Não é só uma palestra sobre front-end: 10 mitos desconstruídos. Henrique G. G. Pereira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Não é só uma palestra sobre front-end: 10 mitos desconstruídos. Henrique G. G. Pereira"

Transcrição

1 Não é só uma palestra sobre front-end: 10 mitos desconstruídos Henrique G. G. Pereira

2 Quem? UNIFRA Analista de UFSM

3 Mito #1 As pessoas não leem na web.

4 Mito #1: As pessoas não leem na web. Nielsen (1997) Pessoas "escaneiam" a página, pegando palavras e frases soltas. Nielsen (2008) Usuários leem no máximo 28% do conteúdo de uma página.

5 Mito #1: As pessoas não leem na web. Nielsen (2006) Leitura em "F"

6 Mito #1: As pessoas não leem na web. Nielsen (2013) Quando o conteúdo ajuda o usuário a focar em áreas de interesse, os usuários param de "escanear" e começam a ler. Usuários prestam mais atenção ao conteúdo que fica no topo. Posição do Início do Texto % de usuários que olham 1 81% 2 71% 3 63% 4 32%

7 Mito #1: As pessoas não leem na web.

8 Mito #2 Todas as páginas tem que ser acessíveis em até 3 cliques.

9 Mito #2: Todas as páginas tem que ser acessíveis em até 3 cliques. Porter (2003) Maior parte dos usuários desiste após 3 cliques. Satisfação quase constante mesmo após 3 cliques.

10 Mito #2: Todas as páginas tem que ser acessíveis em até 3 cliques. Nielsen (2006) Organização da informação é mais importante. Aumento de 600% de vendas em um site de e- commerce ao posicionar os produtos a 4 cliques da página inicial.

11 Mito #2: Todas as páginas tem que ser acessíveis em até 3 cliques. Loranger (2008) O número de cliques não é importante. Fluxo do conteúdo tem fazer sentido e ser lógico.

12 Mito #2: Todas as páginas tem que ser acessíveis em até 3 cliques.

13 Mito #3 Acessibilidade: custa caro e díficil de alcançar.

14 Mito #3: Acessibilidade: custa caro e díficil de alcançar. Moss (2004) Um site acessível tem geralmente uma melhor usabilidade. Hagans (2005) Acessibilidade é o primeiro passo para um bom posicionamento em um motor de busca.

15 Mito #3: Acessibilidade: custa caro e díficil de alcançar. Brasil (2005) E-MAG Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico

16 Mito #3: Acessibilidade: custa caro e díficil de alcançar. W3C WAI Web Accessibility Taskforce ARIA HTML5

17 Mito #3: Acessibilidade: custa caro e díficil de alcançar.

18 Mito #4 Ícones melhoram a usabilidade.

19 Mito #4: Ícones melhoram a usabilidade. Byttebier (2013) Usuários evitam elementos de interface que eles não conseguem entender.

20 Mito #4: Ícones melhoram a usabilidade. Bedford (2014) O entendimento de um ícone depende da experiência prévia de um usuário. Ícones universais são raros. Sempre devem estar acompanhados de um rótulo.

21 Mito #4: Ícones melhoram a usabilidade.

22 Mito #5 O design de uma página tem que ser original.

23 Mito #5: O design de uma página tem que ser original. Krug (2000) Don't make me think Convenções são suas amigas Use aquilo que as pessoas já conhecem

24 Mito #5: O design de uma página tem que ser original. UI-Patterns.com Soluções recorrentes, que resolvem problemas comuns.

25 Mito #5: O design de uma página tem que ser original.

26 Mito #6 Você não precisa do conteúdo para desenhar um website.

27 Mito #6: Você não precisa do conteúdo para desenhar um website. Lorem Ipsum Wroblewski (2009) Morte ao Lorem Ipsum Estéticamente agradável, porém resulta em suposições surreais em relação ao conteúdo de verdade.

28 Mito #6: Você não precisa do conteúdo para desenhar um website. Zeldman (2008) O conteúdo precede o design. O design na falta de conteúdo não é design, é decoração. Nielsen (2009) Conteúdo como UI

29 Mito #6: Você não precisa do conteúdo para desenhar um website.

30 Mito #7 Usuários não rolam a página.

31 Mito #7: Usuários não rolam a página. Chartbeat (2014) 66% da atenção de um usuário em uma página de mídia está abaixo da primeira rolagem.

32 Mito #7: Usuários não rolam a página.

33 Mito #8 Se você é bom, não precisa testar seu design.

34 Mito #8: Se você é bom, não precisa testar seu design. Rosenbaum (2009) O comportamento de um usuário é geralmente díficil de prever. Follansbee (2009) Testes de usabilidade revelam muito mais do que a própria usabilidade do site.

35 Mito #8: Se você é bom, não precisa testar seu design. Nielsen (2009) O simples fato de observar 2 usuários interagindo interagindo com um site aumenta em grande parte a chance de fazer uma escolha correta de UI. Dados Empiricos > Achismos

36 Mito #8: Se você é bom, não precisa testar seu design.

37 Mito #9 Espaço em branco é espaço jogado fora.

38 Mito #9: Espaço em branco é espaço jogado fora. Boulton (2009) Espaço em branco cria uma sensação de de sofisticação e elegância.

39 Mito #9: Espaço em branco é espaço jogado fora. Turnbull (2011) Aumento perceptível na legibilidade

40 Mito #9: Espaço em branco é espaço jogado fora.

41 Mito #10 Simples!= Minimalista

42 Mito #10: Simples!= Minimalista de Jong (2012) Uma UI minimalista é um caminho para a simplicidade, mas geralmente não é o melhor. Redução de informação útil leva a confusão, que leva a uma experiência ruim do usuário.

43 Mito #10: Simples!= Minimalista Minimalismo não leva sempre a simplicidade.

44 Mito #10: Simples!= Minimalista

45 Dúvidas, perguntas,

PROPOSTA DE MELHORIA DA INTERFACE PARA O

PROPOSTA DE MELHORIA DA INTERFACE PARA O PROPOSTA DE MELHORIA DA INTERFACE PARA O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE Orientado: Nestor Vicente Soares Netto Orientador: André Luiz Zambalde Co-orientador: Ahmed Ali Abdalla Esmin Roteiro 1.

Leia mais

USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade

USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Eng. e Gestão do Conhecimento USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade Jakob Nielsen Hoa Loranger Rafael Tezza SOBRE A

Leia mais

www.rakutencommerce.com.br E-BOOK

www.rakutencommerce.com.br E-BOOK APRENDA AS ÚLTIMAS DICAS E TRUQUES SOBRE COMO DAR UM TAPA 3.0 NA SUA LOJA VIRTUAL. www.rakutencommerce.com.br E-BOOK propósito desse ebook é muito simples: ajudar o varejista on-line a dar um tapa 3.0

Leia mais

Usabilidade na WEB CCUEC. Roberto Romani. UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas

Usabilidade na WEB CCUEC. Roberto Romani. UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas CCUEC Roberto Romani UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas Usabilidadena WEB Tópicos Principais O que é usabilidade? Por que usabilidade na Web 7 regras básicas de usabilidade na Web Inspeção de usabilidade

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS PROFESSOR: Itair Pereira da Silva DISCENTES: Maria das Graças João Vieira Rafael Vitor ORGANOGRAMA PRESIDENTE GERENTE

Leia mais

Avaliação de Interfaces

Avaliação de Interfaces Especialização em Tecnologias de Software para Ambiente Web Avaliação de Interfaces Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Projeto e Avaliação de Interfaces: Ambiente Web

Leia mais

USABILIDADE NA WEB E EM INTERFACES. Tutora: Aline Yuri Ieiri (UAB UFABC - PACC)

USABILIDADE NA WEB E EM INTERFACES. Tutora: Aline Yuri Ieiri (UAB UFABC - PACC) USABILIDADE NA WEB E EM INTERFACES. Tutora: Aline Yuri Ieiri (UAB UFABC - PACC) Definição do conceito O que é Usabilidade? Usabilidade é um termo usado para definir a facilidade com que as pessoas podem

Leia mais

Interface Humano-Computador IHC Paradigmas de IHC

Interface Humano-Computador IHC Paradigmas de IHC Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Campus Formosa Interface Humano-Computador IHC Paradigmas de IHC Prof. M.Sc. Victor Hugo Lázaro Lopes IHC Paradigmas de IHC AGENDA Engenharia Cognitiva

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB AULA 8 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD

TECNOLOGIAS WEB AULA 8 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD TECNOLOGIAS WEB AULA 8 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD Objetivos: Apresentar os principais problemas de acessibilidade na Internet. Apresentar as principais deficiências e as tecnologias de apoio.

Leia mais

@media screen and (grande-variedade-dispositivos){ usuários{ sites { ; } Google {

@media screen and (grande-variedade-dispositivos){ usuários{ sites { ; } Google { .pauta{ Introdução; Web Design Responsivo; Princípios do Design Responsivo; Trabalhos Correlatos; HTML5, CSS3, JavaScript; Media Queries; Mobile First; Imagens e Mídias Flexíveis; Mídias Flexíveis; Acessibilidade

Leia mais

U NIFACS ERGONOMIA INFORMACIONAL PROFª MARIANNE HARTMANN 2006.1

U NIFACS ERGONOMIA INFORMACIONAL PROFª MARIANNE HARTMANN 2006.1 U NIFACS ERGONOMIA INFORMACIONAL PROFª MARIANNE HARTMANN 2006.1 AULA 20 PROBLEMAS DE INTERFACE 12.maio.2006 FAVOR DESLIGAR OS CELULARES usabilidade compreende a habilidade do software em permitir que o

Leia mais

PROJETO DE INTERFACE COM USUÁRIO

PROJETO DE INTERFACE COM USUÁRIO PROJETO DE INTERFACE COM USUÁRIO Prof. Emilio Cesar Parmegiani UNIP AULA 1 1 Você gosta de uma boa experiência ou você prefere sofrer? O primeiro contato com uma pessoa normalmente é feito através da aparência

Leia mais

Interface Usuário Máquina. Aula 06

Interface Usuário Máquina. Aula 06 Interface Usuário Máquina Aula 06 Conteúdo Qualidade do Design Acessibilidade Comunicabilidade Usabilidade Experiência do Usuário Usabilidade em Sistemas Computacionais Usabilidade O que você entende por

Leia mais

Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign

Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign Webdesign Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign Apresentação, Fluxo de Desenvolvimento e Arquitetura da Informação Apresentação Thiago Miranda Email: mirandathiago@gmail.com Site: www.thiagomiranda.net

Leia mais

A OpenWeb para serviços governamentais. W3C Brasil. Open Web para Serviços Governamentais Yasodara Córdova - Yaso@nic.br

A OpenWeb para serviços governamentais. W3C Brasil. Open Web para Serviços Governamentais Yasodara Córdova - Yaso@nic.br W3C Brasil Open Web para Serviços Governamentais Yasodara Córdova - Yaso@nic.br O W3C é um fórum internacional para desenvolvimento de padrões e tecnologias para a web. Uma só Web, aberta para todos -

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web Web Design III

Tópicos de Ambiente Web Web Design III Tópicos de Ambiente Web Web Design III Professora: Sheila Cáceres Conteúdo para Web Educacional Entretenimento Comercial Industrial Cientifico Entre outros Tópicos de Ambiente Web - Prof. Sheila Cáceres

Leia mais

O que torna a Web interessante?? Web Design: Visão Geral e Diretrizes. O que torna a Web interessante?? Qual o desafio?? Usuários detestam...

O que torna a Web interessante?? Web Design: Visão Geral e Diretrizes. O que torna a Web interessante?? Qual o desafio?? Usuários detestam... O que torna a Web interessante?? Web Design: Visão Geral e Diretrizes??? Interação Usuário-Computador (SCE-224) Prof. Rudinei Goularte O que torna a Web interessante?? Informação não-linear Textos + Gráficos

Leia mais

AvaliaçãodaUsabilidadedeum SoftwaredeAuditoria EvaluationofUsabilityofaSoftwareofAuditing

AvaliaçãodaUsabilidadedeum SoftwaredeAuditoria EvaluationofUsabilityofaSoftwareofAuditing AvaliaçãodaUsabilidadedeum SoftwaredeAuditoria EvaluationofUsabilityofaSoftwareofAuditing AlianaPereiraSimões Pós-graduadaemErgonomia,UsabilidadeeInteraçãoHumano-Computador PUC-RIO aliana@aliana.com.br

Leia mais

Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO

Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO Arte X Engenharia Desenvolver Sistema Web é arte? A Web oferece espaço para arte...... mas os usuários também desejam

Leia mais

Critérios. Melhores Práticas e Regras

Critérios. Melhores Práticas e Regras AULA 10 - ETAPAS DE DESENVOLVIMENTO WEB Usabilidade Projetando para o usuário Os conceitos de usabilidade têm como base o desenvolvimento de projetos centrados nas necessidades reais dos usuários. Lembre-se,

Leia mais

Os piores erros em Web Design Jacob Nielsen

Os piores erros em Web Design Jacob Nielsen Os piores erros em Web Design Jacob Nielsen Os dez mais chocantes crimes contra os usuários. 1. Busca interna ruim Motores de busca excessivamente literais reduzem a usabilidade uma vez que eles são incapazes

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30 (MARCAÇÃO

Leia mais

Acessibilidade na Web

Acessibilidade na Web Acessibilidade na Web Departamento de Computação - UFS Tópicos Especiais em Sistemas de Informação Lucas Augusto Carvalho lucasamcc@dcomp.ufs.br Prof. Rogério Vídeo Custo ou Benefício? http://acessodigital.net/video.html

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

Webdesign Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign

Webdesign Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign Webdesign Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Tópicos da Aula 1. Design 2. Importância do

Leia mais

CSS. Oficina de CSS Aula 10. Cascading Style Sheets. Cascading Style Sheets Roteiro. Cascading Style Sheets. Cascading Style Sheets W3C

CSS. Oficina de CSS Aula 10. Cascading Style Sheets. Cascading Style Sheets Roteiro. Cascading Style Sheets. Cascading Style Sheets W3C Roteiro Oficina de Aula 10 s Selos de conformidade Prof. Vinícius Costa de Souza www.inf inf.unisinos..unisinos.br/~vinicius outubro de 2006 W3C São um conjunto de normas, diretrizes, recomendações, notas

Leia mais

Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1

Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1 Instituto Federal do Sertão-PE Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1 Prof. Felipe Correia Conteúdo Por que estudar Design de Interfaces e Usabilidade?! Conceitos básicos sobre Design! Primeira

Leia mais

Análise do formato semanal do AVEA Moodle utilizando o padrão WCAG 2.0 para alunos cegos

Análise do formato semanal do AVEA Moodle utilizando o padrão WCAG 2.0 para alunos cegos 10 Edição-2015 Análise do formato semanal do AVEA Moodle utilizando o padrão WCAG 2.0 para alunos cegos Eduardo Dalcin¹, Ana Cláudia Pavão Siluk² ¹Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha

Leia mais

ACESSIBILIDADE WEB: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO DO CONHECIMENTO DO DESENVOLVEDOR WEB BRASILEIRO

ACESSIBILIDADE WEB: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO DO CONHECIMENTO DO DESENVOLVEDOR WEB BRASILEIRO ACESSIBILIDADE WEB: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO DO CONHECIMENTO DO DESENVOLVEDOR WEB BRASILEIRO Timóteo Moreira Tangarife, Cláudia Mont Alvão Laboratório de Ergonomia e Usabilidade de Interfaces LEUI Programa

Leia mais

DIRETRIZES DE USABILIDADE PARA A CONSTRUÇÃO DE HOMEPAGES

DIRETRIZES DE USABILIDADE PARA A CONSTRUÇÃO DE HOMEPAGES UFSM - Universidade Federal de Santa Maria CAFW - Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Prof.ª Elisa Maria Pivetta Interação Humano-Computador DIRETRIZES DE USABILIDADE PARA A CONSTRUÇÃO DE HOMEPAGES

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Aborrece-me muito que tantas páginas da Web tenham botões tridimensionais. Não entendo o sentido de reduzir e imitar volume para um plano de duas dimensões, sobretudo porque assim

Leia mais

IMPORTÂNCIA DOS PADRÕES DE DESENVOLVIMENTO WEB

IMPORTÂNCIA DOS PADRÕES DE DESENVOLVIMENTO WEB IMPORTÂNCIA DOS PADRÕES DE DESENVOLVIMENTO WEB Isadora dos Santos Rodrigues, Tiago Piperno Bonetti Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil isadora.santosrodrigues@hotmail.com, bonetti@unipar.br

Leia mais

Métodos de Avaliação para Sites de Entretenimento. Fabricio Aparecido Breve Prof. Orientador Daniel Weller

Métodos de Avaliação para Sites de Entretenimento. Fabricio Aparecido Breve Prof. Orientador Daniel Weller Métodos de Avaliação para Sites de Entretenimento Fabricio Aparecido Breve Prof. Orientador Daniel Weller 1 Introdução O objetivo deste trabalho é verificar a eficiência da Avaliação com o Usuário e da

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web. Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres

Tópicos de Ambiente Web. Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres Tópicos de Ambiente Web Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres Roteiro Motivação Desenvolvimento de um site Etapas no desenvolvimento de software (software:site) Analise

Leia mais

PUBLICIDADE DIGITAL E NEW MEDIA 2009-2010 / 6º SEMESTRE

PUBLICIDADE DIGITAL E NEW MEDIA 2009-2010 / 6º SEMESTRE PUBLICIDADE DIGITAL E NEW MEDIA 2009-2010 / 6º SEMESTRE PRÓXIMA AULA: APRESENTAÇÃO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO E O FILME DO YOUTUBE? AULA 12 A. EMAIL MARKETING - Objectivos e problemas - Ideias - Vantagens

Leia mais

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A4 DATA 22/10/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A4 DATA 22/10/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A4 DATA 22/10/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE 2009/2 GABARITO COMENTADO QUESTÃO 1: Quando nos referimos à qualidade da interação

Leia mais

Atividade. Usabilidade

Atividade. Usabilidade Universidade Federal do ABC Atividade Usabilidade Aluno: Fabrizio Borelli Professor: Silvia Dotta Disciplina: Interface Humano Máquina Santo André, Outubro de 2011. Conteúdo 1 Introdução 2 2 Facilidade

Leia mais

VPAT (Voluntary Product Accessibility Template, Modelo de Acessibilidade de Produto) do eportfolio da Desire2Learn Maio de 2013 Conteúdo

VPAT (Voluntary Product Accessibility Template, Modelo de Acessibilidade de Produto) do eportfolio da Desire2Learn Maio de 2013 Conteúdo VPAT (Voluntary Product Accessibility Template, Modelo de Acessibilidade de Produto) do eportfolio da Desire2Learn Maio de 2013 Conteúdo Introdução Recursos de acessibilidade principais Navegação usando

Leia mais

UMA ABORDAGEM SOBRE OS PADRÕES DE QUALIDADE DE SOFTWARE COM ÊNFASE EM SISTEMAS PARA WEB

UMA ABORDAGEM SOBRE OS PADRÕES DE QUALIDADE DE SOFTWARE COM ÊNFASE EM SISTEMAS PARA WEB UMA ABORDAGEM SOBRE OS PADRÕES DE QUALIDADE DE SOFTWARE COM ÊNFASE EM SISTEMAS PARA WEB Alan Francisco de Souza¹, Claudete Werner¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil alanfsouza.afs@gmail.com,

Leia mais

ENGENHARIA DE USABILIDADE Unidade V Acessibilidade à Web. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com

ENGENHARIA DE USABILIDADE Unidade V Acessibilidade à Web. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático Conceitos e Importância Projeto e desenvolvimento de Web acessível Acessibilidade É o processo e as técnicas usadas para criar

Leia mais

Usabilidade e Acessibilidade no Desenvolvimento de Websites e Aplicativos Móveis. Prof. Esp. Jalves Mendonça Nicácio

Usabilidade e Acessibilidade no Desenvolvimento de Websites e Aplicativos Móveis. Prof. Esp. Jalves Mendonça Nicácio Usabilidade e Acessibilidade no Desenvolvimento de Websites e Aplicativos Móveis Prof. Esp. Jalves Mendonça Nicácio A Nova Informática Design centrado no usuário: Softwares mais atraentes, divertidos Softwares

Leia mais

Sistemas Hipermédia. sh@di.fc.ul.pt 2011/2012 FCUL Departamento de Informática Carlos Duarte. Horários, Corpo docente

Sistemas Hipermédia. sh@di.fc.ul.pt 2011/2012 FCUL Departamento de Informática Carlos Duarte. Horários, Corpo docente Sistemas Hipermédia sh@di.fc.ul.pt 2011/2012 FCUL Departamento de Informática Carlos Duarte Horários, Corpo docente T 5ª-feira, 16h30-1830, sala 6.2.49 TP1 5ª-feira, 18h30-20h00, sala 6.2.49 TP2 6ª-feira,

Leia mais

CONSIDERAÇÕES FINAIS

CONSIDERAÇÕES FINAIS CONSIDERAÇÕES FINAIS As considerações finais da pesquisa, bem como suas contribuições e sugestões para trabalhos futuros são aqui apresentadas, ressaltando algumas reflexões acerca do tema estudado, sem,

Leia mais

Tutorial Inscrição no Animaedu

Tutorial Inscrição no Animaedu Introdução Este tutorial tem o objetivo de ajudar aqueles alunos que estão com dificuldade de entender o procedimento de inscrição nos cursos do Animaedu. Antes de fazer a inscrição não esqueça de ler,

Leia mais

PROPOPOSTA COMERCIAL Google Adwords

PROPOPOSTA COMERCIAL Google Adwords PROPOPOSTA COMERCIAL Google Adwords Sumário Sobre a Tribusweb 3 Soluções e Proposta 6 Condições Comerciais 9 Condições gerais 10 2 Sobre a Tribusweb A Tribusweb é uma agência de marketing digital que atua

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE CONTEÚDO EDUCACIONAL CENTRADO NO USUÁRIO BASEADO NA INTERNET APLICADO EM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

DESENVOLVIMENTO DE CONTEÚDO EDUCACIONAL CENTRADO NO USUÁRIO BASEADO NA INTERNET APLICADO EM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DESENVOLVIMENTO DE CONTEÚDO EDUCACIONAL CENTRADO NO USUÁRIO BASEADO NA INTERNET APLICADO EM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 05/2005 137-TC-C5 Sergio Ferreira do Amaral Faculdade de Educação da UNICAMP

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software Produto de Software Qualidade de Software Um produto de software compreende os programas e procedimentos de computador e a documentação e dados associados, que foram projetados para serem liberados para

Leia mais

cultura tecnológica imagem e mídia, compressão tempo/espaço, novas formas de presença a cibercultura prof.nelson_urssi urssi@uol.com.br www.urssi.

cultura tecnológica imagem e mídia, compressão tempo/espaço, novas formas de presença a cibercultura prof.nelson_urssi urssi@uol.com.br www.urssi. cultura tecnológica imagem e mídia, compressão tempo/espaço, novas formas de presença a cibercultura prof.nelson_urssi urssi@uol.com.br www.urssi.com a cultura contemporânea em projeto analógico digital

Leia mais

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem 2.1 Introdução Caro Pós-Graduando, Nesta unidade, abordaremos o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) que será utilizado no curso: o Moodle. Serão

Leia mais

MANUAL. Perfil de Professor

MANUAL. Perfil de Professor MANUAL Perfil de Professor Índice 1. Acesso 1.1. Acessando o Canal do Norte... 03 2. Disciplinas 2.1. Acessando Disciplinas... 07 3. Recursos 3.1. Adicionando Recursos... 10 3.2. Página de texto simples...

Leia mais

www.andrix.com.br professor@andrix.com.br Conceitos Básicos

www.andrix.com.br professor@andrix.com.br Conceitos Básicos Desenvolvimento Andrique web Amorim II www.andrix.com.br professor@andrix.com.br Conceitos Básicos Sites e Aplicações Web Normalmente, as pessoas utilizam o termo SITE quando se referem a blogs, sites

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO WEB PARA ELABORAÇÃO DE AVALIAÇÕES DE ENSINO UTILIZANDO NOVAS ABORDAGENS DE DESENVOLVIMENTO

DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO WEB PARA ELABORAÇÃO DE AVALIAÇÕES DE ENSINO UTILIZANDO NOVAS ABORDAGENS DE DESENVOLVIMENTO DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO WEB PARA ELABORAÇÃO DE AVALIAÇÕES DE ENSINO UTILIZANDO NOVAS ABORDAGENS DE DESENVOLVIMENTO Danilo Damaceno Lima 1 NIPETI 2 - Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS),

Leia mais

Acessibilidade. Profa. Renata Pontin de Mattos Fortes

Acessibilidade. Profa. Renata Pontin de Mattos Fortes Acessibilidade Profa. Renata Pontin de Mattos Fortes 1 Acessibilidade 2 Roteiro Acessibilidade Acessibilidade na Informática Inclusão Digital Design da Interação e Acessibilidade 3 Acessibilidade Definição

Leia mais

Usabilidade e Acessibilidade na Web: Uma análise destes conceitos do ponto de vista de um deficiente visual

Usabilidade e Acessibilidade na Web: Uma análise destes conceitos do ponto de vista de um deficiente visual Usabilidade e Acessibilidade na Web: Uma análise destes conceitos do ponto de vista de um deficiente visual Gláucio Brandão de MATOS 1 ; Alisson RIBEIRO 2 ; Gabriel da SILVA 2 1 Ex-aluno do Curso Superior

Leia mais

Os 10 principais benefícios do Microsoft Office Excel 2007. Autor: Leonardo Barroso Galvao

Os 10 principais benefícios do Microsoft Office Excel 2007. Autor: Leonardo Barroso Galvao Os 10 principais benefícios do Microsoft Office Excel 2007 Autor: Leonardo Barroso Galvao Os 10 principais benefícios do Microsoft Office Excel 2007 O Microsoft Office Excel 2007 é uma ferramenta poderosa

Leia mais

Usabilidade nas Empresas que Utilizam Sistemas Web como Instrumento de Trabalho

Usabilidade nas Empresas que Utilizam Sistemas Web como Instrumento de Trabalho Usabilidade nas Empresas que Utilizam Sistemas Web como Instrumento de Trabalho Karina Duarte Bittencourt¹, Joe Jackson Sangali Vidor¹, Fabricio Roulin Bittncourt¹ ¹Fundação Comunitária de Ensino Superior

Leia mais

DESIGN DE INTERAÇÃO. José Alexandre Ducatti

DESIGN DE INTERAÇÃO. José Alexandre Ducatti DESIGN DE INTERAÇÃO José Alexandre Ducatti DESIGN DE I NTERAÇÃO PERCEPÇÃO DESIGN BOM E MAU DESIGN METAS DE DESIGN DE INTERAÇÃO METAS DE USABILIDADE METAS DECORRENTES DA EXPERIÊNCIA DO USUÁRIO PRINCÍPIOS

Leia mais

Interação Humano-Computador: Conceitos Básicos INF 1403 Introdução a IHC Aula 03 19/02/2014 Conteúdo da Aula Interação, Interface e Affordance Critérios de qualidade de uso Usabilidade Experiência do Usuário

Leia mais

Estudo de usabilidade

Estudo de usabilidade Estudo de usabilidade Ocorrências Recomendações Sugestões de reformulação Pontos analisados: Área exclusivas Cadastro Busca Mini-Sites Vídeos Percepções do Portal Brasil Agosto 2010 Í N D I C E 1. sumário

Leia mais

escanner: uma ferramenta para validação de páginas Web segundo o e-mag - Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico.

escanner: uma ferramenta para validação de páginas Web segundo o e-mag - Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico. escanner: uma ferramenta para validação de páginas Web segundo o e-mag - Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico. Victor Adriel de Jesus Oliveira¹, Vânia Cordeiro da Silva² ¹Instituto de Informática

Leia mais

Plano Aulas 5 e 6. Usabilidade. Acessibilidade. Cognição. Comunicação

Plano Aulas 5 e 6. Usabilidade. Acessibilidade. Cognição. Comunicação IHC AULAS 5 e 6 1 2 Plano Aulas 5 e 6 Usabilidade Acessibilidade Cognição Comunicação Colaboração e Cooperação 3 Usefulness Utilidade Utilidade deve verificar se a funcionalidade do sistema faz o que deve

Leia mais

Apresentado por: Marcos José msantos@microstrategy.com

Apresentado por: Marcos José msantos@microstrategy.com As Melhores Práticas Para Ter Dashboards Corporativos Atuais e Aderentes ao Seu Negócio Apresentado por: Marcos José msantos@microstrategy.com Agenda O que é Design Visual Princípios de Design Desafios

Leia mais

USABILIDADE PARA IDOSOS: DESENVOLVIMENTO DE UM SITE-MODELO

USABILIDADE PARA IDOSOS: DESENVOLVIMENTO DE UM SITE-MODELO 037 ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL FREI ARNALDO MARIA DE ITAPORANGA VOTUPORANGA / SP USABILIDADE PARA IDOSOS: DESENVOLVIMENTO DE UM SITE-MODELO Trabalho apresentado à 3ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza,

Leia mais

ESTUDO AVALIATIVO DE ACESSIBILIDADE E USABILIDADE APLICADO AO AMBIENTE WEB.

ESTUDO AVALIATIVO DE ACESSIBILIDADE E USABILIDADE APLICADO AO AMBIENTE WEB. ESTUDO AVALIATIVO DE ACESSIBILIDADE E USABILIDADE APLICADO AO AMBIENTE WEB. Rogério Albuquerque Ribeiro, Claudete Werner Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí - PR - Brasil albuquerque.rogerio@icloud.com

Leia mais

Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo. Curso de Tecnologia da Comunicação Multimédia. Relatório. Aluno: Pedro Filipe Brito Xavier De Mesquita

Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo. Curso de Tecnologia da Comunicação Multimédia. Relatório. Aluno: Pedro Filipe Brito Xavier De Mesquita Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo Curso de Tecnologia da Comunicação Multimédia Relatório Aluno: Pedro Filipe Brito Xavier De Mesquita Docente: Leonel Cunha Rui Espírito Santo Laboratório

Leia mais

Fazendo a Web falar: HTML5, WAI-ARIA e NVDA. Reinaldo Ferraz W3C Brasil

Fazendo a Web falar: HTML5, WAI-ARIA e NVDA. Reinaldo Ferraz W3C Brasil Fazendo a Web falar: HTML5, WAI-ARIA e NVDA Reinaldo Ferraz W3C Brasil Em breve Acessibilidade na Web: A quem se destina? Cegos - daltônicos - baixa visão Deficiência auditiva Deficiência motora Estatísticas

Leia mais

GUIA DE APOIO AO USUÁRIO

GUIA DE APOIO AO USUÁRIO GUIA DE APOIO AO USUÁRIO COMO ASSOCIAR-SE AO CONPEDI? 1) Acessar o website http://www.conpedi.org.br e, no campo Associação, clicar em Clique aqui para fazer sua associação, conforme abaixo: 2) No campo

Leia mais

As Interfaces Tecnológicas. com Design Acessível para a Baixa Visão

As Interfaces Tecnológicas. com Design Acessível para a Baixa Visão CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA GESTORES PÚBLICOS: Políticas de Acessibilidade e Direitos Humanos. As Interfaces Tecnológicas com Cínthia C. Kulpa e Eluza T. Pinheiro Quantas vezes você já acessou algum site

Leia mais

Oficina: ASES 2.0 Beta 6.0

Oficina: ASES 2.0 Beta 6.0 Oficina: ASES 2.0 Beta 6.0 André Luiz Andrade Rezende ¹ ¹Rede de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais (RENAPI) Doutorando em Educação e Contemporaneidade (UNEB) Estes slides são concedidos sob uma

Leia mais

Projeto de Análise de Site Educacional www.diabetesnoscuidamos.com.br

Projeto de Análise de Site Educacional www.diabetesnoscuidamos.com.br Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Instituto de Artes Pós Graduação em Multimeios 1º sem/2002 Disciplina: Multimeios e Educação Ministrada por: José Armando Valente Aluno: Álvaro E.M. Marinho

Leia mais

4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE

4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE 4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE Em caso de possuir um chamado aberto acompanhe até finalizar, pois é através da Aba Mensagem que o técnico pode solicitar outras informações detalhadas para solução.

Leia mais

Existem 109 questões nesta pesquisa

Existem 109 questões nesta pesquisa FASE 2: ANÁLISE DO WEBSITE INSTRUÇÕES Leia atentamente todas as questões Explore o website em avaliação, procurando pelas questões propostas Depois, responda cada questão Algumas questões precisam de informações

Leia mais

SEU SITE FUNCIONA? Teste rápido de Usabilidade e Comunicação Web

SEU SITE FUNCIONA? Teste rápido de Usabilidade e Comunicação Web SEU SITE FUNCIONA? Teste rápido de Usabilidade e Comunicação Web Não é mais segredo para ninguém: ter um site de sua empresa na Web já se tornou obrigatório. Mas ter um site não basta. Este site deve agregar

Leia mais

Design que Vende. Eder Paes

Design que Vende. Eder Paes Design que Vende Eder Paes Conceito funcionalista do design A forma segue a função. A forma é resultado da funcionalidade do objeto ou do espaço, não do capricho pessoal ou da tradição histórica. O ornamento

Leia mais

Home > Pós-graduação > Dissertações e teses > 2002. Figura Exemplo de breadcrumb trail utilizado no site do Departamento de Artes da PUC-Rio.

Home > Pós-graduação > Dissertações e teses > 2002. Figura Exemplo de breadcrumb trail utilizado no site do Departamento de Artes da PUC-Rio. Introdução Objetivos Tudo começou quando terminei minha pesquisa de mestrado e apresentei o trabalho final: minha dissertação. Era um conteúdo muito atual, com resultados inéditos obtidos depois de muita

Leia mais

P.V. Descrição Ocorrências Linhas

P.V. Descrição Ocorrências Linhas Relatório da URL: http://www.cultura.gov.br Erros Prioridade. 22 36 37 38 39 40 45 46 50 53 59 63 32 33 369 39 395 459 460 472 473 474 476.6 Assegurar a acessibilidade do conteúdo de frames, fornecendo

Leia mais

Acessibilidade Web - Ponto da Situação das Maiores Empresas Portuguesas

Acessibilidade Web - Ponto da Situação das Maiores Empresas Portuguesas Apresentação do Estudo Acessibilidade Web Ponto da Situação das maiores empresas Portuguesas 17 de Setembro de 2009 Átrio da Casa do Futuro da Fundação Portuguesa das Comunicações Acessibilidade Web -

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EM SAÚDE PADRONIZAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA FIOCRUZ

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EM SAÚDE PADRONIZAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA FIOCRUZ Centro de Informação Científica e Tecnológica Vice Diretoria de Ensino Coordenação CEICTS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EM SAÚDE PADRONIZAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO

Leia mais

EUREK@KIDS UM PROJETO DE PEDAGOGIA HOSPITALAR COM METAS DE ACESSIBILIDADE E USABILIDADE

EUREK@KIDS UM PROJETO DE PEDAGOGIA HOSPITALAR COM METAS DE ACESSIBILIDADE E USABILIDADE EUREK@KIDS UM PROJETO DE PEDAGOGIA HOSPITALAR COM METAS DE ACESSIBILIDADE E USABILIDADE Hilu, Luciane; Msc; PUCPR-CNPQ Luciane.hilu@pucpr.br Weinhardt Costa, Mariana S. PUCPR-CNPQ mariana.weinhardt@pucpr.br

Leia mais

Editores de Texto. Como Começar. ibict

Editores de Texto. Como Começar. ibict Editores de Texto O Editor de Texto trabalha a submissão para melhorar a gramática e legibilidade do documento, em conjunto com o autor, para assegurar que o conteúdo está correto, dentro das normas bibliográficas

Leia mais

SISTEMAS HIPERMÍDIA E MULTIMÍDIA

SISTEMAS HIPERMÍDIA E MULTIMÍDIA SISTEMAS HIPERMÍDIA E MULTIMÍDIA Prof. Dr. Juliano Schimiguel Tutor. Msd. Rolfi C. Gomes Unidade V Engenharia de Software x Engenharia Web Propósitos de Websites Atividades da EW Categorias de Aplicações

Leia mais

Sequor: uma ferramenta para rastreamento ocular

Sequor: uma ferramenta para rastreamento ocular UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA Sequor: uma ferramenta para rastreamento ocular Proposta de Trabalho de Graduação Aluno: Gabriel José Barreto

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA INTERFACE GRÁFICA PARA OS SISTEMAS DE ENSINO A DISTÂNCIA: ESTUDO DE CASO COM O SISTEMA UNIT VIRTUAL

A IMPORTÂNCIA DA INTERFACE GRÁFICA PARA OS SISTEMAS DE ENSINO A DISTÂNCIA: ESTUDO DE CASO COM O SISTEMA UNIT VIRTUAL A IMPORTÂNCIA DA INTERFACE GRÁFICA PARA OS SISTEMAS DE ENSINO A DISTÂNCIA: ESTUDO DE CASO COM O SISTEMA UNIT VIRTUAL Michell Ângelo Santos Lima 1 Elaine Cristine do Amarante Matos 2 Gilda Maria do Amarante

Leia mais

Robson Santos Doutor em Design e especialista sênior em usabilidade do Instituto Nokia de Tecnologia - IndT http://interfaceando.blogspot.

Robson Santos Doutor em Design e especialista sênior em usabilidade do Instituto Nokia de Tecnologia - IndT http://interfaceando.blogspot. 42 :: Webdesign Forma e função, menos é mais. Tais conceitos, tão idolatrados e propagados pelas novas gerações de profissionais do design, surgiram no início do século XX, através da escola Bauhaus. Criada

Leia mais

Unidade: Sistemas Hipermidia Multimidia. Unidade I:

Unidade: Sistemas Hipermidia Multimidia. Unidade I: Unidade I: 0 Unidade: Sistemas Hipermidia Multimidia Engenharia de Websites Por que realizar uma Engenharia de websites: Devemos seguir Princípios básicos de Engenharia (passos bem definidos); Websites

Leia mais

Tendências Web Estatísticas da rede. Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br

Tendências Web Estatísticas da rede. Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br Tendências Web Estatísticas da rede Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado pela Portaria Interministerial nº 147, de 31 de maio

Leia mais

#SEO #XHTML #Wordpress #Codeigniter #MySQL #Webstandards #CSS

#SEO #XHTML #Wordpress #Codeigniter #MySQL #Webstandards #CSS Cursando último semestre do Curso Superior em Tecnologia de Sistemas para Internet no If-Sul. Estudante há 2 anos de estratégias relacionadas a marketing de busca, onde tive a oportunidade de fazer um

Leia mais

R.A. MKT. Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design

R.A. MKT. Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design R.A. MKT Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design Principais serviços que realizamos: Criação da Identidade Visual, desde Logo

Leia mais

Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março

Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março Avaliação Passos para Site Acessível -Seguir padrões Web; -Seguir as diretrizes e recomendações de acessibilidade; -Realizar avaliação de acessibilidade.

Leia mais

Dicas para melhorar a interface de usuário feita em LabVIEW

Dicas para melhorar a interface de usuário feita em LabVIEW Dicas para melhorar a interface de usuário feita em LabVIEW Luciano Borges Engenheiro de Vendas Ilton Pereira Gerente de Engenharia de Aplicações 1 Antes de começarmos Existem gostos diferentes pode ser

Leia mais

Programação e Designer para WEB

Programação e Designer para WEB Programação e Designer para WEB Usabilidade Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Porque se preocupar com a web público extremamente grande cada dia cresce mais gerador de negócios ferramenta

Leia mais

Modelos do Design de Software

Modelos do Design de Software Modelos do Design de Software Modelos do Design de Software O processo de design na Engenharia de Software parte de três pressupostos básicos: O resultado do design é um produto; O produto é derivado de

Leia mais

I F1 F 403 In I t n rod o u d ç u ão o a I n I t n eração Hum u ano n -Com o pu p t u ado d r o ( IH I C) Turm r a m 3W 3 C 2 / 8 Fev e /20 2 1 0 1

I F1 F 403 In I t n rod o u d ç u ão o a I n I t n eração Hum u ano n -Com o pu p t u ado d r o ( IH I C) Turm r a m 3W 3 C 2 / 8 Fev e /20 2 1 0 1 1 INF1403 Introdução a Interação Humano-Computador (IHC) Turma 3WC Professor: Alberto Barbosa Raposo Interface e interação Qualidade da Experiência do Usuário Usabilidade, comunicabilidade, acessibilidade

Leia mais

Email marketing para o B2C Publicado em: 24/06/2008

Email marketing para o B2C Publicado em: 24/06/2008 Email marketing para o B2C Publicado em: 24/06/2008 Direcionar o email marketing - assim como qualquer outra comunicação de acordo com o perfil da audiência é fundamental. Para o ecommerce B2C, existem

Leia mais

Acessibilidade no SIEP (Sistema de Informações da Educação Profissional e Tecnológica) Módulo de Acessibilidade Virtual CEFET Bento Gonçalves RS Maio 2008 ACESSIBILIDADE À WEB De acordo com Cifuentes (2000),

Leia mais

Arquitetura de Informação e Usabilidade

Arquitetura de Informação e Usabilidade Arquitetura de Informação e Usabilidade Guilhermo Reis ENCOINFO Palmas / TO março/2009 Era uma vez um atendimento do Help Desk... 1 www.youtube.com/watch?v=jo3rl2kxb4g Nós somos viciados em computador

Leia mais