Design House especializada em Circuitos Integrados para os setores Aeroespacial, de Defesa e de Comunicações

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Design House especializada em Circuitos Integrados para os setores Aeroespacial, de Defesa e de Comunicações"

Transcrição

1 Design House especializada em Circuitos Integrados para os setores Aeroespacial, de Defesa e de Comunicações Gustavo Fernando Dessbesell Líder de Equipe

2 Tópicos SMDH Projetos Necessidades Perspectivas 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 2

3 SMDH A Santa Maria Design House (SMDH) consiste na divisão de projeto de circuitos integrados da Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência Estamos situados nas instalações do Centro Regional Sul (CRS) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 3

4 SMDH Histórico GMicro (2001) Projeto ADC_UCP ( ) Conversor A/D para aplicações de qualidade de energia Parceria Consórcio de empresas da TV Digital/UFSM ( ) Aprimoramento fluxo de projeto Santa Maria Design House (Julho 2009) Edital CNPq 59/2008: criação de 12 novos centros de projetos de CIs (3 SP, 2 PE, 2 SC, 1 MG/DF/RJ/RS/AM) 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 4

5 SMDH Nossa equipe é composta por profisionais oriundos do Grupo de Microeletrônica (GMicro) da UFSM, bem como da indústria coordenador gerente de produtos projetistas de CI digital projetistas de CI analógico / sinal misto 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 5

6 SMDH Temos como missão o desenvolvimento soluções inovadoras em tecnologia eletrônica, voltadas principalmente para os mercados Aeroespacial, Defesa e Comunicações. Motivos da opção por tais setores Aeroespacial: INPE-CRS, embargos/dependência tecnológica atual do setor Defesa: base militares em SM, soberania nacional Comunicações: experiência prévia, alta demanda 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 6

7 Projetos No tocante à projetos de CIs tolerantes à radiação, a SMDH vem desenvolvendo atividades desde o 1º sem A pesquisa inicial, restrita à CIs analógicos, foi posteriormente extendida à CIs digitais 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 7

8 Projetos No início do 2º sem foi iniciado, em parceria com o INPE, o projeto de um driver on/off tolerante à radiação CI de sinal misto que gera pulsos liga/desliga a partir de telecomandos oriundos das estações terrenas projeto e qualificação devem seguir normas da ESA ECSS-E-ST-50-14C (projeto) ESCC-9000 (qualificação) pretende-se agregá-lo à PMM futuramente 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 8

9 Atividades atuais Estudo de viabilidade levou em consideração duas abordagens: processos de fabricação endurecidos à radiação maior: custo, dependência tec., garantia tolerância menor: disponibilidade, impacto fluxo projeto processos de fabricação convencionais + técnicas de endurecimento à radiação em nível de projeto maior: disponibilidade, impacto fluxo projeto menor: custo, dependência tec., garantia tolerância 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 9

10 Projetos Ao final do estudo, optamos por iniciar o projeto pela elaboração prévia de uma biblioteca de células básicas endurecidas à radiação, pois: até o momento não recebemos resposta de instituições que detém bibliotecas similares no sentido de termos acesso às mesmas não encontramos nenhum processo endurecido à radiação que atendesse por completo as especificações do projeto (apesar do custo significativamente superior) 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 10

11 Necessidades Financiamento Temos financiamento (bolsas, ferramentas, etc.) para 2 anos e estamos investindo parte em CIs tolerantes à radiação porquê entendemos ser uma área estratégica e promissora demanda baixa, valor agregado alto INPE está fornecendo parte da infra-estrutura e irá custear fabricação e teste (parcial) Entretanto, o financiamento objetiva a independência financeira das DHs ao final do mesmo Neste contexto, setor aeronáutico é cliente potencial Valor agregado ligeiramente inferior, demanda superior 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 11

12 Necessidades Testes Testes que não envolvem radiação LIT TID e SEL diponíveis de forma experimental no IEAv Necessário estabelecer um fluxo de execução que atenda normas internacionais Ideal se fornecido como serviço completo Plataforma + testes + relatório final SEU apenas no exterior Necessário disponibilizar no Brasil Nos mesmos moldes citados para TID e SEL 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 12

13 Necessidades Formação Necessária a elaboração e oferta de cursos de projeto e qualificação de CIs tolerantes à radiação para alavancar a disponibilidade de RH Atualmente LIT e IEAv têm/estão desenvolvendo capacitação em qualificação FPGAs tolerantes à radiação são usadas pela academia e por empresas do setor para elaboração de sistemas Pesquisas na academia sobre projeto CIs tolerantes à radiação 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 13

14 Necessidades Fabricação Foundry do CEITEC inicia atividades com processo (CMOS padrão) de 0,6 μm Maior parte dos equipamentos/infra-estrutura permite evolução para processos de 0,35 μm Alguma parte da infra-estrutura é compatível com processos de 0,18 μm Considerando a abordagem processo convencional + técnicas de endurecimento à radiação, geralmente são utilizados processos de 0,25 μm ou inferiores 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 14

15 Perspectivas Entendemos que as perspectivas, inclusive de curto prazo, para o setor aerospacial são claramente positivas Governo tem não apenas demonstrado interesse, como investido no setor e em áreas que dão suporte a este, como a microeletrônica 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 15

16 Perspectivas Algumas das ações que corroboram esta idéia INPE: demanda por componentes e sistemas AEB Acordos de Cooperação já estabelecidos Programas de divulgação (AEB Escola) e fomento (Uniespaço, etc.) Renovação do PEICE 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 16

17 Perspectivas Algumas das ações que corroboram esta idéia Pesquisa na academia SERESSA 2011 no Brasil Financiamento de DHs nacionais Fábrica de CIs no Brasil Entretanto, entendemos que tais ações devem não apenas continuar, mas serem intensificadas, para que objetivos como menor dependência tecnológica sejam alcançados 28-30/10/2009 II Workshop do PEICE 17

18 Contatos SMDH Santa Maria Design House Av. Roraima, 1000 Campus da UFSM Prédio do INPE-CRS Salas 2027/2028 CEP Bairro Camobi Santa Maria, RS Brasil Fone: (55) Website: /10/2009 II Workshop do PEICE 18

Projeto CITAR Circuitos Integrados Tolerantes à Radiação

Projeto CITAR Circuitos Integrados Tolerantes à Radiação Projeto CITAR Circuitos Integrados Tolerantes à Radiação Saulo Finco Chefe da DCSH saulo.finco@cti.gov.br Tel.: (19) 3746-6246 - Fax: (19) 3746-6028 www.cti.gov.br Projeto CITAR Circuitos Integrados Tolerantes

Leia mais

PROJETO PEICE. Estudo dos Efeitos da Radiação Ionizante em Componentes Eletrônicos e Fotônicos

PROJETO PEICE. Estudo dos Efeitos da Radiação Ionizante em Componentes Eletrônicos e Fotônicos PROJETO PEICE Estudo dos Efeitos da Radiação Ionizante em Componentes Eletrônicos e Fotônicos Odair Lelis Gonçalez (IEAv) Executor: INSTITUTO DE ESTUDOS AVANÇADOS (IEAv) Convenente: FUNDAÇÃO DE CIÊNCIA,

Leia mais

Saulo Finco, Cordenador da DH-CTI, saulo.finco@cti.gov.br Tel.: +55 19 3746-6246 - Fax: +55 19 3746-6028. www.cti.gov.br

Saulo Finco, Cordenador da DH-CTI, saulo.finco@cti.gov.br Tel.: +55 19 3746-6246 - Fax: +55 19 3746-6028. www.cti.gov.br Saulo Finco, Cordenador da DH-CTI, saulo.finco@cti.gov.br Tel.: +55 19 3746-6246 - Fax: +55 19 3746-6028 www.cti.gov.br DH-CTI Introdução Missão Prover o mercado com soluções inovadoras em desenvolvimento

Leia mais

Efeitos da radiação cósmica. câmeras imageadoras. Opto Eletrônica S.A. Departamento P&D. Leandro A. L. Azeka, Msc Outubro/2009

Efeitos da radiação cósmica. câmeras imageadoras. Opto Eletrônica S.A. Departamento P&D. Leandro A. L. Azeka, Msc Outubro/2009 II Workshop sobre Efeitos das Radiações Ionizantes em Componentes s Eletrônicos e Fotônicos de Uso Aeroespacial Efeitos da radiação cósmica câmeras imageadoras Opto Eletrônica S.A. Departamento P&D Leandro

Leia mais

Apoio do BNDES à Inovação em Eletrônica

Apoio do BNDES à Inovação em Eletrônica Apoio do BNDES à Inovação em Eletrônica BNDES - Departamento de Indústria Eletrônica Lilian Ribeiro Mendes - lilian@bndes.gov.br II Workshop sobre os Efeitos das Radiações Ionizantes em Componentes Eletrônicos

Leia mais

Universidade Estadual do Maranhão Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PPG

Universidade Estadual do Maranhão Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PPG EDITAL Nº 17/2015 PPG/UEMA CONCESSÃO DE BOLSA DE FIXAÇÃO DE DOUTOR A Universidade Estadual do Maranhão - UEMA torna público e convoca os interessados a apresentarem propostas para obtenção de bolsas de

Leia mais

Relatório técnico RT/PEICE-07/2009 Versão 01 de 11 ago 2009

Relatório técnico RT/PEICE-07/2009 Versão 01 de 11 ago 2009 1 AVALIAÇÃO DO CURSO INTENSIVO EERCI - ESTUDO DOS EFEITOS DA RADIAÇÃO EM CIRCUITOS INTEGRADOS E DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS DE TOLERÂNCIA A FALHAS DE EFEITO TRANSIENTE 1. INTRODUÇÃO Odair Lelis Gonçalez

Leia mais

Semicondutores Panorama Brasil ABINEE TEC 2003

Semicondutores Panorama Brasil ABINEE TEC 2003 Semicondutores Panorama Brasil ABINEE TEC 2003 Henrique de Oliveira Miguel São Paulo, 7 de outubro de 2003 Panorama Brasil 1. PNM-Design 2. A INDÚSTRIA DE SEMICONDUTORES NO BRASIL 3. GRUPOS DE PESQUISA

Leia mais

PEICE III Workshop sobre Efeitos da Radiação Ionizante em Componentes Eletrônicos e Fotônicos de Uso Aeroespacial

PEICE III Workshop sobre Efeitos da Radiação Ionizante em Componentes Eletrônicos e Fotônicos de Uso Aeroespacial PEICE III Workshop sobre Efeitos da Radiação Ionizante em Componentes Eletrônicos e Fotônicos de Uso Aeroespacial SERESSA 6th International School on the Effects of Radiation on Embedded Systems for Space

Leia mais

Desenvolvimento de um Sistema de Caracterização Elétrica dos Efeitos da Radiação Ionizante em Dispositivos Semicondutores e Circuitos Integrados

Desenvolvimento de um Sistema de Caracterização Elétrica dos Efeitos da Radiação Ionizante em Dispositivos Semicondutores e Circuitos Integrados Desenvolvimento de um Sistema de Caracterização Elétrica dos Efeitos da Radiação Ionizante em Dispositivos Semicondutores e Circuitos Integrados "A principal vantagem da Plataforma PXIE em relação a outras

Leia mais

O Engenheiro de Controle e Automação é um profissional capacitado para desenvolver soluções que otimizem máquinas, equipamentos e sistemas nas áreas

O Engenheiro de Controle e Automação é um profissional capacitado para desenvolver soluções que otimizem máquinas, equipamentos e sistemas nas áreas O Engenheiro de Controle e Automação é um profissional capacitado para desenvolver soluções que otimizem máquinas, equipamentos e sistemas nas áreas industrial, comercial e agropecuária por meio da aplicação

Leia mais

Polo de Defesa de Santa Maria: o setor de defesa como vetor de competitividade regional. Palestra EPEx Santa Maria Tecnoparque

Polo de Defesa de Santa Maria: o setor de defesa como vetor de competitividade regional. Palestra EPEx Santa Maria Tecnoparque Polo de Defesa de Santa Maria: o setor de defesa como vetor de competitividade regional Palestra EPEx Santa Maria Tecnoparque 20 de Maio de 2014 Sumário: 1) Informações Socioeconômicas de SM 2) Histórico

Leia mais

Fluxo de Criação e Consolidação de Empreendimentos Inovadores

Fluxo de Criação e Consolidação de Empreendimentos Inovadores Fluxo de Criação e Consolidação de Empreendimentos Inovadores Oportunidade Criação da Empresa Ensino Spinoffs Pesquisa Laboratórios Startups Pré-Incubações Hotel de Projetos Incubação da Empresa Aceleradora

Leia mais

Inovação aberta no desenvolvimento do setor aeroespacial no Brasil

Inovação aberta no desenvolvimento do setor aeroespacial no Brasil Inovação aberta no desenvolvimento do setor aeroespacial no Brasil Mariana de Freitas Dewes Programa de Pós-Graduação em Administração UFRGS III Workshop sobre Efeitos da Radiação Ionizante em Componentes

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS

CENTRO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS CENTRO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS Evolução do Projeto CT-PIM Pólo Industrial de Manaus Cenário Estudo de viabilidade Demanda de C&T&I Agente de C&T&I Proposta de um

Leia mais

1.2. Descrição das Atividades: Tutoria em cursos acadêmicos de nível superior à distância.

1.2. Descrição das Atividades: Tutoria em cursos acadêmicos de nível superior à distância. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA PROGRAMA PRÓ-LICENCIATURA / PROLIC SELEÇÃO DE TUTORES À DISTÂNCIA EDITAL EAD/UFSM 0/2008 A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

Leia mais

INSTITUTO DE ESTUDOS AVANÇADOS Divisão de Física Aplicada Subdivisão de Aplicações Tecnológicas das Radiações

INSTITUTO DE ESTUDOS AVANÇADOS Divisão de Física Aplicada Subdivisão de Aplicações Tecnológicas das Radiações INSTITUTO DE ESTUDOS AVANÇADOS Divisão de Física Aplicada Subdivisão de Aplicações Tecnológicas das Radiações Odair Lelis Gonçalez Pesquisador Titular Roteiro 1. O Projeto PEICE 2. O Laboratório de Radiação

Leia mais

Microeletrônica no CNPq em 2006. Jackson Maia Coordenação de Apoio à Infra-estrutura

Microeletrônica no CNPq em 2006. Jackson Maia Coordenação de Apoio à Infra-estrutura Microeletrônica no CNPq em 2006 Jackson Maia Coordenação de Apoio à Infra-estrutura METAS INICIAIS Termo de Referência do CI-Brasil: Atração e criação de design houses: criação de pelo menos 10 design

Leia mais

Santa Maria 2011 Santa Maria Tecnoparque

Santa Maria 2011 Santa Maria Tecnoparque Sócios Natos Fundadores da Associação Parque Tecnológico de Santa Maria Missão Ser catalisadora do desenvolvimento regional, Promover a aproximação da tecnologia e mercado, Gerar oportunidades para empreendimentos

Leia mais

EDITAL Nº 12/2015, DE 13 DE OUTUBRO DE 2015, DO COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA, REDE E-TEC BRASIL

EDITAL Nº 12/2015, DE 13 DE OUTUBRO DE 2015, DO COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA, REDE E-TEC BRASIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA REDE E-TEC BRASIL COORDENADORIA DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

Programa CI-Brasil Estratégias de Fomento à criação e implantação de EMPRESAS DE PROJETOS DE CIRCUITOS INTEGRADOS - DESIGN HOUSES (DH)

Programa CI-Brasil Estratégias de Fomento à criação e implantação de EMPRESAS DE PROJETOS DE CIRCUITOS INTEGRADOS - DESIGN HOUSES (DH) Programa CI-Brasil Estratégias de Fomento à criação e implantação de EMPRESAS DE PROJETOS DE CIRCUITOS INTEGRADOS - DESIGN HOUSES (DH) 1. Apresentação A cadeia de produção de um circuito integrado engloba

Leia mais

Agenda. Motorola: Presença Mundial e no Brasil. Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil. Parcerias no Brasil. Comentários Finais. - Sistemas Celulares

Agenda. Motorola: Presença Mundial e no Brasil. Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil. Parcerias no Brasil. Comentários Finais. - Sistemas Celulares Agenda Motorola: Presença Mundial e no Brasil Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil - Sistemas Celulares - Semicondutores Parcerias no Brasil Comentários Finais Motorola: Presença Mundial e no Brasil Pesquisa

Leia mais

EDITAL Nº 48/2014, DE 26 DE SETEMBRO DE 2014, DO COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA, REDE E-TEC BRASIL

EDITAL Nº 48/2014, DE 26 DE SETEMBRO DE 2014, DO COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA, REDE E-TEC BRASIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA REDE E-TEC BRASIL COORDENADORIA DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia Sessão Plenária 5: Programas Nacionais de Estímulo e Apoio às Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos Ana Lúcia Vitale Torkomian Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério

Leia mais

Incentivos da lei de Informática Lei 8.248/91

Incentivos da lei de Informática Lei 8.248/91 Incentivos da lei de Informática Lei 8.248/91 Francisco Silveira Chefe de Divisão/CGTE/SEPIN MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Lei de Informática Lei 7.232 29.out.1984 Lei 8.248 23.out.1991 Lei 10.176

Leia mais

Como Utilizar Power over Ethernet para Reduzir o Consumo de Energia

Como Utilizar Power over Ethernet para Reduzir o Consumo de Energia Como Utilizar Power over Ethernet para Reduzir o Consumo de Energia Documento Técnico Setembro de 2011 Visão Geral A tecnologia 'Power over Ethernet' (PoE) tornou-se uma ferramenta cada vez mais importante

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROPESP

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROPESP SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROPESP DIRETORIA DE PESQUISA-DIPESQ Av. Itália, km 8 - Bairro Carreiros,

Leia mais

2.2 - O(A) candidato a avaliador deve possuir currículo atualizado na Plataforma Lattes;

2.2 - O(A) candidato a avaliador deve possuir currículo atualizado na Plataforma Lattes; EDITAL PROEX/IFRR - Nº 002/2014 - Processo seletivo para constituição do Banco de avaliadores do Programa Institucional de Bolsa Acadêmica de Extensão-IFRR. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL N 025/PRPGP/UFSM, de 02 de junho de 2010 INSCRIÇÃO AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA 0 2

Leia mais

Chamada de Seleção Pública

Chamada de Seleção Pública Chamada de Seleção Pública Seleção de Candidatos ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biologia Parasitária em nível de Doutorado (DINTER-IOC/UFRR) 2 semestre de 2015 (Credenciado pela CAPES com

Leia mais

EDITAL PARA CLASSIFICAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIBIC/CNPq 2015-2016

EDITAL PARA CLASSIFICAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIBIC/CNPq 2015-2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROPESP DIRETORIA DE PESQUISA-DIPESQ Av. Itália, km 8 - Bairro Carreiros,

Leia mais

Edital CECOMPI PI 005/2015 Programa de Incubadoras do Município de São José dos Campos

Edital CECOMPI PI 005/2015 Programa de Incubadoras do Município de São José dos Campos Edital CECOMPI PI 005/2015 Programa de Incubadoras do Município de São José dos Campos O Centro para a Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista- CECOMPI, na qualidade de entidade gestora do Programa

Leia mais

www.pucrs.br/pos *AVALIAÇÃO CAPES POR QUE A PUCRS?

www.pucrs.br/pos *AVALIAÇÃO CAPES POR QUE A PUCRS? A Pós-Graduação da PUCRS é a porta de entrada para um novo momento da sua vida profissional e acadêmica. Você pode ampliar habilidades, fomentar ideias e adquirir conhecimento com experiências inovadoras

Leia mais

AD / DA. EXPERIMENTS MANUAL Manual de Experimentos Manual de Experimentos 1 M-1116A

AD / DA. EXPERIMENTS MANUAL Manual de Experimentos Manual de Experimentos 1 M-1116A AD / DA M-1116A *Only illustrative image./imagen meramente ilustrativa./imagem meramente ilustrativa. EXPERIMENTS MANUAL Manual de Experimentos Manual de Experimentos 1 Conteúdo 1. Objetivos 3 2. Experiência

Leia mais

Santa Cruz do Sul, outubro de 2015.

Santa Cruz do Sul, outubro de 2015. MANUAL DO USUÁRIO Santa Cruz do Sul, outubro de 2015. Adilson Ben da Costa & Ederson Luis Posselt Programa de Pós-graduação em Sistemas e Processos Industriais, Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC),

Leia mais

Uma organização pode ser descrita como um arranjo sistemático, onde esforços individuais são agregados em prol de um resultado coletivo

Uma organização pode ser descrita como um arranjo sistemático, onde esforços individuais são agregados em prol de um resultado coletivo Aula 03 1 2 Uma organização pode ser descrita como um arranjo sistemático, onde esforços individuais são agregados em prol de um resultado coletivo Exemplos: Empresas; Associações; Órgãos governamentais,

Leia mais

Prospecto dos projetos realizados pela EMSISTI no período 2010 à 2015

Prospecto dos projetos realizados pela EMSISTI no período 2010 à 2015 Prospecto dos projetos realizados pela EMSISTI no período 2010 à 2015 Este prospecto descreve os projetos realizados pela EMSISTI no período entre janeiro de 2010 à setembro de 2015. Os projetos compreendem

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE PG-CST

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE PG-CST CHAMADA PRA INSCRIÇÃO À BOLSA PNPD-PG-CST/INPE A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Sistema Terrestre (PG-CST) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), informa que encontra-se

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana

Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana EDITAL PROEX 10/2014, de 05 de agosto de 2014 PROFIEX 2014 A Comissão Superior de Extensão e a Pró-Reitora de Extensão da Universidade

Leia mais

para o Desenvolvimento da Tecnologia da Informação Componentes Eletrônicos Augusto Gadelha Secretário

para o Desenvolvimento da Tecnologia da Informação Componentes Eletrônicos Augusto Gadelha Secretário Políticas e Estratégias para o Desenvolvimento da Tecnologia da Informação ão, Comunicação e Componentes Eletrônicos Augusto Gadelha Secretário rio de Política de Informática Política do MCT em Tecnologia

Leia mais

EDITAL DE AUXÍLIO PARA AQUISIÇÃO DE MATERIAL PEDAGÓGICO Nº 06 /2015 1º SEMESTRE

EDITAL DE AUXÍLIO PARA AQUISIÇÃO DE MATERIAL PEDAGÓGICO Nº 06 /2015 1º SEMESTRE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL DE AUXÍLIO PARA AQUISIÇÃO DE MATERIAL PEDAGÓGICO Nº 06 /2015 1º SEMESTRE A Pró-Reitora de Assuntos Estudantis, substituta, no uso de suas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ UFOPA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ UFOPA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ UFOPA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais da Amazônia - PPGRNA EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSA

Leia mais

Edital N o. 11/2014 Seleção de Bolsista para o Programa Nacional de Pós-Doutorado / CAPES PNPD/CAPES

Edital N o. 11/2014 Seleção de Bolsista para o Programa Nacional de Pós-Doutorado / CAPES PNPD/CAPES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO- BRASILEIRA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DO MESTRADO ACADÊMICO EM SOCIOBIODIVERSIDADE E TECNOLOGIAS

Leia mais

Núcleo de Gestão do Porto Digital. Plano Bi-anual 2001-2002

Núcleo de Gestão do Porto Digital. Plano Bi-anual 2001-2002 Núcleo de Gestão do Porto Digital Plano Bi-anual 2001-2002 Identidade Missão A estruturação e gestão sustentável de um ambiente de negócios capaz de criar e consolidar empreendimentos de classe mundial

Leia mais

Ficha de Avaliação do Programa

Ficha de Avaliação do Programa Ficha de Ficha de do Programa Período de : 2007 a 2009 Etapa: Trienal 2010 Área de : 2 - CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO IES: 24001015 - UFPB/J.P. - UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA/JOÃO PESSOA Programa: 24001015047P4

Leia mais

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES Apoio do BNDES ao Projeto de Circuitos Integrados Departamento de Indústria Eletrônica Área Industrial março/2007 BNDES: Dados Gerais Fundado

Leia mais

EQPS Belo Horizonte. Política de Software e Serviços: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010

EQPS Belo Horizonte. Política de Software e Serviços: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010 EQPS Belo Horizonte Política de Software e Serviços: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010 Antenor Corrêa Coordenador-Geral de Software e Serviços Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria

Leia mais

Edital CECOMPI PI-004/2014 Programa de Incubadoras do Município de São José dos Campos

Edital CECOMPI PI-004/2014 Programa de Incubadoras do Município de São José dos Campos Edital CECOMPI PI-004/2014 Programa de Incubadoras do Município de São José dos Campos O Centro para a Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista- CECOMPI, na qualidade de entidade gestora do Programa

Leia mais

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC CERTIFICAMOS que a empresa acima identificada encontra-se regularmente inscrita no Cadastro de es de Materiais e/ou Serviços da PETROBRAS e habilitada para as especialidades indicadas conforme relação

Leia mais

1) Eficientização das Instalações da FUSAM - Fundação de Saúde Amaury de Medeiros

1) Eficientização das Instalações da FUSAM - Fundação de Saúde Amaury de Medeiros 3. Poder Público 1) Eficientização das Instalações da FUSAM - Fundação de Saúde Amaury de Medeiros a) Situação: Concluído De acordo com o diagnóstico realizado, foram consideradas viáveis a substituição

Leia mais

INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIAS MINERAIS

INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIAS MINERAIS INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIAS MINERAIS Slide 1 O que fazer para melhorar a competitividade da indústria? Mobilização Empresarial pela Inovação MEI Melhorar a infraestrutura Disseminar a cultura

Leia mais

INCUBADORA EMPRESARIAL DE OSÓRIO

INCUBADORA EMPRESARIAL DE OSÓRIO INCUBADORA EMPRESARIAL DE OSÓRIO EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INGRESSO NA MODALIDADE DE INCUBAÇÃO INTERNA E INCUBAÇÃO EXTERNA Osório 2015 EDITAL nº 01/2015 DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPREENDEDORES

Leia mais

CERIMÔNIA DO 45º ANIVERSÁRIO DO INPE CACHOEIRA PAULISTA Cachoeira Paulista, 27 de outubro de 2015 Leonel Fernando Perondi

CERIMÔNIA DO 45º ANIVERSÁRIO DO INPE CACHOEIRA PAULISTA Cachoeira Paulista, 27 de outubro de 2015 Leonel Fernando Perondi CERIMÔNIA DO 45º ANIVERSÁRIO DO INPE CACHOEIRA PAULISTA Cachoeira Paulista, 27 de outubro de 2015 Leonel Fernando Perondi Bom dia. Ao mesmo tempo em que parabenizo a todos os servidores e colaboradores

Leia mais

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO EDITAL CED/EAD/UFRGS 02/ 2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA

Leia mais

Edital para Seleção de Tutores a Distância Bolsistas PERC/UNI-CV/UFRGS/SEAD

Edital para Seleção de Tutores a Distância Bolsistas PERC/UNI-CV/UFRGS/SEAD Edital para Seleção de Tutores a Distância Bolsistas PERC/UNI-CV/UFRGS/SEAD A coordenação dos Cursos de Matemática e de Letras, representada pelo professor Marcus Vinícius Basso, do Instituto de Matemática,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº. 025/2013 - PRE/UFSM

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº. 025/2013 - PRE/UFSM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº. 025/2013 - PRE/UFSM SELEÇÃO DE TUTOR PARA CURSO SEMIPRESENCIAL Inscrição para Tutoria do Curso de Aperfeiçoamento

Leia mais

Formação de RH para o setor aeroespacial e o Programa de Pós-graduação em Ciências e Tecnologias Espaciais.

Formação de RH para o setor aeroespacial e o Programa de Pós-graduação em Ciências e Tecnologias Espaciais. Formação de RH para o setor aeroespacial e o Programa de Pós-graduação em Ciências e Tecnologias Espaciais. Nicolau A.S. Rodrigues Coordenadoria do Programa depós Graduação PG no IEAv: Histórico - Desde

Leia mais

Edital n o 79/2013 ANEXO III PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO

Edital n o 79/2013 ANEXO III PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO Edital n o 79/2013 ANEXO III PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO Qualidade do Projeto / Mérito Item Máximo Objetivo e Objetivos Específicos do Projeto 10 Justificativa 10 Clareza da Proposta 10 Coerência e Relevância

Leia mais

EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO

EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO O Contexto Ligar Portugal (2005-2010) Cidades Digitais Espaços Internet Academias TIC Inclusão 100% quadros superiores/prof. Liberais e similares usam a net 97% estudantes

Leia mais

Ministério da Educação Programa Pró-Licenciatura Curso de -Licenciatura em Letras Inglês Modalidade a Distância

Ministério da Educação Programa Pró-Licenciatura Curso de -Licenciatura em Letras Inglês Modalidade a Distância Ministério da Educação Programa Pró-Licenciatura Curso de -Licenciatura em Letras Inglês Modalidade a Distância Edital Seleção de Tutor Presencial Bolsista FNDE A COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM

Leia mais

Política Industrial para o setor de TI: resultados, abrangência e aperfeiçoamentos

Política Industrial para o setor de TI: resultados, abrangência e aperfeiçoamentos Ministério da Ciência e Tecnologia Política Industrial para o setor de TI: resultados, abrangência e aperfeiçoamentos Augusto Gadelha Secretário de Política de Informática Câmara dos Deputados Comissão

Leia mais

Segue nossa proposta comercial para firmarmos a relação como parceira.

Segue nossa proposta comercial para firmarmos a relação como parceira. Isaías Thurow Contrato de parceria Comercial Nº CA0021/2010 Prezado Isaías, Segue nossa proposta comercial para firmarmos a relação como parceira. Estamos à disposição para eventuais esclarecimentos. Porto

Leia mais

EDITAL 1 DA INSCRIÇÃO

EDITAL 1 DA INSCRIÇÃO EDITAL O Campus Camaragibe, na forma regimental e de acordo com o estabelecido na Resolução CEPE nº. 053/2012 torna público o presente edital estabelecendo as normas para o Exame de Seleção e Admissão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA Curso de Eletrotécnica

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA Curso de Eletrotécnica UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA Curso de Eletrotécnica Apostila de Automação Industrial Elaborada pelo Professor M.Eng. Rodrigo Cardozo Fuentes Prof. Rodrigo

Leia mais

MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA MACRO-METAS DO PROGRAMA LINHA DO TEMPO

MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA MACRO-METAS DO PROGRAMA LINHA DO TEMPO MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA 1- FORTALECER O SETOR DE SOFTWARE E SERVIÇOS DE TI, NA CONCEPÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS AVANÇADAS; 2- CRIAR EMPREGOS QUALIFICADOS NO PAÍS; 3- CRIAR E FORTALECER EMPRESAS

Leia mais

Capítulo I Portas Lógicas Básicas

Capítulo I Portas Lógicas Básicas Capítulo I Portas Lógicas Básicas 1 Introdução Em qualquer sistema digital 1 a unidade básica construtiva é o elemento denominado Porta Lógica. Este capítulo descreve as portas lógicas usuais, seu uso

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS - PMGIRS

PLANO MUNICIPAL DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS - PMGIRS PLANO MUNICIPAL DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS - PMGIRS (Manual de acesso e preenchimento do Questionário Online) www.altouruguai.eng.br contato@altouruguai.eng.br ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO

Leia mais

Quality se destaca no mercado de sistemas de gestão para escolas

Quality se destaca no mercado de sistemas de gestão para escolas Quality se destaca no mercado de sistemas de gestão para escolas As características de gestão escolar e de empresas de outros segmentos são diferentes. Percebendo a falta de um sistema que atendesse as

Leia mais

O Panorama da TV Digital no Brasil. Leandro Miller Leonardo Jardim

O Panorama da TV Digital no Brasil. Leandro Miller Leonardo Jardim O Panorama da TV Digital no Brasil Leandro Miller Leonardo Jardim Tópicos Abordados TV Aberta no Brasil Vantagens da TV Digital Padrões de TV Digital Sistema Brasileiro de TV Digital Oportunidades na TV

Leia mais

MDIC, Endeavor e McKinsey lançaram em 2013 o programa InovAtiva para apoiar o empreendedorismo de alto impacto no Brasil

MDIC, Endeavor e McKinsey lançaram em 2013 o programa InovAtiva para apoiar o empreendedorismo de alto impacto no Brasil 0 MDIC, Endeavor e McKinsey lançaram em 2013 o programa InovAtiva para apoiar o empreendedorismo de alto impacto no Brasil Capacitação Preparação para investidores Cursos e atividades para apoiar o desenvolvimento

Leia mais

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares Coordenadora-Geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos

Leia mais

Certificado Aberto em Microeletrônica

Certificado Aberto em Microeletrônica Certificado Aberto em Microeletrônica Frank Sill Torres Professor Adjunto OptMA lab / ART Departamento de Engenharia Eletrônica Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil 1 Assuntos 1. Introdução

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSA PNPD-CAPES

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSA PNPD-CAPES UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DOUTORADO SOCIEDADE, NATUREZA E DESENVOLVIMENTO EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº. 08/2014 PRE/UFSM SELEÇÃO DE SELEÇÃO DE CURSISTAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº. 08/2014 PRE/UFSM SELEÇÃO DE SELEÇÃO DE CURSISTAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº. 08/2014 PRE/UFSM SELEÇÃO DE SELEÇÃO DE CURSISTAS Inscrição para seleção de Candidatos à 3ª edição do Curso

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL DE ABERTURA Nº 39/24 DE 26 DE MAIO DE 24 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro Campus Uberaba, em observância a Lei nº 11.788/2008

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2013/3070061-03

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2013/3070061-03 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2013/3070061-03 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE Integrados Digitais I (codificação) Integrados

Leia mais

UNIVERSIDADE TIRADENTES DIRETORIA DE PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE TIRADENTES DIRETORIA DE PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TIRADENTES DIRETORIA DE PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 01/2016 PNPD/CAPES/UNIT EDITAL DE PROCESSO DE SELEÇÃO PARA BOLSISTA DO PROGRAMA

Leia mais

Projeto de controle e Automação de Antena

Projeto de controle e Automação de Antena Projeto de controle e Automação de Antena Wallyson Ferreira Resumo expandido de Iniciação Tecnológica PUC-Campinas RA: 13015375 Lattes: K4894092P0 wallysonbueno@gmail.com Omar C. Branquinho Sistemas de

Leia mais

MICROCONTROLADOR GENUINAMENTE DO

MICROCONTROLADOR GENUINAMENTE DO MICROCONTROLADOR GENUINAMENTE DO Sumário 1- Contextualização 2 - SMDH 3- Microcontrolador (Definição) 4- ZR16S08 5 - Características do ZR16S08 6 - Software de Programação e Simulação 7 - Hardware de Desenvolvimento

Leia mais

Apresentação Institucional IEL/SC

Apresentação Institucional IEL/SC Apresentação Institucional IEL/SC Natalino Uggioni Joaçaba, 12 de Maio de 2014 IEL NO BRASIL O Sistema Indústria Presente nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, o Sistema Indústria é composto

Leia mais

CARTILHA DO INGRESSANTE U N I V E R S I D A D E E S T A D U A L D E C A M P I N A S

CARTILHA DO INGRESSANTE U N I V E R S I D A D E E S T A D U A L D E C A M P I N A S CARTILHA DO INGRESSANTE U N I V E R S I D A D E E S T A D U A L D E C A M P I N A S Bem-vindo a U N I V E R S I D A D E E S TA INTRODUÇÃO Prezado Servidor, Estamos felizes em tê-lo conosco, pois a partir

Leia mais

Manual do Integrador. Programa de Formação

Manual do Integrador. Programa de Formação Manual do Integrador Programa de Formação Introdução As oportunidades de iniciação de frentes de negócios na indústria fotovoltaica brasileira são diversas e estão abertas a todos aqueles que desejam começar

Leia mais

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS ESTÁGIOS NÃO OBRIGATÓRIOS

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS ESTÁGIOS NÃO OBRIGATÓRIOS MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS E DI T A L N. 04/2016 - PR O GEP SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS ESTÁGIOS NÃO OBRIGATÓRIOS A Pró-Reitoria de Gestão de

Leia mais

Impacto do Fundo Social na Ciência e Tecnologia e Política Industrial

Impacto do Fundo Social na Ciência e Tecnologia e Política Industrial Impacto do Fundo Social na Ciência e Tecnologia e Política Industrial Ronaldo Mota Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Comissão Especial Pré-Sal / Fundo Social Câmara dos Deputados 6 de

Leia mais

Proposta para Grupo de Trabalho. GT TV Grupo de Trabalho de TV Digital

Proposta para Grupo de Trabalho. GT TV Grupo de Trabalho de TV Digital Proposta para Grupo de Trabalho GT TV Grupo de Trabalho de TV Digital Guido Lemos de Souza Filho 10/09/2005 1. Título GT TV Grupo de Trabalho de TV Digital 2. Coordenador Guido Lemos de Souza Filho guido@lavid.ufpb.br

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL EDITAL N.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL EDITAL N. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL EDITAL N. 26/2011 Inscrição para tutoria presencial do Curso de Licenciatura

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO ACADÊMICO - COPA/PROGRAD

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO ACADÊMICO - COPA/PROGRAD MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO ACADÊMICO - COPA/PROGRAD EDITAL N. 23, DE 27 DE AGOSTO DE 2014 INSCRIÇÃO À SELEÇÃO DE

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PESQUISA EDITAL PROIC BOLSA 1º/2012

COORDENAÇÃO DE PESQUISA EDITAL PROIC BOLSA 1º/2012 FACULDADES INTEGRADAS DO NORTE DE MINAS FUNORTE INSTITUTO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE - ICS FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI COORDENAÇÃO DE PESQUISA PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROIC EDITAL PROIC BOLSA

Leia mais

Abrangência do Programa de Expansão do ITA

Abrangência do Programa de Expansão do ITA Abrangência do Programa de Expansão do ITA Programa de Expansão do ITA EDUCAÇÃO (Ensino e Pesquisa) INOVAÇÃO (P,D & I) Projetos Cooperações ITA Projeto Cooperações Infraestrutura 5 IFES Centro de Inovação

Leia mais

Edital UAB-UFABC Nº 001/2014

Edital UAB-UFABC Nº 001/2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Extensão Av. dos Estados, 5001 Bairro Bangu Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 4437.8589 proex@ufabc.edu.br Edital UAB-UFABC

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO ACADÊMICO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO ACADÊMICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO ACADÊMICO EDITAL Nº. 027/2014 PROGRAD/UFSM SELEÇÃO DE TUTOR PARA CURSO SEMIPRESENCIAL Inscrição

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

Catálogo de empresas

Catálogo de empresas Catálogo de empresas Tecnologia no coração do RS O CentroSoftware foi fundado em 2009 por empresas de TIC Tecnologia da Informação e Comunicação em Santa Maria - RS. Em meados de 2013 foi enquadrado na

Leia mais

Características gerais

Características gerais Características gerais 9 O curso de Ciências Contábeis prepara o profissional para a gestão da informação empresarial, inserido no contexto das novas tecnologias. A grande ênfase na formação profissional

Leia mais

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO - MIC

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO - MIC MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO - MIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 011, de 02 de fevereiro de 1989. O Diretor de Metrologia

Leia mais

Componentes Eletrônicos para Uso Espacial

Componentes Eletrônicos para Uso Espacial Componentes Eletrônicos para Uso Espacial Visão da Aplicação Issamu Muraoka (issamu@dem.inpe.br) Programas de Satélite - CBERS -Satélite de monitoramento terrestre em cooperação com a China, início em

Leia mais

Nicolás César Lavinia Diretor

Nicolás César Lavinia Diretor Nicolás César Lavinia Diretor Empresa de Base Tecnológica Gestão de Inovação Tecnológica Open Innovation Grandes áreas Treinamento Produtos P&D Treinamentos regulares em tecnologia 8 tipos diferentes Treinamentos

Leia mais

EDITAL 02 / 2011. 1.3 - A inscrição poderá ser realizada por correspondência, via SEDEX, desde que recebida até a data de encerramento das inscrições.

EDITAL 02 / 2011. 1.3 - A inscrição poderá ser realizada por correspondência, via SEDEX, desde que recebida até a data de encerramento das inscrições. UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA METALÚRGICA E DE MATERIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA E CIÊNCIA DE MATERIAIS (Aprovado em reunião da Coordenação

Leia mais