ARTIGO CIENTÍFICO. Caro(a) Aluno(a), Introdução. Resumo do Plano de Pesquisa UNIDADED

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ARTIGO CIENTÍFICO. Caro(a) Aluno(a), Introdução. Resumo do Plano de Pesquisa UNIDADED"

Transcrição

1 UNIDADED Caro(a) Aluno(a), Nesta unidade você poderá ler sobre os conceitos referentes à elaboração de um projeto de pesquisa. Você deve perceber o projeto de pesquisa como um passo importante no desenvolvimento da pesquisa. Este momento é de muitos desafios, visto que a produção acadêmica é algo que exige tempo, dedicação e rigor metodológico. Introdução Faz-se importante citar o quão necessário é ter uma previsão de como será realizada a pesquisa. Nessa previsão deverão ser caracterizados, entre alguns elementos, a relevância da pesquisa, as formas de execução e os custos materiais e financeiros (quando houver) e as exigências temporais. ARTIGO CIENTÍFICO O projeto de pesquisa deverá ser organizado com o intuito de definir e apresentar detalhadamente o planejamento a ser seguido na execução de uma investigação científica. Cabe salientar que você deverá elaborar anteriormente ao projeto de pesquisa um plano de pesquisa o qual representa um documento sucinto elaborado em, no máximo, 2 páginas informando o que você pretende realizar no projeto. Resumo do Plano de Pesquisa A figura a seguir apresenta um esboço resumido de um plano de pesquisa. O plano de pesquisa deve possuir: título do projeto; questão ou problema identificado; hipótese ou objetivo; descrição detalhada dos materiais e métodos (procedimentos) que serão utilizados; e referências (preferencialmente os três livros ou sítio mais importantes). 23

2 Em linhas gerais, a Questão ou problema identificado deve ser capaz de responder alguma das questões a seguir: qual é o seu objetivo? qual é a ideia que você está tentando testar? qual é a pergunta científica que você está tentando responder? quais são os problemas de sua comunidade? quais são as necessidades? o que poderia ser melhorado? Pense na definição e descreva o problema escolhido. Reduza o problema focando em um aspecto específico. A hipótese do projeto ou objetivo de projeto deve descrever de forma geral: como seu projeto pode demonstrar seu propósito ou objetivo; previsão dos resultados do experimento; alternativas de soluções para resolver o problema; avaliação das alternativas, questionando o que elas têm de bom ou o que elas têm de ruim. Opcional Na descrição detalhada dos materiais e métodos (procedimentos) que serão utilizados é importante você atentar para o seguinte: explicar como seu experimento será executado e como ele vai testar sua hipótese; identificar as variáveis (elementos do experimento que mudam para testar a hipótese) e os controles (elementos do experimento que não mudam); especificar como as medidas dos resultados vão provar ou refutar sua hipótese. Este procedimento deve ser como uma receita: uma outra pessoa deve poder executar o experimento seguindo o procedimento. Teste com um amigo ou parente para verificar que o procedimento está claro e completo; liste os materiais e os equipamentos que serão utilizados. Esta lista deve incluir todos os equipamentos necessários para o procedimento; liste soluções ao seu problema e detalhe o que você fará para chegar a esta solução. Descreva como a solução será implementada. Durante o projeto, registre sempre no Diário de Bordo do Projeto todas as observações, os dados e resultados. Estes podem ser medidas, descrições ou anotações. Por fim, inclua livros, revistas, jornais e/ou sítio consultados. Ao fazer referência a revistas, jornais ou qualquer publicação periódica, inclua sempre a data da publicação do material consultado. Ao fazer referência a sítio de internet, inclua sempre o endereço completo da página visitada e data da consulta. Características do Projeto de Pesquisa A seguir serão elencadas as principais características de um projeto de pesquisa: tema bem delimitado e claramente definido, articulando a fundamentação teórica com a pesquisa prática; argumentos sólidos, livres de rodeios. Neste sentido, devem eliminar-se todas aquelas explicações ou afirmações que não sejam consequências de uma argumentação objetiva e clara; coerência lógica interna; deferencial teórico adequado e atualizado, com base em revisão bibliográfica, considerando o estado de arte em que se encontram as pesquisas e as críticas e avaliações existentes sobre o tema proposto; apresentação de elementos para justificar a relevância científica, social, epistemológica e tecnológica do projeto e a necessidade do apoio solicitado (se for o caso). Buscando atender às características acima, faz-se necessário, ao elaborar o projeto de pesquisa: 24

3 determinar com precisão o que será estudado, ou seja, delimitar e configurar o problema de estudo; demonstrar com clareza os objetivos a serem alcançados, isto é, aonde o projeto quer chegar; delimitar o campo de observação, contextualizando o problema a ser investigado; eliminar critérios arbitrários ou rodeios, apresentando os argumentos com grande lucidez; converter os problemas em operações práticas, para possibilitar uma análise consistente, bem como facilitar a verificação das hipóteses e/ou da problemática investigada; realizar uma profunda revisão bibliográfica e selecionar o material que se utilizará como referência. explicitar as atividades a serem desenvolvidas pelos pesquisadores, associando-as a um cronograma de execução. Estrutura de Projeto de Pesquisa Aqui serão apresentados os principais itens que, geralmente, são solicitados para a apresentação de um projeto de pesquisa. Essa estrutura pode variar dependendo da instituição à qual o projeto será apresentado. Entretanto, independentemente da forma indicada, é imprescindível contemplar os elementos essenciais de um projeto e manter a consistência lógica entre eles. Elementos Pré-Textuais São os elementos que antecedem o texto com informações que ajudam na identificação e utilização do trabalho. capa instituição, aluno, título, subtítulo (se houver), local e ano; folha de rosto autor, título, tipo de projeto de pesquisa e nome da entidade a que deve ser submetido, local, ano; lista de ilustrações - elemento opcional, deve ser apresentada de acordo com a ordem no texto, com cada item designado com nome, número e respectiva página. Deve figurar em página distinta, centralizada, em letras maiúsculas e negrito; lista de tabelas - elemento opcional, deve ser apresentada de acordo com a ordem no texto, com cada item designado com nome, número e respectiva página. Deve figurar em página distinta, centralizada, em letras maiúsculas e negrito; lista de abreviaturas, símbolos - elemento opcional, deve ser apresentada com as respectivas significações, com objetivo de dar ao leitor condições de melhor entendimento. Deve figurar em página distinta, centralizada, em letras maiúsculas e negrito; sumário - é a parte que permite que as informações sejam localizadas com facilidade. A divisão de seções no documento, apresenta-se em PRIMÁRIA, SECUNDÁRIAS, terciárias, quaternárias e quinárias (é aconselhável não ultrapassar a seção quinária). São empregados algarismos arábicos na numeração e segue sequência dos números inteiros a partir de 1, com indicação da numeração da pagina respectiva. Observe o exemplo a seguir: 1 SEÇÃO PRIMÁRIA (TÍTULO 1) 1.1 SEÇÃO SECUNDÁRIA (TÍTULO 2) Seção terciária (Título 3) Seção quartenária (Título 4) Seção quinária (Título 5) 25

4 Elementos Textuais São os elementos do trabalho em que é exposta a matéria: Elementos Pós-Textuais referências estão relacionadas aos livros, artigos e outras publicações citadas durante a apresentação do projeto. As referências deverão estar de acordo com as normas da ABNT. As referências podem ser identificadas por duas categorias de componentes: elementos essenciais e elementos complementares. Os elementos essenciais são as informações indispensáveis à identificação do documento. Observe o exemplo: STORINO, Sérgio Pimentel. Odontologia preventiva especializada. Rio de Janeiro: Cultura Médica, Já os elementos complementares são as informações que, acrescentadas aos elementos essenciais, permitem melhor caracterizar os documentos. Alguns elementos indicados como complementares podem tornar-se essenciais, desde que sua utilização contribua para a identificação do documento. CRUZ, Anamaria da Costa; CURTY, Marlene Gonçalvez; MENDES, Maria Tereza Reis. Publicações periódicas científicas impressas: NBR 6021 e Maringá: Dental Press, apêndice - este consiste em documento elaborado pelo pesquisador, que tem a função de dar mais subsídios para a compreensão do projeto, porém sem romper a unidade do trabalho. Os apêndices devem ser seguidos de letra maiúsculas (A, B, C), travessão ( ) e o título que recebeu. APÊNDICE A APÊNDICE B APÊNDICE C Diagnóstico sobre a satisfação dos clientes do Supermercado X. Mapa esquemático do processo de qualidade. Estudos sobre treinamento em educação ética O apêndice é um elemento opcional. 26

5 anexos - são contribuições que servem para documentar e esclarecer o texto. Nas referências Em geral o conteúdo dos anexos refere-se a ilustrações ou outro material para consulta. Capa com a Identificação do Projeto e do Proponente Nesta parte serão apresentados os dados essenciais à identificação do projeto, tais como: instituição, título, nome do aluno e do orientador, área temática, cidade e ano. Considere o seguinte exemplo: 3,0 cm INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENDE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET A DISTÂNCIA 3,5 cm Título 3,0 cm Discente: nome Orientador: Prof. nome Área:... Pelotas ,0 cm Formatação Gráfica A formatação gráfica do projeto deverá respeitar o que segue: deve ser elaborado em folha A4; espaço 1,5; margens de 2cm, recuos (parágrafos) de 0,75 cm, superior: 3cm, inferior: 2cm, esquerda: 3cm, direita: 2 cm; fonte: Time New Roman ou Arial; tamanho 12; numerar páginas sequencialmente, com algarismo arábico no canto superior direito. A partir da folha de rosto devem ser contadas sequencialmente sem configurar numeração, são numeradas a partir da primeira página do texto introdutório. Considerações Finais Esta unidade apresentou as ideias básicas para elaboração de um projeto de pesquisa. Foi apresentado um esqueleto padrão o qual você poderá utilizar como base para elaboração de seu material ou de seu grupo de trabalho. Verifique a proposta de integração para esse tema. 27

6 Referências CURTY, Marlene Gonçalves; CRUZ, Anamaria da Costa; MENDES, Maria Tereza Reis. Apresentação de Trabalhos Acadêmicos, Dissertações e Teses: (NBR 14724/2002). Maringá: Dental Press, GIL, Antônio Carlos; Metodologia do Ensino Superior. 4. ed. São Paulo: Atlas, GUSMÃO, Heloísa Rios; SOUZA, Eliana da Silva. Como Normatizar Trabalhos Técnico-Científicos: Instrução Programada. 2a ed. Niterói: Editora da Universidade Federal Fluminense, LAKATOS, Eva M.; MARCONI, Marina A. Fundamentos de Metodologia Científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, LEHNEIN, Helena Osório; MACEDO, Lara Ferreira de. Normas para Elaboração de Referências Bibliográficas de Acordo com a NBN Porto Alegre. PESCUMA, Derma. CASTILHO, Antonio Carlos F. de. Referências bibliográficas: um guia para documentar sua pesquisa. São Paulo: Olho d água, SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. 21. ed. rev. ampl. São Paulo: Cortez,

FEDERAL DE INSTITUTO E EDUCAÇÃO CIÊNCIA TECNOLOGIA DE MATO GROSSO - OCTAYDE JORGE DA SILVA NOME COMPLETO MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

FEDERAL DE INSTITUTO E EDUCAÇÃO CIÊNCIA TECNOLOGIA DE MATO GROSSO - OCTAYDE JORGE DA SILVA NOME COMPLETO MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA FEDERAL DE INSTITUTO E EDUCAÇÃO CIÊNCIA TECNOLOGIA DE MATO GROSSO - OCTAYDE JORGE DA SILVA NOME COMPLETO (Negrito, Tamanho 14, centralizado e Letras Maiúsculas) MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

Leia mais

Guia completo de regras ABNT para fazer um projeto de pesquisa

Guia completo de regras ABNT para fazer um projeto de pesquisa Guia completo de regras ABNT para fazer um projeto de pesquisa Uma das maiores queixas de qualquer estudante que realiza pesquisas de naturezas acadêmica ou científica é saber como formatar o seu projeto

Leia mais

MODELO DE DOCUMENTO DO PROJETO INTEGRADOR TÍTULO

MODELO DE DOCUMENTO DO PROJETO INTEGRADOR TÍTULO ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL ANTÔNIO DOURADO CAVALCANTI - ETEADC CURSO TÉCNICO EM XXXXXXXXXX, MODELO DE DOCUMENTO DO PROJETO INTEGRADOR TÍTULO INTEGRANTES (NOME COMPLETO) LOCAL MÊS /ANO INTEGRANTES (NOME COMPLETO)

Leia mais

MANUAL DE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

MANUAL DE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS MANUAL DE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Elaborado por: Carmen Torresan Atualizado por: Andreza A. de Oliveira MARINGÁ 2018 Bibliotecária / CRB9 n o 629 Mestre em Educação. Bibliotecária / CRB9 n o

Leia mais

A estrutura básica para a elaboração de um Artigo Científico corresponde aos:

A estrutura básica para a elaboração de um Artigo Científico corresponde aos: O ARTIGO CIENTÍFICO Um artigo científico corresponde ao relato sobre as análises realizadas a respeito de um determinado tema e deve trazer dados e informações atuais. Apresenta-se como resultado de pesquisa,

Leia mais

MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE ARTIGO ACADÊMICO

MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE ARTIGO ACADÊMICO MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE ARTIGO ACADÊMICO Elaborado por: Carmen Torresan Atualizado por: Andreza A. de Oliveira MARINGÁ 2018 Bibliotecária / CRB9 n o 629 Mestre em Educação. Bibliotecária / CRB9 n o 1816

Leia mais

Elaboração de Relatórios e Projetos

Elaboração de Relatórios e Projetos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas Elaboração de Relatórios e Projetos Professora Iane Barroncas Gomes Engenheira Florestal, M.Sc. Instituto Federal de Educação, Ciência e

Leia mais

NOME(S) DO(S) PESQUISADOR(ES) (PESQUISADOR 1) NOME(S) DO(S) PESQUISADOR(ES) (PESQUISADOR 2)

NOME(S) DO(S) PESQUISADOR(ES) (PESQUISADOR 1) NOME(S) DO(S) PESQUISADOR(ES) (PESQUISADOR 2) NOME(S) DO(S) PESQUISADOR(ES) (PESQUISADOR 1) NOME(S) DO(S) PESQUISADOR(ES) (PESQUISADOR 2) TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA: SUBTÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA, SE HOUVER RIO DO SUL ANO NOME(S) DO(S) PESQUISADOR(ES)

Leia mais

TÍTULO DO PROJETO EXPERIMENTAL: subtítulo (corpo 18 centralizado)

TÍTULO DO PROJETO EXPERIMENTAL: subtítulo (corpo 18 centralizado) FACULDADE INTEGRADA DE PERNAMBUCO - FACIPE BACHARELADO EM... (corpo 14, centralizado) Nome do Aluno 1 Nome do Aluno 2 (todos do grupo) (lista por ordem alfabética- corpo 14- centralizado) TÍTULO DO PROJETO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 2 TCC2 Direção da Escola de Arquivologia Coordenação

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO Ipatinga 2017 2 APRESENTAÇÃO Diante das diversas dificuldades que os alunos encontram na elaboração de seus

Leia mais

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito CURSO DE... NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO MARINGÁ ANO NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO Recuo de 7 cm, fonte 12, espaço simples Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade Metropolitana de Maringá

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC 1 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC 1 Estrutura de apresentação 1.1 Pré-textuais Capa (obrigatório) Lombada (obrigatório) Folha de rosto (obrigatório) Folha de aprovação

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS

NORMATIZAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS NORMATIZAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS 1. ARTIGO CIENTÍFICO A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) conceitua artigo científico como Parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE GRADUAÇÃO DA FATEC SÃO CARLOS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE GRADUAÇÃO DA FATEC SÃO CARLOS MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE GRADUAÇÃO DA FATEC SÃO CARLOS (DE ACORDO COM AS NORMAS DA ABNT: NBR 14724, NBR 10520 e NBR 6023) SÃO CARLOS 2018 SUMÁRIO Introdução... 3 Capítulo 1 Trabalho de Graduação...4

Leia mais

NORMAS PARA TRABALHO DE PESQUISA

NORMAS PARA TRABALHO DE PESQUISA NORMAS PARA TRABALHO DE PESQUISA Os trabalhos acadêmicos serão Capa; Folha de rosto; Introdução; Desenvolvimento Conclusão; Bibliografia. constituídos de: Capa Considerada proteção externa, a capa, deve

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO OU TESE

NORMAS GERAIS PARA REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO OU TESE NORMAS GERAIS PARA REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO OU TESE O PPGO admite que as dissertações e teses sejam apresentadas nas modalidades clássica, artigo ou mista. A modalidade clássica refere-se à estrutura de

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA PROEnG Nº 01/07

INSTRUÇÃO NORMATIVA PROEnG Nº 01/07 INSTRUÇÃO NORMATIVA PROEnG Nº 01/07 Dispõe sobre normas complementares ao referencial metodológico da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT. A do Centro Universitário de Brusque Unifebe, no uso

Leia mais

MONOGRAFIA. Caro(a) Aluno(a), Introdução. Estrutura da Monografia. Elementos Pré-Textuais UNIDADEB

MONOGRAFIA. Caro(a) Aluno(a), Introdução. Estrutura da Monografia. Elementos Pré-Textuais UNIDADEB UNIDADEB Caro(a) Aluno(a), Nesta unidade você encontrará os conceitos referentes à estrutura de uma monografia. Monografia aplica-se a um tipo de trabalho científico. Mas o que é uma monografia? Como deve

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES. Gabriel Soares de Vasconcelos

INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES. Gabriel Soares de Vasconcelos INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES Roteiro Redação de textos ABNT Editores de textos MS Word Configuração ABNT no MS Word Redação de textos Definição É todo ato normativo e toda comunicação através da

Leia mais

MANUAL ARTIGO CIENTÍFICO

MANUAL ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE DOM LUIZ DE ORLEANS E BRAGANÇA COORDENAÇÃO GERAL DOS CURSOS MANUAL ARTIGO CIENTÍFICO Ribeira do Pombal - BA ARTIGO CIENTÍFICO O artigo pode ser definido como discussão de temáticas científicas

Leia mais

NORMAS BÁSICAS E PADRÕES PARA A ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO

NORMAS BÁSICAS E PADRÕES PARA A ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MEC SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS ITUIUTABA DEPARTAMENTO DE ENSINO CURSO TÉCNICO DE NIVEL MÉDIO EM ----------------------------

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica)

Leia mais

Margem superior 3 cm

Margem superior 3 cm Margem superior 3 cm Configuração da página: Papel A4 Tipo de Fonte: Times New Roman - TNR Tamanho da fonte: 12 (com algumas exceções) Elemento textual Espaçamento entre linhas 1,5 cm (com algumas exceções)

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (COM BASE NA ABNT-NBR e REGIMENTO GERAL DO PMBqBM)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (COM BASE NA ABNT-NBR e REGIMENTO GERAL DO PMBqBM) UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA Campus DE VITÓRIA DA CONQUISTA PROGRAMA MULTICÊNTRICO EM BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (COM BASE NA ABNT-NBR 14724

Leia mais

CONSIDERAÇÕES GERAIS NORMAS DA ABNT

CONSIDERAÇÕES GERAIS NORMAS DA ABNT CONSIDERAÇÕES GERAIS NORMAS DA ABNT Aglaé de Lima Fierli Biblioteca Profª. Marcia Cristina dos Reis Núcleo de Apoio à Pesquisa e à Produção Acadêmica 2. ed. CONTEÚDO DESTE MATERIAL CONFIGURAÇÃO BÁSICA

Leia mais

Aula 08. de Curso (TCC)

Aula 08. de Curso (TCC) Metodologia Científica - Lícia Mara Pinheiro Rodrigues- UNIGRAN Aula 08 O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Caro(a) Acadêmico(a), Chegamos à nossa última aula e nela trataremos de um trabalho que faz

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES Porto Alegre 2012 2 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 INTRODUÇÃO... 4 3 ESTRUTURA... 5 3.1 Elementos Pré-Textuais... 6 3.2 Elementos Textuais... 13 3.3 Elementos

Leia mais

TÍTULO EM CAIXA ALTA CENTRALIZADO NEGRITO (12 ARIAL)

TÍTULO EM CAIXA ALTA CENTRALIZADO NEGRITO (12 ARIAL) UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS CÂMPUS SÃO LUÍS DE MONTES BELOS, GO PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL MESTRADO PROFISSIONAL SEMINÁRIOS APLICADOS TÍTULO EM CAIXA ALTA CENTRALIZADO NEGRITO

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

NORMAS PARA REDAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO NORMAS PARA REDAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 ESTRUTURA GERAL A disposição dos elementos no texto deve ser a seguinte: Elementos pré-textuais: Capa (obrigatório) Agradecimento(s) (opcional)

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR e REGIMENTO GERAL DO PMBqBM)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR e REGIMENTO GERAL DO PMBqBM) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU CCO PROGRAMA MULTICÊNTRICO EM BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR - PMBqBM GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO

Leia mais

21 ANEXO III: DAS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE CURSO 2

21 ANEXO III: DAS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE CURSO 2 21 ANEXO III: DAS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE CURSO 2 O Trabalho Final de Curso (TFC) caracteriza-se pela unicidade e delimitação do tema e pela profundidade do tratamento, e não por

Leia mais

CAPA (elemento obrigatório) Deve conter dados que identifiquem a obra (nome da instituição, autor, título, local, ano).

CAPA (elemento obrigatório) Deve conter dados que identifiquem a obra (nome da instituição, autor, título, local, ano). ESTRUTURA DO PROJETO DE TCC O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica) folha de aprovação

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA DE MESTRADO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA DE MESTRADO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ALIMENTOS E NUTRIÇÃO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA DE

Leia mais

Engenharia de Computação Disciplina: Projeto de Interação Professor: Luis Retondaro Turma: 1 Período

Engenharia de Computação Disciplina: Projeto de Interação Professor: Luis Retondaro Turma: 1 Período Engenharia de Computação Disciplina: Projeto de Interação Professor: Luis Retondaro Turma: 1 Período 2018-1 CONTEÚDO Conceituação de mídias. Fundamentos de sistemas multimídia. Mídias discretas e contínuas.

Leia mais

Bibliográfica: Levantamento de informações impressas e eletrônicas de obras publicadas sobre um tema; De campo: A partir da coleta de dados in

Bibliográfica: Levantamento de informações impressas e eletrônicas de obras publicadas sobre um tema; De campo: A partir da coleta de dados in A pesquisa científica faz parte da vida acadêmica do aluno exigindo que o pesquisador, através de seu trabalho, proponha formas de superar o conhecimento existente até o momento sobre determinado assunto.

Leia mais

Para apresentação de todos os trabalhos acadêmicos, adotamos as recomendações de padronização e formatação contidas na NBR (ABNT, 2005).

Para apresentação de todos os trabalhos acadêmicos, adotamos as recomendações de padronização e formatação contidas na NBR (ABNT, 2005). ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Para apresentação de todos os trabalhos acadêmicos, adotamos as recomendações de padronização e formatação contidas na NBR 14724 (ABNT, 2005). 1. Papel A digitação

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL Porf.a Paulina Gomes 1 INTRODUÇÃO Este roteiro apresenta, de forma resumida, os passos a

Leia mais

Comitê de Avaliação de Trabalhos de Conclusão de Cursos da Faculdade de Tecnologia (FATEC) de Taquaritinga/SP

Comitê de Avaliação de Trabalhos de Conclusão de Cursos da Faculdade de Tecnologia (FATEC) de Taquaritinga/SP CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE TAQUARITINGA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSOS (TCC) Comitê de Avaliação de Trabalhos de Conclusão

Leia mais

MANUAL DE ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE PESQUISA. Assessoria de Pós-Graduação e Pesquisa Comitê Institucional de Análise de Projetos

MANUAL DE ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE PESQUISA. Assessoria de Pós-Graduação e Pesquisa Comitê Institucional de Análise de Projetos MANUAL DE ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE PESQUISA Assessoria de Pós-Graduação e Pesquisa Comitê Institucional de Análise de Projetos Brasília 2017 1 Este manual foi produzido por professores da instituição

Leia mais

b) Revisão: os artigos de revisão analisam e discutem trabalhos já publicados, revisões bibliográficas etc.

b) Revisão: os artigos de revisão analisam e discutem trabalhos já publicados, revisões bibliográficas etc. 1 O Artigo Científico e sua estrutura Artigo científico é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do

Leia mais

ILMA APARECIDA FLORIANO SERRANTE BIBLIOTECÁRIA - CRB /04

ILMA APARECIDA FLORIANO SERRANTE BIBLIOTECÁRIA - CRB /04 ILMA APARECIDA FLORIANO SERRANTE BIBLIOTECÁRIA - CRB-9 1451/04 GUIA DE NORMAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS E CAPA INSTITUCIONALIZADA - FAP APUCARANA 2006 1 APRESENTAÇÃO FORMAL 1.1

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL Campus de CAMPO GRANDE PROGRAMA MULTICÊNTRICO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR - PMBqBM - SBBq NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES

Leia mais

DISSERTAÇÕES E TESES

DISSERTAÇÕES E TESES UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA DISSERTAÇÕES E TESES Normas para elaboração Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 O artigo científico tem como finalidade divulgar pesquisas à comunidade científica, portanto, tem como interlocutores cientistas de áreas de ciências afins e, como

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO O estágio curricular no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) é compreendido como ato educativo escolar supervisionado,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA BIBLIOTECA PROF. ANTÔNIO TAVARES QUINTAS MANUAL DE NORMAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA BIBLIOTECA PROF. ANTÔNIO TAVARES QUINTAS MANUAL DE NORMAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA BIBLIOTECA PROF. ANTÔNIO TAVARES QUINTAS MANUAL DE NORMAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS Porto Alegre 2013 1 SUMÁRIO 1 ESTRUTURA... 2 2 ELEMENTOS

Leia mais

COLEGIADO PLENO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA (MESTRADO PROFISSIONAL)

COLEGIADO PLENO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA (MESTRADO PROFISSIONAL) COLEGIADO PLENO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA (MESTRADO PROFISSIONAL) RESOLUÇÃO n.03/2015 /COLEGIADO PLENO do PGSCol Aprova elementos mínimos a constar na elaboração do Projeto de Qualificação

Leia mais

GESTÃO HOSPITALAR PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO HOSPITALAR PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO HOSPITALAR PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor um plano de negócios para a empresa hospitalar escolhida, tendo como base a gestão de

Leia mais

MARKETING PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar

MARKETING PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar MARKETING PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre na estratégia de negócios

Leia mais

MODELO SUGERIDO PARA PROJETO DE PESQUISA

MODELO SUGERIDO PARA PROJETO DE PESQUISA MODELO SUGERIDO PARA PROJETO DE PESQUISA MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA (Hospital Regional do Mato Grosso do Sul- HRMS) Campo Grande MS MÊS /ANO TÍTULO/SUBTÍTULO DO PROJETO NOME DO (s) ALUNO

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REABILITAÇÃO ORAL CURSO DE MESTRADO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REABILITAÇÃO ORAL CURSO DE MESTRADO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REABILITAÇÃO ORAL CURSO DE MESTRADO Antes da defesa da dissertação, o aluno deverá submeter-se ao Exame Geral de Qualificação. A solicitação do Exame Geral de Qualificação

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIAGRAMAÇÃO. Gesiane Rebouças

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIAGRAMAÇÃO. Gesiane Rebouças TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIAGRAMAÇÃO Gesiane Rebouças gesianereboucas@gmail.com ESTRUTURA DE TRABALHOS ACADÊMICOS MONOGRAFIA PARTE EXTERNA - Capa - Lombada*** PARTE INTERNA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

Leia mais

TURISMO. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar

TURISMO. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar TURISMO PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre na estratégia de negócios da

Leia mais

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO A SER APRESENTADO COMO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PONTA GROSSA 2016 LUCIO MAURO BRAGA

Leia mais

TCC FORMATAÇÃO. Gesiane Rebouças

TCC FORMATAÇÃO. Gesiane Rebouças TCC FORMATAÇÃO Gesiane Rebouças gesianereboucas@gmail.com ESTRUTURA DE TRABALHOS ACADÊMICOS MONOGRAFIA PARTE EXTERNA - Capa - Lombada*** PARTE INTERNA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS - Folha de rosto - Ficha catalográfica

Leia mais

NORMAS PARA CONFECÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

NORMAS PARA CONFECÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO NORMAS PARA CONFECÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CAMPO VERDE MT 2013 1 PARTES COMPONENTES DO RELATÓRIO TODO O RELATÓRIO DEVE SER ESCRITO EM ARIAL 12 OU 14, COM MARGENS 3,0 CM (SUPERIOR E ESQUERDA)

Leia mais

2 ROTEIRO PARA A CONSTRUÇÃO DO RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA

2 ROTEIRO PARA A CONSTRUÇÃO DO RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA 3 1 INTRODUÇÃO Relatórios técnico-científicos são documentos onde estão descritos os caminhos percorridos, fatos analisados e atividades realizadas relativas a um projeto, a um evento, a uma prática ou

Leia mais

Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER

Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER Faculdade de Araçatuba - FAAR Araçatuba-SP 2016 Nome Completo

Leia mais

GESTÃO HOSPITALAR. PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO HOSPITALAR. PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO HOSPITALAR PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Elaborar um estudo acerca da importância da logística operacional em saúde, abordando a gestão

Leia mais

GESTÃO HOSPITALAR. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO HOSPITALAR. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO HOSPITALAR PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre na estratégia de negócios

Leia mais

TÍTULO. Orientador Dr. XXXXXXXXXXXXXX Prof. Adjunto Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências na Educação Básica Universidade do Grande Rio

TÍTULO. Orientador Dr. XXXXXXXXXXXXXX Prof. Adjunto Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências na Educação Básica Universidade do Grande Rio UNIVERSIDADE DO GRANDE RIO Escola de Ciências, Educação, Letras, Artes e Humanidades Programa de Pós-graduação em Ensino das Ciências Curso de Mestrado Profissional TÍTULO AUTOR Duque de Caxias Maio/2016

Leia mais

Pós-Graduação Ciências da Saúde da Universidade de Caxias do Sul. Summário

Pós-Graduação Ciências da Saúde da Universidade de Caxias do Sul. Summário 1 Pós-Graduação Ciências da Saúde da Universidade de Caxias do Sul Summário 1 Apresentação Física das Dissertações e Teses 2 1.1 Tamanho do Papel 2 2 Fonte 2 3 Numeração Progressiva 3 4 Espaçamento, Parágrafos

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO. PROFª Ma. CLEUSA BERNADETE LARRANHAGAS MAMEDES

FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO. PROFª Ma. CLEUSA BERNADETE LARRANHAGAS MAMEDES FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO PROFª Ma. CLEUSA BERNADETE LARRANHAGAS MAMEDES Araputanga, MT 2017 2 SUMÁRIO 1 ARTIGO CIENTÍFICO...3 2 FORMATAÇÃO DO

Leia mais

HILDEGARD GOUVEA DIEHL MÍRIAM SOARES DOTI

HILDEGARD GOUVEA DIEHL MÍRIAM SOARES DOTI HILDEGARD GOUVEA DIEHL MÍRIAM SOARES DOTI MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE METODOLOGIA CIENTÍFICA: PROJETOS DE PESQUISA NOVA LIMA 2017 APRESENTAÇÃO Este manual traz instruções para a elaboração e apresentação de

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar

COMÉRCIO EXTERIOR PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar COMÉRCIO EXTERIOR PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Elaborar um estudo acerca do plano de negócios utilizado pela empresa, focando a consonância

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel branco ou reciclado no formato A4. O texto pode ser digitado no anverso e verso das folhas,

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ

FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE CAPA, FOLHA DE ROSTO, SUMÁRIO E FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROFª Ma. CLEUSA BERNADETE LARRANHAGAS MAMEDES Araputanga, MT 2017 2

Leia mais

Elementos pré-textuais Antecedem o texto, trazendo informações que identificam o trabalho, na seqüência a seguir:

Elementos pré-textuais Antecedem o texto, trazendo informações que identificam o trabalho, na seqüência a seguir: Regras para Exame de Qualificação - Mestrado e Doutorado Estrutura do trabalho acadêmico O trabalho acadêmico está estruturado em elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais. Alguns

Leia mais

ARTIGO CIENTÍFICO É um documento sobre a descrição de estudos/descobertas em determinado ramo da ciência. Aspectos importantes: - Relevância; -

ARTIGO CIENTÍFICO É um documento sobre a descrição de estudos/descobertas em determinado ramo da ciência. Aspectos importantes: - Relevância; - ARTIGO CIENTÍFICO É um documento sobre a descrição de estudos/descobertas em determinado ramo da ciência. Aspectos importantes: - Relevância; - Originalidade; - Contribuições para a ciência; - Adequação

Leia mais

Programa de Pós Graduação em Saúde e Sociedade. Manual normativo para elaboração de Dissertações

Programa de Pós Graduação em Saúde e Sociedade. Manual normativo para elaboração de Dissertações Manual normativo para elaboração de Dissertações Mossoró/RN, Julho de 2016 Normas para formatação de Dissertação PPGSS 2016 1. DEFINIÇÃO: Dissertação Conceitualmente, a dissertação corresponde ao documento

Leia mais

NOME DA INSTITUIÇÃO 1 fonte 12. RELATÓRIO DE fonte 12. NOME DO(A) ALUNO(A) fonte 12. Nome da Cidade fonte 12 Ano CAPA

NOME DA INSTITUIÇÃO 1 fonte 12. RELATÓRIO DE fonte 12. NOME DO(A) ALUNO(A) fonte 12. Nome da Cidade fonte 12 Ano CAPA CAPA NOME DA INSTITUIÇÃO 1 fonte 12 [H1] Comentário: Use margens: Superior e esquerda: 3com; Inferior e direita: 2cm. NOME DO(A) ALUNO(A) fonte 12 [HDA2] Comentário: Use ordem alfabética. RELATÓRIO DE

Leia mais

TÍTULO DA MONOGRAFIA: subtítulo (corpo 18 centralizado)

TÍTULO DA MONOGRAFIA: subtítulo (corpo 18 centralizado) FACULDADE INTEGRADA DE PERNAMBUCO - FACIPE BACHARELADO EM... (corpo 14, centralizado) Nome do Aluno 1 Nome do Aluno 2 (lista por ordem alfabética- corpo 14- centralizado) TÍTULO DA MONOGRAFIA: subtítulo

Leia mais

DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO DO TGI Guia para consulta rápida. Escola de Engenharia

DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO DO TGI Guia para consulta rápida. Escola de Engenharia DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO DO TGI Guia para consulta rápida Escola de Engenharia Bibliografia Básica: UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Apresentação de Trabalhos Acadêmicos: guia para alunos da

Leia mais

Fundação Educacional de Andradina

Fundação Educacional de Andradina NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE AGRONOMIA Introdução O TCC significa Trabalho de Conclusão de Curso. Refere-se a uma dissertação científica, que os alunos concluintes

Leia mais

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA A elaboração da monografia deve ter como referência a ABNT NBR 14724:2011, disponível no Portal BU/UFSC (http://portalbu.ufsc.br/normalizacao-de-trabalhos-2/),

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO FERNANDO FERRARI CURSO DE ENSINO MÉDIO

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO FERNANDO FERRARI CURSO DE ENSINO MÉDIO ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO FERNANDO FERRARI CURSO DE ENSINO MÉDIO [A capa não é contada na numeração] TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO (se houver) INTEGRANTE 1 INTEGRANTE 2 INTEGRANTE 3 Campo Bom 2017

Leia mais

TÍTULO DO PLANO DE INTERVENÇÃO

TÍTULO DO PLANO DE INTERVENÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Nome dos Alunos Anderson de Souza Graziele Maia Ribeiro Roberto Antonio

Leia mais

Cada autor traz em suas obras uma indicação para tal. Algumas pequenas alterações podem ser percebidas e não fazem diferença no corpo do texto.

Cada autor traz em suas obras uma indicação para tal. Algumas pequenas alterações podem ser percebidas e não fazem diferença no corpo do texto. 1 Metodologia da Pesquisa Científica Aula 5: Formatação de trabalhos acadêmicos Para uma melhor visualização, interpretação, estética e organização, todo trabalho acadêmico precisa ser organizado de forma

Leia mais

Normas para a Elaboração de Qualificações (Mestrado e Doutorado), Dissertações e Teses

Normas para a Elaboração de Qualificações (Mestrado e Doutorado), Dissertações e Teses Normas para a Elaboração de Qualificações (Mestrado e Doutorado), Dissertações e Teses EXAME DE QUALIFICAÇÃO O Exame de Qualificação do Mestrado e do Doutorado poderá ser apresentado na forma de Artigo

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar

COMÉRCIO EXTERIOR PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar COMÉRCIO EXTERIOR PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Elaborar um estudo acerca do plano de negócios utilizado pela empresa, focando a consonância existente

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso I

Trabalho de Conclusão de Curso I Projeto de TCC Disciplina: 6354 Trabalho de Conclusão de Curso I Profª: Jussiguelli Marcondes Maranho E-mail: jussiguelli@gmail.com Uberlândia 2018 1. Capa. 2. Folha de Rosto. 3. Introdução, tema e Problematização.

Leia mais

GESTÃO EMPRESARIAL PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO EMPRESARIAL PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO EMPRESARIAL PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor um plano de negócios para a expansão comercial de um produto ou serviço da empresa analisada,

Leia mais

REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho.

REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho. REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho. PAPEL MARGENS FONTE TEXTO TÍTULO DAS SEÇÕES TÍTULO DAS

Leia mais

Título do mini-artigo

Título do mini-artigo Título do mini-artigo Nome do Autor 1 Resumo Este trabalho apresenta os elementos que constituem a estrutura de um mini-artigo científico, bem como sua formatação geral para apresentação ao Curso de Mestrado

Leia mais

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM II Projeto Integrado Multidisciplinar PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Identificar e descrever metodologias, estruturas de sistemas de informação e

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO - capa A capa é a proteção externa do trabalho, padronizada. CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV Nome do curso TODO O TRABALHO: Os textos devem ser apresentados em papel branco (sem marca

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Faculdade de Odontologia Biblioteca Malvina Vianna Rosa MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Este documento

Leia mais

NOME(S) DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA (AUTOR 1) NOME(S) DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA (AUTOR 2)

NOME(S) DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA (AUTOR 1) NOME(S) DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA (AUTOR 2) NOME(S) DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA (AUTOR 1) NOME(S) DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA (AUTOR 2) TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO DO TRABALHO, SE HOUVER RIO DO SUL ANO NOME(S) DO(S) AUTOR(ES) EM

Leia mais

MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ENGENHARIA

MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ENGENHARIA FACULDADE PRAIA GRANDE PROF. EUGENIO GALLO NETO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ENGENHARIA Praia Grande 2018 1 MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 O artigo científico tem como finalidade divulgar pesquisas à comunidade científica, portanto, tem como interlocutores cientistas de áreas de ciências afins e, como

Leia mais