COMPRASNET -O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMPRASNET -O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO"

Transcrição

1 Página 1 de 5 Pregão Eletrônico Visualização de Recursos, Contra-Razões e Decisões CONTRA RAZÃO : ILUSTRÍSSIMO PREGOEIRO RESPONSÁVEL PELO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 259/2013, VINCULADO AO DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES DNIT INTERATIVA DEDETIZAÇÃO HIGIENIZAÇÃO E CONSERVAÇÃO LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº / , devidamente qualificada nos autos do Processo Licitatório referenciado no preâmbulo, que doravante passa a ser denominada como Recorrida, vem respeitosamente, à presença de Vossa Senhoria, com fulcro no inciso XVIII do art. 4º da Lei nº /2002, apresentar CONTRARRAZÃO ao Recurso Administrativo interposto pela empresa PLATAFORMA TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS LTDA, que doravante passa a ser denominada como Recorrente, e faz forte nas razões de fato e de direito a seguir aduzidas. DO MÉRITO Como será demonstrado, o Recurso interposto pela Recorrente não merecer prosperar, considerando que as razões arguidas não passam de interpretações equivocadas que são fruto do inconformismo que surge quando não se alcança o resultado almejado. Antes mesmo de ingressar na análise específica do recurso, conforme a Lei nº /2002 e Decreto nº 3.555/2000, é mister destacar que a Constituição Federal traça, nos incisos LIV e LV do seu art. 5º, a imperiosa observância da garantia do devido processo legal, que obsta qualquer ação ou decisão administrativa que não seja amparada na ótica do contraditório, desta forma, diante do Recurso tentado, surge a oportunidade da Recorrida de contrarrazoar as razões recursais infundadas ofertada pela Recorrente. A licitante PLATAFORMA TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS LTDA, não aborda em sua razão recursal qualquer anomalia na proposta e documentação apresentada pela Recorrida, diante deste fato, em tese, podemos concluir que a proposta e documentação oferecida para analise do Nobre Pregoeiro que foi declarada aceita e habilitada não possui qualquer vício, concluindo o julgamento externado pelo Nobre Pregoeiro quanto a aceitação e habilitação da empresa Interativa, encontra-se linear com os princípios do julgamento objetivo, da vinculação do instrumento convocatório e bem como o princípio da legalidade. A matéria recursal levantada pela Recorrente se apegar unicamente na recursa da sua oferta, por descumprimento dos subitens 4.4 do Termo de Referência e Item 10 do Edital, transcrito: Recusa 28/05/ :06:37 Recusa da proposta. Fornecedor: PLATAFORMA TERCEIRIZACAO DE SERVICOS LTDA - EPP, CNPJ/CPF: / , pelo melhor lance, de R$ ,0000. Motivo: Proposta recusada. A licitante não enviou as planilhas de custo na forma exigida no Termo de Referência - item 4.4. A licitante não apresentou a proposta de preços na forma exigida no Edital - item 10. Em que pese o inconformismo da Recorrente, o julgamento externado pelo Nobre Pregoeiro encontra-se retilíneo com o Instrumento convocatório, inclusive temos que resaltar que a Recorrente em suas razões recursais, confirma a motivação da recursa de sua proposta, se não vejamos: Ás 12h:07 á empresa PLATAFORMA enviou documento via compras net, porém como estavam em arquivos separados anexo II, anexo III e proposta, inicialmente foi enviado o anexo II, quando da tentativa de anexar os demais documentos o sistema não deixou anexá-los. Diante da transcrição acima extraída do Recurso da Recorrente fica latente que o julgamento externado pelo Nobre Pregoeiro, que recusou a oferta, motivando para tanto o descumprimento do Item 10 do Edital e bem como ao subitem 4.4 do Termo de Referencia seguiu rigorosamente as regras prefixada no Instrumento Convocatório, é notório, portanto que não existe qualquer reforma a ser realizada na recursa da oferta. Ademais, temos que resaltar que as alegações da Recorrente depõem contra a tese recursal levantada, considerando que a mesma reconhecer que desatendeu ao

2 Página 2 de 5 comando externado pelo Nobre Pregoeiro, enviando unicamente o anexo II, descumprindo o Item 10 do Edital e ao subitem 4.4 do Termo de Referência, quando deixou de enviou o anexo III e a proposta. Dando prosseguimento a Recorrente pontua ainda que: O sistema comprasnet à partir do momento do envio de qualquer documento encerra o prazo de envio de outros documentos e não deixa que o fornecedor retire, altere ou complemente o arquivo com demais documentos, mesmo que a empresa esteja dentro do prazo legal de envio de documentos. A observação da Recorrente é uma questão de lógica, o Nobre Pregoeiro seguindo rigorosamente o Instrumento Convocatório, oportunizou a Recorrente o envio de sua proposta e anexos (item 10 do Edital e 4.4 do Termo de Referência), dentro do prazo de até 04 (quatro) horas, dentro de 04 (quatro) horas, não é a mesma coisa do que 04 (quatro) horas. A Recorrente tinha o prazo de até 04 (quatro) horas, para adimplir o encaminhamento da documentação exigida, se equivocadamente encaminhou um único anexo Ás 12h:07 encerrou-se o prazo, ou seja, abriu mão do prazo restante, desta forma, a tese de que ainda estava dentro do prazo para encaminhar a documentação exigida, é fantasiosa, o prazo se exauriu quando a Recorrente anexou o arquivo mesmo que indevidamente. O Instrumento Convocatório no Item 3 do Edital prefixou que: 3. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 3.1 Poderão participar deste Pregão, na forma eletrônica, os interessados que estiverem previamente credenciados perante o provedor do sistema eletrônico e com o registro atualizado no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF, provido pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, por meio do sítio e/ou satisfaçam as disposições contidas nos incisos I e II do art. 3º da Lei Complementar nº 123/ para ter acesso ao sistema eletrônico, os interessados em participar deste Pregão deverão dispor de chave de identificação e senha pessoal, obtidas junto à SLTI, onde também deverão informar-se a respeito do seu funcionamento e regulamento e receber instruções detalhadas para sua correta utilização. (grifo nosso) A Recorrente que se propõem a participar de um processo licitatório na forma eletrônico tem como obrigação conhecer o sistema, não é por outra razão que o subitem do Edital, elencou que os licitantes deverão informar-se a respeito do seu funcionamento e regulamento e receber instruções detalhadas para a correta utilização da ferramenta. Da mesma forma o subitem 4.3 e 4.4 do Edital estabeleceu que: 4.3 O credenciamento junto ao provedor do sistema implica a responsabilidade legal do licitante e a presunção de sua capacidade técnica para realização das transações inerentes ao pregão, na forma eletrônica. 4.4 O uso da senha de acesso pelo licitante é de sua responsabilidade exclusiva, incluindo qualquer transação efetuada diretamente ou por seu representante, não cabendo ao provedor do sistema ou ao DNIT, responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido da senha, ainda que por terceiros. É latente que a falta de conhecimento na operacionalização do sistema é única e exclusiva responsabilidade da Recorrente, é ilógico atribuir ao conduto do processo o equivoco cometido pela licitante, ao encaminhar um único arquivo a analise do Nobre Pregoeiro não poderia ser outro o julgamento, que não levasse a recursa da oferta. Na mesma linha de orientação o Item 6 do Edital pontuou que: 6. ENVIO DA PROPOSTA DE PREÇOS 6.1 O licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico, assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances. 6.2 Incumbirá ainda ao licitante acompanhar as operações no sistema eletrônico durante a sessão pública do pregão, na forma eletrônica, ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão. 6.3 A participação no pregão eletrônico ocorrerá mediante utilização da chave de identificação e de senha privativa do licitante e subseqüente encaminhamento da proposta de preço no valor total do item. A operacionalização do acesso restrito junto ao Comprasnet é exclusiva da é Recorrente, se encaminhou indevidamente um único arquivo, deixando de encaminhar a documentação exigida no Edital, a recursa da proposta seguiu rigorosamente a vinculação ao Instrumento Convocatório, consequentemente o julgamento externado pelo Nobre Pregoeiro, encontra-se amparado pela legislação, portanto, não assiste razão a modificação do ato que foi conduzido dentro dos princípios vinculadores da atividade administrativa. Na mesma linha da obrigatoriedade do conhecimento da operacionalização do sistema, o Edital ainda fixou os subitens 7.3 e 7.4, portanto, é inegável que o Instrumento Convocatório ramificou por todo o Edital a obrigação e responsabilidade do licitante em manuseia a ferramenta de forma pormenorizada, não sendo aceitável a tese arguida pela Recorrente. A RECURSA DA PROPOSTA DA RECORRENTE FOI MOTIVADA PELO DESCUMPRIMENTO DOS ITENS E SUBITENS ABAIXO:

3 Página 3 de A proposta de preços do licitante classificado provisoriamente em primeiro lugar, contendo as especificações detalhadas do objeto ofertado deverá ser formulada com base na Planilha Estimativa de Custos Anexo II deste edital ou documento correspondente, após o encerramento da etapa de lances e enviada por meio do sistema COMPRASNET opção enviar anexo, no prazo de até 04 (quatro) horas após convocação do pregoeiro e em conformidade com o melhor lance ofertado, com posterior entrega do original via Protocolo, no prazo máximo de 3 (três) dias úteis, contados a partir da data de encerramento da fase de aceitação das propostas. A proposta deverá conter: Especificação clara e completa do objeto oferecido, observadas as mesmas especificações constantes do Termo de Referência Anexo I, sem conter alternativa de preços ou qualquer outra condição que induza o julgamento a ter mais de um resultado; 10.2 O licitante que abandonar o certame, deixando de enviar a documentação indicada nesta seção, será desclassificado e sujeitar-se-á às sanções previstas neste Edital Na análise da proposta de preços será verificado o atendimento de todas as especificações e condições, estabelecidas neste edital e seus anexos O julgamento das propostas será pelo critério de MENOR PREÇO e levará em consideração para a aceitabilidade o preço estimado constante do Termo de Referência Anexo I deste edital e divulgado no COMPRASNET. Além do preço, o Pregoeiro examinará a proposta mais bem classificada quanto a sua compatibilidade com as especificações técnicas do objeto, os prazos para execução e/ou seu fornecimento, os parâmetros mínimos de desempenho e de qualidade, bem como qualquer outra condição definida no edital. Termo de Referência: 4.4. PLANILHAS DE CUSTOS E FORMAÇÃO E PREÇOS A licitante deverá preencher o Anexo II - Planilha de Custos e Formação de preços incluindo todos os custos relacionados com remuneração e encargos sociais incidentes sobre a prestação dos serviços, bem como tributos e demais despesas diretas e indiretas pertinentes, de acordo com a convenção coletiva da categoria; Nos preços propostos deverão estar incluídas todas as despesas com salários, encargos trabalhistas e sociais ou previdenciários, seguros, plano de saúde, tributos, transporte, alimentação, despesas administrativas, lucros e demais insumos necessários à composição do preço, bem como o custo com a disponibilização do preposto da empresa; A licitante deverá apresentar em sua proposta o preço unitário por posto a ser contratado, indicando o preço global mensal e anual dos mesmos; Para efeito de composição de valores propostos, as empresas não deverão incluir na planilha de custos, os valores referentes às horas extras e as diárias, previstos neste Termo de Referência, pois as despesas decorrentes das mesmas serão pagas apenas quando efetivamente realizadas, cujo valor será destacado na nota fiscal separadamente do total da remuneração, e não poderão ultrapassar as quantidades e valores máximos estabelecidos neste Termo de Referência; Para o encaminhamento da proposta referente aos itens HORAS EXTRAS e DIÀRIAS, a licitante deverá preencher os Anexo III e IV, incluindo os custos incidentes para composição do valor, o qual será pago pelo DNIT, nos casos de efetiva utilização; Para fins de formulação da proposta, as empresas licitantes deverão adotar, como mínimo, os valores dos salários, com base no Acordo da Convenção ou Dissídio Coletivo vigente, para cada categoria profissional, sob pena de desclassificação da proposta Para adequar os salários dos motoristas, foi realizada pesquisa de mercado, e confrontou-se com o piso estipulado nas Convenções Coletivas vigentes de alguns sindicatos para a execução dos serviços ora licitados, e chegou-se ao valor sugerido de R$ 1.343,96 (hum mil, trezentos e quarenta e três reais e noventa e seis centavos), que corresponde ao custo/mês sem encargos, e define a remuneração de cada profissional que executará os serviços nos respectivos postos, cuja jornada será de 8 (oito) horas diárias, totalizando 40 (quarenta) horas semanais. Com isso pretende-se contratar motoristas com maior experiência e aptidão técnica para o desempenho das funções, bem como resguardar o patrimônio público, com a diminuição dos custos com manutenção de veículos, pois profissionais mais bem qualificados e remunerados acabam por não expor os veículos a condições extremas de uso, que acaba por diminuir a vida útil dos mesmos. Deve-se ressaltar também que o próprio TCU, através do Acórdão 256/ Plenário entende não haver irregularidades na fixação de um piso mínimo para os profissionais, desde que sejam valores praticados pelo mercado, o que ocorre no presente Termo de Referência, e tampouco diminui a concorrência entre as licitantes, pois o valor fixado está próximo do piso da categoria O custo/mês sem encargos, descrito abaixo, define a remuneração dos profissionais que executarão os serviços nos respectivos postos, cuja jornada será de 8 (oito) horas diárias, totalizando 40 (quarenta) horas semanais. Concluindo podemos afirmar sem qualquer duvida, que a Recorrente não atendeu ao comando externado pelo Nobre Pregoeiro, sendo impossível desta forma, outro julgamento que não levasse a recursa de sua proposta. Em suas razões recursais a Recorrente admitir de forma inegável que não foi encaminhou a documentação exigida no Item 10 do Edital e bem como no subitem 4.4 do Termo de Referência, é latente, portanto que a desclassificação da oferta seguiu rigorosamente as regras fixadas no Edital. O suposto anexo enviado via sistema descumpriu os ditames fixados no Item 10 do Edital e no 4.4 do Termo de Referência, não há quer se falar em falha no sistema,

4 Página 4 de 5 até porque, não existiu, o que ocorreu foi inabilidade de operacionalização da licitante, portanto a recursa da sua oferta encontra linear com o julgamento objetivo, com a vinculação ao instrumento convocatório e bem com o princípio da legalidade. De toda a razão recursal apurada é lamentável que o Recurso não traga qualquer elemento capaz de modificar o correto julgamento proferido pela Nobre Pregoeiro. Inclusive a própria Recorrente em suas alegações invoca o principio da vinculação ao Instrumento Convocatório, utilizando-se das próprias alegações da Recorrente, proclamamos que o Nobre Pregoeiro não deve descumprir as exigência Editalícias, sob pena de violar os artigos 3º, 41 e 44 da Lei 8.666/93, que expressam de forma inquestionável a vontade do legislador, determinando que a licitação seja julgada em estrita conformidade com os princípios básicos da vinculação ao Instrumento Convocatório, do julgamento objetivo e da legalidade, in verbis: Art. 3o A licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia, a seleção da proposta mais vantajosa para a administração e a promoção do desenvolvimento nacional, e será processada e julgada em estrita conformidade com os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e dos que lhes são correlatos. (...) Art. 41. A Administração não pode descumprir as normas e condições do edital, ao qual se acha estritamente vinculada. (...) Art. 44. No julgamento das propostas, a Comissão levará em consideração os critérios objetivos definidos no edital ou convite, os quais não devem contrariar as normas e princípios estabelecidos por esta Lei. 1o É vedada a utilização de qualquer elemento, critério ou fator sigiloso, secreto, subjetivo ou reservado que possa ainda que indiretamente elidir o princípio da igualdade entre os licitantes. A Constituição Federal e a própria lei de licitações, não permitem que a Administração Pública viole as regras do Edital, pois Ao descumprir normas editalícias, a Administração frustra a própria razão de ser da licitação, agindo assim, atacam de morte os princípios que direcionam a atividade administrativa, tais como: o da legalidade, da moralidade e da isonomia." (STJ, MS nº 5.597/DF, 1ª S., Rel. Min. Demócrito Reinaldo, DJU ). Como ficou demonstrado a Recorrente tenta induz a uma visão de ilegalidade aonde não existe, de acordo com a análise do Nobre Pregoeiro, a documentação da Recorrida atendeu todas as exigências do Edital, não tem qualquer cabimento, a Recorrente flutua em sua argumentação, a proposta apresentada foi realizada de acordo com as exigências do Edital em tela e a documentação atende todos os comandos do Instrumento Convocatório. O Superior Tribunal de Justiça é pacifico no entendimento Consoante dispõe o art. 41 da Lei 8.666/93, a Administração encontra-se estritamente vinculada ao edital de licitação, não podendo descumprir as normas e condições dele constantes. É o instrumento convocatório que dá validade aos atos administrativos praticados no curso da licitação, de modo que o descumprimento às suas regras deverá ser reprimido. Não pode a Administração ignorar tais regras sob o argumento de que seriam viciadas ou inadequadas. Caso assim entenda, deverá refazer o edital, com o reinício do procedimento licitatório, jamais ignorá-las. Não é outro o entendimento do ínclito Ministro Francisco Falcão, no julgamento do REsp /DF: "Ao submeter a Administração ao princípio da vinculação ao ato convocatório, a Lei nº impõe o dever de exaustão da discricionariedade por ocasião de sua elaboração. Não teria cabimento determinar a estrita vinculação ao edital e, simultaneamente, autorizar a atribuição de competência discricionária para a Comissão indicar, por ocasião do julgamento de alguma das fases, os critérios de julgamento. Todos os critérios e todas as exigências deverão constar, de modo expresso e exaustivo, no corpo do edital. A alegação da Recorrente não pode prosperar, eis que as regras editalícias estão muito claras, para a Administração Pública tal regra deve ser a linha entre a legalidade e a ilegalidade, por razões óbvias. O administrador ou gestor público está jungido à letra da lei para poder atuar. Seu facere ou non facere decorre da vontade expressa do Estado (com quem os agentes públicos se confundem, segundo a teoria da representação de Pontes de Miranda), manifestada por lei. Nesse exato sentido é a lição de Celso Ribeiro Bastos: "Já quando se trata de analisar o modo de atuar do particular, não se pode fazer aplicação do mesmo princípio, segundo o qual tudo o que não for proibido é permitido. É que, com relação à Administração, não há princípio de liberdade nenhum a ser obedecido. Assim sendo, cumprirá melhor o seu papel quanto mais atrelada estiver à própria lei, cuja vontade deve sempre prevalecer (Celso Ribeiro Bastos Curso de Direito Dessa feita, não prosperar o Recurso interposto pela Recorrente, eis que, é desprovido de sustentação legal, bem como foi incapaz de demonstrar qualquer ilegalidade, a conclusão é única, o Nobre Pregoeiro quando classificou a Recorrida não cometeu qualquer ato ilegal, consubstanciando ainda, que a Recorrente sequer encaminhou a sua proposta para analise, sendo certo, que o julgamento foi realizado dentro dos princípios da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e da legalidade, devidamente fundamentado na lei de regência. DOS PEDIDOS Ante o exposto, requer ao Nobre Pregoeiro: 1 - que o presente recurso seja recebido e julgado improcedente, in totum, por força das alegações trazidas na contrarrazão; 2- que seja mantendo o julgamento emanado pelo Nobre Pregoeiro, considerando que a proposta e documentação apresentada pela Recorrida estão em conformidade com as regras do Edital e bem como com os limites da legislação; 3 se o entendimento do Nobre Pregoeiro for à linha inversa da contrarrazão, o que se admitir apenas por cautela, que seja encaminhando o Recurso e bem como a

5 Página 5 de 5 Contrarrazão ofertada à consideração da autoridade superior, manifestando a motivação e a razão de decidir. Brasília-DF, 17 de junho de 2013 Interativa Dedetização Higienização e Conservação Ltda CNPJ nº / Fechar

M I N I S T É R I O P Ú B L I C O

M I N I S T É R I O P Ú B L I C O MANIFESTAÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 075/2012-MP/PA PREGOEIRA: ANDRÉA MARA CICCIO EMPRESA RECORRENTE: PREMIUM SERVICE LTDA CONTRARRAZÕES: TREVO COMERCIO E SERVICO LTDA - ME OBJETO:

Leia mais

ILUSTRISSÍMO SENHOR PREGOEIRO OFICIAL DO CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 8º REGIÃO. Edital pregão eletrônico nº 008/2014

ILUSTRISSÍMO SENHOR PREGOEIRO OFICIAL DO CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 8º REGIÃO. Edital pregão eletrônico nº 008/2014 ILUSTRISSÍMO SENHOR PREGOEIRO OFICIAL DO CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 8º REGIÃO. Edital pregão eletrônico nº 008/2014 FEACONSPAR - FEDERAÇÃO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO

IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO ILUSTRÍSSIMO SENHOR ABDIAS DA SILVA OLIVEIRA DESIGNADO PREGOEIRO PARA O PREGÃO ELETRÔNICO Nº 4/2015 DO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR PREGÃO ELETRÔNICO: 4/2015 COQUEIRO &

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO EMENTA: Edital 0259/2013-08, seleção de empresa especializada para prestação de serviços na área de condução de veículos oficiais da frota da Superintendência Regional

Leia mais

JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA. EPP, CNPJ nº 03.667.498/0001-39

JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA. EPP, CNPJ nº 03.667.498/0001-39 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA.

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ilustríssima Senhora Pregoeira, EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL No 09/2013-SESAPI ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DO MOBILIÁRIO

Leia mais

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N 006/2009

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N 006/2009 RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N 006/2009 Trata-se de procedimento licitatório, modalidade Concorrência, cujo objeto é a contratação de empresa do ramo da construção civil para execução

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e DECRETO No. 24.818 de 27 JANEIRO DE 2.005 Regulamenta a realização de pregão por meio da utilização de recursos de tecnologia da informação, denominado pregão eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N.º 07/2014 PROCESSO N.º 23368.000296.2014-17

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N.º 07/2014 PROCESSO N.º 23368.000296.2014-17 RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N.º 07/2014 PROCESSO N.º 23368.000296.2014-17 DO OBJETO Trata-se de procedimento licitatório na modalidade Concorrência, cujo objeto é a contratação de empresa

Leia mais

PARECER JURÍDICO N 017/2015 - ASJUR

PARECER JURÍDICO N 017/2015 - ASJUR PROCESSO N: 53735231/2013 60489491/2015 INTERESSADO: Comercial de Materiais Elétricos Luz e Fio Ltda. ASSUNTO: Recurso Pregão Presencial n 008/2014 PARECER JURÍDICO N 017/2015 - ASJUR Os autos aportaram

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS Belo Horizonte, 19 de outubro de 2015. ASSUNTO: ENCAMINHAMENTO AO PRESIDENTE: DECISÃO DA PREGOEIRA EM RELAÇÃO AO RECURSO ADMINISTRATIVO APRESENTADO

Leia mais

Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL. Em 4 de setembro de 2009.

Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL. Em 4 de setembro de 2009. Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL Em 4 de setembro de 2009. Processo nº: 48500.000496/2009-53 Licitação: Pregão Eletrônico nº 49/2009 Assunto: Análise do recurso interposto pela Ductbusters Engenharia

Leia mais

No que dispõe sobre a tempestividade recursal, o artigo 26 do Decreto 5.450/2005 regulamentador do Pregão Eletrônico estabelece que;

No que dispõe sobre a tempestividade recursal, o artigo 26 do Decreto 5.450/2005 regulamentador do Pregão Eletrônico estabelece que; Pregão Eletrônico Visualização de Recursos, Contra Razões e Decisõess RECURSO: A CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS 3ª REGIÃO (SP e MS) PRESIDENTE DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 003/2014

Leia mais

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license.

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license. DECRETO Nº 5.450, DE 31 DE MAIO DE 2005 Regulamenta o pregão, na forma eletrônica, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A Processo: TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2007. Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO PPOSTA COMERCIAL. Recorrente: ELEACRE ENGENHARIA LTDA. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas

Leia mais

A ILUSTRÍSSIMA SENHORA SHEILA BATISTA DOS SANTOS PREGOEIRA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO CENTRAL DE COMPRAS

A ILUSTRÍSSIMA SENHORA SHEILA BATISTA DOS SANTOS PREGOEIRA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO CENTRAL DE COMPRAS A ILUSTRÍSSIMA SENHORA SHEILA BATISTA DOS SANTOS PREGOEIRA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO CENTRAL DE COMPRAS C.C.P TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO ESPITIRO SANTO

Leia mais

EXMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

EXMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS 1 EXMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 30/2011 PROCESSO Nº. 23042.000448/2011-01 M. DO ESPIRITO

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO Ref.: Pregão Eletrônico N 096/2015 A PORTAL TURISMO E SERVIÇOS LTDA EPP, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ

Leia mais

ILUSTRÍSSIMA AUTORIDADE SUPERIOR POR INTERMÉDIO DO SENHOR PREGOEIRO DESIGNADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE

ILUSTRÍSSIMA AUTORIDADE SUPERIOR POR INTERMÉDIO DO SENHOR PREGOEIRO DESIGNADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE ILUSTRÍSSIMA AUTORIDADE SUPERIOR POR INTERMÉDIO DO SENHOR PREGOEIRO DESIGNADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE REF.: PREGÃO PRESENCIAL Nº 148/2013 SAMTRONIC INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA., pessoa jurídica

Leia mais

I. DO ACOLHIMENTO E DA TEMPESTIVIDADE

I. DO ACOLHIMENTO E DA TEMPESTIVIDADE PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 07.04486/2014 MODALIDADE: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 012.2015 EMPRESA RECORRENTE: BRITAMAR EXTRAÇÃO DE PEDRAS E AREIA LTDA RECORRIDOS: COORDENADORIA MUNICIPAL DE LICITAÇÕES SEMAD

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Presencial nº. 18/2007

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Presencial nº. 18/2007 Processo: A 07/204 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de empresa especializada para a prestação de serviços em implementação de windows server 2003 enterprise, active directory,

Leia mais

DECISÃO SOBRE A IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 019/2015-EMAP, APRESENTADA PELA EMPRESA HAPVIDA ASSISTÊNCIA MÉDICA LTDA.

DECISÃO SOBRE A IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 019/2015-EMAP, APRESENTADA PELA EMPRESA HAPVIDA ASSISTÊNCIA MÉDICA LTDA. DECISÃO SOBRE A IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 019/2015-EMAP, APRESENTADA PELA EMPRESA HAPVIDA ASSISTÊNCIA MÉDICA LTDA. Impugnação: Trata-se de Impugnação a itens do Termo de Referência e

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO. Recorrida: HITACHI KOKUSAI LINEAR EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS S/A.

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO. Recorrida: HITACHI KOKUSAI LINEAR EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS S/A. PROCESSO: 0366/2012 PREGÃO ELETRÔNICO: Nº 001/2012 JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO EMENTA: Recurso interposto contra o Pregão Eletrônico nº 001/2012 (AQUISIÇÃO DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO DIGITAL EM

Leia mais

sem fundamento para que haja alteração do edital. Conforme já mencionamos

sem fundamento para que haja alteração do edital. Conforme já mencionamos Ao TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL Florianópolis SC Referência: Pregão Eletrônico N.º 094/2014 A Dom Soluções em Serviços, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 17.935.946/0001-42, vem manifestar o exposto abaixo:

Leia mais

WEGH Assessoria e Logística Internacional Ltda.

WEGH Assessoria e Logística Internacional Ltda. ILMO. SR. DR. PREGOEIRO DO PREGÃO ELETRÔNICO N. 79/2012 DA FUNDAÇÃO DE APOIO A PESQUISA E A EXTENSAO - FAPEX Pregão Eletrônico nº 79/2012 WEGH ASSESSORIA E LOGISTICA INTERNACIONAL LTDA, com sede na Rua

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO PREGOEIRO

ILUSTRÍSSIMO PREGOEIRO ILUSTRÍSSIMO PREGOEIRO BSB TIC SOLUÇÕES LTDA, pessoa jurídica de direito privado, com sede no SCS QD. 01 BLOCO C SALAS 1212/14, Brasília - DF, inscrita no CNPJ/MF sob o n.º 04.202.019/0001-71, vem respeitosamente

Leia mais

GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF

GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF Ofício nº 1-0020/2009 GILIC/BR - Licitação Brasília, 6 de abril

Leia mais

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO Pregão Presencial nº. 003/2008 Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EMENTA: AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

Leia mais

PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Referência: Concorrência nº 01/2012 Fase: Resultado da análise das propostas técnicas Sr. Secretário de Administração, RBM PROPAGANDA E COMUNICAÇÃO LTDA empresa devidamente estabelecida na CLN 309, Bloco

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEOFILÂNDIA ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEOFILÂNDIA ESTADO DA BAHIA Processo n.º 170/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE TEOFILÂNDIA Referência: Pregão n.º 009/2015 Assunto: Impugnação aos Termos do Edital DECISÃO Trata-se de IMPUGNAÇÃO AO EDITAL interposta pela empresa PLUS

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado.

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado. ESCLARECIMENTOS Em curso nesta Autarquia a licitação nº 0453/13, Processo nº 0363/13, que almeja a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de medicina e segurança do trabalho. Foi recebido

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS 1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS O CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAUDE DO MEDIO PARAIBA, mediante o Pregoeiro Flávio Macharet Barbosa, designado pela Portaria nº 004/2011, de junho

Leia mais

BNDES PREGÃO ELETRÔNICO AA 38/2013 ATA DE APRECIAÇÃO DE RECURSO

BNDES PREGÃO ELETRÔNICO AA 38/2013 ATA DE APRECIAÇÃO DE RECURSO Rio de Janeiro, 03 de fevereiro de 2014. BNDES PREGÃO ELETRÔNICO AA 38/2013 ATA DE APRECIAÇÃO DE RECURSO 1. RECEBIMENTO DOS RECURSOS No dia 24.01.2014 foi apresentado recurso pela licitante COMERCIAL MILANO

Leia mais

Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema

Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema Licitação: Processo administrativo 073/13 Edital - Convite 002/13 Assunto: Resposta ao recurso apresentado contra o julgamento da habilitação. Senhor Presidente do CISMEPAR, A empresa Carvalho Projetos

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 03/2009

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 03/2009 Processo: A 09/033 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de empresa para prestação de serviços de limpeza, asseio e conservação predial, visando a obtenção de adequadas condições de

Leia mais

Objeto: Aquisição de gêneros alimentícios para IF Sudeste MG Campus Barbacena (SAN, Laboratório de nutrição, aulas práticas e PRONATEC).

Objeto: Aquisição de gêneros alimentícios para IF Sudeste MG Campus Barbacena (SAN, Laboratório de nutrição, aulas práticas e PRONATEC). Pregão Eletrônico 07/2014 Processo: 23355.000130/2014-31 Objeto: Aquisição de gêneros alimentícios para IF Sudeste MG Campus Barbacena (SAN, Laboratório de nutrição, aulas práticas e PRONATEC). JULGAMENTO

Leia mais

I - RESUMO DOS FATOS. A decisão de inabilitação foi proferida da seguinte forma:

I - RESUMO DOS FATOS. A decisão de inabilitação foi proferida da seguinte forma: ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DA CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. - CERON PREGÃO ELETRÔNICO nº 002/2014 ORGANIZAÇÃO LEVÍN DO BRASIL LTDA., pessoa jurídica de direito privado, com sua sede estabelecida

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL. Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL. Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR REF.: Pregão Eletrônico nº 019/2015 A empresa Cabral Consultoria em Recursos Humanos Ltda,

Leia mais

RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO De: Para: Assunto: Pregoeira e Equipe de Apoio Superintendente de Suporte Administrativo de Manaus - SUMN Instrução de Recurso Administrativo Referente:

Leia mais

DECISÃO DE RECURSO PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2013 Terceirização de Mão de Obra

DECISÃO DE RECURSO PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2013 Terceirização de Mão de Obra DECISÃO DE RECURSO PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2013 Terceirização de Mão de Obra Recurso apresentado nos autos do Pregão Presencial nº 04/2013, contra a decisão de desabilitação da empresa L&S SOLUÇÕES E SERVIÇOS

Leia mais

Novas Atitudes. Novos. Estado Gestor

Novas Atitudes. Novos. Estado Gestor Novas Atitudes Paradigmas 1 Procedimentos Estado G t Gestor Instrumentos 2 Sociedade Estado Necessidades Expectativas P i id d Prioridades Recebe a Recebe a pauta Deve se Deve se empenhar para atender

Leia mais

ATA DE JULGAMENTO DE PETIÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 33/2014

ATA DE JULGAMENTO DE PETIÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 33/2014 ATA DE JULGAMENTO DE PETIÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 33/2014 Aos 22 dias do mês de janeiro de 2015, a Pregoeira procedeu à análise e julgamento de petição apresentada em 19/01/2015 pelo licitante SUNGARD

Leia mais

1) DO REGISTRO DA MANIFESTAÇÃO DE INTENÇÃO DE RECURSO NO SISTEMA COMPRASNET.

1) DO REGISTRO DA MANIFESTAÇÃO DE INTENÇÃO DE RECURSO NO SISTEMA COMPRASNET. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO:

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: Impugnação ao Edital oferecida pela empresa QATIVE TECNOLOGIA E EVENTOS LTDA. DECISÃO DA COMISSÃO PERMANENTE

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS SETOR DE AQUISIÇÕES

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS SETOR DE AQUISIÇÕES PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS SETOR DE AQUISIÇÕES Processo n. º 01158-5.2006.001 Interessado: PORTO SEGURO CIA. DE SEGUROS GERAIS Referência: Recurso Administrativo. Modalidade

Leia mais

DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL

DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Processo n 23042.001420/2011-83 Pregão Eletrônico 004/2013-Licitação/DAP. DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Aos cinco dias do mês de junho de 2013, às 16:00 horas, reuniram-se a Pregoeira,

Leia mais

Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO

Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO Trata-se do Pregão Eletrônico para Formação de Registro de Preços para futura contratação de

Leia mais

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ DECRETO Nº 600/2014 Súmula:- Regulamenta a aquisição de Bens Permanentes, de Consumo e Serviços destinados a Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Sengés, através de Pregão, tendo

Leia mais

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO IMPUGNANTE: RIBAL LOCADORA DE VEÍCULOS LTDA CNPJ.: 07.605.506/0001-73

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO IMPUGNANTE: RIBAL LOCADORA DE VEÍCULOS LTDA CNPJ.: 07.605.506/0001-73 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO

Leia mais

COMPRASNET - O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO

COMPRASNET - O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO Página 1 de 5 Visualização de Recursos, Contra-Razões e Decisões CONTRA RAZÃO : ILMO. SENHOR PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC Pregão Eletrônico nº 40/2011

Leia mais

Aquisição de 500 (quinhentos) cartuchos de fita LTO4 em mídia regravável, conforme especificação constante do Anexo I: Memorial Descritivo.

Aquisição de 500 (quinhentos) cartuchos de fita LTO4 em mídia regravável, conforme especificação constante do Anexo I: Memorial Descritivo. Processo: A 09/078 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Aquisição de 500 (quinhentos) cartuchos de fita LTO4 em mídia regravável, conforme especificação constante do Anexo I: Memorial Descritivo.

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO (NUP) Nº 64592.000304/2011-06 PREGÃO ELETRÔNICO N 016/2011

PROCESSO ADMINISTRATIVO (NUP) Nº 64592.000304/2011-06 PREGÃO ELETRÔNICO N 016/2011 MINISTERIO DA DEFESA EXERCITO BRASILEIRO HOSPITAL DE GUARNIÇÃO DE NATAL (H Mil Natal/1941) PROCESSO ADMINISTRATIVO (NUP) Nº 64592.000304/2011-06 PREGÃO ELETRÔNICO N 016/2011 Senhor Ordenador de Despesas,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE ALAGOAS Comissão de Pregão

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE ALAGOAS Comissão de Pregão TERMO: Decisório FEITO: Recurso Administrativo REFERÊNCIA: Pregão Eletrônico n o 21/2015 RAZÕES: Desclassificação OBJETO: Registro de Preços de serviços de locação de veículos automotores, para atender

Leia mais

OFÍCIO N. 46/2013 - TERMO DE REMESSA DOS PRESENTES AUTOS COM RELATÓRIO AO GABINETE DA PREFEITA DO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ- BAHIA

OFÍCIO N. 46/2013 - TERMO DE REMESSA DOS PRESENTES AUTOS COM RELATÓRIO AO GABINETE DA PREFEITA DO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ- BAHIA Jequié-Bahia, 13 de maio de 2013. OFÍCIO N. 46/2013 - TERMO DE REMESSA DOS PRESENTES AUTOS COM RELATÓRIO AO GABINETE DA PREFEITA DO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ- BAHIA EXMA. SRA. DRA. TÂNIA DINIZ CORREIA LEITE

Leia mais

Pregão Eletrônico nº 03/2013-CTI/DPF Processo administrativo nº 08206.001037/2012-01 JULGAMENTO DE RECURSO

Pregão Eletrônico nº 03/2013-CTI/DPF Processo administrativo nº 08206.001037/2012-01 JULGAMENTO DE RECURSO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL COORDENAÇÃO-GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Pregão Eletrônico nº 03/2013-CTI/DPF Processo administrativo nº 08206.001037/2012-01

Leia mais

PARECER 068/2015 PROCESSO DE LICITAÇÃO 004/2015 1 DO BREVE RESUMO FÁTICO

PARECER 068/2015 PROCESSO DE LICITAÇÃO 004/2015 1 DO BREVE RESUMO FÁTICO PARECER 068/2015 PROCESSO DE LICITAÇÃO 004/2015 1 DO BREVE RESUMO FÁTICO Cuida-se de processo de licitação na modalidade Pregão Presencial 04/2015, tipo Menor Preço por Item, para aquisição de 05 (cinco)

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS Pregão Eletrônico n. 36/2015 P&P TURISMO LTDA ME, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO E COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DE ALAGOAS.

ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO E COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DE ALAGOAS. ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO E COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DE ALAGOAS. Ref. Contra Razões ao Recurso administrativo do Edital de pregão Eletrônico nº 068-A/2012 CONTRARRAZÕES AO RECURSO ADMINISTRATIVO

Leia mais

Terminada a fase de lances, o item 04 do pregão eletrônico apresentou a seguinte classificação:

Terminada a fase de lances, o item 04 do pregão eletrônico apresentou a seguinte classificação: São João del-rei, 23 de outubro de 2014. Processo: 23122.103528/2014-62 Pregão Eletrônico: 104/2014 Assunto: Decisão Recurso Administrativo 1 PRELIMINARMENTE Vistos e examinados os autos do processo licitatório

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Fl. Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina PREGÃO N. 86/2011 PROTOCOLO N. 53.405/2011 ASSUNTO: Contratação de empresa especializada para execução dos serviços de desinsetização e desratização dos

Leia mais

Ao ILMO. PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SECRETARIA EXECUTIVA/SUBSECRETARIA DE ASSUSNTOS ADMINISTRATIVOS.

Ao ILMO. PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SECRETARIA EXECUTIVA/SUBSECRETARIA DE ASSUSNTOS ADMINISTRATIVOS. Ao ILMO. PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SECRETARIA EXECUTIVA/SUBSECRETARIA DE ASSUSNTOS ADMINISTRATIVOS. Sr. Sandoval Luiz de Souza Referência: Pregão N.º 06/2006 VOETUR CARGAS E ENCOMENDAS LTDA.,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN MPU Nº 385/2015

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN MPU Nº 385/2015 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN MPU Nº 385/2015 Referência : Correio eletrônico, de 24/2/2015. Protocolo AUDIN-MPU nº 745/2015. Assunto

Leia mais

1.2. Obrigatoriedade de realização de licitação ( CF, art. 37, XXI)

1.2. Obrigatoriedade de realização de licitação ( CF, art. 37, XXI) ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO DISCIPLINA: DIREITO ADMINISTRATIVO PROFESSORA: CLARISSA SAMPAIO SILVA 1) LICITAÇÃO - Previsão constitucional: 1.1. Estabelecimento de normas gerais ( CF, art.22, XXVII)

Leia mais

ESTADO DO PARÁ M I N I S T É R I O P Ú B L I C O

ESTADO DO PARÁ M I N I S T É R I O P Ú B L I C O MANIFESTAÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 021/2013-MP/PA PREGOEIRA: ANDRÉA MARA CICCIO EMPRESA RECORRENTE: VISIONNAIRE INFORMÁTICA S.A CONTRA-RAZÕES: LINKCON LTDA - EPP. OBJETO: REGISTRO

Leia mais

Em razão da impugnação apresentada, informo:

Em razão da impugnação apresentada, informo: Proc. nº. 892/2010-GO Pregão Eletrônico nº. 27/2014 Prezado Licitante, Em razão da impugnação apresentada, informo: A empresa BRILHANTE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO LTDA-EPP apresentou, em 30/09/2014, pedido

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SEC.DESENV. ECONOMICO, CIENCIA,TECN. INOVACA USP INST.DE ASTRONOMIA, GEO. C. ATMOSFERICA RECURSO

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SEC.DESENV. ECONOMICO, CIENCIA,TECN. INOVACA USP INST.DE ASTRONOMIA, GEO. C. ATMOSFERICA RECURSO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SEC.DESENV. ECONOMICO, CIENCIA,TECN. INOVACA USP INST.DE ASTRONOMIA, GEO. C. ATMOSFERICA RECURSO Pregão Eletrônico nº: Processo nº: Objeto: Licitante Autor: 005/2015 2015.1.400.14.5

Leia mais

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2014 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 034/2014

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2014 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 034/2014 DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2014 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 034/2014 Impugnação ao edital da licitação em epígrafe, proposta por PLANINVESTI ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS LTDA, mediante

Leia mais

Objeto: Aquisição de um Mamógrafo e um Digitalizador de Imagens, conforme especificações descritas no Anexo II Termo de Referência.

Objeto: Aquisição de um Mamógrafo e um Digitalizador de Imagens, conforme especificações descritas no Anexo II Termo de Referência. SOCORRO, 18 DE JUNHO DE 2015. À Exmo. Sr. Prefeito Municipal PROCESSO Nº 030/2015/PMES PREGÃO PRESENCIAL Nº 011/2015 Objeto: Aquisição de um Mamógrafo e um Digitalizador de Imagens, conforme especificações

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1.252/2012. O Presidente do Conselho Nacional do Serviço Social do Comércio SESC, no exercício de suas atribuições regimentais;

RESOLUÇÃO Nº 1.252/2012. O Presidente do Conselho Nacional do Serviço Social do Comércio SESC, no exercício de suas atribuições regimentais; RESOLUÇÃO Nº 1.252/2012 Altera, modifica e consolida o Regulamento de Licitações e Contratos do SESC O Presidente do Conselho Nacional do Serviço Social do Comércio SESC, no exercício de suas atribuições

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN MPU Nº 698/2014

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN MPU Nº 698/2014 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN MPU Nº 698/2014 Referência : Correio eletrônico de 24/2/2014. Protocolo AUDIN-MPU nº 360/2014. Assunto

Leia mais

01) NOME DA EMPRESA COM PEDIDO DE ALTERAÇÃO DO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO. LUPPA Administradora de Serviços e Representações Comerciais LTDA

01) NOME DA EMPRESA COM PEDIDO DE ALTERAÇÃO DO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO. LUPPA Administradora de Serviços e Representações Comerciais LTDA RELATÓRIO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Empresa: LUPPA Administradora de Serviços e Representações Comerciais LTDA CNPJ: 00.081.160/0001-02 Edital n.º 106/2012 O Pregoeiro e a equipe técnica estiveram em

Leia mais

Concurso - EPPGG 2013. Prof. Leonardo Ferreira Turma EPPGG-2013 Aula 06,07,08,09

Concurso - EPPGG 2013. Prof. Leonardo Ferreira Turma EPPGG-2013 Aula 06,07,08,09 Concurso - EPPGG 2013 Prof. Leonardo Ferreira Turma EPPGG-2013 Aula 06,07,08,09 Ordem ao caos...(p4) Tema 4: 1. Práticas de gestão governamental no Brasil e seus resultados: Gestão de suprimentos e logística

Leia mais

3. No dia 01/07/2009, a Digicert apresentou seu recurso.

3. No dia 01/07/2009, a Digicert apresentou seu recurso. Decisão de Pregoeiro n 0034/2009-SLC/ANEEL Em 20 de julho de 2009. Processo nº: 48500.004388/2008-79 Licitação: Pregão Eletrônico nº 05/2009 Assunto: Análise do recurso interposto pela empresa Digicert

Leia mais

MAGNÍFICO. SR. REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - IFAM

MAGNÍFICO. SR. REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - IFAM MAGNÍFICO. SR. REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - IFAM Ref. PAD. N 23042.000722/2011-34 Pregão Eletrônico n 16/2011-SRP Em resposta ao Ofício n 58-CGL/IFAM/2011

Leia mais

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue:

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue: Quanto aos questionamentos apresentados pela empresa LORENO, passamos a responder o seguinte: Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos

Leia mais

2. A recorrente pede vênia para ressaltar que a exigência dos itens 3.2.1, afrontam contra o caráter competitivo da licitação.

2. A recorrente pede vênia para ressaltar que a exigência dos itens 3.2.1, afrontam contra o caráter competitivo da licitação. AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS PREGÃO ELETRÔNICO N. 11/2007 PROCESSO Nº. 23000.000318/2007-71 A/C: PREGOEIRO SR. SEVERINO BATISTA DE ALMEIDA JR.

Leia mais

Impugnação apresentada pela Promotional

Impugnação apresentada pela Promotional Impugnação apresentada pela Promotional PROMOTIONAL TRAVEL VIAGENS E TURISMO LTDA, pessoa jurídica dedireito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 40.434.458/0001-73, situada à Rua São José nº 90, Salas 1505/06/07/08,

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO

JULGAMENTO DE RECURSO JULGAMENTO DE RECURSO CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2014 COMPEL OBJETO: Contratação de empresa de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo para Prestação de Serviços especializados em elaboração de estudos e

Leia mais

RECURSO : Ilma. Sr. Pregoeiro da C oordenação Geral da Tecnologia da Informação do Departamento de Polícia Federal.

RECURSO : Ilma. Sr. Pregoeiro da C oordenação Geral da Tecnologia da Informação do Departamento de Polícia Federal. Pregão Eletrônico Visualização de Recursos, Contra-Razões e Decisões RECURSO : Ilma. Sr. Pregoeiro da C oordenação Geral da Tecnologia da Informação do Departamento de Polícia Federal. Pregão Eletrônico:

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Formulário de Telecom

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Formulário de Telecom 1. IDENTIFICAÇÃO TC n : Órgão concedente: Objeto da outorga: Local: 2. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL a Constituição Federal, art. 21, XI; b - Lei n.º 9.472/97; c - Resolução ANATEL n.º 65/98 e 73/98; d - Lei n.º

Leia mais

JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA WORLD TURISMO TRANSPORTE E LOCAÇÃO LTDA, CNPJ 08.088.541/0001-25

JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA WORLD TURISMO TRANSPORTE E LOCAÇÃO LTDA, CNPJ 08.088.541/0001-25 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA WORLD TURISMO TRANSPORTE E

Leia mais

Informação nº 095/2014 Porto Alegre, 28 de julho de 2014.

Informação nº 095/2014 Porto Alegre, 28 de julho de 2014. Informação nº 095/2014 Porto Alegre, 28 de julho de 2014. Ref.: Pregão Eletrônico 36/2014 Processo nº 1632-0900/14-9 - Julgamento do Recurso Administrativo interposto por Intellisistemas Sistemas de Automação

Leia mais

À SRA. ÁUREA COUTENS DE MENEZES, DIRETORA DA SECRETARIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS.

À SRA. ÁUREA COUTENS DE MENEZES, DIRETORA DA SECRETARIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS. Ao PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO À SRA. ÁUREA COUTENS DE MENEZES, DIRETORA DA SECRETARIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS. Ao SR. PREGOEIRO. PROCESSO LICITATÓRIO TRT/DSAA/029/2014 PREGÃO

Leia mais

A APLICABILIDADE DO PRINCÍPIO VINCULAÇÃO DO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO NO PROCESSO ADMINISTRATIVO LICITATÓRIO.

A APLICABILIDADE DO PRINCÍPIO VINCULAÇÃO DO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO NO PROCESSO ADMINISTRATIVO LICITATÓRIO. A APLICABILIDADE DO PRINCÍPIO VINCULAÇÃO DO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO NO PROCESSO ADMINISTRATIVO LICITATÓRIO. Keila Medeiros da Silva keilamed_adv@hotmail.com Resumo: O presente estudo tem com objetivo

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO Procuradoria-Geral de Justiça COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CPL

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO Procuradoria-Geral de Justiça COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CPL RELATÓRIO E INFORMAÇÕES À AUTORIDADE SUPERIOR RECURSO ADMINISTRATIVO/CONTRARRAZÕES FEITO: RECURSO ADMINISTRATIVO/CONTRARRAZÕES REFERÊNCIA: CONCORRÊNCIA 001/2013 RAZÕES: DESOBEDIÊNCIA A ITENS EDITALÍCIOS

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO Pregão Presencial nº: 003/2009-UNEMAT. Processo Administrativo Unemat nº 007/2009-CPL. Processo Administrativo SAD Nº 340.148/2009/SAD. Referência: Pregão Presencial para a Locação

Leia mais

Impugnação. A EDUTÉCNICA INTERDIDA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EDUCACIONAIS LTDA. Sito a Rua

Impugnação. A EDUTÉCNICA INTERDIDA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EDUCACIONAIS LTDA. Sito a Rua A FIEP SENAI PR Comissão de Licitação Processo nº. 8143/2012. EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA SENAI-PR Nº. 002/2013 Pres. da Comissão de Licitação Avenida Cândido de Abreu, nº. 200, Centro Cívico, Cep:

Leia mais

COMPRASNET - O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO

COMPRASNET - O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO Página 1 de 6 393024.3922013.163.4841.474652.379 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes 03ª Unidade de Infra-estrutura Terrestre Ata de Realização do Pregão

Leia mais

ATA DE ADSSIMIBILIDADE RECURSO ADMINISTRATIVO

ATA DE ADSSIMIBILIDADE RECURSO ADMINISTRATIVO ATA DE ADSSIMIBILIDADE RECURSO ADMINISTRATIVO PROCESSO LICITATÓRIO N 128/2015 PREGÃO PRESENCIAL N 072/2015 LICITANTE RECORRENTE: LIFEMED INDUSTRIAL DE EQUIPAMENTOS E ARTIGOS MÉDICOS HOSPITALARES S.A. LICITANTE

Leia mais

RELATÓRIO DE JULGAMENTO EMPRESA: AMAZON CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS LTDA.

RELATÓRIO DE JULGAMENTO EMPRESA: AMAZON CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS LTDA. PROCESSO Nº 51402.000225/2011-35 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 009/2012 RELATÓRIO DE JULGAMENTO Trata o presente de Relatório de Julgamento relativo à licitação na modalidade de Pregão Eletrônico, Tipo Menor Preço

Leia mais

ANÁLISE DE RECURSO ADMINISTRATIVO

ANÁLISE DE RECURSO ADMINISTRATIVO ANÁLISE DE RECURSO ADMINISTRATIVO PROCESSO: Processo Administrativo nº 027/2014 Pregão Presencial n 006/2014 - Contratação de empresa especializada para fornecimento de seguro total para os veículos mini-van

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria Executiva Diretoria de Administração Coordenação-Geral de Aquisições

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria Executiva Diretoria de Administração Coordenação-Geral de Aquisições MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria Executiva Diretoria de Administração Coordenação-Geral de Aquisições RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO I Processo: 03110.020000/2014-81 Interessado:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA JULGAMENTO DO RECURSO ADMINISTRATIVO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA JULGAMENTO DO RECURSO ADMINISTRATIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA JULGAMENTO DO RECURSO ADMINISTRATIVO PROCESSO: 23326.002029/2012-09 PREGÃO ELETRÔNICO: 01/2012 RECORRENTE: THOTAL Serviços

Leia mais

SERVITEC.COM. R. da CONCEIÇÃO PINTO - ME

SERVITEC.COM. R. da CONCEIÇÃO PINTO - ME Ao INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DE COMPRAS E LICITAÇÕES CECOM PROCESSO: 23411.000905/2014-57 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 29/2014 Endereço: Rua Voluntários

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO REF.: PREGÃO ELETRÔNICO 24/2007 RECURSO ADMINISTRATIVO OBJETO: Contratação de plano privado de assistência à saúde, destinado aos beneficiários regularmente inscritos no plano de assistência à saúde deste

Leia mais

I DOS FATOS II DO PLEITO

I DOS FATOS II DO PLEITO Referência: Processo n.º 48500.000357/05-71 Edital de Pregão nº 07/2005 Contratação de Serviços Assistência Médica Ementa: Análise dos recursos interpostos pela UNIMED - Confederação das Cooperativas Médicas

Leia mais

1. RECEBIMENTO DOS RECURSOS

1. RECEBIMENTO DOS RECURSOS Rio de Janeiro, 01 de julho de 2011 PREGÃO ELETRÔNICO AA 25/2011 ATA DE APRECIAÇÃO DE RECURSOS 1. RECEBIMENTO DOS RECURSOS Foram apresentados recursos pelas licitantes ALLEN RIO SERVIÇO E COMÉRCIO DE PRODUTOS

Leia mais

DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DAS RAZÕES DO IMPUGNANTE

DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DAS RAZÕES DO IMPUGNANTE Pregão Eletrônico 002/2012-SRP. DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Aos vinte dias do mês de agosto de 2012, horas, reuniram-se a Pregoeira, os Integrantes da Equipe de Apoio e o Responsável

Leia mais