General Descrição Geral Description

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "General Descrição Geral Description"

Transcrição

1 Technicl Services: Tel: (800) / Fx: (800) Series Série ELO231B fctor 11.2K Kfctor 160 Upright Sprinklers ndmontntes Pennt e Sprinklers Penntes Stndrd Respost Pdrão, Response, Cobertur Stndrd Pdrão Coverge Generl Descrição Gerl Description Os Sprinklers Montntes e Penntes Respost e Cobertur Pdrão Série ELO 231B, 11.2 fctor Kfctor, K 160, são Series ELO231B, utomáticos do tipo mpol quebrável. São sprink Stndrd Response, Stndrd Coverge, Upright nd Pennt Sprinklers (Ref. lers Figure pulverizção 1) re utomtic respost que of produzem frngible um pdrão bulb hemisférico type. y pdrão re distribuição stndrd response águ bixo spry do flector. Os Sprinklers tht produce ELO231B, fctor hemisphericl K 160, form wter distribution pttern below flector. submetidos testes incêndio em escl rel rmzenmento em ltur pr vlir 11.2 su utilizção Kfctor, em ELO231B vez dos Sprin klers pulverizção were subjected pdrão fctor full scle, K 80 ou highpiled protecção storge, rmzenmento fire tests qulify em ltur. ir 115 n use in lieu of 5.6 or 8.0 Kfctor stndrdpom spryser obtidos débitos for mis protection elevdos of highpiled pressões mis storge. bixs os Sprinklers Higher ELO231B, flow fctor rtes K cn 160, be tornndo chieved su t utilizção lower mis pressures vntjos em withplicções 11.2 much Kfctor, elevd nsid, ELO231Bo Sprinklers protecção mking rmzenmento ir use highly em ltur. dvntgeous in high nsity pplictions, such s Pom ser utilizdos revestimentos protection of highpiled storge. cer ou chumbo pr prolongr vid útil Wx dos or ponentes led cotings lig cn becobre usedutiliz dos nos life of Série copper ELO231B lloy qundo to extend ponents expostos used tmosfers in Series corrosivs. ELO231B Embor os beyond tht revestimento which would cer, orwise be obtined when exposed chumbo e poliéster tenhm pssdo nos to corrosive tmospheres. Although wx, testes led, nd corrosão polyester pdrão coted efectudos pels hve entids pssed homologção stndrd corrosioveis, tests os testes of não pplicble são representtivos pprovl plicá gencies, tods s tmosfers testingcorrosivs is not repre possíveis. Consequentemente, reendse que o IMPORTANTE Consulte sempre Fich Técnic TFP700 pr obter IMPORTANT o AVISO DE INSTALAÇÃO Alwys que contém referlerts to Technicl cerc do mnusemento Dt Sheet TFP700 e d instlção for INSTALLER sistems e WARNING tht provis cutions ponentes. O mnusemento with respect to hndling nd instlltion of e sprinkler instlção systems incorrectos nd ponents. dnificr Improper permnentemente hndlingum ndsistem in pom stlltion cnou permnently os respectivos dmge ponentes sprinkler e cusr flhs system funcionmento or its podonents nd cuse num situção sprinkler incêndio to fil ou tocusr operte o seu in funcionmento fire sitution orpremturo. cuse it to operte premturely. senttive utilizdor of finl llsej possible consultdo corrosive em relção tmospheres. à qubilid Consequently, stes revestimentos it is remensistentes tht à corrosão endpr user um betermindo consulted re with mbiente respect corrosivo. to Os suitbility efeitos d oftemper tur mbiente, resistnt concentrção cotings for químicos ny se corrosion given e velocid corrosive gses/químicos environment. vem effects ser consirdos, of mbient no temperture, mínimo, juntmente concentrtion of chemicls, nd gs/chemicl nturez corrosiv do químico que os velocity, should be consired, s minimum, vão long estr with expostos. corrosive nture Po ofser obtid chemicl um toversão whichmontnte nível will intermédio be exposed. dos Sprinklers Série ELO An 231B upright pr instlções intermedite em prteleirs, level version utilizndo Series o Sprinkler ELO231B Montnte Sprinklers Série ELO231B for of inrck Protecção pplictions & Escudo cn be WSG2, obtined e po by ser utilizing obtid um versão Seriespennte ELO231B Upright intermédio Sprinkler dos with Sprinklers WSG2 Série ELO231B Gurd nível & utilizndo Shield, nd o Sprinkler pennt Pennte intermedite Série ELOlevel 231B version o Escudo of WS2. Series Se ELO231B existir possibilid Sprinklers cn be versão obtined pennte by utilizing Series ELO231B Pennt nível intermédio ser expost dnos mecânicos, Sprinkler with WS2 Shield. If re is po possibility ser diciond of um pennt protecção intermedite level version AVISOS being exposed to G2. mechnicl dmge, G2 Gurd cn Os Sprinklers Montntes e Penntes Série be dd. ELO231B, fctor K 160 qui scritos têm ser instldos WARNINGS e mntidos em conformid este 11.2documento, Kfctor, bem Series o ELO231B s norms plicáveis nd Pennt d NFPA, pr Sprinklers lém ds nor Upright scribed ms quisquer herein must outrs beutorids instlled nd petentes. O incumprimento plince ds withnorms this mintined document, po pôr em s well cus s with o funcionmento pplicble stes stndrds dispositivos. of Ntionl Fire Protection Assocition, in ddition to stndrds O proprietário of ny é responsável or uthorities pel mnutenção jurisdiction. do seu sistem Filure e dispositivos to do so protecção my hving impir contr incêndios performnce em condições ofquds se vices. funcionmento. A empres instlção ou o fbricnte owner is vem responsible ser contctdos for mintining dúvids. ir fire protection system nd em cso vices A instlção proper Sprinklers operting Penntes condition. Série ELO231B instlling em espelhos contrctor embutidos or mnufcturer should be contcted with ny nul tods s grntis do sprinkler, bem o s questions. Homologções e/ou Listgens do sprinkler. Instlltion of Series ELO231B Pennt Sprinklers in recessed escutcheons will void ll sprinkler wrrnties, s well s possibly void sprinkler s Approvls nd/or Listings. Número Intificção Molo/ Sprinkler TY5151 Montnte K160, 3/4 NPT TY5251 Pennte K160, 3/4 NPT TY5851 Montnte K160, 1/2 NPT TY5151 é um nov signção C5151. TY5251 é um nov signção C5251, G1871 e S2531. TY5851 é um nov signção C5851. Págin 1 6 Mrço, 2007 TFP342_PT Pge 1 of 6 JANUARY, 2005 TFP342

2 Pge 2 6 TFP342_PT TIPO TEMPERATURA LÍQUIDO AMPOLA LATÃO NATURAL CROMADO ACABAMENTO SPRINKLER REVESTIMENTO DE CHUMBO REVESTIMEN TO DE CERA MONTANTE 68 C (155 F) Vermelho 3 (TY5151 & 93 C (200 F) Ver 1,2,3,4 TY5851) 141 C (286 F) Azul 3 3 () 68 C (155 F) Vermelho PENDENTE 3 93 C (200 F) Ver 1,2,3,4 (TY5251) 141 C (286 F) Azul 3 3 () NOTAS: 1. Listdo por Unrwriters Lbortories, Inc. (Listdo por UL). 2. Listdo por Unrwriters Lbortories, Inc. pr utilizção no Cndá (Listdo por CUL). 3. Homologdo pel Fctory Mutul Reserch Corportion (Homologção FM). 4. Homologdo pel Cid Nov Iorque sob MEA 29104E. (). Homologção FM pr tempertur tecto máxim 66 C (150 F). TABELA A LISTAGENS E HOMOLOGAÇÕES LABORATORIAIS DE SPRINKLERS MONTANTES E PENDENTES FACTOR K160 SÉRIES ELO231B (Consulte Secção Critérios Projecto) REVESTIMENTO DE CERA SOBRE CHUMBO Ddos Técnicos Homologções Listdo por UL e CUL. Homologção FM e NYC. (Consulte Tbel A pr obter informções plets homologção, incluindo estdo resistênci à corrosão. As homologções plicmse às condições serviço indicds n secção Critérios Projecto.) Pressão Funcionmento Máxim 12,1 br (175 psi) Coeficiente Descrg 161,4 l/min.br 0,5 (11,2 usgpm/psi 0,5 ) Temperturs Actução Consulte Tbel A Acbmento Consulte Tbel A Crcterístics Físics Crcç...Bronze Tmp...Bronze Conjunto Vedção Níquel Berílio c/teflon* Ampol (5mm diâ.)...vidro Prfuso Compressão...Bronze Deflector...Bronze *Mrc ercil registd d DuPont. Critérios Projecto Requisitos Listgem UL e CUL Os Sprinklers Molo ELO231B, fctor K 160 (TY5151, TY5251 & TY5851), vem ser instldos em conformid os requisitos NFPA 13 referentes à posição pdrão e o cálculo fluxo áre/nsid pr espços risco bixo, norml ou elevdo e espços rmzenmento em ltur (pilh sólid, em pletes, rmzenmento em prteleirs, cixs seprdores e rmzenmento em suportes, incluindo ms não limitdo Clsse IIV e plásticos Grupo A) um pressão residul mínim ( débito) 0,5 br (7 psi) em sistems tubgem hidráulic ou pneumátic. Requisitos Homologção FM Os Sprinklers Molo ELO231B, fctor K 160 (TY5151, TY5251 & TY5851), vem ser instldos em conformid s directrizes plicáveis modo controlo áre/nsid fornecids pel Fctory Mutul. (s directrizes FM pom diferir dos critérios Listgem UL e CUL.) Operção A mpol vidro contém um fluido que se expn qundo exposto o clor. Qundo tempertur ctução é tingid, o fluido expnse o suficiente pr quebrr mpol vidro, ctivndo o sprinkler e permitindo o fluxo d águ.

3 TFP342 TFP342_EN Pge Pge Pge 3 3 of of 6 * ** * Temperture Tempertur * Temperture rting rting ctução is indicted is indicted indicd onno flector. flector. ** Pipe Ligções ** Pipe thred thred connections rosc d tubgem segundo ISO 7/1 pom connections per per ISO ISO7/17/1 cn cn be be provid provid on on specil ser fornecids medinte pedido especil. specil request. request. 213/16" 213/16" 71 mm (71,4 (71,4 (213/16 ) mm) mm) WRENCH ENCAIXES TYP. DA TYP. FLATS CHAVE TYP. FLATS 1/2" 1/2" ** ** NPT NPT 1/2" ENTRADA 1/2" (12,7NOMINAL (12,7mm) mm) NOMINAL DE ROSCA NOMINALMAKEIN 12,5 mm MAKEIN (1/2 ) 3/4"** 3/4"** NPT NPT THREAD ALÍVIO RELIEF ROSCADO 3/4" 3/4" ** ** NPT NPT Components: Componentes 1 Crcç Frme 2 Conjunto Sel Vedção Assembly 3 Tmp Cp 4 Ampol Bulb 5 Prfuso Compression Compressão Screw 6 Deflector* * 7/16" ENTRADA 7/16" (11,1 (11,1 NOMINAL mm) mm) DE ROSCA 1/2" ENTRADA 1/2" (12,7 NOMINAL mm) mm) DE ROSCA NOMINAL 11,1 MAKEIN mm (7/16 ) NOMINAL 12,5 MAKEIN mm (1/2 ) UPRIGHT MONTANTE UPRIGHT MONTANTE PENDENTE CROSS SECÇÃO TY5851 TY5151 TY5251 TRANSVERSAL SECTION FIGURE FIGURA 11 SPRINKLERS FACTOR K160 SÉRIE ELO231B KFACTOR MONTANTES SERIES 3/4 NPT ELO231B (TY5151), MONTANTES 1/2 NPT (TY5851) E UPRIGHT 3/4" 3/4" NPT NPT (TY5151), UPRIGHT PENDENTES 1/2" 1/2" NPT NPT (TY5851), 3/4 NPT AND (TY5251) PENDENT 3/4" NPT (TY5251) SPRINKLERS Instlção need need for for inrck inrck sprinkler protection) of of crtoned or or uncrtoned unex unextionpnpnd Group Group A or A or B Bplstics, or, or, crtoned Os toned Sprinklers expnd expnd Série Group Group ELO231B A or A or B B plstics, vem plstics, ser cr with: instldos with: cordo s seguintes instruções: storge storge height height of of up up to to feet feet (6,1 (6,1 m); m); NOTAS Não mximum instle mximum qulquer ceiling ceiling sprinkler height height tipo of of mpol 27 27feet feet se (8,2 m); (8,2 mpol m); estiver prtid ou se existir perd líquido minimum minimum n mpol. flector flector Com o tosprinkler top top of em of storge storge horizontl, clernce posição clernce ve of ser of 18 visível 18 inches inches um pequen (457 (457 bolh mm); mm); r. O diâmetro d bolh r é proximdmente minimum sign 1,5 mm nsity (1/16 ) ofpr 0.60 minimum gpm/ft 2 sign nsity of 0.60 tempertur (24,4 mm/min); gpm/ft ctução 57 C (135 F), té 2,5 mm minimum (3/32 ) 2 (24,4 mm/min); pr residul tempertur (flowing) ctução minimum pressure 141 C of 10 (141,11 C). residul (flowing) pres psi (0,7 br); sure of 10 psi (0,7 br); Um junt minimum estnque sign sprinkler re of /4 NPT ft minimum 2 ve (186 ser obtid m 2 ) for sign wetum systems re of binário or ft 13 2 ft27 (186 2 Nm (242 m ( m ) for 2 ft.lbs.). ) for wet dry systems Um pipe binário systems or 2600 ft máximo 2 (242 m 41 Nm (30 ft. 2 ) for dry pipe systems lbs.) ve ser utilizdo pr instlr FM Approvl FM ligções 3/4 NPT. Um junt Requirements Approvl Requirements estnque sprinkler 1/2 NPT ve ser obtid 11.2 um Kfctor, binário Mol 9,5 19 ELO231B Nm (7 14 ft.lbs.). (TY5151, 11.2 Kfctor, Um binário TY5251 Mol máximo & TY5851) ELO231B 29 Nm Sprinklers po rety5251 ser toutilizdo be instlled & TY5851) (21 ft. (TY5151, lbs.) pr instlr ccordnce Sprinklers with re ligções to pplicble be instlled 1/2 NPT. Níveis control in ccordnce mis mo elevdos nsity/re pplicble guilines control provid moby n Fc with sity/re binário tory Mutul. pom guilines formr (FM guilines provid entrd my bydo Fctorler from e Mutul. cusr UL nd fug (FMCUL ou guilines ficiênci Listing my criteri.) do sprinkler. differ sprink differ from UL nd CUL Listing criteri.) Não tente pensr um juste insuficiente n plc do espelho, pertndo menos ou mis o sprinkler. Rejuste posição do encixe do sprinkler. Os Sprinklers Penntes e Montntes Série ELO231B vem ser instldos cordo s seguintes instruções. Opertion Psso 1. Os penntes vem ser instldos n posição pennte e os montntes vem ser instldos glss bulb fluid tht n expnds posição glss when montnte. bulb contins fluid tht expnds when exposed to tohet. When Psso rted rted 2. Com temperture vednte isrosc isreched, tubgem fluid plicdo fluixpnds ns roscs sufficiently d tubgem, to toshtter perte à glss mão glss o bulb, sprinkler bulb, llowing llowing no encixe do sprinkler sprinkler. to to ctivte ctivtend ndwter wterto toflow. Psso 3. Aperte o sprinkler no encixe do sprinkler utilizndo pens um Chve Instlltion Aperto Tipo W3 (Ref. Figur 2), excepto se um chve Series ingles ELO231B justável Sprinklers 200 ou must 250 mm Series be instlled (8 ou 10 ) ELO231B infor ccordnce utilizd Sprinklers pr with must be instlled in ccordnce with following instructions: following revestimento instructions: cer. Reltivmente à Figur 1, Chve Aperto Tipo W3 ou chve ingles justável NOTES NOTESve ser plicd Do not instll ny bulb type sprinkler if Do nos not encixes bulb instllpr is crcked ny chve, bulb or type consonte re sprinkler plicável. is loss if of liquid bulb from is crcked bulb. or With re is sprinkler loss of liquid held from horizontlly, bulb. With smll ir sprinkler Qundo instlr revestimento cer bubble held should horizontlly, be present. smll dimeter ir bubble of should ir bubble be present. chve is pproximtely ingles dimeter justável, 1/16 of é inch ir necessário (1,6 bubble cuiddo mm) isfor pproximtely extr pr não 155 F/68 C 1/16 dnificr toinch 3/32 (1,6 o revestimento inch mm) (2,4for mm) for 155 F/68 C cer dos encixes 286 F/141 C to 3/32ou inch brços temperture (2,4 do corpo mm) do rtings. forsprinkler 286 F/141 C e, consequentemente, exposição rtings. do metl sem revesti temperture mento A leko tight mbiente 3/4 inchcorrosivo. NPT sprinkler As mxils joint Ashould lek tight be3/4 obtined inch NPT withsprinkler torque joint of 10 should d chve to 20 ft.lbs. be vem obtined ser (13,4 to with berts 26,8 torque o suficiente Nm). Aof mximum 20 não ft.lbs. dnificr 10 topr of 30(13,4 ft.lbs. to o revestimento (40,7 26,8 Nm). of A mximum dos cer torque is to encixes of be30 used ft.lbs. pr to chve. (40,7 instll Antes Nm) of torque pertr with iso 3/4 sprinkler to be NPT used connections. to chve, instll s A mxils lek tight vem with 1/2 3/4 ser inch justds NPT NPT connections. sprinkler pr estrem joint A pens lek should tight em becon tcto tined NPT with os sprinkler encixes torque joint pr ofshould chve 7 to 14 beft.lbs. per ob 1/2 ob inch tined to. (9,5 Depois towith 19,0 pertr Nm). torque Ao sprinkler, mximum of 7 to 14 frouxe of ft.lbs. 21 s ft. (9,5 mxils lbs. to(28,5 19,0 d chve Nm). ntes ofa torque mximum remover. myof be21used ft. lbs. to (28,5 instllnm) of torque withmy 1/2 NPT be used connections. instll instlção, Higher os levels encixes with 1/2 of ou torque NPT brços con my do toapós nections. corpo distort do sprinkler Higher sprinkler levels vem inlet of ser torque inspecciondos lekge e o revestimento orsprinkler impirment inlet cer of nd retocdo sprinkler. cuse (re nd cuse my distort lekge prdo), or impirment of sprinkler. Do not sempre ttempt que to tenh mkeup sido for dnificdo insuffi Do ou exist not ttempt metl exposto. mkeup O revestimento for insuffi LADO "FITTING DE ENCAIXE SIDE" TOWARDS PARA ENCAIXE SPRINKLER DE SPRINKLER FITTING REENTRÂNCIA WRENCH DA RECESS RECESS CHAVE (EXT. (END (END A ) "A") "A") FIGURA FIGURE FIGURE2 CHAVE WTYPE SPRINKLER WTYPE DE 3APERTO SPRINKLER TIPO WRENCH WRENCH W3 cer cient djustment in escutcheon cient dos plte djustment encixes pr by unr or inchve overtightening po escutcheon ser retocdo plteplicndo sprinkler. by unr suvemente Redjust or overtightening um vret position of ço sprinkler. sprinkler quecid fitting Redjust 1/8" to suit. diâmetro position(m3) of ns áres sprinkler cer fitting dnificds, to suit. pr lisr cer pr Series ELO231B Upright nd s Pennt Series áres on Sprinklers ELO231B exist metl must Upright exposto. be instlled nd Pennt in ccordnce Sprinklers NOTAS with must following be instlled instructions. ccordnce with following in in Apens é permitido retocr o revestimento structions. cer Step dos 1. encixes Pennt e brços do corpo re do sprinkler, Step instlled e pens 1. Pennt inqundo pennt d instlção position, reinicil tond be do to be sprinkler. instlled upright pennt re to be position, instlled nd in upright upright position. re to be instlled in A vret upright ço position. ve ser quecid pens o suficiente Step 2. pr Withrreter pipe thred cer, e vem selnt ser pplied2. s tomds Step to With precuções pipe pipethreds, quds hnd selnt pr tighten pplied evitr sprinkler to pipe intothreds, sprinkler hndfitting. tighten queimdurs. sprinkler into sprinkler fitting. Step 3. Tighten sprinkler into Se Step sprinkler s tenttivs 3. Tighten fitting using retocr sprinkler only o revestimento into WType cer sprinkler 3 Sprinkler pr obter fitting um Wrench using cobertur only (Ref. totl Figure WType não tiverem 3except Sprinkler êxito, tht po n Wrench ser 8 enendd or 10(Ref. inch Figure djustble cer di 2), 2), cionl except Crescent em tht form wrench n 8 or stick is10 to (cuj be inchused extremid djustble for wx tem Crescent coted código. wrench cor). Deve is to With ser be utilizd used reference for pens wx to coted cer. código cor With correcto, reference e o retoque

4 Pge 4 6 TFP342_PT dos encixes e brços do corpo do sprinkler pens é permitido qundo d instlção inicil do sprinkler. Com vret ço quecid o scrito nteriormente, encoste vret n áre que necessit cer dicionl vret inclind pr bixo, e pois encoste o stick cer à vret, cerc 1,5 cm distânci d áre retocr. A cer rretese e escorre pr o sprinkler. Cuiddos e Mnutenção Os Sprinklers Série ELO231B vem ser mntidos e revistos cordo s seguintes instruções: NOTAS Antes fechr válvul controlo um sistem protecção contr incêndios pr efectur mnutenção nesse sistem, ve ser obtid utorizção pr encerrr o sistem protecção contr incêndios fectdo junto ds utorids petentes, e todo o pessol fectdo por est cção ve ser notificdo. Os que presentrem fugs ou sinis corrosão visíveis vem ser substituídos. Os utomáticos nunc vem ser pintdos, bnhdos, revestidos ou lterdos sej que form for pois sírem d fábric. Os modificdos vem ser substituídos. Os que tenhm sido expostos produtos corrosivos bustão, ms que não tenhm sido utilizdos, vem ser substituídos se pós limpez dos mesmos um pno ou escov suve não tenh sido possível limpálos pletmente. Deve tomrse tenção pr evitr dnificr os ntes, durnte e pós instlção. Os que fiquem dnificdos por qued no chão, slize/svio d chve ou cus semelhnte, vem ser substituídos. Substitu tmbém que tenhm mpol prtid ou cuj mpol tenh perdido líquido (ref. not n secção Instlção). Após instlção, reendse efectur inicilmente inspecções visuis frequentes resistentes à corrosão pr verificr potencil integrid longo przo do revestimento dos. Posteriormente, será suficiente efectur inspecções nuis em conformid NFPA 25; no entnto, o invés inspeccionr prtir do solo, vem ser efectuds inspecções visuis letóris o perto, form terminr melhor condição exct dos e integrid longo przo do revestimento resistente à corrosão, pois po ser fectdo pels condições corrosivs existentes. O proprietário é responsável pel inspecção, verificção e mnutenção do respectivo sistem e dispositivos protecção contr incêndios em conformid este documento, bem o s norms plicáveis d NFPA (ex., NFPA 25), pr lém ds norms quisquer outrs utorids petentes. A empres instlção ou o fbricnte do sprinkler vem ser contctdos em cso dúvids. Reendse que os sistems utomáticos sejm inspecciondos, testdos e mntidos por um Serviço Inspecção qulificdo, cordo os requisitos locis e/ou leis ncionis. Grnti Limitd Os produtos fbricdos pel Tyco Fire & Building Products (TFBP) são grntidos pens o Comprdor originl durnte z (10) nos contr feitos fbrico e mteril qundo pgos, correctmente instldos e mntidos em condições normis utilizção e serviço. Est grnti expir z (10) nos pós dt envio pel TFBP. Não é dd nenhum grnti pr produtos ou ponentes fbricdos por empress não filids por propried TFBP ou pr produtos e ponentes sujeitos utilizção incorrect, instlção incorrect, corrosão ou que não tenhm sido instldos, mntidos, modificdos ou reprdos cordo s norms plicáveis d NFPA, e/ou s norms outrs Autorids Competentes. Os mteriis consirdos feituosos pel TFBP serão reprdos ou substituídos, à scrição exclusiv d TFBP. A TFBP não ssume, nem utoriz ninguém ssumir por si, qulquer obrigção reltiv à vend produtos ou peçs produtos. A TFBP não será responsável por erros projecção do sistem ou informções impreciss ou incorrects fornecids pelo Comprdor ou representntes do mesmo. Em cso lgum será TFBP responsável, por contrto, dnos, responsbilid civil ou qulquer outr teori legl, por dnos cintis, indirectos, especiis ou consequenciis, incluindo ms não limitdo txs mãoobr, inpenntemente se Tyco Fire Products estv ou não informd d possibilid tis dnos, e em cso lgum responsbilid d TFBP excerá um montnte igul o preço vend. A grnti precente substitui tods s outrs grntis expresss ou implícits, incluindo quisquer grntis ercilizção e qução um termindo fim. Est grnti limitd estbelece o único recurso reivindicções bseds n flh ou feito produtos, mteriis ou ponentes, sej ou não reivindicção fundmentd por contrto, dnos, responsbilid civil ou qulquer outr teori legl. Est grnti plicrseà té o limite máximo previsto n lei. A invlid, totl ou prcil, qulquer prte st grnti não fectrá o restnte.

5 TFP342_EN Pge 5 6 Procedimento Enend Um Número Peç (P/N) não é especificdo o enendr ligções rosc segundo ISO 7/1. Contcte o seu distribuidor locl em relção à disponibilid. Conjuntos Sprinklers Ligção Rosc NPT: Especifique: (especifique SIN), K160, (especifique tempertur ctução), Sprinkler Série ELO231B Respost Pdrão (especifique Pennte ou Montnte) (especifique cbmento), P/N (especifique pel Tbel B). Chve Sprinkler: Especifique: Chve Aperto Tipo W3, P/N Sticks Cer: (pr retocr revestimento cer dnificdo nos encixes) Especifique: Stick Cer código cor (especifique cor) pr retocr Sprinklers Série TYB (especifique tempertur ctução), P/N (especifique). Vermelho pr 68 C... P/N Azul pr 93 C & 141 C... P/N TIPO 510 VERTICAL 3/4 NPT (TY5151) 512 PENDENTE 3/4 NPT (TY5251) 501 VERTICAL 1/2 NPT (TY5851) P/N 50 XXX X XXX ACABAMENTO TEMPERATURA DE ACTUAÇÃO 1 LATÃO NATURAL C (155 F) 9 CROMADO C (93,33 C) 6 REVESTIMENTO DE CERA 7 REVESTIMENTO DE CHUMBO 8 CERA SOBRE CHUM BO C (141,11 C) TABELA B SELECÇÃO DO NÚMERO DO SÍMBOLO DO PRODUTO DE SPRINKLERS MONTANTES E PENDENTES FACTOR K160 SÉRIE ELO231B DE RESPOSTA PADRÃO NOTAS Cd stick cer permite retocr té vinte e cinco. A cer utilizd pr 141 C é igul pr 93 C; por isso, o sprinkler 141 C está limitdo à mesm tempertur tecto máxim do sprinkler 93 C (por ex., 65 C).

6 Pge 6 6 TFP342_PT Not: Este documento é um trdução. A trdução mteriis em idioms que não o Inglês stinse unicmente fcilitr leitur do público não Inglês. A precisão d trdução não está grntid nem implícit. Se tiver dúvids reltivs à precisão ds informções contids n trdução, consulte versão em Inglês do documento TFP342, que é versão oficil do documento. Quisquer discrepâncis ou diferençs crids n trdução não são vincultivs e não têm quisquer efeitos legis reltivmente conformid, cumprimento ou quisquer outros fins. TYCO FIRE & BUILDING PRODUCTS, 451 North Cnnon Avenue, Lnsdle, Pennsylvni 19446

Números de identificação de modelo/ sprinkler (SIN)

Números de identificação de modelo/ sprinkler (SIN) Serviços técnicos: Tel: (800) 381-9312 / Fax: (800) 791-5500 Sprinklers montantes, pendentes e pendentes embutidos série TY-L Factor K 5,6 e K 8,0 Resposta normal, cobertura normal Descrição geral Os sprinklers

Leia mais

Número de identificação de sprinkler (SIN) TY7226 - Pendente K=16,8. Dados técnicos

Número de identificação de sprinkler (SIN) TY7226 - Pendente K=16,8. Dados técnicos Serviços técnicos: Tel: (800) 381-9312 / Fax: (800) 791-5500 Email: techserv@tycofp.com Sprinklers pendentes de resposta rápida e supressão precoce Modelo ESFR 17, factor K 240 Descrição geral Os sprinklers

Leia mais

e aerossóis, por exemplo) que possam ser aceitáveis para uma autoridade competente, contacte o departamento de serviços técnicos.

e aerossóis, por exemplo) que possam ser aceitáveis para uma autoridade competente, contacte o departamento de serviços técnicos. Serviços técnicos: Tel: (800) 381-9312 / Fax: (800) 791-5500 Email: techserv@tycofp.com Sprinklers pendentes de resposta rápida e supressão precoce, Factor K 25,2 Modelo ESFR 25 Descrição geral Os sprinklers

Leia mais

SPRINKLERS PARA CIMA (UPRIGHT), PARA BAIXO (PENDENT) E LATERAL (SIDEWALL), RESPOSTA PADRÃO MODELO CFS-A (STANDARD), K80 / K115

SPRINKLERS PARA CIMA (UPRIGHT), PARA BAIXO (PENDENT) E LATERAL (SIDEWALL), RESPOSTA PADRÃO MODELO CFS-A (STANDARD), K80 / K115 SPRINKLERS PARA CIMA (UPRIGHT), PARA BAIXO (PENDENT) E LATERAL (SIDEWALL), RESPOSTA PADRÃO MODELO CFS-A (STANDARD), K80 / K115 Os Chuveiros automáticos Sprinklers CFS para cima (Upright), para baixo (Pendent)

Leia mais

Modelo/Sprinkler Número de Identificação (SIN)

Modelo/Sprinkler Número de Identificação (SIN) Serviços Técnicos: 800-381-9312 +1-401-781-8220 www.tyco-fire.com Sprinklers de Janela de Aplicação Específica Modelo WS Parede Lateral Horizontal e Vertical Suspensa Fator 5,6 K Descrição Geral Os Sprinklers

Leia mais

XEROX BOLETIM DE SEGURANÇA XRX07-001

XEROX BOLETIM DE SEGURANÇA XRX07-001 XEROX BOLETIM DE SEGURANÇA XRX07-001 XEROX Boletim de Segurnç XRX07-001 Há vulnerbiliddes n ESS/Controldor de Rede que, se forem explords, podem permitir execução remot de softwre rbitrário, flsificção

Leia mais

Modelo F1 LO Modelo F1 LO embutido Sprinklers de resposta padrão

Modelo F1 LO Modelo F1 LO embutido Sprinklers de resposta padrão Modelo F1 LO Modelo F1 LO embutido Sprinklers de resposta padrão Bulletin 117 Rev. X_PT Bulletin 117 Rev. X_PT Sprinkler Modelo F1 LO The Designer Em pé, padrão Pendente, padrão Pendente, cobertura estendida

Leia mais

para a figura 590FR Central e a figura 590FR Grinnell.

para a figura 590FR Central e a figura 590FR Grinnell. Serviços técnicos 00--9 +-0-7-0 www.tyco-fire.com Modelo CV-FR Válvulas de retenção de alarme a " (DN0 a DN00) Descrição geral As válvulas de retenção de alarme modelo CV-FR da Tyco dizem respeito a uma

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Mnul de Operção e Instlção Clh Prshll MEDIDOR DE VAZÃO EM CANAIS ABERTOS Cód: 073AA-025-122M Rev. B Novembro / 2008 S/A. Ru João Serrno, 250 Birro do Limão São Pulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999

Leia mais

Manual de instalação. Aquecedor de reserva de monobloco de baixa temperatura Daikin Altherma EKMBUHCA3V3 EKMBUHCA9W1. Manual de instalação

Manual de instalação. Aquecedor de reserva de monobloco de baixa temperatura Daikin Altherma EKMBUHCA3V3 EKMBUHCA9W1. Manual de instalação Aquecedor de reserv de monoloco de ix tempertur Dikin EKMBUHCAV EKMBUHCA9W Portugues Índice Índice Acerc d documentção. Acerc deste documento... Acerc d cix. Aquecedor de reserv..... Pr retirr os cessórios

Leia mais

SPRINKLERS SPRINKLERS RELIABLE. Modelo: F1FR QREC DESCRIÇÃO:

SPRINKLERS SPRINKLERS RELIABLE. Modelo: F1FR QREC DESCRIÇÃO: DESCRIÇÃO: Os Sprinklers Modelo F1FR QREC e os Sprinklers Rebaixados Modelo F1FR QREC da Reliable são sprinklers de resposta rápida que combinam a durabilidade de um sprinkler padrão com a perfil baixo

Leia mais

General Descrição Geral Description

General Descrição Geral Description Technical Services: Tel: (800) http://www.tyco-fireproducts.com 8-92 / Fax: (800) 79-5500 Series Série TY-B TY-B fact 2.8, 5.6, K 0, and 80 e 8.0 5 K-fact Upright, Sprinklers Pennt, Montantes, andpenntes

Leia mais

Obrigado por escolher Besafe izi Kid i-size. Informação vital. Preparação para instalação SIP+

Obrigado por escolher Besafe izi Kid i-size. Informação vital. Preparação para instalação SIP+ 1 6 d c e Mnul de utilizção f h g i j k l m 7 8 10 2 3 9 c e d no sentido inverso o d mrch Altur 61-105 cm 4 5 11 12 Peso máximo 18 kg Idde 6m-4 UN regultion no. R129 i-size 8 9 Origdo por escolher Besfe

Leia mais

CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO)

CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO) GESTÃO DE EMPRESAS CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO) Exercícios Amortizção de Empréstimos EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Exercício 1 Um empréstimo vi ser reembolsdo trvés de reembolsos nuis, constntes

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO LAMINADOS

BOLETIM TÉCNICO LAMINADOS A BOLETIM TÉCNICO LAMINADOS Últim tulizção Mio/2011 VERSÃO MAIO/2011 ACABAMENTOS NATURAL: O cbmento pdrão d chp possui bi reflectânci e pode presentr vrições de brilho. BRILHANTE: Esse tipo de cbmento

Leia mais

Hydraulics. Unidades Hidráulicas CATÁLOGO 2600-500/NA BR AGOSTO 1996

Hydraulics. Unidades Hidráulicas CATÁLOGO 2600-500/NA BR AGOSTO 1996 Hydrulics Uniddes Hidráulics CATÁLOGO 2600-500/NR AGOSTO 1996 Grnti Certificção Termo de grnti A Prker Hnnifin Ind. e Com. Ltd, Divisão Hidráulic, dorvnte denomind simplesmente Prker, grnte os seus produtos

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE FERREIRA DO ZÊZERE

CÂMARA MUNICIPAL DE FERREIRA DO ZÊZERE CAPITULO I VENDA DE LOTES DE TERRENO PARA FINS INDUSTRIAIS ARTIGO l. A lienção, trvés de vend, reliz-se por negocição direct com os concorrentes sendo o preço d vend fixo, por metro qudrdo, pr um ou mis

Leia mais

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra Serviços de Acção Socil d Universidde de Coimbr Serviço de Pessol e Recursos Humnos O que é o bono de fmíli pr crinçs e jovens? É um poio em dinheiro, pgo menslmente, pr judr s fmílis no sustento e n educção

Leia mais

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso.

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso. TERMO DE ADESÃO A POLITICA DE INSCRIÇÃO NOS EVENTOS DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM 9ª. JORNADA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM GERIÁTRICA E GERONTOLÓGICA TEMA CENTRAL: A interfce do cuiddo de enfermgem

Leia mais

Análise de Variância com Dois Factores

Análise de Variância com Dois Factores Análise de Vriânci com Dois Fctores Modelo sem intercção Eemplo Neste eemplo, o testrmos hipótese de s três lojs terem volumes médios de vends iguis, estmos testr se o fctor Loj tem influênci no volume

Leia mais

Uso Racional de Energia Elétrica em Residências e Condomínios

Uso Racional de Energia Elétrica em Residências e Condomínios Uso Rcionl de Energi Elétric em Residêncis e Condomínios Css Verifique s Condições ds Instlções : Dimensionmento; Execução; Mnutenção; Conservção. Css Verifique os Hábitos de consumo : Form pessol de utilizção

Leia mais

Português. Manual de Instruções. Função USB. Transferindo padrões de bordado para a máquina Atualização fácil da sua máquina

Português. Manual de Instruções. Função USB. Transferindo padrões de bordado para a máquina Atualização fácil da sua máquina Mnul de Instruções Função USB Trnsferindo pdrões de borddo pr máquin Atulizção fácil d su máquin Português Introdução Este mnul fornece descrições sobre trnsferênci de pdrões de borddo de um mídi USB

Leia mais

PREÇÁRIO Informação de Produtos e Serviços Aviso nº 1/95 do Banco de Portugal

PREÇÁRIO Informação de Produtos e Serviços Aviso nº 1/95 do Banco de Portugal 01-08-09 / Pág. 1/12 CRÉDITO PESSOAL CRÉDITO NO PONTO DE VENDA - PARTICULARES Crédito Lr Txs Representtivs Tx Preferencil Tx Nominl Nominl 7,500% 29,500% 18,3% CRÉDITO NO PONTO DE VENDA - EMPRESAS Crédito

Leia mais

Rolamentos com uma fileira de esferas de contato oblíquo

Rolamentos com uma fileira de esferas de contato oblíquo Rolmentos com um fileir de esfers de contto oblíquo Rolmentos com um fileir de esfers de contto oblíquo 232 Definições e ptidões 232 Séries 233 Vrintes 233 Tolerâncis e jogos 234 Elementos de cálculo 236

Leia mais

2015 Mercury Marine. 15/20 FourStroke. Motor de popa Instalação Operação Manutenção Garantia Manual

2015 Mercury Marine. 15/20 FourStroke. Motor de popa Instalação Operação Manutenção Garantia Manual 615 por 2015 Mercury Mrine 15/20 FourStroke 8M0110115 Motor de pop Instlção Operção Mnutenção Grnti Mnul por Declrção de Conformidde - Pr motores de propulsão de brcos recretivos com os requisitos d Diretriz

Leia mais

Revestimentos com alto desempenho para indústria de petróleo e gás. Desempenho excepcional, excelente serviço ao cliente

Revestimentos com alto desempenho para indústria de petróleo e gás. Desempenho excepcional, excelente serviço ao cliente Petróleo e Gás Revestimentos com lto desempenho pr indústri de petróleo e gás Desempenho excepcionl, excelente serviço o cliente Representndo Revestimentos de polietileno Revestimentos de polipropileno

Leia mais

McAfee Email Gateway Blade Server

McAfee Email Gateway Blade Server Gui de início rápido Revisão B McAfee Emil Gtewy Blde Server versão 7.x Esse gui de início rápido serve como um roteiro ásico pr instlção do servidor lde do McAfee Emil Gtewy. Pr oter instruções detlhds

Leia mais

Manual de funcionamento de EasyMP Multi PC Projection

Manual de funcionamento de EasyMP Multi PC Projection Mnul de funcionmento de EsyMP Multi PC Projection Índice Gerl 2 Sobre o EsyMP Multi PC Projection Estilos de reunião disponibilizdos pelo EsyMP Multi PC Projection... 5 Relizr reuniões utilizndo váris

Leia mais

40.69-PORB V33, K8.0 PRODUTOS DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS SPRINKLERS AUTOMÁTICOS

40.69-PORB V33, K8.0 PRODUTOS DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS SPRINKLERS AUTOMÁTICOS PARA MAIS DETALHES, CONSULTE A PUBLICAÇÃO VICTAULIC 10.01 O Sprinkler do tipo embutido, pendente, via-seca, Série V33 com tampa de proteção roscada e ajuste de ½" utiliza componentes internos de aço inox.

Leia mais

01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente. Pág. a. 02. Termo de responsabilidade do técnico pela ocupação da via pública. Pág.

01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente. Pág. a. 02. Termo de responsabilidade do técnico pela ocupação da via pública. Pág. Câmr Municipl d Amdor DAU - Deprtmento de Administrção Urbnístic OCUPAÇÃO DA VIA PÚBLICA 20 Assunto: Ocupção d Vi Públic. MOD. 20/CMA/DAU/2004 FOLHA 00 List de Documentos (Consultr instruções em nexo)

Leia mais

1 Fórmulas de Newton-Cotes

1 Fórmulas de Newton-Cotes As nots de ul que se seguem são um compilção dos textos relciondos n bibliogrfi e não têm intenção de substitui o livro-texto, nem qulquer outr bibliogrfi. Integrção Numéric Exemplos de problems: ) Como

Leia mais

Manual de Operações Atualização do KIT I

Manual de Operações Atualização do KIT I Mnul de Operções Atulizção do KIT I ÍNDICE ANTES DE INICIAR... 2 NOVOS RECURSOS...2 EXIBIÇÃO DO TECIDO DURANTE O ALINHAMENTO DA POSIÇÃO DO BORDADO... 3 ALTERAÇÃO DO TAMANHO DO DESENHO, MANTENDO A DENSIDADE

Leia mais

Construção e montagem

Construção e montagem Construção e montgem Tetos Knuf D11 Construção Os tetos Knuf com chps de gesso podem ser fixdos diretmente o teto originl ou suspensos com tirnte e suportes. As chps de gesso são prfusds num estrutur metálic,

Leia mais

LFS - Canaletas de PVC UFS - Caixas de Tomada para Piso

LFS - Canaletas de PVC UFS - Caixas de Tomada para Piso Ctálogo LFS - UFS LFS - Cnlets de PVC UFS - Cixs de Tomd pr Piso fique conectdo. pense oo. Linh LFS Cnlets de PVC Com lto pdrão estético, s cnlets OBO vlorizm o miente, lém de oferecerem possiilidde de

Leia mais

Transporte de solvente através de membranas: estado estacionário

Transporte de solvente através de membranas: estado estacionário Trnsporte de solvente trvés de membrns: estdo estcionário Estudos experimentis mostrm que o fluxo de solvente (águ) em respost pressão hidráulic, em um meio homogêneo e poroso, é nálogo o fluxo difusivo

Leia mais

Regulamento Promoção Promo Dotz

Regulamento Promoção Promo Dotz Regulmento Promoção Promo Dotz 1. Empres Promotor 1.1 Est promoção é relizd pel CBSM - Compnhi Brsileir de Soluções de Mrketing, dministrdor do Progrm Dotz, com endereço n Ru Joquim Florino n. 533 / 15º

Leia mais

ALICATES. Furo do rebite calibrado permite perfeito. sua vida útil. com alicates padrões.

ALICATES. Furo do rebite calibrado permite perfeito. sua vida útil. com alicates padrões. AICAES Mior Vid Útil do Corte Design do corte perfeiçodo e trtdo termicmente pr mior vid útil do licte. Cbo Ergonômico Cbo ntidesliznte fbricdo em duplo mteril pr mior conforto. Mior Durbilidde Fbricdo

Leia mais

16.8 Rápida K-factor de Supressão Precoce - Factor K 240 General Descrição Geral klers described herein must be installed and maintained in compliance

16.8 Rápida K-factor de Supressão Precoce - Factor K 240 General Descrição Geral klers described herein must be installed and maintained in compliance Close Technical Services: Tel: (800) 381-9312 / Fax: (800) 791-5500 http://www.tyco-fireproducts.co Mol Early Molo Suppression - Fast Sprinklers Response Montantes Upright Resposta Sprinklers 16.8 Rápida

Leia mais

28 de junho de 2013 11q DADOS TÉCNICOS

28 de junho de 2013 11q DADOS TÉCNICOS 28 de junho de 2013 11q 1. DESCRIÇÃO Os Rociadores Viking Micromatic e MicromaticHP de Resposta Regular a Montante e Convencional, (Estilo Antigo) são rociadores pequenos com ampola de vidro termo sensível,

Leia mais

USO DOMÉSTICO JET CLEAN. Manual de Instruções Lavadora de Alta Pressão Residencial. ATENÇÃO: Leia as instruções antes do uso.

USO DOMÉSTICO JET CLEAN. Manual de Instruções Lavadora de Alta Pressão Residencial. ATENÇÃO: Leia as instruções antes do uso. Mnul de Instruções Lvdor de Alt Pressão Residencil JET CLEAN ATENÇÃO: Lei s instruções ntes do uso. USO DOMÉSTICO SAL -Serviço de Atendimento Lvor 0800 770-2715 COMPONENTES G A N O F { F.1 F.2 F.3 C M

Leia mais

TÍTULO: Métodos de Avaliação e Identificação de Riscos nos Locais de Trabalho. AUTORIA: Ricardo Pedro

TÍTULO: Métodos de Avaliação e Identificação de Riscos nos Locais de Trabalho. AUTORIA: Ricardo Pedro TÍTULO: Métodos de Avlição e Identificção de Riscos nos Locis de Trblho AUTORIA: Ricrdo Pedro PUBLICAÇÕES: TECNOMETAL n.º 167 (Novembro/Dezembro de 2006) 1. Enqudrmento legl A vlição e identificção de

Leia mais

a a 3,88965 $140 7 9% 7 $187 7 9% a 5, 03295

a a 3,88965 $140 7 9% 7 $187 7 9% a 5, 03295 Anuiddes equivlentes: $480 + $113 + $149 5 9% 5 VPL A (1, 09) $56, 37 A 5 9% 3,88965 5 9% 5 9% AE = = = = $14, 49 = 3,88965 AE B $140 $620 + $120 + 7 9% 7 VPL B (1, 09) $60, 54 = = = 5, 03295 7 9% 7 9%

Leia mais

USO DOMÉSTICO. Manual de Instruções Lavadora de Alta Pressão Residencial. ATENÇÃO: Leia as instruções antes do uso.

USO DOMÉSTICO. Manual de Instruções Lavadora de Alta Pressão Residencial. ATENÇÃO: Leia as instruções antes do uso. Mnul de Instruções Lvdor de Alt Pressão Residencil SK USO DOMÉSTICO ATENÇÃO: Lei s instruções ntes do uso. SAL -Serviço de Atendimento Lvor 0800 770-715 COMPONENTES F A M N D E { E.1 E. E.3 C K L B { L.

Leia mais

Desvio do comportamento ideal com aumento da concentração de soluto

Desvio do comportamento ideal com aumento da concentração de soluto Soluções reis: tividdes Nenhum solução rel é idel Desvio do comportmento idel com umento d concentrção de soluto O termo tividde ( J ) descreve o comportmento de um solução fstd d condição idel. Descreve

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA MÓDULO CHÁ. Versão 1.1

CÓDIGO DE CONDUTA MÓDULO CHÁ. Versão 1.1 CÓDIO DE CONDUTA MÓDULO CHÁ Versão 1.1 Cópis e trduções deste documento estão disponíveis em formto eletrônico no site d UTZ Certified: www.utzcertified.org Este documento foi trduzido do Inglês. Se houver

Leia mais

Capítulo 3. Autómatos e respectivas linguagens

Capítulo 3. Autómatos e respectivas linguagens Cpítulo 3. Neste estudo, os utómtos serão considerdos principlmente como dispositivos de ceitção d lingugem, e respectiv estrutur intern será discutid pens n medid em que se relcione com lingugem ceite.

Leia mais

COPEL INSTRUÇÕES PARA CÁLCULO DA DEMANDA EM EDIFÍCIOS NTC 900600

COPEL INSTRUÇÕES PARA CÁLCULO DA DEMANDA EM EDIFÍCIOS NTC 900600 1 - INTRODUÇÃO Ests instruções têm por objetivo fornecer s orientções pr utilizção do critério pr cálculo d demnd de edifícios residenciis de uso coletivo O referido critério é plicável os órgãos d COPEL

Leia mais

Conheça a sua fatura da água!

Conheça a sua fatura da água! Conheç su ftur d águ! Jneiro de 20 FATURA/RECIBO N.º: 27 VALOR 8,7 Euros Município de Reguengos de Monsrz Titulr / Locl Mord ou sítio de leitur/do contdor Loclidde d mord de leitur NIF: Áre NIPC 07 040

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ILUMINAÇÃO TÉCNICA FÁBRICAS DE CULTURA

TERMO DE REFERÊNCIA ILUMINAÇÃO TÉCNICA FÁBRICAS DE CULTURA TERMO DE REFERÊNCIA ILUMINAÇÃO TÉCNICA FÁBRICAS DE CULTURA CAPÃO REDONDO Ru Lubvitch, 64 01123010 Bom Retiro São Pulo SP Tel/Fx: 11 3361 4976 www.poiesis.org.br TRIluminção Técnic ArenCPR ÍNDICE DO TERMO

Leia mais

U04.6. Câmara Municipal da Amadora. Pág. 1 a. 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009) 01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente.

U04.6. Câmara Municipal da Amadora. Pág. 1 a. 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009) 01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente. Câmr Municipl d Amdor Deprtmento de Administrção U04.6 Urbnísitic EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA PARA OBRAS INACABADAS LISTA DE DOCUMENTOS 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009)

Leia mais

Desempenho de coletores solares planos

Desempenho de coletores solares planos Universidde do Vle do Rio dos Sinos UNISINOS Progrm de Pós-Grdução em Engenhri Mecânic Energi Solr érmic Desempenho de coletores solres plnos 2 º. semestre, 2015 Os testes seguem norms específics. Brsil:

Leia mais

Internação WEB BR Distribuidora v20130701.docx. Manual de Internação

Internação WEB BR Distribuidora v20130701.docx. Manual de Internação Mnul de Internção ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 FATURAMENTO... 3 PROBLEMAS DE CADASTRO... 3 PENDÊNCIA DO ATENDIMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO

Leia mais

Manual do Instalador. Minisplit - Hiwall 2.600 a 7.000 BTU/h 9.000 a 24.000 BTU/h MS-SVN21C-PB

Manual do Instalador. Minisplit - Hiwall 2.600 a 7.000 BTU/h 9.000 a 24.000 BTU/h MS-SVN21C-PB Mnul do Instldor Minisplit - Hiwll 2.600 7.000 BTU/h 9.000 24.000 BTU/h 220 V - 60Hz Unid Intern Unid Extern Somente Quente 2MCW0-G 2TTK0-G Quente e Frio 2MWW0-G 2TWK0-G Abril 205 MS-SVN2C-PB Avisos e

Leia mais

CPV O cursinho que mais aprova na GV

CPV O cursinho que mais aprova na GV O cursinho que mis prov n GV FGV Administrção 04/junho/006 MATEMÁTICA 0. Pulo comprou um utomóvel fle que pode ser bstecido com álcool ou com gsolin. O mnul d montdor inform que o consumo médio do veículo

Leia mais

Regras. Resumo do Jogo Resumo do Jogo. Conteúdo. Conteúdo. Objetivo FRENTE do Jogo

Regras. Resumo do Jogo Resumo do Jogo. Conteúdo. Conteúdo. Objetivo FRENTE do Jogo Resumo do Jogo Resumo do Jogo Regrs -Qundo for seu turno, você deve jogr um de sus crts no «ponto n linh do tempo» que estej correto. -Se você jogr crt corretmente, terá um crt menos à su frente. -Se você

Leia mais

07 AVALIAÇÃO DO EFEITO DO TRATAMENTO DE

07 AVALIAÇÃO DO EFEITO DO TRATAMENTO DE 07 AVALIAÇÃO DO EFEITO DO TRATAMENTO DE SEMENTES NA QUALIDADE FISIOLOGICA DA SEMENTE E A EFICIENCIA NO CONTROLE DE PRAGAS INICIAIS NA CULTURA DA SOJA Objetivo Este trblho tem como objetivo vlir o efeito

Leia mais

Sistema de pré-acção com Válvula de Dilúvio modelo DV-5 Bloqueio duplo Actuação Eléctrica/Eléctrica 1-1/2 e 8 polegadas (DN40 e DN200)

Sistema de pré-acção com Válvula de Dilúvio modelo DV-5 Bloqueio duplo Actuação Eléctrica/Eléctrica 1-1/2 e 8 polegadas (DN40 e DN200) Serviços Técnicos Tel: (800)-38-9 / Fax: (800) 79-5500 Sistema de pré-acção com Válvula de Dilúvio modelo DV-5 Bloqueio duplo Actuação Eléctrica/Eléctrica -/2 e 8 polegadas (DN e DN200) Descrição geral

Leia mais

Controlador de Temperatura Modular

Controlador de Temperatura Modular Controldor de Tempertur Modulr E5ZN Novo Controldor de tempertur de montgem em clh DIN Possui dois cnis de controlo de tempertur, pesr de ter um lrgur de pens,5 mm. O Controldor de tempertur pode ser substituído

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA IMPRESSÃO e PRODUÇÃO DE MATERIAL INSTITUCIONAL

TERMO DE REFERÊNCIA IMPRESSÃO e PRODUÇÃO DE MATERIAL INSTITUCIONAL PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DA CASA CIVIL CDURP COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DA REGIÃO DO PORTO DO RIO DE JANEIRO TERMO DE REFERÊNCIA IMPRESSÃO e PRODUÇÃO DE MATERIAL

Leia mais

3. Cálculo integral em IR 3.1. Integral Indefinido 3.1.1. Definição, Propriedades e Exemplos

3. Cálculo integral em IR 3.1. Integral Indefinido 3.1.1. Definição, Propriedades e Exemplos 3. Cálculo integrl em IR 3.. Integrl Indefinido 3... Definição, Proprieddes e Exemplos A noção de integrl indefinido prece ssocid à de derivd de um função como se pode verificr prtir d su definição: Definição

Leia mais

1º semestre de Engenharia Civil/Mecânica Cálculo 1 Profa Olga (1º sem de 2015) Função Exponencial

1º semestre de Engenharia Civil/Mecânica Cálculo 1 Profa Olga (1º sem de 2015) Função Exponencial º semestre de Engenhri Civil/Mecânic Cálculo Prof Olg (º sem de 05) Função Eponencil Definição: É tod função f: R R d form =, com R >0 e. Eemplos: = ; = ( ) ; = 3 ; = e Gráfico: ) Construir o gráfico d

Leia mais

Faculdade de saúde Pública. Universidade de São Paulo HEP-5705. Epidemiologia I. Estimando Risco e Associação

Faculdade de saúde Pública. Universidade de São Paulo HEP-5705. Epidemiologia I. Estimando Risco e Associação 1 Fuldde de súde Públi Universidde de São Pulo HEP-5705 Epidemiologi I Estimndo Riso e Assoição 1. De 2.872 indivíduos que reeberm rdioterpi n infâni em deorrêni de presentrem o timo umentdo, 24 desenvolverm

Leia mais

b 2 = 1: (resp. R2 e ab) 8.1B Calcule a área da região delimitada pelo eixo x, pelas retas x = B; B > 0; e pelo grá co da função y = x 2 exp

b 2 = 1: (resp. R2 e ab) 8.1B Calcule a área da região delimitada pelo eixo x, pelas retas x = B; B > 0; e pelo grá co da função y = x 2 exp 8.1 Áres Plns Suponh que cert região D do plno xy sej delimitd pelo eixo x, pels rets x = e x = b e pelo grá co de um função contínu e não negtiv y = f (x) ; x b, como mostr gur 8.1. A áre d região D é

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Comissão Permanente de Concurso Público CONCURSO PÚBLICO 23 / MAIO / 2010

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Comissão Permanente de Concurso Público CONCURSO PÚBLICO 23 / MAIO / 2010 Ministério d Educção Universidde Tecnológic Federl do Prná Comissão Permnente de Concurso Público PR CONCURSO PÚBLICO 23 / MAIO / 2010 ÁREA / SUBÁREA: ELETROTÉCNICA GABARITO PROJETOS ELÉTRICOS INSTRUÇÕES

Leia mais

9. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS 9-1

9. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS 9-1 9. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 9-1 DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS 9-1 DESCRIÇÃO DO SISTEMA 9-2 9-5 BALANCIM, EIXOS DO BALANCIM 9-6 INSPEÇÃO DO CABEÇOTE 9-7 DESMONTAGEM DO CABEÇOTE 9-8 MOLAS DAS VÁLVULAS

Leia mais

Simbolicamente, para. e 1. a tem-se

Simbolicamente, para. e 1. a tem-se . Logritmos Inicilmente vmos trtr dos ritmos, um ferrment crid pr uilir no desenvolvimento de cálculos e que o longo do tempo mostrou-se um modelo dequdo pr vários fenômenos ns ciêncis em gerl. Os ritmos

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO: 1.1. NOME: 1.3. CPF: 1.4. Endereço: 2.1-Razão Social: 2.2- Nome Fantasia:

1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO: 1.1. NOME: 1.3. CPF: 1.4. Endereço: 2.1-Razão Social: 2.2- Nome Fantasia: Cdstro de Instlções e Sistems de Armzenmento de Derivdos de Petróleo e Outros Combustíveis 1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO: 1.1. NOME: 1.2. Doc. Identidde: Órgão Expedidor: UF: 1.3.

Leia mais

Acoplamento. Tipos de acoplamento. Acoplamento por dados. Acoplamento por imagem. Exemplo. É o grau de dependência entre dois módulos.

Acoplamento. Tipos de acoplamento. Acoplamento por dados. Acoplamento por imagem. Exemplo. É o grau de dependência entre dois módulos. Acoplmento É o gru de dependênci entre dois módulos. Objetivo: minimizr o coplmento grndes sistems devem ser segmentdos em módulos simples A qulidde do projeto será vlid pelo gru de modulrizção do sistem.

Leia mais

CVD PVD. Deposição de Vapor Químico. I Motivação e Aplicações. Ex: oxidação. Deposição de Vapor Químico. CVD Reação química na superfície

CVD PVD. Deposição de Vapor Químico. I Motivação e Aplicações. Ex: oxidação. Deposição de Vapor Químico. CVD Reação química na superfície CVD Deposição de Vpor Químico Deposição de Vpor Químico I Motivção e Aplicções Prof. José Humberto Dis d Silv Ciênci e Tecnologi de Filmes Finos POSMAT Unesp/Buru 1 I.1 - Introdução PVD Deposição Físic

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turm K) PLANIFICAÇÃO ANUAL Diretor do Curso Celso Mnuel Lim Docente Celso Mnuel

Leia mais

Aula 3 - Controle de Velocidade Motor CC

Aula 3 - Controle de Velocidade Motor CC 1 Acionmentos Eletrônicos de Motores Aul 3 - Controle de Velocidde Motor CC Prof. Márcio Kimpr Prof. João Onofre. P. Pinto Universidde Federl de Mto Grosso do Sul/FAENG BATLAB Cmpo Grnde MS Prof. Mrcio

Leia mais

CATÁLOGO DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO BÁSICOS

CATÁLOGO DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO BÁSICOS CTÁLOGO DE PEÇS DE REPOSIÇÃO ÁSICOS ÁSICOS ase Fácil Deca Tabela de conversão PPR, PVC E CPVC....................................................... 6 50.HD.0.PPR Registro de gaveta HD para PPR de 0 mm..................................................

Leia mais

Considerando a necessidade de contínua atualização do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores - PROCONVE;

Considerando a necessidade de contínua atualização do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores - PROCONVE; http://www.mm.gov.br/port/conm/res/res97/res22697.html Pge 1 of 5 Resoluções RESOLUÇÃO Nº 226, DE 20 DE AGOSTO DE 1997 O Conselho Ncionl do Meio Ambiente - CONAMA, no uso ds tribuições que lhe são conferids

Leia mais

Válvula de Governo e Alarme 2.1/2 e 3

Válvula de Governo e Alarme 2.1/2 e 3 DESCRIÇÃO: A Válvula de Alarme Modelo E atua como um dispositivo de alarme de fluxo de água em sistemas espargidores de tubo úmido. O projeto permite instalação sob condições de fornecimento de pressão

Leia mais

Stûv 16-in [pt] instalace installation installatie installazione instalación instalace installation

Stûv 16-in [pt] instalace installation installatie installazione instalación instalace installation zione instlce instlltion instlltie instllzione instlción instlção instlce destindo instlltion o instldor instlltie instlce instlltion instlltie instllzione instlción instlce instlltion instlltie instllzione

Leia mais

Declaração de conformidade Mercury MerCruiser

Declaração de conformidade Mercury MerCruiser NOTA: As informções seguir se plicm os produtos com mrc CE pens. Declrção de conformidde Mercury MerCruiser A unidde de trção de pop (Sterndrive) ou o motor de bordo, qundo instldos de cordo com s instruções

Leia mais

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU 1 ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU EDITAL UFU/PREFE/044/2010 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO(A) A Pró-reitori de Grdução d Universidde Federl de Uberlândi, mprd no rtigo 248 ds Norms de Grdução

Leia mais

Dia 1 de Outubro Dia Nacional da Água

Dia 1 de Outubro Dia Nacional da Água Divisão de Plnemento Ambientl e Proteção Civil Di 1 de Outubro Di Ncionl d Águ entre 2 mil e 8 mil milhões de pessos té Águ 2050, num momento em que meç do Aquecimento Globl d Terr é um A águ é essencil

Leia mais

Regulamentos sobre Emissões da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA)

Regulamentos sobre Emissões da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) Origdo por ter dquirido um dos melhores motores de pop disponíveis no mercdo. Você fez um excelente investimento no lzer mrítimo. Seu motor de pop foi fricdo pel Mercury Mrine, líder mundil em tecnologi

Leia mais

Tel: (800) 381-9312 / Fax: (800) 791-5500. the center of the ceiling hole into plaster

Tel: (800) 381-9312 / Fax: (800) 791-5500. the center of the ceiling hole into plaster Technicl Services: http://www.tyc-fireprducts.cm Tel: (800) 381-9312 / Fx: (800) 791-5500 Série Series fcr 5.6 K-fcrK 80 Sprklers Ryl Flush Penntes II Pennt Oculs Cnceled Ryl Flush Sprklers II Respst Quick

Leia mais

RETORNO DO SISTEMA DE ALINHAMENTO DE CORREIA

RETORNO DO SISTEMA DE ALINHAMENTO DE CORREIA NOVO PRODUTO RETORNO DO SISTEM DE LINHMENTO DE CORREI Versão 6.3-06/013 BRELKO CONVEYOR PRODUCTS REI COR D O Ã Ç DIREC SISTEM DE LINHMENTO DE CORREI - RETORNO PTENTEDO PLICÇÕES Instale o sistema de alinhamento

Leia mais

Grupo Educacional Unis

Grupo Educacional Unis Fundção de Ensino e Pesquis do Sul de Mins Centro Universitário do Sul de Mins Editl de Processo Seletivo Modlidde Distânci - CPS 01/2015 Vestibulr 2015 1º Semestre Grupo Educcionl Unis O Reitor do Centro

Leia mais

Projecções Cotadas. Luís Miguel Cotrim Mateus, Assistente (2006)

Projecções Cotadas. Luís Miguel Cotrim Mateus, Assistente (2006) 1 Projecções Cotds Luís Miguel Cotrim Mteus, Assistente (2006) 2 Nestes pontmentos não se fz o desenvolvimento exustivo de tods s mtéris, focndo-se pens lguns items. Pelo indicdo, estes pontmentos não

Leia mais

MANUAL DO PROPRIETÁRIO P T MOTOSERRAS G3800

MANUAL DO PROPRIETÁRIO P T MOTOSERRAS G3800 MANUAL DO RORIEÁRIO MOOSERRAS G3800 1 EXLICAÇÃO DOS SÍMBOLOS E AVISOS DE SEGURANÇA Lei o livro de instruções do operdor ntes de operr est máquin. Use protecções d cbeç, olhos e ouvidos. Use motoserr com

Leia mais

OWAlifetime OWAconsult. Resistência ao fogo FOGO: EN 13501 A NORMA EUROPEIA

OWAlifetime OWAconsult. Resistência ao fogo FOGO: EN 13501 A NORMA EUROPEIA OWAlifetime OWAconsult Resistênci o fogo FOGO: EN 13501 A NORMA EUROPEIA 2 As norms europeis As Norms Europeis Hrmonizs sobre o Fogo são um conjunto e norms que form ceits por toos os píses Comunie Econômic

Leia mais

Processo TIG. Eletrodo (negativo) Argônio. Arco elétrico Ar Ar + + e - Terra (positivo)

Processo TIG. Eletrodo (negativo) Argônio. Arco elétrico Ar Ar + + e - Terra (positivo) Processo TIG No processo de soldgem rco sob proteção gsos, região se unir é quecid té que se tinj o ponto de fusão, pr que isto ocorr, é fornecid um energi trvés do rco elétrico, que irá fundir tnto o

Leia mais

SEGUROS E FUNDOS DE PENSÕES

SEGUROS E FUNDOS DE PENSÕES E FUNDOS PENSÕES o O Gui de Seguros e tem como objectivo principl esclrecer o leitor, em lingugem simples e cessível, cerc dos conceitos, tipos de contrtos e procedimentos n áre dos seguros e fundos de

Leia mais

Cartilha Explicativa. Segurança para quem você ama.

Cartilha Explicativa. Segurança para quem você ama. Crtilh Explictiv Segurnç pr quem você m. Bem-vindo, novo prticipnte! É com stisfção que recebemos su desão o Fmíli Previdênci, plno desenhdo pr oferecer um complementção de posentdori num modelo moderno

Leia mais

Ar condicionado a absorção e Central modular de co-geração de energia

Ar condicionado a absorção e Central modular de co-geração de energia Ar condiciondo sorção e Centrl modulr de co-gerção de energi Opções Competitivs n Gestão Energétic Eng./Arq. Mrco Tulio Strling de Vsconcellos IX CONBRAVA 23 de Setemro de 2005 Tópicos d Apresentção Chillers

Leia mais

Ondulada Brasilit. Catálogo Técnico

Ondulada Brasilit. Catálogo Técnico Onduld Brsilit Ctálogo Técnico TECNOLOGIA CRFS: CIMENTO REFORÇADO COM FIO SINTÉTICO. A ALTERNATIVA SEGURA DA BRASILIT PARA A SUBSTITUIÇÃO DEFINITIVA DO AMIANTO. Seguindo um tendênci mundil, e em respeito

Leia mais

Característica de Regulação do Gerador de Corrente Contínua com Excitação em Derivação

Característica de Regulação do Gerador de Corrente Contínua com Excitação em Derivação Experiênci I Crcterístic de egulção do Gerdor de Corrente Contínu com Excitção em Derivção 1. Introdução Neste ensio máquin de corrente contínu ANEL trblhrá como gerdor utoexcitdo, não sendo mis necessári

Leia mais

Válvulas Sinclair Collins

Válvulas Sinclair Collins Climte & Industril Controls Válvuls Sinclir Collins Ctálogo 116-1 BR Junho 00 Termo de Grnti A Prker Hnnifin Ind. e Com. Ltd, Divisão, dorvnte denomind simplesmente Prker, grnte os seus produtos pelo przo

Leia mais

Ilha Solteira, 17 de janeiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013

Ilha Solteira, 17 de janeiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013 Nossos prceiros Pel trnsprênci e qulidde d plicção dos recursos públicos Ilh Solteir, 17 de jneiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013 Ao Exmo. Sr. Alberto dos Sntos Júnior Presidente d Câmr Municipl de Ilh

Leia mais

TECNOLOGIAS DE MICRO-GERAÇÃO E SISTEMAS PERIFÉRICOS. 2 Pilhas de combustível

TECNOLOGIAS DE MICRO-GERAÇÃO E SISTEMAS PERIFÉRICOS. 2 Pilhas de combustível 2 Pilhs de combustível 18 2.1 Descrição d tecnologi As céluls de combustível são equipmentos estáticos que convertem energi químic contid no combustível directmente em energi eléctric. O princípio de funcionmento

Leia mais

Licença de uso exclusiva para Petrobrás S.A. Licença de uso exclusiva para Petrobrás S.A. NBR 13434

Licença de uso exclusiva para Petrobrás S.A. Licença de uso exclusiva para Petrobrás S.A. NBR 13434 ABNT-Associção Brsileir de Norms Técnics Sede: Rio de Jneiro Av. Treze de Mio, 13-28º ndr CEP 20003-900 - Cix Postl 1680 Rio de Jneiro - RJ Tel.: PABX (021) 210-3122 Fx: (021) 220-1762/220-6436 Endereço

Leia mais

Gestão do solo em SOUTOS para optimização da produtividade e da sustentabilidade

Gestão do solo em SOUTOS para optimização da produtividade e da sustentabilidade I XORNADAS INTERNACIONAIS SOBRE O CASTIÑEIRO Consellerí do Medio Rurl. Xunt de Glici Ourense, 22-24 Mio 2008 Gestão do solo em SOUTOS pr optimizção d produtividde e d sustentbilidde Afonso Mrtins UTAD

Leia mais

COLÉGIO MILITAR DE BELO HORIZONTE CONCURSO DE ADMISSÃO 2006 / 2007 PROVA DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO

COLÉGIO MILITAR DE BELO HORIZONTE CONCURSO DE ADMISSÃO 2006 / 2007 PROVA DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO COLÉGIO MILITA DE BELO HOIZONTE CONCUSO DE ADMISSÃO 6 / 7 POVA DE MATEMÁTICA 1ª SÉIE DO ENSINO MÉDIO CONFEÊNCIA: Chefe d Sucomissão de Mtemátic Chefe d COC Dir Ens CPO / CMBH CONCUSO DE ADMISSÃO À 1ª SÉIE

Leia mais

Comportamento de RISCO

Comportamento de RISCO Comportmento de RISCO SEXO e um responsilidde Aprtment203/1016YA FCRISKY Cred Progrm Ncionl De Lut Contr SIDA Poe seguinte list por ordem, do comportmento mis seguro pr o mis rriscdo c d Ter vários prceiros

Leia mais

CINÉTICA QUÍMICA CINÉTICA QUÍMICA. Lei de Velocidade

CINÉTICA QUÍMICA CINÉTICA QUÍMICA. Lei de Velocidade CINÉTICA QUÍMICA Lei de Velocidde LEIS DE VELOCIDADE - DETERMINAÇÃO Os eperimentos em Cinétic Químic fornecem os vlores ds concentrções ds espécies em função do tempo. A lei de velocidde que govern um

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA EEL7011 ELETRICIDADE BÁSICA TURMA: 141A

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA EEL7011 ELETRICIDADE BÁSICA TURMA: 141A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA EEL7011 ELETRICIDADE BÁSICA TURMA: 141A EQUIVALENTES DE THÉVENIN E NORTON E MÉTODOS DIRETO E INDIRETO DE MEDIR UMA RESISTÊNCIA

Leia mais