WEEGE, JULIANA LAGARRETA GUEDES RELATÓRIO FINAL DE PROJETO PROJETO DE SOLUÇÃO DE REDES JTI

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WEEGE, JULIANA LAGARRETA GUEDES RELATÓRIO FINAL DE PROJETO PROJETO DE SOLUÇÃO DE REDES JTI"

Transcrição

1 Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática JANAÍNA WEEGE, JULIANA LAGARRETA GUEDES RELATÓRIO FINAL DE PROJETO PROJETO DE SOLUÇÃO DE REDES JTI Desenvolvimento Web Pelotas 2014

2 JANAÍNA WEEGE, JULIANA LAGARRETA GUEDES RELATÓRIO FINAL DE PROJETO PROJETO DE SOLUÇÃO DE REDES JTI Desenvolvimento Web Relatório Técnico apresentado como requisito parcial para obtenção de aprovação na disciplina de Projeto e Implantação de Servidores, Projeto e Implantação de Redes, Segurança de Redes e Virtualização, no curso Técnico em Informática, na E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico. Orientadores: Prof. Nataniel Vieira Prof. Dartagnan Farias Pelotas 2014

3 RESUMO O presente relatório tem por objetivo apresentar uma solução de infraestrutura física e lógica de rede para a empresa JTI Desenvolvimento Web, apresentado e justificando os equipamentos e configurações utilizadas, além de propor um orçamento de todos os equipamentos, hardware, software e mão de obra utilizada. Expor todo o estudo e planejamento de plantas, a estrutura de cabeamento utilizada, planejamento em servidores e as configurações realizadas para o funcionamento eficaz da rede de comunicação da empresa em questão. Definições para manter sempre a empresa a mais segura possível aplicando técnicas de política de ti, sistemas de segurança e proteção da rede como o Firewall, sistema de backup para duplicação dos dados, plano de endereçamento privado e serviço de compartilhamento de arquivos dentro da rede. Todas essas soluções sendo aplicadas com o objetivo principal de manter sempre a rede e seus recursos disponíveis, íntegros e seguros. Será feito o planejamento de implantação visando a funcionalidade da rede, desempenho, disponibilidade, escalabilidade, segurança e gerência. Serão implantados serviços básicos de servidor de arquivos, compartilhamento de informações, cópias para restauração futura (backups), controle de acesso à internet e segurança da informação. Serão apresentados os projetos lógico e físico com base nas plantas baixas a serem apresentadas. Palavras-chave: Cabeamento. Projeto. Servidor. Segurança.

4 Sumário 1 INTRODUÇÃO Objetivo Cabeamento estruturado PLANEJAMENTO O projeto A empresa Exigências da empresa no projeto Situação inicial Ferramentas de Pesquisa ESTRUTURA FÍSICA ESTRUTURA LÓGICA Servidor Samba Servidor DHCP Firewall Sistema de Backup (RAID) Plano de endereçamento IP Plano de Internet Configurações do roteador wireless Topologia de Rede Física e Lógica...10

5 4 5 POLÍTICA DE TI E ORÇAMENTO Política de TI Orçamento CONCLUSÕES...12 BIBLIOGRAFIA...13 ANEXO A PLANTAS BAIXAS...16 ANEXO B ESTRUTURA DA REDE...18 ANEXO C MEMORIAL DESCRITIVO...19 ANEXO D CONFIGURAÇÕES DO SERVIDOR...31 ANEXO E POLÍTICA DE TI...38 ANEXO F ORÇAMENTO...42

6 5 1 INTRODUÇÃO 1.1 Objetivo Prover uma solução de rede estruturada, além da implantação de servidores necessários ao funcionamento eficiente da empresa. Propor orçamento de todo o projeto, equipamentos e softwares necessários e mão de obra. Independente do tamanho e do grau de complexidade, o objetivo básico de uma rede é garantir que todos os recursos disponíveis sejam compartilhados rapidamente, com segurança e de forma confiável. Para tanto, uma rede de computadores deve possuir regras básicas e mecanismos capazes de garantir o transporte seguro das informações entre os seus elementos constituintes. 1.2 Cabeamento estruturado Atualmente é a estrutura de cabeamento mais adequada para uma infraestrutura de redes locais. O seu princípio básico baseia-se na previsão adequada dos recursos necessários para atender a quaisquer exigências de expansão ou movimentação dos pontos de rede na infraestrutura física das edificações. É um sistema que envolve cabos e hardware de conexão, capaz de atender às necessidades de telecomunicações e TI dos usuários de edifícios comerciais. É uma solução que oferece uma excelente relação custo/benefício. Apenas em situações em que as mudanças físicas na organização são esporádicas ou quando uma obra civil que se faça necessária para a implantação da rede é muito dispendiosa, é que não se obtém a melhor relação nesta solução. Apesar de um custo de projeto e de instalação inicial maior, esta solução apresenta uma economia em longo prazo, se comparada ao cabeamento não-estruturado, e contabilizando os gastos que seriam necessários com a solução não-estruturada frente às mudanças e às novas instalações de rede. Entretanto, o maior benefício desta solução encontra-se na flexibilização dos recursos de conexão oferecidos, como a adequação às novas tecnologias emergentes e às facilidades para crescimento.

7 6 2 PLANEJAMENTO 2.1 O projeto Data de início: 04 de agosto de 2014 Prazo de entrega: 31 de outubro de 2014 Responsáveis: Janaína Weege e Juliana Lagarreta Guedes 2.2 A empresa Razão social: JTI Desenvolvimento Web Edifício: Santa Justina Endereço: Rua Professor Araújo, º andar, centro, Pelotas Proprietário: Lenon Westphal Área útil total: 45 m2 2.3 Exigências da empresa no projeto Sistemas operacionais desktop Windows; Disponibilidade de rede wireless em todas as dependências da empresa; Salas de Produção e Servidor climatizadas; Não efetuar modificações nos banheiros. 2.4 Situação inicial De acordo com a Figura 1 do Anexo A, podemos perceber a estrutura em planta baixa da empresa já existente que não possuía uma infraestrutura de rede adequada a sua realidade. Com o espaço sendo relativamente pequeno, o planejamento das modificações dentro deste ambiente devem ser criteriosos. 2.5 Ferramentas de Pesquisa Para implementar o servidor e suas configurações, utilizamos o software de vitualização VMWare, que permite criar várias máquinas virtuais dentro de uma máquina real. Para fazer a simulação de configuração do roteador wireless foi utilizado um emulador da linksys disponível no link que consta nas referências. Foram utilizados diversos sites de pesquisa para encontrar informações e preços de equipamentos. Também foram consultados livros que deram uma base garantida de conhecimento. Consultou-se também o norma da ABNT NBR Procedimento básico para elaboração de projetos de cabeamento de telecomunicações para rede interna estruturada que fala sobre o cabeamento em redes de telecomunicações. A norma estabelece os critérios mínimos para a elaboração de projetos de rede interna estruturada de telecomunicações, em edificações de uso comercial, independente de seu porte.

8 7 3 ESTRUTURA FÍSICA Neste tipo de estrutura se encaixam todos os equipamentos que constituem a rede de computadores, tanto da rede cabeada como da rede sem fio. O meio físico utilizado na ligação dos computadores à rede foi o cabo UTP de quatro pares cat. 5e que é amplamente utilizado em redes de computadores pelo seu alto desempenho alcançado. Os computadores por sua vez, da marca DELL, prometem satisfazer muito bem seus usuários com sua alta performance e desempenho. O switch escolhido que contém 24 portas, além de atender a necessidade atual(11 portas), prevê a evolução da empresa a fim de atender o consumo futuro, de acordo com as definições do cabeamento estruturado. O roteador wireless Linksys E2500 promete a velocidade e a cobertura de um produto da Cisco, além de operar em banda N nas frequências de 2,4 GHz e 5GHz simultaneamente. As impressoras HP selecionadas, trazem sua qualidade de impressão de modo a satisfazer seus usuários. Uma delas multifuncional jato de tinta e outra multifuncional a laser garantindo mais qualidade de impressão. O nobreak, elemento crucial para o funcionamento permanente da rede, mantendo a disponibilidade dos serviços. Como meio de condução dos cabos foram utilizadas as eletrocalhas como caminho primário próximas ao teto e os eletrodutos como caminho secundário conduzindo da eletrocalha até as tomadas de rede. De forma a conectar os computadores à rede é necessário o uso também dos conectores RJ45 fêmea e macho. O RJ45 fêmea fica localizado na tomada de telecomunicações de modo que o conector RJ45 macho consiga se conectar a ele estabelecendo comunicação com os computadores. A tomada de telecomunicações também é composta pela caixa e pelo espelho que ficam em uma das extremidades do eletroduto. Para conectorização dos cabos UTP, foi utilizado o padrão T568-A que descreve a seguinte ordem de conectorização: branco-verde, verde, branco-laranja, azul, branco-azul, laranja, branco-marrom, marrom, como sugere a imagem. Toda a infraestrutura física está descrita detalhadamente no memorial descritivo em anexo a este relatório.

9 8 4 ESTRUTURA LÓGICA 4.1 Servidor Samba O Samba é um "software servidor" para Linux que permite o gerenciamento e compartilhamento de recursos em redes formadas por computadores com o Windows. Assim, é possível usar o Linux como servidor de arquivos, servidor de impressão, entre outros, como se a rede utilizasse servidores Windows. No arquivo de configuração do samba smb.conf foram definidas as pastas a serem compartilhadas na rede. Sendo elas: -Produção, -Arquivos, - Normas, - Dados, e Administrativo. Foram cadastrados 12 usuários: desenv1, desenv2, desenv3, desenv4, desenv5, desenv6, desenv7, desenv8, recepção, administrador, tecnico, e diretor. As imagens que se referem às configurações do arquivo do samba seguem em anexo (anexo D). 4.2 Servidor DHCP O DHCP permite que todos os computadores da rede recebam suas configurações de rede automaticamente a partir de um servidor central, sem que seja necessário ficar configurando os endereços manualmente em cada um. Foi definido o escopo de uma classe C inteira de até distribuídos de forma dinâmica entre os computadores da rede e alguns fixados para a impressora, roteador wireless e servidor. As configurações foram feitas no arquivo de configuração dhcpd.conf. Os detalhes de instalação e configuração seguem no anexo D, ao final deste relatório. 4.3 Firewall O Firewall é uma barreira de proteção que ajuda a bloquear o acesso de conteúdo malicioso, mas sem impedir que os dados que precisam transitar continuem fluindo. São aplicativos ou equipamentos que ficam entre um link de comunicação e um computador, checando e filtrando todo o fluxo de dados. Esse tipo de solução serve tanto para aplicações empresariais quanto para domiciliar, protegendo não só a integridade dos dados na rede mas também a confidencialidade deles. O firewall é um sistema que atua como ponto de defesa entre as redes pública e privada, controlando o tráfego de dados e tem como principal objetivo proteger a empresa contra incidentes de segurança que podem ocorrer devido a falhas na política de segurança da mesma e podendo deixar a rede vulnerável a ataques de redes não seguras e não confiáveis. No caso da empresa JTI Desenvolvimento Web, dentre os principais componentes que influem diretamente no nível de segurança do sistema, o mais importantes é o DMZ, ou zona desmilitarizada, que além de oferecer outros recursos, isola o tráfego da internet da rede coorporativa, o que trata diretamente da integridade e confidencialidade dos dados coorporativos. O NAT, tradutor de endereços de rede, também ajuda a tornar a rede mais segura, pois esconde os endereços da rede interna e a topologia utilizada, dificultando ataques externos.

10 9 4.4 Sistema de Backup (RAID) RAID é um sistema de discos rígidos rápido e confiável, por meio de discos individuais. Ele trabalha com dois conceito. O primeiro deles é a divisão dos dados que tem por objetivo aumentar o desempenho da máquina e o segundo deles é o espelhamento, que tem por objetivo aumentar a confiabilidade dos dados armazenados. Por meio do espelhamento, os dados armazenados em um disco rígido são imediatamente copiados para outro disco rígido. Caso o primeiro disco rígido falhe, o segundo entra em ação imediatamente e automaticamente. Para o servidor da empresa em questão foi configurado o RAID 1, que trabalha com o segundo conceito, o de espelhamento, que é amplamente utilizado, pois assegura maior confiabilidade na armazenagem dos dados. 4.5 Plano de endereçamento IP Aplicou-se uma classe C inteira para o endereçamento da rede interna, não vimos a necessidade de se subdividir a classe pois uma classe C inteira na rede interna(privada) não gera custos adicionais e também possibilita que novos hosts sejam inseridos na rede com mais facilidade sem se preocupar com a falta de endereços IP. Abaixo segue a tabela com o escopo de endereços da rede privada. ID /24 1º IP Último IP Broadcast Máscara de sub-rede Plano de Internet Banda larga da GVT de 25 Mega. Download: 25 Mega Upload: 2 Mega Instalação do modem Configuração do modem Teste Power GVT Wi-Fi Vantagens: Banda Larga sem limites: Você não precisa se preocupar com a franquia de consumo; Pode fazer downloads e uploads sem limites. Velocidade de upload: Com as velocidades de upload Power pode-se enviar arquivos pesados ou s em um clique. A GVT configura e instala o modem: Técnicos especializados instalam e configuram o modem no seu computador. Teste sua velocidade: Só a GVT oferece uma ferramenta para você testar e confirmar a entrega da velocidade contratada.

11 10 IP Fixo: Disponível opcionalmente para todas as velocidades (restrição de 1 IP fixo por Banda Larga). Não compatível com GVT TV. 4.7 Configurações do roteador wireless Foram realizadas algumas configurações no roteador wireless a fim de prover segurança, integridade e disponibilidade de rede tanto para funcionário e clientes. Foram atribuídas senhas de acesso ao roteador, de acesso à rede pelos funcionários, e de acesso à internet aos clientes. As ilustrações contendo as configurações do roteador encontram-se em anexo ao final deste relatório. 4.8 Topologia de Rede Física e Lógica A topologia de rede escolhida para compor a rede foi a topologia estrela. A topologia em estrela utiliza cabos de par trançado e um concentrador como ponto central da rede, neste caso, um switch. O concentrador se encarrega de retransmitir todos os dados para todas as estações, mas com a vantagem de tornar mais fácil a localização dos problemas, já que se um dos cabos, uma das portas do concentrador ou uma das placas de rede estiver com problemas, apenas o nó ligado ao componente defeituoso ficará fora da rede. Possui vantagens como: a codificação e adição de novos computadores é simples; o gerenciamento é centralizado; e a falha de um computador não afeta o restante da rede. E a desvantagem deste tipo de topologia encontra-se na falha do dispositivo central, que paralisa a rede inteira. Apesar disso, é a topologia mais utilizada em redes de computadores. Em anexo encontra-se a imagem ilustrando a topologia da rede com seus componentes integrados. (ANEXO B).

12 11 5 POLÍTICA DE TI E ORÇAMENTO 5.1 Política de TI O objetivo da política de TI é garantir que os recursos de informática e a informação serão utilizados de maneira adequada. O usuário deve conhecer as regras para utilização da informação de maneira segura, evitando expor qualquer informação que possa prejudicar a empresa, seus funcionários, ou parceiros. Na política de TI é que estão descritas todas as regras da empresa para garantir que suas informações, dados, equipamentos e reputação da empresa não sejam atacados, perdidos ou prejudicados. Além de estabelecer regras, a política de TI também apresenta possíveis consequências do não cumprimento da política, e como resultado o usuário ou funcionário que desrespeitar essas regras pode sofres com punições de acordo com a gravidade do erro. O conteúdo deste documento está disponível em anexo a este relatório (ANEXO E). 5.2 Orçamento O orçamento deste projeto tem como foco a abrangência de toda a infraestrutura física e lógica da empresa. Abrange todos os custos relacionados às mudanças realizadas no projeto de solução de rede da empresa além de toda a infraestrutura nova aplicada. Os valores apresentados foram extraídos de diversas fontes entre sites de venda e tabelas de orçamento de obras civis, como ORSE, IOPES e SINAPI. O valor de todos os equipamentos e materiais necessários à obra fica em R$ ,236. O valor de toda a mão de obra fica em R$3.390,573. Totalizando R$ ,809. O orçamento detalhado de quantidade e valores comerciais encontra-se em anexo a este reletório. (ANEXO F).

13 12 6 CONCLUSÕES As redes de computadores estabelecem uma forma de interligação de computadores a fim de possibilitar o compartilhamento de informações e recursos através da rede. Sendo assim, foi necessário aplicar técnicas de segurança para manter sempre a rede segura, íntegra e disponível. A aplicação de equipamentos de qualidade foi importante pois também influencia na questão de segurança e disponibilidade. Porém encontrou-se alguma dificuldade quanto à área útil da empresa, mas tendo modificado a infraestrutura interna foi conseguido aplicar a infraestrutura física da rede de forma a atender às exigências da empresa. Por fim, pode-se concluir que este projeto foi de fundamental importância na construção do conhecimento em redes de computadores, embora não tenhamos conseguido aplicar todas as técnicas desejadas à rede.

14 13 BIBLIOGRAFIA CARISSIMI, Alexandre da Silva. ROCHOL, Juergen. GRANVILLE, Lizandro Zambenedetti. Redes de Computadores. Porto Alegre: Bookman, FERREIRA, Rubem E. Linux: Guia do Administrador do sistema. Segunda edição.são Paulo: Novatec Editora, MARIN, Paulo Sérgio. Cabeamento Estruturado: Desvendando cada passo: do projeto à instalação. Terceira edição. São Paulo: Editora Érica Ltda, MORIMOTO, Carlos E. Servidores Linux: Guia Prático. Porto Alegre: Sul Editores, PINHEIRO, José Maurício dos S. Guia Completo de Cabeamento de Redes. Rio de Janeiro: Editora Elsevier, ABNT. NBR 14565: Procedimento básico para elaboração de projetos de cabeamento de telecomunicações para rede interna estruturada. Acesso em <15/10/2014>. Disponível em <http://www.samuelsouza.com/admin/disciplina/uploads/nbr14565.pdf>. ALECRIM, Emerson. Protocolo DHCP. Acesso em <24/09/2014>. Disponível em <http://www.infowester.com/dhcp.php>. Banda Larga GVT. Acesso em <27/10/2014>. Disponível em <http://www.gvt.com.br/portalgvt/residencial/banda-larga>. Emulador Roteador Wireless Linksys. REFERÊNCIAS DOS EQUIPAMENTOS Rack Aberto Tipo Coluna Ou Torre. Acesso em <17/10/2014>. Disponível <http://produto.mercadolivre.com.br/mlb rack-aberto-tipo-coluna-ou-torre42us-c-2-guias-e-3-bandeja-_jm>. em

15 14 Certificado de homologação ANATEL. Acesso em <17/10/2014>. Disponível em <http://www.telcon.com.br/telcon/upload/certificados/utp_4_pares_flexivel_24_awg_cat5e_ cm_1.pdf>. Conector RJ45 Fêmea CAT5E. Acesso em <22/10/2014>. Disponível em <http://www.dhcp.com.br/conector-rj45-femea-cat5e-keystone.html>. Switch Montável em Rack de 24 portas 10/100Mbps. Acesso em <21/10/2014>. Disponível em <http://www.tp-link.com.br/products/details/?model=tl-sf1024]>. Switch 24 Portas Gigabit de Mesa ou Montável em Rack 10/100/1000 TL-SG1024D Tplink. Acesso em <21/10/2014>. Disponível em <http://www.glacon.com.br/w1/index.php? class=produto&method=detalhe&id_produto=6046>. PowerEdge T110 II. Acesso em <20/10/2014>. Disponível em <http://www.dell.com/br/empresa/p/poweredge-t1102/pdoc=entbpt110iibpt2&model_id=poweredge-t110-2>. Computador OptiPlex 3020 Micro. Acesso em <21/10/2014>. Disponível em <http://www.dell.com/br/empresa/p/optiplex-3020m-desktop/pd? oc=cao3020mw7p005br&model_id=optiplex-3020m-desktop>. APC NoBreak. Acesso em <21/10/2014>. Disponível em <http://accessories.la.dell.com/sna/productdetail.aspx? c=br&l=pt&s=dhs&cs=brdhs1&sku= #overview>. Deskjet Ink Advantage Multifuncional HP Wireless. Acesso em <20/10/2014>. Disponível em <http://www.glacon.com.br/w1/index.php? class=produto&method=detalhe&id_produto=8432>. Capa para conector RJ45. Acesso em <20/10/2014>. Disponível em <http://www.dhcp.com.br/capa-para-conector-rj-45-azul.html>. Roteador Linksys Sem fio E2500. Acesso em <21/10/2014>. Disponível em <http://www.linksysstore.com.br/ecommerce_site/produto_1406_12353_roteador-linksys-

16 15 Sem-fio-E2500->. Ar-condicionado split Samsung. Acesso em <22/10/2014>. Disponível em <http://www.pontofrio.com.br/areventilacao/arcondicionado/arcondicionadosplit/arcondicionado-split-samsung-max-plus-as12uwbuxaz-frio btus-220vunidade-interna-e-externa html?csparam>. Impressora HP LaserJet. Acesso em <23/10/2014>. Disponível em <http://www.walmart.com.br/produto/informatica/impressoras/hp/ impressora-hplaserjet-pro-p1102w-printer-com-wi-fi---preta>. Notebook Acer. Acesso em <22/10/2014>. Disponível em <http://www.walmart.com.br/produto/informatica/notebooks/acer/ notebook-acer-e mc-com-intel-core-i5-4gb-de-ram-500-de-hd-tela-156-usb-hdmi-windows-8>.

17 ANEXO A PLANTAS BAIXAS Planta baixa original Planta baixa com novo layout

18 Planta baixa com cabeamento implantado Legenda do cabeamento e acessórios

19 ANEXO B ESTRUTURA DA REDE Topologia da rede

20 ANEXO C MEMORIAL DESCRITIVO Este documento tem o objetivo de descrever a utilização e características dos equipamentos e materiais utilizados no projeto de solução de redes na empresa de desenvolvimento web JTI Desenvolvimento Web, localizada na rua Vice Almirante Abreu, nº3521 Bairro Centro Pelotas/RS. Os serviços serão executados na área abaixo: EQUIPAMENTOS DA REDE CABEADA 1. Tomadas de Telecomunicações As tomadas de telecomunicações serão fixadas abaixo das bancadas na sala de produção, a 30 cm do piso na recepção e abaixo da bancada na sala da direção. São compostas por uma caixa de sobrepor em pvc para 2 conectores RJ45 com espelho e ainda a terminação do cabo de rede com o conector RJ45 fêmea cat.5e, que se aplica a sistemas de cabeamento estruturado para tráfego de voz, dados e imagens, para cabeamento horizontal ou secundário, uso interno, em ponto de acesso na área de trabalho para tomadas de serviços em sistemas de cabeamento estruturado. Conector RJ45 Fêmea - CAT5e - Keystone

21 2. Cabos de Rede Os cabos de rede são basicamente constituídos por cabo UTP de quatro pares categoria 5e para transmissão com frequência de até 100MHz e em suas extremidades são inseridos os conectores RJ45 macho cat.5e de acordo com o padrão desejado de cores (T568A ou T568-B). Neste caso foi utilizado o padrão T568-A. Para fins de inserção do conector no cabo deve ser utilizado o alicate de crimpagem e para finalização a capa emborrada de proteção do conector. O cabeamento será lançado a partir do switch na sala do servidor por eletrocalha perfurada e por eletroduto até os pontos desejados. Serão lançados onze cabos UTP pela eletrocalha, sendo o primeiro deles destinado a sala do Diretor, o segundo até o nono destinados a sala de produção, o décimo cabo destinado a recepção, e o décimo primeiro ao ponto de acesso wireless. O cabo UTP (Unshielded Twisted Pair par trançado sem blindagem) é atualmente o cabo mais utilizado em redes de computadores. O cabo UTP tem como vantagens de ser fácil manuseio e instalação, além de permitir taxas de transmissão elevadas (até 100 Mbps cat. 5e). O alto desempenho alcançado em termos de qualidade pelos cabos UTP, aliado ao baixo custo de aquisição e instalação dos mesmos nas redes de computadores, motivou a sua padronização tanto por parte dos projetistas quanto dos fabricantes de equipamentos, que os utilizam em seus projetos e precisam garantir a confiabilidade e o desempenho do cabeamento. Segundo Marin, Os sistemas de cabeamento implementados em edifícios comerciais são, essencialmente, projetados e instalados com cabos balanceados sem blindagem ou cabos de pares trançados sem blindagem (UTP, Unshielded Twisted Pair). Dados técnicos do cabo UTP cat. 5e: Modelo: UTP-4 pares, Flexível, 24 AWG, Cat 5e-CM Aplicação em redes locais; Cabo para transmissão de dados, de uso interno, constituído por condutores de cobre flexível 24 AWG; Capacidade de até 4 pares, isolados com polietileno de alta densidade, reunidos em pares formando o núcleo do cabo e revestido por uma capa externa de material termoplástico, sendo utilizado para transmissão de até 100 MHz; Categoria 5e; Comportamento frente à chama classe CM. Pode ser usado para frequências até 100 MHz em redes 1000BASE-T gigabit ethernet. Ela foi criada com a nova revisão da norma EIA/TIA-568-B.

22 Outro cabo utilizado é o cabo UTP de quatro pares categoria 6 para aplicação Gigabit Ethernet. Será aplicado para a conexão entre o servidor e o switch, ambos com portas compatíveis com esta categoria de cabo. A este cabo, aplica-se, consequentemente, conectores macho RJ45 cat. 6 em suas extremidades. O conector RJ45 macho é aplicado em sistemas de cabeamento estruturado para tráfego de voz, dados e imagens, segundo os requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2, para cabeamento horizontal ou secundário, uso interno, em ponto de acesso na área de trabalho para tomadas de serviços em sistemas de cabeamento estruturado. Dados técnicos do conector RJ45 macho: Categoria 5e, U/UTP; Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante à chama; Vias de contato produzidas em bronze fosforoso com camadas de 2,54 micrômetros de níquel e 1,27 micrômetros de ouro; Compatível com os padrões de montagem T568A e T569B; Contatos adequados para condutores sólidos ou flexíveis; Produto que atende políticas de respeito ao meio ambiente (RoHS); 3. Eletroduto Eletroduto de PVC soldável cinza O eletroduto é o meio por onde passam os cabos de rede. Suas extremidades são colocadas uma na eletrocalha e outra na tomada de telecomunicações e ao longo deste caminho também são inseridas curvas de 90º e luvas para contorno de quinas e cantos e prolongamento do eletroduto. Dimensões: diâmetro de 1 polegada e comprimento de 3 metros.

23 4. Eletrocalha A eletrocalha é o meio por onde passam os cabos de rede da sala do servidor até os pontos de derivação do eletrodutos. É composta pela eletrocalha, tampa e suporte para fixação no teto. Tem dimensões de 100x50mm. 5. Rack de piso O rack de piso tem a função de abrigar o servidor, o switch, monitor, teclado e mouse dentro da sala do servidor. O rack é aberto pois a sala onde encontra permanece sempre fechada e refrigerada, não sendo necessário a aquisição de um rack fechado. Características: Rack Tipo Torre ou Coluna Aberto com Guias de cabo Vertical de 44us, com 3 Bandejas de fixação central 40 cm. Coluna soldadas em aço SAE ,9mm de esp. com furos 9x9mm para porca gaiola. Base em aço SAE 1020 com 3,0mm de esp. Guia de cabo vertical em aço SAE ,2mm de esp. com tampa removível (opcional). Pintura Epóxi-pó Texturizada. 6. Switch O Switch Gigabit de 24 portas TL-SG1024D proporciona uma maneira fácil de fazer a transição para Ethernet Gigabit. Todas as 24 portas suportam auto MDI / MDIX, não há necessidade de se preocupar com o tipo de cabo, simplesmente ligue e use. Além disso, com a tecnologia de energia eficiente em termos de inovação, o TL-SG1024D pode economizar até 15% * do consumo de energia, tornando-se uma solução ecológica amigável para a rede de sua empresa. Equipado com 24 portas 10/100/1000 Mbps, TL-SG1024D expande sua capacidade de rede, permitindo a transferência instantânea de arquivos grandes. Apresenta as últimas e inovadoras tecnologias de eficiência energética que podem expandir sua capacidade de rede com muito menos energia. Ele ajusta automaticamente o consumo de energia de acordo com o status do link e com o comprimento do cabo para limitar as emissões de carbono de sua rede. As funções automáticas deste switch gigabit oferecem instalação fácil e sem complicações. Nenhuma configuração é necessária. Auto MDI / MDIX elimina a necessidade de cabos cruzados. Auto-negociação em cada porta detecta a velocidade do link de um

24 dispositivo de rede (10, 100 Mbps ou 1000 Mbps) e ajusta inteligentemente quanto à compatibilidade e desempenho ideal. Recursos Tecnologias energéticas eficientes e inovadoras economizam até 25% de energia Suporta controle de fluxo IEEE 802.3x para modo Full Duplex e backpressure para modo half duplex Arquitetura de encaminhamento sem bloqueios que encaminha e filtra os pacotes em plena velocidade de cabo com taxa de transferência máxima Capacidade de Switching de 48 Gbps Jumbo Frame de 10K melhora o desempenho das grandes transferências de dados Auto-MDI/MDIX elimina a necessidade de cabos cruzados Suporta auto-aprendizagem de MAC address e seu auto-envelhecimento Armazenamento e encaminhamento de sistema de comutação Portas de Auto-negociação proporcionam uma integração inteligente entre os hardwares de 10Mbps, 100Mbps e 1000Mbps. Design de mesa e montável em rack Design de Plug and Play simplifica a instalação Especificações RECURSOS DO HARDWARE Padrões e Protocolos IEEE 802.3i, IEEE 802.3u, IEEE 802.3ab, IEEE 802.3x Interface 24 Portas RJ45 Auto-sensíveis 10/100/1000 Mbps com Auto Negociação (Auto MDI / MDIX) Fonte de alimentação externa V CA, 50/60Hz Dimensões (L X C X A) 11.6*7.1*1.7 pol. (294*180*44 mm) Consumo de Energia Maximum: 14.6W (220V/50Hz) Fonte de Alimentação VAC, 50/60Hz DESEMPENHO Switching Capacity 48Gbps Tabela de MAC Address 8K Taxa de Encaminhamento de Pacotes 35.7Mpps Jumbo Frame 10KB Green Technology Tecnologias energéticas eficientes e inovadoras economizam até 25% de energia Transfer Method Store-and-Forward

25 7. Servidor PowerEdge T110 II O PowerEdge T110 II é ideal como o primeiro servidor de pequenas empresas, visto que apresenta a combinação certa de valor, confiabilidade, colaboração e recursos para proteção de dados que aprimoram a continuidade e a produtividade de seus negócios. Com processador Intel Pentium E3, 4GB de memória e HD de 500GB para o desempenho necessário para ser o seu servidor de arquivos, AD, firewall e pequenos bancos de dados. É possível copiar dados automaticamente para evitar tempos de inatividade em caso de falha do disco rígido nos servidores Dell PowerEdge usando um Array Redundante de Discos Independentes (RAID). Especificações técnicas: Processador Intel Pentium G GHz, 3M Cache, Dual Core/2T (55W) Sem Sistema Operacional RAID 1, com controladora On Board, até 2 HDs (Espelhamento de Disco) Memória de 4GB, 1600MT/s (1x4Gb), UDIMM Disco Rígido de 500GB SATA, 7.2K RPM, 3Gbps, cabeado, 3.5"+ Disco Rígido Secundário de 500GB SATA, 7.2K RPM de 3.5" 1 ano de Garantia com atendimento no local após o Diagnóstico Remoto Servidor Torre de 1 Processador PowerEdge T110 II - BRH9150 Unidade de DVD Interna Potência: 305 W 8. Computador Pessoal (estação de trabalho) Computador OptiPlex 3020 Micro é um computador pessoal ultracompacto com 18,2 cm de altura e 3,6 cm de largura, com processador ideal para atividades simultâneas, alta mobilidade e estilo. O computador já vem acompanhado com teclado, mouse e monitor, sem a necessidade de compras adicionais. Componentes: Processador Sistema Operacional Memória Disco rígido Garantia Complete Care 4ª Geração do Processador Intel Core i5-4590t (2.0GHz, 6Mb Cache, com gráficos Intel HD 4600) Windows 7ProfessionalOriginal64-BitemPortuguês,semmídia Memória de 4GB, DDR3, 1600MHz (1x4GB) Disco Rígido de 500GB, SATA (7200RPM) 1 ano de Garantia com atendimento no local após o Diagnóstico Remoto Não incluído

26 Microsoft Office Antivírus Monitor Kits de Montagem Teclado Mouse CD/disquete de diagnóstico Wireless Fonte de alimentação Placa de rede Avaliação do Microsoft Office - Válido por 30 dias Avaliação do McAfee Security Center - Válido por 30 dias Monitor Dell Serie E de 18.5 polegadas Widescreen E1914H Base para apoio vertical da Dell Teclado Dell USB KB212-B - em Português Mouse Dell USB Óptico MS111 Sem DVD de recurso Intel Centrino Advanced-N+WiMAX7260 Adaptador CA de 65 W Intel Wireless Notebook O notebook Acer E MC foi escolhido para utilização dos membros da empresa em ocasiões como reuniões ou outras ocasiões que venham a surgir. Possui alta tecnologia, além de design clássico e elegante. Ele oferece as ferramentas ideais para executar aplicativos e desfrutar do entretenimento como redes sociais, músicas e vídeos. Apresenta processador Intel Core i5, 4GB de memória, HD de 500GB e sistema operacional Windows 8.1. Este modelo conta ainda com webcam e alto-falante embutido. Com a tela de 15,6 polegadas, pode-se visualizar todo o conteúdo com mais qualidade, em uma resolução de 1366 x 768, é possível ainda conectar dispositivos periféricos através das entradas USB e HDMI que o integram. Possui placa de rede b/g/n Wi-Fi Certified. Possui uma conexão HDMI, uma conexão VGA, uma conexão Ethernet RJ45, uma conexão USB 3.0 e duas conexões USB 2.0. Dimensões: Largura: 38,00 cm; Altura: 3,00 cm; Profundidade: 26,00 cm; Peso: 2,50 kg.

27 10. Nobreak Visto a necessidade de não perder dados durante o processo de produção, foram aplicados nobreaks na sala de produção e na sala do servidor, a fim de que possam ser salvos os arquivos de produção caso ocorra falta de energia elétrica no prédio. Abaixo seguem algumas características e especificações do produto escolhido. Características Estabilizador e filtro de linha inclusos: proteção total contra os distúrbios e ruídos da rede elétrica LEDs indicadores de status: possibilitam o rápido entendimento sobre o status do NoBreak Alarmes sonoros: avisam sobre as condições do NoBreak e da rede elétrica Chave liga/desliga multifuncional: inibe alarme sonoro, evita desligamento acidental, memoriza estados de operação Condicionamento da energia da rede: protege as cargas conectadas contra surtos, picos e outras anomalias elétricas Partida a frio: pode ser ligado mesmo na ausência da rede elétrica, usando a energia das baterias Battery Saver: evita o consumo desnecessário e prolonga a vida útil da bateria Mini disjuntor rearmável (circuit breaker): fornece recuperação fácil e rápida do NoBreak em casos de curtos-circuitos e sobrecarga, sem precisar trocar o fusível Software de Gerenciamento: permite o gerenciamento do NoBreak através de interface USB, com software para o desligamento seguro do sistema protege contra subtensções e sobretensões. Especificações Técnicas Potência: 1200VA/600-Watt Tensão de entrada: 115/127/220V Tensão de saída: 115V Dimensões (A x L x P): 217 x 134 x 379 mm Peso: Kg Número de tomadas: 8 Garantia: 2 anos (1 ano para a bateria) 11. Impressoras Deskjet Ink Advantage Multifuncional 2546 A9U24A (Wireless) HP Funções: Impressão, cópia, digitalizar, sem fio Tecnologia de Impressão: Jato de Tinta Térmico HP Velocidade de Impressão Preto (ISO): Até 7 ppm; Preto(rascunho,A4): Até 20 ppm Colorido Cor (ISO): Até 4 ppm; Colorido(rascunho,A4): Até 16 ppm Resolução de Impressão: Preto: 600 x 600 dpi; Cor: 4800 x 1200 dpi Ciclo Mensal: A4: Até 1000 páginas Resolução de Cópia: Textos e gráficos em preto: 600x300 dpi; Cor: 600x300 dpi Resolução do Scanner: Hardware: Até 1200x1200 dpi; Ótica: Até 1200 dpi; Resolução de digitalização aprimorada: Até 1200 dpi Formatos de arquivos digitalizados: PDF,BMP,PNG,TIF,JPG Conectividade:

28 1 USB 2.0 alta velocidade Capacidade de impressão móvel: AirPrint?, Impressão Wireless Direct Suprimentos: CZ103AB Cartucho de tinta preta HP 662 Rendimento médio do cartucho 120 páginas CZ104AB Cartucho de tinta tricolor HP 662 Rendimento médio do cartucho 100 páginas CZ105AB Cartucho de tinta preta HP 662XL Rendimento médio do cartucho 360 páginas CZ106AB Cartucho de tinta tricolor HP 662XL Rendimento médio do cartucho 300 páginas Dimensões e Peso: L x P x A:425,23 x 305,82 x 156,60 mm, 3,60 Kg Impressora HP LaserJet Pro P1102w Printer com Wi-Fi Preta Com a intenção de proporcionar uma melhor qualidade de impressão, foi adicionada uma impressora a laser HP sem fio, não sendo necessários cabos adicionais. Abaixo seguem algumas características: Impressora na rede sem necessidade de cabos adicionais. Conexão de rede sem fio b/g. Impressão até 19 ppm, carta/18 ppm A4. Comece e finalize impressão com mais rapidez com a tecnologia Instant-on. Imprima em uma grande variedade de mídias, usando a bandeja para 150 folhas de papel e slot de entrada prioritária para 10 folhas. HP eprint: imprimir virtualmente em qualquer lugar. HP eprint Wireless Direct Printing: imprimir facilmente a partir de dispositivos móveis sem uma conexão de rede. Impressora ultracompacta com um design industrial, elegante. Impressões profissionais, com ótima relação custo-benefício. HP Smart Print: imprime somente o conteúdo que deseja, sem desperdício de papel. Dimensões e peso Dimensões mínimas (L x P x A): 349 x 238 x 196 mm Dimensões máximas (L x P x A): 349 x 410 x 228 mm Peso: 5.3 kg Dimensões com embalagem: 400 x 250 x 298 mm Peso com embalagem: 6.35 kg

29 SOLUÇÃO SEM FIO 12. Roteador Wireless A fim de prover aos clientes conexão à internet foi implantado um roteador wireless em um ponto central da empresa onde possa alcançar todas as suas dependências. Além de atender aos clientes também atende aos demais usuários da empresa como desenvolvedores, diretor e recepção caso ocorra algum tipo de falha no meio físico cabeado. Foi instalado acima da porta da sala de reuniões do lado externo a ela a fim de cobrir toda a área da empresa com sinal sem fio. O roteador implantado foi o Linksys Wi-Fi Router E2500, sendo este ideal para casas e escritórios grandes, navegação na internet, transmissão de multimídia, execução de aplicativos e tudo isso simultaneamente. Alguns recursos: Dual-Band N simultâneo (2,4 e 5 GHz): pode-se duplicar a largura de banda da rede com o dual-band N (2,4 e 5 GHz) desenvolvido para evitar transferência e maximizar a transferência para simplificar e acelerar a transmissão de vídeo em HD, as transferências de arquivos e os jogos sem fio. Switch com 4 portas Fast Ethernet Alta velocidade de até Mbps: oferece velocidade rápida para conectar computadores, impressoras sem fio, consoles de jogos e outros dispositivos Wi-Fi a velocidades de transferência de até Mbps para assegurar a experiência ideal em rede doméstica. Antena adicional para cobertura estendida: baseado na tecnologia sem fio n, o Linksys E2500 oferece um alcance superior para criar uma rede sem fio poderosa. A matriz da antena MIMO aumenta a intensidade de sinal para fornecer cobertura expandida e confiabilidade para que você possa desfrutar a rede sem fio em qualquer lugar da casa ou escritório. SISTEMAS OPERACIONAIS 13. Sistema Operacional Desktop Windows 7 Professional Original64-Bit Este sistema operacional está presente nos computadores da sala de produção, diretor e recepção. Ele já vem instalado nas máquinas com suas licenças ativas. A versão Professional fornece recursos como Encrypting File System, modo de apresentação, políticas de restrição de software e o Modo Windows XP. O Modo XP, permite a instalação e execução de aplicativos desenvolvidos para o Windows XP, sendo uma boa opção quando se trata de compatibilidade. Esta edição é destinada a usuários avançados e para o uso em pequenas empresas. Ela inclui todas as características do Windows 7 Home Premium e possui recursos que facilitam tanto a comunicação entre os computadores quanto o compartilhamento de recursos de rede. Possui, também, a capacidade de participar em um domínio do Windows Server, além de poder ser usada como um servidor do serviço de terminal (terminal services).

30 14. Sistema Operacional Servidor CentOS 6.5 Este sistema operacional foi escolhido para compor o servidor. Não tem custo algum pois os sistemas operacionais derivados de linux são de código aberto, além de estar disponível para download no site da centos gratuitamente. PROTEÇÃO TÉRMICA 15. Ar-condicionado split Devido ao superaquecimento de computadores e servidores é necessária aquisição de equipamentos que minimizem este aquecimento a fim de não danificar hardware e software das máquinas. Foram então adquiridos dois equipamentos de ar-condicionado split, um para a sala do servidor e outro para a sala de produção onde se encontram a maioria dos computadores. Para a sala do servidor foi escolhido em modelo de ar-condicionado split de BTUs para evitar que sobreaqueça a máquina. Mesmo sendo uma sala pequena necessita estar sempre bem refrigerada a fim de manter seus serviços sempre disponíveis. Para a sala de produção também foi selecionado um ar-condicionado de BTUs pois a quantidade de máquina é maior o que gera um grande aquecimento no ambiente. Especificações: Ar-Condicionado Split Marca: Samsung Modelo: Max Plus AS12UWBUXAZ Frio Capacidade: BTUs Voltagem: 220V Contém: Unidade interna e externa Características adicionais Virus Doctor elimina 99,9% dos vírus, ácaros e bactérias Filtro Full HD 60 - retém até 80% de partículas Auto Cleaning - Prevenção contra bactérias e crescimento de mofos Zero Standby Power - 90% mais econômico que os aparelhos convencionais Good Sleep II - temperatura ideal do ambiente por meio de ajuste automático do aparelho Smart Saver - aparelho ligado pelo menor tempo possível até que a temperatura desejada seja

31 atingida. Economia de até 31% de energia Protetor Triplo - Anti Corrosão, Compressor de Última Geração, Controle de Voltagem Unidade Externa (Condensadora) compacta e gabinete plástico.

32 ANEXO D CONFIGURAÇÕES DO SERVIDOR SERVIDOR SAMBA Acessando o arquivo de configuração: Seção Global: Lixeira: Pasta Arquivos: Pasta Dados:

33 Pasta Normas: Pasta Produção: Pasta Administrativo: Compartilhamento:

34 SERVIDOR DE DHCP O comando utilizado para efetuar a instalação do serviço de DHCP no Linux é o seguinte: # yum install dhcp -y, onde: yum se refere ao comando para instalação dos sistemas baseados em Red Hat e similares; install faz a instalação de pacotes; dhcp é o nome do pacote a ser instalado; -y assume como positiva todas as perguntas que o yum possa vir a fazer. Em seguida é necessário criar um plano de endereçamento IP e aplicá-lo no arquivo de configuração do DHCP. ID: º IP: Últ. IP: Broadcast: Máscara: Foram fixador dois endereços IP, o primeiro destinado à impressora que será posta em rede e o segundo endereço destinado ao roteador wireless.

35 Também é necessário fixar o endereço IP do servidor CentOS com um endereço que esteja dentro da faixa de endereçamento criada na interface eth0. Verificando o IP fixo atribuído através do comando ifconfig: Em seguida deve-se iniciar o serviço do DHCP através do comando: # /etc/init.d/dhcpd start Para que sejam atribuídos endereços IP aos computadores da rede, estes devem ser configurados para que obtenham endereços IP automaticamente.

36 CONFIGURAÇÃO DO ROTEADOR WIRELESS Configurações iniciais de idioma, IP estático, nome do host, nome do roteador, configuração de DHCP e fuso horário. Na guia Wireless, podemos configurar as frequências de operação de 5GHz e 2,4GHz.

37 Também pode-se configurar a rede wireless para o acesso de visitantes à internet no Guest Access, atribuindo uma senha aos clientes e visitante que queiram acessar a internet dentro da empresa. Na guia Administration, podemos atribuir uma senha para acessar o roteador quando necessário e também podemos ativar acessos via HTTP e HTTPS.

38

39 ANEXO E POLÍTICA DE TI JTI DESENVOLVIMENTO WEB POLÍTICA DE TI A política de TI tem o objetivo de preservar o bem mais importante que as empresas possuem que, sem dúvida, são as informações, dados, pesquisas, trabalhos e/ou produtos, sendo estes muito importantes para a tomada de decisões. Com o crescimento da internet e o uso de dispositivos móveis nas empresas é inevitável a ocorrência de problemas de segurança, é preciso muito planejamento e muito trabalho da equipe de TI para lidar com tudo isso. É importante criar normas rígidas e principalmente treinar toda a equipe interna e externa. É preciso mostrar como é fundamental proteger as informações gerenciais, tanto para a empresa quanto para o profissional. É através de uma política de segurança bem elaborada que podemos minimizar problemas e conscientizar melhor essas pessoas. Princípios: Confidencialidade, integridade e disponibilidade da informação. A confidencialidade é a garantia de que a informação é acessível somente por pessoas autorizadas a terem acesso (NBR ISO/IEC 27002:2005). Caso a informação seja acessada por uma pessoa não autorizada, intencionalmente ou não, ocorre a quebra da confidencialidade. A quebra desse sigilo pode acarretar danos inestimáveis para a empresa ou até mesmo para uma pessoa física. A integridade é a garantia da exatidão e completeza da informação e dos métodos de processamento. Garantir a integridade é permitir que a informação não seja modificada, alterada ou destruída sem autorização, que ela seja legítima e permaneça consistente. Quando a informação é alterada, falsificada ou furtada, ocorre à quebra da integridade. A integridade é garantida quando se mantém a informação no seu formato original. A disponibilidade é a garantia de que os usuários autorizados obtenham acesso à informação e aos ativos correspondentes sempre que necessário. Quando a informação está indisponível para o acesso, ou seja, quando os servidores estão inoperantes por conta de ataques e invasões, considera-se um incidente de segurança da informação por quebra de disponibilidade. Mesmo as interrupções involuntárias de sistemas, ou seja, não intencionais, configuram quebra de disponibilidade. Propósitos: Informar aos usuários suas responsabilidades com relação à proteção da tecnologia e ao acesso à informação e oferecer um ponto de referência a partir do qual se possa adquirir, configurar e auditar sistemas computacionais e de redes. 1. Política de senhas Uma senha segura deverá conter no mínimo 6 caracteres, entre eles letras, números e caracteres especiais. As senhas têm um tempo de vida útil determinado pelo administrador do sistema, devendo o mesmo ser respeitado e não é permitido a criação se senhas parecidas com as anteriores. A senha jamais deve ser passada a alguém nem mesmo para o administrador da rede.

40 Caso desconfie de que alguém tenha o conhecimento de sua senha, sinta-se à vontade para alterá-la mesmo antes do prazo de validade da senha. A senha é de sua total responsabilidade, sendo assim tome todas as precauções para manter sua senha segura. 2. Política de Política de Tome cuidado com anexos de extensões.bat,.exe,.src e.lnk se não tiver certeza absoluta de que solicitou este . Desconfie de todos os com assuntos estranhos e/ou em línguas estrangeiras. Não repasse s do tipo corrente como aviso de vírus, aviso da Microsoft, criança desaparecida, pague menos em alguma coisa, entre outros. Não utilize o da empresa para assuntos pessoais. 3. Política de acesso à Internet A utilização de redes sociais e acessos a sites é livre desde que não comprometa nem prejudique de qualquer forma a produtividade individual e coletiva da empresa. As máquinas são monitoradas remotamente 24h pelo administrador do sistema a fim de monitorar acessos indevidos. Acesso a sites com conteúdo pornográfico, jogos, bate-papo, apostas e assemelhados estará sendo monitorado. 4. Política de uso da estação de trabalho Cada estação de trabalho tem códigos internos que permitem que ela seja identificada na rede e cada funcionário possui sua própria estação de trabalho. Portanto tudo que venha a ser executado de sua estação de trabalho acarretará em responsabilidade sua. Por isso faça logoff ou desligue sua máquina sempre que sair da frente de sua estação de trabalho. A instalação de qualquer tipo de software ou hardware é feita pelo técnico responsável, não sendo permitido ao usuário esse direito. Não mantenha em sua estação de trabalho arquivos pessoais. Não mantenha músicas, filmes, fotos e softwares com direitos autorais ou qualquer outro tipo de pirataria. Todos os dados relativos à empresa devem ser mantidos no servidor, onde existe em sistema de backup diário e confiável. Não mantenha os dados somente na estação de trabalho para evitar a perda de trabalhos. 5. Vírus e códigos maliciosos Mantenha seu antivírus sempre atualizado ou entre em contato com o técnico responsável para que possa fazê-lo. Não traga CDs ou pendrives de fora da empresa. Caso seja necessário entre em contato com o técnico para que possa efetuar o procedimento de forma segura a fim de evitar vírus e outras pragas virtuais. Reporte atitudes suspeitas em seu sistema ao técnico responsável, para que possíveis vírus possam ser identificados no menos espaço de tempo possível. Suspeite de softwares que você clica e não acontece nada.

41 6. Política social Não fale sobre a política de segurança da empresa com terceiros ou em locais públicos. Não diga sua senha para ninguém. A equipe técnica jamais irá pedir a sua senha. Não digite suas senhas ou usuários em máquinas de terceiros, principalmente fora da empresa. Somente aceite ajuda técnica de um membro da equipe técnica previamente apresentando e identificando. Nunca execute procedimentos técnicos cujas instruções tenham chego por . Relate ao técnico responsável ou ao administrador da rede situações de pedidos externos ou internos que venham a discordar dos tópicos anteriores. 7. Política do patrimônio físico O acesso à sala dos servidores se dá somente ao técnico responsável e/ou administrador da rede, não sendo permitido aos demais funcionários. A configuração e manutenção do ponto de acesso wireless é autorizada exclusivamente ao técnico responsável. É dever de todo funcionário zelar pelo cuidado ao patrimônio físico da empresa. 8. Contatos Em caso de dúvidas entre em contato com o técnico responsável ou administrador da rede. Técnico responsável: Juliana Lagarreta - Telefone: Administrador de rede: Janaína Weege - Telefone: Consequências do não cumprimento da política A política de segurança segue o objetivo principal de proteger a segurança do patrimônio físico e intelectual da empresa. Seguindo este princípio, percebe-se que o não cumprimento das diretivas contidas na política de segurança pode acarretar na perda, violação e roubo das informações da empresa ou até mesmo da infraestrutura física. O não cumprimento da política de segurança da empresa também expõe a imagem da empresa de má forma, além de prejudicar o trabalho dos demais funcionários e o crescimento da empresa. Tendo em vista estes fatores, o funcionário que violar as políticas de segurança será subordinado às devidas punições de acordo com a gravidade do erro. 10. Verificação da utilização da política Para garantir que as regras mencionadas acima estão sendo cumpridas, a JTI WEB se reserva no direito de:

42 Implantar softwares e sistemas que monitorem e gravem todos os usos de Internet através da rede e das estações de trabalho da empresa; Inspecionar qualquer arquivo armazenado na rede, estejam eles no disco local da estação ou nas áreas privadas da rede. 11. Punições Ao detectar uma violação da política, a primeira coisa a fazer é determinar a sua razão, ou seja, verificar se a violação ocorreu por negligência, acidente, erro ou por desconhecimento da política vigente. Nos termos da Política de Segurança, a JTI WEB procederá ao bloqueio do acesso ou ao cancelamento do usuário, caso seja detectado uso indevido com o intuito de prejudicar o andamento do trabalho ou de pôr em risco a imagem da empresa. O não cumprimento, pelo funcionário, das normas estabelecidas neste documento seja isolada ou acumulativamente, poderá causar, de acordo com a infração cometida, as seguintes punições: Comunicação de descumprimento, Advertência, suspensão ou demissão por justa causa. Comunicação de descumprimento: Será encaminhado ao funcionário, por , comunicado informando o descumprimento da norma, com a indicação precisa da violação praticada. Advertência ou suspensão: A pena de advertência ou suspensão será aplicada, por escrito, somente nos casos de natureza grave ou na hipótese de reincidência na prática de infrações de menor gravidade. Demissão por justa causa: Nas hipóteses de prática de jogos de azar, violação de segredo da empresa, embriaguez, condenação criminal, má conduta em serviço, entre outras formas de lesar a honra da empresa. CONCLUSÕES É sabido que a maioria das empresas investe em segurança de suas redes para proteção do patrimônio intelectual da mesma e de seus funcionários. As medidas adotadas geralmente são de caráter externo, mas pesquisas recentes mostram que a maioria dos incidentes em relação a segurança da TI são ocasionadas no ambiente interno, isto devido ao mau uso dos recursos ou falta de treinamento dos colaboradores. Esperamos, através deste documento, que os funcionários e colaboradores possam compreender a necessidade das normas da política de proteção da TI serem adotadas. A política de segurança é o principal elemento para a segurança de qualquer empresa. Seu planejamento e a definição dos aspectos a serem tratados incluem uma avaliação de todos os detalhes envolvidos, o que requer o esforço de todos na organização. Diversos obstáculos para a implementação são resultantes da visão errada de que a segurança não é um elemento importante para a organização, o que traz sérias consequências com a invasão dos hackers. A política de segurança tem uma importância ainda maior em um ambiente cooperativo. JTI Desenvolvimento Web

43 ANEXO F ORÇAMENTO

SCHILLER, NATIELE SIMON, NELSON RODRIGUES. RELATÓRIO FINAL DE PROJETO PROGETO INTERDICIPLINAR

SCHILLER, NATIELE SIMON, NELSON RODRIGUES. RELATÓRIO FINAL DE PROJETO PROGETO INTERDICIPLINAR 1 Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática GABRIEL SCHILLER, NATIELE SIMON,

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac-RS FATEC Senac Pelotas Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática

Faculdade de Tecnologia Senac-RS FATEC Senac Pelotas Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática Faculdade de Tecnologia Senac-RS FATEC Senac Pelotas Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática EMILENE RIBEIRO CARDOSO SILVEIRA, SABRINE IEPSEN WESTPHAL, GUILHERME

Leia mais

SANTOS, BRUNA VIANA, ISMAEL SPITZER RELATÓRIO FINAL DE PROJETO

SANTOS, BRUNA VIANA, ISMAEL SPITZER RELATÓRIO FINAL DE PROJETO Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática ANDRESSA SANTOS, BRUNA VIANA, ISMAEL

Leia mais

2 computadores de mesa (desktop):

2 computadores de mesa (desktop): Levantamento dos ativos de infraestrutura de TI utilizados em uma empresa. Especificação técnica e localização dos equipamentos que podem ser patrimoniados. As empresas dependem da infraestrutura de TI

Leia mais

PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE

PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE Versão 1.0 Data: 09/12/2013 Desenvolvido por: - TI Unimed Rio Verde 1 ÍNDICE 1. Objetivo... 4 2. Requsitos de Infraestrutura

Leia mais

OBJETIVOS 1 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1 DISPOSIÇÃO ORGANIZACIONAL 2 PLANTA A 5 PLANTA B 6 DISTRIBUIÇÃO E CONFIGURAÇÃO DOS RACKS 7

OBJETIVOS 1 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1 DISPOSIÇÃO ORGANIZACIONAL 2 PLANTA A 5 PLANTA B 6 DISTRIBUIÇÃO E CONFIGURAÇÃO DOS RACKS 7 ÍNDICES OBJETIVOS 1 JUSTIFICATIVAS 1 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1 SEGURANÇA - INTERNET 1 SISTEMA OPERACIONAL 2 PROTOCOLO TCP/IP 2 INTRANET 2 DISPOSIÇÃO ORGANIZACIONAL 2 ESTAÇÕES 2 MICROS 3 IMPRESSORAS 3 PLANTA

Leia mais

CARDOZO, FELIPE BLANCO, THAIS COSTA RELATÓRIO FINAL DE PROJETO PROJETO INTERDISCIPLINAR

CARDOZO, FELIPE BLANCO, THAIS COSTA RELATÓRIO FINAL DE PROJETO PROJETO INTERDISCIPLINAR Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática ALÉCIO CARDOZO, FELIPE BLANCO, THAIS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana. Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00034/2015 (SRP)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana. Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00034/2015 (SRP) 05/10/2015 COMPRASNET O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO Pregão Eletrônico MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração LatinoAmericana Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00034/2015 (SRP)

Leia mais

Faculdade Escritor Osman da Costa Lins

Faculdade Escritor Osman da Costa Lins Faculdade Escritor Osman da Costa Lins Sistemas de Informação Projeto Redes de Computadores Professor: Hugo Souza 6º Período Alunos: Gleybson Farias Valmir Santos Sumário Sumário Introdução... 3 Lista

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROJETO INTEGRADOR GERENCIA DE REDES DE COMPUTADORES 4º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação Alunos: Erik de Oliveira, Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE REDE: ESCRITÓRIO DE PUBLICIDADE

IMPLANTAÇÃO DE REDE: ESCRITÓRIO DE PUBLICIDADE Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática CAMILO MONZON TAMIRES NUNES RELATÓRIO

Leia mais

E.E.P SENAC PELOTAS CENTRO HISTÓRICO

E.E.P SENAC PELOTAS CENTRO HISTÓRICO E.E.P SENAC PELOTAS CENTRO HISTÓRICO Alexsandra Corrêa da Rosa Andresa Cordeiro da Silva Gabrielly Duarte da Silveira Pamela da Silveira Barreto Pelotas, 2013 Alexsandra Corrêa da Rosa Andresa Cordeiro

Leia mais

JOSÉ LUIS ALDRIGHI, LEONARDO BARROS, THOMAS FERNANDES

JOSÉ LUIS ALDRIGHI, LEONARDO BARROS, THOMAS FERNANDES Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática JOSÉ LUIS ALDRIGHI, LEONARDO BARROS,

Leia mais

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora. Planejamento de Despesas 2011

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora. Planejamento de Despesas 2011 Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora Planejamento de Despesas 2011 Equipamentos Item 1: Desktop de trabalho - Quantidade 03

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana. Termo de Adjudicação do Pregão Eletrônico Nº 00034/2015 (SRP)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana. Termo de Adjudicação do Pregão Eletrônico Nº 00034/2015 (SRP) Pregão Eletrônico MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana Termo de Adjudicação do Pregão Eletrônico Nº 00034/2015 (SRP) Às 10:47 horas do dia 25 de setembro de 2015,

Leia mais

Organização de arquivos e pastas

Organização de arquivos e pastas Organização de arquivos e pastas Pasta compara-se a uma gaveta de arquivo. É um contêiner no qual é possível armazenar arquivos. As pastas podem conter diversas subpastas. Definir a melhor forma de armazenamento

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência Santa Maria, 11 de março de 2014. RETIFICAÇÃO DE EDITAL CONCORRENCIA Nº 2015/5040001- A Comissão de Licitações, no uso de suas atribuições legais, torna publico a seguinte retificação ao edital supracitado,

Leia mais

Samsung MultiXpress 6555N

Samsung MultiXpress 6555N SCX-6555N - Impressoras / Multifuncionais Samsung MultiXpress 6555N A mais nova multifuncional digital A4 da Samsung, a MultiXpress 6555N, elevou o padrão industrial para novos patamares. Seu desempenho

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA. Contrato/Unidade/Seção: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INDICE DE REVISÕES

POLÍTICA DE SEGURANÇA. Contrato/Unidade/Seção: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INDICE DE REVISÕES Título: Data: Contrato/Unidade/Seção: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 de 6 INDICE DE REVISÕES REVISÃO DESCRIÇÃO DAS ALTERAÇÕES E/OU PÁGINAS ALTERADAS 0 Primeira Edição da Instrução de Trabalho. 1 Nova nomenclatura

Leia mais

NOMES DOS AUTORES JEAN PIERRE AIRES DA SILVA RELATÓRIO FINAL DE PROJETO CABO UTP

NOMES DOS AUTORES JEAN PIERRE AIRES DA SILVA RELATÓRIO FINAL DE PROJETO CABO UTP Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática NOMES DOS AUTORES JEAN PIERRE AIRES

Leia mais

SYSLOG - Sistema de Logística

SYSLOG - Sistema de Logística Integrantes (Grupo 3) Douglas Antony (Gerente) Bruno Sout Erika Nascimento Horácio Grangeiro Isaque Jerônimo Paulo Roriz Rodrigo Lima Versão:01.00 Data:18/05/2011 Identificador do documento:lr Versão do

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ÊNFASE EM ENGENHARIA DE SOFTWARE ARTHUR HENRIQUE DO PRADO FRANQUELO ALLAN ESTEVAM DE SOUZA CARLOS

Leia mais

ÁLAMO ENGENHARIA POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMÁTICA

ÁLAMO ENGENHARIA POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMÁTICA ELABORAÇÃO / REVISÃO APROVAÇÃO Marcelo Costa 16/05/2013 Fernando Matias 16/05/2013 NOME DATA NOME DATA Introdução: A segurança é um dos assuntos mais importantes dentre as preocupações de nossa empresa.

Leia mais

Capítulo 1: Introdução às redes de computadores

Capítulo 1: Introdução às redes de computadores ÍNDICE Capítulo 1: Introdução às redes de computadores Redes domésticas... 3 Redes corporativas... 5 Servidor... 5 Cliente... 7 Estação de trabalho... 8 As pequenas redes... 10 Redes ponto-a-ponto x redes

Leia mais

EDITAL N. o 009/2011-CPL CONVITE N. o 007/2011 PROCESSO N. o 009/2011 ANEXO I. Valor TOTAL. Valor UNITÁRIO

EDITAL N. o 009/2011-CPL CONVITE N. o 007/2011 PROCESSO N. o 009/2011 ANEXO I. Valor TOTAL. Valor UNITÁRIO EDITAL N. o 009/2011-CPL CONVITE N. o 007/2011 PROCESSO N. o 009/2011 ANEXO I Item Quant. Unid. Valor UNITÁRIO Especificações Minimas marca Valor máximo do item R$ Valor UNITÁRIO Valor TOTAL 1 15 Unid.

Leia mais

Soluções em Segurança

Soluções em Segurança Desafios das empresas no que se refere a segurança da infraestrutura de TI Dificuldade de entender os riscos aos quais a empresa está exposta na internet Risco de problemas gerados por ameaças externas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana. Ata de Formação do Cadastro de Reserva

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana. Ata de Formação do Cadastro de Reserva 05/10/2015 COMPRASNET O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO Pregão Eletrônico MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração LatinoAmericana Ata de Formação do Cadastro de de abertura: 16/09/2015 09:02

Leia mais

AM@DEUS Manual do Usuário

AM@DEUS Manual do Usuário 80 P R E F Á C I O Este é um produto da marca GTS Network, que está sempre comprometida com o desenvolvimento de soluções inovadoras e de alta qualidade. Este manual descreve, objetivamente, como instalar

Leia mais

QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO:

QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO: CABEAMENTO DE REDE QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO: MEIO FÍSICO: CABOS COAXIAIS, FIBRA ÓPTICA, PAR TRANÇADO MEIO NÃO-FÍSICO:

Leia mais

Inspiron 15. Série 3000. Visão. Especificações

Inspiron 15. Série 3000. Visão. Especificações Inspiron 15 Série 3000 Visão Copyright 2014 Dell Inc. Todos os direitos reservados. Este produto é protegido por leis de direitos autorais e propriedade intelectual dos EUA e internacionalmente. Dell e

Leia mais

PORTARIA Nº 7876. O PREFEITO DE JUIZ DE FORA, no uso das atribuições que lhe confere a Legislação vigente,

PORTARIA Nº 7876. O PREFEITO DE JUIZ DE FORA, no uso das atribuições que lhe confere a Legislação vigente, PORTARIA Nº 7876 Dispõe sobre a Norma PSI/N.0001 - Utilização da Estação de Trabalho, nos termos dos arts. 20 e 24, da Resolução nº 041/2010-SPDE. O PREFEITO DE JUIZ DE FORA, no uso das atribuições que

Leia mais

Um guia para soluções de rede CLARiSUITE TM

Um guia para soluções de rede CLARiSUITE TM Perguntas Técnicas Frequentes Segurança do Código CLARiSUITE Um guia para soluções de rede CLARiSUITE TM Visão geral Segurança, integridade e estabilidade da infraestrutura de TI são as principais preocupações

Leia mais

Faculdade Tecnologia SENAC Pelotas RS Fatec PRONATEC

Faculdade Tecnologia SENAC Pelotas RS Fatec PRONATEC Faculdade Tecnologia SENAC Pelotas RS Fatec PRONATEC Mariana Cantos Daniel Rosa Luan Popping Stéfanie Carvalho Relatório Técnico Sobre Projeto Interdisciplinar de Infraestrutura Pelotas, 2013 Mariana Cantos

Leia mais

Inspiron 14. Exibições. Especificações

Inspiron 14. Exibições. Especificações Inspiron 14 Exibições 2014 Dell Inc. Todos os direitos reservados. Este produto é protegido por leis de direitos autorais e de propriedade intelectual dos EUA e internacionalmente Dell e o logo da Dell

Leia mais

Funções. Especificações para impressão

Funções. Especificações para impressão Funções Funções: Impressão, cópia, digitalização, envio digital, fax, manipulação avançada de papel opcional Suporte multitarefa AIO: Sim Especificações para impressão Velocidade de impressão preto (normal,

Leia mais

Documento de Requisitos de Rede (DRP)

Documento de Requisitos de Rede (DRP) Documento de Requisitos de Rede (DRP) Versão 1.2 SysTrack - Grupo 1 1 Histórico de revisões do modelo Versão Data Autor Descrição 1.0 30/04/2011 João Ricardo Versão inicial 1.1 1/05/2011 André Ricardo

Leia mais

Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede

Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede Índice 1 Introdução... 3 2 Política de cadastro e senhas... 5 3 Política de Utilização da Internet... 7 4 Política de Utilização de

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE SCHROEDER ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº: 39/2014. Página: 1/8

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE SCHROEDER ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº: 39/2014. Página: 1/8 Página: 1/8 1 Microcomputador COM Sistema Operacional, SEM Office Processador com quatro núcleos físicos com clock interno: 3,4GHz (cada núcleo) 8MB de L2+L3 com velocidade de acesso a memória de 1600

Leia mais

Multifuncionais Laser Coloridos MFC9440CN & MFC9840CDW

Multifuncionais Laser Coloridos MFC9440CN & MFC9840CDW Multifuncionais Laser Coloridos & Impressão, digitalização e cópia em cores reais para sua empresa & Equipamentos rápidos, econômicos, com qualidade superior e muito eficientes no ambiente de rede. Os

Leia mais

MICROCOMPUTADOR TIPO I

MICROCOMPUTADOR TIPO I MICROCOMPUTADOR TIPO I Processador...: Processador com memória cache mínima de 1 MB; Tipo...: 1)Intel Pentium IV Prescott com freqüência de 3.0 Ghz ou Superior Memória...: Memória RAM instalada de 512

Leia mais

Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do SISLOC

Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do SISLOC Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do SISLOC Sumário Pré-Requisitos de Instalação Física e Lógica do SISLOC...3 Servidores de Dados...3 Servidores de Aplicação (Terminal Service)...3 Estações

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação REDE DE COMPUTADORES Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) 1 Apresentação Conhecendo os alunos Conceitos básicos de redes O que é uma rede local Porque usar uma rede local 2 Como surgiram

Leia mais

WirelessHART Manager

WirelessHART Manager Descrição do Produto O uso de tecnologias de comunicação de dados sem fio em sistemas de automação industrial é uma tendência em crescente expansão. As vantagens do uso de tecnologia sem fio são inúmeras

Leia mais

EEP SENAC PELOTAS CENTRO HISTORICO-RS TÉCNICO EM INFORMÁTICA, MODULO 2

EEP SENAC PELOTAS CENTRO HISTORICO-RS TÉCNICO EM INFORMÁTICA, MODULO 2 EEP SENAC PELOTAS CENTRO HISTORICO-RS TÉCNICO EM INFORMÁTICA, MODULO 2 Andiara da Silva, Andressa Santos, Andrew Miranda, Barbara Tim, Éderson Farias. PROJETO INTERDICIPLINAR Pelotas, 2013 Andiara da Silva,

Leia mais

ENH908-NWY. Manual do Usuário

ENH908-NWY. Manual do Usuário ENH908-NWY Manual do Usuário O dispositivo é um poderoso switch Fast Ethernet de alto desempenho, com todas as portas capazes de realizarem operações de negociação automática (NWay) de 10 ou 100 Mbps,

Leia mais

Roteador Wireless 150Mbps 4 Portas

Roteador Wireless 150Mbps 4 Portas Roteador Wireless 150Mbps 4 Portas Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Ata Final. Item 0001

Ata Final. Item 0001 Ata Final Às 09:00 horas do dia 19 de junho de 2012, reuniu-se o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Palmas e respectivos membros da Equipe de apoio, designados pela portaria 027/2012-GAB/SEFIN

Leia mais

GUIA DE MELHORES PRATICAS NA AREA DE TI

GUIA DE MELHORES PRATICAS NA AREA DE TI GUIA DE MELHORES PRATICAS NA AREA DE TI Ambiente Windows Small Business Rev 10501 DATA : 5 / 07/ 2007 Pag : 1 de7 1) Servidores a) Hardware o Servidor Alocado em Rack Fechado em ambiente reservado e refrigerado

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO)

UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO) Par Trançado UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO) O cabo UTP é composto por pares de fios, sendo que cada par é isolado um do outro e todos são trançados juntos dentro de uma cobertura externa, que não possui

Leia mais

Access Point Router 150MBPS

Access Point Router 150MBPS Access Point Router 150MBPS Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Sexta-feira, 15 de Abril de 2016 Edição N 153 Caderno I. ESTADO DA BAHIA Câmara Municipal de Catu

Sexta-feira, 15 de Abril de 2016 Edição N 153 Caderno I. ESTADO DA BAHIA Câmara Municipal de Catu Onde lê-se: LOTE III Aviso aos interessados em participar do Pregão Presencial Nº 08/2016 do termo de referencia do referido edital 3. Estabilizador 3.1. Configuração única 5 unidades Leia-se: LOTE III

Leia mais

Aquisição de equipamentos de informática

Aquisição de equipamentos de informática CONVITE 010/2008 ANEXO I Aquisição de equipamentos de informática ITEM 1 Nome: Estação de trabalho Quantidade: 1 unidades Processador: (mínimo) Intel core 2 duo E7200 2.53Ghz FSB 1333Mhz 4Mb Cache, 65

Leia mais

Ata Parcial. Item 0001

Ata Parcial. Item 0001 Ata Parcial Às 09:00 horas do dia 19 de junho de 2012, reuniu-se o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Palmas e respectivos membros da Equipe de apoio, designados pela portaria 027/2012-GAB/SEFIN

Leia mais

Requisitos do Sistema

Requisitos do Sistema PJ8D - 017 ProJuris 8 Desktop Requisitos do Sistema PJ8D - 017 P á g i n a 1 Sumario Sumario... 1 Capítulo I - Introdução... 2 1.1 - Objetivo... 2 1.2 - Quem deve ler esse documento... 2 Capítulo II -

Leia mais

Escolher sempre os itens Monitor, Microcomputador e Proteção de Energia. Monitores:

Escolher sempre os itens Monitor, Microcomputador e Proteção de Energia. Monitores: Escolher sempre os itens Monitor, Microcomputador e Proteção de Energia Monitores: 24 polegadas LCD, FULL HD, Widescreen: BEM 5027799 23 polegadas LCD, FULL HD, Widescreen: BEM 5291780 21.5 polegadas LCD,

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comitê de Segurança da Informação Secretaria de Tecnologia da Informação Núcleo de Segurança da Informação Revisão: 00 Vigência:20/04/2012 Classificação:

Leia mais

Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC. Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR

Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC. Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR PELOTAS/RS 2013 1 Jonathan Silveira, Leandro Stein Relatório

Leia mais

Termo de Referência I. OBJETO

Termo de Referência I. OBJETO Termo de Referência I. OBJETO Aquisição de equipamentos de informática para Oficina Cultural Alfredo Volpi, Oficina Cultural Oswald de Andrade, Oficinas Culturais/Sede, Projetos Especiais, Fábrica de Cultura

Leia mais

MODELO TERMO DE COOPERAÇÃO PARA A INSTALAÇÃO DO CENTRO JUDICIÁRIO DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS E CIDADANIA NA COMARCA DE...

MODELO TERMO DE COOPERAÇÃO PARA A INSTALAÇÃO DO CENTRO JUDICIÁRIO DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS E CIDADANIA NA COMARCA DE... MODELO TERMO DE COOPERAÇÃO PARA A INSTALAÇÃO DO CENTRO JUDICIÁRIO DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS E CIDADANIA NA COMARCA DE... O Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, por intermédio da Exma. Sra. Desembargadora

Leia mais

EM 1991 a EIA (Eletronic Industries Association) publicou um padrão para cabeamento de telecomunicações

EM 1991 a EIA (Eletronic Industries Association) publicou um padrão para cabeamento de telecomunicações Laboratório de Redes. Cabeamento Estruturado Pedroso 4 de março de 2009 1 Introdução EM 1991 a EIA (Eletronic Industries Association) publicou um padrão para cabeamento de telecomunicações de edifícios

Leia mais

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Um guia para pequenas empresas Conteúdo Seção 1: Introdução ao Modo Windows XP para Windows 7 2 Seção 2: Introdução ao Modo Windows XP 4 Seção 3: Usando

Leia mais

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA GERENCIAMENTO DE PROJETOS PRONIM, IMPLANTAÇÃO SQL SERVER GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA Cliente GOVBR, UEM-MARINGA / Prefeitura Municipal de PEROLA Data 10/09/2015 Versão 1.0 Objeto:

Leia mais

Aficio SP 3400SF/SP 3410SF da Ricoh MFP de Mesa a Laser em PB O Centro de Trabalho Completo. ersátil. compacta. cessível. Perguntas Frequentes

Aficio SP 3400SF/SP 3410SF da Ricoh MFP de Mesa a Laser em PB O Centro de Trabalho Completo. ersátil. compacta. cessível. Perguntas Frequentes Aficio SP 3400SF/SP 3410SF da Ricoh MFP de Mesa a Laser em PB O Centro de Trabalho Completo ersátil compacta cessível Perguntas Frequentes A AFICIO SP 3400SF/SP3410SF4210N DA RICOH PERGUNTAS FREQUENTES

Leia mais

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Este artigo demonstra como configurar uma rede virtual para ser usada em testes e estudos. Será usado o VirtualBox

Leia mais

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC FIBRAS ÓPTICAS E ACESSÓRIOS LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA B5NX-CNC PRODUTOS INJETADOS Catálogo de MARCAS DISTRIBUÍDAS Produtos R A Division of Cisco Systems, Inc. RACKS E ACESSÓRIOS Linha

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

Rua Alferes Poli, 589 - Centro Curitiba PR - CEP: 80230-090. BASTECH Automação e Serviços. E-Mail: comercial@bastech.com.br - www.bastech.com.

Rua Alferes Poli, 589 - Centro Curitiba PR - CEP: 80230-090. BASTECH Automação e Serviços. E-Mail: comercial@bastech.com.br - www.bastech.com. BASTECH Automação e Serviços Rua Alferes Poli, 589 - Centro Curitiba PR - CEP: 80230-090 Fone/Fax: (41) 3013-1049 E-Mail: comercial@bastech.com.br - www.bastech.com.br PLATINA Características Modelos:

Leia mais

GABINETE ALTURA PROCESSADORES NÚCLEOS DE PROCESSAMENTO MEMÓRIA RAM CHIPSET ARQUITETURA BIOS

GABINETE ALTURA PROCESSADORES NÚCLEOS DE PROCESSAMENTO MEMÓRIA RAM CHIPSET ARQUITETURA BIOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS GABINETE ALTURA - Rack Chassis Próprio - Ventiladores Internos Hot Plug Redundantes - Ventilação Adequada para a Refrigeração do Sistema Interno do Equipamento na sua Configuração

Leia mais

ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONAL SENAC CENTRO HISTÓRIOCO PRONATEC RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO DE INFRAESTRUTURA

ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONAL SENAC CENTRO HISTÓRIOCO PRONATEC RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO DE INFRAESTRUTURA ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONAL SENAC CENTRO HISTÓRIOCO PRONATEC RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO DE INFRAESTRUTURA Ana Castilhos Fabrício Raquel Shaiane Pelotas, 2013 1 Ana Castilhos Fabrício Raquel Shaiane PROJETO

Leia mais

Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012

Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012 Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012 Apresentação Portfólio de Serviços e Produtos da WebMaster Soluções. Com ele colocamos à sua disposição a Tecnologia que podemos implementar em sua empresa.

Leia mais

LIGANDO MICROS EM REDE

LIGANDO MICROS EM REDE LAÉRCIO VASCONCELOS MARCELO VASCONCELOS LIGANDO MICROS EM REDE Rio de Janeiro 2007 ÍNDICE Capítulo 1: Iniciando em redes Redes domésticas...3 Redes corporativas...5 Servidor...5 Cliente...6 Estação de

Leia mais

ESET SMART SECURITY 8

ESET SMART SECURITY 8 ESET SMART SECURITY 8 Microsoft Windows 8.1 / 8 / 7 / Vista / XP / Home Server 2003 / Home Server 2011 Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer download da versão mais recente deste documento

Leia mais

Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do Sisloc

Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do Sisloc Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do Sisloc Sumário: 1. Pré-requisitos de instalação física e lógica do Sisloc... 3 Servidores de Dados... 3 Servidores de Aplicação (Terminal Service)... 3

Leia mais

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless)- UNICARIOCA

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless)- UNICARIOCA Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless)- UNICARIOCA Objetivos A política de utilização da rede wireless tem como objetivo estabelecer regras e normas de utilização e ao mesmo tempo desenvolver

Leia mais

ENH916-NWY. Manual do Usuário

ENH916-NWY. Manual do Usuário ENH916-NWY Manual do Usuário Aviso da FCC Este equipamento foi testado e se encontra em conformidade com os limites de dispositivo digital de Classe B, de acordo com a Parte 15 das Regras de FCC. Estes

Leia mais

O relacionamento direto com o cliente, respeito mútuo, responsabilidade, flexibilidade e adaptabilidade são os principais valores da Infolux.

O relacionamento direto com o cliente, respeito mútuo, responsabilidade, flexibilidade e adaptabilidade são os principais valores da Infolux. A NOSSA HISTÓRIA A Infolux Informática possui seu foco de atuação voltado para o mercado corporativo, auxiliando micro, pequenas e médias empresas na tarefa de extrair o máximo de benefícios com investimentos

Leia mais

ESET SMART SECURITY 7

ESET SMART SECURITY 7 ESET SMART SECURITY 7 Microsoft Windows 8.1 / 8 / 7 / Vista / XP / Home Server 2003 / Home Server 2011 Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer download da versão mais recente deste documento

Leia mais

Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização

Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 07/2011 Sumário 3 1 Configuração padrão Marca e modelo do equipamento deverão constar da HCL - Lista

Leia mais

(Alimentação) DESLIGADO Sem energia. LIGADO Uma conexão válida foi estabelecida. Pacotes de Dados DESLIGADO Nenhuma conexão estabelecida

(Alimentação) DESLIGADO Sem energia. LIGADO Uma conexão válida foi estabelecida. Pacotes de Dados DESLIGADO Nenhuma conexão estabelecida Parabéns pela aquisição do SWITCH MYMAX 8 PORTAS. Este comutador integra as capacidades do Comutador Rápido de 100Mbps e da Rede Ethernet de 10Mbps em uma mini-embalagem altamente flexível. 1. Conteúdo

Leia mais

A. Modos de operação. Introdução. 1.1 - Repetidor Wireless N. Configurações mínimas. 1.2 - Repetidor Wireless N + cabo RJ-45. A embalagem contém

A. Modos de operação. Introdução. 1.1 - Repetidor Wireless N. Configurações mínimas. 1.2 - Repetidor Wireless N + cabo RJ-45. A embalagem contém Introdução O Repetidor Wi-Fi N - 300 Mbps com 2 portas de rede (1 porta LAN + 1 porta WAN/LAN) Comtac modelo WN9254 foi desenvolvido para usuários que buscam ampliar a cobertura de uma rede Wireless existente

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Universidade de Brasília Introdução a Microinformática Turma H Redes e Internet Giordane Lima Porque ligar computadores em Rede? Compartilhamento de arquivos; Compartilhamento de periféricos; Mensagens

Leia mais

Microsoft Windows 7 / Vista / XP / 2000 / Home Server. Guia de Inicialização Rápida

Microsoft Windows 7 / Vista / XP / 2000 / Home Server. Guia de Inicialização Rápida Microsoft Windows 7 / Vista / XP / 2000 / Home Server Guia de Inicialização Rápida O ESET Smart Security fornece proteção de última geração para o seu computador contra código malicioso. Com base no ThreatSense,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA ANEXO I - PLANILHA DE QUANTIDADES E S 1 un 150,00 2 un 25,00 Microcomputador com a seguinte configuração mínima: Placa mãe Asus P5K-seProcessador socket 775 C2D E67502 pentes de memória DDR2 800 Mhz de

Leia mais

PHP SOFTWARE COMPANY. Samily Rocha Gois Francisco Luiz Sobrinho. Projeto de Software Floricultura Beija-Flor Especificação Suplementar. Versão 101.

PHP SOFTWARE COMPANY. Samily Rocha Gois Francisco Luiz Sobrinho. Projeto de Software Floricultura Beija-Flor Especificação Suplementar. Versão 101. PHP SOFTWARE COMPANY Samily Rocha Gois Francisco Luiz Sobrinho Projeto de Software Floricultura Beija-Flor Especificação Suplementar Versão 101.6 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 20/09/2012

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

Wyse. E class. Computação acessível para a educação. Wyse classe E. Saiba mais. Aqui:

Wyse. E class. Computação acessível para a educação. Wyse classe E. Saiba mais. Aqui: Wyse E class Computação acessível para a educação Wyse classe E. Saiba mais. Aqui: Apresentamos os Zero clients Wyse classe E Computação acessível para salas de aula. Em qualquer lugar. Os Zero clients

Leia mais

Estimativa. Unioeste 30809/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital

Estimativa. Unioeste 30809/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital Filtrado por ( : = '' ) E ( em haver: >= 1 ) E (Imprimir quantidades por setor de consumo = Sim) 06/05/2014:17:06 Página 1 de 1 Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. 23 7023 Backup - Agente Aplicação Exchange

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA TERESA

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA TERESA Pregão Presencial Nº 000131/2014 Abertura 24/10/2014 09:00 Processo 012339/2014 Lote 00001 - LOTE 01 - IMPRESSORA Descrição Ítem Código Especificação Unidade Quantidade Marca Unitário Valor Total 00001

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS - SRP

TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS - SRP TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS - SRP 1. INTRODUÇÃO A presente licitação tem como por objetivo atender às necessidades da Câmara Municipal de Vitória do Xingu PA. 2.

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS E LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS 02 5. INSTRUÇÕES GERAIS 02 5.1. Processador 02 5.2. Memória 03 5.3. Periféricos Inclusos 03 5.4. Unidades

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES TEXTOS DE REFORÇO Michel da Rocha Fragoso 2010 2 Saudações Olá, meus caros alunos. Esta é uma série de textos de reforço de minha autoria sobre o nosso próximo módulo a ser estudado

Leia mais

ONDE LEIA SE: LOTE 01

ONDE LEIA SE: LOTE 01 Divinolândia, 21 de Setembro de 2011 Prezados senhores interessados, Esta comissão de Julgamento de Licitação do Conderg Hospital Regional de Divinolândia, esclarece através deste, alteração feita no Edital

Leia mais

COMUNICADO PREGÃO Nº 048/2007

COMUNICADO PREGÃO Nº 048/2007 COMUNICADO PREGÃO Nº 048/2007 OBJETO: Fornecimento, configuração, testes e assistência técnica, durante período de garantia, de 28 (vinte e oito) microcomputadores portáteis (notebooks) de alta mobilidade,

Leia mais

Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Requisito Descrição 6.1 - Produtos de Hardware 6.1.1. GRUPO 1 - IMPRESSORA TIPO I (MONOCROMÁTICA 20PPM - A4) 6.1.1.1. TECNOLOGIA DE IMPRESSÃO 6.1.1.1.1.

Leia mais