ANEXO I MATRIZ DE INDICADORES E METAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO I MATRIZ DE INDICADORES E METAS"

Transcrição

1 ANEXO I MATRIZ DE INDICADORES E S 31

2 MATRIZ DE INDICADORES e S Indicador 1 - Visão Visão: Ser reconhecido como um dos 10 Regionais mais céleres e eficientes na prestação jurisdicional, sendo considerado como um dos melhores locais para se trabalhar até INDICADOR: Índice de confiança na Justiça do Trabalho O que mede Grau de confiança na Justiça do Trabalho, na opinião pública Assessoria de Comunicação Social Nas Varas do Trabalho e na Secretaria Judiciária Reconhecer falhas e desenvolver ações para aumentar a credibilidade Através de pesquisa com o público Sem registro anterior Atingir um índice de confiança de 75% até % 60% 65% 70% 75% Indicador 2 - Visão Visão: Ser reconhecido como um dos 10 Regionais mais céleres e eficientes na prestação jurisdicional, sendo considerado como um dos melhores locais para se trabalhar até INDICADOR: Índice de satisfação do cliente O que mede Grau de satisfação dos jurisdicionados com o serviço do TRT Assessoria de Comunicação Social Nas Varas do Trabalho e na Secretaria Judiciária Identificar pontos fracos e desenvolver ações de melhoria Através de modelo de pesquisa disponibilizado pelo CNJ Sem registro anterior Atingir um índice de satisfação de 75% até % 60% 65% 70% 75% Indicador 1.1 Objetivo: Buscar a excelência na gestão de custos operacionais INDICADOR: operacional Valor médio gasto por processo julgado (em R$) Secretaria de Coordenação Financeira Secretaria de Coordenação Financeira Avaliar o custo unitário médio de um processo (quanto mais baixo melhor) Fórmula: (Despesa Total Inativos Precatório Investimentos) + Depreciação / Processos Baixados Considerando os processos julgados até o mês de outubro/2009, custo = R$5.461,25. Diminuir o custo médio de um processo para R$4.900,00 até , , , , ,00 32

3 Indicador 1.2 Objetivo: Buscar a excelência na gestão de custos operacionais INDICADOR: na arrecadação de receitas Total da arrecadação em relação às despesas Secretaria de Coordenação Financeira Secretaria de Coordenação Financeira Identificar o valor da arrecadação e avaliar medidas para seu aumento Fórmula: (Receitas de Custas + Recolhimentos Diversos + Recolhimento INSS + Recolhimento IR) / (Despesa Total Inativos Precatório - Investimentos + Depreciação) Percentual com base no total apurado até o mês de outubro/2009 = 5,07% Aumentar a eficiência na arrecadação para 10% em % 7% 8% 9% 10% Indicador 1.3 Objetivo: Buscar a excelência na gestão de custos operacionais INDICADOR: Custo médio da Justiça Itinerante Custo médio do processo na Justiça Itinerante Avaliar o custo médio do processo na Justiça Itinerante Despesa total da Justiça Itinerante / Reclamatórias (processos) realizadas nas respectivas jurisdições R$ 309,20 - por processo em 2009 ( / 1.229) Manter em R$ 309,20 o custo médio por processo da Justiça Itinerante até 2014 R$ 309,20 R$ 309,20 R$ 309,20 R$ 309,20 R$ 309,20 Indicador 1.4 Objetivo: Buscar a excelência na gestão de custos operacionais INDICADOR: Índice de investimento em Tecnologia e Comunicação Orçamento aplicado em tecnologia e comunicação Para garantir investimento na área de evolução tecnológica Orçamento de TI / Orçamento Total 1,1% do orçamento total Aumentar para 2% até ,2% 1,4% 1,6% 1,8% 2,0% 33

4 Indicador 1.5 Objetivo: Buscar a excelência na gestão de custos operacionais INDICADOR: Índice de Investimento em Terceirizados Total do orçamento utilizado para pagamento de serviços terceirizados Secretaria de Coordenação Financeira Secretaria de Coordenação Financeira Avaliar a necessidade de disponibilização de mais verba Orçamento Terceirizados / Orçamento total 0,6% do total do orçamento (2009) Aumentar o índice de investimento para 2% até ,4% 0,8% 1,2% 1,6% 2% Indicador 1.6 Objetivo: Buscar a excelência na gestão de custos operacionais INDICADOR: Índice de Investimento em Ampliação de Infraestrutura Total do orçamento aplicado na ampliação de infraestruturas Secretaria de Coordenação Financeira Secretaria de Coordenação Financeira Avaliar a necessidade de disponibilização de mais verba Orçamento Ampliações / Orçamento Total 0,35% do orçamento total para a construção e reforma do Fórum de Boa Vista Aumentar o índice de investimento para 20% até 2014 (prevendo a construção do novo Fórum Trabalhista de Manaus) 4% 8% 12% 16% 20% Indicador 1.7 Objetivo: Buscar a excelência na gestão de custos operacionais INDICADOR: Índice de investimento em Manutenção Infraestrutura Total do orçamento aplicado em manutenção Secretaria de Coordenação Financeira Secretaria de Coordenação Financeira Avaliar a o gasto com manutenção Orçamento Manutenção / Orçamento Total 2% do orçamento total Aumentar o índice de investimento para 4% até % 2,5% 3% 3,5% 4% 34

5 Indicador 1.8 INDICADOR: Taxa de Congestionamento (conhecimento) (1º grau, 2º grau, Turmas Recursais) O que mede Percentual de processos não julgados pendentes na fase de conhecimento Monitorar a quantidade de casos não julgados em relação ao total de processos Fórmula: 1 (total de processos judiciais baixados (trânsito em julgado) / (casos novos + casos pendentes) /( )=1.361,05 - PERCENTUAL 26.05% Meta Diminuir a taxa de congestionamento para 15% até % 21% 19% 17% 15% Indicador 1.9 INDICADOR: Produtividade do Magistrado (conhecimento) (1º grau, 2º grau, Turmas Recursais) O que mede Número de processos julgados por magistrado na fase de conhecimento Identificar a média de casos julgados por Magistrado Fórmula: Total de julgados / total de magistrados (Total de Processos) / 69 (Magistrados de 1º e 2º Graus)= 862,63 processos por magistrado Aumentar a produtividade dos Magistrados na fase de conhecimento em 25% até % 10% 15% 20% 25% Indicador 1.10 INDICADOR: Índice de atendimento à demanda O que mede Capacidade de atender a demanda Semestre Monitorar o percentual de casos baixados em relação aos casos novos Identificar o número de processos baixados em relação aos casos novos = PERCENTUAL 9.01% Aumentar índice de processos baixados em relação aos casos novos para 30% até % 15% 20% 25% 30% 35

6 Indicador 1.11 INDICADOR: Índice de agilidade no julgamento (1º grau, 2º grau, Turmas Recursais) O que mede Quantidade de processos finalizados (julgados) dentro de 1 ano, por instância Monitorar a agilidade dos julgamentos Identificar o % entre processos finalizados (sentença 101) dentro de um ano, por instância, em relação ao total de casos finalizados 95% de agilidade no 1 o Grau (conhecimento) Aumentar o índice de agilidade para 100% (1º Grau - conhecimento) até % 97% 98% 99% 100% Indicador 1.12 INDICADOR: Índice de processos antigos Quantidade de processos pendentes com mais de 2 anos Semestral Monitorar o número de processos antigos e aplicar medidas para solucionar Identificar o % entre processos pendentes (protocolados até o último dia útil do segundo ano anterior ao corrente) / total de processos pendentes 10% (valor estimado) Diminuir o índice de processos antigos para 1% até % 4% 3% 2% 1% Indicador 1.13 INDICADOR: Índice de agilidade na tramitação dos processos de aquisição de bens e serviços Quantos processos de aquisição são finalizados no prazo Secretaria de Coordenação Administrativa Secretaria de Coordenação Administrativa Avaliar a agilidade dos processos de aquisição Identificar o % entre processos de aquisição de bens e serviços finalizados no prazo padrão, em relação ao total Mais de 70% dos processos de aquisições e serviços são realizados dentro do prazo previsto. Aumentar o índice de processos finalizados no prazo para 95% em % 80% 85% 90% 95% 36

7 Indicador 1.14 INDICADOR: Índice de virtualização dos processos Quantidade de processos novos disponíveis em formato eletrônico Avaliar o percentual de processos eletrônicos em relação ao total de processos Identificar o número de processos novos disponíveis em formato eletrônico / total de processos novos Apenas 10% dos processos estão virtualizados (2009) Aumentar o índice de processos virtualizados para 100% em % 40% 60% 80% 100% Indicador 1.15 INDICADOR: Índice de agilidade na publicação dos acórdãos Número de acórdãos publicados dentro do prazo de 10 dias Secretaria de Coordenação Judiciária Semestral Secretaria de Coordenação Judiciária Identificar quantidade de acórdãos publicados fora do prazo Identificar o % entre acórdãos publicados dentro do prazo padrão de 10 dias/ total de acórdãos a publicar Atualmente somente 20% são publicados no prazo de 10 dias Aumentar para 95% a taxa de acórdãos publicados no prazo, até % 50% 65% 80% 95% Indicador 1.16 INDICADOR: Prazo Médio da 1ª Audiência Número de dias entre o ajuizamento e a 1ª audiência Semestral Identificar e reduzir a quantidade de dias ente o ajuizamento e a 1ª audiência Prazo Médio entre a 1ª Audiência e a Tomada de Reclamação 50 dias (sumaríssimo) e 108 (ordinário) Reduzir para 15 dias Sumaríssimo e 60 dias Ordinário até 2014 Sumaríssimo Ordinário 30 dias 15 dias 15 dias 15 dias 15 dias 90 dias 80 dias 70 dias 75 dias 60 dias 37

8 Indicador 1.17 INDICADOR: Prazo de atendimento na Distribuição (Reclamação Verbal) O tempo médio de atendimento Distribuição dos Feitos da 1ª Instância Mensal Distribuição dos Feitos da 1ª Instância Para reduzir o tempo médio de atendimento ao público Somatório do tempo entre o término da reclamação verbal e a chegada no setor / quantidade de pessoas atendidas 84 minutos tempo médio para atendimento de uma reclamatória verbal Diminuir o tempo médio de atendimento para 24 minutos até min 60 min 48 min 36 min 24 min Indicador 1.18 INDICADOR: Prazo Médio da Execução O tempo médio do inicio ao final da execução Identificar o tempo médio de tramitação do processo em execução Somatório dos dias entre a baixa do processo e o início da execução /quantidade de processos baixados 250 dias Diminuir o prazo médio da execução para 200 dias até dias 230 dias 220 dias 210 dias 200 dias Indicador 1.19 INDICADOR: Prazo Médio de Julgamento na 2ª Instância O número de dias entre a distribuição e sua devolução à secretaria da turma com visto Secretaria do Tribunal Pleno Secretaria do Tribunal Pleno Identificar o tempo médio do processo concluso para o desembargador Somatório do tempo entre a data de envio para a pauta e a data da distribuição / quantidade de processos enviados Em média 40 dias (2009) Diminuir o prazo médio para 15(sumaríssimo) e 30 (ordinário) dias até dias (S) 15 dias (S) 15 dias(s) 15 dias (S) 15 dias(s) 90 dias (O) 75 dias (O) 60 dias (O) 45 dias(o) 30 dias(o) 38

9 Indicador 1.20 INDICADOR: Tempo Médio de Atendimento da Informática Tempo de atendimento de suporte a serviço de informática Semanal Aumentar a satisfação do usuário Tempo entre a abertura do chamado e o fechamento do mesmo Atualmente 24 horas Diminuir o tempo médio de atendimento para 4 horas até hs 16hs 12hs 8hs 4hs Indicador 1.21 INDICADOR: Prazo Médio de Atendimento da Manutenção Tempo de atendimento de suporte a serviço de manutenção Serviços Gerais Mensal Serviços Gerais Agilizar o atendimento de suporte de manutenção Tempo entre a abertura do chamado e o fechamento do mesmo Atualmente 15 horas Diminuir para 4 horas o tempo entre o pedido e o atendimento 12hs 10hs 8hs 6hs 4hs Indicador 1.22 INDICADOR: Prazo Médio para Elaboração de Projetos de Engenharia Eficácia Prazo entre a solicitação e a entrega do projeto básico Diretoria Geral Comissão de Obras Avaliar o prazo médio e agilizar a elaboração do projeto básico Quantidade de dias entre a solicitação e a entrega do projeto básico Em média 30 dias Reduzir para 15 dias até dias 24 dias 21 dias 18 dias 15 dias 39

10 Indicador 1.23 INDICADOR: Prazo Médio para Cumprimento dos Mandados Eficácia Prazo entre a expedição do Mandado e o seu cumprimento Central de Mandados Judiciais Avaliar o prazo médio e agilizar o cumprimento dos Mandados Judiciais Quantidade de dias entre a expedição e o cumprimento do Mandado Em média 80 dias Reduzir para 10 dias até dias 10 dias 10 dias 10 dias 10 dias Indicador 2.1 Objetivo: Aproximar a Justiça do Trabalho ao cidadão INDICADOR: Índice de acesso à justiça Eficácia Percentual de Municípios com algum tipo de acesso à Justiça do Trabalho Identificar os Municípios que não tem acesso à Justiça e tomar providências Identificar o % entre municípios atendidos (aonde a justiça chega de alguma forma seja ela por justiça itinerante, peticionamento eletrônico ou estrutura física) / Total de municípios. 71,5% dos Municípios do Amazonas e Roraima são atendidos inclusive pela Justiça Itinerante Aumentar o índice de acesso à justiça para 89% até % 78,5% 82% 85,5% 89% Indicador 2.2 Objetivo: Promover a efetividade no cumprimento das decisões judiciais INDICADOR: Taxa de Congestionamento na fase de execução (1º grau) Percentual de processos não julgados pendentes Monitorar a quantidade de casos não julgados em relação ao total de processos Fórmula: 1 total de processos baixados / (casos novos exec. + pendentes exec. + exec. Judiciais + exec. pendentes) /37.504( )= PERCENTUAL 67,5% Diminuir a taxa de congestionamento em para 45% até % 60% 55% 50% 45% 40

11 Indicador 2.3 Objetivo: Promover a efetividade no cumprimento das decisões judiciais INDICADOR: Produtividade do magistrado na fase de execução (1º grau) Número de processos julgados por magistrado na fase de execução (média) Identificar a média de casos julgados na fase de execução por Magistrado Fórmula: Total de julgados / total de magistrados (processos) / 62(magistrados)= 755,60 processos por magistrado (média) Manter a produtividade dos magistrados na fase da execução em 5% até % 5% 5% 5% 5% Indicador 3.1 Objetivo: Promover a cidadania INDICADOR: Número de pessoas beneficiadas por projetos sociais Aumento/diminuição do total de pessoas diretamente beneficiadas por projetos sociais Setor de Ação Social Setor de Ação de Social Avaliar a quantidade de beneficiários reais dos projetos sociais Identificar o total de pessoas diretamente beneficiadas pelos projetos sociais e a variação em relação ao ano anterior Nenhum projeto em andamento atualmente (Exceto Ação Global) Ter pelo menos 2 (dois) projetos sociais em andamento até projeto 1 projeto 2 projetos 2 projetos 2 projetos Indicador 3.2 Objetivo: Promover a responsabilidade sócio-ambiental INDICADOR: Redução do consumo de papel Aumento ou redução de gasto com papel Material e Patrimônio Material e Patrimônio Avaliar o gasto e fomentar o racionamento Identificar a variação do gasto com a aquisição de resmas de papel no período, em relação ao período anterior Consumo em 2008 = resmas e em 2009 (estimativa) = resmas. Diminuir o gasto com papel em 10%, em relação ao ano anterior, até % 4% 6% 8% 10% 41

12 Indicador 3.3 Objetivo: Promover a responsabilidade sócio-ambiental INDICADOR: Redução do consumo de água Aumento ou redução do gasto com água Serviços Gerais Serviços Gerais m 3 em 2009 Para manter o consumo dentro do estritamente necessário e evitar o desperdiço Quantidade de água utilizada em um ano, em relação ao ano anterior Manter o consumo global de água nos padrões atuais, considerando a ampliação das instalações e do quadro de pessoal do Regional 0% 0% 0% 0% 0% Indicador 3.4 Objetivo: Promover a responsabilidade sócio-ambiental INDICADOR: Redução do consumo de energia Aumento ou redução do consumo de energia Serviços Gerais Serviços Gerais Para manter o consumo dentro do estritamente necessário e evitar o desperdiço Quantidade de energia utilizada em um ano, em relação ao ano anterior Kw/h em 2009 Reduzir o consumo de energia em 5% até 2014, considerando a ampliação das instalações e do quadro de pessoal do Regional 1% 2% 3% 4% 5% Indicador 4.1 Objetivo: Promover o alinhamento estratégico em todas as unidades do Regional INDICADOR: Índice de alcance das metas Eficácia Quantas metas foram atingidas Monitorar o avanço do plano estratégico e das metas Identificar o número de metas estratégicas alcançadas em relação ao total de metas estratégicas Sem registro anterior Alcançar 100% das metas até % 40% 60% 80% 100% 42

13 Indicador 4.2 Objetivo: Promover o alinhamento estratégico em todas as unidades do Regional INDICADOR: Índice de gestão participativa Quantas reuniões de execução da estratégia foram efetivamente realizadas Trimestre Monitorar a periodicidade das reuniões e garantir que elas sejam realizadas Identificar o % entre reuniões de execução da estratégia realizadas/ reuniões previstas no período Foram realizadas 4 reuniões em 2009 Realizar 6 reuniões anuais, atingindo um índice de 100% de gestão participativa até % 100% 100% 100% 100% Indicador 4.3 Objetivo: Promover o alinhamento estratégico em todas as unidades do Regional INDICADOR: Índice de sucesso na execução dos projetos estratégicos Eficácia Quantos projetos estratégicos previstos foram concluídos com sucesso Monitorar e avaliar a execução e os resultados dos projetos Identificar o % entre projetos estratégicos concluídos e com suas metas internas alcançadas/ total de projetos estratégicos previstos no plano para o período Não há 8 projetos estratégicos por ano, atingindo um índice de sucesso de 100% até % 40% 60% 80% 100% Indicador 5.1 Objetivo: Aprimorar a comunicação com o público interno e externo INDICADOR: Índice de publicação do conteúdo integral dos processos na Internet Quantitativo de processos publicados na internet Identificar a necessidade de disponibilizar mais processos na internet Identificar o % entre os processos posteriores com seu conteúdo integral publicado na Internet/ total de processos pendentes 80% dos processos publicados na Internet Aumentar o índice de publicação na internet para 100% até % 90% 95% 100% 100% 43

14 Indicador 5.2 Objetivo: Aprimorar a comunicação com o público interno e externo INDICADOR: Índice de informações orçamentárias e financeiras disponibilizadas na Internet O percentual de informações orçamentárias disponibilizadas na internet Monitorar a transparência orçamentária Identificar o % entre informações orçamentárias e financeiras disponibilizadas na internet/ total de informações orçamentárias e financeiras 80% das informações publicadas na internet Aumentar o índice de informações orçamentárias disponibilizadas na Internet em 100% até % 90% 95% 100% 100% Indicador 5.3 Objetivo: Aprimorar a comunicação com o público interno e externo INDICADOR: Índice de inserções institucionais na mídia Quantos artigos do Tribunal foram veiculados na mídia Assessoria de Comunicação Social Assessoria de Comunicação Social Monitorar a comunicação do Tribunal com o público externo Identificar a quantidade de inserções na mídia, no período 389 inserções institucionais na mídia escrita em 2009 Aumentar o índice de inserções em 20% até % 8% 12% 16% 20% Indicador 5.4 Objetivo: Aprimorar a comunicação com o público interno e externo INDICADOR: Índice de matérias institucionais positivas Quantos artigos/reportagens positivas sobre o Tribunal apareceram na mídia Assessoria de Comunicação Social Assessoria de Comunicação Social Monitorar a visibilidade positiva do Tribunal Identificar a quantidade de inserções na mídia, no período. 40% das matérias publicadas na mídia em 2009 (em média) Aumentar o índice de matérias positivas para 90% até % 60% 70% 80% 90% 44

15 Indicador 5.5 Objetivo: Aprimorar a comunicação com o público interno e externo INDICADOR: Índice de promoção de valores éticos e morais Quantas ações estão voltadas para a disseminação de valores éticos e morais Setor de Treinamento e Concurso Setor de Treinamento e Concurso Avaliar a necessidade de mais ações Identificar o total de ações internas e externas relacionadas à disseminação de valores éticos e morais Não há nenhuma ação voltada a esse indicador Aumentar o número de ações relacionadas à promoção de valores éticos para 3 até ação 2 ações 2 ações 3 ações 3 ações Indicador 5.6 Objetivo: Preservar a memória e fortalecer a imagem institucional do Regional INDICADOR: Índice de visitas nos eventos do Memorial no Regional Eficácia Quantas pessoas visitam o Centro de Memória e a quantidade de eventos realizados CEMEJ CEMEJ Para avaliar o interesse do público e estimular o interesse social Registro realizado pelo CEMEJ da quantidade de visitantes por ano Sem registro anterior Aumentar para 800 o número de visitas ao Centro de Memória até 2014 *Necessidade de Instalar o CEMEJ em * Indicador 5.7 Objetivo: Fortalecer as relações com outros Tribunais e instituições públicas e privadas INDICADOR: Índice de aproveitamento das práticas constantes no Banco de Boas Práticas de Gestão do Poder Judiciário Quantos projetos constantes no Banco de Boas Práticas foram implementados Avaliar a necessidade de implantar mais práticas do Banco de Boas Práticas Identificar quais projetos foram implementados Sem registro anterior Implantar pelo menos 5 projetos do Banco de Boas Práticas até projeto 2 projetos 3 projetos 4 projetos 5 projetos 45

16 Indicador 5.8 Objetivo: Fortalecer as relações com outros Tribunais e instituições públicas e privadas INDICADOR: Índice de parcerias estratégicas internas ao Poder Judiciário Quantas parcerias internas contribuem de fato para o alcance das metas estratégicas Identificar a necessidade de mais parcerias estratégicas Identificar o total de parcerias entre tribunais que contribuem diretamente com o alcance de uma meta estratégica, em relação ao total de parcerias internas. 2 parcerias de cooperação tecnológica, sendo uma com o TRT 8ª Região e 22ª Região (APT) Manter o índice atual de 100% de parcerias internas estratégicas aumentando o número de parcerias em 1 a cada 2 anos até % 100% 100% 100% 100% Indicador 5.9 Objetivo: Fortalecer as relações com outros Tribunais e instituições públicas e privadas INDICADOR: Índice de parcerias estratégicas Quantas parcerias externas ao Poder Judiciário contribuem para o alcance das metas estratégicas Identificar a necessidade de mais parcerias estratégicas externas Identificar o total de parcerias externas que contribuem diretamente com o alcance de uma meta estratégica, em relação ao total de parcerias vigentes 6 parcerias de cooperação (BANCO CENTRAL, DENATRAN, JUCEA, BANCO DO BRASIL, CEF, RECEITA FEDERAL) Manter o índice atual de 100% de parcerias externas estratégicas aumentando o número de parcerias em 1 a cada 2 anos até % 100% 100% 100% 100% Indicador 6.1 Objetivo: Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes dos magistrados e servidores com foco na estratégia INDICADOR: Índice de capacitação nas competências estratégicas e técnicas de gestão Quantitativo de pessoal treinadas nas competências estratégicas Setor de Treinamento Setor de Treinamento Identificar a necessidade de cursos de capacitação Identificar o % entre as pessoas treinadas com pelo menos 20 horas nas competências estratégicas, sobre o total de pessoas. 4% de pessoas treinadas Aumentar o índice de capacitação para 14% até % 8% 10% 12% 14% 46

17 Indicador 6.2 Objetivo: Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes dos magistrados e servidores com foco na estratégia INDICADOR: Índice de atingimento do Plano Nacional de Capacitação Quantos itens do Plano Nacional de Capacitação foram cumpridos Setor de Treinamento e Concurso Setor de Treinamento e Concurso Identificar a necessidade de aumentar o número de capacitações Identificar o % entre os itens atendidos do Plano Nacional de Capacitação, sobre o total de itens Sem registro atual Alcançar um índice de atingimento do Plano de 60% até 2014 (valor estimado) 20% 30% 40% 50% 60% Indicador 6.3 Objetivo: Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes dos magistrados e servidores com foco na estratégia INDICADOR: Percentual do orçamento de custeio aplicado em capacitação Quanto do orçamento de custeio foi gasto com capacitação Secretaria de Orçamento e Finanças Secretaria de Orçamento e Finanças Avaliar o orçamento disponibilizado para capacitação Identificar o % entre o valor aplicado em capacitação e o orçamento total executado 0,11% do valor total para o exercício de 2009 Aumentar o percentual do orçamento aplicado em capacitação para 0,31% até ,15% 0,19% 0,23% 0,27% 0,31% Indicador 6.4 Objetivo: Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes dos magistrados e servidores com foco na estratégia INDICADOR: Índice de capacitação nas competências judiciárias Eficácia Quantidade de pessoas capacitadas em competências judiciárias Setor de Treinamento / Escola Judicial 2% em 2009 Setor de Treinamento / Escola Judicial Identificar a necessidade de capacitar os servidores nas competências judiciárias Identificar o % entre as pessoas treinadas com pelo menos 20 horas nas competências judiciárias, sobre o total de pessoas. Aumentar o índice de capacitação para 23% até % 8% 13% 18% 23% 47

18 Indicador 6.5 Objetivo: Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes dos magistrados e servidores com foco na estratégia INDICADOR: Índice de rotatividade dos servidores em 1ª Instância, 2ª instância e Externo Quantidade de rotatividade de servidores que trocam de setor Serviço de Pessoal Bimestral Serviço de Pessoal Identificar o porquê da rotatividade do servidor nos diversos setores do Tribunal Quantidade de servidores que trocam de setor no Regional dentro do período em relação ao total de servidores 1 a instância: 3,83%; 2 a instância: 2,78% (2009); Externo:???%% (2009) Reduzir o índice de rotatividade para pessoas por ano até a instância 2 a instância Externo 3% 2,75% 2,50% 2,25% 2 % 2% 1,75% 1,50% 1,25% 1% Indicador 6.6 Objetivo: Desenvolver lideranças e promover a motivação e o comprometimento com os objetivos da instituição INDICADOR: Quantidade de ações para a promoção de troca de experiência realizadas ao ano Incentivo a promoção e divulgação de boas práticas Serviço de Comunicação Social Serviço de Comunicação Social Para estimular a troca e experiência e adoção de boas práticas dentro do Regional Quantidade de ações para promoção e divulgação de boas práticas Sem registro anterior Realizar mínimo 1 ação por ano, até ação 1 ação 1 ação 1 ação 1 ação Indicador 6.7 Objetivo: Buscar a melhoria contínua do clima organizacional e da qualidade de vida dos servidores INDICADOR: Índice do clima Organizacional Satisfação dos servidores com o clima organizacional Setor de Treinamento e Concurso Em todas as unidades do Regional Avaliar a grau de satisfação dos servidores e identificar itens a serem melhorados Através de pesquisa de clima organizacional, identificando o % entre as avaliações positivas sobre o total de avaliações na pesquisa Não há nenhuma pesquisa disponível voltada a esse indicador (já foram realizadas duas Pesquisas de Clima porém, os relatórios foram perdidos na ocasião do incêndio ocorrido em setembro de ) Alcançar um índice de satisfação de 80% até % 50% 60% 70% 80% 48

19 Indicador 6.8 Objetivo: Buscar a melhoria contínua do clima organizacional e da qualidade de vida dos servidores INDICADOR: Índice de absenteísmo Eficácia Percentual de ausências dos servidores em relação à jornada de trabalho normal Serviço de Pessoal Serviço de Pessoal 0,11% em 2009 Monitorar a taxa de absenteísmo Identificar o % entre as ausências dos servidores em um determinado período, em relação à jornada de trabalho normal Reduzir o índice de absenteísmo para 0,06% até ,10% 0,09% 0,08% 0,07% 0,06% Indicador 6.9 Objetivo: Buscar a melhoria contínua do clima organizacional e da qualidade de vida dos servidores INDICADOR: Índice de prevenção de saúde O percentual de servidores que realizam exame médico periódico Setor Médico / Departamento Pessoal Setor Médico / Departamento Pessoal Identificar o número de servidores que realizam exame médico e incentivar os demais Identificar o % entre o número de pessoas que realizaram exame médico periódico preventivo sobre o total de pessoas elegíveis na Lei /09 Sem registro anterior Aumentar o índice de prevenção de saúde para 100% até % 40% 60% 80% 100% Indicador 6.10 INDICADOR: Índice de Satisfação do Atendimento Médico Índice de satisfação do atendimento médico do Regional Ouvidoria Ambulatório do Regional Avaliar a qualidade do atendimento médico do Regional Pesquisa de opinião realizada com os usuários do serviço. Sem registro atual Atingir um índice de 75% até % 60% 65% 70% 75% 49

20 Indicador 7.1 Objetivo: Promover a inovação, integração e permanente atualização dos sistemas de informação INDICADOR: Índice de treinamento nos Sistemas Tecnológicos Horas de treinamento em sistemas tecnológicos Identificar a necessidade de capacitação na área de sistemas tecnológicos Horas de treinamento em sistemas tecnológicos / quantidade de servidores do Regional 1,8 horas de treinamento por funcionário Aumentar para 10 horas de treinamento até hs 4hs 6hs 8hs 10hs Indicador 7.2 Objetivo: Promover a inovação, integração e permanente atualização dos sistemas de informação INDICADOR: Quantidade de soluções tecnológicas desenvolvidas no ano, com foco na estratégia Quantidade de soluções tecnológicas alinhadas com a estratégia Para garantir o alinhamento da SETI com a estratégia Com base nos registros de projetos alinhados com o planejamento estratégicos feitos no período 27 projetos atuais Implementar 2 projetos novos por ano, até projetos 4 projetos 6 projetos 8 projetos 10 projetos Indicador 7.3 Objetivo: Garantir a disponibilidade de sistemas essenciais de TI INDICADOR: Índice de aderência aos padrões mínimos de TI Quantidade de itens da Resolução 90 implementados Avaliar o cumprimento da norma Identificar o % entre os itens atendidos sobre o total de itens especificados na Resolução 90 55% dos itens atendidos Aumentar o índice de aderência aos padrões para 100% até % 70% 80% 90% 100% 50

21 Indicador 7.4 Objetivo: Garantir a disponibilidade de sistemas essenciais de TI INDICADOR: Índice de aderência às PETI Quantitativo de metas do PETI alcançadas Avaliar a necessidade de implementar ações e projetos para alcançar as metas Identificar o % de metas alcançadas em relação ao total de metas do PETI 55% das metas alcançadas Alcançar um índice de aderência às PETI de 100% até % 70% 80% 90% 100% Indicador 7.5 Objetivo: Garantir a disponibilidade de sistemas essenciais de TI INDICADOR: Índice de disponibilidade de infraestrutura de equipamentos de tecnologia Tempo de disponibilidade de equipamentos de tecnologia Monitorar o tempo de disponibilidade e avaliar a necessidade de medidas para melhoria Fórmula: 1 (tempo de indisponibilidade de equipamentos/ tempo total do período) 92% de disponibilidade Aumentar o índice de disponibilidade de equipamentos para 99% até % 96% 97% 98% 99% Indicador 7.6 Objetivo: Garantir a disponibilidade de sistemas essenciais de TI INDICADOR: Índice de disponibilidade de sistemas on-line Tempo de disponibilidade do sistema on-line Semanal Monitorar o tempo de disponibilidade e avaliar a necessidade de medidas para melhoria Fórmula: 1 (tempo de indisponibilidade de sistemas/tempo total do período) 92% de disponibilidade Aumentar o índice de disponibilidade de sistemas para 99,99% até % 96% 97% 98% 99,99% 51

22 Indicador 7.7 Objetivo: Garantir a infraestrutura física e material necessária INDICADOR: Índice de satisfação com as instalações físicas Satisfação dos servidores com as instalações físicas Ouvidoria Em todas as unidades do Regional Avaliar a grau de satisfação dos servidores e identificar itens a serem melhorados Através de pesquisa, identificando o % entre avaliações positivas quanto à adequação das instalações físicas / total de avaliações nestes itens da pesquisa Sem registro anterior Alcançar um índice de satisfação de 70% até 2014 (valor estimado) 30% 40% 50% 60% 70% Indicador 7.8 Objetivo: Garantir a infraestrutura física e material necessário INDICADOR: Índice de condições de trabalho Quantidade de itens da Norma Regulamentadora 17 do Ministério do Trabalho e Emprego implementados Setor Médico/Ação Social Setor Médico/Ação Social Avaliar o cumprimento da Norma Regulamentadora 17 do Ministério do Trabalho Identificar o % entre os itens atendidos da norma, em relação ao total de itens Sem registro anterior Atender 70% dos itens da norma sobre condições de trabalho ideais, até 2014 (valor estimado) 30% 40% 50% 60% 70% Indicador 7.9 Objetivo: Garantir a infraestrutura física e material necessária INDICADOR: Índice de unidades com segurança armada e/ou eletrônica em período integral Número de unidades com segurança eletrônica (controle de acesso com detector de metais e raios-x e câmeras de vigilância nas áreas de circulação) e/ou segurança armada Setor de segurança Mensal Em todas as unidades do Regional Avaliar a necessidade de aumentar a segurança em algumas unidades Identificar as unidades consideradas seguras total de unidades 15 unidades com segurança armada = 100% Manter em 100% o índice de unidade com segurança armada e/ou eletrônica 30% 50% 70% 90% 100% 52

23 Indicador 8.1 Objetivo: Buscar a excelência na gestão orçamentária assegurando a execução da estratégia INDICADOR: Índice de orçamento estratégico Percentual do orçamento total disponível para as iniciativas estratégicas Secretaria de Orçamento e Finanças Secretaria de Orçamento e Finanças Avaliar a necessidade de aumento do orçamento estratégico Identificar o % entre o valor disponibilizado para as iniciativas estratégicas e o orçamento total Sem registro anterior Alcançar um índice de orçamento estratégico de 1,5% até 2014 (valor estimado) 0,3% 0,6% 0,9% 1,2% 1,5% Indicador 8.2 Objetivo: Buscar a excelência na gestão orçamentária assegurando a execução da estratégia INDICADOR: Índice de execução do orçamento estratégico Quanto do orçamento estratégico foi realmente utilizado para tal finalidade Secretaria de Orçamento e Finanças e Secretaria de Orçamento e Finanças e Monitorar e avaliar a execução do orçamento estratégico Identificar o % entre o valor executado nas iniciativas estratégicas e o valor disponibilizado Sem registro anterior Atingir um índice de execução do orçamento estratégico de 100% até % 100% 100% 100% 100% Indicador 8.3 Objetivo: Buscar a excelência na gestão orçamentária assegurando a execução da estratégia INDICADOR: Índice de execução do orçamento disponibilizado Quanto do orçamento disponibilizado foi executado Secretaria de Orçamento e Finanças Secretaria de Orçamento e Finanças Monitorar e avaliar a execução do orçamento Identificar o % entre o valor executado e o valor total do orçamento disponibilizado 100% do orçamento total executado Manter o índice de execução orçamentária em 100% até % 100% 100% 100% 100% 53

ANEXO A Estratégia do Tribunal de Justiça de Sergipe

ANEXO A Estratégia do Tribunal de Justiça de Sergipe RESOLUÇÃO Nº 10, DE 01 DE JUNHO DE 2011 Dispõe sobre o Planejamento e a Gestão Estratégica no âmbito do Poder Judiciário do Estado de Sergipe e dá outras providências. ANEXO A Estratégia do Tribunal de

Leia mais

A ESTRATÉGIA DO TRT-3ª REGIÃO

A ESTRATÉGIA DO TRT-3ª REGIÃO A ESTRATÉGIA DO TRT-3ª REGIÃO Plano Plurianual 2010-2014 Considerando o caráter dinâmico do processo de planejamento estratégico, o monitoramento e as revisões periódicas vêm auxiliar a Administração,

Leia mais

(ANEXO 1) FICHA DOS INDICADORES

(ANEXO 1) FICHA DOS INDICADORES (ANEXO 1) FICHA DOS INDICADORES Indicador 01 INDICADOR: Índice de confiança no Poder Judiciário (1 CNJ) Confiança da sociedade no Poder Judiciário CNJ Pesquisa de opinião contratada pelo CNJ Identificar

Leia mais

Resolução nº 17, de 02 de maio de 2013. Revisão do Plano Diretor 2010/2014. A Estratégia do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima

Resolução nº 17, de 02 de maio de 2013. Revisão do Plano Diretor 2010/2014. A Estratégia do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima Resolução nº 17, de 02 de maio de 2013. Revisão do Plano Diretor 2010/2014. A Estratégia do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima Revisada Vigência 2013 2014 Missão, qual nosso negócio? Identidade institucional

Leia mais

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS PAINEL DE ES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2014 SOCIEDADE: Prestar serviços de excelência 1 Índice de respostas a contatos dirigidos à Ouvidoria Mede o percentual de contatos dirigidos à Ouvidoria que receberam

Leia mais

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional.

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Tema 1: Eficiência Operacional Buscar a excelência na gestão de custos operacionais. Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Agilizar

Leia mais

Indicadores - Perspectiva Sociedade

Indicadores - Perspectiva Sociedade Indicadores - Perspectiva Sociedade Fortalecer a imagem institucional da Justiça do Trabalho IMAGEM ORGANIZACIONAL GRAU DE CONFIANÇA NA JUSTIÇA DO TRABALHO Mede o grau de confiança dos advogados e partes

Leia mais

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS PAINEL DE ES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2013 SOCIEDADE: Prestar serviços de excelência 1 Índice de respostas a contatos dirigidos à Ouvidoria Mede o percentual de contatos dirigidos à Ouvidoria que receberam

Leia mais

[Digite texto] Plano Estratégico STJ 2010-2014

[Digite texto] Plano Estratégico STJ 2010-2014 [Digite texto] Plano Estratégico STJ 2010-2014 Matrizes indicadores estratégicos Plano STJ 2010-2014 Setembro/2014 Sumário 1.1.Indicador: Execução do orçamento estratégico... 3 1.2.Indicador: Execução

Leia mais

Plano Bianual 2010/2011

Plano Bianual 2010/2011 Plano Bianual 2010/2011 Por meio da Resolução Administrativa nº 55/2010 foi aprovado alterações no Plano Plurianual 2010/2014. Em razão, destas adequações, atualizamos a apresentação do Plano Bianual 2010/2011,

Leia mais

DESEMBARGADOR SÉRGIO ANTÔNIO DE RESENDE PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MINAS GERAIS

DESEMBARGADOR SÉRGIO ANTÔNIO DE RESENDE PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MINAS GERAIS DISCURSO DESEMBARGADOR SÉRGIO ANTÔNIO DE RESENDE PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MINAS GERAIS ABERTURA DO 79º ENCONTRO NACIONAL DO COLÉGIO PERMANENTE DE PRESIDENTES DE TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DO BRASIL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SERVIÇO DE CONTROLE INTERNO PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SERVIÇO DE CONTROLE INTERNO PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SERVIÇO DE CONTROLE INTERNO PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO PARA O PERÍODO DE 2014 A 2017 NOVEMBRO - 2013 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

TJM-RS NGE-JME-RS. Anexo I - 2.2.3 - Levantamento de dados históricos Projetos TJM/RS de 2009 a 2014

TJM-RS NGE-JME-RS. Anexo I - 2.2.3 - Levantamento de dados históricos Projetos TJM/RS de 2009 a 2014 2013 TJM-RS NGE-JME-RS Anexo I - 2.2.3 - Levantamento de dados históricos Projetos TJM/RS de 2009 a 2014 [PAINEL DE INDICADORES-TJM-RS] Contém os indicadores do do Tribunal de Justiça Militar do Rio Grande

Leia mais

AMBIÊNCIA EXTERNA / Ameaças

AMBIÊNCIA EXTERNA / Ameaças 22 A análise ambiental externa teve como foco os fatores predominantes do ambiente externo (oportunidades e ameaças) que influenciam ou podem vir a influenciar o desempenho do TRT, rumo ao alcance de sua

Leia mais

I REUNIÃO DE ANÁLISE DA ESTRATÉGIA - 2013

I REUNIÃO DE ANÁLISE DA ESTRATÉGIA - 2013 I REUNIÃO DE ANÁLISE DA ESTRATÉGIA - 2013 Desembargador do Trabalho ILSON ALVES PEQUENO JUNIOR Presidente e Gestor de Metas Regionais e Nacionais do TRT da 14ª Região Porto Velho-RO 8/3/2013 www.trt14.jus.br

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO Assegurar o acesso à justiça, de forma efetiva, na composição dos conflitos decorrentes das relações de trabalho. Missão Institucional do TRT da 8ª Região. INTRODUÇÃO Prática adotada pelo Tribunal Regional

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO DAS METAS NACIONAIS

RELATÓRIO DE DESEMPENHO DAS METAS NACIONAIS TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO 2013 RELATÓRIO DE DESEMPENHO DAS METAS NACIONAIS Dezembro - 2013 2 RELATÓRIO DE DESEMPENHO DAS METAS NACIONAIS 2013 METAS DE NIVELAMENTO PARA AS CORREGEDORIAS

Leia mais

META 01 do CNJ para 2011 CRIAR UNIDADE DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NOS TRIBUNAIS PARA AUXILIAR A IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA.

META 01 do CNJ para 2011 CRIAR UNIDADE DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NOS TRIBUNAIS PARA AUXILIAR A IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA. META 01 do CNJ para 2011 CRIAR UNIDADE DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NOS TRIBUNAIS PARA AUXILIAR A IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA. PROJETOS ESTRATÉGICOS A carteira de Projetos Estratégicos do Tribunal

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015/2020

PLANO ESTRATÉGICO 2015/2020 PLANO ESTRATÉGICO 2015/2020 Missão Institucional Solucionar conflitos nas relações de trabalho Visão de Futuro, a ser alcançada até 2020 Aprimorar a qualidade na prestação de serviço, com estrutura adequada

Leia mais

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação. Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação. Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região Dezembro/2010 2 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Missão: Prover soluções efetivas de tecnologia

Leia mais

Carteira de Projetos da Seção Judiciária do RS

Carteira de Projetos da Seção Judiciária do RS Página 1 Carteira de Projetos da Seção Judiciária do RS Projeto I Padronização e Melhoria dos Procedimentos das Varas Federais, Juizados e Turmas Recursais Escopo: Implementação de método de gerenciamento

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC

Planejamento Estratégico de TIC Planejamento Estratégico de TIC Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe 2015 a 2020 Versão 1.0 Índice 1. Apresentação 2. Organograma da SETECI 3. Planejamento Estratégico do TJSE 4. Mapa Estratégico do

Leia mais

NOÇÕES DE GESTÃO PÚBLICA

NOÇÕES DE GESTÃO PÚBLICA WELTOM A. DE CARVALHO NOÇÕES DE GESTÃO PÚBLICA TEORIA 140 Questões Gabaritadas da FCC por Tópicos (2013 2004) A apostila abrange o conteúdo programático cobrado em alguns concursos púbicos, organizados

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO RONDÔNIA E ACRE

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO RONDÔNIA E ACRE PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO RONDÔNIA E ACRE GLOSSÁRIO DE METAS DO PLANO DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL Versão: 1.0 Atualização: outubro/2013 Porto Velho

Leia mais

Garantir efetividade na tramitação dos processos judiciais e administrativos e assegurar a razoável duração do processo.

Garantir efetividade na tramitação dos processos judiciais e administrativos e assegurar a razoável duração do processo. Eficiência Operacional. Buscar a efetividade nos trâmites judiciais e administrativos. Garantir efetividade na tramitação dos processos judiciais e administrativos e assegurar a razoável duração do processo.

Leia mais

O Processo Eletrônico como Instrumento de Eficiência da Administração Judiciária

O Processo Eletrônico como Instrumento de Eficiência da Administração Judiciária O Processo Eletrônico como Instrumento de Eficiência da Administração Judiciária ENAMAT Curso de Formação Continuada de Teoria Geral do Processo Eletrônico Brasília-DF, setembro de 2011 Rubens Curado Silveira

Leia mais

Melhorando a governança: Umaexperiênciapráticade evoluçãoinstitucional. Novembro de 2015

Melhorando a governança: Umaexperiênciapráticade evoluçãoinstitucional. Novembro de 2015 Melhorando a governança: Umaexperiênciapráticade evoluçãoinstitucional Novembro de 2015 CONCEITO DE GOVERNANÇA A governança pública é a capacidade que os governos têm de avaliar, direcionar e monitorar

Leia mais

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS PAINEL DE ES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2014 SOCIEDADE: Prestar serviços de excelência 1 Índice de respostas a contatos dirigidos à Ouvidoria Mede o percentual de contatos dirigidos à Ouvidoria que receberam

Leia mais

VISÃO Ser reconhecido, junto à Instituição, pela qualidade de seus serviços e soluções de TIC - 1 -

VISÃO Ser reconhecido, junto à Instituição, pela qualidade de seus serviços e soluções de TIC - 1 - RECURSOS E PESSOAS PROCESSOS INTERNOS RESULTADOS / SOCIEDADE ANEXO I ( a que se refere o 1º do art. 1º da Resolução nº 732, de 14 de agosto de 2013) MISSÃO Prover soluções tecnológicas efetivas para que

Leia mais

O CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA A E O DIAGNÓSTICO DOS JUIZADOS ESPECIAIS. Comissão dos Juizados Especiais

O CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA A E O DIAGNÓSTICO DOS JUIZADOS ESPECIAIS. Comissão dos Juizados Especiais O CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA A E O DIAGNÓSTICO DOS JUIZADOS ESPECIAIS Comissão dos Juizados Especiais Formulário rio dos Juizados Criminais Estatísticas da Justiça Federal e prognósticos de seguros -

Leia mais

RELATÓRIO SINTÉTICO DAS ATIVIDADES DE AUDITORIA BIÊNIO: FEVEREIRO/2011 A JANEIRO/2013

RELATÓRIO SINTÉTICO DAS ATIVIDADES DE AUDITORIA BIÊNIO: FEVEREIRO/2011 A JANEIRO/2013 ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ Auditoria Administrativa de Controle Interno RELATÓRIO SINTÉTICO DAS ATIVIDADES DE AUDITORIA BIÊNIO: FEVEREIRO/2011 A JANEIRO/2013

Leia mais

PROJETOS DA ADMINISTRAÇÃO PARA O BIÊNIO 2008/2009

PROJETOS DA ADMINISTRAÇÃO PARA O BIÊNIO 2008/2009 PROJETOS DA ADMINISTRAÇÃO PARA O BIÊNIO 2008/2009 LINHAS DE AÇÃO PROJETOS DESCRIÇÃO EXCELÊNCIA NO ATENDIMENTO AOS USUÁRIOS / CELERIDADE Locação do 2º prédio na esquina da Av. Augusto de Lima com rua Mato

Leia mais

A Estratégia do Poder Judiciário

A Estratégia do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 70, DE 18 DE MARÇO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento e a Gestão Estratégica no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia do Poder Judiciário PODER JUDICIÁRIO

Leia mais

ESTATÍSTICA PROCESSUAL E RESUMO DAS ATIVIDADES PROMOVIDAS PELA PRESIDÊNCIA.

ESTATÍSTICA PROCESSUAL E RESUMO DAS ATIVIDADES PROMOVIDAS PELA PRESIDÊNCIA. 1 ESTATÍSTICA PROCESSUAL E RESUMO DAS ATIVIDADES PROMOVIDAS PELA PRESIDÊNCIA. Apresento a Vossas Excelências um breve relato da estatística processual relativa ao primeiro semestre deste ano, bem como

Leia mais

ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO APMP

ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO APMP ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO APMP AGENTES DA ESTRATÉGIA ANÁLISE DE AMBIENTE ANÁLISE DE AMBIENTE ANÁLISE DE AMBIENTE ANÁLISE DE AMBIENTE AVALIAÇÃO 1. Divulgação da Palestra

Leia mais

CLEUSA REGINA HALFEN Presidente do TRT da 4ª Região/RS

CLEUSA REGINA HALFEN Presidente do TRT da 4ª Região/RS 1624/2014 Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região 2 A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições, e considerando o que consta no PA nº 0008096-80.2014.5.04.0000,

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 24/05/2016 12:51:35 Endereço IP: 187.4.152.90 Designação

Leia mais

Contrato de Empréstimo n.º 980/OC-BR. República Federativa do Brasil e o Banco Interamericano de Desenvolvimento

Contrato de Empréstimo n.º 980/OC-BR. República Federativa do Brasil e o Banco Interamericano de Desenvolvimento TERMO DE REFERÊNCIA Projeto BRA/97/032 Coordenação do Programa de Modernização Fiscal dos Estados Brasileiros - PNAFE Contrato de Empréstimo n.º 980/OC-BR entre a República Federativa do Brasil e o Banco

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relatório de Informações Gerenciais Setorial do 1º Semestre de 2013 DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÂO DGTEC RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS 1º

Leia mais

Unidade de Medida: % de execução física Especificação do Produto

Unidade de Medida: % de execução física Especificação do Produto Programa 0565 - Prestação Jurisdicional do Supremo Tribunal Federal Número de Ações 13 Tipo: Operações Especiais 09HB - Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o Custeio do Regime de

Leia mais

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. Revisa o Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI para o período 2013-2018 e dá outras providências. O Presidente do TRE-RS, no uso de suas atribuições

Leia mais

INDICADORES E METAS DO TRT7 OBJETIVO ESTRATÉGICO TRT 7ª REGIÃO Nº.1.

INDICADORES E METAS DO TRT7 OBJETIVO ESTRATÉGICO TRT 7ª REGIÃO Nº.1. 34 Os indicadores são índices utilizados para aferir resultados. O TRT da 7ª Região adotou indicadores aferidos pelo CNJ e criou outros considerados relevantes para o processo decisório da gestão institucional,

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC

Planejamento Estratégico de TIC Planejamento Estratégico de TIC Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe 2010 a 2014 Versão 1.1 Sumário 2 Mapa Estratégico O mapa estratégico tem como premissa de mostrar a representação visual o Plano

Leia mais

ESCOLA JUDICIAL DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 16ª REGIÃO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO QUALIFICAR

ESCOLA JUDICIAL DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 16ª REGIÃO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO QUALIFICAR PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO QUALIFICAR CALENDÁRIO DE CURSOS EXERCÍCIO 2011 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2011-2015 PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO QUALIFICAR Escopo Capacitar magistrados e servidores em gestão

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

Administração Judiciária

Administração Judiciária Administração Judiciária Planejamento e Gestão Estratégica Claudio Oliveira Assessor de Planejamento e Gestão Estratégica Conselho Superior da Justiça do Trabalho Gestão Estratégica Comunicação da Estratégia

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO. PROJETO DE LEI N o 7.927, DE 2014 (do Tribunal Superior do Trabalho)

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO. PROJETO DE LEI N o 7.927, DE 2014 (do Tribunal Superior do Trabalho) CÂMARA DOS DEPUTADOS DEPUTADO POLICARPO COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI N o 7.927, DE 2014 (do Tribunal Superior do Trabalho) Dispõe sobre a criação de cargos de

Leia mais

Concurso "III Prata da Casa" Edição 2013 "Ação Inovadora" Cadastro da Prática ou Ideia

Concurso III Prata da Casa Edição 2013 Ação Inovadora Cadastro da Prática ou Ideia 26 Concurso "III Prata da Casa" Nome do Participante ABIGAIL CRISTINE CARNEIRO Cargo Assessora Jurídica Email Institucional accarneiro@mp.pr.gov.br Contatos Telefônicos (41) 3279-3089 (41) 9921-7438 (41)

Leia mais

1H24 - Implantação de Sistema Integrado de Gestão da Informação Jurisdicional II no Superior Tribunal de Justiça (e-jus) Unidade de Medida:

1H24 - Implantação de Sistema Integrado de Gestão da Informação Jurisdicional II no Superior Tribunal de Justiça (e-jus) Unidade de Medida: Programa 0568 - Prestação Jurisdicional no Superior Tribunal de Justiça Número de Ações 11 Tipo: Operações Especiais 09HB - Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o Custeio do Regime

Leia mais

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2010-2014

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2010-2014 PAINEL DE ES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2010-2014 SOCIEDADE: 1. Garantir a legitimidade do processo eleitoral 01 CONFIANÇA NO PROCESSO ELEITORAL Mede o grau de confiança da população gaúcha em relação ao processo

Leia mais

- Setores da Corregedoria -

- Setores da Corregedoria - - Setores da Corregedoria - Calendário Logísitica Correições Assessoria Processo Administrativo Apoio Interno Núcleo de Apoio Corregedor Cadastro de Documentos Ouvidoria Promoções Controle do Trâmite Processual

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 11/06/2014 13:47:32 Endereço IP: 200.253.113.2 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

DAS JUNTAS DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA

DAS JUNTAS DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA Projeto Conciliar PROPOSTA PARA CRIAÇÃO DE MECANISMOS DE FORMAÇÃO E CONTROLE DAS JUNTAS DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA Parceiros 1. Índice 1. Apresentação do INQJ... 2. Objeto do Documento... 3. Análise do Contexto...

Leia mais

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS 43 Considerando os Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas, foram elaboradas para cada Objetivo, as Ações e indicados Projetos com uma concepção corporativa. O Plano Operacional possui um caráter sistêmico,

Leia mais

RELATÓRIO DE INDICADORES - 1º SEMESTRE DE 2013

RELATÓRIO DE INDICADORES - 1º SEMESTRE DE 2013 RELATÓRIO DE INDICADORES - 1º SEMESTRE DE RELATÓRIO DE INDICADORES PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 1 Apresentação A informação, em conjunto com os recursos tecnológicos, é vital para o funcionamento tático, estratégico

Leia mais

Fases do Desenvolvimento de Projeto

Fases do Desenvolvimento de Projeto Aula 04 Gerenciamento de Projetos 20/05/08 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação 7ª fase Prof. Carlos Guerber PLANEJAMENTO 1 Fases do Desenvolvimento de Projeto Na fase de planejamento

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Estruturar e implantar uma unidade administrativa para assessorar a alta administração do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais em relação à elaboração e ao

Leia mais

2ª RAE 2013 ANÁLISE DA ESTRATÉGIA DE TI

2ª RAE 2013 ANÁLISE DA ESTRATÉGIA DE TI 2ª RAE 2013 A tecnologia da informação é o coração da administração pública, podendo fazê-la parar ou avançar (Ministro Augusto Shermann Cavalcanti, TCU) Agenda Revisão da 1ª RAE Medição Desempenho TI

Leia mais

ANEXO II DOS TERMOS DE REFERÊNCIA

ANEXO II DOS TERMOS DE REFERÊNCIA ANEXO II DOS TERMOS DE REFERÊNCIA GLOSSÁRIO DE TERMOS DO MARCO ANALÍTICO Avaliação de Projetos de Cooperação Sul-Sul: exercício fundamental que pretende (i ) aferir a eficácia, a eficiência e o potencial

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL Este questionário objetiva diagnosticar a realidade dos tribunais em relação às aprovadas no II Encontro Nacional do Judiciário, bem como subsidiar medidas concretas a serem adotadas

Leia mais

ESTRATÉGIA NACIONAL. Planejamento Estratégico Nacional do Poder Judiciário 2015/2020

ESTRATÉGIA NACIONAL. Planejamento Estratégico Nacional do Poder Judiciário 2015/2020 Poder Judiciário Conselho Nacional de Justiça ESTRATÉGIA NACIONAL Planejamento Estratégico Nacional do Poder Judiciário 2015/2020 Versão 7 Planejamento Estratégico Nacional do Poder Judiciário 2015-2020

Leia mais

Portaria nº 111, de 23 de janeiro de 2014.

Portaria nº 111, de 23 de janeiro de 2014. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO Portaria nº 111, de 23 de janeiro de 2014. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO, no uso de suas atribuições

Leia mais

Relatório Metas Nacionais do Judiciário Diagnóstico Situacional TJAL

Relatório Metas Nacionais do Judiciário Diagnóstico Situacional TJAL Relatório Metas Nacionais do Judiciário Diagnóstico Situacional TJAL Assessoria de Planejamento de Modernização do Poder - APMP Divisão de Estatística do Tribunal de Justiça - DETJ Assessoria de Planejamento

Leia mais

6. Resultados obtidos

6. Resultados obtidos 6. Resultados obtidos 6.1 O Balanced corecard final Utilizando a metodologia descrita no capítulo 5, foi desenvolvido o Balanced corecard da Calçados yrabel Ltda. Para facilitar o entendimento deste trabalho,

Leia mais

Plano de Gestão de Logística Sustentável

Plano de Gestão de Logística Sustentável Abril 2013 Plano de Gestão de Logística Sustentável Abril 2013 Sumário 1 Introdução 3 2 Objetivos 4 3 Implementação e avaliação 4 4 Planos de ação 5 5 Cronogramas 28 6 Inventário de materiais 46 7 Referências

Leia mais

Questionário de Governança de TI 2016

Questionário de Governança de TI 2016 Questionário de Governança de TI 2016 De acordo com o Referencial Básico de Governança do Tribunal de Contas da União, a governança no setor público compreende essencialmente os mecanismos de liderança,

Leia mais

ANEXO 1 PROJETO BÁSICO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E ORGANIZACIONAL DE ENTIDADES CIVIS DE DEFESA DO CONSUMIDOR

ANEXO 1 PROJETO BÁSICO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E ORGANIZACIONAL DE ENTIDADES CIVIS DE DEFESA DO CONSUMIDOR ANEXO 1 PROJETO BÁSICO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E ORGANIZACIONAL DE ENTIDADES CIVIS DE DEFESA DO CONSUMIDOR I - OBJETIVO GERAL Realização de Módulos do programa de capacitação

Leia mais

CARTILHA DE FISCALIZAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE CONVÊNIOS.

CARTILHA DE FISCALIZAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE CONVÊNIOS. Secretaria de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária do Estado da Bahia 2011 CARTILHA DE FISCALIZAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE CONVÊNIOS. DIROP Diretoria de Orçamento Público 1 Sumário Apresentação......03

Leia mais

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 A Estratégia do Conselho da Justiça Federal CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 SUEST/SEG 2015 A estratégia do CJF 3 APRESENTAÇÃO O Plano Estratégico do Conselho da Justiça Federal - CJF resume

Leia mais

PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA

PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA Estrutura: 1. Método de elaboração deste Plano de Trabalho e do respectivo Cronograma. 2. Cronograma. 3. Detalhamento das atividades

Leia mais

11E6 - Implantação de Sistema Integrado de Gestão da Informação Jurisdicional no Poder Judiciário (e-jus) Unidade de Medida:

11E6 - Implantação de Sistema Integrado de Gestão da Informação Jurisdicional no Poder Judiciário (e-jus) Unidade de Medida: Programa 1389 - Controle da Atuação Administrativa e Financeira no Poder Judiciário Número de Ações 12 Tipo: Operações Especiais 09HB - Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o Custeio

Leia mais

Definir e padronizar os procedimentos para realizar o planejamento e a execução da segurança de magistrados, servidores, usuários e dependências.

Definir e padronizar os procedimentos para realizar o planejamento e a execução da segurança de magistrados, servidores, usuários e dependências. Código: MAP-ASMIL-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Assessoria Militar Aprovado por: Presidência 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos para realizar o planejamento e

Leia mais

OUVIDORIAS DE SAÚDE COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO PARTICIPATIVA. A rede estadual de ouvidorias de saúde: Experiência do Estado do Rio de Janeiro

OUVIDORIAS DE SAÚDE COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO PARTICIPATIVA. A rede estadual de ouvidorias de saúde: Experiência do Estado do Rio de Janeiro OUVIDORIAS DE SAÚDE COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO PARTICIPATIVA A rede estadual de ouvidorias de saúde: Experiência do Estado do Rio de Janeiro Minas Gerais, 30/10/12 OUVIDORIA SES RJ Início das atividades:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais Setorial Anual

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais Setorial Anual PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relatório de Informações Gerenciais Setorial Anual DIRETORIA GERAL DE FISCALIZAÇÃO E APOIO ÀS SERVENTIAS JUDICIAIS - DGFAJ Unidade Organizacional: DIRETORIA

Leia mais

Competências Capacitação e Desenvolvimento

Competências Capacitação e Desenvolvimento TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO Rondônia / Acre TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO Rondônia / Acre IDENTIDADE ORGANIZACIONAL DO TRT 14ª REGIÃO (2009/2014) Missão Solucionar conflitos

Leia mais

ANEXO Matriz dos Indicadores

ANEXO Matriz dos Indicadores ANEXO Matriz dos Indicadores Indicador IE 01 - Confiança no Poder Judiciário Objetivo: Relativo à visão - OBTER O RECONHECIMENTO DA SOCIEDADE SOBRE A CONTRIBUIÇÃO DO PJERJ PARA O EXERCÍCIO DEMOCRÁTICO

Leia mais

PLANO PLURIANUAL 2016-2018

PLANO PLURIANUAL 2016-2018 FUNÇÃO - Ser órgão de excelência, com reconhecimento social, que valoriza as profissões de enfermagem. Programa 01 - Implementar o Projeto Estratégico Setorial do Departamento de Fiscalização DEFIS. Área

Leia mais

INTREGRAPE PROJETO APE

INTREGRAPE PROJETO APE INTREGRAPE PROJETO APE Ações Preventivas na Escola Atua no fortalecimento e desenvolvimento do Eixo-Saúde no Programa Escola da Família, sistematizando ações de organização social, que qualifique multiplicadores

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais Setorial Anual

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais Setorial Anual PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relatório de Informações Gerenciais Setorial Anual GABINETE DO CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2012 RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS

Leia mais

A EXPERIÊNCIA DO TRT DA 10ª REGIÃO NA IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA

A EXPERIÊNCIA DO TRT DA 10ª REGIÃO NA IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA A EXPERIÊNCIA DO TRT DA 10ª REGIÃO NA IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA Fabiana Alves de Souza dos Santos Diretora de Gestão Estratégica do TRT 10 1/29 O TRT da 10ª Região Criado em 1982 32 Varas do Trabalho

Leia mais

ASSESSORIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA AGE Núcleo de Projetos NPROJ

ASSESSORIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA AGE Núcleo de Projetos NPROJ Relatório Consolidado de Situação dos Projetos EM ANDAMENTO Projetos PROJETO Gestão por Competência Gestor: Ana Christina Carneiro Cavalcanti Período: 19/04/2011 a 18/04/2013 Execução atual 30% Período

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA ENTRÂNCIA ESPECIAL DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA ENTRÂNCIA ESPECIAL DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA ENTRÂNCIA ESPECIAL DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO, 3 2 FUNCIONALIDADE ADMINISTRATIVA, 3 2 S ORGANIZACIONAIS DO CENTRO DE ESTUDOS, 3 3 PROCEDIMENTO

Leia mais

Abordagem do TCU sobre atuação das auditorias em suas sessões

Abordagem do TCU sobre atuação das auditorias em suas sessões Abordagem do TCU sobre atuação das auditorias em suas sessões Coletânea de trechos constantes das atas relativas as sessões realizadas pelo Tribunal de Contas da União em 2013 que merece ser do conhecimento

Leia mais

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 08/2014

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 08/2014 RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 08/2014 Altera o indicador de desempenho organizacional constante no Anexo I da Resolução Administrativa nº 06/2010 e dá outras providências. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO À PRODUTIVIDADE DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DO TJPB

PLANO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO À PRODUTIVIDADE DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DO TJPB SUMÁRIO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO... 2 1.1 Nome do projeto... 2 1.2 Responsável pelo Projeto... 2 1.3 Clientes do projeto... 2 1.4 Objetivo do projeto... 2 2. PLANEJAMENTO DO PROJETO... 3 2.1 Descrição

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 18/05/2016 16:38:00 Endereço IP: 200.198.193.162

Leia mais

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2015

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2015 Programa 0566 - Prestação Jurisdicional Militar 00M1 - Benefícios Assistenciais decorrentes do Auxílio-Funeral e Natalidade Tipo: Operações Especiais Número de Ações 17 Despesas orçamentárias com o pagamento

Leia mais

SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ

SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ MISSÃO: Garantir prestação jurisdicional rápida, acessível e efetiva no âmbito da sua competência. DESCRIÇÃO DA MISSÃO: A Justiça Federal no Paraná existe para garantir direitos

Leia mais

(ANEXO 2) FICHA DOS PROJETOS

(ANEXO 2) FICHA DOS PROJETOS (ANEXO 2) FICHA DOS PROJETOS 1 - SUAP - Sistema Unificado de Acompanhamento Processual Implantar, a partir de diretrizes do CSJT, sistema único de acompanhamento processual, em substituição aos diversos

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO MANUAL DE ACOMPANHAMENTO ESTRATÉGICO

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO MANUAL DE ACOMPANHAMENTO ESTRATÉGICO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO MANUAL DE ACOMPANHAMENTO ESTRATÉGICO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO MANUAL DE ACOMPANHAMENTO

Leia mais

GESTÃO ADMINISTRATIVA

GESTÃO ADMINISTRATIVA RELATÓRIO ANUAL 2006 121 RECURSOS HUMANOS INVESTIMENTOS E PATRIMÔNIO AUDITORIA INTERNA ASSUNTOS JURÍDICOS OUVIDORIA 122 O PLANEJAMENTO E AS ATIVIDADES administrativo-financeiras da Companhia de Pesquisa

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Planejamento, Coordenação e Finanças (DGPCF) 0301- Tribunal de Justiça.

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Planejamento, Coordenação e Finanças (DGPCF) 0301- Tribunal de Justiça. ESTRUTURA PROGRAMÁTICA - PROPOSTA 2016 UNIDADE - UO 0301 PROGRAMA PROGRAMA Garantir o pagamento pelo efetivo serviço exercido por magistrados e servidores, bem como as obrigações de responsabilidade do

Leia mais

Construção do Plano Estratégico 2015-2020. Revisão da Identidade Estratégica Comissão de Planejamento Estratégico 10/10/2014

Construção do Plano Estratégico 2015-2020. Revisão da Identidade Estratégica Comissão de Planejamento Estratégico 10/10/2014 Construção do Plano Estratégico 2015-2020 Revisão da Identidade Estratégica Comissão de Planejamento Estratégico 10/10/2014 2 Objetivo da Reunião Apresentar a contribuição institucional, discutir propostas

Leia mais

Gestão do Processo de Manutenção Eletromecânica A quebra de paradigmas em busca da excelência.

Gestão do Processo de Manutenção Eletromecânica A quebra de paradigmas em busca da excelência. PNQS 2010 Categoria IGS Inovação da Gestão em Saneamento RDPG Relatório de Descrição de Prática de Gestão Gestão do Processo de Manutenção Eletromecânica A quebra de paradigmas em busca da excelência.

Leia mais

PROGRAMA DINÂMICA DE METAS 2010 RELATÓRIO FINAL

PROGRAMA DINÂMICA DE METAS 2010 RELATÓRIO FINAL PROGRAMA DINÂMICA DE METAS 2010 RELATÓRIO FINAL PROGRAMA DINÂMICA DE METAS 2010 RELATÓRIO FINAL INTRODUÇÃO METODOLOGIA RESULTADO CONCLUSÃO INTRODUÇÃO O Poder Judiciário passa por um largo processo de reformulação

Leia mais

Caros Servidores Docentes, Técnicos Administrativos e queridos Discentes.

Caros Servidores Docentes, Técnicos Administrativos e queridos Discentes. Caros Servidores Docentes, Técnicos Administrativos e queridos Discentes. Neste momento, vivemos mais uma vez um processo democrático de escolha de dirigentes em nossa Instituição. Devemos valorizar a

Leia mais

CARTA DO ENCONTRO REGIONAL EM RECIFE (Pernambuco e Alagoas)

CARTA DO ENCONTRO REGIONAL EM RECIFE (Pernambuco e Alagoas) CARTA DO ENCONTRO REGIONAL EM RECIFE (Pernambuco e Alagoas) Os Presidentes dos Tribunais de Justiça dos Estados de Pernambuco e Ceará, os Presidentes dos Tribunais Regionais do Trabalho das 6ª e 19ª Regiões,

Leia mais

Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO FINALIDADE A Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, órgão de direção especializada, subordinada ao diretor-geral da Secretaria

Leia mais

Conselheiro José Carlos Novelli Presidente do TCE-MT

Conselheiro José Carlos Novelli Presidente do TCE-MT Conselheiro José Carlos Novelli Presidente do TCE-MT Conceito Segundo Jorge Ulisses Jacoby Fernandes: [...] desenvolvimento institucional compreende o crescimento e o progresso de qualquer coisa em que

Leia mais