LISBOA JANEIRO > JULHO PROGRAMA DE DIREÇÃO. DE EMPRESAS. Escola associada:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LISBOA JANEIRO > JULHO PROGRAMA DE DIREÇÃO. www.aese.pt/pde DE EMPRESAS. Escola associada:"

Transcrição

1 PROGRAMA DE DIREÇÃO 2016 JANEIRO > JULHO LISBOA DE EMPRESAS Escola associada:

2 OBJETIVOS DO PROGRAMA O PDE foi preparado para gestores com mais de 5 anos de experiência de direção, empresários e gestores de PME s com um ritmo profissional exigente. Se pretende ter uma visão dos problemas concretos do ponto de vista da Direção da empresa e aperfeiçoar como os resolver de uma forma eficiente e eficaz; Se quer desenvolver a sua própria visão da empresa e necessita de estruturar as suas ideias para prosseguir a sua carreira na área da gestão; Se está disposto a partilhar a sua experiência profissional à luz de casos concretos de gestão das organizações empresariais e a aprender com os seus pares. Contacte-nos e converse connosco sobre a melhor formação para si. O PDE é uma formação ímpar, graças ao desenvolvimento de competências de gestão, permitindo aos participantes: Adquirir uma perspetiva integrada da empresa, melhorando a sua eficácia como gestor, através da discussão de 100 casos e da aprendizagem pelo testemunho de gestores relevantes nos mercados nacional e internacional; Aperfeiçoar a capacidade de análise e resolução de problema complexos e uma melhor utilização das ferramentas de gestão; Confrontar, na interação com os outros participantes, as suas práticas de gestão e desenvolver planos rigorosos e realistas para a obtenção de melhores resultados na organização; Desenvolver uma melhor compreensão da própria organização, no confronto com estratégias e modelos de negócio. Luís Lynce Faria Diretor do PDE Lisboa

3 A ARTE DE GERIR ESTRUTURA DO PROGRAMA A INCERTEZA O PDE perspetiva a atividade diretiva abordando cinco áreas de governo consensualmente consideradas de especial relevância. POLÍTICA DE EMPRESA Relação entre estratégia, organização e configuração institucional da empresa; Análise e diagnóstico da situação estratégica da empresa; Critérios para a diversificação do portfolio de negócios das organizações; Internacionalização: possíveis abordagens e fontes de valor associadas; Preparação de Planos de Negócio. POLÍTICA COMERCIAL E MARKETING Conhecimento dos clientes ou potenciais clientes e da concorrência; Desenvolvimento de uma estratégia e estabelecimento de políticas comerciais; Variáveis do marketing mix, para a elaboração de planos comerciais diferenciados. ECONOMIA, FINANÇAS, CONTROLO E CONTABILIDADE Contabilidade Financeira; Análise e diagnóstico financeiro; Gestão do circulante e do financiamento a curto prazo; Estudo de investimentos e do estabelecimento de políticas financeiras a longo prazo; Avaliação de Empresas; Operações de Fusão e Aquisição; Obtenção, análise e utilização de dados quantificáveis na empresa. FATOR HUMANO NA ORGANIZAÇÃO E ÉTICA Análise das motivações humanas; Comunicação: competências e atitudes; Liderança; Estrutura e cultura das organizações; Responsabilidade social e ética no processo de decisão. OPERAÇÕES, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO Materialização da Promessa aos Clientes; Processos, fluxos e Capacidades; Ferramentas de Melhoria Contínua; Gestão de Projetos; Gestão da cadeia de abastecimento; Gestão do Serviço; Gestão do Risco Operacional; Gestão da Inovação. Criado e utilizado na Harvard Business School, o Método do Caso é um processo vivo e interativo de aprendizagem, descoberta e partilha que permite a cada participante desenvolver as suas competências analíticas, favorecendo a decisão prudente. A par do estudo de casos e troca de ideias entre profissionais, procuramos motivar também um espírito competitivo na análise de um plano de negócios em que os participantes são levados a fazer o papel de investidores e, deste modo, a assumir os riscos do lançamento de novos projetos e negócios. ESTUDO INDIVIDUAL Leitura de cada caso, de modo a analisar os factos, alternativas e decisões que nele se desenrolam. TRABALHO DE GRUPO A riqueza deste passo reside no facto de cada um dos participantes apresentar abordagens e soluções com base na sua formação e experiência profissional. As diferentes abordagens são também uma excelente oportunidade para examinar os diferentes critérios de direção. SESSÃO GERAL Na sessão geral, com uma visão mais ampla e já fruto do exame efetuado nas duas fases anteriores, o professor dirige e coordena o debate, sintetiza os aspetos principais do caso, relaciona com as teorias mais significativas, e realça os valores e opções relevantes, atendendo às várias alternativas e aos possíveis critérios de decisão.

4 AESE BUSINESS SCHOOL A AESE Business School, a primeira Escola de Direcção e Negócios em Portugal, dedica-se, desde 1980, à formação e ao aperfeiçoamento dos líderes empresariais, segundo uma perspetiva cristã do Homem e da Sociedade. O reconhecimento da sua atividade no mundo empresarial é resultado de princípios essenciais que tornam a AESE uma escola de negócios única: mais de 34 anos a ensinar com o Método do Caso incentivando a decisão prudencial e uma cultura de aprendizagem participativa e contínua alicerçada no humanismo, na ética e na responsabilidade social e corporativa. O espelho do sucesso da escola são os seus mais de Alumni que, como dirigentes e líderes, contribuem ativamente para a sociedade portuguesa. Levo do PDE uma maior preparação para tomar as decisões adequadas, no momento certo. O PDE é um modelo de sistematização para uma evolução profissional e de conhecimento. O PDE valeu a pena, por tudo o que aprendemos, por todas as pessoas que conhecemos e por todas as relações profissionais que criámos. EXPERIÊNCIA INTERNACIONAL LUÍS RIBEIRO ############, (GLS) RETA GONÇALO LACERDA ############, EDP DISTRIBUIÇÃO AURÉLIA SOUSA ############, ACCENTURE O conjunto de sessões no IESE, em Madrid, permite que cada participante conheça diferentes culturas organizacionais, novas formas de fazer e pensar os negócios e novos modos de abordar os problemas. Para além de abrir novos horizontes, o contacto com contextos empresariais paradigmáticos e as conferências dadas por professores do IESE, proporcionam aos participantes um enquadramento macroeconómico mais completo. IESE #2 in Executive Education - The top 50 schools Financial Times. IESE #6 in the World in Executive Education - Open Education Financial Times. IESE #7 in the World in Executive Education Programs, 2013 Business Week. ALUMNI AESE Uma rede de contactos que perdura O Método do Caso é uma forma muito prática e objetiva de estruturar a forma de tomar decisões e permite- -nos ter uma imagem total da organização. Acabei o PDE mais bem preparado, com uma maior capacidade de reflexão e com melhores competências para crescer ainda mais profissionalmente. Foi um grande privilégio fazer o PDE. Refresquei ideias e aprendi a ter uma visão diferente da minha empresa que me permitiu por já em prática muito do que aprendi. Os participantes nos Programas de longa duração constituem o Agrupamento dos Alumni da AESE. A relação da Escola com os seus Alumni, e destes entre si, gera uma fonte inesgotável de conhecimento, experiência e contactos para o aperfeiçoamento profissional e pessoal de todos. Para manter vivos os laços criados entre os participantes e destes com a Escola, o Agrupamento de Alumni promove atividades destinadas a manter os vínculos atualizados, nos mais diversos aspetos da vida empresarial e social, sendo de destacar as Sessões de Continuidade de fim de tarde. PEDRO GAMBOA REBELO ###########, THINK ATITUDE FRANCISCO MATEUS #########, INSTITUTO DA VINHA E DO VINHO SOFIA CANCELA ##################, INOK CONSULTING

5 CALENDÁRIO 62º PDE - LISBOA [quarta-feira à tarde e quinta de manhã] 24 semanas de formação JANEIRO 27* FEVEREIRO 03/04 10/11 17/18 24/25 MARÇO 02/03 10/11** 16/17 31/ ABRIL /01** 06/07 13/14 20/21 27/28 MAIO 04/05 11/12*** 18/19 25/26 JUNHO 01/02 08/09 15/16 22/23 29/30 JULHO 06/07 13* * Dia completo. ** Dias da semana diferentes dos habituais. *** Data prevista para viagem a Madrid. INFORMAÇÕES PREÇO TOTAL: euros + IVA Com a inscrição: euros + IVA Início do Programa: euros + IVA Early bird de 5% até 31 de julho, com confirmação da taxa de inscrição. No custo do programa está incluído: documentação, material de apoio, catering e estacionamento no Porto Palácio Congress Hotel&SPA, viagem e hotel da ida ao IESE Madrid. O Programa é compatível com o trabalho profissional, requerendo a presença semanal dos participantes nas sessões de trabalho, durante dois meios-dias. Gabinete de Admissões: Júlia Côrte-Real Tlm. (+351) Tlf. (+351) O PDE também se realiza no Porto. Para mais informações sobre a edição do Porto contacte: Carlos Fonseca Tlm. (+351) Tlf. (+351) AESE Lisboa Calçada de Palma de Baixo n.º 12, Lisboa Tlf. [+351] AESE Porto Rua do Pinheiro Manso n.º 662, 1.12, Porto Tlf. [+351] EMPRESAS PATROCINADORAS DA AESE:

PROGRAMA DE DIREÇÃO DE EMPRESAS

PROGRAMA DE DIREÇÃO DE EMPRESAS 2016 JANEIRO > JULHO PORTO www.aese.pt/pde Escola associada: PROGRAMA DE DIREÇÃO DE EMPRESAS OBJETIVOS DO PROGRAMA O PDE atinge este ano a sua sexagésima edição, destacando-se como o Programa mais vezes

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA LISBOA 2015-16

PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA LISBOA 2015-16 O PGL foi desenhado para profissionais, com mais de 5 anos de experiência, dinâmicos, com grande capacidade de trabalho e ambição de aceder a novas responsabilidades. PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA LISBOA

Leia mais

9 EDIÇÃO - LISBOA 10 EDIÇÃO - PORTO

9 EDIÇÃO - LISBOA 10 EDIÇÃO - PORTO Este é um programa de aperfeiçoamento destinado a dirigentes de instituições da economia social (IPSS, ONGs, misericórdias e outras instituições sem fins lucrativos) que pretendam melhorar a sua capacidade

Leia mais

Em colaboração com: GESTÃO DE EMPRESAS E NEGÓCIOS LEIRIA 2015 SETEMBRO E OUTUBRO. www.aese.pt/gen

Em colaboração com: GESTÃO DE EMPRESAS E NEGÓCIOS LEIRIA 2015 SETEMBRO E OUTUBRO. www.aese.pt/gen Em colaboração com: GESTÃO DE EMPRESAS E NEGÓCIOS GEN LEIRIA 2015 SETEMBRO E OUTUBRO www.aese.pt/gen BEM-VINDO AO GEN É com muito gosto que lhe apresentamos o GEN, criado pela AESE, numa perspetiva de

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA PORTO 2016

PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA PORTO 2016 PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA PORTO 2016 O PGL foi desenhado para profissionais, com mais de 5 anos de experiência, dinâmicos, com grande capacidade de trabalho e ambição de aceder a novas responsabilidades.

Leia mais

LISBOA. OUTUBRO 2015 > JUNHO 2016 www.aese.pt/gmp GMP GENERAL MANAGEMENT PROGRAM 2015-2016. Escola associada:

LISBOA. OUTUBRO 2015 > JUNHO 2016 www.aese.pt/gmp GMP GENERAL MANAGEMENT PROGRAM 2015-2016. Escola associada: LISBOA OUTUBRO 2015 > JUNHO 2016 GMP GENERAL MANAGEMENT PROGRAM 2015-2016 Escola associada: OBJETIVOS DO PROGRAMA O processo de integração europeia, as novas tecnologias e, mais recentemente, a crise internacional

Leia mais

GOS GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES SOCIAIS LISBOA E PORTO 2016. www.aese.pt/gos. Escola associada:

GOS GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES SOCIAIS LISBOA E PORTO 2016. www.aese.pt/gos. Escola associada: GOS www.aese.pt/gos GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES SOCIAIS LISBOA E PORTO 2016 Escola associada: MENSAGEM DOS DIRETORES DO GOS Gerir organizações da economia social apresenta hoje desafios mais atuais que antigos

Leia mais

OFERTA FORMATIVA BRAGA

OFERTA FORMATIVA BRAGA 20 OFERTA FORMATIVA BRAGA Rua Diogo Botelho, 127 416-005 Porto T. +51 226 196 260 F. +51 226 196 259 www.catolicabs.porto.ucp.pt Campus Camões 4710-62 Braga T. +51 25 206 100 F. +51 25 206 10 www.braga.ucp.pt

Leia mais

José Luís Simões Presidente da Comissão Executiva do Agrupamento de Alumni da AESE

José Luís Simões Presidente da Comissão Executiva do Agrupamento de Alumni da AESE FORMAÇÃO AESE FINANCIAMENTO E BOLSAS 2016 Consciente que a melhoria das empresas está indissoluvelmente ligada ao desenvolvimento pessoal dos seus dirigentes, a AESE procura desenvolver um conjunto de

Leia mais

7 EDIÇÃO - LISBOA 8 EDIÇÃO - PORTO

7 EDIÇÃO - LISBOA 8 EDIÇÃO - PORTO a a 7 EDIÇÃO - LISBOA 8 EDIÇÃO - PORTO GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES SOCIAIS a a A 7 E 8 EDIÇÃO DO GOS - GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES SOCIAIS, UM PROGRAMA QUE RESULTA DO PROTOCOLO ENTRE AESE, ENTRAJUDA, CNIS E FUNDAÇÃO

Leia mais

Programa Avançado de Gestão

Programa Avançado de Gestão PÓS GRADUAÇÃO Programa Avançado de Gestão Com o apoio de: Em parceria com: Nova School of Business and Economics Com o apoio de: PÓS GRADUAÇÃO Programa Avançado de Gestão A economia Angolana enfrenta hoje

Leia mais

Programa Avançado de Gestão para o Setor do Pós Venda Automóvel

Programa Avançado de Gestão para o Setor do Pós Venda Automóvel Programa Avançado de Gestão para o Setor do Pós Venda Automóvel ACAP de Portas Abertas para a Universidade RAZÃO DE SER Antes da Agenda O que sabe hoje chega para garantir a SUSTENTABILIDADE e o SUCESSO

Leia mais

Gestão Financeira Empresarial Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão Financeira Empresarial Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Plano Geral de Formação

Plano Geral de Formação Plano Geral de Formação 2 0 1 6 A Católica Business Schools Alliance é constituída por: Índice Mensagem de boas vindas Católica Business Schools Alliance 10 razões para nos escolher MBA Atlântico Oficina

Leia mais

SECTOR CASA E DECORAÇÃO. AEP - Associação Empresarial de Portugal. Direcção de Serviços às Empresas - Internacionalização e Promoção Externa

SECTOR CASA E DECORAÇÃO. AEP - Associação Empresarial de Portugal. Direcção de Serviços às Empresas - Internacionalização e Promoção Externa SECTOR CASA E DECORAÇÃO AEP - Associação Empresarial de Portugal Direcção de Serviços às Empresas - Internacionalização e Promoção Externa FEIRA EXPORT HOME ANGOLA LUANDA 23 A 26 DE JUNHO 2011 A Feira

Leia mais

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas 16 de Novembro de 2015 Internacionalização - Desafios Diversificar Mercados Alargar a Base Exportadora 38º PORTUGAL TEM MELHORADO A SUA

Leia mais

CFO Estrategista Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

CFO Estrategista Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

24 Março 2013 FAZEMOS CRESCER OS NEGÓCIOS, DESENVOLVENDO AS PESSOAS

24 Março 2013 FAZEMOS CRESCER OS NEGÓCIOS, DESENVOLVENDO AS PESSOAS 23 24 Março 2013 Assustador, tenho 46 anos sou empresário desde os 20 anos e após esta acção, ponho em questão o que faço, como devo fazer. Ou seja, aprendi a conduzir com o pára-brisas limpo e assim vou

Leia mais

TRANSFORME A SUA CARREIRA. mba.aese.pt

TRANSFORME A SUA CARREIRA. mba.aese.pt TRANSFORME A SUA CARREIRA mba.aese.pt XVEXECUTIVE MBA Com a colaboração: O Executive MBA desenvolve as competências próprias da Alta Direção e prepara líderes para aceder a novos cargos e desafios de maior

Leia mais

Razões da L3 Academy?

Razões da L3 Academy? Razões da L3 Academy? Aprender ao longo da vida é, como todos sabemos, uma das práticas mais adequadas para o desenvolvimento pessoal e profissional e, em consequência, para a melhoria dos níveis de empregabilidade.

Leia mais

Gestão Estratégica de Projetos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão Estratégica de Projetos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

GESTÃO MESTRADO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO. REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos OBJETIVOS DO CURSO

GESTÃO MESTRADO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO. REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos OBJETIVOS DO CURSO MESTRADO GESTÃO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos O mestrado em Gestão é uma novidade da oferta formativa da ESTG, para o

Leia mais

Porquê Economia Social?

Porquê Economia Social? Porquê Economia Social? A economia social, para além do seu peso quantitativo, tem vindo nas últimas décadas a afirmar a sua capacidade de colaborar de uma forma eficaz para: Resolução dos novos problemas

Leia mais

Recursos Humanos em Portugal

Recursos Humanos em Portugal O Maior Salão Profissional de Recursos Humanos em Portugal 9.ª Edição 17e 18 de Março de 2010 Centro de Congressos do Estoril www.ife.pt OS DECISORES SÃO UMA PRESENÇA GARANTIDA + 2000 profissionais de

Leia mais

Investimentos no Mercado Imobiliário Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Investimentos no Mercado Imobiliário Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

1. Apresentação. 2. Objetivos do Curso de Formação

1. Apresentação. 2. Objetivos do Curso de Formação Índice 1. Apresentação... 3 2. Objetivos do Curso de Formação... 3 2.1. Destinatários... 4 2.2. Modalidade e Forma de Organização da Formação:... 4 3. Plano de Estudos... 4 3.1. Coordenação do curso...

Leia mais

Fiscalidade e Contabilidade

Fiscalidade e Contabilidade Fiscalidade e Contabilidade Formação Executiva 2016 www.catolicabs.porto.ucp.pt A Católica Porto Business School Pós-Graduações Fundada em 2002, a Católica Porto Business School é a escola de negócios

Leia mais

Gestão de Instrumentos Financeiros Porque Educação Executiva Insper Sobre o Instituto Educacional BM&FBOVESPA

Gestão de Instrumentos Financeiros Porque Educação Executiva Insper Sobre o Instituto Educacional BM&FBOVESPA 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Planejamento Estratégico Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Planejamento Estratégico Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Porque Educação Executiva Insper

Porque Educação Executiva Insper 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

MINHO INOVAÇÃO APRESENTAÇÃO AOS PROMOTORES DE PROJETOS COMPLEMENTARES

MINHO INOVAÇÃO APRESENTAÇÃO AOS PROMOTORES DE PROJETOS COMPLEMENTARES APRESENTAÇÃO AOS PROMOTORES DE PROJETOS COMPLEMENTARES O QUE É UMA ESTRATÉGIA DE EFICIÊNCIA COLETIVA PROVERE? É uma iniciativa conjunta levada a cabo por uma parceria / consórcio que integra entidades

Leia mais

Marketing Digital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Marketing Digital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

MISSÃO VISÃO VALORES OS NOSSOS

MISSÃO VISÃO VALORES OS NOSSOS VISÃO MISSÃO Criar Recursos Humanos de Excelência e alta qualidade que tenham a capacidade de inovação, competitividade e criação de riqueza, num ambiente exigente ao nível nacional e internacional. Contribuir

Leia mais

Últimas. Instituto Politécnico de Santarém. Março de 2014. Agenda: Acesso Maiores 23. http://www.ipsantarem.pt/arquivo/7151.

Últimas. Instituto Politécnico de Santarém. Março de 2014. Agenda: Acesso Maiores 23. http://www.ipsantarem.pt/arquivo/7151. Últimas Março de 2014 Agenda: Acesso Maiores 23 Projetos IPSantarém - assinatura de protocolos 2ª Sessão Pública apresentação de candidaturas à presidência IPSantarém IPSantarém na Futurália Poliempreende

Leia mais

2012-2013. Estudos avançados em DO TRABALHO. mestrado pós-graduação doutoramento

2012-2013. Estudos avançados em DO TRABALHO. mestrado pós-graduação doutoramento 2012-2013 Estudos avançados em DIREITO DO TRABALHO mestrado pós-graduação doutoramento 2012-2013 Estudos avançados em DIREITO DO TRABALHO Centrado na temática do Direito do Trabalho na empresa, é um curso

Leia mais

Private Equity e Venture Capital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Private Equity e Venture Capital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Análise financeira e gestão de riscos no setor segurador

Análise financeira e gestão de riscos no setor segurador Análise financeira e gestão de riscos no setor segurador Intervenção do Presidente do ISP, Professor Doutor José Figueiredo Almaça, na Entrega de Diplomas do 11º Curso de Pós Graduação em Análise Financeira,

Leia mais

LINHA DE APOIO À TESOURARIA DAS EMPRESAS DO SECTOR DO TURISMO [Fonte: Turismo de Portugal, I.P., set 2014]

LINHA DE APOIO À TESOURARIA DAS EMPRESAS DO SECTOR DO TURISMO [Fonte: Turismo de Portugal, I.P., set 2014] LINHA DE APOIO À TESOURARIA DAS EMPRESAS DO SECTOR DO TURISMO [Fonte: Turismo de Portugal, I.P., set 2014] INFORMAÇÃO SINTETIZADA 1 OBJETO Apoiar, exclusivamente, a tesouraria das empresas turísticas,

Leia mais

INSTRUMENTOS DE ENGENHARIA FINANCEIRA NA PAC PÓS 2013

INSTRUMENTOS DE ENGENHARIA FINANCEIRA NA PAC PÓS 2013 NA PAC PÓS 2013 Pedro M.S.Raposo Ribeiro SEMINÁRIO Lisboa, Auditório da CAP 26 Junho 2013 COM O APOIO DE: GÉNESE E OBJETIVOS DO ESTUDO 2 ENQUADRAMENTO O recurso à utilização de Instrumentos Financeiros

Leia mais

A iniciativa visa: Permitir aos estudantes universitários a realização de projetos o mais próximo possível da realidade empresarial;

A iniciativa visa: Permitir aos estudantes universitários a realização de projetos o mais próximo possível da realidade empresarial; O EDP University Challenge 2011 tem por finalidade atribuir um prêmio ao melhor trabalho nas áreas de administração, estratégia, marketing e comunicação, apresentado pelos alunos universitários das principais

Leia mais

Política nacional. Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional.

Política nacional. Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional. Criar a Empresa O desafio do empreendedorismo! Política nacional Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional. Empreendedorismo

Leia mais

Business Dynamics Tomando Decisões em Ambientes Dinâmicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Business Dynamics Tomando Decisões em Ambientes Dinâmicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

ARTIGO: Gestão de recursos humanos, desenvolvimento profissional e coaching Uma perspetiva integrada

ARTIGO: Gestão de recursos humanos, desenvolvimento profissional e coaching Uma perspetiva integrada ARTIGO: Gestão de recursos humanos, desenvolvimento profissional e coaching Uma perspetiva integrada Os desafios colocados aos gestores de recursos humanos 1. A gestão de recursos humanos e o coaching

Leia mais

Portugal 2020 O Financiamento às Empresas. Empreender, Inovar, Internacionalizar. Speaking Notes. Fevereiro 10, 2015. Vila Nova de Famalicão

Portugal 2020 O Financiamento às Empresas. Empreender, Inovar, Internacionalizar. Speaking Notes. Fevereiro 10, 2015. Vila Nova de Famalicão Portugal 2020 O Financiamento às Empresas Empreender, Inovar, Internacionalizar Speaking Notes Fevereiro 10, 2015 Vila Nova de Famalicão Casa das Artes Miguel Frasquilho Presidente, AICEP Portugal Global

Leia mais

Build to Last Negócios Familiares que Atravessam Gerações Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Build to Last Negócios Familiares que Atravessam Gerações Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

POLÍTICAS PARA A EXPORTAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA AGROALIMENTAR

POLÍTICAS PARA A EXPORTAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA AGROALIMENTAR POLÍTICAS PARA A EXPORTAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA AGROALIMENTAR Contributos para uma Visão Estratégica Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares A Indústria Portuguesa Agroalimentar

Leia mais

A Católica Porto Business School está focada no desenvolvimento do capital humano, preparando pessoas para funções de liderança nas empresas e

A Católica Porto Business School está focada no desenvolvimento do capital humano, preparando pessoas para funções de liderança nas empresas e A Católica Porto Business School está focada no desenvolvimento do capital humano, preparando pessoas para funções de liderança nas empresas e organizações. Act for your future www.catolicabs.porto.ucp.pt

Leia mais

CURSO DE LÍNGUA CHINESA, CULTURA E DINÂMICA DE NEGÓCIOS PARA EMPRESÁRIOS E GESTORES NA CHINA 2016 3ª EDIÇÃO

CURSO DE LÍNGUA CHINESA, CULTURA E DINÂMICA DE NEGÓCIOS PARA EMPRESÁRIOS E GESTORES NA CHINA 2016 3ª EDIÇÃO CURSO DE LÍNGUA CHINESA, CULTURA E DINÂMICA DE NEGÓCIOS PARA EMPRESÁRIOS E GESTORES NA CHINA 2016 3ª EDIÇÃO 2 CURSO DE LÍNGUA CHINESA, CULTURA E DINÂMICA DE NEGÓCIOS PARA EMPRESÁRIOS E GESTORES NA CHINA

Leia mais

Profissionais que pretendam adquirir conhecimentos, técnicas e metodologias, ao nível da comunicação online, através de um website.

Profissionais que pretendam adquirir conhecimentos, técnicas e metodologias, ao nível da comunicação online, através de um website. marketing e comunicação SITE E IMAGEM INSTITUCIONAL Profissionais que pretendam adquirir conhecimentos, técnicas e metodologias, ao nível da comunicação online, através de um website. Entender o enquadramento

Leia mais

Alimentamos Resultados

Alimentamos Resultados Alimentamos Resultados www..pt Somos uma equipa que defende que cada empresa é única, tem as suas características e necessidades e por isso cada projeto é elaborado especificamente para cada cliente. Feed

Leia mais

Paulo Ferreira Diretor Geral do ISE Business School EXECUTIVE MBA

Paulo Ferreira Diretor Geral do ISE Business School EXECUTIVE MBA Boas-vindas Vivemos em uma época única e extraordinária. É uma época que nos apresenta desafios importantes e precisamos de gestores capazes de assumir os novos desafios com profissionalismo, inspirando

Leia mais

GMP. General Management Program NOVAS DATAS. 2013-2014 Programa de Direcção de Empresas. Escola associada:

GMP. General Management Program NOVAS DATAS. 2013-2014 Programa de Direcção de Empresas. Escola associada: GMP General Management Program NOVAS DATAS 2013-2014 Programa de Direcção de Empresas Escola associada: «A decisão de investir no fortalecimento das competências e capacidades próprias, nestes momentos

Leia mais

Ministérios das Finanças e da Economia. Portaria n.º 37/2002 de 10 de Janeiro

Ministérios das Finanças e da Economia. Portaria n.º 37/2002 de 10 de Janeiro Ministérios das Finanças e da Economia Portaria n.º 37/2002 de 10 de Janeiro O Decreto-Lei n.º 70-B/2000, de 5 de Maio, aprovou o enquadramento das medidas de política económica para o desenvolvimento

Leia mais

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO Bem-vindo aos Mestrados do ISAG. A experiência adquirida ao longo dos anos e a atualização de conceitos, permitiu ao ISAG European Business School desenvolver programas

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações

MANUAL DO CANDIDATO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações MANUAL DO CANDIDATO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Candidatos: (11) 5081-8200 (opção1) Segunda a sexta 9h às 21h Sábado 9h às 13h candidato@espm.br www.espm.br

Leia mais

Accountable Marketing Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Accountable Marketing Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Entrepreneurship Lab Inovação, Desempenho e Crescimento Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Entrepreneurship Lab Inovação, Desempenho e Crescimento Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Observatório de Empregabilidade e Perfil do Alunos

Observatório de Empregabilidade e Perfil do Alunos Observatório de Empregabilidade e Perfil do Alunos Dados sobre o emprego dos alunos que concluíram as licenciaturas da Faculdade de Economia e Gestão no ano letivo 2011/2012 Maio 2013 Saídas profissionais

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA A PÁGINA DA ESCOLA FRASE DE ABERTURA NOVOS TESTEMUNHOS DE EX-ALUNOS A INCLUIR

INFORMAÇÕES PARA A PÁGINA DA ESCOLA FRASE DE ABERTURA NOVOS TESTEMUNHOS DE EX-ALUNOS A INCLUIR INFORMAÇÕES PARA A PÁGINA DA ESCOLA FRASE DE ABERTURA De acordo com os últimos dados disponíveis do Observatório para a inserção profissional da Universidade Nova de Lisboa, a taxa de emprego dos alunos

Leia mais

Branding: Gestão Estratégica de Marcas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Branding: Gestão Estratégica de Marcas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Visita a Portugal do importador. Exclusivos Camacho

Visita a Portugal do importador. Exclusivos Camacho Visita a Portugal do importador Exclusivos Camacho Sector Cerâmica e Faiança Decorativas Espanha 14 a 16 de Janeiro de 2014 Enquadramento : Como consequência da nova situação económica em Espanha, os últimos

Leia mais

Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável

Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável O BCSD Portugal Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável é uma associação sem fins lucrativos, de utilidade pública,

Leia mais

Liderança e Gestão de Pessoas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Liderança e Gestão de Pessoas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

2ª Conferência. Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender. 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI

2ª Conferência. Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender. 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI 2ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI Patrocinador Principal Patrocinadores Globais APDSI PME Apoios ao crescimento APDSI

Leia mais

NOTA INFORMATIVA. O acompanhamento e a monitorização técnica da execução do Compromisso cabe ao Instituto da Construção e do Imobiliário (InCI).

NOTA INFORMATIVA. O acompanhamento e a monitorização técnica da execução do Compromisso cabe ao Instituto da Construção e do Imobiliário (InCI). NOTA INFORMATIVA Execução do Compromisso para a Competitividade Sustentável do Sector da Construção e do Imobiliário, celebrado entre o Governo e a CPCI Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário,

Leia mais

Property & Construction Property & Construction. Estudos de Remuneração 2012

Property & Construction Property & Construction. Estudos de Remuneração 2012 Property & Construction Property & Construction Estudos de Remuneração 2012 3 Michael Page Page Estudos de Remuneração 2012 - Property & Construction 4 Apresentamos-lhe os Estudos de Remuneração 2012,

Leia mais

SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO AVISO DE CANDIDATURA FEVEREIRO 2012

SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO AVISO DE CANDIDATURA FEVEREIRO 2012 SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO AVISO DE CANDIDATURA FEVEREIRO 2012 INOVAÇÃO PRODUTIVA SECTOR TURISMO QREN QUADRO DE REFERÊNCIA ESTRATÉGICO NACIONAL 2007-2013 INFORMAÇÃO SINTETIZADA 1 ÍNDICE PÁGINA OBJECTO

Leia mais

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Avaliação de Empresas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Avaliação de Empresas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Condições de participação Speciality & Fine Food Fair Reino Unido 07 a 09 de Setembro (Valor estimado para a participação de 9 empresas)

Condições de participação Speciality & Fine Food Fair Reino Unido 07 a 09 de Setembro (Valor estimado para a participação de 9 empresas) 1 Condições de participação Speciality & Fine Food Fair Reino Unido 07 a 09 de Setembro (Valor estimado para a participação de 9 empresas) Esta proposta de participação é válida para um elemento por empresa,

Leia mais

O investimento empresarial apoiado pelo Portugal 2020 na Região Centro

O investimento empresarial apoiado pelo Portugal 2020 na Região Centro Comemoração do Dia da Europa 9 de maio de 2016 O investimento empresarial apoiado pelo Portugal 2020 na Região Centro Jorge Brandão Vogal Executivo da Comissão Diretiva do CENTRO 2020 MAIS CENTRO 2007-2013

Leia mais

A competitividade e a qualidade de vida em Lisboa

A competitividade e a qualidade de vida em Lisboa 23º Ano Nº 551, 15-02-2011 1ª sessão do Ciclo Cidades sustentáveis e competitivas, a 21 de Fevereiro A competitividade e a qualidade de vida em Lisboa O FINANCIAMENTO DOS SISTEMAS DE SAÚDE NO CONTEXTO

Leia mais

CIRCULAR. N.Refª: 98/2015 Data: 02/12/15. ASSUNTO: ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 2/2015 Projetos de Formação-Ação Modalidade Projetos Conjuntos

CIRCULAR. N.Refª: 98/2015 Data: 02/12/15. ASSUNTO: ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 2/2015 Projetos de Formação-Ação Modalidade Projetos Conjuntos CIRCULAR N.Refª: 98/2015 Data: 02/12/15 ASSUNTO: ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 2/2015 Projetos de Formação-Ação Modalidade Projetos Conjuntos Exmos. Senhores, No seguimento da publicação do Aviso 34/SI/2015 e

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL DE POTENCIAL HUMANO EIXO PRIORITÁRIO 3 GESTÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL

PROGRAMA OPERACIONAL DE POTENCIAL HUMANO EIXO PRIORITÁRIO 3 GESTÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL PROGRAMA OPERACIONAL DE POTENCIAL HUMANO EIXO PRIORITÁRIO 3 GESTÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL TIPOLOGIA DE INTERVENÇÃO 3.1.1 PROGRAMA DE FORMAÇÃO-ACÇÃO PARA PME REGULAMENTO DE CANDIDATURA PARA ENTIDADES

Leia mais

Gestão de Empresas Familiares Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão de Empresas Familiares Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

SEMINÁRIO OPORTUNIDADES E SOLUÇÕES PARA AS EMPRESAS INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE FINANCIAMENTO DAS EMPRESAS OPORTUNIDADES E SOLUÇÕES

SEMINÁRIO OPORTUNIDADES E SOLUÇÕES PARA AS EMPRESAS INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE FINANCIAMENTO DAS EMPRESAS OPORTUNIDADES E SOLUÇÕES SEMINÁRIO OPORTUNIDADES E SOLUÇÕES PARA AS EMPRESAS INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE FINANCIAMENTO DAS EMPRESAS OPORTUNIDADES E SOLUÇÕES Jaime Andrez Presidente do CD do IAPMEI 20 de Abril de 2006 A inovação

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

GAEM DE OUTUBRO A DEZEMBRO DE 2013 DA ECONOMIA DO MAR. Com a colaboração da:

GAEM DE OUTUBRO A DEZEMBRO DE 2013 DA ECONOMIA DO MAR. Com a colaboração da: GAEM GESTÃO AVANÇADA DA ECONOMIA DO MAR DE OUTUBRO A DEZEMBRO DE 2013 Com a colaboração da: «Os programas de formação da AESE constituem um processo interativo entre dirigentes com níveis de responsabilidade

Leia mais

Recuperação Judicial de Empresas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Recuperação Judicial de Empresas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Empowering People O Poder das Pessoas

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Empowering People O Poder das Pessoas APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Empowering People O Poder das Pessoas O mundo está nas mãos daqueles que têm a coragem de sonhar e correr o risco de viver os seus sonhos... Paulo Coelho 2 QUEM SOMOS As atuais

Leia mais

Critérios de Avaliação. Departamento Educação Pré-Escolar

Critérios de Avaliação. Departamento Educação Pré-Escolar Critérios de Avaliação Departamento Educação Pré-Escolar 2015/2016 Critérios de Avaliação As principais diretrizes normativas referentes à avaliação na Educação Pré-Escolar estão consagradas no Despacho

Leia mais

Isabel Beja. Gestão Estratégica

Isabel Beja. Gestão Estratégica Isabel Beja Gestão Estratégica Financiamento: Entidade Coordenadora Local Entidade Promotora Objectivos Objectivo Geral A importância de uma correta definição de missão, visão e dos valores da instituição;

Leia mais

Foco na Eficácia e no Retorno

Foco na Eficácia e no Retorno 3.º EDIÇÃO Foco na Eficácia e no Retorno 15 Outubro 2014 SANA Malhoa Hotel - Lisboa NOVIDADE 2014 www.totaltraining.ife.pt PATROCINADORES PLATINIUM PATROCINADOR GOLD PATROCINADOR SILVER SPECIAL PARTNER

Leia mais

Go To Market Estratégias de Otimização de Resultados Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Go To Market Estratégias de Otimização de Resultados Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

inter curso AVALIAÇÃO DE NEGÓCIOS E INVESTIMENTOS REAIS WWW.INTERNACIONAL.COMPANHIAPROPRIA.PT

inter curso AVALIAÇÃO DE NEGÓCIOS E INVESTIMENTOS REAIS WWW.INTERNACIONAL.COMPANHIAPROPRIA.PT Introdução / Apresentação do Curso: O presente aborda a avaliação de negócios e o uso de informação sobre o valor para tomar melhores decisões. Citando Copeland, Koller e Murrin (2000) Temos subjacente

Leia mais

Gestão Financeira Empresarial Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Gestão Financeira Empresarial Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Fontes de Financiamento Alternativas Sociedades de Capital de Risco, Business Angels, Crowdfunding

Fontes de Financiamento Alternativas Sociedades de Capital de Risco, Business Angels, Crowdfunding QA#011 /2º trimestre.2015 Mónica Veloso * Área Jurídica da Unidade Empreendedorismo ANJE Fontes de Financiamento Alternativas Sociedades de Capital de Risco, Business Angels, Crowdfunding Como associação

Leia mais

POLÍTICA DE DIVERSIDADE DO GRUPO EDP

POLÍTICA DE DIVERSIDADE DO GRUPO EDP POLÍTICA DE DIVERSIDADE DO GRUPO EDP CONTEXTO Respeitar a diversidade social e a representatividade presente nas comunidades em que as organizações se inserem é um dever ético e simultaneamente um fator

Leia mais

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS Manual de GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Apoios Sociais Crianças e Jovens (35

Leia mais

ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA CENTRO HISTÓRICO DE SINTRA PROGRAMA ESTRATÉGICO. Resumo Não Técnico

ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA CENTRO HISTÓRICO DE SINTRA PROGRAMA ESTRATÉGICO. Resumo Não Técnico ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA CENTRO HISTÓRICO DE SINTRA PROGRAMA ESTRATÉGICO Resumo Não Técnico GABINETE DE REABILITAÇÃO URBANA março de 2015 Direção Municipal de Ambiente, Planeamento e Gestão do Território

Leia mais

Informações Gerais. Master Classes. Testemunhos. Diploma. Candidaturas. Master Classes / Testemunhos / Informações Gerais.

Informações Gerais. Master Classes. Testemunhos. Diploma. Candidaturas. Master Classes / Testemunhos / Informações Gerais. Master Classes As Master Classes da Porto Business School são um marco único dos cursos de pós-graduação. Em cada trimestre são convidados docentes das mais prestigiadas escolas de gestão do mundo e especialistas

Leia mais

REGULAMENTO DE ACESSO AO FUNDO DE APOIO À FORMAÇÃO (F.A.F.) DOS ALUMNI DA AESE

REGULAMENTO DE ACESSO AO FUNDO DE APOIO À FORMAÇÃO (F.A.F.) DOS ALUMNI DA AESE REGULAMENTO DE ACESSO AO FUNDO DE APOIO À FORMAÇÃO (F.A.F.) DOS ALUMNI DA AESE 0. PONTO PRÉVIO A AESE, através deste regulamento, delega no seu Agrupamento de Membros a gestão operacional do F.A.F., reservando

Leia mais

Curso Executivo. Liderança para Mulheres

Curso Executivo. Liderança para Mulheres Curso Executivo Liderança para Mulheres Ano Letivo 2012/2013 ENQUADRAMENTO After years of analyzing what makes leaders most effective and figuring out who's got the Right Stuff, management gurus now know

Leia mais

Pedro Ferreira da Silva. Executive Management

Pedro Ferreira da Silva. Executive Management Curriculum vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Pedro Ferreira da Silva Rua Corte Real, 555-3, 4150-23 Porto (Portugal) +351 916 123 994 ferreiradasilva.pedro@gmail.com Sexo Masculino Data de nascimento 9 mar 60 PROFISSÃO

Leia mais

Cimeira Empresarial UE-CELAC eucelac-bizsummit2015.eu. Quarta-feira, 10 de junho de 2015, 14h30-16h30 Documento de síntese para o Workshop 3

Cimeira Empresarial UE-CELAC eucelac-bizsummit2015.eu. Quarta-feira, 10 de junho de 2015, 14h30-16h30 Documento de síntese para o Workshop 3 Cimeira Empresarial UE-CELAC eucelac-bizsummit2015.eu Quarta-feira, 10 de junho de 2015, 14h30-16h30 Documento de síntese para o Workshop 3 Acesso ao financiamento e aos instrumentos financeiros O importante

Leia mais

Encontro Open Source. Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas. 30 de Maio de 2016

Encontro Open Source. Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas. 30 de Maio de 2016 A ESOP Apresentação A ESOP A ESOP é uma associação empresarial que representa as empresas portuguesas que se dedicam ao desenvolvimento de software e à prestação de serviços baseados em tecnologias open

Leia mais

LUXURY BRAND MANAGEMENT

LUXURY BRAND MANAGEMENT 15 LUXURY BRAND MANAGEMENT O Luxury Brand Management Executive Course é um curso intensivo de 4 dias, onde são abordados os temas principais da gestão dos produtos e serviços de luxo. Com um formato inovador,

Leia mais

Para responder a essa necessidade das organizações, a GALILEU desenvolveu o Fast Track MBA GALILEU.

Para responder a essa necessidade das organizações, a GALILEU desenvolveu o Fast Track MBA GALILEU. Fast Track MBA GALILEU Gestão - MBA Nível: Avançado Duração: 112h Sobre o curso Vivemos uma época fortemente competitiva e marcada por desafios constantes, onde os recursos mais qualificados serão o motor

Leia mais

Saiba como realizar uma Gestão Eficiente, reduzir os Riscos e controlar o Cash Flow 3MBA

Saiba como realizar uma Gestão Eficiente, reduzir os Riscos e controlar o Cash Flow 3MBA 8ª EDIÇÃO Saiba como realizar uma Gestão Eficiente, reduzir os Riscos e controlar o Cash Flow Gestão de Tesouraria dias 3MBA Form ventos FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS Prático e focalizado nos assuntos

Leia mais

Ano lectivo: 2013 / 2014

Ano lectivo: 2013 / 2014 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS, SOCIAIS E HUMANAS ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA MAIORES DE 23 ANOS Ano lectivo: 2013 / 2014 Data: 12 de Junho de 2013 Duração: 2h00m LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

Leia mais