SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis"

Transcrição

1 CURRÍCULO DE PROGRAMA SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis Esta sessão trata da importante habilidade pessoal e profissional do estabelecimento de metas. As participantes podem ter sentimentos diferentes sobre o estabelecimento de metas; algumas podem estar estabelecendo metas pela primeira vez, enquanto outras podem ter objetivos já estabelecidos. O papel da facilitadora é acomodar o nível de conforto de cada participante, enfatizando que o objetivo desta sessão não é estabelecer metas pessoais e profissionais para o resto de suas vidas. Pelo contrário, as facilitadoras devem salientar que esta sessão serve como um exercício de estabelecimento de metas, e que isto irá ajudar as participantes aprender como desenvolver um objetivo claro e razoável, e também como mapear ações de pequenos passos para alcançar seu objetivo. Objetivos de Aprendizagem: Após a conclusão deste sessão as participantes do programa serão capazes de: 1. associar específicas característica com objetivos bem sucedidos. 2. escrever metas pessoais e acompanhar passos de ação de curto e longo prazo. Apostilas de Acompanhamento: História da Tamara Características de Metas Folha de Trabalho Escrevendo Metas Originais (impressão frente e verso) Materiais Necessários: Quebra-gelo Identificar metas Agenda Características de Objetivos bem Sucedidos Escrevendo Metas Originais Exercício de Passos de Ação Escrevendo Passos de Ação Originais Atividade de encerramento 5 minutos 10 minutos 10 minutos 10 minutos 10 minutos 12 minutos 3 minutos Crachás (1 para cada participante) Total 60 minutos Canetas Canetas hidrográficas Flip-chart, cartaz, ou quadro-negro/lousa branca Computador Laptop ou projetor e tela (opcional) Pedaços grandes de papel ou slides PowerPoint pré-preparados com objetivos escritos Fita adesiva Bolas leves de tamanho pequeno-médio (1 para aproximadamente cada 3 a 5 participantes) 1709 Spruce St. Philadelphia, PA Soroptimist.org LiveYourDream.org Soroptimist International of the Americas

2 SESSÃO 3: CRIANDO METAS ATINGÍVEIS Preparo para Sessão 3 Esta sessão necessita de uma facilitadora em papel principal e mais uma facilitadora para cada três a cinco participantes. As facilitadoras adicionais distribuirão o material impresso e trabalharão com cada pequeno grupo de três a cinco participantes enquanto preenchem as atividades. Caso disponível, seria bom ter um número ainda maior de facilitadoras circulando entre os pequenos grupos para dar mais apoio às participantes enquanto elas preenchem a apostila de Redigir metas originais. Talvez seja útil para as facilitadoras ficarem familiarizadas com o ambiente de metas SMART para que possam auxiliar as participantes a entenderem diversas das atividades nessa sessão. Antes da sessão, uma facilitadora deve preparar uma meta SMART com base na sua experiência pessoal para compartilhar como exemplo às participantes. Outra facilitadora também deve preparar os passos de ação com base na sua experiência pessoal para compartilhar como exemplo às participantes. A. Quebra-gelo (5 minutos) Escolha uma atividade de quebra-gelo do Guia do Facilitador. B. Identificar Metas (10 minutos) Separe as participante em grupos de três a cinco. Distribua a apostila História da Tamara. Oriente as participantes para: Ler a História da Tamara. Enquanto estiver lendo, sublinhar o que você acha que são as metas da Tamara. Você tem dois minutos para completar este exercício. Após dois minutos oriente as participantes a: Trabalhar juntas em seus pequenos grupos para responder as seguintes perguntas: o Quais as metas que você acha que a Tamara é mais provável de alcançar? o Por quê? o O que mais você precisa saber? o (Se possível, coloque visivelmente estas perguntas em algum lugar na sala) Escolha uma pessoa para fazer as anotações para o seu pequeno grupo. Você tem três minutos para completar este exercício. Após três minutos, escolha uma representante de três grupos diferentes para levantar e compartilhar brevemente as respostas de seu pequeno grupo com todos do grupo total. Soroptimist International of the Americas. Outubro pag. 2 de 12

3 SESSÃO 3: CRIANDO METAS ATINGÍVEIS C. Caracteristicas de Objetivos Bem Sucedidos (10 minutos) Deixe que as participantes permaneçam nos mesmos grupos pequenos. Facilitadoras adicionais devem se unir a cada pequeno grupo de três a cinco participantes para fornecer apoio para o restante das atividades. Explique as participantes que: A História da Tamara introduziu o conceito de identificação de metas. Agora nós iremos olhar mais de perto nas metas e nos focalizar nas características que fazem que um objetivo tenha maior possibilidade de ser atingido. Distribua a apostila Características de Metas (Definições). Mostre as seguintes palavras no papel do flipchart, quadro-negro ou tela: Metas Atingíveis São: Especificas Mensuráveis Atingíveis Relevantes Limite de tempo Explique as participantes que: Cada uma destas características reforça metas e aumenta a possibilidade que seus objetivos serão alcançados. Leia em voz alta as definições das seguintes características de objetivos: 1. Específico Seu objetivo deve ser claro e bem definido, não vago ou geral. Sem uma direção específica seus objetivos não são bastante suficiente para lhe mostrar o caminho para o sucesso. Quando você define precisamente aonde você quer ir, chegar lá será muito mais fácil. 2. Mensurável - Incluir quantias exatas, datas e outros detalhes em seu objetivo para que assim você possa medir se está no caminho certo. Sem uma maneira de medir o seu progresso, você vai perder a comemoração que vem quando realiza alguma coisa. 3. Atingível Certifique-se de que a meta que está marcando é atingível. Estabelecer uma meta sem esperança de alcançá-la pode corroer a sua confiança. Também resista o desejo de estabelecer metas que são muito baixas ou muito fáceis. Realizar um objetivo que você não teve que trabalhar muito para alcançar pode ser insatisfatório, e também pode fazer com que você tenha medo de estabelecer uma futura meta que tem a possibilidade de não ser alcançada. 4. Relevante Mantenha a sua meta alinhada com aonde você quer ir. Não coloque o seu objetivo nas mãos de outras pessoas. Em vez disso, certifique-se que os fatores que influenciam suas metas podem ser controlados. 5. Limite de Tempo A sua meta deve ter um prazo. Quando você tem um prazo, o seu senso de propósito aumenta e a realização de sua meta se torna mais provável. Soroptimist International of the Americas. Outubro pag. 3 de 12

4 SESSÃO 3: CRIANDO METAS ATINGÍVEIS Enfatize que as metas estabelecidas pelas participantes devem ser pessoais e significativas, como também algo que as estimula e lhe ajudam crescer. Dê um exemplo guiando as participantes através de uma experiência pessoal de estabelecer e alcançar uma meta. Apresente um flipchart, quadro-negro ou tela preparada que mostra as seguinte três metas atingíveis da História da Tamara: 1. A Tamara quer transferir em dois anos para uma universidade de quatro anos para concluir o seu bacharelado. 2. O desejo da Tamara é assistir todas suas aulas e estudar duas ou três horas todos os dias depois das aulas para que ela possa concorrer a uma bolsa de estudos. 3. Durante a primeira semana de aulas, a Tamara planeja se inscrever para se tornar uma repórter do jornal da escola e assim ganhar experiência em jornalismo. Explique as participantes: Vocês terão três minutos para responder em seus pequenos grupos a seguinte pergunta: o Que característica de objetivo você vê em cada uma das metas da Tamara? A facilitadora sentada com o seu grupo pode lhe ajudar com esta atividade. Após três minutos, solicite as participantes a responder as seguintes perguntas para cada meta que está no flipchart, quadro-negro ou tela: Respostas: 1. Relevante, Específica 2. Mensurável, Relevante, Atingível 3. Relevante, Atingível, Especifica D. Escrevendo Metas Originais (10 minutos) Peça as participantes: Pense na colagem de sonhos que você criou na primeira sessão. Qual foi um dos sonhos que você tinha para daqui em 10 anos? Pause alguns minutos para reflexão. Oriente as participantes: Pense sobre os valores que você identificou na segunda sessão. Qual foi um valor significante com que você se identificou? Pause alguns minutos para reflexão. Explique as participantes que: Para alcançar os sonhos que vocês tem, é importante criar metas que irão lhe levar para aonde você quer estar no futuro. Metas são como passos para o seus sonhos. Para que as metas tenham maior probabilidade de serem alcançadas, elas precisam estar alinhadas com os nossos valores e incluir as características que acabamos de falar. Distribua a apostila Escrevendo Metas Originais para cada participante. Leia juntas os exemplos de metas. Instrua as participantes a: Soroptimist International of the Americas. Outubro pag. 4 de 12

5 SESSÃO 3: CRIANDO METAS ATINGÍVEIS Preencher as linhas em branco sob as perguntas com uma ou duas palavras para as idéias começarem fluir. Somente trabalhe nas perguntas e não siga em frente para o verso da página. Você tem três minutos para completar esta atividade. Facilitadoras sentadas com o seu grupo podem lhe ajudar com esta atividade. Após três minutos, oriente as participantes a: Virar a folha. Preencher somente o quadro 1 e 2. Escrever a sua meta no primeiro quadro. Listar no segundo quadro as características de meta que você usou para estabelecer esta meta. Você pode criar uma nova meta ou melhorar uma antiga, desde que ela seja significativa e estimulante para você. Você tem cinco minutos para completar esta atividade. Facilitadoras sentadas com o seu grupo podem lhe ajudar com esta atividade. As facilitadoras extras devem trabalhar de perto com os pequenos grupos para fornecer apoio individual para as participantes escrever suas metas e identificar características de metas atingíveis. Outras facilitadoras podem circular na sala para dar apoio extra as participantes escrever metas e identificar características de metas atingíveis. Depois de cinco minutos, fale para as participantes colocar de lado a apostila para ir a próxima atividade. E. Exercicio de Passos de Ação (10 minutos) No lugar da reunião, exiba cinco metas no papel do flipchart, quadro-negro ou tela. Se você exibi-los em uma tela, você também deve escrever cada meta em papel separado ou no quadro-negro. Metas podem incluir o seguinte: 1. Meu objetivo é atender três novas oportunidades de voluntariado em minha comunidade nos próximos três meses, e assim ajudar a minha comunidade e conhecer novas pessoas. 2. Meu objetivo é me recompensar com três horas de relaxamento todos os fins de semana para que eu esteja descansada e pronta para começar uma nova semana. 3. Meu objetivo é incorporar mais frutas e legumes em minha dieta todas as semanas para que eu possa ter mais energia e corpo mais saudável. 4. Meu objetivo é me inscrever em cinco faculdades e bolsas de estudo até janeiro, assim terei mais opções para minha educação e irei me sentir confiante que irei entrar em uma faculdade. 5. Meu objetivo é me candidatar a três empregos diferentes de meio período no próximo mês, e assim ter a oportunidade de guardar dinheiro para pequenas despesas quando estiver na faculdade. Em seguida, define passos de ação. Explique as participantes: Passos de ação responde a pergunta Que passos específicos eu preciso fazer para alcançar minha meta? Soroptimist International of the Americas. Outubro pag. 5 de 12

6 SESSÃO 3: CRIANDO METAS ATINGÍVEIS Passos de ação quebram cada alvo em tarefas menores e mais controláveis. Passos de ação descreve onde e como a meta será realizada. Passos de ação devem ser concretos e completos. Passos de ação oferece um roteiro para lhe levar ao seu alvo. Dê um exemplo levando as participantes através de uma experiência pessoal de estabelecer e alcançar uma meta. Atribua a cada pequeno grupo uma meta da lista das metas exibidas. Se houver mais de cinco grupos, atribua cada meta a mais de um grupo. Oriente as participantes: Em seus grupos, considere a sua meta atribuída. Trabalhem juntas para discutir vários passos de ação que podem levá-la a realização de seu alvo. Você tem dois minutos para completar esta atividade. Facilitadoras sentadas com o seu grupo pode lhe ajudar com esta atividade. Após dois minutos, solicite uma voluntária de cada grupo a escrever o passo de ação delas diretamente abaixo das metas nos cartazes (ou papéis grandes). Permita dois minutos para todas participantes ler os passos de ações exibidas em cada papel ou quadro-negro. Depois pergunte as participantes: Você concorda com os passos de ação que cada grupo identificou? Você vê uma maneira de reforçar qualquer um dos passos de ações identificados? Faça revisões aos passos de ações escritos no papel, cartaz ou quadro-negro de acordo com as sugestões das participantes. F. Escrevendo Passos de Ação Originais (12 minutos) Fale para as participantes pegar a sua apostila Escrevendo Metas Originais. Oriente as participantes: Pense na meta que identificou para você no começo da sessão de hoje. Leia-o novamente. Ache três passos de ação para aquela meta. Pense sobre os muito pequenos passos que precisam acontecer para poder alcançar o seu alvo. Escreva esses novos passos de ação no Quadro 3 da sua apostila. Você tem dez minutos para esta tarefa. Não tem problema se você não acabar de preencher a apostila. Você pode levar a apostila com você e continuar a trabalhar nela. Facilitadoras sentadas com o seu grupo pode lhe ajudar com esta atividade. As facilitadoras extras devem trabalhar de perto com os pequenos grupos para fornecer apoio para pensar e escrever passos de ação. Outras facilitadoras podem circular na sala para dar apoio extra as Soroptimist International of the Americas. Outubro pag. 6 de 12

7 SESSÃO 3: CRIANDO METAS ATINGÍVEIS participantes pensar e escrever passos de ação. Estimulamos as facilitadoras ajudar as participantes pensar sobre o que é necessário para elas alcançarem seus alvos. Perguntas de incentivo podem incluir: Que tipo de experiências eu posso precisar para alcançar meu alvo? Posso obter algumas dessas experiências agora? Aonde posso encontrar mais informações sobre o meu alvo? Quem pode me ajudar entender o meu objetivo? Depois de dez minutos, explique as participantes: As metas se tornam mais poderosas quando você as anota e compartilha com um amigo confiável e, ou, um mentor. As metas provavelmente irão mudar ao longo de sua vida, mas agora você tem as habilidades para criar alvos e pequenos passos de ação para poder alcançar qualquer sonho que tem para o seu futuro. G. Encerramento (3 minutos) Fale para as participantes ficar de pé em um círculo em seus pequenos grupos. A facilitadora que trabalhou de perto com cada grupo pode se unir ao círculo. Pegue uma bola e explique para as participantes: Cada uma de vocês terá a vez de pegar esta bola e jogá-la para uma outra pessoa. Quando você pegar a bola, complete a sentença: Uma coisa que aprendi hoje é... Após completar a sentença, jogue a bola para outra pessoa no círculo que ainda não pegou a bola ainda. Quando a última pessoa pegou a bola e compartilhou, a atividade estará concluída. Termine parabenizando o grupo por seu trabalho durante esta sessão. Lembre as participantes que se elas não acabaram a sua apostila Escrevendo Metas Originais, elas podem levá-la para acabar em casa. Se as participantes tiverem dúvidas enquanto preenchendo a apostila, elas podem traze-las de volta na próxima sessão e perguntar a facilitadora (para de mentoria de pequenos grupos). Soroptimist International of the Americas. Outubro pag. 7 de 12

8 História da Tamara CRIANDO METAS ATINGÍVEIS APOSTILA Tamara está começando um estimulante capítulo de sua vida. Ela está começando o seu primeiro semestre na faculdade comunitária e sonha ser uma fotojornalista profissional. Após trabalhar durante o verão no cinema de sua cidade, a Tamara está entusiasmada em envolver-se em todos os aspectos da vida universitária, tais como unir-se a grupos de estudantes e começar algumas atividades extracurriculares. Ela não mora longe da faculdade, cerca de vinte minutos de carro, e algumas de suas amigas também estam cursando a mesma faculdade. A Tamara não pretende ficar na faculdade comunitária por muito tempo. Ela espera se transferir em dois anos para uma universidade de quatro anos para completar o seu bacharelado em jornalismo com especialização em fotografia. Universidades são caras e ela não tem condições de fazer isso sem uma bolsa de estudos. Para poder trasnferir e receber a bolsa de estudo mais alta na universidade de quatro anos, o estudante deve ter um histórico acadêmico muito forte. Em vista disso, a Tamara pretende assistir todas as aulas e estudar duas a três horas por dia depois das aulas para ser considerada para uma bolsa bem financiada. Ela planeja se inscrever durante a primeira semana de aulas para ser uma reporter do jornal da escola, e assim poder ganhar experiência em entrevistar pessoas e escrever artigos. Ela irá continuar trabalhando no cinema durante o semestre porque ela gosta de seus colegas de trabalho e dos filmes gratuítos. A Tamara está planejando guardar o máximo possivel de dinheiro enquanto na escola. Soroptimist International of the Americas SOROPTIMIST.ORG LIVEYOURDREAM.ORG

9 História da Tamara CRIANDO METAS ATINGÍVEIS APOSTILA Chave para respostas Tamara está começando um estimulante capítulo de sua vida. Ela está começando o seu primeiro semestre na faculdade comunitária e sonha ser uma fotojornalista profissional. Após trabalhar durante o verão no cinema de sua cidade, a Tamara está entusiasmada em envolver-se em todos os aspectos da vida universitária, tais como unir-se a grupos de estudantes e começar algumas atividades extracurriculares. Ela não mora longe da faculdade, cerca de vinte minutos de carro, e algumas de suas amigas também estam cursando a mesma faculdade. A Tamara não pretende ficar na faculdade comunitária por muito tempo. Ela espera se transferir em dois anos para uma universidade de quatro anos para completar o seu bacharelado em jornalismo com especialização em fotografia. Universidades são caras e ela não tem condições de fazer isso sem uma bolsa de estudos. Para poder trasnferir e receber a bolsa de estudo mais alta na universidade de quatro anos, o estudante deve ter um histórico acadêmico muito forte. Em vista disso, a Tamara pretende assistir todas as aulas e estudar duas a três horas por dia depois das aulas para ser considerada para uma bolsa bem financiada. Ela planeja se inscrever durante a primeira semana de aulas para ser uma reporter do jornal da escola, e assim poder ganhar experiência em entrevistar pessoas e escrever artigos. Ela irá continuar trabalhando no cinema durante o semestre porque ela gosta de seus colegas de trabalho e dos filmes gratuítos. A Tamara está planejando guardar o máximo possivel de dinheiro enquanto na escola. Soroptimist International of the Americas SOROPTIMIST.ORG LIVEYOURDREAM.ORG

10 Características de Metas Definições CRIANDO METAS ATINGÍVEIS APOSTILA 1. Específico Seu objetivo deve ser claro e bem definido, não vago ou geral. Sem uma direção específica seus objetivos não são bastante suficiente para lhe mostrar o caminho para o sucesso. Quando você define precisamente aonde você quer ir, chegar lá será muito mais fácil. 2. Mensurável - Incluir quantias exatas, datas e outros detalhes em seu objetivo para que assim você possa medir se está no caminho certo. Sem uma maneira de medir o seu progresso, você vai perder a comemoração que vem quando realiza alguma coisa. 3. Atingível Certifique-se de que a meta que está marcando é atingível. Estabelecer uma meta sem esperança de alcançá-la pode corroer a sua confiança. Também resista o desejo de estabelecer metas que são muito baixas ou muito fáceis. Realizar um objetivo que você não teve que trabalhar muito para alcançar pode ser insatisfatório, e também pode fazer com que você tenha medo de estabelecer uma futura meta que tem a possibilidade de não ser alcançada. 4. Relevante Mantenha a sua meta alinhada com aonde você quer ir. Não coloque o seu objetivo nas mãos de outras pessoas. Em vez disso, certifique-se que os fatores que influenciam suas metas podem ser controlados. 5. Limite de Tempo A sua meta deve ter um prazo. Quando você tem um prazo, o seu senso de propósito aumenta e a realização de sua meta se torna mais provável. Soroptimist International of the Americas SOROPTIMIST.ORG LIVEYOURDREAM.ORG

11 Escrevendo Metas Originais CRIANDO METAS ATINGÍVEIS APOSTILA Aqui está um exemplo de uma meta que incorpora motivação pessoal, ações e medidas específicas. Se desejar, você pode usar o exemplo a seguir como modelo para seus próprios alvos. Meu alvo é + verbo de ação + detalhes + medidas de sucesso +chave de resultados Meu alvo é completar com sucesso 4 créditos de faculdade antes de começar a faculdade para assim poder estar preparada para o meu primeiro semestre na faculdade. Perguntas para incentivo Até onde pretende ir na escola? Que tipo de educação você quer? EM BREVE: MAIS TARDE: Que tipo de trabalho você espera ter? EM BREVE: MAIS TARDE: Quais são seus sonhos para viver sozinha ou ser independente? EM BREVE: MAIS TARDE: De que forma você pretende se envolver em sua comunidade? EM BREVE: MAIS TARDE: Soroptimist International of the Americas SOROPTIMIST.ORG LIVEYOURDREAM.ORG

12 Escrevendo Metas Originais Minha meta é... CRIANDO METAS ATINGÍVEIS APOSTILA As características que minha meta possui são Os passos que irei tomar para alcançar a minha meta são Soroptimist International of the Americas SOROPTIMIST.ORG LIVEYOURDREAM.ORG

SESSÃO 1: Descobrindo Seus Sonhos

SESSÃO 1: Descobrindo Seus Sonhos CURRÍCULO DO PROGRAMA SESSÃO 1: Descobrindo Seus Sonhos Iniciando o currículo do Sonhe, Realize, o objetivo desta sessão é começar estabelecer um espaço seguro e acolhedor para as participantes, começar

Leia mais

SESSÃO 7: Transformando os sonhos em ação

SESSÃO 7: Transformando os sonhos em ação CURRÍCULO DO PROGRAMA SESSÃO 7: Transformando os sonhos em ação Para muita gente, os sonhos são apenas sonhos. Não levam necessariamente a ações diretas para transformar tais sonhos em realidade. Esta

Leia mais

SESSÃO 2: Explorando Profissões

SESSÃO 2: Explorando Profissões SESSÃO 2: Explorando Profissões CURRÍCULO DE PROGRAMA Muitas meninas adolescentes (e adultos também) dizem que não tem ideia do que querem fazer com o resto de suas vidas. Embora que algumas meninas sonham

Leia mais

MEU PLANO DE AÇÃO EM MASSA 7 PASSOS PARA UM INCRÍVEL 2015!

MEU PLANO DE AÇÃO EM MASSA 7 PASSOS PARA UM INCRÍVEL 2015! MEU PLANO DE AÇÃO EM MASSA 7 PASSOS PARA UM INCRÍVEL 2015! Você sabia que 95% das pessoas que traçam planos de Ano Novo NUNCA os seguem adiante? A razão é que a maioria das pessoas não entende o processo

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com 1 Distribuição Gratuita. Este e-book em hipótese alguma deve ser comercializado ou ter seu conteúdo modificado. Nenhuma parte deste e-book pode ser reproduzida ou transmitida sem o consentimento prévio

Leia mais

UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR REVISÃO E CELEBRAÇÃO PARA PEQUENOS GRUPOS

UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR REVISÃO E CELEBRAÇÃO PARA PEQUENOS GRUPOS Frutos-3 Impact0 LIÇÃO 13 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR REVISÃO E CELEBRAÇÃO PARA PEQUENOS GRUPOS 9-11 Anos Neste Trimestre, as crianças aprenderão sobre Graça, Crescimento e

Leia mais

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Sumário introdução 03 Capítulo 5 16 Capítulo 1 Pense no futuro! 04 Aproveite os fins de semana Capítulo 6 18 Capítulo 2 07 É preciso

Leia mais

Unidade 1: A Bíblia: Um Guia de Sobrevivência e Vitória A Bíblia é como uma Semente: Ela pode ser Plantada em meu Coração

Unidade 1: A Bíblia: Um Guia de Sobrevivência e Vitória A Bíblia é como uma Semente: Ela pode ser Plantada em meu Coração Unidade 1: A Bíblia: Um Guia de Sobrevivência e Vitória A Bíblia é como uma Semente: Ela pode ser Plantada em meu Coração Para as crianças de 7 e 8 anos, este trimestre inicia enfatizando o Fruto, do Crescimento.

Leia mais

Seminário Sobre Reunir Registros

Seminário Sobre Reunir Registros Seminário Sobre Reunir Registros Esta lição e seus recursos de aprendizado podem ser usados para preparar um seminário de três a quatro horas sobre preparar, reunir, processar e entregar os registros a

Leia mais

Como Passar em Química Geral*

Como Passar em Química Geral* 1 Como Passar em Química Geral* por Dra. Brenna E. Lorenz Division of Natural Sciences University of Guam * traduzido livremente por: Eder João Lenardão; acesse o original em : http://www.heptune.com/passchem.html

Leia mais

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR 20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR Resultados Processo de aprendizagem EXPLORAÇÃO Busco entender como as coisas funcionam e descobrir as relações entre as mesmas. Essa busca por conexões

Leia mais

As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso

As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso Nesse artigo quero lhe ensinar a fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso. Elaborei 10 dicas para você fazer um excelente

Leia mais

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a Página 1 1 Como escrever um Estudo de Caso O que é um estudo de caso? Um estudo de caso é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a lembre-se de escrever um estudo de caso é que o caso

Leia mais

SEU sonho. Desde 1972, o programa de Prêmio de Educação e. viva o. Você pode fazer isto! Pronta para começar uma vida nova?

SEU sonho. Desde 1972, o programa de Prêmio de Educação e. viva o. Você pode fazer isto! Pronta para começar uma vida nova? Pronta para começar uma vida nova? viva o SEU sonho Prêmio de Educação e Capacitação para Mulheres Você pode fazer isto! Desde 1972, o programa de Prêmio de Educação e Capacitação para Mulheres (anteriormente

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

SEÇÃO ENTREVISTA A INICIAÇÃO CIENTÍFICA E A PUBLICAÇÃO NA GRADUAÇÃO COMO MEIOS DE QUALIDADE NA FORMAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR JOSÉ ROBERTO RUS PEREZ

SEÇÃO ENTREVISTA A INICIAÇÃO CIENTÍFICA E A PUBLICAÇÃO NA GRADUAÇÃO COMO MEIOS DE QUALIDADE NA FORMAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR JOSÉ ROBERTO RUS PEREZ Revista Eventos Pedagógicos v.5, n.4 (13. ed.), número regular, p. 115-121, nov./dez. 2014 SEÇÃO ENTREVISTA A INICIAÇÃO CIENTÍFICA E A PUBLICAÇÃO NA GRADUAÇÃO COMO MEIOS DE QUALIDADE NA FORMAÇÃO DE ENSINO

Leia mais

Tema 2: Mercado. Assunto 2: Conhecendo o mercado consumidor. Unidade 1: Muito prazer, cliente

Tema 2: Mercado. Assunto 2: Conhecendo o mercado consumidor. Unidade 1: Muito prazer, cliente Tema 2: Mercado Assunto 2: Conhecendo o mercado consumidor Unidade 1: Muito prazer, cliente Olá, caro(a) aluno(a). Este material destina-se ao seu uso como aluno(a) inscrito(a) no Curso Aprender a Empreender

Leia mais

Lição. outros. Versículo Bíblico Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações Mateus 28:19

Lição. outros. Versículo Bíblico Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações Mateus 28:19 FRUTOS-3 Descoberta Lição 9 4-6 Anos Unidade 3: Aprendendo a Viver Como Um Amigo de Jesus Amigos de Jesus Falam de Jesus para os Outros A s crianças de quatro e seis anos irão descobrir os desafios da

Leia mais

Para alcançar o Sucesso é preciso que você tenha a plena convicção de que nossos produtos e nossa Oportunidade podem realmente transformar a vida das

Para alcançar o Sucesso é preciso que você tenha a plena convicção de que nossos produtos e nossa Oportunidade podem realmente transformar a vida das Querida Estrela do Bem, Aqui estão alguns Passos para aplicarmos no dia a dia São passos diários para o sucesso do seu negócio MK. Faça o Plano das 100 CARITAS em 4 semanas com todas as Consultoras de

Leia mais

Lista de verificação para Criação & Lançamento de Produto

Lista de verificação para Criação & Lançamento de Produto Lista de verificação para Criação & Lançamento de Produto Guia: Este guia pode ser usado para lançar qualquer produto online, sendo digital ou não. Esta lista também pode ser adaptada para trabalhar muito

Leia mais

Mas, como utilizar essa ferramenta tão útil e que está à sua disposição?

Mas, como utilizar essa ferramenta tão útil e que está à sua disposição? Caríssimo aluno da Rede CEJA, Seja muito bem vindo à sua escola! Estamos muito felizes que você tenha optado por dar continuidade aos seus estudos conosco, confiando e acreditando em tudo o que poderemos

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO)

UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO) Frutos-3 Impact0 LIÇÃO 1 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO) 9-11 Anos CONCEITO CHAVE O primeiro passo para se ganhar a batalha é escolher

Leia mais

http://www.comoorganizarcasamento.com

http://www.comoorganizarcasamento.com Como Planejar seu Casamento Sem Stress Copyright 2014 Este e- book é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei 9.610/98), é proibida a reprodução do livro por meio eletrônico ou impresso. O e- book

Leia mais

PRODUTIVIDADE NA SALA DE AULA

PRODUTIVIDADE NA SALA DE AULA PRODUTIVIDADE NA SALA DE AULA Este é apenas um modelo de projeto feito nos Estados Unidos que pode ser adaptado através de sites do IBGE. Modelo de aula baseado no censo americano. Levantamento dos Dados

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO. META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico.

DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO. META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico. DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO Aula 3 META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno(a) deverá: ler

Leia mais

Sumário. Introdução - O novo hábito... 1. Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3. Sobre o vocabulário... 4. Benefícios... 7

Sumário. Introdução - O novo hábito... 1. Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3. Sobre o vocabulário... 4. Benefícios... 7 Sumário Introdução - O novo hábito... 1 Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3 Sobre o vocabulário... 4 Benefícios... 7 Perguntas Frequentes sobre o Orçamento Doméstico... 10 Capítulo 2 - Partindo

Leia mais

Compreendendo o espaço

Compreendendo o espaço Módulo 1 Unidade 2 Compreendendo o espaço Para início de conversa... A forma como você se locomove na cidade para ir de um lugar a outro tem a ver com as direções que você toma e com o sentido para o qual

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

Conseguimos te ajudar?

Conseguimos te ajudar? Controlar suas finanças deve ser um hábito. Não com o objetivo de restringir seus sonhos de consumo, mas sim de convidá-lo a planejar melhor a realização da cada um deles, gastando o seu dinheiro de maneira

Leia mais

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR 20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR Resultados Processo de aprendizagem SENTIDOS (principal) Gosto de informações que eu posso verificar. Não há nada melhor para mim do que aprender junto

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

Este documento pode ser baixado em: www.tearfund.org/cedra/forms

Este documento pode ser baixado em: www.tearfund.org/cedra/forms FORMULÁRIO 3+4 Modelos para o Levantamento CEDRA e o Plano de Ação Levantamento CEDRA Este documento pode ser baixado em: www.tearfund.org/cedra/forms Como preencher o Levantamento CEDRA O levantamento

Leia mais

Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância

Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância Página1 Apresentação Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância Olá Participante do Curso A Escola no Combate ao Trabalho Infantil (ECTI), Este tutorial pretende

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Ensine para seus alunos a importância de poupar e planejar o orçamento pessoal com este divertido gibi da Marvel.

MANUAL DE INSTRUÇÕES Ensine para seus alunos a importância de poupar e planejar o orçamento pessoal com este divertido gibi da Marvel. MANUAL DE INSTRUÇÕES Ensine para seus alunos a importância de poupar e planejar o orçamento pessoal com este divertido gibi da Marvel. OS VINGADORES // SALVANDO O DIA VISÃO GERAL Aula baseada no gibi Salvando

Leia mais

Redação do Enem deve conter no mínimo sete linhas

Redação do Enem deve conter no mínimo sete linhas Redação do Enem deve conter no mínimo sete linhas Texto pode ser anulado pelos corretores mesmo que apresente conteúdo relacionado ao tema proposto. A redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deve

Leia mais

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/08/2009. Humanos aprimorados versus humanos comuns

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/08/2009. Humanos aprimorados versus humanos comuns VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA CONVIVER COM OS HUMANOS APRIMORADOS? http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=voce-esta-preparado-conviver-humanosaprimorados&id=010850090828 Redação do

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Guia para líderes em educação

Guia para líderes em educação Guia para líderes em educação Índice O que é o Duolingo?...3 Como funciona o Duolingo?...4 Mantendo a motivação dos alunos...5 Aprender e ensinar...6 Ideias fáceis para a sala de aula...7 Aproveitando

Leia mais

I - RELATÓRIO DO PROCESSADOR *

I - RELATÓRIO DO PROCESSADOR * PSICODRAMA DA ÉTICA Local no. 107 - Adm. Regional do Ipiranga Diretora: Débora Oliveira Diogo Público: Servidor Coordenadora: Marisa Greeb São Paulo 21/03/2001 I - RELATÓRIO DO PROCESSADOR * Local...:

Leia mais

Unidade 3: Acampamento Balaio

Unidade 3: Acampamento Balaio FRUTOS-3 DESAFIO Vivendo a Vida com Deus Unidade 3: Acampamento Balaio Fazendo Diferença ao Doar e Servir LIÇÃO 12 7-8 Anos Neste Trimestre, as crianças continuarão a pesquisar os cinco frutos do Trimestre

Leia mais

Avalie sua vida em 2015 Construa aprendizados para crescer em 2016

Avalie sua vida em 2015 Construa aprendizados para crescer em 2016 Avalie sua vida em 2015 Construa aprendizados para crescer em 2016 1. Introdução... 3 1.1. Orientações Gerais... 3 2. Principais Objetivos... 4 3. Direcionadores Estratégicos... 4 4. Ações realizadas...

Leia mais

O que veremos. O que tudo mundo quer? Liderança para aumentar a renda! 08/12/2015

O que veremos. O que tudo mundo quer? Liderança para aumentar a renda! 08/12/2015 Liderança para aumentar a renda! Iniciaremos em breve! Quero você me acompanhando porque as informações de hoje são extremamente vitais para seu sucesso! O que veremos 1 -Aprenda o que a liderança pode

Leia mais

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br Guia Prático para Encontrar o Seu Propósito de Vida www.vidadvisor.com.br "Onde os seus talentos e as necessidades do mundo se cruzam: aí está a sua vocação". Aristóteles Orientações Este é um documento

Leia mais

Como criar um perfil de destaque no LinkedIn

Como criar um perfil de destaque no LinkedIn Como criar um perfil de destaque no LinkedIn O que é o LinkedIn e como ele pode me ajudar? O LinkedIn é uma rede social on-line para profissionais. Muitas pessoas dizem que é o Facebook dos negócios. Os

Leia mais

CURRÍCULO DO PROGRAMA

CURRÍCULO DO PROGRAMA CURRÍCULO DO PROGRAMA SESSÃO 6: Equilibrando o Seu Estresse Os adolescentes de hoje relatam altos níveis de estresse como nunca haviam antes. Muitos vivenciam uma significativa pressão acadêmica e familiar

Leia mais

Orientações Gerais para o Mobilizador 1

Orientações Gerais para o Mobilizador 1 Orientações Gerais para o Mobilizador 1 Índice CADERNO 1: ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O MOBILIZADOR 1.1. Mensagem ao mobilizador... 03 1.2. Materiais de implantação do Ciclo 4... 05 1.3. As reuniões: quantas

Leia mais

Guia do Facilitador. Aprendizagem Baseada em Projetos. http://www.intel.com/educacao. Série Elementos Intel Educar Aprendizagem Baseada em Projetos

Guia do Facilitador. Aprendizagem Baseada em Projetos. http://www.intel.com/educacao. Série Elementos Intel Educar Aprendizagem Baseada em Projetos Série Elementos Intel Educar Guia do Facilitador http://www.intel.com/educacao Copyright 2010 Intel Corporation. Página 1 de 19 Termos de Uso para o Guia do Facilitador da Série Elementos Intel Educar

Leia mais

CIDADÃOS VIRTUAIS RESPONSÁVEIS

CIDADÃOS VIRTUAIS RESPONSÁVEIS Guia da LIÇÃO Idade recomendada: 11 CIDADÃOS VIRTUAIS RESPONSÁVEIS Objetivos de aprendizado Os alunos irão desenvolver uma compreensão abrangente do conceito de comunidade e sua aplicação na internet.

Leia mais

ESTRATÉGIAS PARA PROVA MENTALIDADE E ORGANIZAÇÃO TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO

ESTRATÉGIAS PARA PROVA MENTALIDADE E ORGANIZAÇÃO TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO ESTRATÉGIAS PARA PROVA TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS MENTALIDADE E CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO OBJETIVO DO MÓDULO SEU MAIOR CONCORRENTE É VOCÊ. SE VOCÊ IDENTIFICA OS PRÓPRIOS ERROS E ORGANIZA

Leia mais

Lançada pela Fundação Schlumberger em 2004, a Universidade para o Futuro cresceu para se tornar uma comunidade de 142 mulheres em 43 países.

Lançada pela Fundação Schlumberger em 2004, a Universidade para o Futuro cresceu para se tornar uma comunidade de 142 mulheres em 43 países. Próxima sessão de concessão de bolsas de estudo A sessão de concessão de bolsas de estudo de 2011 abrirá para inscrições a partir de 15 de setembro de 2010. Formulários de orientação e inscrição estarão

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

UNIDADE 1: PRECISA DE SABEDORIA? A BÍBLIA É A AUTORIDADE FINAL

UNIDADE 1: PRECISA DE SABEDORIA? A BÍBLIA É A AUTORIDADE FINAL Frutos-1 Impact0 LIÇÃO 1 VIVENDO A VIDA COM DEUS 9-11 Anos UNIDADE 1: PRECISA DE SABEDORIA? A BÍBLIA É A AUTORIDADE FINAL CONCEITO CHAVE A BÍBLIA ORIGINOU- SE COM DEUS E NÓS PODEMOS OLHAR PARA ELA COMO

Leia mais

Diretrizes para programas de leitura organizados por bibliotecas - algumas sugestões práticas

Diretrizes para programas de leitura organizados por bibliotecas - algumas sugestões práticas Diretrizes para programas de leitura organizados por bibliotecas - algumas sugestões práticas Introdução A Seção de Leitura da IFLA tem o prazer de apresentar algumas sugestões práticas para as bibliotecas

Leia mais

ONG S E ASSOCIAÇÕES. Aproveite bem todas as dicas, fotos e textos deste guia, pois eles são muito importantes.

ONG S E ASSOCIAÇÕES. Aproveite bem todas as dicas, fotos e textos deste guia, pois eles são muito importantes. ONG S E ASSOCIAÇÕES PARA COMEÇAR Você tem vontade de participar mais do que acontece ao seu redor, dar uma força para resolver questões que fazem parte da rotina de certos grupos e comunidades e colocar

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

LETRAS PESQUISA EXAME NACIONAL DE CURSOS

LETRAS PESQUISA EXAME NACIONAL DE CURSOS EXAME NACIONAL DE CURSOS Esta pesquisa é parte integrante do Exame Nacional de Cursos o Provão e tem por objetivo não só levantar informações que permitam traçar o perfil do conjunto de graduandos, mas

Leia mais

Como estudar o SIPIA CT

Como estudar o SIPIA CT Como estudar o SIPIA CT Versão 1.0 Índice 1. Introdução... 2 2. O Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)... 2 3. Recursos do AVA... 4 3.1. Fórum de dúvidas e discussões... 5 3.2. Apostila Eletrônica...

Leia mais

Introdução à participação infantil

Introdução à participação infantil Seção 1 Introdução à participação 1.1 Uma visão bíblica da criança Em muitas culturas, as crianças são subestimadas. No entanto, Deus valoriza as crianças tanto quanto os adultos. Todos os seres humanos

Leia mais

5 Dicas Testadas para Você Produzir Mais na Era da Internet

5 Dicas Testadas para Você Produzir Mais na Era da Internet 5 Dicas Testadas para Você Produzir Mais na Era da Internet Uma das verdades absolutas sobre Produtividade que você precisa saber antes de seguir é entender que se ocupar não é produzir. Não sei se é o

Leia mais

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS Frutos-1 Impact0 LIÇÃO 12 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS 9-11 Anos HISTÓRIA BÍBLICA João 1:12; I Pedro 3:15, 18 A Bíblia nos ensina

Leia mais

DESENVOLVENDO HABITOS DE ESTUDO

DESENVOLVENDO HABITOS DE ESTUDO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA IF-SC DESENVOLVENDO HABITOS DE ESTUDO Elaborado por: Psicóloga Katia Griesang Conteúdo da palestra Você estuda apenas para obter boas notas?! Voce acha que tem muitas

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Por que foca?

APRESENTAÇÃO. Por que foca? APRESENTAÇÃO Por que foca? O foca, jornalista iniciante, tem grande dificuldade de encontrar um guia entre os textos técnicos publicados no Brasil. Com a pauta lhe queimando as mãos, ele se inquieta: por

Leia mais

Guia de Discussão Série Eu e meu dinheiro Episódio: O piano ou a Aninha

Guia de Discussão Série Eu e meu dinheiro Episódio: O piano ou a Aninha Guia de Discussão Série Eu e meu dinheiro Episódio: O piano ou a Aninha Sumário Sobre a série... 3 Material de apoio... 3 Roteiro para uso dos vídeos em grupos... 4 Orientações para o facilitador... 4

Leia mais

Quatro Parábolas de Jesus

Quatro Parábolas de Jesus Quatro Parábolas de Jesus Neste pacote há materiais para uma série de quatro lições sobre algumas Parábolas de Jesus. Primeiramente está incluído o guia do líder, seguido por folhas que podem ser utilizadas

Leia mais

COMO INVESTIR NO TESOURO DIRETO

COMO INVESTIR NO TESOURO DIRETO 1 COMO INVESTIR NO TESOURO DIRETO UM GUIA PRÁTICO PARA COMPRAR SEU PRIMEIRO TÍTULO PÚBLICO BILLY C. IMPERIAL Copyright 2015. Todos os Direitos Reservados. EDITADO POR ALEXSANDER GUEDES LIMA ISBN:1508888582

Leia mais

A criança, a escrita e a leitura: sugestões para a ação

A criança, a escrita e a leitura: sugestões para a ação A criança, a escrita e a leitura: sugestões para a ação Geraldina Porto Witter PUC-Campinas As sugestões aqui arroladas decorrem de pesquisas, as quais evidenciam a eficiência das mesmas. Elas servem a

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO DE PROFESSOR. Professor: Data / / Disciplina:

QUESTIONÁRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO DE PROFESSOR. Professor: Data / / Disciplina: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA de São Paulo, Campus Avançado de Matão, base em Sertãozinho Relatório de Avaliação Interna RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO INTERNA DO CAMPUS AVANÇADO DE MATÃO

Leia mais

Criação de Orçamentos

Criação de Orçamentos Criação de Orçamentos As pessoas primeiro, depois o as coisas. Suze Orman, Consultora financeira H á muitas maneiras de gastar seu dinheiro. Será que você deve comprar aquele livro que você está querendo

Leia mais

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD o seu Site e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Conteúdo Introdução Escrever bem é um misto entre arte e ciência Seus conhecimentos geram mais clientes Dicas práticas Faça

Leia mais

Rica. Eu quero ser... Especial ???????? Luquet. Um guia para encontrar a rota da prosperidade. Apoio: por Mara. Elas&Lucros

Rica. Eu quero ser... Especial ???????? Luquet. Um guia para encontrar a rota da prosperidade. Apoio: por Mara. Elas&Lucros ???????? Apoio: Rica Eu quero ser... Um guia para encontrar a rota da prosperidade por Mara Luquet 81 Era uma vez... Era uma vez uma princesa, dessas que passeiam pelos campos e bosques e são muito bonitas

Leia mais

Planejar Para o Sucesso

Planejar Para o Sucesso Planejar Para o Sucesso Treinamento Especialistas de Estacas e Professores do PPS 27 MAR 2014 Iniciaremos o treinamento às 20 horas pontualmente (horário de Brasília). Por favor, aguarde alguns minutos.

Leia mais

Laboratório didático de Física

Laboratório didático de Física Laboratório didático de Física Como redigir um relatório Como escrever um relatório? Esperamos nos próximos parágrafos passar algumas informações úteis para escrever um relatório. É possível que algumas

Leia mais

Um introdução. Guia do Workshop INSPIRAÇÃO IDEAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO. O Processo de Design. O Curso para o Design Centrado no Ser Humano

Um introdução. Guia do Workshop INSPIRAÇÃO IDEAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO. O Processo de Design. O Curso para o Design Centrado no Ser Humano Guia do Workshop INSPIRAÇÃO IDEAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO O Processo de Design Vamos começar! Nós sabemos por experiência que o único jeito de aprender o design centrado no ser humano é aplicando-o. Por isso,

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

JAN FEV MAR ABR MAIO JUN JUL AGO SEP OCT NOV DEZ

JAN FEV MAR ABR MAIO JUN JUL AGO SEP OCT NOV DEZ GUIÃO: INFORMAÇÕES A RECOLHER NO INICIO DO ANO No inicio do ano recolha se dados iniciais, chamados dados de base. Estes dados ajuda nos a ter um ponte de referência. Quando nos olharmos para atrás no

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade Organizando Voluntariado na Escola Aula 2 Liderança e Comunidade Objetivos 1 Entender o que é liderança. 2 Conhecer quais as características de um líder. 3 Compreender os conceitos de comunidade. 4 Aprender

Leia mais

HÁBITO DE ESTUDO: ORGANIZAÇÃO E PERSISTÊNCIA

HÁBITO DE ESTUDO: ORGANIZAÇÃO E PERSISTÊNCIA HÁBITO DE ESTUDO: ORGANIZAÇÃO E PERSISTÊNCIA Franciele Xhabiaras Grapiglia Graduada em Pedagogia Especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional frangrapiglia@yahoo.com.br Estamos sempre em processo

Leia mais

Guia Prático ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA PARA BANCAR A FACULDADE

Guia Prático ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA PARA BANCAR A FACULDADE Guia Prático ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA PARA BANCAR A FACULDADE ÍNDICE 1 Introdução 2 Qual a importância da educação financeira para estudantes? 3 Comece definindo onde é possível economizar 4 Poupar é muito

Leia mais

Todos os dias Leitura: atividades

Todos os dias Leitura: atividades Todos os dias Leitura: atividades 1. Escreva Certo (C) ou Errado (E) para as afirmações a seguir. A) O marido acorda a esposa todos os dias de manhã. ( ) B) Às seis da tarde ele volta para casa depois

Leia mais

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega.

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Prezado Editor, Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Gostaria de compartilhar com os demais leitores desta revista, minha experiência como mãe, vivenciando

Leia mais

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 6 por completo do livrotexto Muito Prazer Unidade 6 I Ir Preposição para + artigo Preposição a + artigo Eu vou Para + o = para o

Leia mais

SENTIDOS SUBJETIVOS DE ESTUDANTES DE BIOLOGIA A PARTIR DO USO DAS TICs

SENTIDOS SUBJETIVOS DE ESTUDANTES DE BIOLOGIA A PARTIR DO USO DAS TICs SENTIDOS SUBJETIVOS DE ESTUDANTES DE BIOLOGIA A PARTIR DO USO DAS TICs Iris Maria de Moura Possas (Universidade Federal do Pará Instituto de Educação em Ciências e Matemática e Escola de Ensino Fundamental

Leia mais

LIÇÃO 1 Conhecendo a Igreja

LIÇÃO 1 Conhecendo a Igreja LIÇÃO 1 Conhecendo a Igreja Ensino Ensino 11 11 Anos Anos Nesse currículo que se inicia começaremos falando sobre a história da igreja local. A Igreja Batista Central é a igreja de Jesus da qual fazemos

Leia mais

CHAIR DRYDEN: Continuemos, vamos passar ao último tema do dia. Ainda temos 30 minutos.

CHAIR DRYDEN: Continuemos, vamos passar ao último tema do dia. Ainda temos 30 minutos. LOS ANGELES Grupo de Trabalho do GAC de processo da transição da custódia das funções da (IANA) e o fortalecimento da responsabilidade e a governança da (ICANN) Sábado, 11 de outubro de 2014 17:30 às 18:00

Leia mais

Identificação do projeto

Identificação do projeto Seção 1 Identificação do projeto ESTUDO BÍBLICO Respondendo a uma necessidade Leia Neemias 1 Neemias era um judeu exilado em uma terra alheia. Alguns dos judeus haviam regressado para Judá depois que os

Leia mais

3 Truques Para Obter Fluência no Inglês

3 Truques Para Obter Fluência no Inglês 3 Truques Para Obter Fluência no Inglês by: Fabiana Lara Atenção! O ministério da saúde adverte: Os hábitos aqui expostos correm o sério risco de te colocar a frente de todos seus colegas, atingindo a

Leia mais

0120-677-871. SEVEN BANK Serviço de Transferência Monetária Internacional App. (Ligação Gratuita)

0120-677-871. SEVEN BANK Serviço de Transferência Monetária Internacional App. (Ligação Gratuita) P.2 P.3 P.4 P.6 P.8 P.10 SEVEN BANK Serviço de Transferência Monetária Internacional App Para esclarecimento de dúvidas e outras conveniências, está disponível um botão de chamada gratuita e direta com

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS SUMÁRIO INTRODUÇÃO 03 CONTROLE DE CONTAS 04 ENTENDER E CONTROLAR AS DESPESAS FIXAS E VARIÁVEIS 05 DEFINIR PRIORIDADES 07 IDENTIFICAR

Leia mais

CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS. Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa. Ricardo Pereira

CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS. Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa. Ricardo Pereira CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa Ricardo Pereira Antes de começar por Ricardo Pereira Trabalhando na Templum Consultoria eu tive a rara oportunidade

Leia mais

PROPOSTA PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO II ENSINO DE CIÊNCIAS 2010

PROPOSTA PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO II ENSINO DE CIÊNCIAS 2010 PROPOSTA PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO II ENSINO DE CIÊNCIAS 2010 OBSERVAÇÃO NA ESCOLA Localização da Escola 29/03 16/04 Espaço Físico PPP e o Ensino de Ciências OBSERVAÇÃO NA SALA Relação Professor/Alunos

Leia mais

Unidade 1: Em Treinamento

Unidade 1: Em Treinamento FRUTOS-3 DESAFIO Vivendo a Vida com Deus Unidade 1: Em Treinamento Pensar nos Outros x Só Pensar em Si LIÇÃO 1 7-8 Anos Neste Trimestre, as crianças continuarão a pesquisar os cinco frutos do Trimestre

Leia mais

Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO

Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO 15.1 Como se Preparar para as Entrevistas É absolutamente essencial treinar-se para as entrevistas. Se você não praticar, poderá cometer todos os tipos

Leia mais

3 Dicas Poderosas Para Investir Em Ações. "A única maneira de fazer um grande trabalho é. amar o que você faz." Steve Jobs. Por Viva e Aprenda 2

3 Dicas Poderosas Para Investir Em Ações. A única maneira de fazer um grande trabalho é. amar o que você faz. Steve Jobs. Por Viva e Aprenda 2 "A única maneira de fazer um grande trabalho é amar o que você faz." Steve Jobs Por Viva e Aprenda 2 Por Viva e Aprenda Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa O Segredo Das Ações"

Leia mais

SESSÃO 5: Transformar as derrotas em sucesso

SESSÃO 5: Transformar as derrotas em sucesso SESSÃO 5: Transformar as derrotas em sucesso CURRÍCULO DO PROGRAMA Muitas meninas aprendem a temer derrotas desde pequenas. Saber a resposta correta na escola gera recompensas, enquanto que a resposta

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

NAP NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO I

NAP NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO I NAP NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO I EDUCADORA: SILVANA CAMURÇA DISCIPLINA: PORTUGUÊS EDUCANDO: Nº. ANO TURMA: DATA: / / TRIMESTRE: II REVISÃO GERAL PARA A PARCIAL SOM DO /S/ - FAMÍLIA DE PALAVRAS DERIVADAS

Leia mais

ANATOMIA DE UMA APRESENTAÇÃO

ANATOMIA DE UMA APRESENTAÇÃO ANATOMIA DE UMA APRESENTAÇÃO Susan Stavros Castelhano Uma apresentação pode ser dividida em várias partes, ou pode seguir a regra geral de uma estrutura de três partes. No começo, introduz-se o tema que

Leia mais