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

PLANO DE CURSO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL PLANO DE CURSO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL 1 - NOME DO CURSO AUXILIAR ADMINISTRATIVO 2 - OBJETIVO Preparar profissionais para realizar atividades de rotinas administrativas, organização de documentos e apoio

Leia mais

Carga Horária Total: 80 horas

Carga Horária Total: 80 horas COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E PRODUÇÃO DE TEXTOS Norma linguística padrão: padrões de comunicação e níveis de linguagem. Comunicação organizacional como estratégica essencial no âmbito empresarial. Instrumentos

Leia mais

PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC. Apresentação do Curso. Especialista M.B.A em Gestão de Pessoas

PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC. Apresentação do Curso. Especialista M.B.A em Gestão de Pessoas PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de

Leia mais

Prezamos pela Transparência, Excelência, Profissionalismo, Ética, Respeito e Solidariedade.

Prezamos pela Transparência, Excelência, Profissionalismo, Ética, Respeito e Solidariedade. JOVEM APRENDIZ A SERCIDADÃO Somos uma organização sem fins lucrativos, certificada como OSCIP que nasceu a partir da atuação de diversos profissionais das diferentes áreas de atuação. Nossos projetos buscam,

Leia mais

ACÓRDÃO Nº 07/2011 - CFA - Plenário

ACÓRDÃO Nº 07/2011 - CFA - Plenário ACÓRDÃO Nº 07/2011 - CFA - Plenário 1. PARECER TÉCNICO CETEF Nº 04/2011, de 20/07/2011. 2. EMENTA: Obrigatoriedade de registro das empresas de Treinamento nos Conselhos Regionais de Administração. 3. RELATOR:

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS - LIBRAS BÁSICO

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS - LIBRAS BÁSICO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS - LIBRAS BÁSICO 1. CARACTERÍSTICAS DO CURSO Denominação do curso: Língua Brasileira de Sinais - Libras Básico Nível: Educação Básica/Ensino Fundamental

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO AUXILIAR DE RECURSOS HUMANOS

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO AUXILIAR DE RECURSOS HUMANOS Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO AUXILIAR DE RECURSOS HUMANOS Belo

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO INTERNO Nº 03/2013

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO INTERNO Nº 03/2013 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO INTERNO Nº 03/2013 A Diretora de Recursos Humanos do Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde IABAS, no uso das atribuições conferidas pela Legislação em vigor, considerando

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

UNIVERSIDADE PAULISTA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS UNIVERSIDADE PAULISTA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS Prof. Cassimiro Nogueira Junior PESSOAS CAPITAL HUMANO CAPITAL INTELECTUAL GRAU DE CONHECIMENTO: PRODUTIVOS E RECONHECIDOS

Leia mais

Manual Básico do Estagiário Modalidades: Obrigatório e Não obrigatório Lei Federal nº. 11.788/2008 Lei Municipal nº. 10.724/2009

Manual Básico do Estagiário Modalidades: Obrigatório e Não obrigatório Lei Federal nº. 11.788/2008 Lei Municipal nº. 10.724/2009 PREFEITURA MUNICIPAL DE UBERABA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO CENTRAL DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DE ESTÁGIO Manual Básico do Estagiário Modalidades: Obrigatório e Não obrigatório

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA DAS DISCIPLINAS 2014.1 BRUSQUE (SC) 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 FUNDAMENTOS EM SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO...

Leia mais

UNIDADE CURRICULAR: CERTIFICAÇÃO E AUDITORIA AMBIENTAL

UNIDADE CURRICULAR: CERTIFICAÇÃO E AUDITORIA AMBIENTAL UNIDADE CURRICULAR: CERTIFICAÇÃO E AUDITORIA AMBIENTAL PERÍODO LETIVO: 6º CARGA HORÁRIA: 50h TEORIA: 50h Promover o aprendizado multidisciplinar necessário para o desempenho das atividades de auditoria

Leia mais

CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RH

CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RH 1/1 CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RH Todas as disciplinas do curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos têm como critério para aprovação, em conformidade com o capítulo V do regimento escolar:

Leia mais

EDITAL PROAD Nº 07, DE 05 DE FEVEREIRO DE 2014

EDITAL PROAD Nº 07, DE 05 DE FEVEREIRO DE 2014 EDITAL PROAD Nº 07, DE 05 DE FEVEREIRO DE 2014 A Chefe da Área de Provimento e Movimentação de Pessoal da Universidade Federal de Ouro Preto, no uso da competência que lhe foi delegada através da Portaria

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INTRODUÇÃO À GESTÃO PÚBLICA

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INTRODUÇÃO À GESTÃO PÚBLICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS SANTA CRUZ COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS PROJETO

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de MODELISTA. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de MODELISTA. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

I - Estudantes do ensino médio da rede pública, inclusive da educação de jovens e adultos;

I - Estudantes do ensino médio da rede pública, inclusive da educação de jovens e adultos; Plano de Curso Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

Leia mais

Como planejar e executar um treinamento

Como planejar e executar um treinamento Como planejar e executar um treinamento Treinamento: uma breve conceituação Não há possibilidade de nos desenvolvermos economicamente e, consequentemente, elevarmos o nosso nível social, sem aumentarmos

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude ANEXO V ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA DE TRABALHO Entende-se que o Programa de Trabalho é a demonstração do conjunto dos elementos necessários e suficientes, com nível de precisão adequada para caracterizar

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE 2015/1 EDITAL PARA SELEÇÃO DOCENTE PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE MURIALDO - PRORROGADO Nº.

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE 2015/1 EDITAL PARA SELEÇÃO DOCENTE PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE MURIALDO - PRORROGADO Nº. EDITAL PARA SELEÇÃO DOCENTE PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE MURIALDO - PRORROGADO Nº. 1/2015 A FACULDADE MURIALDO, localizada em Caxias do Sul, torna pública a abertura do processo seletivo de

Leia mais

ENSINO SUPERIOR FORTE EM NEGÓCIOS E EDUCAÇÃO

ENSINO SUPERIOR FORTE EM NEGÓCIOS E EDUCAÇÃO ENSINO SUPERIOR FORTE EM NEGÓCIOS E EDUCAÇÃO MANUAL AL DO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS TECNOLOGIA OGIA EM GESTÃO COMERCIAL TECNOLOGIA OGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO INTRODUÇÃO: Estão abertas

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico. Professor: Guilherme Torres Pavani

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico. Professor: Guilherme Torres Pavani PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Legislação Social e Trabalhista Eixo Tecnológico: Gestão e Negócio

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 01 DE SETEMBRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 01 DE SETEMBRO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS Conselho Superior Avenida Vicente Simões, 1111 Bairro Nova Pouso Alegre 37550-000 - Pouso Alegre/MG Fone:

Leia mais

A CULTURA ORGANIZACIONAL PODE INFLUENCIAR NO PROCESSO DE AGREGAR PESSOAS

A CULTURA ORGANIZACIONAL PODE INFLUENCIAR NO PROCESSO DE AGREGAR PESSOAS A CULTURA ORGANIZACIONAL PODE INFLUENCIAR NO PROCESSO DE AGREGAR PESSOAS Juliana da Silva, RIBEIRO 1 Roberta Cavalcante, GOMES 2 Resumo: Como a cultura organizacional pode influenciar no processo de agregar

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Administração de Recursos Humanos I Professor: Salomão David Vergne Cardoso E-mail: salvergne@yahoo.com.br Código:

Leia mais

RESOLUÇÃO N 1600/2015 1

RESOLUÇÃO N 1600/2015 1 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO RESOLUÇÃO N 1600/2015 1 REGULAMENTA O PROGRAMA DE APRENDIZAGEM NO ÂMBITO DA JUSTIÇA ELEITORAL DE MATO GROSSO. O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO, por

Leia mais

Gestão Estratégica de Pessoas

Gestão Estratégica de Pessoas Gestão Estratégica de Pessoas MBA FGV 1 Grandes Decisões sobre Pessoas Fatores que Garantem o Resultado As Tendências e Perspectivas de Gestão de Pessoas em Saúde Gestão de Pessoas e o Balanced Score Card

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO Introdução a Interpretação em Língua Brasileira de Sinais (libras/português)

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Professor Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Área de conhecimento: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Contabilidade

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC Prof. Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Eixo Tecnológico: Gestão e negócios Habilitação Profissional: Técnico em serviços jurídicos

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Paulino Botelho Código: 091-6 Município: São Carlos EE: Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Rodrigues de Abreu Código: 135 Município: Bauru Eixo Tecnológico: Segurança Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Técnico em Segurança

Leia mais

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO: 2012.2 P L A N O D E E N S I N O

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO: 2012.2 P L A N O D E E N S I N O CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO: 2012.2 DISCIPLINA: AUDITORIA 6º PERÍODO PROFESSOR: CHRISTIAN ABRÃO DE OLIVEIRA CARGA HORÁRIA: 72 HORAS I. EMENTA P L A N O D E E N S I N O Ambiente de Auditoria:

Leia mais

PLANO DE CURSO Aprendizagem Industrial

PLANO DE CURSO Aprendizagem Industrial 1 - NOME DO CURSO em Telemarketing 2 ÁREA DO CURSO Gestão 3 TITULARIDADE PROFISSIONAL Operador de telemarketing 4 PERFIL PROFISSIONAL 4.a Perfil Profissional de Conclusão: Atender usuários, oferecer serviços

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Organizações Nenhuma organização existe

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE ATO NORMATIVO Nº 01, DE 28 DE MARÇO DE 2012. Institui o Normativo de Pessoal EMPREGO DE LIVRE PROVIMENTO E DEMISSÃO DE NÍVEL SUPERIOR, EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL SUPERIOR E EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DOS PROJETOS DE CURSO DO CEFET-MG

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DOS PROJETOS DE CURSO DO CEFET-MG CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DOS PROJETOS DE CURSO DO CEFET-MG EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO NA FORMA INTEGRADA BELO HORIZONTE, OUTUBRO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETECPAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Auxiliar Administrativo

Leia mais

Plano de Curso. Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

Plano de Curso. Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal Plano de Curso Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

Leia mais

Rita de Cássia Cronemberger Sobral Presidente da AD de Serviço Social

Rita de Cássia Cronemberger Sobral Presidente da AD de Serviço Social MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ UFPI CENTRO DE CIENCIAS HUMANAS E LETRAS DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL Normatiza o plano departamental, o plano docente, as atividades e a distribuição

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM GESTÃO DA EDUCAÇÃO A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM GESTÃO DA EDUCAÇÃO A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL FUNDAÇÃO SOUSÂNDRADE INSTITUTO UNIVERSITÁRIO ATLÂNTICO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM GESTÃO DA EDUCAÇÃO A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL UNIVERSIDADE ATLÂ NTICA São Luís

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão de Negócios com ênfase em Empreendedorismo

Pós-Graduação em Gestão de Negócios com ênfase em Empreendedorismo Pós-Graduação em Gestão de Negócios com ênfase em Empreendedorismo Turma Especial ESPM/ABF-Rio Início em 28 de setembro de 2015 Aulas as segundas e quartas, das 19h às 22h Valor do curso: R$ 15.698,00

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: bacharelado em administração Marcelo Eder Lamb Analice Marchezan Franciane Cougo da Cruz EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: bacharelado em administração Marcelo Eder Lamb Analice Marchezan Franciane Cougo da Cruz EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

PROGRAMA DE APREDIZAGEM NO IFRN

PROGRAMA DE APREDIZAGEM NO IFRN MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE APREDIZAGEM NO IFRN

Leia mais

Os cinco subsistemas de Gestão de Pessoas

Os cinco subsistemas de Gestão de Pessoas Faculdade de Tecnologia Senac Goiás Os cinco subsistemas de Gestão de Pessoas Trabalho de Gestão de Pessoas Alunos: Nilce Faleiro Machado Goiânia,4 de dezembro de 2015 1 Sumário Capa...1 Sumário...2 Introdução...3

Leia mais

4h diárias - 16 meses

4h diárias - 16 meses 4h diárias - 16 meses PROPOSTA PEDAGÓGICA PROGRAMA DE APRENDIZAGEM EM RECEPCIONISTA ÍNDICE 1 - Apresentação da Entidade ijovem 3 2 - Justificativa do Programa. 3 3 Público-alvo: 4 4 Objetivo geral: 4 -

Leia mais

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO. Quarta-feira 9h30min às 12hs. Enfoque: ( ) Obrigatória ( ) Optativa ( X ) Eletiva ( ) PDCI

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO. Quarta-feira 9h30min às 12hs. Enfoque: ( ) Obrigatória ( ) Optativa ( X ) Eletiva ( ) PDCI CURSO DE GRADUAÇÃO: Para todos os cursos de graduação. SÉRIE: SEMESTRE LETIVO DO ANO: ( X ) 1º SEMESTRE ( ) 2º SEMESTRE ( ) 1º e 2ª SEMESTRES PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO Código

Leia mais

PROGRAMA. Disciplina: Administração de pessoal Código: ADM - 02174 Professor: Simone da Costa Fernandes Behr. Período: 2007/2

PROGRAMA. Disciplina: Administração de pessoal Código: ADM - 02174 Professor: Simone da Costa Fernandes Behr. Período: 2007/2 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP. 29075.910 -ES Brasil- Tel.

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO FIC AGENTE DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO FIC AGENTE DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS- CÂMPUS RIO POMBA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO FIC AGENTE

Leia mais

Pré-requisitos: Ter cursado a disciplina Administração I.

Pré-requisitos: Ter cursado a disciplina Administração I. Nome do centro: 1. Identificação Nome do curso: Ciências da Computação Nome e cód. Disciplina: Administração II Número de créditos: 04 Carga horária teórica: 32 h Carga horária prática: 28 h Carga horária

Leia mais

O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal de Macuco aprovou e ele sanciona a seguinte,

O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal de Macuco aprovou e ele sanciona a seguinte, LEI Nº 302/05 "DISPÕE SOBRE O PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS" O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que

Leia mais

Etec Paulino Botelho Rua Marechal Deodoro 3183 Vila Nery São Carlos SP (16) 3371 1027 -www.etepb.com.br. Plano de Trabalho Docente 2ºsem / 2014

Etec Paulino Botelho Rua Marechal Deodoro 3183 Vila Nery São Carlos SP (16) 3371 1027 -www.etepb.com.br. Plano de Trabalho Docente 2ºsem / 2014 Plano de Trabalho Docente 2ºsem / 2014 Ensino Técnico Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de INFORMÁTICA II - FERRAMENTAS PARA ESCRITÓRIO. Parte 1 (Solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de INFORMÁTICA II - FERRAMENTAS PARA ESCRITÓRIO. Parte 1 (Solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Extensão EE Arlindo Bitencourt Código: 091.02 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Habilitação

Leia mais

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS A Especialização Técnica de Nível Médio em Custos Eixo Tecnológico Gestão e Negócios, atende ao disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) Lei Federal

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015 Administração Central Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 Etec Doutor Júlio Cardoso Código: 078 Município: Franca EE: Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091.6 Município: São Carlos EE: Prof. Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Gestão e

Leia mais

A quem se destina a aprendizagem industrial

A quem se destina a aprendizagem industrial Instituto da Aprendizagem Política pública de Estado, convergência de políticas de inserção do jovem no mercado de trabalho, resultado de ações multilaterais e internacionais de combate à exploração do

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO AUXILIAR DE CONTABILIDADE

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO AUXILIAR DE CONTABILIDADE Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO AUXILIAR DE CONTABILIDADE Belo Horizonte

Leia mais

PLANO DE CURSO. Dados da Instituição Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

PLANO DE CURSO. Dados da Instituição Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal PLANO DE CURSO Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição Dados da Instituição Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

Leia mais

Profº Rogério Tavares

Profº Rogério Tavares Profº Rogério Tavares Administração Por Objetivos - APO A partir da década de 1950, a Teoria Neoclássica deslocou a atenção antes fixada nas chamadas atividades meios para os objetivos ou finalidades da

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ- ESCOLAR

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ- ESCOLAR CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ- ESCOLAR ANO LETIVO 2013/2014 Departamento do Pré- Escolar 2013/2014 Page 1 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO Introdução A avaliação em educação é um elemento integrante

Leia mais

Teoria da Administração (Curso Superior de Tecnologia em Logística e PROGRAMA DAS DISCIPLINAS

Teoria da Administração (Curso Superior de Tecnologia em Logística e PROGRAMA DAS DISCIPLINAS EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DOCENTE FACULDADE DE TECNOLOGIA DE AMERICANA EDITAL DE ABERTURA N.º 276 /2008 DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO DOCENTE POR TEMPO INDETERMINADO PARA A FACULDADE

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de Comunicação e relações interpessoais no ensino médio

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de Comunicação e relações interpessoais no ensino médio MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DESENHISTA DA CONSTRUÇÃO CIVIL Câmpus Santa Rosa 2013 2 SUMÁRIO 1 Apresentação...

Leia mais

Faculdade Sumaré Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Faculdade Sumaré Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Faculdade Sumaré Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos 4º. Semestre PROJETO PROFISSIONAL INTERDISCIPLINAR IV Tema: Gestão de Remuneração Objetiva desenvolver o tema proposto abrangendo:

Leia mais

Evolução da Disciplina. Modelo de Gestão CONTEXTUALIZAÇÃO. As Funções Gerenciais e as Mudanças. As Funções Gerenciais

Evolução da Disciplina. Modelo de Gestão CONTEXTUALIZAÇÃO. As Funções Gerenciais e as Mudanças. As Funções Gerenciais Evolução da Disciplina Modelos de Gestão Aula 1: Principais Modelos das Teorias da Administração Aula 2: Origem, Evolução, Classificação e Tipologia das Organizações Aula 3: Termos comuns às Organizações;

Leia mais

Treinamento. Roteiro da Teleaula. Roteiro da Teleaula. Gestão de RH. Prof: Roberto Huck

Treinamento. Roteiro da Teleaula. Roteiro da Teleaula. Gestão de RH. Prof: Roberto Huck Gestão de RH Prof: Roberto Huck Treinamento Roteiro da Teleaula 1. Cenário atual; 2. Conceito de Treinamento e Desenvolvimento; 3. Desenvolvimento de Pessoas e Desenvolvimento Organizacional; 4. Mútuo

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Sistemas de Informação Professores: Jucinei Nizer da Silva Menelli jucineinizer@hotmail.com Período/

Leia mais

Regulamento do estágio curricular supervisionado obrigatório do curso de graduação em administração pública

Regulamento do estágio curricular supervisionado obrigatório do curso de graduação em administração pública SUMÁRIO 1. Objetivo 2. Aplicação 3. Referências 4. Definições 5. Siglas 6. Condições Gerais 7. Elegibilidade para realização do estágio curricular supervisionado obrigatório 8. Admissão no estágio curricular

Leia mais

3. Quais são as modalidades de estágio? Estágio obrigatório e Estágio não obrigatório (art. 2º da Lei 11.788/2008).

3. Quais são as modalidades de estágio? Estágio obrigatório e Estágio não obrigatório (art. 2º da Lei 11.788/2008). 1. O que é o estágio? Estágio é o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de estudantes. O estágio integra o itinerário

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de MECÂNICO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de MECÂNICO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSAO) Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional:

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE Matriz Curricular 1º SEMESTRE Leitura e Redação Científica 2 36 Neurociências I 6 108 Teorias e Sistemas em Psicologia 4 72 História da Psicologia 2 36 Metodologia de Pesquisa Aplicada a Psicologia 2 36

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec: ETEC PROF.MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Área de conhecimento: INFRAESTRUTURA Componente Curricular: Ética e Cidadania Organizacional Série:

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE INSTRUTORES PARA CURSOS DE CAPACITAÇÃO - PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS DA UFPR

EDITAL DE SELEÇÃO DE INSTRUTORES PARA CURSOS DE CAPACITAÇÃO - PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS DA UFPR UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS UNIDADE DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAS Edital EDITAL Nº 02/2013 PROGEPE/CDP/UCAP

Leia mais

PLANO DE CURSO. Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

PLANO DE CURSO. Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal PLANO DE CURSO Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição e do Programa Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AGENTE I EDITAL DRH Nº 34/2013

PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AGENTE I EDITAL DRH Nº 34/2013 - Prodin DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - DRH PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AGENTE I EDITAL DRH Nº 34/2013 A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS divulga e estabelece normas específicas para a

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Superior em Administração FORMA/GRAU: ( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado ( )

Leia mais

FACITEC Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico

FACITEC Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico FACITEC Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico PLANO DE ENSINO Administração em Comunicação Credenciada pelas Portarias MEC 292, de 15.02.2001

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DOS PROJETOS DE CURSO DO CEFET-MG

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DOS PROJETOS DE CURSO DO CEFET-MG CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DOS PROJETOS DE CURSO DO CEFET-MG EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO NA FORMA INTEGRADA BELO HORIZONTE, OUTUBRO

Leia mais