Data: /10/14 Bimestr e:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Data: /10/14 Bimestr e:"

Transcrição

1 Data: /10/14 Bimestr e: 3 Nome : Disciplina Ciências : Valor da Prova / Atividade: 2,0 Objetivo / Instruções: Lista de Recuperação Professo r: 8 ANO Nº Ângela Nota: 1.O neurônio é a célula do sistema nervoso responsável pela condução do impulso nervoso, a qual está localizada no cérebro. Há cerca de 86 bilhões de neurônios no sistema nervoso humano. Estão numeradas de I a III, no esquema ao lado, as partes fundamentais de um neurônio, que respectivamente, são: a) I- axônio, II- dendritos; III- corpo celular b) I- axônio, II- corpo celular; III- dendritos c) I - dendritos, II - axônio; III - corpo celular d) I - corpo celular, II- axônio; III -dendritos e) I - corpo celular, II - impulso nervoso; III sinapse 2. Em relação à excreção humana responda: Quais são os órgãos do sistema urinário? 3 O sistema nervoso possui três componentes básicos, encéfalo, medula e nervos. Estes últimos fazem a ligação das outras duas estruturas com as diversas partes do corpo. Se desfiarmos um desses nervos, veremos que são constituídos de estruturas cilíndricas muito finas denominadas axônios, prolongamentos dos neurônios. Os outros dois componentes estruturais dos neurônios são: a) o corpo celular e os dendritos b) o corpo celular e as sinapses c) os dendritos e as sinapses d) os dendritos e as células da glia e) as sinapses e as células da glia

2 4. Assinale a alternativa CORRETA: No homem, a uretra é responsável: a) pela condução de esperma, mas não de urina b) pela condução de urina, mas não de esperma c) pela condução de urina e de esperma 5. A célula representada pode desempenhar todas as funções a seguir, EXCETO: a) Coordenar funções orgânicas b) Secretar hormônio c) Controlar glândulas exócrinas d) Armazenar as informações captadas do meio em seu material genético. 6.Quando se menciona a "cor dos olhos" de uma pessoa está-se fazendo referência à coloração da estrutura do globo ocular denominada: a) pupila b) cristalino c) córnea d) íris e) globo ciliar 7.Quais são as células da retina especializadas na percepção da luz fraca? 8.Se um ser humano tiver uma lesão no nervo óptico, terá, como consequência problemas com: a) a locomoção. b) a audição. c) a visão. d) o olfato. e) o paladar. 9.Observe as imagens a seguir e marque a alternativa correta:

3 a I. Olho normal; II. Olho com miopia; III. Olho com hipermetropia; b I. Olho com hipermetropia; II. Olho normal; III. Olho com miopia; c I. Olho com miopia; II. Olho com hipermetropia; III. Olho normal; d I. Olho com miopia; II. Olho normal; III. Olho com hipermetropia; e I. Olho normal; Olho com hipermetropia; III. Olho com miopia. 10. Escreva a função das seguintes estruturas do olho: a) lente b) pupila c) retina 11.Em nosso corpo os órgãos dos sentidos estão encarregados de receber estímulos externos. Quais são esses órgãos? 12. Certos problemas de visão são decorrentes da incapacidade do olho de focalizar as imagens exatamente sobre a retina. É o que acontece em certos tipos de MIOPIA, onde o globo ocular da pessoa é um pouco mais longo que o normal, fazendo com que a imagem se forme antes da retina. Responda: a) A HIPERMETROPIA é causada por um problema OPOSTO ao da miopia. Explique o que acontece no olho de uma pessoa hipermétrope. b) Qual a estrutura responsável pela focalização da imagem na retina?

4 13.O que são células quimiorreceptoras? 14.Complete as lacunas: a)as estruturas da língua que percebem o paladar são as b)a é o órgão responsável pelo tato. c)a é um órgão sensitivo responsável pela audição. d)na miopia a imagem é focalizada antes da 15.A orelha interna compõe-se de: a) caixa timpânica e labirinto b) labirinto e caracol c) cóclea e canais semicirculares d) canais semicirculares e) cóclea e tímpano. 16. Um indivíduo, após sofrer lesão em seu cerebelo poderá desempenhar todas as funções a seguir, EXCETO: a) lembrar-se do nome de um amigo. b) retirar a mão, se espetada por um alfinete. c) resolver, mentalmente um problema matemático. d) pular corda. e) ouvir música. 17.Quais são as atitudes saudáveis que podem nos prevenir dos distúrbios do sistema nervoso? 18.Quais são os distúrbios do sistema nervoso?

5 19. Observe o esquema do sistema urinário abaixo: Escreva os nomes e as funções dos órgãos dos números correspondentes no esquema acima. 20.Diferencie, quanto ao número de neurônios participantes, o arco reflexo simples do arco reflexo composto. 21. A figura a seguir representa uma célula de um tecido humano que coordena funções importantes para a vida do indivíduo. Essa célula NÃO tem participação efetiva no ato de: a) fazer o exercício de casa. b) assistir a televisão. c) sentir o gosto dos alimentos. d) andar de bicicleta. e) cariar o dente molar.

- CAPÍTULO 9 - SISTEMA SENSORIAL

- CAPÍTULO 9 - SISTEMA SENSORIAL - CAPÍTULO 9 - SISTEMA SENSORIAL VISÃO 1. Observe a figura esquemática de um olho humano logo abaixo e identifique as estruturas indicadas. LETRA ESTRUTURA LETRA ESTRUTURA A G B H C I D J E K F 2. O que

Leia mais

APOSTILA DE CIÊNCIAS

APOSTILA DE CIÊNCIAS Escola D. Pedro I Ciências - 2ª Unidade Carla Oliveira Souza APOSTILA DE CIÊNCIAS Órgão dos Sentidos Assunto do Teste SALVADOR BAHIA 2009 Os cinco sentidos fundamentais do corpo humano: O Paladar identificamos

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ 2010 01. Ao lançar

Leia mais

OS SENTIDOS AUDIÇÃO E VISÃO

OS SENTIDOS AUDIÇÃO E VISÃO OS SENTIDOS AUDIÇÃO E VISÃO Profª Ana Cláudia Reis Pedroso AUDIÇÃO O ÓRGÃO DA AUDIÇÃO: A ORELHA O órgão responsável pela audição é a orelha (antigamente denominado ouvido), também chamada órgão vestíbulo-coclear

Leia mais

1) (Osec-SP) Na espécie humana, a cor dos olhos se deve à pigmentação da(o): a) Retina; b) Córnea; c) Íris; d) Pupila; e) Cristalino.

1) (Osec-SP) Na espécie humana, a cor dos olhos se deve à pigmentação da(o): a) Retina; b) Córnea; c) Íris; d) Pupila; e) Cristalino. Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 2 Ano Disciplina: Biologia 1) (Osec-SP) Na espécie humana, a cor dos olhos se deve à pigmentação da(o): a)

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL II

ENSINO FUNDAMENTAL II ENSINO FUNDAMENTAL II Valor: 2,0 Nota: Data: / /2015 Professor: Vagner Disciplina: ciências Nome: n o : Ano: 8º 3º bimestre ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO (CIÊNCIAS) Faça uma pesquisa com o seguinte tema: Patologias

Leia mais

Biofísica da Visão. OLHO EMÉTROPE é o olho normal, sem defeitos de visão.

Biofísica da Visão. OLHO EMÉTROPE é o olho normal, sem defeitos de visão. Biofísica da Visão O OLHO HUMANO: O olho humano é um órgão extremamente complexo, constituído de numerosas partes. Do ponto de vista físico, podemos considerar o olho humano como um conjunto de meios transparentes,

Leia mais

Órgãos dos Sentidos. web.educom.pt. Prof. CRISTINO RÊGO 8º ANO Ensino Fundamental

Órgãos dos Sentidos. web.educom.pt. Prof. CRISTINO RÊGO 8º ANO Ensino Fundamental Órgãos dos Sentidos web.educom.pt Prof. CRISTINO RÊGO 8º ANO Ensino Fundamental TATO dicas-enfermagem.blogspot.com br A pele é o órgão do tato. Nela encontram-se os receptores sensoriais contendo fibras

Leia mais

OS S ENTIDOS Profe f sso s ra: a Edilene

OS S ENTIDOS Profe f sso s ra: a Edilene OS SENTIDOS Professora: Edilene OS SENTIDOS DO CORPO HUMANO O Paladar identificamos os sabores; OOlfato sentimosodoroucheiro; O Tato sentimos o frio, o calor, a pressão atmosférica, etc; AAudição captamosossons;

Leia mais

Matéria: biologia Assunto: fisiologia humana Sistema NERVOSO Prof. Enrico blota

Matéria: biologia Assunto: fisiologia humana Sistema NERVOSO Prof. Enrico blota Matéria: biologia Assunto: fisiologia humana Sistema NERVOSO Prof. Enrico blota Biologia FISIOLOGIA HUMANA SISTEMA NERVOSO Tem por função receber, associar, armazenar ou emitir informações garantindo assim

Leia mais

13 Estudando as aulas do Telecurso 2000

13 Estudando as aulas do Telecurso 2000 A U A UL LA Estudando as aulas do Telecurso 2000 Televisão ligada. Seus olhos estão voltados para as imagens, seus ouvidos percebem os sons e você presta atenção a mais uma aula do Telecurso 2000. Enquanto

Leia mais

BIOFÍSICA DA VISÃO Existe a cabeça de um homem na figura. Onde? Olhe abaixo e diga as CORES, não as palavras... Conflito no cérebro: o lado direito do seu cérebro tenta dizer a cor, enquanto o lado

Leia mais

Como sentimos o mundo?

Como sentimos o mundo? Profa Silvia Mitiko Nishida Depto de Fisiologia Como sentimos o mundo? Introdução à Fisiologia Sensorial Qual mundo é o verdadeiro? - Cada um percebe uma obra musical de maneira diferente - Diferenças

Leia mais

Caderno de Aprendizagem

Caderno de Aprendizagem Caderno de Aprendizagem Módulo IV Unidade 3 Nome tutor data de entrega / / Governo Federal Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância Módulo IV Unidade 3 3 LINGUAGENS E CÓDIGOS Leia o poema

Leia mais

Fisiologia Sentidos Especiais

Fisiologia Sentidos Especiais O Olho Fisiologia Sentidos Especiais Profa. Ana Maria Curado Lins, M.Sc Anatomia do Olho Esclerótica: membrana mais externa do olho, é branca, fibrosa e resistente; mantém a forma do globo ocular e protege-o;

Leia mais

Instrumentos Ópticos. Associação de Lentes. Lentes Justapostas:

Instrumentos Ópticos. Associação de Lentes. Lentes Justapostas: Associação de Lentes. Lentes Justapostas: Lentes Justapostas Separação Nula. Aberração Cromática. A Lente equivalente à associação de duas lentes Justapostas, apresenta vergências das lentes associadas:

Leia mais

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 8 CIÊNCIAS Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao terceiro bimestre escolar ou às Unidades 4 e 5 do Livro do Aluno. Avaliação - Ciências NOME: TURMA: escola: PROfessOR:

Leia mais

Óptica do Olho Humano. Equipe de Física UP 2015

Óptica do Olho Humano. Equipe de Física UP 2015 Óptica do Olho Humano Equipe de Física UP 2015 Óptica do Olho Humano imagens extraídas de hob.med.br Óptica do Olho Humano imagens extraídas de hob.med.br Objeto muito distante Objeto muito distante Objeto

Leia mais

FÍSICA E TECNOLOGIAS DA ÓPTICA 414EE TEORIA

FÍSICA E TECNOLOGIAS DA ÓPTICA 414EE TEORIA 1 TEORIA 1. O QUE ACONTECE QUANDO UM FEIXE DE LUZ ATINGE UMA SUPERFÍCIE? Aqui a luz, ao incidir sobre uma superície polida, sore relexão Figura 1 Figura 2 Aqui a luz, ao incidir sobre uma superície da

Leia mais

Recuperação Final CFB 8º ano do EF

Recuperação Final CFB 8º ano do EF COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II SEÇÃO TÉCNICA DE ENSINO Recuperação Final CFB 8º ano do EF Aluno: Série: 8º ano Turma: Data: de dezembro de 2015 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1. Esta prova é um documento

Leia mais

SISTEMA VESTIBULAR E MANUTENÇÃO DO EQUILÍBRIO

SISTEMA VESTIBULAR E MANUTENÇÃO DO EQUILÍBRIO SISTEMA VESTIBULAR E MANUTENÇÃO DO EQUILÍBRIO Prof. Hélder Mauad APARELHO VESTIBULAR Órgão sensorial que detecta as sensações de equilíbrio. Constituído por labirinto ósseo e por dentro dele há o labirinto

Leia mais

Sistema Nervoso Central (SNC)

Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Central Sistema Nervoso Periférico Sistema Endócrino O Sistema Nervoso é composto por: Sistema Nervoso Central (SNC) CENTROS NERVOSOS Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos cranianos Constituição

Leia mais

Projeto CAPAZ Básico Ametropias 2 Astigmatismo e Presbiopia

Projeto CAPAZ Básico Ametropias 2 Astigmatismo e Presbiopia 1 Introdução Ao assistir à aula, você teve acesso à continuidade do nosso estudo de ametropias. Nesta apostila você terá mais algumas informações para o aprofundamento dos conteúdos trabalhados e um organograma

Leia mais

Lentes de bordas finas: quando as bordas são mais finas que a região central.

Lentes de bordas finas: quando as bordas são mais finas que a região central. Lentes Esféricas Uma lente é um meio transparente que tem duas faces curvas ou uma face curva e outra plana. Na figura temos os tipos usuais de lentes,sendo as faces curvas esféricas. Lentes de bordas

Leia mais

Óptica da Visão. Prof.: Bruno Roberto Física 1 2º ano UP - 2015

Óptica da Visão. Prof.: Bruno Roberto Física 1 2º ano UP - 2015 Óptica da Visão Prof.: Bruno Roberto Física 1 2º ano UP - 2015 O Olho Humano Partes do Olho Humano Córnea: Transparente. Serve para a passagem da luz. Umedecida pelas lágrimas. Humor Aquoso: Líquido incolor

Leia mais

Atividade O olho humano e os defeitos da visão

Atividade O olho humano e os defeitos da visão Atividade O olho humano e os defeitos da visão A atividade proposta pode ser desenvolvida para aprimorar seus conhecimentos sobre o olho humano e os defeitos da visão. Sugere-se que seja desenvolvida em

Leia mais

ERGONOMIA. CÉLULAS: divididas em CORPO, DENDRITES e UM AXÔNIO

ERGONOMIA. CÉLULAS: divididas em CORPO, DENDRITES e UM AXÔNIO ERGONOMIA AULA 3: O O ORGANISMO HUMANO FUNÇÃO NEURO-MUSCULAR SISTEMA NERVOSO Constituído de células nervosas sensíveis a estímulos. Recebem, interpretam e processam as info recebidas, transformando-as

Leia mais

CEREBELO PROFª. RESPONSÁVEL: NORMA M. S. FRANCO ORGANIZADOR: ANDRÉ R MENDONÇA

CEREBELO PROFª. RESPONSÁVEL: NORMA M. S. FRANCO ORGANIZADOR: ANDRÉ R MENDONÇA CEREBELO PROFª. RESPONSÁVEL: NORMA M. S. FRANCO ORGANIZADOR: ANDRÉ R MENDONÇA FUNÇÃO DO CEREBELO. É a parte do encéfalo responsável pelo controle dos movimentos voluntários, aprendizagem motora, controle

Leia mais

As nossas sensações. Quem comanda as nossas sensações?

As nossas sensações. Quem comanda as nossas sensações? As nossas sensações Quem comanda as nossas sensações? No córtex cerebral, para além da área motora, existem outras áreas, onde as impressões recebidas pelos receptores sensoriais existentes nos órgãos

Leia mais

Todo o conjunto que compõe a visão humana é chamado globo ocular.

Todo o conjunto que compõe a visão humana é chamado globo ocular. Olho humano O olho humano é um sistema óptico complexo, formado por vários meios transparentes além de um sistema fisiológico com inúmeros componentes. Olho humano Todo o conjunto que compõe a visão humana

Leia mais

Lentes esféricas. Introdução. Materiais Necessários

Lentes esféricas. Introdução. Materiais Necessários Intro 01 Introdução Algumas lentes são chamadas convergentes e outras divergentes, mas você já viu alguma delas em ação? Mãos a obra para verificar esse fenômeno! Cadastrada por Xambim Baldez Material

Leia mais

Ano: 7 Turma: 71 / 72

Ano: 7 Turma: 71 / 72 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2012 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 7 Turma: 71 / 72 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 14 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP ACREDITE EM VOCÊ Profª Elaine Terroso Esse material foi elaborado

Leia mais

Estrutura do OLHO HUMANO:

Estrutura do OLHO HUMANO: ÓPTICA DA VISÃO Estrutura do OLHO HUMANO: É um fino tecido muscular que tem, no centro, uma abertura circular ajustável chamada de pupila. Ajustam a forma do cristalino. Com o envelhecimento eles perdem

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS RELATÓRIO FINAL DE INSTRUMENTAÇÃO PARA ENSINO - F-809

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS RELATÓRIO FINAL DE INSTRUMENTAÇÃO PARA ENSINO - F-809 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS 10-1 RELATÓRIO FINAL DE INSTRUMENTAÇÃO PARA ENSINO - F-809 CONSTRUÇÃO DE SISTEMA ÓTICO A PARTIR DE LENTES DE ÁGUA Aluno: Rubens Granguelli Antoniazi RA: 009849 Professor

Leia mais

Professora Bruna FÍSICA B. Aula 17 Seus Óculos. Página 232

Professora Bruna FÍSICA B. Aula 17 Seus Óculos. Página 232 FÍSICA B Aula 17 Seus Óculos. Página 232 INTRODUÇÃO Na aula de hoje, estudaremos os defeitos da visão e os tipos de lentes indicadas para correção destes defeitos. Para isso, estudaremos primeiramente

Leia mais

Índice. 1. Inclusão Teoria e Prática...3. 2. Crianças com Deficiência Visual...6

Índice. 1. Inclusão Teoria e Prática...3. 2. Crianças com Deficiência Visual...6 GRUPO 5.2 MÓDULO 4 Índice 1. Inclusão Teoria e Prática...3 1.1. Inclusão Escolar: Definição e Procedimentos de Intervenção... 3 1.1.1. Definição... 3 1.2. Movimentos Internacionais e Nacionais a Favor

Leia mais

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Ciências AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. REGINALDO STOIANOV Licenciatura Plena em Biologia,

Leia mais

FISIOLOGIA DO LABIRINTO POSTERIOR (APARELHO VESTIBULAR)

FISIOLOGIA DO LABIRINTO POSTERIOR (APARELHO VESTIBULAR) FISIOLOGIA DO LABIRINTO POSTERIOR (APARELHO VESTIBULAR) INTRODUÇÃO Controle da Postura e Equilíbrio Estabilização da imagem Orientação Espacial/Gravitacional Filogênese do aparelho vestibular/auditivo

Leia mais

ÓPTICA GEOMÉTRICA MENU DE NAVEGAÇÃO. LENTES ESFÉRICAS LENTES CONVERGENTES Elementos

ÓPTICA GEOMÉTRICA MENU DE NAVEGAÇÃO. LENTES ESFÉRICAS LENTES CONVERGENTES Elementos ÓPTICA GEOMÉTRICA MENU DE NAVEGAÇÃO Clique em um item abaixo para iniciar a apresentação LENTES ESFÉRICAS LENTES CONVERGENTES Elementos Propriedades Construção Geométrica de Imagens LENTES DIVERGENTES

Leia mais

Luz, olho humano e óculos Capítulo 12

Luz, olho humano e óculos Capítulo 12 Luz, olho humano e óculos Capítulo 12 O olho humano O papel da retina e do cérebro A Pupila - É a estrutura do olho responsável por regular a entrada da quantidade de luz para a formação da imagem; - Em

Leia mais

C E E S V O. Centro Estadual de Educação Supletiva de Votorantim. Biologia Ensino Médio 3ª série

C E E S V O. Centro Estadual de Educação Supletiva de Votorantim. Biologia Ensino Médio 3ª série C E E S V O Centro Estadual de Educação Supletiva de Votorantim Biologia Ensino Médio 3ª série Principais assuntos abordados: Órgãos do sentido. Tecido epitelial. Tecido conjuntivo. Tecido conectivo. Tecido

Leia mais

CIÊNCIAS 2012 PREPARANDO A PROVA

CIÊNCIAS 2012 PREPARANDO A PROVA CIÊNCIAS 2012 PREPARANDO A PROVA ORGANIZAÇÃO DO C.H. Conceitos de: células, tecido, órgão e sistema. Célula: partes constituintes. organelas: nomes, função e identificação. Tecidos: tipos, localização,

Leia mais

Relatório Final de Instrumentação de Ensino F809 Ótica e Problemas da Visão

Relatório Final de Instrumentação de Ensino F809 Ótica e Problemas da Visão Relatório Final de Instrumentação de Ensino F809 Ótica e Problemas da Visão Aluna: Gabriela Simone Lorite RA 008769 Orientador: Lucila Cescato Universidade Estadual de Campinas Junho/2004 Resumo O olho

Leia mais

ANATOMIA HUMANA II. Roteiro SISTEMA NERVOSO. Enfermagem. Sistema Nervoso. Prof. Me. Fabio Milioni 17/09/2015

ANATOMIA HUMANA II. Roteiro SISTEMA NERVOSO. Enfermagem. Sistema Nervoso. Prof. Me. Fabio Milioni 17/09/2015 ANATOMIA HUMANA II Enfermagem Sistema Nervoso Prof. Me. Fabio Milioni Roteiro SISTEMA NERVOSO Conceito Função Divisão Sistema Nervoso Central Tecido Nervoso Cerebelo Diencéfalo Telencéfalo Meninges Líquor

Leia mais

Aluno (a): Turma: Data: / / Lista de exercícios de Ciências 8º ano

Aluno (a): Turma: Data: / / Lista de exercícios de Ciências 8º ano Aluno (a): Turma: Data: / / Lista de exercícios de Ciências 8º ano 1. Na pirâmide alimentar, que alimentos precisam ser consumidos em maior quantidade? a) Carboidratos complexos, como alimentos integrais

Leia mais

Óptica Visual e. Instrumentação

Óptica Visual e. Instrumentação Óptica Visual e Instrumentação Trabalho elaborado por: Andreia Fonseca 13220 Elia Coelho 13846 Gonçalo Heleno 13007 Ensino de Física e Química Página 1 Objectivos: Este trabalho experimental tem como principais

Leia mais

Luz, olho humano e óculos Capítulo 12 (pág. 219)

Luz, olho humano e óculos Capítulo 12 (pág. 219) Luz, olho humano e óculos Capítulo 12 (pág. 219) Raios de Luz - Alguns filósofos gregos pensavam que nossos olhos emitiam raios que permitiam enxergar os objetos; - Só nos é possível ver quando há luz

Leia mais

Lista de Óptica ESPELHOS ESFÉRICOS. João Paulo I

Lista de Óptica ESPELHOS ESFÉRICOS. João Paulo I Lista de Óptica ESPELHOS ESFÉRICOS 1) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem. Para que os seguranças possam controlar o movimento dos

Leia mais

OS ÓRGÃOS DOS SENTIDOS

OS ÓRGÃOS DOS SENTIDOS Disciplina: Biologia Série: 2ª série E.M. - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Órgãos dos sentidos OS ÓRGÃOS DOS SENTIDOS Os sentidos fundamentais do corpo humano - visão, audição, tato,

Leia mais

SISTEMA SENSORIAL PALADAR E OLFATO

SISTEMA SENSORIAL PALADAR E OLFATO SISTEMA SENSORIAL TATO VISÃO AUDIÇÃO TATO, VISÃO, AUDIÇÃO, PALADAR E OLFATO TATO Pele (ou cútis): órgão de revestimento t externo do corpo o maior órgão do corpo humano e o mais pesado responsável pela

Leia mais

de duas lentes convergentes associadas coaxialmente. A primeira está próxima do objeto, sendo

de duas lentes convergentes associadas coaxialmente. A primeira está próxima do objeto, sendo COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA CMJF DISCIPLINA: Física 2 a Série Ensino Médio / 2007 Professor: Dr. Carlos Alessandro A. da Silva Notas de Aula: Instrumentos Ópticos e Óptica da Visão INSTRUMENTOS ÓPTICOS

Leia mais

7.012 Conjunto de Problemas 8

7.012 Conjunto de Problemas 8 7.012 Conjunto de Problemas 8 Questão 1 a) A figura abaixo é um esquema generalizado de um neurônio. Identifique suas partes. 1 Dendritos, 2 corpo da célula e 3 axônio. b) Qual é a função de um axônio?

Leia mais

Projeto CAPAZ Biblioteca Comunicação na Ótica

Projeto CAPAZ Biblioteca Comunicação na Ótica 1 Comunicação na Ótica Transformando complicadas características técnicas em convincentes argumentos de venda É verdade que estamos passando por uma fase da Óptica onde a informação tem sido a principal

Leia mais

FÍSICA LISTA 3 LENTES E ÓPTICA DA VISÃO LENTES

FÍSICA LISTA 3 LENTES E ÓPTICA DA VISÃO LENTES FÍSICA Prof. Bruno Roberto LISTA 3 LENTES E ÓPTICA DA VISÃO LENTES 1. (Unicamp 2013) Um objeto é disposto em frente a uma lente convergente, conforme a figura abaixo. Os focos principais da lente são indicados

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Condução do impulso nervoso 11/06/2012. Tipos celulares:

SISTEMA NERVOSO. Condução do impulso nervoso 11/06/2012. Tipos celulares: SISTEMA NERVOSO Percepção e interpretação de estímulos internos e externos; Tipos celulares: - Neurônios condução de impulsos nervosos - Células da Glia manutenção dos neurônios Elaboração de respostas

Leia mais

Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro. Cerebelo. Encéfalo. Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula

Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro. Cerebelo. Encéfalo. Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula Introdução O corpo humano é coordenado por dois sistemas: o nervoso e o endócrino. O sistema nervoso é o que coordena, por meio da ação dos neurônios, as respostas fisiológicas, como a ação dos músculos

Leia mais

ADAPTADOR EM RELEVO. Todas as afirmações corretas estão em: A - I - II - III B - I - II - IV C - II - III - V D - III - IV E - IV - V

ADAPTADOR EM RELEVO. Todas as afirmações corretas estão em: A - I - II - III B - I - II - IV C - II - III - V D - III - IV E - IV - V ADAPTADOR EM RELEVO 16. A avaliação das funções visuais tem como objetivo o diagnóstico do tipo de defeito óptico do paciente, a predição do uso do auxílio óptico e sua magnificação, a avaliação da visão

Leia mais

Introdução a Neurofisiologia I.

Introdução a Neurofisiologia I. Introdução a Neurofisiologia I. Obs: O texto abaixo apresenta caráter introdutório, dessa forma, não substitui à bibliografia básica indicada. O tecido nervoso acha-se distribuído pelo organismo, interligando-se

Leia mais

Estrutura Funcional do Sistema Nervoso. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

Estrutura Funcional do Sistema Nervoso. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Estrutura Funcional do Sistema Nervoso Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Estágios inicias da formação do SN O sistema nervoso humano começa a ser formado logo após a fecundação. À medida que se desenvolve

Leia mais

Instrumentos Ópticos

Instrumentos Ópticos Instrumentos Ópticos Associação de Lentes. Lentes Justapostas: Lentes Justapostas Separação Nula. A lente equivalente à associação de duas lentes justapostas, apresenta vergência dada por: C res = C 1

Leia mais

CONDUÇÃO da INFORMAÇÃO na MEDULA

CONDUÇÃO da INFORMAÇÃO na MEDULA FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA 2008 2002/2003-2009 Prof. Prof. SISTEMA NERVOSO SISTEMA NERVOSO Receptores RECEPTORES E VIAS DA Vias SENSIBILIDADE da Sensibilidade Vias da Motricidade

Leia mais

Luz e Visão. Capítulo 8 8º ano - CSA

Luz e Visão. Capítulo 8 8º ano - CSA Luz e Visão Capítulo 8 8º ano - CSA 2014 Afinal, o que é luz? Luz é uma forma de transmissão de energia pelo espaço. Como a luz se propaga? Propagação da luz Corpos luminosos: emitem a própria luz. São

Leia mais

O Nosso Corpo Volume XXIV O Ouvido Parte 2

O Nosso Corpo Volume XXIV O Ouvido Parte 2 O Nosso Corpo Volume XXIV um Guia de O Portal Saúde Outubro de 2010 O Portal Saúde Rua Braancamp, 52-4º 1250-051 Lisboa Tel. 212476500 geral@oportalsaude.com Copyright O Portal Saúde, todos os direitos

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL BARÃO DO RIO BRANCO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO SISTEMA SENSORIAL

COLÉGIO ESTADUAL BARÃO DO RIO BRANCO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO SISTEMA SENSORIAL COLÉGIO ESTADUAL BARÃO DO RIO BRANCO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO SISTEMA SENSORIAL MICHEL FELIPE PRASNIEVSKI ROSIMAR RODRIGUES VINICIUS ARAUJO 2013 Sistemas Sensoriais É o sistema constituído

Leia mais

3ªsérie 2º período B I O L O G I A QUESTÃO 1 QUESTÃO 3 QUESTÃO 2 2.3

3ªsérie 2º período B I O L O G I A QUESTÃO 1 QUESTÃO 3 QUESTÃO 2 2.3 2.3 QUESTÃO 1 Observe estas figuras, em que estão representados alguns aspectos da organização estrutural de um tecido. B I O L O G I A 3ªsérie 2º período Figura I Y X Explique a relação entre o megacariócito

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Física Gleb Wataghin. F 609 - Tópicos de Ensino de Física. Relatório Parcial

Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Física Gleb Wataghin. F 609 - Tópicos de Ensino de Física. Relatório Parcial Universidade Estadual de Campinas Instituto de Física Gleb Wataghin F 609 - Tópicos de Ensino de Física Relatório Parcial Aluna: Luciene O. Machado Orientador:Antonio Carlos da Costa Coordenador: José

Leia mais

ÓPTICA GEOMÉTRICA MENU DE NAVEGAÇÃO LENTES ESFÉRICAS. LENTES CONVERGENTES Elementos

ÓPTICA GEOMÉTRICA MENU DE NAVEGAÇÃO LENTES ESFÉRICAS. LENTES CONVERGENTES Elementos LENTES ESFÉRICAS ÓPTICA GEOMÉTRICA MENU DE NAVEGAÇÃO Clique em um item abaixo para iniciar a apresentação LENTES CONVERGENTES Elementos Propriedades Construção Geométrica de Imagens LENTES DIVERGENTES

Leia mais

OS SENTIDOS: O TATO, O PALADAR, O OLFATO, A AUDIÇÃO E A VISÃO PROF. ANA CLÁUDIA PEDROSO

OS SENTIDOS: O TATO, O PALADAR, O OLFATO, A AUDIÇÃO E A VISÃO PROF. ANA CLÁUDIA PEDROSO OS SENTIDOS: O TATO, O PALADAR, O OLFATO, A AUDIÇÃO E A VISÃO PROF. ANA CLÁUDIA PEDROSO ATRAVÉS DOS SENTIDOS TEMOS A CAPACIDADE DE PERCEBER O AMBIENTE EXTERNO AO NOSSO ORGANISMO. ISSO É POSSÍVEL DEVIDO

Leia mais

FÍSICA ENEM PROF. RAWLINSON IBIAPINA

FÍSICA ENEM PROF. RAWLINSON IBIAPINA FÍSICA ENEM PROF. RAWLINSON IBIAPINA Lei de Faraday Φ = B.A. cos θ ε = N Δ ΔΦ t 2 FÍSICA ENEM Transformadores FÍSICA ENEM Transformadores FÍSICA ENEM Esquema de ligação 6 Lanterna Perpétua de Faraday Lanterna

Leia mais

REVISÃO 1 REVISÃO 2. Aula 8.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II

REVISÃO 1 REVISÃO 2. Aula 8.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II BIOLOGIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 Aula 8.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II 2 BIOLOGIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 Sistema Sensorial Estímulo receptores terminações nervosas /nervo cérebro 3 BIOLOGIA REVISÃO 1 REVISÃO

Leia mais

Unidade IV. Aula 20.1 Conteúdo. Óptica, Ser humano e Saúde. Os defeitos da visão e as lentes corretoras. INTERATIVIDADE FINAL

Unidade IV. Aula 20.1 Conteúdo. Óptica, Ser humano e Saúde. Os defeitos da visão e as lentes corretoras. INTERATIVIDADE FINAL Unidade IV Óptica, Ser humano e Saúde Aula 20.1 Conteúdo Os defeitos da visão e as lentes corretoras. 2 Habilidade Reconhecer características ou propriedades dos instrumentos ópticos e a óptica da visão,

Leia mais

SISTEMA NERVOSO A FUNÇÃO GERAL

SISTEMA NERVOSO A FUNÇÃO GERAL SISTEMA NERVOSO O Sistema Nervoso se divide em a) Sistema Nervoso Central e b) Sistema Nervoso Periférico. No sistema nervoso central existem dois tipos de células: a) os neurônios e b) as células da glia

Leia mais

É um agente físico capaz de sensibilizar os nossos órgãos visuais.

É um agente físico capaz de sensibilizar os nossos órgãos visuais. É um agente físico capaz de sensibilizar os nossos órgãos visuais. Dispersão da luz Luz Branca v Prisma Vermelho Laranja Amarelo Verde Azul Anil Violeta COR Luz: As Primárias São: Vermelho, Verde e Azul

Leia mais

Sistema Vestíbulo-Coclear. Matheus Lordelo Camila Paula Graduandos em Medicina pela EBMSP

Sistema Vestíbulo-Coclear. Matheus Lordelo Camila Paula Graduandos em Medicina pela EBMSP Sistema Vestíbulo-Coclear Matheus Lordelo Camila Paula Graduandos em Medicina pela EBMSP Salvador BA 27 de março de 2012 Componentes Orelha Externa Pavilhão Auditivo Meato Acústico Externo até a membrana

Leia mais

PROJETO OLHAR BRASIL Dra. Lilia M.Contreiras Corrêa

PROJETO OLHAR BRASIL Dra. Lilia M.Contreiras Corrêa Dra. Lilia M.Contreiras Corrêa Assessora Técnica da Diretoria de Atenção Especializada Oftalmologia/SESAB Reconhecendo as dificuldades do acesso da população brasileira, não só à consulta oftalmológica,

Leia mais

R.: b) O que garante o funcionamento das funções vitais nos organismos vivos? R.:

R.: b) O que garante o funcionamento das funções vitais nos organismos vivos? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== CÉLULA, UNIDADE BÁSICA DOS SERES VIVOS.

Leia mais

Eu não nasci de óculos!

Eu não nasci de óculos! A U A UL LA Eu não nasci de óculos! Enquanto Roberto conversa com Gaspar, Ernesto coloca os óculos de Roberto e exclama: - Puxa, estou enxergando tudo embaralhado. Tudo meio turvo! - É como você tivesse

Leia mais

Sistema Sensorial. Biofísica da Audição

Sistema Sensorial. Biofísica da Audição Sistema Sensorial Biofísica da Audição Falar pelos cotovelos... Ouvir pelos joelhos... SENTIDO DA AUDIÇÃO - FINALIDADE Detectar predadores, presas e perigo Comunicação acústica intra - específica Som propagação

Leia mais

Atividades de Aprimoramento Física 2ª série do Ensino Médio

Atividades de Aprimoramento Física 2ª série do Ensino Médio Atividades de Aprimoramento Física 2ª série do Ensino Médio 01 - (ACAFE SC/2012) A figura abaixo mostra esquematicamente o olho humano, enfatizando nos casos I e II os dois defeitos de visão mais comuns.

Leia mais

Como Vemos as Coisas? Uma proposta para o ensino de Óptica e Visão no Ensino Fundamental

Como Vemos as Coisas? Uma proposta para o ensino de Óptica e Visão no Ensino Fundamental Como Vemos as Coisas? Uma proposta para o ensino de Óptica e Visão no Ensino Fundamental Valéria Rangel Soares Uma pergunta antiga que desde a Antiguidade despertou a curiosidade do homem. Como Vemos as

Leia mais

Unidade IV. Aula 20.2 Conteúdo. Óptica, Ser humano e Saúde. Os defeitos da visão e as lentes corretoras e instrumentos ópticos. INTERATIVIDADE FINAL

Unidade IV. Aula 20.2 Conteúdo. Óptica, Ser humano e Saúde. Os defeitos da visão e as lentes corretoras e instrumentos ópticos. INTERATIVIDADE FINAL Unidade IV Óptica, Ser humano e Saúde Aula 20.2 Conteúdo Os defeitos da visão e as lentes corretoras e instrumentos ópticos. 2 Habilidade: Compreender os conceitos das propriedades da óptica geométrica

Leia mais

www.fisicanaveia.com.br

www.fisicanaveia.com.br www.fisicanaveia.com.br Instrumentos Ópticos Lupa Instrumentos Ópticos Instrumentos Ópticos Luneta Astronômica Luneta ou Telescópio Refrator Instrumentos Ópticos Telescópio Refletor Telescópio Refletor

Leia mais

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso Aula Programada Biologia Tema: Sistema Nervoso 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

MATÉRIA 8º 2º Dez/13 NOTA

MATÉRIA 8º 2º Dez/13 NOTA Valores eternos. TD Recuperação MATÉRIA Ciências ANO/TURMA SEMESTRE DATA 8º 2º Dez/13 ALUNO(A) PROFESSOR(A) Juliana TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS NOTA VISTO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS 1. A pele é um órgão

Leia mais

Preciso usar óculos?

Preciso usar óculos? A U A UL LA Preciso usar óculos? Você lembra daquela brincadeira de criança chamada cabra-cega? Nela, coloca-se uma venda nos olhos de um dos participantes que, sem conseguir enxergar nada, precisa pegar

Leia mais

ELIANE E MAITHÊ. Leis de Newton. Força peso

ELIANE E MAITHÊ. Leis de Newton. Força peso ELIANE E MAITHÊ Leis de Newton Força peso Objetivo: Evidenciar que a força peso atua em um corpo mesmo ele não estando em queda livre e investigar a direção da força peso. Materiais:Duas garrafas PET do

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO.

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO. ENSINO MÉDIO Conteúdos da 1ª Série 1º/2º Bimestre 2015 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Roberta/Marco Data: / /2015 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara Biologia Resultado

Leia mais

Sistema Nervoso. Divisão Anatômica e Funcional 10/08/2010. Sistema Nervoso. Divisão. Funções gerais. Sistema nervoso central (SNC)

Sistema Nervoso. Divisão Anatômica e Funcional 10/08/2010. Sistema Nervoso. Divisão. Funções gerais. Sistema nervoso central (SNC) Sistema Nervoso Divisão Anatômica e Funcional Sistema Nervoso Divisão Sistema nervoso central (SNC) Sistema nervoso periférico (SNP) Partes Encéfalo Medula espinhal Nervos Gânglios Funções gerais Processamento

Leia mais

Imagem real e virtual Espelho plano Constando fatos que ocorrem num espelho plano Espelho Esférico Espelhos côncavos e convexos

Imagem real e virtual Espelho plano Constando fatos que ocorrem num espelho plano Espelho Esférico Espelhos côncavos e convexos Imagem real e virtual Pode-se dizer que uma imagem real é aquela que podemos projetar num anterparo (tela,parede...), já a imagem virtual não pode ser projetada. Ainda pode-se dizer, de acordo com os raios

Leia mais

COLÉGIO SÃO PAULO Rio de Janeiro, junho/2014.

COLÉGIO SÃO PAULO Rio de Janeiro, junho/2014. COLÉGIO SÃO PAULO Rio de Janeiro, junho/2014. ENSINO MÉDIO RECUPERAÇÃO PARALELA PARCIAL ORIENTAÇÃO DE ESTUDO DISCIPLINA: Biologia (2ª série) PROFESSOR: Priscila Temas/Capítulos - Cap 12 Núcleo, divisões

Leia mais

Introdução ao Sistema Nervoso - O Encéfalo

Introdução ao Sistema Nervoso - O Encéfalo Introdução ao Sistema Nervoso - O Encéfalo Profa Juliana Normando Pinheiro Morfofuncional V juliana.pinheiro@kroton.com.br O sistema nervoso é um sistema complexo de comunicação e controle no corpo animal.

Leia mais

A palavra postura tem dois grandes significados físico e figurativo (FERREI-

A palavra postura tem dois grandes significados físico e figurativo (FERREI- 11 2 BIOMECÂNICA DA POSTURA 1 2.1 Conceituação de postura A palavra postura tem dois grandes significados físico e figurativo (FERREI- RA, 1986, p. 1373): no sentido físico, corporal, significa "o modo

Leia mais

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto ANATOMIA HUMANA Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Tecido Nervoso Compreende basicamente dois tipos celulares Neurônios unidade estrutural e funcional

Leia mais

CIÊNCIAS 8º ano 3º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

CIÊNCIAS 8º ano 3º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES CIÊNCIAS 8º ano 3º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1. Quais as camadas que formam a pele? 2. De que tecidos a pele se compõe? 3. Qual a função da melanina e da queratina? 4. Que glândulas

Leia mais

O Ministério de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, resolve:

O Ministério de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, resolve: PORTARIA Nº 2.661/MS/SVS, de 20 de dezembro de 1995 D.O.U. 22/12/95 O Ministério de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, resolve: Art 1º - Alterar o item 4 da Portaria no 2.043, de 12 de

Leia mais

ANATOMIA E FISIOLOGIA. Renata Loretti Ribeiro Enfermeira Coren/SP 42883

ANATOMIA E FISIOLOGIA. Renata Loretti Ribeiro Enfermeira Coren/SP 42883 ANATOMIA E FISIOLOGIA Renata Loretti Ribeiro Enfermeira Coren/SP 42883 Renata Loretti Ribeiro - Enfermeira 2 DEFINIÇÕES Anatomia é a ciência que estuda, macro e microscopicamente, a constituição e o desenvolvimento

Leia mais

A relação com o ambiente e a coordenação do corpo

A relação com o ambiente e a coordenação do corpo Daltonismo Algumas pessoas nascem com um ou mais tipos de cone em número reduzido ou ausente e, consequentemente, têm dificuldade de distinguir certas cores. Conjuntivite ANNABELLA BLUESKY / SCIENCE PHOTO

Leia mais

ÓRGÃOS DOS SENTIDOS (2)

ÓRGÃOS DOS SENTIDOS (2) Disciplina: Biologia Série: 6ª série - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Órgãos dos sentidos (2) ÓRGÃOS DOS SENTIDOS (2) A Audição O ouvido é o órgão coletor dos estímulos externos,

Leia mais

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi Fisiologia Animal Sistema Nervoso Sistema Nervoso Exclusivo dos animais, vale-se de mensagens elétricas que caminham pelos nervos mais rapidamente que os hormônios pelo sangue. Mantido vivo pela eletricidade,

Leia mais